Movendo montanhas. Erik Berggren. Keith Messick Diretor Sênior, Resultados para Clientes. Diretor Sênior de Resultados para Clientes e Pesquisa Global

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Movendo montanhas. Erik Berggren. Keith Messick Diretor Sênior, Resultados para Clientes. Diretor Sênior de Resultados para Clientes e Pesquisa Global"

Transcrição

1 Movendo montanhas por: Erik Berggren Diretor Sênior de Resultados para Clientes e Pesquisa Global Keith Messick Diretor Sênior, Resultados para Clientes

2 Resumo executivo: Quando se fala de estratégia, não só é importante identificar o que, mas também o quem e o como. A maioria das empresas prioriza a estratégia perante a execução, inclusive quando os estudos relacionados mostram claramente que a realização dos projetos e a atuação de acordo com a estratégia equivalem, na realidade, a 85% dos resultados financeiros da empresa. 1 Por este motivo, a chave principal do desempenho da sua empresa está na sua habilidade na hora de nomear os talentos certos para os postos chave e, depois disso, alinhar a organização com a estratégia. Depois de ter colocado cada uma destas peças no seu lugar, será possível calibrar o valor potencial da estratégia. O presente artigo tratará duas áreas chave para a geração de valor que poderá pôr na prática simplesmente investindo da forma certa em seu capital humano. Do mesmo modo, demonstrará como o software de gestão do desempenho e do talento pode lhe permitir obter importantes resultados financeiros. O investimento na capacidade de execução da empresa Atualmente, o capital humano é o fator primordial do desempenho. Pedimos que considere o seguinte: dependendo das condições de um setor ou mercado, na maioria das empresas os custos associados aos funcionários representam aproximadamente 70% do seu gasto operacional. Falamos dos responsáveis pela execução da estratégia (85% da geração de valor). Por isto, neste aspecto reside seu maior potencial para melhorar a execução, produtividade e, em última instância, rendimento financeiro. Este é o novo imperativo: se o pessoal não render, a melhor estratégia fica como simples ideia... só seus funcionários serão capazes de concretizá-la. Todo o mundo sabe que até a melhor das empresas tem perdas. Embora se prezem de uma grande capacidade executiva, é impossível que as organizações tirem todo o proveito possível de seu potencial humano. Entretanto, quanto mais exato for o alinhamento do desempenho dos seus funcionários a sua estratégia, mais possibilidades terá na hora de alcançar seus objetivos. Por este motivo, atualmente o talento se tornou um elemento chave para qualquer negócio. Não é a toa que isto ocupa a atenção dos diretores e conselhos de administração. Depois de neutralizado o resto dos elementos competitivos diferenciadores, as pessoas seguem sendo o fator último que pode determinar a vantagem competitiva contínua. Todos os direitos reservados. 2

3 A execução proporciona resultados Ao longo do nosso estudo, vimos que os clientes que utilizam o software de gestão do desempenho e do talento superam aos seus concorrentes, tanto no que se refere a um aumento dos ganhos quanto no que corresponde a seus resultados financeiros 2. Propusemo-nos chegar ainda mais longe, contratando os serviços de uma prestigiosa e respeitada consultora de gestão empresarial mundial para desenvolver um estudo mais concreto sobre como nossos clientes utilizam esta solução para administrar seus negócios e conseguir resultados. Esta empresa entrevistou, distribuiu enquetes e analisou os dados de mais de 500 clientes de SuccessFactors. Além de nos surpreender, os resultados demonstraram como a variação pode ser utilizada como ferramenta de gestão com o fito de propiciar o bom desempenho de uma empresa. Descobrimos que implementando o software de gestão do desempenho e do talento para alinhar a seus funcionários com as estratégias, nossos clientes se mostravam mais capazes de executar suas estratégias, melhorar sua produtividade e obter resultados. Como já destacaram muitos e acertadíssimos livros e artigos sobre o mundo dos negócios como o best seller De Bom a Excelente de Jim Collins 3, a matéria de HBR Como tornar uma grande estratégia em um grande desempenho 4 ou A disciplina para que as coisas sejam feitas, de Charan e Bossidy 5, a execução não só constitui o principal fator que determina os resultados, mas também aquilo que as empresas que melhor funcionam têm em comum. definição da estratégia x execução da estratégia = resultados Obviamente, não se trata de debater aqui se a estratégia constitui o elemento primordial ou a prioridade chave. A pergunta que devemos fazer é como desdobrar e fazer cumprir uma estratégia. Analise o tema tomando certa perspectiva. Quem é que faz que a sua estratégia se torne em algo concreto? Qual é o maior gasto de sua empresa? A resposta, sem dúvidas, é o pessoal. Movendo montanhas pretende modificar a atenção e o desempenho de seu principal ativo e ao mesmo tempo, seu maior investimento para que seja mais preciso, mais rápido e mais eficiente que a competência. Fazer o que é certo é mais importante do que nunca Em uma economia tão dinâmica como a atual, a capacidade de mudar o rumo rapidamente é mais importante do que nunca. Em um ambiente empresarial que evolui de forma vertiginosa, onde os recursos se limitam cada vez mais tanto no que se refere ao orçamento, como às pessoas ou ao tempo disponível, não existe margem para o erro. Consiga mais com menos. Pode permitir-se um mês para modificar a sua estratégia produtiva e decidir depois quem comercializará os novos produtos (e a que clientes estarão dirigidos)? Por exemplo, uma empresa de serviços financeiros não deveria investir em marketing para ajudar aos seus funcionários a conseguir novos clientes para seus cartões de crédito enquanto o resto do banco se dedica a pagar dívidas antigas e em ocasiões caras. Que objeto tem ficar em contato com clientes potenciais e esbanjar os recursos de marketing quando possivelmente nem sequer lhe interessa conseguir esses contratos? Este é um claro exemplo de falta de alinhamento. Todos os direitos reservados. 3

4 Qualquer mudança de estratégia deve vir acompanhada, necessariamente, de uma implicação de todo o pessoal. dentro deste processo, os diretores e os executivos têm que assegurar-se de ter o capital humano certo, com as competências necessárias e nos postos apropriados para conduzir uma mudança de estratégia. Também devem ter uma medida para poder avaliar quem cumpre com suas funções devidamente, com fito de recompensar a estas pessoas devidamente e de garantir a continuidade dos funcionários de maior valia. O bom de isto tudo é que existem investimentos de reconhecida eficácia nas práticas executivas que realmente podem mudar os resultados. Se alinhar ao pessoal para a execução da sua estratégia, sempre que lhe ofereça as ferramentas adequadas, obterá resultados. Nossos clientes evoluem agora com mais agilidade do que antes de utilizar nosso software de gestão do desempenho e do talento. Também sabemos que estes clientes estão superando a seus concorrentes no aspecto financeiro, o que demonstra que as melhoras registradas estão dando seus frutos. 6 E ainda não sabe o melhor: seja qual for o ponto de partida, sempre pode melhorar. Inclusive as melhoras mais insignificantes podem propiciar resultados financistas tangíveis, graças a um aumento da produtividade e da competitividade. O que pode representar para sua empresa obter este tipo de resultados, por mínimos que sejam? Como seria afetada a sua fatia de mercado se, em vez de você, fosse a concorrência quem obtenha estes resultados? Impacto da implementação de SuccessFactors Média Valor máximo n Aceleração da comunicação de estratégia 1 semana 8+ semanas 335 Aceleração na fixação de objetivos 1,5 semanas 8+ semanas 334 Aumento do tempo dedicado às prioridades estratégicas 5,50% 40% 321 Aumento da consecução de projetos 13,80% 67% 239 Melhoras executivas alcançadas por nossos clientes graças à implementação do software de gestão do desempenho e do talento de SuccessFactors. Fonte: Dados após a implementação de SuccessFactors, T1 2009, Top Tier Consulting e Análise de pesquisa SF. Todos os direitos reservados. 4

5 Transforme seu capital humano em capital financeiro O êxito reside em mostrar-se diferente e em superar a concorrência. Entretanto, cada dia é mais difícil diferenciar-se do resto. Depois de décadas de melhoras na eficácia para todos os setores, conseguiram-se melhoras produtivas que conduziram a equiparação dos diferenciadores competitivos. Isto não reflete outra coisa do que a evolução da indústria. Cadeia de fornecimento, fabricação, distribuição, sistemas de PRÉ... a olho nu pareceria que não ficam áreas por melhorar. A exceção é o capital humano. Para empresas como a sua, como alinhar e motivar aos funcionários importa mais que qualquer outra ação possível. Para um indivíduo isolado, lutar contra a tendência econômica equivale a enfrentar-se com a meteorologia: não há outra solução além da adaptação. Entretanto, contar com as pessoas corretas nos postos chave, e conseguir uma maior visibilidade para controlar e administrar o desempenho, são possibilidades que não escapam das suas mãos e que deveria contemplar. O conjunto de capacidades, experiências e esforços seus funcionários são determinantes na hora de fazer que sua estratégia passe das palavras aos números. Seu capital humano contribui para a geração do capital financeiro. Visão, missão, estratégia Objetivos/metas Finanças Clientes Funcionários Ênfase típica Quando você contrata alguém, o faz para gerar valor com respeito a clientes que, por sua vez, poderão lhe beneficiar. Esta é a singela lógica que rege qualquer negócio. É por isso que o investimento no capital humano tem toda esta importância. Quando se investe nele, está-se investindo na capacidade executiva de uma empresa. A consecução do desempenho Sejamos francos: nem todos os funcionários possuem a mesma importância para alcançar os resultados de uma empresa. As diferentes funções realizam a sua própria contribuição, mas o desempenho de cada funcionário contribui, por si só, inclusive mais. São poucas as empresas que conseguiram compreender bem esta máxima. Muitas vezes fica difícil determinar no que trabalha um funcionário, ou que tão bem está fazendo seu trabalho. Trata-se de questões muito básicas, Complexid ade 400 Tarefas extremamente 350 Tarefas complexas bastante 300 Tarefas 300 complexas relativament Tarefas e 250 pouco complexas 225 Funcionários com complexas desempenho médio Funcionários com maior desempenho Estabelecimentos Fábricas Banca de Desenho de de comida rápida investimento videogames Para gerar capital financeiro, é essencial alinhar, preparar e encorajar os funcionários. embora enormemente importantes e frequentemente difíceis de determinar. A arte da gestão empresarial e a ciência da métrica consistem, realmente, em pôr na prática aquilo que merece a pena de ser medido e, portanto, administrar; não o contrário. Variação do desempenho segundo a complexidade das tarefas em diferentes setores Fonte: A guerra pelo talento, McKinsey, Michaels, Handfield-Jones, Axelrod, HBS Press, 2001 Todos os direitos reservados. 5

6 McKinsey & Co publicou seus estudos sobre o desempenho do pessoal no livro A guerra pelo talento 7. Nele concluía que o desempenho entre os funcionários que têm resultados superiores à média e aqueles medíocres pode representar uma diferença de 1, 5 e 3 pontos. Outros, como Peter Cappelli (da Wharton Business School) consideraram que em certos casos a diferença da contribuição se situa mais em cinco pontos quando se compara o desempenho dos bons trabalhadores com o dos medíocres em qualquer tarefa atribuída. Se você deseja melhorar a contribuição do desempenho, existem poucas ações mais eficazes do que controlar com firmeza esta variação. Quando falamos de mover montanhas, propomos mover a curva de distribuição do desempenho em sua empresa, não deixando se levar pela correnteza, mas propiciando um autêntico aumento nos níveis de desempenho de seus funcionários. Qualquer empresa tem a curva de distribuição dos níveis de desempenho de seus funcionários. Entretanto, o importante é interpretá-la com clareza e ver até que ponto esta constitui o reflexo da realidade. Em nossas últimas pesquisas, analisamos profundamente o efeito que nossos clientes obtinham ao implementar o software de gestão do desempenho e do talento. Pudemos observar uma mudança na curva da distribuição relativa, que se representa no seguinte gráfico. Nossos clientes reduziram a percentagem de funcionários medíocres e aumentaram a daqueles que alcançavam resultados superiores à média. Isto equivale a dizer que estão movendo montanhas, propiciando que os funcionários medíocres ou na média alcancem seu autêntico potencial, ou substituindo a estes por outros capazes de realizar uma maior contribuição. Melhora na distribuição do desempenho 50% 45% 43.02% 41.55% 40% 41.50% 35% 38.39% Distribuição relativa 30% 25% 20% 21.11% 15% 15.42% Antes de SuccessFactors Depois de SuccessFactors n = % 5% 0% Baixo Médio Alto Nível de desempenho individual O software de gestão do desempenho e do talento melhorou de maneira significativa a distribuição do desempenho das empresas, reduzindo a percentagem de funcionários medíocres e aumentando o daqueles que registravam resultados superiores à média. Todos os direitos reservados. 6

7 Se atribuirmos aos funcionários que alcançam resultados superiores à média um fator de produtividade de 2, aos que se situam na média 1, e aos medíocres 0,5, uma empresa de funcionários obteria um fator de melhora da produtividade de 5,4%. Antes de Depois de SuccessFactors SuccessFactors Diferença Número de funcionários Baixo (468) Médio Alto Salário médio $ Salário total $ Ganhos totais $ Melhora na produtividade 5,43% 5,43% Melhora na produtividade segundo os custos $ $ Melhora na produtividade segundo os ganhos $ $ (Cálculo com base em um caso específico e expresso em USD; dependendo dos dados concretos de cada país, os números mudarão, embora o princípio seja o mesmo). O aumento da produtividade, considerado do ponto de vista do custo direto da mão de obra (se partirmos de um salário anual médio de euros), equivale a 18 milhões de euros. No que se refere ao lucro (ganhos totais de milhões de euros), o aumento da produtividade equivale a 80,2 milhões de euros. Que vantagens poderia trazer à sua empresa obter ao menos uma fração desse aumento na produtividade? Realmente pode deixar de lado esta melhora da produtividade? De novo, a variação é uma ferramenta perfeita para pensar como é possível alcançar as maiores melhoras. Em nosso estudo observamos claramente que a variação nos resultados se explica, em grande medida, pelo enfoque e o peso estratégico outorgado às implementações. Quanto mais estratégico foi o enfoque adotado por nossos clientes para propiciar a eficácia e a mudança, investindo no software de SuccessFactors, mais melhoras produtivas conseguiram. Enfoque da implementação de SuccessFactors Impacto na produtividade Mudança estratégica 5,43% Gestão integral do capital humano 3,29% Automatização da eficácia dos processos 0,09% Média ponderada 2,92%. Impacto na produtividade apoiado em maiores investimentos na execução estratégica Fonte: Dados após a implementação de SuccessFactors, T1 2009, Top Tier Consulting e Análise de pesquisa SF, n=527. Todos os direitos reservados. 7

8 O desenvolvimento de uma mudança estratégica São muitas as companhias que têm um grande número de ferramentas e parâmetros para analisar e realizar o acompanhamento de seus resultados empresariais. Entretanto, muito poucas têm sistemas ou processos específicos que lhes permitam saber em detalhe de que forma os funcionários conseguem seus resultados ou como ajudá-los para isto. Bem poucos diretores podem realmente dizer: Tenho ferramentas que me dizem no que trabalha cada um dos meus funcionários, e com quanta eficácia. Esta falta de análise do desempenho do pessoal resulta surpreendente quando se considera que os funcionários representam o maior custo para uma empresa e se colocam como o principal elemento na hora de influir no desempenho dela. A partir da experiência de nossos clientes, observamos claramente que quanto mais estrategicamente utilizam o software de gestão do desempenho e do talento, maior proveito tiram de seu investimento. Impacto 5. Transformacional Integração de processos e plataforma como base de uma transformação essencial de um negócio ou seção Funcionários motivados, orientação definida, empresa guiada pelos valores, predisposta à mudança, propriedade executiva 2. Eficaz 4. Estratégico Integração de processos e plataforma como base para executar uma estratégia e adotar novas iniciativas, reter os melhores talentos e otimizar o pessoal 3. Analítico Análise da gestão do talento em diferentes sistemas: conhecimento empresarial Desdobramento em toda a organização de processos de gestão do talento coerentes e específicos Operação sistemática, processos de excelente qualidade, organização altamente operacional, aprovação do nível executivo Funcionários engajados e informados, substituições reduzidas, decisões apoiadas em dados tomadas por executivos e responsáveis, implicação do nível executivo Alinhamento, coerência, transparência, cumprimento, eficácia 1. Tático Política, complexidade, arestas, esforço Processos básicos de gestão do talento instaurados para um grupo ou para o nível executivo individualista, falta de transparência, funcionários desmotivados ou sem interesse, substituições habituais Intensidade Modelo de realização do valor de SuccessFactors Todos os direitos reservados. 8

9 A reta final: a execução Sua empresa realmente pode deixar passar a oportunidade de utilizar o software de gestão do desempenho e do talento com o fim de alinhar, preparar e encorajar seus funcionários para realizar a execução de sua estratégia? Se colocar o talento certo nos postos chave, e se proporcionar a seus altos cargos e executivos uma visibilidade em tempo real para controlar, medir e influir no desempenho de seus funcionários, tirará maior proveito de seu investimento em talento. É possível que a concorrência descubra esta solução e decida utilizá-la. Se você se decidir a atuar imediatamente, terá uma vantagem de tempo da qual tirar proveito antes que esta diferença competitiva seja adotada por todos. Aumentando o investimento em 1-5%, obtém-se um resultado direto no balanço, ao tempo que economiza dinheiro melhorando a eficácia, o que não só beneficia os acionistas, mas também a clientes e funcionários. Trataremos todos estes temas de forma mais detalhada em nossa seguinte publicação: Os benefícios da execução. Referências 1. The Workforce Scorecard, Huselid, Becker e Beatty, HBS Press, De Bom a Excelente, Jim Collins, Como tornar uma grande estratégia em um grande desempenho, Mankins y Steele, julho de A disciplina para que se façam as coisas, Bossidy, Charan e Burck, A guerra pelo talento, Michaels, Handfield-Jones, Axelrod, HBS Press, 2001 Todos os direitos reservados. 9

10

O que é Benchmarking?

O que é Benchmarking? BENCHMARKING Sumário Introdução Conhecer os tipos de benchmarking Aprender os princípios do bechmarking Formar a equipe Implementar as ações Coletar os benefícios Exemplos Introdução O que é Benchmarking?

Leia mais

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Módulo 2 Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Origem do BSC Cenário Competitivos CONCORRENTE A CONCORRENTE C VISÃO DE FUTURO ESTRATÉGIA

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

ÍNDICE. Introdução. Os 7 Segredos. Como ser um milionário? Porque eu não sou milionário? Conclusão. \\ 07 Segredos Milionários

ÍNDICE. Introdução. Os 7 Segredos. Como ser um milionário? Porque eu não sou milionário? Conclusão. \\ 07 Segredos Milionários ÍNDICE Introdução Os 7 Segredos Como ser um milionário? Porque eu não sou milionário? Conclusão 3 4 6 11 12 INTRODUÇÃO IMPORTANTE Neste e-book você terá uma rápida introdução sobre as chaves que movem

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas.

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas. INTRODUÇÃO Você, provavelmente, já sabe que colaboradores felizes produzem mais. Mas o que sua empresa tem feito com esse conhecimento? Existem estratégias que de fato busquem o bem-estar dos funcionários

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

T&E Tendências & Estratégia

T&E Tendências & Estratégia FUTURE TRENDS T&E Tendências & Estratégia Newsletter número 1 Março 2003 TEMA deste número: Desenvolvimento e Gestão de Competências EDITORIAL A newsletter Tendências & Estratégia pretende ser um veículo

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

Entrevista a Idalberto Chiavenato, guru mundial de recursos humanos

Entrevista a Idalberto Chiavenato, guru mundial de recursos humanos Entrevista a Idalberto Chiavenato, guru mundial de recursos humanos Entrada: Um dos maiores peritos em administração de empresas e recursos humanos, o brasileiro Idalberto Chiavenato, está de regresso

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani BI Business Intelligence A inteligência Empresarial, ou Business Intelligence, é um termo do Gartner Group. O conceito surgiu na década de 80 e descreve

Leia mais

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.0 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.2 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Qual o objetivo das empresas para a administração financeira? Maximizar valor de mercado da empresa; Aumentar a riqueza dos acionistas.

Leia mais

Estrutura do Curso. Planejamento Estratégico

Estrutura do Curso. Planejamento Estratégico Estrutura do Curso (Prof. Mauricio Neves) INTRODUÇÃO À ESTRATÉGIA EMPRESARIAL (Unidade I) MODELO PORTER: TÉCNICAS ANALÍTICAS (Unidade II) ESTRATÉGIA BASEADA EM RECURSOS, (Unidade IV) Planejamento Estratégico

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

Planejamento de Marketing.

Planejamento de Marketing. Planejamento de Marketing. Análise de Mercado Identificação de Riscos e Oportunidades Segmentação de mercado; Seleção de mercado alvo Objetivos de Marketing Estratégia de diferenciação de produto Estratégia

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Autor: Dominique Turpin Presidente do IMD - International Institute for Management Development www.imd.org Lausanne, Suíça Tradução:

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA QUALIDADE GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi MARÇO/2010

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

Mensagem do presidente

Mensagem do presidente Mensagem do presidente A giroflex-forma está em um novo momento. Renovada, focada em resultados e nas pessoas, ágil e mais competitiva no mercado de assentos e de mobiliário corporativo. Representando

Leia mais

G P - AMPLITUDE DE CONTROLE E NÍVEIS HIERÁRQUICOS

G P - AMPLITUDE DE CONTROLE E NÍVEIS HIERÁRQUICOS G P - AMPLITUDE DE CONTROLE E NÍVEIS HIERÁRQUICOS Amplitude de Controle Conceito Também denominada amplitude administrativa ou ainda amplitude de supervisão, refere-se ao número de subordinados que um

Leia mais

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Tech-Clarity, Inc. 2008 Sumário Introdução à questão... 3 Cálculo dos benefícios do Gerenciamento

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

Exercícios sobre Competindo com a Tecnologia da Informação

Exercícios sobre Competindo com a Tecnologia da Informação Exercícios sobre Competindo com a Tecnologia da Informação Exercício 1: Leia o texto abaixo e identifique o seguinte: 2 frases com ações estratégicas (dê o nome de cada ação) 2 frases com características

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ Acadêmica de Administração Geral na Faculdade Metropolitana de Maringá /PR - 2005 RESUMO: A atividade comercial

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação Módulo 15 Resumo Neste módulo vamos dar uma explanação geral sobre os pontos que foram trabalhados ao longo desta disciplina. Os pontos abordados nesta disciplina foram: Fundamentos teóricos de sistemas

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

OS NEGÓCIOS LUCRO = VOLUME PRODUZIDO X PREÇO - CUSTO

OS NEGÓCIOS LUCRO = VOLUME PRODUZIDO X PREÇO - CUSTO OS NEGÓCIOS Odilio Sepulcri* INTRODUÇÃO A sobrevivência dos negócios, dentre outros fatores, se dará pela sua capacidade de gerar lucro. O lucro, para um determinado produto, independente da forma como

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos.

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fundada em 1989, a MicroStrategy é fornecedora líder Mundial de plataformas de software empresarial. A missão é fornecer as plataformas mais

Leia mais

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria

Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Orçamento Use o Dinheiro com Sabedoria Use o Dinheiro com Sabedoria Serasa Experian e Educação Financeira O Programa Serasa Experian de Educação Financeira Sonhos Reais é uma iniciativa que alia o conhecimento

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente

4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente 4 passos para uma Gestão Financeira Eficiente Saiba como melhorar a gestão financeira da sua empresa e manter o fluxo de caixa sob controle Ciclo Financeiro Introdução Uma boa gestão financeira é um dos

Leia mais

Como organizar um processo de planejamento estratégico

Como organizar um processo de planejamento estratégico Como organizar um processo de planejamento estratégico Introdução Planejamento estratégico é o processo que fixa as grandes orientações que permitem às empresas modificar, melhorar ou fortalecer a sua

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

Lean Seis Sigma e Benchmarking

Lean Seis Sigma e Benchmarking Lean Seis Sigma e Benchmarking Por David Vicentin e José Goldfreind O Benchmarking elimina o trabalho de adivinhação observando os processos por trás dos indicadores que conduzem às melhores práticas.

Leia mais

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO*

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* RESUMO Marilia Costa Machado - UEMG - Unidade Carangola Graciano Leal dos Santos

Leia mais

Ementa e Cronograma Programático...

Ementa e Cronograma Programático... Prof. Fabrício Rogério Parrilla Ementa e Cronograma Programático... AULA 01 Estratégia de Operações e Planejamento Agregado AULA 02 Planejamento e Controle de Operações AULA 03 Gestão da Demanda e da Capacidade

Leia mais

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Não há mais dúvidas de que para as funções da administração - planejamento, organização, liderança e controle

Leia mais

PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de. vendas de eben pagan

PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de. vendas de eben pagan PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de vendas de eben pagan Laila Vanetti - Agosto de 2014 Sequência de e-mails tem poder Vamos pensar em uma Carta de Vendas? E-mails Carta de Vendas Estrutura da carta

Leia mais

UWU CONSULTING - SABE QUAL A MARGEM DE LUCRO DA SUA EMPRESA? 2

UWU CONSULTING - SABE QUAL A MARGEM DE LUCRO DA SUA EMPRESA? 2 UWU CONSULTING - SABE QUAL A MARGEM DE LUCRO DA SUA EMPRESA? 2 Introdução SABE COM EXATIDÃO QUAL A MARGEM DE LUCRO DO SEU NEGÓCIO? Seja na fase de lançamento de um novo negócio, seja numa empresa já em

Leia mais

A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques

A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques "O plano de negócios é o cartão de visitas do empreendedor em busca de financiamento". (DORNELAS, 2005) A partir

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Engajamento: desafio central da gestão e da liderança ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Build everithing VIMEO LEGO Benodigheden 2 3 Aon Hewitt SATISFAÇÃO Contentamento, prazer que resulta da

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Varejo. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Varejo. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Varejo Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios reais, a partir de agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Governança de TIC. CobiT 4.1

Governança de TIC. CobiT 4.1 Governança de TIC CobiT 4.1 Conceitos Governança: A expressão governar tem origem na expressão navegar... E o que quem navega faz? Ele faz um mapa, dá a direção, faz as regras de convivência. Tomáz de

Leia mais

FIB- Faculdades Integradas de Bauru DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E EVOLUÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA. Profº MS. Carlos Henrique Carobino

FIB- Faculdades Integradas de Bauru DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E EVOLUÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA. Profº MS. Carlos Henrique Carobino FIB- Faculdades Integradas de Bauru DISCIPLINA: FUNDAMENTOS E EVOLUÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA Profº MS. Carlos Henrique Carobino E-mail: carobino@bol.com.br 1 Pressões Externas MEGATENDÊNCIAS Competição

Leia mais

Manual de administração

Manual de administração Manual de administração Como fazer outsourcing dos sistemas de informação Índice Introdução Passo 1 - Definir o enquadramento Passo 2 - Analisar os recursos e serviços internos Passo 3 - Analisar os recursos

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Formulação da Visão e da Missão

Formulação da Visão e da Missão Formulação da Visão e da Missão Zilta Marinho zilta@globo.com Os grandes navegadores sempre sabem onde fica o norte. Sabem aonde querem ir e o que fazer para chegar a seu destino. Com as grandes empresas

Leia mais

Unidade III FINANÇAS EM PROJETO DE TI. Prof. Fernando Rodrigues

Unidade III FINANÇAS EM PROJETO DE TI. Prof. Fernando Rodrigues Unidade III FINANÇAS EM PROJETO DE TI Prof. Fernando Rodrigues Quando se trabalha com projetos, é necessária a utilização de técnicas e ferramentas que nos auxiliem a estudálos, entendê-los e controlá-los.

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE ATENDIMENTO AO CLIENTE 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 PROBLEMAS PARA CLIENTES SÃO PROVOCADOS POR: PROPRIETÁRIOS GERENTES SUPERVISORES SINTOMAS DE MAU ATENDIMENTO VOCÊ PODE TER CERTEZA

Leia mais

Análise Interna: Seu Empreendimento Agro está gerando valor?

Análise Interna: Seu Empreendimento Agro está gerando valor? Análise Interna: Seu Empreendimento Agro está gerando valor? Autores Frederico Fonseca Lopes (fflopes@markestrat.org): Sócio do Markestrat e coordenador do núcleo de estudos e projetos em gestão estratégica

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

ArcelorMittal Brasil: Preparando o cenário para Transformação de Negócios com uma Força de Vendas Integrada

ArcelorMittal Brasil: Preparando o cenário para Transformação de Negócios com uma Força de Vendas Integrada SAP Business Transformation Study Produtos de Usina ArcelorMittal Brasil ArcelorMittal Brasil: Preparando o cenário para Transformação de Negócios com uma Força de Vendas Integrada A ArcelorMittal Brasil

Leia mais

Introdução. 1. Introdução

Introdução. 1. Introdução Introdução 1. Introdução Se você quer se atualizar sobre tecnologias para gestão de trade marketing, baixou o material certo. Este é o segundo ebook da série que o PDV Ativo, em parceria com o Agile Promoter,

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS Ari Lima Um empreendimento comercial tem duas e só duas funções básicas: marketing e inovação. O resto são custos. Peter Drucker

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

Análise do Ambiente estudo aprofundado

Análise do Ambiente estudo aprofundado Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Disciplina Gestão Estratégica e Serviços 7º Período Administração 2013/2 Análise do Ambiente estudo aprofundado Agenda: ANÁLISE DO AMBIENTE Fundamentos Ambientes

Leia mais

estão de Pessoas e Inovação

estão de Pessoas e Inovação estão de Pessoas e Inovação Luiz Ildebrando Pierry Secretário Executivo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Prosperidade e Qualidade de vida são nossos principais objetivos Qualidade de Vida (dicas)

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 12 Questões sobre o tópico Desenvolvimento e treinamento de pessoal: levantamento de necessidades, programação, execução e avaliação. Olá Pessoal, hoje veremos outro

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

Artigo Lean Seis Sigma e Benchmarking

Artigo Lean Seis Sigma e Benchmarking Artigo Lean Seis Sigma e Benchmarking David Vicentin e José Goldfreind Benchmarking pode ser definido como o processo de medição e comparação de nossa empresa com as organizações mundiais best-in-class.

Leia mais

Módulo 1 Questões Básicas da Economia. 1.1. Conceito de Economia

Módulo 1 Questões Básicas da Economia. 1.1. Conceito de Economia Módulo 1 Questões Básicas da Economia 1.1. Conceito de Economia Todos nós temos uma série de necessidades. Precisamos comer, precisamos nos vestir, precisamos estudar, precisamos nos locomover, etc. Estas

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO CONTEÚDO 1 APRESENTAÇÃO 2 PÁGINA 4 3 4 PÁGINA 9 PÁGINA 5 PÁGINA 3 APRESENTAÇÃO 1 O cenário de inovação e incertezas do século 21 posiciona o trabalho

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

3. Estratégia e Planejamento

3. Estratégia e Planejamento 3. Estratégia e Planejamento Conteúdo 1. Conceito de Estratégia 2. Vantagem Competitiva 3 Estratégias Competitivas 4. Planejamento 1 Bibliografia Recomenda Livro Texto: Administração de Pequenas Empresas

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

Gnatus inova e simplifica gestão com SAP Business Suite powered by SAP HANA

Gnatus inova e simplifica gestão com SAP Business Suite powered by SAP HANA Gnatus inova e simplifica gestão com SAP Business Suite powered by SAP HANA A Gnatus é uma importante fabricante de equipamentos odontológicos e precisava sustentar seu crescimento em um ambiente de alta

Leia mais

Alimentamos Resultados

Alimentamos Resultados Alimentamos Resultados www..pt Somos uma equipa que defende que cada empresa é única, tem as suas características e necessidades e por isso cada projeto é elaborado especificamente para cada cliente. Feed

Leia mais

Guia de Métricas. Quais métricas acrescentam para a diretoria da empresa?

Guia de Métricas. Quais métricas acrescentam para a diretoria da empresa? Guia de Métricas Quais métricas acrescentam para a diretoria da empresa? QUAIS MÉTRICAS ACRESCENTAM PARA A DIRETORIA DA EMPRESA? Quem trabalha com marketing digital sabe que nem sempre é tão fácil provar

Leia mais

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas de ERP Enterprise Resource Planning Pacote de ferramentas que integram toda a empresa, a grande vantagem é que os dados

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade II GOVERNANÇA DE TI

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade II GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Unidade II GOVERNANÇA DE TI Estratégia e governança em TI Estratégia empresarial A palavra estratégia vem do grego strategus = "o general superior ou "generalíssimo. Strategia

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 é uma competição interna da Laureate International

Leia mais

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle A FUNÇÃO CONTROLE O controle é a ultima função da administração a ser analisadas e diz respeito aos esforços exercidos para gerar e usar informações relativas a execução das atividades nas organizações

Leia mais

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper www.dalecarnegie.com.br Copyright 2014 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved.

Leia mais