Terrorismo do Estado! Despejo forçado! Nos dias 01 e 02/08/2011, em Itabira, MG, Brasil, 300 famílias sem teto que ocupavam, há 11 anos, uma área

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Terrorismo do Estado! Despejo forçado! Nos dias 01 e 02/08/2011, em Itabira, MG, Brasil, 300 famílias sem teto que ocupavam, há 11 anos, uma área"

Transcrição

1 Terrorismo do Estado! Despejo forçado! Nos dias 01 e 02/08/2011, em Itabira, MG, Brasil, 300 famílias sem teto que ocupavam, há 11 anos, uma área abandonada, que não cumpria a função social, foram despejadas. A família Rosa, que ganhou na Justiça a reintegração de posse, deve à prefeitura de Itabira mais de 1 milhão de reais, em IPTU, dívida não executada pelo prefeito de Itabira. Fica uma grande interrogação: o que está por trás de tudo isto?

2 Dezenas de policiais de MG ocuparam o bairro Drummond, em Itabira, MG, Brasil, e, por vários dias, fortemente armados, antes do dia marcado para o despejo (01/08/2011), pressionaram as 300 famílias a sair. Não apresentaram uma alternativa de moradia digna para as 296 famílias com renda de 0 a 3 salários segundo cadastro da prefeitura - e o despejo foi acontecendo...

3 Dia 02/08/2011, último dia do despejo forçado, centenas de policiais, fortemente armados, com dezenas de soldados da cavalaria, com helicóptero e vários tratores foi consumada uma verdadeira sexta-feira da paixão em Itabira, MG, o despejo forçado de 300 famílias sem teto sem alternativa de moradia digna.

4 Dezenas de caminhões e caçambas, escoltados pela polícia, levaram os pertences das 300 famílias de Drummond. Para onde? não se sabe ao certo. Nos cubículos do abrigo, campo de refugiados de guerra, preparado pela prefeitura de Itabira, não dá nem para as pessoas dormirem, quanto mais para colocar os móveis e objetos das famílias.

5 O prefeito de Itabira, MG, Sr. João Izael (do PR), montou um Campo de refugiados campo de concentração de guerra -, do outro lado da cidade e chamou de abrigo : cubículos de madeirite, de 3 X 4 metros, um estábulo que não serve nem para animais irracionais. Moradia com dignidade? Olhem a foto abaixo: pode se chamar isto de dignidade humana? Onde está o respeito à vida?

6 Muitas famílias ao serem jogadas nos cubículos, chorando, clamaram: Não somos cachorros para viver num caixote desses, não. São pouquíssimos banheiros para 50 famílias...

7 O déficit habitacional em Minas Gerais está acima de 1 milhão de moradias. O (des)governo de Minas (PSDB + DEM), em 12 anos, construiu apenas 28 mil moradias. Mesmo diante deste cenário, em Itabira, MG, em um massacre branco, 300 casas de alvenaria foram destruídas e 300 famílias jogadas nas agruras da rua.

8 Com vários tratores as 300 casas de alvenaria, construídas com muito suor e trabalho árduo, foram destruídas. Indenizarão as famílias pelos prejuízos sofridos? Oficiais de justiça, policiais, funcionários da prefeitura de Itabira, o juiz André L. Pimenta, desembargadores e etc, muitos alegavam: estamos cumprindo ordens. A esses recordo: ninguém está obrigado a cumprir leis e ordens injustas. A lei maior do Deus da vida diz: não matarás!, nem sob o fogo das armas e nem a conta-gota. Ouçam a voz de suas consciências.

9 O Ministério Público Federal encaminhou parecer neste sentido: Preocupa-nos o fato de que os despejos forçados, por si só, possuam efeitos profundos e duradouros na vida das famílias atingidas, sendo incompatíveis com o cumprimento de diversos compromissos internacionais assumidos pelo Brasil, afirmados em nossa Constituição Federal de 1988 e na legislação interna em matéria de proteção à dignidade da pessoa humana e do direito humano à moradia.

10 Nunca vi tanta desolação, tanta dor e tanta lágrima! Crianças, mulheres, homens, doentes e idosos chorando. Isso é um terror! Estão nos apunhalando. Querem nos matar aos poucos. Várias pessoas foram hospitalizadas. Mulheres grávidas que, sob o choque do despejo, estão com a gravidez em risco.

11 As bananeiras, as mangueiras, as hortas, os jardins, as casas, os sonhos... Tudo foi arrancado para ceder lugar a um bairro nobre condomínio de luxo que a Família Rosa fará onde 300 famílias de Drummond foram expulsas. Com essa ação injusta e covarde, esse local ficou amaldiçoado.

12 As 300 famílias, 296 das quais com renda entre zero e três salários segundo cadastro da prefeitura -, foram forçadas a sair de suas casas sem uma alternativa de moradia digna para elas. Ação contrária às legislações nacionais e internacionais que defendem a dignidade da vida humana.

13 O povo deve ter investido na construção das 300 casas de alvenaria mais de R$ ,00. Puderam levar só algumas portas e janelas. Isso enquanto há 9,8 milhões de pessoas sem casa no Brasil. É a opressão da classe dominante sobre a classe empobrecida. É o projeto de políticas públicas que um Estado capitalista, com políticos profissionais, tem para os pobres. Diante deste quadro, como calar? Como obedecer? Como não ouvir o grito de dor, o clamor...?

14 Para as 300 famílias que, com hortas, bananal e muita criatividade, conquistavam sua alimentação, agora, despejadas, resta a fome, a humilhação, o descaso, a dor...

15 O pé de couve, as hortas, as casas...tudo foi destruído para dar lugar a um condomínio de luxo. Lugar onde 300 famílias marginalizadas viviam em paz, na solidariedade. Lugar em que foi transformado de propriedade abandonada para propriedade partilhada. Agora, brutalmente retirado das mãos de quem tão necessita... Cadê o Estado Democrático de Direito, tão badalado pelos defensores do status quo?

16 Os direitos de centenas de crianças, assegurados no ECA, foram pisados. Jogadas em um Campo de Refugiados, do outro lado da cidade de Itabira, não poderão continuar na escola. Triste de um país que humilha suas crianças! Por que o juiz, o Dr. André Luiz Pimenta, e o TJMG não puderam esperar construir moradias dignas para as famílias?

17 Centenas de crianças foram jogadas em cubículos de madeirite, de 3 X 4 metros, sob um calor federal. Cadê o respeito à dignidade humana? É assim que se cria marginais : marginalizase para depois dizer em alto e bom som, em todos os meios de comunicação: são marginais. Mas quem os marginalizou? Aliás, por que a Imprensa de Minas não esteve no local para noticiar o que aconteceu? Eh! A imprensa, de fato, está censurada em Minas.

18 Terrorismo, despejo forçado, injustiça, opressão... Estas não são, não podem ser, não serão as últimas palavras! O povo seguirá lutando: em Itabira, em Minas Gerais, em todo canto do Brasil e do mundo. As últimas palavras hão de ser Liberdade, Justiça social, dignidade humana e planetária. Mesmo com lágrimas, nossos braços se erguerão e do nosso peito sempre um forte grito, rasgando o céu e o chão, ecoará: PÁTRIA LIVRE! VENCEREMOS! Um domingo de ressurreição brotará da luta dos justos.

19 Fotos: Selma Lúcia Coura Damasceno, Montagem e textos: frei Gilvander Luís Moreira. Itabira, MG, Brasil, 03/08/

POR UM MUNDO SEM VIOLÊNCIA ARMADA Sugestões para a liturgia de 17 de junho de 2012

POR UM MUNDO SEM VIOLÊNCIA ARMADA Sugestões para a liturgia de 17 de junho de 2012 POR UM MUNDO SEM VIOLÊNCIA ARMADA Sugestões para a liturgia de 17 de junho de 2012 INTRODUÇÃO No evangelho de hoje, vamos ouvir duas histórias curtas. No quarto capítulo do evangelho de São Marcos, Jesus

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

MENSAGEM AOS ALUNOS DA UNIVERSIDADE FMU

MENSAGEM AOS ALUNOS DA UNIVERSIDADE FMU MENSAGEM AOS ALUNOS DA UNIVERSIDADE FMU OS REFUGIADOS: * A MAIOR TRAGÉDIA HUMANA DA NOSSA ÉPOCA * A AMEAÇA DE MORTE VIOLENTA DOS REFUGIADOS * E A MORTE CERTA PELA MISÉRIA E PELA FOME * DESAFIO DE UMA UNIVERSIDADE

Leia mais

Atualidade em foco. Policiais reprimem com violência manifestantes no Centro do Rio de Janeiro 120 UNIVERSIDADE E SOCIEDADE #56

Atualidade em foco. Policiais reprimem com violência manifestantes no Centro do Rio de Janeiro 120 UNIVERSIDADE E SOCIEDADE #56 Atualidade em foco Samuel Tosta/ADUFRJ SSind Policiais reprimem com violência manifestantes no Centro do Rio de Janeiro 120 UNIVERSIDADE E SOCIEDADE #56 A materialização da violência do Estado A sociedade

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 DE ABRIL PALÁCIO DO PLANALTO BRASÍLIA-DF

Leia mais

MOMENTO DE ORAÇÃO (nos cânticos o que está em caracteres tachados não deve ser pronunciado, apenas sua melodia deve ser lembrada com um leve sussurro)

MOMENTO DE ORAÇÃO (nos cânticos o que está em caracteres tachados não deve ser pronunciado, apenas sua melodia deve ser lembrada com um leve sussurro) MOMENTO DE ORAÇÃO (nos cânticos o que está em caracteres tachados não deve ser pronunciado, apenas sua melodia deve ser lembrada com um leve sussurro) Canto inicial: OFERTÓRIO DA COMUNIDADE 1. Nesta mesa

Leia mais

A formação do Estado de Israel

A formação do Estado de Israel A formação do Estado de Israel 1946: 500 mil judeus na Palestina querem a independência de Israel do domínio britânico Aumento da tensão entre israelenses e ingleses: centenas de ataques de judeus a britânicos

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

Carta pela Paz no Mundo

Carta pela Paz no Mundo Carta pela Paz no Mundo Marcus De Mario Esta carta é ao mesmo tempo um apelo à razão e à emoção, procurando falar às mentes e aos corações de todos os homens e mulheres da humanidade, da criança ao idoso,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 05 DE AGOSTO PALÁCIO DO PLANALTO

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org TERRA EM TRANSE POVO EM DESESPERO Relatos e reflexões a partir de uma viagem a Jerusalém e territórios

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca ANUNCIO DE MUDANÇAS NO SISTEMA FINANCEIRO

Leia mais

O SR. REMI TRINTA (PL-MA) pronuncia o seguinte. discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores

O SR. REMI TRINTA (PL-MA) pronuncia o seguinte. discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores O SR. REMI TRINTA (PL-MA) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, levantamento do Governo Federal mostra que 135 pessoas, entre homens e mulheres, moram em logradouros

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Por que defender o Sistema Único de Saúde?

Por que defender o Sistema Único de Saúde? Por que defender o Sistema Único de Saúde? Diferenças entre Direito Universal e Cobertura Universal de Saúde Cebes 1 Direito universal à saúde diz respeito à possibilidade de todos os brasileiros homens

Leia mais

Honduras: Um povo em migração. Apresentação: O rosto do

Honduras: Um povo em migração. Apresentação: O rosto do Centro de Atención al Migrante Retornado (C.A.M.R.) Honduras: Um povo em migração. Apresentação: O rosto do migrante deportado. Tegucigalpa, M.D.C Novembro 2011 0, 0, 0, 0, O rosto do migrante O rosto

Leia mais

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40.

Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Aparição da Mãe Divina. Colina do Cristo Redentor, Carmo da Cachoeira, MG, Brasil. Domingo, 12 de fevereiro de 2012, às 20h40. Como no dia de ontem, o grupo reuniu-se às 19h30 para iniciar a tarefa de

Leia mais

mundo. A gente não é contra branco. Somos aliados, queremos um mundo melhor para todo mundo. A gente está sentindo muito aqui.

mundo. A gente não é contra branco. Somos aliados, queremos um mundo melhor para todo mundo. A gente está sentindo muito aqui. Em 22 de maio de 2014 eu, Rebeca Campos Ferreira, Perita em Antropologia do Ministério Público Federal, estive na Penitenciária de Médio Porte Pandinha, em Porto Velho RO, com os indígenas Gilson Tenharim,

Leia mais

EXMO. SR. PRESIDENTE DA CAMARÁ MUNICIPAL DE FORTALEZA

EXMO. SR. PRESIDENTE DA CAMARÁ MUNICIPAL DE FORTALEZA REQUERIMENTO N p n ;, p Requer a transcrição nos anais desta Casa Legislativa cia nota "Copa Sem Povo: To na Rua de Novo! - Manifesto 15M", Articulação Nacional dos Comités Populares da Copa, veiculada

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

Vai e reconstrói a minha Igreja. (Cruz de São Damião a Francisco)

Vai e reconstrói a minha Igreja. (Cruz de São Damião a Francisco) Missão Franciscana em Angola Vai e reconstrói a minha Igreja (Cruz de São Damião a Francisco) Ajude a missão de Angola Há 17 anos, os frades franciscanos da Província da Imaculada Conceição do Brasil estão

Leia mais

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos por Por Dentro da África - quarta-feira, julho 29, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/brasileira-percorre-7-mil-quilometros-para-contar-historias-derefugiados-africanos

Leia mais

Por uma Cultura da Paz Vera Maria Candau

Por uma Cultura da Paz Vera Maria Candau Por uma Cultura da Paz Vera Maria Candau Não é fácil situar-nos diante da questão da paz na atual situação do mundo e do nosso país. Corremos o risco ou de negar a realidade ou de não reconhecer o sentido

Leia mais

Maximiliano Barrientos HOTÉIS. Tradução e posfácio JOCA REINERS TERRON

Maximiliano Barrientos HOTÉIS. Tradução e posfácio JOCA REINERS TERRON Maximiliano Barrientos HOTÉIS Tradução e posfácio JOCA REINERS TERRON hoteis.p65 3 Um Chrysler Imperial na noite e nos entardeceres mais alaranjados. A poeira atapetava os vidros devemos recordá-lo dessa

Leia mais

Eunice Isaias da Silva Orientadora professora de Geografia do Centro de Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae-UFG).

Eunice Isaias da Silva Orientadora professora de Geografia do Centro de Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae-UFG). APRESENTAÇÃO Este trabalho é resultado do projeto de pesquisa intitulado As tiras da Mafalda: conteúdos de Geografia na linguagem de quadrinhos 1 que investiga as várias possibilidades de uso de tiras

Leia mais

DAVI, O REI (PARTE 1)

DAVI, O REI (PARTE 1) Bíblia para crianças apresenta DAVI, O REI (PARTE 1) Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Oração ao finalizar o Ano 2015

Oração ao finalizar o Ano 2015 Oração ao finalizar o Ano 2015 QUE SEU AMOR SE EXTENDA POR TODA A TERRA Reunimos em oração no último dia do Ano para dar graças a Deus por tantos dons recebidos pessoalmente, na família, na comunidade,

Leia mais

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 17.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 DESTAK FGTS amplia teto da renda para imóvel com juro menor Famílias

Leia mais

Reflexão Semanal do Evangelho Dominical 27º Domingo do Tempo Comum 1º Domingo do Mês Missionário

Reflexão Semanal do Evangelho Dominical 27º Domingo do Tempo Comum 1º Domingo do Mês Missionário Reflexão Semanal do Evangelho Dominical 27º Domingo do Tempo Comum 1º Domingo do Mês Missionário Instruções: Ano B - Evangelho de Marcos 10,2-16 Antes de iniciar a leitura desta reflexão, leia atentamente

Leia mais

Senhoras e Senhores Parlamentares; está desenvolvendo a frente desta Casa, onde tem. demostrado uma postura séria e coerente, ajudando o nosso

Senhoras e Senhores Parlamentares; está desenvolvendo a frente desta Casa, onde tem. demostrado uma postura séria e coerente, ajudando o nosso Discurso proferido pelo Deputado Federal Capitão Wayne, dia 28/06/2005, por ocasião da Sessão Solene em Homenagem aos Bombeiros Militares. Senhor Presidente; Senhores Comandantes Geral do Bombeiro Militar;

Leia mais

Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida 1 Neuza morava num barraco 2 x 2, com seus três filhos, rodeada de esgoto a céu aberto. Ganhou um lote do Governo do Distrito Federal, lá no Varjão, favela que se tornou cidade, encravada nos arredores

Leia mais

MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA SOCIAL JÁ! www.transparenciajsocialja.com.br

MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS. TRANSPARÊNCIA E JUSTIÇA SOCIAL JÁ! www.transparenciajsocialja.com.br MANIFESTAÇÃO PELAS REFORMAS ESTRUTURAIS BÁSICAS www.transparenciajsocialja.com.br ALERTA BRASIL! PERIGO... NA POLÍTICA FINANCEIRA DO SETOR PÚBLICO, CONTINUAMOS NA ESTACA ZERO. SEM NENHUM CONHECIMENTO.

Leia mais

Workshop da FAEL. aborda direitos humanos. e papel do educador

Workshop da FAEL. aborda direitos humanos. e papel do educador Workshop da FAEL aborda direitos humanos e papel do educador No 15 workshop da Faculdade Educacional da Lapa - FAEL, os acadêmicos do curso de pedagogia tiveram a oportunidade de aprender e praticar os

Leia mais

Moradia Digna: direito do cidadão dever do Estado Conheça seus direitos para não ser despejado injustamente

Moradia Digna: direito do cidadão dever do Estado Conheça seus direitos para não ser despejado injustamente Moradia Digna: direito do cidadão dever do Estado Conheça seus direitos para não ser despejado injustamente 1 expediente Mandato do deputado Rui Falcão Chefe de gabinete: Luciano Barbosa Coordenação e

Leia mais

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA

CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA CONSTRUINDO A DEMOCRACIA SOCIAL PARTICIPATIVA Clodoaldo Meneguello Cardoso Nesta "I Conferência dos lideres de Grêmio das Escolas Públicas Estaduais da Região Bauru" vamos conversar muito sobre política.

Leia mais

DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT)

DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT) DOSSIE SOBRE A LUTA DOS MORADORES DO ASSENTAMENTO CANAÃ (MT) Há dois anos, um grupo de trabalhadores ocupou um local abandonado próximo ao bairro Parque Cuiabá (Mato Grosso). O local era ponto de usuários

Leia mais

ANDRÉ MONTENEGRO DE HOLANDA www.casasole.com.br Tel.: +55 (85) 3273 5244

ANDRÉ MONTENEGRO DE HOLANDA www.casasole.com.br Tel.: +55 (85) 3273 5244 ANDRÉ MONTENEGRO DE HOLANDA www.casasole.com.br Tel.: +55 (85) 3273 5244 Objetivo O Sistema Casas Olé tem como objetivo apresentar um novo processo para fabricação de habitações, com alta qualidade, através

Leia mais

Olá caros amigos..finalmente consegui pegar num computador decente pra falar sobre o que aconteceu aqui..

Olá caros amigos..finalmente consegui pegar num computador decente pra falar sobre o que aconteceu aqui.. Olá caros amigos..finalmente consegui pegar num computador decente pra falar sobre o que aconteceu aqui.. Bem, Ontem, Eu estava na Log Base por volta das 16:50h quando o terremoto aconteceu. Acredite nenhuma

Leia mais

FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Desde 1989 promovendo oportunidades para a vida

FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Desde 1989 promovendo oportunidades para a vida FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Desde 1989 promovendo oportunidades para a vida No início: um sonho Logo que a Volvo se instalou no país, no final dos anos 70, saltava aos olhos o elevado número de menores abandonados:

Leia mais

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA:

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA: CANTO DE ENTRADA: CANTOS PARA O NATAL 01. PEQUENINO SE FEZ (SL 95): J.Thomaz Filho e Fr.Fabretti Pequenino se fez nosso irmão, Deus-conosco! Brilhou nova luz! Quem chorou venha ver que o Menino tem razão

Leia mais

O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA

O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA Nestes últimos anos tem-se falado em Catequese Renovada e muitos pontos positivos contribuíram para que ela assim fosse chamada. Percebemos que algumas propostas

Leia mais

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Texto construído com base em diversos trabalhos acadêmicos, dados do Cofen, dados do Coren, Fórum Nacional das 30 horas, Aben e do artigo Jornada

Leia mais

DIVISÃO GEOGRÁFICA DE CLASSES SOCIAIS

DIVISÃO GEOGRÁFICA DE CLASSES SOCIAIS CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE CURITIBA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO CURSO TÉCNICO DE... Tema do Pôster DIVISÃO GEOGRÁFICA DE CLASSES SOCIAIS ALUNO: EXEMPLO TURMA: XXXXXXXXXXX CURITIBA 2013 SUMÁRIO

Leia mais

Vinho Novo, Odres Novos

Vinho Novo, Odres Novos Ministério de Pequenos Grupos 03 Guia de Estudo Este Guia de Estudo refere-se ao terceiro sermão da série, pregado pelo Pr. Ed René Kivitz em 28 de março de 2010 e disponível em áudio para download no

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃO DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃO E REINTEGRAÇÃO DE POSSE COLETIVA.

MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃO DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃO E REINTEGRAÇÃO DE POSSE COLETIVA. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DEPARTAMENTO DE OUVIDORIA AGRÁRIA E MEDIAÇÃO DE CONFLITOS - DOAMC MANUAL DE DIRETRIZES NACIONAIS PARA EXECUÇÃO DE MANDADOS JUDICIAIS DE MANUTENÇÃO E REINTEGRAÇÃO DE

Leia mais

Refugiados em Israel: organizações denunciam descaso com crianças africanas no país

Refugiados em Israel: organizações denunciam descaso com crianças africanas no país Refugiados em Israel: organizações denunciam descaso com crianças africanas no país por Por Dentro da África - sábado, junho 20, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/noticias/refugiados-em-israel-organizacoes-denunciam-descaso-comcriancas-africanas-no-pais

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano A Bíblia, na parte denominada Antigo Testamento (Torá), é o principal documento da história dos hebreus. Foi escrita ao longo

Leia mais

Diálogo, bem comum, dignidade para todos - Papa no Congresso dos EUA 9

Diálogo, bem comum, dignidade para todos - Papa no Congresso dos EUA 9 Diálogo, bem comum, dignidade para todos - Papa no Congresso dos EUA 9 57 Imprimir 2015-09-24 Rádio Vaticana Francisco no Congresso Americano acolhido com grandes aplausos. É a primeira vez que um Papa

Leia mais

PROFª CLEIDIVAINE DA S. REZENDE Disc. Sociologia / 1ª Série

PROFª CLEIDIVAINE DA S. REZENDE Disc. Sociologia / 1ª Série PROFª CLEIDIVAINE DA S. REZENDE Disc. Sociologia / 1ª Série 1 - DEFINIÇÃO Direitos e deveres civis, sociais e políticos usufruir dos direitos e o cumprimento das obrigações constituem-se no exercício da

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 05/06 PLANIFICAÇÃO ANUAL º CICLO EDUCAÇÃO MORAL RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC)- 6ºANO. Documento(s) Orientador(es): Programa de EMRC de 8 junho de 04;

Leia mais

Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar.

Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Lc 18.1-8 Jesus contou aos seus discípulos esta parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Ele disse: "Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava

Leia mais

Geografia Professor Luiz plantaogeografico@yahoo.com.br. Movimentos Separatistas na Europa. 9ºs A e B

Geografia Professor Luiz plantaogeografico@yahoo.com.br. Movimentos Separatistas na Europa. 9ºs A e B Geografia Professor Luiz plantaogeografico@yahoo.com.br Movimentos Separatistas na Europa 9ºs A e B Separatismos no Espaço da Ex- Iugoslávia As instabilidades que desencadearam os movimentos separatistas

Leia mais

Algumas verdades sobre a vida #4 Sobre o pão de cada dia Tiago 5: Tg 5:1-3 (26 de Junho de 2014)

Algumas verdades sobre a vida #4 Sobre o pão de cada dia Tiago 5: Tg 5:1-3 (26 de Junho de 2014) 1 Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons Algumas verdades sobre a vida #4 Sobre o pão de cada dia Tiago 5: Tg 5:1-3 (26 de Junho de 2014)

Leia mais

I Fórum Políticas Públicas do Idoso"

I Fórum Políticas Públicas do Idoso I Fórum Políticas Públicas do Idoso" O idoso no mundo Em 2050, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 30% da população mundial será de idosos; 2 bilhões dos habitantes do planeta terão mais de

Leia mais

XVIII Domingo TC -ANO A. EVANGELHO Mt 14,13-21. Jesus Novo Moisés. «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados...

XVIII Domingo TC -ANO A. EVANGELHO Mt 14,13-21. Jesus Novo Moisés. «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados... EVANGELHO Mt 14,13-21 Jesus Novo Moisés «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados....» Ambiente: «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados....»

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Notas do jornalista José Arbex sobre o trabalho da delegação de entidades ligadas o Conselho Internacional

Leia mais

MULHER DIREITOS. Conheça os seus. www.pedrokemp.com.br

MULHER DIREITOS. Conheça os seus. www.pedrokemp.com.br MULHER Conheça os seus DIREITOS www.pedrokemp.com.br www.pedrokemp.com.br Vive dentro de mim a mulher do povo. Bem proletária. Bem linguaruda, desabusada, sem preconceitos... Cora Coralina 2 GUIA DE DIREITOS

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

Sobre a criminalização das ocupações urbanas

Sobre a criminalização das ocupações urbanas Sobre a criminalização das ocupações urbanas Mauri J.V Cruz 1 Que as lutas e conflitos sociais são tratados no Brasil como caso de polícia nós já sabemos há muitos anos. Esta prática, infelizmente, não

Leia mais

LIGA DOS COMBATENTES

LIGA DOS COMBATENTES LIGA DOS COMBATENTES NÚCLEO DISTRITAL DE VIANA DO CASTELO DISCURSO EVOCATIVO DO 95º ANIVERSÁRIO DO ARMISTÍCIO DA 1ª GUERRA MUNDIAL, O 90º ANIVERSÁRIO DA FUNDAÇÃO DA LIGA DOS COMBATENTES E O 39º ANIVERSÁRIO

Leia mais

Tempo para tudo. (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais)

Tempo para tudo. (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais) Tempo para tudo (há tempo para todas as coisas por isso eu preciso ouvir meus pais) Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da

Leia mais

Regularização fundiária:para quem? Os desafios para garantir a segurança da posse

Regularização fundiária:para quem? Os desafios para garantir a segurança da posse Regularização fundiária:para quem? Os desafios para garantir a segurança da posse HOMENAGEM À MIRA, Para quem a regularização fundiária sempre foi processo coletivo, construído à muitas vozes e muitas

Leia mais

LEI Nº 2.673, DE 24 DE AGOSTO DE 2010. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a

LEI Nº 2.673, DE 24 DE AGOSTO DE 2010. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a LEI Nº 2.673, DE 24 DE AGOSTO DE 2010 CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia / / JANE APARECIDA FERREIRA =Responsável pelo placard= Altera a Lei nº 2.396,

Leia mais

DEMOCRACIA VIVA 37 DEZEMBRO 2007. Dez anos de compromisso com a informação crítica e cidadã

DEMOCRACIA VIVA 37 DEZEMBRO 2007. Dez anos de compromisso com a informação crítica e cidadã DEMOCRACIA VIVA 37 DEZEMBRO 2007 Dez anos de compromisso com a informação crítica e cidadã 34 DEMOCRACIA VIVA Nº 37 ARTIGO Ivônio Barros* Política Nacional de Direitos Humanos sob a ótica cidadã VANOR

Leia mais

O que são Direitos Humanos?

O que são Direitos Humanos? O que são Direitos Humanos? Técnico comercial 4 (1º ano) Direitos Humanos são os direitos e liberdades básicas de todos os seres humanos. O principal objetivo dos Direitos Humanos é tratar cada indivíduo

Leia mais

Violência e Sustentabilidade *

Violência e Sustentabilidade * 1 Violência e Sustentabilidade * Uma menina reclamou sentida e veementemente com a avó quando a viu arrancando uma planta. Ela lhe disse que ela não podia fazer isso, porque estaria matando a natureza.

Leia mais

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações Edição: 5132010 Litoral Paulista, sexta-feira, 20 de agosto Página: 1 Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações w w w. u s i m i n a s.

Leia mais

Pobreza e o desenvolvimento

Pobreza e o desenvolvimento Seção A1 Pobreza e o desenvol Descrição Esta seção fará uma introdução geral da pobreza e do desenvol. É provável que todos os participantes já usem estes termos, mas eles podem interpretá-los de maneiras

Leia mais

TÉRMINUS. AVCTORIS DIREITO AUTORAL & COPYRIGHT - Rafael Martins de Oliveira. CAPA Diego de Oliveira Castro. EDITORAÇÃO Diego de Oliveira Castro

TÉRMINUS. AVCTORIS DIREITO AUTORAL & COPYRIGHT - Rafael Martins de Oliveira. CAPA Diego de Oliveira Castro. EDITORAÇÃO Diego de Oliveira Castro AVCTORIS DIREITO AUTORAL & COPYRIGHT - Rafael Martins de Oliveira CAPA Diego de Oliveira Castro EDITORAÇÃO Diego de Oliveira Castro TÉRMINUS REVISÃO Rafael Martins de Oliveira Oliveira, Rafael Martins,

Leia mais

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 128/2012

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 128/2012 PROJETO DE LEI Nº 128/2012 Altera a Lei nº 14.485, de 19 de julho de 2007, com a finalidade de incluir no Calendário Oficial de Eventos da Cidade de São Paulo o Dia Municipal de Combate a Homofobia, a

Leia mais

CONSELHO INTERACÇÃO. Declaração Universal dos Deveres do Homem. Setembro de 1997. Criado em 1983. InterAction Council

CONSELHO INTERACÇÃO. Declaração Universal dos Deveres do Homem. Setembro de 1997. Criado em 1983. InterAction Council CONSELHO INTERACÇÃO Criado em 1983 Declaração Universal dos Deveres do Homem Setembro de 1997 InterAction Council Declaração Universal dos Deveres do Homem Preâmbulo Considerando que o reconhecimento da

Leia mais

Defensoria Pública do Estado de São Paulo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com Deficiência

Defensoria Pública do Estado de São Paulo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com Deficiência Defensoria Pública do Estado de São Paulo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com Deficiência O que é a Defensoria Pública? A Defensoria Pública do Estado é uma Instituição permanente

Leia mais

Escola Municipal Professora Zezé Ribas. Premio Afago de Literatura. A política brasileira

Escola Municipal Professora Zezé Ribas. Premio Afago de Literatura. A política brasileira Aluno: Camila Aparecida Pinto Serie: 7º ano A política brasileira Na política brasileira, existe uma grande chaga aberta e crescente já se tornou grande praga. Doença maldita, domina e contamina a toda

Leia mais

A NUVEM. O Sétimo Anjo

A NUVEM. O Sétimo Anjo A NUVEM O Sétimo Anjo PARADO NA BRECHA 1963 - Jeffersonville - Indiana - E.U.A. - Tradução: GO 82 E agora, eu não sabia naquela época, que eles estavam tirando fotos daquilo, os cientistas que estavam

Leia mais

Hino Nacional. Hino Nacional Hino à Bandeira Hino da Independência Hino da Proclamação da República

Hino Nacional. Hino Nacional Hino à Bandeira Hino da Independência Hino da Proclamação da República Hino Nacional Hino à Bandeira Hino da Independência Hino da Proclamação da República Hino Nacional Música: Francisco Manuel da Silva (1795/1865) Letra: Joaquim Osório Duque Estrada (1870/1927) Ouviram

Leia mais

Direito à vida, direito à saúde e direito à alimentação adequada

Direito à vida, direito à saúde e direito à alimentação adequada CURSO DE EDUCADOR SOCIAL MÓDULO II- AULA 2 Direito à vida, direito à saúde e direito à alimentação adequada ITS Brasil1 Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República2 Nascemos iguais,

Leia mais

Cartilha de princípios

Cartilha de princípios Cartilha de princípios 2 MTST - Cartilha de princípios AS LINHAS POLÍTICAS DO MTST O MTST é um movimento que organiza trabalhadores urbanos a partir do local em que vivem: os bairros periféricos. Não é

Leia mais

No Sri Lanka, um trabalhador da etnia Tamil exibe documento comprovando a obtenção de cidadania da sua esposa.

No Sri Lanka, um trabalhador da etnia Tamil exibe documento comprovando a obtenção de cidadania da sua esposa. No Sri Lanka, um trabalhador da etnia Tamil exibe documento comprovando a obtenção de cidadania da sua esposa. Esta é uma publicação do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) com o

Leia mais

PENSAMENTOS DE IRMÃ DULCE

PENSAMENTOS DE IRMÃ DULCE PENSAMENTOS DE IRMÃ DULCE 1. "O amor supera todos os obstáculos, todos os sacrifícios. Por mais que fizermos tudo é pouco diante do que Deus faz por nós." 2. "Sempre que puder, fale de amor e com amor

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Juarez Mello,é Bacharel em Direito pela UNAMA desde 1984. Atua na

Juarez Mello,é Bacharel em Direito pela UNAMA desde 1984. Atua na ENTREVISTA JUAREZ RABELLO SORIANO DE MELLO ADVOGADO Uma visão atual do Direito coletivo do trabalho É melhor um acordo coletivo resolvido em mesa do que uma decisão proferida pelos Tribunais Advogado trabalhista

Leia mais

Carta Pedagógica da Rede de Educação Cidadã- Acre. Rio Branco (AC), Maio a Julho de 2013

Carta Pedagógica da Rede de Educação Cidadã- Acre. Rio Branco (AC), Maio a Julho de 2013 Carta Pedagógica da Rede de Educação Cidadã- Acre Rio Branco (AC), Maio a Julho de 2013 Companheiras e companheiros de caminhada, nossas sinceras saudações. Há aqueles que lutam um dia; e por isso são

Leia mais

Batalha Espiritual O Princípio de Autoridade

Batalha Espiritual O Princípio de Autoridade Batalha Espiritual O Princípio de Autoridade Efésios 6:10-12... tornem-se cada vez mais fortes, vivendo unidos com o Senhor e recebendo a força do seu grande poder. Vistam-se com toda a armadura que Deus

Leia mais

CARTA DENÚNCIA: VIOLAÇÃO DE DIREITOS - DESPEJO FAMÍLIAS JD. DA UNIÂO

CARTA DENÚNCIA: VIOLAÇÃO DE DIREITOS - DESPEJO FAMÍLIAS JD. DA UNIÂO CARTA DENÚNCIA: VIOLAÇÃO DE DIREITOS - DESPEJO FAMÍLIAS JD. DA UNIÂO Viemos a partir dessa, denunciar e solicitar ações em relação às violações de direitos sofridas no dia 16 de setembro pelas FAMÍLIAS

Leia mais

Cartilha Preparatória 13 e 14 de novembro de 2010 POR UMA NOVA MAIORIA

Cartilha Preparatória 13 e 14 de novembro de 2010 POR UMA NOVA MAIORIA I V E nc on t r o d e Co m u nida de s de R e sis t ên c i a Cartilha Preparatória 13 e 14 de novembro de 2010 POR UMA NOVA MAIORIA Encontro de Comunidades de Resistência 02 O Encontro de Comunidades de

Leia mais

PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA:

PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA: PREFEITO CONFÚCIO MOURA AUTORIZA: PLANO DE SAÚDE, REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES PLANO DE SAÚDE Em audiência realizada no mês de Janeiro, o Prefeito Confúcio Moura convocou os Presidentes

Leia mais

copyright Todos os direitos reservados

copyright Todos os direitos reservados 1 2 Espaço das folhas 3 copyright Todos os direitos reservados 4 Autor Jorge Luiz de Moraes Minas Gerais 5 6 Introdução Folha é apenas uma folha, uma branca cor cheia de paz voltada para um querer, um

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 285, DE 2006

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 285, DE 2006 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 285, DE 2006 Autoriza o Poder Executivo a criar o Programa Cantando as Diferenças, destinado a promover a inclusão social de grupos discriminados e dá outras providências. O

Leia mais

Avanços e Perspectivas dos Direitos da Criança com Ênfase na Área da Saúde

Avanços e Perspectivas dos Direitos da Criança com Ênfase na Área da Saúde Avanços e Perspectivas dos Direitos da Criança com Ênfase na Área da Saúde Falar dos direitos da criança implica necessariamente um resgate do maior avanço em âmbito jurídico e político-ideológico relacionado

Leia mais

10 Milhões de Estrelas

10 Milhões de Estrelas 10 Milhões de Estrelas Eles, revendo a estrela, alegraram-se imensamente. (Mt. 2, 9b-10) Mística e Espiritualidade As estrelas sempre estiveram presentes na espiritualidade dos povos e igrejas inspirados

Leia mais

SEMITAS DE DUAS REGIÕES COM VÁRIAS HISTÓRIAS

SEMITAS DE DUAS REGIÕES COM VÁRIAS HISTÓRIAS SEMITAS DE DUAS REGIÕES COM VÁRIAS HISTÓRIAS Como analisar o conflito entre judeus e palestinos? Se seguirmos a lógica de quem chegou primeiro à região, então os palestinos (antigos filisteus) estão com

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013

TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 TERÇA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2013 Primeiro satélite dedicado a vigiar asteroides é lançado GIULIANA MIRANDA DE SÃO PAULO O primeiro telescópio espacial especificamente dedicado à busca de asteroides

Leia mais

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil I TRODUÇÃO Vivemos um tempo muito importante e é nossa responsabilidade preservar a Terra. Todos os povos e todas as culturas do mundo formam uma única e grande família.

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Índia Você sabia que... Todos devemos ajudar as pessoas que não são capazes de prover por si à alimentação adequada. Os cidadãos podem considerar as autoridades responsáveis por aquilo que fazem ou não,

Leia mais