Diogo MORGADO. Para onde quer que vá, serei sempre português. {Chá} {Hipoterapia} {Olimpíadas} {LUSOFONIA} {EXPORTAÇOES} {MANDELA} {CAMPANHA}

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Diogo MORGADO. Para onde quer que vá, serei sempre português. {Chá} {Hipoterapia} {Olimpíadas} {LUSOFONIA} {EXPORTAÇOES} {MANDELA} {CAMPANHA}"

Transcrição

1 JAN FEV 2014 distribuição gratuita {LUSOFONIA} O POTENCIAL ESCONDIDO DA LÍNGUA PORTUGUESA ~ {EXPORTAÇOES} RETOMA ECONÓMICA E SUSTENTABILIDADE {MANDELA} UM HOMEM QUE MARCOU O MUNDO {CAMPANHA} TV RECORD APOIA COMÉRCIO TRADICIONAL EXCLUSIVO Diogo MORGADO Para onde quer que vá, serei sempre português 2014 Doze medidas para ser feliz Pág. 38 {Olimpíadas} Atletas portugueses nos J.O. de Inverno em Sochi Pág. 34 {Hipoterapia} A tranquilidade contagiante dos cavalos Pág. 40 {Chá} Benefícios de uma infusão milenar Pág. 42

2 MEDITATIO Belmira Antunes Branco REDAÇÃO Ana Rita Dinis Daniela Carrilho Virginia Galván COPY DESK 04 Procura-se 5% RETROSPETIVA Nuno Estêvão PANORAMA COLABORARAM NESTA EDIÇÃO: 08 Lusofonia Herança valiosa Observado o Acordo Ortográfico Design e paginação Ana Paula Costa Ângela Correia Edir Antunes Hélio Mateus Rui Lança Texto Anna Carolina Fernandes César Carreira Ribeiro Filipe Mayer José Rodrigues Branco M. Margarida Pereira-Müller Vanessa Sardinha Fotografia Carlos Ramos MARKETING Ana Paula Braga Ana Cristina Silva APOIO INTERNACIONAL Luana Miranda DIREÇÃO COMERCIAL Deolinda Pinheiro SITE E REDES SOCIAIS recordeuropa.com facebook.com/recordeuropa twitter.com/tvrecordeuropa TIRAGEM GERAL exemplares Encarte nos principais jornais de Portugal 12 Entrevista exclusiva Diogo Morgado 18 Discurso direto 20 Ícones Nelson Mandela 22 Crónica: Os Campeões Escondidos 24 Planeta Record Programação TV Record 24 Parceria TV Record/MEO Numa campanha concertada, envolvendo lojas 28 Economia Exportar está no ADN português MEO e que visou o reforço da marca da emissora, foram alcançadas milhares de pessoas. 30 Crónica: Revisão de prova 32 Mundo ONU ajuda 52 milhões 34 Desporto Jogos Olímpicos de Inverno VIDA DEPÓSITO LEGAL /11 INSCRIÇÃO NA ERC CAPA Foto: Carlos Ramos PROPRIETÁRIA E EDITORA Rede Record de Televisão Europa, S.A. Ed. Entreposto Praça José Queirós, Fração 7, Piso Lisboa Portugal A revista SHARE MAGAZINE e a sua proprietária não se responsabilizam pelos serviços e produtos anunciados, nem pelo teor das ideias onde eventualmente esses produtos ou serviços sejam fundamentados. Também não se responsabiliza por conceitos e opiniões emitidos por colaboradores e entrevistados, os quais não refletem necessariamente a opinião dos diretores e editores. 38 Bem-estar O que fazer para ser feliz 34 Sochi 2014 Arthur Hanse Hipoterapia e Camille Dias representam Portugal no mais importante evento dos desportos de inverno. Chá e infusões 43 Crónica: Dieta mediterrânica 44 Sabores Sopa de castanhas 46 Gadgets Smartphone com smartwatch 48 Detalhes Aspeto saudável durante todo o ano! 50 Cultura istockphoto LIDERGRAF Rua do Galhano, Vila do Conde Portugal IMPRESSÃO EDIÇÃO #11 PÚBLICO PUBLISHER E COORDENAÇÃO GERAL 28 Exportações As botas e sapatos desenhados pela cantora norte-americana Rihanna são produzidos em Portugal. 38 Felicidade A ciência apresenta várias hipóteses para explicar este bem-estar. Descubra dicas para um ano feliz. janeiro/fevereiro

3 5% PROCURA-SE MEDITATIO Após um feriado prolongado, o professor entrou na sala da universidade. Depois de várias tentativas para conseguir, educadamente, captar a atenção dos seus alunos, levantou a voz e disse: Prestem atenção, porque só vou dizer isto uma única vez! - o silêncio instalou-se e o professor continuou: Desde que comecei a lecionar, há já muitos anos, descobri que nós, professores, trabalhamos apenas para 5% dos alunos de uma turma. Em todos estes anos constatei que, em cada cem alunos, apenas cinco fazem realmente alguma diferença no futuro. Apenas 5% se tornam profissionais brilhantes e contribuem, de forma significativa, para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Os outros 95% servem apenas para fazer volume; são medíocres, passam pela vida e não deixam nada de útil. O interessante é que esta percentagem se enquadra em muitas outras áreas. Se prestarem atenção, notarão que, em cem professores, apenas cinco fazem a diferença. Em cem empregados de mesa, apenas cinco são excelentes; em cem motoristas de táxi, apenas cinco são verdadeiros profissionais; em cem conhecidos, quanto muito, cinco são verdadeiros amigos, fraternos e de absoluta confiança. Não é que os restantes 95% sejam inúteis - são apenas normais e não fazem a diferença. Infelizmente, não há como separar estes 5% dos restantes, pois essa é uma seleção que só o tempo será capaz de fazer. Cabe a cada um de vocês escolher a que grupo pertencerá. Muito obrigado pela atenção e vamos à aula de hoje. Ai! doeu-lhe o fígado? Se alguém encontrar este professor me avise, sff. Vou dar ao leitor um exemplo atual, que, na minha opinião, se encaixa muito bem na categoria 95% - os jornalistas. Calma! Não arremesse as pedras! Deixe-me explicar. Vejo um pouco de todos os telejornais portugueses. Amo o jornalismo de coração - mas o jornalismo feito por profissionais cuja força motriz parte do desejo, puro, de levar ao público a verdade, de forma simples e imparcial. Um jornalismo no qual quem está a ser informado (o público) se identifica com o informador (o jornalista). Claro que, para isso acontecer, o profissional da informação tem de, entre outros aspectos, ter coragem, deontologia e identidade própria (estes são os 5%). Há quem diga que o problema se inicia no método de ensino, nas condições de trabalho e, até mesmo, na complexidade do cruzamento da informação. Isso, por si só, daria uma longa discussão. A verdade é que parece haver, na grande maioria dos jornalistas, uma perceção distorcida da raiz informativa, dado os seus referenciais e motivações. Triste realidade. Ao identificar as causas que impedem o fator diferencial, estamos a dar um longo passo para trabalhar na qualidade, liberdade e rejuvenescimento do jornalismo. Para finalizar, quero deixar bem claro que tenho orgulho dos jornalistas das TVs e jornais de Portugal, pois são eles que fazem a diferença na conjuntura atual, ainda que representem, apenas, 5% entre a maioria. Marcelo Cardoso CEO da Rede Record de Televisão Internacional 4

4 RETROSPETIVA Enquanto a terra deu mais uma volta ao sol, assinalaram se protestos políticos em todo o planeta que, massacrado com catástrofes e eventos extremos, se despediu de ícones emblemáticos que perdurarão na memória das gerações futuras. NACIONAL GREVES CONTRA TRABALHO EXTRA A 1 de janeiro começa uma onda de paralisações no sector dos transportes e função pública. PROTESTOS CONTRA A TROIKA Milhares de portugueses ocupam as ruas, em 38 cidades, a 2 de março, em manifestações contra o programa de austeridade. TV RECORD TRANSMITE GALA TV7 DIAS A 24 de abril, e no ano em que comemorou 60 anos, a TV Record foi a emissora que, pela primeira vez e em exclusivo, transmitiu a Gala TV7 Dias. MAIOR CARGA HORÁRIA NA FUNÇÃO PÚBLICA A 3 de maio, o Governo anuncia o alargamento das 35 para as 40 horas semanais. GOVERNO É REMODELADO Demissão de Vítor Gaspar, a 1 de julho, desencadeia crise política. A 25 de julho, Paulo Portas é empossado vice- -primeiro-ministro. POLÍCIAS INVADEM ESCADARIAS DA A.R. A maior manifestação de sempre das forças policiais, a 29 de setembro, no Parlamento, contesta os cortes no Orçamento para Reuters PORTUGAL APURA-SE PARA O MUNDIAL A seleção portuguesa vence a Suécia, a 19 de novembro, e garante lugar no Mundial de Futebol de 2014, no Brasil. INTERNACIONAL ADEUS A HUGO CHÁVEZ Depois de 14 anos no poder, o presidente da Venezuela morre a 5 de março, vítima de cancro. THATCHER MORRE AOS 87 ANOS A ex-primeira- -ministra britânica falece a 8 de abril, vítima de acidente vascular cerebral. TEMPESTADES VIOLENTAS NOS ESTADOS UNIDOS O Estado de Oklahoma foi o principal afetado. Um tornado provocou dezenas de mortos e centenas de feridos, a 21 de maio. MANIFESTAÇÕES NO BRASIL Milhões de brasileiros iniciam, a 17 de junho, uma vaga de protestos contra o aumento do preço dos transportes e falta de investimento na saúde. EUA ACUSADOS DE ESPIONAGEM MUNDIAL Edward Snowden assume-se a 9 de junho como o delator do programa de vigilância das comunicações, perpetrado pelos EUA. NASCE HERDEIRO DA COROA BRITÂNICA George Alexander Louis, filho de Kate Middleton e do príncipe William nasce a 22 de julho. CATÁSTROFE NAS FILIPINAS O tufão Haiyan atinge o arquipélago a 22 de novembro, afetando mais de 10 mil pessoas. DESPEDIDA A MANDELA O ex-presidente da África do Sul morre a 5 de dezembro. 6

5 PANORAMA HERANÇA VALIOSA Um idioma vale tanto quanto o seu volume de utilizadores e o português já representa quatro por cento da riqueza mundial. Mais de 244 milhões de pessoas, em todo o mundo, falam a língua de Camões. Um valor que se estima aumentar para 350 milhões no final do século XXI e que promete não ficar por aqui. É que o potencial comercial da língua está a cativar adeptos em todas as geografias. texto Ana Rita Dinis Corbis/ VMI 8 9

6 PANORAMA lusofonia Olugar da língua portuguesa no ranking das mais faladas do mundo varia em função dos critérios das organizações que o elaboram. Em Portugal, o Instituto Camões e o Observatório da Língua Portuguesa concordam em registar que mais de 244 milhões de pessoas falam português como idioma materno. Esta é a língua oficial de oito países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Contudo, as estatísticas não consideram a população total de cada Estado (em Timor-Leste, por exemplo, apenas 20% dos habitantes falam português), e incluem as diásporas e o legado deixado em locais por onde os portugueses passaram ao longo da História, como Macau, Goa e Malaca. {Valor económico} Mais do que um número, e além de um indicador cultural, a língua é um valioso instrumento no campo da economia. Que o diga a Irlanda, cuja recente recuperação não é alheia ao significativo investimento americano, facilitado pelo facto de ambos falarem a mesma língua. Mesmo não estando a capitalizá la em pleno, Portugal beneficia igualmente desta vantagem que pode, e muito, contribuir para alavancar o seu crescimento. Isso mesmo é confirmado pelo estudo do Instituto Universitário de Lisboa - ISCTE, publicado no livro 'Potencial Económico da Língua Portuguesa', que apura que o idioma representa 17% do PIB nacional e 4% da riqueza mundial. Uma valorização que deve mais ao crescimento das geografias emergentes, como o Brasil, Angola e Moçambique, do que a uma política nacional do idioma. Aliás, há quem defenda que a polémica em torno da mais recente iniciativa para a uniformização da língua, o Acordo Ortográfico (ver caixa), pode ter concorrido mais para um afastamento do que para a tão necessária proximidade entre países. Se o valor da língua depende do número de utilizadores, a sua força é condicionada pelo potencial comercial. E um fator tende a alimentar o outro. {Pilar estratégico} Na atual conjuntura de dificuldade económica, Portugal não pode ignorar a ponte que começou a construir com os Descobrimentos. Cumpre lhe fortalecer as fundações e criar novos pilares para a estender. Efetivamente, a língua portuguesa tem um forte impacto na dinamização das trocas comerciais. As empresas têm menos custos de adaptação num país com traços linguísticos comuns, o que por si só acaba por promover as exportações nacionais. É exatamente por reconhecerem a importância da língua e da cultura, enquanto fatores de aproximação, de entendimento e de cumplicidades que as grandes empresas portuguesas, que já se internacionalizaram ou que estão em processo de o fazer, elegeram como vetor estratégico fundamentalmente as áfricas lusófonas e o Brasil. A proximidade linguística facilita também a captação de investimento estrangeiro, como de resto tem acontecido de forma mais evidente com o capital angolano em Portugal, assim como facilita a migração e a integração das populações. Por forma a otimizar as potencialidades da língua, Portugal terá de apostar numa iniciativa global, apoiada pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Segundo José Paulo Esperança, autor do estudo do ISCTE, esta estratégia passa por aprofundar a intercompreensão entre os utilizadores do português, com destaque para o vocabulário científico e técnico. Além disso, importa estimular o desenvolvimento da atividade editorial e de produção científica em português e privilegiar o ensino da língua junto dos utilizadores do idioma hipercentral (inglês) e dos países hispanofalantes. Para o investigador, será importante promover a aliança com a língua espanhola, incluindo a intercompreensão e a aproximação na área editorial. LUSOFALANTES NO MUNDO Comunidade dos Países de Língua Portuguesa CABO VERDE 431,5 mil População: 496 mil SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE 150 mil População: 165 mil BRASIL 194,9 milhões População: 194,9 milhões {Projeção universal} Neste mundo global, a língua portuguesa vai ganhando vigor, com cada vez mais países a apostar no seu ensino. Entretanto, e a reboque do crescimento do Brasil - o maior embaixador da nossa língua, com cerca de 195 milhões de falantes - e de Angola, esse interesse estende-se a regiões fora da Europa, nomeadamente na África Austral, América do Sul, Rússia e China. Esta última, sobretudo, incentivada pelo crescente interesse em desenvolver relações económicas com países lusófonos. Os sinais de que o português já está a caminho de se tornar numa língua mundial provêm de vários pontos do planeta. Desde 2008, o português integra a lista dos idiomas prioritários, na pesquisa feita pela Confederação Britânica da Indústria (CBI), que identifica as competências dos PORTUGAL 10,6 milhões População: 10,6 milhões ANGOLA 13,8 milhões População: 19,8 milhões trabalhadores que podem ser mais úteis para os negócios. O português foi, aliás, considerado pelo Instituto British Council como um dos dez idiomas estrangeiros mais importantes nos próximos 20 anos, no Reino Unido. Nos EUA, uma recente edição da 'Language Magazine', revista especializada em Educação, registou um boom na procura pelo português em universidades americanas. Segundo a Modern Language Association, já estão registados em cursos de português mais de dez mil alunos. Na China, até alguns anos atrás, apenas quatro universidades ofereciam aulas de português. Hoje, já são mais de 15 e a ideia das autoridades chinesas é chegar às 30 nos próximos anos. Como no século XVI, o português voltou claramente a estar na moda e os próximos dois maiores eventos desportivos do mundo, no Brasil - o Campeonato Mundial de Futebol em 2014 GUINÉ-BISSAU 855 mil População: 1,5 milhões TIMOR LESTE 220 mil População: 1,1 milhões MOÇAMBIQUE 13,9 milhões População: 23,3 milhões {Fonte} Observatório da Língua Portuguesa e os Jogos Olímpicos em irão comprová-lo. Dificilmente se falará tanto português nos próximos anos. Esta será portanto uma das maiores oportunidades para a projeção e dinamização da língua. Saiba Portugal aproveitá-la. Factos e números 1 ª 3 º 5 ª 5 º 6 ª língua mais falada no Hemisfério Sul e a 6ª no mundo (244 milhões de pessoas). Observatório da Língua Portuguesa. idioma mais usado no Facebook (58,5 milhões). Instituto Camões. língua mais postada no Twitter em MIT Technology Review. idioma mais utilizado na internet (82,5 milhões). Internet World Stats. língua mais falada nos negócios, em todo o mundo. Ranking Bloomberg. (Des)acordo ortográfico Firmado em 1990 pelos países membros da CPLP, o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (AOLP) será oficialmente aplicado em Em Portugal, o documento gerou alguma resistência, sobretudo pela ideia de que se estaria a submeter a língua aos trejeitos linguísticos brasileiros. Supondo-se até que o Brasil estaria reticente quanto ao acordo, visto que adiou a sua adoção. A este propósito, o embaixador do Brasil em Portugal, Mário Vilalva, já respondeu que o seu país está solidamente comprometido com a iniciativa e que o adiamento se prendeu com questões de tempo para adaptação. Na intenção, o AOLP representa a convergência entre as expressões orais e escritas da língua portuguesa, na expectativa de que a unificação da grafia permitirá potenciar a economia dos países lusófonos. As várias petições que circulam online, contra o acordo, argumentam que a língua continuará a ser diferente entre Portugal e o Brasil, que os idiomas mais falados do mundo não precisaram de acordos para garantir a sua importância, e que a mudança vai gerar insegurança e confusão na redação da língua

7 PÚBLICO EXCLUSIVO Diogo Morgado Interpretar Jesus foi a experiência mais intensa da minha vida O Seixal viu-o crescer, mas os momentos mais felizes da sua infância foram passados no Alentejo. Desde cedo se apercebeu que a representação faria, para sempre, parte de si. Recusa a exposição pessoal, em defesa da família, e garante que, para onde quer que vá, será sempre português. Aos 33 anos, Diogo Morgado acredita que desempenhou o papel da sua vida ao vestir a pele de Jesus Cristo, na minissérie A Bíblia. Um momento profissional irrepetível e doloroso, que o marcará para sempre. texto Vanessa Sardinha fotografia Carlos Ramos Ligados ao Futuro 12 13

8 PÚBLICO entrevista Como apresentaria o Diogo Morgado? Cresci na margem sul, venho de famílias humildes e estou muito grato por tudo o que tenho. Procuro ver o lado menos óbvio daquilo que me rodeia, sou muito obstinado e insatisfeito. Mas também aprendi que a perfeição não existe e, como tal, não deve ser uma obsessão. Temos de ter consciência de que a vida é uma maratona e não uma corrida de 100 metros, pelo que cair faz parte e a forma como nos levantamos é que nos caracteriza. Apesar de ser uma figura pública, pouco se sabe sobre a sua vida privada. É uma opção sua? Ainda nos tempos de estudante apercebi-me que muitas das pessoas mais próximas eram amigas do tipo da televisão e não do Diogo, e isso fazia-me muita confusão. Ser figura pública é uma consequência do meu trabalho e não a minha profissão. Sou ator e quero ser conhecido por aquilo que faço e não por onde ando. E também sinto que é meu dever proteger o meu filho [Santiago, de três anos] e a pessoa que esteja comigo. Foi pai na idade certa? Sim. Desejava ser pai antes dos e foi espetacular! Os filhos têm de nos ver na nossa força máxima, na plenitude daquilo que somos e aprender com isso. Quero proporcionar esses momentos ao meu filho. Como pai e educador, o que mais o inquieta na sociedade em que vivemos? Há uma enorme pressão invisível na cabeça dos jovens e, no geral, as pessoas vivem cada vez mais oprimidas e tristes. Não tenho medo do futuro do Santiago, pois conheço a realidade. Como pai, compete-me prepará-lo para que ele consiga ser o mais feliz possível. É difícil conciliar a carreira com a vida familiar? Não é fácil, mas é altamente exequível. É tudo uma questão de adaptação e organização. Por mais trabalho que tenha, não prescindo de estar com o meu filho o máximo de tempo que consiga. Há coisas que eu fazia quando não era pai e que hoje já não faço. Não vou, por exemplo, tantas vezes ao teatro, ao cinema... Mas tenho outro tipo de base de dados, que é a família... São as emoções, a vivência dos afetos e os sentimentos que crescem ao ver aquele ser pequenino e maravilhoso. Recentemente, foi o protagonista da minissérie de sucesso The Bible. Sentiu o peso da responsabilidade por interpretar Jesus Cristo? Sim, claro. Em todas as interpretações que vi de Jesus, faltou sempre qualquer coisa, era tudo muito cinematográfico e pouco humano. Quis torná-lo mais real, palpável e próximo do conceito de família. Por exemplo, escolhi sorrir, porque num tempo obscuro e de sofrimento, em que havia crucificações todas as semanas, haver um forasteiro que chegava a uma localidade a sorrir era, no mínimo, magnetizante. Ele fazia coisas diferentes, pouco habituais para aquele tempo: a forma de falar, estar, sorrir, tocar... A não ser entre familiares, não havia demonstrações de afeto, as pessoas não se tocavam... Se não me preparasse a nível espiritual, e fizesse só uma coisa 'plástica', sentir me ia culpado para o resto da minha vida. Considera-se uma pessoa espiritual? Sim, sempre fui. Seria impossível aceitar o convite para a minissérie sem definir o que sinto e aquilo em que acredito. Seria hipócrita vestir a pele do filho de Deus e não saber o que Jesus significa para mim. Descobri que há conceitos muito errados no mundo e, talvez, o maior deles seja a religião, que pode ser definida como a necessidade de acreditar em algo maior do que nós. A fé, ou aquilo em que acreditamos, é o que nos motiva todos os dias. É uma identidade, como o nosso BI; não temos de mostrá-la ou explicá-la... Eu acredito no meu Deus e na existência de um homem chamado Jesus, um pregador de ensinamentos, muitas vezes incompreendido, que deixou uma mensagem universal - de paz, amor, compaixão, de olhar pelo próximo. Não nos cabe a nós julgar. E essa mensagem serve para todas as culturas, povos, línguas e épocas. O Diogo fez uma 'viagem espiritual' para se preparar para este papel... Foi uma viagem interior, que me levou a questionar muitas coisas e pensar: Como posso acrescentar algo à História? Foi nesse seguimento que propus dar uma volta à cena da última ceia, sugerindo que se começasse com uma festa, na qual Jesus não sabia que ia morrer. Justifiquei - defendendo a ideia com unhas e dentes - que em lugar algum da Bíblia esteja escrito que ele sabia de antemão que ia morrer, mas sim que conheceu o seu destino devido à ligação especial com Deus. Quem determinou que Jesus tem superpoderes e sabia previamente da traição de Judas? Isso não está na Bíblia, não foi definido por ninguém... Qual a cena mais marcante e difícil de interpretar? A da crucificação. Tive a consciência de que estava a recriar um momento que mudou o mundo. O cristianismo não existiria sem ela, nem sem a notícia dada pelos apóstolos de que Jesus Cristo havia ressuscitado ao terceiro dia. E tudo o que aconteceu definiu o resto: o carregar da cruz, as vezes que caiu e o que disse até ao momento da sua morte. Ter de juntar tudo isso numa representação que trouxesse algo de novo foi muito difícil e levou-me ao extremo - muitas lágrimas de dor, física e emocional. Marcou-me muito! Desde o início da rodagem que aquelas cenas me assombravam. Foi muito recompensador o resultado e o feedback das pessoas. Ali, não houve um "Só somos o que fazemos e o que dizemos, e não o que queríamos ter feito ou dito" "Os filhos têm de nos ver na nossa força máxima, na plenitude daquilo que somos e aprender com isso" 14 15

9 PÚBLICO entrevista segundo de preocupação artística. Dei-me ao papel como nunca havia acontecido antes - nem sequer parecido. A minha entrega foi total. Este foi o papel da sua vida? Sim, foi a experiência profissional e pessoal mais intensa da minha vida. Voltaria a interpretar Jesus Cristo? Não, porque não repetiria aqueles momentos [da crucificação]. Foi de uma violência muito grande, apesar de ter sido só a sombra do que pode ter acontecido. Vou levar alguns anos para digerir o que se passou naqueles dias. Acho que ainda sou muito novo e é cedo para traduzir em palavras tudo o que senti. É capaz de dar a outra face? Sim, violência gera violência, apela a um instinto primário de reação. Se eu empurrar alguém, serei empurrado de volta. É uma reação instintiva. Temos de saber como impedir situações dessas, mostrando o quão ridícula a outra pessoa está a ser. Isso é dar a outra face e acredito que quem a dá é o ser mais capaz e inteligente. Coloca em prática, no seu dia a dia, os valores legados por Jesus Cristo? Pelo menos procuro que assim seja. A mensagem que Jesus Cristo deixou baseia-se no amor, na compaixão e na esperança. Aceitar as coisas más é o primeiro passo para tentar ultrapassá-las. O importante é a busca pelo bem-estar do próximo. Vivemos numa conjuntura de crise, não só económica, mas também de valores. Acredita que uma influencia a outra? Uma pode alimentar a outra, mas são distintas. Uma pessoa que não atinge os seus objetivos sentir se á frustrada, logo estará mais predisposta a não prestar atenção ao que devia. Por outro lado, o meu pai e o meu avô contavam que, no seu tempo, uma sardinha dava para três pessoas - e sabemos que não era mentira, pois vivia se com muito pouco. Hoje, uma pessoa come bife com arroz e sente-se infeliz. Tem muito a ver com a forma como cada pessoa encara a vida. Diz-se que somos cada vez mais materialistas. Concorda com esta ideia? Muitas pessoas vivem cegas, mas não é por maldade. Acho que há muitos fatores que nos empurram para o individualismo. Por exemplo, muitos de nós compram os filhos porque não têm tempo para eles: trabalham para pagar uma casa que não precisavam, quando poderiam ser felizes numa mais pequena... A conjuntura económica trouxe várias dificuldades inesperadas, mas muitas pessoas foram simplesmente irresponsáveis. O que acontece é que muitos definem erradamente as prioridades das suas vidas. Mudava alguma coisa na sua vida pessoal ou profissional? Não. A calma e a felicidade com que hoje vivo devem-se, também, a todas as coisas más que aconteceram na minha vida - e aprendi sempre algo com elas, com os erros. Se me tivesse corrido sempre tudo bem, viveria mais insatisfeito e o que conquistei não teria o mesmo valor. Por isso é que digo que vivo bem com muito pouco. As nossas raízes não são só as boas, são também as más. Alguma vez na sua vida ponderou mudar de país? Não. Para onde quer que vá, serei sempre português. É aquilo que sou, o que me define... É a minha cultura. Errar é humano, ser mau não - é uma frase sua. Pode explicá-la? Existem pessoas que percebem que erraram, olham para trás e pedem desculpa. Há outras que não se apercebem do erro, mas quando alertadas para a falha pedem desculpa, pois não intencionavam magoar o outro. E, depois, há aquelas que estão no 'departamento da maldade': magoam os outros, mas não admitem reparos, nem pedem desculpa. Portanto, errar é humano, ser mau não. Que mensagem deixa aos leitores da Share? Que tenham em mente que nós só somos o que fazemos e o que dizemos, e não o que queríamos ter feito ou dito. Se pensamos que gostávamos de ajudar mais o próximo, só seremos essa pessoa quando fizermos alguma coisa. Até lá, não passará de um projeto. Devemos ser mais gratos por aquilo que temos, seja em que quantidade for. "O ser mais capaz e inteligente é aquele que dá a outra face" "Descobri que há conceitos muito errados no mundo e, talvez, o maior deles seja a religião" 'Hot Jesus' Defina... "As primeiras coisas que saíram sobre mim na imprensa dos EUA foram fotografias minhas, normais. Os comentários iniciais relacionaram-se com a minha boa pinta. Quando a minissérie estreou e comecei a aparecer, essa expressão desvaneceu-se. A Oprah recuperou-a e acabou por pegar. São palavras simpáticas, mas acho que não combinam nada com este papel." Humildade "É a capacidade de ver as coisas boas que nos rodeiam, ao ponto de nos sentirmos mais pequenos" Verdade "É ter a consciência de que nada é absoluto" Perdão "Muitas vezes, para perdoar é necessário gostarmos mais do outro do que de nós próprios" Misericórdia "Algo que está acima da condição humana" 16 17

10 PÚBLICO discurso direto Tenho uma relação forte com a minha família. Ela é a minha prioridade. Se não tivermos um contacto diário, a minha cabeça não flui para o trabalho. Marcos Mion Apresentador da TV Record Fiz por estar preparada. E também não fiquei em casa, à espera que a oportunidade chegasse. Daniela Ruah Atriz GettyImages A atividade criativa poderia ajudar-nos a sair desta depressão económica e psicológica que atravessamos. Maria de Medeiros Atriz INSPIRAÇÃO Há 30 anos, Mandela inspirou-me. Ele fez-me querer ser um homem melhor. Barack Obama Presidente dos EUA DETERMINAÇÃO Fui para dentro de água para ganhar, nunca baixei os braços, nunca entrei a pensar que ia perder. Kikas Surfista PUB GIRO Qualquer pessoa com alguma visibilidade ou sucesso tem responsabilidade social. Patrick Dempsey Ator GettyImages É importante trabalhar muito, porque o sucesso não aparece sem esforço. Se temos um objetivo, temos de lutar por ele. Irina Shayk GettyImages Tenho sido sempre muito bem recebido em Portugal. Anselmo Ralph Cantor A livre circulação é um princípio central da União Europeia, mas não pode ser um direito inquestionável. David Cameron Primeiro-ministro do Reino Unido Se a Grã-Bretanha quer abandonar o mercado único, isso é possível, mas a liberdade de circulação não é negociável. Viviane Reding Vice-presidente da Comissão Europeia 18 19

11 PÚBLICO ícones Corbis/ VMI C M Y CM NELSON MANDELA A FORÇA DO PERDÃO MY CY CMY K texto Virginia Galván Trazia consigo a sabedoria da paz e a calma do perdão. Recusou enveredar pelo caminho do ódio e, através da reconciliação, unificou a África do Sul, ferida por décadas de segregação racial. Nelson Mandela foi um homem que se recusou a ver o mundo a preto e branco. Nasceu no seio de uma família tribal, numa pequena aldeia sul-africana, mas estava-lhe reservado um destino diferente. Cedo notou o abismo que separava brancos e negros no país e foi esta perceção que o motivou a dedicar a vida a defender a tolerância e combater o racismo. Ideal pelo qual sou capaz de morrer Nelson Mandela começou a sua luta contra o apartheid ao juntar-se, em 1944, ao Congresso Nacional Africano, tornando-o num grande movimento de massas a nível nacional. O então estudante de Direito abriu o primeiro escritório de advocacia negra em Joanesburgo e geriu o movimento contra as políticas governamentais racistas de forma pacífica, com recurso a greves e boicotes. Em 1961, Mandela liderou uma greve geral de três dias e foi condenado a cinco anos de prisão. Dois anos depois, a pena foi agravada. Um segundo julgamento ditou prisão perpétua. Lutei contra o domínio branco, lutei contra o domínio negro. Defendi o ideal de uma sociedade livre e democrática, em que todas as pessoas possam viver juntas, com harmonia e em igualdade. É o ideal pelo 20

12 PÚBLICO ícones Crónica GettyImages "Os corajosos não receiam perdoar" qual vivo e hei de alcançá-lo. Mas, se for preciso, também é um ideal pelo qual sou capaz de morrer, proclamou. Não ia entregar-me ao desespero Foi uma vida passada na cadeia, 27 longos anos de cativeiro. Padeceu de tuberculose, não foi autorizado a estar presente no funeral da mãe nem do filho mais velho. Houve muitos momentos sombrios, nos quais a minha fé na Humanidade foi testada, mas eu não podia nem ia entregar-me ao desespero. A contestação internacional era enorme e o Governo sul- -africano teve de lidar com o movimento criado para a libertação de Mandela. A tão desejada liberdade chegou em 1990: A luta é a minha vida. Continuarei a lutar pela liberdade até ao fim dos meus dias. Em 1993, o mundo assistiu a um momento histórico: Nelson Mandela, ao lado do presidente sul-africano, Frederik Willem de Klerk, para receber o prémio Nobel da Paz. Um ano depois, torna-se no primeiro presidente negro da África do Sul, aos 77 anos. O Governo de Mandela criou a Comissão da Verdade e Reconciliação, encarregada de apurar, e não punir, os factos ocorridos durante o apartheid, assegurando também um futuro no país à população branca. As pessoas corajosas não receiam perdoar, a favor da paz, afirmava. Sonho com uma África em paz consigo mesma Abandonou a política em 1999, mas a defesa dos direitos civis não ficou por aqui. Só posso descansar por um momento, com a liberdade vêm as responsabilidades. Não me posso demorar, a minha caminhada ainda não terminou. Terminou aos 95 anos. A caminhada de Madiba chegou ao fim, mas o seu legado continua a ser uma inspiração em todo o mundo. OS CAMPEÕES ESCONDIDOS ortugal tem, ao longo P da sua História, gerado homens e mulheres de inequívoca capacidade, pessoas de invulgar mérito, que foram e são pouco valorizadas. Apesar das dificuldades, os portugueses têm cerrado os dentes e deitado cá para fora o que de melhor possuem: a coragem, a criatividade e a confiança nas suas capacidades. E fazem-no esquecendo a negatividade que os rodeia. Participei, recentemente, numa conferência onde foram entregues prémios a empresas exportadoras - muitas viram na adversidade a oportunidade que lhes permitiu atingir o sucesso. Sectores como os do têxtil, calçado, construção, engenharia ou o da investigação foram os que mais rapidamente se adaptaram aos enormes desafios. Nem a dificuldade de acesso ao crédito, as taxas de juro altíssimas, os custos elevados de produção, as cargas brutais de impostos e os insuficientes apoios estatais demoveram essas empresas de apostar, de investir. Nelas estão os grandes campeões José Rodrigues Branco Gestor de empresas escondidos deste país. São estas organizações que têm sustentado a nossa débil economia. São estes agentes que, subtilmente, têm mantido a esperança em milhares de famílias portuguesas, fazendo-as crer que é possível superar as barreiras. Muitas delas, ao invés de esperarem pelo Estado, avançaram, determinadas, até ao êxito. Muitas vezes, ao escutarmos o discurso político, de todos os quadrantes, ficamos de imediato com a clara noção de que vivemos em realidades completamente opostas. De um lado existe a tecnocracia e, muitas vezes - perdoem-me a franqueza -, a incompetência aliada à ignorância, para não dizer à má fé e à corrupção; e do outro lado o arrojo, a perseverança e a excelência. Tenho a noção clara de que o papel destes verdadeiros campeões escondidos tem sido crucial para que o desespero, a angústia e, porque não dizer, a violência não façam parte do quotidiano de muitas famílias portuguesas. Um excelente ano de 2014! 22

13 PÚBLICO planeta record TV RECORD/MEO SUCESSO EM PARCERIA GRELHA DE PROGRAMAÇÃO TV Record e o MEO organizaram uma A ação conjunta, com projeção nacional, para assinalar a posição da emissora na grelha de canais da operadora - canal 171. Neste âmbito, foram realizadas atividades especiais, que alcançaram milhares de pessoas. Reflexo de uma aposta da Milagres de Jesus estreia em breve A nova minissérie da TV Record Milagres de Jesus descreve a realização de um milagre em cada episódio. O projeto, liderado por João Camargo, que dirigiu Sansão e Dalila, foi produzido em parceria com a Academia de Filmes e envolve mais de 60 atores. Os conteúdos relatam histórias bíblicas, transmitindo uma forte carga emocional. Cada um dos 18 programas inspira-se em testemunhos de força e convicção para demonstrar o poder da fé. TV Record na proximidade com o público, esta iniciativa, cuja forte adesão (local e online) atestou claramente a popularidade da emissora, incluiu a distribuição de mais de vinte mil brindes e a organização de vários passatempos paralelos. Um deles deu a Geldelio Cardoso (em baixo Canal apoia comércio tradicional No último mês de 2013, e sob o mote 'Em 2014, Inspire-se, Renove-se', a TV Record promoveu uma campanha para apoiar pastelarias de Lisboa e Porto. Ao todo, foram disponibilizados mais de 50 mil sacos, próprios para embalar bolo rei, e foi realizado um passatempo em cada espaço associado, que visou fomentar o negócio. A ação incluiu, ainda, a distribuição de mais de 400 brindes que aliaram a forma circular do bolo rei à projeção da marca no âmbito nacional. à esq.) a possibilidade de dar uma volta ao Autódromo Internacional do Algarve, a bordo de um Vauxhall VXR8. Audiências * confirmam solidez Desde 2006, quando se lançou diretamente em Portugal, e até novembro de 2013, a TV Record alcançou a expressiva marca de 377% de crescimento em audiências. A variedade da programação e a chancela de qualidade da emissora foram fatores determinantes para o seu êxito em terras lusas. *{Fonte} CAEM, Mediamonitor, com tv paga, entre novembro de 2006 e novembro de 2013 SEGUNDA 09:00 11:00 Xena 11:30 12:00 13:00 14:45 16:30 17:00 19:30 20:00 21:00 Domingo Espetacular MG no Ar Fala Brasil Hoje em Dia Balanço Geral SP Pica-Pau Programa da Tarde Fala Portugal em direto Poder Paralelo Pecado Mortal 22:00 Roberto Justus + 23:00 Jornal da Record SÁBADO 09:00 10:00 11:00 12:00 14:00 15:00 15:30 16:30 17:00 18:30 20:00 20:30 22:00 23:00 Hora News Ressoar Record Kids Fala Brasil Especial The Love School A Bahia que a Gente Gosta Esporte Fantástico Pica-Pau Programa da Tarde A definir Giro Cidade Alerta Legendários Jornal da Record Veja o vídeo TERÇA 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 14:45 16:30 17:00 19:30 20:00 21:00 22:00 23:00 BREVEMENTE Hora News Prova de Amor Xena Goiás no Ar Fala Brasil Hoje em Dia Balanço Geral SP Pica-Pau Programa da Tarde Fala Portugal em direto Poder Paralelo Pecado Mortal A definir Jornal da Record DOMINGO QUARTA 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 14:45 16:30 17:00 19:30 20:00 21:00 22:00 23:00 10:30 Record Kids 12:00 Caminhos da Natureza 12:30 My Top 10 13:30 Domingo da Gente 17:30 O Melhor do Brasil 21:30 Domingo Espetacular Hora News Prova de Amor Xena MG no Ar Fala Brasil Hoje em Dia Balanço Geral SP Pica-Pau Programa da Tarde Fala Portugal em direto Poder Paralelo Pecado Mortal Câmera Record Jornal da Record QUINTA 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 14:45 16:30 17:00 19:30 20:00 21:00 22:00 23:00 Hora News Prova de Amor Xena Goiás no Ar Fala Brasil Hoje em Dia Balanço Geral SP Pica-Pau Programa da Tarde Fala Portugal em direto Poder Paralelo Pecado Mortal A Lei e o Crime Jornal da Record Veja o vídeo O Pica-Pau e as suas histórias sempre engraçadas fazem as delícias dos mais pequenos. A animação certa para dar muita cor às tardes da criançada! SEXTA 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 14:45 16:30 17:00 19:30 20:00 21:00 22:00 23:00 Veja o vídeo Hora News Prova de Amor Xena MG no Ar Fala Brasil Hoje em Dia Balanço Geral SP Pica-Pau Programa da Tarde Fala Portugal em direto Poder Paralelo Pecado Mortal Câmera em Ação Jornal da Record Veja o vídeo As tardes de domingo são sempre surpreendentes com o Domingo da Gente. Um programa para toda a família, com grandes novidades e muitas atrações! Programação sujeita a alterações. Para saber a programação diária e atualizada, visite o nosso site: recordeuropa.com Em 2014, ligados ao futuro. Ligados a voce! 24 25

14

15 PÚBLICO economia Tecnologia de referência na segurança A tecnologia é uma das áreas onde as competências portuguesas mais se têm destacado. Um desses casos é a Vision Box - especialista em soluções inteligentes de segurança e identificação -, que tem no seu portefólio produtos como o passaporte eletrónico ou o cartão do cidadão, e já forneceu fronteiras eletrónicas a mais de 30 aeroportos internacionais. Mais recentemente, a empresa instalou na Arena Castelão, em Fortaleza, no Brasil, um inovador sistema de videovigilância. EXPORTAR ESTÁ NO ADN PORTUGUÊS Há cinco séculos, Portugal foi pioneiro no comércio global. Adormecido, este talento foi forçado a acordar face à redução do consumo interno e à necessidade de reanimar a economia. As empresas, como os navegadores, partiram à conquista do mundo e a marca lusa começa a reerguer-se. texto Ana Rita Dinis Numa altura em que o Instituto Nacional de Estatística (INE) começa a registar sinais de uma recuperação económica há muito desejada, exportar é um dos verbos mais conjugados no país. Líder nas vendas mundiais de cortiça e fibras sintéticas, Portugal tem muito por onde escolher no que toca à exportação. Um estudo do Ministério da Economia indica que existem 43 tipos de produtos diferentes que se podem exportar com grande vantagem comparativa, em termos de custos, face a outros países. Aos mais óbvios - cortiça, calçado, têxteis e cerâmica - juntam-se as máquinas e materiais elétricos, combustíveis, bebidas, produtos farmacêuticos, gesso e até armas. A lista é enorme, mas a quantidade faz-se acompanhar pela qualidade. Segundo Jorge Rocha de Matos, presidente da Associação Industrial Portuguesa (AIP), "estamos a criar uma imagem externa que conjuga tradição e inovação". A produção nacional é hoje mundialmente reconhecida e as empresas exportadoras começam a beneficiar desse prestígio. Ao invés de esperar por um empurrão, a iniciativa privada arregaçou mangas e lançou-se à conquista dos mercados globalizados. {O melhor ano de sempre} Ainda longe de ter atingido todo o potencial de exportação, Portugal está bem e recomenda- -se na fotografia do comércio além-fronteiras. A terminar 2013, o vice primeiro ministro, Paulo Portas, afirmava que as exportações portuguesas terminariam o ano representando cerca de 41% do Produto Interno Bruto (PIB), sendo que, a este nível, seria o melhor ano de sempre. Entre 2007 e 2012, as vendas externas cresceram de 28% do PIB (31 mil milhões) para 40% (45 mil milhões). As exportações transformaram-se numa âncora muito mais decisiva da solidez da economia portuguesa, declarou Paulo Portas. A ficha de dezembro da AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal - confirma o sucesso, indicando que, nos primeiros três trimestres de 2013, as exportações de bens e serviços registaram um crescimento de 4,7%. Neste período, o grupo de produtos composto por Máquinas e aparelhos continua a ser mais exportado, seguido pela categoria de Veículos e outro material de transporte - só a fábrica da Autoeuropa (Volkswagen) valeu, em 2012, 4,2% das exportações nacionais, Calçado com assinatura pop Tradicionalmente discreta, a indústria do calçado português mantém o vigor nos dias de hoje. No caso da nova coleção de sapatos e botas desenhada pela cantora Rihanna para a marca River Island, a parte física da produção cabe a duas empresas de Oliveira de Azeméis: os modelos clássicos e casuais são produzidos pela S. O. & Marques, instalada em Loureiro; e os de design mais delicado, como os stilletos, são entregues à A.S. Indústria de Calçado, de S. Roque. O poder da experiência no vinho Estima-se que o vinho português anda na boca do mundo desde o império romano. Há muito que o sector vinícola é um dos mais relevantes exportadores do país e muito o deve à região demarcada do Douro, onde se produzem alguns dos vinhos mais valorizados do mundo. Um dos distintos exemplos neste segmento é a Sogrape, líder de mercado nacional, que hoje exporta para mais de 120 países. Esta empresa familiar foi criada em 1942 e escolheu o Brasil como primeiro destino de exportação

16 PÚBLICO economia num impacto estimado de 1,3% do PIB nacional -, dos Combustíveis minerais - nota, neste caso, positiva, para a Refinaria de Sines -, dos Metais comuns e dos Plásticos e borracha. {Europa, Angola e Estados Unidos} O principal destino dos produtos nacionais continua a ser a UE (70,5% do total), sobretudo os mercados de Espanha, Alemanha e França. Não obstante, em 2013, Portugal destacou-se nas exportações para fora da UE. Segundo o Eurostat, de janeiro a agosto, entre os países da zona Euro, as exportações nacionais cresceram 9,8%, alcançando 1,2 mil milhões de euros. Angola continua a ser o país extracomunitário para onde Portugal mais exporta, seguido pelos EUA. Aliás, segundo o INE, entre janeiro e setembro de 2013, as exportações para os EUA subiram 6,6% e basearam-se, sobretudo, em combustíveis minerais, máquinas e aparelhos, madeira e cortiça. É ainda de assinalar o desempenho no mercado brasileiro. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Portugal ultrapassou, em novembro último, o recorde de exportações, atingindo os 768,2 milhões de euros exportados. O azeite, o bacalhau e o gás natural liquefeito foram os favoritos dos brasileiros. {Projeções positivas para 2014} O crescimento das exportações não deverá esmorecer em A reconquista do mercado internacional prossegue, animada pelo reconhecimento da sua importância para a recuperação económica do país. Segundo o Banco de Portugal, as exportações têm desempenhado um papel crucial no ajustamento da economia portuguesa, apesar do crescimento relativamente limitado da atividade económica mundial. O mesmo relatório aponta para uma recuperação moderada da atividade económica do país, para Esta projeção não é alheia à previsão de que as exportações deverão manter um crescimento forte, suportado pela recuperação da procura externa. As atuais estimativas apontam para um crescimento das exportações de 5,9% em 2013, 5,5% em 2014 e 5,4% em Rocha de Matos, da AIP, acredita que "se conseguirmos efetuar um redimensionamento empresarial, por via de estratégias apoiadas por políticas públicas inteligentes, estarão criados os ingredientes fundamentais para elevar expressivamente o nosso potencial exportador". De janeiro a agosto de 2013, as exportações nacionais cresceram 9,8%, alcançando 1,2 mil milhões de euros. Crónica REVISÃO DE PROVA Acélebre pergunta O que desejas para o novo ano? deve ser a que mais se ouve por estes dias. É semelhante a uma outra sobre O que queres ser quando fores grande?, mas aplicável a adultos. Quando me questionam sobre quais os desejos para o ano seguinte, a minha resposta é: Não tenho desejos, tenho planos. Dir-me-ão que é uma questão de português e é! Não me refiro ao idioma, mas ao cidadão - é uma questão de ser português! Plano é diferente de desejo. Plano é mais sério, consciente, firme e envolve todo o organismo. O desejo é apenas mente, sonho, muitas vezes fruto de uma imagem vista anteriormente. O plano constrói-se, o desejo imagina-se! Seja como for, não posso admitir que um cenário me estrague a peça. Não posso deixar de fazer planos ou empreender algo porque o cenário é de crise. Posso ser mais prudente, mas isso não significa deixar de ter planos. As empresas portuguesas já se aperceberam disso e, em abençoada hora, trocaram os desejos por César Carreira Ribeiro Professor Assistente Coordenador das Licenciaturas e Mestrados de Gestão da Universidade Europeia (Laureate International Universities) planos. Quando viram que o cenário lhes estragava a peça abandonaram a sala de espetáculo e viraram se para o exterior. Exportar é uma arma poderosa para as nossas empresas e um desafio, pois traz consigo a necessidade de inovar e de investimento adicional. O nosso vinho, calçado, azeite são riquíssimos. O mundo aprecia-os e nós gostamos de vendê-los. Será que a natureza desta relação não merece que se façam planos e se perspetive uma retoma? Esta mudança de rumo das empresas portuguesas aconteceu porque os seus gestores passaram a ter planos em vez de desejos. Usaram, tal como um bom português, a consciência (em vez do sonho), a garra (em vez da luva), a firmeza (em vez do medo). É bem possível que quem gosta de bom vinho, calçado de qualidade e do melhor azeite também aprecie os bons gestores. Sinto muito, mas esses não são para exportar em quantidade pois fazem cá falta! Já tenho os meus planos para 2014 e não tenciono abrir mão deles. Se não existir cenário, represento na rua. 30

17 PÚBLICO Crónica Desejamos Desejamosaatodos todos um Próspero PrósperoAno AnoNovo! Novo! mundo Filipe Mayer CCA Advogados Ontier Quer Querenviar enviar ou ou receber receber dinheiro dinheiropara para e do Estrangeiro? Estrangeiro? LUSA WEBSITES & COOKIES ~ ONU ajuda 52 milhoes Em 2014, o valor necessário para fazer face às crises mundiais terá de aumentar. O anúncio foi feito pela secretária-geral da ONU para os Assuntos Humanitários, Valerie Amos. A Organização das Nações Unidas pediu cerca de 9,3 mil milhões de euros para promover ações humanitárias, ao longo de O valor, o mais elevado alguma vez solicitado pela entidade, será utilizado em benefício de 52 milhões de pessoas, distribuídas por 17 países (casos da Síria e do Sudão do Sul). O critério de seleção tem como base as crises humanitárias, que aliam conflitos de natureza diferente e desastres ambientais. A Síria, por exemplo, é um país dominado por confrontos, desde março de 2011, o que originou uma guerra civil entre as tropas do Governo e as forças de oposição ao regime, que já provocou milhares de mortes. A Síria e cinco nações vizinhas (Líbano, Jordânia, Iraque, Turquia e Egito) vão receber 4,7 mil milhões de euros, em operações de auxílio e cooperação. Atualmente, contabilizam-se 2,3 milhões de refugiados sírios, mas podem ultrapassar os 4 milhões no final de Para dar assistência à reconstrução das Filipinas, após a passagem do tufão Haiyan, a Organização pede, para 2014, cerca de 573 milhões de euros. O objetivo é prestar assistência a cerca de três milhões de pessoas atingidas pela catástrofe. O pedido de fundos está também direcionado para os conflitos no continente africano, em países como a República Democrática do Congo e a República Centro Africana. C om a transposição da Diretiva 2002/58/CE, alterada através da Lei n.º 46/2012, de 29 de agosto, o armazenamento de informações e a possibilidade de acesso à informação armazenada no equipamento terminal de utilizador apenas é permitido se estes tiverem dado o seu consentimento, o que determinou que os operadores de websites passaram a ter de implementar mecanismos para a obtenção do referido consentimento para a recolha de cookies. No espaço europeu, os mecanismos para obtenção de consentimento adotados são muito variados, devido ao facto de os requisitos exigidos pelos vários países não serem idênticos, embora provenham de uma mesma Diretiva. Em consequência, numa tentativa de garantir uma maior harmonização, o Grupo de Trabalho de Proteção de Dados do Artigo 29º veio recomendar que os mecanismos a implementar devem conter, desde logo, a informação específica e que se entenda como apropriada, a fornecer aos utilizadores, logo que o consentimento é requerido, o que, a propósito, poderá ter destaque, designadamente, na página de entrada do website. C M Y Os titulares dos dados devem decidir livremente que cookies aceitam, bem como, ter a possibilidade de mudar de ideias, em qualquer fase. Podemos ainda esclarecer que a Opinião do Grupo de Trabalho do Artigo 29º não tem força de lei, pelo que, aquilo que verdadeiramente convém notar, é que estas orientações terão relevância, sempre que a Comissão Nacional de Proteção de Dados tiver de interpretar a nossa lei. Para mais informação sobre os mecanismos de obtenção de consentimento válido para a recolha de cookies, ou qualquer outro assunto relacionado, não hesite em contactar-nos. CM os.. n e VVisit e 5500 d Maai s s eem m M e t aagen ugal! Port MY CY CMY Enviamospara para mais de Enviamos de países países K Aquivocê você ganha ganha sempre Aqui sempremais mais RAPIDEZ QUALIDADE QUALIDADE SEGURANÇA RAPIDEZ SEGURANÇA Confira as as nossas Confira nossaspromoções promoções Ligue Liguejájápara para o ou ou aceda: aceda: /LCCMoneyTransferPortugal /LCCMoneyTransferPortugal Seja um um Agente Autorizado Seja AutorizadoLCC LCC LCCfaz faz parte parte do do grupo grupo Small Small World World Financial Financial Services Services que se encontra entre os seis AALCC seisoperadores operadores mais importantes importantesaa nível nível mundial mundial em em gestão gestão de transferências mais transferências de dedinheiro dinheiro eedivisas divisas 32 33

18 PÚBLICO desporto JOGOS OLÍMPICOS DE A Rússia recebe, em fevereiro, a 22ª edição das Olimpíadas dos desportos de neve e gelo. Pela primeira vez, dois atletas portugueses marcam presença neste evento mundial. texto Anna Carolina Fernandes sochi2014 Biatlo Competição individual que envolve esqui de corta-mato e tiro. Bobsleigh Descida em pista com curvas sinuosas num trenó. Este desporto inclui a modalidade skeleton. Hóquei no gelo Jogo disputado por duas equipas, com o objetivo de marcar na baliza do adversário. Luge Descida de trenó em alta velocidade, através de pistas sem curvas. Curling Desporto coletivo de estratégia praticado numa pista de gelo. Patinagem no gelo Inclui três modalidades: patinagem artística e de velocidade (pistas normal e curta). Esqui É o desporto principal dos JOI. Inclui seis modalidades. Portugal faz-se representar, pela terceira vez consecutiva, nos Jogos Olímpicos de Inverno (JOI), que se realizam em Sochi, na Rússia. Arthur Hanse e Camille Dias, dois jovens luso-descendentes, são os atletas que integram a delegação nacional. Ambos vão disputar uma das provas mais emblemáticas da competição, o slalom - modalidade do esqui, que consiste na descida de uma pista, com um traçado cheio de curvas, no menor tempo possível. Camille Dias tem 17 anos e cedo começou a competir, estreando-se aos oito. Descendente de pai português, mora na cidade de Leysin, na Suíça - país de onde a sua mãe é natural. Arthur Hanse é, também, filho de emigrantes lusos. Vive em França e já competiu pela equipa gaulesa noutras provas, mas nunca nos JOI. O atleta, de 20 anos, representa pela primeira vez Portugal. {Megaevento mundial} Em 1924, ano de estreia da competição, cerca de 258 atletas de 16 países estiveram presentes na disputa. Em 2014 esperam-se perto de pessoas (atletas e restantes membros das comitivas) de 80 nações. A 22ª edição do evento promete ser a mais vista de sempre. Contempla sete desportos de inverno, englobando 15 modalidades desportivas. Snowboard, salto de esqui, patinagem de velocidade e hóquei no gelo são competições incluídas. A organização do evento pretende surpreender o público com instalações modernas, projetadas especialmente para os JOI de As competições vão decorrer em dois locais: na zona costeira de Sochi, que recebe os eventos no gelo; e na Clareira Vermelha, que abriga os desportos de neve. Após os JOI de Sochi (de 7 a 23 de fevereiro), têm início os Jogos Paralímpicos (de 7 a 16 de março). Tal como nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 (Vancouver), a TV Record está presente na Rússia e detém os direitos exclusivos para a transmissão do evento para território brasileiro. Camille Dias Arthur Hanse 34

19 VIDA A DECISÃO É UM SOPRO DE VIDA REALIZE. Descoberta. Latência de ser. Fascínio. O espaço envolvente condensa um mundo de expectativas. A coragem leva à decisão de vencer o medo e arriscar. O tempo, então conquistado, é de sorrir, amar, celebrar a vida. O objetivo é límpido como as águas glaciares: fazer com que cada dia conte neste novo ano que desponta. Feliz 2014! GettyImages 36 37

20 istockphoto VIDA bem-estar Desejamos Desejamosaatodos todos um Próspero PrósperoAno AnoNovo! Novo! O que fazer para ser Feliz Quer Querenviar enviar ou ou receber receber dinheiro dinheiropara para e do Estrangeiro? Estrangeiro? O senso comum chama-lhe felicidade. A ciência prefere bem estar. Certo é que esse estado durável de emoções positivas está entre os mais procurados do mundo. texto Ana Rita Dinis U ma pesquisa recente da London School of Economics (LSE-UCL) indica que as relações sociais contribuem mais para a sensação de bem estar do que as condições económicas. Neste estudo, a investigadora Ilka Gleibs sujeitou um grupo de pessoas a dois testes: um para medir a influência dos laços sociais na sensação de bem-estar individual; e no outro calculou o impacto do salário na felicidade. Concluiu que as relações sociais fortes são mais consistentes na promoção do bem-estar, podendo constituir uma base estável e duradoura para a felicidade. Estimular relacionamentos positivos com aqueles que nos rodeiam é, também, para Martin Seligman, o pai da psicologia positiva, uma das principais regras para a felicidade. Desenvolvida a partir da década de 1990, esta corrente debruça se sobre os pontos fortes e virtudes pessoais - por oposição ao tradicional estudo do comportamento patológico. Uma das suas precursoras, Sonja Lyubomirsky, psicóloga e autora do livro Como Ser Feliz, elenca 12 medidas que potenciam o aumento da sua satisfação para com a vida. {Ajudar os outros gera felicidade} Sabia, por exemplo, que ajudar os outros contribui para a nossa felicidade? É que ao fazê-lo, o corpo liberta serotonina, a chamada droga da felicidade, uma hormona que atua sobre o sistema nervoso central. Aliás, Jan-Emmanuel de Neve, especialista em Economia Comportamental, atribui as oscilações de felicidade ao gene que regula o transporte da serotonina para o cérebro. Num estudo publicado no Journal of Human Genetics, este outro investigador da LSE-UCL indica que as pessoas que possuem uma versão mais eficiente deste gene (5-HTT) tendem a ser mais felizes. Sonja identifica, também, uma predisposição genética para a satisfação pessoal, que determina a nossa felicidade em 50% - de resto, 10% dependem das circunstâncias e 40% da intenção do ser humano. As doze medidas sugeridas obrigam a um reposicionamento psicológico em relação à vida e aos outros. A boa notícia é que são gratuitas. 12 DICAS PARA UM NOVO ANO MAIS SORRIDENTE * C M Reforçar as relações Y Cultivar o otimismo CM Aprender a perdoar MY Evitar preocupações e comparações sociais CY CMY Desenvolver estratégias para enfrentar problemas os.. n e VVisit e 5500 d Maai s s eem m M e t aagen ugal! Port Enviamospara para mais de Enviamos de países países K Apreciar as alegrias da vida Fortalecer a espiritualidade Cuidar do corpo Comprometer-se com objetivos Promover atividades de abstração Praticar atos de bondade Fazer o bem {*} Segundo a psicóloga Sonja Lyubomirsky O mais recente Relatório Mundial da Felicidade, elaborado pela ONU, classificou a Dinamarca como o 'país mais feliz do mundo. Na lista de 156 nações mundiais, Portugal ficou na 85ª posição. Aquivocê você ganha ganha sempre Aqui sempremais mais RAPIDEZ QUALIDADE QUALIDADE SEGURANÇA RAPIDEZ SEGURANÇA Confira as as nossas Confira nossaspromoções promoções Ligue Liguejájápara para o ou ou aceda: aceda: /LCCMoneyTransferPortugal /LCCMoneyTransferPortugal Seja um um Agente Autorizado Seja AutorizadoLCC LCC LCCfaz faz parte parte do do grupo grupo Small Small World World Financial Financial Services Services que se encontra entre os seis AALCC seisoperadores operadores mais importantes importantesaa nível nível mundial mundial em em gestão gestão de transferências mais transferências de dedinheiro dinheiro eedivisas divisas 38

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6.

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. E T-CPLP: Entrevistas sobre a CPLP CI-CPRI Entrevistado: Embaixador Miguel Costa Mkaima Entrevistador:

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO PARTE 03 - MERCADOS PRIORITÁRIOS Introdução Nas últimas semanas dedicamos a nossa atenção ao

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios...

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios... Conteúdo Aviso Legal...6 Sobre o autor... 7 Prefácio... 8 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11 2. Importação Seus Mistérios... 14 2.1 Importar é Legal?... 15 2.2 Por Que Importar?... 15 2.3

Leia mais

TRANQUILIDADE FAMILIAR. www.viveresaber.com.br

TRANQUILIDADE FAMILIAR. www.viveresaber.com.br TRANQUILIDADE FAMILIAR www.viveresaber.com.br OFERECIDO POR: www.viveresaber.com.br Desenvolvido por: ADELINO CRUZ Consultor, Palestrante e Diretor da Viver e Saber; Bacharel em Comunicação Social; Foi

Leia mais

SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES

SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES DOSSIER SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES 23 DOSSIER SUCESSÃO EM EMPRESAS FAMILIARES PROMOÇÃO DO DEBATE SOBRE ASSUNTO ESTÁ ENTRE AS MEDIDAS ESTRATÉGICAS DA NERLEI Em Portugal, estima-se que entre 70 a 80

Leia mais

José Epifânio da Franca (entrevista)

José Epifânio da Franca (entrevista) (entrevista) Podemos alargar a questão até ao ensino secundário Eu diria: até à chegada à universidade. No fundo, em que os jovens já são maiores, têm 18 anos, estarão em condições de entrar de uma maneira,

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com Clínica Maló Paulo Maló CEO www.clinicamalo.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram em linguagem

Leia mais

Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo 2013 www.luisascensao.pt

Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo 2013 www.luisascensao.pt Corpo Ás As 10 Páginas Que Vão Transformar o Seu Corpo www.luisascensao.pt Página 1 de 10 Termos e Condições Madeira, Portugal. Autor: Luís Ascensão (o Ás). Todos os direitos reservados. Copyright 2012,

Leia mais

Carta pela Paz no Mundo

Carta pela Paz no Mundo Carta pela Paz no Mundo Marcus De Mario Esta carta é ao mesmo tempo um apelo à razão e à emoção, procurando falar às mentes e aos corações de todos os homens e mulheres da humanidade, da criança ao idoso,

Leia mais

1. (PT) - i, 02/10/2012, Construção civil. Empresas "fogem" para o estrangeiro 1

1. (PT) - i, 02/10/2012, Construção civil. Empresas fogem para o estrangeiro 1 Tema de Pesquisa: Construção 02 de Outubro de 2012 Revista de Imprensa 02-10-2012 1. (PT) - i, 02/10/2012, Construção civil. Empresas "fogem" para o estrangeiro 1 2. (PT) - i, 02/10/2012, Precários lançam

Leia mais

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011)

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011) O IMPERIALISMO EM CHARGES 1ª Edição (2011) Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com Imperialismo é a ação das grandes potências mundiais (Inglaterra, França, Alemanha, Itália, EUA, Rússia

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

Steinmeier, MNE da Alemanha: Sabemos que o caminho tem sido difícil

Steinmeier, MNE da Alemanha: Sabemos que o caminho tem sido difícil ESPECIAIS Steinmeier, MNE da Alemanha: Sabemos que o caminho tem sido difícil 27 Maio 2015 Nuno André Martins MNE alemão diz que Portugal "é um exemplo para a Europa", admite que só a negociação deu à

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005)

Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Diálogo de Lama Lhundrup com os pacientes a um Hospital em Brasília (2005) Lhundrup: Sou um monge budista. Estou muito contente em encontrar vocês. Vocês já encontraram um monge budista antes? Uma paciente:

Leia mais

Tradução. Magda Lopes. A Lei da Felicidade_miolo.indd 3 27/05/2011 16:03:32

Tradução. Magda Lopes. A Lei da Felicidade_miolo.indd 3 27/05/2011 16:03:32 Tradução Magda Lopes A Lei da Felicidade_miolo.indd 3 27/05/2011 16:03:32 INTRODUÇÃO Da Lei da Atração à Lei da Felicidade Alguns anos atrás, um livro chamado O segredo, de Rhonda Byrne, abalou o mundo

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade

ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade ATUDALIDADES - Conflitos na Atualidade Origem dos povos ORIENTE MÉDIO: Conflitos árabes-israelenses: 1948 Independência de Israel 1949 Guerras da Independência 1956 Crise de Suez 1964 Criação da OLP` 1967

Leia mais

Assim nasce uma empresa.

Assim nasce uma empresa. Assim nasce uma empresa. Uma história para você que tem, ou pensa em, um dia, ter seu próprio negócio. 1 "Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam" (Sl 115,1) 2 Sem o ar Torna-te aquilo

Leia mais

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Fortunato Lamego, 10 de Junho de 2015 Senhor Presidente

Leia mais

Page 1 of 7. Poética & Filosofia Cultural - Roberto Shinyashiki

Page 1 of 7. Poética & Filosofia Cultural - Roberto Shinyashiki Page 1 of 7 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Poética & Filosofia

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter

O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter O andebol oferece-me coisas que a faculdade não tem é a demonstração de carácter Aos 24 anos Ricardo Pesqueira tem já um longo percurso andebolístico. Cresceu para o desporto no Águas Santas, mas no currículo

Leia mais

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa»

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» MEIO: WWW.RECORD.PT CORES P&B DATA: 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» Luís Figo recebeu quase mil crianças na festa de Natal da sua Fundação, no Circo Aquático Show, em Lisboa.

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP AIMINHO Braga, 24 de Outubro, 2014 1 P a g e Distintas Entidades aqui presentes, Senhores Empresários, Minhas

Leia mais

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal Sporting Clube de Portugal Bem-vindo ao mundo do futebol e a uma parceria de sucesso que irá proporcionar à sua marca uma projecção nacional e internacional DISCLAIMER. Documento confidencial. É proibida

Leia mais

Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP

Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP Os 4 passos para ser aprovado no Exame de Certificação PMP Andriele Ribeiro 1 Um passo de cada vez. Não consigo imaginar nenhuma outra maneira de realizar algo. Michael Jordan O alcance da certificação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

ASPECTOS A OBSERVAR NA ELABORAÇÃO DOS CALENDÁRIOS E PROGRAMAS DE ATIVIDADES DE UMA FEDERAÇÃO NACIONAL.

ASPECTOS A OBSERVAR NA ELABORAÇÃO DOS CALENDÁRIOS E PROGRAMAS DE ATIVIDADES DE UMA FEDERAÇÃO NACIONAL. Nacional v.2003.07.01 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ESGRIMA ASPECTOS A OBSERVAR NA ELABORAÇÃO DOS CALENDÁRIOS E PROGRAMAS DE ATIVIDADES DE UMA FEDERAÇÃO NACIONAL. SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO. 2. AS PROPOSTAS APRESENTADAS

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

COMO MONTAR UM PLANO DE VIDA E REALIZAR SONHOS

COMO MONTAR UM PLANO DE VIDA E REALIZAR SONHOS COMO MONTAR UM PLANO DE VIDA E REALIZAR SONHOS Mensagem de Reflexão Quem não sabe o que quer, corre o risco de não entender o que encontra. Primeiro: defina o que você quer. Segundo: decida o quanto você

Leia mais

Conflito do Tibete. Resenha Segurança

Conflito do Tibete. Resenha Segurança Conflito do Tibete Resenha Segurança Ana Caroline Medeiros Maia 1 de abril de 2008 Conflito do Tibete Resenha Segurança Ana Caroline Medeiros Maia 1 de abril de 2008 O Tibete voltou a ser palco de conflitos

Leia mais

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO DO CONCEITO PARA PRATICA E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos

Leia mais

#101r. (Continuação) Apocalipse 13:1~10; a besta que subiu do mar.

#101r. (Continuação) Apocalipse 13:1~10; a besta que subiu do mar. (Continuação) Apocalipse 13:1~10; a besta que subiu do mar. #101r Na aula passada, iniciamos o estudo do cap13 de Apocalipse, onde, como falamos de certa forma descreve o personagem mais importante da

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Projeto de Educação Financeira No Poupar está o Ganho. Estratégia 2012/2013

Projeto de Educação Financeira No Poupar está o Ganho. Estratégia 2012/2013 Projeto de Educação Financeira No Poupar está o Ganho Estratégia 2012/2013 Contexto Experiência do Museu do Papel Moeda, adquirida desde 2008, em projetos com a comunidade, relacionados com literacia financeira

Leia mais

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos por Por Dentro da África - quarta-feira, julho 29, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/brasileira-percorre-7-mil-quilometros-para-contar-historias-derefugiados-africanos

Leia mais

07/01/2009 OJE Economia contrai 0,8% este ano e terá entrado em recessão em 2008 A crise financeira e a recessão mundial vão provocar este ano uma contracção de 0,8% na economia nacional, penalizada pela

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

NEWSLETTER ÁGUA DE LUSO LANÇA LUSO DE FRUTA LARANJA

NEWSLETTER ÁGUA DE LUSO LANÇA LUSO DE FRUTA LARANJA 1 ÁGUA DE LUSO LANÇA LUSO DE FRUTA LARANJA A marca Luso de Fruta, da Sociedade da Água de Luso, lança a nova variedade Laranja, que vem juntar-se à gama já existente constituída pelas variedades Limão,

Leia mais

ASSUMA O CONTROLE DE SUAS CRENÇAS INCONSCIENTES: De a si mesmo uma mente rica

ASSUMA O CONTROLE DE SUAS CRENÇAS INCONSCIENTES: De a si mesmo uma mente rica ASSUMA O CONTROLE DE SUAS CRENÇAS INCONSCIENTES: De a si mesmo uma mente rica Escrito por Merilee Dannermann Saudações a você que vem acompanhando o trabalho do POINT DOS AMORES e com a sua participação

Leia mais

Lucas Liberato Coaching Coach de Inteligência Emocional lucasliberato.com.br

Lucas Liberato Coaching Coach de Inteligência Emocional lucasliberato.com.br Script de Terapia de Liberação Emocional (EFT) para desfazer crenças relativas aos clientes que você merece ter. Eu não consigo atrair clientes dispostos a pagar preços altos A Acupuntura Emocional é uma

Leia mais

Apresentação É com muita alegria que apresento a vocês, amados leitores, esta nova edição revisada e atualizada de meu primeiro livro-filho sobre o tema da evolução humana que trata das novas gerações,

Leia mais

Guião de Entrevista. 1- Para ti, quais foram as coisas que Portugal descobriu na época dos Descobrimentos?

Guião de Entrevista. 1- Para ti, quais foram as coisas que Portugal descobriu na época dos Descobrimentos? Guião de Entrevista 1- Para ti, quais foram as coisas que Portugal descobriu na época dos Descobrimentos? 2- Consideras os Descobrimentos portugueses um assunto importante? Porquê? 3- Na tua opinião, por

Leia mais

Alliance for Childhood Movimento Internacional

Alliance for Childhood Movimento Internacional Alliance for Childhood Movimento Internacional Palestrante: Christopher Clouder Presidente do Fellowship das escolas Waldorf para o reino Unido e Irlanda e o CEO do Conselho Europeu para a Educação Waldorf

Leia mais

E A VIOLÊNCIA NO DESPORTO

E A VIOLÊNCIA NO DESPORTO 10ª Edição INICIATIVA SEMANA CONTRA O RACISMO E A VIOLÊNCIA NO DESPORTO 25 FEV - 5 MARÇO PARCEIROS INSTITUCIONAIS ÍNDICE pág. 3 pág. 4 pág. 5 pág. 6 pág. 7 pág. 8 pág. 9 pág. 10 pág. 11 e 12 pág. 13 pág.

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

Você quer ser um Discípulo de Jesus?

Você quer ser um Discípulo de Jesus? Você quer ser um Discípulo de Jesus? A História do povo de Israel é a mesma história da humanidade hoje Ezequel 37:1-4 Eu senti a presença poderosa do Senhor, e o seu Espírito me levou e me pôs no meio

Leia mais

20 DICAS ESSENCIAIS PARA UM LÍDER DE SUCESSO

20 DICAS ESSENCIAIS PARA UM LÍDER DE SUCESSO E-BOOK DA SÉRIE SEU FUTURO,SUAS ATITUDES 20 DICAS ESSENCIAIS PARA UM LÍDER DE SUCESSO PARTE 1 Fernando Italiani 1) CONHECIMENTO As atividades que ocupam o lugar central nas organizações da sociedade do

Leia mais

Midas. Toque de. [entrevista]

Midas. Toque de. [entrevista] [entrevista] Toque de Midas Tem 29 anos, nasceu no Porto e é apostador profissional. Pelo menos, para o Estado inglês onde está colectado, porque para as finanças nacionais não passa de um indivíduo com

Leia mais

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015 CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA UMA UNIÃO EUROPEIA MAIS FORTE 22 de junho de 2015 A União Europeia deve contar com um quadro institucional estável e eficaz que lhe permita concentrar-se

Leia mais

COMO CRIAR UMA LISTA DE EMAILS GASTANDO MUITO POUCO

COMO CRIAR UMA LISTA DE EMAILS GASTANDO MUITO POUCO COMO CRIAR UMA LISTA DE EMAILS GASTANDO MUITO POUCO O dinheiro está na lista Junte emails e você estará mais perto da lista dos homens mais ricos do mundo. Essa é uma frase repleta de exageros, mas foi

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

a seguir? 1 Gosto de sair de Portu- no final dos projectos, mas sempre com \gal os telemóveis ligados, porque se surgir uma proposta volto

a seguir? 1 Gosto de sair de Portu- no final dos projectos, mas sempre com \gal os telemóveis ligados, porque se surgir uma proposta volto a 'Gracinha' na novela 'Anjo Meu' (TVI). Sendo uma personagem cómica, sente que tem conquistado o público? Pela primeira vez sinto que há Interpreta mesmo um grande carinho do público, porque a 'Gracinha'

Leia mais

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Sumário Prefácio: Os hospitais não são essenciais Introdução: O sistema hospitalar mudou, mas continua o mesmo! Imagem pública

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Nome Data de início: / / Data de término: / / 2 Leitura Pessoal David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas

Leia mais

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011

ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 ÁFRICA DO SUL AERLIS - Oeiras 31.03.2011 Alguns factos históricos 1487 Bartolomeu Dias chega ao Cabo da Boa Esperança 1652 Holandeses, ao serviço da Dutch East India Company, instalam-se no Cabo. Colónia

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Segredos da Redação Nota Mil

Segredos da Redação Nota Mil Lucas Martins Segredos da Redação Nota Mil Aprenda Como Utilizar Meu Método Testado e Aprovado e Aumente Suas Chances de Uma Boa Nota Índice Introdução... 5 Bem-vindo!... 5 Quem sou eu... 6 Por que você

Leia mais

Uma lição de vida? Nos meus últimos anos tenho aprendido muitas lições de vida mesmo. A que eu acho mais importante de transmitir são "os Resultados"

Uma lição de vida? Nos meus últimos anos tenho aprendido muitas lições de vida mesmo. A que eu acho mais importante de transmitir são os Resultados Gonçalo Carvalho Em entrevista exclusiva à Federação Equestre Portuguesa, meses antes do início dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, Gonçalo Carvalho fala da sua paixão pelo desporto equestre, da trajetória

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) modelo da mensagem Tudo bem. Eu vou para casa! Foi o que uma moça disse a seu namorado, na República Central-Africana. Tudo começou porque ele ia fazer uma viagem

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Discurso de Abertura do Presidente da APAVT no 40º Congresso da Associação Pedro Costa Ferreira Évora, 5 de dezembro de 2014

Discurso de Abertura do Presidente da APAVT no 40º Congresso da Associação Pedro Costa Ferreira Évora, 5 de dezembro de 2014 Discurso de Abertura do Presidente da APAVT no 40º Congresso da Associação Pedro Costa Ferreira Évora, 5 de dezembro de 2014 (protocolo) Exmo. Senhor Vice Primeiro Ministro de Portugal, cumprimento o,

Leia mais

MAHATMA GANDHI. Cronologia

MAHATMA GANDHI. Cronologia Cronologia 1869 Data de nascimento de Gandhi 1888 1891 Estudou direito em Londres 1893 1914 Período em que viveu na África do Sul 1920 Lutou pelo boicote aos produtos ingleses 1930 Campanhas de desobediência

Leia mais

Mensagem do 1º de Dezembro

Mensagem do 1º de Dezembro Mensagem do 1º de Dezembro 2011 Por S.A.R. o Duque de Bragança Portugal atravessa uma das maiores crises da sua longa vida. Crise que, disfarçada por enganosas facilidades, foi silenciosamente avançando

Leia mais

Opening Remarks. Roadshow Portugal Global. Lisboa. Lisboa. Julho 15, 2015. Miguel Frasquilho

Opening Remarks. Roadshow Portugal Global. Lisboa. Lisboa. Julho 15, 2015. Miguel Frasquilho Roadshow Portugal Global Lisboa Opening Remarks Julho 15, 2015 Lisboa Miguel Frasquilho Presidente do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Senhores Empresários, Distintas Entidades aqui presentes,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 Discurso na cerimónia de instalação

Leia mais

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal

Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Aese Orçamento do Estado 2016 Uma Perspectiva Pessoal Quando o Fórum para a Competitividade me convidou para esta intervenção, na qualidade de empresário, já se sabia que não haveria Orçamento de Estado

Leia mais

Entrevista à artista plástica Sofia Areal: "Faz-se muito, erra-se muito, aprende-se muito"

Entrevista à artista plástica Sofia Areal: Faz-se muito, erra-se muito, aprende-se muito lazer // Entrevista à artista plástica Sofia Areal: "Faz-se muito, erra-se muito, aprende-se muito" A pintora vai inaugurar uma exposição, em Setembro. O pretexto ideal para nos lançarmos à conversa com

Leia mais

27/02/2015 Fechar embaixadas seria retrocesso impraticável, diz Celso Amorim - 22/02/2015 - Mundo - Folha de S.Paulo

27/02/2015 Fechar embaixadas seria retrocesso impraticável, diz Celso Amorim - 22/02/2015 - Mundo - Folha de S.Paulo Fechar embaixadas seria retrocesso impraticável, diz Celso Amorim PATRÍCIA CAMPOS MELLO DE SÃO PAULO 22/02/2015 02h00 Fechar embaixadas e consulados do Brasil no exterior seria um "retrocesso impraticável",

Leia mais

Fruto do título de campeão nacional conquistado, João Pedro Sanches carimbou o passaporte para estar presente na 1.ª fase do Campeonato do Mundo, que

Fruto do título de campeão nacional conquistado, João Pedro Sanches carimbou o passaporte para estar presente na 1.ª fase do Campeonato do Mundo, que Resistência, coordenação, força e equilíbrio são alguns dos requisitos físicos necessários para a prática do Street Workout. Ainda pouco divulgada no nosso país, é uma modalidade desportiva que atrai cada

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

TEMPOS DE SOLIDÃO. Jó 23:8-11

TEMPOS DE SOLIDÃO. Jó 23:8-11 TEMPOS DE SOLIDÃO Jó 23:8-11 Na semana passada, eu falei muito sobre maldições, punições e castigos que Deus envia aos desobedientes e rebeldes. Falei sobre a disciplina Divina, cuja finalidade é o verdadeiro

Leia mais

O ALICERCE DA ESPERANÇA

O ALICERCE DA ESPERANÇA O ALICERCE DA ESPERANÇA ADRIANO MOREIRA Presidente da Academia das Ciências de Lisboa Presidente do Conselho Geral da Universidade Técnica de Lisboa Não é numa data de alegria descuidada, nem sequer da

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

TESTEMUNHAS. atores e destinatários do projeto catequese/família

TESTEMUNHAS. atores e destinatários do projeto catequese/família TESTEMUNHAS atores e destinatários do projeto catequese/família Os testemunhos partilhados foram recolhidos a partir de um pequeno questionário realizado, no mês de maio de 2012, junto das famílias dos

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO

PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO PORTUGAL 2020: EMPREENDEDORISMO E CAPITAL DE RISCO A noção de Empreendedorismo, como uma competência transversal fundamental para o desenvolvimento humano, social e económico, tem vindo a ser reconhecida

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Os 10 HÁBITOS DE SUCESSO D O S I N V E S T I D O R E S E M VA L O R W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos,

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

ajudam a lançar negócios

ajudam a lançar negócios Capa Estudantes portugueses ajudam a lançar negócios em Moçambique Rafael Simão, Rosália Rodrigues e Tiago Freire não hesitaram em fazer as malas e rumar a África. Usaram a sua experiência para construírem

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 93 Exposição na abertura do encontro

Leia mais

SUMÁRIO. por: tayara Correa nunes

SUMÁRIO. por: tayara Correa nunes SUMÁRIO 1. INtRODUÇÃO 2. HISTÓRIA DO CARTÃO 3. CARÁCTERISTICAS DO CARTÃO 4. COMO USAR - passo a passo 5. BENEFÍCIOS E VANTAGENS 6. POR QUE USAR O CARTÃO E NÃO O DINHEIRO Utilização do E-BOOK OBS.. O autor

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Serasa Experian e Educação Financeira

Serasa Experian e Educação Financeira Família e Dinheiro FAMÍLIA E DINHEIRO Serasa Experian e Educação Financeira O Programa Serasa Experian de Educação Financeira Sonhos Reais é uma iniciativa que alia o conhecimento em crédito da empresa

Leia mais

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS

Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS Resolução de Questões- Tropa de Elite ATUALIDADES Questões- AULA 1-4 NILTON MATOS 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. OBS: EM NEGRITO OS ENUNCIADOS, EM AZUL AS

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

Cartas enviadas para a ZON

Cartas enviadas para a ZON Cartas enviadas para a ZON 1ª CARTA Bruno Cardoso Pimentel Macedo Praceta da Bela Vista nº8 4720-286 Carrazedo Amares ZON TV Cabo Portugal, S.A. Edifício ZON Rua Ator António Silva, 9 Campo Grande 1600-404

Leia mais

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara 100 FRASES para um dia mais feliz de Ana Flávia Miziara Você está alegre? A vida está sorrindo para você? Você se lembrou de sorrir hoje? Lembre-se que a alegria é a fartura da vida e da mente. A vida

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 13 Discurso em jantar oferecido ao

Leia mais