Resultados 4T de Março de 2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados 4T de Março de 2011"

Transcrição

1 Resultados 4T10 22 de Marçode

2 AGENDA DESTAQUES Providência USA RESULTADOS PERSPECTIVAS 2

3 DESTAQUES Conclusão do projeto da primeira planta da Companhia nos Estados Unidos, com uma linha de produção de 20 mil toneladas por ano de capacidade instalada de nãotecidos. Investimentos no valor total de US$ 80 milhões. A entrada em operação da linha de produção ocorreu em janeiro de 2011; Decisão de investimento e início do projeto de expansão de 2 linhas de produção, uma no Brasil e outra nos Estados Unidos, com capacidade total de 40 mil toneladas por ano; Realizamos o pagamento em 29 de novembro, de dividendos antecipados no montante de R$ 11,1 milhões, referente a 100% do lucro líquido ajustado do primeiro semestre de 2010 e estamos propondo, a ser deliberado em AGO, a distribuição de 100% da base de cálculo dos dividendos ajustada do ano, totalizando R$ 21,8 milhões além dovalorjápagoem2010; Em outubro a Companhia recebeu o valor referente ao financiamento à Exportação junto ao BNDES no montante der$150milhões,comtaxadejurospré-fixadade7,0%aoanoeprazodepagamentode18meses; Concluímos os ajustes para a convergência ao IFRS nas demonstrações financeiras consolidadas da Companhia Providência para o exercício findo em31 de dezembro de 2010 e seus trimestres. O principal impacto foi o registro do Custo Atribuído, que reduziu o lucro líquido do ano. No entanto, essa redução NÃO afetará o potencial de distribuição de dividendos.

4 AGENDA DESTAQUES Providência USA RESULTADOS PERSPECTIVAS 4

5 ADEQUAÇÕES AO IFRS (International Financial Reporting Standards) Patrimônio Líquido 670,8 696,0 506,9 471,6 01.Jan Dez.2009 Prática Anterior Prática Atual (IFRS) EmatendimentoaoCPC27eICPC10,aCompanhiaadotou o custo atribuído para determinar o valor justo do ativo imobilizado. A avaliação determinou o valor justo em R$ 492,8 milhões, um aumento de R$ 302,2 milhões em relação ao valor de acordo com o BR GAAP antigo, impactando diretamente no Patrimônio Líquido da Companhia. Lucro Líquido 51,0 40,8 34,0 23, Prática Anterior * Prática Atual (IFRS) * Lucro líquido do exercício + realização do custo atribuído Custo Atribuído na Conciliação do Lucro Líquido: Custo das Vendas + Imposto de Renda e Contribuição Social. Custos das Vendas : A depreciação sobre os ajustes ao valor justo em 2009 e 2010 foi de R$ 15,5 milhões para cada ano. NÃO afetará o potencial de distribuição de dividendos. ImpostodeRendaeContribuiçãoSocial:R$5,2milhõescom apenas efeito contábil. A Companhia não paga o IR 5 registrado, sem efeito caixa.

6 VOLUME DE VENDAS (em milhares de toneladas) Neste trimestre a Companhia apresentou um aumento no volume total de vendas de 1,2%nacomparaçãocomomesmoperíodode2009. Crescimento de 10,2% no volume de nãotecidos em 2010 quando comparado com Operamos a quase plena capacidade, aproximadamente 20 mil toneladas por trimestre. 78,6 71,3 5,0 4,8 19,9 19,7 20,2 1,2 1,6 1,2 66,5 73,6 18,7 18,1 19, Nãotecidos 6 Outros 4T09 3T10 4T10

7 RECEITA LÍQUIDA NÃOTECIDOS NÃOTECIDOS (em milhões de Reais) No acumulado de 2010 a Receita Líquida apresentou um incremento de R$ 40,5 milhões, equivalente a 9,8%, em relação ao ano de Tal crescimento está relacionado ao aumento do volume de vendas. Houve um aumento de 1,6% no 4T10 em relação ao 4T09, refletindo também o aumento no volume de vendas. 412,8 453,3 116,5 116,0 114, T09 3T10 4T10

8 CPV (Custo dos Produtos Vendidos) NÃOTECIDOS (em milhares de Reais) No acumulado de 2010 há um incremento no CPV de 15,7% em relação a Em relação ao 4T09, o 4T10 apresentou um acréscimo de 1,9%. Este aumento corresponde ao maior volume de vendas em 2010 e ao acréscimo no preço do polipropileno neste ano, preponderantemente no 1º semestre. 90,0 R$ 8,00 350,0 300,0 250,0 200,0 150,0 100,0 50,0 261,9 R$ 3,67 302,9 R$ 3,86 R$ 8,00 80,0 70,0 R$ 7,00 60,0 R$ 6,00 50,0 R$ 5,00 40,0 30,0 R$ 4,00 20,0 R$ 3,00 10,0 74,4 75,9 75,9 R$ 3,74 R$ 3,85 R$ 3,78 R$ 7,00 R$ 6,00 R$ 5,00 R$ 4,00 R$ 3, R$ 2,00-4T09 3T10 4T10 R$ 2,00 CPV (R$ mil) CPV unitário (R$) 8

9 EBITDA (em milhõesde Reais) e MARGEM EBITDA (%) O Ebitda Ajustado no 4T10 atingiu R$ 28,4 milhões, uma redução de 10,7% quando comparado com os R$ 31,8 milhões registrados no 4T09. Em relação ao 3T10 houve decréscimo de 5,6%. A Margem Ebtida atingiu 24,5% no 4T10, representando uma redução de 3,4 p.p na comparação com o resultado do mesmo período do ano anterior. 120,0 100,0 116,5 106,2 45,0% 35,0 30,0 31,8 30,1 28,4 45,0% 80,0 35,0% 25,0 35,0% 60,0 40,0 28,2% 23,4% 25,0% 20,0 15,0 10,0 27,9% 25,8% 24,5% 25,0% 20,0 5, ,0% Ebitda 9-4T09 3T10 4T10 Margem Ebitda 15,0%

10 LUCRO LÍQUIDO (em milhõesde Reais) E MARGEM LÍQUIDA (%) O lucro líquido do ano totalizou R$ 23,8 milhões. Subtraídos os 5% da reserva legal, de R$ 1,2 milhão, e acrescentada a realização do custo atribuído, de R$ 10,2 milhões, a base de cálculo dos 120,0 dividendos ajustada doebitda ano totaliza R$ 32,9 milhões; 100,0 A administração está propondo em suas demonstrações, para ser deliberado em AGO, o pagamento de dividendo excedente ao mínimo obrigatório, o que elevará a distribuição a 100% da 80,0 base de cálculo dos dividendos ajustada do ano. 25,0 60,0 40,0% 20,0 40,0 20,0 40,8 9,9% 23,8 5,3% 15,0 10,0 5,0 8,3 7,3% 11,7 10,0% 5,6 4,8% 30,0% 20,0% 10,0% 0, ,0 4T09 3T10 4T10 0,0% 10-5,0 Lucro Líquido Margem Líquida (%) -10,0%

11 CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS (em milhões de Reais) O Caixa da Companhia reduziu 6,1% ou R$ 16,1 milhões, na comparação com o 4T09, após a movimentação de suas atividades operacionais, de investimentos e de financiamentos no período. Quando comparado com o 3T10, o caixa aumentou 6,9%, equivalente a R$ 16,2 milhões. 265,2 249,1 265,2 233,0 249, T09 3T10 4T10 11

12 DÍVIDA LÍQUIDA (em milhões de Reais) A Dívida Líquida da Companhia teve um incremento de R$ 90,7 milhões, ou 59,2%, na comparação com 2009 e 5,8% em comparação com o 3T10, tendo como destaque a captação de recursos para financiamento da nova linha de produção nos EUA. 61% do endividamento é baseado em moeda local e 39% em moeda estrangeira. 153,2 243,9 153,2 230,5 243, T09 3T10 4T10 12

13 ENDIVIDAMENTO/ CAIXA (em milhares de Reais) Dívida Líquida Consolidada Colunas1 31/12/ /12/2009 Var 2010 / 2009 Dívida Total Financiamento Curto Prazo ,8% Financiamento Longo Prazo ,2% Total ,8% Caixa ,1% Dívida Líquida ,2% Dívida Líquida / Ebitda Ajustado 2,86 1,32 116,7% Patrimônio Líquido ,2% 13

14 AGENDA DESTAQUES Providência USA RESULTADOS PERSPECTIVAS 14

15 PERSPECTIVAS A expectativa para o ano de 2011 é o aumento no volume de vendas, com plena ocupação da capacidade da linha de produção dos EUA já no início do segundo semestre; Os principais projetos de investimento da Companhia neste e no próximo ano totalizarão cerca de US$ 123 milhões e adicionarão 40 mil toneladas à nossa atual capacidade instalada, ou seja, 40% de aumento. Estes investimentos compreendem: a nova linha de produção a ser implantada no Brasil, com previsão de entrada em operação no primeiro semestre de 2012, e a nova linha de produção a ser implantada nos Estados Unidos, com previsão deentradaemoperaçãonosegundosemestrede2012,juntoàlinhadeprodução queentrouemoperaçãoemjaneirode

16 CEO: Hermínio V. S. de Freitas CFO: Eduardo Feldmann Costa RI : Gabriela LasCasas Tel: +55 (41) Fax: +55 (41) São José dos Pinhais PR As palavras acredita, antecipa, espera, estima, irá, planeja, pode, poderá, pretende, prevê, projeta, entre outras palavras com significado semelhante, têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informações relativas aos nossos resultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e futuros discutidos nesta apresentação podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. 16

Release de Resultados 1T de abril de 2016

Release de Resultados 1T de abril de 2016 Release de Resultados 1T16 27 de abril de 2016 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

4T15 Apresentação de Resultados

4T15 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 02 de Fevereiro de 2016 Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia

Leia mais

Resultados do ano de 2008

Resultados do ano de 2008 Resultados do ano de 2008 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Destaques do 1T12: Mensagem da Administração

Destaques do 1T12: Mensagem da Administração Vigor registra Receita Líquida de R$ 314,1 milhões e EBITDA de R$ $24,9 milhões, representando um crescimento de 8,2% e 167,9%, respectivamente, quando comparado com igual período do ano anterior Destaques

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores Teleconferência de Resultados 11 de Novembro de 2016 Relações com Investidores 1 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

Resultados 3T11. * Os dados da ANFAVEA não incluem mais os números da exportação de veículos desmontados (CKD).

Resultados 3T11. * Os dados da ANFAVEA não incluem mais os números da exportação de veículos desmontados (CKD). 1) DESTAQUES DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2011 Receita operacional líquida consolidada de R$ 827,0 milhões, um aumento de 35,3% em relação ao terceiro trimestre de 2010; Geração bruta de caixa (EBITDA) de

Leia mais

Resultados do 1T de Maio de 2011

Resultados do 1T de Maio de 2011 Resultados do 12 de Maio de 2011 Destaques de Receita Bruta de R$ 254 milhões, contra R$ 228 milhões no, crescimento de 11,4%; Margem Bruta de 30,4% no, contra 33,1% no mesmo período em 2010; EBITDA de

Leia mais

ULTRAPAR. ULTRAPAR Aquisição da Shell Gás - Ago/03

ULTRAPAR. ULTRAPAR Aquisição da Shell Gás - Ago/03 ULTRAPAR ULTRAPAR Aquisição da Shell Gás - Ago/03 Este documento pode conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Palavras

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16

Divulgação de Resultados 1T16 São Paulo - SP, 29 de Abril de 2016. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores acionistas, A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A., ( CVC ou Companhia ) apresenta a seguir seu Relatório da Administração e as informações contábeis intermediárias

Leia mais

A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13

A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13 A Vigor Alimentos S.A. divulga os resultados do 3T13 São Paulo, 12 de novembro de 2013 - A Vigor Alimentos S.A. (BM&FBovespa: VIGR3) anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2013 (3T13). As

Leia mais

ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/ (R$) ,29

ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/ (R$) ,29 ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/2009 1. Informar o lucro líquido do exercício. (R$) 864.940.364,29 2. Informar o montante global e o valor por ação dos dividendos,

Leia mais

Apresentação Apimec São Paulo EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. Março de 2015

Apresentação Apimec São Paulo EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. Março de 2015 Apresentação Apimec São Paulo EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. Março de 2015 ESTRUTURA SOCIETÁRIA E ATIVOS ATUAIS DESEMPENHO FINANCEIRO CONSOLIDADO OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO DESEMPENHO ACIONÁRIO

Leia mais

Resultados Título da apresentação

Resultados Título da apresentação Resultados 2015 Título da apresentação Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 14 de Maio de 2013 Resultados 4T13/2013 28 de Fevereiro de 2014 Destaques do Período Receita Líquida R$ mm EBITDA Ajustado R$ mm Geração Op. de Caixa R$ mm 1 A receita líquida

Leia mais

AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS

AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS Bovespa (São Paulo) NYSE (Nova Iorque) AMBV4 Preferenciais AMBV3 Ordinárias ABV Preferenciais ABVc Ordinárias AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS São Paulo, 30 de junho

Leia mais

Oficina Técnica. Adoção Inicial das Novas Normas Contábeis. Setembro Elaborado por: Walter Luiz Quaglio

Oficina Técnica. Adoção Inicial das Novas Normas Contábeis. Setembro Elaborado por: Walter Luiz Quaglio Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Resultados do 2T15 Agosto, 2015

Resultados do 2T15 Agosto, 2015 Resultados do Agosto, 2015 Destaques Operacional Redução de 0,61 p.p. nas perdas totais no vs., totalizando 9,3% FEC de 3,50 vezes, 14,6% menor do que no ; DEC de 9,97 horas, 22,2% maior do que Investimentos

Leia mais

ESTUDO DE CASO. Os Novos Ajustes da Lei

ESTUDO DE CASO. Os Novos Ajustes da Lei ESTUDO DE CASO Os Novos Ajustes da Lei 11.638 Os Novos Ajustes da Lei 11.638 As demonstrações financeiras foram elaboradas com base nas práticas contábeis adotadas no Brasil e normas da Comissão de Valores

Leia mais

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer informações,

Leia mais

GPA e Viavarejo 18/10/2013 RESULTADOS 3T13

GPA e Viavarejo 18/10/2013 RESULTADOS 3T13 GPA e Viavarejo 18/10/2013 RESULTADOS 3T13 GPA Consolidado Destaques: Foco na expansão: abertura de 20 novas lojas no 3T13. Nos 9M13, foram abertas 78 lojas, o que representou 2,8% de aumento de área de

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Julho, 2009 1 Divisão de aluguel de carros Receita líquida (R$ milhões) 197,1 271,3 CAGR: 31,3% 357,2 442,7 585,7 278,6 4,8% 291,9

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

WEBCAST Teleconferência

WEBCAST Teleconferência São Paulo Avenida Cidade Jardim WEBCAST Teleconferência 08-11-2007 Goiânia Avenida 85 APRESENTAÇÃO RESULTADOS - 3º TRIMESTRE 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas

Leia mais

1T09. Receita Operacional Líquida atinge R$25,9 milhões no 1T09 e cresce 25,9% em relação ao 4T08 DESTAQUES DO PERÍODO

1T09. Receita Operacional Líquida atinge R$25,9 milhões no 1T09 e cresce 25,9% em relação ao 4T08 DESTAQUES DO PERÍODO São Bernardo do Campo, 30 de abril de 2009 A Fibam Cia Industrial (Bovespa: FBMC3;FBMC4), empresa líder na produção de fixadores especiais, anuncia os seus resultados financeiros relativos ao 1º trimestre

Leia mais

Resultados de 2003: Quarto Trimestre

Resultados de 2003: Quarto Trimestre Resultados de 2003: Quarto Trimestre (Rio de Janeiro - 13 de janeiro de 2004) As informações operacionais e financeiras da Aracruz (Bovespa: ARCZ6) são apresentadas com base em números consolidados e em

Leia mais

BEING GLOBAL RESULTADOS 1.º SEMESTRE 2013 AGOSTO DE 2013

BEING GLOBAL RESULTADOS 1.º SEMESTRE 2013 AGOSTO DE 2013 BEING GLOBAL RESULTADOS 1.º SEMESTRE 2013 AGOSTO DE 2013 ANÁLISE DE RESULTADOS ANEXOS DESTAQUES página 3 Proveitos Operacionais de 289 M, a registar uma subida de 18,5 % quando comparado com o ano anterior,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

SMILES S.A. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 1T de maio de 2016

SMILES S.A. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 1T de maio de 2016 SMILES S.A. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 1T16 05 de maio de 2016 Aviso Importante O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos

Leia mais

Cielo Day. CFO Clovis Poggetti Jr

Cielo Day. CFO Clovis Poggetti Jr Cielo Day CFO Clovis Poggetti Jr Aviso Legal A companhia faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração

Leia mais

SANTOS BRASIL ENCERRA O 4T15 COM CRESCIMENTO DE 13,0% NO TOTAL DE CONTÊINERES MOVIMENTADOS.

SANTOS BRASIL ENCERRA O 4T15 COM CRESCIMENTO DE 13,0% NO TOTAL DE CONTÊINERES MOVIMENTADOS. SANTOS BRASIL ENCERRA O 4T15 COM CRESCIMENTO DE 13,0% NO TOTAL DE CONTÊINERES MOVIMENTADOS. São Paulo, 09 de março de 2016 As informações trimestrais (ITR) e as demonstrações financeiras padronizadas (DFP)

Leia mais

FATO RELEVANTE CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: / COMPANHIA ABERTA

FATO RELEVANTE CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: / COMPANHIA ABERTA CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: 00.001.180/0001-26 COMPANHIA ABERTA Centrais Elétricas Brasileiras S/A ( Companhia ou Eletrobras ) esclarece aos seus acionistas e ao mercado em geral que, conforme

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 8 de Maio de 2015 Receita líquida avança 14,8%, com sólido crescimento orgânico Cnova Receita líquida: +14,8% Vendas mesmas lojas: +4,0% EBITDA (1) : R$ 1,057 bilhão Margem

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T08 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T08 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T08 (R$ milhões - USGAAP) Março, 2009 1 Agenda Companhia Drivers de crescimento Vantagens competitivas Crescimento com rentabilidade Resultados 2008 2 Plataforma integrada

Leia mais

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 AVISO LEGAL 2 Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros. Todas as declarações exceto aquelas relativas a fatos históricos contidas nesta apresentação

Leia mais

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013 1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN Janeiro a Março/2013 As informações financeiras e operacionais abaixo são apresentadas de acordo com a Legislação Societária e as comparações são referentes

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

AGENDA: Destaques Desempenho Operacional Mercado de Capitais Estratégias e Perspectivas

AGENDA: Destaques Desempenho Operacional Mercado de Capitais Estratégias e Perspectivas 0 Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

ÍNDICES DE RENTABILIDADE

ÍNDICES DE RENTABILIDADE ÍNDICES DE ENTABILIDADE MÚLTIPLA ESCOLHA 1. Uma firma apresentou a seguinte demonstração do resultado: DEMONSTAÇÃO DO ESULTADO 31.12 % 31.12 +1% nas vendas aument o % Vendas...... 2. 1 4. +1 ( )Custo das

Leia mais

Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 4: Balanço Patrimonial Prof.: Márcio Luiz Borinelli

Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 4: Balanço Patrimonial Prof.: Márcio Luiz Borinelli USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 4: Balanço Patrimonial Prof.: Márcio Luiz Borinelli 1 DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

Receita Bruta da Profarma atinge R$ 702,6 milhões no 1T08 com crescimento de 26,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Receita Bruta da Profarma atinge R$ 702,6 milhões no 1T08 com crescimento de 26,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Receita Bruta da Profarma atinge R$ 702,6 milhões no 1T08 com crescimento de 26,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Rio de Janeiro, 05 de Maio de 2008 A Profarma Distribuidora de Produtos

Leia mais

CNPJ: / DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCICIO COMPARADO DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMONIO LIQUIDO

CNPJ: / DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCICIO COMPARADO DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMONIO LIQUIDO Rio de Janeiro, 18 de fevereiro de 2016. DT-P 16-007. CONTÉM: PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES BALANÇO PATRIMONIAL COMPARADO DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCICIO COMPARADO DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2005

Apresentação dos Resultados 2005 Apresentação dos Resultados 2005 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Adoção das normas internacionais de contabilidade Diretoria de Finanças, Relações com Investidores e Controle Financeiro de Participações - DFN Superintendência de Controladoria CR 1 Convergência A convergência

Leia mais

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16).

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). 25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). COMENTÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO Informações Consolidadas

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE

NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE NOÇÕES BÁSICAS DE CONTABILIDADE Prof. Wanderson S. Paris, M.Eng. prof@cronosquality.com.br NOÇÕES DE CONTABILIDADE DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS X ATIVIDADES

Leia mais

Receita Líquida Consolidada (R$ Bilhões) Lucro Bruto Consolidado (R$ Milhões) EBITDA Consolidado (R$ Milhões)

Receita Líquida Consolidada (R$ Bilhões) Lucro Bruto Consolidado (R$ Milhões) EBITDA Consolidado (R$ Milhões) Destaques do 2T14 Receita Líquida Consolidada (R$ Bilhões) 32,1% 21.9 24.2 27.2 26.4 29.0 Receita líquida de R$29,0 bilhões, expansão de R$7,0 bilhões, ou 32,1% superior ao 2T13. 2T13 3T13 4T13 1T14 2T14

Leia mais

Resultados 4T14/2014

Resultados 4T14/2014 Resultados 4T14/2014 23 de março de 2015 Destaques do Período Estratégicos Novo Organograma Anúncio da Aquisição do controle da Abril Educação pela Thunnus Participações sociedade detida pelos Presidente

Leia mais

Informação financeira 2012

Informação financeira 2012 Informação financeira 2012 ALTRI, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Sede: Rua do General Norton de Matos, 68, r/c Porto NIF 507 172 086 Capital social: 25.641.459 Euros Informação financeira do ano de 2015 (não

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

RESULTADOS 2T15 AGOSTO DE 2015

RESULTADOS 2T15 AGOSTO DE 2015 RESULTADOS AGOSTO DE 2015 AVISO LEGAL Esta apresentação contêm declarações acerca de eventos futuros. Todas as declarações exceto aquelas relativas a fatos históricos contidas nesta apresentação são declarações

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ANUNCIA LANÇAMENTOS DE R$ 287,9 MILHÕES NO 2T11 COM CRESCIMENTO DE 28,9% EM RELAÇÃO AO 1T11.

COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ANUNCIA LANÇAMENTOS DE R$ 287,9 MILHÕES NO 2T11 COM CRESCIMENTO DE 28,9% EM RELAÇÃO AO 1T11. PRÉVIA OPERACIONAL Belo Horizonte, 05 de Julho de 2011 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares

Leia mais

Contabilidade Introdutória

Contabilidade Introdutória Contabilidade Introdutória Profa. Mara Jane Contrera Malacrida 1 Ö : Parte residual do patrimônio Riqueza líquida da empresa PL = Ativo Passivo Evidencia os recursos dos proprietários aplicados no empreendimento

Leia mais

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M.

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M. RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.340,9 5.128,2 4,1 4.923,2 8,5 15.574,6 14.326,7 8,7 Receita de serviço móvel 5.078,2 4.959,7 2,4 4.697,9 8,1 14.962,1 13.535,4 10,5 Franquia e utilização

Leia mais

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012 Relações com Investidores Áudio Conferência Maio 2012 1T12 Performance EBITDA Pro-forma 1T11 1T12 4T11 1T12 2.012 29,6% 2.012 29,6% 1.985 28,6% 1.838 26,4% EBITDA e Margem EBITDA apresentam crescimento

Leia mais

Resultados da Mills no 1T16

Resultados da Mills no 1T16 Resultados da Mills no 1T16 Relações com Investidores BM&FBOVESPA: MILS3 Rio de Janeiro, 5 de maio de 2016 - A Mills Estruturas e Serviços de Engenharia S.A. (Mills) apresenta os seus resultados referentes

Leia mais

São Paulo Têxtil 2014 Relatório Setorial da Indústria Têxtil e Confecção no Estado de São Paulo

São Paulo Têxtil 2014 Relatório Setorial da Indústria Têxtil e Confecção no Estado de São Paulo apresenta: São Paulo Têxtil 2014 Relatório Setorial da Indústria Têxtil e Confecção no Estado de São Paulo Dezembro de 2014 São Paulo Têxtil Polo Americana e Região Visão da Indústria Têxtil Paulista Principal

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

JBS reporta EBITDA de R$3,6 bilhões e receita líquida de R$38,9 bilhões no 2T15

JBS reporta EBITDA de R$3,6 bilhões e receita líquida de R$38,9 bilhões no 2T15 JBS S.A. (BVM&FBOVESPA: JBSS3; OTCQX: JBSAY) São Paulo, 13 de agosto de 2015 JBS reporta EBITDA de R$3,6 bilhões e receita líquida de R$38,9 bilhões no A JBS S.A. divulga seus resultados para o segundo

Leia mais

Relatório da Administração Engetec Participações em Engenharia e Construção S.A.

Relatório da Administração Engetec Participações em Engenharia e Construção S.A. Relatório da Administração Engetec Participações em Engenharia e Construção S.A. Senhores Acionistas, Em cumprimento as disposições estatuárias, submetemos a apreciação de V.Sas. o relatório anual da administração

Leia mais

Divulgação dos resultados do segundo trimestre de 2013

Divulgação dos resultados do segundo trimestre de 2013 Divulgação dos resultados do segundo trimestre de 2013 Fortaleza CE, 8 de agosto de 2013 A J.Macêdo S.A. ( J. Macêdo ), Companhia líder nacional nos mercados de farinhas para uso doméstico e misturas para

Leia mais

PRINCIPAIS INDICADORES FINANCEIROS E OPERACIONAIS

PRINCIPAIS INDICADORES FINANCEIROS E OPERACIONAIS Resultados positivos, apesar do período adverso Receita Líquida de R$ 194 milhões EBITDA Ajustado de R$ 143 milhões (Margem de 73,5%) Lucro Líquido Ajustado de R$ 102 milhões (Margem de 52,6%) Rio de Janeiro,

Leia mais

TRIMESTRE Variação (%) SEMESTRE Variação (%) (R$ mm) 2T15 2T14 2T15/2T14 1S15 1S14 1S15/1S14

TRIMESTRE Variação (%) SEMESTRE Variação (%) (R$ mm) 2T15 2T14 2T15/2T14 1S15 1S14 1S15/1S14 São Paulo, 14 de agosto de 2015 - A Somos Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 2º trimestre de 2015 (2T15) e do primeiro semestre de 2015 (1S15). Os comentários aqui incluídos

Leia mais

31/03/ /12/ /03/ /12/2015 Caixa e Bancos Aplicações financeiras

31/03/ /12/ /03/ /12/2015 Caixa e Bancos Aplicações financeiras NOTAS EXPLICATIVAS DAS INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS - ITR (Em milhares de Reais, exceto quando indicado de outra forma) 1 - CONTEXTO OPERACIONAL Bicicletas Monark S.A. ( Companhia ) tem por objetivo a industrialização

Leia mais

Contabilidade CRISE. Planejamento Financeiro 25/08/2016. Escreve, oficializa É a ciência que registra os

Contabilidade CRISE. Planejamento Financeiro 25/08/2016. Escreve, oficializa É a ciência que registra os CRISE Contabilidade Escreve, oficializa É a ciência que registra os Possuem denominador financeiro comum acontecimentos verificados no patrimônio de uma entidade Conjunto de bens direitos e obrigações

Leia mais

1 Instrumentos Elegíveis ao Capital Principal Reservas de lucros Outras receitas e outras reservas (97) - -

1 Instrumentos Elegíveis ao Capital Principal Reservas de lucros Outras receitas e outras reservas (97) - - Relatório de Gerenciamento de Riscos Pilar 3 Anexo 1 Composição do Patrimônio de Referência (PR) e informações sobre a adequação do PR Data base : 30/06/2015 Capital Principal: instrumentos e reservas

Leia mais

Cumprindo o prometido. 13 de setembro de 2013 Marcio Loures Penna

Cumprindo o prometido. 13 de setembro de 2013 Marcio Loures Penna Cumprindo o prometido 13 de setembro de 2013 Marcio Loures Penna Disclaimer 2 Esse comunicado pode incluir declarações que apresentem expectativas da Vale sobre eventos ou resultados futuros. Todas as

Leia mais

Configurações da DMPL. Tutorial do Usuário Configurações da DMPL

Configurações da DMPL. Tutorial do Usuário Configurações da DMPL Tutorial do Usuário Configurações da DMPL 1 Conteúdo Apresentação... 3 Configurações... 4 Tela de configuração... 4 Aba Reserva de Capital (1)... 6 Aba Reserva de Lucros (2)... 7 Aba Ajustes (3)... 8 Aba

Leia mais

JPP CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ /

JPP CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ / JPP CAPITAL FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ 17.216.625/0001-98 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR 2º SEMESTRE/2015 1 SUMÁRIO I. DESCRIÇÃO DOS NEGÓCIOS REALIZADOS NO SEMESTRE... 3 II. PROGRAMA DE INVESTIMENTOS

Leia mais

Resultados do ano de 2015

Resultados do ano de 2015 Resultados do ano de 2015 2 de março de 2016 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

ODONTOPREV S.A. Senhores Acionistas,

ODONTOPREV S.A. Senhores Acionistas, ODONTOPREV S.A. Proposta de Destinação do Lucro Líquido do Exercício - Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária a ser realizada em 25/03/2010 (art. 9º da Instrução CVM 481/2009) Senhores Acionistas,

Leia mais

RELATÓRIO DE REVISÃO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Acionistas e Administradores da IESA Projetos, Equipamentos e Montagens S.A. Araraquara - SP Introdução Revisamos as informações contábeis intermediárias,

Leia mais

ANÁLISE FINANCEIRA E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 2012 ---

ANÁLISE FINANCEIRA E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 2012 --- ANÁLISE FINANCEIRA E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 2012 --- SUMÁRIO Análise Financeira 04 Resumo Econômico-Financeiro 06 Resultados s 07 Resultado por Área de Negócio 08 Demonstração do Valor Adicionado 08 Liquidez

Leia mais

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito . UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2010 e 1 o semestre letivo de 2011 CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique se este

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO

COMUNICADO AO MERCADO VALE FERTILIZANTES COMUNICADO AO MERCADO VALE FERTILIZANTES S.A. Uberaba, 24 de março de 2011. A Vale Fertilizantes S.A. ( Companhia ) disponibiliza a seus acionistas, investidores e ao mercado, a complementação

Leia mais

Electro Aço Altona S/A 1T2013

Electro Aço Altona S/A 1T2013 Electro Aço Altona S/A 1T2013 Blumenau, 25 de abril de 2013. A Electro Aço Altona S/A (BM&FBovespa EALT3 e EALT4) Controlada pela Companhia Werner S/A Agricultura e Comércio, atua no seguimento de fundição

Leia mais

Goodwill, mais valia de ativos, menos valia de ativos e Ganho por compra vantajosa

Goodwill, mais valia de ativos, menos valia de ativos e Ganho por compra vantajosa Goodwill, mais valia de ativos, menos valia de ativos e Ganho por compra vantajosa Universidade Federal de Pernambuco Disciplina: Contabilidade Societária 2 Profa. Márcia Ferreira E- mail: marcia@ferreiraauditores.com.br

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre 2009

Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre 2009 Slide 1 Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre 2009 Conference Call 19/05/2009 16:00 horas Slide 2 Destaques do Trimestre Márcio Utsch CEO 1 OPERAÇÕES NACIONAIS Slide 3 1º TRIMESTRE 2009 Varejo de

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE / 2016

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE / 2016 SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE / 2016 Nome: Período: Data: Nota: OBSERVAÇÕES: A prova deverá ser feita com caneta esferográfica preta ou azul. A prova terá a duração de 01 (uma)

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016 Divulgação de Resultados 06 de Maio de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações

Leia mais

BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA NIRE nº CNPJ/MF nº /

BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA NIRE nº CNPJ/MF nº / ITENS DA PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DA BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. CONVOCADA PARA 29 DE ABRIL DE 2016 BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA NIRE

Leia mais

Regina Nunes Presidente

Regina Nunes Presidente Regina Nunes Presidente Standard & Poor s 55 (11) 5501-8936 regina_nunes@standardandpoors.com Agenda O que é um rating? O papel das agências de rating. Evolução do mercado global Contexto brasileiro O

Leia mais

Informe 05/2015 Balanço das Exportações e Importações Brasileiras de Roc has Ornamentais

Informe 05/2015 Balanço das Exportações e Importações Brasileiras de Roc has Ornamentais Informe 5/215 Balanço das Exportações e Importações Brasileiras de Rochas Ornamentais de Janeiro a Maio de 215 Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais ABIROCHAS Avenida Paulista, 1313

Leia mais

Demonstrações Contábeis Decifradas

Demonstrações Contábeis Decifradas RESOLUÇÃO A resolução dessa questão demanda a capacidade de classificação dos elementos patrimoniais e do resultado como componentes dos fluxos de caixa das atividades operacionais, de investimento e de

Leia mais

PROPOSTA PARA DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NOS TERMOS DO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO N o CVM 481/09

PROPOSTA PARA DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NOS TERMOS DO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO N o CVM 481/09 PROPOSTA PARA DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NOS TERMOS DO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO N o CVM 481/09 1. Informar o lucro líquido do exercício O lucro líquido do exercício de 2012 foi de R$ 1.448.887.908,07

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T15 e 9M15

Apresentação de Resultados 3T15 e 9M15 Apresentação de Resultados 3T15 e 9M15 Ressalvas sobre os resultados As informações financeiras consolidadas consideram a proporção da participação da Triunfo em cada controlada. Os números operacionais

Leia mais

Lucro Fiscal x Lucro Societário

Lucro Fiscal x Lucro Societário Lei n o 12. 973/14 Lucro Fiscal x Lucro Societário Alterações Práticas na Atividade Comercial Prof. Eric Aversari Martins Um Breve Histórico 11.638/07 Harmonização das Normas Contábeis 11.941/09 Instituição

Leia mais

IFRS International Financial Reporting Standards: as novas Práticas Contábeis e a Solução ERP Radar Empresarial.

IFRS International Financial Reporting Standards: as novas Práticas Contábeis e a Solução ERP Radar Empresarial. IFRS International Financial Reporting Standards: as novas Práticas Contábeis e a Solução ERP Radar Empresarial. O que é o IFRS? IFRS International Financial Reporting Standards São Normas Internacionais

Leia mais

EBITDA da Algar Telecom registra crescimento de 15,8% no 3T12, com margem de 26,1%

EBITDA da Algar Telecom registra crescimento de 15,8% no 3T12, com margem de 26,1% EBITDA da Algar Telecom registra crescimento de 15,8% no 3T12, com margem de 26,1% DESTAQUES DO 3T12 Adição de 316 mil UGRs, totalizando mais de 2,2 milhões de unidades, crescimento de 16,5% em relação

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ

CAPACITAÇÃO EM CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO CEARÁ Pacote I Área Nº Disciplinas Horas / Aula 03 Procedimentos Contábeis Orçamentários I PCO I Procedimentos Contábeis Orçamentários II PCO II 05 Procedimentos Contábeis Patrimoniais I PCP I Fundamentos 06

Leia mais

Comentários de DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS - 4T12 E 2012

Comentários de DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS - 4T12 E 2012 São Paulo, 13 de maio de 2013 A Unidas S.A. anuncia os seus resultados do quarto trimestre de 2012 (4T12) e do ano de 2012. As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando

Leia mais

3º Trimestre de 2008. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008. Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR) 2T08

3º Trimestre de 2008. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008. Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR) 2T08 3º Trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 La Vita (Vitoria-ES) 2T08 Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) 1T08 Viver Caxias (Caxias do Sul-RS) 3T08 Viver São J. Pinhais (São

Leia mais

V I G O R A L I M E N T O S 4T15

V I G O R A L I M E N T O S 4T15 V I G O R A L I M E N T O S 4T15 São Paulo, 15 de março de 2016 - A Vigor Alimentos S.A. (BM&FBovespa: VIGR3) divulga seus resultados do quarto trimestre de 2015 (4T15) e ano de 2015. As informações completas

Leia mais

José Eduardo Mendonça S. Gonçalves

José Eduardo Mendonça S. Gonçalves José Eduardo Mendonça S. Gonçalves Contribuições dos sócios 51 Capital * Nota: para efeitos de apresentação no Balanço, deduzir saldos das contas: 261 Accionistas c/ subscrição * 262 Quotas não liberadas

Leia mais

TOTVS DIVULGA RECEITA E EBITDA RECORDES NOS 9M06 E 370 NOVOS CLIENTES EM 3T06

TOTVS DIVULGA RECEITA E EBITDA RECORDES NOS 9M06 E 370 NOVOS CLIENTES EM 3T06 TOTVS DIVULGA RECEITA E EBITDA RECORDES NOS 9M06 E 370 NOVOS CLIENTES EM 3T06 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T06 São Paulo, 9 de Novembro de 2006 - A TOTVS S.A. (BOVESPA: TOTS3), líder na atividade de desenvolvimento

Leia mais

Petrobras e Tereos Internacional: Um passo transformador para a indústria brasileira de cana-de-açúcar e biocombustíveis.

Petrobras e Tereos Internacional: Um passo transformador para a indústria brasileira de cana-de-açúcar e biocombustíveis. : Um passo transformador para a indústria brasileira de cana-de-açúcar e biocombustíveis 3 de maio de 2010 1 Aviso Importante O Grupo Tereos anunciou que considera uma oferta primária de ações da Tereos

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

Nº 008 Agosto/ Nº de usinas

Nº 008 Agosto/ Nº de usinas Nº de usinas www.cceorg.br Nº 008 Agosto/2014 0 10 00 08 Introdução O Boletim de Operação das Usinas é uma publicação mensal que apresenta os principais resultados consolidados de capacidade, garantia

Leia mais