Manual de Segurança para Equipamento de Refrigeração e Ar Condicionado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Segurança para Equipamento de Refrigeração e Ar Condicionado"

Transcrição

1 Para mais informações ligue CARRIER PORTUGAL ou visite a nossa página na Internet em Manual de Segurança para Equipamento de Refrigeração e Ar Condicionado

2 Índice Introdução O objectivo deste Manual de Segurança é promover uma consciência sobre segurança às pessoas que instalam, operam ou fazem manutenção em equipamento de refrigeração e ar condicionado. Introdução Protecção Pessoal Movimentação por Cabos Armazenamento e Manuseamento de Cilindros de Gás Refrigerante Refrigerantes Verificação de Fuga e de Pressão Unidades de Refrigeração e Ar Condicionado (Geral) Refrigerantes Líquidos Centrífugos Permutadores de Calor Controlos e Circuitos Eléctricos Guardas de Protecção Turbinas Chillers de Absorção Compressores Alternativos Equipamento de Ar Condicionado Corte e Soldadura Gestão de Resíduos Perigosos Aviso sobre Amianto Bloqueio Etiquetagem Comunicação sobre Perigos Direito à Informação Espaços Confinados Regulamentos, Códigos e Normas Página Este Manual não se destina a ser usado como substituto das instruções do fabricante. Ninguém deve tentar instalar, operar, ajustar, reparar ou desmontar qualquer equipamento antes de ler e compreender bem as instruções específicas do fabricante. Os seguintes critérios de intensificação de perigo foram utilizados para identificar as precauções de segurança aqui listadas. Há um perigo imediato que IRÁ causar ferimentos pessoais graves ou morte. Perigos e práticas inseguras que PODEM causar ferimentos graves ou morte. Perigos potenciais e potenciais práticas inseguras que podem causar ferimentos menores. Instruções gerais sobre informação fundamental para práticas de trabalho seguras É importante salientar que este Manual de Segurança pode ser particularmente útil como acessório de formação para novos empregados e como um curso de renovação de conhecimentos para empregados experientes com vista à melhoria das práticas de segurança. 1

3 Protecção Pessoal USE um capacete rígido sempre que haja perigo de queda ou de objectos caírem. NÃO toque em equipamento eléctrico se tiver as mãos molhadas ou se estiver sobre uma superfície molhada. NÃO olhe para soldadura independentemente do tipo e da distância, sem a adequada protecção para os olhos. NÃO transporte consigo isqueiros plásticos com gás ou outros materiais inflamáveis quando se encontrar próximo de operações de soldadura. As faíscas libertadas por um maçarico de soldadura podem inflamar o isqueiro e causar a sua explosão. Calçado de segurança, capacetes rígidos e óculos de protecção são exigidos em estaleiros de obras. NÃO USE: Anéis ou outras jóias, gravatas, luvas ou roupa larga quando: trabalhar junto de maquinaria em movimento. Anéis ou relógios quando trabalhar junto de equipamento eléctrico. COLOQUE: Óculos de segurança com protecções laterais e calçado de segurança antes de entrar em estaleiros de obras ou áreas fabris. Óculos e luvas de protecção ao manusear químicos e óculos/viseiras para soldadura durante a soldadura, corte, brasagem ou moagem e quanto se encontrar perto destas operações. Luvas: Antes de tocar em qualquer peça de uma máquina em funcionamento ou que tenha sido desligada recentemente. Parta do princípio que o metal está quente ao manusear componentes de uma máquina após uma avaria grave! Por exemplo, após sobreaquecimento do motor não só o refrigerante como, sem dúvida, o óleo estarão ácidos. Luvas e macacões ao trabalhar com ou junto de folhas de metal. Protecção para os ouvidos em áreas onde o ruído exceda os 80 dba. Calçado de protecção ou calçado com tratamento especial contra químicos corrosivos. Vestuário protector com retardante de chamas adequado ao tipo de soldadura a realizar. Caso adoeça ou se fira durante um trabalho, não prossiga a tarefa; reporte imediatamente ao seu supervisor. Verifique as pistolas de aquecimento e os secadores utilizados durante as operações ou para aplicar isolamento com película retráctil. Caso se depare com amianto siga as instruções dos fabricantes ou substitua por material que não contenha amianto. Reporte de imediato todos os ferimentos. Movimentação por Cabos NÃO use gruas debaixo de cabos eléctricos. Procure a assistência de empresas de serviços, se necessário. Equipamento danificado ou defeituoso ou que não possua informação quanto à capacidade de carga deve ser retirado de serviço. Correias de liga 80 são o único tipo recomendado para operações de manutenção e reparação. VERIFIQUE os diagramas e as instruções fornecidas pelo fabricante para a montagem de componentes pesados de modo a assegurar-se que estes podem ser manuseados em segurança pelo equipamento de movimentação por cabos. VERIFIQUE, também, os centros de gravidade e tenha em consideração eventuais instruções específicas sobre equipamento de movimentação por cabos. NÃO utilize equipamento de movimentação por cabos que não tenha sido aprovado pela OSHA. INSPECCIONE todo o equipamento de movimentação por cabos antes da utilização de modo a garantir que este se encontra em boas condições e tem um limite de carga inscrito no mesmo. NÃO utilize pernos de anilha para instalar uma montagem completa nem para instalar um compressor. NÃO mova uma grua ou monta-cargas até ter a certeza que não há obstáculos ou pessoas no seu percurso e ter determinado que a unidade permanecerá estável e direita. Recomenda-se a utilização de calçado de protecção ao trabalhar com equipamento de movimentação por cabos, pórticos de suspensão e correntes monta-cargas. USE EQUIPAMENTO MECÂNICO (gancho de corrente, corrente monta-cargas, etc.) para içar ou mover tampas de inspecção ou outros componentes pesados. Mesmo que os componentes sejam leves, use aquele equipamento sempre que exista o risco de escorregar, perder o equilíbrio ou magoar as costas. NÃO suba a uma máquina ou revestimento de ventilador; utilize plataformas, passadiços ou andaimes. TENHA atenção a objectos que se encontrem no chão ou a áreas escorregadias que possam provocar quedas. CAPACIDADE MÁX. DE CARGA TON. RESPEITE as práticas de segurança ao utilizar escadotes aprovados pela OSHA. Utilize sistemas de levantamento, quando fornecidos, de acordo com cada instrução de equipamento de movimentação por cabos. Saiba sempre onde se encontram os seus parceiros de trabalho. 2 3

4 Armazenamento e Manuseamento de Cilindros de Gás Refrigerante NUNCA APROXIME uma chama ou vapor vivo de um cilindro de Gás Refrigerante. Sempre que for necessário aquecer o refrigerante, use água quente (110F/43C). NÃO GUARDE cilindros de Gás Refrigerante em áreas cuja temperatura possa exceder a definição na válvula de escape. Quando isto não é possível, utilize um duche de água ou um tipo de arrefecimento semelhante. ABRA LENTAMENTE as válvulas de carga e de regulação para evitar um excesso de pressurização. UTILIZE SEMPRE a chave adequada a cada válvula para abrir ou fechar a mesma. Afrouxe a porca de protecção antes de ligar a válvula; volte a apertar a porca ao fechar a válvula. NUNCA FORCE ligações. NÃO REUTILIZE cilindros descartáveis (não reutilizáveis) nem tente voltar a enchê-los. É SO; é também ilegal. Quando um cilindro fica vazio, desaperte o bocal e desaparafuse e elimine a válvula. NÃO QUEIME. DEIXE sempre espaço para uma expansão ao encher um cilindro de Gás Refrigerante. A pressão hidrostática do minério aumenta rapidamente, mesmo com a mais ligeira variação de temperatura. NÃO interfira nos dispositivos de segurança. Use o equipamento adequado para deslocar os cilindros de refrigeração, como carrinhos de mão, rolamentos, etc. NÃO FUMAR NESTE LOCAL Refrigerantes Os refrigerantes fluoretados devem ser tratados com respeito de modo a evitar potenciais perigos associados à sua utilização e manuseamento. Fortes concentrações de refrigerante num espaço confinado podem desalojar oxigénio suficiente para provocarem asfixia. Além disso, se nesse espaço existirem queimadores a gás ou eléctricos, o refrigerante pode decompor-se nas substâncias perigosas descritas no parágrafo que se segue. Uma elevada temperatura e, em menor grau, uma combinação de calor e água podem fazer com que os refrigerantes se decomponham em ácido fluorídrico e clorídrico e numa substância intermédia, o fosfogénio. Se detectar um cheiro forte e irritante avise os outros, abandonem a área imediatamente e lance o alerta. Obtenha as Folhas de Dados de Segurança (MSDS) do refrigerante em causa e respeite as instruções do fabricante. NÃO entre nem desempenhe qualquer tarefa dentro de um navio sem a protecção adequada. Isto significa que tem de seguir os Procedimentos para Espaços Confinados definidos pela Empresa. NÃO entre em nenhuma sala de máquinas ou espaço que contenha equipamentos de ar condicionado ou refrigeração após uma conhecida fuga de refrigerante antes de ter recebido formação nos Procedimentos para Espaços Confinados para a sua Empresa. EVITE derramar refrigerante sobre a pele ou que este entre em contacto com os olhos. UTILIZE ÓCULOS DE PROTECÇÃO. Lave eventuais derrames sobre a pele com sabão e água. Se o refrigerante entrar em contacto com os olhos, LAVE IMEDIATAMENTE OS OLHOS com água e consulte um médico. ESPAÇO CONFINADO ATMOSFERA SA VOLTE SEMPRE a colocar a válvula e as tampas quando um cilindro não estiver em utilização ou estiver vazio. NÃO modifique os cilindros. NÃO amolgue, deixe cair ou mal trate os cilindros de Gás Refrigerante. MANTENHA presos todos os cilindros de refrigeração quer se encontrem cheios ou vazios. Cilindro pequeno: prenda em posição direita com uma faixa ou corrente. Cilindro grande: armazene de lado e prenda com calços. EVITE picos de pressão ao transferir o refrigerante. Utilize uma válvula de regulação da pressão para fazer ajustes graduais. O dispositivo de alívio da pressão num cilindro não protege contra um pico instantâneo de pressão. NUNCA encha um cilindro de refrigeração para além do peso indicado no mesmo. NÃO confie na cor de um cilindro para identificar o refrigerante; leia a etiqueta. INSPECCIONE mangueiras, tubos e ligações regularmente e mantenha-os em boas condições. NÃO UTILIZE equipamento danificado ou defeituoso Mantenha todos os cilindros presos. NÃO solde nem corte a quente numa atmosfera que contenha vapores de refrigerante até a área ter sido bem ventilada. NÃO solde nem corte a quente qualquer recipiente ou linha de refrigerante até que o refrigerante tenha sido totalmente removido. EVITE respirar os fumos do refrigerante. NÃO fume numa atmosfera que contenha vapor de refrigerante. Os refrigerantes são mais pesados que o ar e irão fixar-se em todos os locais mais baixos. Poderá necessitar de protecção respiratória para entrar e trabalhar em áreas onde tenha ocorrido um derrame. Assegure-se que conhece os procedimentos da sua Empresa para a entrada em espaços confinados e sobre utilização de máscara de respiração. Previna acidentes. Limpe os derrames. 4 5

5 Verificação de Fugas e de Pressão NUNCA USE OXIGÉNIO para testar uma fuga, purgar linhas ou efectuar testes de pressão numa máquina. Para estes fins recomenda-se a utilização de nitrogénio. Utilize sempre um regulador equipado com calibrador no cilindro de nitrogénio e verifique se este último foi recentemente inspeccionado e calibrado. A pressão total de um cilindro de nitrogénio pode fazer com que um cilindro de refrigerante rebente de modo violento. Por conseguinte, ao utilizar nitrogénio e refrigerante siga o teste de fuga, coloque sempre o refrigerante primeiro. De seguida feche a válvula e remova o cilindro de refrigeração antes de ligar e adicionar o nitrogénio regulado. Unidades de Refrigeração e Ar Condicionado (Geral) NÃO tente remover as ligações e as tampas nem cortar tubagens com a máquina sob pressão ou em funcionamento. TENHA ao trabalhar junto ou perto de molas ou objectos comprimidos. Se a mola se soltar subitamente, a mesma e os objectos que se encontrem no seu caminho poderão actuar como projécteis. NÃO realize a sinfonagem de refrigerantes ou outros químicos com a boca. Consulte as instruções do fabricante para o processo correcto de sinfonagem. NUNCA ULTRAPASSE o total de pressões especificadas para a fuga. Verifique o limite de pressão admitida no ensaio de campo consultando a literatura com as instruções. Não permita que toda a pressão do cilindro entre na linha de pressurização. Feche a válvula e desligue o cilindro de nitrogénio quando a pressão de teste recomendada for alcançada. Não confie na válvula de corte nem no regulador de pressão. Não pressurize nenhum recipiente à pressão para que foi concebido (e que pode ser encontrada na placa de identificação do equipamento). O teste a estas pressões deve ser realizado num espaço especial ou utilizando um fluído hidráulico sob a direcção do fabricante. Não confunda as pressões de teste com água (água salgada) e as pressões de teste com refrigerante. FORTES CONCENTRAÇÕES de nitrogénio num espaço ou área confinada podem desalojar oxigénio suficiente do ar da zona de trabalho para provocar asfixia. NÃO entre em nenhum recinto ou espaço confinado imediatamente após a utilização de quantidades significativas de nitrogénio sem seguir os procedimentos da Empresa para Espaços Confinados ou sem ter testado o nível de oxigénio. Não será necessário utilizar protecção respiratória se o espaço for bem ventilado antes da entrada no mesmo e se o nível de oxigénio tiver sido verificado e estiver acima de "19,5 por cento". ESPAÇO CONFINADO ATMOSFERA SA VERIFIQUE O NÍVEL DE OXIGÉNIO ANTES E DURANTE PERMANÊNCIA NÃO solde nem corte a quente qualquer recipiente ou linha até todo o refrigerante ter sido retirado. NÃO solde nem corte a quente numa atmosfera que contenha refrigerante. NÃO desaperte uma porca antes de se certificar que esta tem um acoplamento positivo. INSPECCIONE PERIODICAMENTE todas as válvulas, ligações e tubagens para verificar a existência de corrosão, ferrugem, fugas ou danos. Siga os procedimentos da sua Empresa para Bloqueio/Etiquetagem vapor, água e linhas de refrigerante antes de as abrir. NÃO pise as linhas de refrigerante. Linhas partidas podem agitar-se no ar e provocar ferimentos. UTILIZE apenas peças sobresselentes ou de reparação que respeitem os requisitos de código do equipamento original. Não raspe gelo de visores ou vidros de visualização; utilize um spray de álcool para fazer derreter qualquer gelo. Inspeccione periodicamente os vidros de visualização para verificar se têm rachas, utilizando uma luz num ângulo lateral. Algumas rachas não são visíveis sem luz. Antes do arranque inicial, verifique se todas as fichas de transporte foram retiradas. AJUDE A EVITAR ACIDENTES; mantenha a área de trabalho livre de derrames e detritos. Ao fazê-lo estará a proporcionar uma área de trabalho limpa para todos. Previna acidentes. Limpe os derrames. 6 7

6 Chillers Líquidos Centrífugos Chillers centrífugos providenciarão um serviço seguro e fiável quando operados dentro das especificações de concepção. Este equipamento deve ser operado e sujeito a reparações apenas por pessoal autorizado que possua profundos conhecimentos sobre o funcionamento e operação de todos os dispositivos de segurança e que estejam familiarizados com os procedimentos de emergência. Permutadores de Calor O bom senso deve ser empregue ao aplicar qualquer instrução do fabricante de modo a evitar ferimentos no pessoal e danos no equipamento ou no material. A reparação de equipamento que contenha refrigerantes deve ser realizada de modo a maximizar a libertação de refrigerantes no ambiente. NÃO USE OXIGÉNIO para purgar linhas, testes de fuga ou para pressurizar uma máquina. O oxigénio reage de forma violenta com o óleo, lubrificante entre outras substâncias comuns. NUNCA ULTRAPASSE as pressões de teste especificadas. VERIFIQUE a pressão de teste admissível consultando a literatura com as instruções e as pressões de concepção na placa de identificação do equipamento. NÃO desligue (isole) nenhum dispositivo de alívio de pressão. NÃO opere qualquer máquina até que todos os dispositivos de alívio de pressão estejam correctamente instalados e em funcionamento. Em caso de ruptura num dispositivo de alívio (por exemplo, disco de segurança, ficha térmica) identifique e corrija a causa e substitua-o antes de retomar as operações. INSPECCIONE ATENTAMENTE todas as válvulas de alívio, discos de segurança e outros dispositivos de alívio da pressão pelo menos uma vez por ano. Se a máquina estiver instalada numa atmosfera corrosiva, inspeccione os dispositivos com maior frequência. NÃO TENTE reparar ou reacondicionar nenhuma válvula de escape quando esta apresentar no respectivo corpo ou mecanismo sinais de corrosão ou de acumulação de material estranho à mesma (ferrugem, pós, tártaro, etc.). Substitua a válvula. NÃO ventile dispositivos de alívio de refrigeração. A ventilação de refrigerantes é proibida por lei. Devemos reciclar, reutilizar, recuperar. As acumulações de refrigerante num espaço fechado podem desalojar o oxigénio e provocar asfixia. NÃO bloqueie (tentar tornar ineficaz obstruindo ou isolando) nenhum dispositivo de segurança. NÃO instale válvulas de escape em série ou de trás para a frente. VERIFIQUE o tipo de refrigerante antes de carregar uma máquina. A adição de refrigerante de elevada pressão a uma máquina de baixa pressão poderá levar à ruptura dos recipientes se os dispositivos de segurança não conseguirem manusear o volume adicional de refrigerante. ASSEGURE-SE que a pressão está em zero PSI antes de quebrar qualquer ligação de refrigerante. UTILIZE ÓCULOS DE PROTECÇÃO ao ventilar, drenar, libertar ou limpar depósitos de água. As salas de mecânica e caldeira podem ter níveis excessivos de ruído. Utilize protecção auditiva aprovada contra o RUÍDO conforme necessário. Leia as Instruções antes de usar. Proteja os olhos NÃO purgue depósitos de água que contenham águas industriais, líquidos, gases ou semisólidos sem autorização do Grupo Central de Processamento e/ou representante ambiental do proprietário. NÃO afrouxe parafusos de tampas de depósitos de água sem esta ter sido totalmente purgada. PROVIDENCIE uma ligação de drenagem na cuba de ventilação junto de cada dispositivo de alívio da pressão de modo a evitar a acumulação de condensação ou de pingos de água. INSTALE um manómetro e uma válvula de excesso de fluxo na linha entre o disco e a válvula sempre que um disco de segurança estiver instalado em série numa válvula de escape. Uma leitura de pressão no manómetro indica uma fuga no disco de segurança. NÃO instale válvulas de corte em ambos os lados de um secador, num modo que o refrigerante líquido fechado possa criar uma pressão excessivamente elevada. 8 9

7 Chillers Líquidos Centrífugos Controlos e Circuitos Eléctricos NÃO tente verificar a corrente eléctrica antes de conhecer os procedimentos correctos e ter o equipamento adequado. FERIMENTOS GRAVES PODEM OCORRER. Consulte o seu fornecedor de electricidade para instruções específicas e peça a respectiva assistência quando necessário. NÃO tente tirar medidas em sistemas de alta tensão (600 volts ou mais) com instrumentos manuseados manualmente. Utilize sempre transformadores de corrente e de potência para medir em alta tensão. TENHA EM CONTA que determinadas definições de arranque automático podem despoletar o arrancador. Abra o disjuntor e tranque-o antes do arrancador além de desligar a máquina ou bomba. NÃO contorne nem obstrua encravamentos nem remova bloqueios/etiquetas instaladas, a menos que sejam suas. A TENSÃO das linhas adjacentes poderá assustá-lo. Apesar do choque em si não causar ferimentos, uma queda pode fazê-lo. NÃO inspeccione um circuito sem ter a certeza de que a corrente está desligada em qualquer circuito adjacente. USE SEMPRE um retractor de fusível isolado nos fusíveis do cartucho. NÃO trabalhe em equipamento de alta tensão se não for um electricista qualificado. ESTEJA ABSOLUTAMENTE SEGURO de que os condensadores eléctricos foram totalmente descarregados antes de lhes tocar. LIGUE todo o equipamento eléctrico à terra. USE um interruptor de corrente de terra com ferramentas eléctricas manuais. NÃO trabalhe em componentes eléctricos, incluindo painéis de controlo, interruptores, arrancadores ou aquecedores a óleo, até ter a certeza que a CORRENTE ESTÁ TOTALMENTE DESLIGADA e que não há perigo de fuga de corrente residual dos condensadores eléctricos ou dos componentes em estado sólido. EFECTUE O BLOQUEIO E ETIQUETAGEM circuitos eléctricos antes de trabalhar nos mesmos. SE O TRABALHO FOR INTERROMPIDO confirme se os circuitos não têm energia antes de retomar as tarefas. NÃO retire as tampas das caixas terminais com a máquina ou o compressor em funcionamento. NÃO aperte qualquer ligação num painel terminal até que o interruptor principal esteja na posição OFF (desligado) e bloqueado. NÃO tente parar uma máquina abrindo um circuito de protecção. Pode ocorrer um arco eléctrico de alta intensidade que provocará ferimentos. NUNCA USE um ohmímetro em nenhum circuito que tenha energia. A destruição do medidor pode causar ferimentos. Faça com que os aparelhos de medição sejam inspeccionados regularmente por um especialista por questões de segurança e de rigor. Nunca taxe demasiadamente a capacidade dos aparelhos de medição. A maioria dos aparelhos de medição requer sondas portáteis com fios de interligação; substitua os fios ao primeiro sinal de desgaste ou envelhecimento. Inspeccione periodicamente os cabos eléctricos (incluindo as extensões eléctricas) e substitua qualquer fio descarnado, fichas danificadas ou ligações danificadas. Mantenha as caixas de controlo e de arranque limpas e sem materiais inflamáveis e não as utilize para guardar ferramentas ou peças

8 Chillers Líquidos Centrífugos Guardas de Protecção NÃO remova as guardas de protecção (ou faixas) para trabalhar numa máquina até que todas as peças rotativas tenham parado completamente. AS MÁQUINAS DEVEM SER bloqueadas e etiquetadas, independentemente do tipo de energia que alimenta o equipamento. Chillers Líquidos Centrífugos Turbinas VERIFIQUE ATENTAMENTE todas as ligações do sistema de vapor sobreaquecido no arranque inicial. O vapor sobreaquecido é invisível e pode fazer cortes profundos e até mesmo causar a morte. MANTENHA-SE AFASTADO das alavancas da válvula de paragem rápida da turbina. Estas reagem em milésimos de segundo com forças até vários milhares de quilos. NUNCA OPERE uma máquina open-drive, unidade de bombagem ou outro equipamento sem as protecções de acoplamento (ou faixas) instaladas. Este aviso aplica-se mesmo a curtos períodos de funcionamento, como a verificação da rotação do motor. Ferimentos graves podem ocorrer devido ao contacto com peças em movimento. NÃO fique parado junto de acoplamentos em rotação. VERIFIQUE DUPLAMENTE se as chaves de porca de acoplamento, os comparadores ou outros artigos foram removidos antes de colocar um eixo em movimento. Lembre-se de usar óculos de protecção. PERIODICAMENTE INSPECCIONE os acoplamentos para verificar se estão devidamente lubrificados e alinhados de modo a minimizar a possibilidade de avaria e do consequente voo de partículas. APERTE todos os parafusos dos acoplamentos duas vezes para ter a certeza de que nenhum foi negligenciado. VERIFIQUE se as chaves de bloqueio dos acoplamentos estão bem apertadas e se têm os parafusos de aperto inseridos. Antes do arranque, verifique se a bóia axial dos acoplamentos flexíveis de tipo engrenagem corresponde às especificações de concepção, de modo a confirmar se os núcleos estão devidamente espaçados e se o acoplamento não está fechado. COLOQUE protecções ou flanges destinadas a suportar a máxima pressão de vapor nas linhas de admissão e exaustão e efectue o bloqueio / etiquetagem da unidade antes de desmontar a turbina. NÃO abra as linhas de drenagem de uma turbina enquanto esta estiver sob vácuo. A turbina pode começar a rodar e alcançar uma velocidade superior àquela para que foi concebida, criando um potencial de ferimentos graves. NÃO permita que uma turbina funcione a velocidades superiores às especificadas pelo fabricante. Se a turbina não parar no valor de regulação, desligue-a e proceda às reparações necessárias. Caso ocorra vibração, REDUZA A VELOCIDADE até que a turbina estabilize. Aumentar a velocidade de uma turbina com vibrações (curvatura no rotor) pode causar danos internos graves e até mesmo a ruptura do revestimento da turbina. INSTALE UMA VÁLVULA DE ESCAPE entre a flange de exaustão da turbina e a primeira válvula de corte, de modo a evitar a ruptura do revestimento da turbina. A VÁLVULA SENTINELA serve apenas de aviso da existência de pressão excessiva dentro do revestimento. NUNCA deixe aberta uma válvula estranguladora de vapor ou uma alavanca de paragem rápida do vapor. NUNCA bloqueie (isole) uma válvula de escape. PARTA DO PRINCÍPIO que o revestimento da turbina, os corpos das válvulas e as linhas de drenagem e de vapor estão quentes. Use vestuário protector. REPARE fugas de óleo e limpe derrames de óleo. O óleo pode incendiar-se em contacto com as linhas de vapor ou com a estrutura da turbina quentes. Use vestuário de protecção Verifique os dispositivos de segurança e paragem rápida de excesso de velocidade anualmente. Consulte as instruções do fabricante para ficar a par do procedimento correcto

9 Chillers de Absorção Os Chillers de absorção fornecerão um serviço seguro e fiável quando operados dentro das especificações para que foram concebidos. Ao operar ou efectuar reparações neste equipamento utilize o bom senso e práticas de segurança para evitar ferimentos e danos na máquina, na propriedade ou no ambiente. NÃO use oxigénio para purgar linhas, testes de fugas ou para pressurizar uma máquina. OS MATERIAIS LÍQUIDOS, como o hidróxido de lítio e ácido bromídrico, são classificados como materiais perigosos e devem ser manuseados em conformidade com os regulamentos da OSHA. Procure conhecer de forma suficiente a utilização química com a ajuda das Folhas de Dados de Segurança de Materiais (MSDS) e respeite as instruções do fabricante. NUNCA exceda as pressões de teste especificadas. USE óculos de protecção e roupa de protecção adequada ao manusear brometo de lítio, álcool octilo, hidróxido de lítio e ácido bromídrico. LAVE IMEDIATAMENTE qualquer derrame sobre a pele com sabão e água. LAVE IMEDIATAMENTE os olhos com água e consulte um médico. EFECTUE O BLOQUEIO E ETIQUETAGEM os circuitos eléctricos durante reparações e siga os Procedimentos sobre Bloqueio e Etiquetagem da Empresa. SE O TRABALHO FOR INTERROMPIDO confirme que todos os circuitos foram descarregados de electricidade antes de retomar a tarefa. NÃO trabalhe em componentes eléctricos, incluindo painéis de controlo, interruptores ou arrancadores até ter a certeza que a CORRENTE ESTÁ TOTALMENTE DESLIGADA E BLOQUEADA. NÃO corte a quente uma câmara de absorção de purga da máquina até que todo o hidrogénio tenha sido libertado. O hidrogénio incendeia-se de forma explosiva no ar. VENTILE a área ao soldar ou cortar a quente de modo a remover eventuais fumos nocivos do ar. NÃO tente remover ligações, tampas, etc. com a máquina de absorção sob pressão positiva. NÃO proceda à sinfonagem de brometo de lítio ou de qualquer outro químico com a boca. PURGUE os depósitos de água antes de desapertar parafusos de tampas. FECHE, efectue o bloqueio e etiquetagem linhas de vapor, água ou líquido incongelável antes de as abrir. TENHA presente que determinadas combinações de arranque automático PODEM DESENCADEAR O ARRANQUE. Abra o disjuntor em frente ao arrancador e desligue-o, além de desligar a máquina ou bomba. Limpe ou lave imediatamente o chão em caso de derrame de brometo de lítio ou de álcool octilo. A adequada eliminação de material derramado e de materiais de limpeza contaminados é requerida. Muito Tóxico Manusear com cuidado Compressores Alternativos NÃO faça medições ohm nem proceda a verificações de continuidade num compressor até ter a certeza que a CORRENTE FOI DESLIGADA EM TODA A UNIDADE OU SISTEMA, INCLUINDO NOS AQUECEDORES DE CÁRTER. Além disso, assegure-se que os compressores foram isolados da unidade ou sistema. Verifique o bloqueio e etiquetagem dos componentes eléctricos e do sistema de compressão. NUNCA use um maçarico para remover um compressor ou componente do circuito de refrigeração. O óleo poderia incendiar-se e provocar um incêndio. Utilize um cortador de tubos e siga os procedimentos correctos ao cortar linhas de refrigeração. NUNCA aplique tensão ou opere um compressor quando existe um vácuo no sistema. Isto pode provocar a avaria dos terminais do compressor devido ao arco interno, o que, por sua vez, pode causar ferimentos graves. EFECTUE O BLOQUEIO E ETIQUETAGEM dos circuitos eléctricos durante a reparação. SE O TRABALHO FOR INTERROMPIDO confirme que todos os circuitos foram descarregados de electricidade antes de retomar a tarefa. NUNCA ligue a corrente de um compressor sem que a válvula do servidor de descarga esteja aberta para o sistema. Caso contrário poderá resultar na acumulação excessiva de pressão. NUNCA desaperte os parafusos de uma tampa com o compressor aberto para o sistema ou quando este estiver sob pressão. Assegure-se que a pressão interna é de zero a 2 psig antes de desapertar quaisquer parafusos de modo a evitar a propulsão de peças do compressor. NÃO aplique tensão nem opere o compressor com a tampa da caixa do terminal do motor do mesmo aberta. NÃO ultrapasse as especificações de binário do fabricante ao fazer ligações eléctricas. Os parafusos terminais podem soltar-se e sair do bloco terminal. NÃO abra o motor e o compressor sem a protecção ou faixa de acoplamento no lugar. Ferimentos graves podem resultar do contacto com peças em movimento. ISOLE e tranque todos os compressores num circuito de refrigeração múltipla antes de executar qualquer tarefa nesse circuito. Devido à ligação do equalizador de óleo, a pressão não pode ser purgada de um único compressor num circuito múltiplo. INFLAMÁVEL 14 15

10 Equipamento de Ar Condicionado Corte e Soldadura O equipamento de Ar Condicionado funcionará de modo seguro e fiável se operado dentro das especificações de concepção. Ao operar ou reparar este equipamento utilize o bom senso e práticas de segurança para evitar ferimentos e danos ao equipamento e à propriedade. As precauções básicas de segurança que se seguem encontram-se incluídas no Manual de Segurança, uma vez que a soldadura e o corte a quente são, frequentemente, requeridos para a instalação e reparação de equipamento de refrigeração e ar condicionado. Consulte o Procedimento de Segurança de Soldadura Corte para mais pormenores sobre práticas seguras de soldagem e corte a quente. NUNCA ENTRE num conjunto de ventilação fechado nem tente alcançar uma unidade com ventilador em funcionamento. EFECTUE O BLOQUEIO E ETIQUETAGEM o interruptor que desliga a corrente do motor do ventilador antes de executar qualquer tarefa num ventilador. Além disso, remova os fusíveis e leve-os consigo depois de o anotar na etiqueta. EFECTUE O BLOQUEIO E ETIQUETAGEM do interruptor que desliga a corrente da bobina eléctrica de aquecimento antes de executar qualquer tarefa nos ou próximo dos aquecedores. NÃO opere os ventiladores sem as faixas de segurança no lugar. NUNCA pressurize uma bobina com uma substância não líquida para testar as fugas. Pode ocorrer uma explosão grave. NÃO limpe as bobinas a vapor sem ter a certeza que todo o pessoal abandonou a área. Durante a limpeza a vapor, com água a alta pressão e ar comprimido deverá usar óculos de protecção. VERIFIQUE para garantir uma adequada ventilação ao soldar ou cortar a quente dentro de uma unidade, de modo a que os fumos não migrem através das condutas para espaços ocupados. NÃO manuseie tampas de acesso e painéis amovíveis sob ventos fortes a menos que tenha ajuda suficiente para os controlar. Assegure-se que todos os painéis estão devidamente presos enquanto procede a reparações na unidade. NÃO execute tarefas em amortecedores até ter desligado os respectivos operadores. VERIFIQUE para se assegurar que as ventoinhas e as unidades de tecto estão devidamente ligadas a terra, bloqueadas e etiquetadas antes de proceder a trabalhos nas mesmas. PRENDA os feixes de movimento com corda ou faixas antes de executar qualquer tarefa numa ventoinha de modo a assegurar-se que esta não gira livremente. PROTEJA o material inflamável adjacente ao soldar ou cortar a quente. Utilize folhas de metal ou tecidos retardantes para conter as faíscas. Tenha um extintor de incêndios à mão e pronto a ser usado de imediato. NUNCA pressurize equipamento em excesso em relação às pressões de teste especificadas. NÃO utilize oxigénio em substituição de ar comprimido nem para nenhum outro fim que não a soldadura ou o corte a quente. NÃO armazene cilindros de oxigénio junto de material combustível, nomeadamente óleo e lubrificante, nem manuseie os cilindros ou aparelhos de oxigénio com as mãos ou luvas engorduradas. O oxigénio ajuda e acelera a combustão e irá fazer com que o óleo, lubrificante ou materiais plásticos arda com grande intensidade. NÃO solde nem corte a quente junto de materiais combustíveis, nem numa atmosfera que contenha refrigerante, nem sem que os recipientes e tubagens de pressão tenham sido totalmente evacuados. NÃO solde nem corte a quente numa área confinada a menos que essa área esteja bem ventilada. NÃO transporte consigo isqueiros a gás líquido ou outros materiais inflamáveis durante os trabalhos de soldadura ou brasagem. As faíscas da solda, o metal derretido e o calor de um maçarico podem inflamar os conteúdos de isqueiros e provocar a sua explosão. NÃO armazene cilindros de oxigénio e de gás combustível junto de uma fonte de calor, nem junto uns aos outros. GUARDE os cilindros de oxigénio e de gás combustível em posição direita e devidamente presos no lugar. USE vestuário e equipamento protector retardante de chamas ao soldar e cortar a quente e quando se encontrar próximo dessas operações. NÃO obstrua passagens, escadas e escadotes com equipamento de soldagem. Utilize protecções eficazes ao trabalhar em plataformas, andaimes ou passadiços, incluindo cintos e linhas de segurança sempre que necessário

11 Corte e Soldadura Gestão de Resíduos Perigosos Respeite o código de cor dos tubos, cilindros e mangueiras. Verifique duplamente o código lendo todas as etiquetas. Não utilize mangueiras defeituosas. Não coloque fita em mais de 4 polegadas (10,6 cm) de cada 12 polegadas (30,48 cm) ao amarrar secções paralelas de oxigénio e combustível. Não utilize conectores que não os fabricados especificamente para equipamento de soldadura e de corte. Assegure-se que todas as ligações estão apertadas. Abra a válvula do cilindro antes de prender o regulador. Liberte o regulador, ajustando o parafuso antes de abrir uma válvula de cilindro. Desvie-se para o lado ao abrir uma válvula de regulação. Antes de cada utilização inspeccione os maçaricos para verificar a existência de fugas nas válvulas de isolamento e nas ligações das extremidades. Não utilize um maçarico danificado. Utilize apenas isqueiros de fricção para acender os maçaricos. Assegure-se que as válvulas de verificação estão alinhadas e em funcionamento. Siga a apropriada sequência de ligar/desligar. Alguns clientes ou estaleiros de obras poderão requerer especificamente a utilização de equipamento de segurança como: capacetes rígidos, óculos de protecção, calçado de protecção, máscaras de respiração, etc. Esteja preparado mantendo estes artigos guardados num compartimento limpo e seguro do veículo de serviço, prontos a usar sempre que necessário. Mantenha todos os cilindros presos. VÁRIOS TIPOS DE RESÍDUOS, como óleo, refrigerantes e solventes clorados já usados, soluções de tratamento químico da torre de arrefecimento, ácido, líquidos anticongelamento e soluções básicas de limpeza, etc. podem conter componentes tóxicos que requeiram manuseamento especial, utilização de equipamento de protecção pessoal e eliminação adequada em instalações de gestão de resíduos certificadas. USE o equipamento de protecção adequado, óculos de protecção, luvas e aventais de borracha ao manusear ou ao colocar em contentores resíduos perigosos. Muito Tóxico Manusear com cuidado REMOVA TODAS as etiquetas de informação de contentores vazios a serem usados para resíduos perigosos. COLOQUE AS ETIQUETAS requeridas, com a informação adequada preenchida, no contentor de resíduos perigosos. UTILIZE APENAS contentores aprovados para armazenar, transportar e eliminar resíduos perigosos

12 Aviso sobre Amianto Bloqueio Etiquetagem MATERIAL COM AMIANTO (ACM) está a ser retirado desta área de trabalho por empreiteiros de remoção de amianto e não é permitida a entrada a pessoas que não estejam totalmente qualificadas, equipadas e autorizadas. O ACM deteriorou-se ao ponto de estar a criar condições perigosas para a vida e para a saúde. A entrada nesta área de trabalho é proibida, com excepção do pessoal qualificado, equipado e autorizado. Fibra de vidro, vidro soprado e o isolamento com espuma de borracha são facilmente reconhecidos. Argamassa, isolamento em embalagem molhada e pré-formada bem como calafetagens e guarnição de válvulas devem ser consideradas como contendo amianto, excepto quando previamente identificados como ou se os dados de análises laboratoriais indicarem que se trata de material que não contém amianto. LEIA os regulamentos nacionais e comunitários sobre procedimentos, formação e requisitos de licenciamento antes de mexer em material com amianto. VERIFIQUE AS PISTOLAS DE AQUECIMENTO, secadores e aquecedores portáteis utilizados nas operações de secagem ou para aplicação de isolamento com película retráctil. Caso encontre amianto siga as recomendações do fabricante ou substitua por equipamento novo que não contenha amianto. AMIANTO DE CANCRO E DOENÇAS PULMONARES PROIBIDA A ENTRADA DE PESSOAL NÃO AUTORIZADO OBRIGATÓRIO O USO DE RESPIRADORES E ROUPA DE PROTECÃO Aproximadamente 10% dos acidentes graves de trabalho são provocados pelo facto de não se retirar a corrente, bloquear e etiquetar equipamento antes de executar tarefas de manutenção ou reparação. Grave define-se como impeditivo, incapacitante ou fatal para o empregado. Informe o proprietário do edifício sobre os procedimentos e programa de bloqueio/etiquetagem e obtenha um profundo conhecimento do respectivo programa de modo a evitar má comunicação e potenciais ferimentos graves devido à ligação não planeada à corrente do equipamento. Alta Voltagem Desligue a energia antes de usar NÃO RETIRE ESTA ETIQUETA ESTA ETIQUETA NÃO DEVE SER REMOVIDA ATÉ AUTORIZAÇÃO DA PESSOA CUJO NOME CONSTA NO VERSO VER VERSO Material com amianto foi identificado nesta área de trabalho e o pessoal que aqui entre deverá respeitar os requisitos fixados. AMIANTO POEIRAS SAS EVITE RESPIRAR POEIRAS Efectue o bloqueio e etiquetagem em todos os dispositivos ou equipamento nos quais vai trabalhar. Verifique tentando pôr o equipamento a funcionar antes de iniciar a manutenção. Efectue o Bloqueio antes de começar UTILIZE O RESPECTIVO EQUIPAMENTO DE PROTECÇÃO PERMANEÇA NO LOCAL APENAS SE O SEU TRABALHO O EXIGIR RESPIRAR AMIANTO PODE SER PREJUDICIAL PARA A SUA SAÚDE 20 21

13 Comunicação sobre Perigos "Direito à Informação" Reconhecimento de Perigos no Local de Trabalho O local de trabalho contém vários tipos de perigos que necessitam ser reconhecidos e respeitados durante o desempenho das tarefas de alguém. Segue-se uma lista parcial dos principais perigos ambientais, biológicos, físicos e de radiação que podem ser encontrados no local de trabalho e a identificação dos respectivos sinais de aviso: Durante a execução de vários tipos de soldaduras são necessários óculos e viseiras de soldadura ou protecção adequada para os olhos com a devida classificação de opacidade. EQUIPAMENTO LASER a operar aqui, potencialmente um laser de monóxido de carbono que emite um feixe invisível. Óculos especiais de protecção com lentes ópticas adequadas são necessários para entrar nestas áreas. PROIBIDO FUMAR, beber, incluindo água da torneira, ou comer nesta área. A área contém perigos de natureza não identificada que podem ser ingeridos ou inalados. ÁREA DE TRABALHO classificada como espaço confinado. Para entrar nestas áreas de trabalho é provável que seja necessária uma autorização de entrada ou de trabalho com um possível requisito de teste da atmosfera para verificar deficiências de oxigénio ou gases inflamáveis.? Espaço Confinado ENTRADA SÓ COM AUTORIZAÇÃO? Espaço Confinado Testar atmosfera antes de entrar NÃO ENTRAR POR QUALQUER RAZÃO. Autorização especial, possivelmente com um acompanhante, é necessária para entrar neste local. MATERIAL químico ou perigoso ou resíduos armazenados na área. GASES COMBUSTÍVEIS, incluindo propano, nesta área. Proibido fumar ou fazer lume. Será necessária uma autorização para o corte a quente O PESSOAL sem óculos de protecção ou viseiras faciais não será autorizado a entrar nesta área. ATENÇÃO OXIGÉNIO EM UTILIZAÇÃO, proibido fumar ou fazer lume. Será necessária uma autorização para o corte a quente. PESTICIDAS SOS armazenados aqui. Fosfatos orgânicos prejudiciais ao sistema nervoso incluem-se nesta categoria. S BIOLÓGICOS como resíduos infecciosos, organismos virais, bactérias e outro tipo de doenças ou infecções transmissíveis pelo ar estão presentes nesta área e podem ser transmitidos através do contacto com a pele, inalação ou ingestão. Proibida a entrada nestas áreas sem autorização especial. BIOHAZARD BIOHAZARD PROIBIDA A ENTRADA DE ESTRANHOS AO SERVIÇO 22 23

14 Reconhecimento de Perigos no Local de Trabalho Espaços Confinados ATENÇÃO FORNOS MICROONDAS, aquecedores, secadores e outros tipos de equipamento gerador de microondas em funcionamento. Pessoal portador de pacemakers não pode entrar com segurança nestas áreas, a menos que todo o equipamento tenha sido desligado da corrente, bloqueado e etiquetado. FONTES RADIOACTIVAS ou equipamento gerador de radiação, incluindo aparelhos de raiox, presentes nesta área. Película de dose de radiações ou dosímetro de medição da exposição pessoal à radiação necessária para a entrada nesta área. ATENÇÃO A OSHA define espaços confinados como as áreas que não possuem ventilação natural favorável (salas de mecânica em caves), não foram concebidas para acolherem trabalhos contínuos (dentro de condutas ou navios) e com acesso limitado (espaços com aberturas superiores) que requeiram a utilização de escadotes, andaimes ou outros aparelhos salas de mecânica em telhados. A SAÍDA destas áreas pode ser muito difícil em situações de emergência. Planeie o comportamento em caso de emergência antecipadamente. TODAS AS OPERAÇÕES de soldadura ou corte a quente em espaços confinados devem ser adequadamente ventiladas. Nunca se deve usar oxigénio para fins de ventilação. ESPAÇO FECHADO ATMOSFERA SA ENTRADA SÓ COM AUTORIZAÇÃO EQUIPAMENTO GERADOR de radiação, incluindo aparelhos de raio-x, presentes nesta área de trabalho. Apenas o pessoal autorizado, possivelmente com acompanhante, pode entrar nesta área. AGENTE SUSPEITO de provocar cancro ou agente provocador de cancro presente nesta área. Entrada proibida, excepto a pessoal devidamente formado e autorizado. A entrada em espaços confinados, incluindo salas de mecânica em telhados, pode requerer uma autorização do local de trabalho e a notificação da segurança do edifício. Siga os procedimentos da sua Empresa em matéria de espaços confinados. Espaço Confinado Class ENTRADA SÓ COM AUTORIZAÇÃO PROIBIDA A ENTRADA na área de trabalho, com excepção para pessoal autorizado. ATENÇÃO Para entrar nesta área de trabalho é necessário calçado de protecção, caso contrário a entrada será proibida. FICHAS DE DADOS DE SEGURANÇA (MSDS) foram elaboradas pelos fabricantes dos químicos e materiais perigosos usados no local de trabalho. As MSDS contêm informação sobre saúde e segurança, requisitos de equipamento de protecção pessoal, procedimentos de eliminação, requisitos de etiquetagem e outras informações pertinentes. LEIA as MSDS referentes aos químicos e materiais no local de trabalho antes de os utilizar, ou iniciar acções de limpeza de derrames e procedimentos de eliminação. Leia as intruções antes de usar 24 25

15 Regulamentos, Códigos e Normas Código de Construção de Caldeira ASME, OSHA (Requisito de Autorização para Recipientes de Pressão não Utilizados, Secção VIII. Espaços Confinados.) Respeite requisitos para O objectivo deste código é garantir um factor práticas e procedimentos de modo a proteger os específico de segurança na concepção e indivíduos dos perigos de entrada em espaços d e s e n v o l v i m e n t o d e c o n d e n s a d o r e s, confinados. refrigeradores, economizadores e equipamento relacionado no que respeita a pressões específicas. Norma OSHA sobre Ruído Ocupacional Ao desempenhar tarefas de reparação num "Perda de audição pode ocorrer em resultado recipiente construído em conformidade com este do efeito de acumulação da exposição ao ruído código, o trabalho deve ser realizado de acordo com acima de uma intensidade máxima e durante o Código ASME em vigor à data do trabalho ou de uma duração máxima num determinado acordo com o acordo contratual. período de tempo.... A intensidade básica Este código não se aplica a revestimentos de permitida é de 90 dba durante oito horas de um refrigeradores ou condensadores: dia. A quantidade de energia sonora absorvida 1. Cujo volume seja inferior a 5 pés cúbicos e cuja durante tal exposição é considerada como o concepção de pressão não ultrapasse os 250 PSI. limite máximo de uma dose diária que não ou provocará perda de audição em mais de 20% 2. Cujo volume seja inferior a 1-1/2 pés cúbicos e da população exposta. cuja concepção de pressão não ultrapasse os 600 Os empregados não devem ser expostos a PSI. níveis de ruído constantes superiores a 115 dba, independentemente da duração. Códigos de Segurança para Refrigeração A exposição a ruídos impulsivos ou de impacto Mecânica, ANSI/ASHRAE não devem exceder o pico de 140 dba no nível O código ASA B ainda é obrigatório em de pressão de ruído." várias localidades. Caso haja dúvidas quanto ao código em vigor na localidade ou se existir a As normas da Agência Europeia para a possibilidade de um código jurisdicional (estado Saúde e Segurança no Trabalho (OSHA) referem ou cidade) ter precedência devem consultar-se as que a inalação ou ingestão de fibras de amianto é autoridades locais. Os códigos B9.1, por seu lado, perigosa para a saúde humana. As normas foram fazem referência a outros códigos de segurança, concebidas para reduzir a exposição dos como o Código Eléctrico Nacional e a Série de trabalhadores ao amianto, através da Especificações E-60 da Sociedade Norte- implementação de procedimentos adequados para Americana de Soldadura. manusear, misturar, aplicar, cortar, pontuar ou de outro modo lidar com o amianto e requerem protecção respiratória em determinadas situações. Note que as normas estatais podem ser mais restritivas. O Departamento de Serviços e Saúde Humana dos EUA e o Instituto Nacional para a Saúde e Segurança no Trabalho (NIOSH) determinaram que vários tipos de espaços confinados que contenham atmosferas perigosas com deficiências de oxigénio (menos de 19,5% de oxigénio disponível), inflamáveis (com oxigénio acima de 21%), materiais inflamáveis (gás, pó ou vapor) e tóxicas devem ser testadas antes de se entrar nas mesmas. Os espaços confinados podem, igualmente conter perigos físicos de temperaturas extremas (calor ou frio), ruído, superfícies molhadas/escorregadias e objectos em queda. A Norma da OSHA sobre comunicação de perigos foi concebida para garantir que os perigos de todos os químicos são avaliados e que a respectiva informação é transmitida a empregados e empregadores. A transmissão de informação é realizada através de uma abrangente comunicação sobre perigos, que tem de incluir etiquetagem de contentores, outras formas de aviso, folhas de dados sobre segurança de materiais e formação de trabalhadores. A norma da OSHA sobre o controlo de fontes de energia perigosa (Bloqueio/Etiquetagem) define as práticas e procedimentos necessários para desactivar e retirar a energia de maquinaria e equipamento e para a prevenção de libertação de energia potencialmente perigosa durante a realização de actividades de manutenção e reparação. A norma requer o estabelecimento de um programa efectivo para o bloqueio ou etiquetagem de aparelhos que isolem a energia e requer formação para os empregados autorizados e afectados. Os regulamentos da OSHA sobre pórticos de suspensão, andaimes e equipamento de extracção por cabos define os procedimento para a concepção, teste e utilização deste tipo de equipamento. Um programa abrangente requer inspecção periódica, classificação de capacidade com a subsequente etiquetagem e a retirada de equipamento danificado de serviços. Os requisitos da Agência De Protecção Ambiental dos EUA exigem procedimentos adequados ao manuseamento, limpeza, colocação em contentores, transporte e eliminação de resíduos perigosos. Um programa abrangente que requeira a devida avaliação, identificação, etiquetagem, colocação em contentores de resíduos perigosos gerados no local de trabalho encontra-se incluído neste regulamento. Requisitos de manutenção de registos para a geração, armazenagem, transporte e eliminação final de resíduos perigosos são também especificados

16 A Trabalhar por um mundo melhor... Dentro e Fora Produtos Arrefecimento Quando o Dr. Willis Carrier se iniciou na indústria do ar condicionado, em 1902, pouco sabia sobre o enorme impacto que teria nas nossas vidas. Enquanto líder mundial no Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado (HVAC), a Carrier está empenhada em melhorar de forma contínua a qualidade do conforto fornecido aos nossos clientes. A Carrier Corporation equilibrou as necessidades dos clientes em termos de conforto com as necessidades ambientais para um consumo responsável concentrando-se em: Qualidade do Ar no Interior Redução de Dimensões e Materiais Refrigerantes Produtos Eficientes Segurança Ruído Distribuição de Ar A Carrier Building Systems and Services, uma divisão da Carrier Corporation, oferece soluções únicas para as suas necessidades em termos de equipamento e serviços. Asseguramos-lhe serviços de alta qualidade, personalizados e de fonte única em matéria de HVAC. Enquanto parceiro de serviços, a Carrier está pronta a reparar o seu equipamento apoiados por mais de 75 anos de experiência, uma capacidade de serviço a nível nacional e as mais recentes tecnologias. Por conseguinte, o equipamento amigo do ambiente da Carrier juntamente com um serviço de qualidade é a sua garantia de conforto interior a longo prazo e um ambiente exterior para usufruir amanhã. Chillers de Absorção Compressores Alternativos Unidades Compactas (Roof tops) Bombas de Calor Sistemas de Gestão de Chillers e Refrigeração Aquecimento Caldeiras Bombas de Calor Unidades Compactas (Roof Tops) Distribuição de Água e Ar Unidades de Estação Central Difusores de Indução Ventiladores Controlos Sistemas Electrónicos de Controlo (DDC) Software Carrier Confort Network (CNN) Serviços Chillers Centrífugos Sistemas Split Chillers de Parafuso Unidades Ventiloconvectoras Terminais VAV Difusores Lineares A abrangente linha de refrigeradores da Carrier tem o equipamento ambientalmente mais responsável dos nossos dias. Os refrigerantes centrífugos de pressão positiva EVERGREEN da Carrier alcançam a mais alta eficiência do sector ao mesmo tempo que utilizam um refrigerante sem cloro não prejudicial à camada do ozono. Soluções de Retrofit Total Contratos de Manutenção Serviços de Controlo Serviços Não-Destrutivos Serviços de Retrofit e Actualização Serviços de Monitorização Remota Serviços de reparação Peças Sobresselentes HVAC 29

Segurança e Higiene no Trabalho. Volume XIII Trabalho em Espaços Confinados. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção

Segurança e Higiene no Trabalho. Volume XIII Trabalho em Espaços Confinados. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção Guia Técnico Segurança e Higiene no Trabalho Volume XIII Trabalho em Espaços Confinados um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído

Leia mais

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R 22/04/2013 MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R cmo@cmo.es http://www.cmo.es pág. 1 MONTAGEM DESCRIÇÃO Directiva sobre máquinas: DIR 2006/42/CE (MÁQUINAS). Directiva sobre equipamentos sob pressão:

Leia mais

Instruções de instalação

Instruções de instalação Instruções de instalação Acessórios Cabos de ligação do acumulador da caldeira de aquecimento Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem. Logano plus GB225-Logalux LT300 6 720 642 644

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS!

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS! MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO Página 1- Indicações de uso AVISOS! *Não é permitido para pessoas que não entenderam o manual de instruções, dirigirem a mini-moto. *Deve ser utilizado a mistura de gasolina

Leia mais

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA Motor vertical 2 tempos LER O MANUAL DO PROPRIETÁRIO. TRABALHE SEMPRE COM ROTAÇÃO CONSTANTE, NO MÁXIMO 3.600 RPM EVITE ACELERAR E DESACELERAR O EQUIPAMENTO. NÃO TRABALHE

Leia mais

Características da Lt408

Características da Lt408 Lt408 Guia Rápido Características da Lt408 A Lt408 a geração de impressoras industriais robustas de alto rendimento com alta resolução. A Lt408 é uma impressora fácil de usar, com um rendimento e velocidade

Leia mais

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735 Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Uso e cuidados

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO UTILIZADOR TABAL-SEPOR, LDA. PÁGINA 2 DE 20 ÂMBITO... 3 SILO DE PRESSÃO... 3 Válvula de Segurança... 4 Funcionamento do silo de 2 bar de pressão... 4 Tubagens de entrada de

Leia mais

Manual de Instruções RETÍFICA RETA 1/4 AR 1214

Manual de Instruções RETÍFICA RETA 1/4 AR 1214 Manual de Instruções RETÍFICA RETA 1/4 AR 1214 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Normas especificas de segurança

Leia mais

FXZQ25MVE FXZQ32MVE FXZQ40MVE FXZQ50MVE

FXZQ25MVE FXZQ32MVE FXZQ40MVE FXZQ50MVE OPERATION MANUAL SYSTEM Inverter Air Conditioners English Español MODELS (Ceiling-mounted Multi flow cassette type) Portugues FXZQ20MVE FXZQ25MVE FXZQ32MVE FXZQ40MVE FXZQ50MVE Dispositivo de extração de

Leia mais

Manual de instruções. Caldeira de condensação a gás Logano plus GB312. Para o utilizador. Leia atentamente antes de utilizar o aparelho.

Manual de instruções. Caldeira de condensação a gás Logano plus GB312. Para o utilizador. Leia atentamente antes de utilizar o aparelho. Manual de instruções Caldeira de condensação a gás Logano plus GB312 Para o utilizador Leia atentamente antes de utilizar o aparelho. 7 747 010 152-01/2007 PT Índice 1 Para a sua segurança...........................................

Leia mais

CN890F(CE) PISTOLA PNEUMÁTICA DE PREGOS EM BOBINA

CN890F(CE) PISTOLA PNEUMÁTICA DE PREGOS EM BOBINA CN890F(CE) PISTOLA PNEUMÁTICA DE PREGOS EM BOBINA MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO PORTUGUÊS ANTES DE UTILIZAR ESTA FERRAMENTA, ESTUDE ESTE MANUAL PARA CONHECER AS INSTRUÇÕES E OS S DE SEGURANÇA. GUARDE

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUIÍMICO ( FISPQ )

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUIÍMICO ( FISPQ ) 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Anti Ruído Tradicional Aplicação: Reparação e emborrachamento de veículos. Fornecedor: Nome: Mastiflex Indústria e Comércio Ltda Endereço : Rua

Leia mais

Código do exame Teste de preparação

Código do exame Teste de preparação Nome do candidato: Este teste de preparação de VCA trata-se apenas de um exercício e tem como finalidade a familiarização do candidato com os métodos de exame. As questões são revistas anualmente no que

Leia mais

Manual de Instruções SATA 67595

Manual de Instruções SATA 67595 1. Conheça o produto...2 2. Âmbito do fornecimento...5 3. Dados técnicos...6 4. Modo de atuação da unidade de limpeza de ar com adsorvente de carvão ativo e do cinto sem adsorvente de carvão ativo...7

Leia mais

經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA. 通 告 Aviso. 商 標 之 保 護 Protecção de Marca. 申 請 Pedido

經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA. 通 告 Aviso. 商 標 之 保 護 Protecção de Marca. 申 請 Pedido 13092 28 2015 7 15 澳 門 特 別 行 政 區 REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 政 府 機 關 通 告 及 公 告 AVISOS E ANÚNCIOS OFICIAIS 經 濟 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE ECONOMIA 通 告 Aviso 商 標 之 保 護 Protecção de Marca 申 請

Leia mais

XDS-100. Manual de segurança R9898490

XDS-100. Manual de segurança R9898490 XDS-100 Manual de segurança R9898490 R59770579PT/00 25/08/2010 Barco nv Simulation Division Noordlaan 5, B-8520 Kuurne Telefone: +32 56.36.82.11 Fax: +32 56.36.84.86 E-mail: info@barco.com Visite-nos na

Leia mais

CELSIUSNEXT WTD 24 AM E23 WTD 24 AM E31. Manual de instalação e utilização

CELSIUSNEXT WTD 24 AM E23 WTD 24 AM E31. Manual de instalação e utilização Manual de instalação e utilização CELSIUSNEXT 6720608913-00.1AL WTD 24 AM E23 WTD 24 AM E31 Ler as instruções de instalação antes de instalar o aparelho! Antes de colocar o aparelho em funcionamento, ler

Leia mais

H A R V A R D U N I V E R S I T Y EH&S Awarenss Training SEGURANÇA ELÉTRICA

H A R V A R D U N I V E R S I T Y EH&S Awarenss Training SEGURANÇA ELÉTRICA EH&S Awarenss Training SEGURANÇA ELÉTRICA As informações de segurança a seguir podem ajudá-lo a evitar perigos e choques elétricos. Mantenha sua área de trabalho limpa e seca. Nunca trabalhe ao redor de

Leia mais

Produtos químicos PERIGOSOS

Produtos químicos PERIGOSOS Produtos químicos PERIGOSOS Como podemos identificar os produtos químicos perigosos? Os produtos químicos estão presentes em todo o lado, quer em nossas casas, quer nos locais de trabalho. Mesmo em nossas

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. Permutador Térmico Total HRV (Ventilação de Recuperação Térmica) (Tipologia em conduta montada no tecto)

MANUAL DE OPERAÇÃO. Permutador Térmico Total HRV (Ventilação de Recuperação Térmica) (Tipologia em conduta montada no tecto) MANUAL DE OPERAÇÃO (Tipologia em conduta montada no tecto) VAM50FB VAM500FB VAM650FB VAM800FB VAM000FB VAM500FB VAM000FB 8 7 6 9 5 7 5 0 6 8 6 9 0 5 5 7 7 6 7 A A B B 5 6 5 6 7 VAM50F VAM800F VAM500F VAM500F

Leia mais

Bem-vindo à Evonik Degussa Antwerpen

Bem-vindo à Evonik Degussa Antwerpen pagina 1 van 26 Bem-vindo à Evonik Degussa Antwerpen A Evonik Degussa Antwerpen é uma empresa de químicos e parte de um grupo global. A sua segurança, assim como a nossa, é muito importante, pelo que existem

Leia mais

CSR/Instruções de inspeção para técnicos

CSR/Instruções de inspeção para técnicos INSTRUÇÕES DE INSPEÇÃO Escavadeiras CSR/Instruções de inspeção para técnicos Esta instrução é um recurso técnico informal. Para obter especificações e procedimentos corretos, refira-se sempre às instruções

Leia mais

Examen de teste: Segurança Básica (BE)

Examen de teste: Segurança Básica (BE) Examen de teste: Segurança Básica (BE) Série: Examen de teste (BE) Leia atentamente as instruções apresentadas abaixo! Este exame é constituído por 40 perguntas de escolha múltipla. A seguir a cada pergunta

Leia mais

INQUÉRITO SOBRE O ESTADO DOS LABORATÓRIOS E CONDIÇÕES DE TRABALHO E SEGURANÇA

INQUÉRITO SOBRE O ESTADO DOS LABORATÓRIOS E CONDIÇÕES DE TRABALHO E SEGURANÇA INQUÉRITO SOBRE O ESTADO DOS LABORATÓRIOS E CONDIÇÕES DE TRABALHO E SEGURANÇA Na sequência da Circular nº04/cd/03, de 17 de Janeiro, vimos por este meio solicitar a colaboração dos Responsáveis pelos Laboratórios

Leia mais

Operação e Regras de segurança...01. Manutenção Geral...02. Lubrificação de motores...03. Limpeza...04. Armazenamento...05. Identificando falhas...

Operação e Regras de segurança...01. Manutenção Geral...02. Lubrificação de motores...03. Limpeza...04. Armazenamento...05. Identificando falhas... Índice Operação e Regras de segurança...01 Manutenção Geral...02 Lubrificação de motores...03 Limpeza...04 Armazenamento...05 Identificando falhas...06 Certificado de Garantia...07 Operando seu gerador

Leia mais

Filtro de partículas diesel

Filtro de partículas diesel Filtro de partículas diesel 12.07 - anual de instruções P 51145778 DFG 316-320 08.10 DFG 316s-320s DFG 425-435 DFG 425s-435s Prefácio Para obter o melhor e mais seguro rendimento do veículo industrial,

Leia mais

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010)

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) ÍNDICE 1 Objectivo... 3 2 Porquê esta legislação?... 3 3 Quem está abrangido?... 3 4 Quais os equipamentos abrangidos?... 3 5 Dúvidas frequentes... 5 5.1 Equipamentos

Leia mais

Conselhos Gerais de Reparação e testes. Teste e Reparação seguros de equipamentos WABCO

Conselhos Gerais de Reparação e testes. Teste e Reparação seguros de equipamentos WABCO Conselhos Gerais de Reparação e testes Teste e Reparação seguros de equipamentos WABCO Conselhos Gerais de Reparação e Teste Teste e Reparação de equipamentos WABCO Edição 2 Esta publicação não está sujeita

Leia mais

Instruções de operação

Instruções de operação Instruções de Ventiladores radiais Modelo com motor standard Printed in Germany Reserva-se o direito a alterações, devido ao desenvolvimento técnico, respeitantes às indicações e ilustrações das presentes

Leia mais

Tópicos. Introdução Avaliação/gestão de riscos Normas de segurança Boas práticas laboratoriais (case study) Conclusões

Tópicos. Introdução Avaliação/gestão de riscos Normas de segurança Boas práticas laboratoriais (case study) Conclusões Boas Práticasde Trabalhoem Laboratório Olga Conde Moreira Seminário no âmbito do Projeto AGROPECUÁRIA, TECNOLOGIA ALIMENTAR E AMBIENTE APRENDER CIÊNCIA HANDS-ON Programa Ciência Viva 12 de Março de 2014

Leia mais

características do seu novo ionizador de plasma

características do seu novo ionizador de plasma características do seu novo ionizador de plasma O seu ionizador de plasma é uma excelente escolha para uma limpeza eficiente do ar. O ionizador de plasma protegerá a sua família das alergias causadas pelo

Leia mais

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A STANDARD LME-12:001905 Upt Rev A Índice 1 Introdução... 3 2 Requisitos... 3 3 Normas de Operação Segura... 4 3.1 Procedimentos de Evacuação em Incêndio... 4 3.2 Caminhos de Escape Designados... 4 3.3 Pontos

Leia mais

Referência do modelo 3. Especificações 4. Antes de usar 5, 6. Peças e acessórios 7

Referência do modelo 3. Especificações 4. Antes de usar 5, 6. Peças e acessórios 7 Página Referência do modelo 3 Especificações 4 Antes de usar 5, 6 Peças e acessórios 7 Instalação 8, 9 Modo de operação para modelos mecânicos Modo de operação para modelos electrónicos 10, 11 12, 13 Drenagem

Leia mais

Manual de Instruções FURADEIRA COM IMPACTO FI 713/1

Manual de Instruções FURADEIRA COM IMPACTO FI 713/1 Manual de Instruções FURADEIRA COM IMPACTO FI 713/1 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Normas específicas de

Leia mais

Lava-Jato de Alta Pressão

Lava-Jato de Alta Pressão Lava-Jato de Alta Pressão Manual de operação LT 18/20M LT 8.7/19M LT 8.7/18M LT 8.7/16M Aviso: Este manual deve ser lido antes de manusear o equipamento. Este manual é considerado uma parte importante

Leia mais

HS130(CE) PISTOLA DE PREGOS PARA ESTRUTURAS DE ALTA PRESSÃO. MANUAL DE OPERAÇÃO e MANUTENÇÃO

HS130(CE) PISTOLA DE PREGOS PARA ESTRUTURAS DE ALTA PRESSÃO. MANUAL DE OPERAÇÃO e MANUTENÇÃO HS130(CE) PISTOLA DE PREGOS PARA ESTRUTURAS DE ALTA PRESSÃO MANUAL DE OPERAÇÃO e MANUTENÇÃO PORTUGUÊS ANTES DE UTILIZAR ESTA FERRAMENTA, ESTUDE ESTE MANUAL PARA CONHECER AS INSTRUÇÕES E OS S DE SEGURANÇA.

Leia mais

Equipamento: Chiller

Equipamento: Chiller Equipamento: Chiller Limpeza/lavagem de condensadores Medições e registos de temperatura e pressões de água Medição e registo de consumos dos compressores, reajustes dos térmicos, medições e registos de

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO AR CONDICIONADO SPLIT

MANUAL DE INSTALAÇÃO AR CONDICIONADO SPLIT MANUAL DE INSTALAÇÃO AR CONDICIONADO SPLIT SUMÁRIO SUMÁRIO DIAGRAMA DE INSTALAÇÃO...03 ANTES DA INSTALAÇÃO LEIA AS INSTRUÇÕES............................ 04 ESCOLHA DO LOCAL DA UNIDADE INTERNA...04 ESCOLHA

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. SERRA CIRCULAR 1600W Refª.: 70061

MANUAL DE INSTRUÇÕES. SERRA CIRCULAR 1600W Refª.: 70061 MANUAL DE INSTRUÇÕES SERRA CIRCULAR 1600W Refª.: 70061 NOME DAS PEÇAS A G B F C D A - Punho com Interruptor B - Punho C - Interruptor para Laser D - Fixador da Paralela E - Guia Laser para Corte F - Bloqueador

Leia mais

Manual de Instruções. Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta. Taxa de consumo de energia Corrente 10,5ª / 4,0A

Manual de Instruções. Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta. Taxa de consumo de energia Corrente 10,5ª / 4,0A Manual de Instruções Leia todas as instruções antes de operar essa ferramenta Chanfradeira portátil Modelo HB-15B Ferramenta profissional HB-15B Especificações Fonte de energia (fase única) AC110v-120v

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Linha de Fornos a gás Modelos: S651/S652/S653/S656/S657/S658/S660/S661/S662/ S665/S666/S667/S670/S671/S672/S675/S676/S677 ATENÇÃO! - Leia e siga rigorosamente as instruções deste manual

Leia mais

Manual de instruções

Manual de instruções Manual de instruções Compressores: TC24L-1 TC24L-2 Sumário 1.Introdução... 3 2.Instalação e preparação. Verifique:... 3 3.Liga/desliga... 3 4.Precauções... 4 5.Ajuste do interruptor de pressão.... 4 7.Guia

Leia mais

Reparação e Manutenção de Tubos

Reparação e Manutenção de Tubos Reparação e Manutenção de Tubos Vasta selecção a partir de uma fonte única. Concepções duradouras exclusivas. Desempenho rápido e fiável. Tipo de modelos Página Bombas de Teste de Pressão 2 9.2 Congeladores

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Pág.1/12

CADERNO DE ENCARGOS. Pág.1/12 Manutenção do Sistema de climatização dos edifícios escolares da responsabilidade do Município, manutenção do Sistema de AVAC do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta e manutenção do sistema de AVAC da Divisão

Leia mais

MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS DE EXPLORAÇÃO FLORESTAL

MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS DE EXPLORAÇÃO FLORESTAL MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS DE EXPLORAÇÃO FLORESTAL PROJECTO AGRO 667 Ficha Técnica Título Manutenção de Máquinas de Exploração Florestal Autores Aliança Florestal, Direcção-Geral dos Recursos Florestais

Leia mais

International Paper do Brasil Ltda

International Paper do Brasil Ltda International Paper do Brasil Ltda Autor do Doc.: Editores: Título: Tipo do Documento: SubTipo: Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Trabalho em espaços confinados

Leia mais

O Moto Vibrador a Gasolina é utilizado para acionar os vibradores de imersão pendular de concreto e bombas de mangotes.

O Moto Vibrador a Gasolina é utilizado para acionar os vibradores de imersão pendular de concreto e bombas de mangotes. 1 APLICAÇÃO: O Moto Vibrador a Gasolina é utilizado para acionar os vibradores de imersão pendular de concreto e bombas de mangotes. ESPECIFICAÇÃO: Motor Gasolina: MODELO Potência Rotação Peso MGK-5.5

Leia mais

Ficha de dados de segurança

Ficha de dados de segurança Página 1 de 5 SECÇÃO 1: Identificação da substância/mistura e da sociedade/empresa 1.1. Identificador do produto 1.2. Utilizações identificadas relevantes da substância ou mistura e utilizações desaconselhadas

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas as divisões

Leia mais

Procedimentos de montagem e instalação

Procedimentos de montagem e instalação Procedimentos de montagem e instalação das cápsulas filtrantes Pall Supracap 100 1. Introdução Os procedimentos abaixo devem ser seguidos para a instalação das cápsulas Pall Supracap 100. As instruções

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D

MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. Parabéns pela escolha. Este manual explica como operar e manter

Leia mais

HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA

HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA HPP06 UNIDADE HIDRÁULICA A partir do nº de Série 5688 ANTES Antes DE UTILIZAR Agradecemos a sua preferência pela unidade HYCON. Por favor note que a unidade foi vendida sem óleo hidráulico, o qual deverá

Leia mais

Kit de Carregador de Bicicleta Nokia. Edição 3.0

Kit de Carregador de Bicicleta Nokia. Edição 3.0 Kit de Carregador de Bicicleta Nokia 2 3 6 1 4 5 8 7 9 10 11 Edição 3.0 12 13 15 14 16 17 18 20 19 21 22 PORTUGUÊS 2010 Nokia. Todos os direitos reservados. Introdução Com o Kit de Carregador de Bicicleta

Leia mais

ATENÇÃO: Instruções gerais de segurança

ATENÇÃO: Instruções gerais de segurança ATENÇÃO: Instruções gerais de segurança Utilize as seguintes directrizes de segurança para assegurar a sua própria segurança pessoal e para ajudar a proteger o seu aparelho e ambiente de trabalho de potenciais

Leia mais

Cuidados e Precausões

Cuidados e Precausões 1 P/N: AK-PRONET04AMA SERVO DRIVER AKIYAMA ESTUN Servoacionamento Serie Cuidados e Precausões Recomendamos a completa leitura desde manual antes da colocação em funcionamento dos equipamentos. 2 SUMÁRIO

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA. Material organizado pelo Prof. Cristiano Alfredo. Rupp.

MANUAL DE NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA. Material organizado pelo Prof. Cristiano Alfredo. Rupp. MANUAL DE NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA Material organizado pelo Prof. Cristiano Alfredo. Rupp. NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA Para um trabalho com segurança e com menores

Leia mais

BOMBA-FILTRO MANUAL DO UTILIZADOR

BOMBA-FILTRO MANUAL DO UTILIZADOR ESPECIALISTA EM INSUFLÁVEIS BOMBA-FILTRO MANUAL DO UTILIZADOR Para os modelos: 110 220v Leia atentamente e guarde para referência futura! 1 INSTRUÇÕES Agradecemos-lhe a compra da nossa bomba-filtro. Pensamos

Leia mais

Manual de instruções Forno para pizza Mini

Manual de instruções Forno para pizza Mini P Manual de instruções Forno para pizza Mini 203510 203500 V1/0813 PORTUGUÊS Tradução do manual de instruções original Antes de iniciar a utilização deve ler o manual de instruções e seguidamente guardá-lo

Leia mais

Sistemas de Accionamento Electromecânico

Sistemas de Accionamento Electromecânico Sistemas de Accionamento Electromecânico Comando e protecção de motores Introdução SISTEMAS de ACCIONAMENTO ELECTROMECÂNICO, O que são? Sistemas capazes de converter energia eléctrica em energia mecânica

Leia mais

Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Antes de iniciar a operação do rolo, o operador deve estar familiarizado com o manual de instruções. Assegure se de que são seguidas todas

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES. Ar Condicionado de Inversor de Sistema FXNQ20A2VEB FXNQ25A2VEB FXNQ32A2VEB FXNQ40A2VEB FXNQ50A2VEB FXNQ63A2VEB

MANUAL DE OPERAÇÕES. Ar Condicionado de Inversor de Sistema FXNQ20A2VEB FXNQ25A2VEB FXNQ32A2VEB FXNQ40A2VEB FXNQ50A2VEB FXNQ63A2VEB MANUAL DE OPERAÇÕES Ar Condicionado de Inversor de Sistema FXNQ20A2VEB FXNQ25A2VEB FXNQ32A2VEB FXNQ40A2VEB FXNQ50A2VEB FXNQ63A2VEB ÍNDICE LER ANTES DE UTILIZAR Nomes e funções das peças...2 Precauções

Leia mais

INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO

INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO ANTES DE UTILIZAR A PLACA DE FOGÃO SUGESTÕES PARA A PROTECÇÃO DO AMBIENTE PRECAUÇÕES E RECOMENDAÇÕES GERAIS SUGESTÕES PARA POUPANÇA DE ENERGIA CUIDADOS E MANUTENÇÃO GUIA PARA RESOLUÇÃO

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO ESCADAS ESCADOTES

MANUAL DE UTILIZAÇÃO ESCADAS ESCADOTES MANUAL DE UTILIZAÇÃO ESCADAS ESCADOTES 2 ESCADAS / ESCADOTES Antes de utilizar uma escada ou escadote, leia cuidadosamente estas intruções! Guarde estes textos em local de fácil acesso para futuras consultas.

Leia mais

ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO

ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO MANUAL DE UTILIZAÇÃO ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO INSTALAÇÃO LIGAÇÃO ELÉCTRICA SUGESTÕES PARA POUPANÇA DE ENERGIA SUGESTÕES PARA A PROTECÇÃO DO AMBIENTE PRECAUÇÕES E RECOMENDAÇÕES GERAIS

Leia mais

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por:

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por: Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES Desenvolvido por: Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. FUNÇÕES BÁSICAS... 4 3. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 5 4. CONDIÇÕES DE SEGURANÇA... 7 5. COMPONENTES

Leia mais

BOMBA DE PRESSURIZAÇÃO PARA REDE HIDRÁULICA

BOMBA DE PRESSURIZAÇÃO PARA REDE HIDRÁULICA BOMBA DE PRESSURIZAÇÃO PARA REDE HIDRÁULICA (com fluxostato interno) MODELOS: BOMBA COM CORPO DE FERRO (revestimento cerâmico) RPHSBFP 11 (127V 120W) RPHSBFP 12 (220V 120W) MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO INFORMAÇÕES

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos (MSDS)

Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos (MSDS) Página: 1/5 1 - Identificação do produto e da empresa - Nome do produto: TEMED (N,N,N,N -Tetramethylenediamine) - Código de identificação do produto: 161-0800N - Nome da Empresa: BioAgency Biotecnologia

Leia mais

Ficha de dados de segurança

Ficha de dados de segurança Página 1 de 5 SECÇÃO 1: Identificação da substância/mistura e da sociedade/empresa 1.1. Identificador do produto 1.2. Utilizações identificadas relevantes da substância ou mistura e utilizações desaconselhadas

Leia mais

Dynatig 350 HF. Ignitor de alta frequência CÓDIGO : 0704123 MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS

Dynatig 350 HF. Ignitor de alta frequência CÓDIGO : 0704123 MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS Dynatig 350 HF CÓDIGO : 0704123 Ignitor de alta frequência MANUAL DO USUÁRIO / LISTA DE PARTES E PEÇAS 2 Dynatig 350 HF Página em branco Dynatig 350 HF Ignitor de alta frequência para tocha TIG MANUAL

Leia mais

Manual de instruções para carregadores de acumuladores. utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters

Manual de instruções para carregadores de acumuladores. utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters Manual de instruções para carregadores de acumuladores CCC 405 e CCC 410 24V/5A 24V/10A utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters Certified to EN60601-1 3 rd ed. Em conformidade

Leia mais

CUIDADO O tempo de carregamento não deve exceder 3 5 horas. ESPECIFICAÇÃO Chave de fenda: Velocidade: 200rpm;

CUIDADO O tempo de carregamento não deve exceder 3 5 horas. ESPECIFICAÇÃO Chave de fenda: Velocidade: 200rpm; MANUAL DE INSTRUÇÕES Por favor, leia as instruções de operação meticulosamente, prestar especial atenção às instruções de segurança. Guarde as instruções de operações junto com o equipamento CUIDADO O

Leia mais

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES II -MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Leia atentamente antes de utilizar a bomba de Vácuo Todos

Leia mais

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa Manual do Usuário Imagem Ilustrativa Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. * Este Manual inclui Certificado de Garantia. ÍNDICE Apresentação... 03 Instruções de Segurança...

Leia mais

Instruções de Segurança

Instruções de Segurança 0 Instruções de Segurança! ADVERTÊNCIA Leia todas as advertências e instruções de segurança. Deixar de seguir todas as advertências e instruções pode resultar em descarga elétrica, incêndio e/ou ferimentos

Leia mais

Armazenamento Todas as matérias primas são organizadas por secções no armazém, através de prateleiras.

Armazenamento Todas as matérias primas são organizadas por secções no armazém, através de prateleiras. Recepção de matérias primas Após a chegada das matérias primas à fábrica, estas são transportadas para o armazém através do empilhador, porta paletes ou através de transporte manual. Armazenamento Todas

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO M A N U A L B A T E R I A C H U M B O - Á C I D A S E L A D A MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO BATERIAS CHUMBO-ÁCIDAS SELADAS COM RECOMBINAÇÃO DE GÁS POWERSAFE VF ÍNDICE 1.0 INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES RT650KA / RTX-1

MANUAL DE INSTRUÇÕES RT650KA / RTX-1 RT650KA MICRO RETÍFICA VELOCIDADE VARIÁVEL MANUAL DE INSTRUÇÕES RT650KA / RTX-1 DISQUE 0800 703 4644 PARA SABER QUAL O CENTRO DE SERVIÇO MAIS PRÓXIMO DE SUA LOCALIDADE INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA AVISO: Ao

Leia mais

ISO 9001:2000 Certificate Nº FM37608 INJETORAS MANUAL DE SEGURANÇA

ISO 9001:2000 Certificate Nº FM37608 INJETORAS MANUAL DE SEGURANÇA ISO 9001:2000 Certificate Nº FM37608 INJETORAS MANUAL DE SEGURANÇA ISO 9001:2008 capítulo 3 segurança e procedimentos Seção Conteúdo Pag. 3.1 3.2 3.3 3.4 3.5 3.6 3.7 Segurança Geral Sinais de aviso Sinais

Leia mais

Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado

Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado Pedro Miranda Soares Manutenção de Equipamentos de Ar Condicionado Tal como todos os equipamentos mecânicos, o Ar Condicionado necessita da sua manutenção

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383 bambozzi A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

CALDEIREIRO. De acordo com a lei 6.514, de 22 de Dezembro de 1977

CALDEIREIRO. De acordo com a lei 6.514, de 22 de Dezembro de 1977 : 1/5 De acordo com a lei 6.514, de 22 de Dezembro de 1977 Capítulo V Da Segurança e da Medicina do Trabalho Art 157 - Cabe às empresas: I - cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do

Leia mais

Manual de Operação. Lixadeira pneumática de alta velocidade 5"- TESM5P

Manual de Operação. Lixadeira pneumática de alta velocidade 5- TESM5P Manual de Operação Lixadeira pneumática de alta velocidade 5"- TESM5P . DADOS TÉCNICOS LIXADEIRA ORBITAL Modelo: Velocidade sem carga: Pressão de ar: Entrada de ar: Disco de lixa: Consumo de ar: TESM5P

Leia mais

SIGOU. Sistema Integrado de Gestão de Óleos Usados

SIGOU. Sistema Integrado de Gestão de Óleos Usados SIGOU Sistema Integrado de Gestão de Óleos Usados 1 O que é a ECOLUB? A ECOLUB, referência na requalificação de resíduos industriais perigosos, é uma marca registada da SOGILUB, Sociedade de Gestão Integrada

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções NM 250 TURBO +55 (16) 3383 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. bambozzi A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Série 500. Modelos 525, 535H e 526 Masoneilan* Reguladores de Pressão e Contrapressão. Manual de Instruções. GE Oil & Gas

Série 500. Modelos 525, 535H e 526 Masoneilan* Reguladores de Pressão e Contrapressão. Manual de Instruções. GE Oil & Gas GE Oil & Gas Série 500 Modelos 525, 535H e 526 Masoneilan* Reguladores de Pressão e Contrapressão Manual de Instruções GE Data Classification : Public 2 GE Oil & Gas 2014 General Electric Company. Todos

Leia mais

1. Procedimentos para seleção dos respiradores. 4. Procedimentos para uso adequado de respiradores.

1. Procedimentos para seleção dos respiradores. 4. Procedimentos para uso adequado de respiradores. protrespsimples.doc Um guia para os usuários de respiradores, escrito de forma simples e de fácil entendimento. Mantenha este guia sempre à mão, releia-o periodicamente e conte sempre com a ajuda do seu

Leia mais

MANUAL ORIGINAL TH540 TH380

MANUAL ORIGINAL TH540 TH380 MANUAL ORIGINAL TH540 TH380 Ref. NTH540/380 Índice 03. Índice Descrição:...2 Características:...2 Montagem da pega n 4:...2 Montagem da cabeça da máquina de podar sebe na pega POWERCOUP:...3 Colocação

Leia mais

BANTAM 250 SERRALHEIRO S 110/220 V

BANTAM 250 SERRALHEIRO S 110/220 V BANTAM 50 SERRALHEIRO S 0/0 V Transformadores compactos para soldagem manual Manual do usuário e peças de reposição Referência Bantam 50 Serralheiro S 0/0 V - 60 Hz 0405484 A ESAB se reserva o direito

Leia mais

Manual de Instruções IME 10180 INVERSOR PARA SOLDA MIG-MAG / ELETRODO. ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto.

Manual de Instruções IME 10180 INVERSOR PARA SOLDA MIG-MAG / ELETRODO. ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. Manual de Instruções INVERSOR PARA SOLDA MIG-MAG / ELETRODO IME 10180 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Uso

Leia mais

Springer - Carrier. Índice

Springer - Carrier. Índice Índice Página 1 - Diagnóstico de Defeitos em um Sistema de Refrigeração... 8 1.1 - Falha: Compressor faz ruído, tenta partir, porém não parte... 8 1.2 - Falha: Compressor funciona, porém não comprime...

Leia mais

AQUECEDOR DE ESPLANADA

AQUECEDOR DE ESPLANADA AQUECEDOR DE ESPLANADA Manual de Instruções SRPH68 AVISO: Leia as instruções antes da instalação e utilização. Guarde as instruções para consulta futura. Só para uso no exterior! Uso exterior exclusivamente.

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA Edição revista (*) Nº : 5. 2.2 : Gás não inflamável e não tóxico.

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA Edição revista (*) Nº : 5. 2.2 : Gás não inflamável e não tóxico. Página : 1 2.2 : Gás não inflamável e não tóxico. Atenção 1 Identificação da substância/ preparação e da sociedade/ empresa Identificador do produto Designação Comercial : AR Reconstituido K/AR Comprimido/

Leia mais

Manual de instalação, operação e manutenção. Bomba centrífuga CS

Manual de instalação, operação e manutenção. Bomba centrífuga CS Manual de instalação, operação e manutenção Bomba centrífuga CS .Segurança. Informação Importante.2 Sinais de Aviso Este manual salienta os procedimentos incorretos e outras informações importantes. Os

Leia mais

Meios de segurança BASF Antuérpia NV

Meios de segurança BASF Antuérpia NV Meios de segurança BASF Antuérpia NV Esta informação escrita desenrolar-se-á de modo completamente automático. Apenas os sinais de alarme serão representados de modo acústico. Para tal, tem de utilizar

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO PARA MOEDOR DE CARNE

MANUAL DE OPERAÇÃO PARA MOEDOR DE CARNE MANUAL DE OPERAÇÃO PARA MOEDOR DE CARNE 1-8 1 INTRODUÇÃO Neste manual de operação, você encontrará todas as informações necessárias sobre o equipamento para usá-lo corretamente. Ao adquirir um dos modelos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502

MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502 MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502 Obrigado por adquirir o Aspirador de pó Mantix Cadence, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito importante ler atentamente este

Leia mais

Montagem Funcionamento Manutenção

Montagem Funcionamento Manutenção Montagem Funcionamento Manutenção Chiller com compressor helicoidal rotativo arrefecido a ar da Série R Modelo RTAC 120-400 (50 Hz) 400-1500 kw Índice Informações gerais 6 Inspecção da unidade 6 Inventário

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA 1. Identificação da substância/preparação e da sociedade / empresa Identificação da substância / preparação Nome comercial: LUSO EXTRUDER Código do produto: TPVE 301 Utilização da substância / da preparação:

Leia mais