FACULDADE FACCAMP CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO TECNÓLOGO EM GESTÃO FINANCEIRA. Projeto de Aceleração de Negócios 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE FACCAMP CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO TECNÓLOGO EM GESTÃO FINANCEIRA. Projeto de Aceleração de Negócios 2012"

Transcrição

1 FACULDADE FACCAMP CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO TECNÓLOGO EM GESTÃO FINANCEIRA Projeto de Aceleração de Negócios 2012 MARINA MARIA DE OLIVEIRA GAGO MILENA SOUTO CARDOSO PRISCILA DA SILVA ALVES Campo Limpo Paulista 2012

2 Aprimoramento da empresa Ecomoradias João de Barro MARINA MARIA DE OLIVEIRA GAGO RA MILENA SOUTO CARDOSO RA PRISCILA DA SILVA ALVES RA Campo Limpo Paulista 2012

3 Aprimoramento da empresa Ecomoradias João de Barro Trabalho de aperfeiçoamento do Curso de Gestão Financeira apresentado à Faculdade Faccamp Campo Limpo Paulista, como requisito para o Projeto de Aceleração de Negócios 2012, tendo como coordenador responsável Prof. Dr. Marcelo Dourado Sales e coordenador do Geral da Área Prof. Dr. Marcio Magera, PhD.

4 Campo Limpo Paulista 2012 Dedicatória A Deus, pois nada seria possível sem Ele, que proporcionou momentos de dificuldades, que ajudaram a fortalecer o caráter e desenvolvimento pessoal na realização deste, no entanto sempre com total amparo ensinando o significado do trabalho em grupo, aos familiares e amigos pelo apoio ilimitado. Aos Senhores Laércio de Faria e Lúcia Helena Consoni, por permitir uma visita à sua empresa, sendo fator essencial para o trabalho. Também aos professores, em especial João Baptista Sperl e Alexandre Astrogildo Monsão pelo auxílio durante todo o trabalho. Campo Limpo Paulista 2012

5 Sumário 1. Introdução 2. Histórico do Tijolo 3. Tijolo solo-cimento 4. Histórico da Empresa Laércio de Faria Ltda ME 5. Plano Operacional 5.1. Estrutura Produção e Capacidade Produzida Processo Operacional 6. Plano de Marketing Atual 7. Análise da Empresa 7.1.Objetivos e Metas 7.2.Plano de Marketing para expansão Matriz SWOT Público Alvo Estratégias Divulgação 8. Análise Financeira 9. Conclusão Campo Limpo Paulista 2012

6 1.INTRODUÇÃO O objetivo deste trabalho é mostrar a importância das inovações em toda área de gestão de uma empresa, integrando conhecimentos e agindo de forma solucionadora em vários aspectos, buscando alternativas para o desenvolvimento sadio. A análise de cada área da empresa se torna eficiente quando detecta pontos em que algo pode ser melhorado e age de forma consciente na solução. Iniciante na fabricação de tijolos solo-cimento, a empresa Ecomoradias João de Barro (Laércio de Faria Construções Ltda ME), serviu de base para nossas análises. Foram criados processos para que a empresa tenha condições de se aperfeiçoar em um mercado tão competitivo, mas que está em um amplo desenvolvimento, que é o da construção civil. A introdução de novas estratégias terá papel fundamental no crescimento da empresa, que se baseará em temas importantes do novo cenário mundial, como o da sustentabilidade para o seu perpetuamento.

7 2. HISTÓRICO Há muitos anos atrás o Solo já era considerado fator importante no cenário mundial. Prova disso, considera se a Muralha da China (uma das sete maravilhas do mundo), criada por volta de 220 A.C., por ordens do Imperador da China, Qin Shin Huang. E durante anos sendo reformada para se tornar um sistema de defesa contra o ataque dos guerreiros nômades, e se sustentou durante 2000 anos. Foi constituída por grandes blocos de pedra, e argamassa feita de barro, com uma extensão de três mil quilômetros, aproximadamente. Conhecida também como A Grande Muralha.

8 No Brasil, temos vestígios e edificações em pé até hoje desafiando o tempo após muitos anos. Há construções que testemunham o uso intensivo da taipa-de-pilão, do adobe e pau-a-pique, formas adaptadas para as construções também utilizando o solo como matériaprima. Edificação localizada em Ouro Preto. Construída há quatro séculos. Com o avanço da tecnologia os tijolos foram sendo modificados, mas a sua composição ainda era basicamente o solo. Foram criados os tijolos maciços, que eram fabricados ou feitos a partir de argila, que normalmente era extraída do fundo de um rio. Após ser moldada, era posta para secar no sol por um período de 1 a 2 dias e para finalizar eram cozidas em fornos que usam como combustível a lenha, tendo seu tempo médio de cozimento em torno de três dias. Porém a grande desvantagem era a quantidade de lenha utilizada, aproxidamente nove árvores para cada mil tijolos produzidos. Contudo, nas últimas décadas foi caindo em desuso, devido ao surgimento de outras tecnologias para construção, que agrediam menos o meio ambiente e que proporcionavam um produto de igual, ou melhor, qualidade. Outros produtos surgiram no mercado, como o Bloco de Concreto que não utiliza solo na composição mais tem como elemento básico a rocha, que é adicionada ao cimento, cal, água e pó de alumínio. E após serem misturados são queimados em fornos.

9 Outro produto que surgiu, foi o tijolo Cerâmico ou Baiano que é produzido com solo, e posteriormente queimado em fornos industriais. São de fácil manuseio, porém são menos resistentes. Construção feita de tijolo Cerâmico Construção feita de Bloco de Concreto 3. TIJOLOS SOLO-CIMENTO Em uma sociedade onde a preocupação com o meio ambiente vem crescendo, a construção civil não poderia deixar de ser lembrada. As atuais formas de construção que apesar de utilizarem solo como composição básica, degradam ainda mais a natureza devido à queima dos produtos que são fabricados. A necessidade de construções mais ecológicas fez com que o surgimento de novas técnicas se fizesse de extrema importância.

10 A partir da década de 40, novas técnicas começaram a ser estudada para agregar valores ecológicos aos materiais de construção civil, criando obras mais sustentáveis e de baixo custo. Foi sendo desenvolvido, então, tijolos que utilizassem ainda como matéria prima o solo, de uma camada externa que não é de fácil degradação, porém que não necessitassem de queima, diminuindo assim os impactos sobre o meio ambiente. Após diversos estudos, a técnica também chegou ao Brasil, por volta da década de 70, tendo vários adeptos que se empenharam em estudar e desenvolver esses produtos. Um desses, foi o Prof Francisco Casa Nova, que aperfeiçoou uma técnica batizada como Solo- Cimento, que utiliza apenas solo, cimento e água na sua composição, e que após o processo de homogeneização é compactado e prensado em uma máquina, dispensando a queima para cura, utilizando ao invés disso a água como elemento estabilizador. O tijolo de solo-cimento já foi bastante estudado e tem sua eficiência comprovada, tanto que já existem normas descritas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT, para produção e ensaios de resistência desses tijolos (NBR ; NBR ). A fabricação desses, ainda é em pequena escala, devido ainda à sua falta difusão nos meios. Porém grandes indústrias, já se empenham no desenvolvimento de máquinas mais tecnológicas ligadas ao processo de produção dos tijolos, oferecendo também formas de criação de outros produtos dessa mesma composição. Além de todos os benefícios ecológicos, o Tijolo solo-cimento, ou ecológico, como está sendo popularmente chamado, também oferece inúmeros benefícios à construção,

11 obtendo largas vantagens dos seus concorrentes diretos, o bloco de concreto e o tijolo cerâmico: Estrutura As colunas são embutidas em seus furos, distribuindo melhor o peso sobre as paredes, o que torna a estrutura mais segura; Redução do tempo de construção Em 30 % relacionando com a alvenaria tradicional, devido aos encaixes que favorecem o alinhamento e prumo da parede; Economia de 100% no uso de madeiras Nas caixarias dos pilares, vergas e contravergas; Economia de 50% de Ferro; Durabilidade maior, maior resistência Chegando a ser 4 x mais resistentes que os convencionais; Fácil acabamento Se preferir não é necessária pintura, apenas o uso de um impermeabilizante à base de silicone ou acrílico e rejunte flexível; Revestimento é simples - usando-se direto sobre tijolo apenas uma fina camada (2 a 3 mm) de reboco, textura, gesso ou graffiato; O assentamento dos pisos é direto sobre os tijolos; Menos ruídos - Como o tijolo ecológico possui dois furos, as paredes formam um isolamento acústico, diminuindo os ruídos provocados na rua para o interior da casa; Isolamento Térmico (calor) - O furo dos tijolos, são importantes, pois formam câmaras térmicas evitando com isso que o calor que está do lado de fora penetre no interior da residência, com isso a temperatura interna é inferior a externa. Também funciona no frio. Instalações Hidráulicas Toda tubulação é embutida em seus furos, evitando assim, quebra de paredes, gerando menos transtorno; Instalações Elétricas Também embutida nos furos, dispensando conduítes e caixas de luz, fazendo os interruptores e as tomadas diretamente sobre os tijolos; Aplicação dos Tijolos Os tijolos solo - cimento não necessitam de cimento para assentamento, utilizando uma cola a base de PVA; Proteção de umidade - Os furos também propiciam a evaporação do ar evitando com isso a formação de umidade nas paredes no interior da construção, que causam problemas à saúde e danos materiais; Economia no custo final - Chegando até 50 % do custo final da obra. (Em anexo tabela comparativa)

12 4. HISTÓRICO DA EMPRESA EMPRESA LAERCIO DE FARIA CONSTRUÇÃO ME. ECOMORADIAS JOÃO DE BARRO. Uma empresa que nasceu no coração há muitos anos atrás, veio com a ideia de um amigo da família que há dez anos construiu uma casa feita de tijolos ecológicos, e que a partir daí que surgiu na mente de se produzir e construir com os tijolos solo-cimento. Laércio de faria e Lucia Helena Consoni são os proprietários da empresa Ecomoradias e investiram nessa idéia. Os dois que são professores, ainda não tinham experiência nessa área, mas entraram com a produção baseada em diversos conhecimentos que tiveram no decorrer do tempo pesquisando sobre o produto. A empresa tem um ano de existência, começou em novembro de 2010 e se registrou em fevereiro de É uma empresa pequena e familiar, localizada na própria residência na cidade de Francisco Morato. Conta com uma máquina hidráulica para fabricação dos tijolos, que são vendidos e utilizados para construções feitas pelos próprios donos da empresa, que oferecem mão de obra aos clientes que adquirirem os tijolos. Como empresa familiar, a Ecomoradias não possui um organograma definido, todos os processos são feitos por todos os membros: Lúcia produz tijolos e cuida de parte da administração; Laércio e a filha produzem também e fazem as construções.

13 Histórico da Empresa Organograma Laércio Filha Lúcia Produção e Construção Administração A empresa possui seis funcionários, divididos entre a produção e a prestação de serviços de construção. A empresa é registrada apenas como comerciante de materiais de construção, devido à falta de estrutura do município para regularizar a empresa que, na verdade, é fabricante de materiais. 5. PLANO OPERACIONAL 5.1. Estrutura A empresa hoje, conta uma infraestrutura improvisada, dentro da própria residência, obtendo pouco espaço para produção e estoque Produção e Capacidade Produtiva

14 Pela pouca quantidade de equipamentos disponíveis, a produção é prejudicada, chegando apenas a 800 tijolos por dia, ante a capacidade produtiva de tijolos pela máquina. Isso é devido à falta de equipamentos de transporte dos tijolos, visto que durante o período da manhã, os funcionários se empenham em retirar o material que foi produzido no dia anterior, para levá-lo ao estoque, prejudicando ainda mais a produção Processo Operacional Após o processamento (trituramento) do solo, é adicionado um percentual prédeterminado de cimento (entre 5% à 10%) e umedecido com água, sendo misturado para obter homogeneização. Após, a mistura é colocada na prensa, que enche a forma e prensa a matéria-prima à um peso de 6 toneladas. O tijolo sai com suas características iniciais, sendo levado a um local onde recebe jatos de água a cada determinado tempo, permanecendo nesse processo de cura, em aproximadamente sete dias. É levado ao estoque de material pronto e já pode seguir para o consumo final. 6. PLANO DE MARKETING ATUAL A comercialização dos produtos e serviços é mantida através de um site na internet, que tem o contato da empresa para futuros clientes. A empresa aposta na divulgação através de cartões de visita e boca-a-boca, além de sites de vendas e anúncios que oferecem o produto. Ainda sim, se torna pouca divulgação para empresa, boa parte das pessoas ainda não tem conhecimento no tijolo solo-cimento.

15 7. ANÁLISES DA EMPRESA 7.1. OBJETIVOS E METAS Nossa missão é ter foco no crescimento da Ecomoradias, e também atribuindo nosso papel dentro da empresa, queremos alavanca la, resolvemos então reestruturar o espaço em que ela se encontra, melhorando espaço físico, tanto para uma produtividade maior, quanto também para os que nela se empenham para fazer um bom trabalho. A empresa Ecomoradias é pequena e somos responsáveis em focar na atuação de consultores especializados em gestão e reestruturação o que é cada vez mais comum nas empresas. Todas as organizações vêm acumulando falhas administrativas e de gestão. A falta de planejamento é alguns dos fatores que exigem um novo pensar, ou ainda, uma nova postura dos empresários. Mudando por completo não só em sua dinâmica e funcionamento, mas também, nas suas necessidades, para continuarem crescendo. Nessa fase, o empresário passa a ser cobrado por seu negócio de forma diversa, pois precisa desenvolver novas competências para que sua empresa continue a trilhar esse caminho. Precisa agir com estratégias para que seu negócio não venha se afundar, é nessa hora que poderemos ajudá-lo a se desenvolver, com conhecimentos, experiências e técnicas, auxiliando-o em seu processo de evolução. O empresário precisa conhecer bem o seu negócio, saber onde estão os problemas, que tipo de investimentos deveriam ser feitos, porém, os problemas do dia a dia, e a carga de trabalho operacional, não só o afasta da visão estratégica, mas também deixa a empresa cansada, o que leva a muitos empresários à desistência. Encontramos grandes problemas dentro da empresa, que com a atuação de novos procedimentos, trará a empresa um novo conhecimento. Queremos fazer com que a Ecomoradias se torne uma empresa tranqüila, mesmo em processos de mudanças, colocando a empresa no nível em que ela deveria permanecer, contemplando com ela novas conquistas. Ao final tendo uma empresa renovada, mais profissional e preparada para novos desafios.

16 Temos atualmente uma baixa produção, são fabricados cerca de 800 tijolos ao dia, modificaremos a produção, a idéia de aumentá-la, pra isso será necessário, aquisição de máquinas, contratação de funcionários, aumento das instalações, criação de um controle de qualidade, criação de um projeto para captação de água da chuva para fazer a cura dos tijolos, diminuindo os custos e ajudando o meio ambiente. Hoje a empresa, necessita da contratação de caminhões para fazer transporte tanto da matéria-prima como do produto final, encarecendo os processos. Sendo mais adequado a aquisição de caminhão próprio diminuindo os custos e preços de venda. Outra renovação na estrutura que pretendemos fazer é a criação de uma cisterna para captação de água da chuva, que auxiliará na cura dos tijolos, reduzindo assim o consumo de água, colaborando ao meio ambiente. O espaço em que a empresa se encontra é outro degrau que queremos subir. Para que haja boa produção, material de qualidade, pessoas motivadas a trabalharem nesse processo, o que faz necessário pensarmos no ambiente em que produziremos. Hoje a empresa se encontra na própria residência, mais possui um grande espaço para construção de uma pequena fabrica, ou seja, estamos falando de um espaço de mais de 250 metros quadrado, suficiente para planejamento do aumento de qualidade de nossa empresa. Uma empresa maior, que contará com um espaço bem amplo para estoque, como também um espaço para o processo de produção dos tijolos, como exemplo, o ponto de cura do tijolo terá acesso próximo à uma cisterna, sendo necessária e indispensável fase de produção. Contaremos com um escritório onde será necessária a atuação de um administrador na empresa, contaremos com um espaço amplo para refeição de nossos funcionários e toda parte necessária para melhoria no espaço em que a empresa se encontra. Devemos ter a arte e ciência da movimentação, local, e armazenamento de material em espaços adequados. Contribuindo com a eficiência e segurança na movimentação dos materiais, transporte dos materiais em tempo útil, com a quantidade exata, para o local desejado, também melhorando capacidade espacial fornecida pela própria empresa. Pensando em melhorias também, se propõe a utilização de um controle de qualidade especializada, fazendo com que cada produção, seja entregue produtos que realmente tragam satisfação do nosso cliente, e principalmente qualidade, buscando confiança no público alvo.

17 Com idéias que tragam inovação, tendo um local adequado com equipamentos de alta tecnologia. A vantagem de fazer com que a Ecomoradias João de barro, venha a crescer a cada dia mais, pensando em inovar seus produtos, e com isso não só trabalhar com tijolos solo-cimento, mais a maior parte da área de construção civil de forma correta, como blocos ecológicos, pisos ecológicos, placas de revestimentos, entre outros. Trabalhando com eficiência e qualidade, procurando a atender os consumidores, levando a ele a conscientização em um ambiente em que vivemos hoje. Colaborando e fazendo nosso papel no ambiental e social. A empresa conta com poucos recursos financeiros, o que nos traz resultados da falta de capital de giro. O capital de giro é a parte investida na empresa que fica no estoque, no caixa, nas contas a receber, ou banco, é o capital que fica disponível para as necessidades da empresa. Um fator muito importante e o que muitas vezes uma má administração gera mortalidade na empresa. É um dos alicerces que a sustenta, pois é deles que origina se todo ciclo operacional, ou seja, a necessidade de comprar, estocar, vender e receber o dinheiro das vendas. O planejamento financeiro mais adequado propicia a empresa a entrar no mercado globalizado com forte concorrência e tornando se fator chave na tomada de decisões em relação a riscos, fazendo com que o retorno de seus investimentos sejam maximizados. Nós preparamos um planejamento que traga facilidade em relação a questões das oportunidades, na assertiva de um endividamento e em montantes de dividendos. A empresa Ecomoradias é nova no mercado, e se torna muito importante quando a mesma tem uma boa administração, o que faz o capital de giro se tornar indispensável dentro da empresa. Exigindo da nossa parte, a cada dia que passa, um maior conhecimento das influências externas e internas que sua empresa se depara, para que desta forma, possa fazer seus levantamentos, estudos e planejamento com a máxima precisão possível junto aos cenários de um futuro próximo, posicionando diferenciadamente a empresa no exato momento do enfrentamento das crises sobressaindo fortalecido economicamente, podendo desta forma alcançar seus objetivos, que é a obtenção de lucro e a conquista e manutenção cada vez maior da fatia de mercado.

18 O planejamento financeiro como já descrito é de suma importância, entraremos com grandes soluções, tentando fazer de formas assertiva que tenhamos um grande asserto nessa área, o que é muito difícil hoje nas empresas, se deparam com problemas devido no passado ser uma economia inflacionária muito forte o que em muitas vezes estaciona um planejamento mais preciso, a forte evolução e colocação de novas tecnologias e sistemas de informação dentro das empresas ocasionando falta de crédito com os administradores, o que enfrentam dificuldades em adaptar-se ao mercado atual não tendo informações concretas, não satisfatórias, e que não proporcionem uma melhor tomada de decisões e retorno de um bom investimento, quebrando assim a empresa. Devido a grandes fatores que podem influenciar no crescimento da Ecomoradias, é que queremos trabalhar com um bom capital de giro, para que assim possamos obter, mais recursos em relação às tecnologias que serão empregadas na empresa, como máquinas e equipamentos que irão contribuir com um melhor resultado na produção, também na parte organizacional e administrativa da empresa, e trabalhar na parte de informação em relação a forte influência de nossos concorrentes, sempre visando em um melhor produto, contendo um espaço amplo e gerando um capital de giro em nosso estoque, e principalmente nos retornos que alcançaremos com a venda de nosso material. Investimentos que serão feitos, pensando em todo ciclo operacional, já se atentando com possíveis riscos que com o passar dos anos poderemos enfrentar. Queremos obter uma empresa forte, e que esteje realmente preparada à mudança de crescimento e possíveis riscos que possam a aparecer em nossa frente. Atuaremos com investimento na empresa. Explicando melhor o que é investimento, como o próprio significado da palavra diz: Ato ou efeito de investir, de atacar, investida. Aplicação de capitais com finalidade lucrativa. Investimento é tudo o que visa obtenção de uma determinada rentabilidade. Importante avaliar um investimento visando em uma importante microeconomia ou macroeconomia. É necessário definir a aplicação do investimento, e o que se deseja alcançar, objetivando alcançar, gerar rendimento tanto para o investidor quanto para o empreendedor. Iremos investir em fundos como CDB (Certificado de Depósito Bancário), pois o dinheiro estará a nossa disposição a qualquer eventualidade, o que é diferente de outras aplicações que possuem tempo determinado para movimentação do dinheiro.

19 Proporcionaremos um ativo circulante que sustenta as operações do dia-a-dia da empresa, representando a parcela de investimento que circula de uma forma a outra, durante a condução normal dos negócios. Todas esses investimentos estruturais serão possíveis através da obtenção de um empréstimo, nas linhas de crédito para pequenas empresas no BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento), empresa pública federal, que é hoje o principal instrumento de financiamento de longo prazo para a realização de investimentos em todos os segmentos da economia, com uma política que inclui as dimensões social, regional e ambiental, oferecendo condições especiais para micro, pequenas e médias empresas. A Ecomoradias se encaixa nos requisitos para obtenção de empréstimos, sendo este viável para a empresa. (Conforme planilhas anexas) 7.2. PLANO DE MARKETING PARA EXPANSÃO Principal objetivo: Desmistificar a utilização do tijolo ecológico apenas como alternativa barata para construções. Após conhecimentos na área, pesquisas sobre o produto, administração de empresas, planos de negócio e marketing, realizamos uma visita à empresa no dia 26 de maio, visando conhecer todos os processos descritos e outras informações sobre a empresa. empresa. Analisando pontos que precisavam de melhorias fizemos uma nova estruturação da A empresa necessitava de princípios que fortificassem a sua existência e campo de atuação, para isso foram criadas três bases fundamentais para seu desenvolvimento:

20 Missão: Fabricar e comercializar produtos destinados à construção civil com qualidade superior, visando a satisfação do cliente e contribuindo para a sociedade e o meio ambiente. Visão: Ser reconhecida como a empresa que agrega conhecimentos na melhoria contínua dos processos internos de fabricação, na qualidade dos serviços e no relacionamento com o mercado. Valores: Compromisso, inovação, qualidade, atitude, motivação, desenvolvimento sustentável, ética e foco no consumidor MATRIZ SWOT Foram analisadas as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da empresa obtivemos os seguintes resultados: Forças Diferencial do produto: As qualidades do produto em relação aos seus concorrentes é superior, sendo esta uma grande vantagem da empresa. Qualidade: Todos os tijolos são fabricados seguindo as normas da ABNT (Associação Brasileiras de Normas Técnicas), garantindo a eficiência do produto. Equipe especializada para construção: Como já citado é um grande diferencial. Única empresa na região: A empresa é pioneira na fabricação e venda desses produtos na região. Fraquezas Foram identificadas como fraquezas todos os problemas estruturais da empresa, como espaço físico, produção lenta, etc. Oportunidades

21 Copa 2014 e Olimpíadas 2016: Os prédios da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016 terão que ser construídos com materiais sustentáveis. Outro ponto é o fato da cidade de Jundiaí estar entre as concorrentes para sediar o centro de treinamento de alguma seleção. Abrindo oportunidades para pequenas e médias empresas. PAC e Minha Casa Minha Vida: O aumento no faturamento da industria dos materiais de construção é muito influenciado pelos programas do PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) e pelo Minha Casa Minha Vida, que utilizam em muitas construções, materiais ecológicos, devido à sua rapidez na aplicação. O tijolo solo-cimento é utilizado largamente no estado do Rio de Janeiro, na construção de casas populares do programa governamental e pode ser uma alternativa viável à nossa região. Aumento no consumo das classes C, D e E: o aumento das linhas de crédito para a população de baixa renda vem sendo um grande fator positivo para o mercado da construção civil ecológica. O benefício do baixo custo do tijolo solo-cimento é um fator considerado para aquisição de materiais por parte da população. Aumento da procura por empresas e produtos sustentáveis: de acordo com pesquisa realizada boa parte da população procura adquirir produtos de empresas com responsabilidade ambiental e que priorizem a sustentabilidade. Ameaças Desconhecimento da população no assunto: Ainda de acordo essa pesquisa que realizamos, boa parte da população mão conhece ou nunca utilizou o material. Falta de pontos de vendas: A parte da população que conhecem o tijolo solo- cimento nunca adquiriu por não conhecer locais para aquisição Concorrência: Tijolo Baiano e Bloco de Concreto: Foram identificados como grandes concorrentes, devido a grande utilização e o custo comparado apenas do produto, e não da obra final. Falta de legislação sobre o produto: Ainda são poucas as normas regulamentadoras do tijolo solo-cimento, havendo dificuldade na legalização e consulta de impostos.

22 PÚBLICO ALVO Um primordial para nós foi conhecer o cliente em vamos trabalhar, o que nos fez gerar uma pesquisa com algumas perguntas, como faixa etária de idade, os meios de comunicação que mais utilizam no dia a dia, meios de pesquisas, pretensão de reformas nos próximos anos, preferências na aquisição de materiais de construção, se preferem qualidade, preço baixo, prazo e forma de pagamento, estética do produto, principais motivos que levam o consumidor a escolher o fabricante, se é por indicação, se levam em conta a responsabilidade ambiental, responsabilidade social, inovação. Também foi avaliado se essas pessoas sentem a necessidade de novos produtos na área de construção civil, se tem conhecimento de empresas que fabricam tijolos e blocos, se conhecem tijolo solo cimento, se conhece empresas que a fabriquem e qual avaliação do consumidor em relação ao material. Foi identificado que nosso público alvo, em geral, são homens com mais de 35 anos que já possuem família formada e residência própria e que desejam reformar e construir ESTRATÉGIAS Serão seguidas estratégias de marketing para divulgação e implantação do produto no mercado através do conceito dos 4P s: Produto, preço, promoção e praça.

23 Produto e preço Redução de Custos: utilização de resíduos de construção civil A cada dia mais, pessoas se preocupam com o mundo em que vivemos hoje. Pesquisas mostram o resultado, segundo o relatório feito pelo Living Planet, compara a situação do planeta, as condições pioraram. O mundo hoje emite 40% mais gases poluentes, teve uma perda de biodiversidade de 12%, as florestas diminuíram 3 milhões de metros quadrados, o número de pessoas vivendo em cidades que consomem 75% da energia do planeta, aumentou 45% e a produção de comida, que consome a maior parte da água doce do planeta, também aumentou 45%, (matéria também colocada na Revista Veja no dia 15/05/2012). Outra pesquisa feita pelo Ibope mostra que é necessário avançar em política de conscientização ambiental. Apenas 20% das pessoas reutilizam material reciclável. A pesquisa mostra que grande parte dos brasileiros, 71 % disse ter interesse pela natureza. No entanto, quando se pergunta sobre temas ligados ao meio ambiente, tem se muito pouco conhecimento. O assunto aquecimento global ou mudança no clima é pouco conhecido por 32% das pessoas. Outros 27% somente ouviram falar e 6% nem conhecem a expressão. Na outra ponta, 12% responderam conhecer muito bem sobre o tema e 24% afirmaram conhecer. O lado positivo da pesquisa ficou com os 70% dos entrevistados que disseram estar dispostos a pagar mais por um produto saudável para o meio ambiente. Outro lado positivo do estudo é a disposição de 61% das pessoas parar e mudar o estilo de vida e beneficiar o meio ambiente.(também matéria da Revista Veja no dia 31/05/2012). Estamos vivendo em um mundo onde ainda falta comprometimento com o meio ambiente, implantar nas pessoas o fato de reciclar, ter mais conhecimento na área quando se trata de florestas sendo desmatadas, gases poluentes, ver e encarar que os fatos não são bons. Estamos pouco a pouco destruindo a nós mesmos. A indústria de construção Civil tem sido alvo de grandes impactos ambientais, sendo poluidora e grande consumidora de energéticos. O que nos faz mover - se para que haja alternativas que mudem o placar desse repertório. O crescimento da indústria de construção civil nos últimos anos vem refletindo grandes aumentos de produção, o que nos leva a trazer inovações para o mundo atual em que vivemos.

24 Um dos mercados de maior potencial neste século é o de produtos sustentáveis, voltados ao consumidor final. Implantar hoje no Brasil a idéia de sustentabilidade tem sido muito comentado, ao que nos faz pensar em soluções para fixar em nosso país a importância do meio ambiente. É algo que tem crescido continuamente, tendo relatos que se continuarmos com as mesmas atitudes, em um futuro próximo não teremos e não faremos mais parte do meio ambiente. Temos visto de diversas formas a preocupação das pessoas em relação soluções sustentáveis, o que não é diferente para as empresas. Segundo o governo, uma empresa que não se preocupa com o meio ambiente é uma empresa morta ou alienada, cada vez mais o governo e a própria sociedade exigem que as empresas produzam sem causar danos à natureza. A gestão ambiental tem como seu principal objetivo o acompanhamento dos processos produtivos das empresas, onde estas possam proporcionar o mínimo de agressão à natureza, sempre observando qual o nível de impacto que pode ocasionar ao meio ambiente. Pensando dessa forma, é que queremos divulgar que existe um produto de qualidade, em uma área que vem crescendo em grande escala que é de construção civil, e implantar os tijolos ecológicos em nosso urbanismo sendo uma idéia de sustentabilidade. Existem diversas definições para desenvolvimento sustentável, a mais aceita diz que é: o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das gerações futuras, ou seja, é o desenvolvimento que não esgota os recursos para as próximas gerações. Para ser alcançado ele depende de planejamento e do reconhecimento de que os recursos são finitos (WWF BRASIL, 2008). Em construções voltadas à sustentabilidade, uma das metas é a não geração de resíduos, e posteriormente é pensado em como reduzir, reutilizar e no destino final. Essas construções baseiam-se na prevenção e redução de resíduos, desenvolvendo tecnologias limpas, usando materiais recicláveis e/ou reutilizáveis e pensando também no uso de resíduos como materiais secundários (BARDELLA, 2007). Segundo a pesquisa realizada os principais critérios do nosso público para escolher materiais de construção são a qualidade, o prazo e forma de pagamento e preço baixo. Como já descrevemos a empresa possui capacidade de oferecer um produto de qualidade para seu cliente. A empresa também oferece prazos e formas e formas de pagamentos diferenciados (é aceito cartão de credito, cheques e cartões de linhas de credito para aquisição de materiais de construção, exemplo, Construcard). Porém o preço baixo ainda é uma adversidade da empresa

Projeto Aceleração de Negócios FACCAMP 2012

Projeto Aceleração de Negócios FACCAMP 2012 Projeto Aceleração de Negócios FACCAMP 2012 Objetivos e Metas Alavancar a empresa de uma forma sustentável, não apenas ambiental mas financeiramente. Introdução Histórico Tijolo Muralha da China construída

Leia mais

concreto É unir economia e sustentabilidade.

concreto É unir economia e sustentabilidade. concreto É unir economia e sustentabilidade. A INTERBLOCK Blocos e pisos de concreto: Garantia e confiabilidade na hora de construir. Indústria de artefatos de cimento, que já chega ao mercado trazendo

Leia mais

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível,

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível, TIJOLOS ECOLÓGICOS Casa construída com tijolos ecológicos Fonte: paoeecologia.wordpress.com TIJOLOS ECOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que

Leia mais

Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a. sustentabilidade da construção civil

Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a. sustentabilidade da construção civil Sistemas construtivos à base de cimento. Uma contribuição efetiva para a sustentabilidade da construção civil A CONSCIÊNCIA AMBIENTAL É TEMA DESTE SÉCULO, E PORQUE NÃO DIZER DESTE MILÊNIO REDUZA REUTILIZE

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO

SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO CONCEITO A tipologia estrutural composta por bloco, argamassa, graute e eventualmente armações é responsável por um dos sistemas construtivos

Leia mais

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011 Resumo Executivo Modelo de Planejamento O Resumo Executivo é comumente apontada como a principal seção do planejamento, pois através dele é que se perceberá o conteúdo a seguir o que interessa ou não e,

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

RECICLAGEM DE RESÍDUOS E CIDADANIA: PRODUÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES EM REGIME DE MUTIRÃO - PARTE II

RECICLAGEM DE RESÍDUOS E CIDADANIA: PRODUÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES EM REGIME DE MUTIRÃO - PARTE II RECICLAGEM DE RESÍDUOS E CIDADANIA: PRODUÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES EM REGIME DE MUTIRÃO - PARTE II Aline Gomes de Oliveira 1 ; Gustavo de Castro Xavier 2 ; Raphael dos

Leia mais

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis Um desafio que envolve você! Compartilhamos os mesmos espaços e problemas, mas também as soluções. É fundamental ter atitudes responsáveis, suprindo

Leia mais

COMO A GIR NA CRI $E 1

COMO A GIR NA CRI $E 1 1 COMO AGIR NA CRI$E COMO AGIR NA CRISE A turbulência econômica mundial provocada pela crise bancária nos Estados Unidos e Europa atingirá todos os países do mundo, com diferentes níveis de intensidade.

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

SILVA, Fernando Souza da

SILVA, Fernando Souza da CASTRO, Adriana Petito de Almeida Silva Ano 02 SILVA, Fernando Souza da n. 03 INCENTIVO AO USO DE PRODUTOS DE BAIXO IMPACTO AMBIENTAL ATRAVÉS DA DISCIPLINA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL p.50-57 Instituto

Leia mais

MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP

MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP Cristiane Ferreira, Fernanda Duran, Julia Lima e Juliana Santos Mercedes-Benz do Brasil Ltda. RESUMO O Centro

Leia mais

CMV Custo de Mercadoria Vendida

CMV Custo de Mercadoria Vendida CMV Custo de Mercadoria Vendida Guia para Food Service Restaurante & Pizzarias Apresentação Para manter sempre os parceiros alinhados com as informações do mercado, a PMG criou este guia falando um pouco

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO GESTAO AMBIENTAL LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Doverlandia 2014 LUCAS SAMUEL MACHADO RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Trabalho de Gestão Ambiental

Leia mais

Sistemas da edificação Aplicação na prática

Sistemas da edificação Aplicação na prática 1 Vantagens Alta produtividade com equipes otimizadas; Redução de desperdícios e obra limpa; Facilidade de gerenciamento e padronização da obra; Elevada durabilidade; Facilidade de limpeza e conservação;

Leia mais

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E A SUSTENTABILIDADE

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E A SUSTENTABILIDADE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E A SUSTENTABILIDADE JULIANA APARECIDA DE SOUZA REIS MAIARA NATALIA MARINHO DUARTE SUSELI SANTOS DIAS RESUMO Neste artigo temos por objetivo apresentar que as micros e pequenas

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

TÍTULO: CONFECÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS COMO ALTERNATIVA PARA REUTILIZAÇÃO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS POR CENTRAIS DOSADORAS DE CONCRETO.

TÍTULO: CONFECÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS COMO ALTERNATIVA PARA REUTILIZAÇÃO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS POR CENTRAIS DOSADORAS DE CONCRETO. TÍTULO: CONFECÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS COMO ALTERNATIVA PARA REUTILIZAÇÃO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS POR CENTRAIS DOSADORAS DE CONCRETO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Exemplos de projetos e políticas públicas

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Exemplos de projetos e políticas públicas MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Exemplos de projetos e políticas públicas Pegada ecológica Imagem: Jornal Bahianorte Evolução da Pegada Ecológica Imagem: miriamsalles.info Nosso padrão de produção Imagem:

Leia mais

MARKETING VERDE E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL

MARKETING VERDE E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL MARKETING VERDE E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL Introdução: O marketing verde já não é tendência. Ele se tornou uma realidade e as empresas o enxergam como uma oportunidade para atrair

Leia mais

Tabela de Preços. Preço para parcelamento. 04 Modelos R$4.500,00 R$4.000,00 R$6.000,00 R$8.000,00. 04 Modelos R$6.500,00 R$6.000,00 R$8.

Tabela de Preços. Preço para parcelamento. 04 Modelos R$4.500,00 R$4.000,00 R$6.000,00 R$8.000,00. 04 Modelos R$6.500,00 R$6.000,00 R$8. Tabela de Preços - Linha Industrial- Prensa manual V2 (12,5 x 25 x 6,25 cm) Modelo da prensa Stander Silver Gold tijolos 04 Modelos R$4.500,00 R$4.000,00 07 Modelos 11 Modelos R$6.000,00 R$8.000,00 ; R$5.500,00

Leia mais

Rentabilidade em Food Service

Rentabilidade em Food Service Rentabilidade 6 passos para tornar sua franquia mais lucrativa Seja bem-vindo ao e-book da Linx. Aqui estão reunidos os principais caminhos para o aumento da rentabilidade em operações de fast food. São

Leia mais

Balanço Sustentável. Balanço Sustentável

Balanço Sustentável. Balanço Sustentável Balanço Sustentável ÍNDICE SUSTENTABILIDADE PARA A SONDA IT...03 PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS...05 CONHEÇA AS AÇÕES SUSTENTÁVEIS DA SEDE DA SONDA IT...06 DATA CENTER PRÓPRIO...13 ASPECTOS AMBIENTAIS...15 Sustentabilidade

Leia mais

MANUAL DO FABRICANTE:

MANUAL DO FABRICANTE: MANUAL DO FABRICANTE: ALVENARIA ESTRUTURAL Características e especificações, instruções de transporte, estocagem e utilização. GESTOR: Engenheiro civil EVERTON ROBSON DOS SANTOS LISTA DE TABELAS Tabela

Leia mais

A EMPRESA COMO MODELO DE SUSTENTABILIDADE. Barbara Augusta PAULETO¹ RGM 071257 Fabiane Aparecida RODRIGUES¹ RGM 072625

A EMPRESA COMO MODELO DE SUSTENTABILIDADE. Barbara Augusta PAULETO¹ RGM 071257 Fabiane Aparecida RODRIGUES¹ RGM 072625 A EMPRESA COMO MODELO DE SUSTENTABILIDADE Barbara Augusta PAULETO¹ RGM 071257 Fabiane Aparecida RODRIGUES¹ RGM 072625 Renato Francisco Saldanha SILVA² Ailton EUGENIO 3 Resumo Muitas empresas mostram ser

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Tijolos de solo-cimento, rochas ornamentais, absorção de água.

PALAVRAS CHAVE: Tijolos de solo-cimento, rochas ornamentais, absorção de água. ESTUDO DO FATOR ÁGUA/CIMENTO PARA A CONFECÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS DE SOLO-CIMENTO INCORPORADOS COM RESÍDUOS GERADOS NO BENEFICIAMENTO DE ROCHAS ORNAMENTAIS Natália de Oliveira SANTIAGO 1, Djane de Fátima

Leia mais

UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital

UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital Muitos empreendedores apontam como principal retardo para o crescimento das MPE s no Brasil a dificuldade em se obter financiamento, devido às exigências estabelecidas

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS OFICINA EMPRESARIAL COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS - ATENDIMENTO COLETIVO - 01 Como tudo começou... Manuais da série Como elaborar Atividade 02 Por que as empresas fecham? Causas das dificuldades e

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS CONHECER A ELABORAÇÃO, CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES UM PLANO DE NEGÓCIOS.

Leia mais

TIPOS DE ESTRUTURAS. Prof. Marco Pádua

TIPOS DE ESTRUTURAS. Prof. Marco Pádua TIPOS DE ESTRUTURAS Prof. Marco Pádua A função da estrutura é transmitir para o solo a carga da edificação. Esta carga compõe-se de: peso próprio da estrutura, cobertura, paredes, esquadrias, revestimentos,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO SIMONSEN PLANO DE NEGÓCIO

PÓS-GRADUAÇÃO SIMONSEN PLANO DE NEGÓCIO PÓS-GRADUAÇÃO SIMONSEN PLANO DE NEGÓCIO RESUMO DO EMPREENDIMENTO 01 EMPREENDIMENTO 02 NEGÓCIO E MERCADO: DESCRIÇÃO 2.1 ANÁLISE MERCADOLÓGICA 2.2 MISSÃO DA EMPRESA 03 CONCORRÊNCIA 04 FORNECEDORES 05 PLANO

Leia mais

Logística Reversa Meio-ambiente e Produtividade

Logística Reversa Meio-ambiente e Produtividade 1. Introdução O ciclo dos produtos na cadeia comercial não termina quando, após serem usados pelos consumidores, são descartados. Há muito se fala em reciclagem e reaproveitamento dos materiais utilizados.

Leia mais

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC.

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Comprometida com a qualidade e o desenvolvimento dos nossos produtos investimos continuamente

Leia mais

Identificando os tipos de fontes energéticas

Identificando os tipos de fontes energéticas Identificando os tipos de fontes energéticas Observe a figura abaixo. Nela estão contidos vários tipos de fontes de energia. Você conhece alguma delas? As fontes de energia podem ser renováveis ou não-renováveis,

Leia mais

SUSTENTABILIDADE 2014

SUSTENTABILIDADE 2014 SUSTENTABILIDADE 2014 Rutivo de no CONSTRUIR, PLANTAR E TRANSFORMAR Nosso objetivo vai além de ser responsável pelo processo construtivo de nossas obras, procuramos estimular e disseminar o conceito de

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013

FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 FACCAMP - FACULDADE DE CAMPO LIMPO PAULISTA CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA Campo Limpo Paulista - Maio 2013 DISCIPLINA - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Integrantes: Adriano de Oliveira RA: 14759 Karina

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa

Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa Será que é resistente? Aceita qualquer revestimento? E se molhar? Esse mar de dúvidas invade

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Objetivos da Aula Sistema de Gestão Ambiental 1. Sistemas de gestão ambiental em pequenas empresas Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

OFÍCIO DE PEDREIRO AUTOR: JOSÉ VIEIRA CABRAL

OFÍCIO DE PEDREIRO AUTOR: JOSÉ VIEIRA CABRAL OFÍCIO DE PEDREIRO AUTOR: JOSÉ VIEIRA CABRAL 3. ASSENTAMENTOS DE BLOCOS COMUNS. 4. COMO CALCULAR VOLUMES DE PEDRA E AREIA EM UM CAMINHÃO. 5. NORMAS REGULAMENTADORAS. 6. VOCABULÁRIO DE CONSTRUÇÃO CIVIL.

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável Capítulo III. As Dimensões Ecológica, Espacial e Cultural do Desenvolvimento Sustentável

Desenvolvimento Sustentável Capítulo III. As Dimensões Ecológica, Espacial e Cultural do Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável Capítulo III As Dimensões Ecológica, Espacial e Cultural do Desenvolvimento Sustentável Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a Humanidade

Leia mais

BLOCOS DE VEDAÇÃO COM ENTULHO

BLOCOS DE VEDAÇÃO COM ENTULHO BLOCOS DE VEDAÇÃO COM ENTULHO 2 nd International Workshop on Advances in Cleaner Production Orientadora: Profª.Dra. Ana Elena Salvi Abreu, Ricardo M. a ; Lopes, Ricardo W. b ; Azrak, Roberto c a. Universidade

Leia mais

Construção Civil e Sustentabilidade

Construção Civil e Sustentabilidade CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO RECONHECIDA NOS TERMOS DA LEGISLAÇÃO VIGENTE EM 16 DE SETEMBRO DE 2010 Estudo técnico Edição nº 07 maio de 2014 Organização:

Leia mais

GESTÃO CARBONO 2014 (BASE 2013)

GESTÃO CARBONO 2014 (BASE 2013) GESTÃO CARBONO 2014 (BASE ) O CENÁRIO DO CARBONO E A EVEN O Cenário do Carbono A principal ameaça ao meio-ambiente são as mudanças climáticas decorrentes do aumento das emissões de Gases de Efeito Estufa,

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

Sustentabilidade aplicada aos negócios: um estudo de caso da empresa Natura S.A.

Sustentabilidade aplicada aos negócios: um estudo de caso da empresa Natura S.A. Sustentabilidade aplicada aos negócios: um estudo de caso da empresa Natura S.A. Autoria: Silas Dias Mendes Costa 1 e Antônio Oscar Santos Góes 2 1 UESC, E-mail: silas.mendes@hotmail.com 2 UESC, E-mail:

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

ASBEA GRUPO DE TRABALHO DE SUSTENTABILIDADE. RECOMENDAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE ARQUITETURA. INTRODUÇÃO

ASBEA GRUPO DE TRABALHO DE SUSTENTABILIDADE. RECOMENDAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE ARQUITETURA. INTRODUÇÃO ASBEA GRUPO DE TRABALHO DE SUSTENTABILIDADE. RECOMENDAÇÕES BÁSICAS PARA PROJETOS DE ARQUITETURA. INTRODUÇÃO O Grupo de Trabalho de Sustentabilidade da AsBEA, às vésperas de completar seu primeiro ano de

Leia mais

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé?

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé? 1 INTRODUÇÃO As empresas, inevitavelmente, podem passar por períodos repletos de riscos e oportunidades. Com a complexidade da economia, expansão e competitividade dos negócios, tem-se uma maior necessidade

Leia mais

Ficha Técnica 2015 Mania de Empreender Informações e Contatos

Ficha Técnica 2015 Mania de Empreender Informações e Contatos FORMAR SEU PREÇO Ficha Técnica 2015 Mania de Empreender TODOS OS DIREITOS RESERVADOS Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer forma ou por qualquer meio. Informações e Contatos Mania de

Leia mais

VIABILIDADE E RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DO BLOCO DE CONCRETO EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO - Construtora Dacaza. Elaine Valentim

VIABILIDADE E RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DO BLOCO DE CONCRETO EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO - Construtora Dacaza. Elaine Valentim VIABILIDADE E RESULTADOS OBTIDOS COM O USO DO BLOCO DE CONCRETO EM ALVENARIA DE VEDAÇÃO - Construtora Dacaza Elaine Valentim CONSTRUTORA DACAZA CENÁRIO - 2005 Mais de 20 anos no mercado; Focada na qualidade

Leia mais

CAPÍTULO IV - ALVENARIA

CAPÍTULO IV - ALVENARIA CAPÍTULO IV - ALVENARIA Alvenaria é a arte ou ofício de pedreiro ou alvanel, ou ainda, obra composta de pedras naturais ou artificiais, ligadas ou não por argamassa. Segundo ZULIAN et al. (2002) também

Leia mais

...VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA

...VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA REVISTA AU REFERÊNCIAS DE APLICAÇÃO DE PISO ELEVADO O CHÃO QUE VOCÊ PISA......VAI MUITO ALÉM DO QUE VOCÊ IMAGINA 1- Quais as principais diferenças entre pisos elevados para áreas internas e externas? E

Leia mais

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Perfil do Consumidor Brasileiro Brasileiros barganham e esperam promoções para adquirir bens de maior valor 64% Esperam por promoções para ir às compras

Leia mais

Plataforma da Informação. Finanças

Plataforma da Informação. Finanças Plataforma da Informação Finanças O que é gestão financeira? A área financeira trata dos assuntos relacionados à administração das finanças das organizações. As finanças correspondem ao conjunto de recursos

Leia mais

Logística Reversa Meio-ambiente e Produtividade

Logística Reversa Meio-ambiente e Produtividade Logística Reversa Meio-ambiente e Produtividade Carla Fernanda Mueller, carla@deps.ufsc.br 1. Introdução O ciclo dos produtos na cadeia comercial não termina quando, após serem usados pelos consumidores,

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO DE BIOLOGIA (EAD)

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO DE BIOLOGIA (EAD) UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO DE BIOLOGIA (EAD) TRABALHO DE BIOLOGIA GERAL RAQUEL ALVES DA SILVA CRUZ Rio de Janeiro, 15 de abril de 2008. TRABALHO DE BIOLOGIA GERAL TERMOELÉTRICAS

Leia mais

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL ÉTICA E RESPONSABILIDADE SOCIAL Camila Cristina S. Honório 1 Maristela Perpétua Ferreira 1 Rosecleia Perpétua Gomes dos Santos 1 RESUMO O presente artigo tem por finalidade mostrar a importância de ser

Leia mais

CAVACO S. www.cavacos.com RESPEITANDO A NATUREZA. Combustível de Biomassa

CAVACO S. www.cavacos.com RESPEITANDO A NATUREZA. Combustível de Biomassa CAVACO S Combustível de Biomassa RESPEITANDO A NATUREZA www.cavacos.com EM 2014 OS NOSSOS SONHOS SÃO AINDA MAIORES. APRESENTAMOS AOS NOSSOS CLIENTES E PARCEIROS UMA NOVA CAVACO S, MUITO MAIS MODERNA, COM

Leia mais

ALVENARIA DE BLOCOS DE SOLO-CIMENTO FICHA CATALOGRÁFICA-27 DATA: JANEIRO/2014.

ALVENARIA DE BLOCOS DE SOLO-CIMENTO FICHA CATALOGRÁFICA-27 DATA: JANEIRO/2014. Tecnologias, sistemas construtivos e tipologias para habitações de interesse social em reassentamentos. ALVENARIA DE BLOCOS DE SOLO-CIMENTO FICHA CATALOGRÁFICA-27 DATA: JANEIRO/2014. Tecnologias, sistemas

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar

PRÊMIO. Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A. Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar PRÊMIO 2012 Identificação da Empresa: Viação Águia Branca S/A Identificação da Experiência: Preservar é Reduzir, Reutilizar e Reciclar Data ou Período de Aplicação da Experiência: 2011 e 2012 Categoria

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 5: Serviços Bancários Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 5: Serviços Bancários Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre os serviços bancários e as funções de cada funcionário O conteúdo deste material é baseado

Leia mais

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO:

2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO 2.1 MISSÃO: RESUMO O presente trabalho constitui em uma elaboração de um Plano de Marketing para a empresa Ateliê Delivery da Cerveja com o objetivo de facilitar a compra de bebidas para os consumidores trazendo conforto

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON DIRETORIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA GERÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL AGG MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S. A. CERON OBRA: ENDEREÇO: REFORMA E ADEQUAÇÃO DE SALAS NO PRÉDIO DA UNIDADE DE NEGÓCIOS NORTE UNN, VISANDO A INSTALAÇÃO DO POSTO DE ENSAIO

Leia mais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais Blocos de CONCRETO DESCRIÇÃO: Elementos básicos para a composição de alvenaria (estruturais ou de vedação) BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO SIMPLES COMPOSIÇÃO Cimento Portland, Agregados (areia, pedra, etc.)

Leia mais

construímos a inovação POR

construímos a inovação POR construímos a inovação POR construímos a inovação 2 3 Compact Habit, uma iniciativa da empresa de Manresa, Constructora d Aro S.A., foi criada em 2004 para atender à necessidade de inovação na construção.

Leia mais

Tema Nº 3 Primeiros Passos

Tema Nº 3 Primeiros Passos Tema Nº 3 Primeiros Passos Habilidades a Desenvolver: Reconhecer as etapas iniciais do empreendedorismo. Analisar o tipo de negócio, bem como sua viabilidade e demandas de recursos de novos empreendimentos.

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

Blocos e Alicerces CONCEITO

Blocos e Alicerces CONCEITO CONCEITO Os blocos são elementos estruturais de grande rigidez que são ligados pelas vigas baldrame. Sua profundidade varia de 0,5 a 1 metro. São utilizados quando há atuação de pequenas cargas, como em

Leia mais

Sede Sebrae Nacional

Sede Sebrae Nacional Sede Sebrae Nacional Somos o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa, uma entidade privada sem fins lucrativos, e a nossa missão é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável

Leia mais

O que é Arquitetura sustentável?

O que é Arquitetura sustentável? Área Arquitetura sustentável, reciclagem e ecologia Por decisão da diretoria do IBDA - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Arquitetura, definiu-se que SUSTENTABILIDADE e ACESSIBILIDADE serão os

Leia mais

A NOVA GERAÇÃO DE OBRAS SISTEMA PREMIERE

A NOVA GERAÇÃO DE OBRAS SISTEMA PREMIERE A NOVA GERAÇÃO DE OBRAS SISTEMA PREMIERE Esta inovação faz nascer a técnica industrial aplicada a construção no Brasil SISTEMA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL A Construção Sustentável Premiere representa uma

Leia mais

FIDELIZAÇÃO: DICAS PARA SEUS CLIENTES VOLTAREM E COMPRAREM MAIS

FIDELIZAÇÃO: DICAS PARA SEUS CLIENTES VOLTAREM E COMPRAREM MAIS Como conquistar e manter clientes Marketing de Relacionamento Visa a orientar como utilizar as ferramentas do marketing de relacionamento para aumentar as vendas e fidelizar clientes. Público-alvo: empresários

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Arq. Tiago S. Ferrari Royal do Brasil Technologies S.A.

Arq. Tiago S. Ferrari Royal do Brasil Technologies S.A. Concreto PVC A Utilização do Sistema Royal para construção de casas populares. Arq. Tiago S. Ferrari Royal do Brasil Technologies S.A. O Sistema Construtivo O sistema construtivo Royal (Concreto-PVC) nasceu

Leia mais

7. Viabilidade Financeira de um Negócio

7. Viabilidade Financeira de um Negócio 7. Viabilidade Financeira de um Negócio Conteúdo 1. Viabilidade de um Negócios 2. Viabilidade Financeira de um Negócio: Pesquisa Inicial 3. Plano de Viabilidade Financeira de um Negócio Bibliografia Obrigatória

Leia mais

Modelo de Plano de Negócios

Modelo de Plano de Negócios Modelo de Plano de Negócios COLEÇÃO DEBATES EM ADMINISTRAÇÃO Empreendedorismo Modelo de Plano de Negócios Elaboração Marcelo Marinho Aidar Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP) F U N

Leia mais

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br.

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br. Marketing Ambiental Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. O que temos visto e ouvido falar das empresas ou associado a elas? Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br 2 3 Sílvia

Leia mais

Revista Lumiere Setembro/2007 Empresas do futuro

Revista Lumiere Setembro/2007 Empresas do futuro Revista Lumiere Setembro/2007 Empresas do futuro Se hoje investir em responsabilidade socioambiental é uma opção, em breve será praticamente obrigatório para se manter no mercado. Especialistas da indústria

Leia mais

Acordo de Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha GTZ

Acordo de Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha GTZ PROJETO COMPETIR Projeto COMPETIR Acordo de Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha SENAI GTZ SEBRAE OBJETIVO Ampliar a competitividade das empresas da cadeia produtiva da Construção Civil, visando:

Leia mais

Casa de steel frame - instalações (parte 4)

Casa de steel frame - instalações (parte 4) Página 1 de 6 Casa de steel frame - instalações (parte 4) As instalações elétricas e hidráulicas para edificações com sistema construtivo steel frame são as mesmas utilizadas em edificações convencionais

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

climatização refrigeração índice mercado Indústrias TOSI: Orgulho de ser brasileira 12 4 Climatização + Refrigeração Maio 2012

climatização refrigeração índice mercado Indústrias TOSI: Orgulho de ser brasileira 12 4 Climatização + Refrigeração Maio 2012 índice climatização refrigeração mercado 08 Indústrias TOSI: Orgulho de ser brasileira 12 4 Climatização + Refrigeração Maio 2012 Orgulho de ser brasileira Crédito NT Editorial Com produção fortemente

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

REAPROVEITAMENTO E RECICLAGEM DE ENTULHOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO DE CASO EM PASSO FUNDO, RS

REAPROVEITAMENTO E RECICLAGEM DE ENTULHOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO DE CASO EM PASSO FUNDO, RS REAPROVEITAMENTO E RECICLAGEM DE ENTULHOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO DE CASO EM PASSO FUNDO, RS Evanisa F. R. Q. Melo (1); Rubens M. Astolfi (2); Leunir Freitas (3); Ricardo Henryque Reginato Quevedo

Leia mais

ALTERNATIVAS DE DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS. Apresentação: Ana Rosa Freneda Data: 17/10/2014

ALTERNATIVAS DE DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS. Apresentação: Ana Rosa Freneda Data: 17/10/2014 ALTERNATIVAS DE DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS Apresentação: Ana Rosa Freneda Data: 17/10/2014 3 Elos Soluções Ambientais Alternativa para otimizar a destinação de resíduos: Crescente necessidade das

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA Resolução nº 307, de 5 de Julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil, disciplinando as ações

Leia mais

Gestão Ambiental de Resíduos na Construção Civil e Benefícios para o Meio Ambiente

Gestão Ambiental de Resíduos na Construção Civil e Benefícios para o Meio Ambiente - SEPesq Gestão Ambiental de Resíduos na Construção Civil e Benefícios para o Meio Ambiente Micheli Gonçalves Zamarchi Arquiteta e Urbanista Centro Universitário Metodista - IPA arquiteta.mz@gmail.com

Leia mais

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL Indice ALVENARIA ESTRUTURAL MANUAL DE EXECUÇÃO E TREINAMENTO...1 O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL?...1 Seu trabalho fica mais fácil...1 CUIDADOS QUE

Leia mais

Eline Cristina Miranda 0501006001. Administração Financeira e Orçamentária

Eline Cristina Miranda 0501006001. Administração Financeira e Orçamentária UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO EM CIENCIAS CONTÁBEIS PROF: HÉBER LAVOR MOREIRA Eline Cristina Miranda 0501006001 Administração

Leia mais