50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI"

Transcrição

1

2

3 50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI Coordenador Editorial Jorge Nascimento Rodrigues Autores Jorge Nascimento Rodrigues Jaime Fidalgo Cardoso Catarina Nunes Ruben Eiras

4 50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI Editor Centro Atlântico Colecção Desafios Coordenador editorial Jorge Nascimento Rodrigues Autores Jorge Nascimento Rodrigues Jaime Fidalgo Cardoso Catarina Nunes Ruben Eiras Revisão e copydesk Catarina Nascimento Rodrigues Conceito Grupo Adventus Capa e direcção gráfica António José Pedro Impressão e acabamento Inova 1ª edição Novembro de 2005 ISBN Depósito Legal /05 Centro Atlântico, Lda., 2005 Av. Dr. Carlos Bacelar, Esc. 1-A V. N. Famalicão, Portugal Rua da Misericórdia, Lisboa, Portugal Tel Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra.

5 ÍNDICE INTRODUÇÃO 13 FUTURO Ali Bakhtiari 25 O especialista iraniano do ouro negro Charles Handy 37 O consultor "pulga" que é marca europeia de conhecimento Colin Campbell 47 O arauto do fim da Era do Petróleo David Chapman 57 O arauto do "Inverno de Kondratieff" George Modelski 65 O "pai" dos ciclos longos geo-políticos Jack Schultz 75 O apóstolo da nova «agro-urbe» Marian Salzman 83 De olho na espécie Michael Klare 91 O especialista de segurança e defesa que fala das novas "guerras por recursos" Peter Williamson 103 O oftalmologista dos ocidentais míopes Roger Martin 115 O reitor da futura "luta de classes" GLOBALIZAÇÃO Andre Gunder Frank 127 O europeu sempre a contracorrente Ashutosh Sheshabalaya 137 O "casamenteiro" dos dois poderes "suaves" Charles Wyplosz 153 O reformador do FMI e do G7

6 Frank-Jürgen Richter 161 Um viajante da "Rota da Seda", optimista e atento James Boughton 177 O historiador oficial do FMI Richard D'Aveni 185 O geo-político das empresas Richard Katz 193 O olhar da 7ª Avenida sobre o Sol Nascente Steve Hannaford 205 O observador dos oligonómios Uday Karmarkar 215 O investigador das «pegadas» da língua Yves Doz e José Santos 221 Os "pais" do metanacional INOVAÇÃO A. Michael Spence 233 O Nobel da "assimetria" Elliot Schrage 239 O inovador da gestão da cadeia de fornecimentos Eric Bonabeau 249 O físico teórico-empreendedor apaixonado por insectos Gary Hamel 257 O senhor estratégia Geoffrey Garrett 267 O médico para os maus efeitos colaterais Hervé Sérieyx 275 O marginal em secante Jeffrey Funk 285 Um americano na Terra do Sol Nascente Kevin Roberts 293 O homem de negro, fã do rugby Nicholas Carr 301 O desmancha prazeres dos vendedores de TI Steven Levitt 309 O economista freak

7 CAPITAL HUMANO Ahmed Bounfour 321 O autor da medição do Capital Intelectual das Nações Bengt-Åke Lundvall 329 O "druida" da flexibilidade funcional David Norton 339 O inventor de um "cartão de pontos" de gestão copiado do golfe Elliott Masie 347 O "papa" do e-learning, apaixonado por cavalos Luc Soete 353 O céptico do pleno emprego Peter Senge 359 O anti- Recursos-Humanos Quy Huy 369 O crítico do cinismo empresarial Richard Boyatzis 379 O detective das informações negativas Rob Schuyt 391 O connoisseur do Borgonha que observa os "precários" de luxo Robert Reich 397 O apóstolo do não-trabalho MARKETING David Lewis 405 O "papa" do neuromarketing David Vogel 411 O crítico da "responsabilidade social" Fernando Trías de Bes 419 O ibérico do marketing lateral Ira Matathia 427 O padrinho dos "prosumidores" Martha Barletta 435 A pioneira do marketing feminino Michael Walker 443 O sénior que convence seniores

8 Michael Yudin 451 O apóstolo do branded-entertainment Mike Longhurst 459 O fotógrafo amador militante do Planeta Sam Hill 467 O "motard" das tendências Séan Meehan 475 O advogado do "regresso ao básico" 100 GRANDES CONCEITOS DE GESTÃO 483 ÍNDICE TEMÁTICO CONCEITOS 538

9 ÍNDICE ALFABÉTICO 100 CONCEITOS Activity based costing 486 Costumer Relationship Management (CRM) 501 Adocracia 486 Cross-selling 502 Alianças estratégicas 487 Cultura organizacional 502 Análise competitiva 487 Descentralização 503 Análise custo/benefício 488 Diferenciação 503 Análise de valor 488 Diversificação 504 Análise SWOT 489 Downsizing/delayering 504 Aprender na prática (action learning) 489 Eco-eficiência 505 Avaliação de desempenho a 360 graus 490 Economias de escala/experiência 505 Balanced Scorecard 490 Economia do carbono 506 Barreiras à entrada e à saída 491 Empowerment 506 Benchmarking 491 Empregabilidade 507 Brainstorming 492 Empresa familiar 507 Break-even 492 Empresa metanacional 508 BRIC s 493 Empresa transnacional 508 Business plan 493 Entreprise Resource Planning (ERP) 509 Cadeia de valor 494 Equipas auto-geridas 509 Canibalização 494 Ética negocial 510 Capital Asset Pricing Model (CAPM) 495 Excelência 510 Capital intelectual 495 Fidelização de clientes 511 Capital de risco 496 Franchising 511 Ciclo de vida do produto 496 Gestão científica 512 Ciclo económico 497 Gestão da marca (brand management) 512 Círculos de Qualidade 498 Gestão da mudança 512 Clusters 498 Gestão de crise 513 Coaching/mentoring 499 Gestão do conhecimento 514 Comércio electrónico 499 Gestão do tempo 514 Co-opetição 500 Gestão por objectivos 514 Core competence 500 Globalização 515 Corporate Governance 501 Grelha de liderança 516

10 Hierarquia das necessidades 516 Outsourcing 527 Inteligência emocional 517 Pensamento lateral 527 Just-in-time 517 Planeamento estratégico 528 Kaizen 518 Planeamento por cenários 528 Keiretsu 518 Princípio de Peter 529 Lean production 519 Project management 529 Learning organization 519 Qualidade total 530 Lei de Pareto 520 Reengenharia 530 Lei de Parkinson 520 Risk management 531 Liderança 521 Segmentação 531 Marketing-mix 521 Sinergia 532 Matriz BCG 522 Tecto de vidro (glass ceiling) 532 Matriz de Ansoff 522 Teoria dos jogos 533 Missão/Visão 523 Teoria X e Y / Z 533 Motivação 523 Time based competition 534 Networking 524 Tipping point 534 Open-book management 525 Trabalhador de portfolio 535 Orçamento base zero 525 Trade marketing 535 Organização horizontal/virtual 525 Valor actual líquido 536 Outplacement 526 Vantagem competitiva 536

11 13 INTRODUÇÃO Em cinco anos a face do Management mudou. Por isso, esta edição não toma os especialistas internacionais de marca por referência principal, mas as tendências fundamentais que marcam o início do século XXI em cinco áreas, escolhidas como transversais às preocupações dos gestores, dos empresários, dos decisores políticos e dos estudantes e professores. Quando, em 2001, colaborámos na edição de Business Minds em cooperação com a SunTopMedia de Stuart Crainer e Des Dearlove, vivíamos ainda em cheio na Era dos Gurus. A colectânea de 42 entrevistas realizadas para a edição inglesa da Pearson Education/Financial Times Prentice Hall seria traduzida e adaptada para o português numa iniciativa da Centro Atlântico, que abriria a série Mestres da Gestão. A guinada de atenção prioritária dos Gurus para a vigilância sobre as tendências vai ainda no adro. Algumas editoras e revistas da especialidade continuam a explorar o filão dos académicos ou dos empresários e CEO de referência, baseadas na ideia de que o magister dixit é a norma principal para aprender. O glamour de evento social que sempre acompanha estes happenings é reconfortante e a repetição de algumas ideias-chave é mobilizadora, e para muitos funciona como injecção psicológica para a continuação de uma estratégia empresarial. No entanto, a época dourada das décadas de 1980 e 1990, em que os gurus dos gurus tomaram conta das prateleiras das livrarias, massificando o Management, lançando buzzwords de referência e ficando ricos do dia para a noite com os bestsellers, as conferências e seminários e a consultoria, entrou num período de seca após o crash de 2000 nos Estados Unidos e à medida que a turbulência do mundo se acentuou. Vivemos, hoje, um período de transição geopolítica e do que alguns economistas chamam de Inverno de Kondratieff. O contexto é, por isso, muito diferente.

12 14 50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI Momentos altos como o cluster e a vantagem competitiva de Michael Porter, a «reengenharia» de Michael Hammer, o huáu de Tom Peters, ou as competências-chave de Gary Hamel e de C. K. Prahalad, fazem parte do histórico da gestão e são hoje, felizmente, palavras comuns na linguagem dos gestores e decisores. Gary Hamel, ainda em 2000, cavalgou a onda épica com o seu Liderando a Revolução. VIRAGEM NO MANAGEMENT Mas uma torrente tão prolixa de «buzzwords» não voltou ainda a irromper o seu histórico e actualização pode o leitor encontrar no final deste livro, com os 100 conceitos que explicamos ainda que sucintamente. Nesta edição, encontramos oito «buzzwords» que estão à medida da época actual: «metanacional», um novo tipo de empresa e estratégia internacionais, criada pelo INSEAD (e em cuja génese esteve envolvido um português); «oligonómio», a dominação de mercado por uns quantos que lideram pelos dois lados (procura e oferta); «assimetria» tornada famosa com a atribuição do Prémio Nobel a Michael Spence, em 2001; «BRIC s», referente às quatro potências emergentes, lançada pela Goldman Sachs; «commodity política» para melhor compreender o que já se passa com o petróleo e amanhã com a água; «agro-urbe», uma nova tendência na demografia e no urbanismo; «neuromarketing», algo que lhe pode parecer do domínio da ficção, mas que não é; e «branded-entertainment», algo arriscado entre as marcas e o entretenimento, e que até está chegando, discretamente, aos conteúdos. A opção desta edição é no sentido de uma viragem por parte dos leitores em período de enorme turbulência, a atenção às tendências é fundamental. No seu âmago pode encontrar as oportunidades para uma nova orientação de negócio ou uma nova estratégia organizacional. Muitos dos autores que encarnam essas tendências não são tão conhecidos como os 42 primeiros da edição inicial de Mestres da Gestão. Alguns são investigadores mais discretos, conhecidos entre os seus pares mais do que pelo público, mas referenciados como pioneiros nas áreas e temas que abordam. Alguns poderão chocar

13 INTRODUÇÃO 15 mesmo o leitor como os inovadores virados para os novos temas do marketing ou da economia. Palavrões como «ubersexual» ou «freakonomics» vão despertar, sem dúvida, a curiosidade. Tal como numa colectânea de gurus, o leitor poderá começar pelo nome que conhece melhor. Com um benefício adicional, os autores estão referenciados por cinco áreas, que escolhemos como opções fundamentais de uma atitude do gestor ou do decisor: a importância da inovação (onde há novas pistas de como encará-la e provocá-la ); o papel decisivo de se perceber o que é a geoeconomia e a geopolítica, num mundo diariamente marcado por acontecimentos inesperados nestas áreas e pela famosa globalização; a atenção que deve ser dada ao futuro, em que a sociedade do conhecimento (um conceito criado há muito por Peter Drucker) é hoje um termo corrente; o marketing, arma sempre indispensável, onde muitas tendências novas estão a brotar; e a área do capital humano (uma forma mais simpática de rebaptizar a tradicional função dos recursos humanos ), fundamental para a gestão das organizações. Não é, por isso, um livro para se ler da página 25 à última. Pode começar por onde quiser, que não perde qualquer fio à meada. O livro favorece uma leitura em geometria variável. Os títulos e alcunhas que damos a cada entrevistado, por vezes provocatórias, são para lhe abrir o apetite. Mas pode recusar esse truque, e seguir a sua sensibilidade. PORQUE AS TENDÊNCIAS CONTAM Nesta introdução convidamos o leitor a fazer uma leitura apressada das 50 entrevistas que publicamos. O futuro domina as nossas cabeças O convite, em parte, desta colectânea, é que o leitor olhe de um modo diferente para os temas do futuro, da geopolítica e da geoeconomia.

14 16 50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI Algumas das entrevistas são perturbantes o ciclo geopolítico que vivemos entrou em transição e o futuro é altamente incerto em muitos aspectos, como comenta o principal especialista do tema, George Modelski. Podemos estar a atravessar um período de Inverno com inundações e frio de rachar na disputa mundial e no ciclo económico. A alta do petróleo e as guerras locais são apenas sinais. Sinais que muita gente continua a ignorar a alta «estrutural» do petróleo, de que muitos especialistas falam há pelo menos três anos, tem sido ignorada por decisores que lidam com a energia como input fundamental nas suas contas. Agora perdem dinheiro e fazem os consumidores e os accionistas pagar a factura. A cegueira geoeconómica é ainda um mal, tão grande quanto foi a exuberância irracional dos tempos do final da bolha das «dot.com». Estar atento é, por isso, fundamental. A função geo tem de ser inserida na gestão corrente das empresas. Não é coisa só para os governantes ou analistas de relações internacionais. A internacionalização mudou definitivamente de figura. Para um europeu, a concorrência não é, apenas, os EUA ou o Japão, as referências de outrora. O europeu está ensanduichado entre os amigos ricos do pós-guerra e os novos emergentes do século XXI os tais desmancha-prazeres dos «BRIC s» de que falava a Goldman Sachs. As entrevistas que publicamos sobre a China e a Índia e que podem ser complementadas pela leitura das obras do Centro Atlântico Made in China, já publicado, e Made in Índia (no prelo) conduzirão, provavelmente, o leitor a entender que estas novas potências jogam, também, no terreno da parte superior da cadeia de valor, e não só nas lojas dos trezentos. E que as oportunidades são nos dois sentidos. Os caminhos de internacionalização são múltiplos não há uma receita única. Uma opção pode ser seguir as pegadas da língua: os espanhóis com a sua estratégia de Puente Atlántico fazem-no magistralmente em direcção às Américas, e os norte-americanos fizeram-no com inteligência em relação à Índia e à Irlanda no brain drain e no outsourcing e offshoring. Outra, pode ser a via metanacional, de que fala Yves Doz e Pinto dos Santos, do INSEAD.

15 INTRODUÇÃO 17 A globalização é hoje um tema recorrente. Está em todos os discursos e escritos. O termo surgiu na década de Alguns historiadores afirmam que é a terceira ou quarta vaga, consoante começamos a contar desde o período áureo da Ásia como sempre defendeu Andre Gunder Frank ou no tempo de Henrique, o Navegador como é doutrina oficial entre os eurocentristas, e enche de orgulho os portugueses. Em geral funciona historicamente por janelas de oportunidade. Por exemplo, no final do século XIX e no princípio do século XX, tivemos a ascensão do que ficou conhecido pelo imperialismo financeiro até 1914, depois, ganhou um novo fôlego desde os anos No último meio século, houve três momentos-chave. O primeiro foi o fim de Bretton Woods e da conversão automática do dólar em ouro, em Com a flutuação das taxas de câmbio entre as diversas moedas do mundo, a mobilidade de capitais foi crescente. Depois, a queda do Muro de Berlim, em 1989, permitiu novo impulso à mobilidade de capitais e ao comércio internacional para espaços até então significativamente fechados. Finalmente, a emergência da plataforma da Internet e da Web, a partir de meados dos anos 1990, permitiu uma circulação de capitais jamais vista. Apesar dos críticos, a globalização não tem sentido único. Tem três vias: a que nos bate à porta e entra sem pedir licença; quando somos nós a entrar na casa dos outros (outrora dizia-se colocar uma lança em África ); ou por triangulação (juntar os trapinhos para atacar em terceiros). Alguns dos entrevistados vão espevitar o leitor a tomar o gosto pela segunda e terceira partes da equação. Sociedade em geometria variável As cores da sociedade actual são como no anúncio da marca italiana são muitas. A Sociedade do Conhecimento entrou definitivamente no vocabulário. E o trabalhador do conhecimento, de que falava Peter Drucker desde há muito, também. Mas há que perceber as implicações desta buzzword um canadiano

16 18 50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI fala-nos do clash do futuro entre o capital e o talento, uma espécie de marxismo nas classes A e B alta, se quisermos ironizar. E Charles Handy, uma das referências europeias, autodenomina-se um «consultor pulga». Vale a pena saber porquê. E pode inspirar gente que queira mudar de carreira ou seja surpreendida pelo desemprego em áreas qualificadas ou de especialidade técnica ou de serviço. O tecido social estilhaçou-se em segmentos e modismos. Andar à cata das novas tendências para o marketing é como ar para respirar. Um conjunto de entrevistas nas secções de marketing e de futuro poderá ajudar a descobrir coisas inesperadas. Uma autora de referência é Marian Salzman, sempre na prospectiva sobre os novos personagens sociais. Tenha uma inovação na manga «Somos obrigados a ter permanentemente na manga uma inovação», diz um francês que se auto-define como um «marginal em secante». E se há uma lição transversal aos vários entrevistados neste tema, é que a inovação não é «politicamente correcta», ou seja não segue os padrões ensinados ou propagandeados. Esqueça o que lhe vendem como «pronto a comer» mesmo quando ele vem embrulhado com um grande nome do mundo dos negócios ou da consultoria. Um americano alerta para não julgar que comprar novas tecnologias é a safa elas são hoje uma commodity, à mão de todos. Um físico-teórico imagine-se! alega que «copiar é fixe», e mais fixe ainda se se imitar com erros, por inabilidade própria ou de propósito. E o pai da incrível «freakonomics» aconselha a explorar o lado oculto das coisas. Com uma carga mais sisuda, saiba que a inovação é inesperada e nasce do factor surpresa. E que o truque é deter «informação assimétrica», como diz o Nobel Michael Spence.

17 INTRODUÇÃO 19 E nunca se esqueça de adicionar emoção aos produtos e serviços, aconselha um especialista do marketing, um tipo sempre de negro, fã do rugby e mentor do conceito de lovemarks. RH com lugar ao sol na estratégia A primeira década deste século poderá significar para a função RH (recursos humanos) aqui rebaptizada de capital humano uma lenta, mas sólida, conquista de um lugar cativo nas funções estratégicas para o sucesso de uma organização. Tradicionalmente encarada como uma função de staff e aconselhamento, a política dos directores de RH é cada vez mais tida em conta na formulação da estratégia de negócio das empresas. Devido ao crescendo da importância do capital humano e intelectual na produção de valor acrescentado, o sucesso empresarial baseia-se, em grande parte, nas competências certas. A passagem de função de staff para a estratégica criou a necessidade de criação de sistemas de medição do capital humano. Avaliação do desempenho, medição do retorno do investimento na formação, a difusão do «The balanced scorecard», os mapas estratégicos, índice de performance do capital humano são algumas das métricas e buzzwords que inundaram o léxico da gestão das pessoas nos últimos cinco anos. Um nome de referência começa a surgir neste grupo de académicos: Ahmed Bounfour. O aumento da capacidade de processamento das tecnologias de informação, da investigação na medição dos intangíveis e o cruzamento de metodologias sociológicas e psicológicas com econométricas estão a desbravar novos caminhos para o aumento da eficácia na gestão das pessoas. O e-learning é, sem dúvida, uma das mudanças de maior impacto na gestão de pessoas. A possibilidade de formar a força de trabalho onde quer que esta se encontre, actualizar as competências num paradigma de «time-to-market» e à medida das necessidades e perfil de cada formando revolucionou o conceito de formação e o papel do formador. Todavia, não se pode fazer tudo pela Web e os conteúdos formativos electrónicos ainda têm um longo caminho a

18 20 50 GURUS DA GESTÃO PARA O SÉCULO XXI percorrer para alcançar uma interactividade comparável à humana. O b-learning mix de formação Web com presencial é um modelo que ainda perdurará por muitos anos. Num mundo de segmentos emergentes As mulheres e os seniores vão estar na mira dos marketeers neste início de século, esta é uma das principais mensagens da nossa secção de Marketing. Ambos os segmentos há muito que deixaram de ser minorias irrelevantes, para se tornarem em alvos poderosos e com dinheiro disponível. Martha Barletta é aqui o nome a fixar como pioneira do «marketing feminino» e dos mercados de género. Transferência semelhante está a acontecer com os seniores. Pessoas que nasceram no rescaldo da Segunda Guerra Mundial e que, além da herança que já receberam ou que estão para receber, mantêm ainda os hábitos de poupança dos seus pais. A diferença? Têm uma esperança de vida muito superior à dos seus progenitores. Neste novo século, produzir e vender a todo o custo deixaram de ser as palavras de ordem. A responsabilidade social passou a guiar o comportamento das empresas, em especial das que recorrem à mão-de-obra de países de terceiro mundo ou que poluem o ambiente. Apesar de recente, o marketing sustentável já tem defensores e detractores. De um lado da barricada está quem acha que as empresas devem saber quais são os temas que podem desvalorizar ou reverter a favor das suas marcas. Do outro, quem considera que ainda não ficou demonstrado que a responsabilidade social é relevante para os resultados económico das empresas. É uma guerra de palavras que vale a pena acompanhar. Pelo caminho, há que ter tempo para descodificar alguns dos novos palavrões do marketing. O neuromarketing está aí para levar os marketeers até aos meandros do mecanismo que está por trás de uma decisão de compra, enquanto o branded-entertainment ensina a contornar a aversão dos especta-

19 INTRODUÇÃO 21 dores à publicidade, criando programas de televisão à medida das marcas. Meta, por isso, na sua agenda dois nomes: David Lewis e Michael Yudin. E, para finalizar, deixamos, quase de borla, duas mensagens de marketing. A de um motard, Sam Hill: «As tendências que interessam ao marketing são as derivadas». E a de Séan Meehan: «Deixe-se de sofisticações artificiais pense sempre simplicidade». Palavra final, com um pouco de branded content sobre a equipa que fabricou este livro. Muitas destas entrevistas foram inicialmente publicadas por Jorge Nascimento Rodrigues e Ruben Eiras no portal criado em 2000, o qual já havia sido fonte para uma boa parte dos especialistas escolhidos para Mestres da Gestão nas edições inglesa e portuguesa. Muitas outras são originais, particularmente na área do Marketing, da responsabilidade da especialista do semanário Expresso, Catarina Nunes. Jaime Fidalgo, fundador da Executive Digest e director da Ideias & Negócios, duas revistas que foram marcas de referência no panorama da gestão portuguesa, elaborou o mais completo dicionário de conceitos-chave do management até à data publicado em português. No portal Gurusonline.tv, do grupo Adventus, encontrará uma actualização permanente de tendências pela voz dos seus autores. Sem a revisão exigente por parte de Catarina Nascimento Rodrigues, o êxito da obra teria sido impossível. Um agradecimento final ao Portal Executivo e a Helena Oliveira, à revista Sábado e a Helena Coelho, e a Fátima Ferrão pela autorização para publicação de entrevistas que realizaram e que foram adaptadas por Jaime Fidalgo. Boa leitura. Aguardamos o seu feedback. Jorge Nascimento Rodrigues Coordenador da edição Outubro de 2005

20

Balanced Scorecard e a Gestão por Competências

Balanced Scorecard e a Gestão por Competências Balanced Scorecard e a Gestão por Competências ELEVUS O QUE FAZEMOS *Áreas de actuação: *Recrutamento e Selecção *Outplacement *Formação e Desenvolvimento Pessoal *Assessment Centre *Consultoria ELEVUS

Leia mais

Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria

Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria Liderança, Estratégia e BalancedScorecard Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria Escritórios : Portugal - 8 escritórios

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos

Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos Discurso de Sua Excelência o Governador do Banco de Cabo Verde, no acto de abertura do XIII Encontro de Recursos Humanos dos Bancos Centrais dos Países de Língua Portuguesa 24 e 25 de Março de 2011 1 Senhor

Leia mais

www.tal-search.com P O R T U G A L E S P A N H A A N G O L A M O Ç A M B I Q U E

www.tal-search.com P O R T U G A L E S P A N H A A N G O L A M O Ç A M B I Q U E www.tal-search.com P O R T U G A L E S P A N H A A N G O L A M O Ç A M B I Q U E Quem somos? Quem somos? O que fazemos? O que nos distingue? Onde estamos? 2 Quem somos? APRESENTAÇÃO A Talent Search foi

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios

Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Cinco principais qualidades dos melhores professores de Escolas de Negócios Autor: Dominique Turpin Presidente do IMD - International Institute for Management Development www.imd.org Lausanne, Suíça Tradução:

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Janeiro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Janeiro de 2004 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Outlook Express 6. Reservados

Leia mais

Liderança, Estratégia e Balanced Scorecard

Liderança, Estratégia e Balanced Scorecard Liderança, Estratégia e Balanced Scorecard Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria Escritórios : Portugal - 8 escritórios

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Vendas, Inovação e Liderança.

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Vendas, Inovação e Liderança. APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE Especialista em Vendas, Inovação e Liderança. Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Federal da Paraíba, com MBA em Marketing & Vendas pelo INPG Business

Leia mais

MBA Executivo Internacional

MBA Executivo Internacional MBA Executivo Internacional Informações* Dias e horários das aulas: Quinzenalmente. Sextas e sábados. Das 08h30 às 17h30. Carga horária: 612 Horas *As informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA DA DISTRIBUIÇÃO

GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA DA DISTRIBUIÇÃO 3ª EDIÇÃO CURSO Desenvolver e implementar GESTÃO DE FROTAS E LOGÍSTICA DA DISTRIBUIÇÃO Optimize Custos e estabeleça Métricas de Performance LUANDA 9 e 10 de JULHO de 2014 Planifique de forma integral a

Leia mais

MBA Executivo em Gestão de Pessoas

MBA Executivo em Gestão de Pessoas ISCTE BUSINESS SCHOOL INDEG_GRADUATE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Gestão de Pessoas www.strong.com.br/alphaville - www.strong.com.br/osasco - PABX: (11) 3711-1000 MBA

Leia mais

1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA. Profª. ANA LÍGIA NUNES FINAMOR Doutora - Universidade de Leon Espanha Mestre - Universidade do Estado de Santa Catarina

1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA. Profª. ANA LÍGIA NUNES FINAMOR Doutora - Universidade de Leon Espanha Mestre - Universidade do Estado de Santa Catarina 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA SIGA: TMBAGCH*14/02 Profª. ANA LÍGIA NUNES FINAMOR Doutora - Universidade de Leon Espanha Mestre - Universidade do Estado de Santa Catarina 2. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS É uma instituição

Leia mais

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança.

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança. Caderno de s 2 Objectivos A formação de executivos é, hoje em dia, uma necessidade incontornável, sendo um importante factor do sucesso, da competitividade e da sustentabilidade das organizações. Considerando

Leia mais

2013 setembro Ed. 4 1

2013 setembro Ed. 4 1 2013 setembro Ed. 4 1 Editorial O mundo organizacional está sempre atrás de alguma novidade no mercado. Por vezes, se esquece de que a simplicidade resolve a maior parte dos problemas e quer saber da última

Leia mais

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com. HORTON INTERNATIONAL EXECUTIVE SEARCH MANAGEMENT CONSULTANTS Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.br

Leia mais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais conteúdos: Programa de formação avançada centrado nas competências e necessidades dos profissionais. PÁGINA 2 Cinco motivos para prefirir a INOVE RH como o seu parceiro, numa ligação baseada na igualdade

Leia mais

RELAÇÕES DE NEGÓCIO Os Serviços Hoteleiros e o Segmento PME

RELAÇÕES DE NEGÓCIO Os Serviços Hoteleiros e o Segmento PME RELAÇÕES DE NEGÓCIO Os Serviços Hoteleiros e o Segmento PME Armando Luís Vieira EDIÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E VENDAS SÍLABAS & DESAFIOS - UNIPESSOAL LDA. NIF: 510212891 Sede: Rua Dorilia Carmona, nº 4, 4 Dt,

Leia mais

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS POWER-RH Gestão estratégica a de mudança organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS PARA EMPRESAS - A Power-rh Somos peritos em gestão estratégica de mudança organizacional e desenvolvimento humano.

Leia mais

1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão

1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- História do Pensamento sobre a Gestão 1 GESTÃO 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- História do Pensamento sobre a Gestão 2 1.2-História

Leia mais

GESTÃO. 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão. 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1

GESTÃO. 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão. 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1 GESTÃO 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1 1.2-História do Pensamento sobre a Gestão As organizações e a prática da Gestão foram,

Leia mais

5 Conversas à volta da Motivação

5 Conversas à volta da Motivação 5 Conversas à volta da Motivação SOFRE DA SÍNDROME DO CACHORRINHO? 2 Que limites impõe a si próprio? 1 Um#dos#problemas#que#mais#encontro#nas#vendas#de#hoje#em#dia#quando#trabalho#com# as#equipas#em#termos#de#formação#e#coaching#comercial#tem#a#ver#com#a#síndrome#do#

Leia mais

FERRAMENTAS DE GESTÃO

FERRAMENTAS DE GESTÃO FERRAMENTAS DE GESTÃO GUIA PARA EXECUTIVOS Professo MSc Lozano 2015 FERRAMENTAS DE GESTÃO Técnicas gerenciais utilizadas pelas organizações para aumentar competitividade. Ferramentas Básicas para Gestão

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2012/2013 ECONOMIC AND STRATEGIC INTELLIGENCE WWW.IDEFE.PT PÁG. 1

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2012/2013 ECONOMIC AND STRATEGIC INTELLIGENCE WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIC AND STRATEGIC INTELLIGENCE 2012/2013 ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 ECONOMIC AND STRATEGIC INTELLIGENCE 1ª EDIÇÃO COORDENAÇÃO CIENTÍFICA E DIREÇÃO EXECUTIVA Prof.

Leia mais

marketing de conteúdo como atrair novos alunos usando estratégias de conteúdo produzido por

marketing de conteúdo como atrair novos alunos usando estratégias de conteúdo produzido por marketing de conteúdo para EAD como atrair novos alunos usando estratégias de conteúdo produzido por índice 03 introdução 06 como fazer: passo a passo 06 1. mapear personas 08 12 2. Organizando o conteúdo

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

"É possível levar energia renovável para todos"

É possível levar energia renovável para todos "É possível levar energia renovável para todos" Por Daniela Chiaretti De Nairóbi, Quênia Connie Hedegaard: "Acho que quando temos uma crise global como a que estamos vivendo, é uma oportunidade excelente

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

MBA Internacionalização de Empresas Comércio e Serviços

MBA Internacionalização de Empresas Comércio e Serviços MBA Internacionalização de Empresas Comércio e Serviços Com o apoio: CEGE Centro de Estudos de Gestão INTRODUÇÃO O MBA Internacionalização de Empresas Comércio e Serviços, promovido pela Confederação do

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA Gestão Empresarial Internacional e Diplomacia Económica International Management and Economic Diplomacy 2 O aumento das exportações

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

PUB. Interface. Banca &Seguros

PUB. Interface. Banca &Seguros Interface Banca &Seguros PUB DOSSIER Marketing Bancário: focos em tempo de crise RADAR Sistema financeiro no triângulo estratégico DOSSIER Tecnologias de informação e gestão de fraude Tendências Mobilidade

Leia mais

Empreendedorismo Transformando idéias em negócios

Empreendedorismo Transformando idéias em negócios Empreendedorismo Transformando idéias em negócios A revolução do empreendedorismo O empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais do que a revolução industrial foi para o

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa QUIDGEST Q-DAY: INOVAÇÃO CONTRA A CRISE Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa André Magrinho TAGUSPARK: 09 de Setembro 2009 SUMÁRIO 1. Globalização

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Liderança, Vendas e Inovação

APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE. Especialista em Liderança, Vendas e Inovação APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRANTE Especialista em Liderança, Vendas e Inovação Quem é Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Federal da Paraíba, com MBA em Marketing & Vendas pelo INPG

Leia mais

4. ESTRATÉGIAS DE MARKETING INTERNACIONAL

4. ESTRATÉGIAS DE MARKETING INTERNACIONAL 4. ESTRATÉGIAS DE MARKETING INTERNACIONAL 4.1- TIPOS DE ESTRATÉGIA DE MARKETING 4.2- PLANEAMENTO ESTRATÉGICO PARA O MARKETING 4.3- ESTRUTURA CONCEPTUAL PARA ESTRATÉGIA DE MARKETING 4.4- MODELOS COMO INSTRUMENTOS

Leia mais

MASTER EM DIRECÇÃO DE COMÉRCIO INTERNACIONAL E DE MARKETING OBJECTIVOS DO PROGRAMA A Escola de Negócios EUDEM apresenta o seu programa MCIM - Master em Direcção de Comércio Internacional e de Marketing,

Leia mais

DESAFIO PORTUGAL 2020

DESAFIO PORTUGAL 2020 DESAFIO PORTUGAL 2020 Estratégia Europa 2020: oportunidades para os sectores da economia portuguesa Olinda Sequeira 1. Estratégia Europa 2020 2. Portugal 2020 3. Oportunidades e desafios para a economia

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI Learning is Changing! A actualidade apresenta-nos desafios constantes, que exigem novas respostas e soluções inovadoras, para um Futuro de Crescimento e Competitividade. Learning is Changing! reflecte

Leia mais

Ambiente externo à empresa. Resumo

Ambiente externo à empresa. Resumo Ambiente externo à empresa Fábio Bruno Tavares de Sousa 1 1) Fábio Sousa fabiobtsousa@gmail.com Resumo O ambiente empresarial é bastante complexo. Na actualidade, é imprescindível avaliar o comportamento

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Capítulo 12. Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente. Acadêmica: Talita Pires Inácio

Capítulo 12. Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente. Acadêmica: Talita Pires Inácio Capítulo 12 Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente Acadêmica: Talita Pires Inácio Empresa ABC Crescimento atribuído a aquisições de empresas de menor porte; Esforços de alianças estratégicas e joint-ventures

Leia mais

Portugal está quase lá ENTREVISTA

Portugal está quase lá ENTREVISTA Pág: 12 Área: 19,00 x 26,00 cm² Corte: 1 de 6 ENTREVISTA DeF Portugal está quase lá Não somos os melhores na produtividade, na riqueza, na organização empresarial, na capacidade de confiarmos uns nos outros,

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

Balanced Scorecard: Modernidade na Gestão dos Negócios

Balanced Scorecard: Modernidade na Gestão dos Negócios Workshop A Competitividade das Empresas & o Balanced Scorecard Balanced Scorecard: Modernidade na Gestão JAIME RAMOS GUERRA JLM CONSULTORES DE GESTÃO, SA () INSTITUTO POLITECNICO DE LEIRIA jaime.guerra@jlm.pt

Leia mais

Master in Management for Human Resources Professionals

Master in Management for Human Resources Professionals Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com: Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com APG Um dos principais objectivos da Associação Portuguesa

Leia mais

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Tech-Clarity, Inc. 2008 Sumário Introdução à questão... 3 Cálculo dos benefícios do Gerenciamento

Leia mais

FICHEIROS COM EXEMPLOS

FICHEIROS COM EXEMPLOS FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

Computadores e Informática Guia de introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação

Computadores e Informática Guia de introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Computadores e Informática Guia de introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Autor: António Eduardo Marques Colecção: Soluções Revisão: Centro Atlântico Capa e paginação: António J. Pedro Centro

Leia mais

FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU CURSO DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU

FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU CURSO DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU CURSO DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU GESTÃO INTEGRADA: PESSOAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO TURMA V E EIXOS TEMÁTICOS PARA A MONOGRAFIA FINAL Professor Ms. Carlos Henrique

Leia mais

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa 1. Identificação

Leia mais

Na teoria e na vida, FDC

Na teoria e na vida, FDC C T E C E N T R O D E T E C N O L O G I A E M P R E S A R I A L C T E C o o p e r a ç ã o e n t r e e m p r e s a s d e g r a n d e p o r t e Na teoria e na vida, FDC AF - 05-006 - CTE02 R.indd 2 7/10/07

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Gestão e Negócios Componente Curricular: Gestão de Pessoas III Série:III

Leia mais

A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de

A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de Pessoas) na Gestão Empresarial Marketing Interno Licenciatura de Comunicação Empresarial 3º Ano Docente: Dr. Jorge Remondes / Discente: Ana Teresa Cardoso

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO MARKETING:

A EVOLUÇÃO DO MARKETING: A EVOLUÇÃO DO MARKETING: ( 4 Gerações ): Primeira Geração - Ajudar a Vender - antes da II Guerra até o início dos anos 60 Segunda Geração - Ajudar a fazer o melhor para os consumidores - início dos anos

Leia mais

Menores, mas com potencial de gigantes

Menores, mas com potencial de gigantes Menores, mas com potencial de gigantes 12 KPMG Business Magazine Empresas do mercado empreendedor ganham força com a expansão do consumo nos países emergentes O ano de 2008 foi um marco na história econômica

Leia mais

Empreendedorismo. Curso de Formação Pós-Graduada. para a criação de empresas de sucesso. 3 ª Edição ( 51 Horas)

Empreendedorismo. Curso de Formação Pós-Graduada. para a criação de empresas de sucesso. 3 ª Edição ( 51 Horas) Curso de Formação Pós-Graduada factor-chave para a criação de empresas de sucesso Empreendedorismo Organização Apoios 3 ª Edição ( 51 Horas) 2 out > 26 nov > 2014 Sede da Ordem dos Farmacêuticos SEG. e

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL COORDENAÇÃO Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof.ª Doutora Carla Curado Prof. Doutor Pedro Verga Matos APRESENTAÇÃO Este

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

Helena Amaral Neto, Business Development Director do ISEG: Economia digital é o mais importante fator de inovação para as empresas

Helena Amaral Neto, Business Development Director do ISEG: Economia digital é o mais importante fator de inovação para as empresas A1 Visitas diárias: 1367 Âmbito: Economia, Negócios e Gestão ID: 58802467 14-04-2015 OCS: OJE.pt Helena Amaral Neto, Business Development Director do ISEG: Economia digital é o mais importante fator de

Leia mais

5. Tendências na Gestão de Pessoas *

5. Tendências na Gestão de Pessoas * 5. Tendências na Gestão de Pessoas * Trabalho há mais de dez anos como coach e consultora de desenvolvimento humano e organizacional. Minha formação acadêmica é em Engenharia Eletrônica, e antes da grande

Leia mais

CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE

CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE Capítulo 7 Balanced Scorecard ÍNDICE 7.1 O que é o Balanced Scorecard 7.2 Indicadores de Ocorrência 7.3 O Método 7.4 Diagramas de Balanced Scorecard Capítulo 7 - BALANCED

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 8º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012 Human Resources Human Resources Estudos de Remuneração 2012 3 Michael Page Page 4 Apresentamos-lhe os Estudos de Remuneração 2012, realizados pela Michael Page. O objectivo dos nossos Estudos de Remuneração

Leia mais

Inovação e Criação de Novos Negócios

Inovação e Criação de Novos Negócios INOVAÇÃO E TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO AGRÍCOLA Inovação e Criação de Novos Negócios Luís Mira da Silva Cristina Mota Capitão Isabel Alte da Veiga Carlos Noéme Inovação INOVAÇÃO Inovação: introdução INOVAR

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais

Estratégias de Internacionalização para Empresas Inovadoras

Estratégias de Internacionalização para Empresas Inovadoras Estratégias de Internacionalização para Empresas Inovadoras Índia e China são alvos de multinacionais para produção e serviços de TI! Notícias na Mídia! Índia virou um gigante em TI! China e Índia lideram

Leia mais

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Aese Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Quando o Fórum para a Competitividade me convidou para esta intervenção, na qualidade de empresário, já se sabia que não haveria Orçamento de Estado

Leia mais

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional,

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Planejamento Estratégico e Governança Corporativa Palestras Temáticas e Motivacionais v.03/15 Neurotreinamentos Neurobusiness

Leia mais

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação UNIFEI Universidade Federal de Itajubá Prof. Dr. Alexandre Ferreira de Pinho 1 Componentes de uma empresa Organizando uma empresa: funções empresariais básicas Funções

Leia mais

MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS

MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS Ribeirão Preto, Franca, Araraquara e São Carlos MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS COORDENAÇÃO: Profº Edmarson Bacelar Mota, M.Sc APOIO: SOBRE O CURSO Com a abertura dos mercados e o enorme aumento da competitividade,

Leia mais

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS Pós-Graduação ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS [ Pós-Graduação na Área Comportamental e Inteligência Emocional ] 9ª Edição Atribuição de créditos (ECTS) a todas as unidades curriculares. Processo de Bolonha

Leia mais

A importância de um MBA

A importância de um MBA A importância de um MBA para dar o salto na carreira O investimento é grande e o retorno está longe de ser garantido, mas, ainda assim, continua a compensar tirar um MBA. Só que o título não chega. O mais

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais?

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais? TEMA - liderança 5 LEADERSHIP AGENDA O Que fazem os LÍDERES eficazes Porque é que certas pessoas têm um sucesso continuado e recorrente na liderança de empresas ou de organizações de todos os tipos? O

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONSULTORIA EMPRESARIAL

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONSULTORIA EMPRESARIAL Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONSULTORIA EMPRESARIAL Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: 14/08/2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

Relatório Mensal - Setembro de 2013

Relatório Mensal - Setembro de 2013 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa emplacou o terceiro mês de alta consecutiva e fechou setembro com valorização de 4,65%. Apesar dos indicadores econômicos domésticos ainda

Leia mais

Módulo 2. As Empresas e as Redes Sociais

Módulo 2. As Empresas e as Redes Sociais Módulo 2 As Empresas e as Redes Sociais Introdução Eco sistemas de negócio Aplicações de negócio Construir uma empresa Tácticas/ Estratégias Segmentação Gestão - Profissionais Custo Gestão de tempo ROI

Leia mais

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha:

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha: Projecto GTBC Portugal: Edifício Taurus Campo Pequeno, 48 2º 1000-081 Lisboa Tel.: +351 217 921 920 Fax: +351 217 921 929 www.gtbc.pt info@gtbc.pt Espanha: CalleAtocha, 20, 2ªIzq 28012 Madrid Tel.: +34

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

QUALIDADE E INOVAÇÃO. Docente: Dr. José Carlos Marques

QUALIDADE E INOVAÇÃO. Docente: Dr. José Carlos Marques QUALIDADE E INOVAÇÃO Docente: Dr. José Carlos Marques Discentes: Estêvão Lino Andrade N.º 2089206 Maria da Luz Abreu N.º 2405797 Teodoto Silva N.º 2094306 Vitalina Cunha N.º 2010607 Funchal, 28 de Março

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS COORDENAÇÃO Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof. Doutor Sérgio

Leia mais

Casos de Estudo nacionais Traduzir a estratégia em ação com o BSC. Joana Miguel Santos

Casos de Estudo nacionais Traduzir a estratégia em ação com o BSC. Joana Miguel Santos Casos de Estudo nacionais Traduzir a estratégia em ação com o BSC Joana Miguel Santos Caso de Sucesso: Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social

Leia mais

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br POR QUE ESCREVEMOS ESTE E-BOOK? Nosso objetivo com este e-book é mostrar como a Gestão de Processos

Leia mais

T&E Tendências & Estratégia

T&E Tendências & Estratégia FUTURE TRENDS T&E Tendências & Estratégia Newsletter número 1 Março 2003 TEMA deste número: Desenvolvimento e Gestão de Competências EDITORIAL A newsletter Tendências & Estratégia pretende ser um veículo

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos Escola de Governo do Paraná SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS

Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos Escola de Governo do Paraná SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS 1º MÓDULO: SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS Economia e Sociedade do Conhecimento: Conceitos básicos: economia da informação e conhecimento. Investimentos tangíveis e intangíveis. Gestão do Conhecimento e

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

O que é necessário para ser um negociador eficaz?

O que é necessário para ser um negociador eficaz? O que é necessário para ser um negociador eficaz? uitos consideram que são necessárias algumas qualidades pessoais inatas, um toque ou talento especial. Em contraste, um número infindável de livros sobre

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

JOSÉ AUGUSTO ALVES JOSÉ MOTA CASAS INTELIGENTES

JOSÉ AUGUSTO ALVES JOSÉ MOTA CASAS INTELIGENTES JOSÉ AUGUSTO ALVES JOSÉ MOTA CASAS INTELIGENTES PORTUGAL/2003 Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente

Leia mais