A época Natalícia é uma altura de propensão altruísta onde todos estamos mais sensíveis ao bem geral e às necessidades dos outros.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A época Natalícia é uma altura de propensão altruísta onde todos estamos mais sensíveis ao bem geral e às necessidades dos outros."

Transcrição

1

2 Apresentação A época Natalícia é uma altura de propensão altruísta onde todos estamos mais sensíveis ao bem geral e às necessidades dos outros. Nas atuais condições socio-económicas do país, é necessário, mais que nunca, assumirmos esta responsabilidade social e ajudar quem mais precisa. A Realizar, empresa de organização de eventos de grande impacto, pretende associar-se a vários parceiros para a tornar este Natal mais especial, com um grande evento na Praça do Comércio, no dia 17 de Dezembro.

3 Conceito A felicidade é o objectivo de todos nós e a nossa busca constante durante toda a vida. Infelizmente existem pessoas que não têm a possibilidade de procurar o que as torna mais felizes. Está ao nosso alcance mudar esta situação. Em parceria, a Associação Terra dos Sonhos e a Realizar vão promover a angariação de fundos para concretizar sonhos a crianças e idosos diagnosticadas com doenças crónicas e/ou em estado avançado da doença. A estrela enquanto imagem associa-se ao sonho e ao desejo que queremos proporcionar, mas também ao espírito de Natal enquanto guia que nos indica o caminho, neste caso para a felicidade.

4 Realizar Grupo de empresas de organização de eventos de grande impacto e mediatismo, com um background de associação a outros eventos de responsabilidade social.

5 Associação Terra dos Sonhos A Terra dos Sonhos é uma Organização de Solidariedade Portuguesa, sem fins lucrativos, fundada no dia 1 de Junho de 2007, Dia Mundial da Criança. A principal actividade da Terra dos Sonhos consiste na realização dos sonhos de crianças e jovens diagnosticados com doenças crónicas e/ou em estado avançado de doença, crianças e jovens carenciadas e idosos. A associação está em todo o país através de várias delegações.

6 Associação Terra dos Sonhos Sonhos já Realizados Braima C. O meu sonho é ir ao Jardim Zoológico de Lisboa e estar perto de golfinhos! Realizado a 13/10/11 Rufânia O meu sonho é ter brinquedos adaptados! Realizado a 23/06/11 D. Aida O meu sonho é ir assistir a uma ópera no S. Carlos! Realizado a 21/05/11

7 Projecto Com esta acção pretende-se angariar fundos para apoio da causa da Terra dos Sonhos, através da venda de velas simbolicamente associadas ao sonho de cada participante. Com o conjunto de velas tentaremos alcançar o Recorde da Maior Imagem com Velas Acesas na Praça do Comércio, criando uma Estrela com o título: Realizar um Sonho, SIM! Para além da componente emocional associada a esta iniciativa, procuramos dinamizar o poder mobilizador da sociedade portuguesa, onde em tempos difíceis a união faz a força.

8 Implantação

9 Objectivos - Angariação de fundos para a Associação Terra dos Sonhos - Sensibilizar o público em geral para solidariedade - Alcançar o recorde de maior imagem com velas acesas - Fazer a população portuguesa acreditar num futuro melhor e mais feliz - Dinamização da época Natalícia - Animação da Baixa Lisboeta

10 Angariação de fundos Os fundos a entregar à associação parceira serão angariados através de: - Venda das velas no local, cada vela irá ter um contributo mínimo de 1 e irá simbolizar 1 Vela = 1 Desejo = 1 Sonho - Conta bancária onde será possível fazer transferências para o NIB: Patrocínios

11 Concretizar um Sonho No dia do evento será possível para além do apoio financeiro, realizar sonhos de forma directa. No espaço da Associação Terra dos Sonhos ficará a saber que sonhos queremos realizar. Exemplos: D. Ilda O meu sonho é ir a Fátima Daniel P. 12 anos O meu sonho é conhecer o jardim Zoológico

12 Convidados Para apadrinhar a acção serão convidados várias personalidades da sociedade portuguesa a estarem presentes e a serem parte activa na realização de Sonhos.

13 Programa - Recorde de maior imagem em velas acesas - Animação de rua * - Espectáculos e concertos * - Espaços das marcas e parceiros * - Espaço TVI 24 com transmissões em directo * As acções estarão sempre dependentes dos apoios e parceiros envolvidos no projecto.

14 Acção Durante todo o dia e noite da acção, a Baixa de Lisboa e em particular a Praça do Comércio terão um palco montado com música onde passarão convidados e animadores. Durante o dia, à volta da estátua da Praça do Comércio, a estrela formada de velas irá aparecendo à medida que mais pessoas se associam ao projecto. Pela noite serão acesas todas as velas para tentar atingir o Recorde.

15 Velas As velas estarão disponíveis no local pelo donativo mínimo de 1 e podem ser personalizadas antes de serem colocadas no local, com alguma inscrição ou desenho que simbolize o desejo do participante. Para alcançar o recorde e preencher a estrela vão ser necessárias mais de 50 mil velas. À medida que o número de velas vendidas vai aumentando, no local um quadro electrónico vai actualizando este número. O local onde vão estar as velas acesas vai ser protegido por linóleo ignífugo, para segurança.

16 Parceiros Para conseguir alcançar o sucesso pretendido serão convidados a associar-se vários parceiros, que darão apoio em vários níveis. Câmara Municipal de Lisboa Turismo de Lisboa Associação Terra dos Sonhos Associação Link Meios de Comunicação Social Patrocinadores Fornecedores Oficiais

17 Parceiros Institutional Partners

18 Parceiros Media Partners

19 Patrocínio

20 Apoios Apoios

21 Comunicação A comunicação do evento será realizada pelos meios disponíveis dos parceiros do evento e também através de: - Facebook do evento - Press Releases do evento - Speaker no palco - Através dos meios dos media partners

22 Cartaz

23 Contactos Realizar Nuno Ribeiro Rua Tierno Galvan, torre 3, 4º, sala Lisboa

DOSSIER DE PATROCÍNIOS

DOSSIER DE PATROCÍNIOS DOSSIER DE PATROCÍNIOS 01 Índice 03 // O CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE SINTRA 06 // ALGUMAS DAS NOSSAS CONQUISTAS MAIS ANTIGAS 08 // ALGUMAS DAS NOSSAS CONQUISTAS MAIS RECENTES 10 // PRECISAMOS DE MUDAR,

Leia mais

O Sonho. Intervenção pela Arte. Educação para todos. Realização de espectáculos nacionais e internacionais. Associação/ Cooperativa

O Sonho. Intervenção pela Arte. Educação para todos. Realização de espectáculos nacionais e internacionais. Associação/ Cooperativa O Sonho Intervenção pela Arte Educação para todos Realização de espectáculos nacionais e internacionais Associação/ Cooperativa Estado de Arte O que tem acontecido em Portugal ao nível do serviço educativo?

Leia mais

ELEIÇÕES / PROGRAMA ELEITORAL LISTA B

ELEIÇÕES / PROGRAMA ELEITORAL LISTA B ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DOENTES DE PARKINSON ELEIÇÕES / 2012-2014 PROGRAMA ELEITORAL LISTA B Todos juntos somos fortes Não há nada a temer Ao meu lado há um amigo Que é preciso proteger Chico Buarque

Leia mais

programa de actividades 9 a 17 de dezembro

programa de actividades 9 a 17 de dezembro de actividades 9 a 17 de dezembro apresentação II aniversário da Biblioteca Municipal Ferreira de Castro Oliveira de Azeméis Cerca de 2 442 leitores inscritos, mais de 29 717 empréstimos domiciliários

Leia mais

Munique em Lisboa - Festa da Cerveja 2010

Munique em Lisboa - Festa da Cerveja 2010 Munique em Lisboa - Festa da Cerveja 2010 23 a 26 de Setembro de 2010 Organização: Jovens Empresários (Wirtschaftsjunioren Portugal) e Team4 Promotor: Junta de Freguesia da Pena Parceiros: CM Lisboa, Turismo

Leia mais

IDEIAS SOLIDÁRIAS PROPOSTAS DE ATIVIDADES EM AMBIENTE ESCOLAR

IDEIAS SOLIDÁRIAS PROPOSTAS DE ATIVIDADES EM AMBIENTE ESCOLAR IDEIAS SOLIDÁRIAS PROPOSTAS DE ATIVIDADES EM AMBIENTE ESCOLAR ÍNDICE Introdução Mealheiro Leilão Cego Presépio Solidário Recital de Natal Livro de Receitas INTRODUÇÃO INTRODUCÃO A - Fundação Fé e Cooperação,

Leia mais

RELATÓRIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL RELATÓRIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL- ANO 2015

RELATÓRIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL RELATÓRIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL- ANO 2015 RELATÓRIO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL- ANO 2015 5 de Fevereiro 2016 0 Considera-se relevante elaborar um documento que seja o reflexo do trabalho desenvolvido no ano 2015 no âmbito da Responsabilidade Social,

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO Comissão Social de Freguesia de Odivelas. Aderentes à Comissão Social de Freguesia de Odivelas

PLANO DE ACÇÃO Comissão Social de Freguesia de Odivelas. Aderentes à Comissão Social de Freguesia de Odivelas Um Plano de Acção consiste num instrumento componente do Plano de Desenvolvimento Social, que define sistematicamente, as acções a desenvolver, o cronograma, os parceiros responsáveis e os recursos. 1

Leia mais

PROGRAMA TAG RUGBY NA ESCOLA

PROGRAMA TAG RUGBY NA ESCOLA PROGRAMA TAG RUGBY NA ESCOLA 2014 2015 ÍNDICE Introdução 1. Evolução do Rugby na Escola 4 2. Rugby na Escola 6 2.1 Objectivos 3. Formação de Professores (Fase I) 6 3.1 Acção de Formação para Professores

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 O Plano Anual de Atividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das Atividades escolares, para um ano letivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os

Leia mais

CULTURSOL Apresentação e Plano de Atividades 2016

CULTURSOL Apresentação e Plano de Atividades 2016 CULTURSOL Apresentação e Plano de Atividades 2016 I. APRESENTAÇÃO 2 Objetivos..2 Âmbito de Actuação...4 Projetos para 2016.5 II. PLANO DE ATIVIDADES PARA 2016.. 6 Atividades de Caráter Cultural (ACC).....6

Leia mais

2010 / Projecto Nestum Rugby nas Escolas

2010 / Projecto Nestum Rugby nas Escolas 2010 / 2011 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Índice Pág. 1. Introdução 3 2. Rugby nas Escolas 4 2.1 Objectivos 3. Formação de Professores (Fase I) 5 3.1 Acção de Formação para Professores 4. Ensino do

Leia mais

Associação de Moradores do Bairro das Calvanas PLANO DE ACTIVIDADES

Associação de Moradores do Bairro das Calvanas PLANO DE ACTIVIDADES PLANO DE ACTIVIDADES 2012 INTRODUÇÃO O ano de 2011 foi extremamente proveitoso para a Associação de Moradores de Calvanas (AMC) e, nesse sentido, foi possível terminar a primeira fase das obras referentes

Leia mais

Centro de Actividades Ocupacionais da Camacha

Centro de Actividades Ocupacionais da Camacha VI Concurso de Presépios A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham na nossa caminhada pela vida. Desconhecido

Leia mais

CULTURSOL Apresentação e Plano de Actividades 2010

CULTURSOL Apresentação e Plano de Actividades 2010 CULTURSOL Apresentação e Plano de Actividades 2010 I. APRESENTAÇÃO 2 Objectivos...2 Âmbito de Actuação..3 Projectos para 2010..4 II. PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2010.. 5 Actividades de Intervenção Social

Leia mais

Praznik Formação Monitores 2016

Praznik Formação Monitores 2016 Praznik Formação Monitores 2016 Índice: 1 Programa 1.1 Objectivos 1.2 A quem se destina 2 O Formando 2.1 Direitos e deveres 2.2 Assiduidade 2.3 Avaliação 3 Plano de Formação 3.1 Áreas de formação e formador

Leia mais

PROGRAMA TAG RUGBY NAS ESCOLAS

PROGRAMA TAG RUGBY NAS ESCOLAS PROGRAMA TAG RUGBY NAS ESCOLAS 2013 2014 ÍNDICE Introdução 1. Evolução do Rugby nas Escolas 5 2. Rugby nas Escolas 9 2.1 Objectivos 3. Formação de Professores (Fase I) 9 3.1 Acção de Formação para Professores

Leia mais

Case study. Stakeholders internos MOBILIZAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL EMPRESA

Case study. Stakeholders internos MOBILIZAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL EMPRESA Case study 2010 Stakeholders internos MOBILIZAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL EMPRESA O grupo Águas de Portugal (AdP) actua nas áreas de abastecimento de água, saneamento de águas residuais e tratamento

Leia mais

Florir Lisboa, bairro por bairro*

Florir Lisboa, bairro por bairro* Esta apresentação é sobre um sonho, tão simples quanto bonito: Florir Lisboa, bairro por bairro* * Porquê? Porque florir Lisboa é florescer afectos* *As maiores aspirações da Humanidade são a paz universal,

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011

PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 O Plano Anual de Actividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das actividades es, para um ano lectivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os objectivos

Leia mais

Lisboa 2016 FICHA DE CANDIDATURA

Lisboa 2016 FICHA DE CANDIDATURA Lisboa 2016 Refª: 049 BAIRRO DAS ARTES Grupo de Trabalho dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) Rua Nova do Almada, nº 2-3º Andar 1100-060 Lisboa Telefone: 21 322 73 60 Email - bip.zip@cm-lisboa.pt

Leia mais

Promover a inserção social de pessoas e grupos mais vulneráveis; Estimular o desenvolvimento de projectos de vida;

Promover a inserção social de pessoas e grupos mais vulneráveis; Estimular o desenvolvimento de projectos de vida; São nossos objectivos: 1ª fase: Promover a inserção social de pessoas e grupos mais vulneráveis; Alargar e consolidar a rede de parcerias de forma a fomentar e a criar novos recursos, propiciando condições

Leia mais

Gabinete de Apoio à Criação de Emprego e Captação de Investimentos

Gabinete de Apoio à Criação de Emprego e Captação de Investimentos Estudo de Caracterização do Tecido Empresarial do Concelho de Almada Observatório sobre Emprego, Empresas e Formação Gabinete de Apoio à Criação de Emprego e Captação de Investimentos 1 O Objecto da presente

Leia mais

PROJECTO PRO BONO. Voluntariado Jurídico

PROJECTO PRO BONO. Voluntariado Jurídico PROJECTO PRO BONO Voluntariado Jurídico Conceito Pro bono público (ou pro bono, usado como diminutivo) é uma frase derivada do latim, que significa "para o bem do povo". O trabalho pro bono é uma forma

Leia mais

Futuro Maior. Com uma contribuição única de 30 tem-se o poder de dar a alguém o inalcançável e mudar a sua vida para sempre, através de:

Futuro Maior. Com uma contribuição única de 30 tem-se o poder de dar a alguém o inalcançável e mudar a sua vida para sempre, através de: Objectivo Pela 1ª vez, no ano passado, a ONGD Helpo associou-se ao ACP (Automóvel Clube de Portugal) e à Câmara Municipal de Fronteira, na prova 24 Horas TT, Vila de Fronteira 2013. Várias empresas amigas

Leia mais

GABINETE DE EDUCAÇÃO E ANIMAÇÃO CULTURAL

GABINETE DE EDUCAÇÃO E ANIMAÇÃO CULTURAL Assunto: oficinas de Natal 20 a 22 e 27 a 29 de dezembro de 2016 Horário: 9h00-12h30 / 14h00-17h00 Público-alvo: crianças com idades compreendidas entre os 8 e os 12 anos de idade. Contextualização: o

Leia mais

CLUBE DE EMPREGO SOCIOHABITAFUNCHAL PLANO DE ACTIVIDADES

CLUBE DE EMPREGO SOCIOHABITAFUNCHAL PLANO DE ACTIVIDADES PLANO DE ACTIVIDADES 2010 2011 Identificação Entidade: Sociohabitafunchal, E.M Animadora: Célia Dantas Localização: Centro Cívico de Santo António Designação O Clube de Emprego é um serviço promovido pelo

Leia mais

Plano de Actividades para o ano de 2012

Plano de Actividades para o ano de 2012 Plano de Actividades para o ano de 2012 Assembleia Geral Ordinária da Teia D Impulsos 11 de Dezembro de 2011 Introdução A, que adopta a sigla abreviada de TDI, é uma associação sem fins lucrativos que

Leia mais

Natal Solidário Casa do Homem de Nazaré. Compartilhe essa ideia. Pratique solidariedade.

Natal Solidário Casa do Homem de Nazaré. Compartilhe essa ideia. Pratique solidariedade. Natal Solidário Casa do Homem de Nazaré Compartilhe essa ideia. Pratique solidariedade. Belo Horizonte 2014 Direito de Utilização Todos os textos, fotos, ilustrações e outros elementos contidos nesta apresentação

Leia mais

Feira do Mundo Rural

Feira do Mundo Rural Feira do Mundo Rural Promoção da Cereja de Resende na Feira do Mundo Rural, na Quinta da Bonjóia - Porto. Revista de Imprensa 17-06-2010 1. (PT) - Diário de Viseu, 08-06-2010, Câmara de Resende distribui

Leia mais

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância dos Olivais PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016

Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância dos Olivais PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância dos Olivais PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 O ano letivo 2015/2016 será um ano de implementação da Associação de Pais e Encarregados de

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO EVENTO REGIONAL VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing Jun/13 APRESENTAÇÃO Fest Record Sertanejo é um grande projeto em parceria com a CIA MÍDIA MIX. Evento: O objetivo é

Leia mais

Regulamento CONCURSO: Postal de Natal ecológico. Concurso Postal de Natal ecológico 5ª Edição Entidade Promotora

Regulamento CONCURSO: Postal de Natal ecológico. Concurso Postal de Natal ecológico 5ª Edição Entidade Promotora Concurso Postal de Natal ecológico 5ª Edição - 2016 CONCURSO: Postal de Natal ecológico Regulamento 1 - Entidade Promotora O concurso Postal de Natal ecológico é uma iniciativa da Câmara Municipal de Gouveia,

Leia mais

Meu Futuro em 24 horas

Meu Futuro em 24 horas Meu Futuro em 24 horas Mf24 Covilhã No seguimento do debate no programa Prós e Contras da RTP, sobre a Tragédia do Desemprego, Manuel Forjaz lançou um desafio: realizar um evento gratuito e subordinado

Leia mais

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal.

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal. Ficha de Actividade Tipo: Visitas de Estudo Tema: Faz de conta que somos de papel Público-alvo: Alunos Pré-escolar e 1º ciclo Equipa: Serviço Educativo Arquivo Municipal Calendarização: Todo o ano. Agendadas

Leia mais

Inauguração das instalações cedidas ao Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental

Inauguração das instalações cedidas ao Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental INTERVENÇÃO DO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS Dr. Isaltino Afonso Morais Inauguração das instalações cedidas ao Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de Lisboa

Leia mais

O projecto Potencial C inclui ainda um número limitado de actividades a decorrer fora do país. Objectivos:

O projecto Potencial C inclui ainda um número limitado de actividades a decorrer fora do país. Objectivos: O projecto Potencial C é uma iniciativa da Agência INOVA e é constituído por um conjunto integrado e abrangente de actividades que, ao longo de 24 meses, procurará estimular a criação de empresas no âmbito

Leia mais

O estado de saúde depende em muito de comportamentos saudáveis, como não utilizar drogas (licitas ou ilícitas), alimentar-se correctamente, praticar

O estado de saúde depende em muito de comportamentos saudáveis, como não utilizar drogas (licitas ou ilícitas), alimentar-se correctamente, praticar O estado de saúde depende em muito de comportamentos saudáveis, como não utilizar drogas (licitas ou ilícitas), alimentar-se correctamente, praticar exercício físico, entre outras. No entanto, e o nosso

Leia mais

CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA

CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA PATROCINADORES CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA A Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa (CCIAP), Associação sem fins lucrativos/entidade de Utilidade Pública, tem como objectivo

Leia mais

À conversa com João Tordo

À conversa com João Tordo Agenda de Outubro À conversa com João Tordo 28 de Outubro 21h30 À Conversa com João Tordo Filho do cantor Fernando Tordo e de Isabel Branco, João Tordo nasceu em Lisboa em 1975, num ambiente artístico.

Leia mais

MCBA MINI CAMPEONATO DE BASQUETEBOL

MCBA MINI CAMPEONATO DE BASQUETEBOL O que é o projecto MCBA? O MINI CAMPEONATO de BASQUETEBOL é um campeonato único e pioneiro em Portugal, que nasce na sequência do trabalho de responsabilidade social que a ASSOCIAÇÃO HIGH PLAY tem vindo

Leia mais

ASSOCIAÇÃO TODOS PELOS OUTROS - TPO PLANO DE ATIVIDADES

ASSOCIAÇÃO TODOS PELOS OUTROS - TPO PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2014 1. Introdução A ASSOCIAÇÃO TODOS PELOS OUTROS - TPO, é uma Associação sem fins lucrativos, com sede na Rua D. Duarte Nuno, nº 50, 3025-582 São Silvestre, na freguesia de São Silvestre,

Leia mais

CADERNO DE IMPRENSA. Inauguração VALOR Humano. 14 abril 2016

CADERNO DE IMPRENSA. Inauguração VALOR Humano. 14 abril 2016 CADERNO DE IMPRENSA 26 abril 2016 Inauguração VALOR Humano 14 abril 2016 Freguesia de Santo António - Departamento de Comunicação Portugal Telecom - Comunicação Corportiva e Marca http://www.cm-lisboa.pt/noticias/detalhe/article/mercearia-social-com-notas-de-santo-antonio

Leia mais

Federação Portuguesa de Júnior Empresas

Federação Portuguesa de Júnior Empresas Federação Portuguesa de Júnior Empresas JADE Portugal, Federação Portuguesa de Júnior Empresas Rua Diogo Botelho 1327 4169 005 Porto Portugal Índice I. O Conceito de Júnior Empresa I. 1 O que é uma Júnior

Leia mais

Núcleo de Animação Social, Comunitário e Educativo. Actividades Desenvolvidas Criação do Grupo Amizade +

Núcleo de Animação Social, Comunitário e Educativo. Actividades Desenvolvidas Criação do Grupo Amizade + Núcleo de Animação Social, Comunitário e Educativo N A S Dinamização de ateliers em várias áreas, nas escolas e em equipamentos sociais. Ao longo do ano foram realizadas actividades de carácter lúdico,

Leia mais

Responsabilidade Social Delta Cafés

Responsabilidade Social Delta Cafés Responsabilidade Social Delta Cafés Cláudia Cidraes Gama Coimbra, 12 de Novembro 2014 Em 1961, Rui Nabeiro, criou a Delta Cafés. Marca de sucesso no país e no mundo, exemplo de pioneirismo, inovação, vontade

Leia mais

2000 Ano Mundial da Matemática

2000 Ano Mundial da Matemática 2000 Ano Mundial da Matemática Projecto de Actividades Semana da Matemática 20 a 25 de Março de 2000 Organização: Escola do Ensino Básico de Tondela Escola Secundária de Tondela O ano 2000 foi declarado

Leia mais

Nova Rede de Transportes Urbanos de Chaves

Nova Rede de Transportes Urbanos de Chaves ISSN: 1645-7528 Nº 40 - Município de Chaves - Maio de 2010 - Distribuição gratuita - www.chaves.pt Nova Rede de Transportes Urbanos de Chaves pág. 12 Nova ETAR de Chaves pág. 3 Rede Ibérica de Entidades

Leia mais

Curso de Formação Para. Animadores Científicos

Curso de Formação Para. Animadores Científicos Curso de Formação Para Animadores Científicos AEFCUP - Porto Ficha Informativa Curso de Formação para Cientistas 1. A Empresa A Science4you é uma empresa 100% Nacional que teve origem em Janeiro de 2008.

Leia mais

Plano de Actividades AAJUDE / 2013

Plano de Actividades AAJUDE / 2013 Plano de Actividades AAJUDE / 2013 AAJUDE.16.007.0 Página 1 de 7 - AAJUDE / 2013 Um fraco Rei faz fraca a forte Gente Camões Lusíadas - Canto III Aproxima-se veloz o ano de 2013. Vamos continuar a lutar

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO FINANCEIRO DE 2007

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO FINANCEIRO DE 2007 PARA O ANO FINANCEIRO 2007 SCRIÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO FINIDA 01 EDUCAÇÃO 01 01 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 01 02 ENSINO BÁSICO - 1º CICLO DO PROGRAMA 01 0 0 0 56 Refeitórios escolares 0701-020104/05/06-04050102-040701-05010102

Leia mais

da Universidade Sénior de Alfândega da Fé

da Universidade Sénior de Alfândega da Fé Regulamento Interno da Universidade Sénior de Alfândega da Fé Capítulo I Natureza e Âmbito Artigo 1º Âmbito 1- O presente regulamento disciplina a criação e funcionamento da Universidade Sénior de Alfândega

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO PARA 2008 2 ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 II. PLANO DE ACTIVIDADES 4 2.1. FORMAÇÃO 4 2.1.1. Mestrado em Reabilitação Psicossocial Especialidade em Perturbação Mental 4 2.1.2.Publicação

Leia mais

Quarteto Gastronómico

Quarteto Gastronómico Quarteto Gastronómico Marcar a diferença O Quarteto Gastronómico, "Degustar por uma boa causa", foi o primeiro projeto de solidariedade social da attitude IPSS Associação de solidariedade social www.attitude.org.pt,

Leia mais

24 e 25 Março Pátio da Galé Terreiro do Paço

24 e 25 Março Pátio da Galé Terreiro do Paço 24 e 25 Março Pátio da Galé Terreiro do Paço +351 929 145 002 www.fef.com.pt miguel.cordeiro@empreendedor.com Apoio: FEF2017 FEIRA DE EMPREENDEDORISMO E FRANCHISING DE LISBOA O Empreendedor e a Associação

Leia mais

PROJETO DE REGULAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO

PROJETO DE REGULAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO PROJETO DE REGULAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO PROJETO DE REGULAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática regular e sistemática de atividades de animação gera significativas melhorias quer

Leia mais

CONTRATO PAD Produção de Actividades Desportivas, SA Primeira Contratante Município de Felgueiras, Segunda Contratante Considerando que:

CONTRATO PAD Produção de Actividades Desportivas, SA Primeira Contratante Município de Felgueiras, Segunda Contratante Considerando que: CONTRATO Entre: PAD Produção de Actividades Desportivas, SA., com sede em Torres Vedras e escritórios centrais na Rua Fernão Mendes Pinto nº 42, 1400-146 Lisboa, com o n.º de contribuinte 504197088, matriculada

Leia mais

Regulamento da Valência Lar de Idosos

Regulamento da Valência Lar de Idosos Associação Cultural e Beneficente de Santa Maria Reconhecida de utilidade pública D. R. III série n.º 249 de 29/10/91 Contribuinte N.º 501 272 690 Sedielos - Peso da Régua Regulamento da Valência Lar de

Leia mais

Clube da Proteção Civil

Clube da Proteção Civil Agrupamento de Escolas das Taipas Clube da Proteção Civil 1. Estrutura organizacional Coordenadora: Paula Ribeiro da Silva Grupo de Recrutamento: 620 Departamento: Expressões Composição do grupo de trabalho:

Leia mais

Organização: Parceiros: https://www.facebook.com/brincka

Organização: Parceiros: https://www.facebook.com/brincka Organização: Parceiros: https://www.facebook.com/brincka BRAGA BRInCKa LEGO FAN EVENT 2016 NOVA EXPERIÊNCIA EMOCIONAL NOVO MUNDO LEGO R BRAGA BRInCKa LEGO FAN EVENT 2016 NOVA EXPERIÊNCIA EMOCIONAL NOVO

Leia mais

EIXO I ATRACTIVIDADE TERRITORIAL

EIXO I ATRACTIVIDADE TERRITORIAL Plano de Acção para 2007 1 Um Plano de Acção, mais do que um documento, pretende-se que seja um instrumento de trabalho manuseável, flexível, ajustável à realidade e útil. Neste sentido, considerou-se

Leia mais

WORKSHOP BUREAU VERITAS 5ªEdição da Semana da Responsabilidade Social - SRS10

WORKSHOP BUREAU VERITAS 5ªEdição da Semana da Responsabilidade Social - SRS10 WORKSHOP BUREAU VERITAS 5ªEdição da Semana da Responsabilidade Social - SRS10 Manual Primeiros Passos Cláudia Cardoso Fundação Cidade de Lisboa 5 de Maio de 2010 Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial

Leia mais

Póvoa de Lanhoso, a estrela do Natal prepara-se para receber visitantes Quarta, 05 Dezembro :20 -

Póvoa de Lanhoso, a estrela do Natal prepara-se para receber visitantes Quarta, 05 Dezembro :20 - Póvoa de Lanhoso, a estrela do Natal é como se designa a proposta que pretende atrair visitantes ao concelho povoense a propósito de duas iniciativas: Aldeia Natal (na Diverlanhoso) e Garfe, Aldeia dos

Leia mais

Guia Metodológico do Utilizador dos

Guia Metodológico do Utilizador dos Guia Metodológico do Utilizador dos Produtos @Risco Projecto desenvolvido por: Co-financiado por: O Projecto @Risco é co financiado pela Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho e é desenvolvido

Leia mais

que Natal está lá dentro? que Natal está lá dentro? Aceitas este desafio? Este é o desafio que queremos colocar-te hoje e durante o Advento.

que Natal está lá dentro? que Natal está lá dentro? Aceitas este desafio? Este é o desafio que queremos colocar-te hoje e durante o Advento. que Natal está lá dentro? que Natal está lá dentro? Este é o desafio que queremos colocar-te hoje e durante o Advento. Advento significa há-de vir (referindo-se a Jesus) e por isso é um tempo de espera.

Leia mais

OvarSincro - Clube de Natação /

OvarSincro - Clube de Natação / OvarSincro - Clube de Natação / 2011-2012 www.ovarsincro.pt http://facebook.com/ovarsincro.clubedenatacao Acerca da Natação Sincronizada... A natação sincronizada é um desporto multidisciplinar que abrange

Leia mais

As jornadas de trabalho

As jornadas de trabalho Escola Secundaria de Paços de Ferreira As jornadas de trabalho Trabalho realizado por: Cátia Nunes n. º6 Sandra Costa n.º15 Tânia Leão n.º 19 A moderna gestão empresarial exige não sós um acompanhamento

Leia mais

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 - Ao longo do ano - Manutenção do blogue da BE - Divulgar as actividades no blogue - Promover a integração da BE na Escola -Difusão da informação educativa -

Leia mais

PROGRAMA BIP/ZIP LISBOA 2016 PARCERIAS LOCAIS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PONTUAÇÃO DAS CANDIDATURAS

PROGRAMA BIP/ZIP LISBOA 2016 PARCERIAS LOCAIS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PONTUAÇÃO DAS CANDIDATURAS PROGRAMA BIP/ZIP LISBOA 2016 PARCERIAS LOCAIS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E PONTUAÇÃO DAS CANDIDATURAS PARTICIPAÇÃO A este nível será avaliada a participação das populações dos BIP/ZIP no desenho, no desenvolvimento

Leia mais

28 a 30 de Outubro Feira Internacional de Lisboa. Patrocinador Oficial Apoio

28 a 30 de Outubro Feira Internacional de Lisboa. Patrocinador Oficial Apoio 28 a 30 de Outubro Feira Internacional de Lisboa Patrocinador Oficial Apoio Um reflexo de PORTUGAL enquanto nação, com as suas regiões, características, potencialidades e raízes TRADIÇÃO SUSTENTABILIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA SONHO DE NATAL. Regulamento

REGULAMENTO DO CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA SONHO DE NATAL. Regulamento REGULAMENTO DO CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA SONHO DE NATAL Regulamento Capítulo I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O concurso de Decoração Três Palmeiras Sonho de Natal 2014 será realizado e organizado pela

Leia mais

PROGRAMA DA FORMAÇÃO - PRODUÇÃO E MARKETING DE EVENTOS

PROGRAMA DA FORMAÇÃO - PRODUÇÃO E MARKETING DE EVENTOS DESIGNAÇÃO Nome: Produção e Marketing de Eventos Carga horária total: 250 horas Acreditação profissional: n/a Forma de organização da formação: Presencial Público-alvo: Estudantes ou profissionais com

Leia mais

Plano de Acção. (Provisório) Página 1 de 5

Plano de Acção. (Provisório) Página 1 de 5 Plano de Acção (Provisório) 2009-2010 Página 1 de 5 Diagnóstico Objectivos Acções Recursos Intervenientes Calendarização Água Resíduos Energia Transportes Biodiversidade Alterações Climáticas Elementos

Leia mais

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros Plano de Actividades Ano 2008/2009 Tema: A aventura dos livros 1 ACTIVIDADES DE ORGANIZAÇÃO Actividades Objectivos Intervenientes Calendarização Proceder à gestão de colecções. Organização e gestão do

Leia mais

Caros Irmãos Escutas,

Caros Irmãos Escutas, Circular 10-1-048 de 06 de Abril De: Para: Assunto: Data: Secretário Nacional Pedagógico JJRR, JJNN, Agrupamentos, Mesas dos Conselhos Nacional, Regionais e Núcleo, Formadores Acções de Formação Membros

Leia mais

Plano de Actividades e Orçamentos 2013

Plano de Actividades e Orçamentos 2013 Plano de Actividades e Orçamentos 2013 Núcleo de Robótica Diversificada da Associação de Electrónica, Telecomunicações e Telemática da Universidade de Aveiro Aveiro, 15 de Janeiro de 2013 Índice Índice...

Leia mais

EVENTO. Normas de Participação

EVENTO. Normas de Participação EVENTO Normas de Participação Regulamento Âmbito No âmbito da unidade curricular de Técnicas de Animação Comunitária do curso de Animação Socioeducativa Pós laboral, 1º ano, o grupo de actividades de difusão

Leia mais

INSTITUTO FONTE DE VIDA IPSS Instituição Particular de Solidariedade Social

INSTITUTO FONTE DE VIDA IPSS Instituição Particular de Solidariedade Social INSTITUTO FONTE DE VIDA IPSS Instituição Particular de Solidariedade Social PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2016 1 - INTRODUÇÃO Ao longo de dezoito anos, um grupo de voluntários determinados, tem levado adiante,

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO entre Junta de Freguesia de Marvila e Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO entre Junta de Freguesia de Marvila e Instituto Superior de Engenharia de Lisboa PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO entre Junta de Freguesia de Marvila e Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Considerando que: 1. A Junta de Freguesia de Marvila (adiante JFM, ou Autarquia) assume como um

Leia mais

1 CASA DO CORETO pág.3 Breve apresentação / Imagens. 2 LUA CHEIA teatro para todos pág.7 Missão e Objectivos / Áreas de Intervenção

1 CASA DO CORETO pág.3 Breve apresentação / Imagens. 2 LUA CHEIA teatro para todos pág.7 Missão e Objectivos / Áreas de Intervenção PREÂMBULO pág.2 1 CASA DO CORETO pág.3 Breve apresentação / Imagens 2 LUA CHEIA teatro para todos pág.7 Missão e Objectivos / Áreas de Intervenção 3 Declaração Relevância Cultural C.M.Lisboa pág.9 www.luacheia.pt

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria. I ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL Santa Maria - RS 25 a 27 de abril

Universidade Federal de Santa Maria. I ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL Santa Maria - RS 25 a 27 de abril Universidade Federal de Santa Maria I ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL Santa Maria - RS 25 a 27 de abril 2012 O presente documento tem por objetivo apresentar o I Encontro Nacional de

Leia mais

SPN DESAFIOS PARA O FUTURO: Uma organização focada na estratégia

SPN DESAFIOS PARA O FUTURO: Uma organização focada na estratégia Editorial SPN DESAFIOS PARA O FUTURO: UMA ORGANIZAÇÃO FOCADA NA ESTRATÉGIA Rev Port Nefrol Hipert 2004; 19 (4) : 187-192 SPN DESAFIOS PARA O FUTURO: Uma organização focada na estratégia José Vinhas Presidente

Leia mais

Domus Nostra, 7 de Julho de 2011 CONVITE. Querida amiga,

Domus Nostra, 7 de Julho de 2011 CONVITE. Querida amiga, Domus Nostra, 7 de Julho de 2011 CONVITE Querida amiga, Este ano comemora-se o 45º aniversário da Residência DOMUS NOSTRA o que, para além de representar um longo e dedicado caminho ao serviço da causa

Leia mais

Mercado Social de Arrendamento Apresentação Pública

Mercado Social de Arrendamento Apresentação Pública Mercado Social de Arrendamento Apresentação Pública Auditório do Ministério da Solidariedade e Segurança Social Lisboa 26 de Junho de 2012 Mercado Social de Arrendamento: o que é? É uma das medidas previstas

Leia mais

Planeamento. Avaliação

Planeamento. Avaliação Planeamento e Avaliação Planeamento e Avaliação Definição de Planeamento Fases de Planeamento Plano vs Projecto Relatório O quê? PLANEAMENTO Planear uma actividade, evento ou projecto, significa responder

Leia mais

Desafios e perspectivas do comércio justo

Desafios e perspectivas do comércio justo Desafios e perspectivas do comércio justo Federação Artesões do Mundo Arturo Palma Torres APRESENTAÇÃO Apresentação dos animadores Apresentação dos objetivos da oficina Apresentação dos participantes e

Leia mais

CULTURSOL Apresentação e Plano de Atividades 2013

CULTURSOL Apresentação e Plano de Atividades 2013 CULTURSOL Apresentação e Plano de Atividades 2013 I. APRESENTAÇÃO 2 Objetivos... 2 Âmbito de Actuação.3 Projetos para 2013.. 4 II. PLANO DE ATIVIDADES PARA 2013.. 5 Atividades de Caráter Cultural (ACC)...

Leia mais

A StartUp BUZZ Mapping the route to your entrepreneurial dreams

A StartUp BUZZ Mapping the route to your entrepreneurial dreams A StartUp BUZZ Mapping the route to your entrepreneurial dreams A StartUp BUZZ é uma organização dedicada a promover o empreendedorismo e inspirar os jovens a adoptarem uma atitude audaz face a um mundo

Leia mais

CONVITE. 22 E 23 DE JUNHO 2012 VOZ DO OPERÁRIO Sociedade de Instrução e Beneficência Voz do Operário Rua da Voz do Operário, Lisboa

CONVITE. 22 E 23 DE JUNHO 2012 VOZ DO OPERÁRIO Sociedade de Instrução e Beneficência Voz do Operário Rua da Voz do Operário, Lisboa CONVITE 22 E 23 DE JUNHO 2012 VOZ DO OPERÁRIO Sociedade de Instrução e Beneficência Voz do Operário Rua da Voz do Operário, 13-1100 Lisboa CooperAção MOSTRA DE IDENTIDADE COOPERATIVA Exmos. Senhores, Integrada

Leia mais

Sustentabilidade transversal

Sustentabilidade transversal Galp Voluntária 1 Galp Voluntária A Galp Voluntária é o programa estruturado de voluntariado da Galp Energia que procura facilitar, concretizar e potenciar iniciativas de voluntariado empresarial destinadas

Leia mais

Regulamento. Artigo 1.º Âmbito. Artigo 2.º Objectivos

Regulamento. Artigo 1.º Âmbito. Artigo 2.º Objectivos Regulamento Artigo 1.º Âmbito O presente documento estabelece as normas de funcionamento da Loja Solidária da SocioHabitaFunchal, estabelecendo-se como medida de apoio aos inquilinos da Câmara Municipal

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO ACANAC 2012

PLANO DE COMUNICAÇÃO ACANAC 2012 PLANO DE COMUNICAÇÃO ACANAC 2012 1. Considerações gerais 2. Comunicação interna 3. Comunicação externa 4. Constituição das Equipas de trabalho 5. Campanhas de promoção 6. Flor-de-lis 7. Merchandising 8.

Leia mais

28 de Maio, 17h00 GoFit Olivais

28 de Maio, 17h00 GoFit Olivais 28 de Maio, 17h00 GoFit Olivais COMPETIÇÃO NEAREST TO THE PIN A Competição Nearest To The Pin é prática comum nos Torneios de Golfe. Nesta edição, by ivoucheryou.com e longe dos campos de golfe, será realizada

Leia mais

KIT DE EMBAIXADOR

KIT DE EMBAIXADOR Bem-vindo a bordo KIT DE EMBAIXADOR WWW.MOZAMBIKES.COM BEM-VINDO Obrigado por se tornar num Embaixador da Mozambikes. Bem-vindo à família, estamos honrados em tê-lo a bordo. Acabou de dar passo enorme

Leia mais

Um Mundo Uma Promessa

Um Mundo Uma Promessa Um Mundo Uma Promessa www.cne-escutismo.pt escutismo.pt 1 PORQUÊ CELEBRAR O CENTENÁRIO DO ESCUTISMO? 2 Milhões de pessoas da maior parte dos países e das culturas do mundo aderiram à Promessa e à Lei do

Leia mais

DEFICIÊNCIA DE ALFA1 ANTITRIPSINA

DEFICIÊNCIA DE ALFA1 ANTITRIPSINA DEFICIÊNCIA DE ALFA1 ANTITRIPSINA 1. A situação 2. O que é a Alfa1 3. Como se herda 4. O diagnóstico 5. O tratamento 6. Doentes Alfa 7. A associação A situação A Deficiência de alfa1 antitripsina (Alfa1)

Leia mais

KINTA CITY NESTA EDIÇÃO. Festa de Natal Carnaval Comunitário Jantar Comunitário Limpeza Comunitária Festa da Comunidade

KINTA CITY NESTA EDIÇÃO. Festa de Natal Carnaval Comunitário Jantar Comunitário Limpeza Comunitária Festa da Comunidade KINTA CITY ESTE JORNAL É ELABORADO NO CID_FORMA - PROJECTO TUTORES DE BAIRRO FICHA TÉCNICA Director Ederlindo Sanches Redacção Nádia Borges, Carla Tavares, Diana Pereira e Vitoria Horta Imagens, fotos

Leia mais

FAQ dos Jovens em Acção 2014

FAQ dos Jovens em Acção 2014 FAQ dos Jovens em Acção 2014 Qual o Objectivo dos Jovens em Acção? A Câmara Municipal das Caldas da Rainha, promove o Programa Jovens em Acção 2014 para dar apoio e fomentar o Associativismo e a dinâmica

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

:: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

:: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS agenda de setembro :: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS Chapéus há muitos Hoje em dia, menos do que há 30 anos atrás, cruzamo-nos com gentes, conhecidas e anónimas, que em comum têm apenas o incomum, trazerem consigo

Leia mais