n o t í c i a s ANS CONCEDE AUTORIZAÇÃO DEFINITIVA À FACEB EDITORIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "n o t í c i a s ANS CONCEDE AUTORIZAÇÃO DEFINITIVA À FACEB EDITORIAL"

Transcrição

1 n o t í c i a s EDITORIAL Nesta primeira edição de 2014, destacamos a volta da possibilidade de simulação e concessão do empréstimo pelo site da Fundação, após necessários ajustes para seu funcionamento adequado. Esse é, certamente, um serviço que traz mais comodidade aos participantes e aposentados que necessitam de um auxílio financeiro. Na parte de saúde, ficamos felizes com o desempenho da FACEB como operadora, novamente satisfatório, conforme avaliação mais recente da ANS. Aliás, esse orgão concedeu à FACEB Autorização de Funcionamento definitiva para operar planos de assistência à saúde. Uma formalização aguardada e necessária. Outra matéria com assunto assistencial foi a criação da Ouvidoria da Saúde, atendendo à Resolução Normativa nº 323 da ANS. A criação desse novo canal de comunicação auxiliará a Fundação a garantir aos beneficiários o pleno atendimento de seus direitos e benefícios regulamentares e/ou contratuais. Ainda nesta edição, publicamos o artigo do gerente de Investimentos da FACEB, Paulo Sérgio Ribeiro de Andrade, que mostra a conjuntura econômica e os resultados dos investimentos da Fundação em Também, entrevistamos o aposentado Sebastião da Costa Araújo, que trabalhou por muito tempo como motorista da CEB. Aproveitando a oportunidade, parabenizamos os aposentados pela data especial comemorada em de janeiro. PAGAMENTO DE APOSENTADORIAS E PENSÕES Atendendo a pedidos, estamos novamente disponibilizando as datas de pagamento para 2014, conforme quadro abaixo: Mês Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho OUVIDORIA DA Data do Crédito Pagamento Disponível JANEIRO-FEVEREIRO/2014 INFORMATIVO DA FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA DOS EMPREGADOS DA CEB Ano 30 Edição nº 146 ANS CONCEDE AUTORIZAÇÃO DEFINITIVA À FACEB Em ato comunicado no Diário Oficial da União do último dia 4 de fevereiro, a Diretoria de Normas e Habilitação das Operadoras (DIOPE), órgão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), concedeu à FACEB a Autorização de Funcionamento definitiva para operar planos de assistência à saúde, dando fim a um processo que se arrastava há anos na Fundação. Quando a ANS foi criada, a FACEB já operava o Plano Assistencial da CEB, condição que lhe foi assegurada mesmo após a edição das Leis os Complementares n 108 e 109/2001, que passaram a regular o funcionamento dos fundos de pensão e o Regime de Previdência Complementar no Brasil. A partir de então, para atender a legislação de saúde suplementar e continuar administrando planos assistenciais, a FACEB recebeu da ANS uma autorização provisória de funcionamento. Agora veio a autorização definitiva. E veio em boa hora. A FACEB vem dando passos firmes e concretos para se fortalecer enquanto operadora de autogestão em saúde. Investiu muito na melhoria do atendimento aos beneficiários, em auditoria médica, na qualificação de seus profissionais e na diversificação de sua rede credenciada. A substituição do sistema de gestão assistencial constituiu-se no grande marco desse processo de modernização e melhorias contínuas, já que o novo software (FACPLAN), ao promover a integração de todas as etapas da gestão (cadastro, atendimento, tesouraria, contabilidade, relatórios, etc.), otimiza custos e vai agregar mais eficiência, informações e controle à administração dos planos de saúde. O processo de implantação será concluído em breve, com a disponibilização aos prestadores e aos beneficiários da Guia Médica Eletrônica (GME). Esses avanços, já refletidos nos indicadores da ANS (veja matéria na página 2), consolidam ainda mais a FACEB como operadora de planos de saúde, pronta para os desafios impostos a este segmento no Brasil. Mês Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Abono anual (13º) Data do Crédito Pagamento Disponível LEIA AINDA NESTA EDIÇÃO FACEB cria a Ouvidoria da Saúde Pág. 2 Por onde anda Sebastião da Costa Araújo Pág. 3 Site - Simulação e concessão de empréstimo Pág. 5

2 FUNDAÇÃO CREDENCIA TRÊS NOVOS PRESTADORES, INCLUINDO CLÍNICA ODONTOLÓGICA NO PARANOÁ Atendendo a uma antiga solicitação dos beneficiários, que reivindicavam uma clínica odontológica no Paranoá, a FACEB credenciou a Clínica Odontológica Marta Queiroz, localizada na Avenida Paranoá, Quadra 22, Conjunto 16, Lote 08, Loja 02, telefone As especialidades disponíveis são: Clínica Geral em Odontologia, Prótese Dentária e Endodontia. Veja outros credenciamentos: Clínica Uromaster: Edifício Via Brasil, Sala 513 (SEPS 710/910, Conjunto D, Asa Sul), telefone Especialidade disponível: Urologia. Clínica Odontológica Gavino: Praça Jandaia, Quadra 205, Lote 01, Sala 802, Águas Claras, telefone Especialidades disponíveis: Clínica Geral em Odontologia, Prótese Dentária e Endodontia. Informações sobre o Hospital Daher O Hospital Daher informou à Fundação as especialidades atendidadas em seu Pronto-Socorro Horas: Pediatria; Ortopedia e Traumatologia; e Clínica Médica. Portanto, não dispõe de Ginecologia e Obstetrícia no Pronto-Socorro Horas. Já a especialidade de Cirurgia Geral encontra-se em plantão de sobreaviso. FACEB SE DESTACA, NOVAMENTE, EM ÍNDICE DA ANS A Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS divulgou no final de 2013 o posicionamento das operadoras de planos de saúde no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar - IDSS. Numa escala composta por cinco níveis, sendo 0 a pior e 1 a melhor (veja ilustração abaixo), a Fundação saiu de 0,7183 em 2011 para 0,7450 em A melhora é contínua, haja vista que em 2009 a FACEB estava na segunda pior faixa de classificação e vem melhorando ano a ano, até chegar à segunda melhor faixa de classificação. É importante explicar que a avaliação de desempenho é anual e retroativa, isto é, os resultados apresentados em 2013 são relativos ao ano-base de Pior EXPEDIENTE IDSS/ANS 0 0,2 0,4 0,6 0,8 1 FACEB 2009 FACEB 2012 Melhor Em outro parâmetro, o de risco assistencial - que está relacionado a possíveis anormalidades administrativas e assistenciais na operadora, a FACEB já está posicionada entre as melhores operadoras, com índice de 0,93 (numa escala que vai até 1,0). FACEB: SCS 04, Bloco A, Lotes 141/153, Ed. FACEB, Brasília/DF CEP: , Tel.: (61) , Site: Central de Atendimento (SIA): (61) Posto de Atendimento de Taguatinga (SDO): (61) Conselho Deliberativo: Jeová Pereira de Oliveira, Joel Alves Rodrigues, Jorge Luiz Leitão da Silva, Maria Estér da Costa Campos, Marlon Clementino Leles Pereira, Naor Alves de Paula Filho Conselho Fiscal: Alcino Pereira Costa, Hércules Wanderley de Vasconcellos, João Carlos dos Santos, Murilo Bouzada de Barros FACEB cria a FACEB cria a OUVIDORIA DA A partir de 16/01/2014, os beneficiários dos planos de saúde passaram a contar com um importante canal de comunicação: trata-se da Ouvidoria da Saúde. Criado em atendimento à Resolução Normativa nº 323 da Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS, de 03 de abril de 2013, esse novo serviço ilustra bem um dos principais objetivos da FACEB enquanto operadora de planos de saúde: garantir aos beneficiários o pleno atendimento de seus direitos e benefícios regulamentares e/ou contratuais. Neste sentido, a Ouvidoria da Saúde, para o bom cumprimento de sua atribuição, somente pode ser acionada após esgotadas as tentativas de resolução junto à Central de Atendimento. Veja como funciona o serviço da Ouvidoria da Saúde O beneficiário interessado deve acessar a Ouvidoria da Saúde exclusivamente pelo site clicando no link respectivo; No espaço reservado, o beneficiário se identifica e relata sua reclamação. Também podem ser registrados elogios e sugestões, sempre relativos aos planos de saúde; Após registrar o manifesto, o beneficiário recebe em seu cadastrado na FACEB uma notificação constando o número de protocolo do atendimento, senha, descrição da demanda e prazo para resposta; A demanda é encaminhada pela Ouvidoria à área responsável e, em até sete dias, respondida ao beneficiário; Caso a reclamação não seja da alçada da Ouvidoria da Saúde, esta solicita ao beneficiário que a encaminhe à FACEB pelo canal de comunicação pertinente. Conheça o perfil da ouvidora da FACEB Nome: Michelene Rodrigues Calácia Data da Nomeação: 30/04/2013 Resumo profissional: Michelene Rodrigues Calácia, empregada da FACEB desde 1998, é a atual Ouvidora da Empresa. Durante 13 anos atuou na área de relacionamento ao público, destacando-se como Coordenadora da Central de Atendimento. A partir de janeiro de 2014 passou a exercer a função de ouvidora, com o objetivo de acolher as manifestações dos beneficiários e de subsidiar aperfeiçoamento dos processos de trabalho da Fundação - administradora dos planos de saúde da CEB. Como ouvidora, é convicta do seu valor na clareza dos posicionamentos e estrita observância das normas legais e regulamentares relativas aos direitos dos beneficiários e da FACEB. Diretoria Executiva: Jorge Eden Freitas da Conceição (Presidente) Cláudio Santos Nascimento (Diretor Administrativo-Financeiro) João Carlos Dias Ferreira (Diretor de Benefícios) Jornal FACEB Notícias Textos e Editor Responsável: Kleber Rocir Resende - MTB nº 5955/MG Telefone: (61) Diagramação: Maraat Propaganda e Marketing Diretora de arte: Fernanda Luísa Souza dos Santos Telefone: (61)

3 SEBASTIÃO DA COSTA ARAÚJO Por onde anda você? O entrevistado desta edição é goiano de Pires do Rio. Sua história começou quando seu pai, Antônio, veio à pé de Pernambuco para Goiás, onde encontrou Delisária, a mulher que viria a ser a mãe de Sebastião. Iam trabalhando de fazenda em fazenda. Durante a infância e adolescência, Sebastião morou na roça e em diversas cidades de Goiás. Na época, sua diversão eram as festas do Interior. Em 1960 (aos 20 anos de idade) chegou a Brasília. Em agosto de 1968 ingressou no DFL. Sebastião ainda não tinha completado um mês de trabalho quando recebeu seu primeiro salário. "Fui um dos últimos a receber e na verdade pensei que só ia ter pagamento no mês seguinte. Era um envelope pesado e eu nem sabia a quantia. Foi aquela alegria!", disse Sebastião, feliz com o salário, que era oito vezes maior do que o do emprego anterior. Passou quase todos os anos de CEB lotado nos Transportes, trabalhando como motorista e servindo a diversas seções. Já no final da carreira, passou para o cargo de eletricista. Roda Quadrada Sebastião sempre dirigia com muita atenção, mas lentamente, o que rendeu a ele o apelido de "Roda Quadrada". "Às vezes eu recebia bronca por que ia devagar demais, mas era divertido". Para ele, isso não importava: o importante era ser correto, rigoroso. Já até sofreu acidente de carro, mas não era ele quem estava ao volante. Um colega dirigia o veículo a cerca de 80 quilômetros de velocidade, bateu no meio-fio e capotou. "Procurei os companheiros que estavam comigo e não os encontrei na hora. Depois, achei um amigo todo tonto e esfolado. Eu tive uma pancada na cabeça e um dente quebrado. Fui para o hospital, tomei uma injeção e logo pude trabalhar novamente", lembrou. Durante os 27 anos que trabalhou na CEB, Sebastião fez amizades, mas a timidez atrapalhou um pouco. "Amigos mesmo só aqueles do meu convívio, pois eu sempre fui muito tímido. Aliás, sou até hoje, isso não acaba não!", lamentou. Mesmo assim, ele não se esquece dos companheiros que marcaram sua trajetória profissional, a quem qualifica como "uma família". "Tenho muitas saudades dos amigos da CEB. Lembro deles quase todos os dias", ressaltou. Agora, para matar as saudades, Sebastião é presença constante nos aniversários da FACEB, quando aproveita para rever seus colegas de trabalho. Quando se encontram, é aquela festa. Um fala pro outro: "O senhor não morreu ainda não, fulano", disse, em meio a risadas. Sebastião (último à direita), em um dos caminhões da CEB. Sebastião (último à direita). O 1º à esquerda é José Valle Júnior, mais conhecido como Juca. Fale com Sebastião: (61) Sebastião destaca sua dedicação à Companhia. "Às vezes trabalhávamos por dois, três dias seguidos. Ficávamos até sem vir para casa, era um sufoco", ressaltou, lembrando da dura vida de motorista. "Sempre precisavam da gente. Transportávamos muitas pessoas, transformadores, o que fosse preciso. Me lembro também que eu tinha medo de sair da CEB e não conseguir pagar minha casa". Família O aposentado é casado há quase 40 anos com Dona Neusa Lucena. Quando a reportagem do FACEB Notícias pediu para que o casal fosse fotografado, Dona Neusa reclamou. "Se eu soubesse, não tinha vindo aqui". Mas, Sebastião logo elogiou a mulher, que sorriu. "Ela veio aqui mostrar sua belezura". O casal tem quatro filhos, entre eles o eletricista e participante ativo da FACEB Sidney Lucena Araújo (além de cinco netas e um neto), e adora curtir a família. "Nos fins de semana os filhos sempre vêm aqui em casa para passear. Curtimos muito nossos netos também. Aliás, semana passada tivemos um grande encontro da família", destacou Sebastião, que tem oito irmãos. Sebastião e a esposa, Dona Neusa Lucena. Outras informações Quando se aposentou, Sebastião comprou uma terra em Taguatinga, no Tocantins. De vez em quando (umas quatro vezes por ano) ele vai para o Norte do país para descansar e curtir a vida de fazendeiro. "São duas casas na beira do rio, com pastagens e gado. Na época que comprei não tinha nem estrada". Sebastião é católico e gosta de ir à igreja para encontros de casais. Torcedor do Botafogo, estava feliz no dia da entrevista, pois na noite anterior tinha assistido a uma vitória do Glorioso por 4 x 0 sobre o Deportivo de Quito, que valeu a classificação do time carioca à fase de grupos da famoso torneio Libertadores da América. O aposentado também gosta de viajar, de caminhar (mas as dores no joelho atrapalham), de passear (apesar de sair pouco de casa pelos dias) e de escutar música sertaneja. 3 Sugestão de entrevistado: ou (61)

4 ARTIGO Por Paulo Sérgio Ribeiro de Andrade* A conjuntura econômica e o resultado dos investimentos em 2013 Segundo muitos analistas financeiros, 2013 é um ano para ser esquecido. Sem dúvida, foi um dos piores para os investimentos no mercado brasileiro. Nem no ano de 2008, quando eclodiu a crise internacional, a desvalorização dos ativos brasileiros se estendeu a tantas modalidades. Não escapou nem o CDI, cuja taxa, que comumente referencia as aplicações de renda fixa, ficou em apenas 8,06% - o pior retorno da série histórica. Já os fundos de renda fixa atrelados à inflação tiveram queda de 10% em média, sendo que, no caso dos papéis lastreados em títulos públicos com vencimentos mais longos, a queda foi ainda maior, chegando a quase 17% no ano. Na mesma linha, a bolsa ficou em -15,5%, afetando sensivelmente a rentabilidade consolidada das entidades que ainda investem parte considerável de seus ativos neste segmento de aplicação. Em 2012, mesmo com o fraco desempenho do Ibovespa e do IBr-x (benchmarks de renda variável), a rentabilidade consolidada dos investimentos teve bom desempenho, principalmente devido ao resultado da renda fixa e à aplicação em ativos de renda variável mais descolados dos mencionados benchmarks. Em 2013, porém, a desvalorização dos ativos foi geral, atingindo praticamente todas as modalidades de investimentos. O gráfico abaixo ilustra bem esse quadro, comparando os anos de 2012 e 2013: 40% 30% 20% 10% 0% -10% -20% -30% 8% -3% -10% -15% -15% CDI IBOV IBRX SMLL IMA-B 3% 3% -17% IMA-B 5 IMA-B 5+ IRF-M É neste contexto que devem ser analisados os resultados dos investimentos da FACEB em 2013, cuja rentabilidade acumulada, no Plano BD (Benefício Definido), ficou em 9,79%, contra uma meta atuarial (INPC + 6%) de 11,9%. Na renda variável, que representa pouco mais de 6% do patrimônio da FACEB, a rentabilidade acumulada no ano ficou em 3,27%, abaixo da meta atuarial, mas muito acima do Ibovespa, que ultrapassou os 15% negativos. Já no Plano CD (Contribuição Definida), a carteira de investimentos encerrou 2013 com um patrimônio de R$ 7,5 milhões, apresentando um retorno de 1,15%. Cabe ressaltar que a estratégia da Fundação de diminuir a exposição dos ativos à volatilidade dos fundos referenciados pelo IMA-B - índice lastreado em NTN-B de curto, médio e longo prazo - foi fundamental para que a rentabilidade ficasse positiva em As entidades que mantiveram esses papéis em sua carteira acabaram tendo que amargar perdas superiores a 17% % 30% 20% 10% 0% -10% -20% -30% 8% 34% 29% 27% 7% 12% 17% 14% CDI IBOV IBRX SMLL IMA-B IMA-B 5 IMA-B 5+ IRF-M Vale registrar que, de acordo com a Consultoria Adittus, a FACEB está entre as entidades mais bem posicionadas em 2013 na relação risco x retorno, entre os mais de 60 investidores institucionais que a empresa acompanha no Brasil. Não há sinais de que 2014 venha a ser diferente de A volatilidade, a inflação e o câmbio tendem a continuar pressionando o mercado e impactando o resultado dos investimentos. Nesta difícil conjuntura, a considerável posição em títulos públicos de longo prazo, bem como a gestão ativa e criteriosa dos recursos, evidenciam-se como principais instrumentos da Fundação para fazer frente a essas turbulências do mercado, que, espera-se, sejam apenas passageiras. *Gerente de Investimentos da FACEB FUNDAÇÃO REALIZARÁ TERCEIRO CICLO DO "FACEB VAI ÀS ÁREAS" Durante o mês de março, em calendário a ser divulgado posteriormente, os participantes ativos (empregados da CEB) terão a oportunidade de esclarecer suas dúvidas sobre a entidade e observar informações importantes, como resultados do exercício, alterações regulamentares nos planos previdenciais, esclarecimentos sobre os planos BD e CEBPREV, benefícios pagos, planos assistenciais, fiscalizações, órgãos estatutários, etc. Trata-se do "FACEB vai às áreas", que já teve dois ciclos realizados anteriormente. A Fundação estará no SIA, Taguatinga, Gama e Planaltina. Está previsto também um ciclo com os aposentados. É a FACEB levando informações e buscando estar sempre mais próxima, dialogando com seus participantes e assistidos. 4 Emprego entre os mais idosos cresce mais rápido As pessoas acima de 60 anos também vivem uma situação de pleno emprego: só 2% delas dispostas a trabalhar não conseguem se empregar. O total de brasileiros ocupados nessa faixa etária cresceu 6,8% entre o segundo trimestre de 2013 e igual período do ano passado, isto é, no curto espaço de um ano. Foi de longe a faixa etária em que o emprego mais cresceu. Fonte: Lendo a Mídia e Folha de S. Paulo (17/02/14)

5 FACEB RECEBE DIRETORIA DO SINDICATO A Diretoria Executiva da FACEB esteve reunida, no dia 23 de janeiro, com representantes do STIU-DF. Na oportunidade, o Sindicato solicitou esclarecimentos sobre a matéria publicada na edição de 19 de janeiro do jornal Folha de São Paulo, intitulada "Operação de BVA afeta mais de 70 fundos". Atendendo ao Sindicato, a Diretoria reforçou a explicação já divulgada aos participantes e assistidos por meio dos Informativos Eletrônicos nº 4 e nº 425, deixando claro que os investimentos em questão, cujo total foi citado pelo jornal, foram feitos em gestões anteriores da Fundação, conforme a seguir: 1) Cédulas de Crédito Bancário (CCB) Raesa e New Energy, adquiridas entre 10/07/2006 e 01/08/2008; 2) Cotas do Fundo de Investimento em Participação (FIP) Multiner do Banco BVA, adquiridas em 09/12/2008. Essas operações, que totalizaram R$ ,09, foram transferidas para o Grupo Bolognesi em 28/03/12. A empresa encontrase atualmente adimplente com suas obrigações; 3) Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) BVA Master Senior, adquirido em 11/05/2010, cujo saldo atual é de R$ ,36. Essa operação não possui papéis do Banco BVA e encontra-se ativa na carteira da Fundação, estando adimplente. Além dos papéis acima citados, a FACEB também possuía as Cédulas de Crédito Imobiliário (CCI) e CCB abaixo, estruturadas pelo Banco BVA: 1) CCI Ponto Final: do total, adquirido em 03/02/2009, foi constituída provisão para perda no valor de R$ ,08; 2) CCI Ameplan: do total, adquirido em 03/04/2009, foi constituída provisão para perda no valor de R$ ,01; 3) CCB Samcil: do total, adquirido entre 18/04/2007 e 07/12/2007, foi constituída provisão para perda no valor de R$ ,68. Essa CCB também venceu antecipadamente devido ao não pagamento aos credores. Para esses três investimentos, todos realizados em gestões anteriores, foram feitos provisionamentos para as perdas citadas - por falta de pagamento. A FACEB já tomou as providências jurídicas para reaver os mencionados ativos. No único investimento feito na atual gestão (em 06/10/2011), a FACEB adquiriu um Depósito a Prazo com Garantia Especial (DPGE) do Banco BVA. Com a intervenção do Banco Central, o valor de R$ ,82 foi totalmente resgatado pela FACEB por meio do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), ou seja, não houve nenhum prejuízo para o participante/ assistido da Fundação. Como forma de mitigar os riscos de seus investimentos, a atual Diretoria da FACEB submete todas as suas operações à análise de uma consultoria de risco e também a uma consultoria jurídica especializada. Trata-se da Bocater, Camargo, Costa e Silva Advogados, com sede em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, que presta serviços na área de investimentos. Além de aspectos jurídicos em geral, a citada empresa faz a análise de questões jurídicas relacionadas com os ativos detidos pela FACEB, incluindo avaliações das regras emanadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), Superintendência de Previdência Complementar (Previc) e Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Os investimentos da FACEB seguem, rigorosamente, os critérios contidos na Política de Investimentos da Fundação (que, por sua vez, segue os princípios estabelecidos pela Resolução CMN nº 3792/2009, que rege os investimentos dos fundos de pensão), bem como as orientações do Comitê de Investimentos da FACEB. Por fim, esta Diretoria enfatiza que sempre se pautou pelos princípios da prudência, transparência e segurança perante a patrocinadora de seus planos, os órgãos de controle e fiscalização e a seus participantes e assistidos. SIMULAÇÃO E CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PELO SITE FACEB Após alguns necessários ajustes, a área de Acesso Pessoal ao menu de empréstimo foi liberada para os usuários do site da FACEB. Dessa forma, o módulo está disponível aos participantes ativos, autopatrocinados e aposentados que quiserem fazer simulação ou concessão de empréstimo, verificar o extrato de empréstimo, quanto tem de saldo devedor e qual valor poderá ser solicitado. Para ingressar no Acesso Pessoal, clique no botão localizado na parte superior da página inicial do site e depois no botão de empréstimo. Digite seu CPF tanto para login quanto para senha. Para maior segurança, após o primeiro acesso a senha deverá ser obrigatoriamente alterada. Os Regulamentos de Empréstimo a participantes do plano CEBPREV, bem como a participantes e aposentados do Plano BD, encontram-se disponíveis no site (no menu Empréstimo, lado esquerdo da página inicial). Para quem nunca solicitou empréstimo, é importante informar que a permissão para utilização dos serviços de simulação e concessão está condicionada à assinatura prévia do Termo de Responsabilidade e do Contrato de Abertura de Crédito. Com certeza, valeu a pena esperar! Observações 1) O participante que estiver vinculado aos dois planos previdenciários da FACEB (BD e CD), poderá consultar informações de ambos os planos; 2) No Acesso Pessoal, também estão disponíveis informações sobre o funcionamento das tabela SAC e PRICE. 5

6 "Meu nome é José Dias de Souza, aposentado, matrícula , residente em Maceió - Alagoas e venho por meio deste fazer um agradecimento especial. Minha esposa teve que se submeter a um procedimento cirúrgico durante o mês d e N o v e m b r o / , m a i s precisamente no dia 22, no Hospital Santa Lúcia - DF. Como é de conhecimento de todos, por ser aposentado pela CEB, nessas situações é necessário contato com as atendentes da Central da FACEB para liberação da cirurgia e orientações. Gostaria de fazer um agradecimento muito especial, primeiramente à FACEB, e a duas funcionárias da mesma, que durante todo o período preparatório nos forneceram todas as informações necessárias, nos apoiaram e nos deram segurança em todos os momentos, são elas: Dalva e Milena (pessoas fantásticas, cordiais e especiais). Eu e minhas esposa Euza Lucia de Souza Marinho agradecemos imensamente a toda ajuda que nos foi dada. Em meio a tantas críticas que recebemos no dia-a-dia, é muito importante reconhecer quando um trabalho é muito bem-feito. Por tudo isso, o nosso sincero muito obrigado." Jose Dias de Souza (Zezinho) e Euza Lucia de Souza Marinho. CUIDADO PARA NÃO SER ENGANADO POR GOLPISTAS Em dezembro de 2010, na edição nº 122 do FACEB Notícias, a Fundação alertou para um golpe: o recebimento de alguma carta ou intimação informando sobre valores disponíveis para recebimento do destinatário. Essa situação continua acontecendo, conforme nos relatou o aposentado da FACEB Francisco das Chagas Benedito Maia, que recebeu uma dessas cartas. O golpe funciona assim: os estelionatários conseguem dados de pessoas que moveram processos contra antigos planos de previdência e montepios e enviam correspondências falsas, citando que o destinatário tem altas quantias a receber. Nessas cartas, os bandidos chegam a citar nomes verdadeiros de juízes de varas de falência para dar credibilidade ao documento. Quando a vítima liga para o telefone de contato citado na carta, o golpista diz ser do fórum, explica que para o recebimento do dinheiro disponível seria necessário depositar um montante para cobrir as "custas" do processo e solicita o número da conta do "contemplado". Tendo essa informação, o bandido vai até o banco e coloca um envelope vazio na máquina ou um cheque roubado - simulando um depósito na conta do cliente. Quando a vítima verifica o valor bloqueado no banco, passa a acreditar no estelionatário e deposita o valor das "custas" numa conta indicada por ele. Em geral os principais atingidos são pessoas idosas e até instruídas. Esse assunto já foi divulgado em vários veículos de comunicação. O jornal Valor Econômico, por exemplo, em sua edição de 6 02/09/2010, citou o caso de um advogado que marcou de ESPECIAL AUTOMÓVEL - CUIDADOS PARA UMA VIAGEM SEGURA E CONFORTÁVEL Para viajar de forma tranquila, é imprescindível que esteja tudo em ordem. Nas férias e no carnaval, aumenta muito o número de carros nas estradas. São inúmeras famílias em busca de descanso e diversão. Mas será que esses veículos estão em condições de enfrentar a estrada? Fazer revisões periódicas garante uma boa viagem e evita transtornos e prejuízos financeiros. O consultor de vendas Anderson Aguiar, 35 anos, só viaja de carro após realizar a revisão do veículo. "Com revisões constantes, economizo a longo prazo e deixo o carro pronto para qualquer situação. Faço os procedimentos necessários dois meses antes de qualquer viagem. Dessa forma, posso corrigir eventuais problemas não detectados na revisão", enfatiza. Os itens a serem verificados vão depender do ano e do tipo do automóvel. Carros na garantia contam com as revisões programadas das concessionárias. Já os carros fora desse prazo requerem maior atenção, devido ao desgaste acentuado das peças. "Se a pessoa estiver apertada financeiramente e não puder fazer a revisão, o melhor é não viajar. Colocar a própria vida e a de terceiros em jogo não é certo", comenta o servidor público Henrique Machado, 46 anos, que gastou muito no final de ano. "Estou sem recursos para fazer a revisão agora. Planejava viajar com meus filhos, mas o carro não está confiável. Ficaremos na cidade e aproveitaremos para fazer programas ao ar livre", destaca. Para viajar de forma tranquila, é imprescindível que esteja tudo em ordem. Veja a lista dos principais itens a serem verificados na revisão: os pneus devem estar calibrados e em bom estado de conservação, inclusive o estepe; verifique o limpador de para-brisas, triângulo e macaco; na parte elétrica, observe as luzes indicativas (pisca alerta, setas, faróis etc.); alinhamento e balanceamento garantem estabilidade e economia de combustível; e na parte de mecânica, verifique o estado das velas, correias e filtros. *Texto extraído do Ligado no Futuro. Veja outras informações no portal de educação financeira e previdenciária da FACEB, acesse entregar o dinheiro ao golpista na porta do fórum, mas resolveu entrar no prédio para ver o processo - só aí descobriu o golpe. Por isso, fique atento caso você ou alguém da sua família receba uma dessas correspondências. Não retorne ligações nem faça depósito para órgãos citados nessas cartas, como "Associação Federativa de Previdência Privada", "Agência Nacional de Previdência Privada", "Agência Nacional de Previdências e Pecúlios" ou para a antiga "Capemi".

7 DICAS PARA ECONOMIZAR A BATERIA DO CELULAR Uma das várias maneiras de ajudar o meio ambiente é economizar energia. Para isso, sempre certifique-se de desligar aparelhos que não estão em uso, não acenda lâmpadas durante o dia e poupe a bateria do celular. Nessa era de smartphones, a curta duração das baterias tem sido um problema no dia a dia, além de aumentar os gastos na conta de luz. Os aparelhos mais antigos ficavam até uma semana ou mais sem precisar de recarga. No entanto eles não possuíam as telas disponíveis hoje, não tinham acesso à internet, e os processadores eram muito simples comparados aos que são utilizados atualmente. Confira algumas ideias para economizar e garantir uma vida útil maior para o seu celular. Aplicativos e dicas Garanta que seu telefone não fique totalmente sem carga. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a bateria tem sua vida de uso mais curta caso seja completamente descarregada. Por isso, certifique-se que ela sempre fique entre 40% e 80% de carga. Lembre-se também de não deixar o aparelho exposto ao sol, pois a alta temperatura diminui sua durabilidade. É importante também tomar cuidado com a luminosidade da tela. Ela é responsável por até 80% do gasto de bateria e, quanto mais clara, maior o seu consumo. Para poupar, configure-a para que ela se ajuste automaticamente de acordo com o ambiente que você estiver. Em locais abertos ela ficará mais escura, reduzindo significativamente o consumo. Caso não utilize a rede de dados ou o Wi-Fi, prefira desligá-las. Se não tiver essa opção, deixar o aparelho no modo 2G, em que sua velocidade de internet irá cair, porém a energia será poupada. Nos smartphones, aplicativos como Facebook, Gmail e WhatsApp sempre ficam rodando em segundo plano para garantir que você receba as notificações. Desative-os ou faça com que a sincronização somente aconteça quando você realmente está usando o celular. Em caso de aplicativos que foram instalados, mas que estão sem uso, é preferível desinstalá-los, pois mesmo sem abri-los eles gastam bateria. Para quem deseja ter total controle do seu consumo, existem aplicativos que podem ajudar. O Battery Doctor, por exemplo, além de ajudar a poupar energia, apresenta um diagnóstico completo da sua bateria! Fonte: NOTA DE FALECIMENTO Em 08/02, faleceu a Sra. Nair Bonifácio Junqueira de Melo (foto), pensionista do Sr. Luiz Álvaro de Melo. Faleceu em 09/01 a Sra. Algelníria Estácio da Silva, esposa do aposentado José Silveira Linhares. Em 21/12, faleceu a pensionista Corina de Melo Oliveira. Faleceu em 20/12 a Sra. Lúcia Siziko Nakazato Andrade, esposa do aposentado Waldir Leal de Andrade. PARA PEDEVISTAS: ALTERAÇÃO DO TETO DE CONTRIBUIÇÃO PARA O INSS Está em vigor desde 1º de janeiro de 2014 o novo teto de contribuição para o INSS, que passou para R$ 4.390,. Desta forma, para os participantes que efetuam contribuição individual para o referido Instituto, o valor do recolhimento para o mês de fevereiro/2014 competência janeiro/2014 é de R$ 878,05. Nair Menu Previdência / Novos Assistidos - Plano BD NOVOS ASSISTIDOS APOSENTADOS - PLANO BD Janeiro/2014: Adelson Ferreira de Morais, Francisco das Chagas Marques Veras, Paulo de Tarso Guimarães Machado, Sebastião de Lourdes Amorim. Dezembro/2013: Hélio Puttini Júnior, Jussara Silveira. PENSIONISTAS - PLANO BD Janeiro/2014: Ivani de Morais, Maria das Dores Maciel Rodrigues. Dezembro/2013: Alaíde da Silva Vale, Lucineide Guedes do Nascimento. Fonte: GPRV (Relatório da Folha de Pagamento dos Assistidos) Menu A FACEB/ Quantitativo de participantes assistidos e empréstimos/ 2013 Números da FACEB - DEZEMBRO/2013 Plano BD Suplementações de aposentadoria Valor pago (R$) Suplementações de pensão Valor pago (R$) Ativos CEB Ativos FACEB Autopatrocinados/PDV Concessões de empréstimo Valor pago (R$) Plano CD (CEBPREV) Ativos CEB Ativos FACEB Autopatrocinados Concessões de empréstimo Valor pago (R$) , , , ,39 Fonte: itens 1-7/ 10-12, GPRV (Relatório da Folha de Pagamento dos Assistidos) itens 8, 9, 13 e 14, Gerência de Finanças VENCE NA VIDA QUEM NÃO TEM MEDO DE SER FELIZ DE JANEIRO DE 2014 DIA DO APOSENTADO Prezado(a) Aposentado(a), Ao longo dos anos de trabalho, você travou batalhas e venceu inúmeros obstáculos. Agora, é justo aproveitar a vida com o gostinho de vitória. E com a aposentadoria, você pode traçar novas metas, aprender e experimentar. Tudo com a segurança da FACEB. Então, aproveite e se encha de ousadia para empreender novos projetos. E lembre-se que a FACEB estará sempre ao seu lado. 7

8 ANIVERSARIANTES Março menu A FACEB / Aniversariantes Aposentados (CEB) 01 Daina Diniz Machado, Jorkean Lima Mota, José Maria Barbosa, Luiz Cláudio Soares de Araújo, Saulo Ribeiro Brito 02 Paulo Temperine Góis 03 José Dalci Paulino, Wagner de Araújo, Francisco Carlos da Silva 04 Antônio Geraldo dos Santos, Francisco José de Lima, Francisco Pereira de Souza, Mauro Libânio de Morais, Milton Gomes Ferreira, Osvaldir Gomes da Silva 05 Cairo Ramos, Luce Cleide da Silveira Araújo, Sérgio Batista de Araújo 06 Adelino Seixas Soares, José de Albuquerque Silva 07 Hélio Gonçalves Pereira 08 Agenor Hermínio de Carvalho, Frederico Ribeiro Júnior, Maria de Fátima Ferreira da Silva 09 Iluminata Katarina Guennes de Oliveira 10 Antônio Martins da Silva, Fernando Oliveira Fonseca, Joaquim Lima Leite, José Ageo Caetano, José Antônio da Silva 11 Marcus Antônio A. Guimarães, Noswaldino Antônio de Araújo, Ramildo Barbosa da Silva 12 Gerson Luzia da Costa, José da Silva, José Maria Pereira da Cruz 13 Lêda Maria Barbosa, Jarbas Salduíno da Silva 14 Arceno Morilha, Boaventura Cunha Santos, Francisco Antônio Ferreira 16 José de Anchieta Martins Pereira, Sebastião Cabral de Melo, José Francisco Urbano da Silva, Nelson José Hubner Moreira 18 José Calbi Leite 19 José Eugênio da Silva Neiva, José Sobrinho da Silva 20 Jayme Augusto Jerônymo Júnior, José Eduardo Duque Moreira, Marcos Antônio Ferreira de Souza, Maria Silene de Vasconcelos 21 Antônio Bento da Silva, Nélia Martins Ferreira Barbosa, Raimundo Nonato Rodrigues Pereira 22 Antônio Francisco Araújo 23 Célia Maria de Oliveira, Décio Moreira Miranda, Vantuil Bento Aires Dulcine Alves de Amorin 25 Edilson Leal Santos, Francisca Maria de Carvalho, João Batista Moreira, José Dimas Simões Machado, Roberto Carlos Pinto, Valdívio Moreira de Oliveira 26 Gerson Pedro da Costa 27 José Augusto do Nascimento, José Gabriel Filho 28 Antonina Eunice Requião de Melo, Hércules Diniz Costa, Iovaldo Almeida Soares, José Thomaz, Lílian G. de Queiroz Vivacqua, Mauro Alves Pinheiro, Wander Leão Caixeta de Castro 29 João de Deus Sousa 30 Leila Modesto de Almeida 31 Aloizio Araújo Bahia, Benedito Francisco de Melo, Edson Pereira da Silva, Francisco Nogueira Filho, Irani Santana Aposentados (FACEB) 28 Ed Carlos Ramalho Reis Autopatrocinados/ PDV 07 Rogério de Souza Neves 09 Hélio José da Silva Lima 15 Urbano de Paula Coelho Neto 19 Silvana Maria Cardoso Leal 23 Teresa Cristina Alves Prado Félix Cirqueira Lopes 28 Valério Neves Campos Pensionistas 01 Joana Ferreira das Chagas 03 Nair Barboza Cruz 04 Rita Brandão Dias 05 Ilza Alves de Abreu, Maria Auxiliadora O. Leite 06 Linete Barros Amaral 08 Jéssica Campos de Sousa, Zenaide Lima e Alves 09 Maria Lúcia Rodrigues Alves, Vicença Francisca da Silva 10 Maria do Carmo Batista 11 Adenita Ana da Cunha e Oliveira, Ubanilda Ferraz de Azevedo 14 Ilma Pereira Vitorino, Maria das Graças Ferreira de Sousa 16 Francisca das Chagas R. da Mota 17 Audizia Porfírio dos Santos 18 Marta Helena Sucupira Arantes, Valdinete Pereira dos Santos 22 Oneiva Ricardinha de Jesus 23 Divina Bernardes Ferreira, Nair dos Santos de Almeida Severino Nilsa da Costa Martins 25 Jeanete Santana Correia Lima, Mirian Ferreira de Sousa, Nilda Gonçalves Cruzeiro, Vilderete Castro Alves 26 Maria de Fátima Evaristo, Tomaza Reis Sousa 27 Elenice Maria Costa Silva 28 Gislene Lemos de Queiroz Brandão, Jonas Schottz da Silva 30 Elair Deolinda Soares Novo, Maria Ivete Renovato Ramos 31 Edite Pereira do Carmo, Marluz da Costa Nonato Ativos (CEB Distribuição) 01 Daniel Boone Dias de Souza, José Augusto Martins 02 Danniel Roberto Modesto Pizatto, José Holanda Costa, Joselito Gomes de Farias, Mozart Ramalho 03 Edson Ângelo dos Santos, João Medeiros Barbosa Neto, José Falcomer 04 Edu Pereira de Araújo, Josiel Luís S. de Moura, Luciano de Souza, Luiz Gonzaga da Silva 05 Antônio Carlos Veras Fontes, Edson Fernando Pereira, Francisco Alves da Costa, Gladison Botelho Reis, Márcio Ferreira da Paz, Oliveiro Spíndula Ataídes, Tânia Maria de Jesus Ribeiro de Farias 06 César Augusto Schneider, Eraldo Rodrigues dos Santos, Heitor Hilton Rodrigues 07 Karine Faria Machado, Leci José Coimbra, Rafael dos Santos Martins Soares 08 Francisco de Assis Moura dos Santos, Maria da Conceição Silva, Naor Alves de Paula Filho, Raphael Queiroz Gomes 09 Wanderlon Araújo de Carvalho 10 Alexandre Luniere de Azevedo, Carmen Lúcia G. Sarpi 12 Izabel Cristina Ferreira da Silva, Jorge Donizeti dos Reis, José Wagner Gonçalves da Costa, Marlon Clementino de Leles Pereira, Marly Pereira Matos 13 Luiz Felipe Silva Rocha 14 Manoel Carlos Pereira Lucena, Márcio Vasconcelos Amorim 15 Gibson Júnior Bonomo 16 Alis Francisco de Oliveira, Carlécio Benedito Martins da Silva 17 Emerson Matias Lins, Mara Mônica Barbosa, Monique Kelly Rocha da Silva 18 Adilson Silva Lemos, Edmilson de Pádua Gonçalves 19 José Barbosa Araújo, José do Carmo Dutra, José Marcos Bonfim de Araújo, Marcelo Fernandes Ribeiro 20 Jakson Bento Xavier, Valmir Pereira de Sousa 23 Melquezedeque Medeiros Lima, Gustavo Gabriel Dantas de Moura Suelen Cardoso de Almeida 25 Manoel Clementino Barros Neto, Ane Kelie Carneiro Praxedes, Raimundo Nonato Rodrigues 26 Eduardo Candotti Rodrigues da Cunha, Eduardo da Silva Ferreira, Laura de Sousa Michnik Martins, Rafael Lopes Lima, Roberta Abreu Ferreira, Vicência Lopes da Silva Almeida 27 Fernanda Miquelino Nunes, Ronaldo Bastos 28 Márcio Felix Silva 29 Antônio Ribeiro Duarte, Luiz Afonso Gatto 30 Cleuber Barbosa Evangelista, Hailton de Paula, Luiz Roberto Almeida da Costa, Marcos Antônio Rodrigues de Araújo 31 Cristiana Barroso Vilas Boas, Elias Rodrigues Lopes Aivos (CEB Lajeado) 23 Neurislene Dantas da Conceição 29 Cleonice Maria de Oliveira do Prado Ativos (FACEB) 01 Luiza Vono Ferreira 06 Maria Dalva Mesquita de Sousa 18 Caterina Pereira da Nóbrega 8

Amigo varejista, Boa leitura e aproveite para promover melhorias em sua loja! Conheça o Instituto Redecard:

Amigo varejista, Boa leitura e aproveite para promover melhorias em sua loja! Conheça o Instituto Redecard: Mercearia Amigo varejista, A partir deste mês outubro - o Tribanco traz novidades no Projeto Capitão Varejo, pois conta agora com a parceria do Instituto Redecard. Juntos, irão levar até você mais informação

Leia mais

Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito

Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito - O que significa DPEG? - O que é DPGE 1 e 2? Quais suas finalidades? Qual a diferença para o FGC? DPGEs são títulos de renda fixa representativos

Leia mais

AMTEC FATURAMENTO ELETRÔNICO IMAS MANUAL

AMTEC FATURAMENTO ELETRÔNICO IMAS MANUAL AMTEC FATURAMENTO ELETRÔNICO IMAS MANUAL GOIÂNIA MAIO/2011 Direito de Cópia 2011 pela Gerência do Departamento de Desenvolvimento de Sistemas da AMTEC. 2011 1ª Edição Este documento ou parte dele não pode

Leia mais

Informativo FioSaúde

Informativo FioSaúde Informativo FioSaúde ANO VI / Nº 57 Março / Abril 2011 1 Informativo FioSaúde PUBLICAÇÃO DO FIOPREV ANO VI / NÚMERO 57 Março - Abril 2011 FioSaúde realiza reunião com usuários sobre nova tabela de preços

Leia mais

Perfis de Investimento PrevMais

Perfis de Investimento PrevMais Cartilha Perfis de Investimento PrevMais [1] Objetivo Geral O regulamento do PREVMAIS prevê exclusivamente para o Benefício de Renda Programada a possibilidade de os participantes optarem por perfis de

Leia mais

Relatório de Seguridade

Relatório de Seguridade Relatório Maio/2012 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números e valores relativos ao período de maio de 2012,

Leia mais

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você.

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você. Fundação Itaú Unibanco Edição Especial Junho 2015 www.fundacaoitauunibanco.com.br Prepare-se! O novo site da Fundação Itaú Unibanco mudou e muito! para facilitar o acesso às informações, simplificar a

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer

Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer Veículo: Diário do Comércio Data: 24/10/15 Aprenda a fazer uma pequena quantia de sua renda crescer Para obter um retorno próximo (ou superior) aos 14,25% da Selic, o investidor deve descobrir o prazo

Leia mais

G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL

G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL G.C.P - GUIA DE CREDENCIAMENTO PROFISSIONAL I - Adquira o Kit de Trabalho e Tenha sua Franquia Individual em sua Cidade. II Conheça nosso Marketing de Rede. Fácil de fazer, fácil de divulgar. III Na última

Leia mais

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel Novo Novo SETEMBRO 2009 Novas regras para a concessão do seu empréstimo É bom para você, é bom para a! A lança em 1 o /10/2009 novas regras para concessão do seu empréstimo. O empréstimo é uma modalidade

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

SAC: Fale com quem resolve

SAC: Fale com quem resolve SAC: Fale com quem resolve A Febraban e a sociedade DECRETO 6523/08: UM NOVO CENÁRIO PARA OS SACs NOS BANCOS O setor bancário está cada vez mais consciente de seu papel na sociedade e deseja assumi-lo

Leia mais

DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA

DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA GUIA PARA A ESCOLHA DO PERFIL DE INVESTIMENTO DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA Caro Participante: Preparamos para você um guia contendo conceitos básicos sobre investimentos, feito para ajudá-lo a escolher

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO D Cartilha - Plano D INTRODUÇÃO Você está recebendo a Cartilha do Plano D. Nela você encontrará um resumo das principais características do plano. O Plano D é um plano moderno e flexível

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

Todos os Registros no site referem-se aos momentos em que o equipamento estava conectado (decorrente dos dois eventos acima descritos).

Todos os Registros no site referem-se aos momentos em que o equipamento estava conectado (decorrente dos dois eventos acima descritos). 1. Como funcionado Equipamento? O Rastreador instalado é um equipamento Hibrido que utiliza tecnologia de transmissão de dados por Satélite e via Operadora de Telefone. O Satélite informa ao equipamento

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Valia Fix, Valia Mix 20, Valia Mix 35 e Valia Ativo Mix 40 Quatro perfis de investimento. Um futuro cheio de escolhas. Para que seu plano de

Leia mais

Reajuste de mensalidade

Reajuste de mensalidade Reajuste de mensalidade Conceitos básicos Reajuste por variação de custos Reajuste por mudança de faixa etária SÉRIE PLANOS DE SAÚDE CONHEÇA SEUS DIREITOS Reajuste de mensalidade SÉRIE PLANOS DE SAÚDE

Leia mais

Relatório de Seguridade

Relatório de Seguridade Re Relatório de Seguridade Relatório de Seguridade Relatório Maio/2015 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números

Leia mais

Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções

Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções Planos de Aposentadoria Básico e Suplementar Contribuição Definida Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções (documento completo

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada em 4 de abril de 2011 a São Bernardo implementará em 1º de julho de 2011

Leia mais

Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar

Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar Revista EXAME: As 10 armadilhas da Previdência Complementar Os fundos de previdência privada, sejam fechados ou abertos, têm características próprias e vantagens tributárias em relação aos investimentos

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

Cartilha Plano A. Índice

Cartilha Plano A. Índice Cartilha Plano A Cartilha Plano A Índice Apresentação A Previnorte Histórico Patrimônio Plano de Benefícios e Plano de Custeio Salário Real de Contribuição Jóia Requisitos exigidos para filiação à PREVINORTE

Leia mais

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Manual de. Educação Financeira. Dicas para planejar e poupar seu dinheiro. Cecreb MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Manual de Educação Financeira MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA Dicas para planejar e poupar seu dinheiro 1 A filosofia da Manual de Educação Financeira 2 Um dos princípios básicos das Cooperativas de Crédito

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil?

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil? Perguntas Frequentes 1. O que é a Funpresp Exe? É a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo, criada pelo Decreto nº 7.808/2012, com a finalidade de administrar

Leia mais

EXTRATO DA ATA DA 263ª REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS DA FUNDAÇÃO FORLUMINAS DE SEGURIDADE SOCIAL FORLUZ

EXTRATO DA ATA DA 263ª REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS DA FUNDAÇÃO FORLUMINAS DE SEGURIDADE SOCIAL FORLUZ EXTRATO DA ATA DA 263ª REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS Data: 17 de agosto de 2010 Horário: 15:10 as 16:20 horas Sumário dos Fatos Ocorridos 1. Apresentação Rio Bravo: A equipe da Rio Bravo apresentou

Leia mais

apresentação www.centroclinicogaucho.com.br

apresentação www.centroclinicogaucho.com.br apresentação Com o Agendamento Web, você conta com as mesmas facilidades do agendamento de consultas via telefone, porém com um processo on-line e ainda mais rápido. Basta acessar o site do Centro Clínico

Leia mais

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR!

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! DATUSPREV INFORMATIVO CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! Quem já cumpriu 5 anos de contribuição pode solicitar o benefício de aposentadoria programada? Essas e mais informações pra você neste Informativo.

Leia mais

Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon

Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon Boletim de Proteção do Consumidor/Investidor CVM/Senacon Fundo 157 Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor Secretaria Nacional do Consumidor Ministério da Justiça Apresentação Com frequência são

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O futuro que você faz agora FUNPRESP-JUD Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário 2 Funpresp-Jud seja bem-vindo(a)! A Funpresp-Jud ajudará

Leia mais

JORNAL. Fundação Atlântico: 10 anos de realizações e dedicação aos Participantes e Assistidos. 2 a 7

JORNAL. Fundação Atlântico: 10 anos de realizações e dedicação aos Participantes e Assistidos. 2 a 7 n o 31 ano X 2 o quadrimestre de 2014 Uma Publicação da Fundação Atlântico de Seguridade Social Fundação Atlântico: 10 anos de realizações e dedicação aos Participantes e Assistidos 2 a 7 Renda+ Programa

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM OPERAÇÕES COMERCIAIS CONTABILIDADE. Sônia Maria de Araújo. Conceito e Formação do Patrimônio Inicial

CURSO TÉCNICO EM OPERAÇÕES COMERCIAIS CONTABILIDADE. Sônia Maria de Araújo. Conceito e Formação do Patrimônio Inicial CURSO TÉCNICO EM OPERAÇÕES COMERCIAIS 02 CONTABILIDADE Conceito e Formação do Patrimônio Inicial Sônia Maria de Araújo Governo Federal Ministério da Educação Projeto Gráfico Secretaria de Educação a Distância

Leia mais

Faça suas compras sem sair de casa, com todo conforto e praticidade.

Faça suas compras sem sair de casa, com todo conforto e praticidade. Faça suas compras sem sair de casa, com todo conforto e praticidade. Agora você já pode dizer á todos que tem um fantástico cartão onde poderá realizar todas suas compras sem sair de casa. Stress com filas,

Leia mais

EDIÇÃO 09 SETEMBRO 2015 ANO 3 PLANEJAMENTO: COMO SABER QUANTO DEVO JUNTAR PARA A APOSENTADORIA?

EDIÇÃO 09 SETEMBRO 2015 ANO 3 PLANEJAMENTO: COMO SABER QUANTO DEVO JUNTAR PARA A APOSENTADORIA? EDIÇÃO 09 PLANEJAMENTO: COMO SABER QUANTO DEVO JUNTAR PARA A APOSENTADORIA? EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA PLANEJAMENTO: COMO SABER QUANTO DEVO JUNTAR PARA A APOSENTADORIA? Pesquisa realizada no

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

E-book de Fundos de Investimento

E-book de Fundos de Investimento E-book de Fundos de Investimento O QUE SÃO FUNDOS DE INVESTIMENTO? Fundo de investimento é uma aplicação financeira que funciona como se fosse um condomínio, onde as pessoas somam recursos para investir

Leia mais

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTO VALIA FAÇA A SUA ESCOLHA. VALIA FIX VALIA MIX 20 VALIA MIX 35

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTO VALIA FAÇA A SUA ESCOLHA. VALIA FIX VALIA MIX 20 VALIA MIX 35 CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTO VALIA VALIA FIX VALIA MIX 20 VALIA MIX 35 O melhor perfi l de investimento é o que mais se parece com você. FAÇA A SUA ESCOLHA. A Valia está disponibilizando três perfis

Leia mais

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira:

Lista de casamento. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos. Funciona da seguinte maneira: Lista de casamento Sugestão de texto de e-mail para o cliente Prezada Srª. XXX, boa tarde. Primeiramente gostaria de agradecer seu importante contato. A Lista de Casamento não tem custo para os noivos.

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial.

Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos anos. O que existe é um déficit atuarial. PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O SABESPREV MAIS. 1. A Sabesprev está em dificuldades financeiras? Não. A Sabesprev tem dinheiro em caixa suficiente para garantir o pagamento aos beneficiários pelos próximos

Leia mais

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes Perguntas Frequentes 1) Quem passará a receber por meio de conta no BRADESCO e quem deverá providenciar a sua formalização? a. Magistrados, bem como, seus pensionistas e cotistas b. Serventuários ativos

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

RESULTADO DO EXAME NACIONAL DE ACESSO - 2012

RESULTADO DO EXAME NACIONAL DE ACESSO - 2012 1. Candidatos da Rede Publica Classificados e aptos a solicitar matrícula prévia no período de 13/02/2012 à 17/02/2012. 2012-PROFMAT-526.0006-0 ALECIO SOARES SILVA Classificado 2012-PROFMAT-526.0175-9

Leia mais

ORIENTAÇÕES DO SISMMAC SOBRE O NOVO PLANO DE CARREIRA

ORIENTAÇÕES DO SISMMAC SOBRE O NOVO PLANO DE CARREIRA ORIENTAÇÕES DO SISMMAC SOBRE O NOVO PLANO DE CARREIRA 1. VALE A PENA ADERIR AO NOVO PLANO DE CARREIRA? Avaliamos que para a maioria dos professores valerá a pena aderir ao novo Plano, pois através da nossa

Leia mais

Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele.

Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele. Seu maior bem é o seu nome. Cuide dele. Saiba como limpar o nome. E mantê-lo limpo. Todos sabemos como é precioso o nosso nome e que dificuldades aparecem para todo mundo. Em muitos momentos da vida nos

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS MOMENTO ECONÔMICO Os investimentos dos Fundos de Pensão, e o PRhosper não é diferente, têm por objetivo a formação de capital para uso previdenciário, portanto, de longo prazo. Exatamente por essa razão,

Leia mais

CADERNO APOS Nº 1. PROCEDIMENTOS PARA ACOMPANHAMENTO DO DESEMPENHO DE SEU PLANO DA SISTEL Edição 2 (abril/15)

CADERNO APOS Nº 1. PROCEDIMENTOS PARA ACOMPANHAMENTO DO DESEMPENHO DE SEU PLANO DA SISTEL Edição 2 (abril/15) CADERNO APOS Nº 1 PROCEDIMENTOS PARA ACOMPANHAMENTO DO DESEMPENHO DE SEU PLANO DA SISTEL Edição 2 (abril/15) 1 1 Introdução... 3 2 Quadro Balancete Sintético (superávit ou déficit do plano) mensal... 3

Leia mais

Resultados da Candidatura a Alojamento

Resultados da Candidatura a Alojamento Resultados da Candidatura a Alojamento Unidade Orgânica: Serviços de Acção Social RESIDÊNCIA: 02 - ESE ANO LECTIVO: 2015/2016 2ª Fase - Resultados Definitivos >>> EDUCAÇÃO BÁSICA 14711 Ana Catarina Mendes

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO DOS PLANOS ASSISTENCIAIS CEB/FACEB REGISTRO ANS Nº 30936-2

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO DOS PLANOS ASSISTENCIAIS CEB/FACEB REGISTRO ANS Nº 30936-2 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO DOS PLANOS ASSISTENCIAIS CEB/FACEB REGISTRO ANS Nº 30936-2 EXERCÍCIO DE 2013 2 Apresentação Contexto Operacional A FACEB Fundação de Previdência dos Empregados da CEB é Entidade

Leia mais

Regulamento de Empréstimo

Regulamento de Empréstimo Regulamento $ de Empréstimo Para participantes do Plano Complementar de Benefícios Previdenciais - Plano BD $ Fundação de Previdência dos Empregados da CEB Regulamento aprovado pelo Conselho Deliberativo

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE TESOURO DIRETO 4ª EDIÇÃO

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE TESOURO DIRETO 4ª EDIÇÃO AS 10 PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE TESOURO DIRETO 4ª EDIÇÃO Olá, Investidor. Esse projeto foi criado por Bruno Lacerda e Rafael Cabral para te ajudar a alcançar mais rapidamente seus objetivos financeiros.

Leia mais

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS Ana Patricia Da Silva, Turismóloga, guia de turismo na Calábria e responsável comercial do operador Bonjour Italie Partita IVA (CNPJ da Itália): 03187610781 Skype: anapatriciaconsultant www.touristico.it

Leia mais

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE

LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Nome da Escola : Agrupamento de Escolas de Almancil, Loulé Horário n.º: 27-18 horas 2013-10-09 Grupo de Recrutamento: 420 - Geografia LISTA ORDENADA POR GRADUAÇÃO PROFISSIONAL - DGAE Ordenação Graduação

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

RELATÓRIO SEGURIDADE. Julho/2010

RELATÓRIO SEGURIDADE. Julho/2010 RELATÓRIO SEGURIDADE Julho/2010 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números e valores relativos ao período de julho

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 PASSOS PARA INVESTIR EM AÇÕES SEM SER UM ESPECIALISTA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Pauta da 2ª Sessão Ordinária de Julgamento 2007 1 PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Determino a inclusão do(s)

Leia mais

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra Educação Financeira O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS Diretox Dominox caça-palavra 2 O Paraná Banco propõe um desafio consciente a você! O Paraná Banco,

Leia mais

Congresso Pernambucano de Municípios

Congresso Pernambucano de Municípios Congresso Pernambucano de Municípios O desenvolvimento dos municípios sustenta o crescimento do Brasil. José Coimbra Patriota Filho Presidente da Amupe RPPS: Sustentabilidade e Compensação Previdenciária

Leia mais

Relatório de Seguridade

Relatório de Seguridade Re Relatório de Seguridade Relatório de Seguridade Relatório Julho/2015 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números

Leia mais

CARTILHA DO PLANO C FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO C FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO C Cartilha do Plano C APRESENTAÇÃO O plano de benefícios previdenciários conhecido como Plano C foi implantado em 1997. O regulamento do Plano C foi adaptado à Lei Complementar nº 109,

Leia mais

PERFIS DE INVESTIMENTO

PERFIS DE INVESTIMENTO PERFIS DE INVESTIMENTO Índice 3 Apresentação 3 Como funciona a ELETROS? 4 Como são os investimentos em renda variável? 5 Como são os investimentos em renda fixa? 6 Como são os investimentos nos demais

Leia mais

RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013.

RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013. RESULTADO FINAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº01/2013, DE 25 DE MARÇO DE 2013. A Prefeitura Municipal de São Luís, com interveniência da Secretaria Municipal de Saúde-SEMUS, e por intermédio do Hospital

Leia mais

Previdência complementar, assunto que não pode ficar para depois

Previdência complementar, assunto que não pode ficar para depois taesaprev BOLETIM DOS PARTICIPANTES DA TAESA INFORME NÚMERO 02 OUT/2014 Nesta edição: Contribuição eventual facultativa pode melhorar renda na aposentadoria. P.2 Seu perfil de investimento está adequado

Leia mais

Instituto Tecnológico de Aeronáutica Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica. Relatório de Estágio Curricular. Sérgio Henrique Cunha de Albuquerque

Instituto Tecnológico de Aeronáutica Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica. Relatório de Estágio Curricular. Sérgio Henrique Cunha de Albuquerque Instituto Tecnológico de Aeronáutica Engenharia de Infra-Estrutura Aeronáutica Relatório de Estágio Curricular Sérgio Henrique Cunha de Albuquerque São José dos Campos Novembro/2005 Relatório de estágio

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

Edital 04/13 - Inglês Grupo 1

Edital 04/13 - Inglês Grupo 1 Edital 04/13 - Inglês Grupo 1 1º DANIELLE OLIVEIRA LELIS GONRING 74,00 25,90 62,00 18,60 100,00 15,00 89,00 17,80 77,30 2º MARA CORRÊA SENNA 96,00 33,60 41,00 12,30 94,00 14,10 83,00 16,60 76,60 3º CAROLINA

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

PORTAL DE EMPREGOS ANHANGUERA CATHO-ON LINE

PORTAL DE EMPREGOS ANHANGUERA CATHO-ON LINE Principais dúvidas e benefícios Conteúdo O que é?... 3 Quem administra o Portal?... 3 Qual é o produto que estamos oferecendo aos alunos?... 3 O aluno terá que pagar alguma coisa?... 3 Mas o que são os

Leia mais

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão O que é A SISTEL? A Fundação Sistel de Seguridade Social foi criada em 1977 e possui expressiva experiência em Planos de Previdência Privada. A Sistel atua no desenvolvimento de soluções previdenciais

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil

PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS. Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários no Brasil Programa de Remessas e Capacitação para Emigrantes Brasileiros e seus Beneficiários

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas.

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criou este material para ajudar você com as

Leia mais

Depósito a Prazo com Garantia Especial do FGC (DPGE)

Depósito a Prazo com Garantia Especial do FGC (DPGE) Depósito a Prazo com Garantia Especial do FGC (DPGE) 1. O depósito criado pela Resolução 3.692/09 do CMN é um RDB (Recibo de Depósito Bancário) ou um CDB (Certificado de Depósito Bancário)? R. É um Depósito

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Programação. Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação

Programação. Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação Programação Dia 31/05 1º período do curso de Engenharia de Computação 1ª PALESTRA DO DIA: 19h As perspectivas mercadológicas na era da Tecnologia da Informação para Utilização de Software nas Empresas

Leia mais

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar.

Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. FUNDO REFERENCIADO DI Os fundos referenciados identificam em seu nome o indicador de desempenho que sua carteira tem por objetivo acompanhar. Para tal, investem no mínimo 80% em títulos públicos federais

Leia mais

Estrutura de Relacionamento:

Estrutura de Relacionamento: 1 Índice Por que ter Guia de Relacionamento e Suporte?... 3 Qual a Estrutura de Relacionamento com o Cliente?... 3 Agente de Atendimento (CAT):... 3 Gerente de Contas (GC):... 3 Gerente de Serviço (GS):...

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARTE I - INTRODUÇÃO I Requisitos do Sistema. Para utilização do Sistema de Informações Gerenciais SIG, deve-se ter os seguintes requisitos: Acesso a Internet: Discado ou Banda Larga. Navegador de Internet:

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle com o auxílio do Tribunal de Contas da União e do Ministério Público

Leia mais

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1

RESULTADOS. Nome Global ( /100) PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840719 ADÃO AZEVEDO MALHEIRO MATOS BARBOSA 94 B1 PT1840720 ADRIANA MORAIS SOUSA 52 A1 PT1840721 ADRIANA XAVIER DA SILVA FERNANDES 38 Pré-A1 PT1840722 ALEXANDRA FILIPA AZEVEDO SANTOS 52 A1 PT1840723

Leia mais

Estar presente quando seu cliente está buscando seus serviços e produtos é fundamental.

Estar presente quando seu cliente está buscando seus serviços e produtos é fundamental. Estar presente quando seu cliente está buscando seus serviços e produtos é fundamental. Atualmente o meio mais imediato e eficaz, desde que bem configurado e com acompanhamento constante, são as campanhas

Leia mais

Diário Oficial Eletrônico Município de Inocência-MS

Diário Oficial Eletrônico Município de Inocência-MS PORTARIA N.318 /2015 Inocência,15 de setembro de 2015. Designa servidores para responderem interinamente pela Secretaria Municipal de Assistência Social., de Inocência - MS, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Relação de Alunos Aprovados

Relação de Alunos Aprovados Página 1 de 8 Processo Seletivo: 2015.2 Curso: Técnico em Automação Turno: Noite Candidatos Classificados (ordem alfabética) 040 ABNER LUIZ DE FREITAS FERNANDES 100 ADRIANO MATIAS DA SILVA 134 ALEXANDRE

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 Subordinada à Resolução CMN nº 3.792 de 24/09/09 1- INTRODUÇÃO Esta política tem como objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na aplicação dos recursos

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais