Apresentação Textual Seminário de Comunicação Comissão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação Textual Seminário de Comunicação Comissão"

Transcrição

1 Apresentação Textual Seminário de Comunicação Comissão

2 Quem somos

3 Quem Somos O que entregamos Integração com o Cliente Análise Criatividade Geração de Conteúdo RESULTADO Diálogo Relevância Endosso Engajamento Influência 3 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

4 Quem Somos Grupo Textual Textual Corporativa & Textual Novas Mídias 18 anos de atuação 21 Prêmios ABERJE (19), COLUNISTAS E ABOUT Conquistados em: Assessoria de Imprensa Relações Públicas Internet Publicações Especiais 4 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

5 Quem Somos Perfil Escritórios próprios RJ e SP e parceiros regionais 75 profissionais de comunicação, com formações diversas Consultores multidisciplinares Parceiros internacionais América do Sul, EUA, Europa e Ásia 5 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

6 Quem Somos Principais Clientes 6 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

7 Textual Media Training Media Training Sensibilização Formação/reciclagem porta-vozes Alinhamento Porta-voz institucional Diálogo com Comunidades Crises Conduta nas mídias sociais Capacitação Equipes Comunicação profissionais de 40 organizações treinados nos últimos 5 anos 37% 5% 58% Turmas coletivas e individuais Presencial e à distância Brasil e no exterior Avaliação dos Treinamentos Textual Ótimo Muito Bom Adequado 7 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

8 O que já fizemos pela ABDE?

9 Análise No período de março a agosto de 2013, a ABDE foi tema de 70 reportagens ou notas na imprensa nacional e internacional. Do total destas publicações, 26 foram em veículos estratégicos. O resultado durante o período é equivalente a uma aparição na imprensa a cada 2,5 dias O volume total supera os R$ 413 mil em equivalência de investimento em espaço publicitário. Os gráficos adiante mostrarão a evolução de exposições na mídia nos meses de março, abril e maio (período 1) para os meses de junho, julho e agosto (período 2).

10 Análise

11 Análise Período Veículos estratégicos Total 26

12 Análise Divisão por temas março a agosto/ % 12% 11% Inovacred Acordo de cooperação Alide e ABDE na Argentina ABDE integra 3 comitês do fórum MDIC Outros Carta ABDE Apoio ao financiamento sustentável 9% 10% 4% Eleição na ABDE 7%

13 Entendendo os resultados A alta verificada no período 2 é justificada por fatores como: Maior aproximação com a imprensa; Realização de eventos; Reuniões com o comitê de comunicação da ABDE; Elaboração de pautas e notas especiais, como a que foi preparada para o Estadão PME. Vale destacar que o período 2 também foi marcado pela maior presença da ABDE em veículos estratégicos, como O Estado de S. Paulo, Valor Econômico, G1, UOL e Exame, entre outros.

14 Resultados obtidos

15 Destaques do período Carta ABDE

16 Destaques do período Carta ABDE

17 Destaques do período Financiamento verde

18 Destaques do período Estadão PME

19 Destaques do período Eleição ABDE

20 Próximas ações

21 Temas macro Quando Outubro Ação Elaboração e divulgação de artigo sobre o apoio do SNF ao desenvolvimento dos municípios. O texto estará em nome do professor Frederico Jayme Jr., da UFMG, e a meta é mostrar que o sistema é importante no financiamento sustentável das cidades, pois conhece as necessidades de cada região. Retomada da divulgação Como turbinar sua MPME, mostrando com o Sistema Nacional de Fomento (SNF) pode contribuir para dar mais fôlego a micro, pequenos e médios empresários de todo o País.

22 Temas macro Quando Ação Novembro Dezembro/Janeiro Levar a Carta ABDE à imprensa regional. Ideia é reforçar os pontos da agenda com as mídias de todas as regiões do País. Criação de um grupo no Google para facilitar a comunicação e a troca de informações entre assessorias e departamentos de comunicação dos associados e da ABDE. Café da manhã/brunch com jornalistas para apresentar balanço de 2013, ressaltando as parcerias com Alide, BID e BNDES, e falar das perspectivas para o SNF para Elaboração do calendário de ações para 2014.

23 Metas para 2014 Realização de seminários e apresentações especiais para jornalistas. Trabalhar a questão da inclusão e do financiamento produtivo de longo prazo. Elaborar pautas especiais sobre os cases de financiamento do SNF às cidades-sede da Copa do Mundo. Realização de media training com os porta-vozes da associação. Intensificar a divulgação de eventos realizados em parceria com entes como BNDES, BID, Alide e Banco Central, entre outros.

24 Contatos TEXTUAL DANIELLE BASTOS (21) GLAUCO FIGUEIREDO (21) THIAGO PUGLIESI (21)

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção:

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção: Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2013 Descrição A Folha de S.Paulo realiza, em 2013, a 5ª edição do Prêmio Folha Emprendedor Social de Futuro. O concurso identifica, premia e fomenta jovens líderes

Leia mais

Organizado pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil.

Organizado pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil. O QUE É O ENCOMEX Evento referência de comércio exterior no Brasil: 11 anos de eventos 131 edições realizadas 79.500 participantes Organizado pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

SEMINARIO PRÓ-CATADOR DO ESTADO DO ACRE Propostas aprovadas

SEMINARIO PRÓ-CATADOR DO ESTADO DO ACRE Propostas aprovadas 1 SEMINARIO PRÓ-CATADOR DO ESTADO DO ACRE ENCERRAMENTO DOS LIXÕES E A INCLUSÃO SOCIAL E PRODUTIVA DAS CATADORAS E DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS 30 de outubro de 2014 Palácio da Justiça - Rio Branco/AC

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESULTADOS FINAIS DO ENCONTRO NACIONAL - ÁREA MEIO - ESTRATÉGIA NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SISTEMATIZAÇÃO DOS RESULTADOS Atendendo a solicitação do CNMP, o presente documento organiza os resultados

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DO PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ RESOLUÇÃO Nº 937/2012 - PGJ O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e com fundamento no art. 19, XX, da Lei Complementar nº 85, de 27 de dezembro de 1999, Considerando

Leia mais

Planejamento Estratégico 2007 2008. Quatro Projetos da Equipe 1

Planejamento Estratégico 2007 2008. Quatro Projetos da Equipe 1 Planejamento Estratégico 2007 2008 Objetivo Estratégico: Estimular criação / desenvolvimento e fortalecimento de programas estaduais e setoriais. Quatro Projetos da Equipe 1 revisão em 26/09/2007 Missão:

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável.

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. GREEN PROJECT AWARDS BRASIL Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. CANDIDATURAS 201 INSCRIÇÕES NO PRIMEIRO ANO INSCRIÇÕES FEITAS

Leia mais

RUMO DAS FORMAS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE DOS PROGRAMAS

RUMO DAS FORMAS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE DOS PROGRAMAS Natureza Jurídica Característica da Qualidade Rio Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Rio de Janeiro Critérios de Excelência da FNQ e Norma ISO 9001:2000

Leia mais

O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras. Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011

O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras. Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011 O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011 Resumo Mesa 1 Questão 1 O que dá significado/contribui para a participação do funcionário

Leia mais

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Existe a compreensão evidente por parte das lideranças empresariais, agentes de mercado e outros formadores de opinião do setor privado

Leia mais

COORDENADORES CARTILHA

COORDENADORES CARTILHA 2016 COORDENADORES CARTILHA 1.1 Coordenador de Negócios Liderar a equipe de negócios da FEJESC, prezar pela excelência na prestação do serviço aos parceiros e buscar novas oportunidades de patrocínio e

Leia mais

O processo de Planejamento Estratégico no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região Rio Grande do Sul

O processo de Planejamento Estratégico no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região Rio Grande do Sul O processo de Planejamento Estratégico no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região Rio Grande do Sul Estrutura da Justiça do Trabalho do RS 115 Varas do Trabalho 09 Postos 230 Juízes de 1º grau 36 Desembargadores

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA. Plano de Ação. Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam

NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA. Plano de Ação. Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam NÚCLEO NÓS PODEMOS BAHIA Plano de Ação A - MISSÃO Articular e integrar os segmentos da sociedade e recursos para desenvolver ações que contribuam diretamente para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento

Leia mais

TIControle. Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal. Doris Peixoto Diretora Geral

TIControle. Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal. Doris Peixoto Diretora Geral TIControle Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal Doris Peixoto Diretora Geral 11/04/2012 Tópicos para nossa conversa de hoje A migração da Governança de TI para o nível corporativo

Leia mais

Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo

Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo Contribuições construídas pelo GT Juventude A avaliação das entidades e grupos que compõe o GT Juventude faz da atuação do Movimento em 2008 é extremamente

Leia mais

Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos e o Setor de Petróleo e Gás

Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos e o Setor de Petróleo e Gás Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos e o Setor de Petróleo e Gás Ana Paula Grether Consultora da Gerência de Orientações e Práticas de Responsabilidade Social Gerência Executiva de

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Dois temas centrais foram selecionados para o debate na conferência de 2012:

APRESENTAÇÃO. Dois temas centrais foram selecionados para o debate na conferência de 2012: Comércio + Sustentável APRESENTAÇÃO A Rio+20, como é chamada a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, vai ser realizada no Rio de Janeiro em junho de 2012. Exatos vinte anos

Leia mais

Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!!

Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!! Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!! PORTFÓLIO Criatividade, compromisso e profissionalismo: resumem o Portal da Comunicação!!! PUBLICIDADE e

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Gerencial. Brasília, Maio de 2014

Programa de Desenvolvimento Gerencial. Brasília, Maio de 2014 Programa de Desenvolvimento Gerencial Brasília, Maio de 2014 A Embrapa Missão Viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura em benefício da sociedade

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada 5 1. Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada 4 1 Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas com os seus públicos de relacionamento,

Leia mais

ASN Agência Sebrae de Notícias

ASN Agência Sebrae de Notícias ASN Agência Sebrae de Notícias ABDE 12º Seminário Nacional de Comunicação Social e Marketing para Instituições Financeiras de Desenvolvimento Denise Chaves Chefe de Imprensa e Comunicação Interna Sebrae

Leia mais

Programas de. Andrea Goldschmidt andrea@apoenasustentavel.com.br

Programas de. Andrea Goldschmidt andrea@apoenasustentavel.com.br Programas de Voluntariado Empresarial Andrea Goldschmidt andrea@apoenasustentavel.com.br POSICIONAMENTO APOENA Visão Ser a mais completa empresa de consultoria em Gestão Sustentável do Brasil. Missão Disseminar,

Leia mais

Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA

Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA PNUD Angola PEA - Programa Empresarial Angolano Marco Lógico do Programa - 2011 Resultado Geral Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA Carvalho - Coordenadora

Leia mais

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES A Feira do Empreendedor é promovida pelo Sebrae desde 1992 em todos os estados do país. É considerado o maior evento presencial de

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho IMPRENSA IT. 36 08 1 / 6 1. OBJETIVO Administrar o fluxo de informações e executar ações de comunicação junto a imprensa sediada na capital e no interior de forma transparente, ágil, primando pela veracidade

Leia mais

Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. Termo de Referência. Assessoria à Supervisão Geral Assessor Técnico

Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. Termo de Referência. Assessoria à Supervisão Geral Assessor Técnico Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher Termo de Referência Assessoria à Supervisão Geral Assessor Técnico No âmbito do Programa Pernambuco Trabalho e Empreendedorismo da Mulher conveniado

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Nós promovemos o desenvolvimento sustentável de diversas maneiras Uma delas é por meio do Investimento Social INVESTIMENTO INVESTIENTO SOCIAL - Estratégia

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

QEdu: aprendizado em foco. Ernesto Martins Faria

QEdu: aprendizado em foco. Ernesto Martins Faria QEdu: aprendizado em foco Ernesto Martins Faria A Fundação Lemann A Fundação Lemann é uma organização familiar privada, fundada pelo empresário brasileiro Jorge Paulo Lemann, em 2002. Nosso trabalho tem

Leia mais

Formação de Voluntários em Programas Corporativos. Trabalho em Grupo Encontro de 08/06/2011

Formação de Voluntários em Programas Corporativos. Trabalho em Grupo Encontro de 08/06/2011 Formação de Voluntários em Programas Corporativos Trabalho em Grupo Encontro de 08/06/2011 Questão 1 A empresa tem uma estratégia definida? A empresa planeja a formação dos voluntários? Se sim, qual o

Leia mais

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Nome Desarrollo de Sistemas de Gobierno y Gestión en Empresas de Propiedad Familiar en el Perú Objetivo Contribuir

Leia mais

G e s t ã o Colaborativa, Humanizada e Sustentável. Luiz Ildebrando Pierry Coordenador Executivo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade

G e s t ã o Colaborativa, Humanizada e Sustentável. Luiz Ildebrando Pierry Coordenador Executivo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade G e s t ã o Colaborativa, Humanizada e Sustentável Luiz Ildebrando Pierry Coordenador Executivo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Mudanças Estratégias Escolhas Circunstâncias O momento que vivemos:

Leia mais

1) Eleição 2008 e Alteração de Estatuto

1) Eleição 2008 e Alteração de Estatuto ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES, REALIZADA NO DIA 31 DE OUTUBRO DE 2008, ÀS 12h, VIA TELECONFERÊNCIA Os trabalhos foram abertos e

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

EDITAL. Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

EDITAL. Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade EDITAL Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade 1. Justificativa Geral A Declaração do Milênio deixa clara a importância da participação social ao considerar

Leia mais

O setor de Telecomunicações

O setor de Telecomunicações O setor de Telecomunicações Tem pouco tempo, por volta de 14 anos.(nasceu logo após a privatização das Teles) No Brasil existem mais de 20.000 empresas atuando no segmento de vendas de serviços e produtos

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho IMPRENSA IT. 36 07 1 / 8 1. OBJETIVO Administrar o fluxo de informações e executar ações de comunicação junto aos públicos interno e externo do Crea GO de forma transparente, ágil, primando pela veracidade

Leia mais

UNIÃO POSTAL UNIVERSAL

UNIÃO POSTAL UNIVERSAL PO UPU UNIÃO POSTAL UNIVERSAL CEP 2013.2 Doc 4b CONSELHO DE OPERAÇÕES POSTAIS Questões de interesse da Comissão 2 (Desenvolvimento dos mercados) Plano de trabalho do Grupo «Desenvolvimento das atividades

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região

Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região Apresentação 1.Identificação do órgão:tribunal do Trabalho da Paraíba/ Assessoria de Comunicação Social 2.E-mail para contato:rdaguiar@trt13.jus.br, rosa.jp@terra.com.br

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI

PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI Aos 26 dias do mês de julho de 2011, as autoridades de Cultura da República Federativa do Brasil e da República Oriental do

Leia mais

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES + BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES CDL CARTÕES +FACILIDADE Com o objetivo de oferecer soluções para facilitar a vida dos associados e seus funcionários, a FCDL-MG se uniu à Valle Express,

Leia mais

Você deseja ter habilidade para dar entrevistas a jornalistas?

Você deseja ter habilidade para dar entrevistas a jornalistas? Você deseja ter habilidade para dar entrevistas a jornalistas? Aprimore sua capacidade de dar entrevistas para a imprensa Garanta a imagem pessoal/profissional positiva e a boa reputação O Treinamento

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis

Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis http://www.peixeurbano.com.br/convite/fscpeixeurbano br/convite/fsc V Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Secretaria de Articulação Institucional

Leia mais

A Agência é responsável pela captação de negócios, orientação aos investidores, gestão de incentivos estaduais e apoio ao comércio exterior.

A Agência é responsável pela captação de negócios, orientação aos investidores, gestão de incentivos estaduais e apoio ao comércio exterior. A Agência é responsável pela captação de negócios, orientação aos investidores, gestão de incentivos estaduais e apoio ao comércio exterior. Ainda articula ações específicas na estruturação de cadeia produtivas

Leia mais

ANEXO IV TABELA DE PREÇOS MÁXIMOS. Abaixo segue relação dos valores máximos a serem contratados pelo ESTADO após realização de consulta de mercado:

ANEXO IV TABELA DE PREÇOS MÁXIMOS. Abaixo segue relação dos valores máximos a serem contratados pelo ESTADO após realização de consulta de mercado: ANEXO IV TABELA DE PREÇOS MÁXIMOS Abaixo segue relação dos valores máximos a serem contratados pelo ESTADO após realização de consulta de mercado: PREÇOS PROFISSIONAL MÁXIMOS (HOMEM/HORA) R$ Profissional

Leia mais

Consultoria Especializada em Marketing & Foodservice. Fevereiro, 2013

Consultoria Especializada em Marketing & Foodservice. Fevereiro, 2013 Consultoria Especializada em Marketing & Foodservice Fevereiro, 2013 Porque Libbra? Empresas de todos os portes e segmentos sabem da importância da gestão de marketing, mas, muitas vezes ou não investem

Leia mais

49 o CONSELHO DIRETOR 61 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL

49 o CONSELHO DIRETOR 61 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE 49 o CONSELHO DIRETOR 61 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL Washington, D.C., EUA, 28 de setembro a 2 de outubro de 2009 CD49.R10 (Port.) ORIGINAL:

Leia mais

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL UNITAU - Universidade de Taubaté CBH-PS Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul Trabalho realizado

Leia mais

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012

Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012 Code-P0 Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012 Code-P1 O Brasil recebe os grandes eventos esportivos em um contexto favorável COPA OLIMPÍADAS Brasil

Leia mais

ANEXO I APÊNDICE I (B) VALOR EM REAL

ANEXO I APÊNDICE I (B) VALOR EM REAL ANEXO I APÊNDICE I 1) Planilha Orçamentária hora / homem: (A) PROFISSIONAL (B) VALOR EM REAL (C) PESO: QUANTIDADE MÍNIMA X 100 (D) VALOR DE REFERÊNCIA (B) x (C) Profissional de Comunicação Máster 400 Profissional

Leia mais

F-RANDress. Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Fevereiro / 2008. Avaliação

F-RANDress. Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Fevereiro / 2008. Avaliação i^assessoria DE IMPRENSA^ Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Fevereiro / 2008 Avaliação Em fevereiro, a Corporação Flytour obteve 26 inserções na mídia. Entre os destaques do período está

Leia mais

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Code-P0 AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Agenda de Trabalho Junho 2011 Claudio Langone Code-P1 OPORTUNIDADE PARA O BRASIL 2011 - Jogos Militares Mundiais 2012 - RIO + 20 - Cúpula das

Leia mais

I Fórum Nacional Conjunto Consad Conseplan - Confaz

I Fórum Nacional Conjunto Consad Conseplan - Confaz I Fórum Nacional Conjunto Consad Conseplan - Confaz Avanços do trabalho desenvolvido no âmbito do Ciclo de Debates sobre Relações Público-Privadas e Compras Públicas Estaduais 13 de novembro de 2014 Relações

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO INTRODUÇÃO Ser reconhecido como o melhor tribunal para se trabalhar e de melhores resultados. Visão de Futuro do TRT da 8ª Região. INTRODUÇÃO Prática adotada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região que consiste

Leia mais

as cores locais formando um mosaico de sucesso

as cores locais formando um mosaico de sucesso 3º PRÊMIO DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA UNIMED Regulamento O presente regulamento tem a finalidade de estabelecer as normas aplicáveis ao Prêmio de Comunicação do Sistema Unimed, relativas aos participantes,

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Relatório de Comunicação e Engajamento COE Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Declaração de Apoio Continuo do Presidente 21/08/2015 Para as partes interessadas: Tenho o prazer de confirmar

Leia mais

TÍTULO Norma de Engajamento de Partes Interessadas GESTOR DRM ABRANGÊNCIA Agências, Departamentos, Demais Dependências, Empresas Ligadas

TÍTULO Norma de Engajamento de Partes Interessadas GESTOR DRM ABRANGÊNCIA Agências, Departamentos, Demais Dependências, Empresas Ligadas NORMA INTERNA TÍTULO Norma de Engajamento de Partes Interessadas GESTOR DRM ABRANGÊNCIA Agências, Departamentos, Demais Dependências, Empresas Ligadas NÚMERO VERSÃO DATA DA PUBLICAÇÃO SINOPSE Dispõe sobre

Leia mais

Projeto Corporativo Relacionamento Externo. Apresentação RIALIDE

Projeto Corporativo Relacionamento Externo. Apresentação RIALIDE Projeto Corporativo Relacionamento Externo // 1 Apresentação RIALIDE 25 de novembro de 2014 1 Agenda // 2 Contextualização e Objetivos do Projeto Abordagem Metodológica Etapas do Projeto Benchmarking Segmentação

Leia mais

Proposta de Patrocínio

Proposta de Patrocínio Proposta de Patrocínio São Paulo 2014 O FÓRUM O Fórum Brasileiro de Marketing Multinível é um evento, promovido pela ABRAES Associação Brasileira de Empreendedorismo Social, cujo objetivo é reunir empreendedores,

Leia mais

RELATÓRIO FORMADORES DE OPINIÃO E ASSOCIADOS

RELATÓRIO FORMADORES DE OPINIÃO E ASSOCIADOS RELATÓRIO FORMADORES DE OPINIÃO E ASSOCIADOS RESULTADOS PESQUISA COM COMITÊS Definição e significado do PGQP para os comitês: Definições voltadas para ao Programa Significado do PGQP Qualificação das organizações

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE RISCO E COORDENAÇÃO DE STAKEHOLDERS NA GESTÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

COMUNICAÇÃO DE RISCO E COORDENAÇÃO DE STAKEHOLDERS NA GESTÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS COMUNICAÇÃO DE RISCO E COORDENAÇÃO DE STAKEHOLDERS NA GESTÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS Outubro, 2014 Agenda... Introdução Comunicação Corporativa & o Risco de Imagem Perfil dos Stakeholders em Áreas Contaminadas

Leia mais

Números 2013 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz

Números 2013 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Números 2013 Assessoria de Comunicação Icict / Fiocruz Janeiro a Dezembro Rio de Janeiro, dezembro de 2013 Números do Icict 2013 Assessoria de Comunicação do Icict/Fiocruz 2 Assessoria de Comunicação do

Leia mais

A organização investe fortemente na capacitação de pessoas e na formação de profissionais capazes de atender aos desafios do crescimento acelerado

A organização investe fortemente na capacitação de pessoas e na formação de profissionais capazes de atender aos desafios do crescimento acelerado RELATÓRIO ANUAL GERDAU 27 65 COLABORADORES A organização investe fortemente na capacitação de pessoas e na formação de profissionais capazes de atender aos desafios do crescimento acelerado Ed Carlos Alves

Leia mais

Projeto Prominp IND P&G 75 Propostas de Política para Mobilização e Desenvolvimento de APLs para o Setor de Petróleo, Gás E Naval

Projeto Prominp IND P&G 75 Propostas de Política para Mobilização e Desenvolvimento de APLs para o Setor de Petróleo, Gás E Naval WORKSHOP INICIAL Plano de Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais para o Setor de Petróleo, Gás e Naval Projeto Prominp IND P&G 75 Propostas de Política para Mobilização e Desenvolvimento de APLs

Leia mais

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1. O Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) é um concurso jornalístico instituído pelo Sebrae Nacional Serviço Brasileiro

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS:

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: Implantação do sistema de Avaliação de Desempenho com Foco em Competências no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

Planejamento Estratégico 2011 para implementação de Software Livre

Planejamento Estratégico 2011 para implementação de Software Livre Planejamento Estratégico 2011 para implementação de Software Livre FÓRUM DE SOFTWARE LIVRE - 2010 Valdir Barbosa Agenda Plano estratégico 2011 para uso de Software Livre Diretrizes Objetivos e indicadores

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Novembro de 2013 Conrerp 4ª Região Mandato 2013-2016 Este documento visa direcionar as ações do Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas da 4ª Região, para o mandato

Leia mais

I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo -

I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo - I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo - Projeto Executivo - Itabuna - julho de 2015. 1/3 I FÓRUM SOCIAL DA UFSB-2015 Universidade e Sociedade em diálogo Objetivo Geral: Fortalecer

Leia mais

CAMINHOS DO DESIGN BRASILEIRO

CAMINHOS DO DESIGN BRASILEIRO CAMINHOS DO DESIGN BRASILEIRO estratégias para agregar valor ao produto nacional 1 A. INTRODUÇÃO Nos dias 2 e 3 de outubro de 2002, foi realizado um encontro para o alinhamento estratégico do Programa

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social Responsabilidade Social INSTITUTO DE CIDADANIA EMPRESARIAL DO MARANHÃO ICE/MA MISSÃO: Difundir o conceito de desenvolvimento sustentável de modo a incentivar as empresas a adotarem a responsabilidade social

Leia mais

_ APLAUSOS - PROGRAMA GLOBAL DE RECONHECIMENTO DA ANGLO AMERICAN

_ APLAUSOS - PROGRAMA GLOBAL DE RECONHECIMENTO DA ANGLO AMERICAN _ APLAUSOS - PROGRAMA GLOBAL DE RECONHECIMENTO DA ANGLO AMERICAN Apresentação e Cenário A Anglo American é uma das maiores empresas de mineração do mundo, com operações na África do Sul, América do Sul

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Plano de estrutura do escritório de São Paulo Secretariado Internacional e evento FSM Com o retorno

Leia mais

Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade Subvenção aos Núcleos Estaduais ODM do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade EDITAL 2015 PROJETO BRA/11/023 Desenvolvimento de capacidades, de justiça econômica sustentável e promoção de boas

Leia mais

Assunto: 14ª Reunião Ordinária do Comitê Temático Desoneração e Desburocratização

Assunto: 14ª Reunião Ordinária do Comitê Temático Desoneração e Desburocratização MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte MEMÓRIA: 14 a Reunião Ordinária do Comitê Temático Desoneração e Desburocratização

Leia mais

Palavras-chave Ação social, Comunicação, Investimento social privado, Responsabilidade Social

Palavras-chave Ação social, Comunicação, Investimento social privado, Responsabilidade Social Título Desafios na Comunicação da Ação Social Privada 1 Autores Prof. Dr. Paulo Nassar, professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e presidente da ABERJE Associação Brasileira

Leia mais

Plano de Comunicação. Thaís Cardoso Soares, Relações Públicas. Coordenadora de Comunicação da FEMAMA Brasil

Plano de Comunicação. Thaís Cardoso Soares, Relações Públicas. Coordenadora de Comunicação da FEMAMA Brasil Plano de Comunicação Thaís Cardoso Soares, Relações Públicas Coordenadora de Comunicação da FEMAMA Brasil Projetos com recurso disponível 1. Femama nas redes sociais 2. Newsletter 3. Projeto Porta-vozes

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES - REALIZADA EM 15 DE FEVEREIRO DE 2007, ÀS

ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES - REALIZADA EM 15 DE FEVEREIRO DE 2007, ÀS ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES - REALIZADA EM 15 DE FEVEREIRO DE 2007, ÀS 9h30 NO SÃO PAULO CLUBE, SITUADO À AV. HIGIENÓPOLIS, 18 SÃO

Leia mais

Tópicos. O que é o TdTSus. Documento de Posicionamento no tema água. Círculo de conhecimento e Plataforma DC-S. Parcerias e membros da coalizão

Tópicos. O que é o TdTSus. Documento de Posicionamento no tema água. Círculo de conhecimento e Plataforma DC-S. Parcerias e membros da coalizão Apresentação TdTSus Tópicos O que é o TdTSus Documento de Posicionamento no tema água Círculo de conhecimento e Plataforma DC-S Parcerias e membros da coalizão O que é o TdTSus? Estrutura do TdTSus Geração

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

2ºSeminário Experiência dos Estados com Editais de Apoio a APL de Baixa Renda -BNDES. Apoio a Projetos Produtivos - Ceará

2ºSeminário Experiência dos Estados com Editais de Apoio a APL de Baixa Renda -BNDES. Apoio a Projetos Produtivos - Ceará 2ºSeminário Experiência dos Estados com Editais de Apoio a APL de Baixa Renda -BNDES Apoio a Projetos Produtivos - Ceará Política Estadual de Desenvolvimento Estabelecer mecanismos de estímulo ao processo

Leia mais

PROGRAMA Nº- 197 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO CMDCA/VR, FINAD, FÓRUM

PROGRAMA Nº- 197 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO CMDCA/VR, FINAD, FÓRUM PROGRAMA Nº- 196 PROMOÇÃO DO PROTAGONISMO INFANTO JUVENIL Promover e estimular a discussão e atuação de crianças e adolescente no que diz respeito ao cumprimento do ECA. Participação das Crianças e Adolescentes

Leia mais