NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA"

Transcrição

1 NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA GUIA EXPRESSO PARA A MUDANÇA Seleção/interpretação: Prof. António Pereira (Setembro de 2011) Escola Secundária de Ferreira Dias, Cacém

2 A. Visita Guiada ao interior das novas regras O que mudou Exemplos/Observações 1. As letras k, w e y entram no alfabeto. Obs.: Na prática, já usávamos estas letras. 2. ESCREVEM-SE COM MINÚSCULA: a) Os meses e as estações do ano;.o mês de janeiro representa o inverno? Obs.: Os dias da semana já eram com minúscula. b) Os pontos cardeais e colaterais. 3. USA-SE MAIÚSCULA OU MINÚSCULA: a) Nos títulos dos livros, após a 1ª palavra; b) Nas formas de tratamento; c) Nos títulos de santos; d) Na denominação das áreas do saber, cursos e disciplinas escolares; e) Na designação de logradouros públicos, monumentos e edifícios. 4. As consoantes c e p não pronunciadas deixam de se escrever. 5. SUPRIMEM-SE OS ACENTOS: a) No ditongo aberto oi das palavras graves;.a norte, a oeste, a este, a nor-noroeste. Obs.: Escrevem-se com maiúscula os pontos cardeais quando usados em abreviaturas (N 41, W 8 ) ou a representar uma região (Vou viajar para o Norte.).O Retrato /retrato de Ricardina..Senhor Diretor/diretor..Valha-me Santa / santa Rita e São / são José! Obs.: A abreviatura é sempre com maiúscula. S. José..Com 20 a Matemática / matemática, entrei em Medicina/medicina..Na Torre/torre de Belém. / Na torre de Belém..Na Avenida / avenida de Berna. Junto à Rua / rua da Prata. Obs.: Embora haja liberdade de escolha de maiúscula ou minúscula, deve haver uniformidade na opção que for feita..egipto Egito; óptimo ótimo; acção ação; afecto afeto; concepção conceção; peremptório perentório..heróico heroico; Tróia Troia. Obs.: O ditongo aberto oi mantém o acento nas palavras agudas (oxítonas): herói, constrói, dói. b) Na distinção de quase todas as palavras homógrafas; c) Na terminação eem dos verbos; d) Nas poucas situações em que se colocava acento nas terminações verbais gue(s), que(s), gui(s) e qui(s). Já era Agora é assim! pára (verbo parar) para pêlo (nome), pélo (verbo pelar) pelo péla (nome), péla, pélas (verbo pelar) pela, pelas pêra (nome), péra (nome) pera pêro (nome) pero pólo (nome), pôlo (nome) polo côa, côas (topónimo e verbo coar) coa, coas Observações: 1: Não se altera a forma de pronunciar as palavras. 2 : São obrigatórios dois acentos distintivos: pôr (verbo) por (prep.) e pôde (p. p. do ind.) pode (prés. do ind.) 3: É conveniente distinguir dêmos (presente do conjuntivo) de demos (pret. perfeito) e pôr acento agudo nos verbos regulares da 1ª conjugação, na terminação da 1ª pessoa do plural do pret. perfeito, de modo a distingui-la da correspondente forma do pres. do indicativo (falámos falamos). Na norma brasileira não há distinção..creem, leem, veem, deem, releem. Obs.: Mantêm-se os acentos nas formas têm (v. ter) e vêm (v. vir) e respetivos derivados..averigúe/averigue; adeqúe/adeque; argúi/argui; delinqúis/ delinquis. MAS mantêm-se os acentos: a) que distinguem o pretérito perfeito (eu arguí) do presente do indicativo (ele argui); b) na 2ª pessoa do plural do presente: vós arguís; c) no imperativo: arguí (vós). 01

3 USO DO HÍFEN 6. Usar sempre hífen: a) Quando a letra (vogal ou consoante) com que termina o prefixo for igual à letra com que se inicia o 2º elemento; b) Se o 2º elemento começar por h; c) A seguir a prefixos acentuados: além-, aquém-, recém-, pós-, pré-, -pró; d) Com os prefixos ex- (com o sentido de cessamento), sem-, sota-, soto-, vice- e vizo-. e) Com circum- e pan-, quando o 2º elemento começar por vogal,h, m e n; f) A seguir ao prefixo bem-. g) A seguir a mal-, quando o 2º elemento começar por vogal ou h; h) A seguir a sub- e sob-, antes de r, b ou h; i) Com espécies botânicas (incluindo raízes e sementes) e zoológicas; j) Antes de estrangeirismos, nome próprios ou siglas. 7. Em geral, também se usa o hífen: a) Em palavras compostas por justaposição (sem elementos de ligação) que, no seu conjunto, constituem uma unidade de sentido. b) Nos topónimos iniciados por grã, grão ou por forma verbal ou ligados por artigo. c) Em compostos derivados de topónimos (com ou sem elementos de ligação); d) Quando duas ou mais palavras se combinam em encadeamentos vocabulares. 8. Em geral, não se usa o hífen nas locuções de qualquer tipo(substantivas, adjetivas, pronominais, verbais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais). 9. Nunca usar hífen quando o prefixo: a) Terminar em vogal e o 2º elemento começar por r ou s. Aí, dobra-se o r/s; b) Terminar em vogal e o 2º elemento começar por vogal diferente ou consoante (exceto h); c) A seguir ao verbo haver..micro-ondas, mini-investigação, anti-inflamatório, mega-aliado, auto-observação, inter-regional, sub-bibliotecário. Observação: A exceção dá-se com o prefixo co- (coorganizar)..super-herói, auto-hipnose, anti-herói. Obs.: Segundo o linguista Malaca Casteleiro, com o prefixo co-, podemos não pôr hífen antes de h. Exemplo: coerdeiro (como já fazíamos com coabitação). O termo está registado no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia das Letras do Brasil mas não no Vocabulário Ortográfico do Português (VOP)..além-fronteiras, recém-casado, pós-parto, pré-aviso; pró-aborto..ex-marido, ex-presidiário, sem-vergonha, sota-capitão, vice-reitor..circum-navegação, circum-escolar, circum-murado, pan- - americano, pan-helénico..bem-amado, bem-aventurança, bem-comportado, bem-criado, bemfalante, bem-humorado, bem-vindo..mal-estar, mal-amado, mal-educado, mal-humorado..sub-humano, sub-região, sub-repticiamente, sob-roda.. feijão-frade, ervilha-de-cheiro, tigre-da-malásia, formiga-branca, peixe-espada-preto, bico-de-papagaio (planta ornamental). Observação: Sendo os compostos utilizados fora do sentido original, não há hífen. Bico de papagaio (deformação nas vértebras)..anti-bullying, anti-onu, mini-gps, anti-salazar..primeiro-ministro, decreto-lei, guarda-noturno, norte-americano, finca-pé, azul-claro, médico-cirurgião, segunda-feira, couve-flor, engenheiro-agrónomo, guarda-chuva..grã-bretanha, Grão-Pará, Mira-Sintra, Trás-os-Montes. Obs.: Nos outros topónimos compostos, não se usa hífen. Única exceção: Guiné-Bissau..vila-condense, são-tomense, rio-grandense-do-sul..liberdade-igualdade-fraternidade; Jogo Portugal-França. fim de semana; cor de laranja; ele próprio; à vontade; dia a dia; não alinhado. Exceções consagradas pelo uso como arco-da-velha, pé-demeia, mais-que-perfeito, cor-de-rosa, água-de-colónia, à queimaroupa, ao deus-dará..autorretrato, ultrassensível, microrradiografia, antissalazarista..autoavaliação, autoestrada, extraescolar, microalga, miniteste, antidepressivo, megaconcerto..hei de; hás de; há de; hão de. Já antes escrevíamos havemos de. 02

4 B. Verdadeiro bico de obra do Novo Acordo Ortográfico: AS DUPLAS GRAFIAS (0,5% do vocabulário da língua cerca de 600 palavras) 1. Citando o texto do Acordo: Conservam-se ou eliminam-se facultativamente, quando se proferem numa pronúncia culta, quer geral, quer restritamente, ou então quando oscilam entre a prolação e o emudecimento: aspecto e aspeto, cacto e cato, caracteres e carateres, dicção e dição; facto e fato, sector e setor, ceptro e cetro, concepção e conceção, corrupto e corruto, recepção e receção; Base IV, 1., alínea c). Conservam-se ou eliminam-se, facultativamente, quando se proferem numa pronúncia culta, quer geral, quer restritamente, ou então quando oscilam entre a prolação e o emudecimento: o b da sequência bd, em súbdito; o b da sequência bt, em subtil e seus derivados; o g da sequência gd, em amígdala, amigdalácea, amigdalar, amigdalato, amigdalite, amigdalóide, amigdalopatia, amigdalotomia; o m da sequência mn, em amnistia, amnistiar, indemne, indemnidade, indemnizar, omnímodo, omnipotente, omnisciente, etc.; o t da sequência tm, em aritmética e aritmético. (Base IV, ponto 2.) 2. COMO SABER ONDE DEVEMOS/PODEMOS USAR AS CHAMADAS GRAFIAS FACULTATIVAS? Segundo o Acordo (Anexo II da legislação portuguesa), Os dicionários da língua portuguesa, que passarão a registar as duas formas em todos os casos de dupla grafia, esclarecerão, tanto quanto possível, sobre o alcance geográfico e social desta oscilação de pronúncia. Por enquanto, os dicionários não registam Para ir esclarecendo as dúvidas, entre no Portal da Língua Portuguesa e clique em Vocabulário da Mudança para fazer as suas pesquisas. Link direto: Tipos de dupla grafia que irá encontrar: sector setor, sector setor, sector PE = Português Europeu (norma luso-africana) PB = Português do Brasil 1. Não havendo nada no espaço Notas e sendo apresentadas duas grafias na coluna Ortografia Nova: Há dupla grafia (setor/sector) em todo o espaço geográfico da lusofonia: Português Europeu e Português do Brasil. PODE ESCREVER SETOR OU SECTOR. asséptico asséptico asséptico, assético assético não é aconselhável no Brasil 2. Sendo apresentadas duas grafias na coluna Ortografia Nova, não sendo uma delas aconselhável no Brasil: Há dupla grafia (asséptico, assético) apenas em Portugal e uma única forma para o Brasil (asséptico). PODE ESCREVER ASSÉPTICO OU ASSÉTICO. insecticida inseticida, insecticida não é aconselhável em Port inseticida, insecticida insecticida 3. Sendo apresentadas duas grafias na coluna Ortografia Nova, não sendo uma delas aconselhável em Portugal: Há dupla grafia (inseticida, insecticida) apenas no Brasil e uma única forma para o Portugal (inseticida). DEVE USAR A FORMA INSETICIDA. indetectável Indetectável indetetável, indetectável indetetável não é aconselhável no Brasil indetectável não é aconselhável em Port. 4. Sendo apresentadas duas grafias, não sendo uma delas aconselhável em Portugal e a outra no Brasil. Há dupla grafia para o espaço lusófono, mas não coexistente no mesmo espaço geográfico. Há uma forma para Portugal (indetetável) e outra para o Brasil (indetectável). DEVE USAR A FORMA INDETETÁVEL. facto fato, facto facto, fato Na prática, a situação ant. não muda 5. A nota Na prática, a situação anterior não muda significa que se mantém a dupla grafia que já havia para o Brasil (fato, facto) e uma única forma para Portugal (facto). DEVE USAR A FORMA FACTO. radioelectrónico radioeletrônico, radioeletrónico, radioeletrónico não é aconselhável no Brasil radioelectrônico radioeletrônico, radioeletrônico não é acons. em Portugal radioelectrônico radioelectrônico não é acons. em Portugal 6. Temos uma tripla grafia para o mundo da língua portuguesa: duas formas para o Brasil (radioeletrônico, radioelectrônico), mas apenas uma para Portugal (radioeletrónico). DEVE USAR A FORMA RADIOELETRÓNICO. Nota: Veja no fim do guia uma lista de duplas grafias para o Português Europeu (ANEXO 01) 03

5 O que mudou C. Especial Brasil (mudanças que já faziam parte da norma lusoafricana) Exemplos/Observações 1. O trema desaparece. Lingüiça linguiça; freqüente frequente. Observações: 1. O trema já tinha sido abolido do português europeu com a Reforma Ortográfica de O trema mantém-se, quer no português europeu quer no Brasil, nos nomes estrangeiros. Ex.: Müller. 2. Retira-se o acento do ditongo aberto ei das palavras graves (paroxítonas). 3. É eliminado o acento nas palavras terminadas em oo(s). Idéia ideia; assembléia assembleia. Observação: No português europeu, este acento não existia. Vôo voo; enjôos enjoos. Observação: No português europeu, este acento não existia. D. Informações Complementares 1. A língua portuguesa em números 1143 Ano da constituição de Portugal como nação. A língua utilizada era o galaico-português Data do documento mais antigo escrito em língua portuguesa ( Notícia de Fiadores ) Data em que D. Dinis decretou que o português, conhecido até então como língua vulgar, passasse a ser conhecido como língua portuguesa e oficialmente usado Ano da maior reforma ortográfica alguma vez aplicada à língua portuguesa. * Convenção ortográfica. Deixa de se usar o trema em Portugal São promulgadas alterações em Portugal, reduzindo as divergências com o Brasil. A avozinha e o Eusebiozinho (de Os Maias ) perdem o acento 1990 Data do tratado que deu vida Acordo Ortográfico recentemente entrado em vigor Fundação, em São Paulo (Brasil), do Museu da Língua Portuguesa Entrada em vigor em Portugal do Acordo Ortográfico Aplicação do Acordo nas escolas com a adoção das novas regras. Ainda não há orientações oficiais definidas para a aplicação das regras nos currículos Fim do período de transição (de seis anos) e aplicação plena das regras do Acordo O número de línguas faladas no mundo. 269 Milhões de pessoas que falam (como língua materna ou 2ª língua) a língua portuguesa. 335 Previsão do número de milhões de falantes da língua portuguesa em O número de países lusófonos signatários do Acordo Ortográfico: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Depois de obter a independência, Timor Leste também aderiu ao acordo. 6 O lugar que a língua portuguesa ocupa no mundo, segundo a última edição do livro The Ethnologue: languages of the world. As cinco línguas mais faladas são, por esta ordem, as seguintes: o mandarim, o hindi, o inglês, o espanhol e o árabe. O português é também a 6ª língua mais utilizada na Internet. 2 Para a empresa americana Textwise, o português era, em finais de 2010, a 2ª língua mais utilizada no Twitter (11% das mensagens), depois do inglês (61%) e à frente do japonês (6%) e do espanhol (4%). 1,6 Percentagem de palavras que são alteradas, em Portugal, com o Acordo Ortográfico. *1 Antes de 1911 Depois de 1911 phosphoro fósforo grammatica gramática diphthongo ditongo estylo estilo prompto pronto orthographia ortografia victoria vitória pharmacia farmácia Reações (contra) em vésperas da entrada em vigor do acordo de 1911: 1. Na palavra abysmo, é a forma do y que lhe dá profundidade, escuridão, mistério... Escrevê-la com i latino é fechar a boca do abysmo, é transformá-lo numa superfície banal." (Teixeira de Pascoaes, poeta: ) 2. "Imaginem esta palavra phase, escripta assim: fase. Não nos parece uma palavra, parece-nos um esqueleto (...) Affligimo-nos extraordinariamente, quando pensamos que haveriamos de ser obrigados a escrever assim!" (Alexandre Fontes, linguista) 04

6 E. E como esclarecer as dúvidas? 1. O que pode consultar online:. Portal da Língua Portuguesa Questões já apresentadas ao Ciberdúvidas O conversor Lince a descarregar gratuitamente a partir do Portal da Língua Portuguesa.. Dicionários: e Nota: No blogue pode ter links diretos para estes recursos e acesso a outras informações. 2. O que pode descarregar gratuitamente:. O conversor Lince a partir do Portal da Língua Portuguesa: Atualização do Verificador Ortográfico e Verificador Gramatical para Português de Portugal o que permite ao Microsoft Office estar em conformidade com o novo acordo ortográfico para Português de Portugal (Microsoft Office 2007 e Microsoft Office 2010): 3. Dicionários de papel (com pronúncia): Grande Dicionário da Língua Portuguesa (Porto Editora) Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa 4. Com quem pode falar:.com a equipa do ILTEC (Instituto de Linguística Teórica e Computacional), através do Portal da Língua Portuguesa..Com os linguistas do Ciberdúvidas, através do não ao nível das instituições acima referidas, mas com espírito amador muito empenhado, também estarei ao seu dispor Brejos de Azeitão, 3 de setembro de António Pereira 06

7 ANEXO 01 Duplas grafias para a norma luso-africana (Lista exaustiva) 1. Acupunctor/acupuntor (acupunctura/acupuntura; acupuncturação/acupunturação; acupuncturador/acupunturador; acupunctural/acupuntura; acupuncturar/acupunturar). 2. Apocalíptico/apocalítico. 3. Asséptico/assético. 4. Assimptota/assintota (assimptótico/assintótico; assimptotismo/assintotismo). 5. Carácter/caráter. 6. Caracter/carater. 7. Característica/caraterística. 8. Circunspecto/circunspeto (circunspectamente/circunspetamente). 9. Conceptual/concetual (conceptibilidade/concetibilidade; conceptismo/concetismo; conceptista/concetista; conceptístico/concetístico; conceptiva/concetiva; conceptível/concetível; conceptualismo/concetualismo; conceptualista/concetualista; conceptualístico/concetualístico; conceptualização/concetualização; conceptualizar/ concetualizar; conceptualmente/concetualmente). 10. Conectividade/conetividade (conectivo/conectivo; conector, conetor). 11. Consumpção/consunção (consumptibilidade/consuntibilidade; consumptível/consuntível; consumptivo/consuntivo; consumptor/consuntor). 12. Contráctil/contrátil (contractilidade/contratilidade; contractível/contratível; contractivo/contrativo; contracto/contrato; contractura/contratura; contracturante/contraturante). 13. Dactilografia/datilografia (dactilógrafo/datilógrafo; dactilografado/dactilografado; dactilografar/dactilografar; dactilograficamente/datilograficamente; dactilográfico/dactilográfico). 14. Dactilograma/datilograma. 15. Deflectir/defletir (deflectível/defletível; deflector/defletor). 16. Deíctico/deítico OU dêcitico/dêitico. 17. Didactologia/didatologia (didactológico/didatológico). Apenas uma grafia para didática e didatismo 18 Eclíptica/eclítica (eclíptico/eclítico). 19. Eréctil/erétil (erectilidade, eretilidade). Apenas uma grafia para ereto 20. Espectador/espetador. 21. Espectro/espetro (espectral/espetral; espectralidade/espetralidade; espectrofobia/espetrofobia; espectrofotométrico/espetrofotométrico; espectrofotómetro/espetrofotómetro; espectrografia/espetrografia; espectrográfico/espetrográfico; espectrógrafo/espetrógrafo; espectrograma/espetrograma; espectrologia/espetrologia; espectrológico/espetrológico; espectrometria/espetrometria; espectrométrico/espetrométrico; espectrómetro/espetrómetro; espectroscopia/espetroscopia; espectroscópico/espetroscópico; espectroscópio/espetroscópio; espetroscopista/espectroscopista). 22. Estupefactivo/estupefativo. Apenas uma grafia para estupefação e estupefator 23. Expectativa/expetativa (expectação/expetação; expectador/expetador; expectante/expetante; expectantismo/expetantismo; expectar/expetar; expectatório/expetatório; expectável/expetável). 24. Fotorreceptor/fotorrecetor. 25. Haptotactismo/haptotatismo. Apenas uma grafia para haptotático 26. Icterícia/iterícia (ictérico/itérica). 27. Imperfectível/imperfetível (imperfectibilidade/imperfetibilidade; imperfectivelmente/imperfetivelmente; imperfectividade/imperfetividade). 28. Incaracteristicamente/incarateristicamente (incaracterizado/incaraterizado). Apenas uma grafia para incaracterístico e incaracterizável 07

8 29. Inconsumptibilidade/inconsuntibilidade. Apenas uma grafia para inconsumptível e inconsumpto 30. Infecto/infeto. Apenas uma grafia para infetável e infetologia 31. Insectívoro/insetívoro (insectífero/insetífero; insectiforme/insetiforme; insectófilo/insetófilo; insectologia/insetologia; insectologista/insectologista). Apenas uma grafia para inseticida, inseticídio, insectífugo e inseto 32. Intáctil/intátil (intactilidade/intatilidade). 33. Intelecção/inteleção. 34. Intercepto/interceto. 35. Intersecção/interseção (interseccional/intersecional; interseccionismo/intersecionismo; intersectar/intersetar). 36. Láctico/lático. Apenas uma grafia para lacticínio 37. Liquefactivo/liquefativo. Apenas uma grafia para liquefacto e liquefator 38. Narcoléptico/narcolético. 39. Noctívago/notívago. 40. Opticidade/oticidade. Apenas uma grafia para ótica, oticista e ótico 41. Percepto/perceto. Apenas uma grafia para percetivo. 42. Perfeccionismo/perfecionismo (perfeccional/perfecional; perfeccionista/perfecionista; perfeccionístico/perfecionístico; perfectibilidade/perfetibilidade; perfectibilismo/perfetibilismo; perfectibilista/perfetibilista; perfectibilizar/perfetibilizar; perfectivação/perfetivação; perfectível/perfetível; perfectividade/perfetividade; perfectivo/perfetivo). 43. Preceptivo/precetivo (preceptista/precetista; preceptivamente/precetivamente; preceptor/precetor; preceptorado/precetorado; preceptoral/precetoral; preceptoria/precetoria; precetorial/precetorial). 44. Putrefactivo/putrefativo. Apenas uma grafia para putrefação e putrefacto 45. Quimiotactismo/quimiotatismo. Apenas uma grafia para quimiotático 46. Rarefactivo/rarefativo (rarefactibilidade/rarefatibilidade; rarefactível/rarefatível). Apenas uma grafia para rarefação, rarefacto e rarefator 47. Rectal/retal (vaginorrectal/vaginorretal; vesicorrectal/vesicorretal). Apenas uma grafia para reto e retalgia 48. Reflectográfico/refletográfico (reflectografia/refletografia; reflectométrico/refletométrico; reflectómetro/refletómetro). 49. Retráctil/retrátil (retractilidade/retratilidade; retractivamente/retrativamente; retractivo/retrativo; retracto/retrato). 50. Sector/setor (sectorial/setorial). Apenas uma grafia para sectorização e sectorizar 51. Séptico/sético (septicidade/seticidade). 52. Septuplicar/setuplicar (séptuplo/sétuplo). Mas sept em todos os outros casos: septuagenário, septissílabo, etc. 53. Tacticografia/taticografia (tacticográfico/taticográfico; tacticógrafo/taticógrafo). 54. Táctil/tátil (tactilidade/tatilidade; tactilmente/tatilmente; tactismo/tatismo). Apenas uma grafia para tato 55. Telespectador/telespetador. 56. Trofotactismo/trofotatismo. 57. Zigotactismo/zigotatismo. NOTA MUITO IMPORTANTE: Esta lista resulta da consulta, palavra a palavra, do Vocabulário da mudança palavras cuja grafia muda (http://portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=novoacordo&act=list&version=all), disponível no Portal da Língua Portuguesa. Mesmo sendo este um recurso fidedigno, há algumas discrepâncias em relação às grafias apresentadas noutros dicionários. Irei colhendo informação e, sempre que chegue a novas conclusões, introduzirei alterações/atualizações neste Guia e divulgá-las-ei no blogue dedicado ao acordo ortográfico (http://acordo-ortográfico.blogspot.com). 08

9

A GRAFIA E AS SUAS MUDANÇAS

A GRAFIA E AS SUAS MUDANÇAS A GRAFIA E AS SUAS MUDANÇAS Reformas ortográficas da língua portuguesa 1911-1.ª Reforma Ortográfica Imaginem esta palavra phase, escrita assim: fase. Não nos parece uma palavra, parece-nos um esqueleto.

Leia mais

acordo Novo Não foi a língua portuguesa que sofreu uma reformulação ditada por decreto. ortográfico da língua portuguesa

acordo Novo Não foi a língua portuguesa que sofreu uma reformulação ditada por decreto. ortográfico da língua portuguesa Novo acordo ortográfico da língua portuguesa Não foi a língua portuguesa que sofreu uma reformulação ditada por decreto. As línguas não mudam por decreto! Elas mudam por influência de outros fatores...

Leia mais

Alfabeto com 26 letras

Alfabeto com 26 letras 1 Reforma Ortográfica As novas regras do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa entram em vigor a partir de 1º de janeiro de 2009. Oito países, onde o português é língua oficial, vão precisar ajustar

Leia mais

O Novo Acordo Ortográfico. Eduardo Fonseca Gorete Marques

O Novo Acordo Ortográfico. Eduardo Fonseca Gorete Marques O Novo Acordo Ortográfico Eduardo Fonseca Gorete Marques Abril 2011 O que é a Ortografia? O que é a Ortografia? A ortografia é a fixação da norma de escrita das palavras de uma língua. Essa norma vai-se

Leia mais

Curso Grandes temas da atualidade: o 10º tema é a Reforma Ortográfica O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa não será exigido nos vestibulares de

Curso Grandes temas da atualidade: o 10º tema é a Reforma Ortográfica O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa não será exigido nos vestibulares de Curso Grandes temas da atualidade: o 10º tema é a Reforma Ortográfica O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa não será exigido nos vestibulares de 2009, pelo menos quanto às mudanças na escrita. No entanto,

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO: TRANSIÇÃO DA IMPLANTAÇÃO VIDEOCONFERÊNCIA DO PROFESSOR RUY BERGER RESUMO

ACORDO ORTOGRÁFICO: TRANSIÇÃO DA IMPLANTAÇÃO VIDEOCONFERÊNCIA DO PROFESSOR RUY BERGER RESUMO ACORDO ORTOGRÁFICO: TRANSIÇÃO DA IMPLANTAÇÃO VIDEOCONFERÊNCIA DO PROFESSOR RUY BERGER RESUMO (*) A revisão deste texto já considera as novas normas do Acordo Ortográfico. O Acordo Ortográfico da Língua

Leia mais

De acordo com o novo Acordo: o que muda e o que não muda com a Reforma Ortográfica. Ana Kelly Borba da Silva Brustolin

De acordo com o novo Acordo: o que muda e o que não muda com a Reforma Ortográfica. Ana Kelly Borba da Silva Brustolin De acordo com o novo Acordo: o que muda e o que não muda com a Reforma Ortográfica Ana Kelly Borba da Silva Brustolin As datas do Acordo O documento inicial do Acordo Ortográfico foi assinado em 1990 (em

Leia mais

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO. Profa. Luana Lemos

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO. Profa. Luana Lemos NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO Profa. Luana Lemos CHARGE http://charges.uol.com.br/2008/05/26/cotidian o-evolussaum/?modo=baloes NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO O Novo Acordo Ortográfico foi elaborado para uniformizar

Leia mais

1. Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba).

1. Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba). Mudanças no alfabeto: O alfabeto passa a ter 26 letras. Foram reintroduzidas as letras k, w e y. O alfabeto completo passa a ser: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V WX Y Z Trema: Não se usa mais

Leia mais

Reforma ortográfica. http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/perguntas_respostas/reforma_ortografica/index.shtml

Reforma ortográfica. http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/perguntas_respostas/reforma_ortografica/index.shtml Página 1 de 6 Agosto de 2007 Reforma ortográfica Maira Soabres/Folha Imagem Com data marcada para entrar em vigor em 2009, a reforma ortográfica pretende fazer com que pouco mais de 210 milhões de pessoas

Leia mais

O novo acordo ortográfico da língua portuguesa e questões notacionais da língua

O novo acordo ortográfico da língua portuguesa e questões notacionais da língua O novo acordo ortográfico da língua portuguesa e questões notacionais da língua FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM MARKETING E PROCESSOS GERENCIAIS UC: COMUNICAÇÃO

Leia mais

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Língua Portuguesa. Mudando, mas sempre nossa. Como você sabe, haverá algumas alterações ortográficas na Língua Portuguesa. Nessa fase de transição, é natural que

Leia mais

AS NOVAS REGRAS ORTOGRÁFICAS DA LÍNGUA PORTUGUESA

AS NOVAS REGRAS ORTOGRÁFICAS DA LÍNGUA PORTUGUESA AS NOVAS REGRAS ORTOGRÁFICAS DA LÍNGUA PORTUGUESA Rénan Kfuri Lopes Sumário: I- AS MUDANÇAS SÃO SIMPLES E DE FÁCIL COMPREENSÃO II- PERÍODO DE TRANSIÇÃO DAS REGRAS ORTOGRÁFICAS III- ALFABETO IV- SOMEM DA

Leia mais

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Ernani Terra 1 1. BREVE HISTÓRICO As tentativas de unificação do sistema ortográfico dos países de língua portuguesa não são novas. José Malaca Casteleiro, da Academia

Leia mais

O que muda com o acordo ortográfico

O que muda com o acordo ortográfico O que muda com o acordo ortográfico A língua portuguesa é a sétima mais falada no mundo, ficando atrás apenas dos idiomas chinês, hindi, inglês, espanhol, bengali e árabe. Ao todo, são oito os países que

Leia mais

1. O alfabeto terá, com o acréscimo de k, w e y, vinte e seis letras: a, b, c, d, e, f, g, h, i, j, k, l, m, n, o, p, q, r, s, t, u, v, w, x, y, z.

1. O alfabeto terá, com o acréscimo de k, w e y, vinte e seis letras: a, b, c, d, e, f, g, h, i, j, k, l, m, n, o, p, q, r, s, t, u, v, w, x, y, z. Fonte: Decreto Legislativo n o 54, de 1995, aprovado pelo Congresso Nacional. 1. O alfabeto terá, com o acréscimo de k, w e y, vinte e seis letras: a, b, c, d, e, f, g, h, i, j, k, l, m, n, o, p, q, r,

Leia mais

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO 1

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO 1 NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO 1 Sheyla Carvalho 1 Nota: As fontes de consulta desta apresentação estão citada no OBJETIVOS da palestra Informar Esclarecer Comentar Trocar ideias DEFINIÇÃO - Motivação 1 O Acordo

Leia mais

DESCUBRA O ACORDO ORTOGRÁFICO com a Porto Editora

DESCUBRA O ACORDO ORTOGRÁFICO com a Porto Editora DESCUBRA O ACORDO ORTOGRÁFICO com a Porto Editora Ação de formação Departamento de Dicionários ÍNDICE 1. REGRAS 1.1. Alfabeto 1.2. Consoantes 1.3. Acentuação gráfica 1.4. Maiúsculas e minúsculas 1.5. Hífen

Leia mais

Casos Curiosos (substantivos): fora da lei, pé de moleque, disse me disse, mão de obra, bumba meu boi, deus nos acuda, águade-colônia,

Casos Curiosos (substantivos): fora da lei, pé de moleque, disse me disse, mão de obra, bumba meu boi, deus nos acuda, águade-colônia, Trema O trema foi suprimido, exceto nas palavras derivadas de nomes próprios estrangeiros. Exemplos: hübneriano (de Hübner), mülleriano (de Müller), etc Hífen COMPOSIÇÃO Emprega-se o hífen nas palavras

Leia mais

República Democrática de São Tomé e Príncipe e

República Democrática de São Tomé e Príncipe e 1 1. Considerações a respeito do Acordo Ortográfico O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990 é um tratado internacional cujo objetivo é criar uma ortografia unificada para o idioma português,

Leia mais

Professor Jailton www.professorjailton.com.br

Professor Jailton www.professorjailton.com.br Professor Jailton www.professorjailton.com.br Palavras terminadas em: a, e, o (seguidas ou não de s): atrás, xará, freguês, bisavós, está, já, és, só*. em, ens: também, parabéns. ditongos abertos tônicos

Leia mais

RESUMO DA REFORMA ORTOGRÁFICA. Mudanças no alfabeto

RESUMO DA REFORMA ORTOGRÁFICA. Mudanças no alfabeto RESUMO DA REFORMA ORTOGRÁFICA Mudanças no alfabeto O alfabeto passa a ter 26 letras. Foram reintroduzidas as letras k, w e y. O alfabeto completo passa a ser: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U

Leia mais

Para entendermos melhor o uso do hífen, vamos recordar algumas noções sobre os processos de formação de palavras.

Para entendermos melhor o uso do hífen, vamos recordar algumas noções sobre os processos de formação de palavras. Hífen Para entendermos melhor o uso do hífen, vamos recordar algumas noções sobre os processos de formação de palavras. Os processos principais de formação de palavras são: composição e derivação. Composição

Leia mais

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V WX Y Z

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V WX Y Z Fique de O alfabeto passa a ter 26 letras. Foram reintroduzidas as letras k, w e y. O alfabeto completo passa a ser: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V WX Y Z As letras k, w e y, que na verdade

Leia mais

O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA. O que muda e o que não muda

O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA. O que muda e o que não muda O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA O que muda e o que não muda Apresentação elaborada por Regina Machado de Souza. Mestranda em Educação do Programa de Pós- Graduação em Educação Membro do

Leia mais

Acordo Ortográfico? e se alguém perguntar pelo. Atividades destinadas preferencialmente aos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico

Acordo Ortográfico? e se alguém perguntar pelo. Atividades destinadas preferencialmente aos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e se alguém perguntar pelo Acordo Ortográfico? Atividades destinadas preferencialmente aos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico Este destacável segue o novo acordo A Grafia e as suas mudanças Cartaz em exposição

Leia mais

GUIA PRÁTICO DA NOVA ORTOGRAFIA

GUIA PRÁTICO DA NOVA ORTOGRAFIA 1 - Acento agudo O acento agudo desaparece das palavras da língua portuguesa em três casos, como se pode ver a seguir: Nos ditongos (encontro de duas vogais proferidas em uma só sílaba) abertos ei e oi

Leia mais

Nova ortografia. A experiência da DGT. Síntese e impacto do acordo ortográfico na tradução

Nova ortografia. A experiência da DGT. Síntese e impacto do acordo ortográfico na tradução Nova ortografia A experiência da DGT Síntese e impacto do acordo ortográfico na tradução Sumário 1. Ortografia(s) 2. O AO90 aspetos gerais Duplas grafias 3. O AO90 nas instituições europeias 4. O AO90

Leia mais

Profª Zaine OBJETIVO DA REFORMA

Profª Zaine OBJETIVO DA REFORMA Profª Zaine OBJETIVO DA REFORMA Unificar a ortografia da língua portuguesa que, atualmente, é o único idioma do ocidente que tem duas grafias oficiais a do Brasil e a de Portugal. CPLP Comunidade dos Países

Leia mais

Em toda palavra de duas ou mais sílabas, sempre há uma sílaba, pronunciada com maior intensidade: sílaba tônica. As outras são as sílabas átonas.

Em toda palavra de duas ou mais sílabas, sempre há uma sílaba, pronunciada com maior intensidade: sílaba tônica. As outras são as sílabas átonas. Acentuação Em toda palavra de duas ou mais sílabas, sempre há uma sílaba, pronunciada com maior intensidade: sílaba tônica. As outras são as sílabas átonas. sílaba tônica - pronunciada com maior intensidade.

Leia mais

Acentuação. É importante saber as regras da acentuação gráfica? Compare: o jornal publicara o artigo o jornal publicará o artigo

Acentuação. É importante saber as regras da acentuação gráfica? Compare: o jornal publicara o artigo o jornal publicará o artigo Acentuação É importante saber as regras da acentuação gráfica? Compare: ela e a minha amiga ela é a minha amiga o jornal publicara o artigo o jornal publicará o artigo sai à rua saí à rua 1 Sílaba / vogal

Leia mais

Acordo Ortográfico (1990)

Acordo Ortográfico (1990) Acordo Ortográfico (1990) Construindo no presente um futuro melhor Curso: Ensino Médio Disciplina: Português Mudanças no Português do Brasil O alfabeto O alfabeto era formado por 23 letras. As letras K,

Leia mais

2) Elimina-se o hífen quando o prefixo termina em vogal e a. segunda palavra começa por r ou s, dobrando-se estas consoantes ANTES DEPOIS

2) Elimina-se o hífen quando o prefixo termina em vogal e a. segunda palavra começa por r ou s, dobrando-se estas consoantes ANTES DEPOIS Acordo Ortográfico (resumo das mudanças) Supressão do hífen 1) Elimina-se o hífen quando o prefixo termina em vogal e a segunda palavra começa por r ou s, dobrando-se estas consoantes contra-relógio, contra-senha,

Leia mais

Mesa da Câmara dos Deputados 53ª Legislatura 3ª Sessão Legislativa 2009

Mesa da Câmara dos Deputados 53ª Legislatura 3ª Sessão Legislativa 2009 Mesa da Câmara dos Deputados 53ª Legislatura 3ª Sessão Legislativa 2009 Presidente Michel Temer 1º Vice-Presidente Marco Maia 2º Vice-Presidente Antonio Carlos Magalhães Neto 1º Secretário Rafael Guerra

Leia mais

O novo acordo ortográfico da língua portuguesa

O novo acordo ortográfico da língua portuguesa O novo acordo ortográfico da língua portuguesa Henrique Nuno Fernandes Regras de Acentuação gráfica Acentuam-se: 1. Monossílabos tônicos terminados em: A, AS: pá, pás, vás, dá-lo, já E, ES: pé, pés, vê,

Leia mais

A REFORMA ORTOGRÁFICA DA LÍNGUA PORTUGUESA

A REFORMA ORTOGRÁFICA DA LÍNGUA PORTUGUESA A REFORMA ORTOGRÁFICA DA LÍNGUA PORTUGUESA RESUMO Adriane Lazzaroti 1 Andréa Tassoni da Silva ¹ Bibiana Gelinski Rocha ¹ Clara Rutkoski Hoff ¹ Dayani Vieira Mielczarski ¹ Elisandra Bastos Rodrigues ¹ Fernanda

Leia mais

Reforma Ortográfica. 1. Trema - desaparece em todas as palavras

Reforma Ortográfica. 1. Trema - desaparece em todas as palavras Reforma Ortográfica 1. Trema - desaparece em todas as palavras 2. Some o acento no i e no u fortes depois de ditongos (junção de duas vogais), em palavras paroxítonas Baiuca, bocaiuva, feiura * Se o i

Leia mais

ORTOGRÁFICO. Guia de Consulta Rápida. www.faesa.br

ORTOGRÁFICO. Guia de Consulta Rápida. www.faesa.br ORTOGRÁFICO Guia de Consulta Rápida www.faesa.br Caro aluno Com as mudanças ocorridas na língua portuguesa, trazemos para você, aluno Faesa, todas as regras do novo acordo ortográfico. Nosso maior objetivo

Leia mais

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO por Carlos Alberto Faraco Artigos publicados na coluna do autor no site da rádio CBN-Curitiba (www.cbncuritiba.com.br) distribuição gratuita a editora de quem ama as letras www.parabolaeditorial.com.br

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA

ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA O QUE MUDA E O QUE NÃO MUDA COM O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO Lisboa, fevereiro de 2011 O QUE É O ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA? Um A(cordo) O(rtográfico)

Leia mais

[Aprender Português / Portugiesisch lernen]

[Aprender Português / Portugiesisch lernen] [Aprender Português / Portugiesisch lernen] Sabias que segundo a última edição do livro The Ethnologue: languages of the world, o número de línguas faladas no mundo é de 6912. 1. Analisa o seguinte ranking

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Pontuação e o Novo Acordo Ortográfico Pontuação

Leia mais

ALTERAÇÕES FUNDAMENTAIS DO NOVO ACORDO ORTOGRAFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA

ALTERAÇÕES FUNDAMENTAIS DO NOVO ACORDO ORTOGRAFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA ALTERAÇÕES FUNDAMENTAIS DO NOVO ACORDO ORTOGRAFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA 1 José Geraldo Pereira Baião * (zegeraes@uol.com.br) O escrever foi inventado para remédio da ausência e da memória. (Padre Antônio

Leia mais

MATERIAIS DIDÁTICOS PARA APLICAÇÃO DO ACORDO ORTOGRÁFICO

MATERIAIS DIDÁTICOS PARA APLICAÇÃO DO ACORDO ORTOGRÁFICO MATERIAIS DIDÁTICOS PARA APLICAÇÃO DO ACORDO ORTOGRÁFICO ADAPTAÇÃO DE RECURSOS EXISTENTES PARA INTRODUÇÃO DO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA Lisboa, fevereiro de 2011 Que atividades podem

Leia mais

- Com os prefixos circum e pan, usa-se o hífen diante de palavra iniciada por m, n e vogal: circum-navegação, pan-americano etc.

- Com os prefixos circum e pan, usa-se o hífen diante de palavra iniciada por m, n e vogal: circum-navegação, pan-americano etc. - Com o prefixo sub, usa-se o hífen também diante de palavra iniciada por r: sub-região, sub-raça etc. - Com os prefixos circum e pan, usa-se o hífen diante de palavra iniciada por m, n e vogal: circum-navegação,

Leia mais

O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO

O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO O que muda? Novo alfabeto da língua portuguesa Uso de maiúsculas e minúsculas Supressão gráfica de consoantes mudas Duplas grafias no universo da língua

Leia mais

INTRODUÇÃO HISTÓRICO. Olá!

INTRODUÇÃO HISTÓRICO. Olá! INTRODUÇÃO Olá! É muito bom estarmos juntos neste espaço de aprendizagem para conhecer as principais mudanças decorrentes da reforma ortográfica no Brasil e nos outros países de língua portuguesa. Vamos

Leia mais

[Ano] Língua Portuguesa. Campus Virtual Cruzeiro do Sul www.cruzeirodovirtual.com.br

[Ano] Língua Portuguesa. Campus Virtual Cruzeiro do Sul www.cruzeirodovirtual.com.br [Ano] Língua Portuguesa Unidade: Níveis de Linguagem MATERIAL TEÓRICO Responsável pelo Conteúdo: Núcleo de professores e tutores do Campus Virtual 2 Conteúdos gramaticais: Ortografia e Acentuação Ao tratar

Leia mais

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z A nova ortografia Guia rápido e simplificado Este é um resumo, em linguagem e organização simples, das disposições do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, aprovado pelos oito países lusófonos (que

Leia mais

Regras de Ortografia. Ulrica Marques - Saint Dominics International School. Luana Baptista Saint Dominics International School

Regras de Ortografia. Ulrica Marques - Saint Dominics International School. Luana Baptista Saint Dominics International School Regras de Ortografia Ulrica Marques - Saint Dominics International School Luana Baptista Saint Dominics International School Sónia Pires Pereira Agrupamento de Escolas Pinhal de Frades 1 Regra nº1 Sempre

Leia mais

[NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESA]

[NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESA] 2010 Professor Marcos Andrei Ota [NOVA ORTOGRAFIA DA LÍNGUA PORTUGUESA] Descrição do público-alvo: Adultos entre 20 e 60 anos, com domínio da Língua Portuguesa. Material Didático para EaD ORGANIZAÇÃO DO

Leia mais

ACENTUAÇÃO GRÁFICA (NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO) Profa. Me. Luana Lemos

ACENTUAÇÃO GRÁFICA (NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO) Profa. Me. Luana Lemos ACENTUAÇÃO GRÁFICA (NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO) Profa. Me. Luana Lemos PROSÓDIA Estuda a correta posição da sílaba tônica das palavras. SILABADA erro de acentuação tônica de uma palavra. RUIM RUBRICA AVARO

Leia mais

Tabelas. Tabela de Acentuação Gráfica. Sobre o Acordo Ortográfico

Tabelas. Tabela de Acentuação Gráfica. Sobre o Acordo Ortográfico Tabelas Tabela de Acentuação Gráfica Sobre o Acordo Ortográfico O Acordo e seus objetivos O Acordo Ortográfico de 1990, assinado por oito países de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau,

Leia mais

Acordo ortográfico. Helena Carvalho Borges março - 2011

Acordo ortográfico. Helena Carvalho Borges março - 2011 Acordo ortográfico Helena Carvalho Borges março - 2011 Acordo ortográfico porquê e para quê? Defesa da Língua Portuguesa identidade/afirmação e prestígio Obstáculos criados pelas diferenças - difusão cultural;

Leia mais

Atualização Ortográfica. Mestranda: Francine Adelino Carvalho - PPGE/UDESC Supervisora do Estágio Docência: Prof a Gisela Eggert Steindel

Atualização Ortográfica. Mestranda: Francine Adelino Carvalho - PPGE/UDESC Supervisora do Estágio Docência: Prof a Gisela Eggert Steindel Atualização Ortográfica Mestranda: Francine Adelino Carvalho - PPGE/UDESC Supervisora do Estágio Docência: Prof a Gisela Eggert Steindel Não é de hoje que os integrantes da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Obrigatoriedade no uso das regras do novo acordo.

Obrigatoriedade no uso das regras do novo acordo. Obrigatoriedade no uso das regras do novo acordo. Dionilce Governo adia obrigatoriedade das novas regras ortográficas para 2016, quatro dias antes do início de sua obrigatoriedade. O tão chamado período

Leia mais

NOVA ORTOGRAFIA BRASILEIRA PROF. MS. RÔMULO GIÁCOME DE OLIVEIRA FERNANDES

NOVA ORTOGRAFIA BRASILEIRA PROF. MS. RÔMULO GIÁCOME DE OLIVEIRA FERNANDES NOVA ORTOGRAFIA BRASILEIRA PROF. MS. RÔMULO GIÁCOME DE OLIVEIRA FERNANDES FUNDAMENTO LEGAL As alterações introduzidas na ortografia da língua portuguesa pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado

Leia mais

OS 08 PAÍSES QUE ASSINARAM O ACORDO

OS 08 PAÍSES QUE ASSINARAM O ACORDO OS 08 PAÍSES QUE ASSINARAM O ACORDO Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e, posteriormente, por Timor Leste OBJETIVO Expor as alterações introduzidas na ortografia

Leia mais

PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA...

PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA... Sumário PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA... 3 1.1. Fonema...3 1.2. Classificação dos fonemas...4 1.3. Encontros vocálicos...5 1.4. Encontros consonantais...5 1.5. Dígrafos...6 1.6. Dífono...7 1.7.

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO. Profa. Sofia Martins

ACORDO ORTOGRÁFICO. Profa. Sofia Martins ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA L PORTUGUESA Profa. Sofia Martins ACORDO ORTOGRÁFICO ACORDO ENTRE OS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIFORMIZAÇÃO DA ESCRITA NOS PAÍSES LUSÓFONOS LUSOFONIA PAÍSES LUSÓFONOS PORTUGUÊS

Leia mais

http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/esp_021/aberto/novo-jeito-escrever-306810.shtml

http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/esp_021/aberto/novo-jeito-escrever-306810.shtml http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/esp_021/aberto/novo-jeito-escrever-306810.shtml Acordo ortográfico - Apresentação Um novo jeito de escrever Acordo vem para unificar a ortografia oficial dos países

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO O QUE É QUE MUDA? Redação de harmonia com o Acordo Ortográfico. Autor: João Manuel Maia Alves

ACORDO ORTOGRÁFICO O QUE É QUE MUDA? Redação de harmonia com o Acordo Ortográfico. Autor: João Manuel Maia Alves ACORDO ORTOGRÁFICO O QUE É QUE MUDA? Redação de harmonia com o Acordo Ortográfico Autor: João Manuel Maia Alves Endereço eletrónico do autor: santric@sapo.pt Edição de setembro de 2009 Cópia, impressão

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO (1990)

ACORDO ORTOGRÁFICO (1990) ACORDO ORTOGRÁFICO (1990) Mudanças no Português do Brasil Profª Drª Sandra Helena Terciotti ACORDO ORTOGRÁFICO (1990) Assinado em Lisboa, em dezembro de 1990, e ratificado agora pelo Brasil, por Cabo Verde,

Leia mais

Dinâmicas de rede e valor económico da língua portuguesa

Dinâmicas de rede e valor económico da língua portuguesa 1 Jornada de Diplomacia Económica ISEG 5.12.2012 Dinâmicas de rede e valor económico da língua portuguesa jose.esperanca@iscte.pt 2 As línguas no mundo Ecologia da Língua (Calvet) 3 Hipercentral Inglês

Leia mais

A NOVA ORTOGRAFIA: ATENÇÃO ÀS REGRAS E POSTURA DO PROFESSOR EM SALA DE AULA ABSTRACT

A NOVA ORTOGRAFIA: ATENÇÃO ÀS REGRAS E POSTURA DO PROFESSOR EM SALA DE AULA ABSTRACT Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery http://re.granbery.edu.br - ISSN 1981 0377 Curso de Pedagogia - N.7, JUL/DEZ 2009 A NOVA ORTOGRAFIA: ATENÇÃO ÀS REGRAS E POSTURA DO PROFESSOR EM SALA

Leia mais

Sumário. Apresentação - 1. a edição /13 Apresentação - 2 edição /14

Sumário. Apresentação - 1. a edição /13 Apresentação - 2 edição /14 Sumário Apresentação - 1. a edição /13 Apresentação - 2 edição /14 1 Variação lingüística / 15 1.1 Os níveis de linguagem / 17 1.1.1 O nível informal /17 1.1.2 O nível semiformal /1 7 1.1.3 O nível formal/18

Leia mais

Questionário: Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro

Questionário: Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro Questionário: Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro Pretende se com este questionário conhecer a sua opinião sobre o (Ensino do) Português no Estrangeiro. Não existem respostas certas ou erradas.

Leia mais

Novo Acordo Ortográfico Prof. Antônio Ortiz

Novo Acordo Ortográfico Prof. Antônio Ortiz Novo Acordo Ortográfico Prof. Antônio Ortiz Breve histórico Séculos XII a XV Surgem os primeiros documentos escritos em português. A ortografia portuguesa tenta reproduzir os sons da fala para facilitar

Leia mais

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA PROF. DANIELA VAN GORKON

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA PROF. DANIELA VAN GORKON NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA PROF. DANIELA VAN GORKON PAÍSES LUSÓFONOS A LUSOFONIA NO MUNDO Oito países ( Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe

Leia mais

ARTIGOS DO PROFESSOR

ARTIGOS DO PROFESSOR Página 1 ARTIGOS DO PROFESSOR 1. Pra onde foi o acento circunflexo em desproveem? Página 1 2. Curiosidades gramaticais da terra dos Macuxi Página 3 Artigo 1 Pra onde foi o acento circunflexo em desproveem?

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Língua Portuguesa 9º ano Conteúdos por unidade didática 1º Período A - Comunicação Oral.. Intencionalidade comunicativa. Adequação comunicativa: Ideia geral. Ideias principais. Ideias secundárias. Informação

Leia mais

MANUAL DE REDAÇÃO NA WEB. Cuidados e procedimentos para produzir conteúdo textual para o portal FIESC

MANUAL DE REDAÇÃO NA WEB. Cuidados e procedimentos para produzir conteúdo textual para o portal FIESC MANUAL DE REDAÇÃO NA WEB Cuidados e procedimentos para produzir conteúdo textual para o portal FIESC Setembro de 2014 2 Manual de Redação na Web INTRODUÇÃO O portal e os sites da FIESC e suas entidades

Leia mais

GUIA DA NOVA ORTOGRAFIA EMDEC / 2009 GUIA DA NOVA ORTOGRAFIA EMDEC / 2009 SUMÁRIO A mudança...02 Mais letras...04 Trema...05 Acento...06 Hífen...13 Resumo das regras do hífen...22 A mudnaça GUIA DA NOVA

Leia mais

Biblioteca Escolar. O Dicionário

Biblioteca Escolar. O Dicionário O Dicionário O que é um dicionário? Livro de referência onde se encontram palavras e expressões de uma língua, por ordem alfabética, com a respetiva significação ou tradução para outra língua e ainda,

Leia mais

Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990 (português do Brasil) www.flip.pt

Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990 (português do Brasil) www.flip.pt Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990 (português do Brasil) www.flip.pt Índice Índice... 2 Breves considerações sobre a ortografia... 2 Posição da Priberam... 2 Opção entre

Leia mais

o terceiro corresponde à fase simplificada, que surgiu com o foneticista português Gonçalves Viana (1885), o primeiro a apresentar a proposta de

o terceiro corresponde à fase simplificada, que surgiu com o foneticista português Gonçalves Viana (1885), o primeiro a apresentar a proposta de LÍNGUA PORTUGUESA Breve história Uma língua é muito mais que um meio de comunicação; ela é, sobretudo, um patrimônio historicamente construído pelas sociedades que a utilizam. Por isso mesmo é que o estudo

Leia mais

ENTREVISTA DO PROF. CLAUDIO CEZAR HENRIQUES

ENTREVISTA DO PROF. CLAUDIO CEZAR HENRIQUES 132 ENTREVISTA DO PROF. CLAUDIO CEZAR HENRIQUES September 21, 2010, by pontofinalmacau Claudio Cezar Henriques, filólogo e escritor brasileiro, esteve em Macau para uma palestra sobre a reforma ortográfica,

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2012. (Do Sr. Stepan Nercessian)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2012. (Do Sr. Stepan Nercessian) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2012. (Do Sr. Stepan Nercessian) Senhor Presidente: Requer informações ao Ministro da Educação sobre quais as medidas que estão sendo desenvolvidas pela COLIP (Comissão

Leia mais

SÃO PAULO, 02 DE ABRIL DE 2015. SÃO PAULO, 02 DE ABRIL DE 2015. COMUNICADO Nº 0040 /2015. ASSUNTO: CONTEÚDOS E DATAS DAS PROVAS BIMESTRAIS

SÃO PAULO, 02 DE ABRIL DE 2015. SÃO PAULO, 02 DE ABRIL DE 2015. COMUNICADO Nº 0040 /2015. ASSUNTO: CONTEÚDOS E DATAS DAS PROVAS BIMESTRAIS 1º ANO A ENSINO FUNDAMENTAL 13/04 ALFABETIZAÇÃO ENCONTROS VOCÁLICOS, - ALFABETO, SÍLABAS P, M, N, L, D E C DITADO, - ESCRITA ESPONTÂNEA NUMERAIS ATÉ 29, - VIZINHOS FIGURAS GEOMÉTRICAS SEQUENCIA, - DITADO

Leia mais

A SITUAÇÃO ORTOGRÁFICA LUSO-BRASILEIRA

A SITUAÇÃO ORTOGRÁFICA LUSO-BRASILEIRA A SITUAÇÃO ORTOGRÁFICA LUSO-BRASILEIRA Universidade de Viena I. INTRODUÇÃO A língua portuguesa é falada por cerca de 200 milhões de pessoas, espalhadas por todo o mundo. Entre os países de língua oficial

Leia mais

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO -escrevendo corretamente -

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO -escrevendo corretamente - NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO -escrevendo corretamente - Prof. Marcondes Júnior Prof. Márcio Wesley Consultor Jurídico - Dr. Gil Dutra www.professormarcondes.com O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de

Leia mais

Prazer em Conhecê-lo. APRENDA Cumprimentos Dias da Semana Meses do Ano O Alfabeto

Prazer em Conhecê-lo. APRENDA Cumprimentos Dias da Semana Meses do Ano O Alfabeto EU E VOCÊ Unidade 1 01 Prazer em Conhecê-lo Cumprimentos Dias da Semana Meses do Ano O Alfabeto 02 Frases: Afirmativa, Negativa, Interrogativa Artigos: Definidos e Indefinidos Substantivos e Adjetivos

Leia mais

Introdução um breve histórico O que muda e o que fica Curiosidades Linguísticas Conclusão

Introdução um breve histórico O que muda e o que fica Curiosidades Linguísticas Conclusão Cap QCO Gilberto Cardoso (DEPA) SUMÁRIO: Introdução um breve histórico O que muda e o que fica Curiosidades Linguísticas Conclusão Brevíssima história da Língua Portuguesa Última flor do Lácio inculta

Leia mais

A MUDANÇA ORTOGRÁFICA COMO UNIFICAÇÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA

A MUDANÇA ORTOGRÁFICA COMO UNIFICAÇÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA A MUDANÇA ORTOGRÁFICA COMO UNIFICAÇÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA Robson Arndt Salvadori Márcia Gil Wagner RESUMO: Tendo em vista o restrito conhecimento dos professores da rede pública tanto dos anos iniciais

Leia mais

ACENTO GRÁFICO E ACENTO TÔNICO

ACENTO GRÁFICO E ACENTO TÔNICO ACENTO GRÁFICO E ACENTO TÔNICO O acento gráfico é um mero sinal de escrita, que não deve ser confundido com o acento tônico, que é a maior intensidade de voz apresentada por uma sílaba quando pronunciamos

Leia mais

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: recepções e aspectos político-pedagógicos. Hércules Tolêdo Corrêa Abril de 2009

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: recepções e aspectos político-pedagógicos. Hércules Tolêdo Corrêa Abril de 2009 Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: recepções e aspectos político-pedagógicos Hércules Tolêdo Corrêa Abril de 2009 I - ANTECEDENTES 1990 primeira versão do Acordo ortográfico da língua portuguesa

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO (1990)

ACORDO ORTOGRÁFICO (1990) Apresentação realizada na Secretaria de Economia e Planejamento no dia 08/05/2009. ACORDO ORTOGRÁFICO (1990) Mudanças no Português do Brasil Profª Drª Sandra Helena Terciotti sandra.terciotti@fecap.br

Leia mais

As Conseqüências do Novo Acordo Ortográfico para o Brasil 1

As Conseqüências do Novo Acordo Ortográfico para o Brasil 1 As Conseqüências do Novo Acordo Ortográfico para o Brasil 1 Autores: Caroline Luciano CAVALCANTE, Jeanne Gomes FERREIRA, Liana Cristina Vilar DODT e Lygia de Azevedo FREIRE (UFC) 2. Resumo Este trabalho

Leia mais

ACORDO ORTOGRÁFICO: O QUE MUDOU COM AS NOVAS REGRAS FAZENDO ÊNFASE AO USO DO HÍFEN

ACORDO ORTOGRÁFICO: O QUE MUDOU COM AS NOVAS REGRAS FAZENDO ÊNFASE AO USO DO HÍFEN ACORDO ORTOGRÁFICO: O QUE MUDOU COM AS NOVAS REGRAS FAZENDO ÊNFASE AO USO DO HÍFEN Maria José Araujo Rosa 1 Edivania Santos Gonçalves Pitanga 2 Eixo Temático 2: Educação, Sociedade e Práticas Educativas

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA NO DIA A DIA

LÍNGUA PORTUGUESA NO DIA A DIA ALGUMAS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES LÍNGUA PORTUGUESA NO DIA A DIA Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais 1 SUMÁRIO 3 ACORDO

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa ENSINO FUNDAMENTAL Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737 www.ciman.com.br MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO CPG Língua Portuguesa Leitura e interpretação de textos (características e função

Leia mais

A REFORMA ORTOGRÁFICA

A REFORMA ORTOGRÁFICA A REFORMA ORTOGRÁFICA E TUDO MUDOU... O rouge virou blush O pó-de-arroz virou pó-compacto O brilho virou gloss O rímel virou máscara incolor A Lycra virou stretch Anabela virou plataforma O corpete virou

Leia mais

Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990 (português europeu) www.flip.pt

Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990 (português europeu) www.flip.pt Critérios da Priberam relativamente ao Acordo Ortográfico de 1990 (português europeu) www.flip.pt Índice Índice... 2 Breves considerações sobre a ortografia... 2 Posição da Priberam... 2 Opção entre duas

Leia mais

Reflexão sobre o ACORDO ORTOGRÁFICO LÍNGUA PORTUGUESA

Reflexão sobre o ACORDO ORTOGRÁFICO LÍNGUA PORTUGUESA Reflexão sobre o ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA AOLP: Nenhum país o adotou, exceto o Brasil. - assinado em dezembro de 1990 - sua base vem de 1975 (ABL e ACL) - vigência definitiva a partir de

Leia mais

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes FAQ Erros, e dúvidas frequentes Sumário ERROS CONHECIDOS... 2 1. Botões desabilitados ou Congelados... 2 Resolução 2... 2 2. Erro de cadastro... 3 3. Célula com o campo #VALOR... 3 4. Erro em tempo de

Leia mais

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo.

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. RESUMÃO 2º SIMULADO DE PORTUGUÊS Aula 05 Adjetivo e suas flexões Adjetivo = palavra que qualifica o substantivo. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. Os adjetivos

Leia mais

Aula 6 Tema: Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Aula 6 Tema: Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 6 Tema: Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula

Leia mais

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes FAQ Erros, e dúvidas frequentes Sumário ERROS CONHECIDOS... 2 1. Botões da tela principal desabilitados... 2 2. Erro de cadastro... 3 3. Região Nordeste não encontrada no cadastro de obras;... 3 4. Célula

Leia mais