GENERAL AGREEMENT ON TARIFFS AND TRADE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GENERAL AGREEMENT ON TARIFFS AND TRADE"

Transcrição

1 GENERAL AGREEMENT ON TARIFFS AND TRADE RESTRICTED GPR/34 19 June 1986 Special Distribution Committee on Government Procurement LIST OF ENTITIES FOR PORTUGAL Communication from the Commission of the European Communities The following communication, dated 16 June 1986, has been received from the EC delegation with the request that the information be circulated to the Parties to the Agreement. Please find enclosed herewith a list of entities for Portugal1 in accordance with the provisions of Articles I and IX to be included in the Annex to the Agreement. 1Entity lists in Portuguese only

2 Page 2 AGREEMENT ON GOVERNMENT PROCUREMENT PORTUGAL List of entities

3 Page 3 Notes 1. The present list includes all the Portuguese entities entitled to be submitted to the Agreement. 2. Gross Domestic P.roduct (G.D.P.) in Portugal, in 1984, corresponded to 16, 495, 294 thousands of SDR's. 3. The ratio between the estimated amount of procedures covered by the Agreement and G.D.P. (0.66 per cent) is due to restraints in public expenditure that occurred in Portugal in The advanced amounts shall be considered as indicative ones due to the lack of reliable statistical data.

4 A Entities included -_ Auanual estimate of procedures covered by the Agreement (unit: of SDR's) GPR/34 Page4 S SUMMARY TABLE Ministry A B PRESIDENCIA DO CONSELHO DE MINISTROS 10 MINISTERIO DA DEFESA NACIONAL MINISTERIO DAS FINANÇAS 15 ;.soo MINISTERIO DA ADMINISTRAÇAO INTERNA 6 3.SOO MINISTERIO DO PLANO E ADMINISTRAÇAO DO T1RRl1OI l7 900 MINISTERIO DA JUSTIÇA Il I. 1O MINISTERIO DOS NEGOCIOS ESTRANGEIROS 9 MINISTERIO DA AGRICULTURA PESCAS E Al.IMENTAÇÀO MINISTERIO DA INDUSTRIA E COMERCIO MINISTERIO DA EDUCAÇÀO E CULTURA MINISTERIO OAS OBRAS PUBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÔES )0 MINISTERIO DA SAUDE MINISTERIO DO TRABALHO E SEGURANÇA SOCIAL TOTAL

5 Page 5 PRESIDENCIA DO CONSELHO DE MINISTROS DIRECÇAO-GERAL DA COMUNICAÇAO SOCIAL DIRECÇÀO-GERAL DA FAMrLIA DIRECÇÀO-GERAL DO TURISMO DIRECÇÀO-GERAL DA JUVENTUDE INSTITUTO NACIONAL DE INFORMAÇAO TURISTICA INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇAO JOGOS INSPECÇÂO-GERAL DE SERVIÇOS SOCIAIS DA PRESIDENCIA DC CONSELHO SERVIÇO NACIONAL DE PROTECÇÀO CIVIL

6 Page 6 MINISTERIO DA DEFESA NACIONAL ESTADO MAIOR GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS ESTADO MAIOR DO EXERCITO ESTADO MA IOR DA ARMADA ESTADO MAIOR DA FORÇA AEREA

7 Page 7 MINISTERIO DAS FINANÇAS DIRECÇÀO-GERAL DAS CONTRIBUIÇOES E IMPOSTOS DIRECÇAO-GERAL DAS ALFANDEGAS DIRECÇÀO-GERAL DC PATRIMONIO DO ESTIADO INSTITUTO DE INFORMATICA INSTITUTO GEOGRAFICO E CADASTRAL GUARDA FISCAL SERVIÇOS SOCIAIS D5 MINISTERIO DAS FINANÇAS DIRECÇÀO-GERAL DA CONTABILIDADE PUBL!CA DIRECÇAO-uERAL DE PROTECÇÀO SOCIAL A FUNCIONARIOS E AGENTES DA ADMINISTIRAÇÀO PUBLICA DIRECÇÀO-GERAL DO TESOURO DIRECÇÀO-GERAL DO TRIBUNAL DE CONTAS JUNTA DE CREDITO PUBLICO INSPECÇAO-GERAL DE FINANÇAS INSTITUTO DE INVESTIMENTO ESTRANGEIRO

8 Page 8 MINISTERIO DA ADMINISTRAÇÀO INTERNA POLICIA DE SEGURANÇA PUBLICA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA SERVIÇO NACIONAL DE BOMBEIROS SERVIÇO DE ESTRANGEIROS SERVIÇO DE INFORMAÇÁO DE SEGURANÇA

9 Page 9 MINISTERIO DO PLANO E ADMINISTRAÇAO DO TERRITORIO DIRECÇÀO-GERAL DE EQUIPAME.NTO REGIONAL E URBANO DIRECÇÀO-GERAL DOS RECURSOS E DIRECÇÀO-GERAL DE SANEAMENTO BASICO INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA JUNTA NACIONAL DE INVESTIGAÇÀO CIENTIFICA E TECNOLOGICA APROVEITAMENTOS HIDRAULICCS DIRECÇAO-GERAL DE ORDENAMENTO DIRECÇAO-GERAL DE QUALIDADE DO AMBIENTE DIRECÇÀO-GERAL DE ADMINISTRAÇAO LOCAL DIRECÇAO-GERAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DIRECÇAO-GERAL DE PLANEAMENJO URBANISTICO INSTITUTO DE ANALISE DA CONJUNTURA E ESTUDOS DE PLANEAMENTO INSTITUTO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR INSTITUTO ANTONIO SERGIO DO SECTOR COCPERATIVO INSPECÇÁO-GERAL DE ADMINISTRAÇÀO INTERNA DEPARTAMENTO CENTRAL DE PLANEAMENTO SERVIÇO NACIONAL DE PARQUES, RESERVAS E CONSERVAÇÀO DA NATUREZA

10 Page 10 MINISTERIO DA JUSTIÇA DIRECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇOS PRISIONAIS DIRECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇOS TUTELARES DE MENORES DIRECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇOS DE INFORMATICA DO MINISTERIO DA JUSTIÇA GABINETE DE GESTÀO FINANCEIRA DO MINISTERIO DA JUSTIÇA POLICIA JUDICIARIA DIRECÇÀO-GERAL DOS REGISTOS E NOTARIADO DIRECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇCS JUDICIARIOS INSTITUTO DE REINSERÇÀO SOCIAL INSTITUTO DE FORMAÇÀO PROFISSIONAL SERVIÇO SOCIAL DO MINISTERIO DA JUSTIÇA

11 Page 1 1 MINISTERIO DOS NEGOCIOS ESIRANGEIROS DIRECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇOS CENTRAIS DIRECÇÀO-GERAL DAS RELAÇOES CULTURAIS EXTERNAS DIRECÇÀO-GERAL DE COOPERAÇAO DIRECÇÀO-GERAL DOS NEGOCIOS POLrTICOS DI RECÇÀO-GERAL DOS NEGOC I OS ECONOM 1 COS DIRECÇÀO-GERAL DAS COMUNIDADES EUROPEIAS INSTITUTO DE APOIO A EMIGRAÇÀO E AS COMUNIDADES PORTUGUESAS INSTITUTO PARA A COOPERAÇÀO ECONOMICA

12 Page 12 MINISTERIO DA AGRICULTURA, PESCAS E ALIMENTAÇÀO DIRECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇOS CENTRAIS DIRECÇÀO-GERAL DAS FLORESTAS DIRECÇÀO-GERAL DA PECUARIA DIRECÇÀO-GERAL DE HIDRAULICA E ENGENHARIA AGRrCOLA INSTITUTO DA QUALIDADE ALIMENTAR JUNTA NACIONAL DOS PRODUTOS PECUARIOS DIRECÇÀO-GERAL DA AGRICULTURA OIRECÇÀO-GERAL DAS PESCAS INSTITUTO DE GESTAO E ESTRUTURAÇÀO FUNDIARIA INSTITUTO NACIONAL DE INVESTIGAÇÀO AGRARIA E EXTENSÀO RURAL INSTITUTO NACIONAL DE INVESTIGAÇÀO DAS PESCAS INSTITUTO PORTUGUES DAS CCNSERVAS DE PEIXE INSTITUTO DO VINHO DO PORTO INSTITUTO DE AZEITE E PRODUTOS OLEAGINOSOS INSTITUTO DE APOIO A TRANSFORMAÇÀO E COMERCIALIZAÇÀO DE PRODUTOS AGRARIOS E ALIMENTARES INSPECÇÀO-GERAL COMISSÀO REGULADORA DO COMERCIO DO BACALHAU JUNTA NACIONAL DO VINHO JUNTA NACIONAL DAS FRUTAS

13 Page 13 MINISTERIO DA INDUSTRIA E COMERCIO INSTITUTO DE APOIO AS PEQUENAS E MEDIAS EMPRESAS INDUSTR:AIS LABORATORIO NACIONAL DE ENGENHARIA E TECNOLOGIA INDUSTRIAL (LNETI) DIRECÇÀO-GERAL DA QUALIDADE DIRECÇÀO-GERAL DA INDUSTRIA DIRECÇÀO-GERAL DA ENERGIA DIRECÇÀO-GERAL DE GEOLOGIA E MINAS DIRECÇÀO-GERAL DO COMERCIO EXTERNO DIRECÇÀO-GERAL DA INSPECÇÀO ECONOMICA DIRECÇÀO-GERAL DO COMERCIO INTERNO DIRECÇÀO-GERAL DA CONCORRENCIA E PREÇOS INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUS-RIAL INSTITUTO DOS TEXTEIS INSTITUTO DE PRODUTOS FLORESTAIS INSTITUTO DO COMERCIO EXTERNO DE PORTUGAL COMISSAO REGULADORA DE PRODUTOS QUIMICOS E FARMACEUTICOS INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO INOUSTRIAL ADMINISTRAÇÀC GERAL DO AÇUCAR E DO ALCOOL

14 GPR/ 34 Page 14 MINISTERIA DA EDUCAÇÀO E CULTURA DIRECÇÀO-GERAL DCS EQUIPAMENTOS EDUCATIVOS DIRECÇÀO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR INSTITUIO DE ACÇÀO SOCIAL ESCOLAR INSTITUTO NACIONAL DE INVESTIGAÇÀO CIENTtFICA INSTITUTO PORTUGUES DE ENSINO A DISTANCIA INSTITUTO PORTUGUES DE ONCOLOGIA DR FRANCISCO GENTIL INSTITUTO DE TECNOLOGIA EDUCATIVA DIRECÇÀO-GERAL DIRECÇÀO-GERAL DIRECÇÀO-GERAL O I RECÇÀO-GERAL OIRECÇÀO-GERAL OIRECÇÀO-GERAL DIRECÇÀO-GERAL O IRECÇÀO-GERAL OIRECÇÀO-GERAL DE EOUCAÇÀO DE ADULTOS DO ENSINO BASICO DO ENSINO SECUNDARIO DO ENSINO PARTICULAR E COOPERATIVO DA ACÇÀO CULTURAL DOS ESPECTACULOS E DIREITOS DE AUTOR DOS DESPORTOS DOCS SERVIÇOS CENTRAIS DO PESSOAL INSTITUTO PORTUGUES DO PATRIMONIO CULTURAL INSIITUTO PORTUGUES DO LIVRO INSPECÇÀO-GERAL DO ENSINO INSTITUTO PORTUGUES DO TEATRO INSTITUTO PORTUGUES Do CiNEMA INSTITUTO DE INVESTIGAÇÀO CIENTIFICA TROPICAL INSTITUTO DE EDUCAÇÀO ESPECIAL INSTITUTO DE CULTURA E LINGUA PORTUGUESA OBRA SOCIAL DO M.E.C.

15 Page 15 MINISTERIO DAS OBRAS PUBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÔES DIRECÇAO-GERAL DOS EDIF ICIOS E MONUMENTOS NAC IONAIS INSTITUTO NACIONAL DE HABITAÇÀ0 INSTITUTO NACIONAL DE METEREOLOGIA E GEOFISICA JUNTA AUTONOMA DE ESTRADAS LABORATORIO NACIONAL DE ENGENHARIA CIVIL DIRECÇÀO-GERAL DE PORTOS DIRECÇÀO-GERAL DOS TRANSPORTES TERRESTRES DIRECÇÀO-GERAL DE VIAÇAO DIRECÇÀO-GERAL DE AVIAÇAO CIVIL DIRECÇÀO-GERAL DA MARINHA DO COMERCIO DIRECÇÀO-GERAL DO PESSOAL OC MAR E ESTUDOS NAUTICOS DIRECÇÀO-GERAL DE NAVIOS INSTITUTO NACIONAL DE PILOTAGEM DE PORTOS INSTITUTO DAS COMUNICAÇÔES DE PORTUGAL INSTITUTO DO TRABALHO PORTUARIO OBRA SOCIAL

16 Page 16 MINISTERIO DA SAUDE DIRECÇÀO-GERAL DOS HOSPITAIS DIRECÇÀO-GIRAL DAS INSTALAÇÔES E EQUIPAMENTOS DA SAUDE INSTITUTO NACIONAL DE EMERGENCIA MEDICA INSTITUTO NACIONAL DE SAUDE DR. RICARDO JORGE DIRECÇÀO-GERAL DOS CUIDADOS DE SAUDE PRIMARIOS DIRECÇÀO-GERAL DOS ASSUNTOS FARMACEUTICOS INSPECÇÀO-GERAL DOS SERVIÇOS DE SAUDE SERVIÇOS SOCIAIS

17 Page 17 MINISTERIO DO TRABALHO E SEGURANÇA SOCIAL CENTRO NACIONAL DE PENSOES INSTITUTO DE GESTAO FINANCEIRA DA SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÀO PROFISSIONAL DIRECÇÀO-GERAL DA ORGANIZAÇÀO E RECURSOS HUMANOS DIRECÇÀO-GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO APROVEITAMENTO DOS TEMPOS LIVRES DOS TRABALHADORES INSPECÇÀO-GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL SECRETARIADO NACIONAL DE REABILITAÇAO

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009 FOLHA: 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO Legislativa Judiciaria Essencial a Justica 646.000.00 565.180.00 646.000.00 565.180.00 FOLHA: 2 CÓDIGO DESCRIÇÃO Administracao Defesa Nacional Seguranca Publica 1.583.973.00 61.132.00

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE Data de Geração: 01/10/2012 Orçamento do Estado para Ano de 2013 Código Designação 0101 Presidência da República 150,000.00 0.00 150,000.00 0105

Leia mais

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente MADRP Entida Promotora Autorida Gestão do Programa Desenvolvimento Rural do Continente Autorida Gestão do PROMAR Autorida Florestal Nacional Direcção-Geral Veterinária Direcção Regional das Florestas Lisboa

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 906-() Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Portaria n.º 7-A/00 de de Março O Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, prevê, no seu artigo

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2010 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

FUNDOS ESPECIAIS FUNCOES CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO!!!!

FUNDOS ESPECIAIS FUNCOES CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO!!!! DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ORGAOS E ANEXO 9 DA LEI 4.320/64 11/02/2016 FOLHA: 1 CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO 02610 FUNDO ESP. DE MOD. DO CONT. EXT. DO 13.615.465,42

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2013 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E ORCAMENTO EXERCICIO: 2016 SIOR - SISTEMA ORCAMENTARIO R$ 1,00

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E ORCAMENTO EXERCICIO: 2016 SIOR - SISTEMA ORCAMENTARIO R$ 1,00 COD ORGAO LEGISLATIVA JUDICIARIA ESSENCIAL A ADMINISTRACAO JUSTICA 01 ASSEMBLEIA LEGISLATIVA 219.950.000 03 TRIBUNAL DE CONTAS 114.101.360 30.000 04 TRIBUNAL DE CONTAS - ENT. VINCULADAS 180.139 05 TRIBUNAL

Leia mais

Programa de Trabalho

Programa de Trabalho Código Especificação Corrente Capital T O T A L 01 01.031 01.031.0012 01.122 01.122.0002 01.128 01.128.0010 01.846 01.846.0002 03 03.122 03.122.0002 03.241 03.241.0003 03.422 03.422.0003 04 04.121 04.121.0016

Leia mais

Organização e funcionamento do XII Governo Regional da Madeira. b) Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus;

Organização e funcionamento do XII Governo Regional da Madeira. b) Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus; Organização e funcionamento do XII Governo Regional da Madeira Estrutura do Governo Regional da Madeira A estrutura do Governo Regional da Madeira é a seguinte: a) Presidência do Governo; b) Secretaria

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS (Decreto-Lei 204/2006, de 27 de Outubro) Fundo para as Relações Internacionais, I.P. (FRI, IP) Instituto Camões, I.P. (IC, IP) Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2013 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

1 093 225 Receitas Próprias

1 093 225 Receitas Próprias - Programação Plurianual do 213 Investimento por Programas e Medidas Página 1 Anos anteriores 213 214 215 Anos Seguintes TOTAL VICE PRESIDÊNCIA DO GOVERNO 41 - INOVAÇAO E QUALIDADE 1 - PROMOÇAO DA INOVAÇAO

Leia mais

Anexo 07. Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa

Anexo 07. Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa Anexo 07 Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa DEMONSTRATIVO DA DESPESA DO ESTADO DISCRIMINADA A NIVEL DE PROGRAMA ANEXO 07 DA LEI 4.320/64 FOLHA: 1 01 LEGISLATIVA 1.052.751,74

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS 4696 Diário da República, 1.ª série N.º 151 7 de agosto de 2013 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Portaria n.º 252/2013 de 7 de agosto A 2.ª edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública

Leia mais

Alteração do Estatuto da Aposentação Corpos e Carreiras Especiais O PROJECTO DO GOVERNO

Alteração do Estatuto da Aposentação Corpos e Carreiras Especiais O PROJECTO DO GOVERNO Alteração do Estatuto da Aposentação Corpos e Carreiras Especiais O PROJECTO DO GOVERNO No quadro das iniciativas destinadas a reforçar a convergência e a equidade entre os subscritores da Caixa Geral

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2014 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

TOTAL - FISCAL 12.823.048 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 12.823.048

TOTAL - FISCAL 12.823.048 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 12.823.048 ORGAO : 14000 - JUSTICA ELEITORAL UNIDADE : 14101 - TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL 0570 GESTAO DO PROCESSO ELEITORAL 12.823.048 02 126 0570 2365 ATUALIZACAO E MANUTENCAO DO SISTEMA DE VOTACAO E APURACAO 02

Leia mais

01 Legislativa. 031 Acao Legislativa. 0135 Gestao Administrativa do Poder Legi 0136 Gestao Legislativa 0289 Recuperacao de Localidades Atingida

01 Legislativa. 031 Acao Legislativa. 0135 Gestao Administrativa do Poder Legi 0136 Gestao Legislativa 0289 Recuperacao de Localidades Atingida CLASSIFICACAO FUNCIONAL-PROGRAMATICA: CODIGO E ESTRUTURA ANEXO 05 DA LEI 4.320/64 10/03/2015 FOLHA: 1 01 Legislativa 02 Judiciaria 03 Essencial a Justica 04 Administracao 031 Acao Legislativa 032 Controle

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2014 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA - ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - AÇORES-ORÇAMENTO PRIVATIVO COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS PIDDAC 2004

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS PIDDAC 2004 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS PIDDAC 2004 Lisboa ÍNDICE Síntese por Ministérios Síntese por Sectores Programas Orçamentais Síntese Mapa XV Encargos Gerais do Estado 1 Ministério das Finanças 29 Ministério da

Leia mais

Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo

Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo POSITIVO INFORMATICA S/A + EDITORA POSITIVO LTDA (R$ 39.104.653,29 ) 134.999.555,78 CTIS TECNOLOGIA S.A

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2011 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

ORÇAMENTO DE ESTADO 2007 DESENVOLVIMENTO DAS DESPESAS DOS SERVIÇOS INTEGRADOS

ORÇAMENTO DE ESTADO 2007 DESENVOLVIMENTO DAS DESPESAS DOS SERVIÇOS INTEGRADOS Capítulo: 01 - GABINETE DOS MEMBROS DO GOVERNO, ORGÃOS E SERVIÇOS CENTRAIS Divisão: 01 - GABINETE DOS MEMBROS DO GOVERNO Subdivisão: 01 - GABINETE DO MINISTRO 01 01.01 COM O PESSOAL REMUNERACOES CERTAS

Leia mais

SAÍDAS PROFISSIONAIS

SAÍDAS PROFISSIONAIS SAÍDAS PROFISSIONAIS Telf: 234 340 220 * Fax: 234 343 272 * info@aesbernardo.pt * www.aesbernardo.pt Página 1 de 6 CURSO CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS ÁREA DAS CIÊNCIAS ÁREA DA ANIMAÇÃO ÁREA DA SAÚDE AREA DO

Leia mais

Demonstrativo de Funcoes, Subfuncoes e Programas por Projetos, Atividades e O.E. Exercicio de 2010 - Anexo 7, da Lei 4.320/64

Demonstrativo de Funcoes, Subfuncoes e Programas por Projetos, Atividades e O.E. Exercicio de 2010 - Anexo 7, da Lei 4.320/64 01.000.0000 Legislativa 5.300.000,00 28.019.660,00 33.319.660,00 01.031.0000 Acao Legislativa 5.300.000,00 28.019.660,00 33.319.660,00 01.031.0010 Processo Legislativo 5.300.000,00 1.173.900,00 6.473.900,00

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Código Código Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas

Leia mais

Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Boa Vista da Apar Janeiro de 2011 - Anexo 6, da Lei 4.

Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Boa Vista da Apar Janeiro de 2011 - Anexo 6, da Lei 4. Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 13.868,32 13.868,32 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau Coloca 0110 8031 Universidade dos Açor - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açor - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Bocaiuva do Sul Fevereiro de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64

Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Bocaiuva do Sul Fevereiro de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64 Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GABINETE DO PREFEITO Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 7.539,55 7.539,55 04.122.0000.0.000.000 Administracao

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE da Nome da Nome Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 10 134,0 5 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total 01.000.0000 Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0000 Acao Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0001 Dotar a Camara Municipal com moveis e 300.000,00 275.000,00 575.000,00

Leia mais

P I D D A C 2009. Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central RESUMO POR PROGRAMAS

P I D D A C 2009. Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central RESUMO POR PROGRAMAS PIDDAC P001 - SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO E GOVERNO ELECTRÓNICO P002 - INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO P003 - FORMAÇÃO PROFISSIONAL E EMPREGO 4 061 038 938 4 715 277 651 3 925 268 396 8 164

Leia mais

COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL

COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL FORUM PARA A SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO Economia Digital: Como fazer de Portugal um caso de sucesso COMPETÊNCIAS para a ECONOMIA DIGITAL Base de dados de Portugal Contemporâneo Maria João Valente Rosa Lisboa,

Leia mais

Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 198.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte:

Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 198.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte: Decreto-Lei n.º 229/2005, de 29 de dezembro No quadro das iniciativas destinadas a reforçar a convergência e a equidade entre os subscritores da Caixa Geral de Aposentações e os contribuintes da segurança

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013 Declaração de Retificação n.º 4/2013 Nos termos das disposições conjugadas da alínea r) do n.º 2 do artigo 2.º e do artigo 11.º do Decreto

Leia mais

CARREIRAS DE REGIME ESPECIAL NÃO REVISTAS

CARREIRAS DE REGIME ESPECIAL NÃO REVISTAS CARREIRAS DE REGIME ESPECIAL NÃO REVISTAS (Sobre estas remunerações e demais prestações pecuniárias identificadas na alínea a) do n.º 4 do artigo 19.º da Lei n.º 55-A/2010, de 31/12 - OE/2011 - incide

Leia mais

RESUMO DA DESPESA DO ÓRGÃO POR PROGRAMA

RESUMO DA DESPESA DO ÓRGÃO POR PROGRAMA Página : 1 de 18 Assembleia Nacional Presidência Da República Prog. De Reestrut.E Modern. Das Forças De Def. E Segurança Gabinete Do Vice-Presidente Da República Tribunal Constitucional Programa De Desenv.

Leia mais

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013 Nome da instituição Nome do Grau na 1.ª fase de pelo 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) Prep. Mestrado Integrado 15 15 155,8 0110 8085 Universidade

Leia mais

MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS

MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Página : 1 1. FUNÇOES GERAIS 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇAO PUBLICA 1.1.1. ADMINISTRAÇAO GERAL 1.1.1. 01 2002 I 1 AQUISIÇAO/REPARAÇAO DE OUTRO MATERIAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 750.38 683.78 703.36 ADMINISTRACAO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de Julho

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de Julho PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Decreto-Lei n.º 86-A/2011 de 12 de Julho Legislar sobre a sua organização e funcionamento é uma competência constitucional exclusiva do Governo. Na sua orgânica, o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 813.54 703.71 740.51 ADMINISTRACAO

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2011. Até ao mês de Rectificação

EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2011. Até ao mês de Rectificação EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE S ANO CONTABILÍSTICO 2011 Pagina : 1 1. FUNÇOES GERAIS 239.200,00 505.000,00 744.200,00 177.311,45 177.311,45 74.13 23.83 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE ADMINISTRAÇAO PUBLICA 232.200,00

Leia mais

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1

MUNICIPIO DE VINHAIS DO ANO 2015 PÁGINA : 1 PÁGINA : 1 1. FUNCOES GERAIS 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00 7.095.218,46 1.1. SERVICOS GERAIS DE 4.670.218,46 1.262.000,00 1.262.000,00 761.000,00 201.000,00 201.000,00

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

Sistema Retributivo da Administração Pública. Índice Geral

Sistema Retributivo da Administração Pública. Índice Geral 2008 2008 Sistema Retributivo da Administração Pública Índice Geral Índice Analítico................................. Valores do índice 100 para 2008..................... Carreiras de regime geral..........................

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO DE 2013 RESULTADOS DA 2.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO DE 2013 RESULTADOS DA 2.ª FASE 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 10 1 1 10 127,3 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição (Preparatórios)

Leia mais

Direção-Geral do Ensino Superior Página 1 de 21

Direção-Geral do Ensino Superior Página 1 de 21 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 8 1 0 9 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição (Preparatórios) PL 14

Leia mais

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS Ministério 01 Encargos Gerais do Estado 1206 SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1207 SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO 2334 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 3045 COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 04 02 04 040199

Leia mais

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto LISTA E CODIFICAÇÃO DAS ÁREAS DE ACTIVIDADES Actividades relacionadas com o património cultural 101/801 Artes plásticas e visuais 102/802 Cinema, audiovisual e multimédia 103/803 Bibliotecas 104/804 Arquivos

Leia mais

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2016 DESENVOLVIMENTO DAS RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2016 DESENVOLVIMENTO DAS RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS MA OP-01 DESENVOLVIMENTO DAS DOS SERVIÇOS E S AUTÓNOMOS 03 - SERVICOS NA AREA DA ECONOMIA 01 - IMEI - AGENCIA PARA A COMPETITIVIDADE E INOVAÇAO PROG MED 065 FUNÇÕES S - DIVERSAS NÃO ESPECIFICADAS 04 TAXAS,

Leia mais

SUPLEMENTO I SÉRIE ÍNDICE. Presidência do Conselho de Ministros. Terça-feira, 12 de Julho de 2011 Número 132

SUPLEMENTO I SÉRIE ÍNDICE. Presidência do Conselho de Ministros. Terça-feira, 12 de Julho de 2011 Número 132 I SÉRIE Terça-feira, 12 de Julho de 2011 Número 132 ÍNDICE SUPLEMENTO Presidência do Conselho de Ministros Decreto-Lei n.º 86-A/2011: Aprova a Lei Orgânica do XIX Governo Constitucional.........................

Leia mais

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais)

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais) (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 15 0 155,8 0 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE GABINETE DO PRIMEIRO MINISTRO INSTITUTO DE INOVAÇÃO E CONHECIMENTO CADERNO DE ENCARGOS

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE GABINETE DO PRIMEIRO MINISTRO INSTITUTO DE INOVAÇÃO E CONHECIMENTO CADERNO DE ENCARGOS REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE GABINETE DO PRIMEIRO MINISTRO INSTITUTO DE INOVAÇÃO E CONHECIMENTO (Unidade Disciplina - Trabalho) CADERNO DE ENCARGOS Fornecimento de Backbone de Fibra Óptica

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Ordinario Vinculado Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Ordinario Vinculado Total 01.000.0000 Legislativa 55.548.990,00 55.548.990,00 01.031.0000 Acao Legislativa 55.544.400,00 55.544.400,00 01.031.0010 Prover a Camara Municipal de 16.350.000,00 16.350.000,00 infra-estrutura fisica

Leia mais

Data_Inicio Designacao Ministerio 02 01 1900 Fundo Autónomo da Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário FSE Sec. Regional da Agricultura e

Data_Inicio Designacao Ministerio 02 01 1900 Fundo Autónomo da Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário FSE Sec. Regional da Agricultura e Data_Inicio Designacao Ministerio 02 01 1900 Fundo Autónomo da Direcção Regional do Desenvolvimento Agrário FSE Sec. Regional da Agricultura e Florestas 05 10 1910 Presidência da República Encargos Gerais

Leia mais

Agrupamento de Escolas Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Psicóloga Áurea Santos

Agrupamento de Escolas Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Psicóloga Áurea Santos Agrupamento de Escolas Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Psicóloga Áurea Santos Ensino Secundário Ensino Superior Ensino Básico Sistema Educativo e Formativo

Leia mais

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19

A TRANSPORTAR... 40.275,19 98.800,00 81.800,00 18.000,00 18.000,00 18.000,00 193.075,19 PÁGINA : 1 DESPESAS D (PREVISÃO) 1. FUNÇOES GERAIS 132.059,77 470.000,00 470.000,00 157.250,00 107.500,00 62.700,00 929.509,77 1.1. SERVIÇOS GERAIS DE 93.277,77 410.000,00 410.000,00 147.250,00 97.500,00

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Estab. Curso Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade Vagas 2009

Leia mais

Exercício: 2013 Data base: 31/12/2013

Exercício: 2013 Data base: 31/12/2013 Prefeitura Municipal de Alvorada Página: 000001 Orgão: 01 CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES 01 LEGISLATIVA 41.087,91 6.600.377,60 0,00 6.641.465,51 01.031 ACAO LEGISLATIVA 41.087,91 5.758.613,76 0,00 5.799.701,67

Leia mais

O novo quadro institucional dos assuntos do Mar em Portugal

O novo quadro institucional dos assuntos do Mar em Portugal O novo quadro institucional dos assuntos do Mar em Portugal 19 de Abril de 2012 (5.ª feira), 17h00 CONVITE O Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa (SGL) tem a honra de convidar V. Ex.ª e sua Exma.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - INTEGRAL/BRAGANCA 627.87 532.46 556.73 ADMINISTRACAO

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ Semestre 15-16 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Inglês para Animação I Língua Estrangeira I (Espanhol I / Alemão

Leia mais

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Listagem de UC por curso Semestre * 2013-14 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Língua Estrangeira II (Espanhol II ou Alemão II) Comunicação e Desenvolvimento Pessoal Imagem

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.522, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 Estima a Receita, fixa a Despesa do Estado para o exercício financeiro de 2004 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER

Leia mais

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico Código Área Nome Área 1 Educação 2 Humanidades e Artes TABELA DE CURSO DE FORMAÇÃO SUPERIOR Código OCDE Nome do Curso - Grau Grau 142C01 Ciência da educação - 142P01 Pedagogia - Licenciatura Licenciatura

Leia mais

Áreas de Atribuição do Título de Especialista

Áreas de Atribuição do Título de Especialista Áreas de Atribuição do Título de Especialista Comunicação Social Gestão Estratégica das Relações Públicas Publicidade Marketing Jornalismo Comunicação Audiovisual e Multimédia Dança Dança, englobando todas

Leia mais

Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Vagas Iniciais

Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Vagas Iniciais Nome do Estabelecimento Nome do Grau 0110 1131 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição (Preparatórios) P 12 0 6 0 126,5 6 0110 1603 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DO GOVERNO FEDERAL E OUTROS DEMONSTRATIVOS

RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DO GOVERNO FEDERAL E OUTROS DEMONSTRATIVOS RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DO GOVERNO FEDERAL E OUTROS DEMONSTRATIVOS Brasília Março 2014 PRESIDENTA DA REPÚBLICA Dilma Rousseff MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO

Leia mais

Região Autónoma da Madeira

Região Autónoma da Madeira Região Autónoma da Madeira Área () km 2 801,0 Densidade populacional () Hab/Km 2 309,0 População residente (31.12.) Nº 247.568 População < 15 anos Nº 42.686 População > 65 anos Nº 32.188 Taxa conclusão

Leia mais

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1

E N T I D A D E EXECUÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS ANO CONTABILÍSTICO 2008 MUNICIPIO DE REDONDO. Pagina : 1 Pagina : 1 1. Funções gerais 610.500,00 610.500,00 334.850,49 334.850,49 54.85 54.85 1.1. Serviços gerais de administração pública 525.500,00 525.500,00 334.640,59 334.640,59 63.68 63.68 1.1.1. Administracao

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Código Instit. Código Curso Instituição Curso Grau Vagas Iniciais Colocados Nota do últ. colocado (cont. geral) (1) (2)

Leia mais

BALANCETE MENSAL ANALÍTICO

BALANCETE MENSAL ANALÍTICO Folha: 1 1 ATIVO 8.544.240.885,03D 1.187.712.812,83 1.039.959.543,84 8.691.994.154,02D 1.1 DISPONIVEL 746.563,71D 790.856.397,54 790.554.320,33 1.048.640,92D 1.1.1 IMEDIATO 139.546,54D 596.064.600,66 596.064.241,19

Leia mais

Áreas de Atribuição do Título de Especialista

Áreas de Atribuição do Título de Especialista Áreas de Atribuição do Título de Especialista Comunicação Social Gestão Estratégica das Relações Públicas Publicidade Marketing Jornalismo Comunicação Audiovisual e Multimédia Dança Dança, englobando todas

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 215-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Instit. Curso Instituição Curso Grau Vagas Iniciais Ministério da Educação e Ciência - Direcção Geral do Ensino Superior

Leia mais

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2010 DESENVOLVIMENTO DAS DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2010 DESENVOLVIMENTO DAS DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS DESENVOLVIMENTO DAS DOS SERVIÇOS E S AUTÓNOMOS 02 - SERVIÇOS DE APOIO, ESTUDOS, COORDENAÇAO, COOPERAÇAO E CONTROLO 06 - INSTITUTO DE GESTAO DO SOCIAL EUROPEU IP-ORÇ. PRIV.-FUNC. PROG MED RECEITA 065 FUNÇÕES

Leia mais

N. de Horas. 1 Agricultura Biológica Agricultura Biológica 144 Média Duração Formação Sem Legislação de Suporte

N. de Horas. 1 Agricultura Biológica Agricultura Biológica 144 Média Duração Formação Sem Legislação de Suporte Anexo II - Técnicos. Correspondência dos Cursos realizados no Entre Douro e Minho, entre 94 e 03, por área temática, tema do curso, duração, 1 Agricultura Biológica Agricultura Biológica 144 Média Duração

Leia mais

ESTADO DE GOIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJA

ESTADO DE GOIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJA Página 1 Entidade : Unidade Orçamentária: 01 - GABINETE DO PREFEITO E PROCURADORIA 04 Administração 512.264,08 512.264,08 04.122 Administração Geral 512.264,08 512.264,08 04.122.0003 ASSESSORAMENTO JURIDICO

Leia mais

Mapa de Pessoal da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho para 2014

Mapa de Pessoal da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho para 2014 Gabinete de Apoio ao Presidente Técnico Superior Ciências da Informação 1 1 1 1 Técnico Superior Jornalismo 1 1 0 3 0 0 3 0 1 1 Gabinete de Auditoria Técnico Superior 1 1 1 1 Serviço Municipal de Proteção

Leia mais

TURISMO NÁUTICO GERADOR DE RIQUEZA MARTINHO FORTUNATO

TURISMO NÁUTICO GERADOR DE RIQUEZA MARTINHO FORTUNATO TURISMO NÁUTICO GERADOR DE RIQUEZA MARTINHO FORTUNATO Setembro de 2009 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. PENT (Plano Estratégico Nacional do Turismo) 3. TURISMO NÁUTICO NA EUROPA E NO MUNDO 4. O SECTOR EM PORTUGAL

Leia mais

UFPE - SISU - SISTEMA DE SELECAO UNIFICADA 2015 PAG 0001

UFPE - SISU - SISTEMA DE SELECAO UNIFICADA 2015 PAG 0001 UFPE - SISU - SISTEMA DE SELECAO UNIFICADA 2015 PAG 0001 001-ABI - ENGENHARIA AC 246 136 110 1256 330 AREA BASICA INTEGRAL 001-ABI - ENGENHARIA L1 28 16 12 137 36 AREA BASICA INTEGRAL 001-ABI - ENGENHARIA

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011 Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 População a Milhares Hab. INE 10.563 10.586 10.604 10.623 10.638 10.636 10.643 2º Trimestre

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2015 Demanda de Candidatos ---------- Candidatos ---------- 06/01/2015 11:28:51 Página: 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2015 Demanda de Candidatos ---------- Candidatos ---------- 06/01/2015 11:28:51 Página: 1 06/01/2015 11:28:51 Página: 1 021 ADMINISTRACAO - MATUTINO BELEM 32 1,666 536 10 2,212 104.13 33.50 022 ADMINISTRACAO - NOTURNO BELEM 64 2,126 731 16 2,873 66.44 22.84 010 AGRONOMIA - MATUTINO ALTAMIRA

Leia mais

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693 Área de Ciências Biologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9011 Nota do último colocado: 2012: 139,9 2013: 134,0 Biologia e Geologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9012 Nota do último colocado:

Leia mais

MINISTÉRIOS DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO

MINISTÉRIOS DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO Diário da República, 2.ª série N.º 80 23 de Abril de 2008 18537 - Direcção -Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural; - Direcção -Geral dos Recursos Florestais; - Direcção Regional de Agricultura e

Leia mais

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2007 DESENVOLVIMENTO DAS RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS

ORÇAMENTOS PRIVATIVOS PARA 2007 DESENVOLVIMENTO DAS RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS DESENVOLVIMENTO DAS DOS SERVIÇOS E S AUTÓNOMOS 01 - INSTITUTO DE GESTÃO INFORMÁTICA E FINANCEIRA DA SAÚDE-ORÇ.PRIV.-FUNCIONAMENTO PROG MED RECEITA 06 TRANSFERENCIAS CORRENTES: 06.03 ADMINISTRACAO CENTRAL:

Leia mais

CÓDIGO FUNÇÃO / SUBFUNÇÃO / PROGRAMA / PROJETO OU ATIVIDADE OP. ESPECIAIS PROJETOS ATIVIDADES TOTAL

CÓDIGO FUNÇÃO / SUBFUNÇÃO / PROGRAMA / PROJETO OU ATIVIDADE OP. ESPECIAIS PROJETOS ATIVIDADES TOTAL 02 GOVERNO MUNICIPAL Prefeitura Municipal de Uniflor - PR Página: 01 / 36 4 ADMINISTRAÇÃO 31.143,31 31.143,31 04 122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 26.912,34 26.912,34 04 122 0002 Administraçao Transparente e para

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Introdução à Administração Pública Noções Fundamentais de Direito Ciência

Leia mais

ESTADO DO PARANA - PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA. ANEXO 6 DA LEI 4.320/64 Agosto/2011 PROGRAMA DE TRABALHO DO GOVERNO POR ÓRGÃO

ESTADO DO PARANA - PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAPORA. ANEXO 6 DA LEI 4.320/64 Agosto/2011 PROGRAMA DE TRABALHO DO GOVERNO POR ÓRGÃO 01 LEGISLATIVO 01 LEGISLATIVA 01 031 ACAO LEGISLATIVA 01 031 0001 GESTAO E APRIMORAMENTO DA ATIVIDADE LEGISLATIVA 01 031 0001 1001 AQUISICAO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMATICA 01 031 0001 2001 MANUTENCAO GERAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Pós-Graduação Biblioteca de Ciências

Leia mais

IV CURSOS DO ENSINO PROFISSIONAL Nível III

IV CURSOS DO ENSINO PROFISSIONAL Nível III Apresentação O Ensino Profissional é uma modalidade especial de educação que visa, essencialmente, o desenvolvimento da formação profissional qualificante dos jovens. Dado o facto de dedicarem grande parte

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio Habilitação: Comércio Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Comércio de Compras (EII) - Habilitação

Leia mais

Código Instit. Código Curso Vagas 2015 Vagas 2014

Código Instit. Código Curso Vagas 2015 Vagas 2014 Código Instit. Código Curso Vagas 2015 Vagas 2014 Nota último colocado 1ª Fase 2014 (cont. geral) Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 15 15 134,0 8086

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACAO

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACAO Página 1 Órgão: 02 - GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orçamentária: 01 - GABINETE DO PREFEITO 04 Administração 47.910,60 47.910,60 04.122 Administração Geral 47.910,60 47.910,60 04.122.0071 Modernização Administrativa

Leia mais

DOCUMENTO DE TRABALHO

DOCUMENTO DE TRABALHO Página 1 de 1 Oferta formativa 1. Escola Nacional de Bombeiros O Regulamento dos Cursos de Formação do Bombeiro, é o normativo legal que regulamenta os cursos de formação dos elementos do Quadro de Comando

Leia mais