Relatório ANALÍTICO (antiga Informação Completa)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório ANALÍTICO (antiga Informação Completa)"

Transcrição

1 Relatório ANALÍTICO (antiga Informação Completa) - MODALIDADE : Estadual e Nacional - CONTEÚDO DA RESPOSTA: Informado o CNPJ, confirma a Razão Social; Informada a Razão Social, confirma o CNPJ; Alerta quando a empresa consultada apresenta indícios de atuação fraudulenta; Razão Social; Nome Fantasia; CNPJ; NIRE; Condição do CNPJ no Cadastro Oficial; Número de Inscrição Estadual(quando houver); Endereço Completo; Fundação; Capital Social, Inicial e Última Alteração(valor / data), Órgão de Registro; Quantidade de Filiais; Código(CNAEF) e Descrição da Atividade Econômica; Nome da Antecessora; Composição Societária: nome e documento, data de entrada, data do mandato, participação em R$ ou em porcentagem; Indicação de quem assina pela empresa; Cruzamento com outras empresas das quais os sócios, diretores ou a própria empresa façam parte e as respectivas restrições; Dados Contratuais, Cisão, Fusão, Incorporação(caso houver); Desabonos dos sócios(quando houver), indicando: Títulos Protestados; Cheques sem Fundos; Registros de Débitos(SCPC); Cheques sem Fundos: nome/razão social, banco, agência, quantidade, data do último cheque; Alínea 21(sustação): banco, agência, cheque, motivo, data, informante; Cheques registrados pelos usuários do Sistema: valor e credor; Registros de Débitos: tipo, número, valor, data de vencimento do título, cidade, unidade da federação, total de registro, valor acumulado e razão social do credor; Títulos Protestados: tipo, cartório, data do protesto, documento, valor, praça, unidade da federação, total de registro, valor acumulado e credor(quando houver); Falências e Concordatas(* Novas siglas em função da Nova Lei de Recuperação e Falência de Empresas "11.101" - RR - Recuperação Judicial Requerida; RD - Recuperação Judicial Deferida; RC - Recuperação Judicial Concedida; RE - Recuperação Extrajudicial Requerida; RH - Recuperação Extrajudicial Homologada; AF Autofalência); Ações Cíveis: requerido, autor, foro, vara cível, nr. e ano do processo, data da distribuição, ação; Documentos roubados; Cadastro de Notícias; Análise Setorial; Indicadores Financeiros(quando houver); Consultas Anteriores.

2 - MODELO DE CONSULTA: CONSULTA: RELATORIO ANALITICO NACIONAL SOLICITANTE: ASSOCIADO XXX NOME: FORTE PETROLEO LTDA Alerta de Fraude ==============================> IMPORTANTE <================================== SENHORES USUARIOS, CONSTAM INFORMACOES ADICIONAIS LIGAR PARA (011) Módulo Informações ATENDIMENTO: DAS 8H AS 18H (SEGUNDA A SEXTA) Cadastrais > INFORMACOES CADASTRAIS < ATENÇÃO : OS DADOS FALTANTES, SE APURADOS QUANDO DISPONÍVEL, SERAO DISPONIBILIZADOS EM SEU CORREIO ELETRONICO O MAIS RAPIDO POSSIVEL. RAZAO SOCIAL: INDUSTRIA E COMERCIO DE METALURGICA TESTE LTDA DOCUMENTO: CNPJ CONDICAO: ATIVO FUNDACAO: 12/03/1992 INSCRICAO: SITUACAO: HABILITADO Síntese Cadastral, caso não receber de imediato o módulo Informações Cadastrais ENDERECO: RUA MANOEL DE SA FORTES JUNQUEIRA, BAIRRO: CENTRO CEP: CIDADE: SAO PAULO UF : SP LEGENDA REFERENTE INSCRIÇÃO ESTADUAL INSCRIÇÃO ESTADUAL - HABILITADO - NÃO HABILITADO - ISENTO - INDISPONÍVEL ATENÇÃO!!! A informação acima (Síntese Cadastral), somente ocorrerá quando não receber de imediato o módulo Informações Cadastrais (abaixo), onde esta sendo atualizada e será entregue o mais rápido possível em seu corrêio eletrônico sem nenhum tipo de custo. HABILITADO : Para contribuinte que possue Inscrição Estadual devidamente cadastrada no Cadastro Geral de Contribuintes na condição de apta a realizar operações no âmbito do ICMS sem restrições. NÃO HABILITADO : Para contribuintes que possuem Inscrição Estadual devidamente cadastrada no Cadastro Geral de Contribuintes na condição de impedimento, cancelamento, suspenso ou baixada. ISENTO : Quando a empresa não necessitar de Inscrição Estadual. Disponivel nos Serviços: - Relatório Analítico - Relatório Sintético - Relatório Simplificado - Cadastro Analítico INDISPONÍVEL : Ainda não consta em nosso sistema > INFORMACOES CADASTRAIS < NIRE Módulo Disponível Atualizado

3 CONDICAO: ATIVO FUNDACAO: 15/03/1992 INSCRICAO: SITUACAO: HABILITADO ENDERECO: RUA MANOEL DE SA FORTES JUNQUEIRA, ANDAR BAIRRO: CENTRO CEP: CIDADE: SAO PAULO UF: SP CAP. SOCIAL: CR$ ,00 REGISTRO: 12/03/1992 JUCESP CAP. ATUAL: R$ ,00 ALTERACAO: 18/05/1998 JUCESP QTDE FILIAIS: 12 ANTECESSORA : NEW COMERCIAL COMBUSTÍVEL ATE 17/05/1998 ATIVIDADE: SEDES EMPRESAS UNIDADES ADMINISTR LOCAIS INTERMED COM COMB MINER METAIS PROD QUIM COM VAREJ COMBUSTIVEIS LUBRIF VEIC AUTOM PARTICIPANTE: APARECIDA MARIA DA SILVA CPF ENTRADA: 12/03/1993 PARTICIPACAO: R$ ,00 FUNCAO: SOCIO MANDATO: A (ASSINA PELA EMPRESA) * 1 NOME(S) COM 1 DEVOLUCAO(OES) PELO CCF * N A D A C O N S T A P/ ESTE PARTICIPANTE DE PROTESTOS EM 'SP' * 3 NOME(S) COM 6 REGISTRO(S) NO SCPC OUTRAS PARTICIPACOES: POSTO SERVICOS LTDA CNPJ * N A D A C O N S T A P/ ESTA PARTICIPACAO DE PROTESTOS EM 'SP' AUTO POSTO LTDA CNPJ * 1 NOME(S) COM 1 DEVOLUCAO(OES) PELO CCF * 1 NOME(S) COM 1 TITULO(S) PROTESTADO(S) NO ESTADO 'SP' ADMINISTRACAO REPRESENTACAO COMERCIAL LTDA CNPJ * 1 NOME(S) COM 29 TITULO(S) PROTESTADO(S) NO ESTADO 'SP' * 1 NOME(S) COM 1 FALENCIA(S) DECRETADA(S) * 1 NOME(S) COM 1 FALENCIA(S) REQUERIDA(S) EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES LTDA CNPJ * N A D A C O N S T A P/ ESTA PARTICIPACAO DE PROTESTOS EM 'SP' * 1 NOME(S) COM 1 FALENCIA(S) DECRETADA(S) * 3 NOME(S) COM 25 REGISTRO(S) NO SCPCE PARTICIPANTE: REGINA SILVA CPF ENTRADA: 12/03/1993 PARTICIPACAO: R$ 3.702,00 FUNCAO: SOCIO MANDATO: A (ASSINA PELA EMPRESA) * N A D A C O N S T A P/ ESTE PARTICIPANTE NO CCF * N A D A C O N S T A P/ ESTE PARTICIPANTE DE PROTESTOS EM 'SP' * N A D A C O N S T A P/ ESTE PARTICIPANTE NO SCPC OUTRAS PARTICIPACOES: BRASILEIRA TRANSPORTES LTDA CNPJ * N A D A C O N S T A P/ ESTA PARTICIPACAO DE PROTESTOS EM 'SP'...INFORMACOES COMPLEMENTARES... EM 18/04/00, SOB NR 999/00, A EMPRESA INCORPOROU A SEU PATRIMONIO A EMPRESA: POSTO SERVICOS LTDA > DEVOLUCOES INFORMADAS P/ CCF <

4 NOME / RAZAO SOCIAL AGENCIA QTDE FORTE PETROLEO LTDA BCO ITAU * DEVOLUCAO, 2. APRESENTACAO 16 CHEQUE(S) ULTIMO EM 08/07/2006 FORTE PETROLEO LTDA BCO BRASIL * DEVOLUCAO, 2. APRESENTACAO 4 CHEQUE(S) ULTIMO EM 11/06/ NOME(S) RELACIONADO(S) COM O TOTAL DE 20 DEVOLUCAO(OES) > CHEQUES SUSTADOS MOTIVO 21 < *** ESTA INFORMACAO NÃO É DESABONADORA AO CLIENTE *** BCO AGEN CHEQUE MOTIVO DATA INFORMANTE SUS=21 07/05/2004 BANCO BIS S/A SUS=21 07/01/2004 BANCO BRA S/A SUS=21 07/04/2003 BANCO BOS S/A SUS=21 08/03/2003 BANCO TESTE S/A > REGISTROS DE DEBITOS USUARIOS DO SISTEMA < DOCUMENTOS: CNPJ NIRE REGISTRO(S) DE DEBITO(S) NO PERIODO DE 02/07/2005 A 02/07/2006 COM VALOR ACUMULADO DE R$ ,72 VENCTO DOCTO VALOR CIDADE UF 28/01/2006 DP/ R$ ,57 SAO PAULO SP CEF-AG /12/2005 DP/ R$ ,59 ARAUCARIA PR DISTRIBUIDORA LTDA 16/10/2004 CH/ R$ ,56 PORTO ALEGRE RS DEMONSTRACOES LTDA > DESABONOS ESTADO DE SAO PAULO < IMPORTANTE!! Empresa que consta F.D. para NIRE ela e para as Coligadas....INFORMACOES COMPLEMENTARES... FORAM ESTENDIDOS OS FEITOS DA SUA FALENCIA AS EMPRESAS: POSTO SERVICOS LTDA, AUTO POSTO LTDA, ADMINISTRACAO REPRESENTACAO COMERCIAL LTDA, EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES LTDA, BRASILEIRA TRANSPORTES LTDA. PROC 01/ 'VARA SPO/SP EM 28/04/06 D.O 04/05/ FALENCIA(S) DECRETADA(S) 63 TITULO(S) PROTESTADO(S) NO PERIODO DE 01/06/2005 A 14/06/2006, TOTALIZANDO R$ ,93 CART DATA DCTO VALOR PRACA UF TP 06 14/06/2006 XX R$ ,45 SAO PAULO - CAPITAL SP TP 01 29/08/2005 XX R$ ,31 CAMPINAS SP CREDOR: DESTILARIA LTDA TP 10 06/05/2004 DP R$ 4.454,67 SAO PAULO - CAPITAL SP FD 18 06/09/2001 SAO PAULO - CAPITAL SP DCTO: DP - DUPLICATA XX - NATUREZA NAO ESPECIFICADA

5 > ACOES CIVEIS ESTADO DE SAO PAULO < INFORMACOES COMPLEMENTARES... A T E N C A O =================== A CONSULTA INFORMATIZADA DE INICIO E FEITA PELO NUMERO DO DOCUMENTO CPF OU CNPJ E EM SEGUIDA PELO NOME/RAZAO CONSULTADO(FONETICA). QUAN- DO AS ACOES JUDICIAIS EXIBIDAS NAO CONTIVEREM O CPF OU CNPJ (NAO OBRIGATORIO NA DISTRIBUICAO FORENSE), COMPARE SEMPRE O NOME/RAZAO CONSULTADO COM O REU DE CADA ACAO (RQDO), PORQUE PODE SE TRATAR DE HOMONIMO OU GRAFIA SEMELHANTE, DEVENDO NESSE CASO SER DESCONSIDERADA A INFORMACAO. FONTE: PODER JUDICIARIO... RQDO: FORTE PETROLEO LTDA AUTOR: EXATA PARTICIPACOES LTDA FORO: SANTOS VARA CIVEL: 0005 PROCESSO: /2006 DISTRIBUICAO: 14/02/2006 ACAO: DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO RQDO: FORTE PETROLEO LTDA FORO: CENTRAL VARA CIVEL: 0003 PROCESSO: /2005 DISTRIBUICAO: 21/03/2005 ACAO: PROCEDIMENTO ORDINARIO - EM GERAL RQDO: FORTE BRASILEIRO PETROLEO LTDA AUTOR: BEATRIZ HORTA DE ARAUJO DOCUMENTOS: CNPJ FORO: CENTRAL VARA CIVEL: 0028 PROCESSO: /2004 DISTRIBUICAO: 31/01/2004 ACAO: EXECUCAO DE TITULO EXTRA JUDICIAL ACAO(OES) RELACIONADA(S) > DESABONOS OUTROS ESTADOS < TITULO(S) PROTESTADO(S) NO PERIODO DE 29/04/2004 A 29/04/2004 OC CART DATA VALOR PRACA UF TP /04/2004 R$ 88,80 CUIABA MT > ACOES CIVEIS OUTROS ESTADOS < ATENCAO: CONSULTA EFETUADA POR DOCUMENTO 1 ACAO(OES) CIVEL(IS) NO PERIODO DE 21/08/2001 A 28/06/2006 VARA DIST ACAO DISTRIBUICAO PRACA UF EXECUCAO 31/08/2001 RIO DE JANEIRO RJ

6 > INDICES FINANCEIROS < A T E N Ç Ã O : Para Apresentação do Módulo abaixo( Indices Financeiros), a Empresa deve ter enviado seus Balanços Anuais para ACSP Associação Comercial de S.Paulo (logo este módulo estará sendo substituído por outro módulo com muito informações de Indicadores) DOCUMENTOS: CNPJ NIRE LIQUIDEZ 31/12/03 31/12/04 31/12/05 Liquidez Geral 0,76 0,89 0,91 Liquidez Corrente 0,63 0,90 0,69 Liquidez Seca 0,62 0,89 0,68 Liquidez Imediata 0,00 0,04 0,05 - RENTABILIDADE Giro do Ativo 0,37 0,36 0,30 Rentabilidade da Margem Liquida 0,82 % 0,60 % 0,80 % Rentabilidade do Ativo 0,30 % 0,40 % 0,55 % Rentabilidade do Patrimonio Liquido 0,34 % 0,99 % 0,80 % - CICLO FINANCEIRO / OPERACIONAL Prazo Medio de Renovacao Estoque Prazo Medio de Pagamento Fornecedor Prazo Medio de Recebimento Vendas * NOTA EXPLICATIVA OPERACIONAL: A COMPANHIA OPERA NO SEGMENTO DE MOLDES INDUSTRIAIS, POR MEIO DE MARCAS PROPRIAS E LICENCIADAS. ESTOQUE: DESCRICAO MATERIAL DIRETO PRODUTOS EM ELABORACAO PRODUTOS ACABADOS ALMOXARIFADO TOTAL INVESTIMENTOS: DESCRICAO INV. AVALIADOS POR EQUIV. PATRIMONIAL INV. AVALIADOS PELO CUSTO DE AQUISICAO TOTAL > ANALISE SETORIAL < NIRE SEGMENTO: COMERCIO VAREJISTA VENDAS DE SUPERMERCADOS MANTEM-SE EM NIVEIS ELEVADOS MANTIVEMOS NOSSA PROJECAO PARA 2006 DE CRESCIMENTO DE 2,2% DAS VENDAS FISICAS E DE 0,8% NO FATURAMENTO REAL DO SETOR SUPERMERCADISTA, O QUE CORRESPONDERIA A UM PATAMAR DE VENDAS CERCA DE 1,5% SUPERIOR A MEDIA DE JANEIRO A MAIO. CONSIDERANDO AS VENDAS FISICAS ESTIMADAS PELA TENDENCIAS A PARTIR DOS DADOS DE FATURAMENTO REAL DA ABRAS, POR MEIO DE UM INDICE DE PRECOS DO PROPRIO SEGMENTO, O RESULTADO DE MAIO MOSTROU UM RECUO DE 1,8% FRENTE AO MES ANTERIOR, EM TERMOS DESSAZONALIZADOS - SENDO QUE EM ABRIL SE APUROU UM CRESCIMENTO DE 1,7%. APESAR DA QUEDA EM MAIO, AINDA ASSIM CONSIDERAMOS QUE O SEGMENTO ESTA EM RECUPERACAO, DADO QUE AS VENDAS DE SUPERMERCADOS NOS PRIMEIROS CINCO MESES DO ANO ENCONTRAM-SE EM UM NIVEL 2,5% MAIOR QUE A MEDIA OBSERVADA NO ANO PASSADO, QUANDO O SEGMENTO FICOU PRATICAMENTE ESTAGNADO.

7 PARA O DADO DE COMERCIO GERAL, APURADO PELA PMC-IBGE, MANTIVEMOS NOSSA EXPECTATIVA DE ELEVACAO DE 5,0% PARA ASPECTOS POSITIVO: O SEGMENTO SUPERMERCADISTA ESTA EM RECUPERACAO, DADO QUE AS VENDAS NOS PRIMEIROS CINCO MESES DO ANO ENCONTRAM-SE EM UM NIVEL 2,5% MAIOR QUE A MEDIA OBSERVADA NO ANO PASSADO. NEGATIVO: O RESULTADO DE MAIO DE VENDAS FISICAS, ESTIMADO PELA TENDENCIAS A PARTIR DE DADOS DE FATURAMENTO REAL DA ABRAS, APONTA UM RECUO DE 1,8% FRENTE AO MES ANTERIOR, DADOS DESSAZONALIZADOS. PERSPECTIVA: EXPANSAO MODERADA VOLUME DE VENDAS DO COMERCIO - IBGE - VAR. EM RELACAO A IGUAL PERIODO DO ANO ANTERIOR TRI 0,46 0,65 2 TRI 0,18 0,85 3 TRI 0,85 0,55 4 TRI 1,15 0,72 FONTE: IBGE (ELABORACAO TENDENCIAS) PROJECAO TENDENCIAS REALIZACAO DA TENDENCIAS CONSULTORIA INTEGRADA RELATORIO BASEADO EM ESTUDOS INTERNOS E EM INFORMACOES DE CONHECIMENTO PUBLICO > CONSULTAS ANTERIORES < NIRE TOTAL DO PERIODO: 5 CONSULTA(S) DE 09/2005 A 05/2006 ULTIMO(S) MES(ES): 2 CONSULTA(S) EM 05/ CONSULTA(S) EM 10/ CONSULTA(S) EM 09/2005 DATA EMPRESA 24/05/2006 REGULADORA DE SINISTRO ME 24/05/2006 REGULADORA DE SINISTRO ME 20/10/2005 BANCO RURAL/2-DEPTO JURIDICO 26/09/2005 SINDICATO DOS HOTELEIRO SP L 22/09/2005 INFORMACOES COML LTDA ME Esta mensagem aparece somentee na Internet, informando que que tem disponível Relatório Análise Setorial (completo) INFORMACOES CONFIDENCIAIS SAO PAULO, 21/07/ :03:55 NET9999 ATENÇÃO!! ANÁLISE DO SETOR DESTE SEG MENTO ESTÁ DISPONÍVEL, PREÇO R$ 63,43. PARA CONSULTAR CLIQUE ABAIXO SEGMENTO

Endereço da Agencia Bancária Informa o endereço e até 02 telefones da agência bancária do cheque consultado.

Endereço da Agencia Bancária Informa o endereço e até 02 telefones da agência bancária do cheque consultado. Devoluções Informadas p/ CCF Trata-se de cheques devolvidos pelas alíneas 12 e/ou 13. Essas informações são fornecidas à base de dados do UseCheque pelo CCF (Cadastro de Emitentes de cheques sem fundos),

Leia mais

https://www.bvsnet.com.br/cgi-bin/db2www/netpo020.mbr/consulta?

https://www.bvsnet.com.br/cgi-bin/db2www/netpo020.mbr/consulta? Page 1 of 8 Resposta da consulta CONSULTA: SCPC RELATORIO ANALITICO NACIONAL SOLICITANTE: 00578991 - COLUMBIA TRISTAR BUENA VISTA FILMES DOCUMENTOS: CNPJ04006465000291 ------------> INFORMACOES CADASTRAIS

Leia mais

Confirmação de Telefone: Informa o endereço de instalação do telefone, caso o telefone tenha sido informado na consulta, pelo associado.

Confirmação de Telefone: Informa o endereço de instalação do telefone, caso o telefone tenha sido informado na consulta, pelo associado. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Alerta de documentos roubados, furtados ou extraviados: Informação fornecida pelo próprio consumidor através do SOS Cheques & Documentos, pelo telefone: 0800 011 15 22 ou através

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PRODUTOS PESSOA JURÍDICA INFORMAÇÕES EMPRESARIAIS

COMPOSIÇÃO DE PRODUTOS PESSOA JURÍDICA INFORMAÇÕES EMPRESARIAIS COMPOSIÇÃO DE PRODUTOS PESSOA JURÍDICA INFORMAÇÕES EMPRESARIAIS SCPC/SP - Boa Vista Serviços SCPC RELATÓRIO ANALÍTICO e Estadual (Estadual - somente informações do estado de São Paulo). - Desabonos dos

Leia mais

Bancos acessados on-line:: Unibanco, Banespa, Banco Real e Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A).

Bancos acessados on-line:: Unibanco, Banespa, Banco Real e Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A). CONSULTAS VALORES 0800 INTERNET CARTA LOCAL 1,50 CARTA INTERMUNICIPAL 1,80 517- SCPC VEIC. CONF. PROP. PL 8,00 7,50 518- SCPC VEIC. CONF. PROP. CH 7,00 6,50 548- SCPC COMPLETO 8,00 7,50 Informação que

Leia mais

SCPC Pessoa Jurídica

SCPC Pessoa Jurídica SCPC Pessoa Jurídica Site: www.acigra.com.br E-mail: scpc@acigra.com.br SCPC Pessoa Jurídica 1 Definição O SCPC Pessoa Jurídica é o serviço que proporciona muito mais segurança na hora de realizar negócios

Leia mais

Cheques Cheque. Saiba co o lida co e e.

Cheques Cheque. Saiba co o lida co e e. Cheques Cheque. Saiba como lida r co m ele. Cheque. Saiba como lidar com ele. Depois do dinheiro, o cheque é o meio de pagamento mais utilizado pelas pessoas na hora de fazer negócios. É quase impossível

Leia mais

Pontuação: 125 probabilidade média de inadimplência na faixa de 101 a 150: 22,50%

Pontuação: 125 probabilidade média de inadimplência na faixa de 101 a 150: 22,50% Confidencial Para: J&R 28/03/2014 11:05 Versão 2.12.1 RELATO RELATÓRIO DE COMPORTAMENTO EM NEGÓCIOS DISPLAY COMERCIO E DISTRIBUIO EIRELI EPP CNPJ: 19.728.709/0001-36 VALORES EM REAIS 28/03/2014 11:05:22

Leia mais

Tabela de Preços Descritivo e Insumos

Tabela de Preços Descritivo e Insumos PRODUTO SóCheque Achei Recheque Tabela de Preços Descritivo e Insumos Confirmação dos dados cadastrais + Alerta de Documentos + CCF Confirmação de dados cadastrais + Alerta de Documentos da Serasa + Confirmação

Leia mais

Consultas ao SCPC Campo Belo(ASSOCIADOS)

Consultas ao SCPC Campo Belo(ASSOCIADOS) Consultas ao SCPC Campo Belo(ASSOCIADOS) Opção Tipo de Consulta Finalidade Preço (R$) 570 SCPC CCF (Cheque) Esta modalidade de consulta é freqüentemente utilizada para consulta de cheque sem fundos Banco

Leia mais

Valor. Cód. PRODUTO. 13 SPC Mix. 240 SPC Mix Mais. 241 SPC Mix Mais + Participação em empresas. 242 SPC Mix Mais + Ação

Valor. Cód. PRODUTO. 13 SPC Mix. 240 SPC Mix Mais. 241 SPC Mix Mais + Participação em empresas. 242 SPC Mix Mais + Ação Cód. PRODUTO 13 SPC Mix 240 SPC Mix Mais 241 SPC Mix Mais + empresas 242 SPC Mix Mais + Ação 243 SPC Mix Mais + Ação + Participação em empresas 244 SPC Mix Mais + Score 3 245 SPC Mix Mais + Score 12 246

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PRODUTO DE PESSOA FÍSICA BASE CENTRALIZADORA ACSP INFORMAÇÕES

COMPOSIÇÃO DE PRODUTO DE PESSOA FÍSICA BASE CENTRALIZADORA ACSP INFORMAÇÕES COMPOSIÇÃO DE PRODUTO DE PESSOA FÍSICA BASE CENTRALIZADORA ACSP INFORMAÇÕES SCPC Registros de débitos de devedores informados por vários segmentos empresariais, associados e parceiros; Títulos protestados

Leia mais

SPC Mix. SPC Mix Mais

SPC Mix. SPC Mix Mais PRODUTO SPC Mix SPC Mix Mais SPC Mix Mais + Participação em empresas SPC Mix Mais + Ação SPC Mix Mais + Ação + Participação em empresas SPC Mix Mais + Score 3 SPC Mix Mais + Score 12 SPC Maxi Descritivo

Leia mais

Consultas Descrição das consultas Preços

Consultas Descrição das consultas Preços Consultas Descrição das consultas Preços SPC Mix Mais SPC Mix Mais + Participação em empresas SPC Mix Mais + Ação SPC Mix Mais + Ação + Participação em empresas SPC Mix Mais + Score 3 meses SPC Mix Mais

Leia mais

Descrições dos Serviços

Descrições dos Serviços SPC Mix SPC Mix Mais no ato da consulta + Contumácia da Alínea 21 + Contra Ordem. (10 Informações para 1Consulta) de documento + Protesto Nacional. (12 Informações para 1Consulta) SPC Mix Mais + Participação

Leia mais

Manual do sistema. Serasa Empresas Credito e Risco. Manual de operações. Belo Horizonte

Manual do sistema. Serasa Empresas Credito e Risco. Manual de operações. Belo Horizonte Manual do sistema Serasa Empresas Credito e Risco Manual de operações Belo Horizonte Agosto - 2007 Sumário Introdução ------------------------------------------3 Consulta --------------------------------------------4

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SCPC WEBNET 2.0 Site: www.cdlpelotas.com.br E-mail: scpc@cdlpelotas.com.br

MANUAL DO USUÁRIO SCPC WEBNET 2.0 Site: www.cdlpelotas.com.br E-mail: scpc@cdlpelotas.com.br MANUAL DO USUÁRIO SCPC WEBNET 2.0 Site: www.cdlpelotas.com.br E-mail: scpc@cdlpelotas.com.br ÍNDICE 1 WEBNET 2.0... 4 2 ACESSO WEBNET 2.0... 4 2.1 ALTERAÇÃO DE SENHA DO USUÁRIO... 5 3.1 REGISTRO NORMAL

Leia mais

MÓDULO. Básico. Grupo Acert - 1

MÓDULO. Básico. Grupo Acert - 1 MÓDULO Básico Grupo Acert - 1 ÍNDICE Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras 03 04 05 06 07 Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica 08 09 10 10 11 Esta

Leia mais

Tabela de Preços CDL-Mesquita. Janeiro de 2014

Tabela de Preços CDL-Mesquita. Janeiro de 2014 Tabela de Preços CDL-Mesquita Janeiro de 2014 Produto Definição Valor Unitário CONSULTAS PF Só Cheque Sexo, Data de Nascimento, Idade, Signo, Filiação, Endereço (caso tenha cadastrado no banco de dados),

Leia mais

Tabela de Preços CDL-Mesquita. Janeiro de 2012

Tabela de Preços CDL-Mesquita. Janeiro de 2012 Tabela de Preços CDL-Mesquita Janeiro de 2012 Produto Definição Valor Unitário CONSULTAS PF Só Cheque Mix( + Cheque) Mix + (Protesto) Top Física Top Física + (ação) heque Analítico heque Sintético Achei

Leia mais

Sistema de Comunicação com Clientes Versão 1.0

Sistema de Comunicação com Clientes Versão 1.0 Sistema de Comunicação com Clientes Versão 1.0 Índice: 1 - Introdução...3 2 - Especificações de Gravação/Transmissão dos Arquivos...3 2.1. Características gerais do arquivo-remessa e retorno...3 2.2. Composição

Leia mais

Material disponível no Espaço Gestor. Material apresentado na reunião do PEX dia 19/11/2015 - Chapecó

Material disponível no Espaço Gestor. Material apresentado na reunião do PEX dia 19/11/2015 - Chapecó Material disponível no Espaço Gestor Material apresentado na reunião do PEX dia 19/11/2015 - Chapecó Criciúma 10/11/2015 CONSEQUÊNCIAS VENDAS INADIMPLÊNCIA O PROBLEMA DO ASSOCIADO É O NOSSO PROBLEMA Vender

Leia mais

Descrição - Consulta PF

Descrição - Consulta PF - PF CONFIRME (PF) SPC LOCALIZA PF Renda Presumida SPC SPC IMOBILIÁRIO Limite de Crédito Sugerido SPC Top Física SPC Top Física + Confirmação dos dados cadastrais do documento consultado, alerta de documentos,

Leia mais

FICHA DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS. Nome do interessado. Cidade onde pretende abrir o negócio

FICHA DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS. Nome do interessado. Cidade onde pretende abrir o negócio FICHA DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS Nome do interessado Cidade onde pretende abrir o negócio Preencha este Relatório e o envie à ODONTO BRASIL. Entraremos em contato com você em seguida.

Leia mais

REGIMENTO DO SCPC. Rua XV de Novembro, 621 Fone: (41) 3320-2929 80020-310 Curitiba PR www.acpr.com.br

REGIMENTO DO SCPC. Rua XV de Novembro, 621 Fone: (41) 3320-2929 80020-310 Curitiba PR www.acpr.com.br REGIMENTO DO SCPC Rua XV de Novembro, 621 Fone: (41) 3320-2929 80020-310 Curitiba PR www.acpr.com.br REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE PROTEÇÃO PROTEÇÃO AO AO CRÉDITO CRÉDITO

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

Somos distribuidores credenciados da maior empresa de informações de crédito da América latina - SERASA Experian, com isso o associado da nossa

Somos distribuidores credenciados da maior empresa de informações de crédito da América latina - SERASA Experian, com isso o associado da nossa EMPRESA A empresa SCC Check é legalmente constituída e uma das principais empresas no segmento, posição alcançada graças à busca contínua e determinada da plena satisfação de seus clientes e da excelência

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR OF/CIRC/FP/DRI/68/2013 São Paulo, 27 de maio de 2013. Assunto: Orientação sobre reclamações contra o site www.neoneletro.com.br.

Leia mais

Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial

Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial FAQ Perguntas Frequentes versão 19/3/13 Deferimento de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Junta Comercial 1. Quais são as modalidades de cadastro disponíveis para solicitação de CNPJ? No

Leia mais

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS)

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) ÍNDICE: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE EMPRESAS INTERESSADAS NA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE TERRENOS, LOJAS E ESPAÇOS DE PROPRIEDADE DA COMPANHIA DO

Leia mais

Câmara Municipal De Natividade Da Serra

Câmara Municipal De Natividade Da Serra DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): PESSOA JURÍDICA 1 - Documentação Relativa

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

TABELA DE PREÇOS - CONSUMO MÍNIMO DE R$ 1.800,00 - ANEXO 1

TABELA DE PREÇOS - CONSUMO MÍNIMO DE R$ 1.800,00 - ANEXO 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PME Premium 4 TABELA DE PREÇOS - CONSUMO MÍNIMO DE R$ 1.800,00 - ANEXO 1 Este anexo é parte integrante do contrato assinado entre a CONTRATADA e a CONTRATANTE, referente

Leia mais

Roteiro de geração do SPED

Roteiro de geração do SPED Roteiro de geração do SPED 1 Índice Introdução...3 Cadastro da Empresa...3 Histórico Padrão...4 Plano de Contas...4 Código de Aglutinação...5 Inserindo plano de contas de aglutinação de forma automática...5

Leia mais

Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica. Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras

Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica. Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras MÓDULO Básico ÍNDICE Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras 03 04 05 06 07 Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica 08 09 10 10 11 Esta apresentação exemplifica

Leia mais

TABELA DE PREÇOS - CONSUMO MÍNIMO DE R$ 800,00 - ANEXO 1

TABELA DE PREÇOS - CONSUMO MÍNIMO DE R$ 800,00 - ANEXO 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PME AVANÇADO 4 TABELA DE PREÇOS - CONSUMO MÍNIMO DE R$ 800,00 - ANEXO 1 Este anexo é parte integrante do contrato assinado entre a CONTRATADA e a CONTRATANTE, referente

Leia mais

Manual do Usuário Página : 1 DIOPS. Documento de Informações Periódicas das Operadoras de Plano de Assistência à Saúde Versão 2007

Manual do Usuário Página : 1 DIOPS. Documento de Informações Periódicas das Operadoras de Plano de Assistência à Saúde Versão 2007 Manual do Usuário Página : 1 DIOPS Documento de Informações Periódicas das Operadoras de Plano de Assistência à Saúde Versão 2007 Manual do Usuário Página : 2 ÍNDICE GERAL O quê é o DIOPS?... 3 Quadro

Leia mais

Consulta de Fornecedores no CAUFESP Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo

Consulta de Fornecedores no CAUFESP Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado de São Paulo UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS DIRETORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE SUPRIMENTOS CADASTRO DE MATERIAIS E FORNECEDORES Consulta de Fornecedores no CAUFESP Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado

Leia mais

Prefeitura Municipal de Guaratuba

Prefeitura Municipal de Guaratuba EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013 Edital de Chamamento Público nº 001/2013, de empresas prestadoras de serviços de monitoramento, redes wireless e automação, interessadas em participar do Projeto

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE REGISTRO CADASTRAL 1 Preenchimento pela Prefeitura Municipal de Viana

ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE REGISTRO CADASTRAL 1 Preenchimento pela Prefeitura Municipal de Viana ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE REGISTRO CADASTRAL 1 Preenchimento pela Prefeitura Municipal de Viana São campos de informações, destinado exclusivamente a Prefeitura Municipal de Viana.

Leia mais

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 20/10/2010.

Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 20/10/2010. REGIN Dúvidas Frequentes Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 20/10/2010. SUMÁRIO: 1 INTRODUÇÃO 2 ROTEIRO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS 1 INTRODUÇÃO Segundo orientação presente no endereço eletrônico

Leia mais

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE MANUAL DE MANUTENÇÃO ON LINE R: Santa Cruz, 647 CENTRO Limeira/SP - CEP 13.480-041 - Fone (19) 3404-4949 - e-mail: scpclimeira@acil.org.br 1 ÍNDICE Inclusão de Pessoa Física... 5 Inclusão de Cheque: Pessoa

Leia mais

ÍNDICE ACESSO AO SISTEMA 03 CONSULTAS 06 CONSULTAS PESSOA FÍSICA SCPC 07. CONSULTA DE PESSOA FÍSICA INTEGRADA ( SCPC e CHEQUE ) 16

ÍNDICE ACESSO AO SISTEMA 03 CONSULTAS 06 CONSULTAS PESSOA FÍSICA SCPC 07. CONSULTA DE PESSOA FÍSICA INTEGRADA ( SCPC e CHEQUE ) 16 ASSUNTO ÍNDICE PÁGINA ACESSO AO SISTEMA 03 CONSULTAS 06 CONSULTAS PESSOA FÍSICA SCPC 07 CONSULTA DE PESSOA FÍSICA INTEGRADA ( SCPC e CHEQUE ) 16 CONSULTA DE PESSOA FÍSICA PROTESTO e IMOBILIÁRIA 18 CONSULTA

Leia mais

Manual. SPED Fiscal. Treinamento Escrita Fiscal. Material desenvolvido por:

Manual. SPED Fiscal. Treinamento Escrita Fiscal. Material desenvolvido por: Treinamento Escrita Fiscal Material desenvolvido por: Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Implantta Serviços

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Página 1 de 12

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Página 1 de 12 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Página 1 de 12 Do Plano de Recuperação ANEXO I 1 A Operadora deverá mencionar em seu Plano de Recuperação, o(s) motivo(s) e problema(s) exposto(s) pela ANS, indicando

Leia mais

Categorias Padrão de Chamados Colméia

Categorias Padrão de Chamados Colméia Categorias Padrão de Chamados Colméia O principal objetivo deste material é orientar a abertura correta dos chamados relacionados ao sistema colméia dentro do modulo de DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA visando

Leia mais

Modulo 01 CADASTROS CGAINFORMÁTICA. Retwin

Modulo 01 CADASTROS CGAINFORMÁTICA. Retwin Modulo 01 CGAINFORMÁTICA Retwin CADASTROS 2 Cadastros Sumário 1.1 Clientes... 3 1.1.1 Manutenção (Inclusão, alteração e exclusão)... 3 1.1.2 Relatórios (Resumido, agenda telefônica, conveniados, ficha

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Publicada no DOE em 01/12/2011 Dispõe sobre a solicitação eletrônica de baixa de inscrição no Cadastro Geral da Fazenda (CGF), e dá outras providências.

Leia mais

Há apenas uma maneira de se efetuar a solicitação: acesse o site da Receita Federal do Brasil (RFB) através do Coleta Online.

Há apenas uma maneira de se efetuar a solicitação: acesse o site da Receita Federal do Brasil (RFB) através do Coleta Online. DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE EMISSÃO DE CNPJ NA JUCESP 1. Quais são as formas disponíveis para solicitação de CNPJ? Há apenas uma maneira de se efetuar a solicitação: acesse o site da Receita Federal do Brasil

Leia mais

Solução completa para sua Empresa realizar transações seguras

Solução completa para sua Empresa realizar transações seguras Solução completa para sua Empresa realizar transações seguras Empresa de Soluções e Automação Comercial há 24 anos que se destacou pela solidez de sua relação com seus Clientes, e a constante preocupação

Leia mais

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA

PESSOA FÍSICA e PESSOA JURÍDICA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS SIASGnet - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4.

CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES. 1.2. Aprovado o pedido será concedido o CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL- Anexo A-4. 1/9 CONDIÇÕES GERAIS PARA REGISTRO CADASTRAL DE FORNECEDORES A inscrição no Cadastro de Fornecedores da CET é regulada pelas presentes Condições Gerais, nos termos da Seção III - DOS REGISTROS CADASTRAIS

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

EXTINÇÃO DA PESSOA JURÍDICA Aspectos Tributários

EXTINÇÃO DA PESSOA JURÍDICA Aspectos Tributários EXTINÇÃO DA PESSOA JURÍDICA Aspectos Tributários Sumário 1. Conceito 2. Procedimentos Fiscais na Extinção 2.1 - Pessoa Jurídica Tributada Com Base no Lucro Real 2.2 - Pessoa Jurídica Tributada Com Base

Leia mais

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente.

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente. ÍNDICE Descrição 1.0 Acessos ao Sistema 1.1 Login do Administrador 1.2 Login do Fiscal 1.3 Login do Contribuinte 2.0 Menu Principal 2.1 Gerar NFS-e 2.1.1 Gerar NFS-e 2.2 Cadastros 2.2.1 Cadastro de Atividades

Leia mais

ANEXO I COMPLEMENTAR COM OS DADOS CONTIDOS NA PLANILHA. Documentos e Informações necessários para o registro provisório de Operadoras na ANS

ANEXO I COMPLEMENTAR COM OS DADOS CONTIDOS NA PLANILHA. Documentos e Informações necessários para o registro provisório de Operadoras na ANS ANEXO I (ANEXOS REVOGADOS PELA RN nº 85, DE 07/12/2004) COMPLEMENTAR COM OS DADOS CONTIDOS NA PLANILHA Documentos e Informações necessários para o registro provisório de Operadoras na ANS 1 - DOCUMENTOS

Leia mais

Indicadores Econômicos 04.09.2015. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Indicadores Econômicos 04.09.2015. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Indicadores Econômicos 04.09.2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Sumário 1. Falências Requeridas e Decretadas 2. Recuperações judiciais 3. Títulos protestados 4. Cheques devolvidos 5. Registro de

Leia mais

SNB PARTICIPAÇÕES S.A.

SNB PARTICIPAÇÕES S.A. SNB PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2004 SNB PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de

Leia mais

SysStore. Sistema de Gestão Comercial Multi Lojas. Manual do Usuário

SysStore. Sistema de Gestão Comercial Multi Lojas. Manual do Usuário SysStore Sistema de Gestão Comercial Multi Lojas Manual do Usuário MettaGroup Tecnologia e Consultoria Ltda NQ - Núcleo de Qualidade ND Núcleo de Documentação NT Núcleo de Teste SysStore Sistema de Gestão

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49 Nota do autor, xv Parte I - Teoria Geral da Empresa, 1 1 Introdução ao Direito de Empresa, 3 1.1 Considerações gerais, 3 1.2 Escorço histórico: do direito comercial ao direito de empresa, 4 1.3 Fontes

Leia mais

ANEXO II ROTEIRO DE ELABORAÇÃO DE PROJETO TÉCNICO ECONÔMICO FINANCEIRO PARA PLEITOS DE INCENTIVO TRIBUTÁRIO

ANEXO II ROTEIRO DE ELABORAÇÃO DE PROJETO TÉCNICO ECONÔMICO FINANCEIRO PARA PLEITOS DE INCENTIVO TRIBUTÁRIO ANEXO II ROTEIRO DE ELABORAÇÃO DE PROJETO TÉCNICO ECONÔMICO FINANCEIRO PARA PLEITOS DE INCENTIVO TRIBUTÁRIO 1 CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA 1.1. Razão Social: 1.2. Endereços: Fone: - Escritório - Fábrica 1.3.

Leia mais

GUIA BNDES FINAME LEASING

GUIA BNDES FINAME LEASING GUIA BNDES FINAME LEASING O Itaú entende que viabilizar a ampliação ou modernização de sua frota ou de seus equipamentos de seus clientes é muito importante para o relacionamento e, por isso, traz as melhores

Leia mais

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA 1. Na renovação a empresa deverá informar, por escrito, se houve ou não alteração dos documentos de Qualificação Técnica

Leia mais

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente.

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. 1 CADASTROS 1.1 CLIENTES 1.1.1 IDENTIFICAÇÃO A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. A identificação é composta pelos campos: Código:

Leia mais

Cédula de Crédito. Versão 28.03.2011

Cédula de Crédito. Versão 28.03.2011 Cédula de Crédito Versão 28.03.2011 1 O Sistema Cédula de Crédito é um aplicativo desenvolvido pelo Banco Intermedium, com o objetivo de consolidar os dados cadastrais da empresa e movimentação de títulos

Leia mais

AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI

AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI Esse manual tem por objetivo mostrar os campos que necessariamente devem estar preenchidos no AC Fiscal e os principais erros por conta da falta nas informações. A seguir,

Leia mais

Cadastro de Fornecedores

Cadastro de Fornecedores CASA DA MOEDA DO BRASIL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE CONTRATAÇÕES E SUPRIMENTOS DEGCS DIVISÃO DE EDITAIS, CONTRATOS E DESENVOLVIMENTO COMERCIAL DE FORNECEDORES - DVEF SEÇÃO DE QUALIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PEDIDO DE INSCRIÇÃO ESTADUAL OBRIGATÓRIA MANUAL DO CONTRIBUINTE

PEDIDO DE INSCRIÇÃO ESTADUAL OBRIGATÓRIA MANUAL DO CONTRIBUINTE Secretaria de Estado de Fazenda Estado do Rio de Janeiro PEDIDO DE INSCRIÇÃO ESTADUAL OBRIGATÓRIA MANUAL DO CONTRIBUINTE Publicado em 14 de setembro de 2015 2 ÍNDICE BLOCO 01 5 PARTE 1 IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS INSTRUÇÕES HSBC Brasil Administradora de Consórcio Ltda. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS 1- Preencher a Ficha Cadastral em sua totalidade de forma legível, datar e assinar com reconhecimento de

Leia mais

BOA VISTA SERVIÇOS SCPC INTEGRADO

BOA VISTA SERVIÇOS SCPC INTEGRADO BOA VISTA SERVIÇOS SCPC INTEGRADO Objetivo Permitir ao cliente consultar as informações referentes aos registros de débitos (comprador / avalista), títulos protestados, consultas anteriores (SCPC), central

Leia mais

Casamento coletivo. Ação social Promoção do comércio

Casamento coletivo. Ação social Promoção do comércio ESPAÇO COMERCIAL CASES DE SUCESSO Casamento coletivo + Ação social Promoção do comércio CASAMENTO COLETIVO COMO TUDO COMEÇOU. 1 EDIÇÃO Novembro de 2010 90 casais 2 EDIÇÃO Outubro de 2011 60 casais

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores

MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MANUAL DO SISTEMA DE REFERÊNCIA DE CUSTOS Orientações para cadastro de fornecedores Secretaria de Gestão, Controles e Normas Departamento de

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE HABILITAÇÃO JURÍDICA Documentos para Credenciamento - Registro comercial no caso de empresa individual; - Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em se tratando de

Leia mais

PASSO A PASSO PARA HABILITAÇÃO COMPLETA NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. Revisão 01 em 12/01/2015

PASSO A PASSO PARA HABILITAÇÃO COMPLETA NO CADASTRO DE FORNECEDORES DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. Revisão 01 em 12/01/2015 GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E RECURSOS HUMANOS SEGER SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL SUBAD GERÊNCIA DE LICITAÇÕES GELIC SUBGERÊNCIA DE CADASTRO DE FORNECEDORES

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406

EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 EMISSÃO E GESTÃO NFE ITR TR 0406 Sumário 1. O que é NFe? 2. Acesso ao sistema 3. Cadastros 3.1 Cadastro de Cliente 3.2 Cadastro de Produto 3.3 Cadastro de Transportadora 4. Emissão de NFe 4.1 Emitir Nova

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES SOLICITANDO O CARTO BNDES NO PORTAL DE OPERAÇÕES DO BNDES CARTO Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES - Cartão BNDES Formatados: Marcadores e numeração C:\BNDES - SOLICITACAO DE CARTAO.doc

Leia mais

CONTROLE DE CONTRATOS

CONTROLE DE CONTRATOS CONTROLE DE CONTRATOS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

MANUAL DA EMPRESA DESENVOLVEDORA DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - PAF-ECF (RESPONSÁVEL TÉCNICO)

MANUAL DA EMPRESA DESENVOLVEDORA DE PROGRAMA APLICATIVO FISCAL - PAF-ECF (RESPONSÁVEL TÉCNICO) SECRETARIA DA FAZENDA DE GOIÁS SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA ESTADUAL GEAF - GERÊNCIA DE ARRECADAÇÃO E FISCALIZAÇÃO COAF - COORDENAÇÃO DE AUTOMAÇÃO FISCAL MANUAL DA EMPRESA DESENVOLVEDORA DE PROGRAMA APLICATIVO

Leia mais

Correção da Prova. Questões: 7, 8, 12, 20, 21, 22, 24, 34, 45 e 46

Correção da Prova. Questões: 7, 8, 12, 20, 21, 22, 24, 34, 45 e 46 Correção da Prova Questões: 7, 8, 12, 20, 21, 22, 24, 34, 45 e 46 Questão 7 Uma sociedade empresária mantém no seu estoque de mercadorias para revenda três tipos de mercadorias: I, II e III. O valor total

Leia mais

ÍNDICE. Produto APRESENTAÇÃO 2 O QUE É O RELATO 2 COMO FUNCIONA 2 INFORMAÇÕES DISPONÍVEIS 2. Compartilhamento COMPETE À SERASA 14

ÍNDICE. Produto APRESENTAÇÃO 2 O QUE É O RELATO 2 COMO FUNCIONA 2 INFORMAÇÕES DISPONÍVEIS 2. Compartilhamento COMPETE À SERASA 14 ÍNDICE Produto APRESENTAÇÃO 2 O QUE É O RELATO 2 COMO FUNCIONA 2 INFORMAÇÕES DISPONÍVEIS 2 Versão Analítica 7 Versão Sintética 10 GERENCIE carteira 12 Disponibilização dos DadOs 12 Compartilhamento Requisitos

Leia mais

Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013

Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013 TRX REALTY LOGÍSTICA RENDA I TRXL11 - FII - RELATÓRIO TRIMESTRAL 2º TRIMESTRE DE 2013 Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11 Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013 1 ÍNDICE Caixa TRX Logística Renda

Leia mais

ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO

ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO ANEXO 7 MODELOS DE LIVROS E DOCUMENTOS FISCAIS TERMO DE APRESENTAÇÃO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DA FAZENDA TERMO DE APRESENTAÇÃO ESCRITURAÇÃO FISCAL DO A ESCRITURAÇÃO FISCAL A SEGUIR REGISTRADA, REGIDA

Leia mais

CADASTRO DE CLIENTES

CADASTRO DE CLIENTES CADASTRO DE CLIENTES 1. INTRODUÇÃO No Softpharma há o Cadastro de Convênio, nele estão vinculados os clientes que fazem parte do convênio e podem usufruir dos descontos e demais benefícios negociados entre

Leia mais

Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA. 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras.

Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA. 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras. Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras. Cliente Tp Pessoa Jurídica (campo Obrigatório ) CNPJ ou CFF (campo

Leia mais

ORIENTAÇÕES 1- DECLARAR A ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL CONSOLIDAÇÃO CONTRATUAL

ORIENTAÇÕES 1- DECLARAR A ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL CONSOLIDAÇÃO CONTRATUAL ORIENTAÇÕES 1- DECLARAR A ÚLTIMA ALTERAÇÃO CONTRATUAL CONSOLIDAÇÃO CONTRATUAL (Ou o último documento de atualização de dados conforme o tipo de pessoa jurídica): 1.1- Antes de iniciar o processo de alteração

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO 1 MANUAL CADASTRO DE FORNECEDORES PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO COORDENADORIA DE GESTÃO DE BENS E SERVIÇOS - COBES DEPARTAMENTO DE GESTÃO

Leia mais

PROGRAMA STANFORD. Esta é uma 2ª chamada, com foco em empresas Médias e Grandes.

PROGRAMA STANFORD. Esta é uma 2ª chamada, com foco em empresas Médias e Grandes. PROGRAMA STANFORD 1. O QUE É O programa, cujo foco é a Inovação e Empreendedorismo para empresas de base tecnológica, é voltado para capacitar empresários em conhecimentos sobre inovação, modelos de negócios

Leia mais

Manual de Documentos para Cadastramento de Fornecedores de Bens e Prestadores de Pequenos Serviços na Unidade de Negócio de Exploração e Produção do

Manual de Documentos para Cadastramento de Fornecedores de Bens e Prestadores de Pequenos Serviços na Unidade de Negócio de Exploração e Produção do Manual de Documentos para Cadastramento de Fornecedores de Bens e Prestadores de Pequenos Serviços na Unidade de Negócio de Exploração e Produção do Espírito Santo 2/18 OBJETIVO Este documento tem por

Leia mais

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos.

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Cobrança Itaú Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Para garantir uma gestão de Cobrança ainda mais eficiente, é preciso que você saiba como funciona o serviço de protesto de títulos

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC MANUAL DO CANDIDATO SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC PESSOA JURÍDICA SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC Identificação do Edital Para fazer a inscrição, o candidato (Representante Legada da

Leia mais

SUMÁRIO MANUAL DE INCLUSÃO DE PESSOA JURÍDICA INSTRUÇÕES GERAIS...2. Bancárias...9 Principais Clientes...9 1. CABEÇALHO...3

SUMÁRIO MANUAL DE INCLUSÃO DE PESSOA JURÍDICA INSTRUÇÕES GERAIS...2. Bancárias...9 Principais Clientes...9 1. CABEÇALHO...3 SUMÁRIO INSTRUÇÕES GERAIS...2 1. CABEÇALHO...3 2. INFORMAÇÕES CADASTRAIS...4 Cliente...4 Contador...5 3. ENDEREÇOS...6 Sede Social...6 Endereço Anterior...6 Endereço Alternativo...6 4. INFORMAÇÕES DOS

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE

ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE BLOCO 1- IDENTIFICAÇÃO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE CAMPO 01 - CNPJ Informar o número de inscrição do(a) órgão/ entidade proponente (Secretaria de Educação

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Relatórios de Análise

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Relatórios de Análise ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Relatórios de Análise Relatórios de análise Relatório de Análise é um documento, elaborado pelo analista de Balanços, que contém as conclusões resultantes do desenvolvimento

Leia mais