ESCOLA SECUNDÁRIA DE EMÍDIO NAVARRO VISEU

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA SECUNDÁRIA DE EMÍDIO NAVARRO VISEU"

Transcrição

1 MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE FÍSICA E QUÍMICA B FORMAÇÃO CIENTÍFICA CÓDIGO º Ano de Escolaridade Cursos Tecnológicos Duração da prova escrita: 90 minutos Ano Lectivo: 2005/2006 2ª Fase Critérios de correcção: Todas as respostas, além de legíveis, deverão permitir ao classificador a sua identificação inequívoca. Caso contrário, será atribuída a cotação de o (zero) pontos à(s) resposta(s) em causa. Se for respondida à mesma questão mais do que uma vez, deverá ser eliminada clara e inequivocamente a(s) resposta(s) que considerar incorrecta(s). Caso contrário, será cotada a resposta que surge em primeiro lugar. A uma questão não respondida ou anulada será atribuída a cotação de 0 (zero) pontos. Será atribuída a cotação total a qualquer processo cientificamente correcto de resolução. Em qualquer resolução alternativa incompleta a pontuação será adaptada a essa resolução. Não haverá penalização quando o examinando tiver de utilizar um resultado errado obtido numa questão anterior. Em qualquer questão, mesmo quando a resposta apresentar um resultado aparentemente correcto, será penalizada, em termos de cotação, a não apresentação dos cálculos ou da justificação, quando pedida. Será descontado 1 (um) ponto por cada unidade errada ou omitida no resultado final. Material a utilizar: O examinando apenas pode utilizar na prova, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta. O examinando deve ainda ser portador de máquina de calcular gráfica (cf. A lista do Ofício-Circular nº 48/2005 DSEE/DES/JNE), régua ou transferidor. Não é permitido o uso de lápis, de esferográfica-lápis, nem de corrector. Só se irá permitir a consulta de tabelas se estas forem fornecidas juntamente com a prova. Indicações Específicas: A prova inclui um formulário básico de Física e de Química. 1

2 MATRIZ DA PROVA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE FÍSICA E QUÍMICA B FORMAÇÃO CIENTÍFICA CÓDIGO º Ano de Escolaridade Cursos Tecnológicos Duração da prova escrita: 90 minutos Ano Lectivo: 2005 / ª Fase CONTEÚDOS OBJECTIVOS ESTRUTURA TIPO DE EXERCÍCIO Conhecer e aplicar: FÍSICA - Formas de energia. I. Energia no - Fontes de energia. quotidiano - O conceito de rendimento. - O conceito de trabalho realizado por uma força. - A relação entre o trabalho realizado por uma força e as variações de energia. - As leis da Termodinâmica. - Mudanças de estado. - Questões de resposta - A lei da Conservação da Energia. curta envolvendo cálculos - O conceito de capacidade térmica mássica. e/ou justificações; - O conceito de condutividade térmica. - Transferências de energia. II. Comunicações - Representar a velocidade por um vector tangente à trajectória em cada instante. - Interpretar o movimento da Terra e de outros planetas em volta do Sol, da Lua em volta da Terra e a queda dos corpos à superfície da Terra como resultado da interacção gravitacional. - Associar a resultante das forças que actuam num corpo com a aceleração a que o corpo fica sujeito. - Caracterizar o movimento de um satélite. Identificar um sinal como uma perturbação de qualquer espécie que é usada para comunicar uma mensagem ou parte dela. - Interpretar a propagação de um sinal através de um modelo ondulatório. - Reconhecer que um sinal demora um certo intervalo de tempo a percorrer um determinado espaço e que, lhe pode ser atribuída uma velocidade de propagação. A parte de Física é constituída por 2 grupos contendo cada um deles um número variável de questões, todas de resposta obrigatória. -Interpretação de gráficos/esquemas - Identificação e justificação do valor lógico de proposições. COTAÇÃO I..50 pontos II. 50 pontos 2

3 - Descrever um sinal harmónico simples através da função A sen t ω. - Relacionar o período com a frequência do sinal. - Interpretar o mecanismo de propagação do sinal sonoro como uma onda longitudinal. - Relacionar a intensidade de uma onda sonora harmónica com a amplitude das vibrações que lhe deram origem. - Compreender as limitações de transmitir sinais sonoros a grandes distâncias, em comparação com a transmissão de sinais electromagnéticos, e consequente necessidade de usar ondas electromagnéticas para a transmissão de informação contida nos sinais sonoros. - Explicitar a necessidade de converter um sinal sonoro num sinal eléctrico de modo a modular uma onda electromagnética. - Reconhecer que a repartição da energia reflectida, transmitida e absorvida depende da frequência da onda incidente, da inclinação do feixe e das propriedades dos materiais. - Explicar, com base nos fenómenos de reflexão, refracção e absorção na atmosfera e junto à superfície da Terra, as bandas de frequência adequadas às comunicações por telemóvel e transmissão por satélite. (Física : 100 pontos) 3

4 CONTEÚDOS OBJECTIVOS ESTRUTURA TIPO DE EXERCÍCIO COTAÇÃO QUÍMICA Materiais e aplicações - Aplicar as regras de nomenclatura IUPAC na escrita de fórmulas e nomes de substâncias. - Representar e/ou identificar:. fórmulas de estrutura;. diferentes geometrias de partículas;. polaridade de ligações químicas ou de partículas. - Caracterizar ligações químicas. - Relacionar comprimentos de ligação e energias de ligação. - Conhecer factores que influenciam a solubilidade de um soluto. - Descrever o modelo quântico do átomo. - Estabelecer as configurações electrónicas dos átomos dos elementos ( Z 23). - Interpretar a organização actual da Tabela Periódica dos elementos. - Interpretar o raio atómico e a energia de ionização em termos da distribuição electrónica. - Interpretar o efeito fotoeléctrico. - Reconhecer que a oxidação envolve cedência de electrões e que a redução envolve ganho de electrões. - Interpretar uma reacção de oxidação-redução. - Identificar pares conjugados de oxidação-redução. - Interpretar o aumento da corrosão dos metais. - Relacionar as propriedades físicas das ligas metálicas com as suas aplicações. - Caracterizar um polímero. A parte de Química é constituída por 2 grupos contendo cada um deles um número variável de questões, todas de resposta obrigatória. - Questões de resposta curta envolvendo cálculos e/ou justificações; - Identificação e justificação do valor lógico de proposições. - Identificação e correcção do valor lógico de proposições. (Química : 100 pontos) Total (F + Q): 200 pontos 4

5 MATRIZ DA PROVA PRÁTICA DE EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE FÍSICA E QUÍMICA B FORMAÇÃO CIENTÍFICA CÓDIGO º Ano de Escolaridade Cursos Tecnológicos Duração da prova prática: 90 minutos + 30 minutos (tolerância) Ano Lectivo: 2005/2006 2ª Fase Critérios de correcção: Todas as respostas, além de legíveis, deverão permitir ao classificador a sua identificação inequívoca. Caso contrário, será atribuída a cotação de o (zero) pontos à(s) resposta(s) em causa. Se for respondida à mesma questão mais do que uma vez, deverá ser eliminada clara e inequivocamente a(s) resposta(s) que considerar incorrecta(s). Caso contrário, será cotada a resposta que surge em primeiro lugar. A uma questão não respondida ou anulada será atribuída a cotação de 0 (zero) pontos. Será atribuída a cotação total a qualquer processo cientificamente correcto de resolução. Em qualquer resolução alternativa incompleta a pontuação será adaptada a essa resolução. Não haverá penalização quando o examinando tiver de utilizar um resultado errado obtido numa questão anterior. Em qualquer questão, mesmo quando a resposta apresentar um resultado aparentemente correcto, será penalizada, em termos de cotação, a não apresentação dos cálculos ou da justificação, quando pedida. Será descontado 1 (um) ponto por cada unidade errada ou omitida no resultado final. Na execução prática serão penalizados a utilização incorrecta de material/ aparelhos de medida e a não aplicação das regras de segurança laboratorial. No relatório serão alvo de penalização as deficiências de estrutura e/ ou de apresentação. Material a utilizar: O examinando apenas pode utilizar na prova, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta. O examinando deve ainda ser portador de máquina de calcular gráfica (cf. A lista do Ofício-Circular nº 48/2005 DSEE/DES/JNE), régua ou transferidor. Não é permitido o uso de lápis, de esferográfica-lápis, nem de corrector. Só se irá permitir a consulta de tabelas se estas forem fornecidas juntamente com a prova. Indicações Específicas: O examinando deverá trazer bata. 5

6 MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE FÍSICA E QUÍMICA B 11º Ano de Escolaridade Cursos Tecnológicos Formação Científica Código /2006 Componente Prática CONTEÚDOS OBJECTIVOS Estrutura TIPO DE EXERCÍCIO COTAÇÃO Materiais e aplicações. Executar correcta e cuidadosamente o trabalho experimental. Fundamentar teoricamente o procedimento experimental Execução do trabalho prático Registar o material utilizado. Registar as observações e medições efectuadas É constituída por 2 grupos Elaboração de um relatório 5 15 Comunicações. Efectuar cálculos/interpretar as observações efectuadas 25. Tirar conclusões 20. Planificar uma actividade que permita dar resposta a uma questão problema Planificação de uma actividade experimental 40. Aplicar conceitos Resolução de questões relativas à actividade 20 Total: 200 pontos 6

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9º ANO ANO LECTIVO 2009/ 2010

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9º ANO ANO LECTIVO 2009/ 2010 ESCOLA SECUNDÁRIA DE ODIVELAS MATRIZ DO EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9º ANO ANO LECTIVO 2009/ 2010 Objecto da avaliação: A prova de exame tem por referência os temas organizadores

Leia mais

Escola Secundária de Camões

Escola Secundária de Camões Escola Secundária de Camões INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA GEOLOGIA Código 320 Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias - 12ºano Duração da prova escrita: 90 min Duração

Leia mais

Escola Secundária de Lousada Conteúdos a leccionar na disciplina de Física e Química A 11º ano 11 /12

Escola Secundária de Lousada Conteúdos a leccionar na disciplina de Física e Química A 11º ano 11 /12 Escola Secundária de Lousada Conteúdos a leccionar na disciplina de Física e Química A 11º ano 11 /12 Turma: C 1º Período Aulas previstas: 39 COMPONENTE DE FÍSICA Unidade 1 Movimentos na Terra e no espaço

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS ENSINO RECORRENTE DE NÍVEL SECUNDÁRIO POR MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS CURSO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS DISCIPLINA : MATEMÁTICA A ANO: 10.º - CONJUNTO DOS MÓDULOS 1-2-3 DURAÇÃO

Leia mais

Escola Secundária de Camões

Escola Secundária de Camões Escola Secundária de Camões INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 315 Física Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias- 12ºano Duração da prova escrita: 90 min Duração da prova prática:

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Informação - Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO Prova de Equivalência à Frequência de 302 - BIOLOGIA (ter como referência o Desp.Norm. nº 1-G/2016) Ano letivo 2015/2016 I. INTRODUÇÃO

Leia mais

PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS

PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS (Decreto Lei n.º 64/2006, de 21 de Março) 2010 PROVA DE QUÍMICA Data da prova:

Leia mais

informação-exame de recuperação/módulos em atraso

informação-exame de recuperação/módulos em atraso informação-exame de recuperação/módulos em atraso data: 24.06.2016 FÍSICA E QUÍMICA módulo n.º Q1 Estrutura Atómica. Tabela Periódica. Ligação Química curso profissional de Técnico de Gestão e Programação

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO PROVA 715/C/11 Págs. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias Duração da prova: 120

Leia mais

A valorização relativa dos conteúdos da prova teórica apresenta-se no Quadro 1 e da... prova prática no Quadro 2.

A valorização relativa dos conteúdos da prova teórica apresenta-se no Quadro 1 e da... prova prática no Quadro 2. INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA GEOLOGIA 2016 Prova 320 Ensino Secundário - 12º. Ano de Escolaridade (Despacho normativo n.º 1-D/2016, de 4 de março) OBJETO DE AVALIAÇÃO A prova de exame

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º ou 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 715/C/10 Págs. Duração da prova: 120 minutos 2007 1.ª FASE PROVA ESCRITA DE FÍSICA E

Leia mais

Domínios / Objetivos Conceitos/ Conteúdos Calendarização

Domínios / Objetivos Conceitos/ Conteúdos Calendarização DEPARTAMENTO DE FÍSICA-QUÍMICA DISCIPLINA: FÍSICA E QUÍMICA A - 11º ANO OBJETIVOS / CONTEÚDOS... 1º PERÍODO Domínios / Objetivos Conceitos/ Conteúdos Calendarização 1. MECÂNICA (FÍSICA) 1.1. Tempo, posição

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Matemática Prova 52 / 1ª FASE 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro 2014 1. Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA. (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) OBJETO DE AVALIAÇÃO

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA. (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) OBJETO DE AVALIAÇÃO INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) CÓDIGO 302 OBJETO DE AVALIAÇÃO 12º ANO A prova é concebida de acordo com o currículo de referência e com

Leia mais

Prova Escrita de Matemática

Prova Escrita de Matemática Informação - Prova Final a Nível de Escola Prova Escrita de Matemática Prova 82 2015 9.º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2012 FÍSICA CARLOS 3ª MÉDIO Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Encaminhamos a Programação de Etapa, material de apoio para o acompanhamento dos conteúdos e habilidades que

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA MODELO. Duração da prova: 120 minutos

PROVA ESPECÍFICA MODELO. Duração da prova: 120 minutos Página 1 de 10 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de Março AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 FÍSICO-QUÍMICA

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 FÍSICO-QUÍMICA 7º ano Espaço Materiais Energia Atividades Práticas Compreender globalmente a constituição e a caracterização do Universo e do Sistema Solar e a posição que a Terra ocupa nesses sistemas. Saber associar

Leia mais

Planificação anual. C. Físico-Químicas (8º Ano)

Planificação anual. C. Físico-Químicas (8º Ano) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE LOUSADA ES Lousada (Sede) AE Lousada Centro Escola Secundária de Lousada Ano letivo de 2012/2013 Planificação anual de C. Físico-Químicas (8º Ano) Reações químicas Sub tema Competências

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO 1. INTRODUÇÃO Físico-Química Prova 11 O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2016 pelos alunos que se encontram abrangidos

Leia mais

Prova de Aptidão Cultural

Prova de Aptidão Cultural ESCOLA SUPERIOR DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DE MACAU 16º CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DESTINADO AO CORPO DE BOMBEIROS Prova de Aptidão Cultural 1. A prova de aptidão cultural é constituída por 2 partes: a

Leia mais

INFORMAÇÃO- PROVA COMUM

INFORMAÇÃO- PROVA COMUM INFORMAÇÃO- PROVA COMUM 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova comum, do ensino secundário, da disciplina de, a realizar em 2015, conforme decisão do Conselho Pedagógico

Leia mais

INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PROVA 344 INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 12º Ano de Escolaridade CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS SOCIOLOGIA ANO LECTIVO 2011/2012 Tipo de prova: Escrita Duração (em minutos): 90 TEMAS CONTEÚDOS

Leia mais

1. Reconhecer o átomo de hidrogénio como o Átomo mais simples.

1. Reconhecer o átomo de hidrogénio como o Átomo mais simples. PROVA DE INGRESSO ANO LECTIVO 2016/2017 QUÍMICA 1. Reconhecer o átomo de hidrogénio como o Átomo mais simples. 2. Conhecer o espectro de emissão de hidrogénio. 3. Compreender como os resultados do estudo

Leia mais

PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA MAIORES DE 23 ANOS PROGRAMA DA PROVA ESPECÍFICA FÍSICA/QUÍMICA

PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA MAIORES DE 23 ANOS PROGRAMA DA PROVA ESPECÍFICA FÍSICA/QUÍMICA PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA MAIORES DE 23 ANOS PROGRAMA DA PROVA ESPECÍFICA FÍSICA/QUÍMICA 2012 Componente de Física 1. Mecânica da Partícula 1.1 Cinemática e dinâmica da partícula em movimento

Leia mais

Matemática Maio 2016

Matemática Maio 2016 INFORMAÇÃO Prova Final de Ciclo a Nível de Escola Matemática Maio 2016 Prova 82 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico Prova: Escrita O presente documento divulga informação relativa à prova final a nível de

Leia mais

A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo permitido o uso de calculadora apenas no Caderno 1.

A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo permitido o uso de calculadora apenas no Caderno 1. INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA Prova 82 2015 3º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova final a

Leia mais

No arquivo Exames e Provas podem ser consultados itens e critérios de classificação de provas e de testes intermédios desta disciplina.

No arquivo Exames e Provas podem ser consultados itens e critérios de classificação de provas e de testes intermédios desta disciplina. INFORMAÇÃO-PROVA MATEMÁTICA 2017 Prova 92 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova final do 3.º ciclo do ensino básico

Leia mais

MATEMÁTICA 2016 Prova 82

MATEMÁTICA 2016 Prova 82 INFORMAÇÃO-PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA 2016 Prova 82 3º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova final do 3.º Ciclo do Ensino Básico da disciplina de

Leia mais

MATRIZ DE EXAME (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2015/2016 Disciplina Química Módulo 1

MATRIZ DE EXAME (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2015/2016 Disciplina Química Módulo 1 Agrupamento de Escolas de Rio Tinto nº 3 ENSINO SECUNDÁRIO RECORRENTE POR MÓDULOS MATRIZ DE EXAME (Avaliação em regime não presencial) Ano Letivo 2015/2016 Disciplina Química Módulo 1 Duração da prova:

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO BIOLOGIA Prova 302 2015 12 º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 1. Introdução O presente documento divulga

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Informação Prova da Disciplina de Física e Química - Módulo: 1 Estrutura Atómica. Tabela Periódica.

Leia mais

Informação - Ficha de Avaliação Global de Matemática 3.º ano. 1.º Ciclo do Ensino Básico maio de 2016

Informação - Ficha de Avaliação Global de Matemática 3.º ano. 1.º Ciclo do Ensino Básico maio de 2016 Agrupamento de Escolas de Marrazes Cód. 1609 Informação - Ficha de Avaliação Global de Matemática.º ano 1.º Ciclo do Ensino Básico maio de 2016 O presente documento divulga informação relativa à ficha

Leia mais

Prova Escrita e Prática de Biologia

Prova Escrita e Prática de Biologia INFORMAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita e Prática de Biologia

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação Físico-Química 3º Ciclo - 9.º Ano de Escolaridade Despacho

Leia mais

Informação Prova Final de Matemática a Nível de Escola

Informação Prova Final de Matemática a Nível de Escola Escola Secundária de Paços de Ferreira Prova Final de Exame a Nível de Escola do Terceiro Ciclo Informação Prova Final de Matemática a Nível de Escola Prova 82 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente

Leia mais

MATEMÁTICA Prova 82 3º Ciclo do Ensino Básico 9º ano (Decreto-Lei n.º 17/2016 de 4 de abril e Despacho normativo nº. 1-G/2016, de 6 de abril)

MATEMÁTICA Prova 82 3º Ciclo do Ensino Básico 9º ano (Decreto-Lei n.º 17/2016 de 4 de abril e Despacho normativo nº. 1-G/2016, de 6 de abril) Agrupamento de Escolas de Samora Correia INFORMAÇÃO - PROVA A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA 2016 Prova 82 3º Ciclo do Ensino Básico 9º ano (Decreto-Lei n.º 17/2016 de 4 de abril e Despacho normativo nº. 1-G/2016,

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência de Matemática

Informação - Prova de Equivalência à Frequência de Matemática Informação - Prova de Equivalência à Frequência de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei nº139 /2012, de 5 de junho, alterado pelo Despacho Normativo n.º1-g/2016 Prova 62 (2016) Duração da

Leia mais

Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Matemática 2016 Prova 62 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2º. Ciclo

Leia mais

Exame de Ingresso para Estudantes Internacionais

Exame de Ingresso para Estudantes Internacionais Exame de Ingresso para Estudantes Internacionais Matriz da prova de Física e Química A Duração da prova: 120min. Tolerância: 30 minutos 2015 Competências Conteúdos Estrutura Cotação (pontos) Critérios

Leia mais

Quadro 1 Valorização relativa dos temas. Números e Operações (NO) 5 a 15. Geometria e Medida (GM) 35 a 45

Quadro 1 Valorização relativa dos temas. Números e Operações (NO) 5 a 15. Geometria e Medida (GM) 35 a 45 INFORMAÇÃO-PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA DISCIPLINA: MATEMÁTICA _ CÓDIGO 8 / 016 9º ANO DE ESCOLARIDADE OBJECTO DE AVALIAÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova final do 3.º

Leia mais

PROVA ESCRITA DE MATEMÁTICA 3.º Ciclo do Ensino Básico /2015

PROVA ESCRITA DE MATEMÁTICA 3.º Ciclo do Ensino Básico /2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À PROVA FINAL DE CICLO CÓDIGO 82 PROVA ESCRITA DE MATEMÁTICA 3.º Ciclo do Ensino Básico - 2014/2015 Decreto-Lei nº3 / 2008, de 7 de janeiro, Decreto-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. Disciplina: Matemática. Prova: 82/ º Ciclo do Ensino Básico Modalidade da Prova: Escrita X Prática

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. Disciplina: Matemática. Prova: 82/ º Ciclo do Ensino Básico Modalidade da Prova: Escrita X Prática INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Disciplina: Matemática Prova: 82/2016 3º Ciclo do Ensino Básico Modalidade da Prova: Escrita X Prática Escrita e Oral Introdução O presente documento visa divulgar

Leia mais

ESCOLA BÁSICA 2º e 3º CICLOS INFANTE D. PEDRO BUARCOS. Currículo da disciplina de Ciências Físico Químicas. 8ºAno de escolaridade

ESCOLA BÁSICA 2º e 3º CICLOS INFANTE D. PEDRO BUARCOS. Currículo da disciplina de Ciências Físico Químicas. 8ºAno de escolaridade ESCOLA BÁSICA 2º e 3º CICLOS INFANTE D. PEDRO BUARCOS Currículo da disciplina de Ciências Físico Químicas 8ºAno de escolaridade BLOCO 1 A ENERGIA (Tema: Terra em Transformação) Unidade Conteúdo Nº de FONTES

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO Acesso ao Ensino Superior Maiores de 23 Prova Específica de Física 2015 Duração da Prova: 1h:30min Tolerância: 30 min Data: 2015/06/05 Utilize apenas caneta

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIZELA VIZELA Escola sede: ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DE VIZELA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE SOCIOLOGIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIZELA VIZELA Escola sede: ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DE VIZELA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE SOCIOLOGIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIZELA VIZELA Escola sede: ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DE VIZELA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE SOCIOLOGIA Prova: 344 / 2015 12.º Ano de Escolaridade Formação

Leia mais

Informação da Prova Final de Escola de Matemática

Informação da Prova Final de Escola de Matemática Informação da Prova Final de Escola de Matemática 3º Ciclo do Ensino Básico Prova 82 / 2014 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final a nível de escola do 3.º ciclo

Leia mais

Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre

Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Educação Tecnológica, a realizar em 2014 pelos alunos

Leia mais

Agrupamento de Escolas Luís António Verney. Escola EB 2,3 Luís António Verney. Ano lectivo de 2012/13

Agrupamento de Escolas Luís António Verney. Escola EB 2,3 Luís António Verney. Ano lectivo de 2012/13 Tema B- Terra em Transformação Nº aulas prevista s Materiais Constituição do mundo material Substâncias e misturas de substâncias Relacionar aspectos do quotidiano com a Química. Reconhecer que é enorme

Leia mais

1. Objeto de avaliação

1. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Biologia Maio de 2015 Prova 302 Escrita e Prática Ensino Secundário (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 1. Objeto de avaliação A prova de equivalência

Leia mais

INFORMAÇÃO DE PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano 2015/2016

INFORMAÇÃO DE PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA ANTÓNIO ALEIXO INFORMAÇÃO DE PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Ano 2015/2016 Despacho normativo nº1-d/2016 de 4 de março Despacho normativo nº1-g/2016 de 6 de abril 1ª e 2.ª

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Informação Prova da Disciplina de Física e Química - Módulo: 10 Equilíbrio de ácido-base.

Leia mais

1. Introdução. 2. Objeto de avaliação

1. Introdução. 2. Objeto de avaliação AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código 150502 Informação - Prova Final a nível de Escola Matemática Prova 82 2016 9º Ano / 3.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho Normativo n.º 1-G/2016 art.º

Leia mais

Identificação de Princípios e Leis da Física em aplicações tecnológicas inseridas no cotidiano

Identificação de Princípios e Leis da Física em aplicações tecnológicas inseridas no cotidiano PROCESSO SELETIVO FÍSICA 1. EIXO TEMÁTICO: PRINCÍPIOS E LEIS QUE REGEM A FÍSICA Objetivo Geral: Compreensão dos Conceitos, Princípios e Leis da Física no estudo do movimento dos corpos materiais, calor,

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELETROTÉCNICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELETROTÉCNICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 9 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora, Matosinhos Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DE HISTÓRIA 2016 9º ANO DE ESCOLARIDADE (DECRETO-LEI N.º 139 / 2012, DE 5 DE JULHO)

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Física II Código da Disciplina: NDC157 Curso: Engenharia Mecânica Semestre de oferta da disciplina: Faculdade responsável: NÚCLEO DE DISCIPLINAS COMUNS (NDC) Programa

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Direções Regionais de Educação. AE/ENA com 2.º ciclo CIREP FERLAP CONFAP

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Direções Regionais de Educação. AE/ENA com 2.º ciclo CIREP FERLAP CONFAP Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 62 2013 2.º Ciclo do Ensino Básico Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral da Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria Regional da Educação

Leia mais

Informação Prova Final a Nível de Escola

Informação Prova Final a Nível de Escola Informação Prova Final a Nível de Escola Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 82 2015 3º Ciclo do Ensino Básico Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Matemática do Ensino Básico,

Leia mais

Escola Básica do 2.º e 3.ºciclos Álvaro Velho. Planeamento Curricular de Físico-Química 7.º ano ANO LETIVO 2015/2016

Escola Básica do 2.º e 3.ºciclos Álvaro Velho. Planeamento Curricular de Físico-Química 7.º ano ANO LETIVO 2015/2016 1.º Período Escola Básica do 2.º e 3.ºciclos Álvaro Velho Planeamento Curricular de Físico-Química 7.º ano I Espaço 1. Universo 2. Sistema Solar 1.1 Constituição do Universo 1.2 Observação do céu 1.3 Evolução

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA Abril 2016 Prova 302 2016 12º Ano de escolaridade (Decreto-Lei nº 139/2012, de 05 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Informação Prova da Disciplina de Física e Química - Módulo: 4 Circuitos elétricos. Modalidade

Leia mais

DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10. Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º

DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10. Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à frequência do 3.º Ciclo da

Leia mais

Matriz de referência DE FÍSICA - SAERJINHO ANO ENSINO MÉDIO

Matriz de referência DE FÍSICA - SAERJINHO ANO ENSINO MÉDIO 1 ANO ENSINO MÉDIO MATÉRIA E ENERGIA TERRA E UNIVERSO H01 Reconhecer a equivalência entre massa e energia, descrevendo processos de conversão de massa em energia. H02 Reconhecer a equivalência entre massa

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Inspecção-Geral de Educação. Direcções Regionais de Educação. Escolas com 3.º Ciclo CIREP FERLAP CONFAP

Informação n.º Data: Para: Inspecção-Geral de Educação. Direcções Regionais de Educação. Escolas com 3.º Ciclo CIREP FERLAP CONFAP Prova de Exame Nacional de Matemática Prova 23 2011 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção-Geral

Leia mais

1ª Daniella / Marcelo

1ª Daniella / Marcelo Química 1ª Daniella / Marcelo 1ª Série E.M. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade conhecimento químico, incluindo Reagentes, produtos e suas propriedades H1. Identificar uma substância, mistura,

Leia mais

Resolução do Exame Nacional de Física e Química A 11.º, 2010, 2.ª fase, versão 1

Resolução do Exame Nacional de Física e Química A 11.º, 2010, 2.ª fase, versão 1 Resolução do Exame Nacional de Física e uímica A 11.º, 010,.ª fase, versão 1 Sociedade Portuguesa de Física, Divisão de Educação, 15 de Julho de 010, http://de.spf.pt 1. 1.1. O aumento da acidez da água

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA CIVIL DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA CIVIL DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 10 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de Março AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência Ensino Secundário 2015/2016 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Decreto -Lei nº 17/2016, de 4 de abril Aprovado em Conselho

Leia mais

Biologia. (Prova Escrita e Prática) Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho

Biologia. (Prova Escrita e Prática) Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Informação-Prova de Equivalência à Frequência Biologia (Prova Escrita e Prática) Prova 302 2015 12.º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 180 minutos (+ 30 minutos de tolerância): (90 minutos na componente

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência 11º Ano Inglês - Ano letivo 2014/ 2015

Informação Prova de Equivalência à Frequência 11º Ano Inglês - Ano letivo 2014/ 2015 Informação Prova de Equivalência à Frequência 11º Ano Inglês - Ano letivo 2014/ 2015 O presente documento divulga informação relativa ao Exame de Equivalência à Frequência do 11º ano do ensino secundário,

Leia mais

Prova º Ano de escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Prova º Ano de escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) INFORMAÇÃO-PROVA BIOLOGIA 2016 Prova 302 12º Ano de escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento visa divulgar as características da Prova de Equivalência à Frequência, do

Leia mais

Informação Prova a Nível de Escola (Ao abrigo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de Julho)

Informação Prova a Nível de Escola (Ao abrigo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de Julho) Informação Prova a Nível de Escola (Ao abrigo Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de Julho) MATEMÁTICA Prova 82 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico PROVA ESCRITA O presente documento visa divulgar informação relativa

Leia mais

Este documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à Prova Final a Nível de Escola:

Este documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à Prova Final a Nível de Escola: 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da Prova Final a Nível de Escola, nos termos das orientações gerais das condições especiais na realização de provas finais de ciclo para

Leia mais

Ciências Físico-Químicas 7.º Ano Terra em Transformação / Terra no Espaço Carlos Alberto da Silva Ribeiro de Melo

Ciências Físico-Químicas 7.º Ano Terra em Transformação / Terra no Espaço Carlos Alberto da Silva Ribeiro de Melo Ciências Físico-Químicas 7.º Ano Terra em Transformação / Terra no Espaço Carlos Alberto da Silva Ribeiro de Melo QUÍMICA TEMAS OBJECTIVOS DE APRENDIZAGEM SITUAÇÕES E EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS AULAS TERRA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SEBASTIÃO DA GAMA ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA Cursos Científico-Humanísticos de Ciências e Tecnologias Ensino Recorrente de Nível Secundário Física e Química A 10ºano MÓDULO

Leia mais

FÍSICA E QUÍMCA módulo n.ºq3 curso profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos componente de formação científica 2016

FÍSICA E QUÍMCA módulo n.ºq3 curso profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos componente de formação científica 2016 informação-exame de recuperação/módulos em atraso data: 24.06.2016 FÍSICA E QUÍMCA módulo n.ºq3 curso profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos componente de formação científica

Leia mais

PROVA MODELO Duração da prova: 120 minutos. Grupo 1 - Três questões de resposta múltipla de matemática.

PROVA MODELO Duração da prova: 120 minutos. Grupo 1 - Três questões de resposta múltipla de matemática. Página 1 de 9 Provas de ingresso específicas para avaliar a capacidade para a frequência do ciclo de estudos de licenciatura, pelos titulares de um diploma de especialização tecnológica, Decreto-Lei n.º

Leia mais

informação-exame de recuperação/módulos em atraso

informação-exame de recuperação/módulos em atraso informação-exame de recuperação/módulos em atraso data: 24.06.2016 FÍSICA E QUÍMICA módulo n.º Q2 Soluções curso profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação componente de

Leia mais

» INTRODUÇÃO. Realização de Provas e Exames JNE/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais, da

» INTRODUÇÃO. Realização de Provas e Exames JNE/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais, da INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA PROVA 52 2015 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO Este documento foi construído de acordo com a Informação

Leia mais

Matriz da Prova Final de Recuperação dos Cursos Profissionais

Matriz da Prova Final de Recuperação dos Cursos Profissionais MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. ANTÓNIO GRANJO Matriz da Prova Final de Recuperação dos Cursos Profissionais 2012/2013 Cursos: Técnico de Informática de Gestão Disciplina: Matemática

Leia mais

Informação Prova Prova código 302 de Biologia

Informação Prova Prova código 302 de Biologia Informação Prova Prova código 302 de Biologia Prova de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Despacho normativo n.º 1-D/2016, de 4 de março O presente documento

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES TURMA: G ANO: 12º ANO LETIVO 2011/2012 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diagnose da turma. -Trabalho individual

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES TURMA: G ANO: 12º ANO LETIVO 2011/2012 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diagnose da turma. -Trabalho individual ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES CURSO PROFISSIONAL Técnico de Instalações Elétricas DISCIPLINA: FÌSICA e QUÌMICA TURMA: G ANO: 12º ANO LETIVO 2011/2012 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência. 6º Ano de Escolaridade [Dec.Lei nº 139/2012] 2º ciclo do Ensino Básico

Informação - Prova de Equivalência à Frequência. 6º Ano de Escolaridade [Dec.Lei nº 139/2012] 2º ciclo do Ensino Básico Informação - Prova de Equivalência à Frequência 6º Ano de Escolaridade [Dec.Lei nº 139/2012] 2º ciclo do Ensino Básico Prova 02/ 2016 1- Informação O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário de:

Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário de: Matriz da Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário de COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário de: Prova 358 2013

Leia mais

Biologia. Objeto de Avaliação. Ensino Secundário. Prova

Biologia. Objeto de Avaliação. Ensino Secundário. Prova INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUENCIA Biologia 2015 Ensino Secundário O presente documento divulga informação relativa à PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUENCIA do ensino secundário da disciplina de

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS 9.º ano CFQ

PLANO DE ESTUDOS 9.º ano CFQ PLANO DE ESTUDOS 9.º ano CFQ 2015-2016 O aluno, no final do 9.º ano, deve ser capaz de: - Compreender movimentos no dia-a-dia, descrevendo-os por meio de grandezas físicas. - Compreender a ação das forças,

Leia mais

1º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril)

1º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA MATEMÁTICA 2016 Prova 42 2016 1º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação relativa à prova de

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. EDUCAÇÃO MUSICAL Prova 12 2016 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

Versão 1. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 1. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Ciências Físico-Químicas Versão 1 Teste Intermédio Ciências Físico-Químicas Caderno 1 Versão 1 Duração do Teste: 40 min (Caderno 1) + 10 min (pausa) + 40 min (Caderno 2) 19.05.2011

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual Física e Química A 11ºAno 2015 / º Período

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual Física e Química A 11ºAno 2015 / º Período Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual Física e Química A 11ºAno 2015 / 2016 1º Período Conteúdos / Outras atividades Número de tempos previstos (45 minutos) Apresentação

Leia mais

INFORMAÇÃO DE PROVA/EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ÁREA DISCIPLINAR DE FÍSICA E QUÍMICA ANO LETIVO 2011 / 2012

INFORMAÇÃO DE PROVA/EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ÁREA DISCIPLINAR DE FÍSICA E QUÍMICA ANO LETIVO 2011 / 2012 ESCOLA SECUNDÁRIA DA MAIA ENSINO SECUNDÁRIO INFORMAÇÃO DE PROVA/EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ÁREA DISCIPLINAR DE FÍSICA E QUÍMICA ANO LETIVO 2011 / 2012 DISCIPLINA: FÍSICA (CÓDIGO 315) ANO:12º MODALIDADE

Leia mais

NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORA-AUTORA: Marina Valentim APRESENTAÇÃO

NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORA-AUTORA: Marina Valentim APRESENTAÇÃO NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORA-AUTORA: Marina Valentim ONDAS E ÓTICA FÍSICA TERMODINÂMICA, APRESENTAÇÃO A disciplina aborda conteúdos como hidrostática, termodinâmica, ondas e

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA 2016

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA 2016 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA 2016 Prova 302 2016 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 12.º Ano

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/2.ª Fase/2014 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno CC

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Prova de Equivalência à Frequência Educação Física Prova Código 26-2015 3º Ciclo do Ensino Básico 9º Ano de Escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da Prova de

Leia mais

Unidade 1: Metais e Ligas Metálicas Unidade 2: Combustíveis, Energia e Ambiente Unidade 3: Plásticos, Vidros e Novos Materiais,

Unidade 1: Metais e Ligas Metálicas Unidade 2: Combustíveis, Energia e Ambiente Unidade 3: Plásticos, Vidros e Novos Materiais, Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA QUÍMICA 12º Ano de Escolaridade Prova 342 2015 (Dec.-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) 1. OBJETIVOS GERAIS O Programa de Química do 12.º

Leia mais

MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS

MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS Elementos químicos e sua organização Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 10º Ano Planificação Anual 201-2016 Física

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril) INFORMAÇÃO-PROVA CIÊNCIAS NATURAIS 2ºciclo 2016 Prova: Código 02 2.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho normativo n.º 1-G/2016, de 6 de abril) O presente documento divulga informação relativa à prova de

Leia mais

[COMUNICAÇÃO A CURTAS DISTÂNCIAS ]

[COMUNICAÇÃO A CURTAS DISTÂNCIAS ] [COMUNICAÇÃO A CURTAS DISTÂNCIAS ] Unidade 2 - Física FQ A Marília Peres e Rosa Pais 1 É possível imaginar como seria o nosso mundo sem os meios de comunicação de que dispomos? * * * * Aparelhos de rádio

Leia mais