Quais (não) são os talentos brasileiros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Quais (não) são os talentos brasileiros"

Transcrição

1 GEStÃo GESTÃO de de PESSOAS pessoas observador (6,98%) Facilitador (8,28% dos brasileiros) articulador (6,65%) Quais (não) são os Estudo de cinco anos realizado pela EtalEnt mapeia os perfis comportamentais do trabalhador brasileiro E conclui: profissionais EmprEEndEdorEs E inovadores são raros por aqui Empreendedor e inovador essas duas características são objetos de desejo da sociedade contemporânea. No mundo corporativo, ter equipes recheadas desses profissionais é o sonho dos executivos. Os governos querem gente assim para alavancar a economia. Muitos brasileiros almejam ser desse jeito, mirando conterrâneos bem-sucedidos, como Jorge Paulo Lemann e Luiza Helena Trajano, ícones do empreendedorismo e da inovação no imaginário nacional. A má notícia? Esses atributos são raros aqui, conforme constata a pesquisa Talento Brasileiro, conduzida pela firma de consultoria Etalent, especializada em gestão de pessoas, em parceria com o site Vagas.com e a Affero. Entre 2007 e 2012, cerca de 1,3 milhão de profissionais do País tiveram seu perfil comportamental analisado e, dos 36 perfis encontrados, o inovador e o empreendedor estão presentes em menos de dois de cada cem profissionais brasileiros. Mais escassos do que eles por estas bandas, só indivíduos visionários e impulsionadores, igualmente valiosos para o sucesso econômico: de cada cem profissionais, menos de um se encaixa nesses. Em um país com 200 milhões de habitantes, contudo, uma razão de 1% ou 2% pode ser suficiente para desenvolver vários setores de atividade. Com uma população desse tamanho, o Brasil acaba tendo quantidade de talentos para todos os campos, seja da alta tecnologia, seja do empreendedorismo, analisa Jorge Matos, presidente da Etalent. Mas, para que o potencial se converta em realidade, é necessário que o profissional certo esteja no lugar certo, o que nem sempre acontece. competitividade Será que o que falta para revertermos nossos baixos índices de competitividade e produtividade não é o conhecimento, por empresas e governo, do perfil das pessoas, a fim de lhes passar atribuições compatíveis com o talento que possuem? A Etalent acredita nisso. Muitas empresas querem que o indivíduo seja o que ele não é e pedem que dê o que não tem, explica Matos. Isso seria bem ilustrado, por exemplo, pela imposição generalizada dos o estudo foi realizado pela Etalent, firma de consultoria especializada em gestão de pessoas e carreiras, e o texto final foi organizado por Sílvio anaz, colaborador de HSm management. 58 HSM Management 101 novembro-dezembro 2013 hsmmanagement.com.br

2 Conteúdo inteligente RadaRH em apenas um clique. conciliador (6,07%) orientador (5,57%) aconselhador (6,28%) integrador (5,13%) influenciador (4,73%) perfis de inovador, empreendedor, visionário e impulsionador, muitas vezes a quem não mostra nenhuma predisposição para eles. A ideia fundamental não deveria ser tentar desenvolver outros comportamentos em um indivíduo, mas o contrário: fazer um trabalho para que faça cada vez melhor aquilo que já faz bem, porque sente prazer em fazê-lo e porque é parte de sua natureza, afirma o consultor. Qual é o perfil mais comum no Brasil e que pode ser estimulado? facilitador é o Nº 1 A pesquisa Etalent revela que o perfil comportamental mais frequente no Brasil é o do profissional que busca soluções rápidas para os problemas que surgem. Esse tipo de talento, denominado facilitador, está presente em quase nove de cada SiNopSE comunicador (3,98%) l A firma de consultoria em gestão de pessoas Etalent mapeou os talentos de quase 1,3 milhão de profissionais brasileiros durante cinco anos. Encontrou 36 perfis distintos, mas com o predomínio de fatores como influência e estabilidade em alto nível. A maioria é de facilitadores, seguidos de observadores, articuladores e aconselhadores. Os profissionais brasileiros tendem a ser comunicativos e de fácil relacionamento, porém têm aversão a riscos e conflitos. l Profissionais empreendedores e inovadores, por sua vez, são raros no Brasil, contrariando a sabedoria convencional. Em compensação, temos alta propensão para ciência e tecnologia com talentos ligados ao fator conformidade. l Dizem que, para ter sucesso, deve-se colocar a pessoa certa no lugar certo. O que esse estudo de talentos mostra é que empresas, governo e indivíduos precisam primeiramente compreender os talentos para conseguir fazê-lo. HSM Management 101 novembro-dezembro 2013 hsmmanagement.com.br 59

3 GESTÃO de PESSOAS Quais (não) são os cem profissionais brasileiros. É alguém utilíssimo aos negócios, porque é confiante, entusiasmado, de fácil relacionamento e que sabe intermediar e aconselhar os outros em situações de conflito. A fraqueza do facilitador é apenas sua dificuldade em dizer não, o que pode comprometer seu desempenho. Os dados da pesquisa possibilitam reflexões que levem a ações não apenas empresariais, mas governamentais, segundo Matos. Com base neles é possível pensar, por exemplo, em programas governamentais que deem maior atenção a áreas de negócios favorecidas por perfis predominantes do talento nacional, como o facilitador, e questionar visões arraigadas no imaginário brasileiro, como a de que somos um povo criativo por índole. 75% SÃo influentes E tendem À EStabilidadE É possível definir um perfil tão bem? A Etalent garante que sim, baseando sua metodologia [leia mais no quadro desta página] nos estudos do pesquisador e professor de psicologia norte-americano William Moulton Marston. Segundo o mestre, o ser humano apresenta quatro fatores comportamentais: dominância, influência, estabilidade e conformidade. Cada fator aparece com maior ou menor intensidade nas pessoas, e é a combinação dessas intensidades que define o perfil comportamental de cada um. Entre os respondentes da pesquisa, os resultados mostram que quase metade dos profissionais do País (46,29%) apresenta o fator influência como preponderante em seus perfis comportamentais: são profissionais que tendem a ser mais comunicativos e de fácil relacionamento, mas que temem a rejeição e o sentimento de não pertencimento. Estabilidade é o outro fator comportamental que mais se verifica nos profissionais brasileiros (29,10%). Por conta disso, nossos trabalhadores têm grande capacidade de ouvir e valorizam os relacionamentos, mas temem mudanças e pressão e, importante, evitam situações de conflito. Profissionais com perfis de alta influência ou alta estabilidade representam, assim, três quartos dos brasileiros (75,39%). Essa combinação se traduz em uma espécie de simpatia natural e, no âmbito dos negócios, isso poderia ser o principal produto de exportação do Brasil. Para a Etalent, os elementos que compõem a simpatia nacional sorriso, alegria, carinho e hospitalidade, somados à beleza geográfica natural, podem fazer a indústria do turismo ser um diferencial competitivo bem maior para nossa economia, desde que se melhorem as condições de segurança, a infraestrutura e a qualidade da educação. Saiba mais SobrE a metodologia A pesquisa Talento Brasileiro se baseia na metodologia DISC, um inventário com 24 questões, cada uma com quatro opções de resposta. A pessoa deve selecionar duas alternativas para cada questão: a que melhor a descreve e a com que menos se identifica. O inventário é baseado nos estudos do psicólogo norte-americano William Moulton Marston, que, durante os anos 1920, mostrou que todo ser humano é constituído, em intensidade maior ou menor, por quatro fatores comportamentais: dominância, influência, estabilidade e conformidade. Isso é identificado nas respostas ao questionário, que, por sua vez, resultam em gráficos com subsídios para um relatório comportamental. Este descreve como a pessoa se percebe, sugere as atividades que podem se adequar mais a seu perfil, o que a motiva e como se comporta sob pressão e em circunstâncias normais. O DISC tornou-se uma das ferramentas de análise de perfil psicológico mais utilizadas no mundo. onda EmprEENdEdora é um Erro Profissionais com perfil comportamental de alta dominância representam 9% da força de trabalho no Brasil os dominantes são os empreendedores, os estrategistas, os desbravadores e os inovadores por excelência. Eles se mostram assertivos e objetivos, aproveitam as oportunidades que surgem, correm riscos quando necessário e são ótimos para ambientes competitivos. Têm as características de líderes e são ideais para levar as pessoas a atingir seus objetivos. Desdobrando o fator dominância em subtipos é que encontramos especificamente o talento empreendedor aquele que toma iniciativas, decide, lidera e faz acontecer. E este, conforme dito no início do texto, é uma raridade por estas bandas, com 1,66% das ocorrências. Tal constatação torna difícil entender, por exemplo, por que o Brasil aparece como o mais empreendedor do G20 e dos BRICs no levantamento da Global Entrepreneurship Monitor. Na avaliação da Etalent, a alta taxa de mortalidade das empresas do País estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que uma de cada quatro empresas fecha no Brasil antes de completar dois anos 60 HSM Management 101 novembro-dezembro 2013 hsmmanagement.com.br

4 Conteúdo inteligente RadaRH em apenas um clique. GESTÃO de PESSOAS Quais (não) são os de atividade é o indicador que enquadra melhor a questão: as pessoas que empreendem no País o fazem por necessidade, sem ter o comportamento ideal para isso, o que leva ao insucesso e ao fechamento precoce dos negócios. Jorge Matos, da Etalent, chega a questionar as políticas de incentivo ao empreendedorismo que têm sido observadas no Brasil. Acho que o governo é irresponsável nesse aspecto, pois estimula empreendedores com programas específicos, mas não oferece programas de formação de outros talentos mais comuns no Brasil, afirma. Segundo o especialista, a miopia decorre de falta de conhecimento. Mas não é só o governo que faz isso; as empresas agem exatamente da mesma forma, porque, também em função da falta de conhecimento dos gestores, acreditam que todas as pessoas são capazes de tudo. por que criatividade E inovação vão mal Se a escassez de profissionais com perfil empreendedor é preocupante, a situação piora de fato quando o assunto é inovação. Entendida como o conjunto de ações que resulta na comercialização de produtos novos ou melhorados ou na utilização de processos novos ou melhorados, a inovação depende de dois perfis comportamentais raros por aqui. Um deles é o tipo inventivo, e a pesquisa revelou que apenas 1,33% dos profissionais apresentam o perfil. O inventivo gosta de desafios e inova quando tem oportunidade. Ele é perfeccionista, lógico, sistemático, questionador, motivado e sempre está em busca de novas respostas, entusiasmando os que estão a sua volta. Outro é o talento denominado inovador. Este representa só 0,88% de nossos profissionais e se caracteriza por buscar resultados usando raciocínio lógico de maneira sistemática e precisa. É arrojado nas ideias e questionador, mas reservado e cauteloso nas ações. Os números mostram que, diferentemente do que prevalece no senso comum nacional, criatividade e inovação não são o forte do País. dominantes tendem a ter melhores SalárioS Os fatores alta dominância e alta estabilidade mostraram ser impactantes na determinação da renda dos profissionais. Pessoas com alta dominância são mais frequentes nas maiores faixas salariais representam 23,1% da faixa salarial acima de R$ ,00 e, coerentemente, menos frequentes (6,6%) na faixa salarial mais baixa (de até R$ 1.244,00). Já as com alta estabilidade são mais frequentes nas menores faixas salariais. Qual a explicação? Segundo a Etalent, pessoas com alta dominância gostam de poder, dinheiro, coisas materiais e se arriscam mais, enquanto indivíduos com alta estabilidade valorizam mais a segurança, os relacionamentos, a família e dificilmente se arriscam. Os resultados mostraram ainda que, na luta pela sobrevivência nas empresas e para alcançar o topo da pirâmide organizacional, os profissionais com alta dominância se saem melhor do que os com alta estabilidade e, na distribuição hierárquica, repete-se o que acontece com os salários. Para a Etalent, é possível supor que os profissionais com alta dominância tendem a crescer mais na hierarquia organizacional e a conquistar cargos de maior prestígio e liderança. Há o paradigma de que o brasileiro é inovador, mas ele não é, afirma Matos. E nunca chegaremos a ser inovadores de fato se não investirmos em uma cultura inovadora, identificando no País as pessoas com perfis inovadores e apoiando- -as. Não vai ser o falso discurso de que o brasileiro é inovador que nos vai fazer inovadores. Na avaliação da Etalent, características como simpatia e cordialidade e a capacidade de dar um jeitinho de driblar normas têm sido confundidas com criatividade e inovação. Essa baixa incidência de profissionais com perfis comportamentais voltados para a criatividade e a inovação talvez seja uma das razões para o baixo número de patentes requeridas pelo País. Em 2010, o Brasil solicitou 442 patentes internacionais, enquanto a Coreia do Sul, por exemplo, encaminhou quase 10 mil e os Estados Unidos, cerca de 45 mil. o HorizoNtE para ciência E tecnologia mostra-se promissor E quanto ao fator conformidade? Dos profissionais nacionais, cerca de 15,62% são grandes analistas, especialistas em questões complexas. Orientados por regras, perseguem precisão e perfeição em seus trabalhos. Tais características fazem desse tipo de profissional um talento sempre a serviço da qualidade. Em um mundo em que qualidade, ciência e tecnologia têm elevada importância socioeconômica, esse tipo de perfil é fundamental e, conforme a pesquisa, não é raro no País. Trata-se de nossa melhor aposta em ciência e tecnologia. 62 HSM Management 101 novembro-dezembro 2013 hsmmanagement.com.br

5 Conteúdo inteligente RadaRH em apenas um clique. GESTÃO de PESSOAS o talento brasileiro E as dimensões de HofStEdE Matos destaca que algumas das conclusões mais importantes da pesquisa surgiram quando se compararam seus resultados com o estudo que o psicólogo holandês Geert Hofstede desenvolveu em relação à cultura de vários países, entre eles o Brasil. Hofstede estabeleceu que cinco dimensões caracterizam como a cultura influencia a gestão e o ambiente de trabalho nas empresas: distância do poder, individualismo versus coletivismo, masculinidade versus feminilidade, aversão à incerteza e orientação para longo prazo. Em relação à distância do poder, Hofstede concluiu que no Brasil esse índice é extremamente acentuado, o que indica que tendemos a aceitar as coisas como elas são, e os dados da pesquisa Talento Brasileiro o reforçam, uma vez que em apenas 9% da população predomina o fator dominância. Ou seja, a grande maioria das pessoas no País admite de fato a hierarquia e não se contrapõe a ela. Além disso, a elevada incidência de indivíduos com alta influência (46,29%) e alta estabilidade (29,10%) revela o predomínio de perfis comportamentais relacionais, que preferem a segurança, evitam o conflito e não desafiam o poder reinante. Matos considera isso muito preocupante, aliás. O brasileiro aceita o poder como ele é. O status quo está aí e admitimos e permitimos isso como se não pudéssemos mudar. Isso é crítico para o País e deveríamos tentar modificar essa cultura. O estudo de Hofstede mostrou também que no Brasil o coletivismo é muito mais forte do que o individualismo. O índice de profissionais com predomínio de alta estabilidade e de alta influência reforça esse indicador. A Etalent destaca que culturas mais individualistas têm um nível de empreendedorismo mais elevado, já que as pessoas assumem mais facilmente o leme de sua vida. Somando os indivíduos cujos perfis comportamentais têm predomínio da conformidade com aqueles em que o destaque é a estabilidade, chegamos a quase metade dos profissionais brasileiros (44,72%). A combinação desses trabalhadores traz precisão, concentração, capacidades de análise e observação, autodisciplina, meticulosidade, reflexão analítica, persistência, planejamento, organização e estruturação, características essenciais para obter sucesso na produção de conhecimento nos campos da ciência e da tecnologia. baby boomers arriscam mais que a GEraçÃo y O fator alta dominância é bem menos frequente na geração Y (nascidos a partir de para cá) do que na geração baby boomer (nascidos entre 1945 e a década de 1960). Matos explica que um dos achados da pesquisa foi que a geração baby boomer é mais dominante do que as gerações mais jovens: à medida que o patamar de idade vai aumentando, o indivíduo é mais dominante e menos estável. Podemos apresentar duas hipóteses para isso. Uma é que as gerações do passado tinham mais pressões, eram mais desafiadas. A outra é que, à medida que as pessoas envelhecem, elas se tornam mais dominantes. Matos aponta também que há no Brasil um conjunto de elementos culturais, comportamentais e legais que pode provocar esse fenômeno. O brasileiro reclama do Estado, mas é um dependente absoluto dele, principalmente com os últimos governos, que têm incentivado a dependência. HomENS versus mulheres A distribuição de homens (47%) e mulheres (53%) na amostra do levantamento foi equilibrada, mas em alguns perfis comportamentais verificam-se diferenças significativas de gênero. Entre os dominantes, por exemplo, os homens correspondem a quase dois terços (63,56%) desse universo. Isso indica, segundo a Etalent, que o homem tem maior chance de sobreviver em ambientes competitivos e desafiadores. No entanto, como são mais voltados para a ação, tendem a ter dificuldades em planejar. Já as mulheres são maioria entre aqueles com perfis de alta estabilidade elas representam 57,54% desse universo. Isso revela que as mulheres, ou parte significativa delas, preferem ambientes mais estruturados e organizados, são planejadoras e têm maior capacidade de ouvir e dar atenção às pessoas. Quer dizer ainda que podem ser mais proteladoras e sofrer mais em situações de pressão. No universo dos que têm alta conformidade, outra vez os homens predominam, mas não por larga margem. Esse universo é composto por 53,85% de indivíduos do sexo masculino e 46,15% do feminino, o que indica que há um número maior de homens seguidores de regras, normas e procedimentos. 64 HSM Management 101 novembro-dezembro 2013 hsmmanagement.com.br

6 Quais (não) são os Quanto ao indicador masculinidade versus feminilidade, que mede como o gênero determina as funções de cada um e a postura de comunicação dos indivíduos, o estudo de Hofstede indicou que somos mais femininos nesse aspecto e, consequentemente, nossa comunicação é pouco assertiva. Esse aspecto foi amplamente confirmado na pesquisa Talento Brasileiro, ao mostrar que em três quartos da população predominam os fatores comportamentais influência e estabilidade. Somos mais cuidadosos nos relacionamentos, temos maior capacidade de ouvir e tendemos a ser mais prolixos. Em relação à aversão à incerteza (que se traduz em lidar com o inesperado e com situações de risco), o estudo de Hofstede revelou que o Brasil é mais cauteloso do que a China, que está economicamente bem, e mais ousado do que a Grécia, que está economicamente mal. Na avaliação da Etalent, o fato de termos quase um terço de profissionais com alta estabilidade e poucos indivíduos com alta dominância é indicador de nosso maior grau de aversão a situações de risco. Por fim, a única característica cultural do Brasil apontada por Hofstede que não foi confirmada pela pesquisa foi em relação à orientação para longo prazo. Enquanto o estudo de Hofstede apontou que o Brasil tem uma postura quase asiática no que se refere a planejamento, o levantamento da Etalent mostrou exatamente o contrário: não temos cultura de planejamento, seja no âmbito das empresas, do governo ou da família. Nem a alta estabilidade nos leva a planejar. Ao cruzar os dados do levantamento com os estudos de Hofstede, a Etalent chama a atenção para um indicador preocupante: no Brasil há forte presença de pessoas que esperam os fatos acontecerem e têm alto grau de aversão ao risco, enquanto, para ter mais prosperidade, é preciso assumir mais riscos e controlar as incertezas. conhecer E aproveitar os talentos Os dados da pesquisa geram, na avaliação da Etalent, um conhecimento dos talentos da força de trabalho inédito no Brasil, que possibilita a empresas e governo atuarem com precisão para otimizar o desempenho das organizações e do País. O mapeamento permite ter consciência do potencial comportamental dos profissionais e aproveitar os 36 diferentes tipos de nas funções mais adequadas a eles. Na prática, muitas organizações não têm ideia de como casar pessoas e funções. O problema começa na definição das competências dos colaboradores. Segundo Matos, as empresas estão pedindo coisas que não fazem parte da natureza do indivíduo e que muitas vezes se lhe opõem frontalmente. Um dos resultados disso é que os profissionais recebem sinais contraditórios a respeito do direcionamento de seu trabalho, comprometendo seu desempenho. Outro problema frequente nas organizações é a construção, pelos gestores, de um perfil comportamental de super-homem para seus subordinados. Matos relata que oito de cada dez executivos querem que o funcionário seja direto, voltado para resultado, persuasivo, simpático, estruturado, organizado, detalhista, preciso e minucioso. Esse perfil, denominado overshift, desconsidera o equilíbrio necessário ao ser humano. Para Matos, muitos executivos enxergam a si mesmos dessa maneira e, se não forem conscientizados a rever sua posição e humanizar-se, a tendência é sempre estarem insatisfeitos com aqueles a sua volta. Mais um exemplo comum dos prejuízos causados pelo desconhecimento dos perfis comportamentais pelas empresas e pelos profissionais é a promoção de indivíduos com excelente histórico como técnicos para posições de gestão. Geralmente eles não estão preparados para isso por não possuírem um perfil comportamental adequado à liderança, não por falta de treinamento. O mapeamento dos perfis comportamentais dos brasileiros levanta dezenas de pontos para reflexão por empresas, governo, instituições de ensino, família e indivíduos, principalmente: l A empresa deve pensar se conhece seus talentos e se sabe como eles estão distribuídos em sua estrutura organizacional. l O governo deve analisar se seus programas levam em consideração as diversidades de talentos do País. l O indivíduo deve refletir se o cargo que ocupa está em sintonia com seu talento. A pesquisa propõe perguntas provocativas que precisam ser respondidas por esses atores, afirma Matos. O indivíduo, em especial, tem de começar a perceber que um dos grandes ativos que pode ter na vida é o autoconhecimento. Quanto menos alguém se conhece, menor a chance de desempenhar bem. HSM Management HSM Management 101 novembro-dezembro 2013 hsmmanagement.com.br 65

Perfil do Líder no Paraná

Perfil do Líder no Paraná Perfil do Líder no Paraná O importante é não parar nunca de questionar Albert Einstein Em 2006, a Caliper do Brasil, empresa multinacional de consultoria em gestão estratégica de talentos, buscando inovar,

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

Estudo sobre Rotatividade de Funcionários no Brasil Ano I - 2008

Estudo sobre Rotatividade de Funcionários no Brasil Ano I - 2008 Estudo sobre Rotatividade de Funcionários no Brasil Ano I - 2008 Marco A. Quége* INTRODUÇÃO A rotatividade de funcionários (turnover) é sem dúvida um elemento que demanda atenção constante por parte de

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Canadá Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios De acordo com a nomenclatura usada pelo Ministério da Indústria do Canadá, o porte

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional Ao investir em pessoas o seu resultado é garantido! Tenha ganhos significativos em sua gestão pessoal e profissional com o treinamento

Leia mais

Gerando idéias de negócio

Gerando idéias de negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Gerando idéias de negócio Manual Etapa 1/Parte 1 Bem-vindo! É um prazer ter você na Etapa 1 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo do Sebrae.

Leia mais

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho Pesquisa Semesp A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho 2008 Ensino superior é um forte alavancador da carreira profissional A terceira Pesquisa Semesp sobre a formação acadêmica dos profissionais

Leia mais

PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS:

PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS: PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS: O QUE É PRECISO PARA SER UM CORRETOR DE SUCESSO gerenciador e site imobiliário Introdução O perfil do corretor de imóveis de sucesso Aprimorando os pontos fracos Conclusão

Leia mais

Formação Analista DISC

Formação Analista DISC Formação Analista DISC Metodologia DISC Os Fatores DISC representam reações comportamentais a partir da percepção que o indivíduo tem do ambiente. Marston precisava medir de algum modo os estilos de comportamento.

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

CA Clarity PPM. Visão geral. Benefícios. agility made possible

CA Clarity PPM. Visão geral. Benefícios. agility made possible FOLHA DO PRODUTO CA Clarity PPM agility made possible O CA Clarity Project & Portfolio Management (CA Clarity PPM) o ajuda a inovar com agilidade, a transformar seu portfólio com confiança e a manter os

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

90,5% dos perfis de TI disponível para mobilidade profissional

90,5% dos perfis de TI disponível para mobilidade profissional Michael Page lança Barómetro de TI 90,5% dos perfis de TI disponível para mobilidade profissional Lisboa, 21 de Julho de 2015 A Michael Page, empresa líder em recrutamento de quadros médios e superiores,

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

IX CONOPARH Recrutamento e Seleção de Líderes

IX CONOPARH Recrutamento e Seleção de Líderes IX CONOPARH Recrutamento e Seleção de Líderes Fabiana Azevedo - Headhunter Londrina, 23 de Agosto de 2012 De Bernt Entschev Início das atividades em Setembro de 1986 Escritórios em São Paulo (SP), Rio

Leia mais

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil 2014 Objetivo Metodologia Perfil da Empresa de Consultoria Características das Empresas Áreas de Atuação Honorários Perspectivas e Percepção de Mercado

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

NASCER BEM 2/44. Foto: Stock.Schng

NASCER BEM 2/44. Foto: Stock.Schng 2/44 Foto: Stock.Schng NASCER BEM OBJETIVOS: Fase 1: * Fornecer informações e orientações para empreendedores que pretendem iniciar um negócio, sobretudo na elaboração do Plano de Negócio. 3/44 Foto: Stock.Schng

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com.

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com. Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil bbbrothers@bbbrothers.com.br O equilíbrio necessário para se tornar um excelente gerente

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável O papel da educação em Empreendedorismo Marco Lamas

Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável O papel da educação em Empreendedorismo Marco Lamas Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável O papel da educação em Empreendedorismo Marco Lamas EMPREENDEDORISMO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Empreendedorismo cultura Educação desenvolvimento sustentável

Leia mais

Gestão de carreiras nas organizações

Gestão de carreiras nas organizações Gestão de carreiras nas organizações A expressão "Plano de carreira", nas organizações, sempre corre o risco de ser interpretada como algo antiquado, retrógrado, que interessa aos funcionários e, principalmente,

Leia mais

VOCÊ SABE QUAL O SEU PERFIL?

VOCÊ SABE QUAL O SEU PERFIL? VOCÊ SABE QUAL O SEU PERFIL? Ter o autoconhecimento é fundamental para capacitar e auxiliar o profissional no alcance de resultados extraordinários, obtendo uma experiência cada vez mais profunda em sua

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Curso Empreendedorismo Corporativo

Curso Empreendedorismo Corporativo Curso Empreendedorismo Corporativo Todos os fatores relevantes atuais mostram que a estamos em um ambiente cada vez mais competitivo, assim as pessoas e principalmente as organizações devem descobrir maneiras

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

Simon Schwartzman. A evolução da educação superior no Brasil diferenças de nível, gênero e idade.

Simon Schwartzman. A evolução da educação superior no Brasil diferenças de nível, gênero e idade. A educação de nível superior superior no Censo de 2010 Simon Schwartzman (julho de 2012) A evolução da educação superior no Brasil diferenças de nível, gênero e idade. Segundo os dados mais recentes, o

Leia mais

Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima

Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima Helen Peters e Rob Kabacoff A Hewlett Packard tem uma mulher por presidente; a ex-primeira dama norte-americana [Hillary Clinton] é, hoje,

Leia mais

TÍTULO: DESAFIOS DO JOVEM EMPREEDEDOR EM GENERAL SALGADO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: DESAFIOS DO JOVEM EMPREEDEDOR EM GENERAL SALGADO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: DESAFIOS DO JOVEM EMPREEDEDOR EM GENERAL SALGADO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): CAIO DE SOUSA FERREIRA

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

PLANO DE CARREIRA. Rosangela Ferreira Leal Fernandes *

PLANO DE CARREIRA. Rosangela Ferreira Leal Fernandes * PLANO DE CARREIRA Rosangela Ferreira Leal Fernandes * As mudanças no cenário político, econômico, social e ambiental das últimas décadas vêm exigindo uma mudança de postura das organizações e dos profissionais

Leia mais

Você é comprometido?

Você é comprometido? Você é comprometido? Não, isso não é uma cantada. O que o seu chefe quer saber é se você veste a camisa da organização. Você adora seu trabalho e desempenha suas funções com eficiência, mas não aposta

Leia mais

O Sonho de ser Empreendedor no Brasil

O Sonho de ser Empreendedor no Brasil O Sonho de ser Empreendedor no Brasil Marco Aurélio Bedê 1 Resumo: O artigo apresenta os resultados de um estudo sobre o sonho de ser Empreendedor no Brasil. Com base em tabulações especiais elaboradas

Leia mais

A Ser Humano Consultoria

A Ser Humano Consultoria A Ser Humano Consultoria é uma empresa especializada na gestão estratégica de pessoas. Utilizando programas de assessoramento individual, baseados na avaliação e desenvolvimento de suas competências, buscamos

Leia mais

TENDÊNCIAS E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS 2015

TENDÊNCIAS E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS 2015 TENDÊNCIAS E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS 2015 CONTEÚDO 1. Como estamos até agora? 2. O que vem por aí... 3. Prioridades do RH para 2015 4. Nossa visão de 2015 01 COMO ESTAMOS ATÉ AGORA? PERFIL DOS PARTICIPANTES

Leia mais

Relatório de Avaliação de Perfil Comportamental EU360

Relatório de Avaliação de Perfil Comportamental EU360 Relatório de Avaliação de Perfil Comportamental EU360 Avaliado(a): Eric Ribeiro Direção e Sentido Coaching e Treinamentos 01/10/2013 Direção e Sentido 1 / 4 Direção e Sentido Coaching e Treinamentos Nome:

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Universidade Federal do Ceará Faculdade de Economia, Administração, Atuária, Contabilidade e Secretariado Curso de Administração de Empresas GESTÃO POR COMPETÊNCIAS MAURICIO FREITAS DANILO FREITAS Disciplina

Leia mais

GESTÃO DO DESEMPENHO EM GESTÃO DE PESSOAS NA ESFERA PÚBLICA

GESTÃO DO DESEMPENHO EM GESTÃO DE PESSOAS NA ESFERA PÚBLICA GESTÃO DO DESEMPENHO EM GESTÃO DE PESSOAS NA ESFERA PÚBLICA SONIA RIOS Economista / Administradora de Empresas Gestão Privada e Pública / Psicóloga Consultora Empresarial Especialista em Gestão Estratégica

Leia mais

Aula 2. Conceitos e Histórico da Consultoria Empresarial

Aula 2. Conceitos e Histórico da Consultoria Empresarial Aula 2 Conceitos e Histórico da Consultoria Empresarial Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br Capítulo 1 OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Manual de consultoria empresarial: conceitos,

Leia mais

MBA Executivo em Gestão de Pessoas

MBA Executivo em Gestão de Pessoas ISCTE BUSINESS SCHOOL INDEG_GRADUATE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Gestão de Pessoas www.strong.com.br/alphaville - www.strong.com.br/osasco - PABX: (11) 3711-1000 MBA

Leia mais

Prof Elly Astrid Vedam

Prof Elly Astrid Vedam Prof Elly Astrid Vedam Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; Identificar conflitos no ambiente de seu negócio, calculando e avaliando

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Este assunto normalmente é tratado quando se aborda a coleta de dados no ciclo de Inteligência. No entanto, o fenômeno das redes sociais, atualmente, cresceu

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: Características, tipos e habilidades. Prof. Dr. Osmar Manoel Nunes

EMPREENDEDORISMO: Características, tipos e habilidades. Prof. Dr. Osmar Manoel Nunes EMPREENDEDORISMO: Características, tipos e habilidades. Prof. Dr. Osmar Manoel Nunes 1 Em análise de qualquer empreendimento encontram-se dois tipos de empreendedor: o que empreende em relação à oportunidade

Leia mais

4º. Congresso de Inovação Educação, na perspectiva da Indústria 16/11/2011

4º. Congresso de Inovação Educação, na perspectiva da Indústria 16/11/2011 4º. Congresso de Inovação Educação, na perspectiva da Indústria 16/11/2011 ABIMAQ: > 4500 empresas e > 260 mil empregos diretos Fotografia do Mercado de Trabalho - RS Dados do Ministério do Trabalho (2010):

Leia mais

Como funcionam as micro e pequenas empresas

Como funcionam as micro e pequenas empresas Como funcionam as micro e pequenas empresas Introdução Elas são 99,2% das empresas brasileiras. Empregam cerca de 60% das pessoas economicamente ativas do País, mas respondem por apenas 20% do Produto

Leia mais

Gestão de Pessoas. Capacidade de gerar resultados a partir das pessoas e dos processos inerentes ao negócio.

Gestão de Pessoas. Capacidade de gerar resultados a partir das pessoas e dos processos inerentes ao negócio. Gestão Corporativa Governança Corporativa é o conjunto de processos, costumes, políticas, leis que regulam a maneira como uma empresa é dirigida, administrada ou controlada. PROCESSOS PESSOAS TECNOLOGIA

Leia mais

O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS

O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS EMPREENDEDORISMO NO BRASIL 1. Popularizou-se a partir da década de 1990. 2. Fortalecimento 2007 Lei Geral da Micro e Pequena Empresa 2008 Lei do Microempreendedor Individual

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Nisto poderemos perguntar, por que pensar em liderança: Vejamos alguns pontos de vital importância:

Nisto poderemos perguntar, por que pensar em liderança: Vejamos alguns pontos de vital importância: LIDERANÇA EMPRESARIAL EVIDÊNCIAS DO COACHING COMO ESTRATÉGIA DE SUCESSO Prof. Dr. Edson Marques Oliveira, Doutor em Serviço Social pela Unesp-Franca-SP, mestre em Serviço Social pela PUC-SP e bacharel

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Jose Exemplo Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança Premium The

Leia mais

PESQUISA SOBRE A MULHER NA COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

PESQUISA SOBRE A MULHER NA COMUNICAÇÃO CORPORATIVA PESQUISA SOBRE A MULHER NA COMUNICAÇÃO CORPORATIVA O Instituto ABERJE de Pesquisas realizou uma pesquisa sobre a Mulher na Comunicação Corporativa, com o patrocínio da Natura e da Multibrás, e ouviu 6

Leia mais

o planejamento, como instrumento de ação permanente; a organização do trabalho, como produto efetivo do planejamento;

o planejamento, como instrumento de ação permanente; a organização do trabalho, como produto efetivo do planejamento; FRANCISCO BITTENCOURT Consultor Sênior do MVC VISÃO, AÇÃO, RESULTADOS Visão sem ação é um sonho, sonho sem visão é um passatempo. Fred Polak INTRODUÇÃO No conhecido diálogo entre Alice e o gato Ceeshire,

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

Sobre Nós. Contamos com sua participação! Cordialmente, Patrícia Caires

Sobre Nós. Contamos com sua participação! Cordialmente, Patrícia Caires Sobre Nós A qualificação profissional tornouse mais do que um requisito essencial e determinante para o nosso futuro. O mercado de trabalho está cada dia mais exigente e concorrido. Nesse sentindo, muitas

Leia mais

DESAFIO PORTUGAL 2020

DESAFIO PORTUGAL 2020 DESAFIO PORTUGAL 2020 Estratégia Europa 2020: oportunidades para os sectores da economia portuguesa Olinda Sequeira 1. Estratégia Europa 2020 2. Portugal 2020 3. Oportunidades e desafios para a economia

Leia mais

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 INTRODUÇÃO Sobre o Relatório O relatório anual é uma avaliação do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC sobre as práticas

Leia mais

top talk: Choque de Gerações?

top talk: Choque de Gerações? top talk: Choque de Gerações? top talk: Choque de Gerações? Sumário Apresentação O perfil da população respondente Metodologia Nossas descobertas Dados da pesquisa Categoria 1 Empresa, Trabalho e Carreira

Leia mais

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa Educação Corporativa Liderança Estratégia Gestão O que é Educação corporativa? Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo

Leia mais

Auditoria Interna Como assessoria das entidades

Auditoria Interna Como assessoria das entidades Auditoria Interna Como assessoria das entidades Francieli Hobus 1 Resumo A auditoria interna vem se tornando a cada dia, uma ferramenta indispensável para as entidades. Isso está ocorrendo devido à preocupação

Leia mais

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada.

As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. Anexo A Estrutura de intervenção As ações de formação ação no âmbito do presente Aviso têm, obrigatoriamente, de ser desenvolvidas com a estrutura a seguir indicada. 1. Plano de ação para o período 2016

Leia mais

O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações.

O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações. PARCEIRO EDUCACIONAL O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações. José Roberto Marques JRM Módulo Internacional na Universidade SOBRE O MBA O Instituto

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora

Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora O Mundo mudou. E o que eu tenho a ver com isso? Como as organizações desenvolvem-se nesse ambiente? A capacidade de mudança de uma organização é um dos fatores

Leia mais

PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO

PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO PESQUISA RESPONDENTES 1065 executivos (as) PERÍODO De 02 a 17 (Novembro de 2009) CEOs Diretores UNs Diretores Funcionais QUESTIONÁRIO

Leia mais

TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO DE RH. Prof. Felipe Kovags Aula 02 (20-09-2011)

TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO DE RH. Prof. Felipe Kovags Aula 02 (20-09-2011) TÓPICOS ESPECIAIS EM GESTÃO DE RH Prof. Felipe Kovags Aula 02 (20-09-2011) 1 ERA DOS TALENTOS SEGUNDO PETER DRUCKER, O PAI DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA, ESTAMOS NO INÍCIO DA ERA DOS TALENTOS. FORÇA FÍSICA,

Leia mais

Rotinas de DP-Professor: Robson Soares

Rotinas de DP-Professor: Robson Soares Rotinas de DP-Professor: Robson Soares Capítulo 3 Agregando Pessoas -Recrutamento e Seleção de Pessoas Nesse capítulo veremos com as organizações agregam pessoas através do recrutamento e seleção de pessoas.

Leia mais

Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015

Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015 Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015 As 15 Melhores Práticas em Gestão de Pessoas no Pará VIII Edição 1 Pesquisa Prazer em Trabalhar Ano VI Parceria Gestor Consultoria e Caderno Negócios Diário do Pará A

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE GESTÃO ESTRATÉGICA E DE ESTRATÉGIA. Profª. Danielle Valente Duarte

GESTÃO EMPRESARIAL INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE GESTÃO ESTRATÉGICA E DE ESTRATÉGIA. Profª. Danielle Valente Duarte GESTÃO EMPRESARIAL INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE GESTÃO ESTRATÉGICA E DE ESTRATÉGIA Profª. Danielle Valente Duarte 2014 Os Estudos e a Prática da Gestão Estratégica e do Planejamento surgiram no final da década

Leia mais

Profissionais Portugueses no Brasil. Empresas Familiares

Profissionais Portugueses no Brasil. Empresas Familiares Profissionais Portugueses no Brasil Empresas Familiares Tópicos Abordados As Gerações e o Mercado de Trabalho Empresas Familiares no Brasil Cenário Brasileiro e Estatísticas de Emprego no Brasil Características

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Apresentação CAMPUS IGUATEMI Inscrições em Breve Turma 02 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas,

Leia mais

UNIDADE 2 Empreendedorismo

UNIDADE 2 Empreendedorismo UNIDADE 2 Empreendedorismo O mundo tem sofrido inúmeras transformações em períodos de tempo cada vez mais curtos. Alguns conceitos relativos à administração predominaram em determinados momentos do século

Leia mais

Empreendedores em Informática

Empreendedores em Informática Empreendedores em Informática Introdução Existem riscos e custos para um programa de ação. Mas eles são bem menores que os riscos e custos de longo alcance de uma acomodação confortável. John F. Kennedy

Leia mais

O EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

O EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR O EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Regina Arns da Rocha 1 Prof. Dr. Victor Meyer Jr 2 Resumo. O objetivo deste trabalho é examinar a importância da prática do empreendedorismo

Leia mais

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS Guia CARREIRAS E SALÁRIOS em contabilidade Guia Carreiras e Salários Se você é gestor de alguma empresa contábil, está procurando melhorar sua posição profissional ou é dono de um escritório de contabilidade:

Leia mais

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho:

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: ASSUNTO em pauta Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: comunicação entre jovem e empresa Velychko 30 REVISTA DA ESPM maio/junho de 2011 O jovem quer seu espaço no mercado de trabalho.

Leia mais

Elétrica montagem e manutenção ltda. AVALIAÇÃO DE COLABORADORES

Elétrica montagem e manutenção ltda. AVALIAÇÃO DE COLABORADORES AVALIAÇÃO DE COLABORADORES RESUMO A preocupação com o desempenho dos colaboradores é um dos fatores que faz parte do dia-a-dia da nossa empresas. A avaliação de desempenho está se tornando parte atuante

Leia mais

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE INTRODUÇÃO AO EMPREENDEDORISMO Prof. Marcos Moreira Conceito O empreendedorismo se constitui em um conjunto de comportamentos e de hábitos que podem ser adquiridos, praticados e reforçados nos indivíduos,

Leia mais

SEU RESULTADO NA GESTÃO DE PESSOAS

SEU RESULTADO NA GESTÃO DE PESSOAS SEU RESULTADO NA GESTÃO DE PESSOAS A EMPRESA Há 8 anos no mercado, a Adhara RH provê a seus clientes, serviços e produtos para gestão do capital humano, levando-o a ter um forte diferencial competitivo

Leia mais

Palavras-chave: startups, gerenciamento de pessoas em projetos, processos do PMBOK.

Palavras-chave: startups, gerenciamento de pessoas em projetos, processos do PMBOK. PMBOK NA GESTÃO DE RH EM STARTUPS AUTORES Elaine Cristhina Castela Oyamada Henrique Spyra Gubert Juliana da Costa e Silva Juliana Theodoro de Carvalho Leitão Ricardo Takeshita ORIENTADOR Fábio Judice CURSO

Leia mais

O papel do CFO na estratégia corporativa

O papel do CFO na estratégia corporativa O papel do CFO na estratégia corporativa Paola Sardi Madueño, Diretora de Estratégia da Monitor Deloitte Dezembro 2014 Tendências globais (1/2) Embora com pesos diferentes, existem algumas tendências globais

Leia mais

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

Nova divisão de classes dos brasileiros

Nova divisão de classes dos brasileiros 1 Olá amigo, Meu nome é Isaac Martins, sou professor e fundador do Instituto Isaac Martins, empresa de consultoria e treinamento que atua na área comercial com foco em televendas. Conheça um pouco mais

Leia mais

A AIESEC. Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo.

A AIESEC. Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo. A AIESEC Reconhecida pela UNESCO como a maior organização de jovens universitários do mundo. A AIESEC é uma organização global formada por jovens universitários e recém-graduados que buscam viver na prática

Leia mais

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional,

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Planejamento Estratégico e Governança Corporativa Palestras Temáticas e Motivacionais v.03/15 Neurotreinamentos Neurobusiness

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo 1/44. Foto: Stock.Schng

EMPREENDEDORISMO. Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo 1/44. Foto: Stock.Schng EMPREENDEDORISMO Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo Foto: Stock.Schng 1/44 CONCEITO Empreendedorismo é o estudo voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à criação de

Leia mais

MULHER EMPREENDEDORA

MULHER EMPREENDEDORA MULHER EMPREENDEDORA Mara Angélica Schutze Voigt 1 Albertina de Souza Prust 2 Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI Curso Gestão Comercial (GCO 0070) Prática do Módulo II 13/05/2013 RESUMO

Leia mais