O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro 1.1. 1"

Transcrição

1 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Olá, Estas atividades são a primeira, segunda e terceira de um conjunto de sete propostas que podem ser realizadas após a exibição do episódio Portugal, do programa de áudio Que música é essa?. Ela aprofunda os temas apresentados no áudio, através de textos e exercícios. Após a realização das atividades, sugerimos que você participe de um jogo interativo, em que seus conhecimentos serão verificados e aprofundados. O episódio de áudio, as atividades e o jogo estão disponíveis no Portal do Professor: Bom trabalho!

2 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Atividade O português no mundo Episódio Portugal Programa Que música é essa? No programa Que música é essa sobre o português de Portugal, você ouviu músicas portuguesas e alguns comentários sobre o português europeu e o português do Brasil. O convite agora é para ir além desses territórios e pensar no português no mundo. Você provavelmente já ouviu falar em anglofonia, em referência ao conjunto daqueles que falam inglês; ou francofonia, conjunto dos que falam francês. E lusofonia? Pois saiba que também se usa o termo lusofonia em referência ao conjunto daqueles que falam português, ou ao conjunto dos países em que se fala o português. Embora não seja normalmente utilizada como língua internacional em relações diplomáticas, ou em congressos Nos dados estatísticos nem sempre se faz distinção entre falantes nativos, bilíngues, e falantes de territórios em que o português é língua oficial, mas não é a mais usada no dia a dia. Na realidade, só no Brasil e em Portugal o português é língua materna da maior parte da população. Conforme estimativa de Noll (2008: 39), nos países africanos em que o português é língua oficial, haveria cerca de 15 milhões de bilíngues com distintos graus de proficiência no português. Somados aos que têm o português como língua materna no Brasil e em Portugal (198 milhões), seriam mais de 212 milhões de falantes do português. Lusofonia luso (lusitano = português)+fonia (fato de falar; < fone = som, voz): - conjunto daqueles que falam português; - condição de quem fala português; fato de falar português internacionais, como acontece com o inglês, o francês, ou mesmo o espanhol, nossa língua é falada por um número considerável de pessoas. São mais de 200 milhões de falantes, o que faz do português uma das línguas mais faladas no mundo. Segundo dados do governo brasileiro (www.brasil.gov.br Sobre o Brasil/Estado brasileiro), o português é a 8ª língua mais falada no mundo e a 3ª entre as línguas ocidentais, atrás apenas do inglês e espanhol. Além de Portugal (que inclui os arquipélagos da Madeira e de Açores), na Europa, e do Brasil, na América, vários outros países têm o português como língua oficial: na África - Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe; na Ásia - Timor Leste. É preciso

3 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro mencionar ainda que, sem o estatuto de língua oficial e na verdade com um uso bastante restrito, o português também se registra em Goa (Índia) e em Macau (China). Goa Goa foi possessão portuguesa até 1961, quando foi reintegrada à Índia. A partir de então, o português, que foi usado como língua franca para o comércio na Ásia nos séculos XVII e XVIII, passou a perder terreno para o inglês (Elia, 1989). Segundo Noll (2008: 37), ainda se ouve português ocasionalmente na capital estadual de Panaji (...), o que se deve à tradição familiar. Macau Macau, que ficou quatro séculos sob administração portuguesa, passou em 1999 para a China. E hoje praticamente ninguém mais fala português lá. Os jovens ainda falam português com seus pais, em casa, mas em geral só falam chinês (cantonês) e inglês. A difusão do português por tantas regiões do mundo está diretamente ligada à história do expansionismo lusitano, que se deu através das grandes navegações, iniciadas no século XV. Procurando expandir seu território e ganhar pontos comerciais e militares estratégicos, os portugueses chegaram à África, à Ásia e à América, levando junto sua língua. Em muitas dessas áreas, antigas colônias ou áreas sob domínio de Portugal, a língua portuguesa permanece até hoje, na maioria dos casos como língua oficial. Descobertas e conquistas ultramarinas dos portugueses Ceuta 1419 Madeira 1427 Açores 1456 Cabo Verde 1484 Angola 1498 Índia 1500 Terra de Vera Cruz (Brasil)

4 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro É preciso salientar que a situação do português nas diferentes áreas do mundo em que a língua é falada não é a mesma. Se em Portugal e no Brasil o português é a língua materna da maioria da população, isso não ocorre nos demais países. Do ponto de vista histórico, como nos lembram Ilari e Basso (2006), a presença portuguesa nas terras conquistadas variou desde a tentativa de colonizar amplas áreas, como ocorreu no Brasil, em Angola e Moçambique, até o interesse em apenas estabelecer domínio militar em pontos estratégicos importantes (caso de Goa), ou estabelecer simples entrepostos comerciais (caso de Macau). Já do ponto de vista linguístico, é preciso lembrar que nas terras conquistadas o português encontrou outras línguas com as quais teve que conviver ou disputar espaço. Dessa situação de bilinguismo ou multilinguismo, resultou muitas vezes o surgimento de línguas de contato, pidgins, muitos dos quais se tornaram crioulos de base portuguesa. Assim é que, nos países africanos mencionados, de um modo geral o português, língua oficial, é usado na administração e no ensino, mas a maior parte da população usa línguas nativas ou crioulas em sua comunicação do dia a dia. Ou seja, o português é usado nos centros urbanos, por falantes escolarizados, mesmo assim, em concorrência com outras línguas. Angola, por exemplo, é um país multilíngue. Os falantes das numerosas línguas nativas costumam usar o português como forma de comunicação entre si. Embora seja a língua materna de alguns angolanos, o português constitui, para a maior parte, uma segunda língua. Com a independência, em 1975, o novo governo adotou o português como língua oficial já que, diferentemente das línguas nativas, a língua portuguesa permite o acesso à cultura e o contato com o estrangeiro. Moçambique, igualmente, tornou-se independente em 1975 e adotou o português como língua oficial. Razões semelhantes às de Angola explicam essa decisão o português permitiria a comunicação entre falantes de línguas diferentes (trata-se também de um país multilíngue), e seria mais apto que as línguas nativas à transmissão do conhecimento científico. Embora seja língua oficial em Moçambique, apenas cerca de um quarto da população fala português e desses falantes só uma parcela muito pequena tem o português como língua materna (Elia, 1989). Uma última situação pode ser lembrada em relação ao uso do português no mundo trata-se do uso da língua em comunidades de portugueses e também de brasileiros que saíram de sua terra natal para procurar melhores condições de vida em outros países e

5 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro levaram consigo sua língua materna (Elia, 1989; Ilari e Basso, 2006). Na França, por exemplo, há um grande contingente de portugueses. Também nos Estados Unidos é significativa a presença de brasileiros e portugueses, que chegam a manter jornais editados em português. Esclarecendo os termos: Língua oficial Língua reconhecida pelo Estado e utilizada na administração, na escola, nas relações oficiais. Um Estado plurilíngue pode ter mais de uma língua oficial. Língua materna Língua que o falante aprende na infância, no seu ambiente familiar. Língua franca No uso atual do termo, é a língua adotada na comunicação entre falantes de línguas diferentes. Na África, por exemplo, que tem cerca de 2000 línguas, o inglês e o francês são usados dessa forma. Mas línguas africanas também cumprem essa função, como é o caso do suaíli, na África Oriental, e o hausa, na África Ocidental. Pidgin Quando falantes de línguas diferentes são obrigados a interagir, por razões comerciais, por exemplo, muitas vezes acabam usando um meio rudimentar de comunicação que consiste na combinação de palavras e traços mais óbvios das línguas em contato é um pidgin. Ao longo da história, isso ocorreu muitas vezes no contato do inglês, francês, português com línguas nativas da África, Ásia, América. Pidgin seria a pronúncia chinesa para a palavra inglesa business. Crioulo É um pidgin que se torna língua materna de uma comunidade, o que implica o estabelecimento espontâneo de uma gramática própria e a ampliação do léxico. Alguns crioulos de base portuguesa falados até hoje: - guineense, em Guiné-Bissau; - cabo-verdiano, no Arquipélago de Cabo Verde; - santomense e angolar, na ilha de São Tomé; - principense, na ilha de Príncipe.

6 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Exercício 1 Para ouvir o português de Moçambique, entre no site da Rádio Moçambique. Ouça por algum tempo a programação da rádio e procure anotar diferenças que você percebe em relação a nossa maneira de falar o português. Em classe, compartilhe com seus colegas suas impressões. a) Você encontrou dificuldade em entender o português falado pelos moçambicanos? Comente. b) Comente algumas diferenças que percebeu em relação a nossa maneira de falar o português. Exercício 2 Os portugueses deixaram o Timor Leste em O país foi em seguida invadido pela Indonésia, que o dominou por 25 anos. Só então o Timor Leste conseguiu sua independência. Independente, adotou o português como língua oficial. Muitos brasileiros foram ao Timor Leste como professores de português. Abaixo, você vai ler uma entrevista com um brasileiro que viveu essa experiência. Perguntas para o professor: 1. Quando e por que você foi ao Timor Leste? Que tipo de trabalho você fez lá? Eu fui a Timor-Leste entre os anos de 2008 e Eu fui atuar como professor em um programa de cooperação do governo brasileiro com o objetivo de contribuir para a formação dos professores timorenses para o ensino de língua portuguesa. Eu trabalhei na Universidade Nacional de Timor-Leste dando aulas em um curso de pós-graduação na área de educação e orientando pesquisas.

7 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Afinal, quem fala português no Timor Leste? As crianças de lá falam português? Ou só aprendem na escola? No censo de 2004, 36% da população declarou falar português, mas isso não quer dizer que todas as pessoas que declararam falar esta língua falem português exatamente como a gente. Eles aprendem a língua portuguesa como segunda língua e por isso não necessariamente terão o mesmo domínio desta língua como quem aprendeu como língua materna. A maioria das crianças de lá não aprende português em casa e elas só começam a estudar esta língua quando vão à escola e este aprendizado, por vezes, leva alguns anos. 3. Se eu for a uma feira ou a um restaurante, posso falar português que vou ser compreendido? Ituan, Ituan é como se diz Um pouco, um pouco em tétum, a língua cooficial do país. Certamente as pessoas conseguirão entender ao menos algumas palavras e você vai conseguir fazer seu pedido ou comprar suas laranjas. 4. O que as pessoas de lá pensam sobre o português? Querem aprender o português? As pessoas têm diferentes opiniões sobre a língua portuguesa dependendo da origem, da idade e de sua profissão, mas se é que se pode falar de um modo geral sobre uma nação tão diversa, ao meu ver, parece que a língua portuguesa é bastante valorizada e reconhecida como um símbolo nacional. 5. Observou diferenças de pronúncia, de vocabulário em relação ao português falado no Brasil? Dê alguns exemplos. O português de Timor se constitui como uma variante própria com características peculiares, embora lembre bastante o português de Portugal. A título de exemplo, palavras como registro grafa-se e fala-se registo, palavras como recepção grafa-se e fala-se receção, afora isso a língua tem vocabulários locais para designar coisas próprias de Timor, como, por exemplo, a palavra barlaque, que designa o ritual preparatório para o casamento. (Entrevista concedida pelo prof. Alan Carneiro, que gentilmente nos autorizou a usá-la nesta atividade.) Com base nessa entrevista, elabore um pequeno texto sobre O português no Timor Leste. Você pode enriquecer seu texto fazendo uma pesquisa sobre a história recente desse país.

8 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Exercício 3 Reproduzimos abaixo três receitas culinárias, uma de Goa, uma da Ilha da Madeira e uma brasileira. Receita de Goa Bolo de batata doce Ingredientes: 1 kg de batata doce, 750 gr de açúcar, 250 gr de manteiga, 125 gr de passas, 8 ovos, 1 pão com cerca de 250 gr, 1 noz moscada grande em pó 1 copo de Macieira. Preparação: Derrete-se a manteiga e ajunta-se o pão cortado em bocadinhos, deita-se açúcar e as gemas e bate-se bem. Depois junta-se a batata descascada e moída, as claras em castelo e os restantes ingredientes. Põe-se a massa na forma forrada de papel e vai ao forno médio. Ilha da Madeira Bacalhau Madeirense Bacalhau Alho Queijo ralado Tomate

9 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Louro Ovos Cebola Azeite Pimenta Leite Salsa Cozer três cebolas. Cortá-las em rodelas bem finas e pôr a refogar em azeite com dois dentes de alho picados, louro e salsa. Uma vez loira esta mistura, retirar o louro e a salsa e acrescentar sete tomates passados pelo passador. Ao ferver, juntar um quilo de bacalhau já limpo e escorrido e cortado em lascas miúdas. Depois de tudo enxuto, deitar meia chávena de leite, 100 gramas de queijo ralado, quatros ovos batidos e misturar cuidadosamente. Retirar do lume e colocar numa travessa polvilhando com queijo a gosto. Servir quente. (Folder Tentations portugaises, distribuído em um congresso realizado em Paris, de 28/jan a 1/fev de 1983 EXPO LANGUES 1re Semaine internationale des langues et des cultures. A receita acima é uma das 12 que figuram no folder.) Observação do chef: O bacalhau é demolhado (deixar imerso em água por 36 horas, na geladeira, trocando a água 4 vezes). Brasil Bolo Piquenique Ingredientes: 3 ovos 2 xícaras de açúcar 2 xícaras de farinha de trigo 1 xícara de Maizena 100 gr de manteiga 1 xícara de leite 1 colher de sopa de fermento em pó Modo de fazer:

10 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro Bata as claras em neve e reserve. Bata as gemas com o açúcar e a manteiga. Junte a farinha, a Maizena e o fermento misturados, alternando com o leite. Continue batendo. Por último, junte as claras em neve e misture. Coloque em uma forma untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo. Leve ao forno pré-aquecido. Assar em temperatura média até ficar dourado. a) Compare as receitas de Goa e da Ilha da Madeira com a receita brasileira apresentada e pense em outras que você conhece, identificando diferenças no uso da língua. b) Reescreva a receita de Bacalhau Madeirense, substituindo as construções que considerar pouco familiares pelas correspondentes usadas no português do Brasil. Referências bibliográficas ELIA, Sílvio. A língua portuguesa no mundo. São Paulo: Ática, Sinopse: No capítulo 2 do livro, o Autor descreve a situação atual da língua portuguesa no mundo, com informações específicas referentes a cada país em que a língua é falada. ILARI, Rodolfo & BASSO, Renato. A difusão do português através das conquistas ultramarinas. In: O português da gente: a língua que estudamos e a língua que falamos. São Paulo: Contexto, 2006, p Sinopse: Os Autores explicam a difusão do português na África, na Ásia e na América, vinculando-a às descobertas e conquistas da Coroa portuguesa a partir do século XV. Comentam as situações históricas e linguísticas vividas nos diferentes países que têm

11 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro hoje o português como língua oficial. NOLL, Volker. O português brasileiro no mundo lusófono. In: O português brasileiro: formação e contrastes. Trad. Mário Eduardo Viaro. São Paulo: Globo, 2008, p Sinopse: Na primeira parte do capítulo, o Autor historia e descreve a situação do português no mundo. Fontes das imagens: (imagem no Box Goa) (imagem do Box Macau) Outras fontes: PARA SABER MAIS Língua Vidas em português Este é um documentário sobre o uso do português no mundo. Apresenta cenas do cotidiano de diversos países em que o português é falado, mostrando a riqueza de nossa língua em sotaques e usos variados. São entrevistas, relatos, cenas de situações informais que retratam vidas em português.

12 O português no mundo/vandersí Sant Ana Castro CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa A CPLP é uma comunidade dos países que têm o português como língua oficial. A organização visa à cooperação entre os países lusófonos em várias áreas: educação, saúde, ciência, tecnologia, etc. Para saber mais sobre a CPLP, acesse o site oficial da organização. Museu da Língua Portuguesa Existe em São Paulo um museu dedicado à língua portuguesa. Fundado em 2006 e situado na antiga Estação da Luz, uma estação de trem, o museu é um grande espaço interativo em que o visitante entra em contato com aspectos de nossa língua e nossa cultura. Se tiver oportunidade, não deixe de visitá-lo! Você pode também acessar o site do museu Timor Leste O Massacre que o mundo não viu O documentário focaliza a história recente do Timor Leste. Em 1975, o Timor Leste alcançou sua independência de Portugal. Três meses, depois o país foi invadido pela Indonésia, que exerceu uma dominação cruel por cerca de 25 anos. Em 1999, com a supervisão da ONU, o país confirmou sua soberania através de um plebiscito. A Indonésia se retirou do país destruindo antes a maior parte do território. O documentário, realizado um ano depois, por uma equipe brasileira dirigida por Lucélia Santos, registrou a lamentável situação do país e a esperança do seu povo em reconstruir sua nação. Equipe responsável: Vandersí S. Castro, Tania Alkmim (coordenadoras), Lilian do Rocio Borba, Ana Raquel Motta de Souza, Jully Liebl, Luana Mercurio (pesquisadoras).

AS MELHORES RECEITAS para a Bimby

AS MELHORES RECEITAS para a Bimby AS MELHORES RECEITAS para a Bimby Clube Top Chefe edição limitada Bolo de Chocolate com Calda 200 gr de farinha 50 gr chocolate em pó 200 gr de açucar 100 gr de margarina derretida 200 gr leite 3 ovos

Leia mais

SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERD ÍCIO ALIMENTAR

SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERD ÍCIO ALIMENTAR SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERDÍCIO ALIMENTAR Legumes cozidos ( ± 0,5 kg, variados) 250 gr de farinha 2dl de leite

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

Clube dos Avós. Receitas da Avó

Clube dos Avós. Receitas da Avó Clube dos Avós Receitas da Avó Índice Salame de Chocolate... 1 Caril de Dahar (lentilhas)... 1 Rolo de Carne... 2 Salame de Chocolate... 2 Biscoitos da Avó Mira... 3 Os Triângulos da Avó Bia... 4 Bolo

Leia mais

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina Tortas Salgadas Bolo de Batata Ingredientes: - 1 Kg batata cozida - sal - pimenta-do-reino - 2 colheres de sopa de margarina - 1 xícara de queijo ralado - 3 colheres de sopa de maisena 1 / 27 - 1 xícara

Leia mais

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto s Feira Fika Risoto de calabresa com limão siciliano Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie Risoto 4 dentes de alho 1 cálice pequeno de vinho branco Azeite

Leia mais

ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS

ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS RECEITAS SALGADAS WAFFLE/PANQUECA SALGADO Ingredientes 1 xícara chá de Farinha de Trigo 1 xícara chá de leite de vaca integral 1 ovo de galinha inteiro 1 colher chá de

Leia mais

ENTRADAS Camarão Frito. Ingredientes: 1kg de camarão médio com casca 2 dentes de alho picados Suco de 1 limão 1/3 de xícara de óleo Sal a gosto

ENTRADAS Camarão Frito. Ingredientes: 1kg de camarão médio com casca 2 dentes de alho picados Suco de 1 limão 1/3 de xícara de óleo Sal a gosto ENTRADAS Camarão Frito 1kg de camarão médio com casca 2 dentes de alho picados Suco de 1 limão 1/3 de xícara de óleo Sal a gosto Tempere o camarão com o alho, o suco de limão e sal. Coloque na água fervente

Leia mais

QUICHE LORRAINE PETIT-FOUR DE CHOCOLATE. Integral. Integral INGREDIENTES: MODO DE FAZER:

QUICHE LORRAINE PETIT-FOUR DE CHOCOLATE. Integral. Integral INGREDIENTES: MODO DE FAZER: QUICHE LORRAINE Massa: - 1 clara de ovo - 3 colheres de sopa de manteiga - 3 colheres de sopa de óleo - 3 colheres de sopa de azeite - Farinha de trigo (até dar o ponto) Recheio: - 4 ovos inteiros - 1

Leia mais

Agroindústria. Menu Introdução Pão integral Pão de mandioca Pão de torresmo com creme de alho Pão de Forma Pãezinhos de Batata. 1.

Agroindústria. Menu Introdução Pão integral Pão de mandioca Pão de torresmo com creme de alho Pão de Forma Pãezinhos de Batata. 1. 1 de 6 10/16/aaaa 10:42 Agroindústria Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro Pão integral, pão de torresmo, pão de forma e pãezinhos de batata Processamento artesanal

Leia mais

www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1)

www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1) www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1) 11/1/2011 13:55:30 liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 2 de 8 Páginas(2, 15) 11/1/2011 13:55:32

Leia mais

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Nome da 4 xícaras de chá de farinha de farinha (500g) 4 ovos 2 Litros de leite morno 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g) 2 gemas para pincelar

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS RECEITAS Souflê de brócolis (4 - Porção(ões) - 120 - Caloria(s)) Ingredientes: 100 g de queijo minas ou tofu 1 xícara de leite ou extrato de soja 2 ovos 1 colher de sopa de amido de milho (maisena) 1 pitada

Leia mais

Receitas para uma Ceia de Natal mais saudável

Receitas para uma Ceia de Natal mais saudável s para uma Ceia de Natal mais saudável Ficha Técnica Título: Receitas para uma Ceia de Natal mais Saudável Direcção Editorial: Alexandra Bento Concepção: Helena Real Corpo Redactorial: Helena Real, Tânia

Leia mais

BISCOITINHO DE QUEIJO

BISCOITINHO DE QUEIJO ÍNDICE DE RECEITAS Salgados Biscoitinho de queijo, 3 Cheesecake de salmão defumado, 4 Mousse de azeitona, 5 Nhoque de ricota, 6 Pão de queijo, 7 Samboussek, 8 Torta de queijo, 9 Doces Bolo de côco ralado,

Leia mais

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo Almôndegas de Arroz 2 xícaras (chá) de arroz cozido 200g de carne moída 1 dente de alho picado 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de farinha de rosca 4 xícaras (chá) de molho de tomate Sal e pimenta a gosto

Leia mais

Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA. Receitas com desperdícios e sobras da. CEIA de NATAL

Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA. Receitas com desperdícios e sobras da. CEIA de NATAL Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA Receitas com desperdícios e sobras da CEIA de NATAL Planeie a Ceia de Natal antecipadamente consoante o número de pessoas presentes. Procure saber se alguém

Leia mais

Treinamento: Aproveitamento Integral de Alimentos Cód. 821

Treinamento: Aproveitamento Integral de Alimentos Cód. 821 APROVEITAMENTO INTEGRAL DE ALIMENTOS Para higienização de hortifrutis: - 1 litro de água potável - 1 colher de sopa (10 ml) de água sanitária, sem perfume - Deixar de molho por 15 minutos CALDO NUTRITIVO

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Como reduzir o desperdício alimentar Alexandra Bento Iara Pimenta, Helena Real

FICHA TÉCNICA. Como reduzir o desperdício alimentar Alexandra Bento Iara Pimenta, Helena Real FICHA TÉCNICA Título: Direcção Editorial: Concepção: Corpo Redactorial: Produção Gráfica: Propriedade: Redacção: Como reduzir o desperdício alimentar Alexandra Bento Iara Pimenta, Helena Real Iara Pimenta,

Leia mais

A COUVE CHINESA NA ESCOLA DO SABOR

A COUVE CHINESA NA ESCOLA DO SABOR ESCOLA DO SABOR O alimento é a nossa fonte de energia, a nossa garantia de sobrevivência. Sem uma alimentação adequada a criança não pode se desenvolver ou crescer. A COUVE CHINESA NA ESCOLA DO SABOR Uma

Leia mais

saudade a língua é minha pátria

saudade a língua é minha pátria saudade a língua é minha pátria Ingredientes 1 kg de filés de peixe robalo ou similar 1 pimentão grande em rodelas 1 cebola média em rodelas 4 tomate em rodelas 3 dentes de alho socados 2 limões (suco)

Leia mais

O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR

O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR ESCOLA DO SABOR O CHUCHU NA ESCOLA DO SABOR O alimento é a nossa fonte de energia, a nossa garantia de sobrevivência. Comemos para matar a fome e porque é gostoso. A alimentação é a principal fonte de

Leia mais

Sustentável. Alimentação: Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152

Sustentável. Alimentação: Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152 Alimentação: Sustentável Dicas orientadas pela nutricionista Miriam Abdel Latif - CRN 3152 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. NÚMERO 4 Bolo de Maçã com casca 3 ovos 1 xícara (chá)

Leia mais

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO OUTRAS RECEITAS CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO 2 colheres (sopa) de suco de pêssego pronto para beber 2 colheres (sopa) de azeite de oliva 2 colheres (sopa) de alecrim picado 2 colheres (sopa) de

Leia mais

Modo de fazer RECEITAS PARA PESSACH CHAROSSET. Ingredientes. 2 xícaras de maçã ralada. ½ xícara de amêndoas. ½ xícara de nozes

Modo de fazer RECEITAS PARA PESSACH CHAROSSET. Ingredientes. 2 xícaras de maçã ralada. ½ xícara de amêndoas. ½ xícara de nozes RECEITAS PARA PESSACH CHAROSSET 2 xícaras de maçã ralada ½ xícara de amêndoas ½ xícara de nozes ½ xícaras de uvas passas 2 colheres (sopa) de açúcar ½ colher (chá) de canela em pó vinho tinto Picar as

Leia mais

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA O MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA Mahalia Goskowski CHOP SUEY DE LEGUMES - 1/4 de nabo branco comprido; - 4 cenouras; - 1 pimentão vermelho; - 1 pimentão verde; - 1/4 de acelga; - broto de feijão; - brócolis;

Leia mais

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA...

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... RECEITUÁRIO-PADRÃO ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... 05 CAÇAROLA MEXICANA DE PEIXE... 06 CARNE

Leia mais

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes:

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes: Caldeirada de Peixe - 4 cebolas médias -8 dentes de alho - 6 tomates médios - 1/2 pimentão verde - 1/2 pimentão vermelho - 1/2 pimentão amarelo - 3 folhas de louro - salsa - coentro - 1,5kg batata - 2kg

Leia mais

Cuquinha de banana. Receitas sem glúten e sem lactose. Ingredientes: Modo de preparo:

Cuquinha de banana. Receitas sem glúten e sem lactose. Ingredientes: Modo de preparo: Cuquinha de banana - 1 copo de farinha de arroz urbano; - 1 colher de sopa de fermento em pó; - 3/4 copo de óleo; - 1 copo de açúcar; - 1 copo de suco de laranja; - 3 ovos; - 1 colher de café de canela

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

Esta apostila é uma cortesia do site http://kireceitas.orgfree.com Seu livro de receitas virtual na internet...

Esta apostila é uma cortesia do site http://kireceitas.orgfree.com Seu livro de receitas virtual na internet... Bolinho de Bacalhau 500 gramas de bacalhau 3 ovos 3 batatas médias cozidas Meia cebola (picada) Meio cálice de vinho do porto tempero de salsa e cebolinha (picadas) Pimenta do reino Sal a gosto Preparo:

Leia mais

Revista da DORA DORA. Receitas de Pascoa da

Revista da DORA DORA. Receitas de Pascoa da Receitas de Pascoa da, 1 Lombo de Bacalhau com Batatas 1kg de lombo de bacalhau 15 batatas bolinha 6 dentes de alho (com casca mesmo) 2 folhas de louro 12 grãos de pimenta 2 cebolas fatiadas em rodelas

Leia mais

PROGRAMA DE TREINO DE COMPETÊNCIAS DE GESTÃO DOMÉSTICA ECONOMIA ALIMENTAR

PROGRAMA DE TREINO DE COMPETÊNCIAS DE GESTÃO DOMÉSTICA ECONOMIA ALIMENTAR de formação PROGRAMA DE TREINO DE COMPETÊNCIAS DE GESTÃO DOMÉSTICA ECONOMIA ALIMENTAR 16 HORAS Página 1 de 11 INTRODUÇÃO O Programa de Treino de Competências Básicas de Gestão Doméstica Economia Alimentar

Leia mais

ÍNDICE DE RECEITAS. Doces

ÍNDICE DE RECEITAS. Doces ÍNDICE DE RECEITAS Doces Bolo de maçã, 3 Bolo de mel, 4 Cocadinha, 5 Compota belga de maçãs, 6 Pavê de chocolate, 7 Strudel de maçã, 8 Torta de maçã quente, 9 2 BOLO DE MAÇÃ Ingredientes 4 col. (chá) cheias

Leia mais

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1 TERMOS E CONDIÇO ES Todas as Receitas incluídas nesse e-book foram retiradas de fontes seguras que são referências no assunto, não nos responsabilizamos pelo uso dessas receitas caso o seu estado de Diabetes

Leia mais

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição LIVRO DE RECEITAS 3ª Edição Os produtos Purinha vêm mais uma vez presentear você com um novo livro de receitas. Esta é a terceira edição de uma coleção com sabores incríveis conseguidos a partir das combinações

Leia mais

Livro de Receitas com Ómega 3 Cardio-Saudável

Livro de Receitas com Ómega 3 Cardio-Saudável Livro de Receitas com Ómega Cardio-Saudável Sabe bem à mesa, sabe bem ao coração! Os ácidos gordos Ómega EPA + DHA, presentes de forma natural no pescado, contribuem para o normal funcionamento do coração.*

Leia mais

Alimentação e Culinária saudável. 12 de Janeiro de 2011 Paula Pereira

Alimentação e Culinária saudável. 12 de Janeiro de 2011 Paula Pereira Alimentação e Culinária saudável 12 de Janeiro de 2011 Paula Pereira Métodos de confecção Vegetais crus e cozidos Sopa de hortaliças Base da sopa Cebola Couve flor Chuchu Courgette Nabo Alho e alho francês

Leia mais

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite ABÓBORA COM CREME 1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite 1 Leve as 2 xícaras de açúcar em uma panela ampla

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN. Pão de Farinha de Arroz com Araruta (Ciclo 7 Ultra Rápido Cor da Casca: Média ou Escura)

RECEITAS SEM GLÚTEN. Pão de Farinha de Arroz com Araruta (Ciclo 7 Ultra Rápido Cor da Casca: Média ou Escura) RECEITAS SEM GLÚTEN Pão de Farinha de Arroz com Araruta (Ciclo 7 Ultra Rápido Cor da Casca: Média ou Escura) 1 ½ copo de leite ou água com 3 colheres de sopa de leite em pó 3 colheres de sopa de óleo ou

Leia mais

20 Receitas Econômicas e Nutritivas

20 Receitas Econômicas e Nutritivas 20 Receitas Econômicas e Nutritivas 1. ALMEIRÃO COM SOBRAS DE ARROZ 1 maço de almeirão 1 cebola picada 1 dente de alho 2 xícaras (chá) de arroz cozido 1 e 1/2 colher (sopa) de óleo Escolha e lave bem o

Leia mais

BOLO DE MAÇÃ. 12 pessoas 20 minutos. Modo de fazer. Ingredientes. 1 Lave, descasque e corte as maçãs em cubinhos e reserve.

BOLO DE MAÇÃ. 12 pessoas 20 minutos. Modo de fazer. Ingredientes. 1 Lave, descasque e corte as maçãs em cubinhos e reserve. 20 minutos DE MAÇÃ 2 ovos inteiros 2 xícaras de açúcar 1 colher de chá de canela 1 xícara de óleo 2 xícaras de farinha de trigo 1 colher de café de bicarbonato 1 colher de chá de fermento em pó 2 maçãs

Leia mais

Argolinhas. Capuccino da Vovó

Argolinhas. Capuccino da Vovó Capuccino da Vovó Argolinhas 1 lata de achocolatado pequena 1 lata de leite em pó instantâneo 150g de café em pó solúvel 1 colher de sopa de bicarbonato 1 pacote de chantily em pó canela em pó 6 colheres

Leia mais

Nova. Embalagem CREME CULINÁRIO

Nova. Embalagem CREME CULINÁRIO Nova Embalagem CREME CULINÁRIO STROGONOFF DE FILET Refogue a cebola na manteiga e adicione o filet mignon cortado. Flambe com o conhaque. Tempere com sal, molho inglês e páprica picante. Adicione a mostarda,

Leia mais

RECEITAS DE SALGADINHOS

RECEITAS DE SALGADINHOS SEU LIVRO DE RECEITAS VIRTUAL NA INTERNET... RECEITAS DE SALGADINHOS INDICE Bolinho de Bacalhau Coxinha de galinha Croquetes de aipim Croquete de carne Esfiha Pastéis de bacalhau Quibes Quibe Cru Quibe

Leia mais

Feliz Natal e um próspero ano novo cheio de alegrias e realizações!

Feliz Natal e um próspero ano novo cheio de alegrias e realizações! o CARDÁPIO NATALINO 1. Entrada Primavera 2. Creme de Manga 3. Pernil Fatiado 4. Chester Recheado com Nozes 5. Molho Creme de Maçã 6. Molho Semi-Doce de Cogumelo 7. Medalhões de Filé Recheados 8. Farofa

Leia mais

A COUVE-FLOR NA ESCOLA DO SABOR

A COUVE-FLOR NA ESCOLA DO SABOR ESCOLA DO SABOR Os alimentos são fonte de energia e garantia de sobrevivência. Sem uma alimentação adequada à criança não pode se desenvolver ou crescer. O bom desenvolvimento corporal e intelectual exige

Leia mais

Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria de Estado de Educação

Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria de Estado de Educação Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria de Estado de Educação Receitas Salgadas Molho Básico de Carne Moída Arroz Vitaminado Brasileirinho Sopa de Feijão com Macarrão, Legumes e Carne Baião

Leia mais

1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo:

1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo: 1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo: (200g) 1 ovo ¼ de xícara de manteiga mole, quase derretida 1 colher (sopa) de essência de baunilha 1 xícara de açúcar mascavo 1 colher

Leia mais

Novos sabores pra sua vida!

Novos sabores pra sua vida! Livro de Receitas Natal Novos sabores pra sua vida! ÍNDICE DOCES Sobremesa de Chocolate com Nozes... 02 Torta do Papai Noel... 02 Pudim de Café e Castanhas do Pará... 03 Pudim de Limão com Suspiro... 04

Leia mais

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia!

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia! Esta revista foi pensada para deixar você com água na boca do início ao fim. Nela, vou mostrar duas de minhas especialidades na cozinha: receitas de massas e tortas. Nada mais versátil para agradar à família

Leia mais

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g MASSA RICA (para 5 pizzas de 280 g 35 cm e 2 pizzas de 230 g médio) Trigo (Medalha de ouro) Óleo de milho 1 Kg 50 ml Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg Sal 25

Leia mais

Frigideira de raviólis

Frigideira de raviólis Frigideira de raviólis (8 pessoas) 100g de bacon picado 500g de carne bovina cortada em cubos 500g de massa tipo ravióli farinha de trigo (cerca de 3 colheres) 1 cebola picada 2 dentes de alho esmagados

Leia mais

AS MELHORES RECEITAS de Doces e Bolos

AS MELHORES RECEITAS de Doces e Bolos AS MELHORES RECEITAS de Doces e Bolos Clube Top Chefe edição limitada Bolo de Chocolate com Calda Ingredientes: Farinha: 2 Chávenas Femento: 1 Colher de café Açúcar: 1 + 1/2 Chávenas Chocolate em pó: 1

Leia mais

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô 18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA Fabiana Nanô O que você encontrará neste ebook? Este ebook contém 18 receitas deliciosas para você fazer no dia a dia. São receitas fáceis de se preparar

Leia mais

Mini Livro do Blog Aromas e Sabores

Mini Livro do Blog Aromas e Sabores Mini Livro do Blog Aromas e Sabores 24 Receitas fáceis Andréa Potsch Conteúdo Entradas e acompanhamentos Musse de salaminho Batatas assadas com alecrim e limão Torta de liquidificador integral com pastrami

Leia mais

Kartoffelsalat (Salada de batatas)

Kartoffelsalat (Salada de batatas) Kartoffelsalat (Salada de batatas) Rendimento: 4 porções - 1 e 1/2 kg de batata inglesa - 1 cebola roxa - 150g de presunto picado - 3 colheres (sopa) de vinagre de vinho - 2 colheres (sopa) de mostarda

Leia mais

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir.

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir. 1 BOLINHO DE JACARÉ I 1 kg. de carne de jacaré moída 100 g. de farinha de milho ou farinha de mandioca flocada 3 ovos inteiros 3 dentes de alho, picadinhos pimenta-do-reino e salsinha e cebolinha bem picadinhas

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro RIO DA MONTANHA LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro 1 Lombo médio 10 dentes de alho inteiro Molho

Leia mais

RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM

RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM FOI EM 2008 QUE O HOTEL REAL PALÁCIO CRIOU UM BOMBOM FEITO DE AMOR VERDADEIRO. Sobremesa de

Leia mais

WORKSHOP ES Brasil a gosto Ana Luiza Trajano

WORKSHOP ES Brasil a gosto Ana Luiza Trajano WORKSHOP ES Brasil a gosto Ana Luiza Trajano TEMA: Cardápios do Brasil DESCRITIVO Uma viagem através de mais de 10 anos de pesquisa em cozinha brasileira, exaltando histórias e receitas colhidas nos quatro

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

Já está na mesa o novo cardápio da alimentação escolar.

Já está na mesa o novo cardápio da alimentação escolar. Já está na mesa o novo cardápio da alimentação escolar. Prove as receitas, veja como está gostoso e, o mais importante, nutritivo! A Prefeitura de Ipatinga elaborou para você este livro com receitas que

Leia mais

Dicas de comida prática e deliciosa para desfrutar com amigos e família.

Dicas de comida prática e deliciosa para desfrutar com amigos e família. Dicas de comida prática e deliciosa para desfrutar com amigos e família. Autores: Agus+na Dodino - Juan Donato - Josefina Galain Mª Paz Juambeltz - Natalia Malo Marcia Rossi - Carolina Tasende - Josefina

Leia mais

Com a chegada da primavera e a proximidade do verão, as saladas passam a ser incluídas com mais frequência nos cardápios brasileiros.

Com a chegada da primavera e a proximidade do verão, as saladas passam a ser incluídas com mais frequência nos cardápios brasileiros. SalaDAS Com a chegada da primavera e a proximidade do verão, as saladas passam a ser incluídas com mais frequência nos cardápios brasileiros. Possibilitam a mistura de várias cores, tornando o visual bonito

Leia mais

Gastronomia. Algumas receitas de pratos típicos alentejanos e que fazem parte da alimentação tradicional desta região.

Gastronomia. Algumas receitas de pratos típicos alentejanos e que fazem parte da alimentação tradicional desta região. Gastronomia. Algumas receitas de pratos típicos alentejanos e que fazem parte da alimentação tradicional desta região. Açorda Alentejana ou Açorda D Alho 1 Molho de Coentros 2 a 4 Dentes de Alho 4 c. Sopa

Leia mais

Receitas sem Leite e sem Trigo

Receitas sem Leite e sem Trigo Receitas sem Leite e sem Trigo Panqueca: 1 colh. de sopa cheia de maisena 1 colh. de sopa rasa de fécula de batata 1 colh de sopa rasa de farelo de arroz 1 ovo Sal Água Misture todos os ingredientes secos.

Leia mais

COLÉGIO CASSIANO RICARDO

COLÉGIO CASSIANO RICARDO Índice CURSO DE CULINÁRIA COLÉGIO CASSIANO RICARDO 2º semestre - 2013 1 - Bolachinha de Goiabada Receitas 2 - Tomate recheado 3 - Bolachinha de Maisena 4 - Bife de frango à rolê 5 - Bolo de cenoura Caderno

Leia mais

Receitas colesterol. Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes

Receitas colesterol. Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes Receitas colesterol Pizza marguerita de berinjela - Mariana e Priscila Ingredientes 2 berinjelas grandes (870g); 6 claras levemente batidas (180g); 2 dentes de alho grandes (15g); 12 colheres (sopa) de

Leia mais

AS RECEITAS DA NOSSA ESCOLA

AS RECEITAS DA NOSSA ESCOLA AS RECEITAS DA NOSSA ESCOLA Gulodices e outras coisas que tal... Escola Secundária da Maia Projeto da disciplina de Espanhol 11ºH 2011/2012 Este projeto é o resultado de um ano de trabalho dos alunos da

Leia mais

Mestrado em Educação Pré-escolar

Mestrado em Educação Pré-escolar Apêndice 10 Exemplo de planificação diária cooperada em jardim-de-infância Dia: 09-05-14 Mestrado em Educação Pré-escolar Prática de Ensino Supervisionada em Jardim-de- Infância 2013/2014 Planificação

Leia mais

Sopa de Beldroegas. Salada de Polvo

Sopa de Beldroegas. Salada de Polvo Entradas Sopa de Beldroegas 650 g de batatas 200 g de cenouras 2 Dentes de alho 0.5 dl de azeite Água suficiente para a sopa 1 Molho de beldroegas 1 Ramo de salsa Leva-se ao lume, numa panela, a água com

Leia mais

Agroindústria. Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro

Agroindústria. Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro 1 de 5 10/16/aaaa 10:35 Agroindústria Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro Processamento artesanal de farinhas e Nome farináceos : fabricação de pão caseiro Produto

Leia mais

LIVRO DE RECEITAS DA DORA

LIVRO DE RECEITAS DA DORA LIVRO DE RECEITAS DA DORA OI, PESSOAL! Este é um livro de receitas especiais de Páscoa que preparamos para deixar o seu feriado ainda mais gostoso. São 11 receitas salgadas e doces que vão encantar sua

Leia mais

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas

Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim. Inclui receitas Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Inclui receitas Ficha Técnica Título: Sugestões de refeições para o Dia de S. Valentim Concepção: Mariana Barbosa Corpo redactorial: Mariana Barbosa Revisão:

Leia mais

REVISTA ACTIVA. A doença celíaca compromete a absorção dos nutrientes que ingerimos, um processo que se verifica no intestino delgado.

REVISTA ACTIVA. A doença celíaca compromete a absorção dos nutrientes que ingerimos, um processo que se verifica no intestino delgado. 40 APARELHO A doença celíaca compromete a absorção dos nutrientes que ingerimos, um processo que se verifica no intestino delgado. Uma alimentação sem glúten para o resto da vida é o único tratamento eficaz

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN BOLO DE BANANA CARAMELADA

RECEITAS SEM GLÚTEN BOLO DE BANANA CARAMELADA RECEITAS SEM GLÚTEN BOLO DE BANANA CARAMELADA COBERTURA: 1/ 1/4 de xíc de água 06 bananas-nanicas maduras firmes, cortadas ao meio no sentido do comprimento Margarina para untar a fôrma. MASSA: 4 ovos

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos LÍNGUA PORTUGUESA EM MOÇAMBIQUE Fátima Helena Azevedo de Oliveira 35 fatimavernaculas@yahoo.com.br CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL A República de Moçambique

Leia mais

Livro de Receitas. Receitas do. Chef César Santos

Livro de Receitas. Receitas do. Chef César Santos Livro de Receitas Receitas do Chef César Santos Camarão com arroz de coco Ingredientes: 400 g de filé de camarão 10 quiabos médios 50 g de pimentão verde 50 g de pimentão amarelo 50 g de pimentão vermelho

Leia mais

É fundamental ler com atenção as embalagens dos produtos que devem ter a informação: NÃO CONTÉM GLÚTEN. Mix de farinha sem glúten

É fundamental ler com atenção as embalagens dos produtos que devem ter a informação: NÃO CONTÉM GLÚTEN. Mix de farinha sem glúten Tema: Glúten O glúten é uma proteína presente em alguns grãos como trigo, cevada e centeio. A intolerância ao glúten de forma permanente é denominada doença celíaca. Nesse caso, o intestino apresenta dificuldade

Leia mais

BIFES Maneira de fazer os bifes: Maneira de servir os bifes: BIFE ABAFADO

BIFES Maneira de fazer os bifes: Maneira de servir os bifes: BIFE ABAFADO BIFES 1. Bife Abafado 2. Bife à Baiana 3. Bife à Crioula 4. Bife Empanado 5. Bife Enrolado 6. Bife Ensopado com Vagem 7. Bife de Filé Mignon 8. Bife de Grelha 9. Bife Guisado 10. Bife à Imperial 11. Bife

Leia mais

Receitas para as Festas de Fim de Ano

Receitas para as Festas de Fim de Ano Salada Agridoce 1 molho de alface americano 2 xícaras de chá de repolho roxo cortado bem fino 1 maçã vermelha, picada em quadradinhos pequenos 1 colher de sopa de uvas passas sem sementes 3 talos de aipo

Leia mais

Receitas com farinhas e sucos de frutas

Receitas com farinhas e sucos de frutas Farofa de farinha de banana verde 150 g de farinha de mandioca 150g de farinha de banana verde 4 unidades de tomates picados em quadrados pequenos 1 unidade média de abobrinha verde picada em quadrados

Leia mais

Pão de banana e laranja

Pão de banana e laranja Pão de banana e laranja 4 colheres de sopa de suco de laranja (natural fica melhor) 200 ml de água 2 bananas pequenas e amassadas (você pode usar banana prata) 3 colheres de sopa de Mel 500 Gr de Farinha

Leia mais

3. VARIAÇÃO E NORMALIZAÇÃO LINGUÍSTICA

3. VARIAÇÃO E NORMALIZAÇÃO LINGUÍSTICA 3. VARIAÇÃO E NORMALIZAÇÃO LINGUÍSTICA Uma língua viva, apesar da unidade que a torna comum a uma nação, apresenta variedades quanto à pronúncia, à gramática e ao vocabulário. Chama-se variação linguística

Leia mais

NECPAR - Núcleo de Educação Continuada do Paraná Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional

NECPAR - Núcleo de Educação Continuada do Paraná Pós-graduação em Nutrição Clínica e Gastronomia Funcional PURÊ DE ABÓBORA COM GENGIBRE E CÚRCUMA 1 Kg de abóbora cabochá picada 2 colher (sopa) de manteiga 2 rodelas de gengibre fresco ralado 2 colheres (chá) de raspinhas de limão 1 colher (sopa) cúrcuma 12 medidas

Leia mais

COLÉGIO CASSIANO RICARDO

COLÉGIO CASSIANO RICARDO CURSO DE CULINÁRIA COLÉGIO CASSIANO RICARDO 2º semestre - 2011 Receitas 1 Strogonoff de Carne 2 Risoto de Alho Poró 3 Cheesecake de Amora 4 Filé mignon ao alho do Edu Guedes 5 Lanche natural de metro 6

Leia mais

Receitas de preparações sem leite, glúten e soja

Receitas de preparações sem leite, glúten e soja Receitas de preparações sem leite, glúten e soja O glúten é uma proteína presente no trigo, centeio, cevada e aveia Embora a aveia também contenha glúten, a quantidade é bem menor e, na maior parte dos

Leia mais

Ceia 2. Alcachofras Recheadas, Saladinha. Capelloni de Peru, Creme de Ervas e Pistache. Torta de Limão

Ceia 2. Alcachofras Recheadas, Saladinha. Capelloni de Peru, Creme de Ervas e Pistache. Torta de Limão Ceia 2 Alcachofras Recheadas, Saladinha Capelloni de Peru, Creme de Ervas e Pistache Torta de Limão Alcachofras Recheadas Ingredientes para 1,3 kg (10-12 unidades) 200 gramas de alcachofra congelada, cortada

Leia mais

Tema: Receitas para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia e radioterapia

Tema: Receitas para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia e radioterapia Tema: Receitas para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia e radioterapia Os tratamentos de quimioterapia e radioterapia geralmente causam diversos efeitos colaterais que, apesar de serem temporários,

Leia mais

Chalá redonda. Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró

Chalá redonda. Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró B H RECEITAS Chalá redonda º Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró º Caldo de galinha youch com kneidalach º Carne assada

Leia mais

Aprenda a fazer biscoitos natalinos para a criançada. Dicas de decoração para o Natal. RECEITAS ESPECIAIS PARA UM LINDO NATAL.

Aprenda a fazer biscoitos natalinos para a criançada. Dicas de decoração para o Natal. RECEITAS ESPECIAIS PARA UM LINDO NATAL. Aprenda a fazer biscoitos natalinos para a criançada. Dicas de decoração para o Natal. RECEITAS ESPECIAIS PARA UM LINDO NATAL. ARROZ DE FORNO 1 lata de creme de leite 2 gemas Cebolinha picada Sal e pimenta-do-reino

Leia mais

MENU. Entradas. Saladas. Youch com kneidlach. Pratos principais. Acompanhamentos. Sobremesas. Guefilte fish de três cores

MENU. Entradas. Saladas. Youch com kneidlach. Pratos principais. Acompanhamentos. Sobremesas. Guefilte fish de três cores Entradas MENU Guefilte fish de três cores Carpa recheada com Guefilte fish Enrolado de pescada com salmão Saladas Tomate, avocado e palmito Salada de Pepino Coleslaw Salada de Beringela Salada colorida

Leia mais

Bolinho de amor. Com carinho, Equipe do Integral

Bolinho de amor. Com carinho, Equipe do Integral Bolinho de amor 1 pitada de carinho 2 colheres de mel 3 colheres de doçura 4 Colheres de paixão 5 Colheres de amor a gosto 6 Colheres de dedicação Modo de Preparo: Faça a mistura de carinho, mel, doçura.

Leia mais

Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões!

Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões! Receitas Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões! Sopa de agriões com lentilhas... 2 Salada de ervilhas com fruta... 2 Feijoada do mar... 3

Leia mais

de Cacau COOKIE FIT Modo de Preparo Ingredientes

de Cacau COOKIE FIT Modo de Preparo Ingredientes RECEITAS Fitness COOKIE FIT de Cacau 1 xícara (chá) de farinha de amêndoas* 2 colheres de sopa de manteiga ghee ou óleo de coco 1 ovo 1/4 de xícara de chá de cacau em pó 1 colher de sopa de essência ou

Leia mais

Strogonoff de Carne de Porco

Strogonoff de Carne de Porco Strogonoff de Carne de Porco Ingredientes 1/2 de carne porco - PERNIL limão, sal, 3 dentes de alho, pimenta-do-reino 1 cálice de conhaque ou Vinho Branco Aliança 2 colheres (sopa) margarina, 1 colher (sopa)

Leia mais

Projeto de Extensão: Ciclo de Oficinas de Educação Matemática: os ODM em foco. Oficina Eco Natal

Projeto de Extensão: Ciclo de Oficinas de Educação Matemática: os ODM em foco. Oficina Eco Natal Oficina Eco Natal Apresentação Olá! Esta oficina faz parte de um projeto de extensão Ciclo de oficinas de Educação Matemática: os ODM em foco que tem como objetivo realizar atividades do cotidiano que

Leia mais