ESTUDO DIRIGIDO. Questão 2 Quais os agentes responsáveis pelo processo de globalização?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DIRIGIDO. Questão 2 Quais os agentes responsáveis pelo processo de globalização?"

Transcrição

1 MODALIDADE: EJA Ensino Médio PERÍODO 3º Período Disciplina: Geografia Gabarito do estudo dirigido Professor (a): Kátia Silene Data: 17/11/2015 Nome do Aluno: Questão 1 O que é globalização? ESTUDO DIRIGIDO Globalização é um conjunto de transformações na ordem política, econômica e social mundial. Trata-se de um fenômeno que criou pontos em comum na vertente econômica, social, cultural e política, e que conseqüentemente tornou o mundo interligado, uma Aldeia Global. Questão 2 Quais os agentes responsáveis pelo processo de globalização? As multinacionais; Governo do países mais poderosos do mundo; Bancos internacionais; Instituições internacionais (OMC, ONU, FMI e BIRD); Blocos econômicos, como União Europeia, APEC, NAFTA, Mercosul, etc. Questão 3 (CRSP PMMG 2013) "A revolução tecnológica dos meios de transporte ocasionou o chamado encolhimento do mundo. Marque a alternativa CORRETA que exemplifica a frase encolhimento do mundo. A ) As possibilidades de comunicação entre as nações facilitaram os acordos comerciais e financeiros que reduziram as diferenças econômicas entre os países. B) A abolição de barreiras espaciais permitiu o livre fluxo de populações, sobretudo em função do acesso ao mercado de trabalho, em diferentes regiões do planeta. C) A ampliação do intercâmbio de informações entre diferentes povos e regiões do planeta promoveu uma única e homogênea aldeia global de trocas igualitárias. D) A redução do tempo de deslocamento entre os lugares foi fundamental para a expansão planetária da produção e circulação das mercadorias sob a égide do capitalismo. Questão 4 O que são empresas transnacionais? Cite 2 exemplos. São empresas que possuem matriz num país e possuem atuação em diversos países. Geralmente são grandes empresas que instalam filiais em outros países em busca de mercado consumidor, energia, matéria-prima e mão-de-obra baratas. EX: GM, FIAT, Coca-Cola, TIM, Petrobras, Gerdau, Embraer, entre outras. Questão 5 - Leia a frase abaixo e marque V para as alternativas Verdadeiras e F para as Falsas. O processo de globalização, em sua fase atual, revela uma vontade de fundar o domínio do mundo na associação entre grandes organizações e uma tecnologia cegamente utilizada.

2 Mas na realidade dos territórios e as contingências do meio associado asseguram a impossibilidade da desejada homogeneização. (grifos nossos) (Milton Santos, In: A Natureza do Espaço, 1997.) ( F ) a globalização só se tornou possível porque todos os territórios se tornaram homogêneos. ( F ) o processo de globalização é integrador, uma vez que fortalece os países pobres enfraquecendo as nações mais desenvolvidas. ( F ) os Estados Nações (países) são os elementos mais importantes do processo de globalização, por imporem as regulamentações que acham necessárias para entrada das grandes corporações nos seus territórios. ( V ) os aspectos econômicos, culturais e até de ordem natural, das diversas regiões do planeta impedem a completa homogeneização do espaço mundial sob o comando da globalização. ( V ) o atual processo de globalização é assimétrico (desigual), uma vez que aprofunda o abismo entre nações de diferentes níveis de desenvolvimento econômico. Questão 6 - (FUVEST) O processo de globalização econômica e financeira envolve, de diferentes formas, vários países. Com base nessa afirmação: Aponte uma característica positiva e outra negativa desse processo em relação ao Brasil. Positiva: maior inserção do Brasil nos mercados internacionais. Negativa: o surgimento do desemprego estrutural (provocado pelo aumento de tecnologia e máquinas no processo produtivo). Questão 7 - O que foi a Conferência de Bretton Woods? Foi um encontro ocorrido em 1944, para a Conferência Monetária e Financeira das Nações Unidas na cidade de Bretton Woods, estado de New Hampshire, nos Estados Unidos. O objetivo era urgente: reconstruir o capitalismo mundial, a partir de um sistema de regras que regulasse a política econômica internacional. As instituições multilaterais criadas e encarregadas de acompanhar esse novo sistema financeiro e garantir liquidez na economia foram: o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Questão 8 - Cite os objetivos de cada instituição: FMI, OMC e BIRD (Banco Mundial) FMI: Foi criado com o objetivo de reorganizar a economia e o sistema financeiro. As metas do FMI são: promover a cooperação monetária internacional e a organização de empréstimos entre os países com dificuldades financeiras. OMC: tem como finalidade incentivar o comércio mundial por meio da diminuição das barreiras comerciais entre os países, estabelecer as regras que regem o comércio mundial e mediar os conflitos comerciais entre os países. BIRD (Banco Mundial): é responsável pelo financiamento de projetos de desenvolvimento econômico e social principalmente em países subdesenvolvidos, cooperando com o FMI. Questão 9 O Poder do FMI

3 O voto do representante dos Estados Unidos na diretoria executiva do FMI vale 16,79% dos votos totais. Japão, Alemanha, Grã-Bretanha e França ocupam as posições seguintes: somados, seus votos equivalem a 21,62% do total. A China ingressou na instituição com direito de voto equivalente a 3,66% do total, mais que o da Rússia, que vale 2,7% do total. O voto do Brasil vale 1,38% do total. MAGNOLI, D. Geografia para o Ensino Médio. São Paulo: Atual, p De acordo com o texto, podemos afirmar que a ordem de poder nas tomadas de decisões pelo FMI: A) respeita as relações históricas de poder, o que enuncia o seu caráter eminentemente democrático. B) resulta, basicamente, de um consenso entre os seus membros fundadores, aqueles citados no texto. C) obedece à ordem econômica internacional, uma vez que o peso dos votos é distribuído conforme o poderio econômico de cada nação. D) é resultante da relevância militar de cada país no contexto político mundial. E) é calcada na atribuição de força àquelas nações cuja dívida externa é mais elevada. Questão 10 A formação de Blocos Econômicos se tornou essencial para o fortalecimento e expansão econômica no mundo globalizado. O que são e quais os objetivos da formação desses blocos econômicos? * Associação entre países que estabelecem relações privilegiadas entre si. * Objetivo principal de formação de blocos econômicos é ampliar o comércio entre os países-membros, incentivando a abertura de novos mercados e a interdependência econômica. Questão 11 Associe as colunas 1 Zona de Livre Comércio 2 União Aduaneira 3 Mercado Comum 4- União econômica e monetária ( 3 ) Além de apresentar as mesmas características das associações anteriores, o mercado comum compreende a livre circulação de pessoas, mercadorias e serviços, como a União Europeia. (4 ) Atual estágio da União Europeia, após a adoção da moeda única, o euro. (1) Nesse tipo de bloco, a intenção é apenas criar uma área de livre circulação de mercadorias e capitais, os países membros realizam trocas comerciais com a redução ou isenção de tarifas alfandegárias, como propõe o Acordo de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta). ( 2 ) Além da zona de livre circulação de mercadorias e capitais, na união aduaneira é usada uma tarifa externa comum (TEC) em relação a países que não pertencem ao bloco, como acontece no Mercosul.

4 Questão 12 - A globalização da economia e da sociedade, baseada na expansão sem precedentes do capitalismo e comandada pelo crescente domínio das corporações transnacionais, está levando ao desenvolvimento de uma nova ordem mundial. Essa nova ordem tem como características principais o fim da Guerra Fria, o incremento da guerra comercial entre empresas e países e a formação de grandes blocos econômicos regionais. Baseado no mapa a seguir, identifique alguns desses blocos econômicos, relacionando-os na seqüência e assinalando a alternativa correta: Questão 13 Qual a principal diferença entre os blocos Nafta e União Européia? A fase ou estágio de integração. A) NAFTA, MERCOSUL, União Européia, Asean B) União Européia, Asean, NAFTA, MERCOSUL C) União Européia, NAFTA, MERCOSUL, Asean D) NAFTA, Asean, União Européia, MERCOSUL E) NAFTA, MERCOSUL, Asean, União Européia O Nafta está na primeira fase a Zona de Livre Comércio, onde ocorre somente a livre circulação de mercadorias com redução ou isenção de tarifas alfandegárias. Já a União Europeia está na fase mais avançada, Mercado Comum que compreende a livre circulação de pessoas, mercadorias e serviços. Questão 14 - Os blocos econômicos podem se diferenciar conforme os acordos estabelecidos pelos países integrantes, podendo ser Zona de livre comércio, União aduaneira, Mercado comum, União econômica e monetária. Nesse sentido, marque (V) para as características verdadeiras das vertentes dos blocos econômicos e (F) para as falsas. ( F ) Na União aduaneira é permitida a livre circulação de pessoas entre os países membros, como por exemplo, na União Europeia. (V ) A União econômica e monetária consiste no estágio mais avançado dos blocos econômicos, se caracterizando pela eliminação das tarifas alfandegárias, livre circulação de capitais, serviços e pessoas, além da utilização de uma moeda única. ( F ) A União econômica e monetária se limita à redução de barreiras fiscais, não permitindo a livre circulação de capitais. ( V ) A Zona de livre comércio é o tipo de bloco mais restrito, estabelecendo somente a redução e/ou eliminação das barreiras fiscais. Exemplo: Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA). (V ) O Mercado comum se caracteriza pela redução e/ou eliminação das barreiras alfandegárias, além de possibilitar a livre circulação de pessoas e capitais. Não é utilizada a moeda única entre os países integrantes.

5 Questão 15 Quais países integram o Mercosul e qual sua etapa de integração? Brasil Argentina Paraguai Uruguai Venezuela O Mercosul se encontra na 2º etapa de integração União aduaneira. Questão 16 - Qual o bloco econômico localizado na América do Norte? Que países fazem parte deste bloco? * Nafta Países membros Estados Unidos Canadá México * Etapa de integração: Zona de Livre-Comércio

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS PROF. DE GEOGRAFIA: BIANCA 1º TRIM - GEOGRAFIA 2016 INTRODUÇÃO Para a formação dos blocos econômicos, os países firmam acordos comerciais, estabelecendo medidas que visam

Leia mais

Definição Compreende-se por o processo de integração e interdependência entre países em seus aspectos comerciais, financeiros, culturais e sociais. A

Definição Compreende-se por o processo de integração e interdependência entre países em seus aspectos comerciais, financeiros, culturais e sociais. A Definição Compreende-se por o processo de integração e interdependência entre países em seus aspectos comerciais, financeiros, culturais e sociais. A globalização surgiu por necessidade primária do e na

Leia mais

IDH e Globalização. Uma longa viagem começa com um único passo (Lao Tsé).

IDH e Globalização. Uma longa viagem começa com um único passo (Lao Tsé). IDH e Globalização. Uma longa viagem começa com um único passo (Lao Tsé). O termo está vinculado à situação econômica e social das nações ricas ; Para atingir este estado, um país precisa de: 1. Controle

Leia mais

Crise na Europa e Globalização

Crise na Europa e Globalização Crise na Europa e Globalização Crise na Europa e Globalização 1. Nas últimas décadas, a Turquia vem pleiteando, sem sucesso, sua entrada na União Europeia. Apresente uma razão que tem dificultado a entrada

Leia mais

CAPÍTULO 3 BRASIL E MERCOSUL PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE

CAPÍTULO 3 BRASIL E MERCOSUL PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE CAPÍTULO 3 BRASIL E MERCOSUL PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE ORIGEM DO MERCOSUL P. 30 e 31 Os blocos econômicos promovem uma maior integração econômica, social e cultural entre as

Leia mais

MUNDO A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GLOBAL ( NO MATERIAL PÁGINAS 51 A 55

MUNDO A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GLOBAL ( NO MATERIAL PÁGINAS 51 A 55 MUNDO A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GLOBAL ( NO MATERIAL PÁGINAS 51 A 55 Pós-Segunda Guerra Mundial A regionalização do mundo em países capitalistas e socialistas Critério: organização econômica, social e política

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA Aluno: Nº Série: 8º Turma: Data: Nota: Professora: Edvaldo Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRENTE 6B AULA 16. Profº André Tomasini

TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRENTE 6B AULA 16. Profº André Tomasini TERCEIRÃO GEOGRAFIA FRENTE 6B AULA 16 Profº André Tomasini Panorama Mundial Fronteiras (naturais, territoriais, socias e econômicas) Classificação / Regionalizações Países do 1º mundo Países de Industrialização

Leia mais

A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA

A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA Globalização no Brasil- aspectos econômicos e sociais O processo de globalização é um fenômeno do modelo econômico capitalista, o qual consiste na mundialização

Leia mais

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO 3

ATIVIDADES ONLINE 9º ANO 3 ATIVIDADES ONLINE 9º ANO 3 1) Considerando todo o histórico da União Europeia, Em que ano houve a maior ampliação do bloco, com a entrada de 10 novos membros? a) 2001 b) 2006 c) 2004 d) 2007 2) Folha de

Leia mais

Aulas 04,05,06 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Bolsistas: Dayan Muniz e Marlúcio Neto Escola Estadual Imperial Marinheiro

Aulas 04,05,06 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Bolsistas: Dayan Muniz e Marlúcio Neto Escola Estadual Imperial Marinheiro Aulas 04,05,06 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Bolsistas: Dayan Muniz e Marlúcio Neto Escola Estadual Imperial Marinheiro Turma 8º ano A Professor (a)/supervisor (a): Inês Pacheco

Leia mais

11/03/2013 BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais

11/03/2013 BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais BLOCOS ECONÔMICOS O Comércio multilateral e os blocos regionais 1 O comércio multilateral Bretton Wood (1944) FMI Banco Mundial (Bird) OIC GATT OMC 2 PRINCÍPIOS DA OMC Não discriminação dos países membros

Leia mais

CAPÍTULO 1 GLOBALIZAÇÃO, UM MUNDO CADA VEZ MENOR PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 9º ANO

CAPÍTULO 1 GLOBALIZAÇÃO, UM MUNDO CADA VEZ MENOR PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 9º ANO CAPÍTULO 1 GLOBALIZAÇÃO, UM MUNDO CADA VEZ MENOR PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 9º ANO CONCEITO DE GLOBALIZAÇÃO p.5 Globalização é o processo de integração econômica, cultural, social,

Leia mais

Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta.

Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo, a sequência correta. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 9ª Ano

Leia mais

AULA NUMERO 25 INTERNACIONAL COMERCIO INTERNACIONAL (C.I.)

AULA NUMERO 25 INTERNACIONAL COMERCIO INTERNACIONAL (C.I.) AULA NUMERO 25 INTERNACIONAL COMERCIO INTERNACIONAL (C.I.) O comércio internacional ou comércio exterior é a troca de bens e serviços através de fronteiras internacionais ou territórios. (C.I. é uma disciplina

Leia mais

OBJETIVO º ANO E.M. MÓDULO 19 INDUSTRIALIZAÇÃO DA AMÉRICA

OBJETIVO º ANO E.M. MÓDULO 19 INDUSTRIALIZAÇÃO DA AMÉRICA OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. MÓDULO 19 INDUSTRIALIZAÇÃO DA AMÉRICA INTRODUÇÃO Palco da Segunda Revolução Industrial EUA; Petróleo como a principal fonte de energia; Fordismo; EUA: ocupam o segundo lugar no

Leia mais

GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA

GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA GEOGRAFIA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA Avaliação da unidade III Pontuação: 7,5 pontos 2 Questão 01 (2,0) A globalização é entendida, hoje, como o processo de integração

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA Unidade I Os Estados Unidos da América 2 Aula 1.2 Conteúdo Os Estados Unidos da América 3 Habilidade Compreender os fatores que fazem dos Estados

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD CLC 7 Formador

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD CLC 7 Formador 1 de 5 Globalização Globalização é um processo de integração social, política e económica entre os países e as pessoas de todo o mundo, onde os governos e as empresas comunicam entre si. Por outras palavras,

Leia mais

O Desenvolvimento do sistema socioeconômico. As fases do capitalismo

O Desenvolvimento do sistema socioeconômico. As fases do capitalismo O Desenvolvimento do sistema socioeconômico capitalista As fases do capitalismo As fases do capitalismo Dois eventos marcaram o fim do socialismo pelo mundo: Queda do Muro de Berlim (1989); Desmembramento

Leia mais

EUROPA. o velho continente. Professora: Rilvania Flôr.

EUROPA. o velho continente. Professora: Rilvania Flôr. EUROPA o velho continente. Professora: Rilvania Flôr. http://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/04/30/1124394/profissionais-iberoamericanos-preferem-trabalhareuropa-aponta-pesquisa.html Ocupação

Leia mais

MODULO 2. DESENVOLVIMENTO, SUBDESENVOLVIMENTO E A NOVA ORDEM MUNDIAL Páginas

MODULO 2. DESENVOLVIMENTO, SUBDESENVOLVIMENTO E A NOVA ORDEM MUNDIAL Páginas MODULO 2 DESENVOLVIMENTO, SUBDESENVOLVIMENTO E A NOVA ORDEM MUNDIAL Páginas 211 1 213 Pós-Segunda Guerra Mundial Sistema capitalista Sistema Socialista Estados Unidos(EUA) X União Soviética(URSS) GUERRA

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Geografia 8 o ano Unidade 2 5 Unidade 2 Nome: Data: 1. O processo de expansão do capitalismo constituiu a chamada economia global. Sobre ela, responda às questões a seguir: a)

Leia mais

O Brasil na era da Globalização Conteúdos:

O Brasil na era da Globalização Conteúdos: O Brasil na era da Globalização Conteúdos: Globalização no Brasil e no mundo Globalização e integração Cidades mundiais Globalização e desenvolvimento científico e tecnológico Rede de telecomunicações

Leia mais

As Esferas da Globalização

As Esferas da Globalização As Esferas da Globalização As quatro esferas da globalização Comercial Produtiva Financeira Tecnológica Esfera Comercial A idéia de globalização é um fenômeno sócioeconômico, que pode ser dividido em processos,

Leia mais

Entretanto, todas essas dimensões se materializam no espaço geográfico em suas diversas escalas: mundial, nacional, regional e local.

Entretanto, todas essas dimensões se materializam no espaço geográfico em suas diversas escalas: mundial, nacional, regional e local. GLOBALIZAÇÃO Embora tenha suas origens mais imediatas na expansão econômica ocorrida após a Segunda Guerra e na Revolução Técnico-científica ou Informacional, a globalização é a continuidade do longo processo

Leia mais

GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Comunicação e tecnologia. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7.2 Conteúdos A presença da economia

Leia mais

Teorias da Globalização

Teorias da Globalização Teorias da Globalização O processo histórico do capitalismo: Primeiro momento surgimento e formação do capitalismo na Europa, instauração do trabalho livre, mercantilização do sistema produtivo e organização

Leia mais

BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais

BLOCOS ECONÔMICOS. O Comércio multilateral e os blocos regionais BLOCOS ECONÔMICOS O Comércio multilateral e os blocos regionais A formação de Blocos Econômicos se tornou essencial para o fortalecimento e expansão econômica no mundo globalizado. Quais os principais

Leia mais

Ano: 8º Turma: 8.1 e 8.2

Ano: 8º Turma: 8.1 e 8.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor (a): Fernando Parente Ano: 8º Turma: 8.1 e 8.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

A ECONOMIA MUNDIAL E NA AMÉRICA DO SUL E O AGRONEGÓCIO 3 FORO DE AGRICULTURA DA AMÉRICA DO SUL. Eugenio Stefanelo

A ECONOMIA MUNDIAL E NA AMÉRICA DO SUL E O AGRONEGÓCIO 3 FORO DE AGRICULTURA DA AMÉRICA DO SUL. Eugenio Stefanelo A ECONOMIA MUNDIAL E NA AMÉRICA DO SUL E O AGRONEGÓCIO 3 FORO DE AGRICULTURA DA AMÉRICA DO SUL Eugenio Stefanelo ECONOMIA MUNDIAL PIB em % ao ano: Média de 50 anos: 3,5% 2004 a 2007: 5% 2008 e 2009: 3,1%

Leia mais

RECUPERAÇÃO 8 ANO. 2. Cite duas vantagens e desvantagem sobre a consequência da globalização.

RECUPERAÇÃO 8 ANO. 2. Cite duas vantagens e desvantagem sobre a consequência da globalização. Nome: Série: 8º ano Nota: Disciplina: Geografia Professor (a): Giovana Victal RECUPERAÇÃO 8 ANO REr Capítulos 5 e 6 1. O que é globalização? 2. Cite duas vantagens e desvantagem sobre a consequência da

Leia mais

Industrialização Brasileira

Industrialização Brasileira Industrialização Brasileira Aula 26 LEMBRAR QUE A URBANIZAÇÃO SEMPRE FOI INFLUENCIADA PELA ECONOMIA. Algodão Maranhão. Açúcar Nordeste Brasileiro. Borracha Acre. Café- Sudeste. Minério- Minas Gerais. A

Leia mais

Globalização, multipolarização e Fragmentação do espaço mundial

Globalização, multipolarização e Fragmentação do espaço mundial Globalização, multipolarização e Fragmentação do espaço mundial Instituto Federal Santa Catarina Câmpus Joinville Unidade Curricular Geografia Professor Mauricio Ruiz Camara Globalização Informação Biotecnologia

Leia mais

GLOBALIZAÇÃO. Globalização e a Crise Econômica Mundial

GLOBALIZAÇÃO. Globalização e a Crise Econômica Mundial GLOBALIZAÇÃO Globalização e a Crise Econômica Mundial TRÊS FLUXOS DA GLOBALIZAÇÃO FLUXOS DE INFORMAÇÃO FLUXOS COMERCIAIS FLUXOS FINANCEIROS FLUXOS DE INVESTIMENTOS NEOLIBERALISMO (DÉC. 1980) - Privatizações;

Leia mais

A REGIONALIZAÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL Parte III. Referências ( Livros): BibliEx e PNLD

A REGIONALIZAÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL Parte III. Referências ( Livros): BibliEx e PNLD A REGIONALIZAÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL Parte III Referências ( Livros): BibliEx e PNLD DIFERENTES MODOS DE VER O MUNDO Regionalização do Mundo (outro critério) Critério utilizado Econômico A regionalização

Leia mais

Com base na leitura da charge e nos conhecimentos sobre a conjuntura econômica mundial, pode-se

Com base na leitura da charge e nos conhecimentos sobre a conjuntura econômica mundial, pode-se Revisão ENEM 1. Observe a charge a seguir. Com base na leitura da charge e nos conhecimentos sobre a conjuntura econômica mundial, pode-se concluir que a) a revolução técnico-científica tem redefinido

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA Unidade III O Continente Europeu e CEI 2 Aula 13.2 Conteúdo União Europeia 3 Habilidade Analisar a importância que a União Europeia possui para

Leia mais

Sumário. Parte 1. Capítulo 1 Abordagens Analíticas do Comércio Internacional. Capítulo 2 Políticas Comerciais

Sumário. Parte 1. Capítulo 1 Abordagens Analíticas do Comércio Internacional. Capítulo 2 Políticas Comerciais Sumário Parte 1 Capítulo 1 Abordagens Analíticas do Comércio Internacional 1.1. Uma breve abordagem histórica 1.1.1. A Passagem do Protecionismo para o Liberalismo 1.2. Teorias Clássicas 1.2.1. Teoria

Leia mais

Nova Ordem Mundial. Página 1 com Prof. Giba

Nova Ordem Mundial. Página 1 com Prof. Giba Nova Ordem Mundial Ao final da Segunda Guerra Mundial (1945), o cenário político mundial testemunhava o período de maior tensão de sua história. De um lado, os Estados Unidos, uma potência capitalista;

Leia mais

TD DE GEOGRAFIA ESPECÍFICAS PROF. VICTOR GIRÃO/DATA: 22/11/14. 1) (Puccamp) Considere o trecho do Poema MORTE E VIDA SEVERINA

TD DE GEOGRAFIA ESPECÍFICAS PROF. VICTOR GIRÃO/DATA: 22/11/14. 1) (Puccamp) Considere o trecho do Poema MORTE E VIDA SEVERINA Fundação Universidade Estadual do Ceará - FUNECE Curso Pré-Vestibular - UECEVest Fones: 3101.9658 / E-mail: uecevest@uece.br Av. Dr. Silas Munguba, 1700 Campus do Itaperi 60714-903 Fone: 3101-9658/Site:

Leia mais

CRESCIMENTO ECONÔMICO X AQUECIMENTO GLOBAL

CRESCIMENTO ECONÔMICO X AQUECIMENTO GLOBAL 1) CRESCIMENTO ECONÔMICO X AQUECIMENTO GLOBAL Leia com atenção: "A História da economia mundial desde a Revolução Industrial tem sido - de acelerado progresso técnico, de contínuo, mas irregular crescimento

Leia mais

São associações de países que estabelecem relações econômicas privilegiadas entre si.

São associações de países que estabelecem relações econômicas privilegiadas entre si. Blocos econômicos São associações de países que estabelecem relações econômicas privilegiadas entre si. Classificação: Zona de livre comércio; União Aduaneira; Mercado Comum; União Econômica e Monetária.

Leia mais

Concurso Corpo de Bombeiros de Pernambuco. Teste de Geografia. Professor Marcelo Saraiva da Academia do Concurso

Concurso Corpo de Bombeiros de Pernambuco. Teste de Geografia. Professor Marcelo Saraiva da Academia do Concurso Concurso Corpo de Bombeiros de Pernambuco Teste de Geografia Professor Marcelo Saraiva da Academia do Concurso 01. Observe o mapa a seguir, onde estão representadas regiões de paisagens brasileiras. As

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DO MERCOSUL E PRINCIPAIS PARCEIROS NOS FLUXOS COMERCIAIS DO BRASIL, NO PERÍODO DE 2009 A 2014

PARTICIPAÇÃO DO MERCOSUL E PRINCIPAIS PARCEIROS NOS FLUXOS COMERCIAIS DO BRASIL, NO PERÍODO DE 2009 A 2014 ÁREA: CIÊNCIAS ECONÔMICAS PARTICIPAÇÃO DO MERCOSUL E PRINCIPAIS PARCEIROS NOS FLUXOS COMERCIAIS DO BRASIL, NO PERÍODO DE 2009 A 2014 ANDRIA, Leandro Ribeiro de 1 ROSA, Tatiana Diair Lourenzi Franco 2 A

Leia mais

Leonardo Martins 1ª SÉRIE E.M. Geografia. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Leonardo Martins 1ª SÉRIE E.M. Geografia. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Geografia 3ª Leonardo Martins 1ª SÉRIE E.M. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Capitalismo Neoliberalismo Tecnologias para a produção Produção agrícola Agronegócio H1- Identificar elementos

Leia mais

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO

DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO PLANO DE CURSO DISCIPLINA: HISTÓRIA ECONÔMICA GERAL (CÓD. ENEX60076) PERÍODO: 1 º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes

Leia mais

(ALMEIDA, Lúcia Marina de; RIGOLIN, Tércio Barbosa. Fronteiras da globalização: geografia geral e do Brasil. São Paulo, Ática, 2004, p. 228).

(ALMEIDA, Lúcia Marina de; RIGOLIN, Tércio Barbosa. Fronteiras da globalização: geografia geral e do Brasil. São Paulo, Ática, 2004, p. 228). Migrações Mundiais 1. (FUVEST 2009) Com base no mapa e nos seus conhecimentos sobre as migrações internacionais, assinale a alternativa INCORRETA: a) Alguns países europeus e os EUA apresentam um significativo

Leia mais

Blocos econômicos ou Megamercados

Blocos econômicos ou Megamercados Blocos econômicos ou Megamercados Bloco Econômico é uma integração de países nos aspectos econômicos e sociais, visando seu. Os blocos econômicos constituem expressivos espaços integrados de livre comércio.

Leia mais

GLOBALIZAÇÃO E POLÍTICA INTERNACIONAL. Professora Luísa Pieniz

GLOBALIZAÇÃO E POLÍTICA INTERNACIONAL. Professora Luísa Pieniz GLOBALIZAÇÃO E POLÍTICA INTERNACIONAL Professora Luísa Pieniz Leornardo Boff Globalização: processo mundial de homogeneização do modo de produção capitalista, de globalização dos mercados e das transações

Leia mais

Evolução do capitalismo

Evolução do capitalismo Evolução do capitalismo EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO Prof. JÚLIO CÉSAR GABRIEL http://br.groups.yahoo.com/group/atualidadesconcursos Modo de produção Maneira como o seres humanos se organizam para produzirem

Leia mais

POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO:

POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 3 ÁREA / DISCIPLINA: Humanas / Geografía Professor(a): MARCO POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: 1ª 02 COMPETÊNCIA GERAL:

Leia mais

Causas da crise: Endividamento público elevado, principalmente de países como a Grécia, Portugal, Espanha, Itália e Irlanda. Falta de coordenação

Causas da crise: Endividamento público elevado, principalmente de países como a Grécia, Portugal, Espanha, Itália e Irlanda. Falta de coordenação A Crise Mundial Causas da crise: Endividamento público elevado, principalmente de países como a Grécia, Portugal, Espanha, Itália e Irlanda. Falta de coordenação política da União Europeia para resolver

Leia mais

Instituição: Colégio Mauá Professor: Marcelo Tatsch Disciplina: Geografia

Instituição: Colégio Mauá Professor: Marcelo Tatsch Disciplina: Geografia Otawa - Canadá Washington D.C Cidade do México - México Instituição: Colégio Mauá Professor: Marcelo Tatsch Disciplina: Geografia ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA URBANIZAÇÃO E POPULAÇÃO - formação das metrópoles

Leia mais

FASES DO CAPITALISMO, REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS E A GLOBALIZAÇÃO PROFº CLAUDIO FRANCISCO GALDINO GEOGRAFIA

FASES DO CAPITALISMO, REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS E A GLOBALIZAÇÃO PROFº CLAUDIO FRANCISCO GALDINO GEOGRAFIA FASES DO CAPITALISMO, REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS E A GLOBALIZAÇÃO PROFº CLAUDIO FRANCISCO GALDINO GEOGRAFIA O QUE CAPITALISMO? É um sistema socioeconômico que regula as relações sociais e a economia da sociedade

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Observe a figura

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA AULA. Conteúdo: Geopolítica e Conflitos Entre os Séculos XIX e XX

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA AULA. Conteúdo: Geopolítica e Conflitos Entre os Séculos XIX e XX Conteúdo: Geopolítica e Conflitos Entre os Séculos XIX e XX Habilidade: Analisar a interferência na organização dos territórios a partir das guerras mundiais. Geopolítica e Território A Europa foi cenário

Leia mais

TÓPICOS AVANÇADOS EM ADMINISTRAÇÃO

TÓPICOS AVANÇADOS EM ADMINISTRAÇÃO TÓPICOS AVANÇADOS EM ADMINISTRAÇÃO PARADIGMAS DA ADMINISTRAÇÃO Prof. Dr. João Luiz de Souza Lima PARADIGMAS DA ADMINISTRAÇÃO Mudanças na era organizacional. Velhas organizações dão lugar a novas. Revolução

Leia mais

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INDUSTRIALIZAÇÃO

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INDUSTRIALIZAÇÃO REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INDUSTRIALIZAÇÃO ORIGENS DA INDUSTRIALIZAÇÃO A industrialização é baseada numa economia de mercado e numa sociedade de classes. ECONOMIA DE MERCADO (CAPITALISTA) O mercado consiste

Leia mais

Capitalismo x Socialismo. Introdução para o entendimento do mundo bipolar.

Capitalismo x Socialismo. Introdução para o entendimento do mundo bipolar. Capitalismo x Socialismo Introdução para o entendimento do mundo bipolar. Capitalismo Sistema econômico, político e social no qual os agentes econômicos (empresários, burgueses, capitalistas), proprietários

Leia mais

Fordismo e Produção Flexível

Fordismo e Produção Flexível Fordismo e Produção Flexível Diferenças entre o modo de produção fordista e o modo de produção flexível Fordismo Produção Flexível produção em massa e em grande escala; produtos padronizados; mão-de-obra

Leia mais

Conceito de Comércio exterior

Conceito de Comércio exterior Conceito de Comércio exterior atividade de compra e venda internacional de produtos e serviços de um determinado país. Do comércio exterior participam empresas de pequeno, médio e grande porte, muitas

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA P2-4º BIMESTRE 8º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Entender as relações políticas e econômicas entre países da

Leia mais

Allan Nº1 GabrielNº7 Pedro F. Nº27 Pedro S. Nº28 Renan Nº31 Vitor Nº33 Vitoria Nº34

Allan Nº1 GabrielNº7 Pedro F. Nº27 Pedro S. Nº28 Renan Nº31 Vitor Nº33 Vitoria Nº34 * Explorando a América do Sul Allan Nº1 GabrielNº7 Pedro F. Nº27 Pedro S. Nº28 Renan Nº31 Vitor Nº33 Vitoria Nº34 *Caracterização geral da América do Sul * América do Sul abrange um território de 18 milhões

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Escola Estadual Professor Jerônimo Gueirros Professor (a) Supervisor (a): Ary Bolsistas: Carla e Thalita

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Escola Estadual Professor Jerônimo Gueirros Professor (a) Supervisor (a): Ary Bolsistas: Carla e Thalita UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Escola Estadual Professor Jerônimo Gueirros Professor (a) Supervisor (a): Ary Bolsistas: Carla e Thalita 9ºB BLOCOS ECONÔMICOS São parcerias que os países

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 1. Mundo contemporâneo: economia e geopolítica: - Processo de desenvolvimento do capitalismo - Geopolítica

Leia mais

Geografia. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Geografia. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Geografia baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA Middle e High School 2 6 th Grade Os ciclos da natureza e a sociedade A história da Terra

Leia mais

Segunda Revolução Industrial. Um mundo cheio de mudanças

Segunda Revolução Industrial. Um mundo cheio de mudanças Segunda Revolução Industrial Um mundo cheio de mudanças Nas relações humanas da contemporaneidade, a informação circula com muita rapidez. A globalização envolve diferentes esferas sociais tais como a

Leia mais

Geografia. A Nova Ordem Mundial. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. A Nova Ordem Mundial. Professor Luciano Teixeira. Geografia A Nova Ordem Mundial Professor Luciano Teixeira Geografia A NOVA ORDEM MUNDIAL A Nova Ordem Mundial ou Nova Ordem Geopolítica Mundial significa o plano geopolítico internacional das correlações

Leia mais

A sociedade e a história têm como base O TRABALHO HUMANO TRABALHO é o intercâmbio (relação) HOMEM E NATUREZA OBJETIVO: produzir e reproduzir as

A sociedade e a história têm como base O TRABALHO HUMANO TRABALHO é o intercâmbio (relação) HOMEM E NATUREZA OBJETIVO: produzir e reproduzir as A sociedade e a história têm como base O TRABALHO HUMANO TRABALHO é o intercâmbio (relação) HOMEM E NATUREZA OBJETIVO: produzir e reproduzir as condições materiais (econômicas) da vida social TODAS AS

Leia mais

A Política Externa Brasileira Conteúdos:

A Política Externa Brasileira Conteúdos: A Política Externa Brasileira Conteúdos: Política da boa vizinhança e hegemonia norte-americana Política externa e relações internacionais Blocos econômicos MERCOSUL, ALALC, ALADI e UNASUL BRICS e Fórum

Leia mais

PROVA 1º BIMESTRE (2011) Correção das Questões

PROVA 1º BIMESTRE (2011) Correção das Questões PROVA 1º BIMESTRE (2011) Correção das Questões 1. (a) Tendo como referência o ponto de vista do professor Milton Santos, apresente e explique as três globalizações do mundo atual. Sob a ótica de Milton

Leia mais

AVII 8º ANO Globalização Qual é a mais próxima da realidade? Como será o futuro? Escola do futuro de 1910 Cidade-prédio de 1895 A era das redes aumentou ou diminuiu o tamanho do mundo?

Leia mais

Geografia. Claudio Hansen (Rhanna Leoncio)

Geografia. Claudio Hansen (Rhanna Leoncio) 1. Em sete anos, União Europeia terá mais mortes do que nascimentos Enquanto endurece as restrições à entrada de imigrantes, a Europa vê o crescimento de sua população caminhar rumo à estagnação. De acordo

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Geografia 9 o ano Unidade 2 5 Unidade 2 Nome: Data: 1. Considerando as características da globalização, marque V nas alternativas verdadeiras e F nas falsas. a) A globalização

Leia mais

Espaço Mundial (Economia, População, Geopolítica e Conflitos Atuais)

Espaço Mundial (Economia, População, Geopolítica e Conflitos Atuais) Espaço Mundial (Economia, População, Geopolítica e Conflitos Atuais) Espaço Mundial (Economia, População, Geopolítica e Conflitos Atuais) a) De quais assuntos se ocupa a agenda de segurança e defesa dos

Leia mais

PLANTÕES DE FÉRIAS GEOGRAFIA

PLANTÕES DE FÉRIAS GEOGRAFIA PLANTÕES DE FÉRIAS GEOGRAFIA Nome: Nº: Série: 2º ANO Turma: Profª JÉSSICA CECIM Data: JULHO 2016 1. ROTEIRO a) Industrialização Brasileira e Urbanização 2. EXERCÍCIOS 1. A respeito do processo da industrialização

Leia mais

Exposição do professor; Diálogo orientado professor/aluno e aluno/aluno; Recolha e tratamento da informação;

Exposição do professor; Diálogo orientado professor/aluno e aluno/aluno; Recolha e tratamento da informação; ENSINO SECUNDÁRIO PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE ECONOMIA C 12º ANO DE ESCOLARIDADE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) ATIVIDADES E ESTRATÉGIAS MATERIAIS CURRICULARES

Leia mais

Q U E S T Ã O 1 8 INCORRETA

Q U E S T Ã O 1 8 INCORRETA 12 Q U E S T Ã O 1 8 Segundo os estudiosos, há várias décadas existem dois modelos rivais, ou seja, duas alternativas de desenvolvimento na América Latina: um deles é liberal e o outro, estatizante. O

Leia mais

O indicador do clima econômico melhora na América Latina, mas piora no Brasil

O indicador do clima econômico melhora na América Latina, mas piora no Brasil jan/03 jul/03 jan/04 jul/04 jan/05 jul/05 jan/06 jul/06 jan/07 jul/07 jan/08 jul/08 jan/09 jul/09 jan/10 jul/10 jan/11 jul/11 jan/12 jul/12 jan/13 jul/13 jan/14 13 de Fevereiro de 14 Indicador IFO/FGV

Leia mais

Não é possível pensar em sociedade separada do espaço que ocupa.

Não é possível pensar em sociedade separada do espaço que ocupa. O ESPAÇO GEOGRÁFICO As sociedades humanas desenvolvem, durante sua história, modos próprios de vida. Estes decorreram da combinação de formas de subsistência material - com culturas diversas -, de diferentes

Leia mais

As transformações que a Revolução Industrial trouxe para o campo e para a cidade;

As transformações que a Revolução Industrial trouxe para o campo e para a cidade; A DINÂMICA INDUSTRIAL E A CONCENTRAÇÃO FINANCEIRA 1 A Dinâmica Industrial As transformações que a Revolução Industrial trouxe para o campo e para a cidade; As cidades negras; Mudanças nas relações sociais;

Leia mais

Políticas Comerciais, Financeiras e. Prof. Daniel M. Pinheiro

Políticas Comerciais, Financeiras e. Prof. Daniel M. Pinheiro Políticas Comerciais, Financeiras e Monetárias e Relações Norte-Sul. Prof. Daniel M. Pinheiro Objetivo Compreender o processo de desenvolvimento dos países, especialmente o caso brasileiro, com base nas

Leia mais

Revoluções Industriais REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A INDÚSTRIA. Formada sobre as bases de acumulação do capital através do mercantilismo.

Revoluções Industriais REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A INDÚSTRIA. Formada sobre as bases de acumulação do capital através do mercantilismo. A INDÚSTRIA É o setor da economia que congrega o processo de transformação da matéria-prima em vários tipos de bens. A industria possui uma forte relação com os recursos naturais, sendo sua produção associada:

Leia mais

Aula 03 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Bolsistas: Dayan Muniz e Marlúcio Neto Escola Estadual Imperial Marinheiro Turma 8º

Aula 03 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Bolsistas: Dayan Muniz e Marlúcio Neto Escola Estadual Imperial Marinheiro Turma 8º Aula 03 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Bolsistas: Dayan Muniz e Marlúcio Neto Escola Estadual Imperial Marinheiro Turma 8º ano A Professor (a)/supervisor (a): Inês Pacheco Tema:

Leia mais

Para quê classificar?

Para quê classificar? Para quê classificar? Em geografia, a classificação que utilizamos é a regionalização, ou seja, a classificação dos países de acordo com alguma característica em comum. Regionalizamos para estudar em os

Leia mais

ECO Economia Brasileira

ECO Economia Brasileira Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter January, 2012 ECO 112 - Economia Brasileira Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/124/

Leia mais

Dinâmica das Potencias Climáticas, Governança Global e Transição para o Baixo Carbono Rio,CINDES,10/6/2011

Dinâmica das Potencias Climáticas, Governança Global e Transição para o Baixo Carbono Rio,CINDES,10/6/2011 Dinâmica das Potencias Climáticas, Governança Global e Transição para o Baixo Carbono Rio,CINDES,10/6/2011 Eduardo Viola Professor Titular Instituto de Relações Internacionais Universidade de Brasília

Leia mais

É a produção de bens materiais, além dos agrícolas, por empresas não artesanais. Este termo começou a ser utilizado a partir da 1ª Revolução

É a produção de bens materiais, além dos agrícolas, por empresas não artesanais. Este termo começou a ser utilizado a partir da 1ª Revolução É a produção de bens materiais, além dos agrícolas, por empresas não artesanais. Este termo começou a ser utilizado a partir da 1ª Revolução Industrial, que se iniciou em Inglaterra no século XVIII. Indústria

Leia mais

TRANSNACIONAIS Origens e evolução H I N O N A C I O N A L D A P R O P A G A N D A

TRANSNACIONAIS Origens e evolução H I N O N A C I O N A L D A P R O P A G A N D A TRANSNACIONAIS Origens e evolução H I N O N A C I O N A L D A P R O P A G A N D A 1 O QUE É DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO >> Forma como a produção e comercialização de bens e serviços se organiza mundialmente,

Leia mais

Desenvolvimento definição

Desenvolvimento definição Desenvolvimento definição O termo situação de foi criado para retratar a de um país, dentro dos moldes capitalistas. Países desenvolvidos são também chamados de: ; ; ; Fatores do Desenvolvimento Crescimento

Leia mais

Três Soluções para o Problema Econômico 26 Tradição 27 Comando 29 O mercado 30

Três Soluções para o Problema Econômico 26 Tradição 27 Comando 29 O mercado 30 SUMÁRIO Capítulo 1 O Problema Econômico 21 O Indivíduo e a Sociedade 22 A divisão do trabalho 23 Economia e escassez 23 As tarefas da sociedade econômica 24 Produção e Distribuição 24 Mobilização de esforços

Leia mais

Espaço Geográfico. Página 1 com Prof. Giba

Espaço Geográfico. Página 1 com Prof. Giba Espaço Geográfico As sociedades humanas desenvolvem, durante sua História, modos próprios de vida. Estes decorreram da combinação de formas de subsistência material - com culturas diversas -, de diferentes

Leia mais

15.1.Os principais instrumentos de política monetária são:

15.1.Os principais instrumentos de política monetária são: Módulo 15 Política Monetária O conjunto de atos do BACEN para controlar a quantidade de dinheiro e a taxa de juros e, em geral, as condições de crédito constitui a política monetária de um determinado

Leia mais

DATA: 04 / 05 / 2015 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 9.º ANO/EF

DATA: 04 / 05 / 2015 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 9.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE DATA: 04 / 05 / 205 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 9.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San.

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San. GEOGRAFIA Prof. Daniel San daniel.san@lasalle.org.br Política e Relações Internacionais TEM NO LIVRO, pág. 174 a 180 A organização do mundo bipolar no pós IIª Guerra Mundial veio a fomentar as doutrinas

Leia mais

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 49 NAFTA, ALCA E CAFTA- DR

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 49 NAFTA, ALCA E CAFTA- DR GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 49 NAFTA, ALCA E CAFTA- DR Como pode cair no enem (UERJ) O comércio externo constitui um dos aspectos mais importantes da economia nacional em tempos de globalização. Observe,

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 2005 (Do Sr. Fernando de Fabinho)

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 2005 (Do Sr. Fernando de Fabinho) PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 2005 (Do Sr. Fernando de Fabinho) Autoriza o Poder Executivo a criar o Pólo de Desenvolvimento e Turismo da região geográfica Nordeste, com sede na cidade de Paulo Afonso

Leia mais

Clima econômico mundial melhora, mas continua piorando na América Latina. Momento ainda é de cautela

Clima econômico mundial melhora, mas continua piorando na América Latina. Momento ainda é de cautela jan/99 jan/00 jan/01 jan/02 jan/03 jan/04 jan/05 jan/06 jan/07 jan/08 jan/09 jan/10 jan/11 jan/12 jan/13 jan/14 jan/15 Fevereiro 15 Versão em português Indicador IFO/FGV de Clima Econômico da América Latina

Leia mais

Competitividade na indústria brasileira e momento econômico. Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI

Competitividade na indústria brasileira e momento econômico. Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI Competitividade na indústria brasileira e momento econômico Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI Julho/2016 Evolução do PIB a preços de mercado (em US$ correntes) Fonte: World

Leia mais