REGULAMENTO ESPECÍFICO 3 JOGOS DO IFRS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO ESPECÍFICO 3 JOGOS DO IFRS"

Transcrição

1 REGULAMENTO ESPECÍFICO 3 JOGOS DO IFRS

2 REGULAMENTO ESPECÍFICO 3 JOGOS DO IFRS DO FUTSAL Art.1 - Os jogos de futsal nos 3º JOGOS DO IFRS serão realizados de acordo com as Regras Oficiais da CBFS, pelo regulamento geral e específico. Art.2 - O tempo do jogo será estabelecido pela Comissão Organizadora dos Jogos e informado posteriormente. Art.3 - No caso de duas equipes terminarem uma fase com o mesmo número de pontos, os critérios estabelecidos para o desempate serão os seguintes: I - Confronto direto; II - Maior número de vitórias; III - Maior saldo de gols; IV - Gol Average; V - Maior número de gols marcados; VI - Menor número de gols sofridos; VII - Menor número de Cartões Vermelhos; VIII - Menor número de Cartões Amarelos; e IX Sorteio. Art. 4 - No caso de 03 (três) ou mais equipes terminarem a primeira fase com o mesmo número de pontos, os critérios estabelecidos serão os do art. 3º, excluindose o item 1. Art. 5 - Nas partidas que terminarem empatadas, caso haja necessidade de um vencedor, este será conhecido através de uma prorrogação com tempo de 05 (cinco) minutos, sem intervalo. Persistindo o empate, o vencedor será conhecido através da cobrança de uma série de 03 (três) pênaltis de forma alternada, com jogadores diferentes. Persistindo ainda o empate, a disputa continuará com a cobrança de pênaltis alternados, com jogadores que ainda não executaram a cobrança.

3 Art. 6 - A contagem de pontos para a classificação será a seguinte: I - Vitória 03 (três) pontos; II - Empate 01 (um) ponto; e, III - Derrota 00 (zero) ponto. Art. 7 - O aluno-atleta que durante os jogos, receber um cartão vermelho ou dois cartões amarelos, estará automaticamente suspenso por 01 (um) jogo. Serão observados todos os cartões, em todas as fases. O dirigente ou membro da comissão técnica que for expulso cumprirá uma partida automática. DO HANDEBOL Art.8 - A competição de handebol dos JIF será realizada de acordo com as Regras Oficiais da CBH, pelo regulamento geral e específico. Art. 9º - O tempo de jogo será estabelecido pela Comissão Organizadora dos 3º JOGOS DO IFRS e informado posteriormente. Art A contagem de pontos para a classificação será a seguinte: I - Vitória 03 (três) pontos; II - Empate 01 (um) ponto; e, III - Derrota 00 (zero) ponto. Art.11 - No caso de duas equipes terminarem uma fase igualada em número de pontos ganhos, os critérios estabelecidos para o desempate serão os seguintes: I - Confronto direto; II - Maior número de vitórias; III - Melhor saldo de gols; IV - Maior número de gols marcados; V - Menor número de Cartões Vermelhos; VI - Menor número de exclusões (02 min); VII - Menor número de Cartões Amarelos; e, VIII - Sorteio.

4 Art.12 - No caso de 03 (três) ou mais equipes terminarem uma fase igualadas em número de pontos ganhos, os critérios estabelecidos serão os do artigo anterior, excluindo-se o item I. Art.13 - O atleta que for punido com Cartão Vermelho de forma direta (sem ter sofrido 03 (três) exclusões de 2 (dois) minutos) e que tenha sido relatado em súmula ou relatório de jogo ficará suspenso por 01 (um) jogo. Art As partidas que terminarem empatadas, e que haja a necessidade de ser conhecido um vencedor, este será conhecido por meio de prorrogação com 02 (dois) tempos de 05 (cinco) minutos. Persistindo o empate, o vencedor será conhecido através da cobrança de uma série de 03 (três) tiros de 07 (sete) metros de forma alternada, com jogadores diferentes. Ainda persistindo o empate, a disputa continuará com a cobrança de tiros de 7 (sete) metros alternados, com jogadores que ainda não executaram a cobrança. TÊNIS DE MESA Art. 15º - A Competição de Tênis de Mesa será realizada de acordo com as regras adotadas pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), salvo as alterações estabelecidas neste Regulamento. Art. 16º - Esta modalidade será disputada nas categorias masculina e feminina, em disputa de evento individual. Parágrafo único - Cada atleta deverá portar raquete oficial (os dois lados de borracha e cada lado com cores distintas); além de estar devidamente uniformizado, não podendo utilizar uniforme branco ou laranja. Art. 17º - Os atletas serão distribuídos em grupos ou em jogos eliminatórios, conforme o número de atletas inscritos. Parágrafo único - Cada campus poderá inscrever dois atletas em cada naipe.

5 Art. 18º - As partidas serão disputadas em melhor de 03 (três) sets vencedores de 11 (onze) pontos, com 02 (dois) serviços consecutivos para cada jogador. Art. 19º - Os atletas deverão comparecer ao local de competição com antecedência. Art. 20º - O atleta que perder por W x O poderá ser eliminado da competição. O vencedor marcará 02 (dois) sets a 0 (zero) e pontuação de 11 (onze) x 0 (zero). Art. 21º - São critérios de desempate para eventual necessidade de classificação: I - Confronto direto (se for entre dois atletas); II - Maior saldo de sets vencidos; III - Maior saldo de pontos; IV - Maior número de pontos adquiridos; e, V - Sorteio. Parágrafo Único - Caso o empate se estabeleça entre três jogadores, serão adotados os critérios acima, com exceção do item I. Art. 22º - O atleta que sentir-se prejudicado por irregularidade acontecida durante o desenvolvimento das partidas poderá interpor recurso, no prazo máximo de 15 (quinze) minutos, após o término da partida. Os recursos deverão ser encaminhados a Comissão Organizadora dos 3º JOGOS DO IFRS, sempre por escrito. Art. 23º - Os casos omissos no Regulamento da competição serão resolvidos pela Comissão Organizadora. VOLEIBOL Art. 24º - A competição de Voleibol dos 3º JOGOS DO IFRS será realizada de acordo com as Regras Oficiais da CBV, pelo regulamento geral e específico. Art. 25º - Os jogos serão realizados em melhor de 02 (dois) sets vencedores de 21 (vinte e um) pontos. Se houver a necessidade do set desempate este será de 15 (quinze) pontos. Art. 26º - Para classificação das equipes será observada a seguinte pontuação:

6 I - Vitória 03 (três) pontos; II - Derrota 01 (um) ponto; e, III - W x O 00 (zero) ponto. Parágrafo Único A equipe derrotada por W x O, terá todos os resultados desconsiderados e para o vencedor serão computados 02 (dois) sets a 0 (zero), com pontuação de 21(vinte e um) x 0 (zero) e 21 (vinte e um) x 0 (zero). Art. 27º - Os critérios de desempate adotados para critério de classificação, entre duas ou mais equipes, serão os seguintes: I - Confronto direto (entre duas equipes); II - Número de Vitórias; III - Sets average; IV - Pontos average; e, V - Sorteio. VÔLEI DE PRAIA Art. 28º - A competição do Vôlei de Areia nos 3º JOGOS DO IFRS será realizada de acordo com as Regras Oficiais da CBV, pelo regulamento geral e específico. Art. 29º- Cada Campus do IFRS poderá participar com 01(uma) dupla masculina e 01(uma) dupla feminina. Cada dupla é composta por 02 (dois) jogadores que devem estar sempre em jogo. Art. 30º - Os jogos serão realizados em 02 (dois) sets vencedores de 21 (vinte e um) pontos, se houver a necessidade do set desempate este será de 15 (quinze) pontos. Art. 31º - Para classificação das equipes será observada a seguinte pontuação: I - Vitória 3 (três) Pontos; II - Derrota 1 (um) Ponto; e, III - W x O 0 (zero) Ponto. Parágrafo Único - No caso do W x O, a equipe vencedora marcará 03 (três) pontos e serão computados 02 (dois) sets a 0 (zero), com pontuação de 21 (vinte e um) x 0 (zero) e 21 (vinte e um) x 0 (zero).

7 Art. 32º - Os critérios de desempate adotados para critério de classificação, entre duas ou mais equipes, serão os seguintes: I - Confronto direto (entre duas equipes); II - Número de Vitórias; III - Sets average; IV - Pontos average; e, V Sorteio. DO XADREZ Art. 33º - A competição de Xadrez será realizada na modalidade de Xadrez Rápido de acordo com as regras da FIDE, conforme o anexo, salvo o estabelecido neste Regulamento. Art. 34º - A competição será nos naipes masculino e feminino na categoria individual. Parágrafo único - Cada campus poderá inscrever 3 (três) atletas em cada naipe. Art. 35º - O aluno deverá comparecer ao local de competição com 10 (dez) minutos de antecedência. Art. 36º - Todo Atleta, para ter condição de participação, antes do início de cada rodada, deverá apresentar sua identidade à equipe de arbitragem. Art. 37º - A competição será disputada: I - Pelo sistema Round-Robin (todos contra todos) no caso de até 08 (oito) inscritos no gênero; e, II - Pelo Sistema Suíço, conforme Handbook da Fide, para o caso de mais de 08 (oito) inscritos no gênero, através do Software específico com número de rodadas entre 05 (cinco) e 07 (sete), conforme o número de participantes, utilizando a equação N Log Participantes.

8 Art. 38º - O tempo de reflexão será de 21 (vinte e um) minutos para cada jogador executar todos os seus lances. 1º A arbitragem poderá tolerar atrasos que não ultrapassem o prazo de 10 (dez) minutos com relógio acionado. 2º Cada Campus deverá providenciar, dentro de suas possibilidades, material próprio para seus alunos, isto é, jogo de peças com tamanho oficial e relógio de xadrez. 3º As partidas cujos participantes não tiverem relógio de Xadrez, iniciam sem o mesmo, sendo que, assim que possível, será colocado o relógio com tempo equivalente para o final da rodada, dividido igualmente entre os jogadores daquela partida. 4º Somente os jogadores, ou o árbitro presente à mesa, poderão anunciar a queda de seta e demais situações da partida, sendo que os demais casos serão pautados conforme as regras da Fide. 5º Fora os casos citados no parágrafo anterior, qualquer interferência externa poderá será punida conforme as regras da Fide, inclusive exclusão do torneio, ou da sala de jogos. Art. 39º - No caso de empate serão utilizados: I Para o Sistema Round-Robin usar-se-á a seguinte ordem de critérios: a) Confronto Direto; b) Sonnemborg-Berger; e, c) Sorteio. II Para o Sistema Suíço usar-se-á a seguinte ordem de critérios: a) Confronto Direto; b) Milésimos Medianos; c) Milésimos Totais; d) Escore Progressivo; e) Sonnemborg-Berger; e, f) Sorteio Art. 40º - É expressamente proibido utilizar celulares, eletrônicos ou outros meios de comunicações no salão de jogos, de forma que se o celular de um jogador tocar durante alguma partida, este será declarado perdedor da partida.

9 Art. 41º - O atleta que se sentir prejudicado por irregularidade acontecida durante o desenvolvimento das partidas poderá interpor recurso no prazo máximo de 15 (quinze) minutos após o término da partida. 1º Os recursos deverão ser encaminhados a Comissão Organizadora por escrito. 2º A Comissão Organizadora, no julgamento, além da análise das súmulas, ouvir as partes envolvidas para melhor decisão e tomada de providências. BASQUETEBOL Art. 42º - A competição de Basquetebol dos 3º JOGOS DO IFRS será realizada de acordo com as Regras Oficiais da FIBA, pelo regulamento geral e específico. Parágrafo único: Com a alteração da regra e novas demarcações de garrafão e linha de 03 (três) pontos, fica estabelecido se caso as quadras em uso não tenham sido atualizadas/demarcadas, permanece a regra antiga, demais regras oficiais e as estabelecidas por este regulamento. Art. 43º - Tempo de jogo, empate e períodos extras: a) Uma partida consistirá de 04 (quatro) períodos de 10 (dez) minutos. O tempo será corrido em todos os 04 (quatro) períodos, inclusive nas situações de lance livre. b) Haverá intervalos de 02 (dois) minutos entre o primeiro e o segundo períodos (primeiro tempo) e entre o terceiro e o quarto períodos (segundo tempo), e antes de cada período extra. c) Entre o segundo e o terceiro período haverá um intervalo de 05 (cinco) minutos. d) Se o placar estiver empatado no final do tempo de jogo no quarto período, a partida continuará com quantos tempos extras de 05 (cinco) minutos forem necessários para desempatar, mantendo todos os caracteres registrados em súmula do último quarto. Art. 44º - Para classificação das equipes será observada a seguinte pontuação: a) Vitória - 03 pontos.

10 b) Derrota - 01 ponto. c) No caso de W x O, adversários serão declarados vencedores e o placar será de 20 (vinte) a 00 (zero). A equipe desistente receberá 00 (zero) ponto na classificação. Art. 46º - Critérios para desempate: a) Confronto direto. b) Número de vitórias. c) Maior saldo de pontos. d) Maior número de pontos conquistados (cestas pró). e) Ponto average. f) Sorteio. Parágrafo único Caso o empate se estabeleça entre 03 (três) ou mais equipes, serão adotados os critérios acima, excetuando-se o confronto direto. Art. 45 º- Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora. Bento Gonçalves, 18 de Abril de Comissão Organizadora dos 3º JOGOS DO IFRS

GOVERNO FEDERAL PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE RONDONIA CAMPUS PORTO VELHO CALAMA JICs 2016

GOVERNO FEDERAL PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE RONDONIA CAMPUS PORTO VELHO CALAMA JICs 2016 MODALIDADE DE ATLETISMO Art. 1º - A Competição de atletismo dos - será regida de acordo com as regras da Confederação Brasileira de Atletismo, pelo regulamento geral e por este regulamento. Art. 2º - Os

Leia mais

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando VOLEIBOL Art. 1º - As partidas obedecerão às regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: Inciso I - Os jogos serão realizados em 01 (um) set de 16 (dezesseis) pontos. Inciso II - Em caso de empate

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO VOLEIBOL. Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações:

REGULAMENTO ESPECÍFICO VOLEIBOL. Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: VOLEIBOL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: Inciso I - Os jogos serão realizados em 01 (um) set de 18 (dezoito) pontos. Inciso II - Em caso de empate

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES

REGULAMENTO ESPECÍFICO - FUTSAL JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO À SAÚDE DO SERVIDOR REGULAMENTO ESPECÍFICO

Leia mais

Parágrafo único Os jogos serão divididos em 4 tempos de 7 minutos, tanto na seletiva quanto na etapa final.

Parágrafo único Os jogos serão divididos em 4 tempos de 7 minutos, tanto na seletiva quanto na etapa final. BASQUETE Artigo 1º - A competição de basquete dos 15 os Jogos de Integração da APCEF/SP será realizada de acordo com as regras internacionais seguidas pela CBB - Confederação Brasileira de Basquete - e

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Docentes do curso de Educação Física TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Torneio Integração dos Cursos da FASETE Regulamento

Leia mais

38º ZESKAMP Regulamento

38º ZESKAMP Regulamento 38º ZESKAMP 2016 Regulamento Art. 1º - Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados

Leia mais

38º. As modalidades e suas respectivas categorias e gêneros serão :

38º. As modalidades e suas respectivas categorias e gêneros serão : 38º Art. 1º- Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados na reunião técnica e a decisão,

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO FUTEBOL SOCIETY

REGULAMENTO ESPECÍFICO FUTEBOL SOCIETY REGULAMENTO ESPECÍFICO FUTEBOL SOCIETY REGU I DA FINALIDADE E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º. As regras aplicadas nos I Jogos Nacionais de Integração da PRF 2015 - para a competição de Futebol Society Livre serão

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS INTERNOS DOS SERVIDORES DO IFRN/CNAT 2012

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS INTERNOS DOS SERVIDORES DO IFRN/CNAT 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE - IFRN REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS INTERNOS DOS SERVIDORES DO IFRN/CNAT 2012 Art. 1º - Os Jogos Internos

Leia mais

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016 REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL SOÇAITE Art. 1º. O campeonato de futebol soçaite será realizado com as regras estabelecidas pelo Regulamento Geral do VII JOGOS FENACEF, pelo que dispuser o presente regulamento

Leia mais

1º CAMPEONATO INTERNO DA UNIOESTE CAMPUS TOLEDO FUTEBOL SETE SINTÉTICO REGULAMENTO GERAL

1º CAMPEONATO INTERNO DA UNIOESTE CAMPUS TOLEDO FUTEBOL SETE SINTÉTICO REGULAMENTO GERAL 1º CAMPEONATO INTERNO DA UNIOESTE CAMPUS TOLEDO FUTEBOL SETE SINTÉTICO - 2010 - REGULAMENTO GERAL DAS FINALIDADES 1 O Campeonato Interno da Unioeste / Campus de Toledo tem por finalidade a integração e

Leia mais

a) VITÓRIA PONTOS b) EMPATE COM GOL PONTOS c) EMPATE SEM GOL PONTO d) DERROTA PONTO

a) VITÓRIA PONTOS b) EMPATE COM GOL PONTOS c) EMPATE SEM GOL PONTO d) DERROTA PONTO REGULAMENTO GERAL DO 1º CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY DA ASSTBM l DA FINALIDADE: Art. 1º O Torneio de Futebol Society, tem por finalidade: A congregação de associados e público em geral, através do esporte.

Leia mais

Futebol Sete Masculino Livre

Futebol Sete Masculino Livre Futebol Sete Masculino Livre FASE LOCAL CANOINHAS 2016 FUTEBOL SETE MASCULINO LIVRE CHAVE A CHAVE B 1 CIA B 6 FRICASA A 2 BONETES 7 INVIOLÁVEL 3 MILI 8 GRUPO GSA B 4 PROENGEL 9 GRUPO GSA A 5 CIA A 10 FRICASA

Leia mais

JOGOS DE INTEGRAÇÃO Campus Santo Ângelo

JOGOS DE INTEGRAÇÃO Campus Santo Ângelo JOGOS DE INTEGRAÇÃO 2015 Campus Santo Ângelo REGULAMENTO - JOGOS DE INTEGRAÇÃO 22 de Agosto de 2015 DAS FINALIDADES CAPÍTULO I Art. 1º - Os JOGOS DE INTEGRAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA/ CÂMPUS

Leia mais

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art.1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições dos II JOGOS SOLIDÁRIOS do Instituto Federal Farroupilha campus São Borja-RS, no ano de 2015. Art.

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE MODALIDADES JOGOS INTERNOS 2016 CAMPUS SANTA CRUZ

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE MODALIDADES JOGOS INTERNOS 2016 CAMPUS SANTA CRUZ BASQUETEBOL Art. 01º - A competição de Basquetebol será realizada de acordo com as Regras Oficiais da FIBA e os critérios e normas do evento, estabelecidas neste regulamento. Art. 02º - Cada equipe poderá

Leia mais

CLUBE COMERCIAL DE LORENA

CLUBE COMERCIAL DE LORENA TORNEIO INTERNO DE FUTSAL 2014 I - Dos Objetivos: REGULAMENTO Art. 1 - O evento tem por finalidade promover o intercambio social e esportivo entre os associados do Clube Comercial de Lorena e desenvolver

Leia mais

Programação do Handebol Masculino/Feminino Emitida em 02/04/2014 HANDEBOL FEMININO CHAVE ÚNICA EQUIPES Pontos V MD SG GP ELETROSUL INTELBRAS TRACTEBEL V = Vitórias/ MD = Melhor defesa / SG = Saldo de gols

Leia mais

Federação Mineira de Handebol Filiada a CBHb Confederação Brasileira de Handebol Fundada em 20 de julho de 1971

Federação Mineira de Handebol Filiada a CBHb Confederação Brasileira de Handebol Fundada em 20 de julho de 1971 REGULAMENTO CAMPEONATO MINEIRO INFANTIL DE CLUBES 2013 1. A Competição será realizada de acordo com o Regulamento Geral de Competições da FMH, pelas regras oficiais da IHF e por este Regulamento Especifico.

Leia mais

Regulamento. 4º BANDEIRA: : Cada turma deverá confeccionar uma bandeira do país que representará.

Regulamento. 4º BANDEIRA: : Cada turma deverá confeccionar uma bandeira do país que representará. Regulamento 1º CERIMÔNIA DE ABERTURA: No dia 20 de maio, às 10 h, todas as turmas deverão ir para o pátio onde ocorrerá o desfile de abertura. Em caso de chuva, transfere-se para o Ginásio. 2º ESCOLHA

Leia mais

Centro Universitário UNIVATES Complexo Esportivo IX JOGUEM 2015 HANDEBOL MASCULINO E FEMININO

Centro Universitário UNIVATES Complexo Esportivo IX JOGUEM 2015 HANDEBOL MASCULINO E FEMININO Centro Universitário UNIVATES Complexo Esportivo IX JOGUEM 2015 HANDEBOL MASCULINO E FEMININO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO: A promoção e organização é da UNIVATES DAS FINALIDADES: A promoção tem

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO: CHAVE A MORPHOS COREMA CAMPEÃO SEGUNDA VICE SEGUNDA CHAVE B 1. È OBRIGATÓRIO O USO DE CANELEIRAS. 2. Os jogos terão a duração de

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TÊNIS DE MESA

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TÊNIS DE MESA REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TÊNIS DE MESA 1. A competição do Tênis de Mesa dos JOGOS ESCOLARES DA JUVENTUDE será realizada de acordo com as Regras da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) e a Confederação

Leia mais

Campus Santo Ângelo. REGULAMENTO - JOGOS ESTUDANTIS 25 de Junho e 02 de julho de 2016 CAPÍTULO I

Campus Santo Ângelo. REGULAMENTO - JOGOS ESTUDANTIS 25 de Junho e 02 de julho de 2016 CAPÍTULO I II JOGOS ESTUDANTIS CAMPUS SANTO ÂNGELO 2016 Campus Santo Ângelo REGULAMENTO - JOGOS ESTUDANTIS 25 de Junho e 02 de julho de 2016 DAS FINALIDADES CAPÍTULO I Art. 1º - Os JOGOS ESTUDANTIS DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA PRIMEIRA LIGA MACAÍBA

REGULAMENTO GERAL DA PRIMEIRA LIGA MACAÍBA REGULAMENTO GERAL DA PRIMEIRA LIGA MACAÍBA Art. 1º - A liga tem por finalidade: A confraternização entre os times, o fortalecimento dos laços de amizade e a camaradagem sadiamente disputada. I - DA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

II TORNEIO DE FUTEBOL DA OAB SUB. PARNAÍBA-PI

II TORNEIO DE FUTEBOL DA OAB SUB. PARNAÍBA-PI II TORNEIO DE FUTEBOL DA OAB SUB. PARNAÍBA-PI REGULAMENTO GERAL I. OBJETIVO Art. 1º - O 2º Torneio de Futebol Society da OAB Subseção de Parnaíba-PI, tem por finalidade a integração entre a comunidade

Leia mais

REGULAMENTO 1. Parágrafo Único Dos 18 atletas inscritos no Interbancário apenas 15 poderão ser inscritos na súmula no dia de cada.

REGULAMENTO 1. Parágrafo Único Dos 18 atletas inscritos no Interbancário apenas 15 poderão ser inscritos na súmula no dia de cada. REGULAMENTO 1 01. O VIII Campeonato Interbancários de FUTSAL 2016 tem como objetivo a integração e entretenimento entre os funcionários das diversas unidades bancárias no Pará e será realizado a partir

Leia mais

Jogos de Integração Universitária JIU

Jogos de Integração Universitária JIU Jogos de Integração Universitária JIU (Modalidades de Quadras e Corrida) REGULAMENTO GERAL A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis PROAE -, através da Coordenadoria de Formação e Integração

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA PROF. ESP. UBIRACY FERREIRA CAMPOS ORGANIZAÇÃO: 6 PERÍODO IESMA/UNISULMA

CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA PROF. ESP. UBIRACY FERREIRA CAMPOS ORGANIZAÇÃO: 6 PERÍODO IESMA/UNISULMA CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA PROF. ESP. UBIRACY FERREIRA CAMPOS ORGANIZAÇÃO: 6 PERÍODO IESMA/UNISULMA REGULAMENTO IMPERATRIZ MA 2013 REGULAMENTO DO TORNEIO INTERNO DA UNISULMA ORGANIZAÇÃO:

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL DE CAMPO

REGULAMENTO TÉCNICO FUTEBOL DE CAMPO FUTEBOL DE CAMPO Art. 1º - O Campeonato de Futebol será regido pelas regras oficiais estabelecidas pela FIFA, em vigor, por este Regulamento e conforme o disposto no Regulamento Geral. Art. 2º - Modalidade

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO VOLEIBOL IN DOOR 15 a 17 anos

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO VOLEIBOL IN DOOR 15 a 17 anos REGULAMENTO ESPECÍFICO DO VOLEIBOL IN DOOR 15 a 17 anos 1. A Competição de Voleibol será realizada de acordo com as regras oficiais da Federação Internacional de Volleyball (FIVB) adotadas pela Confederação

Leia mais

Esporte. Melhora o resultado de pessoas e empresas.

Esporte. Melhora o resultado de pessoas e empresas. Esporte. Melhora o resultado de pessoas e empresas. Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito "Esporte. Melhora o Resultado de Pessoas e Empresas" 2 SUMÁRIO

Leia mais

Regulamento Específico. Tênis de Mesa

Regulamento Específico. Tênis de Mesa Regulamento Específico Tênis de Mesa 2015 Art. 1º - A competição do Tênis de Mesa dos Escolares de Minas Gerais JEMG/2015 obedecerá às regras oficiais da Federação Internacional de Tênis de Mesa - ITTF

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Blumenau 2016 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA Nº DE EQUIPES

Leia mais

37º JOGOS OLÍMPICOS BOSCONIANOS JOB S

37º JOGOS OLÍMPICOS BOSCONIANOS JOB S BASQUETEBOL Art. 1º - A competição de Basquetebol dos 37º Jogos Olímpicos Bosconianos será regida pelo Regulamento Geral, pelas regras internacionais da FIBA, adotadas pela CBB e por este a) INFANTIL:

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO HANDEBOL

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO HANDEBOL PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO HANDEBOL PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO

Leia mais

22 a 25 de OUTUBRO REGULAMENTO PRAÇA DO PAPA VITÓRIA - ES

22 a 25 de OUTUBRO REGULAMENTO PRAÇA DO PAPA VITÓRIA - ES 22 a 25 de OUTUBRO REGULAMENTO PRAÇA DO PAPA VITÓRIA - ES REGULAMENTO DA I COPA ESPIRITO SANTO DE FUTEBOL 7 FEMININO/ 2013 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O presente Campeonato será promovido e dirigido

Leia mais

JOGOS INTERNOS DO CAMPUS BOA VISTA

JOGOS INTERNOS DO CAMPUS BOA VISTA 01 - FINALIDADE JOGOS INTERNOS DO CAMPUS BOA VISTA Os JOGOS INTERNOS DO CAMPUS BOA VISTA, Tem por finalidade principal desenvolver o intercambio sócio-esportivo-cultural nas Modalidades de ATLETISMO, BASQUETEBOL,

Leia mais

III Jogos do Instituto Federal de Goiás JIF - Goiás REGULAMENTO ESPECÍFICO

III Jogos do Instituto Federal de Goiás JIF - Goiás REGULAMENTO ESPECÍFICO III Jogos do Instituto Federal de Goiás JIF - Goiás REGULAMENTO ESPECÍFICO 1 REGULAMENTOS ESPECÍFICOS POR MODALIDADE REGULAMENTO ESPECÍFICO DE ATLETISMO Art. 1º - Cada Câmpus poderá inscrever até 02 estudantes-atletas

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO TORNEIO DE FUTEBOL 7 - MONTEIRO LOBATO 2016 NOME DA EQUIPE: REPRESENTANTE: CELULAR: 1. RG/MATRÍCULA 2.

FICHA DE INSCRIÇÃO TORNEIO DE FUTEBOL 7 - MONTEIRO LOBATO 2016 NOME DA EQUIPE: REPRESENTANTE: CELULAR:   1. RG/MATRÍCULA 2. FICHA DE INSCRIÇÃO TORNEIO DE FUTEBOL 7 - MONTEIRO LOBATO 2016 NOME DA EQUIPE: REPRESENTANTE: CELULAR: EMAIL: 1. RG/MATRÍCULA 2. RG/MATRÍCULA: 3. RG/MATRÍCULA: 4. RG/MATRÍCULA 5. RG/MATRÍCULA 6. RG/MATRÍCULA

Leia mais

Interséries FEMA 2016

Interséries FEMA 2016 Interséries FEMA 2016 CAPITULO I - DA ORGANIZAÇÃO Art. 01 - Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as disputas das interséries 2016, nas modalidades de voleibol e caçador misto, basquete,

Leia mais

SISTEMA DEDISPUTAS. Para esta etapa, cada duas microrregiões formarão uma região, que terá uma sede onde ocorrerão as disputas:

SISTEMA DEDISPUTAS. Para esta etapa, cada duas microrregiões formarão uma região, que terá uma sede onde ocorrerão as disputas: 1 - CRITÉRIOS PARA CLASSIFICAÇÃO O XXIII JIMI será disputado em 03 (três) etapas: SISTEMA DEDISPUTAS 1.1-1ª ETAPA - JOGOS MICRORREGIONAIS Esta etapa será realizada em duas datas sendo: 1ª data Microrregionais

Leia mais

COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO

COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ REGULAMENTO REGULAMENTO GERAL DA COPA INTERESCOLAR DE FUTSAL UNOCHAPECÓ/FOLHA DE CHAPECÓ O Presidente da Associação de Arbitragem de Chapecó e Região

Leia mais

2º Campeoanto SINTTEL de Futebol de 8

2º Campeoanto SINTTEL de Futebol de 8 2º Campeoanto SINTTEL de Futebol de 8 REGULAMENTO 02 de julho a 27 de agosto de 2016 1 CAPITULO I Disposições Prliminares Art. 1º - O 2º Campeonato SINTTEL de Futebol de 8 será promovido pelo Sinditcato

Leia mais

JORNADA DE CULTURA, ARTE E DESPORTO/2016 REGULAMENTO GERAL 2016 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

JORNADA DE CULTURA, ARTE E DESPORTO/2016 REGULAMENTO GERAL 2016 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º - A JORNADA DE CULTURA, ARTE E DESPORTO JOCAD 2016 é uma promoção do IFPA Campus Bragança. Art.2º - Este regulamento, visa estabelecer normas para orientar,

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Pomerode 2015 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA CIDADE Nº

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS ESCOLARES DE FLORIANÓPOLIS 2015 JESF 2015 SUPERINTENDÊNCIA TÉCNICA

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS ESCOLARES DE FLORIANÓPOLIS 2015 JESF 2015 SUPERINTENDÊNCIA TÉCNICA JESF JESF CAPÍTULO I SISTEMA DE DISPUTA E CLASSIFICAÇÃO Art. 1º. As competições de todas as modalidades do JESF serão disputadas de acordo com as regras oficiais de cada modalidade adotada pela Confederação

Leia mais

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016 REGULAMENTO TÉCNICO DOMINÓ Art. 1º. O torneio de Dominó do VII JOGOS FENACEF, será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela FENACEF no Regulamento Geral do VII JOGOS FENACEF, combinado com

Leia mais

COPA DO MUNDO EM UM DIA EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA URI - F. W. FUTEBOL SETE ESCOLAR ENSINO MÉDIO REGULAMENTO GERAL

COPA DO MUNDO EM UM DIA EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA URI - F. W. FUTEBOL SETE ESCOLAR ENSINO MÉDIO REGULAMENTO GERAL COPA DO MUNDO EM UM DIA EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA URI - F. W. FUTEBOL SETE ESCOLAR ENSINO MÉDIO REGULAMENTO GERAL DA ORGANIZAÇÃO: A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões em apoio

Leia mais

PROJETO FUTURO EM JOGO COPA MIRIM REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO I DA PARTICIPAÇÃO

PROJETO FUTURO EM JOGO COPA MIRIM REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO I DA PARTICIPAÇÃO Fone: (61) PROJETO FUTURO EM JOGO COPA MIRIM REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO I DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º - As participações dos estudantes na competição obedecerão às seguintes faixas etárias e gêneros: a)

Leia mais

BEACH HAND 1. As competições de Handebol serão realizadas de acordo com as Regras Internacionais da FIH e os Regulamentos, Normas e Informes da CBDU.

BEACH HAND 1. As competições de Handebol serão realizadas de acordo com as Regras Internacionais da FIH e os Regulamentos, Normas e Informes da CBDU. BEACH HAND 1. As competições de Handebol serão realizadas de acordo com as Regras Internacionais da FIH e os Regulamentos, Normas e Informes da CBDU. 2. O tempo de duração de cada jogo será de 20 (vinte)

Leia mais

4. No caso em que seja necessário apontar um vencedor e no tempo regulamentar o jogo terminar empatado será aplicado o seguinte:

4. No caso em que seja necessário apontar um vencedor e no tempo regulamentar o jogo terminar empatado será aplicado o seguinte: Regulamento Técnico de Futsal 1. A competição será disputada na categoria masculina acima de 16 anos e feminina acima de 14 anos. Será permitida a inscrição de 6 atletas no mínimo e no máximo 8. 2. A competição

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS UBERLÂNDIA II JUPIT JOGOS UNIVERSITÁRIOS DA FACULDADE PITÁGORAS. Regulamento Geral

FACULDADE PITÁGORAS UBERLÂNDIA II JUPIT JOGOS UNIVERSITÁRIOS DA FACULDADE PITÁGORAS. Regulamento Geral FACULDADE PITÁGORAS UBERLÂNDIA II JUPIT JOGOS UNIVERSITÁRIOS DA FACULDADE PITÁGORAS Regulamento Geral Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem as atividades do II JUPIT Jogos Universitários

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART. 1º A competição será para alunos devidamente matriculados na Instituição de Ensino - Univale. ART. 2º As pessoas físicas que participarem do evento consideradas

Leia mais

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO VIII CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL 7 DO UNESC 2014 CAMPUS I NOTURNO REGULAMENTO DO VIII CAMPEONATO INTERNO DE FUTEBOL 7 DO UNESC / 2014 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O presente Campeonato será dirigido

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO VOLEIBOL IN DOOR 12 a 14 anos

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO VOLEIBOL IN DOOR 12 a 14 anos REGULAMENTO ESPECÍFICO DO VOLEIBOL IN DOOR 12 a 14 anos 1. A Competição de Voleibol será realizada de acordo com as regras oficiais da Federação Internacional de Volleyball (FIVB) adotadas pela Confederação

Leia mais

Campeonato Arena Transamérica

Campeonato Arena Transamérica Campeonato Arena Transamérica REGULAMENTO 19 de Março a 18 de Junho de 2016 1 CAPITULO I Disposições Prliminares Art. 1º - O Campeonato Arena Transamérica promovido pelo programa de rádio Arena Transamérica,

Leia mais

REGULAMENTO 4º COPA SENAC ESCOLAR. Artigo 1º - Fica instituído pelo Centro Universitário Senac a 3ª Copa Senac Escolar.

REGULAMENTO 4º COPA SENAC ESCOLAR. Artigo 1º - Fica instituído pelo Centro Universitário Senac a 3ª Copa Senac Escolar. REGULAMENTO 4º COPA SENAC ESCOLAR DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º - Fica instituído pelo Centro Universitário Senac a 3ª Copa Senac Escolar. Artigo 2º - Este regulamento é o conjunto das disposições que regem

Leia mais

Sede Social Rua Luís Góis, Mirandópolis São Paulo SP Cep: Fone: (11)

Sede Social Rua Luís Góis, Mirandópolis São Paulo SP Cep: Fone: (11) Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 REGULAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO III JOGOS DE INTEGRAÇÃO DO IFRS CÂMPUS RIO GRANDE - JIIF

REGULAMENTO III JOGOS DE INTEGRAÇÃO DO IFRS CÂMPUS RIO GRANDE - JIIF REGULAMENTO III JOGOS DE INTEGRAÇÃO DO IFRS CÂMPUS RIO GRANDE - JIIF Capítulo I ano: 2014 Do Título e Descrição Art o. 1º - O III Jogos de Integração do IFRS - Câmpus Rio Grande é coordenado pela Coordenação

Leia mais

https://www.facebook.com/novodesportouniversitariondu

https://www.facebook.com/novodesportouniversitariondu Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br https://www.facebook.com/novodesportouniversitariondu Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE MODALIDADES

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE MODALIDADES REGULAMENTO ESPECÍFICO DE MODALIDADES ATLETISMO Art.1º- A competição de atletismo dos JIF será regida de acordo com as regras oficiais da FEDERAÇÂO INTERNACIONAL DE ATLETISMO (IAAF), salvo o estabelecido

Leia mais

CLUBE COMERCIAL DE LORENA

CLUBE COMERCIAL DE LORENA I TORNEIO INTERNO DE FUTEBOL 2016 I - Dos objetivos: REGULAMENTO Art. 1 - O evento tem por finalidade promover o intercâmbio social e esportivo entre os associados do Clube Comercial de Lorena e desenvolver

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO VOLEI DE PRAIA

REGULAMENTO TÉCNICO VOLEI DE PRAIA VOLEI DE PRAIA Art. 1º - O Campeonato de Voleibol de praia, naipes masculino e feminino, será regido pelas regras oficiais da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), por este Regulamento e conforme

Leia mais

Regulamento Oficial do 1º Jogos Intercampus UFV

Regulamento Oficial do 1º Jogos Intercampus UFV Regulamento Oficial do 1º Jogos Intercampus UFV 1 DA FUNDAMENTAÇÃO Art. 1º - Este regulamento é o conjunto de normas e disposições que regem o 1º JOGOS INTERCAMPUS UFV, e obriga obediência aos que a ele

Leia mais

REGULAMENTO DOS TORNEIOS INTERCURSOS UNESC/DCE 2016

REGULAMENTO DOS TORNEIOS INTERCURSOS UNESC/DCE 2016 Universidade do Extremo Sul Catarinense Unidade Acadêmica de Humanidades, Ciências e Educação - UNAHCE Setor de Esportes Diretório Central Acadêmico - DCE REGULAMENTO DOS TORNEIOS INTERCURSOS UNESC/DCE

Leia mais

JOGOS DOS INSTITUTOS FEDERAIS 2015 ETAPA NORDESTE

JOGOS DOS INSTITUTOS FEDERAIS 2015 ETAPA NORDESTE ATLETISMO Art.1º- A competição de atletismo dos JIF será regida de acordo com as regras oficiais da FEDERAÇÂO INTERNACIONAL DE ATLETISMO (IAAF), pelo regulamento geral e específico. Art.2º - Na ETAPA REGIONAL

Leia mais

II III JOGOS INTERCAMPI REGULAMENTO. III JOGOS INTERCAMPI DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS O esporte tem a força de mudar o mundo - Nelson Mandela

II III JOGOS INTERCAMPI REGULAMENTO. III JOGOS INTERCAMPI DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS O esporte tem a força de mudar o mundo - Nelson Mandela II III JOGOS INTERCAMPI REGULAMENTO III JOGOS INTERCAMPI DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS O esporte tem a força de mudar o mundo - Nelson Mandela ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS -

Leia mais

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO III CAMPEONATO ESTADUAL MASTER DE FUTEBOL 7 2013 REGULAMENTO DO III ESTADUAL MASTER / 2014 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O presente Campeonato será dirigido pelo F.F.7.E.S ( Federação de Futebol

Leia mais

CAMPEONATO PINGO D'ÁGUA DE FUTEBOL SOCIETY 2º SEMESTRE DE 2016 REGULAMENTO BANANEIRAS

CAMPEONATO PINGO D'ÁGUA DE FUTEBOL SOCIETY 2º SEMESTRE DE 2016 REGULAMENTO BANANEIRAS CAMPEONATO PINGO D'ÁGUA DE FUTEBOL SOCIETY 2º SEMESTRE DE 2016 REGULAMENTO BANANEIRAS Art. 1º - O campeonato da categoria BANANEIRAS do Pingo D água será disputado pôr 06 (seis) equipes compostas pôr atletas

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DIRETORIA GERAL DO CAMPUS MACEIÓ COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DIRETORIA GERAL DO CAMPUS MACEIÓ COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DIRETORIA GERAL DO CAMPUS MACEIÓ COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES JOGOS INTERNOS DOS ENSINOS MÉDIO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO 2016 REGULAMENTO GERAL

Leia mais

https://www.facebook.com/novodesportouniversitariondu

https://www.facebook.com/novodesportouniversitariondu Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br https://www.facebook.com/novodesportouniversitariondu Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo

Leia mais

8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY 2016

8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY 2016 8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY 2016 REGULAMENTO GERAL I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 01 - Este regulamento é o conjunto das disposições preliminares que regem a 8ª LIGA INTERNA DE FUTEBOL SOCIETY

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO JERNS JEES 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 1 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL JERNS JEES 2015 CATEGORIA MIRIM 1. A Competição de Basquetebol será realizada de acordo com as regras oficiais da

Leia mais

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA VI CAMPEONATO VETERANO REGIONAL DE FUTEBOL 2016 DEPARTAMENTO DE FUTEBOL AMADOR VI CAMPEONATO VETERANO REGIONAL DE FUTEBOL - 2.016 NORMAS ESPECIAIS CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO

Leia mais

Jaraguá Clube Campestre VI Campeonato Interno de Futsal -2015

Jaraguá Clube Campestre VI Campeonato Interno de Futsal -2015 Jaraguá Clube Campestre VI Campeonato Interno de Futsal -2015 INFANTIL REGULAMENTO: A Sub-diretoria de Futsal Infantil de Esportes do Jaraguá Clube Campestre realizará, no período de 30/08 a 14/11/2015.

Leia mais

46ª OLIMPÍADAS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO

46ª OLIMPÍADAS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO COMISSÃO CENTRAL ORGANIZADORA 46ª OLIMPÍADAS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO 13 a 17 de OUTUBRO 2015 REGULAMENTO GERAL

Leia mais

REGULAMENTO Jogos Escolares de Massaranduba - JEMA Xadrez

REGULAMENTO Jogos Escolares de Massaranduba - JEMA Xadrez REGULAMENTO Jogos Escolares de Massaranduba - JEMA Xadrez - 2014 DISPOSIÇÕES INICIAIS O presente Regulamento tem por objetivo normalizar as regras de participação e ações referentes aos Jogos Escolares

Leia mais

JOGOS CATÓLICOS ANEC-MG 2016 REGULAMENTO GERAL

JOGOS CATÓLICOS ANEC-MG 2016 REGULAMENTO GERAL JOGOS CATÓLICOS ANEC-MG 2016 REGULAMENTO GERAL REGULAMENTO DOS JOGOS CATÓLICOS ANEC-2016 Capítulo I Das disposições preliminares: Objetivos: Promover a formação integral da pessoa humana através do esporte.

Leia mais

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS DE MODALIDADES HANDEBOL

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS DE MODALIDADES HANDEBOL REGULAMENTOS ESPECÍFICOS DE MODALIDADES HANDEBOL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º O HANDEBOL NO JEFS tem como objetivos disseminar a prática do Handebol escolar em toda rede de ensino; promovendo intercâmbio

Leia mais

Esporte. Melhora o resultado de pessoas e empresas.

Esporte. Melhora o resultado de pessoas e empresas. Esporte. Melhora o resultado de pessoas e empresas. Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito Comprometimento: Renovando seu compromisso para grandes valores

Leia mais

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA

LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA LIGA DE FUTEBOL DE NOVA ESPERANÇA V CAMPEONATO VETERANO REGIONAL DE FUTEBOL 2015 DEPARTAMENTO DE FUTEBOL AMADOR V CAMPEONATO VETERANO REGIONAL DE FUTEBOL - 2.015 NORMAS ESPECIAIS CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO

Leia mais

JOGOS DOS INSTITUTOS FEDERAIS/2016 REGULAMENTO GERAL ETAPA REGIONAL MANAUS ATLETISMO

JOGOS DOS INSTITUTOS FEDERAIS/2016 REGULAMENTO GERAL ETAPA REGIONAL MANAUS ATLETISMO JOGOS DOS INSTITUTOS FEDERAIS/2016 REGULAMENTO GERAL ETAPA REGIONAL MANAUS ATLETISMO Art.1º- A competição de atletismo dos JIF será regida de acordo com as regras oficiais da FEDERAÇÂO INTERNACIONAL DE

Leia mais

Torneio de Futebol Suíço dos Moveleiros 2016

Torneio de Futebol Suíço dos Moveleiros 2016 Torneio de Futebol Suíço dos Moveleiros 2016 8 equipes participantes FA CD FA Bordados Martinucci do Brasil Nipponflex Nipponflex B Persianas D Lux Persianas Requinte TN Móveis Sorteio dos jogos No domingo,

Leia mais

CECA COMPETIÇÕES ESCOLARES CANOENSES. Regulamento Geral e Técnico

CECA COMPETIÇÕES ESCOLARES CANOENSES. Regulamento Geral e Técnico CECA COMPETIÇÕES ESCOLARES CANOENSES Regulamento Geral e Técnico ÍNDICE REGULAMENTO GERAL 1. Da Organização e Objetivo...03 2. Da Inscrição...03 3. Da Realização...04 4. Do Sistema Disciplinar...04 5.

Leia mais

Regulamentos Específicos por Modalidade

Regulamentos Específicos por Modalidade SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO ORGANIZADORA DOS JOGOS INTERCAMPI DOS SERVIDORES DO IFRN Regulamentos Específicos por Modalidade

Leia mais

IX CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2014/2015

IX CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2014/2015 IX CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA 2014/2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I - Das Finalidades Art. 1º Com a realização do CIRCUITO BRASILEIRO DE HANDEBOL DE AREIA, a Confederação Brasileira

Leia mais

Boletim Informativo FUTEBOL SETE LIVRE

Boletim Informativo FUTEBOL SETE LIVRE Boletim Informativo FUTEBOL SETE LIVRE Pomerode 2015 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL SETE LIVRE EMPRESA CIDADE Nº

Leia mais

JOGOS DO JOÃO ontem/hoje/sempre

JOGOS DO JOÃO ontem/hoje/sempre UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA - UFJF Reitor Henrique Duque de Miranda Chaves Filho COLÉGIO DE APLICAÇÃO JOÃO XXIII UFJF Diretor Geral Diretora de Ensino Prof. José Luiz Lacerda Prof a. Andréa Vassallo

Leia mais

Regulamento Específico. Xadrez

Regulamento Específico. Xadrez Regulamento Específico Xadrez 2015 Art. 1º - A competição de xadrez do Programa Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais - JEMG/2015, será regida pelas regras oficiais da Federação Internacional

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º- Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições de jogos dos cursos superiores e discentes do IFRS - Campus Ibirubá no ano de 2016. Art.

Leia mais

Art. 1º Os jogos obedecerão às regras oficiais da CBB, observando se as adaptações deste Regulamento.

Art. 1º Os jogos obedecerão às regras oficiais da CBB, observando se as adaptações deste Regulamento. REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETEBOL Art. 1º Os jogos obedecerão às regras oficiais da CBB, observando se as adaptações deste Regulamento. Art. 2º Cada escola participará, necessariamente, com um mínimo

Leia mais

Jogos Champagnat 2013

Jogos Champagnat 2013 Jogos Champagnat 2013 Capítulo I Geral Art. 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem os Jogos Champagnat 2013. Art. 2º - Os Jogos Champagnat são organizados pelo Colégio Marista Santa

Leia mais

Campeonato Paulista Interclubes e 21 de fevereiro "Esporte Clube Pinheiros" 27 e 28 "A Hebraica" Regulamento Geral

Campeonato Paulista Interclubes e 21 de fevereiro Esporte Clube Pinheiros 27 e 28 A Hebraica Regulamento Geral Campeonato Paulista Interclubes - 2010 20 e 21 de fevereiro "Esporte Clube Pinheiros" 27 e 28 "A Hebraica" Regulamento Geral O Campeonato Paulista Interclubes destina-se a definir o campeão e vice-campeão

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS 5º JOGOS DO IFSC

REGULAMENTO GERAL DOS 5º JOGOS DO IFSC REGULAMENTO GERAL DOS 5º JOGOS DO IFSC CRONOGRAMA Atividade Data Inscrições pelos alunos 18 a 25/05 Confirmação das inscrições dos alunos pelos professores Até 01/06 Inscrição dos servidores Até 01/06

Leia mais

AABB - JOGOS DE VERÃO 2016

AABB - JOGOS DE VERÃO 2016 AABB - JOGOS DE VERÃO 2016 Com o intuito de proporcionar a prática de atividades esportivas, a AABB convida a todos seus associados e dependentes a participar dos Jogos de Verão 2016. Não devemos considerar

Leia mais

JOGOS DO INSTITUTO FEDERAL DO ACRE JIFAC 2015 REGULAMENTO ESPECIFICO DAS MODALIDADES

JOGOS DO INSTITUTO FEDERAL DO ACRE JIFAC 2015 REGULAMENTO ESPECIFICO DAS MODALIDADES JOGOS DO INSTITUTO FEDERAL DO ACRE JIFAC 2015 REGULAMENTO ESPECIFICO DAS MODALIDADES ATLETISMO Art.1º- A competição de atletismo dos JIFAC será regida de acordo com as regras oficiais da FEDERAÇÂO INTERNACIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE SETOR DE ESPORTES DIRETORIO CENTRAL ACADEMICO

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE SETOR DE ESPORTES DIRETORIO CENTRAL ACADEMICO UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE SETOR DE ESPORTES DIRETORIO CENTRAL ACADEMICO REGULAMENTO DO IX CAMPEONATO INTERCURSOS DE FUTEBOL SUÍÇO UNESC/DCE I DOS OBJETIVOS Art. 01º - O IX CAMPEONATO INTERCURSOS

Leia mais

I JOGOS DE INTEGRAÇÃO DOS SERVIDORES DO IFRR

I JOGOS DE INTEGRAÇÃO DOS SERVIDORES DO IFRR I JOGOS DE INTEGRAÇÃO DOS SERVIDORES DO IFRR REGULAMENTOS ESPECIFICOS POR MODALIDADE Boa Vista RR Março/2016 1 EQUIPE DE ELABORAÇÃO Adriana Silva Mota Amanda Karine Monteiro Lima Elielson Souza Silva Gisela

Leia mais