A IMPORTÂNCIA DOS ACERVOS DIGITAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A IMPORTÂNCIA DOS ACERVOS DIGITAIS"

Transcrição

1 A IMPORTÂNCIA DOS ACERVOS DIGITAIS Giseane Pescador da Silva CICRAD - Curso de Introdução à Conservação e Restauro de Acervos Documentais em Papel Introdução Quando buscamos no dicionário o conceito de Patrimônio, este nos faz entender que é uma herança, um bem de família ou quaisquer bens seja material ou moral. Segundo Queiroz, (Revista Brasileira de Arqueometria, Restauração e Conservação Volume 2) patrimônio é um conjunto de bens históricos e culturais (materiais ou imateriais) que tenham valor reconhecido para um determinado local. A preservação do patrimônio se faz de grande importância, pois este contém informações valiosas de várias áreas dos saberes que contribuem para a sociedade. Preservar um patrimônio significa preservar a identidade de um determinado tempo, local ou cultura. É transformar a história imaginada em história real, uma história que existe aos olhos do homem e não somente na imaginação. Acervos são bens patrimoniais de um indivíduo, uma instituição e/ou uma nação. Estes acervos podem ser constituídos por diferentes objetos e materiais. Os acervos, normalmente constituídos por documentos históricos, livros, fotos, mapas, obras de arte em geral, etc., que também são de grande importância para a humanidade, e estes contém informações preciosas que atravessaram o espaço e tempo, contribuindo para o entendimento da história do homem. Pois a história escrita é fundamental, é com ela que provamos os fatos passados. Com o avanço da tecnologia digital, os acervos documentais ganharam mais um aliado no processo de conservação dos bens, no manuseio indevido, as pragas, os fatores climáticos entre outros são que responsáveis pela deterioração do bem documental. Embora o patrimônio seja de direito a todos, o acesso ao público muitas vezes se torna restrito devido a vários fatores ligados na preservação do bem, ficando a cuidados de pessoas especializadas. A digitalização documental tornou-se mais acessível a todos os estudiosos que possuem interesse aos conteúdos dos documentos destes acervos, sem causar qualquer dano, pois, não irá interferir na preservação do bem visto que o acesso será feito por meio de um computador disponibilizado na própria instituição ou através de algum site da instituição que garante um acesso com mais comodidade e portabilidade. Acervos Documentais Como já foi dito anteriormente, os acervos normalmente são constituídos por documentos históricos, livros, fotos, mapas, etc. É por este motivo que estes acervos são chamados de acervos documentais, pois estes possuem em registro toda uma história de determinada época, uma determinada cultura e sociedade. Cada acervo possui suas regras de acesso e dependendo do acervo os acessos aos documentos ficam restritos somente aos funcionários e restauradores que possuem vasto conhecimento no tratamento dos documentos e os cuidados devidos a esses documentos, pois existem vários fatores podem agravar a deterioração do patrimônio, como por exemplo, a exposição inadequada à luz, a umidade e calor do ambiente que podem causar a proliferação de agentes biológicos, o manuseio inadequado do documento que podem causar danos irreversíveis entre outros fatores. Por este motivo, nem todo cidadão tem acesso aos documentos destes acervos. Quando neste artigo falamos em documento nos referimos a todo conteúdo patrimonial que um acervo pode possuir, porém é do documento papel digitalizado a que o nosso artigo se refere. O que seria de direito a todos o acesso ao conteúdo destes acervos para ser restrito para sua prevenção e proteção. Porém, nem todo o cuidado faz com que fiquem preservados para sempre. Existem fatores naturais que podem também influenciar na destruição patrimonial como, por exemplo, ações climáticas: tempestades ou furações como tem ocorrido nos últimos anos no sul do nosso país, inundações, enchentes, desmoronamentos que ocasionam uma destruição completa, entre outros. E existem também os fatores ocasionados pelo homem que se não tomadas às providencias necessárias desde o recebimento do patrimônio até o processo final pode causar danos irreversíveis a ela e a outros documentos já arquivados, além de incêndios que podem consumir todo o local, sem contar nos patrimônios de valor monetário que estão a mercê de ladrões que vendem esses patrimônios no mercado negro para colecionadores e afins. Pode-se pensar que os pensamentos são ruins. E são mesmo! Porém estes tipos de precauções devem-se sempre se ter em mente, pois o homem desde a sua formação nunca foi perfeito e a preservação do bem patrimonial é de suma importância para toda a humanidade, pois é ele quem conta a história. Quando uma instituição recebe um patrimônio, este passa por um processo de triagem, higienização e mantido em quarentena, longe de todos os outros patrimônios para evitar a contaminação. No caso dos acervos documentais, os livros e documentos devem ser mantidos durante a quarentena dentro de um freezer, esta técnica de congelamento se faz necessário para erradicar quaisquer pragas contidas nas folhas, pois estas são mortas durante o processo de congelamento.

2 Revista Brasileira de Arqueometria, Restauração e Conservação - ARC - Vol. 3 - Edição Especial Curso de Introdução a Conservação e Restauro de Acervos Documentais - CICRAD - Trabalhos de fim de Curso Convênio AERPA - CFDD do Ministério da Justiça - no /2010 Após todo este processo outras precauções ainda devem ser tomadas relacionadas com fatores ambientais. A temperatura do ambiente, umidade, luz e qualidade do ar podem causar problemas na conservação de acervos documentais, criando pragas e fungos. Mas e como proceder nos casos em que o homem não pode prever os acontecimentos, como é o caso dos fenômenos naturais, como por exemplo, enchentes, tempestades, desmoronamentos ou até mesmo aqueles provocados pelo homem como incêndios? Nestes casos, todo acervo deve conter um plano emergencial onde nele está contida a função de cada funcionário em caso de sinistros, o que salvar e quem chamar. Segundo Plinio Santos Filho (Revista Brasileira de Arqueometria, Restauração e Conservação Volume 2) a intervenção emergencial não se inicia com ou durante um desastre. A intervenção emergencial se dá pelo planejamento detalhado que deve ser feito de forma hipotética, para a eventualidade dos acontecimentos reais. Intervenções emergenciais devem seguir normas e procedimentos, detalhados o mais cuidadosamente possível com antecedência. Lembrando que a segurança do funcionário é prioridade e só será executada sua função nos casos em que somente não causar risco de morte. Infelizmente há sinistros que nada podemos fazer e perde-se todo o patrimônio, um exemplo típico desse sinistro foi o deslizamento que ocorreu em janeiro de 2011 ocorridos em Petrópolis/RJ. Não se pode prever o acontecimento e tudo foi devastado com a avalanche de água misturado ao lodo. Neste caso nenhuma prevenção poderia salvar quaisquer patrimônios. Deixamos claro que não houve nenhum registro de quaisquer acervos tenham sido destruídos neste acontecimento, apenas utilizamos como exemplo para o entendimento de como pode ocorrer uma destruição por completa. Desta forma se perde o patrimônio, mas pode-se salvar a história do documento, mesmo que apenas uma parte. Fig.1 Petrópolis, RJ, em janeiro de 2011 Fonte: Fig.2 ENIAC Integrador e Computador Numérico Eletrônico Fonte: São nessas situações onde não há a menor possibilidade de salvamento a qual podemos contar apenas com a tecnologia digital. A Ciência da Informação Desde os primórdios da humanidade, quando o homem sabia que sabia, ele vem criando uma forma de melhor viver e se comunicar. A invenção da escrita, da roda, da astrologia, a luz, o telefone entre muitas outras coisas inventadas ao longo dos séculos foram tecnologias criadas pelo homem para melhor adaptá-lo ao mundo em que ele vive e assim deixa-lo cada vez com mais conforto e facilidades. A tecnologia desenvolveu-se numa proporção tão significante que hoje não saberíamos como viver sem todas essas comodidades, e o homem da pré-história deveria ser chamado de herói por viver em um tempo onde tudo era tão primitivo e o fogo vinha apenas dos raios que caiam no pasto seco. Televisão, Fita K-7, videocassete, disquete, celular entre muitas outras coisas que ainda ontem eram o futuro hoje são o passado dando lugar a novas invenções: CD, DVD, Pendrive, Wireless... Hoje, exatamente hoje, com apenas um clique eu posso acessar informações do outro lado do mundo. E amanhã? A história do computador se inicia há muito tempo atrás, não houve um inventor propriamente dito, foi à junção de vários inventos que chegaram ao que conhecemos hoje como computador. Podemos dizer que o pai de tudo isso foi Blaise Pascal, um matemático, físico e filósofo que em 1642 inventou o Ábaco, uma eficiente máquina de calcular. A partir dai novos inventos foram sendo aprimorados até chegar ao computador. Só no ano de 1946, dois cientistas, Mauchly e Eckert da Universidade da Pensilvânia nos Estados Unidos colocaram para funcionar o ENIAC

3 Integrador e Computador Numérico Eletrônico, este sim foi considerado o primeiro computador. Uma máquina gigantesca pesava quatro toneladas, tinha 30 metros de comprimento e três de altura, possuía válvulas. Ele era capaz de efetuar cinco mil somas por segundo. A tecnologia de hoje nem se compara aos inventos do passado, mas todas as tecnologias inventadas ao longo dos anos ajudaram ao homem a transformar a sua história e a fazer do homem de hoje o que ele é e projetar os seus pensamentos ao que ele poderá ser no futuro. A tecnologia digital presente nos últimos anos vem ajudando na preservação de documentos históricos. Tudo começou na década de 1930 quando foi desenvolvido um grande interesse pela microfotografia, principalmente pelos Estados Unidos, mais tarde foi denominada como microfilmagem. Esse estudo possibilitou o salvamento do conteúdo de arquivos e bibliotecas, e abriu as portas para um público ter acesso também aos documentos. O salvamento ocorre na preservação do conteúdo existente nos documentos históricos através da digitalização, este conteúdo pode acessado através de um computador e disponibilizado ao público através do site da instituição. A Importância da Digitalização Com o avanço da tecnologia ao longo dos anos e o estudo permanente de diversos profissionais da área em criar uma maneira eficaz de proteger e divulgar, nos dias de hoje existem diversas ferramentas que possibilitam a digitalização dos documentos de acervos. A digitalização permite acesso à distância aos acervos documentais, possibilitando que grande parte da sociedade desfrute dessa oportunidade. Isso se a digitalização for realizada com critérios técnicos adequados e política de seleção que permita atender um grande espectro de demandas. Segundo Miranda, Se os anos 90 formam a década da internacionalização das comunicações em rede, aumentando o uso da telefonia e serviços a ela ligada, os primeiros anos do terceiro milênio deverão consolidar a indústria da informática e os serviços de informação, associados às telecomunicações, como um dos principais motores ou mesmo o principal motor do desenvolvimento econômico, social e cultural. Um aspecto importante a ser evidenciado é o fato de o fenômeno da conglomeração nos setores de informática, eletroeletrônica, serviços informativoculturais e telecomunicações, impulsionado pela dinâmica e racionalidade da economia capitalista internacional, estar levando as corporações a interconectarem tecnologias, cujos limites de convergência não podem ser ainda previstos. Esta é uma das razões pelas quais a estrutura das indústrias e serviços de informação, eletrônica e comunicações e seu status legal e institucional nas políticas públicas - tem estado em acelerado processo de mudança. A digitalização é uma ferramenta fundamental para o amplo acesso aos documentos. E não só de forma presencial, mas também pela contínua oferta por meio de seu portal na internet. Ao evitar o manuseio direto com o documento se contribui significativamente para a conservação e segurança dos mesmos. Existem diversas razões para a importância da digitalização de acervos documentais: Um acesso maior a coleções inacessíveis pelo público; Preservação da Informação; Redução de espaço de Armazenamento; Acesso de qualquer lugar a qualquer momento; Para a digitalização de um acervo se requer planejamento, organização, controle e treinamento, além das atividades relacionadas com o uso da informação, a manutenção do equipamento, o registro adequado da informação propiciando o alicerce necessário para o gerenciamento do conteúdo. Com a digitalização dos documentos poderá haver um maior acesso as coleções que antes eram inacessíveis ao público o que garantia em parte a proteção e prevenção do bem patrimonial. Existem diversas instituições que já aderiram à digitalização e divulgação dos seus conteúdos. Exemplos deste têm a Fundação Biblioteca Nacional com um vasto acervo de mapas, documentos, fotos, etc. Com apenas um click você navega a informações que antes somente indo até o local físico para acessar. Fig.3 Site da Fundação Biblioteca Nacional Fonte: Outro exemplo é o Domínio Publico (www.dominiopublico.gov.br) é uma biblioteca digital que disponibiliza gratuitamente textos, vídeos, imagens e áudios, livros de autores brasileiros entre outros arquivos, todos livres de direitos autorais. Banco de Imagens da Cidade de São Paulo (http://www.fcvb-sp.org.br/bancodeimagens) é um site que disponibiliza fotos da cidade de São Paulo em alta resolução. Entre muitos outros que já estão disponíveis ou em fase de testes. Para isto, as instituições contratam uma empresa especializada na digitalização de documentos.

4 Com a digitalização, os acervos documentais ganharam mais um aliado na preservação da informação. A deterioração do documento e os sinistros naturais que podem ocorrer nos acervos físicos faz com que se corra o risco de perder toda a informação do documento, desta forma até então, os documentos digitalizados estão salvos. A digitalização também ajuda na redução do espaço de armazenamento. Claro que, os documentos originais estarão guardados com todas as precauções necessárias e utilizarão o espação/local de necessidade, mas a digitalização dos documentos impede a cópia desnecessária que causaria o acúmulo de informação em espaços que poderiam ser utilizado de melhor forma. Os documentos digitalizados são armazenados no banco de dados de um computador ou vários computadores se assim a instituição achar necessário, cabe aos envolvidos analisar quantas cópias e backups serão necessários para garantir que toda a informação já digitalizada não irá se perder. A cópia em mais de um local se faz necessário, pois em caso de pane no equipamento existe o mesmo arquivo em outro local armazenado. Mesmo com diversas cópias em várias máquinas diferentes, a economia no espaço de armazenamento é grande, pois, com apenas um simples pendrive que possui aproximadamente 10 cm, por exemplo, poderíamos armazenar dezenas de milhares de informação. Claro que para isso é necessário um espaço virtual de grande capacidade. Deve-se também ter o cuidado em quais lugares armazenar para não correr o risco das informações caírem em mãos erradas por assim dizer e o conteúdo ser utilizado de forma indevida. Fig.4 Estação de trabalho digital Fonte: Não podemos esquecer também que para esta nova tecnologia, antes de tudo, deve-se analisar o custo benefício, para isso deve-se antes fazer um orçamento com mais de uma empresa que disponibiliza o serviço especifico de digitalização documental, além de se ater a alguns fatores: O que vou precisar para digitalizar todo o acervo? Será necessário contratar novos profissionais? Ou será necessário capacitar os antigos funcionários? Será necessário comprar novos equipamentos? Quanto tempo irá demorar a digitalização de cada documento? Quais custos adicionais à instituição terá que disponibilizar? A empresa Arquivar oferece os seguintes benefícios: Planejamento dos procedimentos a serem adotados, para implantação ordenada e estruturada dos serviços de digitalização de documentos; Definição da metodologia de indexação aplicável a cada título documental; Execução das atividades de digitalização, incluindo preparação dos documentos, escaneamento, tratamento das imagens, controle de qualidade, indexação por lote de documentos e migração das imagens e dados para o sistema Web; Treinamento dos usuários para consulta ao sistema e visualização das imagens pesquisadas. E oferece as Vantagens: Redução de tempo das atividades que requerem a análise de documentos; Redução de custo com armazenamento, recuperação e duplicação; Facilidade, rapidez, precisão e controle de acesso e de distribuição; Segurança, portabilidade e conectividade; Busca indexada por chaves de pesquisa; Integração de dados ativos e históricos; Consulta em CD, via intranet e/ou internet. Mesmo depois de todo o processo de digitalização ser concluído, o custo para a manutenção e divulgação é constante. Quando o conteúdo é divulgado em site da internet, o custo para a manutenção é constante e muitas vezes o acesso não corresponde às expectativas e ao investimento feito. O site é um exemplo deste fato. Embora seja um site do governo, a qual o dinheiro utilizado para manutenção é publico, o pouco acesso ao site faz com que exista possibilidade de o site ser tirado do ar. O que seria uma tragédia a todos nós brasileiros, pois o vasto acervo que o site possui irá desaparecer caso isso ocorra.

5 Este acervo possui coleções digitalizadas de diversos autores brasileiros, dissertações, artigos, fotos, áudios, vídeos e inclusive documentos estrangeiros. O acesso à internet está cada dia mais presente na vida de todas as pessoas, o que antes atingia uma minoria da população nas últimas décadas deu um salto gigantesco, informatizando várias famílias, isto se tratando em relação à população brasileira. A cada 10 famílias podem dizer que oito tem acesso à internet. E a vida vem sendo facilitada cada vez mais, antes era apenas internet discada, depois veio à internet a cabo, wireless e agora a onda do momento é o acesso via WAP (Wireless Application Protocol) serviço móvel encontrados nos celulares mais atuais. Agora você pode acessar qualquer site através do próprio celular. Pesquisa rápida na palma da mão. Os buscadores de informação facilitam a vida do internauta que precisam fazer uma pesquisa rápida. Com a digitalização de acervos disponibilizados em sites específicos da instituição e a internet acessível a todo um público traz a diversos profissionais a possibilidade de fazer a pesquisa da própria casa ou local de trabalho, sendo que antes eles teriam que se deslocar a locais distantes ou a vários locais para finalizar sua pesquisa, agora podem acessar de qualquer lugar e a qualquer momento o conteúdo disponível. Esta nova técnica reduzir o tempo que o profissional gastará para a pesquisa no quesito locomoção também ajuda a economizar com transportes, hospedagens, alimentação, etc.. Por exemplo, um escritor brasileiro está fazendo uma pesquisa para o seu novo livro cujo tema é a Família Real, sendo que muitas fontes ele só irá encontrar diretamente em Portugal, não precisará se deslocar até outro país para concluir sua pesquisa e irá economizar com a viagem (passagens aéreas ida e volta), hotel pelo período que durar a pesquisa e alimentação também enquanto durar a pesquisa. Não podemos esquecer que a era digital não compreende apenas na utilização de scanners. Os outros arquivos também disponibilizados são de extrema utilidade, os de áudio, vídeo, foto. Os acervos mencionados também podem ser relacionados a bibliotecas e arquivos. Não somente a arquivos de domínio público, mas também o arquivo pessoal que nós temos em casa. Você pode preservar documentos importantes e fotos de família. Resultados A busca pelo aperfeiçoamento tecnológico deu um salto importante para a história da informação. Através da internet podemos acessar o mundo todo e buscar informações antes inimagináveis pelo homem do passado. Podemos dizer que todo o conhecimento do homem já está disponível na internet. Acessamos os conteúdos de vários órgãos, tanto públicos quanto privados, como é o caso de bibliotecas, museus, universidades, agências do governo, etc., Embora com todo um processo de prevenção nos acervos documentais, desde o recebimento da obra, ainda há necessidade de outras formas de preservação e prevenção. O interesse na digitalização de acervos surgiu para preservar os documentos que estão em condições frágeis, já em fase de deterioração que pode ser perdido, preservar os documentos em caso de sinistros naturais ou de sinistros provocados pelo homem como é o caso de incêndios por exemplo. A digitalização do documento capta a história e cultura preservando o valor inestimável do documento. Podem-se utilizar vários formatos digitais, como o TIFF, JPG, GUF, PDF, etc. O PDF é um formato frequentemente utilizado para materiais impressos. Mesmo com toda a tecnologia em nossas mãos, não conseguimos captar com perfeição os detalhes do documento. Por exemplo, a digitalização de uma imagem nem sempre irá representar as cores que era realmente tem, ou um documento do século passado, a coloração que este agora possui. Mas em contra partida a estes pequenos transtornos, hoje nós temos em mãos a opção de realizar uma pesquisa por buscadores na internet, coisa impossível a não muito tempo atrás, além de economizar no tempo da pesquisa. A digitalização trouxe para o mundo um conhecimento nunca antes imaginado onde você pode acessar uma biblioteca digital, por exemplo, que fica do outro lado do mundo. Tudo ainda é muito recente, e claro que ainda a muito caminho a se percorrer, como é o caso do uso indevido das informações contidas, o plágio dos documentos. A digitalização pode caracterizar violação de direitos autorais. Mas no caso dos documentos que estão em domínio público não, pois é documentos que são protegidos pelos direitos autorais a digitalização de acordo com a lei de copyright que permite o uso do conteúdo para bibliotecas e arquivos. Ou em um segundo caso com a permissão do proprietário dos direitos autorais. E cabe a instituição permitir ou não a cópia dos documentos existentes. Conclusão De acordo com a pesquisa feita chega-se a conclusão que Patrimônio é uma herança deixada a alguém. Os acervos documentais são uma herança escrita deixada a humanidade, se assim olharmos não somente aos acervos da nossa cidade, mas em relação a todos os acervos que existem. Dessa forma, essa herança escrita, traz a história de todo um passado que é importante para compreendermos o contexto em que hoje vivemos e o futuro que se aproxima. Com o passar dos anos de dos séculos, mesmo com o cuidado e proteção, muitos documentos podem se perder ao longo do tempo.

6 A má conservação, o uso indevido e os agentes biológicos (cupins, traças, etc.) podem causar a perda parcial ou total desse bem patrimonial que é de direito a todos. A evolução do homem nos trouxe para uma era tecnológica que nunca antes foi imaginada, e a cada dia que passa novos inventos surgem para trazer mais conforto ao homem e as necessidades que ele possui. Graças aos acervos digitais, nós podemos preservar toda uma história e ter acesso a documentos que antes nem imaginávamos que existiam. Facilitou também na busca de informações, que com apenas um clique no computador, por assim dizer, nós podemos viajar a quilômetros de distância e ter acesso a esses documentos e informações. O que antes se tornava caro e cansativo, hoje é simples e de fácil acesso. A digitalização dos acervos preservam os conteúdos dos documentos que podem ser perdidos para o tempo e para as ações climáticas que vem acontecendo. Desta forma vimos o quão é importante digitalizar os acervos documentais: podemos preservar as informações dos documentos históricos, fotos, livros, imagens entre outros sem precisar restringir o acesso ao conteúdo todas as pessoas que tenham interesse assim também facilitando nas pesquisas, no tempo e espaço. Sala Virtual (6)http://blogs.estadao.com.br/olhar-sobre-omundo/catastrofe-no-rio-de-janeiro/ (7)http://pt.shvoong.com/books/ hist%c3%b3ria-computador-apostilado/ (8) (9) (10) da Autora Referências (1) Revista Brasileira de Arqueometria, Restauração e Conservação. CICRAD - Curso de Introdução à Conservação e Restauro de Acervos Documentais em Papel. Volume 2 Número 1. Edição Especial. (2) Fonseca, Maria Odila; Arquivologia e a Ciência da Informação. Rio de Janeiro: Editora FGV, p. (3) Hodge, Gail M. Uma Abordagem do Ciclo de Vida da Informação. [s.l.] : Associates International Information, Inc., [s.d.] (4) BAX, Marcelo. Revista Opinião. n.1323 ano 27 N Ano UFMG. (5) MIRANDA, Antonio Lisboa Carvalho de, Os conteúdos e a sociedade da informação no Brasil. DataGramaZero, Revista de Ciência da Informação

GESTÃO DE DOCUMENTOS: ASPECTOS LEGAIS E PRÁTICOS GESTÃO DE ARQUIVOS HOSPITALARES REPOSITÓRIOS DIGITAIS CONFIÁVEIS PARA DOCUMENTOS ARQUIVISTICOS

GESTÃO DE DOCUMENTOS: ASPECTOS LEGAIS E PRÁTICOS GESTÃO DE ARQUIVOS HOSPITALARES REPOSITÓRIOS DIGITAIS CONFIÁVEIS PARA DOCUMENTOS ARQUIVISTICOS GESTÃO DE DOCUMENTOS: ASPECTOS LEGAIS E PRÁTICOS GESTÃO DE ARQUIVOS HOSPITALARES INTRODUÇÃO AO MODELO DE REQUISITOS PARA SISTEMAS INFORMATIZADOS DE GESTÃO ARQUIVÍSTICA DE DOCUMENTOS E-ARQ BRASIL REPOSITÓRIOS

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente

SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente SIMARPE Sistema de Arquivo Permanente Documentos formam a grande massa de conhecimentos de uma organização seja ela privada ou pública, esses documentos em sua maioria são parte do seu patrimônio. A Gestão

Leia mais

NAVEGANDO NA INTERNET

NAVEGANDO NA INTERNET UNIDADE 2 NAVEGANDO NA INTERNET OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar esta Unidade você deverá ser capaz de: Definir a forma de utilizar um software de navegação; Debater os conteúdos disponibilizados

Leia mais

As imagens dos documentos digitalizados podem ser reproduzidas e visualizadas em microcomputadores, isolados ou em redes, locais ou remotos.

As imagens dos documentos digitalizados podem ser reproduzidas e visualizadas em microcomputadores, isolados ou em redes, locais ou remotos. Digitalização Por meio da tecnologia da digitalização é possível gerenciar eletronicamente as informações de textos e documentos, armazenando-as através dos recursos de informática, o que permite a multi-usuários

Leia mais

PROPOSTA PARA CONSTRUÇÃO DE UMA BIBLIOTECA DIGITAL COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO À DISTÂNCIA

PROPOSTA PARA CONSTRUÇÃO DE UMA BIBLIOTECA DIGITAL COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO À DISTÂNCIA PROPOSTA PARA CONSTRUÇÃO DE UMA BIBLIOTECA DIGITAL COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO À DISTÂNCIA Daniel Gonzaga dos Santos 1 Faculdade Cidade de João Pinheiro Resumo: Este artigo aborda as etapas para

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.: Lillian Alvares Aspectos Gerais O uso da tecnologia digital traz grandes perspectivas de trabalho para os arquivos

Leia mais

Capacitações em Gestão Documental

Capacitações em Gestão Documental Capacitações em Gestão Documental Responde por este documento: Blenda de Campos Rodrigues, Dra. Sócia diretora da Anima Ensino Mídia e Conhecimento blenda.campos@animaensino.com.br 48.2107.2722 Conteúdo

Leia mais

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Tendências, desenvolvimentos e dicas para tornar o seu ambiente de storage mais eficiente Smart decisions are built on Storage é muito mais do que

Leia mais

Software. Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais. Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais...

Software. Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais. Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais... Software www.imagecomnet.com.br Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais... A Empresa A Imagecom, uma empresa conceituada no ramo

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2ª Edição 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1. SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4

Leia mais

#25. CRIDI / UFBa - Fotográfico Institucional - 2005-2007 COMPLETA 1 / 9 PÁGINA 2

#25. CRIDI / UFBa - Fotográfico Institucional - 2005-2007 COMPLETA 1 / 9 PÁGINA 2 #25 COMPLETA Coletor: Web Link (Link da Web) Iniciado: sexta-feira 10 de outubro de 2014 14:59:20 Última modificação: segunda-feira 27 de outubro de 2014 08:50:20 Tempo gasto: Mais de uma semana Endereço

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

Metadados de Imagens Digitais

Metadados de Imagens Digitais Metadados de Imagens Digitais Apresentado por escâner móvel Fli-Pal http://flip-pal.com O Que são Metadados? E se você pudesse armazenar informações sobre um arquivo, como uma descrição, o autor, palavras-chave,

Leia mais

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 2 ÍNDICE >> Introdução... 3 >> O que é software na nuvem... 6 >> Vantagens do software na nuvem... 8 >> Conclusão... 13 >> Sobre a Frota Control... 15 3 Introdução

Leia mais

Como fazer Backup. Previna-se contra acidentes no disco rígido

Como fazer Backup. Previna-se contra acidentes no disco rígido Como fazer Backup Previna-se contra acidentes no disco rígido Vocês já imaginaram se, de uma hora para outra, todo o conteúdo do disco rígido desaparecer? Parece pesadelo? Pois isso não é uma coisa tão

Leia mais

Leve seus formulários... Não o papel! Documentos corporativos nunca foram tão leves e fáceis de carregar.

Leve seus formulários... Não o papel! Documentos corporativos nunca foram tão leves e fáceis de carregar. Leve seus formulários... Não o papel! Documentos corporativos nunca foram tão leves e fáceis de carregar. Você sabia que? 80% da impressão corporativa está relacionada a transações* Tal como: - Faturas

Leia mais

Exportação do Certificado Digital

Exportação do Certificado Digital Exportação do Certificado Digital 1) Abra o Internet Explorer, clique em Ferramentas e a seguir em Opções da Internet: 2) Selecione a aba Conteúdo, clique no botão Certificados: Todos os direitos reservados.

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

PRODUÇÃO CARTOGRÁFICA UD 6 ARQUIVAMENTO E CONSERVAÇÃO

PRODUÇÃO CARTOGRÁFICA UD 6 ARQUIVAMENTO E CONSERVAÇÃO UD 6 ARQUIVAMENTO E CONSERVAÇÃO Ao fim do processo de produção, os produtos devem ser organizados de modo a conservar e facilitar a busca por parte dos usuários. Cada produto demanda cuidados especiais

Leia mais

1ª ETAPA IMPRIMIR LAUDO

1ª ETAPA IMPRIMIR LAUDO PROCEDIMENTOS PARA IMPRESSÃO DOS LAUDOS DE AVALIAÇÃO SÓCIO-ECONÔMICA COM FOTOS EM PDF PARA USO NO SISTEMA DO PROCESSO ELETRÔNICO. Inicialmente digite seu laudo de avaliação conforme modelo padronizado

Leia mais

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia.

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia. A Empresa A GDDoc é uma empresa especializada na gestão de documentos digitais e arquivos, auxilia as empresas a administrar através da tecnologia o uso de papel, para alcançar estes objetivos fazemos

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE GED PALESTRANTE: MIRIAN DIAS

IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE GED PALESTRANTE: MIRIAN DIAS IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE GED PALESTRANTE: MIRIAN DIAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. ARQUIVOS DE PROCESSOS JURÍDICOS 3. OBJETIVOS 4. CENÁRIO 5. ETAPAS 6. DIFICULDADES ENCONTRADAS DURANTE A IMPLANTAÇÃO 7. IMPACTOS

Leia mais

PRESERVAÇÃO DIGITAL MIGUEL ÁNGEL MÁRDERO ARELLANO

PRESERVAÇÃO DIGITAL MIGUEL ÁNGEL MÁRDERO ARELLANO PRESERVAÇÃO DIGITAL MIGUEL ÁNGEL MÁRDERO ARELLANO 2 MOVIMENTO AMBIENTALISTA PRESERVAÇÃO DIGITAL OS DOCUMENTOS PROCESSADOS POR UM COMPUTADOR PODEM SER MANIPULADOS SEM DEIXAR QUALQUER VESTÍGIO, SENDO INSTÁVEIS

Leia mais

Asser Rio Claro. Descubra como funciona um antivírus. Como o antivírus protege o seu computador. A importância de um antivírus atualizado

Asser Rio Claro. Descubra como funciona um antivírus. Como o antivírus protege o seu computador. A importância de um antivírus atualizado Administração Informática Asser Rio Claro Descubra como funciona um antivírus Responsável por garantir a segurança do seu computador, o antivírus é um programa de proteção que bloqueia a entrada de invasores

Leia mais

7 sinais e meio de que o seu Gerenciamento de documentos precisa de uma revisão

7 sinais e meio de que o seu Gerenciamento de documentos precisa de uma revisão Relatório gratuito 7 sinais e meio de que o seu Gerenciamento de documentos precisa de uma revisão A quantidade de informações disponíveis cresce a uma velocidade alucinante. Sem um gerenciamento de documentos

Leia mais

Como enviar fotos de câmeras digitais

Como enviar fotos de câmeras digitais Como enviar fotos de câmeras digitais Se as fotos que você deseja enviar para o Geo-Obras foram capturadas com uma câmera digital, será necessário copiá-las para o computador. A maioria dos modelos utiliza

Leia mais

RESOLUÇÃO 01/2015 - CONSELHO DEPARTAMENTAL

RESOLUÇÃO 01/2015 - CONSELHO DEPARTAMENTAL RESOLUÇÃO 01/2015 - CONSELHO DEPARTAMENTAL Regulamenta a digitalização do Acervo Documental da Faculdade de Direito do Recife. O Conselho Departamental do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal

Leia mais

Permitir a recuperação de sistemas de arquivo inteiros de uma só vez

Permitir a recuperação de sistemas de arquivo inteiros de uma só vez Backups Os backups tem dois objetivos principais: Permitir a recuperação de arquivos individuais Permitir a recuperação de sistemas de arquivo inteiros de uma só vez O primeiro objetivo é a base do típico

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES E MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA BIBLIOTECA UNIFAMMA

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES E MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA BIBLIOTECA UNIFAMMA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES E MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA FÍSICA DA BIBLIOTECA UNIFAMMA MARINGÁ 2012 1 APRESENTAÇÃO O Desenvolvimento de Coleções, qualquer que seja o tipo de biblioteca (pública,

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 79 Memória Institucional - Documentação 17 de abril de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através

Leia mais

PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO

PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO Página 1 de 21 PLANO DE OPERACIONALIZAÇÃO Página 2 de 21 SUMÁRIO 1 PROJETO DE GESTÃO DOCUMENTAL MODELO... 4 1.1 PROJETO GEDIC... 4 1.1.1 Levantamento das Necessidades do Cliente... 4 1.1.2 Elaboração do

Leia mais

#49. CRIDI / UFBa - Audiovisual Institucional - 2014 COMPLETAS 1 / 7 PÁGINA 2. P1: Qual o nome desta instituição? FCC/Cinemateca

#49. CRIDI / UFBa - Audiovisual Institucional - 2014 COMPLETAS 1 / 7 PÁGINA 2. P1: Qual o nome desta instituição? FCC/Cinemateca #49 COMPLETAS Coletor: Institucional 2014 (Link da web) Iniciado em: segunda-feira 1 de setembro de 2014 11:36:55 Última modificação: sábado 13 de junho de 2015 11:47:38 Tempo gasto: Mais de um mês Endereço

Leia mais

Projeto de Digitalização de Jornais do Acervo da Fundação Cásper Líbero PRONAC: 102700

Projeto de Digitalização de Jornais do Acervo da Fundação Cásper Líbero PRONAC: 102700 Projeto de Digitalização de Jornais do Acervo da Fundação Cásper Líbero PRONAC: 102700 Valor total do Projeto: R$ 2.283.138,52 Apresentação: O jornal A Gazeta foi comprado por Cásper Líbero em 1918. Produziu

Leia mais

Serviço Data Recovery

Serviço Data Recovery Informações técnicas Serviço Data Recovery Serviço HP Care Pack A HP sabe que os dados são de suma importância para os seus negócios. Quando você compra algum notebook comercial, desktop ou workstation

Leia mais

Definições. Órgãos de Documentação. Classificação dos Arquivos. Quanto à Abrangência

Definições. Órgãos de Documentação. Classificação dos Arquivos. Quanto à Abrangência Definições Informação: Produto de um documento. Documento: Tudo aquilo que pode transmitir uma idéia, pensamento ou acontecimento, ou seja, uma informação. Arquivo: Lugar onde se guardam os documentos

Leia mais

Revolução Francesa; Segunda Guerra Mundial fotocopiadora, eletrônica, televisão, satélites, computadores; 1970 telemática, computadores interligados

Revolução Francesa; Segunda Guerra Mundial fotocopiadora, eletrônica, televisão, satélites, computadores; 1970 telemática, computadores interligados Revolução Francesa; Segunda Guerra Mundial fotocopiadora, eletrônica, televisão, satélites, computadores; 1970 telemática, computadores interligados a outros via linhas telefônicas; Antiga Grécia Arché

Leia mais

Processo Aplicado Contabilidade EV Doc

Processo Aplicado Contabilidade EV Doc Processo Aplicado Contabilidade EV Doc EV DOC DIGITALIZAÇÃO E GESTÃO ELETRÔNICA DE DOCUMENTOS (GED) Digitalize e gerencie de forma simples os documentos e informações de sua empresa utilizando uma plataforma

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 31/13, de 21/08/13. CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este regulamento dispõe especificamente do Núcleo de Informática

Leia mais

Magic Plan: Sun Seeker:

Magic Plan: Sun Seeker: Com o ritmo corrido da vida de um corretor de imóveis, contar com a tecnologia para facilitar seu trabalho é muito importante! Pensando nisso, montamos um kit com vinte aplicativos com as mais diversas

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

MANUAL. Dúvidas e procedimentos BIOEVOLUTION

MANUAL. Dúvidas e procedimentos BIOEVOLUTION 1 MANUAL Dúvidas e procedimentos BIOEVOLUTION 2 Índice Pág. 03 a 06- Como reparar meu software. Pág. 07 a 10- Como desinstalar e reinstalar o software. Pág. 11 a 12- Como realizar o backup. Pág. 13 a 14-

Leia mais

Informática Básica. Internet Intranet Extranet

Informática Básica. Internet Intranet Extranet Informática Básica Internet Intranet Extranet Para começar... O que é Internet? Como a Internet nasceu? Como funciona a Internet? Serviços da Internet Considerações finais O que é Internet? Ah, essa eu

Leia mais

SEGURANÇA E AUDITORIA DE TI

SEGURANÇA E AUDITORIA DE TI 1 SEGURANÇA E AUDITORIA DE TI Objetivos - Identificar diversos tipos de controles de sistemas de informação, controles de procedimentos e controles de instalações e explicar como eles podem ser utilizados

Leia mais

O ARQUIVO E A GESTÃO DOCUMENTAL

O ARQUIVO E A GESTÃO DOCUMENTAL O ARQUIVO E A GESTÃO DOCUMENTAL Edna Maria da Silva Matte 1 ; Graziela Boreck Rosa 2 ; Josilda Rodrigues Souza 3 ; Marcia Correia de Souza 4 ; Marizete Aparecida Schulz de Souza5 Agente Universitária vinculada

Leia mais

Backup (cópia de segurança) e restauração de informações no

Backup (cópia de segurança) e restauração de informações no Backup (cópia de segurança) e restauração de informações no Pag.2 Backup (cópia de segurança) Após acessar a Intranet da Unimep, para abrir o Ambiente Virtual de Aprendizagem-Moodle, clique sobre seu link

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6.

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. COMO FAZER UMA SOLICITAÇÃO DE VIAGEM?... 3 7. COMO FAZER A

Leia mais

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO)

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) Há vários tipos de sistemas de gravações digitais. Os mais baratos consistem de uma placa para captura de vídeo, que

Leia mais

Guia Rápido de Instalação Ilustrado

Guia Rápido de Instalação Ilustrado Livre S.O. Guia Rápido de Instalação Ilustrado Introdução Este guia tem como objetivo auxiliar o futuro usuário do Livre S.O. durante o processo de instalação. Todo procedimento é automatizado sendo necessárias

Leia mais

A instalação do SIMA pode ser feita com o uso do CD do SIMA, distribuído pela INSIEL ou através de download do programa na homepage www.insiel.com.br.

A instalação do SIMA pode ser feita com o uso do CD do SIMA, distribuído pela INSIEL ou através de download do programa na homepage www.insiel.com.br. SIMA MANUAL DO USUÁRIO INSTALANDO O SIMA A instalação do SIMA pode ser feita com o uso do CD do SIMA, distribuído pela INSIEL ou através de download do programa na homepage www.insiel.com.br. - Instalando

Leia mais

1. Conceito Arquivo Biblioteca- Museu

1. Conceito Arquivo Biblioteca- Museu Arquivo 1. Conceito Arquivo é o conjunto de documentos oficialmente produzido e recebido por um governo, organização ou firma, no decorrer de suas atividades, arquivados e conservador por si e seus sucessores

Leia mais

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL Portal do Servidor Publico Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL 1 Indice Apresentação do Portal... 03 Acesso ao Portal do Servidor Publico... 04 Solicitar Senha... 04 Disponibilidade do Portal... 06

Leia mais

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo;

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo; Conceitos Comunicação; Formas de escritas; Bacharel Rosélio Marcos Santana Processo de contagem primitivo; roseliomarcos@yahoo.com.br Inicio do primitivo processamento de dados do homem. ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Malote Digital. Manual do usuário

Malote Digital. Manual do usuário Malote Digital Manual do usuário Brasília, Novembro de 2014 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 03/10/2011 1.4.1 Elaboração do Documento Rodrigo Antunes 01/07/2013 1.8.0.0 Atualização do Documento

Leia mais

Preservação de Acervos Digitais

Preservação de Acervos Digitais Preservação de Acervos Digitais Humberto Celeste Innarelli Analista de Desenvolvimento de Sistemas e Administrador de Rede do Sistema do Arquivo Central do Arquivos da UNICAMP Professor da área de Tecnologia

Leia mais

O ciclo de vida Simone de Abreu

O ciclo de vida Simone de Abreu O ciclo de vida Simone de Abreu A documentação eletrônica em números: estimativas apontam para um mercado de aproximadamente US$ 600 milhões em Hardware, Software e Serviços, ou seja, mais de 12 bilhões

Leia mais

#30. CRIDI / UFBa - Audiovisual Institucional - 2014 COMPLETAS 1 / 7 PÁGINA 2. P1: Qual o nome desta instituição? AN/COPAC

#30. CRIDI / UFBa - Audiovisual Institucional - 2014 COMPLETAS 1 / 7 PÁGINA 2. P1: Qual o nome desta instituição? AN/COPAC #30 COMPLETAS Coletor: Institucional 2014 (Link da web) Iniciado em: sexta-feira 2 de maio de 2014 15:56:12 Última modificação: domingo 7 de junho de 2015 18:09:42 Tempo gasto: Mais de um mês Endereço

Leia mais

Rivolta Cloud Backup

Rivolta Cloud Backup Rivolta Cloud Backup Apresentação O que é o cloud backup? Cloud backup ou backup na nuvem é a forma mais economica e segura de manter as informações da sua empresa segura e sempre atualizada, caso haja

Leia mais

Módulo 6: Segurança da TI

Módulo 6: Segurança da TI 1 Módulo 6: Segurança da TI 6.1. Questões de Segurança da TI Discute como se pode promover a qualidade e segurança dos sistemas de informação por uma diversidade de controles, procedimentos e instalações.

Leia mais

Resposta de pergunta para funcionários

Resposta de pergunta para funcionários Resposta de pergunta para funcionários Sobre a EthicsPoint Geração de Denúncias - Geral Segurança e Confidencialidade da Geração de Denúncias Dicas e Melhores Práticas Sobre a EthicsPoint O que é a EthicsPoint?

Leia mais

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery 12 Razões Para Usar Lightroom André Nery André Nery é fotógrafo em Porto Alegre. Arquitetura e fotografia outdoor, como natureza, esportes e viagens, são sua área de atuação. Há dez anos começou a ministrar

Leia mais

Apresentação ANTECIPANDO TECNOLOGIAS

Apresentação ANTECIPANDO TECNOLOGIAS ANTECIPANDO TECNOLOGIAS Apresentação O WinCardio é composto por um eletrocardiógrafo USB em 12 derivações simultâneas, software compatível com Windows XP, Vista, Windows 7 e filtros digitais que garantem

Leia mais

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br Capture Pro Software Guia de referência A-61640_pt-br Iniciando o Kodak Capture Pro Software Este guia foi projetado para fornecer instruções simples para início rápido, incluindo a instalação e a inicialização

Leia mais

www.leitejunior.com.br 29/06/2012 14:30 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 29/06/2012 14:30 Leite Júnior BACKUP E RESTAURAÇÃO(RECOVERY) BACKUP É a cópia de dados de um dispositivo para o outro e tem como objetivo ter uma maior segurança em caso de problema com os dados originais. Conhecido também como cópia

Leia mais

3 Política institucional de segurança da informação da Cooperativa Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da PMESP Cooperacs - SP

3 Política institucional de segurança da informação da Cooperativa Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da PMESP Cooperacs - SP Título : Política institucional de segurança da informação. Capítulo : Índice Seção : Capítulo Seção Item Descrição 3 Política institucional de segurança da informação da Cooperativa Crédito Mutuo dos

Leia mais

VALDEREDO SEDANO FONTANA

VALDEREDO SEDANO FONTANA TIPOS DE COMPUTADOR VALDEREDO SEDANO FONTANA ALUNO(S): Stephanie Alves Amaral 21707 Victor Cipriano Arian Amaral 21674 Eduarda Nascimento 21824 Matheus Cortezini 21557 INTRODUÇÃO Abordam-se com total responsabilidade

Leia mais

Esta ferramenta existe para garantir a sua comodidade, agilidade e satisfação.

Esta ferramenta existe para garantir a sua comodidade, agilidade e satisfação. Manual utilização Sistema Gerenciador de Suporte à Cliente http://www.dominioatendimento.com Principais Benefícios e Vantagens: Esta ferramenta existe para garantir a sua comodidade, agilidade e satisfação.

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

Inclusão Digital de Acervos Históricos através de Sistemas de Informação Multimídia

Inclusão Digital de Acervos Históricos através de Sistemas de Informação Multimídia Inclusão Digital de Acervos Históricos através de Sistemas de Informação Multimídia FERNANDA M. VIEIRA 1 EDUARDO ALVES DO VALLE JR. 2 NELSON SPANGLER ANDRADE 3 ELIANE DUTRA AMORIM 2 ARNALDO DE ALBUQUERQUE

Leia mais

Curso II. Portaria nº 1.224, 18.12.2013. Orientações sobre as normas de manutenção e guarda do acervo acadêmico das instituições de educação superior.

Curso II. Portaria nº 1.224, 18.12.2013. Orientações sobre as normas de manutenção e guarda do acervo acadêmico das instituições de educação superior. Curso II Portaria nº 1.224, 18.12.2013. Orientações sobre as normas de manutenção e guarda do acervo acadêmico das instituições de educação superior. KRÜGER, M.H. MAIO/2014. Portaria nº 1.224, 18.12.2013.

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED. Preparação de documentos

Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED. Preparação de documentos Gerenciamento Eletrônico de Documentos AMBIENTE GED Preparação de documentos 1 Preparação de Documentos Quais documentos digitalizar? Eliminação: remoção e destruição de duplicatas, materiais sem importância

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC UNIDADE 03

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC UNIDADE 03 UNIDADE 03 / AULA 06 UNIDADE 03 Apostila Estácio Sociedade da Informação de Demerval L. Polizelli e Adalton M. Ozaki, 1ª Edição/2007 1 O CONHECIMENTO DIGITALIZADO 2 O que é informação? É um conjunto de

Leia mais

Arquivo. Apresentação OBJETIVOS DO PROJETO

Arquivo. Apresentação OBJETIVOS DO PROJETO Arquivo Apresentação OBJETIVOS DO PROJETO Definir a metodologia composta pela combinação das atividades com seus respectivos documentos, desde a sua indexação até o descarte, resultando na organização

Leia mais

SocialDB Social Digital Library

SocialDB Social Digital Library Social Digital Library Laboratório L3P NARRATIVA DO PROJETO SOCIALDB 06/2015 Gestor de uma coleção "Sou produtor cultural (ou fotógrafo) e quero criar um lugar na internet com uma seleção de obras artísticas

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM Reduza Custos, aumente produtividade e melhore processos com a Gestão Eletrônica de Documentos para a área Jurídica. Com o Docsystem

Leia mais

REGULAMENTO. 3.1. Os projetos serão indicados pela redação da revista Arquitetura & Construção.

REGULAMENTO. 3.1. Os projetos serão indicados pela redação da revista Arquitetura & Construção. VIII PRÊMIO ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO O MELHOR DA ARQUITETURA 2015 REGULAMENTO 1. PRÊMIO. O VIII PRÊMIO ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO O MELHOR DA ARQUITETURA 2015 é um prêmio organizado pela empresa EDITORA

Leia mais

Anexo 01. Caio Túlio Costa Diretor Geral do Universo Online Entrevista concedida via e-mail em 04/05/2001 caio@uol.com.br

Anexo 01. Caio Túlio Costa Diretor Geral do Universo Online Entrevista concedida via e-mail em 04/05/2001 caio@uol.com.br ANEXOS 166 167 Anexo 01 Caio Túlio Costa Diretor Geral do Universo Online Entrevista concedida via e-mail em 04/05/2001 caio@uol.com.br 1. Em que momento o Grupo Folha - Universo Online sentiu a necessidade

Leia mais

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

PROFISSIONAL. 7 Passos para Gerencar um Eficiente Estúdio Fotográfico de Produtos

PROFISSIONAL. 7 Passos para Gerencar um Eficiente Estúdio Fotográfico de Produtos EDIÇÃO Nº 04 GRÁTIS FOTOGRAFIA PROFISSIONAL SOLUÇÕES PARA IMAGENS DE PRODUTO QUE CONQUISTARAM OS LÍDERES DO COMÉRCIO ELETRÔNICO 7 Passos para Gerencar um Eficiente Estúdio Fotográfico de Produtos Do início

Leia mais

Informática Instrumental Aula 1. Prof. Msc. Fernando Nakayama de Queiroz

Informática Instrumental Aula 1. Prof. Msc. Fernando Nakayama de Queiroz Informática Instrumental Aula 1 Prof. Msc. Fernando Nakayama de Queiroz Ementa da disciplina 1. Apresentação do sistema operacional windows e linux; 2. Aprendendo a operar o teclado e principais teclas

Leia mais

Questionamento 3. Ano. Série. Nome do Aluno. Escola

Questionamento 3. Ano. Série. Nome do Aluno. Escola Questionamento 3 Pergunta 1: Conforme página 3 do TR existe a necessidade de cadastro em sistema de gestão documental informatizado, conforme requisitos abaixo listados: Ano Série Nome do Aluno Escola

Leia mais

Por que Geoprocessamento?

Por que Geoprocessamento? Um pouco sobre a NOSSA VISÃO Processamento Digital é um endereço da Web criado pelo geógrafo Jorge Santos com objetivo de compartilhar dicas sobre Geoprocessamento e Software Livre. A idéia surgiu no ano

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Primeiros Cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Receber, enviar e responder mensagens...3 Anexando arquivos...9 Cuidado com vírus...11 2 Outlook

Leia mais

Núcleo Thomas Manual do usuário

Núcleo Thomas Manual do usuário Núcleo Thomas Manual do usuário Sua mais nova e aprimorada ferramenta online de avaliação e gerenciamento de pessoas Descubra a forma mais rápida e simples de gerenciar suas avaliações de funcionários

Leia mais

PORTFÓLIO www.imatec.com.br

PORTFÓLIO www.imatec.com.br História A IMATEC foi estabelecida em 1993 com o objetivo de atuar nos segmentos de microfilmagem, digitalização e guarda de documentos e informações, hoje conta com 300 colaboradores, têm em seu quadro,

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

Alta disponibilidade não é luxo. Como eliminar o tempo de inatividade dentro das pequenas e médias empresas

Alta disponibilidade não é luxo. Como eliminar o tempo de inatividade dentro das pequenas e médias empresas Alta disponibilidade não é luxo. Como eliminar o tempo de inatividade dentro das pequenas e médias empresas A tecnologia da informação (TI) é ao mesmo tempo o ponto forte e ponto fraco das pequenas e médias

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução Formalmente, o IP Multimedia Subsystem (IMS) é definido como:... um novo 'domínio' principal da rede (ou

Leia mais

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Promoção SEST / SENAT Conteúdo Técnico ESCOLA DO TRANSPORTE JULHO/2007 Queimadas: o que

Leia mais

GED. Conceito: Razões Para o Uso do GED:

GED. Conceito: Razões Para o Uso do GED: GED Conceito: Gerenciamento Eletrônico de Documentos, ou somente GED, é um conjunto de tecnologias e procedimentos para o gerenciamento de documentos e informações em meio digital. O GED é implementado

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda)

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) NÚCLEO DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FACULDADE DA CIDADE DE MACEIÓ Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação I INTRODUÇÃO: O Núcleo

Leia mais

Instalação Cliente Notes 6.5

Instalação Cliente Notes 6.5 Instalação Cliente Notes 6.5 1/1 Instalação Cliente Notes 6.5 LCC.008.2005 Versão 1.0 Versão Autor ou Responsável Data 1.0 Fabiana J. Santos 18/11/2005 RESUMO Este documento apresenta um roteiro de instalação

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO DOCUMENTOS JURÍDICOS

BOLETIM INFORMATIVO DOCUMENTOS JURÍDICOS BOLETIM INFORMATIVO DOCUMENTOS JURÍDICOS 10 passos para implantação de projetos de Gestão da informação no setor Jurídico outubro/2013 A AUTOMAÇÃO DE DOCUMENTOS JURÍDICOS É VITAL PARA O PRÓPRIO PROCESSO

Leia mais

#17. CRIDI / UFBa - Audiovisual Institucional - 2014 COMPLETAS 1 / 6 PÁGINA 2. P1: Qual o nome desta instituição? UFBA/BURMC-CEB

#17. CRIDI / UFBa - Audiovisual Institucional - 2014 COMPLETAS 1 / 6 PÁGINA 2. P1: Qual o nome desta instituição? UFBA/BURMC-CEB #17 COMPLETAS Coletor: Institucional 2014 (Link da web) Iniciado em: quarta-feira, 25 de março de 2015 15:33:49 Última modificação: domingo, 7 de junho de 2015 17:20:04 Tempo gasto: Mais de um mês Endereço

Leia mais

Ficha técnica do material. Políticas de Backup 1

Ficha técnica do material. Políticas de Backup 1 Ficha técnica do material Autor: Humberto Celeste Innarelli Origem: Apostila Preservação de Documentos Digitais Páginas: 24 a 28 Mês/Ano: 12/2003 Entidade promotora do curso: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Leia mais

481040 - Programador/a de Informática

481040 - Programador/a de Informática 481040 - Programador/a de Informática UFCD - 0801 ADMINISTRAÇÃO DE REDES LOCAIS Sessão 1 SUMÁRIO Backups eficientes; Armazenar Backups; Restaurar do zero; Testar Backups; Backups eficientes 1. Etiquetar

Leia mais