AÇÕES DE FORMAÇÃO SET/OUT desenvolvemos competências humanizadas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AÇÕES DE FORMAÇÃO SET/OUT 2013. desenvolvemos competências humanizadas"

Transcrição

1 AÇÕES DE FORMAÇÃO SET/OUT 2013 desenvolvemos competências humanizadas

2 Visite-nos em: dfp.ispa.pt Inscrição online disponível no nosso site Segue-nos em

3 Índice 03 Quem somos O que fazemos Equipa DFP 04 Conselho Consultivo Certificação da entidade formadora Inscrição e modalidades de pagamento 05 Funcionamento Reclamações Assiduidade Certificação Créditos para formandos do DFP Descontos Informações 06 Formação contínua Autismo, Hoje. Práticas terapêuticas com crianças autistas Desenho infantil. Perspectiva desenvolvimentista (NOVO) Plano de formação e gestão da formação Intervenção na crise em diferentes contextos. Relações interpessoais, família, escola e comunidade Mediações criativas. Terapêuticas e pedagógicas (NOVO) Neuropsicologia da criança e do adolescente Psicofarmacologia para psicólogos Envelhecimento e intervenção na deterioração cognitiva (NOVO) 15 Formação inicial Intervenção na crise. Group crisis intervention Introdução à gestão de projectos de recursos humanos Marketing na saúde (NOVO) 19 Formação avançada Terapias comportamentais e cognitivas. 21 Workshops Emoções e intimidade na sexualidade adolescente (NOVO) Qualidade da relação pais-filhos. Media training (NOVO) Técnicas de relaxamento Acordo ortográfico. Aplicação prática (NOVO) 23 Ficha de Inscrição Entidade Formadora Equiparada a entidade certificada pela DGERT

4 Equipa DFP Quem somos O Departamento de Formação Permanente (DFP) do ISPA foi criado em 1995 e insere-se no domínio das actividades de extensão universitária e ligação à comunidade. A nossa missão é organizar e gerir acções de formação dirigidas a profissionais. José A. Carvalho Teixeira Director Na perspectiva da educação contínua, desenvolve a sua actividade através de formadores qualificados que trabalham em função de padrões de qualidade e com preocupação constante de dar resposta efectiva às necessidades dos formandos. O que fazemos Temos como público-alvo os psicólogos e outros grupos profissionais nos quais as contribuições da Psicologia são relevantes para as práticas profissionais e para a valori zação dos recursos humanos: professores, médicos, enfermeiros, educadores, formadores, gestores de recursos humanos, assistentes sociais, técnicos de reabilitação e inserção social e técnicos de desenvolvimento comunitário, entre outros. Formação Profissional Formação à medida de organizações e empresas Ana Paula Sousa Secretária Silvia Ramalho Gestora de Formação Consultoria Actividades de consultoria em recursos humanos 03

5 Conselho Consultivo Órgão de consulta do Director do DFP, é constituído por: Prof. Doutor J.A. Machado Caetano Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e ISPA Prof. Doutor Eduardo Sá FPCE/U. Coimbra e ISPA Prof. Doutor Francisco Cesário ISPA Prof.ª Doutora Joana Robalo ISPA Prof. Doutor José Morgado ISPA Prof. Doutor José Ornelas ISPA Prof. Doutor Manuel Eduardo dos Santos ISPA Prof.ª Doutora Margarida Gaspar de Matos Faculdade de Motricidade Humana/UTL Prof. Doutor Victor Cláudio ISPA Prof. Dr. Arménio Sequeira ISPA Prof.ª Dr.ª Manuela Machado ISPA Prof. Dr. Rui Bártolo-Ribeiro ISPA Mestre José Mendes Nunes Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar Dr. Miguel Faro Viana Vice-presidente da Associação Portuguesa de Gestores e Pessoas e Assessor da Direcção de Segurança da REFER, EP Dr.ª Teresa Ferreira Consultora sénior de formação Certificação da entidade formadora O ISPA está certificado como entidade formadora equiparada a entidade certificada pela DGERT e junto do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores (Ref.ª CCPFC/ENT-ES-0575/12) Inscrição e modalidades de pagamento No acto de inscrição é necessário: Ficha de inscrição Comprovar habilitações Cópia do B.I. / Cartão do Cidadão Nº de contribuinte Comprovativo de pagamento MODO DE PAGAMENTO Pagamento na Totalidade Pode ser realizado por transferência bancária (NIB ) ou por cheque à ordem de ISPA-CRL enviando pelo correio ao Departamento de Formação Permanente ou directamente no Balcão dos Serviços Académicos do ISPA. Se optar por transferência bancária deverá enviar o comprovativo respectivo para este Departamento por carta, mail ou via online. Pagamento Fraccionado Cheques à ordem de ISPA-CRL enviando pelo correio ao Departamento de Formação Permanente ou directamente no Balcão dos Serviços Académicos do ISPA. A inscrição só é considerada definitiva após o respectivo pagamento e envio dos elementos acima mencionados. CANCELAMENTO Inscrições O DFP aceita o cancelamento de inscrições e realiza a devolução do pagamento efectuado para inscrição, nos casos em que a comunicação da desistência seja efectuada até à data indicada em cada acção para reembolso. Acções Quando, por motivos imprevistos, houver anulação da acção, a importância paga será reembolsada aos inscritos. 04

6 Funcionamento Os formandos inscritos têm direito a receber a formação de acordo com os objectivos, programa e calendário divulgados para cada acção, bem como a documentação, que é da responsabilidade dos formadores. O DFP reserva-se o direito de proceder a alteração dos conteúdos, formadores, calendário ou local de realização da acção desde que isso não inviabilize os seus objectivos, comprometendo-se a comunicar as alterações com a antecedência possível. Reclamações No final de cada acção os formandos são convidados a preencher um questionário de satisfação, com finalidade de avaliação da qualidade da formação. Qualquer reclamação sobre a qualidade do serviço deverá ser formalizada por escrito e enviada ao Director do DFP. Assiduidade A formação tem carácter presencial e todas as acções supõem a frequência de pelo menos 90% do número total de horas, excepto quando expressamente indicado outro critério. Certificação No final de cada acção é emitido e entregue um certificado individual de participação a cada formando. A entrega do certificado é condicionada pela verificação da assiduidade anteriormente referida. Créditos para formandos do DFP Os formandos que tenham frequentado acções de formação no DFP beneficiam de um regime de acumulação de 1 crédito por cada 10 horas de formação. A acumulação de 100 horas (10 créditos) confere direito à frequência gratuita de 1 acção com duração até 25 horas. Essa acumulação é de 90 horas (9 créditos) no caso dos licenciados, mestres e doutorados pelo ISPA. A frequência gratuita da acção de formação está dependente da existência ou não de vaga disponível para o efeito e deve ser solicitada pelo interessado ao DFP em comunicação pelo correio, fax ou mail. 10% Descontos 10% / para sócios de: Sindicato Nacional dos Psicólogos Sindicato dos Enfermeiros Portugueses Sindicato Nacional de Quadros e Técnicos Bancários Associação de Estudantes do ISPA (AEISPA) Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) Associação Portuguesa de Psicólogos dos Cuidados de Saúde Primários (APPCSP) Associação de Profissionais de Educação de Infância (APEI) Sindicato dos Técnicos Administrativos e Auxiliares de Educação - Sul e Regiões Autónomas Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar (AAACM) Latitudes - CAPP Associação Portuguesa de Terapeutas Ocupacionais 10% / para portadores do Pessoal Card da Associação Portuguesa dos Gestores de Pessoas (APG) Informações dfp.ispa.pt 05

7 Formação Contínua Autismo, Hoje. Práticas terapêuticas com crianças autistas, pág 7 Desenho infantil. Perspectiva desenvolvimentista, pág 8 (NOVO) Plano de formação e gestão da formação, pág 9 Intervenção na crise em diferentes contextos. Relações interpessoais, família, escola e comunidade, pág 10 Mediações criativas. Terapêuticas e pedagógicas, pág 11 (NOVO) Neuropsicologia da criança e do adolescente, pág 12 Psicofarmacologia para Psicólogos, pág 13 Envelhecimento e intervenção na deterioração cognitiva, pág 14 (NOVO) 06

8 Formação Contínua Autismo, Hoje Práticas terapêuticas com crianças autistas 2º Curso Educadores de infância, professores, psicólogos, pedopsiquiatras, psiquiatras, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, terapeutas da psicomotricidade, musicoterapeutas e terapeutas da fala Finalistas do mestrado integrado de Psicologia e Medicina e finalistas de 2os ciclos de Psicologia (desde que habilitados com 1º ciclo em ciências psicológicas, psicologia ou na áreas profissionais acima mencionadas) OBJECTIVOS Transmitir uma visão actualizada das práticas terapêuticas nas perturbações do espectro do autismo Defender uma visão multidisciplinar, tanto no diagnóstico como nas orientações terapêuticas Vincar a necessidade de um trabalho muito próximo com as famílias e com as escolas COMPETÊNCIAS Conhecer com profundidade as práticas terapêuticas contemporâneas Realizar uma aproximação multidisciplinar do diagnóstico e da intervenção Trabalhar com pais e com os educadores e professores PROGRAMA Abordagem multidisciplinar do diagnóstico e da terapêutica no autismo A criança autista, para além do autismo O apoio psicoterapêutico à criança autista Intervenções psicomotoras nas crianças autistas A musicoterapia nas crianças autistas Os métodos floor-time e equitação psicoeducacional no trabalho com crianças autistas O método Son-rise no trabalho com as crianças autistas. Os pais das crianças e jovens autistas, em rede de solidariedade e entreajuda METODOLOGIA Focagem da aproximação multidisciplinar em exposições teórico-práticas, com a apresentação e discussão de casos de crianças e jovens autistas, com ênfase na vertente terapêutica DURAÇÃO 16 horas COORDENADOR Prof. Doutor Emílio Salgueiro Professor catedrático convidado jubilado do ISPA, pedopsiquiatra e psicanalista FORMADORES Paula Freitas Professora auxiliar do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, pedopsiquiatra e psicanalista Maria José Vidigal Pedopsiquiatra e psicanalista João Costa Professor de educação física e psicomotricista Margarida Bilreiro Psicóloga clínica e psicoterapeuta Artur Correia Psicopedagogo e musicoterapeuta Pedro Caldeira da Silva Pedopsiquiatra, introdutor do método Floor-time em Portugal Leopoldo Leitão Psicólogo clínico e terapeuta em equitação psico-educacional Susana Lopes Presidente da Fundação Vencer Autismo Júlia Serpa Pimentel Professora auxiliar do ISPA e psicóloga educacional, Coordenadora geral do projecto Oficinas de Pais/ Bolsas de Pais, da Associação Pais em Rede As sessões decorrerão aos sábados, das 11h00 às 13h00, nos seguintes dias: Outubro: 12,19 e 26 Novembro: 2, 9, 23 e 30 Dezembro: 7 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Autismo, Hoje. Práticas terapêuticas com crianças autistas, desde que frequentem, pelo menos, 7 sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação INSCRIÇÕES (Limitadas a 30 formandos) Totalidade Fraccionada x 3 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 4 de Outubro de 2013 (inclusive). 07

9 Formação Contínua Desenho infantil Perspectiva desenvolvimentista NOVO 1º Curso Educadores de infância, professores, psicólogos e agentes educativos Finalistas do mestrado integrado de Psicologia, dos 2ºs ciclos de Psicologia e finalistas das outras áreas OBJETIVOS Identificar, definir e descrever as principais fases e características do desenvolvimento do desenho infantil Apresentar alguns dos aspectos cognitivos, psicomotores e afectivo-emocionais do desenho infantil Descrever e explicitar a natureza e as principais tipologias do desenho infantil Identificar as principais perspectivas de análise e avaliação do desenho infantil. PROGRAMA Desenvolvimento do desenho infantil - Uma perspectiva histórica. Modelos teóricos e etapas de desenvolvimento do desenho infantil Os primeiros grafismos/garatujas - Desenho infantil como a continuidade do gesto. Distinção entre desenho e escrita Desenho infantil - Expressividade e representatividade. Intencionalidade. Esquemas figurativos e operativos. Contextos educacionais Psicologia do desenho infantil e suas componentes - Cognitiva. Psicomotora. Afectivo-emocional. Estética Tipologia do desenho infantil - Principais elementos e temáticas. O uso da cor no desenho infantil. METODOLOGIA Exposição teórico-prática de conteúdos. Apresentação, análise e discussão de casos. Dinâmicas de grupo DURAÇÃO 20 horas FORMADORES Miguel Mata Pereira Doutorado em Ciências da Educação e da Formação pela Universidade de Toulouse 2, le Mirail Irina Silva Mestre em Psicologia Educacional pelo ISPA As sessões decorrerão às sextas-feiras (19:30h às 22:30h) e aos sábados, (9:30h às 12:30h) nos seguintes dias: Setembro: 20, 21, 27 e 28 Outubro: 4, 11 e 12 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Desenho Infantil. Perspectiva desenvolvimentista, desde que frequentem, pelo menos, 6 sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES (Limitadas a 20 formandos) Totalidade Fraccionada Profissionais x 2 Mens Finalistas x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 13 de Setembro de 2013 (inclusive). 08

10 Plano de formação e gestão da formação 2º Curso Directores, gestores, coordenadores e técnicos de recursos humanos e/ou responsáveis de formação Estudantes de psicologia organizacional e de gestão de recursos humanos OBJECTIVOS Identificar requisitos legais de gestão de formação pelo empregador e nas entidades formadoras Caracterizar etapas, métodos e instrumentos de planeamento, concepção e implementação das acções de formação Identificar a práticas de acompanhamento, controlo e melhoria contínua da implementação das acções de formação Aplicar técnicas de comunicação e marketing da formação Reconhecer procedimentos inerentes à certificação duma entidade formadora COMPETÊNCIAS Elaborar um plano de formação anual Gerir a formação e promover a divulgação da formação Saber implementar procedimentos inerentes à certificação PROGRAMA Enquadramento Requisitos legais de gestão da formação nas empresas. O ciclo de formação Etapas de elaboração do plano de formação Levantamento das necessidades de formação: Níveis de necessidades. Métodos e instrumentos de levantamento de necessidades de formação Planeamento e concepção das acções de formação: Objectivos organizacionais vs objectivos pedagógicos. Modalidades/sistemas de formação. Métodos pedagógicos e de avaliação da aprendizagem. Orçamentação previsional. Pesquisa de mercado Implementação e controlo das acções: Apoio e acompanhamento da acção de formação (antes, no decorrer e no final). Avaliação do impacto e eficácia da formação. Indicadores de formação e desenvolvimento Monitorização e melhoria contínua do processo de formação: Norma Comunicação e marketing na gestão da formação Certificação de entidades formadoras Procedimentos de certificação. Organização administrativa. Gestão de formadores e formandos METODOLOGIA Interrogativa, expositiva e activa DURAÇÃO 16 horas FORMADORA Sandra Tanganho Psicóloga, mestre em Gestão/Especialização em Recursos Humanos As sessões decorrerão das 18:30h às 22:30h, nos seguintes dias: Outubro: 14, 15, 16 e 17 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Plano de Formação e gestão da formação, desde que frequentem, pelo menos,.. sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial e elaborem correctamente um plano de formação INSCRIÇÕES (Limitadas a 20 formandos) Totalidade Fraccionada x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 7 de Outubro de 2013 (inclusive).

11 Intervenção na crise em diferentes contextos Relações interpessoais, família, escola e comunidade 8º Curso Psicólogos, Assistentes Sociais, Técnicos de Desenvolvimento Comunitário, Técnicos de Reabilitação e Inserção Social, Educadores Sociais, Educadores de Infância, Animadores Socioculturais, Enfermeiros, Médicos, Juristas. Finalistas destas áreas OBJECTIVOS Adquirir conhecimentos e desenvolver competências para intervir em situações de crise em diferentes contextos. PROGRAMA Relações interpessoais (6h) Padrões de comunicação, valores e cultura; Situações de conflito e estilos de resolução; Tipologia e indicadores de maus-tratos na infância; Conceito de factores de risco e de factores de protecção; Consequências do abuso no desenvolvimento psicológico da criança; Intervenção nas situações de abuso. Intervenção em contexto escolar (6h) Indisciplina; Bullying; Intervenção educativa em situações de conflito. Intervenção em contexto de acolhimento institucional (6h) Questões chave na intervenção de crise; Técnicas de gestão comportamental; Ciclo de crise; Contenção física. Intervenção na família (6h) O conceito de Família; Importância da Família, contextos e relações; Resiliência na família; Educação Parental; Programas Domiciliários. Intervenção na comunidade (6h) O conceito de Comunidade; Fontes de Crise/Conflito na Comunidade; Empowerment; Capacity Building; Participação Comunitária; Liderança Comunitária; Parcerias Colaborativas. METODOLOGIA Exposições teórico-práticas. Exercícios práticos. Discussão de casos. DURAÇÃO 30 horas FORMADORES Kátia Almeida Mestre em Psicologia. Directora Geral da Pressley Ridge Portugal M. Helena Grilo Psicóloga. Mestre em Psicologia Legal Ricardo Brilhante Dias Técnico de Desenvolvimento Comunitário e Saúde Mental. Quadro técnico em Projectos na área da Promoção, Prevenção e Mediação em ONG Rui Lopes Psicólogo educacional. Mestre em Intervenção Comunitária e Protecção de Menores. Formador/Supervisor de Instituições Educativas As sessões decorrerão das 9:30h às 12:30h e das 13:30h às 16:30h, nos seguintes dias: Outubro: 12, 19 e 26 Novembro: 9 e 16 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Intervenção na crise em diferentes contextos, desde que frequentem, pelo menos, 9 Sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES (Limitadas a 20 formandos) Totalidade Fraccionada x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 6 de Outubro de 2013 (inclusive).

12 Formação Contínua Mediações criativas Terapêuticas e pedagógicas NOVO em colaboração com a Sociedade Portuguesa de Arte-Terapia 1º Curso Educadores de infância, professores, psicólogos, sociólogos, assistentes sociais, enfermeiros, médicos, animadores culturais e profissionais das artes e design Estudantes de qualquer ano das áreas respectivas OBJETIVOS Fornecer conhecimentos sobre os mediadores artísticos em arte-terapia Enunciar as particularidades e características dos mediadores artísticos Reconhecer os recursos técnicos artísticos Aplicar os recursos técnicos artísticos mediante a população e as suas caraterísticas Possibilitar o ensaio pessoal através de recursos técnicos artísticos adequados PROGRAMA Introdução aos mediadores artísticos em Terapia e Educação As particularidades dos recursos técnicos artísticos: Expressão plástica: desenho e pintura Expressão literária: escrita Expressão dramática: representação Expressão musical: improvisações Expressão corporal: movimento livre Mediação lúdica: Tabuleiro de areia FORMADORES Ruy de Carvalho Arte-psicoterapeuta didacta Daniela Martins Arte-psicoterapeuta e arte-educadora Sílvia Candeias Arte-psicoterapeuta e psicóloga As sessões decorrerão aos sábados, das 10:30h às 13:45h nos seguintes dias: Outubro: 5, 12, 19 e 26 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Mediações Criativas. Terapêuticas e Pedagógicas, desde que frequentam, pelo menos, 3 sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES (Limitadas a 20 formandos) METODOLOGIA Expositiva e activa DURAÇÃO 15 horas COORDENADOR Ruy de Carvalho Médico, arte-psicoterapeuta didacta, vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Arte-Terapia e vice- -presidente da SIPE Totalidade Fraccionada Profissionais x 2 Mens Estudantes x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 28 de Setembro de 2013 (inclusive). 11

13 Formação Contínua Neuropsicologia da criança e do adolescente 3º Curso Psicólogos Finalistas do mestrado integrado de Psicologia Finalistas de 2.os ciclos de Psicologia (desde que habilitados com 1.o ciclo em Ciências Psicológicas ou Psicologia) OBJECTIVOS Adquirir conhecimentos sobre neurodesenvolvimento, perturbações da comunicação, perturbações psicomotoras e dificuldades de aprendizagem na perspectiva neuropsicológica Desenvolver competências de avaliação e intervenção neuropsicológica de crianças e adolescentes COMPETÊNCIAS Saber fazer avaliação neuropsicológica de crianças e adolescentes Saber fazer intervenção neuropsicológica com crianças e adolescentes PROGRAMA Introdução histórica à neuropsicologia da criança e do adolescente (3h) Neurodesenvolvimento (6h) Desenvolvimento neurobiológico. Desenvolvimento funcional Alterações do neurodesenvolvimento (6h) Malformações. Distúrbios da maturação. Lesão cerebral aquirida na infância Perturbações da comunicação (3h) Alterações psicomotoras (6h) Dificuldades de aprendizagem numa perspectiva neuropsicológica (18h) Dislexia. Perturbação de hiperactividade com défice de atenção. Distúrbios do espectro da empatia Avaliação neuropsicológica da criança e do adolescente (6h) - Neurodidática Intervenção neuropsicológica (6h) Estudos de caso (6h) METODOLOGIA Metodologias expositivas e participativas. Estudos de caso. DURAÇÃO 60 horas COORDENAÇÃO Dr.ª Ana Paula Silva (Psicóloga clínica, Laboratório de Neuropsicologia do Hospital Prof. Fernando da Fonseca, Amadora-Sintra) FORMADORES Prof. Doutor Góis Horácio (Neuropsicólogo, Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, CHLO) Prof.ª Doutora Isabel Almeida (Universidade Nova de Lisboa) Prof. Doutor Vítor da Fonseca (Faculdade de Motricidade Humana, UTL) Dr.ª Maria João Vaz de Barros (Fisiocare) Dr. Octávio Moura (Psicólogo, especialista nas áreas da dislexia, dificuldades de aprendizagem e perturbações do comportamento) Dr.ª Patrícia Santos (ESCA, Espaço para a Saúde da Criança e do Adolescente) Dr. Pedro Cabral (Neurologista pediátrico, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, CHLO) As sessões decorrerão aos sábados, das 10:00h às 13:00h e das 14:00h às 17:00h, nos seguintes dias: Setembro: 28 Outubro: 5, 12, 19 e 26 Novembro: 2, 9, 16, 23 e 30 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Neuropsicologia da Criança e do Adolescente, desde que frequentem, pelo menos, 19 sessões (90%), uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES Número máximo de formandos: 25 Totalidade Fraccionada Psicólogos x 6 Mens Finalistas x 6 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 21 de Setembro de 2013 (inclusive). 12

14 Formação Contínua Psicofarmacologia para Psicólogos 7º Curso Psicólogos Estudantes do 2.º ciclo do mestrado integrado de Psicologia e de 2.os ciclos de Psicologia (desde que habilitados com 1.o ciclo de Ciências Psicológicas ou Psicologia OBJECTIVOS Proporcionar uma visão geral da psicofarmacologia científica, dos diferentes grupos de psicofármacos e da sua utilidade clínica nos adultos e crianças Conhecer implicações dos efeitos dos psicofármacos na avaliação e intervenção psicológicas Reflectir sobre as práticas de uso e abuso de psicofármacos e sobre a sua relação com a intervenção do psicólogo COMPETÊNCIAS Diferenciar os grupos de pscofármacos e a sua utilidade clínica Saber reconhecer influências dos efeitos dos psicofármacos nos resultados da avaliação psicológica Reflectir criticamente sobre o uso e abuso dos psicofármacos PROGRAMA Grupos terapêuticos dos psicofármacos (9h) Psicofármacos e clínica infantil (3h) Psicofármacos e provas de avaliação psicológica (3h) Comportamentos de automedicação e problemas de adesão (3h) Atitudes e comportamentos em relação aos psicofármacos (6h) Práticas profissionais, uso e abuso dos psicofármacos (3h) DURAÇÃO 27 horas FORMADORES Prof. Dr. José A. Carvalho Teixeira Psiquiatra, ISPA Dr. António Mota Coimbra de Matos Pedopsiquiatra, Departamento de Pedopsiquiatria e Saúde Mental do Hospital de D. Estefânia Dr.ª Nélia Rebelo da Silva Psicóloga, Coordenadora da Unidade de Psicologia do Centro Hospitalar de Lisboa Central CHLC, EPE Dr.ª Isabel Trindade Psicóloga, Coordenadora do Núcleo de Psicologia do ACES Lisboa VI Loures As sessões decorrerão às 4ª feiras das 18:30h às 21:30h nos seguintes dias: Outubro: 30 Novembro: 6, 20 e 27 Dezembro: 4, 11 e 18 Janeiro de 2014: 8 e 15 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Psicofarmacologia para Psicólogos desde que frequentem, pelo menos, 8 sessões de formação (90%), uma vez que a formação é presencial. INSCRIÇÕES (Limitadas a 20 formandos) Totalidade Fraccionada x 3 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 23 de Outubro de 2013 (inclusive). 13

15 Formação Contínua Envelhecimento e intervenção na deterioração cognitiva NOVO 1º Curso Psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais e gerontólogos Finalistas do mestrado integrado de psicologia, de 2ºs ciclos de psicologia e neuropsicologia, e finalistas das outras áreas OBJETIVOS Veicular conhecimentos sobre o processo de envelhecimento normal Compreender os diferentes tipos de deterioração cognitiva associados ao processo de envelhecimento Escolher adequadamente instrumentos para a realização de uma avaliação neuropsicológica no idoso Adquirir estratégias de intervenção com o doente e o cuidador METODOLOGIA Exposição teórico-prática. Discussão de casos DURAÇÃO 12 horas FORMADORAS Dr.ª Ana Silvestre Neuropsicóloga, Hospital Garcia de Orta, EPE Dr.ª Rosário Mendes Psicóloga, bolseira de investigação, Hospital Garcia de Orta, EPE Dr.ª Sónia Costa Neurologista do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE As sessões decorrerão nos seguintes dias: COMPETÊNCIAS Identificar as principais diferenças cognitivas e comportamentais entre as diferentes síndromes demenciais Pôr em prática estratégias de intervenção para lidar com o doente e para diminuir a sobrecarga do cuidador PROGRAMA Transições e mudanças de vida associadas ao envelhecimento (2h) Fatores sociais e culturais do envelhecimento. Adaptação à mudança (ex. reforma) Défice cognitivo ligeiro e principais demências (2h) Diagnóstico clínico, diagnóstico diferencial, tratamento Avaliação (4h) Principais funções cognitivas. A avaliação neuropsicológica e principais instrumentos Estratégias de intervenção na deterioração cognitiva (1h) Estratégias orientadas para o doente. Estratégias orientadas para o cuidador A sobrecarga do cuidador (1h) Principais características, avaliação e estratégias de intervenção Discussão de casos clínicos (2h) Setembro, das 18h00 às 22h00 28 Setembro, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Envelhecimento e Intervenção na Deterioração Cognitiva desde que frequentem todas as sessões de formação, uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES (Limitadas a 20 formandos) Totalidade Fraccionada x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 20 de Setembro de 2013 (inclusive).

16 Formação Contínua Formação Inicial Intervenção na crise. Group crisis intervention, pág 16 Introdução à gestão de projectos de recursos humanos, pág 17 Marketing na saúde. Uma ferramenta para todos os profissionais de saúde. Está na altura de dominar melhor o mercado, pág 18 (NOVO) 15

17 Formação Inicial Intervenção na crise Group crisis intervention Certificação Internacional ICISF - International Critical Incident Stress Foundation 3º Curso Profissionais e finalistas certificados previamente em Individual Crisis Intervention and Peer Support OBJECTIVOS Sensibilizar para o trauma psicológico (experiência de eventos traumáticos) e conhecer conceitos fundamentais para a prática da intervenção na crise e da intervenção psicossocial em emergência e catástrofe Compreender a importância da avaliação de um incidente e do seu planeamento estratégico lntervir num grupo após uma situação de crise e integrar uma equipa CISM - gestão de stress de um incidente critico COMPETÊNCIAS Saber praticar intervenções na crise para grupos PROGRAMA Stress geral, cumulativo, de um incidente critico e PTSD Fundamentos da Critical Incident Stress Management (CISM) Populações em risco: serviços de emergência, militares e outros Diferentes técnicas de intervenção: Desmobilização/ RITS, Briefings de Gestão na Crise (CMB}, Defusing/ISGS, Critical Incident Stress Debriefing CISD/PEGS, scmb Familiarização com riscos de resultados adversos associados a intervenção na crise e como reduzir esses riscos Prática de intervenções na crise para grupos, através de role plays METODOLOGIA Metodologias expositivas, demonstrativas e activas Distribuição de Manual em Inglês DURAÇÃO 17 horas FORMADORA Mestre Ana Isabel Cambraia Psicóloga Outubro: 10 (18:30h às 22:30h) 11 (9:30h às 12:30h e das 13:30h às 17:00h) 12 (9:30h às 12:30h e das 13:30h às 17:00h) Os formandos terão acesso a um certificado internacional de formação Intervenção na Crise. Group Crisis Intervention, desde que frequentem, pelo menos, 4 sessões de formação (90%}, uma vez que se trata de formação presencial. Curso certificado pela ICISF International Critical Incident Stress Foundation Totalidade Fraccionada Profissionais x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 2 de Outubro de 2013 (inclusive). 16

18 Formação Inicial Introdução à gestão de projectos de recursos humanos 3º 3º Curso Gestores e técnicos de recursos humanos em início de carreira que queiram desenvolver competências em Gestão de Projectos de Recursos Humanos. Recém-licenciados/mestrados em Psicologia e Gestão de Recursos Humanos que queiram desenvolver os conhecimentos em Gestão de Projectos de Recursos Humanos. OBJECTIVOS Compreender o papel dos Recursos Humanos nos diferentes tipos de Organização (nacionais, multi- -nacionais, entre outras) e quais os condicionadores fundamentais de sucesso em diferentes dimensões de projecto Identificar as diferentes tipologias de projectos de Recursos Humanos Conhecer as diferentes fases de projecto (análise de requisitos, desenho da solução, implementação, manutenção e comunicação) Analisar o processo de planeamento de um projecto, assim como as várias técnicas de suporte ao planeamento adequado Reconhecer e analisar os riscos associados ao projecto Conhecer todos requisitos relevantes nas várias fases de projecto Conhecer e aplicar as técnicas e ferramentas de controlo e acompanhamento de projecto para uma gestão eficaz; Analisar e aplicar técnicas de follow-up e avaliação de projecto PROGRAMA Enquadramento estratégico dos Projectos de Recursos Humanos e a sua interligação com os objectivos da Organização como um todo Tipologias dos diferentes projectos de Recursos Humanos Processo global de gestão de projecto e as suas diferentes etapas: análise de requisitos, desenho da solução, planeamento, implementação, manutenção e comunicação) Desafios e limitações de cada etapa de projecto e as suas implicações nas vertentes pessoas, financeira e informação Técnicas e ferramentas de planeamento e análise de risco de projecto Metodologias de controlo e acompanhamento de projectos para uma gestão eficaz Follow-up e avaliação do projecto. METODOLOGIA Sessões teórico-práticas Apresentação e Discussão de casos práticos DURAÇÃO 10 horas (5 sessões de 2 horas) FORMADORES Miguel Faro Viana Psicólogo. Doutorando na área da Psicologia Social e das organizações, ISPA. Pós-graduado nas áreas de Gestão de Recursos Humanos. Assessor de Direcção de Segurança na REFER, EPE. Assistente convidado no ISPA Elisabete Chaves Psicóloga. Mestre em Psicologia Social e das organizações. Consultora de Recursos Humanos em empresa multinacional de tecnologias de informação As sessões decorrerão às sextas-feiras das 19:00h às 21:00h, nos seguintes dias: Outubro: 21 e 28 Fevereiro: 4, 11 e 18 Os formandos terão acesso a um certificado de formação inicial em Introdução à Gestão de Projectos de Recursos Humanos, desde que frequentem, pelo menos, 4 sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES Número máximo de formandos: 20 Totalidade Fraccionada x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 14 de Outubro e 2013 (inclusive). 17

19 Formação Inicial Marketing na saúde Uma ferramenta para todos os profissionais de saúde. Está na altura de dominar melhor o mercado NOVO 1º Curso Profissionais de saúde, nomeadamente, médicos, psicólogos, enfermeiros e outros Profissionais que queiram melhorar os seus conhecimentos sobre a importância do marketing na saúde nos tempos actuais e suas consequências e benefícios Profissionais de relações públicas e comunicação que queiram desenvolver a área de conhecimento sobre marketing na saúde Estudantes de qualquer ano das áreas de psicologia, marketing, comunicação e saúde OBJECTIVOS A finalidade deste curso é o de saber criar produtos e serviços, avaliar o cliente e o mercado, melhorar a qualidade e imagem da prestação, nomeadamente: Reconhecer as vantagens do marketing na saúde para a sua actividade profissional, instituição ou empresa Aplicar boas práticas que regem o contacto e fidelização dos clientes Avaliar ferramentas do marketing social e a importância da responsabilidade social COMPETÊNCIAS Avaliar a importância do marketing e os seus reflexos na saúde Reconhecer as componentes do marketing 4 P s Avaliar diferentes abordagens da comunicação e marketing em saúde Construir um plano de marketing Avaliar as ferramentas necessárias para a promoção de produtos e serviços Avaliar a importância do marketing pessoal Avaliar a importância do marketing social aplicado à saúde PROGRAMA Módulo 1 (3 h) De que trata o marketing: teorias e princípios. Conceitos, modelos e ferramentas de marketing. Definição e análise do cliente. Identificação dos públicos-alvo e segmentos. Variáveis do marketing mix (4 P s) Módulo 2 (3 h) Desenvolvimento das variáveis do marketing mix (4 P s). Estrutura de um plano de marketing. Planeamento estratégico da comunicação nas organizações de saúde. Estudos qualitativos e focus group satisfação do cliente: como se mede? Módulo 3 (3h) Gestão de marcas e sua importância na gestão em saúde. Promoção de serviços. Ações promotoras para melhorar a qualidade e imagem de produtos e serviços. Importância da monitorização. O marketing sensorial como nova tendência Módulo 4 (3h) Marketing pessoal na perspectiva da saúde. Marketing social na área da saúde. Responsabilidade social aplicada à saúde. Fidelização do cliente. METODOLOGIA Expositiva, com dinâmicas de grupo, trabalhos teórico-práticos e simulações DURAÇÃO 12 horas FORMADORA Cristina Vaz de Almeida Pós-graduada em marketing e mestre em comunicação em e.learning As sessões decorrerão aos Sábados, das 9h30 às 12h30 e das 13h30 às 16sh30, no seguinte dias: Outubro: 20 e 27 Os formandos terão acesso a um certificado de formação em Marketing na Saúde. Uma ferramenta para todos os profissionais de saúde, desde que frequentem, pelo menos, 3 sessões de formação (90%), uma vez que se trata de formação presencial. INSCRIÇÕES Número máximo de formandos: 20 Totalidade Fraccionada x 2 Mens No acto de inscrição é necessário comprovar habilitações. Em caso de desistência, só haverá lugar a reembolso quando for comunicada até 13 de Outubro de 2013 (inclusive). 18

20 Formação Inicial Formação Avançada Terapias comportamentais e cognitivas. Intervenção com crianças, adolescentes e adultos, pág 20 19

ISPA Instituto Universitário

ISPA Instituto Universitário ISPA Instituto Universitário Marketing na Saúde Uma ferramenta para todos os profissionais de saúde. "Está na altura de dominar melhor o mercado" 18 e 25 de Outubro 2014, ISPA (12 horas intensivas) Destinatários

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO JAN/FEV

AÇÕES DE FORMAÇÃO JAN/FEV AÇÕES DE FORMAÇÃO JAN/FEV 2015 Visite-nos em: dfp.ispa.pt Inscrição online disponível no nosso site Segue-nos em http://www.facebook.com/formacao.ispaiu 01 Índice 03 Quem somos O que fazemos Equipa DFP

Leia mais

> FORMAÇÃO AVANÇADA < PASSO A PASSO FORMAÇÃO CONTÍNUA SETEMBRO OUTUBRO 2015 FA.ISPA.PT ISPA.IU

> FORMAÇÃO AVANÇADA < PASSO A PASSO FORMAÇÃO CONTÍNUA SETEMBRO OUTUBRO 2015 FA.ISPA.PT ISPA.IU > FORMAÇÃO AVANÇADA < PASSO A PASSO FORMAÇÃO CONTÍNUA SETEMBRO OUTUBRO 2015 01 FA.ISPA.PT ISPA.IU VISITE-NOS EM: FA.ISPA.PT Inscrição online disponível no nosso site SEGUE-NOS EM HTTP://WWW.FACEBOOK.COM/FORMACAO.ISPAIU

Leia mais

Portfolio FORMAÇÃO CONTÍNUA

Portfolio FORMAÇÃO CONTÍNUA Portfolio FORMAÇÃO CONTÍNUA Elaboramos soluções de formação customizadas de acordo com as necessidades específicas dos clientes. Os nossos clientes são as empresas, organizações e instituições que pretendem

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO SET/OUT/NOV/DEZ

AÇÕES DE FORMAÇÃO SET/OUT/NOV/DEZ AÇÕES DE FORMAÇÃO SET/OUT/NOV/DEZ 2014 Visite-nos em: dfp.ispa.pt Inscrição online disponível no nosso site Segue-nos em http://www.facebook.com/formacao.ispaiu 01 Índice 03 Quem somos O que fazemos Equipa

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO JAN/FEV/MAR

AÇÕES DE FORMAÇÃO JAN/FEV/MAR AÇÕES DE FORMAÇÃO JAN/FEV/MAR 2014 Visite-nos em: dfp.ispa.pt Inscrição online disponível no nosso site Segue-nos em http://www.facebook.com/formacao.ispaiu 01 Índice 03 Quem somos O que fazemos Equipa

Leia mais

COORDENADOR AUTORES. Lista de Autores

COORDENADOR AUTORES. Lista de Autores Lista de Autores COORDENADOR Pedro Monteiro Psiquiatra da Infância e Adolescência, com formação em Terapia Familiar, Psicodrama e Terapias Cognitivo-comportamentais; Membro do Núcleo de Doenças do Comportamento

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO. Arte-Terapia. Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte Terapia EDIÇÃO 2015. Porto

PÓS GRADUAÇÃO. Arte-Terapia. Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte Terapia EDIÇÃO 2015. Porto PÓS GRADUAÇÃO Arte-Terapia Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte Terapia EDIÇÃO 2015 Porto Arte-Terapia Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte-Terapia PÓS-GRADUAÇÃO Arte Terapia: Aplicações

Leia mais

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO Pós-Graduação em MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO B ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF

Leia mais

2º Curso COMUNICAÇÃO E LITERACIA EM SAÚDE Potenciar o empowerment do cidadão, contribuir para melhor educação para a saúde

2º Curso COMUNICAÇÃO E LITERACIA EM SAÚDE Potenciar o empowerment do cidadão, contribuir para melhor educação para a saúde Inscrições abertas* ISPA LANÇA 2º «CURSO DE COMUNICAÇÃO E LITERACIA EM SAÚDE». 2 e 9 junho 12 horas INSCRIÇÕES ABERTAS (ficha inscrição em anexo) http://www.psicologia.pt/profissional/formacao/ver_formacao.php?id=3019&grupo=1

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO CÂMARA DO COMÉRCIO DE ANGRA DO HEROÍSMO Índice 1. Âmbito de Aplicação 2. Competência Organizativa 3. Política e Estratégia da Entidade 4. Responsabilidades

Leia mais

2 O CICLO MESTRADO PSICOBIOLOGIA

2 O CICLO MESTRADO PSICOBIOLOGIA 2 O CICLO MESTRADO PSICOBIOLOGIA DIRECÇÃO DO CURSO Rui OLIVEIRA Vitor ALMADA DURAÇÃO E ESTRUTURA DO CURSO A parte curricular do curso funciona em horário pós-laboral, excepto no caso dos Seminários Temáticos

Leia mais

Escola Superior de Educação João de Deus. Curso de Responsável Técnico em Gestão Empresarial Funerária

Escola Superior de Educação João de Deus. Curso de Responsável Técnico em Gestão Empresarial Funerária Curso de Responsável Técnico (com base no n.º 3 do Artigo n.º 25 do Decreto de Lei n.º 109/2010 de 14 de Outubro) Curso de Especialização/ Pós-Graduação (como adaptação para as exigências no n.º 1 do artigo

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM. Compreender para intervir

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM. Compreender para intervir DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Compreender para intervir Lisboa 2012 DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Compreender para intervir O conceito de Dificuldades de Aprendizagem tem sofrido nos últimos anos grandes

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Maio de 2011 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Esta Pós-Graduação resulta da parceria entre a APEL

Leia mais

APRENDER COM A DIVERSIDADE CURSO DE FORMAÇÃO APRENDER COM A DIVERSIDADE. Promoção da Aprendizagem Intercultural em Contextos de Educação Não Formal

APRENDER COM A DIVERSIDADE CURSO DE FORMAÇÃO APRENDER COM A DIVERSIDADE. Promoção da Aprendizagem Intercultural em Contextos de Educação Não Formal CURSO DE FORMAÇÃO APRENDER Promoção da Aprendizagem Intercultural em Contextos de Educação Não Formal 18 DE FEVEREIRO A 13 DE MARÇO DE 2008 A inducar (http://www.inducar.pt) é uma organização de direito

Leia mais

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO 0101011010101001010 0101011010101001010 Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO no Sector Financeiro 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO ABR/MAI 2013. desenvolvemos competências humanizadas

AÇÕES DE FORMAÇÃO ABR/MAI 2013. desenvolvemos competências humanizadas AÇÕES DE FORMAÇÃO ABR/MAI 2013 desenvolvemos competências humanizadas Visite-nos em: dfp.ispa.pt Inscrição online disponível no nosso site Segue-nos em http://www.facebook.com/formacao.ispaiu Índice 03

Leia mais

Terapias Complementares e Não Medicamentosas

Terapias Complementares e Não Medicamentosas Curso de Pós-graduação Terapias Complementares e Não Medicamentosas Organização Colaboração ESCOLA NACIONAL DE EQUITAÇÃO INDICE INDICE 2 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO E ENTIDADES QUE O PROMOVEM 3 2. ENQUADRAMENTO

Leia mais

A Nossa Oferta Formativa para a Administração Pública

A Nossa Oferta Formativa para a Administração Pública A Nossa Oferta Formativa para a Administração Pública 2011 DESIGNAÇÃO A inscrição poderá DO CURSO ser efectuada Nº através DE do PREÇO site POR www.significado.pt Para mais informações, por favor contacte

Leia mais

AÇÕES DE FORMAÇÃO MARÇO 2013. desenvolvemos competências humanizadas

AÇÕES DE FORMAÇÃO MARÇO 2013. desenvolvemos competências humanizadas AÇÕES DE FORMAÇÃO MARÇO 2013 desenvolvemos competências humanizadas Visite-nos em: dfp.ispa.pt Inscrição online disponível no nosso site Segue-nos em http://www.facebook.com/formacao.ispaiu Índice 04 Quem

Leia mais

ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170

ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170 ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170 A Escola de Protocolo, Comunicação e Artes da Madeira (EPCA) surgiu para ir ao encontro

Leia mais

Curso de Formação / Workshops

Curso de Formação / Workshops Curso de Formação / Workshops Curso de Formação Estudantes e Profissionais das Áreas da Saúde e da Educação, Ciências Sociais e Humanas, interessados em aprofundar conhecimentos sobre a temática abordada.

Leia mais

CURSO DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE

CURSO DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE CURSO DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Em Portugal estão a abrir um conjunto muito vasto de equipamentos de saúde, nomeadamente unidades de cuidados continuados. Para este tipo de estabelecimento são necessários

Leia mais

1. Objectivos. 2. Destinatários. 3. Competências

1. Objectivos. 2. Destinatários. 3. Competências DEPARTAMENTO DE POLÍTICA E TRABALHO SOCIAL REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DE LIDERANÇA E GESTÃO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS 1ª EDIÇÃO 2013/2014. 1 1. Objectivos Na sociedade atual as organizações de

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR Curso Coordenação CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR ESEnfCVPOA Manuela Ferreira Código: 7236 Descrição Objetivos Atualmente a especialização e a gestão da formação constituem medidas

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DA APEI - ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA

REGULAMENTO INTERNO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DA APEI - ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA REGULAMENTO INTERNO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DA APEI - ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA CAPITULO I DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, PRÍNCIPIOS GERAIS, DURAÇÃO E FINS DO CENTRO DE FORMAÇÃO ARTIGO

Leia mais

4ª Edição-Gestão de enfermagem em unidades de saúde

4ª Edição-Gestão de enfermagem em unidades de saúde 4ª Edição-Gestão de enfermagem em unidades de saúde 00. Fundamentação do curso A gestão é uma área de intervenção da enfermagem com uma grande importância estratégica e primordial para a qualidade dos

Leia mais

1 REDACÇÃO CRIATIVA E EFICAZ ESCRITA EMPRESARIAL. - 7 horas 2 TREINE A ESCUTA ACTIVA PARA UMA COMUNICAÇÃO DE SUCESSO. - 7 horas

1 REDACÇÃO CRIATIVA E EFICAZ ESCRITA EMPRESARIAL. - 7 horas 2 TREINE A ESCUTA ACTIVA PARA UMA COMUNICAÇÃO DE SUCESSO. - 7 horas 5 Seminários // 35 horas formação 1 REDACÇÃO CRIATIVA E EFICAZ ESCRITA EMPRESARIAL 2 TREINE A ESCUTA ACTIVA PARA UMA COMUNICAÇÃO DE SUCESSO 3 PROTOCOLO EMPRESARIAL E RELAÇÕES PUBLICAS: COMPORTAMENTOS QUE

Leia mais

Liderança e Gestão de Equipas

Liderança e Gestão de Equipas Liderança e Gestão de Equipas de 1.) Introdução O líder, no contexto atual, assume um papel ativo e determinante para o sucesso da equipa, por isso esta formação está orientada para a partir da perceção

Leia mais

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt Hotel Alvalade LUANDA 16 a 27 de RH Os Ciclos de RH, consistem em planos de desenvolvimento de competências no domínio da gestão de Recursos Humanos, nomeadamente ao nível das áreas de Selecção, Formação

Leia mais

Gestão de Crises na Indústria Alimentar

Gestão de Crises na Indústria Alimentar Gestão de Crises na Indústria Alimentar de 1.) Introdução Crise significa lidar com uma situação, muitas vezes, inesperada que pode representar uma ameaça não só para o negócio como para os colaboradores

Leia mais

Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, nº 4619. 2012 : Agrupamento Vertical Gonçalo Mendes da Maia

Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, nº 4619. 2012 : Agrupamento Vertical Gonçalo Mendes da Maia Curriculum Vitae Identificação Susana Pinto http://susanapinto.com/ susana.pinto.psicologa@gmail.com 916 145 170 Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, nº 4619 Experiência Profissional 2012

Leia mais

enquadramento objectivos

enquadramento objectivos enquadramento O curso tem uma estrutura holística, integradora e procura trabalhar as competências da gestão de recursos humanos numa perspectiva de marketing interno no âmbito de temas marcadamente actuais,

Leia mais

Secretaria Regional de Educação Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação Direcção de Serviços de Formação e Adaptações Tecnológicas

Secretaria Regional de Educação Direcção Regional de Educação Especial e Reabilitação Direcção de Serviços de Formação e Adaptações Tecnológicas RELATÓRIOANUAL DEACTIVIDADES 2006 DIVISÃO DE APOIO À E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA ÍNDICE I. Nota Introdutória... 3 II. Acção Global Desenvolvida.. 4 II.I Avaliação das Acções de Formação 21 II.II Avaliação

Leia mais

Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional!

Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional! MBA EM GESTÃO DE PROJECTOS IMOBILIÁRIOS Porque garantir o sucesso dos seus projectos não é opcional! Introdução A ESAI é a única escola que se dedica exclusivamente ao ensino das actividades imobiliárias

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

Plano de Formação. Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen

Plano de Formação. Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen Plano de Formação Nome da Formação: Módulo de Introdução Perspectivas lúdicas e Terapêuticas do Snoezelen Fundamentação da pertinência do curso: Snoezelen (do Holandês) significa SNUFFELEN = cheirar; DOEZELEN

Leia mais

Banca, Seguros e Mercados Financeiros

Banca, Seguros e Mercados Financeiros Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama Sines Tecnopolo Pós-Graduação Banca, Seguros e Mercados Financeiros Edital 2ª Edição 2011 1 Enquadramento A Escola Superior

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO ÍNDICE 1. POLÍTICA E ESTRATÉGIA DA ENTIDADE 1.1. Missão 1.2. Público-Alvo 1.3. Linhas de actuação estratégica 1.4. Modalidade de Formação 1.5. Formas de Organização

Leia mais

Licença Especial Ciclomotores. 14 15 anos

Licença Especial Ciclomotores. 14 15 anos Licença Especial Ciclomotores 14 15 anos Licença Especial 50c.c. Destinase a jovens com 14 ou 15 anos já feitos, com aptidão física e mental, com frequência mínima do 7º ano de escolaridade e autorização

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão de Projectos

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão de Projectos Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama Sines Tecnopolo Pós-Graduação Gestão de s Edital 1ª Edição 2012 1 Enquadramento O Sines Tecnopolo apresenta, em parceria com

Leia mais

IX CURSO DE VERÃO SOBRE DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

IX CURSO DE VERÃO SOBRE DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO INTELECTUAL IX CURSO DE VERÃO SOBRE DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Direito de Autor e Direito da Sociedade da Informação 12 a 16 de Julho

Leia mais

Braga, 10 de Janeiro de 2011.

Braga, 10 de Janeiro de 2011. Braga, 10 de Janeiro de 2011. Página 1 de 20 INDICE INTRODUÇÃO... 3 Págs. CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO DE FORMAÇÃO... 10 BALANÇO DAS ACTIVIDADES DEP. FORMAÇÃO.11 PRIORIDADES DE MELHORIA. 15 CONCLUSÃO.. 16

Leia mais

INFORMAÇÃO PESSOAL Nome

INFORMAÇÃO PESSOAL Nome INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Nacionalidade MARISA ROMERO Portuguesa Data de nascimento 21/03/1978 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Datas (2013 até agora) Entidade Empregadora Psicóloga Coordenadora do Serviço de Psicologia

Leia mais

CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores

CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores Homologado pelo IEFP com o código de curso C1840003 Presencial 90 horas (Conforme Portaria n.º 214/2011, de 30 de maio) DPJ.FOR.FPIF.01

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe Curso Coordenação Direção CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe ESEnfCVPOA Mestre Henrique Pereira Código: 3451 Descrição Objetivos Destinatários

Leia mais

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços Curso de Gestão Empresarial para Comércio e Serviços PROMOÇÃO: COLABORAÇÃO DE: EXECUÇÃO: APRESENTAÇÃO: > A aposta na qualificação dos nossos recursos humanos constitui uma prioridade absoluta para a Confederação

Leia mais

Secretariado Executivo 2014

Secretariado Executivo 2014 Ciclo de CONFERENCES AT BREAKFAST Secretariado Executivo 2014 01, 02 e 03 de Dezembro. Lisboa Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias- Gestão

Leia mais

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição

Pós-Graduação Leadership & Management. 3ª Edição Pós-Graduação Leadership & Management 3ª Edição 2010/2011 Leadership & Management Direcção Científica Prof. Doutor José Verissimo Doutora Teresa Passos A Direcção Executiva é partilhada entre o IDEFE e

Leia mais

PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT. Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto

PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT. Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto 1 - O presente Decreto-Lei estabelece o regime jurídico da carreira dos

Leia mais

Data Setembro de 2003 a Julho de 2006. Ensino Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) Lisboa

Data Setembro de 2003 a Julho de 2006. Ensino Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) Lisboa Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) Cátia Dinis de Carvalho Lima Cordeiro próprio(s) Morada(s) Largo do Mayer nº9 1ºandar 2000-580 Santarém, Portugal Telefone(s) Tlm.: 912283147

Leia mais

curso de especialização em gestão

curso de especialização em gestão F OR M A Ç Ã O A V A N Ç A D A curso de especialização em gestão FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS Enquadramento O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

c u r r i c u l u m v i t a e

c u r r i c u l u m v i t a e c u r r i c u l u m v i t a e Informação pessoal Nome Morada Telefone 912079346 Fax Sousa, Cláudia Cristina Assunção Rua Miguel Bombarda, n.º 3, 4ºDto Viseu Correio electrónico floresdelivro@gmail.com

Leia mais

FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016

FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016 FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016 QUEM SOMOS A APF Associação para o Planeamento da Família, é uma Organização Não Governamental com estatuto de IPSS (Instituição Particular de Solidariedade

Leia mais

3-7 Novembro 2014, Lisboa

3-7 Novembro 2014, Lisboa Curso Instrutor de Reabilitação Cardíaca fase 4 British Association for Cardiovascular Prevention and Rehabilitation (BACPR) 3-7 Novembro 2014, Lisboa Área(s) de Formação: 726- Terapia e Reabilitação Unidades

Leia mais

Guia de Curso. Arte e Educação. Mestrado em. Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância

Guia de Curso. Arte e Educação. Mestrado em. Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância Universidade Aberta Sede R. da Escola Politécnica, 147 1269-001 Lisboa Coordenador e Vice Coordenador do Curso Amílcar Martins E-mail: Amilcar.Martins@uab.pt Guia de Curso Daniela Melaré Vieira Barros

Leia mais

PROGRAMA Módulo I Propriedade Industrial 29/01/2011 05/01/2011

PROGRAMA Módulo I Propriedade Industrial 29/01/2011 05/01/2011 II CURSO PÓS-GRADUADO DE DIREITO INTELECTUAL 2011 PROGRAMA Módulo I Propriedade Industrial (sábados de manhã, de 29 de Janeiro a 26 de Março) Coordenadores: Prof. Doutor José de Oliveira Ascensão Prof.

Leia mais

I - EXERCISE IS MEDICINETM

I - EXERCISE IS MEDICINETM I EXERCISE IS MEDICINETM Objectivo Generalização da inclusão do aconselhamento para a actividade física no âmbito do plano terapêutico para a prevenção e o tratamento de doenças, e referenciação quando

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

Experiência Profissional em Formação Profissional:

Experiência Profissional em Formação Profissional: Dados Pessoais: Nome: Ana Luísa da Cunha Luís Félix Contacto: Escola Secundária Manuel de Arriaga, Rua Vasco da Gama 9901-859 Telefone/ Fax : 292 202 130 / 292 202 135 Correio electrónico: es.marriaga@dre.raa.pt

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA DOS ENCONTROS DE SABEDORIA DA AMUT Conteúdo Artigo 1º... 3 OBJECTIVO... 3 Artigo 2º... 3 CONCEITO DE ENCONTRO DE SABEDORIA... 3 Artigo 3º... 3 ÂMBITO

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Patrícia Caeiro Nico Ramalho

CURRICULUM VITAE. Patrícia Caeiro Nico Ramalho CURRICULUM VITAE De Patrícia Caeiro Nico Ramalho N A C I O N A L I D A D E : P O R T U G U E S A D A T A D E N A S C I M E N T O : 06-11- 1982 M O R A D A : R U A D A P A L M E I R A N 12 S Ã O M I G U

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt Telf: Lisboa +351 217 931 365 Luanda: +244 94 112 60 90 Maputo: +258 82 019 0748

www.highskills.pt geral@highskills.pt Telf: Lisboa +351 217 931 365 Luanda: +244 94 112 60 90 Maputo: +258 82 019 0748 Índice Designação do Curso... 3 Apresentação do Curso... 3 Carga horária:... 3 Perfil de saída... 3 Pré-Requisitos... 3 Objetivos gerais... 4 Objetivos específicos... 4 Estrutura modular e respectiva carga

Leia mais

Curso de Formação para Dinamização de workshops

Curso de Formação para Dinamização de workshops Curso de Formação para Dinamização de workshops Ficha Informativa Curso de Formação para Cientistas 1. A Empresa A Science4you é uma empresa 100% Nacional que nasceu em Janeiro de 2008. É considerada uma

Leia mais

Gestão de Crises na Indústria Alimentar

Gestão de Crises na Indústria Alimentar Gestão de Crises na Indústria Alimentar de 1.) Introdução Crise significa lidar com uma situação, muitas vezes, inesperada que pode representar uma ameaça não só para o negócio como para os colaboradores

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO FORMAÇÃO AVANÇADA FORMAÇÃO CERTIFICADA

PÓS-GRADUAÇÃO FORMAÇÃO AVANÇADA FORMAÇÃO CERTIFICADA PORTO // 1ª EDIÇÃO // 22 OUTUBRO 2016 WWW.INSTITUTOCRIAP.COM FACEBOOK.COM/INSTITUTOCRIAP LINKEDIN.COM/COMPANY/CRIAP FORMAÇÃO AVANÇADA PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE: APLICAÇÃO DA PRÁTICA

Leia mais

Serviço Comunitário na licenciatura em Psicologia: Um programa com reconhecidas vantagens na qualidade da formação dos futuros psicólogos

Serviço Comunitário na licenciatura em Psicologia: Um programa com reconhecidas vantagens na qualidade da formação dos futuros psicólogos na licenciatura em Psicologia: Um programa com reconhecidas vantagens na qualidade da formação dos futuros psicólogos 1.º Congresso Nacional da Ordem dos Psicólogos 18 a 21 abril 2012 Luísa Ribeiro Trigo*,

Leia mais

CURRICULUM VITAE PAULA CRISTINA ALVES SILVA TORRES

CURRICULUM VITAE PAULA CRISTINA ALVES SILVA TORRES CURRICULUM VITAE PAULA CRISTINA ALVES SILVA TORRES Índice 1. Objectivos do Curriculum Vitae 2. Dados Biográficos 3. Habilitações Literárias 4. Experiência Profissional 5. Formação Profissional 6. Competências

Leia mais

A psicologia tem uma dimensão prática que se integra em vários contextos e instituições sociais: escolas, hospitais, empresas, tribunais, associações

A psicologia tem uma dimensão prática que se integra em vários contextos e instituições sociais: escolas, hospitais, empresas, tribunais, associações PSICOLOGIA APLICADA A psicologia tem uma dimensão prática que se integra em vários contextos e instituições sociais: escolas, hospitais, empresas, tribunais, associações Os níveis de intervenção vão desde

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação Intercultural Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de 2015

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais conteúdos: Programa de formação avançada centrado nas competências e necessidades dos profissionais. PÁGINA 2 Cinco motivos para prefirir a INOVE RH como o seu parceiro, numa ligação baseada na igualdade

Leia mais

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA

Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA Curso de Especialização em EDUCAÇÃO INFANTIL E PSICOMOTRICIDADE CLÍNICA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Educação Infantil e Psicomotrocidade

Leia mais

COMPORTAMENTOS ADITIVOS 2ª Edição PORTO PÓS-GRADUAÇÃO EM INÍCIO 15 DE NOVEMBRO DESTINATÁRIOS// OBJETIVOS// COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR//

COMPORTAMENTOS ADITIVOS 2ª Edição PORTO PÓS-GRADUAÇÃO EM INÍCIO 15 DE NOVEMBRO DESTINATÁRIOS// OBJETIVOS// COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR// PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPORTAMENTOS ADITIVOS 2ª Edição INÍCIO 15 DE NOVEMBRO PORTO CERTIFICAÇÕES PARCERIAS \\ DESTINATÁRIOS// Estudantes Universitários e Licenciados nas áreas da Psicologia, Criminologia,

Leia mais

Reforce o seu próprio PODER PESSOAL Introdução à Gestão do Stress e ao Treino do Controlo Emocional

Reforce o seu próprio PODER PESSOAL Introdução à Gestão do Stress e ao Treino do Controlo Emocional Não Tenho tempo para WORKSHOPS! Reforce o seu próprio PODER PESSOAL Introdução à Gestão do Stress e ao Treino do Controlo Emocional Reforce o seu próprio PODER PESSOAL Objectivos Reconhecer a faculdade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA

PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA PLANO DE ESTUDOS DO 51º CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA Janeiro de 2012 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS... 4 3. FINALIDADE... 4 4. OBJECTIVOS GERAIS... 4 5. PLANO CURRICULAR... 5 6.

Leia mais

Mini-MBA de Marketing

Mini-MBA de Marketing Mini-MBA de Marketing Coordenador/Formador: José Guimarães Índice Designação do curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 3 Objectivo Geral... 3 Objetivos

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E

M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Correio electrónico Telefone 96 6257803 Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 08/ 06/1976 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Leia mais

Fundação LIGA. Instituição academicamente adscrita à. Universidade Fernando Pessoa

Fundação LIGA. Instituição academicamente adscrita à. Universidade Fernando Pessoa Pós-Graduação Consultoria em Acessibilidades Fundação LIGA Instituição academicamente adscrita à Universidade Fernando Pessoa Objectivos A presente pós-graduação tem como objectivo a identificação das

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores MÓDULOS CARGA HORÁRIA Acolhimento 1 O formador face aos sistemas e contextos de formação 8 Factores e processos de aprendizagem 6 Comunicação e Animação de Grupos

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO O presente Regulamento pretende enquadrar as principais regras e linhas de orientação pelas quais se rege a atividade formativa da LEXSEGUR, de forma a garantir

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOPATOLOGIA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOPATOLOGIA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PSICOPATOLOGIA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo

Leia mais

VI CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA PROGRAMA 2.ª FEIRA 12/07/10

VI CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA PROGRAMA 2.ª FEIRA 12/07/10 FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO INTELECTUAL VI CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA 12 a 16 de Julho de 2010 Coordenadores: Prof. Doutor José de Oliveira

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 / 2014

CIRCULAR INFORMATIVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 / 2014 CIRCULAR INFORMATIVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 / 2014 No seguimento do sucesso alcançado com os anteriores projetos de formação, o SERAM em parceria com a COMPETIR voltaram a apresentar candidatura para

Leia mais

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 LUANDA PROGRAMA AVANÇADO PARA DECISORES CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 2.ª EDIÇÃO Inscrições e mais informações em: www.ambienteonline.pt/luanda-concursos-internacionais-2015

Leia mais

Plano de Atividades de 2016

Plano de Atividades de 2016 GRUPO DE ACÇÃO COMUNITÁRIA IPSS Plano de Atividades de 2016 Fórum Sócio Ocupacional do GAC Unidade de Vida Protegida UPRO Formação Profissional Novembro de 2015 Plano de atividades 2016 1 Grupo de Ação

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO e cultura. Centro de Apoio Psicopedagógico. gico do Funchal

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO e cultura. Centro de Apoio Psicopedagógico. gico do Funchal SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO e cultura DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO Centro de Apoio Psicopedagógico gico do Funchal Intervenção precoce Medida de apoio integrado, centrado na

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA A Formação no ISQ A actividade de Formação do ISQ tem sido uma forte aposta enquanto factor determinante para o desenvolvimento e melhoria de desempenho dos sectores tecnológicos

Leia mais

BREVE HISTÓRICO OBJETIVOS ESTRUTURA DO CURSO

BREVE HISTÓRICO OBJETIVOS ESTRUTURA DO CURSO PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU PROJETO PEDAGÓGICO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL BREVE HISTÓRICO A Universidade Candido Mendes UCAM, criada e mantida pela Sociedade Brasileira de Instrução SBI, fundada

Leia mais

UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS

UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS 4 www.estesl.ipl.pt UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS PARCERIAS INSTITUCIONAIS PROJETO EM INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA E CUIDADOS

Leia mais

Modelos de Intervenção em PEA

Modelos de Intervenção em PEA Braga 2008 1 de Março o de 2008 Modelos de Intervenção em PEA João Teixeira Centro de Estudos e Apoio à Criança a e Família APPDA-Norte Modelos de Intervençao em PEA 1943 Kanner e Asperger identificam

Leia mais

Novidade: Formação avançada

Novidade: Formação avançada Novidade: Formação avançada Lisboa Coimbra San Sebastian Barcelona Videos (Youtube) O que é a Psicoterapia Somática em Biossintese? https://www.youtube.com/watch?v=ugipdmfkd9w Psicoterapeuta Corporal:

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Endereço(s) de correio electrónico 8800 Tavira (Portugal) Telemóvel +351 964525224 ritalealpsi@hotmail.com ; ritalealpsi@gmail.com

Leia mais