PRODUTOS üformas Cilíndricas Diâmetros Internos De 150 a 1000 mm Variações dos diâmetros De 50 em 50 mm Comprimento padrão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRODUTOS üformas Cilíndricas Diâmetros Internos De 150 a 1000 mm Variações dos diâmetros De 50 em 50 mm Comprimento padrão"

Transcrição

1

2 EMPRESA Iniciou suas atividades há 45 anos sob o comando do Sr Diogo Munhoz Bueno e hoje, através de uma equipe qualificada, a Dimibu / Concretubo se especializou na produção de tubos de papelão para construção civil. Além do Concretubo Multiforma, a Dimibu produz tubos especiais para aplicações em outros segmentos de mercado. A constante renovação do processo de produção qualifica e reforça a filosofia de acompanhar as mudanças do mercado. Nossa equipe técnica-comercial garante a máxima performance, produtividade e economia com pronto atendimento desde o início dos contatos até a entrega do produto. COMPANY Started operations 45 years ago under the leadership of Mr. Diogo Munhoz Bueno. Today with a qualified team Dimibu/Concretubo is specialized in making cardboard tubing for civil engineering. Besides Concretubo Multiforma, Dimibu produces special tubing for other markets. Constant improvement of manufacturing process reinforces the company s motto of keeping up with market changes. Our technical-commercial team guarantees maximum performance, productivity and savings with fast attention since the initial contact till product delivery. MISSÃO Desenvolver com excelência, soluções em papelão para as várias aplicações na Engenharia Civil e no segmento de embalagens, combinando tecnologia, compromisso e qualidade através de atendimento diferenciado aos seus clientes. MISSION Developing cardboard solutions with excellence for various uses in Civil Engineering and packaging, combining technology, commitment and quality with a dedicated service to its clients. VISÃO Vanguarda na criação de soluções para Engenharia Civil, a Dimibu tem por objetivo ser uma empresa de excelência na fabricação de produtos para o mercado da construção, visando atender de forma personalizada as necessidades de seus clientes e parceiros através de canais específicos de distribuição em todo território nacional. VISION First line in the creation of Civil Engineering solutions, Dimibu has as its goal being a Company that excels in the manufacture of products for the building industry, giving personalized attention to the needs of its clients and partners through specific distribution channels. LOCALIZAÇÃO Situada na região leste da cidade de São Paulo a Dimibu / Concretubo, possui em sua sede própria de m², toda infraestrutura necessária para o bom funcionamento de seus maquinários, dispondo de frota própria para a entrega de seus produtos em toda a grande São Paulo. LOCATION Located in the eastern part of the city of São Paulo, Dimibu/Concretubo has in its own premises of 5,000 sqm (about 50,000 sqft) all the infrastructure for manufacturing its products.

3 CONSULTORIA TÉCNICA Uma equipe técnica está à sua disposição on line podendo orienta-lo sobre o produto adequado para a sua necessidade, otimizando a relação custo/benefício do seu empreendimento. TECHNICAL ADVISING A technical advising team is always on line, being able to advise clients about the best product for their needs, optimizing the cost/benefit ratio.

4 PRODUTOS üformas Cilíndricas Diâmetros Internos De 150 a 1000 mm Variações dos diâmetros De 50 em 50 mm Comprimento padrão 3000 / 3500 / 4000 / 4500 mm Variações dos comprimentos Até 7500 mm (Sob consulta) PRODUCTS ücylindrical forms Diameters from 150 to 1000 mm Diameter intervals 50 mm Standard lengths 3000 / 3500 / 4000 / 4500 mm Length intervals up to 7500 mm ( on request) MULTIFORMA üformas Quadradas / Retangulares / Hexagonais Faces internas Mais de 45 formatos (Sob consulta) Comprimento padrão 3000 mm Variações dos comprimentos Até 4500 mm (Sob consulta) üsquare / rectangular / hexagonal forms Internal sides more than 45 shapes on request Standard length 3000 mm Length intervals up to 4500 mm, on request INÚMERAS APLICAÇÕES ümoldes para colunas de diversos formatos üexecução de tetos abobadados üformação de peças pré-moldadas (estacas, lajes, pilares, placas ) üforma perdida para tabuleiro de pontes üenchimento de rebaixos de lajes üformas para luminárias embutidas em lajes üexecução de vãos e balanços elevados e formação de vazios maiores üfinalidade decorativa em lajes tipo grelha üeliminação de rebaixos na passagem de canalização hidráulica MANY USES üforms for columns in several shapes übuilding of vaulted ceilings ümanufacture of pre-cast parts (pilings, decks, pillars, slabs) ülost forms for bridge decks üfilling of waffle type decks üforms for lighting fixtures embedded in decks übuilding of large vaults, cantilevers and beams üdecorative purposes in grill-type decks ücovering of piping channels VERSATILIDADE Atende ás especificações de qualquer projeto arquitetônico, adaptando-se aos ângulos e encaixes com facilidade. O Concretubo-Multiforma oferece diversificação e qualidade permitindo o desenvolvimento de vários moldes conforme especificações de seu projeto. VERSATILITY Fulfils the specifications of any architectural project, adapting easily to angles and joints. Concretubo-Multiforma products offer diversification and quality, allowing the development of several forms according to project specs.

5 FORMAS DE PAPELÃO PARA PILARES EM VÁRIOS FORMATOS: CARDBOARD MOLDS FOR PILLARS IN SEVERAL SHAPES QUADRADA (ângulos vivos) SQUARE (sharp edges) QUADRADA (ângulos arredondados) SQUARE (round edges) RETANGULAR (ângulos vivos) RECTANGULAR (sharp edges) RETANGULAR (ângulos arredondados) RECTANGULAR (round edges) PERFIL HEXAGONAL HEXAGONAL PROFILE Ø (mm) de 206 à 423 I (cm) 15x15 30x30 Ø (mm) de 260 à 800 I (cm) 20x20 60x60 Ø (mm) de 250 à 650 IxL (cm) 15x20 25x60 Ø (mm) de 300 à 500 IxL (cm) 20x25 30x50 Ø (mm) de 550 à 700 IxL (cm) 35x50 50x60 Ø (mm) de 200 à 800 C (cm) F (mm) de 173 à 693 Garantia de um excelente resultado Excellent results guaranteed

6 PRINCIPAIS CLIENTES CONSTRUTORAS REVENDAS MAIN CLIENTS BUILDING COMPANIES AND RESELLERS Racional JHSF Chemin Construcap Techint Miramar MPD Grupo Cyrela Tecnisa Moura Schwark Telha Norte Pro Atlanta AF Fortaleza Riaço Lázaro Murbach Padovani Mariante Nicom Palermo Silu Gandhi MULTIFORMA Ind. de Artefatos de Papel e Papelão Ltda. Rua Bento Quirino, Vila Talarico - CEP São Paulo - SP - Brasil Fones: (11) / Fax: (11) Home Page:

7 CARACTERÍSTICAS Tubos cilíndricos de papelão com revestimento externo impermeabilizado e internamente com papel especial não aderente ao concreto. Dimensões: São fornecidos nos tamanhos exatos de aplicação, não apresentando portanto quaisquer perdas. Alturas: conforme necessidade da concretagem, na máxima de mts. Maiores alturas concretadas sem dificuldades em etapas sucessivas. Diâmetros: Variáveis de 0,10m até o máximo de 1,00m. VANTAGENS Facilidade de estocagem e transporte na obra. A forma é extremamente leve. Rapidez: A forma já está pronta para uso, não havendo necessidade de qualquer contraventamento ou adaptação. Montagem: Extremamente simples a forma é colocada na ocasião da concretagem vestindo a ferragem. Facilidade de adaptação em vigas. São abertas com serrote as aberturas correspondentes às vigas. Não absorve a água do concreto e nem deixa escapar a nata do concreto como na forma tradicional de madeira. Desforma facilmente executada cortando-se a parede de papelão. Superfície da coluna após desforma permitindo concreto aparente. Como não houve escoamento da nata pela parede da forma, a textura da superfície é compacta, o que dispensa qualquer revestimento posterior. Formato cilíndrico perfeito. Pequenas deformações por estocagem dos tubos desaparecem durante a concretagem devido ao empuxo do concreto levando a forma para o formato final circular. Custo mínimo Não tendo perdas e nem mão de obra, não necessitando de contraventamento, a forma substitui a forma quadrada com vantagem e economia. CONSULTE NOSSO DEPARTAMENTO TÉCNICO

8 INSTRUÇÕES PARA APLICAÇÃO 1 Executa-se somente a cambota na base da coluna para sua perfeita fixação. Coloca-se a ferragem da coluna pela abertura da forma superior. Deve-se verificar que a armação dos estribos não deixe pontas de arame externamente. Para perfeito acabamento externo da coluna deverão ser amarradas pastilhas de concreto ou espaçadores plásticos à ferragem. 2 Coloca-se a forma Concretubo verticalmente, vestindo a ferragem encaixando-a na cambota da base. O Concretubo deve ser colocado se possível na hora da concretagem; caso contrário as bocas da forma devem ser protegidas com lona plástica. 3 Por serem auto-portantes as formas Concretubo não necessitam de escoramento longitudinal. Utilizar pontalentes para fixação no topo, base e centro de forma, conforme demonstra a figura. 4 Concreta-se em uma só etapa, executando a vibração com mangotes no sistema tradicional. Pequenas deformações do Concretubo são levadas a forma original pelo próprio empuxo do concreto. 5 Desforma - Após a cura do concreto, corta-se a parede de papelão da forma com serra elétrica, ou outro instrumento cortante, descolando-a facilmente do concreto. A superfície da coluna é perfeita permitindo o acabamento em concreto aparente.

9 TUBOS DE PAPELÃO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL Características Técnicas Teste elaborado pelo IPT ( Instituto de Pesquisas Tecnológicas ) Conforme Certificado Nº IPT:26853 (RBC-010) A Pressão 2 Bar (2 Kg/cm²) Concretubo DIMIBU Armação Diâmetro do tubo (cm) metros comprimento máximo Concretubo Resistência do tubo em Kg/f Cálculo da carga máxima Ex. Ø int. 1m = 100cm comprimento m. r². comprimento. peso de 1m³ de concreto (0,5)². 3, = Cálculo do teste hidrostático F = P. A ( Força = Pressão. Área ) F = P. r². = 2. 50². 3,14 = Ø metro Força 15 Ton Visto por A Diâmetro interno (cm) Espessura da parede (mm) Comprimento Máximo (m) Peso por metro linear (Kg) 1,00 1,40 1,85 2,40 3,20 3,80 4,40 4,95 6,50 7,15 8,35 9,20 10,70 11,50 13,00 13,80 14,60 15,40 18,00 Carga total no tubo (Kg/f) * * * * * Resistência do tubo em Kg/f * Tubos testados pelo IPT: (RBC-010) Os resultados foram 16% superior a capacidade de carga pré estabelecida para teste. Veja o gráfico ao lado: Diâmetro do tubo

10 TUBOS DE PAPELÃO PARA CAIXÃO PERDIDO SOLUÇÃO IDEAL PARA LAJES Os Concretubos são a melhor solução para projetos estruturais cujo objetivo é criar vazios nas peças de concreto com a finalidade de aliviar cargas e economizar materiais enchimento de lajes nervuradas ou maciças, vazios circulares, grelhas, tabuleiros de pontes etc. MULTIFORMA TECNOLOGIA DIMIBU Os Concretubos não reagem com concreto porque são quimicamente inertes. Apresentam resistência mecânica de acordo com sua utilização e não absorvem a água do concreto, suportando o manuseio e relativa estocagem na chuva. Oferecem ainda grande rigidez, alto índice de isolamento térmico e acústico, dado os vazios criados dentro da laje. LAJES MACIÇAS E NERVURADAS O Concretubo, por sua economia, segurança e versatilidade, pode ser aplicado no enchimento de lajes maciças ou nervuradas, industriais, residenciais e particulamente, em obras públicas - eletrodutos, aquadutos e passagens de instalações elétricas e hidráulicas. EFICIÊNCIA E QUALIDADE Leves e de fácil colocação, os concretubos, tubos cilíndricos rígidos, de papelão impermeabilizado, com tampas nas extremidades, são fáceis de transportar, estocar, manusear e aplicar. Os concretubos são fabricados dentro das especificações do projeto estrutural e entregues nos diâmetros e comprimentos exigidos. INSTRUÇÕES PARA APLICAÇÃO DE S EM LAJES NERVURADAS 1 Estocagem dos Concretubos A estocagem dos Concretubos é facilitada pelo seu peso e dimensões. Devem ser estocados em local abrigado, afim de evitar desnecessária umidade, quando expostos no canteiro de obras. Os Concretubos devem ser empilhados, de preferência separados conforme seu comprimento, até a altura aproximada de 2 m, a fim de evitar possível deformação dos mesmos nas camadas inferiores e facilitar a posterior utilização. 2 Montagem O uso dos Concretubos simplifica a execução da forma e ferragens das lajes. A forma lisa recebe diretamente a armação distribuída na capa inferior da laje. Normalmente não são armadas nervuras ou capa superior. 3 Colocação dos eletrodutos A execução da tubulação elétrica sobre a ferragem da laje na capa inferior Se possível, os eletrodutos devem acompanhar as nervuras de travamento e a direção dos Concretubos, ou então devem ser colocados perpendicularmente a estes, a fi de facilitar o corte e a adaptação dos Concretubos sobre os eletrodutos. 4 Colocação da tubulação hidráulica A execução da tubulação hidráulica possibilita diversas soluções. Conforme a definição do projeto de hidráulica, o Concretubo poderá ser usado para passagem de canalizações, eliminando-se desse modo os rebaixos das lajes e o problema de enchimento dos mesmos. Neste caso, ou nos casos de lajes de cobertura e de jardins, deve-se amarrar, sob os Concretubos sujeitos a possível infiltração de água, uma pastilha de madeira de 3x3 cm e espessura igual à da capa inferior. Assim, ela funcionará como escape de água que possa eventualmente penetrar. (vide detalhe). 5 Colocação dos Concretubos Na colocação dos Concretubos sobre a armação e tubulações, os espaçamentos entre eles são dados por réguas, fáceis de serem montadas e reaproveitadas. 6 Adaptação dos Concretubos Os Concretubos são facilmente adaptáveis às necessidades da obra. Podem ser cortados com serrotes, para montagem sobre eletrodutos, ou encurtados para adaptação à forma, sendo as tampas facilmentes recolocadas. No caso da colocação sobre caixas elétricas, os cortes devem ser feitos com talhadeira. 7 Montagem da régua de separação Os Concretubos são mantidos na posição pela régua, que deve ser amarrada à forma, neutralizando o empuxo do concreto. A espessura da régua corresponde à camada de concreto sobre o tubo, possibilitando o nivelamento superior. Os espaços entre os Concretubos são obtidos por sarrafos com a largura da nervura e altura até o meio do tubo. Aproximadamente a cada, metro esse sarrafo apóia-se na forma, somando, com a espessura da régua, a altura total da laje. Com isso, todo o peso da carga sobre as passarelas será descarregado diretamente na forma. 8 Proteção e início de concretagem Durante a montagem dos Concretubos e concretagem, as passarelas de compensado de madeira, apoiadas nas réguas evitam danos desnecessários aos Concretubos. A concretagem deve ser iniciada pelas vigas e nervuras de travamento, ancorado desse modo as extremidades dos Concretubos. 9 Concretagem A utilização dos Concretubos torna a concretagem mais simples, no método normal (pedra 1 e 2 slump 4/6). O concreto deve ser espalhado com enxada, preenchendo inicialmente as nervuras entre tubos. O vibrador (recomende-se 36mm) será usado verticalmente a cada 0,50 m, e introduzindo até tocar a forma, a fim de garantir a penetração do concreto sob os tubos. Em seguida completa-se a concretagem e vibração sobre os tubos, nivelando pela régua. Deste modo, ao desformar, obtem-se um teto perfeitamente acabado. 10 Acabamento Após o acabamento do concreto, corta-se o arame que mantém a régua, retirando-se a mesma para posterior, aproveitamento. Os vazios deixados pela régua no concreto são então preenchidos e desempenados, tendo-se a laje perfeitamente acabada.

Forma - é o conjunto de componentes provisórios cujas funções principais são:

Forma - é o conjunto de componentes provisórios cujas funções principais são: Forma - é o conjunto de componentes provisórios cujas funções principais são: Molde: dar forma ao concreto; Conter o concreto fresco e sustentá-lo até que atinja resistência mecânica necessária; Proporcionar

Leia mais

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM Com mais de 20 anos de experiência na fabricação de pré-moldados em concreto, a PRÉ-MOLD RM oferece uma completa linha de produtos para a dinamização de sua obra. Laje Treliçada Bidirecional; Laje Treliçada

Leia mais

O www.romanio.com.br

O www.romanio.com.br O www.romanio.com.br VANTAGENS Dispensa usos de compensados Simplifica armação Otimiza vãos de maior envergadura Racionaliza a construção de lajes nervuradas Nervuras tecnicamente dimensionadas, de modo

Leia mais

TUPER ESTRUTURAS PLANAS

TUPER ESTRUTURAS PLANAS TUPER ESTRUTURAS PLANAS LAJES MISTAS NERVURADAS MANUAL DE MONTAGEM ÍNDICE 1. Tuper lajes mistas nervuradas... 03 2. Especificações... 04 3. Escoramento... 05 4. Armadura de distribuição... 07 5. Nervuras

Leia mais

Vigas rígidas e resistentes, mais leves e fáceis de instalar.

Vigas rígidas e resistentes, mais leves e fáceis de instalar. Catálogo Técnico Vigas rígidas e resistentes, mais leves e fáceis de instalar. m a t e r i a i s p a r a c o n s t r u i r m e l h o r. Vigas leves de alta resistência A LP Viga I é fabricada pela LP Building

Leia mais

O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 70 a 250 cm. www.geoplast.it

O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 70 a 250 cm. www.geoplast.it O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 7 a 25 cm www.geoplast.it ELEVETOR O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 7 a 25 cm ELEVETOR é um sistema combinado de cofragens

Leia mais

O que é EPS? Classe F-L: 11,0 Kg/m 3 Material retardante à chama classe F Condutividade Térmica: λ do EPS: 0,028 kcal/h.m².ºc

O que é EPS? Classe F-L: 11,0 Kg/m 3 Material retardante à chama classe F Condutividade Térmica: λ do EPS: 0,028 kcal/h.m².ºc LAJES COM E.P.S. O que é EPS? O EPS (Poliestireno Expandido) é comumente chamado de Isopor. É um produto derivado do petróleo. A matéria-prima, poliestireno, sofre uma expansão de 20 a 50 vezes, resultando

Leia mais

TUPER ESTRUTURAS PLANAS

TUPER ESTRUTURAS PLANAS TUPER ESTRUTURAS PLANAS LAJES MISTAS NERVURADAS Soluções estruturais e arquitetônicas em aço, traduzidas em estética, conforto, segurança e versatilidade. Catálogo destinado ao pré-lançamento do produto.

Leia mais

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/109/imprime31727.asp Figura 1 - Corte representativo dos sistemas de lajes treliçadas

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/109/imprime31727.asp Figura 1 - Corte representativo dos sistemas de lajes treliçadas 1 de 9 01/11/2010 23:26 Como construir Lajes com EPS Figura 1 - Corte representativo dos sistemas de lajes treliçadas As lajes tipo volterrana abriram a trajetória das lajes pré-moldadas. O sistema utiliza

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 50 O VERGALHÃO QUE ESTÁ POR DENTRO DAS MELHORES OBRAS VERGALHÃO GERDAU GG 50 Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o Vergalhão Gerdau GG 50. Produzido

Leia mais

Transformando aço, conduzindo soluções. Lajes Mistas Nervuradas

Transformando aço, conduzindo soluções. Lajes Mistas Nervuradas Transformando aço, conduzindo soluções. Lajes Mistas Nervuradas TUPER Mais de 40 anos transformando aço e conduzindo soluções. A Tuper tem alta capacidade de transformar o aço em soluções para inúmeras

Leia mais

FORMAS E ARMADURAS. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

FORMAS E ARMADURAS. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FORMAS E ARMADURAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I CUSTO DA ESTRUTURA (SABBATINI, et. Al, 2007) CUSTO DOS ELEMENTOS DA ESTRUTURA

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP LAJE As lajes são estruturas destinadas a servirem de cobertura, forro ou piso para uma edificação.

Leia mais

37 3231-4615 www.levemix.com.br GUIA PRÁTICO DE APLICAÇÃO CONCRETO LEVEMIX. Comodidade, economia e segurança ENTREGAMOS PEQUENAS QUANTIDADES

37 3231-4615 www.levemix.com.br GUIA PRÁTICO DE APLICAÇÃO CONCRETO LEVEMIX. Comodidade, economia e segurança ENTREGAMOS PEQUENAS QUANTIDADES GUIA PRÁTICO DE APLICAÇÃO CONCRETO LEVEMIX Orientações técnicas para o melhor desempenho de sua concretagem Comodidade, economia e segurança 37 3231-4615 www.levemix.com.br ENTREGAMOS PEQUENAS QUANTIDADES

Leia mais

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura.

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Definições Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Armadura: associação das diversas peças de aço, formando um conjunto para um

Leia mais

CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA

CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA OBRA: ESTAÇÃO ELEVATÓRIA PARA ESGOTO - ELEVADO RESPONSÁVEL TÉCNICO: ENG. CIVIL MICHAEL MALLMANN MUNICÍPIO: ITAPIRANGA - SC 1 INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Deve ser

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 50 O VERGALHÃO QUE ESTÁ POR DENTRO DAS MELHORES OBRAS VERGALHÃO GG 50 GERDAU Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o vergalhão GG 50. Produzido rigorosamente

Leia mais

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas

Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas Belo Horizonte - MG Interface com Outros Subsistemas 10/11/2009 Carlos Chaves LOG Gestão de Obras Subsistemas Deus está nos detalhes Mies van der Rohe (1886-1969) Pavilhão alemão na Feira Mundial de Barcelona

Leia mais

escoramento Sistema de Escoramento Metálico

escoramento Sistema de Escoramento Metálico escoramento Sistema de Escoramento Metálico para Lajes e Vigas. ESCORAMENTO MECAN Pela facilidade de montagem e versatilidade, o escoramento metálico Mecan permite montagens rápidas e seguras, proporcionando

Leia mais

Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Sapatas Arame Recozido Trançadinho Pregos Treliças Nervuradas Murfor Produto Belgo Bekaert Malhas Top Telas Soldadas

Leia mais

Elementos Estruturais de Concreto Armado

Elementos Estruturais de Concreto Armado UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas Elementos Estruturais de Concreto Armado Prof. Guilherme Brigolini Elementos Estruturais de Concreto Armado Produção de

Leia mais

Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS

Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS Catálogo de Produtos FÔRMAS E ESCORAMENTOS Apresentação Fundada no ano de 000, a TEMEC Terra Maquinas Equipamentos e Construções LTDA é uma empresa especializada no fornecimento de Soluções de Engenharia

Leia mais

Sistemas da edificação Aplicação na prática

Sistemas da edificação Aplicação na prática 1 Vantagens Alta produtividade com equipes otimizadas; Redução de desperdícios e obra limpa; Facilidade de gerenciamento e padronização da obra; Elevada durabilidade; Facilidade de limpeza e conservação;

Leia mais

O SISTEMA SF DE FÔRMAS

O SISTEMA SF DE FÔRMAS O SISTEMA SF DE FÔRMAS O SISTEMA SF Fôrmas: A SF Fôrmas utiliza o sistema construtivo de paredes de concreto desde a década de 1970, quando trouxe para o Brasil as primeiras fôrmas de alumínio. O SISTEMA

Leia mais

CURSO TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES. Disciplina: Projeto de Estruturas. Aula 7

CURSO TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES. Disciplina: Projeto de Estruturas. Aula 7 AULA 7 CURSO TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES Disciplina: Projeto de Estruturas CLASSIFICAÇÃO DAS ARMADURAS 1 CLASSIFICAÇÃO DAS ARMADURAS ALOJAMENTO DAS ARMADURAS Armadura longitudinal (normal/flexão/torção) Armadura

Leia mais

Espaçador treliçado ABTC para apoio de ferragem negativa. Espaçador DL para tela soldada. Barras de transferência

Espaçador treliçado ABTC para apoio de ferragem negativa. Espaçador DL para tela soldada. Barras de transferência Espaçador treliçado ABTC para apoio de ferragem negativa O espaçador treliçado ABTC da FAMETH é utilizado em lajes, substituindo o ultrapassado caranguejo. É indicado para apoiar e manter o correto posicionamento

Leia mais

- Generalidades sobre laje Treliça

- Generalidades sobre laje Treliça - Generalidades sobre laje Treliça São lajes em que a viga pré-fabricada é constituída de armadura em forma de treliça, e após concretada, promove uma perfeita solidarização, tendo ainda a possibilidade

Leia mais

ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO

ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO ESTRUTURAS MISTAS: AÇO - CONCRETO INTRODUÇÃO As estruturas mistas podem ser constituídas, de um modo geral, de concreto-madeira, concretoaço ou aço-madeira. Um sistema de ligação entre os dois materiais

Leia mais

MANUAL DE COLOCAÇÃO. Laje Treliça. Resumo Esse material tem como objetivo auxiliar no dimensionamento, montagem e concretagem da laje.

MANUAL DE COLOCAÇÃO. Laje Treliça. Resumo Esse material tem como objetivo auxiliar no dimensionamento, montagem e concretagem da laje. MANUAL DE COLOCAÇÃO Laje Treliça Resumo Esse material tem como objetivo auxiliar no dimensionamento, montagem e concretagem da laje. Henrique. [Endereço de email] 1 VANTAGENS LAJE TRELIÇA É capaz de vencer

Leia mais

SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO

SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO SISTEMAS CONSTRUTIVOS Professor:Regialdo BLOCOS DE CONCRETO CONCEITO A tipologia estrutural composta por bloco, argamassa, graute e eventualmente armações é responsável por um dos sistemas construtivos

Leia mais

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES EMPRESA A Axxio Pisos Elevados é fruto do compromisso permanente com a satisfação de seus clientes e com a inovação, com o intuito de que todos os serviços sejam cada vez mais ágeis e seguros. Para isso

Leia mais

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade.

Alta produtividade Engenharia de projetos Qualidade assegurada Certificado de garantia Sigilo industrial Confiabilidade. Há mais de 46 anos no mercado, a Torcisão iniciou as suas atividades no desenvolvimento de materiais para a indústria automobilística, que exigia um rigoroso controle técnico e de qualidade. Em 2006, com

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES PROJETO ARQUITETÔNICO ADEQUAÇÕES NA USINA DE TRIAGEM DE LIXO LINHA ESTRELA MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO: USINA DE TRIAGEM DE LIXO A presente especificação tem por objetivo estabelecer

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

3. PROCESSO PRODUTIVO, TRANSPORTE,

3. PROCESSO PRODUTIVO, TRANSPORTE, 3. PROCESSO PRODUTIVO, TRANSPORTE, MONTAGEM E CONCRETAGEM CAPÍTULO 3 3.1. O PROCESSO PRODUTIVO DAS VIGOTAS TRELIÇADAS O processo produtivo de lajes formadas por vigotas treliçadas é considerado relativamente

Leia mais

Apostila Técnica de Porta Paletes 01 de 31

Apostila Técnica de Porta Paletes 01 de 31 Apostila Técnica de Porta Paletes 01 de 31 Tópicos Abordados: 1. Porta Paletes Seletivo (convencional): 2. Drive-in / Drive-thru Objetivo: Esta apostila tem como principal objetivo ampliar o conhecimento

Leia mais

PES - Procedimento de Execução de Serviço

PES - Procedimento de Execução de Serviço Revisão: 00 Folha: 1 de 6 1. EQUIPAMENTOS Esquadro metálico; Martelo e serrote; Serra de bancada com proteção para disco; Corda; Chave de dobra; Policorte; Tesoura manual; Gerica e carrinho de mão; Desempenadeira

Leia mais

Construção de Edifícios I Instalações Sanitárias 21-26

Construção de Edifícios I Instalações Sanitárias 21-26 Construção de Edifícios I Instalações Sanitárias 21-26 6. FOSSAS SEPTICAS As fossas sépticas são unidades de tratamento primário de esgotos domésticos que detêm os despejos por um período que permita a

Leia mais

Apostila técnica de Mezanino 01 de 09

Apostila técnica de Mezanino 01 de 09 Apostila técnica de Mezanino 01 de 09 OBJETIVO: Esta apostila tem como principal objetivo ampliar o conhecimento básico sobre Mezaninos, seus acessórios e suas aplicações, facilitando a solução de problemas

Leia mais

Telas Soldadas Nervuradas

Telas Soldadas Nervuradas Telas Soldadas Nervuradas Telas Soldadas Nervuradas Belgo Qualidade As Telas Soldadas de Aço Nervurado são armaduras pré-fabricadas constituídas por fios de aço Belgo 60 Nervurado, longitudinais e transversais,

Leia mais

Características do Sistema

Características do Sistema Características do Sistema O emprego de lajes nervuradas nas estruturas de concreto armado ganhou grande impulso nos últimos anos graças às modernas técnicas construtivas e ao desenvolvimento dos programas

Leia mais

Sistema de Paredes Trevo Drywall

Sistema de Paredes Trevo Drywall Nome da Empresa DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Endereço Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte - CE - CEP 63045-010 Tel/Fax (88)

Leia mais

2. Sistema de fôrmas plásticas para lajes

2. Sistema de fôrmas plásticas para lajes Sistema de fôrmas plásticas para lajes de concreto JOAQUIM ANTÔNIO CARACAS NOGUEIRA Diretor de Engenharia VALTER DE OLIVEIRA BASTOS FILHO Engenheiro Civil CARLOS ALBERTO IBIAPINA E SILVA FILHO Engenheiro

Leia mais

Caixa de Inspeção e Interligação

Caixa de Inspeção e Interligação Caixa de Inspeção e Interligação Localização no website Tigre: Obra predial Esgoto CAIXA DE INSPEÇÃO e/ou Obra predial Águas Pluviais CAIXA DE INTERLIGAÇÃO Função/Aplicação: Caixa de Inspeção: destinada

Leia mais

ASPECTOS SOBRE A PRODUÇÃO DA ALVENARIA

ASPECTOS SOBRE A PRODUÇÃO DA ALVENARIA ASPECTOS SOBRE A PRODUÇÃO DA ALVENARIA A produção da alvenaria está dividida em quatro passos fundamentais, que são: - Planejamento; - Marcação; - Elevação; - Fixação. 3ODQHMDPHQWR 1. Equipamentos Colher

Leia mais

ESTRUTURA L va v ntando o s s pain i éis i s que c ontém

ESTRUTURA L va v ntando o s s pain i éis i s que c ontém O PVC E O SISTEMA ROYAL É leve (1,4 g/cm3), o que facilita seu manuseio e aplicação; Resistente à ação de fungos, bactérias, insetos e roedores; Resistente à maioria dos reagentes químicos; Bom isolante

Leia mais

O SISTEMA SF DE FÔRMAS

O SISTEMA SF DE FÔRMAS O SISTEMA SF DE FÔRMAS A SF Fôrmas utiliza o sistema construtivo para estruturas de concreto desde a década de 70, quando trouxe para o Brasil as primeiras fôrmas de alumínio. O Sistema SF de Fôrmas para

Leia mais

FÔRMA FV. Pashal Sistemas Construtivos Ltda. www.pashal.com.br pashalcomercial@pashal.com.br fone: (11) 3848 6699

FÔRMA FV. Pashal Sistemas Construtivos Ltda. www.pashal.com.br pashalcomercial@pashal.com.br fone: (11) 3848 6699 FÔRMA FV Os painéis de fôrmas modulares FV são facilmente montados entre si através de grampos de pressão. Barras de ancoragem, espaçadores, pontaletes metálicos para prumo e andaimes auxiliares de serviço

Leia mais

2.1. Considerações Gerais de Lajes Empregadas em Estruturas de Aço

2.1. Considerações Gerais de Lajes Empregadas em Estruturas de Aço 23 2. Sistemas de Lajes 2.1. Considerações Gerais de Lajes Empregadas em Estruturas de Aço Neste capítulo são apresentados os tipos mais comuns de sistemas de lajes utilizadas na construção civil. 2.1.1.

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

Sistema de Forros Trevo Drywall

Sistema de Forros Trevo Drywall Nome da Empresa Endereço Tel/Fax (88) 3571-6019 Site E-mail DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte

Leia mais

FORMAS E ESCORAMENTOS

FORMAS E ESCORAMENTOS FORMAS E ESCORAMENTOS Formas: São os moldes que darão a forma do concreto. As Formas para concreto armado devem satisfazer aos seguintes requisitos de ordem geral: - Serem executadas rigorosamente de acordo

Leia mais

Construindo Soluções em EPS.

Construindo Soluções em EPS. Construindo Soluções em EPS. Agora sua obra pode ser inovadora, com muita segurança e por um custo menor. Índice Legendas 1 Isolantes Termofoam 11 Laje Fácil Isolantes Termofoam 3 Isolantes Placas de EPS

Leia mais

Campus de Botucatu / SP. HOSPITAL DAS CLINICAS. Memorial Descritivo - Fundações e Estruturas. Obra: Construção do Conjunto REFEITÓRIO / VESTIÁRIOS

Campus de Botucatu / SP. HOSPITAL DAS CLINICAS. Memorial Descritivo - Fundações e Estruturas. Obra: Construção do Conjunto REFEITÓRIO / VESTIÁRIOS Campus de Botucatu / SP. HOSPITAL DAS CLINICAS Memorial Descritivo - Fundações e Estruturas Obra: Construção do Conjunto REFEITÓRIO / VESTIÁRIOS 1 OBJETIVO O presente Memorial tem por finalidade fornecer

Leia mais

SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos

SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos Prof. Marco Pádua Se a superestrutura do edifício for definida por um conjunto de elementos estruturais formados por lajes, vigas e pilares caracterizando

Leia mais

Por que protender uma estrutura de concreto?

Por que protender uma estrutura de concreto? Por que protender uma estrutura de concreto? Eng. Maria Regina Leoni Schmid Rudloff Sistema de Protensão Ltda. RUDLOFF SISTEMA DE PROTENSÃO LTDA. Fig. 1 Representação esquemática de um cabo de cordoalhas

Leia mais

LAJES COM QUALIDADE SÃO CONSTRUÍDAS COM PRODUTOS GERDAU.

LAJES COM QUALIDADE SÃO CONSTRUÍDAS COM PRODUTOS GERDAU. LAJES COM QUALIDADE SÃO CONSTRUÍDAS COM PRODUTOS GERDAU. LAJES PRÉ-FABRICADAS COM VIGOTAS TRELIÇADAS CERTO DIA DOIS AMIGOS SE ENCONTRAM PELA RUA. OLÁ, PREVENILDO, O QUE ANDA FAZENDO? ESTOU CONSTRUINDO

Leia mais

MANUAL DO FABRICANTE:

MANUAL DO FABRICANTE: MANUAL DO FABRICANTE: ALVENARIA ESTRUTURAL Características e especificações, instruções de transporte, estocagem e utilização. GESTOR: Engenheiro civil EVERTON ROBSON DOS SANTOS LISTA DE TABELAS Tabela

Leia mais

Recomendações para elaboração de projetos estruturais de edifícios em aço

Recomendações para elaboração de projetos estruturais de edifícios em aço 1 Av. Brigadeiro Faria Lima, 1685, 2º andar, conj. 2d - 01451-908 - São Paulo Fone: (11) 3097-8591 - Fax: (11) 3813-5719 - Site: www.abece.com.br E-mail: abece@abece.com.br Av. Rio Branco, 181 28º Andar

Leia mais

Casas com paredes de concreto Reportagem: Jamila Venturini

Casas com paredes de concreto Reportagem: Jamila Venturini Casas com paredes de concreto Reportagem: Jamila Venturini O sistema de construção com paredes de concreto moldadas in loco permite executar com agilidade e economia obras de grande escala como condomínios,

Leia mais

Estruturas em concreto armado

Estruturas em concreto armado Estruturas em concreto armado Estruturas em concreto armado Mais recentemente... Lajes e Pilares SOMENTE VIGA DE BORDA Estruturas em concreto armado Estruturas em concreto armado Mais recentemente... Pilares

Leia mais

Construção e montagem

Construção e montagem Construção e montagem Paredes com estrutura metálica W11 Construção A paredes consistem de uma estrutura metálica revestida com uma mais s de gesso, aparafusadas de ambos os lados. A estrutura metálica

Leia mais

Quanto aos esforços: compressão, tração e flexão; Flexibilidade de formas; Durabilidade; Transmissão de calor

Quanto aos esforços: compressão, tração e flexão; Flexibilidade de formas; Durabilidade; Transmissão de calor 1. CONCEITO: Produto resultante da associação íntima entre um aglomerante mais um agregado miúdo, mais um agregado graúdo e água (+ ferragens). 2. CARACTERÍSTICAS Quanto aos esforços: compressão, tração

Leia mais

Soluções em Lajes Alveolares

Soluções em Lajes Alveolares Soluções em Lajes Alveolares Oferecer Soluções Inovadoras e bom atendimento é o nosso compromisso Presente no mercado da construção civil desde de 1977, o Grupo Sistrel vem conquistando o mercado brasileiro

Leia mais

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL

BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL BRICKA ALVENARIA ESTRUTURAL Indice ALVENARIA ESTRUTURAL MANUAL DE EXECUÇÃO E TREINAMENTO...1 O QUE É ALVENARIA ESTRUTURAL?...1 Seu trabalho fica mais fácil...1 CUIDADOS QUE

Leia mais

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC.

Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Empresa jovem e 100 % nacional, a Bazze está sediada em PORTÃO RS e é referência na extrusão de perfis em PVC. Comprometida com a qualidade e o desenvolvimento dos nossos produtos investimos continuamente

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade PES - Procedimento de Execução de Serviço

Sistema de Gestão da Qualidade PES - Procedimento de Execução de Serviço Revisão: 02 Folha: 1 de 5 1. EQUIPAMENTOS Esquadro metálico; Martelo e serrote; Serra de bancada com proteção para disco; Corda; Chave de dobra; Policorte; Tesoura manual; Jerica e carrinho de mão; Desempenadeira

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA COBERTURA DE QUADRA POLIESPORTIVA

Leia mais

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br SOLUÇÕES PARA FACHADA metax.com.br Passarela para pedestres Estes equipamentos são utilizados em locais onde a instalação do andaime fachadeiro obstrui a passagem de via, ou seja, a fachada do prédio não

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS

ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO CANOAS - RS 2 INDICE 1. ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO... 3 1.1. Lastros... 3 1.1.1. Lastro de Brita para Fundações... 4 1.1.2. Lastro de Concreto Magro... 4 1.2. Formas...

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa

Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa Feita de isopor Construir 370 m2 em seis meses sem estourar o orçamento nem gerar entulho: valeu investir na casa Será que é resistente? Aceita qualquer revestimento? E se molhar? Esse mar de dúvidas invade

Leia mais

SISTEMA DE FÔRMAS PARA CONCRETO

SISTEMA DE FÔRMAS PARA CONCRETO SISTEMA DE FÔRMAS PARA CONCRETO SOLIDEZ E ÉTICA, DESDE 1977 NO MERCADO DA CONSTRUÇÃO CIVIL. AGILIDADE NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO Desde 1977, a SF Sistema de Fôrmas para Concreto atua com visão empresarial

Leia mais

SUA ALTERNATIVA PARA TER NEGÓCIO PRÓPRIO CASAS POPULARES SÉRIE MICROEMPRESAS FORMAS, PLANTAS E INSTRUÇÕES PARA CONSTRUIR UMA CASA POR DIA

SUA ALTERNATIVA PARA TER NEGÓCIO PRÓPRIO CASAS POPULARES SÉRIE MICROEMPRESAS FORMAS, PLANTAS E INSTRUÇÕES PARA CONSTRUIR UMA CASA POR DIA SUA ALTERNATIVA PARA TER NEGÓCIO PRÓPRIO CASAS POPULARES SÉRIE MICROEMPRESAS FORMAS, PLANTAS E INSTRUÇÕES PARA CONSTRUIR UMA CASA POR DIA REVOLUCIONÁRIO E SIMPLES SISTEMA DE CONSTRUÇÃO 1 Um negócio bem

Leia mais

Lajes. Marcio Varela Construção I

Lajes. Marcio Varela Construção I Lajes Marcio Varela Construção I Lajes Aumentam o valor econômico do empreendimento; Aumentam a segurança; a; Aumentam o conforto; Tipos: Maciças; as; Pré-moldadas Protendida Nervurada, etc Lajes Maciça

Leia mais

Soluções Inteligentes para o dia a dia

Soluções Inteligentes para o dia a dia Soluções Inteligentes para o dia a dia TELHAS TRANSLÚCIDAS 70 % transmissão de luz =$ Alta durabilidade; Não solta fibras; Melhor custo/benefício; Leveza e flexibilidade; Proteção contra raios UV (economia

Leia mais

SoundScapes Shapes Nuvens Acústicas

SoundScapes Shapes Nuvens Acústicas PRINCIPAIS ATRIBUTOS DE SELEçAO Melhora a acústica em áreas abertas Define ambientes esteticamente Dez placas padronizadas em vários tamanhos e formatos, incluindo dois novos formatos; Formatos personalizados

Leia mais

Transformando aço, conduzindo soluções. Andaimes e Escoras

Transformando aço, conduzindo soluções. Andaimes e Escoras Transformando aço, conduzindo soluções. Andaimes e Escoras TUPER Mais de 40 anos transformando aço e conduzindo soluções. A Tuper tem alta capacidade de transformar o aço em soluções para inúmeras aplicações.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL I SERVIÇOS DE ENGENHARIA Constitui objeto do presente memorial descritivo uma edificação para abrigar segura e adequadamente equipamentos de rede estabilizada, Grupo Moto-gerador

Leia mais

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA

RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA RESISTÊNCIA E BELEZA A TODA PROVA Telhas de Concreto Características técnicas e dimensionais Especificações Comprimento...420mm Largura...330mm Telhas por m2...10,5pçs Peso nominal...4,7kg Peso por m2...49,35kg

Leia mais

Paredes Maciças as de Concreto

Paredes Maciças as de Concreto Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4B Paredes Maciças as de Concreto Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção

Leia mais

02/2015. Elaboração: Equipe Técnica BPM Pré-moldados

02/2015. Elaboração: Equipe Técnica BPM Pré-moldados 1 02/2015 Elaboração: Equipe Técnica BPM Pré-moldados SUMÁRIO 1 BPM PRÉ-MOLDADOS... 4 2 LAJES ALVEOLARES... 4 2.1 Descrição do produto... 4 2.2 Projeto... 5 2.3 Fabricação... 5 2.4 Materiais... 6 2.5 Eficiência...

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara MEMORIAL DESCRITIVO REDE CEGONHA - HOSPITAL MUNICIPAL JACIARA/MT O presente memorial descritivo define diretrizes referentes à reforma do espaço destinado a Programa REDE CEGONHA no Hospital Municipal

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS. Barras e fios de aço destinados à armadura. Barras e fios de aço destinados à armadura

PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS. Barras e fios de aço destinados à armadura. Barras e fios de aço destinados à armadura DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PCC 2435 - Tecnologia da Construção de Edifícios I PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS Qual a função das armaduras? Estruturar o concreto simples Profs.

Leia mais

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos

www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos www.torcisao.ind.br Catálogo de Produtos A TORCISÃO A Torcisão foi fundada em 1968, iniciando suas atividades na fabricação de peças para a indústria automobilística. Em 2006, o grupo se expandiu e fundou

Leia mais

PRÉ-FABRICAÇÃO EM OBRAS DE ALVENARIA ESTRUTURAL

PRÉ-FABRICAÇÃO EM OBRAS DE ALVENARIA ESTRUTURAL PRÉ-FABRICAÇÃO EM OBRAS DE ALVENARIA ESTRUTURAL APRESENTAÇÃO REALIZAÇÃO A portoferraz... Ser referência no mercado imobiliário, desenvolvendo projetos que transformem a ocupação urbana, de maneira criativa

Leia mais

Memorial Descritivo 01/2013 - V01

Memorial Descritivo 01/2013 - V01 Memorial Descritivo P.SQ.07 01/2013 - V01 ÍNDICE Piso em Aço - Modelo AX-1000 Piso em aço Chapa Inferir Estampada Chapa Superior Lisa Concreto Sistema Estrutural Cruzeta Chapa Superior Chapa de Reforço

Leia mais

ETERMAX. www.eternit.com.br. Eternit S.A. - R. Dr. Fernandes Coelho, 85-8º and. - São Paulo - SP - CEP 05423-040 - Tel.

ETERMAX. www.eternit.com.br. Eternit S.A. - R. Dr. Fernandes Coelho, 85-8º and. - São Paulo - SP - CEP 05423-040 - Tel. ETERMAX www.eternit.com.br Eternit S.A. - R. Dr. Fernandes Coelho, 85-8º and. - São Paulo - SP - CEP 05423-040 - Tel.: (11) 3038-3838 Qualidade aliada à versatilidade Atende às mais variadas soluções arquitetônicas,

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO ISOCRET ESTRUTURA /REVESTIMENTO

SISTEMA CONSTRUTIVO ISOCRET ESTRUTURA /REVESTIMENTO Sistema Construtivo Fabricado de acordo com a ISO 9002 Conforto as normas ASTM( EUA) e ABNT (Brasil). Comprovada em testes de desempenho realizados pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP TELHADO A cobertura de uma casa constitui-se de um telhado ou de uma laje. Neste capítulo, mostraremos

Leia mais

Dependendo das necessidades construtivas, pode-se executar laje plana maciça ou nervurada e lajes tradicionais com vigas.

Dependendo das necessidades construtivas, pode-se executar laje plana maciça ou nervurada e lajes tradicionais com vigas. 1-INTRODUÇÃO Os sistemas de formas para lajes e vigas da Nopin utilizam peças metálicas de fácil montagem que dão agilidade e otimização, não agredindo o meio ambiente. Nopin dispõe de diferentes sistemas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA VILA CARÁS NO MUNICIPIO DE FARIAS BRITO-CE

MEMORIAL DESCRITIVO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA VILA CARÁS NO MUNICIPIO DE FARIAS BRITO-CE MEMORIAL DESCRITIVO OBJETIVO: SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA VILA CARÁS NO MUNICIPIO DE FARIAS BRITO-CE RESERVATÓRIO ELEVADO Estrutura - Toda a estrutura do reservatório será em concreto armado utilizando

Leia mais

CONCRETOS O CONCRETO NO ESTADO FRESCO. Professora: Mayara Custódio

CONCRETOS O CONCRETO NO ESTADO FRESCO. Professora: Mayara Custódio CONCRETOS O CONCRETO NO ESTADO FRESCO Professora: Mayara Custódio CONSISTÊNCIA DO CONCRETO CONSISTÊNCIA TRABALHABILIDADE É a propriedade do concreto fresco que identifica sua maior ou menor aptidão para

Leia mais

5 - FORROS 5.1 - FORRO DE MADEIRA

5 - FORROS 5.1 - FORRO DE MADEIRA 5 - FORROS APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE: Escolher o tipo de forro ideal para a sua edificação; Executar corretamente os apoios das lajes pré-fabricadas; Especificar corretamente

Leia mais

Parede de Garrafa Pet

Parede de Garrafa Pet CONCEITO As paredes feitas com garrafas pet são uma possibilidade de gerar casas pré fabricadas através da reciclagem e é uma solução barata e sustentável. As garrafas pet são utilizadas no lugar dos tijolos

Leia mais

CAPÍTULO IV - ALVENARIA

CAPÍTULO IV - ALVENARIA CAPÍTULO IV - ALVENARIA Alvenaria é a arte ou ofício de pedreiro ou alvanel, ou ainda, obra composta de pedras naturais ou artificiais, ligadas ou não por argamassa. Segundo ZULIAN et al. (2002) também

Leia mais

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL X ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO 18-21 julho 2004, São Paulo. ISBN 85-89478-08-4. PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO

Leia mais

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação Manual técnico e instruções de instalação KIT Porta IPUMIRIM Este manual de instalação do Kit Faqueadas Ipumirim vai auxiliar e orientar construtores e consumidores com as informações necessárias com relação

Leia mais