those who are mobile.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "those who are mobile."

Transcrição

1 Carlos Alberto Kamienski - Outubro de 2016

2 Meios vs. Fins

3 Internationalisation at home touches upon everything from the academic curriculum, to the interactions between local students and international students and faculty, to the cultivation of internationally-focused research topics, to innovative uses for digital technology. Most importantly, it focuses on all students reaping the benefits of international higher education, not just those who are mobile.

4

5 Atração de estrangeiros para a IES Alunos, Professores, Pesquisadores, Funcionários Internacionalização do currículo Componentes internacionais, globalizados, interculturais Treinamento para receber estrangeiros Cursos de idiomas, aspectos interculturais, etc. Colaboração internacional em pesquisa Projetos de pesquisa com parceiros internacionais Ensino Colaborativo Internacional Online (COIL) Alunos de IES de países diferentes aprendendo juntos

6 Não trivial em um país grande com uma população que não domina o idioma inglês Universidades públicas tem uma missão relacionada ao desenvolvimento nacional que as faz olhar primeiro para o próprio país Ações para que os campi tenham uma atmosfera internacional podem gerar controvérsia na comunidade universitária

7 Inevitável Para a internacionalização em casa Necessário Parceiros internacionais argumentam que seus alunos não falam português e portanto não podem vir para universidades brasileiras Desafio Tema controverso

8

9 Fundamentos Interdisciplinaridade Inclusão social Excelência acadêmica Internacionalização Flexibilidade (graduação) Mais do que 50% das disciplinas são optativas Sem pré-requisitos Alunos tem liberdade para escolher disciplinas 3 quadrimestres no ano (= mais escolhas)

10 Main pedagogical concept Interdisciplinaridad e Sem Departamentos Bacharelados Interdisciplinares

11 Bachelor in Science and Technology (BC&T)

12 Bachelor in Science and Humanities (BC&H)

13 Internationalization - Objectives 1. Aumentar a exposição internacional da UFABC 2. Aumentar o número de projetos de ensino, pesquisa e extensão em colaboração internacional 3. Aumentar a produção científica em publicações de circulação internacional e em colaboração internacional 4. Incrementar número de docentes com pós-doutorado no exterior 5. Incrementar programas de mobilidade internacional 6. Aumentar a atração de alunos, docentes e pesquisadores estrangeiros 7. Incentivar o estabelecimento de acordos de dupla diplomação 8. Oferecer disciplinas em inglês na graduação e pós-graduação 9. Promover a internacionalização do currículo 10. Proporcionar formação em língua estrangeira, principalmente em inglês, e em língua portuguesa para estrangeiros

14 Autorização interna: final de 2014 Atualmente professores são voluntários Poucas restrições Pós-graduação Qualquer disciplina pode ser oferecida em inglês Graduação Disciplinas obrigatórias podem ser em inglês se pelo menos uma turma for em português Disciplinas optativas podem ser em inglês

15 Pequeno avanço para criar um ambiente mais amigável para alunos internacionais Resultados (graduação) 22 disciplinas diferentes em inglês (5 quadrimestres) Efeito externo Agora é mais fácil negociar a vinda de alunos de mobilidade com parceiros internacionais Efeito interno Repercussão positiva entre alunos e professores

16 Outubro 2016 Permanentes: 11% (68 de 614) Visitantes: 29% (14 de 48) Candidatos a professor permanente Candidatos podem escolher fazer as provas do concurso em português ou inglês Edital aprovado pelo Conselho Universitário (2013) Candidatos a professor visitante Propostas enviadas por meio eletrônico

17 Conselho Universitário aprovou política de incentivos para pós-doutorado no exterior (2016) Resultados esperados: contribuições para a internacionalização da UFABC Explorar novas fronteiras do conhecimento/tecnologia Aumentar publicações em colaboração internacional Gerar novos projetos em colaboração internacional Aumentar mobilidade internacional Atrair pesquisadores/professores visitantes

18 Parceiros institucionais e alunos necessitam de informações para decidir por mobilidade Currículo em português dificulta UFABC está num processo de traduzir as informações de disciplinas para inglês Professores estão traduzindo ementas e adaptando bibliografias, por serem os maiores especialistas

19 Cursos de inglês e português Prioridade Outros: espanhol, francês italiano Cursos gratuitos! Nivelamento de alunos com fragilidades socioeconômicas na língua inglesa Inserção de alunos internacionais

20 Cursos de EMI para professores (2017) Professores devem se sentir confiantes Workshops ministrados (2016) Disciplinas COIL (esperado: 2017) Collaborative Online International Learning Expõem alunos e professores a interações internacionais (projetos conjuntos em grupo) Internacionalização do currículo Próximo passo depois da tradução/adaptação Atração de alunos internacionais Aceitar SAT para candidatos internacionais?

21 Pós-graduação Aumentar a atração de alunos internacionais que não dominam a língua portuguesa (hispano-falantes tem facilidade de assistir aulas em português) Graduação BCT e BCH: oferecer no mínimo uma turma em inglês de cada disciplina obrigatória Ofertar disciplinas em inglês pelo interesse dos docentes ou sob demanda de alunos internacionais

22

23

24

25

26

27 Carlos Alberto Kamienski - Outubro de 2016

conceito A internacionalização na UFG é concebida como um processo que articula a dimensão internacional, intercultural e global no ensino, pesquisa e

conceito A internacionalização na UFG é concebida como um processo que articula a dimensão internacional, intercultural e global no ensino, pesquisa e Plano de Gestão UFG 2014-20172017 INTERNACIONALIZAÇÃO Coordenadoria de Assuntos Internacionais Universidade Federal de Goiás conceito A internacionalização na UFG é concebida como um processo que articula

Leia mais

Proposta de Ação de Extensão

Proposta de Ação de Extensão Proposta de Ação de Extensão Dados Gerais Evento: PET INCENTIVA PREAE: Proponente: Daniel Juliano Pamplona da Silva (Instituto de Ciência e Tecnologia) Edital: 06/2015 (Fluxo contínuo - EVENTOS) Área CNPq:

Leia mais

Pesquisa TIC Educação e os desafios para o uso das tecnologias nas escolas de ensino fundamental e médio no Brasil

Pesquisa TIC Educação e os desafios para o uso das tecnologias nas escolas de ensino fundamental e médio no Brasil Pesquisa TIC Educação e os desafios para o uso das tecnologias nas escolas de ensino fundamental e médio no Brasil ICT Education Research and challenges for the use of technology in elementary and secondary

Leia mais

Painel. A Construção de Universidades de Excelência Internacional no Brasil

Painel. A Construção de Universidades de Excelência Internacional no Brasil Painel A Construção de Universidades de Excelência Internacional no Brasil Marco A. Casanova Departamento de Informática Coordenador Central de Planejamento e Avaliação PUC-Rio 29 de julho de 2014 Roteiro

Leia mais

Tabela de Conversão de horas - Atividades Complementares ESC- ECDE - EAETI - ENDH (Exceto Direito)

Tabela de Conversão de horas - Atividades Complementares ESC- ECDE - EAETI - ENDH (Exceto Direito) Tabela de Conversão de horas - s Complementares ESC- ECDE - EAETI - ENDH (Exceto Direito) GRADUAÇÃO BACHARELADO Dimensão por por Aproveitamento de disciplinas de cursos de Pós-graduação Stricto Sensu e

Leia mais

LABORATÓRIO SEGURO. Preservando vidas.

LABORATÓRIO SEGURO. Preservando vidas. LABORATÓRIO SEGURO Preservando vidas. O Grupo de Trabalho Laboratório Seguro foi formado com o objetivo de discutir as questões que envolvem a segurança dos alunos de graduação, pós-graduação, extensão

Leia mais

Edital N 09/2016. Programa Módulo Internacional

Edital N 09/2016. Programa Módulo Internacional Edital N 09/2016 PROCESSO SELETIVO PARA DISCIPLINAS OFERECIDAS EM INGLÊS Programa Módulo Internacional Dispõe sobre a matrícula de estudantes nas disciplinas no idioma inglês como parte do Programa Módulo

Leia mais

DE PÓS-GRADUAÇÃO

DE PÓS-GRADUAÇÃO 6.2.2. DE PÓS-GRADUAÇÃO As áreas de abrangência da UFOB têm experimentado importante crescimento econômico e populacional nos últimos 30 anos, fato que tem ampliado significativamente a demanda por profissionais

Leia mais

MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO EM COMPONENTES CURRICULARES

MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO EM COMPONENTES CURRICULARES Ministério da Educação Universidade Federal do Sul da Bahia Pró Reitoria de Gestão Acadêmica MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO EM COMPONENTES CURRICULARES 2015.1 Caros Estudantes Conforme calendário acadêmico

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE DOUTORADO EDITAL 2012

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE DOUTORADO EDITAL 2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE DOUTORADO EDITAL 2012 O da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro torna pública a abertura das inscrições para a seleção ao Programa de

Leia mais

PROCESSO DE ADMISSÃO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2015 CANDIDATOS CLASSIFICADOS * CPF Curso Campus Turno Média Final Ponderada Situação

PROCESSO DE ADMISSÃO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2015 CANDIDATOS CLASSIFICADOS * CPF Curso Campus Turno Média Final Ponderada Situação PROCESSO DE ADMISSÃO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2015 CANDIDATOS CLASSIFICADOS * 377.260.***-17 BCT Santo André Diurno 746,71 Apto 1ª chamada 420.449.***-61 BCT Santo André Diurno 731,29 Apto 1ª chamada

Leia mais

INSTITUIÇÃO PAÍS VAGAS Univ. Nac. del Centro de la

INSTITUIÇÃO PAÍS VAGAS Univ. Nac. del Centro de la Edital ARI nº. 4/2014 Programa de Mobilidade Acadêmica Regional em Cursos Acreditados - MARCA 2014/2 A Universidade Federal do Paraná UFPR - através de sua Assessoria de Relações Internacionais torna pública

Leia mais

Impressões gerais sobre o V Fórum de Internacionalização da UNESP

Impressões gerais sobre o V Fórum de Internacionalização da UNESP 1 Impressões gerais sobre o V Fórum de Internacionalização da UNESP Leandro R. Tessler IFGW, Unicamp tessler@ifi.unicamp.br Barra Bonita, 20/11/2013 2 Impressionante 370 pessoas Todos os campi presentes

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO REITORIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO REITORIA RESOLUÇÃO UNESP N º 59, de 10 de julho de 2014. Regulamenta os Cursos de Extensão Universitária ministrados na UNESP. A Vice-Reitora no exercício da Reitoria da Universidade Estadual Paulista "Júlio de

Leia mais

DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 374/2010 EMENTA: Estabelece o Ajuste Curricular do Curso de Graduação em Turismo, aprovado pela Resolução 226/2007 e alterada

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC -

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - REGULAMENTO INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - SUMÁRIO CAPITULO I... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO II... 3 DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES...

Leia mais

JULIANA FERRAZ COUTINHO CURRICULUM VITÆ PORTO

JULIANA FERRAZ COUTINHO CURRICULUM VITÆ PORTO JULIANA FERRAZ COUTINHO CURRICULUM VITÆ PORTO 2011 ÍNDICE I. Identificação...2 II. Formação Académica...3 III. Actividade Docente...4 1. Licenciaturas. 2. Cursos de Pós-Graduação. 3. Outros Cursos. IV.

Leia mais

Resolução 028/99 - CONSEPE

Resolução 028/99 - CONSEPE Resolução 028/99 - CONSEPE Aprova Regulamentação para a admissão de Professores Colaboradores para atuação no Programa Magister. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE da Fundação

Leia mais

Edital de Seleção 2016 X Curso de Atualização: A Teoria e as Questões Políticas da Diáspora Africana nas Américas

Edital de Seleção 2016 X Curso de Atualização: A Teoria e as Questões Políticas da Diáspora Africana nas Américas Edital de Seleção 2016 X Curso de Atualização: A Teoria e as Questões Políticas da Diáspora Africana nas Américas CRIOLA, através do Programa MultiVersidade Criola, um espaço de formação feminista e anti-racista

Leia mais

Olá, somos a SRI e, sim, amamos internacionalização.

Olá, somos a SRI e, sim, amamos internacionalização. Olá, somos a SRI e, sim, amamos internacionalização. E nosso bate-papo será rápido ;-) Mobilidade Internacional Ensino de Línguas Estrangeiras Programas de Intercâmbio Cultural PROGRAMAS DE MOBILIDADE

Leia mais

FACULDADE DE MAUÁ FAMA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO - BACHAREL EM SERVIÇO SOCIAL

FACULDADE DE MAUÁ FAMA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO - BACHAREL EM SERVIÇO SOCIAL FACULDADE DE MAUÁ FAMA CURSO BACHAREL EM SERVIÇO SOCIAL MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO - BACHAREL EM SERVIÇO SOCIAL MAUÁ, 2013/2014/2015 0 1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares,

Leia mais

Códigos Disciplinas Carga Horária. LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários I 60 horas ---

Códigos Disciplinas Carga Horária. LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários I 60 horas --- LICENCIATURA EM LETRAS: PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS MATRIZ CURRICULAR Habilitação em Português e respectivas literaturas o Ciclo Básico: LEC050 Linguística I 60 horas --- LEC091 Estudos Literários

Leia mais

Programa USP/U.Porto Edital 2015

Programa USP/U.Porto Edital 2015 1. Introdução A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade do Porto (U.Porto) Portugal celebraram um Acordo de Cooperação Internacional objetivando a cooperação acadêmica em todas as áreas do conhecimento

Leia mais

Currículo Lattes. Para cadastrar um novo currículo, acesse a página principal do Lattes

Currículo Lattes. Para cadastrar um novo currículo, acesse a página principal do Lattes Currículo Lattes Para cadastrar um novo currículo, acesse a página principal do Lattes http://lattes.cnpq.br/ No canto direito aparecerá as seguintes opções: Escolha Cadastrar novo currículo. A primeira

Leia mais

Região do ABC. ABC paulista, Região do Grande ABC, ABCD:

Região do ABC. ABC paulista, Região do Grande ABC, ABCD: Tutoria: inclusão, permanência e êxito Andifes UFMG - 213 Região do ABC ABC paulista, Região do Grande ABC, ABCD: Região Metropolitana de São Paulo (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul,

Leia mais

POR TURMA Inglês Básico I (para adolescentes com 5 idade entre 11 e 15 anos) Inglês Básico I 5 Inglês Básico II 4 Inglês Básico III 3

POR TURMA Inglês Básico I (para adolescentes com 5 idade entre 11 e 15 anos) Inglês Básico I 5 Inglês Básico II 4 Inglês Básico III 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE LETRAS CENTRO DE LÍNGUAS CELIG

Leia mais

E I X O S

E I X O S 0011 0010 1010 1101 0001 0100 1011 5 E I X O S 10 dimensões 5 eixos 8- Planejamento e Avaliação. 1- Missão e Plano de Desenvolvimento Institucional. 0011 3- Responsabilidade 0010 1010 1101 Social 0001

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO DO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA PERÍODO 2015 TABELA 1 Adesão de docentes e discentes na avaliação 2015

Leia mais

calendário escolar escolha o mês

calendário escolar escolha o mês calendário escolar escolha o mês julho agosto setembro outubro novembro dezembro janeiro / 2015 fevereiro / 2015 março / 2015 www.prg.ufla.br /prgufla Julho 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

Leia mais

EDITAL Nº 001/PIC/AU/2016

EDITAL Nº 001/PIC/AU/2016 EDITAL Nº 001/PIC/AU/2016 Estabelece os procedimentos para inscrição de acadêmicos no Programa de Iniciação Científica do Curso de Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo da FACC Faculdade Concórdia. A

Leia mais

EDITAL Nº007/2016 SELEÇÃO DE PROFESSOR PARA A BOLSA DE PESQUISA 2016 MODALIDADE PROJETO DE PESQUISA

EDITAL Nº007/2016 SELEÇÃO DE PROFESSOR PARA A BOLSA DE PESQUISA 2016 MODALIDADE PROJETO DE PESQUISA EDITAL Nº007/2016 SELEÇÃO DE PROFESSOR PARA A BOLSA DE PESQUISA 2016 MODALIDADE PROJETO DE PESQUISA A Coordenação do Projeto Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher -

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Introdução à Economia Matemática 0760.002

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA EDU236 Fundamentos da Educação: Sociologia - 30 36 2 0 3º EDU237 Fundamentos da Educação: Filosofia - 30 36 2 0 3º LET812 Estudos de Leitura - 60 72 2 2 3º LET872 Teoria

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Endereço: R. Basílio da Gama, S/N - Canela - Salvador / Bahia CEP 40.110.907 Telefone: (071) 3283-7700 /7701 e-mail: enufba@ufba.br

Leia mais

Tabela de Atividades Complementares do Curso de Engenharia de Produção:

Tabela de Atividades Complementares do Curso de Engenharia de Produção: Rio de Janeiro, 01 de Outubro de 2012. Versão: 00 Validade por tempo indeterminado. Atividades Palestras e Eventos oferecidos pela UVA ENFEPro Encontro Fluminense de Engenharia de SIMPEP - Simpósio de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 49, de 09

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Toledo. Coordenação de Engenharia Eletrônica. PROJETO nº 001/2013

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Toledo. Coordenação de Engenharia Eletrônica. PROJETO nº 001/2013 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Toledo Coordenação de Engenharia Eletrônica PROJETO nº 001/2013 Projeto OMNI Idiomas (1º semestre de 2013) Maio/2013 Toledo PR 1

Leia mais

EDITAL 12/2015 - PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL UFF

EDITAL 12/2015 - PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL UFF EDITAL 12/2015 - PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL UFF RESULTADO DA ANÁLISE DE CONHECIMENTO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MATRÍCULA UFF PULE IDIOMA 1 APTO PULE IDIOMA 2 APTO ANÁLISE DO TESTE DE PROFICIÊNCIA

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS DE DIAMANTINO. 12 (doze) meses. 12 (doze) meses. 12 (doze) meses. 12 (doze) meses.

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS DE DIAMANTINO. 12 (doze) meses. 12 (doze) meses. 12 (doze) meses. 12 (doze) meses. FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS DE DIAMANTINO 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica (3) (4) (5) previsão de alunos por turma em disciplina teórica de, no máximo, 80. relação aluno por docente,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ANEXO III

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ANEXO III SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA ANEXO III Fichas de Avaliação das Provas: Escrita, Didática e/ou Prática e de Títulos Porto Velho -RO SERVIÇO PÚBLICO

Leia mais

Recrutamento de estudantes. Luísa Capitão, 25 setembro 2014

Recrutamento de estudantes. Luísa Capitão, 25 setembro 2014 Recrutamento de estudantes Luísa Capitão, 25 setembro 2014 "If you always do what you have always done, you will always get what you have always got." Henry Ford (1863-1947) TRENDS 2010 SURVEY EUA- European

Leia mais

Em colaboração com. Com o apoio de CONVOCAÇÃO PARA PROPOSTAS DE SESSÕES PARALELAS CONGRESSO DAS AMÉRICAS SOBRE A EDUCAÇÃO INTERNACIONAL (CAEI)

Em colaboração com. Com o apoio de CONVOCAÇÃO PARA PROPOSTAS DE SESSÕES PARALELAS CONGRESSO DAS AMÉRICAS SOBRE A EDUCAÇÃO INTERNACIONAL (CAEI) Em colaboração com Com o apoio de CONVOCAÇÃO PARA PROPOSTAS DE SESSÕES PARALELAS CONGRESSO DAS AMÉRICAS SOBRE A EDUCAÇÃO INTERNACIONAL (CAEI) A internacionalização: Componente Essencial da Qualidade do

Leia mais

Regulamento da Revista Thema

Regulamento da Revista Thema Regulamento da Revista Thema Capítulo I - Da finalidade e objetivo Art. 1 o - A Revista Thema é publicada pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul) através da Pró-Reitoria

Leia mais

Edital do Programa Integrado de Bolsas (PIB) para Estudantes de Graduação Programa de Extensão (PIBEx) RETIFICADO

Edital do Programa Integrado de Bolsas (PIB) para Estudantes de Graduação Programa de Extensão (PIBEx) RETIFICADO Edital do Programa Integrado de Bolsas (PIB) para Estudantes de Graduação Programa de Extensão (PIBEx) RETIFICADO I - Do objeto A Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da Universidade Federal do Espírito Santo

Leia mais

VOTO CONSU de 26/04/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA

VOTO CONSU de 26/04/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOTO CONSU 2012-04 de 26/04/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA 2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O Programa de Monitoria do Centro Universitário Adventista de São Paulo UNASP é um programa

Leia mais

A ATUALIDADE DO PLANO ORIENTADOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Timothy Mulholland

A ATUALIDADE DO PLANO ORIENTADOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Timothy Mulholland A ATUALIDADE DO PLANO ORIENTADOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Timothy Mulholland O Plano Orientador de Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro e o início da Universidade de Brasília 1962 Universidade de Brasília

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Faculdade de Tecnologia SENAI de Desenvolvimento Gerencial NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 1. Introdução A Iniciação Científica é um instrumento de formação de recursos humanos,

Leia mais

NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovadas pelo Colegiado do Curso em 13/06/2014. Ata nº. 05/2014) 1. PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS: b) Cópia do certificado de participação.

Leia mais

INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO

INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Editar este formulário Caro(a) aluno(a), este é um instrumento de avalia várias dimensões de sua vivência na universidade. Sua participação é muito importante para que possamos:

Leia mais

UnB/Universidade de Brasília Faculdade UnB Planaltina

UnB/Universidade de Brasília Faculdade UnB Planaltina EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS À BOLSA PÓS-DOC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL (PPG-MADER/UNB) PROGRAMA NACIONAL DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES 2013 1. DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

Carlos Alexandre Netto Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Carlos Alexandre Netto Universidade Federal do Rio Grande do Sul Carlos Alexandre Netto Universidade Federal do Rio Grande do Sul netto@gabinete.ufrgs.br Objetivos da Avaliação na UFRGS: Estabelecer Cultura de Avaliação; Assegurar Qualidade de Processos e de Produtos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 0, de 05 de abril de 0, publicado no Diário Oficial da União nº 66, de 08 de abril de 0. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES,

Leia mais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Relações Internacionais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Relações Internacionais Atos legais referentes ao curso Pela Portaria CEE nº 409/2006, de 09.10.2006, publicada no D.O.E. em 11.10.2006, O Conselho Estadual de Educação reconhece o curso de graduação em Relações Internacionais

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CAMPUS BAIXADA SANTISTA. Um itinerário de aprendizagens, desafios e perspectivas

PROJETO PEDAGÓGICO DO CAMPUS BAIXADA SANTISTA. Um itinerário de aprendizagens, desafios e perspectivas PROJETO PEDAGÓGICO DO CAMPUS BAIXADA SANTISTA Um itinerário de aprendizagens, desafios e perspectivas (Escher, Relatividade, 1960) Uma história recente 2004 início com os cursos seqüenciais de Educação

Leia mais

ANEXO 1 - BOLSAS E DESCONTOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Tipo de Bolsa/ Desconto Conceito Percentual/Crédito/valor Semestral. Bolsa Aluno Ouvinte

ANEXO 1 - BOLSAS E DESCONTOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Tipo de Bolsa/ Desconto Conceito Percentual/Crédito/valor Semestral. Bolsa Aluno Ouvinte ANEXO 1 - BOLSAS E DESCONTOS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - 2016 Tipo de Bolsa/ Desconto Conceito Percentual/Crédito/valor Bolsa Aluno Ouvinte Bolsa concedida a alunos que se matriculam em disciplinas isoladas,

Leia mais

PROJETOS COM OBJETIVOS QUE INTEGRAM ENSINO. Claudianny Amorim Noronha

PROJETOS COM OBJETIVOS QUE INTEGRAM ENSINO. Claudianny Amorim Noronha PROJETOS COM OBJETIVOS QUE INTEGRAM ENSINO Claudianny Amorim Noronha A PERSPECTIVA DE ENSINO NO EDITAL DE AÇÕES INTEGRADAS Melhoria do processo de ensino e aprendizagem dos cursos de graduação e pós-graduação,

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA ICHLA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA Currículo Novo - 2010/02 - Noturno. RECONHECIMENTO RENOVADO PELA PORTARIA Nº 1.657, DE 07/10/2010 - D.O.U. DE 08/10/2010

Leia mais

REITORIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 04/2008 NORMAS PARA DEPÓSITO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TRABALHOS NA BIBLIOTECA

REITORIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 04/2008 NORMAS PARA DEPÓSITO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TRABALHOS NA BIBLIOTECA REITORIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 04/2008 NORMAS PARA DEPÓSITO E DISPONIBILIZAÇÃO DE TRABALHOS NA BIBLIOTECA Aprovada no CONSEPE, na 5ª Sessão, realizada em 21 de maio

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO - ANUAL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO - ANUAL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO - ANUAL INTRODUÇÃO Entendendo que a formação do aluno não se dá apenas em sala de aula, o Curso de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO VI DO REGULAMENTO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DOCENTE PARA A AQUISIÇÃO DA ESTABILIDADE NO CARGO DE PROVIMENTO EFETIVO EM VIRTUDE DE CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO ENSINO

Leia mais

Sugestão de Roteiro para Apresentação de Memoriais em Concursos de Livre-Docência e Professor Titular Faculdade de Medicina da USP

Sugestão de Roteiro para Apresentação de Memoriais em Concursos de Livre-Docência e Professor Titular Faculdade de Medicina da USP Sugestão de Roteiro para Apresentação de Memoriais em Concursos de Livre-Docência e Professor Titular Faculdade de Medicina da USP Identificação Resumo do Memorial Apresentação sob forma de tabelas demonstrando

Leia mais

Projeto IAG2020. Não há como fazer uma administração ou um planejamento eficientes sem o estabelecimento de metas.

Projeto IAG2020. Não há como fazer uma administração ou um planejamento eficientes sem o estabelecimento de metas. Projeto IAG2020 O objetivo deste projeto é fazer um planejamento estratégico para o IAG, que identifique ações a serem tomadas e que tenha, além de um caráter norteador, um sentido prático, auxiliando

Leia mais

SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO A PESQUISA E EXTENSÃO

SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO A PESQUISA E EXTENSÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO A PESQUISA E EXTENSÃO Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@ifrn.edu.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTE DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTE DE ENSINO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTE DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CALENDÁRIO UNIVERSITÁRIO 2007 Janeiro / 2007 01 Feriado (Ano novo). 04 e 05 Apresentação do planejamento/programa

Leia mais

Workshop de Gestão de Recursos Humanos Objetivos Gerais Dotar os participantes de técnicas, métodos e instrumentos que vão fazer melhorar o planeamento, o acompanhamento e a Gestão dos Recursos Humanos.

Leia mais

A Interação entre a Educação Básica e a

A Interação entre a Educação Básica e a A Interação entre a Educação Básica e a Educação Superior: a visão do FOPROP (Fórum dos Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das Universidades Brasileiras) Jorge Audy Presidente FOPROP Nacional audy@pucrs.br

Leia mais

Avaliação das condições de ensino - UFPE

Avaliação das condições de ensino - UFPE Avaliação das condições de ensino - UFPE Editar este formulário Prezado(a) professor(a), Considerando o ensino como uma das dimensões da docência na universidade (Ensino, pesquisa, extensão, gestão), este

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO RESULTADO DA 1ª ETAPA DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NPGED/POSGRAP Nº 01/2014 VAGAS INSTITUCIONAIS

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Conselho Superior

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Conselho Superior RESOLUÇÃO Nº 045 CONSUPER/2015 Dispõe sobre Normas para o estabelecimento de Acordos/Convênios de Cooperação Internacional do IFC. O Presidente do do IFC, Professor Francisco José Montório Sobral, no uso

Leia mais

HOSPITAL SÃO LUCAS DA PUCRS RESIDÊNCIA MÉDICA

HOSPITAL SÃO LUCAS DA PUCRS RESIDÊNCIA MÉDICA HOSPITAL SÃO LUCAS DA PUCRS RESIDÊNCIA MÉDICA 2017 MANUAL DO CANDIDATO 2ª FASE MANUAL DO CANDIDATO Concurso para seleção de Médicos Residentes para o ano de 2017 (Referente extrato de Edital divulgado

Leia mais

O curso de Mestrado e Doutorado envolvem as seguintes áreas de concentração:

O curso de Mestrado e Doutorado envolvem as seguintes áreas de concentração: O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC) da UFPE tem como objetivo básico a formação de recursos humanos de alto nível para desempenhar papel significativo no desenvolvimento auto-sustentado

Leia mais

Programa de Mobilidade Estudantil na Fatih University. Edital GCUB nº 001/2016. Acerca das iniciativas da Fatih e do GCUB

Programa de Mobilidade Estudantil na Fatih University. Edital GCUB nº 001/2016. Acerca das iniciativas da Fatih e do GCUB Programa de Mobilidade Estudantil na Fatih University Edital GCUB nº 001/2016 A Fatih University (Fatih) e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), no âmbito do Protocolo de Cooperação Internacional

Leia mais

FACULDADE SENAC PORTO ALEGRE. EDITAL Ano 2016 PMA PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA

FACULDADE SENAC PORTO ALEGRE. EDITAL Ano 2016 PMA PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA FACULDADE SENAC PORTO ALEGRE EDITAL Ano 2016 PMA PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA 1- Introdução O Programa de Mobilidade Acadêmica - PMA da Faculdade Senac Porto Alegre - FSPOA foi criado com o objetivo

Leia mais

Edital de Seleção ao Curso de Mestrado Turma de 2010

Edital de Seleção ao Curso de Mestrado Turma de 2010 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO Edital de Seleção ao Curso de Mestrado Turma de 2010 A coordenadora

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INTRODUÇÃO A Resolução nº 1, de 2 de fevereiro de 2004, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Administração, Bacharelado,

Leia mais

Descrição do Curso de Verão

Descrição do Curso de Verão Descrição do Curso de Verão Portugal - 1 de 7 - Introdução O BEST Board of European Students of Technology é uma associação sem fins lucrativos, políticos ou religiosos que reúne estudantes de Engenharia,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Diretoria de Graduação e Educação Profissional Câmpus Curitiba

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Diretoria de Graduação e Educação Profissional Câmpus Curitiba EDITAL Nº 16/2015-DIRGRAD-CT SELEÇÃO DO COORDENADOR DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO A DOCÊNCIA- PIBID- SUBPROJETOS PIBID LÍNGUA INGLESA E PIBID INTERDISCIPLINAR DE LÍNGUA INGLESA A do

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO FILOLOGIA E LÍNGUA PORTUGUESA COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP)

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO FILOLOGIA E LÍNGUA PORTUGUESA COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO FILOLOGIA E LÍNGUA PORTUGUESA I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) A Comissão Coordenadora do Programa (CCP) deverá ser composta por quatro membros

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016

PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016 PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016 A Cruzeiro do Sul S/A, por meio da Pró-Reitoria de Educação

Leia mais

PROFESSOR VISITANTE ESTRANGEIRO PVE

PROFESSOR VISITANTE ESTRANGEIRO PVE 1 Do programa e objetivos PROFESSOR VISITANTE ESTRANGEIRO Edital CGCI nº 015/2007 1.1 O Programa Professor Visitante Estrangeiro, tem como objetivo incentivar a realização de visitas de média ou longa

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional Plano de Desenvolvimento Institucional Âmbito de atuação Missão Visão Elementos Duráveis Princípios Elementos Mutáveis (periodicamente) Análise Ambiental Objetivos Estratégicos Metas Planos de Ação PDI

Leia mais

DEZEMBRO / dias letivos - Sábados letivos: 5, 12 e 19 - Belo Horizonte 14 dias letivos - Sábados letivos: 5, 12 e 19 - Montes Claros

DEZEMBRO / dias letivos - Sábados letivos: 5, 12 e 19 - Belo Horizonte 14 dias letivos - Sábados letivos: 5, 12 e 19 - Montes Claros DEZEMBRO / 2015 13 dias letivos - Sábados letivos: 5, 12 e 19 - Belo Horizonte 14 dias letivos - Sábados letivos: 5, 12 e 19 - Montes Claros 1 Início do período para Registro Acadêmico nos cursos de pós-graduação,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO SETEMBRO/2012 D S T Q Q S S Dias Letivos: 10 dias Semestre Letivo: 2012-1 01 05 Dia da Amazônia (Feriado Estadual) 02 03 04 05 06 07 08 07 Independência do Brasil (Feriado Nacional) 09 10 11 12 13 14 15

Leia mais

1.6. MATRÍCULA Número de registro e identificação do discente a ser gerado após o seu cadastro na instituição.

1.6. MATRÍCULA Número de registro e identificação do discente a ser gerado após o seu cadastro na instituição. OBJETO 1: ALUNO 1.1. DISCENTE Nome do graduando. 1.2. CPF 1.3. CURSO Nome e código do curso 1.4. TURNO 1.5. COLOCAÇÃO NO VESTIBULAR Critério de desempate a ser utilizado pelo sistema na etapa de escolha

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular EMPREENDEDORISMO Cursos GESTÃO (2.º ciclo) GESTÃO DO TURISMO GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE GESTÃO DO MAR Unidade Orgânica

Leia mais

EDITAL Nº 145 ABERTURA DE INSCRIÇÕES CURSOS DE INGLÊS: UESC English

EDITAL Nº 145 ABERTURA DE INSCRIÇÕES CURSOS DE INGLÊS: UESC English EDITAL Nº 145 ABERTURA DE INSCRIÇÕES CURSOS DE INGLÊS: UESC English 2016.2 A Reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para

Leia mais

RESULTADO FINAL (por ordem n. CPF) atualizado

RESULTADO FINAL (por ordem n. CPF) atualizado E D I T A L N 001/2016 - EXTENSÃO Língua Inglesa do Programa Boa Vizinhança - 1º semestre 2016 (por ordem n. ) atualizado 1 23/02/1977 004.***.026-01 Candidato não apresentou documentação 2 10/04/1971

Leia mais

Regulamento. 1.Da participação. 2.Dos encontros temáticos. 3.Das modalidades de apresentação

Regulamento. 1.Da participação. 2.Dos encontros temáticos. 3.Das modalidades de apresentação Regulamento 1.Da participação O Seminário de Extensão da Unioeste (SEU) é um evento gratuito, organizado pela Pró-Reitoria de Extensão e visa divulgar os trabalhos realizados pelos extensionistas dessa

Leia mais

(Caso tenha alguma dificuldade para abrir os editais copie o endereço do link e cole no navegador) OBJETO QUEM PODE PROPOR ÓRGÃO FINANCIADOR

(Caso tenha alguma dificuldade para abrir os editais copie o endereço do link e cole no navegador) OBJETO QUEM PODE PROPOR ÓRGÃO FINANCIADOR DATA LIMITE DE ENVIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA - UESB ASSESSORIA NA GESTÃO DE PROJETOS E CONVÊNIOS INSTITUCIONAIS - AGESPI EDITAIS 2016 (Caso tenha alguma dificuldade para abrir os editais

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 GABARITO PARA AVALIAÇÃO DE PROVA DE TÍTULOS CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSORES NÃO TITULARES NOME DO(A) CANDIDATO(A): DEPARTAMENTO: SETOR: Unidade Universitária: ÁREA OU MATÉRIA: GRUPO I Títulos universitários

Leia mais

Matriz de ameaças/oportunidades

Matriz de ameaças/oportunidades - Necessidades de formação ao longo da vida - Transferência de tecnologia - Relações com PALOPs e outros como BRICs - Utilização de e-learning - Questões demográficas (redução da população jovem) - Situação

Leia mais

ANÁLISE DE PRÉ-PROJETO

ANÁLISE DE PRÉ-PROJETO BAREMA 01 ANÁLISE DE PRÉ-PROJETO ITENS DE AVALIAÇÃO Pontuação Máxima 1. Tema e Relevância do Projeto Pertinência com a proposta do curso 01 Originalidade 01 2. Delimitação do Problema Abordagem clara do

Leia mais

TABELA UNIFICADA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS CCB

TABELA UNIFICADA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS CCB SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE GENÉTICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 101, de 15 de dezembro

Leia mais

Instituto de Educação Universidade de Lisboa

Instituto de Educação Universidade de Lisboa Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação e Tecnologias Digitais 14 15 Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

Leia mais

FINEP CONCURSO PÚBLICO ANALISTA A11 INGLÊS Gabarito da Prova de Objetiva. FINEP CONCURSO PÚBLICO ANALISTA A11 ESPANHOL Gabarito da Prova de Objetiva

FINEP CONCURSO PÚBLICO ANALISTA A11 INGLÊS Gabarito da Prova de Objetiva. FINEP CONCURSO PÚBLICO ANALISTA A11 ESPANHOL Gabarito da Prova de Objetiva CONCURSO PÚBLICO ANALISTA A11 INGLÊS Gabarito C E A D A B D E A D B A D B D E C D E A Gabarito D B C D C A A C D A CONCURSO PÚBLICO ANALISTA A11 ESPANHOL Gabarito C E C D B B D E A D B A D B D E C D E

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ODONTOLOGIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ODONTOLOGIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE ODONTOLOGIA EDITAL DE SELEÇÃO N 05/2011 O DIRETOR DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA,

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE ESTÍMULO À PRODUÇÃO INTELECTUAL

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE ESTÍMULO À PRODUÇÃO INTELECTUAL CONSEPE 2005-12 de 09/06/2005 CONSU 2011-02 de 24/03/2011 CONSU 2014-13 de 26/06/2014 POLÍTICA INSTITUCIONAL DE ESTÍMULO À PRODUÇÃO INTELECTUAL O processo de produção do conhecimento em todas as suas manifestações,

Leia mais

EDITAL MOBILIDADE ACADÊMICA UDESC/ABRUEM

EDITAL MOBILIDADE ACADÊMICA UDESC/ABRUEM EDITAL MOBILIDADE ACADÊMICA UDESC/ABRUEM 2017-1 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, UDESC, no uso de suas atribuições acadêmicas e administrativas, objetivando a chamada do Programa de

Leia mais

Biblioteca Virtual da FAPESP

Biblioteca Virtual da FAPESP Washington, D.C. Biblioteca Virtual da FAPESP Melhoria do Acesso à Informação em Ciência, Tecnologia e Inovação Através da Implantação de Novos Recursos no Sistema de Informação da Biblioteca Virtual da

Leia mais