Inovação Empresa da Marinha Grande constrói nova geração de comboios Pág.22

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inovação Empresa da Marinha Grande constrói nova geração de comboios Pág.22"

Transcrição

1 29 de janeiro de 2015 // Quinta-feira // Semanário O MELHOR SORRISO TODOS OS DIAS! Urgências Consultas Lg. Infantaria 7, 25 LEIRIA (junto à Cruz Vermelha) PUBLICIDADE Foto: Projeto intrain Inovação Empresa da Marinha Grande constrói nova geração de comboios Pág.22 Europa Figuras da região otimistas com bazuca do BCE e eleições gregas Pág.6 Mercado Leiria é o quarto concelho do país com mais PME Excelência Pág.24 Ofertas de emprego nesta 137edição Educação Fibrocimento ainda ameaça escolas da região Pág.8 Farmácias Pág. 30 Classificados Pág. 35 Necrologia Pág. 37 Bichos Pág euro (IVA 6% incluído) // r Francisco Rebelo dos Santos // ra-adjunta Patrícia Duarte // Ano LXXX // N.º 4063 PORTE PAGO Encontro de gerações Especialistas de bicicletas partilham aventuras de duas rodas Pág.25 Nazaré Governo salva autarquia com empréstimo de 7,5 milhões Pág.16 Desporto Atleta da região superou Nelson Évora no Nacional de Clubes Pág.19 PUBLICIDADE Auditoria Fiscalidade Incentivos IT: Auditoria & Advisory Avaliação de Empresas e Negócios Leiria, Lisboa, Porto

2 Voz da Região A pergunta da semana Considera que os serviços de saúde têm condições para combater com eficácia o surto de gripe? Editorial O carnaval da Nazaré Nem só de ondas gigantes se constrói a fama da Nazaré. Desde que Garrett McNamara adotou a vila, é verdade que as vagas da praia do Norte se tornaram um ex-líbris, mas há outros domínios em que a Nazaré se agiganta. Os festejos de passagem de ano e entrudo são um exemplo. As dívidas da autarquia, no valor de 40 milhões de euros, são outro. É dos concelhos mais endividados do país. Folião por natureza, o município da Nazaré anda por estes dias envolvido nos preparativos do Carnaval, relegando para plano secundário a dívida titânica que carrega e a situação de rutura financeira em que se encontra. Há património penhorado e serviços públicos em risco. Com a aprovação de um empréstimo de 7,5 milhões, o Governo consegue evitar o pior, embora ainda não seja possível respirar de alívio. As taxas e impostos vão subir, continua iminente o risco de ver suspensos serviços essenciais e é provável que se assista a mais episódios quase carnavalescos como o de um credor a carregar sofás para ver saldado o que lhe é devido. A Nazaré é uma Grécia à escala local? Não tem um Syriza a insistir em renegociar a dívida, mas para evitar a bancarrota está nas mãos de parceiros que também se debatem com dificuldades e que devem questionar-se sobre as opções de despesa do município. Na Nazaré, a tradição é para manter e o Carnaval arranca, sem constrangimentos, já no dia 3. Mesmo que não se perceba se este evento, à semelhança de outros, é fonte de despesa ou de receita, origem ou panaceia de muitos males. Patrícia Duarte ra-adjunta Não 69% Sim 31% Nota: Os resultados apurados não têm qualquer valor científico, não correspondendo a qualquer sondagem ou estudo de opinião, ilustrando apenas a preferência de quem respondeu à nossa questão no site do REGIÃO DE LEIRIA na internet: Resultados até às 18 horas de terça-feira passada. Cartas dos Leitores Estacionamento abusivo na via pública Na urbanização de Santa Clara [freguesia de Parceiros e Azoia, Leiria], ao vir da Incubadora e passar pela creche, há carros estacionados na estrada junto ao cruzamento. Quando isso acontece e passo lá, tenho que me desviar para a faixa contrária, o que não só é incómodo como é perigoso visto que quem circula no sentido contrário não consegue ver se vêm carros de frente. r: Francisco Rebelo dos Santos (C.P. TE nº 421) ra-adjunta: Patrícia Duarte (C.P. nº 2913) Redação: Carlos S. Almeida (C.P. nº 2830), Cláudio Garcia (C.P. nº 5104), Manuel Leiria (C.P. nº 4159), Marina Guerra (C.P. nº 8516) e Martine Rainho (C.P. nº 2609) ) Fotografia: Joaquim Dâmaso (C.P. nº 5613). Correspondentes locais: Artur Ledesma (C.P. nº 2140), Cláudia Gameiro (C.P. n.º 9260) e Sandra Mesquita Ferreira (C.P. nº 8858) Cronistas: Ana Lúcia Bento, António Gordo, Carlos Silva, Cristina Barros, Graça Poças Santos, Helena Vasconcelos, Hugo Menino Aguiar, João B. Serra, João Paulo Marques, José Manuel Silva, José Vitorino Guerra, Leonor Lourenço, Rosa Pedrosa Departamento Comercial: ra Alda Moreira // Gestores de Cliente: João Agrela (Coordenação), Margarida Cordeiro, Maria do Carmo Rebelo e Paula Silva Departamento Gráfico: Cristina Silva (Coordenação) Paginação Vítor Pedrosa Projeto Gráfico: Nick Mrozowski Impressão: Grafedisport, S.A. Distribuição: Vasp Não, se o surto tiver a dimensão que se anuncia. A degradação dos serviços de saúde nos últimos anos não augura resposta segura. Faltam médicos, enfermeiros e até materiais. Nestas condições a boa vontade do pessoal médico, não chega. Sem meios estaremos sempre em risco. Luís Marques, da Comissão de Utentes de Defesa do SAP da Marinha Grande Já liguei para a PSP de Leiria e disseram-me que iam passar pelo local. Os carros estacionados parecem ser do prédio do lado direito. O que agrava mais a situação é que existem muitos lugares de estacionamento num raio de 100 metros. Leitora devidamente identificada Leiria Tiragem: exemplares por edição (tiragem média) Periodicidade: Semanário (sai à quinta-feira) Contactos: Rua Comissão de Iniciativa, 2-A Torre Brasil, Escritório 312-3º Andar, Apartado Leiria Telefone: Fax: Coordenadas GPS N W Propriedade: Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. Contribuinte Nº ; Capital Social euros; Detentores de mais de 10% do capital: Lena Comunicação SGPS, S.A., António Barroca Rodrigues e Joaquim Barroca Rodrigues. Depósito Legal Nº Título registado no ICS sob o nº Acho que sim. Temos condições. Apesar de o surto de gripe ter-se agravado em relação a anos anteriores, os nossos profissionais de saúde têm feito os possíveis para que tudo corra pelo melhor. Antes de dizer mal, e sermos sempre negativos, é bom reconhecer todo o investimento realizado na saúde em especial no Centro Hospitalar de Leiria - Hospital de Santo André. Germano Pragosa, presidente da Junta de Freguesia da Batalha Enganada com um anúncio de emprego Sou uma pessoa que se sente vigarizada e insultada. Respondi a um anúncio publicado no OLX de uma senhora (que se dizia polícia em Angola) para empregada doméstica para cuidar da casa e dos filhos. Fui a Vieira de Leiria falar com ela e acertei tudo com ela, mas quando me ia apresentar ao serviço, fui informada pela senhora que me atendeu que o lugar já estava preenchido e que a senhora tinha já regressado a Angola. Gastei dinheiro para a deslocação a Vieira de Leiria, despedi-me do emprego que tinha para cumprir com a minha palavra, pois sou uma pessoa muito honesta e responsável, Hoje sou uma pessoa revoltada, enganada e revoltada. Agradecia que publicassem esta história para que mais pessoas não caiam no conto do vigário. Margarida Marques Vieira Porto Carta enviada via Facebook Gerência: Francisco Rebelo dos Santos, Joaquim Paulo Cordeiro da Conceição e Paulo Miguel Gonçalves da Silva Reis. ra Geral: Ângela Gil Serviços Administrativos e Financeiros: Catarina Branquinho Serviços de Sistemas de Informação: Hugo Monteiro Membro de: Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação Associação Portuguesa de Imprensa 2 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

3 regiaodeleiria.pt Considero que os serviços de saúde só têm condições se houver sala específica de espera para pessoas que chegam com ou desconfiam de gripe. Ana Costa terapeuta ocupacional, mestre em Cuidados Paliativos, Pombal Num país onde há o problema da falta de camas, de profissionais de saúde nos hospitais públicos, e de relatos de familiares de doentes que denunciam os elevados tempos de espera nas urgências, é notória a fragilidade do funcionamento dos serviços de saúde. Considero que a eficácia no combate ao surto de gripe fica muito aquém do que todos necessitamos. Fátima Lacerda, presidente da associação Pró Real Pergunta da próxima semana Considera suficiente a informação fornecida ao consumidor na compra de alimentos frescos? Retificação O REGIÃO DE LEIRIA errou na última edição ao noticiar que a conferência sobre mediação de conflitos a realizar no ISLA, no próximo dia 5, inaugura um mestrado, quando, na verdade se trata de uma pós-graduação. Aos visados e aos leitores, fica o nosso pedido de desculpas. Comentários na net Acho que não. Felizmente tenho ADSE e tenho ido a médicos particulares e/ou a clínicas com acordo. Mesmo assim, a espera é longa. Lurdes Botelho, via Facebook, em resposta à Pergunta da Semana Lembrem-se que este jardim tem 100 anos, tudo deve ser regenerado... Artur Franco, via Facebook, sobre a notícia Com menos árvores e sem esplanada, há futuro para o jardim Luís de Camões? Deviam ser plantadas mais árvores e devia ser devolvido a este jardim a esplanada. Fernando Rodrigues, idem Máquina do Tempo 1945 Imagem:: Coleção de Fernando Rodrigues 2015 Foto: Fernando Rodrigues Leiria Neste bilhete postal de finais dos anos 40, sobressai o castelo ainda em reconstrução. A sua recuperação foi muito lenta porque o Estado Português atribuía verbas anuais de baixo valor, que facilmente se esgotavam. O montante atribuído para um ano de obras chegou a ser de 20 contos (100 euros). Um olhar mais atento dá, nesta imagem, por falta do teatro Maria Pia e da sirene dos bombeiros. No espaço do antigo quartel dos bombeiros, surge hoje a agência da Caixa de Leiria. Já o antigo Paço foi quartel militar, antes de receber os retornados das ex-colónias em 75 e, mais tarde, o comando da PSP. Por baixo destes telhados, muito mudou na cidade, nos quase 70 anos que separam estas duas imagens. Fernando Rodrigues Porque não a construção de um jardim japonês? Faz todo o sentido... A geminação com Tokushima, a ligação de Portugal ao Oriente... Sidnei Carvalho, idem Quer se chamasse Glam ou café da Maria o importante era dar vida ao jardim... fazer com que as pessoas fossem ao jardim! Neste momento, aquele espaço (infelizmente) não passa de um local de passagem para 90% da população leiriense. Jorge Almeida, idem Os três artigos mais lidos 01 Quinze passeios vão dar a conhecer território de Leiria 02 Colisão em Barreiros, Amor, provoca três feridos graves 03 Quem quer estudar a história de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes? 04 Nazaré lança hasta pública para vender oito veados 05 Acordo PS/CDU na Marinha Grande ensombrado por tensão em reunião do executivo Fale connosco Rua Comissão de Iniciativa, 2-A Torre Brasil, Escritório 312-3º Andar Leiria Telefone: Fax: Site: SMS: As cartas enviadas para publicação devem sempre incluir o nome, localidade e contacto do autor. Devem ainda ser acompanhadas da cópia de documento identificativo. O REGIÃO DE LEIRIA reserva-se o direito de selecionar e eventualmente reduzir os originais. Todos os direitos reservados. Interdita a reprodução, mesmo que parcial, de textos, fotografias ou ilustrações sob quaisquer meios, e para quaisquer fins, mesmo que comerciais. 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 3

4 Visto Praia da Vieira Durante três dias de muita jogatana, entusiastas, especialistas e criadores de jogos de tabuleiro piscaram o olho à direita e à esquerda numa grande jornada que tornou a Praia da Vieira a grande capital do entretenimento. Em mais uma edição da LeiriaCon, organizada pela Spiel Portugal, centenas de pessoas de todo o país, e alguns estrangeiros, juntaram-se no Hotel Cristal e partilharam mesas e tabuleiros, numa maratona de experiências e convívio, à volta de múltiplos tabuleiros de jogo. Dos mais complexos aos bastante simples, houve verdadeiros épicos: alguns jogos duraram mais de 48 horas, nesta Convenção Nacional de Jogos de Tabuleiro Foto: Joaquim Dâmaso 4 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

5 Região Notícias desta semana 09 Leiria. Aulas de Educação Física da Secundária Afonso Lopes Vieira suspensas 10 Leiria. Mateus Kowalski selecionado para cargo de consultor do subsecretário geral das Nações Unidas 13 Batalha. Antigo campo de futebol recebe parque de eventos 13 Porto de Mós. Especialistas estudam dinossauros do concelho 21 Desporto. União de Leiria marca assembleia geral para decidir constituição de sociedade desportiva 23 Mercado. Trabalhadores ao serviço nas empresas Joferlis, TTO e NO duplicou nos últimos dois anos, resultado do crescimento de 42% do volume de negócios 29 Saúde. Laboratório da Musicoterapia nasce no hospital de Leiria e é projeto pioneiro a nível nacional 40 Cultura. Walls é o nome do projeto de curadoria artística de Ricardo Romero, que promete dar vida a um espaço de cowork em Leiria 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 5

6 Panorama Região pode ganhar com fogo amigo da bazuca de Draghi Revolução Mário Draghi, presidente do BCE anunciou injeção 1,1 bilões de euros na economia. Na região de Leiria, encara-se com otimismo a nova política europeia Mário Draghi, já apelidado de Super Mário, prepara a injeção de 1,1 biliões de euros na economia. A medida foi batizada de bazuca e a comparação com o heróio dos videojogos foi inevitável Carlos S. Almeida O que têm em comum Super Mário, canalizador e estrela de um dos mais populares jogos de consola e Mário Draghi, governador do Banco Central Europeu (BCE)? Bem, antes de mais ambos são italianos e estão numa missão de salvamento. Mas enquanto o canalizador amealha moedas, o governador prepara-se para as multiplicar. Recorre ao que já é denominado de bazuca de Draghi: a injeção de euros, muitos euros, através da compra de dívida pública. Mário Draghi, o italiano do BCE, levou o jogo para outro nível, com impacto europeu e local. Introduziu no léxico europeu o termo quantitive easing (QE) e abriu portas ao otimismo num novo impulso na economia europeia. Estas medidas, embora não garantindo só por si os resultados positivos esperados, podem ser um contributo para superar a quase recessão que vive a economia da zona euro em que nos integramos, caraterizada por um crescimento anémico, pelo risco da deflação e por um desemprego que mina a coesão social, aponta João Poças Santos, coordenador do departamento de Ciências Jurídicas da ESTG do IPLeiria. O QE, sinteticamente, traduzse na compra de títulos (de dívida soberana) por parte do BCE. Avança em março para assegurar a compra da dívida dos países europeus, Portugal incluído. Este programa poderá ter impacto positivo na economia nacional, e muito em particular na economia regional, admite Ana Sargento, coordenadora do mestrado em International Business da ESTG. A generalidade das análises feitas para o REGIÃO DE LEIRIA por um conjunto de personalidades da região ligadas ao mundo académico, empresarial e financeiro, coincidem nessa perspetiva. É que a consequência natural da medida, que até setembro do próximo ano poderá injetar 1,1 biliões de euros, será a desvalorização do euro. Uma oportunidade para alavancar as exportações da região. Ana Sargento explica o impacto do efeito cambial: o aumento de liquidez está já a provocar uma desvalorização do euro nos mercados cambiais internacionais (reforçado, por estes dias, pela incerteza política gerada pelos resultados nas eleições gregas), o que poderá ser benéfico para economias com uma forte vocação exportadora como a da região de Leiria. Manuel Oliveira, Secretário Geral da CEFAMOL Associação Nacional da Indústria de Moldes, conhece bem este sector, uma das mais pronunciadas veias exportadoras da região. E está confiante. Estas medidas irão certamente reforçar os processos de contínuo investimento a que o sector está sujeito. Como? Deverão contribuir para um melhor desempenho das exportações, quer pela liquidez gerada no mercado europeu e junto dos nossos principais clientes, quer pela competitividade gerada nos mercados fora da União Europeia, nomeadamente, EUA, México ou Brasil, pelo facto da depreciação da taxa de câmbio euro-dólar, explica. Mais financiamento O especialista do sector dos moldes sublinha ainda as vantagens da baixa dos custos de financiamento das empresas, impulsionando o investimento. Ideia que João Vasconcelos, diretor da incubadora Startup Lisboa, acompanha: na região de Leiria o efeito potencial é significativo pois é uma região com empresas dinâmicas, exportadoras que estão disponíveis para explorar as oportunidades existentes mas que viram em muitos ca- N.ºs O essencial da bazuca de Draghi 1,1 biliões de euros na compra de ativos por parte do BCE, até setembro de Será ao ritmo de 60 mil milhões por mês. Mário Draghi não colocou de parte a possibilidade de o programa se prolongar após essa data 20 por cento das eventuais perdas nas compras (de dívida pública) serão assumidas pelo BCE. Os restantes 80 por centro serão assumidos pelos bancos centrais nacionais 6 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

7 Região // Panorama sos a sua atividade limitada pelas dificuldades de acesso a financiamento. Com linhas de apoio à exportação, podem-se verificar impactos muito positivos na região, reforça. No sector bancário da região, esta opção mais musculada do BCE uma atitude mais proactiva e também mais próxima da que carateriza outros bancos centrais, como a define João Poças Santos oferece leituras diversas. Mário Matias, presidente da Caixa de Crédito de Leiria, admite impactos positivos na economia nacional e local. Mas Carlos Courelas, administrador da Caixa de Crédito Agrícola de Pombal, alerta que o problema não tem a ver com falta de liquidez dos bancos, que estão cheios de dinheiro, o que falta é investimento. E, caso a queda dos juros liberte mais capital, faltam opções atrativas para investir. A bolsa e o mercado Impactos O que vai mudar? O Banco Central Europeu aposta na aquisição de dívida soberana, esperando libertar os bancos para que possam aumentar o crédito concedido à economia. Em teoria, a medida do BCE deverá facilitar o acesso ao crédito, desvalorizar o euro e reverter a tendência para a deflação (inflação negativa) e impulsionar o crescimento económico. Que preços vão subir? O anúncio da medida tomada pelo BCE levou a uma desvalorização do euro. A manter-se e/ou acentuar-se, deverá implicar um aumento do preço dos produtos comprados fora da zona euro. À cabeça, os combustíveis e seus derivados: adquiridos em dólares. A descida do preço do petróleo poderá suavizar a subida. Outros bens adquiridos fora do espaço europeu poderão registar aumentos. Que preços vão descer? Teoricamente, deverá registar-se uma queda nas taxas de juro. Logo, o principal bem a ficar mais barato será o dinheiro. E claro, os produtos portugueses, vendidos fora da Europa, tendem a ganhar terreno: com a desvalorização do euro, são mais baratos para quem usa, por exemplo, o dólar para os comprar. imobiliário, explica, não são tão sedutores como noutros tempos, nota. O ceticismo também mora em Bruxelas, no coração da Europa. É daí que a leiriense Cláudia Oliveira, assessora de imprensa do BE no Parlamento Europeu, confessa a dificuldade em vislumbrar vantagens da mais recente do BCE. Este programa de nada serve sem investimento, sem criação de emprego e sem procura, que têm vindo a diminuir em resposta às políticas de austeridade. É que o BCE reforça a austeridade, através da imposição do ajustamento e programas de reforma aos Estados membros como condição para a compra de dívida, refere. Resta esperar pelas vantagens e desvantagens desta revolução silenciosa. A contagem decrescente para o primeiro tiro europeu da bazuca de Draghi já começou. Grécia empurra a Europa para um novo caminho? O programa de quantitative easing por parte do BCE poderá ter impacto positivo na economia nacional, e muito em particular na economia regional Ana Sargento coordenadora do mestrado em International Business da ESTG Sendo Leiria uma forte região industrial com grande experiência e potencial exportador, considero que estas medidas poderão ser bastante relevantes para o seu desenvolvimento e crescimento Manuel Oliveira Secretário Geral da CEFAMOL Materializando-se novas condições de financiamento, nomeadamente em termos de garantias ou linhas de apoio à exportação, podem-se verificar impactos muito positivos na região João Vasconcelos diretor da Startup Lisboa Não há falta de liquidez nos bancos, que têm muito dinheiro, falta investimento Carlos Courelas administrador da Caixa Crédito Agrícola de Pombal Há uma mudança muito importante em curso na Europa no sentido de reconhecer que a estratégia seguida no passado recente não deu frutos. João Vasconcelos, diretor da Startup Lisboa, sintetiza assim a mudança que poderá ter sido acelerada com a vitória da denominada esquerda radical na Grécia. Esperar para ver é o lema dominante nas análises. Tudo está em aberto portanto. Ainda assim, João Poças Santos, professor do IPLeiria, admite a emergência de uma visão diferente da União Europeia, que permite romper o monolitismo cinzento do chamado argumento TINA (There Is No Alternative) que tem imperado nos últimos anos. O que poderá mesmo contribuir para recentrar a construção europeia nas pessoas. Manuel Oliveira, Secretário Geral da CEFAMOL, destaca que eventuais mudanças poderão acontecer numa primeira fase ao nível apenas da economia grega mas tal depende da capacidade de negociação entre as partes. A situação difícil vivida no país ajuda a explicar o resultado mas existem muitas promessas difíceis de concretizar. Além do mais, ainda é cedo para percebermos se efetivamente tal poderá trazer alguma alteração à politica europeia como um todo. Já Cláudia Oliveira, assessora de imprensa do BE no Parlamento Europeu, sublinha que a vitória do povo grego, mostra-nos que há esperança, e por isso é uma lição para todos os que encolhem os ombros e dizem que não vale a pena que nada muda e assim contribuem para que tudo fique igual. P&R Bruno Braga Foi uma vitória de esperança Leiriense a viver há seis anos na Grécia, comenta resultados eleitorais Como comenta a vitória do Syriza, nas eleições gregas? 25 de janeiro de 2015: um dia diferente para o povo grego, um grito de revolta à austeridade no país e um não ensurdecedor às políticas de Angela Merkel e ao que ela quer para a Europa. Uma vitória justa do Syryza. Um novo livro vai ser escrito para todos os gregos. Bem sei que assusta uma mudança para a esquerda radical. Mas, pelo que temos visto nos últimos anos de falsas esperanças, a austeridade não tem de maneira nenhuma ajudado o povo grego. Só serve para acabar com as classes média e trabalhadora e enriquecer os que já são ricos, Os pobres, esses coitados, desaparecem. A criminalidade e a taxa de suicídios sobem drasticamente. Foi uma vitória de esperança. Esta vitória surpreendeu-o? De maneira alguma, era algo que era previsto já há muito tempo. O que pode mudar? Espera-se uma mudança radical do poder do dinheiro, pois vêem-se os patrões sem qualquer respeito pelos seus colaboradores. A corrupção é muito elevada no país. Vêse uma luz ao fundo do túnel. Os meus amigos gregos, neste momento, vivem de esperança e começam a ter pensamentos positivos. Sabem que a mudança é muito radical e que a Europa é controlada por Angela Merkel e seus fiéis. A esperança no Syriza de Tsipras é alta. 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 7

8 Região // Panorama Na escola D. Dinis, alunos têm Educação Física na rua ou, quando chove, em salas de aula, enquanto pavilhão não é arranjado Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso Ministério anuncia fim de amianto mas ainda há escolas à espera de obras D. Dinis (Leiria) e Santa Catarina (Caldas da Rainha) aguardam conclusão de obras em pavilhões para retomar períodos de aulas normalmente. Por retirar está também o amianto nos blocos de aulas 2013 Marina Guerra O anúncio foi feito com pompa e circunstância: O Ministério da Educação e Ciência concluiu os procedimentos de remoção de placas de fibrocimento em mau estado de conservação em cerca de 300 estabelecimentos de ensino dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário. Mas, na realidade, não foi exatamente o que aconteceu. As intervenções realizadas entre 2013 e 2014, que abrangiam a remoção de placas em telheiros, passadiços e pavilhões gimnodesportivos, deixaram de fora escolas do distrito de Leiria. Na origem da falta de intervenção está, aparentemente, a falta de verbas orçamentais e por anunciar está a data em que vão ocorrer. A obra foi iniciada mas parou por falta de verba. Esta direção entrou em funções em julho e a situação está por resolver. É um assunto que nos preocupa, 8 Região de Leiria 29 janeiro, 2015 explica Noémia Machado, subdiretora do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, referindo-se à EB Santa Catarina, em Caldas da Rainha, frequentada por 300 alunos. O mesmo aconteceu em Leiria, na EB 2.3 D. Dinis. As placas de fibrocimento foram retiradas dos telheiros e passadiços, em 2014, mas quando os trabalhos chegaram ao pavilhão gimnodesportivo tudo parou. No início do ano letivo, os professores de Educação Física decidiram não dar aulas no recinto enquanto não for realizada a intervenção, medida que contou com o apoio dos pais e da direção do agrupamento, obrigando os estudantes a ter aulas no exterior ou, nos dias de chuva, em salas de aula. Os alunos foram prejudicados e temos tido alguma sorte com o tempo porque não tem chovido, explica Rodrigo Pereira, subdiretor do agrupamento. Recorde-se que, nas cartas enviadas à tutela, a direção alertou para a extrema degradação do equipamento e para os danos provocados pela entrada de água da chuva por vários locais, desde o telhado, às janelas e portas, assim como para o facto da requalificação do pavilhão ter estado orçamentada para No final de dezembro de 2014 recebemos uma nota [da tutela] a dar luz verde para o arranjo da cobertura do pavilhão em 2015 mas sem qualquer data, afirma o responsável. Algo que, acrescenta, não deverá acontecer antes das férias da Páscoa, em abril. Faltam blocos de aulas Outro dos motivos de preocupação das direções dos estabelecimentos de ensino é a presença de fibrocimento em blocos de aulas, pelo que, justificam, o anúncio feito pelo Ministério não está correto. Na Secundária de Porto de Mós, há cinco blocos de aulas com necessidade de intervenção. Os telhados estão danificados e não faz sentido reparar quando na realidade precisam de ser substituídos. Mexeram nos telheiros mas ficou por fazer o restante, entende Rui Almeida, diretor da escola. Também na EB Benedita, na ES Raul Proença e na EB 2.3 Guilherme Stephens as atenções centram-se nos blocos de aulas. Sem qualquer informação sobre de quando os edifícios vão ser reparados, os diretores aguardam indicações superiores, desejando que seja o mais rápido possível. No entanto, Pedro Biscaia, diretor da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, tem dúvidas quanto à sua execução a breve prazo. Quando alteraram os telheiros pedi uma estimativa para as obras nos [cinco] blocos de aulas e indicaram-me que a remoção teria sempre que acontecer no verão e sem chuva. O problema é que o Ministério não responde nem a isso, nem a nada, afirma. O REGIÃO DE LEIRIA pediu esclarecimentos, ao Ministério da Educação, sobre a inclusão das escolas na listagem final sem as obras concluídas e para quando está prevista a intervenção nos blocos de aulas, mas até ao fecho da edição não foi possível obter nenhuma resposta. Amianto fora das escolas Alvaiázere: EB 2.3/S Dr. Manuel Ribeiro Ferreira Batalha: EB Mouzinho de Albuquerque e ES/3 Batalha Figueiró dos Vinhos: ES/3 Figueiró dos Vinhos Leiria: EBI Santa Catarina da Serra, EB23/S Maceira, EB 2.3 Marrazes, E B 2.3 D. Dinis e ES/3 Afonso Lopes Vieira Marinha Grande: EB2 Padre Franklin, ES/3 José Loureiro Botas, ES Pinhal do Rei e E B 2.3 Guilherme Stephens Porto de Mós: ES/3 Porto de Mós Alcobaça: EB Frei Estevão Martins Caldas da Rainha: EB Santa Catarina e ES Raul Proença 2014 Alcobaça: EB Benedita Leiria: EB Dr. Correia Alexandre, Caranguejeira Pedrógão Grande: EB Miguel Leitão de Andrada Pombal: EB Gualdim Pais e EB/S da Guia

9 Aqui perto Leiria Extensões de Santa Catarina da Serra e Caranguejeira com novo espaço Foto: Forserra Duas das três novas unidades de saúde do concelho já abriram portas Segunda-feira, abriram as novas unidades de saúde de Santa Catarina da Serra e de Caranguejeira. Já a do Coimbrão aguarda a ligação às redes de água e energia elétrica para poder concluir a mudança dos pré-fabricados onde tem funcionado nos últimos meses. Apesar de algumas lacunas em termos de acabamentos e alguma falta de equipamentos na remodelada extensão de Santa Catarina, estão garantidos os serviços básicos de saúde e de préstimos à população, revela a associação Forserra no seu site. José Artur Ferreira, presidente da Junta, diz-se ainda assim satisfeito com a obra há muito aguardada e que considera funcional. À unidade, estão atribuídos três médicos e dois enfermeiros. Na Caranguejeira, Joaquim Mónico diz-se satisfeito com o novo espaço embora lamente a demora na abertura do edifício, concluído desde setembro, tanto mais que abriu sem a ligação definitiva às redes elétrica e de comunicações. Mas não há dúvida que as pessoas passam a estar muito bem servidas e temos uma obra digna, acrescenta, lembrando as condições difíceis em que trabalhou no último ano a equipa constituída por duas médicas e duas enfermeiras. O investimento realizado nestes três projetos ronda um milhão de euros, comparticipados em 85% por fundos estruturais. À Câmara de Leiria, Juntas de Freguesia e Administração Regional de Saúde do Centro cabe suportar o restante. Segundo as estimativas da ARSC, as três unidades irão abranger cerca de utentes. MR Aulas de Educação Física suspensas na ESALV A falta de funcionários para assegurar o funcionamento do pavilhão desportivo da Gândara dos Olivais depois da 17 horas levou à suspensão das aulas de Educação Física e do Desporto Escolar na Escola Secundária Afonso Lopes Vieira (ESALV) depois das 16h30. A decisão, que afeta cerca de 300 alunos, foi tomada no início de janeiro depois de a Câmara Municipal ter retirado as três funcionárias cedidas, até à data, à União de Freguesias de Marrazes e Barosa para a limpeza, manutenção e vigilância do equipamento. A Junta de Freguesia já destacou outras colaboradoras para a limpeza do espaço, mas a escola apenas dispõe de uma funcionária para o pavilhão durante o horário letivo. A direção da ESALV já expôs o assunto à tutela mas não recebeu ainda qualquer resposta ou indicação de reforço de meios. À conversa com os globonautas Joana Oliveira e Nuno Pedrosa percorreram quilómetros entre a Nova Zelândia e Portugal, em dias. Amanhã, dia 30, partilham o testemunho desta aventura a convite no NEL - Núcleo de Espeleologia de Leiria, às 21h30, no Centro Associativo Municipal. A entrada é livre. Associação Waldorf inaugura nova casa A Associação Waldorf de Leiria celebra amanhã, sexta-feira, o fim da obras de remodelação e a inauguração da Quinta da Casa Alecrim, na rua Paulo VI. A festa tem início às 18 horas e inclui um conto com bonecos de lã e petiscos. Pode confirmar a sua presença pelo casa.alecrim. Dono de restaurante O Índio condenado por abate clandestino O proprietário do restaurante O Índio, em Leiria, foi condenado, pelo Tribunal Judicial de Leiria, em cúmulo jurídico, a um ano de prisão, suspensa por igual período, e à pena de multa de 290 dias, à taxa diária de sete euros. O empresário estava acusado dos crimes de detenção de arma proibida e abate clandestino de animais, na sequência da operação Açougue, desenvolvida pela ASAE em novembro de 2012, e que encerrou temporariamente o estabelecimento. Durante a operação foram apreendidos 378 kg de carne de porco, por falta de segurança alimentar e abate clandestino, 9 kg de salmão, uma pistola, uma espingarda e quatro cartuchos. Foram ainda detetadas infrações relacionadas com a falta de requisitos de higiene, licenciamento, infrações ambientais e ausência de documentação relativa à presença de dinheiro encontrado. Em declarações ao RE- GIÃO DE LEIRIA, José Monteiro, proprietário do restaurante, explicou, na altura, que os alimentos apreendidos correspondiam a porcos pretos que criava numa quinta em Casal da Cortiça, Batalha, onde costumava organizar petiscos para amigos e que não comercializava, desvalorizando o encerramento do espaço, que reabriu pouco tempo depois. MG Debate: o papel da mediação na resolução de conflitos Qual o papel da mediação na resolução de litígios? Esta é uma das questões a que irão responder os oradores convidados da conferência que o ISLA-Leiria dedica ao tema no próximo dia 5 de fevereiro, às 19 horas. Isabel Borges e Isabel Oliveira, advogadas e mediadoras de conflitos, Anabela Quintanilha, presidente da Federação Nacional da Mediação de Conflitos, e Mapril Bernardes, presidente da delegação de Leiria da Ordem dos Advogados, irão abordar o papel do mediador, a mediação familiar e a intervenção dos advogados. A entrada é livre, mediante inscrição prévia pelo telefone ou unisla.pt. Morreu uma das vítimas de um acidente em Amor Uma das vítimas que sofreu ferimentos graves na segunda-feira da passada semana, na sequência de uma colisão entre dois veículos na EN 349-1, em Barreiros, freguesia de Amor, faleceu na passada sexta-feira. Maria Adelaide Tomás, de 72 anos, ocupante de um dos veículos ligeiros envolvidos no acidente, foi assistida no Hospital de Santo André, de onde foi transferida para Coimbra, antes de regressar a Leiria na quinta-feira. Faleceu na manhã seguinte depois de ter tido alta e ter passado a noite em casa, apurou o REGIÃO DE LEI- RIA. O funeral realizou-se na última segunda-feira, em Amor. 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 9

10 Região // Aqui perto Opinião Retrato do bairro dos Capuchos Falar hoje do que foi um dos mais modernos e badalados bairros da cidade na década de 80/90, é recordar com saudade tempos em que havia um enorme prazer da população que convivia num dos locais mais bem conservados e saudáveis em termos ambientais! Hoje, talvez também pela alteração dos hábitos sociológicos, o abandono a que chegou o bairro é lamentável! Não há limpeza nem conservação dos espaços públicos, pouca iluminação e um caos nos estacionamentos. Passadeiras para peões sem renovação e ruas mal alcatroadas. Mas o retrato mais desfocado parece ser o futuro da circulação viária nas ruas do bairro depois de concluída a obra da variante da rua dos Mártires (estrada da Marinha). Os projetos que foram tornados públicos, com rotundas, vias pedonais e ciclovias, já sofreram, ao que dizem, alterações e preocupam quem lá mora, em particular os que habitam nos prédios na área do ex- Hospital Militar. Para acabar este meu desabafo, só uma pergunta: será que a nova variante não contemplará os alunos da escola, do infantário, os doentes e cidadãos que utilizam a clinica médica existente no bairro e também algum comércio e lojas que servem a zona? Numa urgência, como será? Bombeiros ou INEM, ou mesmo moradores locais, só podem entrar e sair pela actual e única via de acesso ao bairro a rua Cidade Tokushima, onde já têm acontecido vários acidentes? Pelo andar da carruagem, os engarrafamentos vão ser constantes e se não houver uma via alternativa poderão surgir graves problemas. Edgar Carvalho, Leiria Leiria Mateus Kowalski parte em fevereiro para Nova Iorque Leiriense selecionado para consultor do subsecretário geral das Nações Unidas Mateus Kowalski, natural de Leiria, está de partida para Nova Iorque, Estados Unidos, onde vai desempenhar o cargo de consultor do subsecretário geral das Doze dias de suspensão para alunos que agrediram colega Dois alunos da EB de Marrazes foram suspensos 12 dias por terem agredido um colega a pontapé. Segundo notícia do Correio da manhã, o caso ocorreu no passado dia 19, tendo os pais da vítima, de 15 anos, manifestado intenção de apresentar queixa junto do Ministério Público. Ao REGIÃO DE LEIRIA, José Violante, diretor da escola, adianta que a suspensão dos alunos, de 17 anos, decorre do processo disciplinar que foi desencadeado de imediato. O responsável esclarece que a agressão decorreu num local da escola onde não há vigilância e que os alunos foram separados por colegas. O jovem agredido esperou Nações Unidas (ONU) para os assuntos jurídicos. Com 36 anos, foi selecionado de entre vários candidatos no âmbito de um concurso internacional. ainda que ele [o diretor] chegasse à escola para denunciar a situação, e que afirmou persistentemente que estava bem, pelo que não chamou a ambulância. José Violante refere ter contactado a família depois de conversar com a vítima e inteirar-se dos factos, tendo suspendido os agressores preventivamente. Ao que conseguiu apurar, as agressões terão sido motivadas por causa de umas sapatilhas, e embora os alunos suspensos sejam pouco interessados, tenham comportamentos desadequados e problemas de assiduidade, ressalva que nada fazia prever um comportamento deste tipo. MR Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra (UC), mestre em Direito Internacional pela Universidade de Lisboa e doutorado em Política In- Recorde de leitores na biblioteca Com mais 570 leitores e mais utilizadores num só ano, a Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira registou, em 2014, um número recorde de leitores e utilizadores. Segundo a Câmara de Leiria, estes cifram-se, respetivamente, em e Trânsito alternado na rua dos Mártires A interseção da rua dos Mártires com a rua D. Nuno Álvares Pereira, no bairro dos Capuchos, vai estar condicionada ao trânsito no próximo sábado, devido à abertura de uma vala de eletricidade. A circulação viária decorrerá de forma alternada com o apoio de sinalização luminosa, das 8 às 12h30 e das 14 às 17 horas. ternacional e Resolução de Conflitos na UC, Mateus Kowalski foi, nos últimos 11 anos, conselheiro jurídico no Ministério dos Negócios Estrangeiros, na área do Direito Internacional Público, tendo representado Portugal em vários fóruns das Nações Unidas, União Europeia e Conselho da Europa, entre outros. É também professor convidado na Universidade Autónoma de Lisboa e investigador em Direito Internacional e estudos sobre a paz. Era algo que queria há muito tempo e é motivo de grande satisfação, conta ao REGIÃO DE LEIRIA referindo-se a este novo desafio. Sempre tive um interesse especial pelas Nações Unidas, acrescenta, ele que já trabalhou na sede da organização enquanto representante de Portugal. Nesta grande mudança, não está contudo sozinho. Acompanham-no nesta viagem a mulher, Patrícia Pereira Kowalski, que irá dedicar-se à investigação na área da Neurobiologia na Universidade de Columbia, e o filho de três anos. MR Detido por burla na compra de vinho Um homem, de 34 anos, foi detido na passada sexta-feira, por suspeita de burla num estabelecimento comercial, nos Marinheiros. Segundo a PSP, o indivíduo foi intercetado após ter pago dez garrafas de vinho (iguais), por um preço muito inferior ao valor real. A operação, que levou à identificação de outro suspeito, de 38 anos, ocorreu já no exterior da loja, tendo os agentes detetado outras garrafas de vinho no interior do veículo onde seguiam, e que terão sido obtidas através do mesmo modo, num estabelecimento da Figueira da Foz. Os dois homens já estavam referenciados pelo mesmo tipo de crime, registados em 2011 e Região de Leiria 29 janeiro, 2015

11 Região // Aqui perto PUBLICIDADE Levaram as esmolas da capela da Praia do Pedrógão As esmolas da capela da Praia do Pedrógão foram furtadas na madrugada de segunda-feira. Os assaltantes levaram o veleiro e respetiva caixa metálica onde os fiéis depositam moedas para acender as velas, e arrancaram da parede o pequeno cofre para oferta de notas colocado há cerca de um mês. Segundo contou o pároco Joaquim Jesus João ao REGIÃO DE LEIRIA, os assaltantes arrombaram a porta metálica de entrada, ao que tudo indica com um pé de cabra, para poder entrar na capela. O assalto foi detetado na manhã de segunda-feira, tendo o caso sido comunicado à GNR que destacou uma patrulha para o local para tomar conta da ocorrência. Nunca me tinha acontecido, revela o pároco de Monte Redondo e Coimbrão. Além do furto das esmolas, 36 Nos 36 anos que o pároco Joaquim Jesus João soma ao serviço da paróquia de Monte Redondo e Coimbrão, este é o primeiro assalto de que tem memória na capela da Praia do Pedrógão cujo montante não consegue apurar, Joaquim Jesus João faz também conta aos prejuízos. O custo do veleiro ultrapassa os 300 euros, a que acresce a despesa com o cofre cuja instalação será preciso reforçar. A GNR diz-se atenta ao problema e empenhada na sensibilização das paróquias com vista ao reforço de medidas de segurança nas igrejas. MR Espetáculo solidário apoia escolinhas de Moçambique As Ninfas do Lis e os alunos da escola de dança Staccato participam domingo à tarde num espetáculo solidário, a favor da organização não governamental Um Pequeno Gesto. A iniciativa, que decorre no Teatro José Lúcio da Silva, pelas 16 horas, surge no âmbito do projeto Crescer com laços, da EB 2,3 José Saraiva. Segundo Maria Goreti Custódio, professora dinamizadora do projeto, o evento visa angariar fundos para apoiar as escolinhas Flôr da Infância e Santa Catarina, na província de Gaza, Moçambique, proporcionando o acesso à educação e refeições diárias a crianças dos 3 aos 5 anos. Segundo a organização Um Pequeno Gesto, o custo de frequência numa pré-escola ronda, por criança, cerca de 100 euros por ano. Está a sofrer de... Dores de cabeça? Dores articulares? Dores musculares? Tendinites/bursites? Hérnias discais? Dor ciática? Escoliose? Má postura? Falta de coordenação? Tonturas/vertigens? Otites frequentes? Sistema imunitário fraco? Dificuldades respiratórias?... Nós podemos ajudar! O sistema nervoso do corpo humano controla todas as funções do nosso organismo e daí a importância de o manter em condições ótimas. Quando afetado pelas subluxações (desalinhamentos articulares), este sistema elétrico não transmite a energia necessária para os órgãos. Muitas vezes, o corpo envia-nos vários sinais de alerta para nos informar que alguma coisa está errada. Esteja atento aos sinais! Workshop MEDITAÇÃO 5 de fevereiro Onde? Nerlei (junto ao Estádio Municipal) Quando? 18h50 (duração 60-90min) Custos? gratuito para inscritos 352 não inscritos Visto Museu Ativo A Câmara de Leiria vai desafiar a população sénior do concelho a visitar o Agro Museu D. Julinha e o Moinho do Papel, e a assumir o papel de embaixadores destes espaços junto dos mais novos. Na terça-feira, a autarquia deu a conhecer aos presidentes de Junta de Freguesia o novo projeto que prevê 31 dias de visitas guiadas gratuitas em 2015 Foto: Joaquim Dâmaso bem-estar equilíbrio energia saúde alívio 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 11

12 Região // Aqui perto Marinha Grande Autoridades apreensivas com número anormal de gaivotas na cidade Dezenas, por vezes centenas, de gaivotas têm permanecido em vários pontos da cidade São gaivotas, muitas gaivotas. E as autoridades estão atentas ao fenómeno. Um número anormal destas aves tem marcado presença na cidade da Marinha Grande e localidades vizinhas. Os dejetos que acabam por carimbar a passagem por algumas zonas habitacionais, fazem aumentar a apreensão com o fenómeno. Paulo Vicente, vice-presidente da Câmara da Marinha Grande assegura: estamos atentos a essa situação. O autarca adianta mesmo que já efetuou algumas diligências e reuniões por causa da situação mas, para já, escusa-se a adiantar mais pormenores. Ainda que não seja clara a origem do anormal afluxo de gaivotas, Nuno Barros, da Sociedade Portuguesa de Estudo das Aves deixa algumas pistas. Há três fatores que podem estar a ajudar ao aumento de aves na cidade, explica o especialista. A gaivota de patas amarelas, a mais abundante em Portugal, tem vindo a aumentar em número. Acresce que nesta altura do ano, juntamse também gaivotas de asa escura que chegam do norte da Europa para aproveitar o inverno luso mais ameno. Por outro lado, a proximidade do arquipélago das Berlengas a maior colónia de gaivotas de patas amarelas do país também pode ajudar a explicar a presença das aves. Aliás, adianta Nuno Barros, a gaivota de patas amarelas é uma espécie de hábitos alimentares oportunistas, alimenta-se de grande variedade de fontes, tanto pode ser de lixeiras ou de rejeições dos barcos de pesca. Tem o hábito de aproveitar tudo, explica. Ora, na Valorlis com aterro sanitário a poucos quilómetros da cidade vidreira o número de gaivotas é o normal para esta altura do ano, adianta fonte da empresa responsável pela valorização e tratamento de resíduos sólidos da região. Os resíduos são periodicamente tapados com terra e a empresa tem licença para utilizar um sistema de sons para espantar as gaivotas. Em casos de fluxo anormal destas aves, chega a ser necessário recorrer à falcoaria para as afastar. Mas esta opção ainda não se revelou necessária, adianta a mesma fonte. Resta esperar para perceber se as gaivotas, na Marinha Grande, vieram para ficar. CSA Pinhal com projeto para virar parque temático Reunião tensa aumenta dúvidas sobre futuro do acordo PS/CDU Escola de Vieira de Leiria distinguida O Pinhal do Rei pode ter aproveitamento turístico e essa é uma aposta que a vereadora Alexandra Dengucho anunciou estar já a ser estudada. Na reunião do executivo de dia 22, a autarca apresentou um projeto que pretende que aquela mancha florestal seja dotada de percursos que permitam conhecer a fauna e a flora denominado de trilho do conhecimento para além de defender a instalação de esplanadas e equipamentos que permitam melhorar a experiência do visitante. Alexandra Dengucho apresentou mesmo um desdobrável promocional. O espaço que passaria a ser encarado como um parque temático. Uma dura troca de palavras adensou as dúvidas sobre a durabilidade do acordo entre PS e CDU que assegura a maioria no executivo municipal da Marinha Grande. A coligação arrisca ter sofrido um duro golpe na reunião do executivo municipal de quinta-feira, dia 22. Uma declaração escrita de Álvaro Pereira, presidente da Câmara da Marinha Grande, lida na reunião do executivo municipal, provocou uma reação tensa de Vítor Pereira, vereador da CDU. O vereador da Cultura e da Ação Social e candidato da CDU nas últimas eleições autárquicas deixou mesmo o aviso: as infantilidades em política podem ser extremamente gravosas, deixando perceber que o entendimento entre as duas forças políticas sai seriamente fragilizado. Em causa a declaração de Álvaro Pereira que se referiu ao facto de vereadores do PCP - entre eles Alexandra Dengucho e Vítor Pereira, atualmente vereadores da maioria - terem pedido a intervenção do Ministério Público (em 2012) para investigar o processo de adjudicação da empreitada das obras de requalificação da Fábrica da Resinagem. Embora não tenha sido notificado sobre a conclusão do processo de investigação, Álvaro Pereira adiantou que o município teve a indicação que o mesmo foi arquivado em maio último. Quando o processo avançou no MP, Álvaro Pereira referiu que fez saber que os queixosos devem apresentar provas ou pedir desculpas pelas ofensas proferidas. Vítor Pereira respondeu que não houve má-fé, houve luta política, deixando claro que não se sente obrigado a pedir desculpas. Já Alexandra Dengucho lembrou que a atitude dos vereadores do PCP se insere no normal escrutínio efetuado pela oposição. O certo é que PS e PCP mantêm a intenção de se reunir esta semana para debater o balanço do mandato conjunto, deixando perceber que, pelo menos para já, o acordo entre as duas partes permanece de pé. A escola EB1 António Vitorino, de Vieira de Leiria, recebeu dia 23 de janeiro, a bandeira etwinning. Esta bandeira representa o reconhecimento nacional pelos projetos ECO PALS e Christmas is coming again desenvolvidos pelo professor José Soares e pelos alunos do 2º ano da turma 3C no ano letivo 2013/2014. Os projetos foram distinguidos com a atribuição do Selo Nacional de Qualidade e Selo Europeu de Qualidade e promoveram a aprendizagem de uma nova língua, desenvolveram competências a nível das tecnologias e incentivaram a adoção de comportamentos amigos do ambiente. 12 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

13 Região // Aqui perto PUBLICIDADE Batalha Antigo campo de futebol vai promover produtos locais Câmara arrecadou 2,6 milhões em impostos Mel, azeite, doçaria e outros produtos para seduzir os turistas. Estes são alguns dos argumentos que os produtores locais poderão esgrimir no espaço permanente de venda que deverá surgir no antigo campo de futebol da vila. O projeto do município, que passa por requalificar aquele espaço, criando um está em marcha, ainda que em fase embrionária, refere Paulo Batista Santos, presidente do município. Para já, estamos internamente a desenvolver o projeto e articular a sua implantação com a Direção-Geral do Património Cultural, em função da proximidade ao Mosteiro da Batalha, explica. Sinteticamente, a aposta passa por requalificar o espaço, adequando-o não só à prática desportiva, mas também a receber diversos eventos que ocorrem na vila, de que a FI- ABA Feira Internacional de Artesanato e do Mundo Rural da Batalha, é apenas um exemplo. Uma das apostas centrais do novo parque de eventos, passa por assegurar um espaço permanente para venda de produtos locais. Objetivo? Valorizar os produtos endógenos que gerem economia local e potenciem o turismo, refere. O investimento envolvido supera os 500 mil euros e deverá ser candidatado a fundos comunitários, acrescenta o autarca. Cerca de 2,6 milhões de euros foram arrecadados pela Câmara da Batalha em impostos. A autarquia revela que a receita mais expressiva centrou-se no Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), logo seguido do Imposto Único de Circulação (IUC) e a Derrama. Em 2014 o município apresentou uma taxa de execução orçamental na ordem dos 95%, para uma estimativa de receita prevista de 11,3 milhões de euros, adianta a Câmara em comunicado. Este resultado representa um aumento de 3 por cento na taxa de execução em relação ao ano anterior, acrescenta a nota da autarquia. LOJAS Para arrendamento desde 435 mês Porto de Mós APARTAMENTOS Desde Como era a fauna do concelho há 145 milhões de anos? Qual a fauna de Porto de Mós de há 145 milhões de anos? Esta é a pergunta para a qual dois investigadores procuraram recentemente resposta no Museu Municipal de Porto de Mós. Elisabete Malafaia e Pedro Mocho são alunos de doutoramento que investigam terópodes (dinossauros bípedes, carnívoros e omnívoros) e saurópodes (dinossauros de grande porte, herbívoros, quadrúpedes) do Jurássico Superior português. E fizeram um levantamento dos fósseis de dinossáurios que se encontram nas coleções do museu bem como da sua proveniência, explica Elisabete Malafaia. E no museu da vila encontraram três diferentes grupos de dinossáurios, entre os quais os mais abundantes podem ser identificados ao grupo dos saurópodes. Foram também identificados elementos de dinossáurios couraçados (estegossáurios) e escassos fósseis identificados a dinossáurios carnívoros (terópodes), explica Elisabete Malafaia. Esta especialista refere que a região na qual se insere o município de Porto de Mós tem um património paleontológico, bastante rico. A Mina da Guimarota, em Leiria, a jazida de Andrés, em Santiago de Litém, Pombal e a jazida de Casal Novo, na Batalha, são alguns dos pontos de interesse na região, refere. Assaltantes ficam em prisão preventiva Os dois homens suspeitos da agressão e roubo a um homem de 79 anos, que ficou gravemente ferido, dia 13, no Juncal, vão aguardar julgamento em prisão preventiva, revelou fonte da GNR. Os arguidos foram presentes a tribunal dia 22, e foi determinada a medida de coação mais grave. Uma dúzia de reis trocados por miúdos A ideia é dar a conhecer aos mais pequenos a história de 12 reis portugueses. O projeto 12 Reis 12 Histórias, parceria entre a Biblioteca Municipal de Porto de Mós e o Centro de Interpretação Batalha de Aljubarrota (CIBA), arranca este sábado. A participação é gratuita e decorre no CIBA, pelas 15 horas. CONTACTE: janeiro, 2015 Região de Leiria 13

14 Região // Aqui perto Alcobaça Centro de Frutologia visitou exploração de Miguel Canha, concorrente da primeira edição Academia Compal tem candidaturas abertas Artur Ledesma Estão abertas, desde terçafeira, as candidaturas para a terceira edição da Academia do Centro de Frutologia Compal. Para assinalar o início das inscrições, o Centro de Frutologia Compal esteve em Alcobaça, numa visita a duas explorações de um dos concorrentes da primeira edição, Miguel Canha. O encontro juntou candidatos da primeira e segunda edições, e serviu também para uma troca de experiências entre os jovens em- Vereadores denunciam perigo na antiga fábrica Crisal presários. Podem ser candidatos a esta terceira edição os empresários até aos 40 anos de idade. As candidaturas estão abertas até 10 de março, e podem ser efetuadas através da página na Internet em www. centrofrutologiacompal.pt. Devem concorrer os empreendedores que pretendam instalar-se pela primeira vez, aumentar ou reconverter a sua exploração frutícola e serão premiados os três melhores projetos apresentados a concurso, a quem será atribuída uma bolsa no valor de 20 mil euros. Serão premiados apenas os três melhores projetos, mas serão selecionadas 12 candidaturas em que os empresários participam na Academia através de módulos teóricos e sessões práticas no terreno. O programa de formação inclui a gestão agrícola, o associativismo, a tecnologia e a sustentabilidade. A iniciativa, segundo José Jordão, presidente do Centro de Frutologia Compal, representa uma oportunidade para os empreendedores agrícolas se aproximarem das diversas realidades do sector Associação solidária nasce na Benedita em que atuam, dando-lhes uma perspetiva mais abrangente e integrada, aprofundando os seus conhecimentos sobre fruta e fruticultura. Além da Academia, o Centro de Frutologia Compal tem outras duas vertentes, o observatório e o laboratório. A Academia, além da formação teórica, está também vocacionada para uma formação mais tecnológica com recurso à utilização de drones nos campos. Ao laboratório compete a parte da investigação, a introdução de novas espécies e as práticas do mundo dos negócios, enquanto ao observatório competirá fazer a leitura do que se passa na fruticultura e promover debates na sociedade. Engenheiro agrícola de formação, Miguel Canha descobriu o Centro de Frutologia Compal em Foi selecionado nesse ano e participou na primeira edição da Academia. Não ganhou o prémio mas ficaram os conhecimentos e os contactos, disse. Cada vez mais, isto é alta competição, frisa Miguel Canha, referindo-se ao estado atual da fruticultura. Baleia deu à costa na Praia de Paredes A questão já não é nova e desde há dois anos que o assunto chega à reunião do executivo municipal de Alcobaça, através da denúncia dos vereadores da oposição. O vereador pela CDU, Rogério Raimundo, denunciou o problema, em outubro de 2013 e em setembro do ano passado, chamando a atenção para o perigo do buraco da antiga fábrica da Crisal, e a responsabilizar a autarquia por não fazer cumprir o compromisso assumido com o promotor de um empreendimento naquele local. Na última sessão pública da Câmara de Alcobaça, foi a vez da vereadora socialista Eugénia Rodrigues lembrar que o buraco da Crisal 2 Há pelo menos dois anos que os vereadores da oposição denunciam o que dizem ser um perigo no centro da cidade de Alcobaça: um buraco no local onde funcionou a antiga fábrica da Crisal, fundada em 1944 continua por tapar, contrariando o compromisso assumido. Segundo a vereadora, a situação está cada vez pior e é cada vez mais perigosa, com as proteções danificadas. Segundo o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, o último compromisso assumido pelo promotor do empreendimento tinha como prazo o final do ano passado, que no entanto não foi cumprido. A solução, frisou Paulo Inácio, passa por voltar a notificar o promotor para tapar o buraco e dar início à obra já aprovada. Se não for cumprido haverá muitas consequências, que, contudo, não especificou. AL Na Benedita, acaba de ser criada a Associação Benedita Solidária, uma iniciativa de um grupo de voluntários, no âmbito do trabalho desenvolvido pela comissão social de freguesia. O aparecimento desta nova associação de solidariedade fica a dever-se, segundo os promotores, à necessidade de prestar apoio financeiro de forma imediata aos pedidos de ajuda que se fazem sentir e para os quais nem sempre existe uma resposta célere. O grupo envolve instituições de apoio social local, escolas, Junta de Freguesia da Benedita e o próprio município de Alcobaça. Uma baleia com cerca de quatro metros deu à costa, segunda-feira à tarde, já sem vida, na Praia de Paredes da Vitória. Segundo o comandante da Capitania da Nazaré, Lourenço Gorricha, o animal encontrava-se já em estado de decomposição. Ainda segundo a Capitania da Nazaré, eram 16 horas quando alguns populares e um concessionário de um dos bares deu o alerta ao verem o animal a ser arrastado para a praia. Ao local compareceu a Polícia Marítima e técnicos do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos de Quiaios e da Câmara Municipal de Alcobaça. 14 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

15 Região // Aqui perto Pombal Junta de Pombal desafia idosos a saírem de casa Mercado entra na segunda fase de obras Idoso morre em incêndio, em Casais do Porto A Junta de Freguesia de Pombal vai organizar convívios descentralizados nas aldeias, para ocupar idosos que vivam sozinhos ou em situação de fragilidade. A medida insere-se no âmbito da Comissão Social de Apoio à Família, criada em finais de 2013 para apoiar os habitantes mais desfavorecidos da freguesia. Cerca de 200 pessoas em risco já foram identificadas. Há cada vez mais casos preocupantes, assume o presidente da Junta, Nascimento Lopes, lembrando que boa parte dos habitantes de Pombal vive fora do núcleo urbano. A freguesia tem 98 quilómetros quadrados e 20 mil habitantes. Muitos deles 200 Com a ajuda de instituições de solidariedade social e associações locais, a Junta de Freguesia de Pombal já identificou cerca de 200 pessoas em risco. O número poderá crescer, uma vez que o trabalho de levantamento ainda não está concluído vivem sozinhos, nas aldeias, explica. É a pensar nessas pessoas que, dentro de mais ou menos 15 dias, a Junta vai iniciar um projeto de animação e desenvolvimento cultural. Vamos passar a organizar convívios com regularidade. Vamos buscar as pessoas a casa de manhã e garantimos animação ao longo do dia, descreve Nascimento Lopes. O projeto é desenvolvido em parceria com instituições e associações locais, que ajudam a identificar os casos de risco. Além de combater o isolamento, a junta tem também vindo a fazer obras de reparação em habitações degradadas, acrescenta o autarca. SMF Estão concluídas as obras de ampliação do mercado municipal de Pombal, correspondentes à primeira fase dos trabalhos de remodelação daquela estrutura. Entretanto, a autarquia já arrancou com a segunda fase do projeto, no interior do edifício. Cinco lojistas que antes estavam na fachada principal do mercado foram transferidos para as novas lojas, na lateral. Entretanto, os vendedores com banca no interior do edifício passaram para o mercado dos agricultores para libertar espaço para as obras, informou a autarquia. Os trabalhos - um investimento de 842 mil euros - deverão estar concluídos até ao verão. Um homem de 85 anos morreu ontem, num incêndio numa habitação em Casais do Porto, freguesia do Louriçal. O idoso vivia sozinho e terá sido uma vizinha a dar o alerta para as chamas, às 10h58. Ao chegarem ao local, os bombeiros de Pombal encontraram o incêndio praticamente extinto e a vítima parcialmente carbonizada, junto à lareira, descreve o comandante, José Costa. As circunstâncias do acidente estão ainda por apurar até porque, apesar da idade, o idoso tinha boa mobilidade física, adianta o responsável. Uma filha da vítima, que entretanto se deslocou ao local, entrou em choque e teve de receber assistência médica. PUBLICIDADE CURSO DE LÍNGUAS E CULTURAS Conhece mais pessoas, sabe mais do mundo, fala mais línguas, junta-te ao SPEAK 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 15

16 Região // Aqui perto Nazaré Empréstimo de 7,5 milhões de euros trava penhoras à Câmara Forte de São Miguel está à venda Artur Ledesma O Governo acaba de adiantar à Câmara da Nazaré, através da Direção Geral do Tesouro e Finanças, o montante de 7,5 milhões de euros, como financiamento transitório. Dentro de 12 meses deverá ser aprovado o total do empréstimo do Fundo de Apoio Municipal (FAM), que poderá chegar aos 20 milhões. O despacho conjunto das secretarias de Estado da Administração Local e do Tesouro foi publicado esta segunda-feira no Diário da República, por coincidência no mesmo dia em que, na Nazaré, o secretário de Estado da Administração Local, António Amaro Leitão, explicou aos militantes do PSD as regras de financiamento daquele fundo. O governante frisou, segunda-feira, na sede do PSD da Nazaré, alguns imperativos da legislação sobre o FAM, nomeadamente a obrigação da autarquia solicitar o apoio em causa, por se encontrar na situação de desequilíbrio financeiro estrutural, face ao volume da dívida global. O valor agora atribuído está, no entanto, longe dos 18 milhões de euros que o presidente da Câmara da Nazaré, Walter Chicharro, considera necessário e urgente para a autarquia fazer face às dívidas e à pressão das ações de penhora, com que o município tem sido confrontado e que tem justificado a venda de alguns terrenos e imóveis. Além da ameaça das penhoras que já conduziu à perda de vários equipamentos e imóveis, o município tem ainda dívidas avultadas para com entidades públicas como a ADSE, a Caixa Geral de Aposentações, Segurança Social, Valorsul e 7,5 milhões de euros, foi o montante do empréstimo de urgência concedido pela Direção Geral do Tesouro e Finanças à Câmara Municipal da Nazaré, para fazer face às necessidades urgentes, como pagar a fornecedores e evitar algumas ações de penhora em Tribunal Águas do Oeste. O empréstimo agora concedido será pago em três fases. A primeira, que será entregue 15 dias depois da notificação do Tribunal de Contas, corresponde à maior tranche, no valor de 7,1 milhões de euros, seguindo-se outras duas no montante de 320,4 mil euros e 88 mil euros, respetivamente. A estas necessidades urgentes, a autarquia junta ainda os custos com o serviço da dívida e as comparticipações para o financiamento de fundos comunitários. Com um montante de cerca de 40 milhões de euros, a dívida da Câmara da Nazaré é três vezes superior à média das receitas correntes dos últimos três anos, que é de 13,4 milhões de euros, lê-se no relatório enviado pela autarquia para aprovação do FAM. O Forte de São Miguel, na Nazaré, é um dos 60 imóveis militares que o Governo pretende alienar, arrendar ou concessionar. O anúncio apanhou de surpresa o presidente da Camara da Nazaré, Walter Chicharro, que disse ao REGIÃO DE LEI- RIA estar em negociações com o Governo no sentido de se arranjar a melhor solução para o imóvel. Segundo o autarca da Nazaré, a última reunião foi no passado mês de outubro e a solução passava por uma concessão do imóvel à autarquia, em troca da recuperação do edifício. Para Walter Chicharro, a questão da alienação nunca foi colocada e muito menos a venda a outra entidade que não a Câmara. A compra pela autarquia é uma mera hipótese apenas por um preço simbólico, considera o autarca, que vai agora pedir esclarecimentos à Direção Geral do Tesouro. Comunidade de veados continua a crescer no Sítio Área de Localização Empresarial pronta em junho A comunidade de cervídeos continua a crescer no Sítio da Nazaré. Desta vez, e dado o espaço existente no Pinhal de Nossa Senhora da Nazaré, a autarquia vê-se obrigada a vender, em hasta pública, mais oito veados, por excederem o número de espécies autorizado no âmbito do alvará da autarquia e da Confraria, 15 no total. A licitação base de cada animal, sete machos e uma fêmea, é de 150 euros, e apenas poderão apresentar propostas na hasta pública os detentores de alvará de autorização, criação ou detenção de espécies cinegéticas em cativeiro. Visto Reis do Carnaval Delfina Santos e António João Maranhão (Perinhas) são os reis do Carnaval da Nazaré, este ano sob o mote Largarem Barques e Remes. Os reis foram escolhidos por indicação dos grupos de Carnaval. A rainha faz parte da comissão d As Alberquêras e do grupo carnavalesco As Maltezas. A apresentação é feita na próxima terça-feira, dia de São Brás. A Área de Localização Empresarial (ALE) de Valado dos Frades deverá ficar concluída no final do próximo mês de junho, se vier a ser cumprido o prazo de mais 221 dias concedidos à empresa responsável pela obra. A razão invocada pelo consórcio foi o atraso nos pagamentos, que terá colocado entraves na aquisição e aprovisionamento de materiais, bem como na imobilização de equipamento e mão-de-obra, necessários à conclusão da empreitada. A Câmara reconheceu a situação e acabou por aprovar a prorrogação do prazo por unanimidade, que termina a 30 de junho. 16 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

17 Região // Aqui perto Caldas da Rainha Hospital Termal concessionado à Câmara A Assembleia Municipal de Caldas da Rainha aprovou, por maioria, na semana passada, a concessão do Hospital Termal por 70 anos e do Parque e da Mata por um período de 50 anos. Os termos da aceitação correspondem à contraproposta feita pelo Governo à autarquia, que pretendia a concessão do Parque D. Carlos e da Mata Nacional também por um período de 70 anos, o que não foi aceite pela Direção Geral do Tesouro e Finanças. Findo aquele prazo, o património volta à propriedade do Estado. No passado dia 20 de janeiro, os deputados municipais do PSD, CDS-PP e Movimento Viver o Concelho (MVC) votaram a favor da aceitação das condições impostas pelo Governo, o PS absteve-se e a CDU votou contra. A solução pode, no entanto, ainda não ficar por aqui, já que o presidente da Câmara, Tinta Ferreira, defendeu a aprovação da contraproposta, mas quer continuar as negociações com o Governo. Segundo Tinta Ferreira, a intenção é passar o património para a posse da autarquia, de modo a poder apresentar uma candidatura a fundos comunitários e abrir um concurso internacional para a recuperação dos pavilhões do Parque. A decisão, frisou o autarca, acarreta alguns custos para o município, uma média de 25 mil euros em rendas, mas a maior despesa prende-se com os salários dos cerca de 20 funcionários do Hospital Termal, que ascendem a cerca de 30 mil euros mensais. No total, manter o Hospital Termal a funcionar e conservar o Parque e a Mata deverá custar à autarquia 50 O Governo propôs à Câmara de Caldas da Rainha a concessão do Parque D. Carlos e da Mata Nacional pelo período de 50 anos cerca de um milhão de euros por ano. A Câmara comprometese, ainda, a realizar obras no complexo do Hospital Termal no valor de 2,5 milhões de euros, durantes os primeiros três anos de concessão. AL MOLDES NOVA '2015 GERAÇÃO Praça da Fruta vai ter novo regulamento Motociclista morre em acidente Caldas quer ser cidade de afetos A Praça da Fruta vai ter um novo regulamento de utilização. O processo está em inquérito público, por um prazo de 30 dias, findo o qual o regulamento será discutido e aprovado pela Assembleia Municipal. O regulamento em vigor foi já aprovado pelo município em 1986, e encontra -se desajustado das necessidades atuais. A proposta de regulamento defende um uso multifacetado, sem prejudicar a sua essência do Mercado da Praça da Fruta, mas admitindo as mais diversas atividades, nomeadamente a instalação de esplanadas fora do horário do Mercado. Um acidente em Caldas da Rainha provocou, sábado, pelas 20 horas, a morte de um motociclista. O acidente resultou de um despiste numa das ruas da cidade quando um homem, de 46 anos de idade, embateu numa rotunda. A violência do primeiro embate na rotunda fez a vítima perder o capacete que, chocando depois contra uma árvore, numa altura em que já não tinha qualquer proteção na cabeça. A morte ter-se-á ficado a dever à gravidade dos ferimentos e à violência do embate. No local, estiveram os Bombeiros Voluntários de caldas da Rainha, que procuraram reanimar a vítima, mas sem sucesso. A apresentação pública e a assinatura de adesão ao Movimento Cidade dos Afetos acontece hoje, quinta-feira, às 17horas no salão nobre da Câmara de Caldas da Rainha. A iniciativa assenta no trabalho das escolas, mas pretende mobilizar toda a comunidade para o envolvimento em atividades que, através da componente afetiva, promovam o bem-estar e estilos de vida saudáveis. O projeto Movimento Cidade dos Afetos nasceu no Barreiro, no ano letivo , e estendeu-se a todos os concelhos do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte: Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos e Peniche. revista grátis com a próxima edição do

18 Região // Aqui perto Ansião Milhares de pessoas passaram pela Praça do Município no último domingo Feira dos Pinhões quer ser marca do concelho Sandra Mesquita Ferreira Ourém Uma multidão invadiu a vila de Ansião no último fim de semana para visitar a renovada Feira dos Pinhões. Em dois anos, a autarquia conseguiu transformar um mercado quase desconhecido numa estratégia de afirmação do concelho, orgulha-se o presidente da Câmara, Rui Rocha. Há vários séculos que a Feira dos Pinhões faz parte da identidade de Ansião. Porém, até 2013, o evento resumia-se a algumas bancas de venda de frutos secos e a animação promovida pelo município. No ano passado, a Câmara mudou de estratégia. Surgiu a oportunidade de termos o programa de televisão na feira e, ao pinhão, associámos dezenas de expositores de produtos endógenos, explica Rui Rocha. A alteração revelou-se uma aposta ganha e a edição deste ano veio confirmá-lo. A Praça do Município onde estavam as vendedoras de pinhão e o palco do programa Somos Portugal, da TVI esteve repleta de gente durante toda a tarde de domingo. E, nas ruas adjacentes à praça, onde estavam espalhados 50 expositores, era difícil circular. Conseguimos colocar a feira num patamar impensável há alguns anos, afirma Rui Rocha. Ansião tem condições para se tornar na capital do pinhão? Não temos produção no concelho, mas agora já há muita gente a associarnos ao pinhão. Pode ser que isto estimule a plantação de pinheiros mansos, responde Rui Rocha, que defende a continuidade da feira como incentivo à economia e aos produtores locais. Encant Ansião regressa em fevereiro Os primeiros castings do Encant Ansião concurso de talentos na área do canto, aberto a todos os alunos do concelho acontece a 7 de fevereiro, no Centro Cultural. As eliminatórias decorrem ao longo do ano letivo, culminando com um espetáculo final, a 8 de agosto, onde serão conhecidos os vencedores. Os temas terão obrigatoriamente de ser interpretados em português, de uma lista de 26 canções previamente preparada pela organização e que se encontra disponível no site da Câmara. Semana aberta na piscina Até ao próximo sábado, todos os interessados em conhecer os serviços da piscina de Ansião podem fazê-lo gratuitamente. Durante a semana aberta, as aulas de hidro-ginástica, aprendizagem, hidrosoft e hidro-reabilitação estão acessíveis a todos os curiosos, desde que tenham mais de 18 anos. Eduardo Sá em Ourém O psicólogo clínico Eduardo Sá vai estar em Ourém na sexta-feira, dia 30 para falar sobre o tema (In) Disciplina, (In) Sucesso escolar: o valor das regras. O também psicanalista, com vários livros e publicados na área da psicologia infantil, vai proferir uma conferência pelas 21horas no pavilhão multiusos da Escola Secundária de Ourém. Esta é uma iniciativa do Agrupamento de Escolas de Ourém, com destino à comunidade escolar e público em geral. A entrada é livre, mas carece de inscrição na página do agrupamento. Escola de hotelaria de Fátima aguarda apoios comunitários Cláudia Gameiro As jornadas de Mecânica, que decorreram na Escola Professional de Ourém (EPO), de 22 e 24 de janeiro e que contaram com a visita do secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, Fernando Egídio Reis, serviram de palco ao diretor executivo da INSIGNARE, Francisco Vieira, para pedir apoio político para a construção das novas instalações da Escola de Hotelaria de Fátima. O objetivo é terminar a construção do edifício até 2017, ano em que se celebra o centenário das Aparições de Fátima. Segundo explicou Francisco Vieira, que tutela a EPO e a EHF, os projetos de arquitetura e engenharia da nova escola estão em fase de desenvolvimento. Esta fase, acredita o diretor, deverá estar concluída antes do próximo Verão. Segue-se a candidatura aos apoios comunitários. Uma vez que o Estado tem manifestado receios em investir em novas infraestruturas, Francisco Vieira garante que tem tentado sensibilizar todos os decisores políticos para a singularidade, importância, autonomia e impacto no desenvolvimento económico e social que o projeto garante e, sublinha, é isso que continuaremos persistentemente a fazer. MASE ensina Como falar em público O Museu de Arte Sacra e Etnologia (MASE) vai promover uma nova edição do curso livre Como Falar em Público. O grande interesse na primeira iniciativa, assim como o elevado número de suplentes, motivaram esta decisão. A nova edição do curso decorre de 3 de fevereiro a 24 de março, no MASE, em Fátima. As aulas são lecionadas por Arminda Bandeira, formada em Gestão de Recursos Humanos. A formação está organizada em sete sessões, que decorrem às terças-feiras, das 18h30 às 20h30. Há apenas 25 vagas. 18 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

19 Desporto Perspetiva Manter a doença ativa Imagina-se a comer, beber e dormir futebol? É o que pode fazer no Hotel Football, um negócio criado por dois antigos jogadores do Manchester United, Gary Neville e Ryan Giggs, juntamente com Philip Neville, Nicky Butt e Paul Scholes, cuja inauguração está prevista para março. O espaço é o vizinho mais próximo do estádio do clube inglês e pretende receber famílias e adeptos. Se o esférico não é o seu forte, então esta não é decididamente uma opção para si. Senão repare. Os menus são compostos por comida de bola, isto é, hambúrgueres, cachorros, snacks,...; os quartos têm um tema alusivo às quatro linhas; o 11º andar é um tapete de relva onde pode jogar uma partida com amigos, com vista panorâmica sobre a cidade. Pode também cruzar-se com estrelas do mundo do futebol ou comer um bolo de chocolate com o corner desenhado. Quando a carreira acaba e os toques na bola já não são possíveis, nem em treinos, esta foi uma alternativa interessante para não desligar da doença. Falta saber quanto tempo demoraram os cerca de 650 milhões de adeptos do Manchester United a conseguir uma reserva. (http://www.hotelfootball.com/) Marina Guerra Miguel Marques, atleta da Juventude Vidigalense, conseguiu novo recorde distrital: 7,29 metros Foto de arquivo: ADAL Atletismo Miguel Marques supera campeão olímpico Recorde Atleta da Juventude Vidigalense estabelece nova marca pessoal e distrital sub-23. Clube alcança melhor resultado de sempre em fase de apuramento, com dois segundos lugares Marina Guerra Três centímetros. É esta a distância entre o primeiro e o segundo classificados no salto em comprimento do Campeonato Nacional de Clubes - Apuramento, disputado no último domingo na pista coberta da Expocentro. Miguel Marques, atleta da Juventude Vidigalense (JV), foi o melhor entre todos os atletas que participaram na prova (em Pombal e em Braga) e ficou à frente de, nada mais nada menos, do que Nélson Évora. O feito enche-o de orgulho, mais pela meta pessoal alcançada do que por ficar à frente do campeão olímpico de triplo salto português. Esta era a terceira época em que não batia o meu recorde pessoal [7,28 metros], pelo que dá um gosto especial. Além de ter ficado em primeiro em Pombal fui também o melhor atleta nacional no salto em comprimento, explica. Miguel Marques tem 19 anos, é de Leiria e está há um ano a viver no Centro de Alto Rendimento do Jamor. Acredita que a mudança veio ajudar a melhorar o seu desempenho desportivo. Em Leiria não levava muito a sério o atletismo e acabava sempre por ter mais distrações. Aqui, no Jamor, estar a treinar perto de atletas de renome como o Francis Obikwelu, entre outros, fez-me ver que podia chegar mais longe. É isso que tento fazer diariamente, refere. 4 equipas da região vão disputar a final do Nacional de Clubes. Na I divisão, a Juv. Vidigalense estará em masculinos e femininos. Na II divisão atuarão o Clube de Atletismo da Marinha Grande (femininos) e o At. Vermoil (masculinos) Sem entrar em loucuras, e porque o triplo salto está colocado um pouco de lado - ainda não tenho estofo para saltar o que gostaria - as energias estão concentradas na corrida, impulso, voo e queda. No Campeonato de Portugal (14 e 15 de fevereiro, em Pombal), Miguel Marques gostava de repetir o resultado de campeão nacional - e uma semana depois, na final nacional de clubes, ajudar a Juventude Vidigalense a conquistar o pódio com o máximo de pontos possível. Se der o meu melhor, vou ajudar o clube. Por isso, primeiro penso em bater-me a mim próprio e depois ganhar aos outros, entende. Em fase de apuramento, o resultado obtido pela Juventude Vidigalense é o melhor de sempre. Em masculinos, o clube foi superado apenas pelo Benfica, enquanto nos femininos, só o Sporting ultrapassou a potência leiriense. Pela JV, também Rúben Silva ficou em primeiro nos metros, enquanto Ricardo Mendes (altura) e Adriano Lopes (peso) conseguiram a terceira posição. Em femininos, Micaela Lopes venceu os 800 metros. Houve ainda três segundos lugares e três terceiras classificadas, uma delas com recorde distrital de juniores, sub-23 e seniores de pista coberta, no triplo salto. Evelise Veiga conseguiu 12,25 metros. 29 janeiro, 2015 Região de Leiria 19

20 Oxigénio Alvados é o próximo destino do grupo Caminhar em Portugal Classificações Futebol e modalidades O convite é para um passeio pedestre com subidas difíceis (nível 4+, de 1 a 5), de desnível acumulado de 870 metros, por trilhos técnicos e caminhos rurais e uma distância de 18 km. O grupo Caminhar em Portugal organiza no próximo sábado, dia 31, uma atividade na serra dos Candeeiros, na localidade de Alvados, concelho de Porto de Mós. O encontro está marcado para as 8h45 junto à igreja/centro social de Alvados e prolonga-se até às 16 horas. Inscrições em ou NEL e autarquia de Leiria traçam rede de percursos pedestres Dar a conhecer ainda mais o concelho de Leiria é o objetivo da Rede de Percursos Pedestres que a Câmara de Leiria, juntamente com o Núcleo de Espeleologia de Leiria (NEL), vai levar para o terreno a partir de 8 de fevereiro, na Mata dos Marrazes. A iniciativa pretende desafiar a população para a prática de exercício e vai percorrer todas as freguesias do concelho nos próximos dois anos. Os percursos serão realizados com guias e têm início às 9h30 junto à igreja paroquial da sede de freguesia. Informações adicionais através do ou Calendário de fevereiro: Marrazes - Mata dos Marrazes 12 de abril: Santa Eufémia Lapedo 10 de maio: Leiria Fátima, Rota do Peregrino 14 de junho: Praia do Pedrógão Coimbrão 9 de agosto: Monte Real - rio Lis 11 de outubro: Cortes - Maunça 13 de dezembro: Arrabal - Curvaxia 2016 Serão promovidos os restantes percursos correspondentes às 18 freguesias que integram o concelho de Leiria Futebol Honra Distrital - Sen. Masculinos 16ª jornada AD Portomosense 0 ID Vieirense 1 ARD Moita do Boi 1 GDRC Unidos 1 CCAnsião 1 GD Nazarenos 2 Alqueidão Serra 1 GRAP/Pousos 0 CD Pataiense 2 SCL Marrazes 1 GD Pelariga 1 A Beneditense CD 0 GD Peniche 4 GD Alvaiázere 0 Ginásio Alcobaça 3 GD Guiense 2 J V E D GM-GS P 1 GRAP/Pousos SCL Marrazes GD Peniche Gin. Alcobaça GD Guiense ID Vieirense GD Pelariga GD Nazarenos Moita do Boi Alq. Serra Beneditense GD Alvaiázere CC Ansião CD Pataiense GDRC Unidos Portomosense ª jornada ( ) A Beneditense CD - CCR Alqueidão da Serra GD Alvaiázere - GD Pelariga GD Guiense - CD Pataiense GD Nazarenos - GD Peniche GDRC Unidos - AD Portomosense Ginásio Alcobaça - GRAP/Pousos ID Vieirense - CC Ansião SCL Marrazes - ARD Moita do Boi I Divisão Distrital - Sen. Masculinos 15ª jornada - Série A ACD Caseirinhos 3 AD Ranha 2 Arcuda 2 Figueiró Vinhos 2 Rec. Pedroguense 1 ACR Almagreira 0 Mata Mourisca 4 AR Meirinhas 1 Série B At. Marinhense 2 GD Santo Amaro 1 Alegre e Unido 3 Motor Clube 1 GD Vidreiros 1 SL Marinha 1 GDR Boavista 0 GD Ilha 0 13ª Jornada - Série C ACR Nadadouro 2 GD Atouguiense 2 AE Óbidos 4 UR Mirense 0 SU Alfeizerense 0 Bombarralense 2 União da Serra 0 ACR Maceirinha 1 J V E D GM-GS P Série A 1 AC Avelarense R. Pedroguense Mata Mourisca Caseirinhos Fig. Vinhos Arcuda Almagreira AD Ranha AR Meirinhas Série B 1 SL Marinha GDR Boavista CDR Outeirense GD Ilha Alegre e Unido At. Marinhense GD Vidreiros Santo Amaro Motor Clube Série C 1 ACR Maceirinha AE Óbidos Bombarralense União da Serra Alfeizerense ACR Nadadouro GD Atouguiense UR Mirense ª jornada ( ) - Série A AD Figueiró dos Vinhos - Rec. Pedroguense AD Ranha - Arcuda AR Meirinhas - ACD Caseirinhos AC Avelarense - URDC Matamourisquense Série B CDR Outeirense - GDR Boavista GD Ilha - SL Marinha GD Santo Amaro - GAU/Alegre e Unido GD Vidreiros - At. Marinhense 14ª Jornada Série C ( últ. jornada) ACR Maceirinha - SU Alfeizerense GD Atouguiense - União da Serra SCE Bombarralense - AE Óbidos UR Mirense - ACR Nadadouro Futsal I Divisão Nacional - Sen. Masculinos 18ª jornada Boavista 5 SL Olivais 4 Póvoa Futsal 2 AD Fundão 7 Rio Ave 1 Sp. Braga 3 Burinhosa 3 Belenenses 2 Leões Porto Salvo 1 Sporting 2 Benfica 7 Unid. Pinheirense 1 Dram. Cascais 5 Modicus 5 J V E D GM-GS P 1 Benfica Sp. Braga Sporting AD Fundão SL Olivais Modicus Burinhosa Leões Porto S Dram. Cascais Boavista Belenenses Póvoa Futsal Rio Ave Un. Pinheirense ª jornada ( ) AD Fundão - Burinhosa (16 horas) Sp. Braga - Benfica SL Olivais - Leões Porto Salvo Modicus - Póvoa Futsal Sporting - Rio Ave Unidos Pinheirense - Dram. Cascais Belenenses - Boavista II Divisão Nacional - Sen. Masculinos 13ª jornada CD Fátima 1 Eléctrico 4 Ass. Soujovem 4 Vila Verde 8 Olho Marinho 3 Miranda do Corvo 2 A. Caranguejeira 3 B. Boa Esperança 4 Casal Velho 4 AR Amarense 2 J V E D GM-GS P 1 Vila Verde AR Amarense CD Fátima Boa Esperança Olho Marinho Casal Velho Eléctrico Caranguejeira Miranda Corvo Ass. Soujovem ª jornada ( ) Bairro Boa Esperança - CD Fátima (17 horas) Vila Verde - Ac. Caranguejeira (17 horas) Eléctrico - Casal Velho (18 horas) AR Amarense - Olho Marinho (18h30) Hóquei em patins III Divisão Nac. - Sen. Masculinos - Centro 12ª jornada SC Beira-Mar 8 Juv. Ouriense 2 ACR Santa Cita 1 ACRP Vouga 2 AA Coimbra 10 HC Santarém 4 HC Paço de Rei 2 CA Feira 2 Sp. Marinhense 13 FC Oliv. Hospital 5 Hóquei PDL 2 Vila B. Bispo 5 J V E D GM-GS P 1 Académica C Vila B. Bispo Acd. Feira Sp. Marinhense ACRP Vouga HC Paço Rei Beira-Mar HC PDL ACR Santa Cita HC Santarém FC Oliv. Hospital Juv. Ouriense ª jornada ( ) Vila B. Bispo - SC Beira-Mar Juv. Ouriense - ACR Santa Cita ACRP Vouga - AA Coimbra HC Santarém - HC Paço de Rei CA Feira - Sp. Marinhense (18h30) FC Oliv. Hospital - Hóquei PDL Andebol I Divisão Nacional - Seniores Femininos 14ª jornada CA Leça 33 ARC Alpendorada 23 MaiaStars 20 JAC Alcanena 24 Juve Lis 26 Alavarium 27 Passos Manuel 26 Colégio Gaia 32 J V E D GM-GS P 1 Madeira SAD C. João Barros Alavarium JAC Alcanena Colégio Gaia MaiaStars CS Madeira Juve Lis CA Leça Alpendorada Passos Manuel Juventude Mar ª jornada ( ) Juve Lis - Juventude Mar (16 horas) Madeira SAD - JAC Alcanena Colégio Gaia - CA Leça Alpendorada - Col. João Barros (19 horas) CS Madeira - Passos Manuel Alavarium - MaiaStars II Divisão Nacional - Seniores Masculinos 16ª jornada ADC Benavente 28 Vitória FC 27 GS Loures 26 Almada AC 19 CDE Camões 30 Samora Correia 19 Boa Hora FC 29 Alto Moinho 21 Ílhavo AC 20 AC Sismaria 24 Vela Tavira 18 CD Marienses 23 SL Benfica B 28 IFC Torrense 20 J V E D GM-GS P 1 Boa-Hora FC SL Benfica B CD Marienses CDE Camões AC Sismaria ADC Benavente GS Loures IFC Torreense Almada AC Ílhavo AC Vitória FC Alto Moinho Vela Tavira Samora Correia ª jornada ( ) CD Marienses - ADC Benavente Vitória FC - GS Loures Almada AC - CDE camões IFC Torrense - Boa-Hora FC CCR Alto Moínho - Ílhavo AC AC Sismaria - Vela Tavira (19 horas) Samora Correia - SL Benfica B 20 Região de Leiria 29 janeiro, 2015

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) Neste orçamento, o Município ajustou, as dotações para despesas de investimento, ao momento de austeridade que o país

Leia mais

Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA.

Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA. CIP FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA UM NOVO PASSO Seminário 16 de abril de 2012 Intervenção do Presidente da CIP Bem vindos a este novo passo do projeto CIP - FAZER ACONTECER A REGENERAÇÃO URBANA.

Leia mais

Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014

Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014 Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014 Representação Externa No período em análise no âmbito das suas funções, a Presidente da Junta

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 05 FEVEREIRO DE 2014

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 05 FEVEREIRO DE 2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 05 FEVEREIRO DE 2014 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta da Vice-Presidente, Senhora Dr.ª Felícia Maria Cavaleiro

Leia mais

Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014. 1. Projeto Eco-Escolas

Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014. 1. Projeto Eco-Escolas Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014 1. Projeto Eco-Escolas O início do ano letivo escolar 2014/2015 fica desde já marcado, a nível ambiental, pela atribuição de 19

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Oeste. Conselho Executivo

Comunidade Intermunicipal do Oeste. Conselho Executivo 79 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO EXECUTIVO DA COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO OESTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE MAIO DE DOIS MIL E DOZE -----Aos nove dias do mês de maio de dois mil e doze, pelas catorze

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MONTIJO (CMEM) PERÍODO 2013-2017

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MONTIJO (CMEM) PERÍODO 2013-2017 REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MONTIJO (CMEM) PERÍODO 2013-2017 Aprovado em reunião do CMEM realizada em 9 de abril de 2014 Artigo 1º Noção e Objetivos O Conselho Municipal de Educação,

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente MENSAGEM DO PRESIDENTE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2014 www.cm-estarreja.pt Os documentos relativos ao Relatório de Atividades e Prestação de Contas 2014 do município de Estarreja têm, como

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta dos Vereadores Senhores Dr. José Polido, Alberto

Leia mais

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA

VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA CAPA VINTE E OITO ANOS DE HISTÓRIA Uma região Uma cidade Muitas vontades Alfredo da Silva 1987-1990 Luis Filipe 1991-1996 Luis Veiga 1997-2002 João Fernandes Antunes 2003-2008 Jorge Martins 2009-2011 Vitor

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA * Ata da Reunião de 11.03.2014. Ata N.º1 /2014

CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA * Ata da Reunião de 11.03.2014. Ata N.º1 /2014 Ata N.º1 /2014 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA, REALIZADA NO DIA 11 DE MARÇO DE 2014: Aos onze dias do mês de março do ano dois mil e catorze, na Cidade de Peniche e no Auditório do Edifício

Leia mais

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013 Série Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Aviso n.º 165/2013 Lista unitária de ordenação final do procedimento

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ATA N.º 04/2014 27 DE NOVEMBRO - EXTRAORDINÁRIA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL REALIZADA NO DIA 27 DE NOVEMBRO DE 2014 (Contém 04 páginas) ESTIVERAM PRESENTES

Leia mais

ACTA Nº 24 Acta da Sessão extraordinária do dia 18 de Março de 2005 -------- Aos dezoito dias do mês de Março de dois mil e cinco, pelas vinte horas

ACTA Nº 24 Acta da Sessão extraordinária do dia 18 de Março de 2005 -------- Aos dezoito dias do mês de Março de dois mil e cinco, pelas vinte horas ACTA Nº 24 Acta da Sessão extraordinária do dia 18 de Março de 2005 -------- Aos dezoito dias do mês de Março de dois mil e cinco, pelas vinte horas e cinquenta e cinco minutos, no Edifício dos Paços do

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS RELATÓRIO DE ATIVIDADES E CONTAS 2014 INDÍCE 1. INTRODUÇÃO 2. VOTOS DE AGRADECIMENTO 3. PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DO MINIGOLFE E APOIO PARA FORMAÇÃO NOS CLUBES 4. ORGANIZAÇÃO DE ESTRUTURAS DE APOIO ÀS

Leia mais

ATA N.º 20/2015. Ata da Reunião Ordinária de 5/10/2015 Página 1 de 7

ATA N.º 20/2015. Ata da Reunião Ordinária de 5/10/2015 Página 1 de 7 ATA N.º 20/2015 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE CINCO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E QUINZE. ------------------------------------------------------- ----- Aos cinco dias do mês de outubro

Leia mais

Câmara Municipal de Almeirim

Câmara Municipal de Almeirim Câmara Municipal de Almeirim Programa de Adesão SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 16 a 22 de Setembro de 2007 P r o g r a m a 1 - Aderindo à ECOTROCA ganhe viagens nos TUA (durante toda a semana): - Aderindo

Leia mais

gescar md-sgq-24 MD-OI-24A REV03 13/04/15

gescar md-sgq-24 MD-OI-24A REV03 13/04/15 gescar md-sgq-24 MD-OI-24A REV03 13/04/15 Ficha Técnica CARLOS MANUEL SILVA SANTOS CONTABILIDADE, AUDITORIA E GESTÃO, LDA. MARCA REGISTADA: GESCAR SEDE: Rua Dr. David Mourão Ferreira, nº 9, Apartado 80,

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta do Senhor Presidente e do Vereador Senhor Eng.º Sérgio Manuel

Leia mais

REABILITAÇÃO URBANA E ARRENDAMENTO: OPORTUNIDADES DO NOVO REGIME JURÍDICO. Conferência na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

REABILITAÇÃO URBANA E ARRENDAMENTO: OPORTUNIDADES DO NOVO REGIME JURÍDICO. Conferência na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa REABILITAÇÃO URBANA E ARRENDAMENTO: OPORTUNIDADES DO NOVO REGIME JURÍDICO Conferência na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa 18 de maio de 2012 Intervenção do Presidente da CIP Minhas Senhoras

Leia mais

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA INSTITUTO DA CONSTRUÇÃO E DO IMOBILIÁRIO IISEMANA DARE- ABILITAÇÃO ASSIMFOI URBANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA C o n f e r ê n c i a s E x p o s i

Leia mais

ATA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2014

ATA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2014 ATA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2014 Aos vinte e dois dias do mês de março de dois mil e catorze, pelas quinze horas e dez minutos, reuniu, em segunda convocatória, a Assembleia Geral Ordinária da Confederação

Leia mais

A REABILITAÇÃO URBANA NO CONTEXTO REGIONAL - PERSPECTIVAS DE FUTURO

A REABILITAÇÃO URBANA NO CONTEXTO REGIONAL - PERSPECTIVAS DE FUTURO A REABILITAÇÃO URBANA NO CONTEXTO REGIONAL - PERSPECTIVAS DE FUTURO 24 de Outubro 14h30 A Reabilitação Urbana no Contexto Regional - Perspectivas de futuro VIVERA REABI LITAÇÃO DE 23 A 25 OUTUBRO 2014

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr. JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.ª Guadalupe Tel. e Fax: 266 781 165 Tel.: 266 747 916 email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS --------------------------ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-------------------------- -----------------------------------------------------ATA Numero Quatro-------------------------------------------

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

Das conclusões da 10.ª Assembleia de Crianças:

Das conclusões da 10.ª Assembleia de Crianças: Das conclusões da 10.ª Assembleia de Crianças: Ouvir as crianças lutar pelo fim da escravatura de crianças no mundo 41.ª ASSEMBLEIA-GERAL Braga, 28 de Março de 2015 Relatório de Atividades - 2014 INTRODUÇÃO

Leia mais

SOJORMEDIA, SGPS, SA

SOJORMEDIA, SGPS, SA SOJORMEDIA, SGPS, SA SOJORMEDIA, SGPS, SA A Sojormedia SGPS, SA é um grupo de empresas que opera na zona centro do país. Entre elas estão as empresas responsáveis pela edição de semanários regionais nos

Leia mais

Manual do Membro 2013

Manual do Membro 2013 2013 Índice Página 1.. Feed Performance Club 1.1 O que é o Feed Performance Club? 1.2 Quais os objetivos? 1.3 Exemplos de temáticas e convidados palestrantes 1.4 A quem se destina? 1.5 Quando e onde nos

Leia mais

Programa escolar de sensibilização do empreendedorismo

Programa escolar de sensibilização do empreendedorismo Newsletter ENQUADRAMENTO A presente newsletter, é uma componente do Plano de Ação Territorial para a Promoção do Empreendedorismo na CIMPL 2011-2015, cujo objetivo é o de divulgar e promover a visibilidade

Leia mais

1.ª REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2013

1.ª REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2013 1.ª REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 22 DE OUTUBRO DE 2013 A Câmara reconhecendo a urgência de deliberação deliberou, por unanimidade, apreciar o seguinte assunto não incluído na

Leia mais

FDU JESSICA/CGD A INICIATIVA COMUNITÁRIA JESSICA. Figueira da Foz, Julho de 2014. Caixa Geral de Depósitos 2014 JULHO I 1

FDU JESSICA/CGD A INICIATIVA COMUNITÁRIA JESSICA. Figueira da Foz, Julho de 2014. Caixa Geral de Depósitos 2014 JULHO I 1 FDU JESSICA/CGD A INICIATIVA COMUNITÁRIA JESSICA Figueira da Foz, Julho de 2014 Caixa Geral de Depósitos 2014 JULHO I 1 O novo modelo de actuação no negócio imobiliário JESSICA (Joint European Support

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3

EDITORIAL OUTUBRO 2015. Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2. ULS Nordeste é das melhores do país 3 Serviço de Medicina Intensiva tem novas instalações 2 ULS Nordeste é das melhores do país 3 1,2 milhões de euros para investimentos 3 Sessões musicais na Unidade de Cuidados Paliativos 4 UCC de Mirandela

Leia mais

Descoberta identidade

Descoberta identidade Descoberta identidade do segundo beneficiário das transferências de Rosalina Caso Feteira Acusação do Ministério Público brasileiro diz que os desvios de dinheiro estiveram na origem do crime de que é

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 204 Nos termos da Lei n.º 2-A/2008, de 27 de Fevereiro SECÇÃO DE APOIO E DE COORDENAÇÃO GERAL (Capitulo III do Regulamento da Organização dos Serviços)

Leia mais

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA N.º 27/2014

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA N.º 27/2014 ATA N.º 27/2014 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 23 DE DEZEMBRO DE 2014. ----------------------------------------------------------------------- ----- Aos vinte e três dias do mês

Leia mais

ATA Nº 01/12 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social (CLAS)

ATA Nº 01/12 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social (CLAS) ATA Nº 01/12 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social (CLAS) Data: 26-01-2012 Local: Auditório do Edifício Cultural da Câmara Municipal de Peniche Hora de início: 21h15mn Hora do fecho: 23h30mn

Leia mais

MÉDICOS DA TROPA SUSPEITOS DE CORRUPÇÃO P.4

MÉDICOS DA TROPA SUSPEITOS DE CORRUPÇÃO P.4 MÉDICOS DA TROPA SUSPEITOS DE CORRUPÇÃO P.4 Polícia Judiciária Militar investiga empresa de Massamá ligada a negócio de cirurgias de urologia em unidades do setor privado MÉDICOS DO HOSPITAL M lutar DESVIAM

Leia mais

Projeto de Alteração ao Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento Nota Justificativa

Projeto de Alteração ao Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento Nota Justificativa Projeto de Alteração ao Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento Nota Justificativa O Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento entrou em vigor a 15/01/2015, após aprovação pela Câmara Municipal

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

Apresentação da Empresa Company Presentation

Apresentação da Empresa Company Presentation Apresentação da Empresa Company Presentation Página 2 Página 3 Página 4 Página 6 Identificação Historial A ELBAI... Obra Realizada Galeria Fotográfica Identificação da Empresa Uma empresa do grupo ELBAI

Leia mais

ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Ao décimo primeiro dia do mês de março de dois mil e treze, pelas nove horas e trinta minutos, no edifício da Junta de Freguesia de Viana do Alentejo, reuniu o Conselho

Leia mais

Aldeia com 200 habitantes chama povo a decidir sobre obras a realizar em 2012 port...

Aldeia com 200 habitantes chama povo a decidir sobre obras a realizar em 2012 port... Page 1 of 5 vox super feed de notícias Início Categorias Estatísticas Actualizar Adicionar aos favoritos Terça-feira, 15 Novembro 2011 Actualidade Desporto Portugal Sociedade Média Internacional Economia

Leia mais

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 13 DE MAIO DE 2015

EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 13 DE MAIO DE 2015 EDITAL PUBLICITAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL TOMADAS NA SUA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 13 DE MAIO DE 2015 JOSÉ GABRIEL CALIXTO, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, em conformidade

Leia mais

Inovação pode poupar. dinneiro

Inovação pode poupar. dinneiro Textos ANA SOFIA SANTOS Fotos PAULO VAZ HENRIQUES novação disruptiva é "aquela que permite tornar bens e serviços complexos e caros em bens e serviços simples e baratos". Marta Temido, presidente da presidente

Leia mais

INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»?

INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»? INTRODUÇÃO O QUE É O PLANO «SALATIA»? No actual cenário económico-financeiro do Mundo e do País, é obrigação de todas as entidades públicas, à sua escala, promoverem medidas de apoio às empresas e às famílias

Leia mais

Espaço escolar. Transporte escolar. ATL centro lúdico

Espaço escolar. Transporte escolar. ATL centro lúdico Como em anos anteriores, continuamos a dar todo o nosso apoio, possível, no dia à dia da comunidade escolar, nas suas atividades e com a proximidade da quadra do Natal, fizemos questão de dar a toda a

Leia mais

RESUMO IMPRENSA. Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

RESUMO IMPRENSA. Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009 RESUMO IMPRENSA Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009 JORNAL DE NEGÓCIOS 1. Gabinete de Sócrates acusado de ameaçar gestor do PSD. Houve abordagens do gabinete de Sócrates para que Alexandre Relvas medisse

Leia mais

INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA

INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA Parcerias Comunitárias INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA FORMAÇÃO 10 de abril de 2014, Biblioteca Almeida Faria Montemor-o-Novo A formação em Intervenção Comunitária procura aprofundar e dar a conhecer novos conceitos,

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011.

ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011. ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011. *A1* Aos 8 dias do mês de Novembro do ano 2011, nesta Cidade de Trancoso e sala das sessões dos Paços do Município,

Leia mais

15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas

15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas Presidência 15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas A 15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas realizou-se no dia 29 de julho, nos Paços de Concelho Quinta da Memória, com a

Leia mais

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio.

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio. Missão Empresarial Moçambique 28 agosto 3 setembro 2014 Moçambique: porta de entrada na África Austral Moçambique é hoje um mercado em expansão com mais de 24 milhões de consumidores, que tem vindo a registar

Leia mais

16 JANEIRO 2013 A T A Nº. 2/2013

16 JANEIRO 2013 A T A Nº. 2/2013 16 JANEIRO 2013 A T A Nº. 2/2013 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA REALIZADA NO DIA 2 DE JANEIRO DE 2013. --------------- - - - Aos dezasseis dias de janeiro do ano dois mil e treze,

Leia mais

PLANO E ORÇAMENTO 2014

PLANO E ORÇAMENTO 2014 PLANO E ORÇAMENTO 2014 Junta de Freguesia Assembleia de Freguesia Em reunião de 02 de Dezembro de 2013 Em sessão de 16 de Dezembro 2013 Plano e Orçamento 2014 Página 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 EXECUÇÃO E

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 I Apresentação O BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VIANA DO CASTELO, continuou em 2014 a sua política interna para fazer mais, com menos, prestando um serviço público, contratualizado

Leia mais

Ata n.º 13/2015 de 01/07/2015

Ata n.º 13/2015 de 01/07/2015 --------------------------------------- ATA N.º 13/2015 --------------------------------------- -------- Ao dia 1 do mês de julho de 2015, pelas 10h, no Salão Nobre dos Paços do Município de Celorico da

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/05/2002 (Contém folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

NEWSLETTER. Nesta Edição. Não pode haver maior dom do que o de dar o próprio tempo e energia para ajudar os outros, sem esperar nada em troca.

NEWSLETTER. Nesta Edição. Não pode haver maior dom do que o de dar o próprio tempo e energia para ajudar os outros, sem esperar nada em troca. A R O NEWSLETTER BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME - COIMBRA JANEIRO 2014 Após algum tempo, reaparece hoje o órgão de informação do Banco Alimentar Contra a Fome Coimbra, A BROA. Tendo em conta a generalização

Leia mais

mobilis > Página 1 a 3 > Página 4 a 5 Estimado Cliente,

mobilis > Página 1 a 3 > Página 4 a 5 Estimado Cliente, Estimado Cliente, Nas próximas páginas pode consultar os horários do Mobilis e das Urbanas de Leiria, os dois serviços de transporte que compõe a rede de transportes da Cidade de Leiria. mobilis CIRCULAR

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo Cecília Branco Programa Urbal Red 9 Projecto Orçamento Participativo Reunião de Diadema Fevereiro 2007 A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento Participativo Município

Leia mais

A FORMAÇÃO FINANCEIRA NO APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

A FORMAÇÃO FINANCEIRA NO APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Programa provisório A FORMAÇÃO FINANCEIRA NO APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Dia da Formação Financeira 2015 A 30 de outubro o Plano Nacional de Formação Financeira dinamiza a quarta edição do Dia da

Leia mais

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Resolução n.º 684/XII/2.ª. Financiar o investimento para dever menos

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Resolução n.º 684/XII/2.ª. Financiar o investimento para dever menos Projeto de Resolução n.º 684/XII/2.ª Financiar o investimento para dever menos Em Março de 2009 o do PCP apresentou o Projeto de Resolução nº 438/X Medidas de combate à crise económica e social que, entre

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE DOIS/DUAS INVESTIGADORES/AS DOUTORADOS/AS EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES

CONTRATAÇÃO DE DOIS/DUAS INVESTIGADORES/AS DOUTORADOS/AS EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES CONTRATAÇÃO DE DOIS/DUAS INVESTIGADORES/AS DOUTORADOS/AS EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES a. Descrição do Concurso: O Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, Laboratório Associado

Leia mais

II Caminhada Entre Gerações

II Caminhada Entre Gerações II Caminhada Entre Gerações Âmbito: Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações Tourigo 12 de maio de 2013 CAMINHAR ENTRE GERAÇÕES O idoso não perde talento com o tempo, não perde nada. O jovem

Leia mais

Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo.

Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo. As Dinâmicas Regionais e os seus atores Conhecer para estruturar e promover o sector do Turismo. I.P.L. 26.10.2011 Praia do Osso da Baleia Trilhos de Interpretação da Natureza - Projecto Ecomatur I - Trilho

Leia mais

ANTES DA ORDEM DO DIA

ANTES DA ORDEM DO DIA Agenda da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Lamego "Segunda-Feira, 16 de fevereiro de 2015" ANTES DA ORDEM DO DIA 01- Listagem mensal das despesas autorizadas em janeiro de 2015 02- Cirurgia de

Leia mais

I - Exposição de motivos

I - Exposição de motivos Projeto de Resolução n.º 14/XIII/1ª Recomenda ao Governo a criação de um programa de desenvolvimento social I - Exposição de motivos «Nos últimos quatro anos, Portugal viveu uma situação excecional e venceu-a;

Leia mais

Eco Demo Demolições Ecologia e Construção, SA

Eco Demo Demolições Ecologia e Construção, SA Eco Demo Demolições Ecologia e Construção, SA ÍNDICE INTRODUÇÃO...4 POLÍTICA DE QUALIDADE AMBIENTE E SEGURANÇA...5 PORTFÓLIO Demolições e Remoção de Amianto Escola Básica e Secundária Drº Pascoal José

Leia mais

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido.

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2015 ÍNDICE Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. Ações Educação e Formação 2 Ação Social 3 Gestão Participada e Finanças 4 Saúde 5 Desporto 5 Juventude 6 Cultura 6 Turismo

Leia mais

Ata n.º 14/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 27 de julho de 2015, pelas 14,30 horas.

Ata n.º 14/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 27 de julho de 2015, pelas 14,30 horas. A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 57.º da Lei n.º75/2013, de 12 de Setembro, aprovar em minuta o texto das seguintes deliberações Ponto 1.. Período de Antes da Ordem do Dia /

Leia mais

UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014

UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014 UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014 12/11/2014 (Executivo) Aos doze dias do mês de Novembro de dois mil e catorze, pelas vinte e uma horas, na Sede da União

Leia mais

Informação oficial EDITAL N.º 50/2014 EDITAL N.º 61/2014 Nuno José Gonçalves Mascarenhas, Presidente da Câmara Municipal de Sines, ao abrigo do n.º 1 do art.º 56.º da Lei 75/2013 de 12 de setembro, torna

Leia mais

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda.

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. RELATÓRIO DE GESTÃO Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. 2012 ÍNDICE DESTAQUES... 3 MENSAGEM DO GERENTE... 4 ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO... 5 Economia internacional... 5 Economia Nacional... 5

Leia mais

Parlamento dos Jovens

Parlamento dos Jovens Parlamento dos Jovens Nos passados dias 4 e 5 de maio, jovens do 3º ciclo de todo o país e fora da Europa encontraram-se no Palácio de São Bento, em Lisboa, no seguimento dos trabalhos relativos ao projeto

Leia mais

Semana Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social 10 a 19 de outubro de 2015

Semana Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social 10 a 19 de outubro de 2015 0 a 9 de outubro de 05 Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social * I Descrição do Projeto O Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social (AECPES), celebrado em 00, teve como objetivo reafirmar

Leia mais

Ex.ª Srª. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal

Ex.ª Srª. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal Ex.ª Srª. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal Exm.º Sr. Presidente da Câmara Exmos. Srs. Vereadores Caros Colegas Ilustres presentes Relativamente à proposta 313 de 2014, que visa apreciar as Demonstrações

Leia mais

LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013

LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013 LISTA DE ORDENAÇÃO ENSINO INGLÊS ANO LETIVO 2012-2013 OFERTA 2737 433133 2737 435006 2737 433645 2737 431145 2737 411431 2737 447993 2737 432457 2737 412330 2737 415973 2737 427952 2737 417413 2737 417268

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA 1 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 26/2006 - DEZEMBRO --- DATA DA REUNIÃO: Sete de Dezembro de dois mil e seis. ------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

V Congresso da Indústria Portuguesa Agro-Alimentar COMPETITIVIDADE E CRESCIMENTO. Intervenção do Presidente da FIPA

V Congresso da Indústria Portuguesa Agro-Alimentar COMPETITIVIDADE E CRESCIMENTO. Intervenção do Presidente da FIPA V Congresso da Indústria Portuguesa Agro-Alimentar COMPETITIVIDADE E CRESCIMENTO Intervenção do Presidente da FIPA Exmo. Secretário de Estado Agricultura, Exmo. Senhor Presidente da CIP, Estimados associados

Leia mais

Fls. 1. Fich: EDITAL L N.º 11 - Reunião ordinária de 12 de Junho de 2008.doc

Fls. 1. Fich: EDITAL L N.º 11 - Reunião ordinária de 12 de Junho de 2008.doc Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art. 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei 5-A/2002,

Leia mais

Índice de Risco de 2011 PORTUGAL

Índice de Risco de 2011 PORTUGAL Índice de Risco de PORTUGAL Índice de Pagamentos Índice de Risco Explicação dos valores do Índice de Risco 190 180 170 160 150 140 130 120 110 100 2004 2005 2006 2007 2008 100 Nenhuns riscos de pagamento,

Leia mais

Resumo de Imprensa. Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

Resumo de Imprensa. Quinta-feira, 19 de Junho de 2008 Resumo de Imprensa Quinta-feira, 19 de Junho de 2008 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Setenta respostas sobre as mudanças na função pública. Últimas medidas arrancam em Janeiro (págs. 1, 14 a 21) Aumentos, reformas,

Leia mais

REGULAMENTO PARA VENDA HABITAÇÕES MUNICIPAIS A JOVENS, ATRAVÉS DE CONCURSO, POR SORTEIO

REGULAMENTO PARA VENDA HABITAÇÕES MUNICIPAIS A JOVENS, ATRAVÉS DE CONCURSO, POR SORTEIO REGULAMENTO PARA VENDA DE HABITAÇÕES MUNICIPAIS A, ATRAVÉS DE CONCURSO, POR SORTEIO REGULAMENTO PARA VENDA DE HABITAÇÕES MUNICIPAIS A, ATRAVÉS DE CONCURSO, POR SORTEIO PREÂMBULO No quadro das ações e planos

Leia mais

Programa de Ação e Orçamento

Programa de Ação e Orçamento 1 ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE VAGOS Programa de Ação e Orçamento 2014 2 PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2014 Esta apresentação do programa de ação e orçamento para o ano de 2014

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO E INFORMAÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE GESTÃO E INFORMAÇÃO FINANCEIRA Junta de Freguesia de A-Dos-Negros 2º Trimestre 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO E INFORMAÇÃO FINANCEIRA Exmos. Senhores: Presidente da Assembleia Senhores Deputados Senhores Munícipes Começo por, em nome do Executivo,

Leia mais

Fundos europeus: Advogados exploram oportunidades do Portugal 2020

Fundos europeus: Advogados exploram oportunidades do Portugal 2020 Fundos europeus: Advogados exploram oportunidades do Portugal 2020 08 Abril 2015 Há quase três décadas que Portugal recebe fundos europeus, mas o próximo quadro comunitário de apoio está a merecer uma

Leia mais

Privatização dos CTT arranca com reestruturação da rede em fase final

Privatização dos CTT arranca com reestruturação da rede em fase final A1 Privatização dos CTT arranca com reestruturação da rede em fase final Tipo Meio: Internet Data Publicação: 11-06-2013 Meio: URL: Sábado Online http://www.sabado.pt/ultima-hora/dinheiro/privatizacao-dos-ctt-arranca-com-reestruturacao-da.aspx

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00 HORAS DE 01.01.13 --- Palácio de Belém, 1 de janeiro de 2013 --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00

Leia mais

ATA N.º 17/2015. Ata da Reunião Ordinária de 7/09/2015 Página 1 de 7

ATA N.º 17/2015. Ata da Reunião Ordinária de 7/09/2015 Página 1 de 7 ATA N.º 17/2015 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE SETE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E QUINZE. ------------------------------------------------------ ----- Aos sete dias do mês de setembro

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais