CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 1 / 9

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 1 / 9"

Transcrição

1 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 1 / 9 Conforme Anexo B do Relatório Setorial N.º PSQ EA GGC 0367 D/12, de Abril de 2012, da AFEAÇO Associação Nacional dos Fabricantes de e da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Período de validade: 12/04/12 á 12/07/12. ESQUADRIAS METÁLICAS LTDA / Itaquaquecetuba Complete Line Plus Line Janela de correr sem bandeira constituída por duas folhas móveis Vão mm x mm Janela veneziana de correr constituída por três folhas móveis Vão mm x mm Janela maxim-ar bandeira superior e inferior Vão mm x 800 mm Janela maxim-ar duplo horizontal simples Vão 600 mm x mm Janela constituída por três folhas, sendo uma folha de vidro móvel, uma veneziana cega móvel e uma veneziana ventilada móvel Janela do tipo vitraux de correr, composta por duas folhas de vidro móvel Janela do tipo vitrauxmaxim-ar, composta por uma folha de vidro móvel e uma folha de vidro fixa Vão 800 mm x 800 mm

2 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 2 / 9 ESQUADRIAS METÁLICAS LTDA / CUTRALE COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE FERROS LTDA / Itaquaquecetuba Guarulhos Plus Line CUTRALE Cutrale Janela constituída por quatro folhas, sendo duas folhas de venezianas ventiladas de abrir, uma folha de vidro móvel e uma folha de vidro fixa Porta de aço com uma folha de abrir, com soleira em chapa e fechamento com nove travessas de vidro Vão 850 mm x 2200 mm Conjunto de janela composto de 01 peitoril fixo 20 cm e 01 folha superior tipo maxim-ar Vão 800 mm x 800 mm Janela constituída por quatro folhas, sendo duas folhas de abrir de veneziana ventilada, uma folha fixa de vidro e uma folha guilhotina de vidro Janela constituída por três folhas, sendo uma folha de correr veneziana sem ventilação, uma folha de correr ventilada e uma folha de correr de vidro Vão mm x mm Janeladecorrer, composta por duas folhasde vidro móvel Vão: mm X mm ---

3 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 3 / 9 CUTRALE COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE FERROS LTDA / GRAVIA ESQUALITY INDÚSTRIA METALURGICA LTDA / IBRAÇO INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ARTEFATOS DE AÇO LTDA / Guarulhos Anápolis (GO) Mirassol CUTRALE Cutrale GRAVIA Linha Habitacional IBRAÇO Top A Porta com uma folha de abrir, com almofada em chapa de aço e fechamento com nove vãos de vidros Vão 865 mm x mm Janela maxim-ar Vão 800 mm x 800 mm Janela de correr 2 folhas Janela veneziana de correr com 3 folhas Janela veneziana guilhotina Porta de abrir com 8 travessas Vão 850 mm x 2150 mm Janela maxim-ar constituída por uma soleira inferior fixa e uma folha superior tipo maxim-ar Vão 850 mm x 800 mm Janela constituída por três folhas de correr, sendo uma folha de veneziana ventilada e uma de vidro Vão mm x mm

4 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 4 / 9 IBRAÇO INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ARTEFATOS DE AÇO LTDA / MGM PRODUTOS SIDERURGICOS LTDA / Mirassol Monsenhor Paulo (MG) IBRAÇO Top A MGM MGM Construtoras Janela tipo vitraux de correr, composta por duas folhas de vidro móvel Janela constituída por quatro folhas, sendo duas folhas venezianas ventiladas de abrir, uma folha de vidro móvel tipo guilhotina, uma folha de vidro fixa Vão mm x mm Porta de aço, folha de abrir, com soleira em chapa e fechamento com nove travessas de vidro Vão 850 mm x mm Janela tipo guilhotina, constituída por quatro folhas, sendo duas folhas de abrir ventiladas, uma folha de vidro do tipo guilhotina e uma folha de vidro fixa Vão mm x mm Janela de correr, composta por quatro folhas, sendo duas folhas de vidro fixa e duas folhas de vidro móveis Vão mm x mm Janela constituída por quatro folhas, sendo uma folha guilhotina de vidro, uma folha de vidro fixa e duas folhas de abrir Vão mm x mm Pav. Até Região IV 05 Pav. Até Região III

5 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 5 / 9 MGM PRODUTOS SIDERURGICOS LTDA / SASAZAKI INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA / Monsenhor Paulo (MG) Marília MGM MGM Construtoras SASAZAKI Evolution Janela de correr, constituída por seis folhas, sendo duas venezianas cegas fixas, duas venezianas ventiladas móveis e duas folhas de vidro Vão mm x mm Janela do tipo vitrauxmaxim-ar, constituída por uma folha de vidro móvel e uma folha de vidro fixa Vão 605 mm x 805 mm Porta de aço e marco (Marco e Folha de Porta) Vão 803 mm x 2098 mm Janela de correr, constituída por duas folhas fixas e duas folhas móveis Vão mm x mm Janela veneziana multiflex constituída por duas folhas fixas e quatro folhas móveis Vão mm x mm Porta de aço com uma folha de abrir, com soleira em chapa e oito travessas e vidro Vão 870 mm x mm Porta de aço com uma folha de abrir, com soleira em chapa e dez travessas horizontais e vidro Vão 870 mm x mm 02 Pav. Até Região IV 05 Pav. Até Região III

6 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 6 / 9 ESQUADRIAS METÁLICAS LTDA / São José do Rio Preto Lucasa Inova Janela de seis folhas, sendo duas folhas fixas de veneziana sem ventilação, duas folhas de correr de veneziana ventilada e duas folhas de correr de vidro Vão mm x mm Janela de quatro folhas, sendo duas folhas fixas de vidro e duas folhas de correr de vidro Vão mm x mm Janela com uma folha tipo maxim-ar Vão 600 mm x 800 mm Porta de aço com uma folha de abrir, modelo mista com travessas horizontais e vidro Vão 860 mm x mm 10 Pav. Até Região III 20 Pav. Até Região II 30 Pav. Até Região II Mínimo 10 Pav. Até Região IV 20 Pav. Até Região III 30 Pav. Até Região III Mínimo 10 Pav. Até Região IV 20 Pav. Até Região III 30 Pav. Até Região III Mínimo ---

7 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 7 / 9 ESQUADRIAS METÁLICAS LTDA / São José do Rio Preto Lucasa Inova Lucasa Plus Porta de aço com uma folha de abrir, com postigo com grade Vão 900 mm x mm Porta de aço com uma folha de abrir, com tabuleiros Vão 960 mm x mm Janela de duas folhas, sendo duas folhas de correr de vidro Janela de quatro folhas, sendo duas folhas de abrir veneziana ventilada, uma folha fixa de vidro e uma folha tipo guilhotina de vidro Conjunto de janela composto de um peitoril fixo de 20 cm e uma folha superior tipo maxim-ar Vão 800 mm x 800 mm Janela de três folhas, sendo uma folha de correr veneziana sem ventilação, uma folha de correr veneziana ventilada e uma folha de correr de vidro Porta de aço e marco Vão 850 mm x mm

8 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 8 / 9 VENT-LAR INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA / ZEMA INDÚSTRIA METALÚRGICA LTDA / Matão Goiânia (GO) VENT-LAR Qualitech ZEMA Extra Plus Janela de correr, constituída por duas folhas fixas e duas folhas móveis Vão mm x mm Janela veneziana, constituída por duas folhas fixas e quatro folhas móveis Vão mm x mm Porta de uma folha de abrir com almofada em chapa de aço e fechamento com oito vãos de vidro Vão 870 mm x mm Janela de correr, constituída por duas folhas fixas e duas folhas móveis Vão mm x mm Janela veneziana, constituída por duas folhas fixas e quatro folhas móveis Vão mm x mm Pav. Até Região III 05 Pav. Até Região III Mínimo Mínimo Empresas s: empresas participantes do Programa Setorial da Qualidade que produzem esquadrias de aço em conformidade com os requisitos de desempenho especificados na Norma Técnica ABNT NBR :2011 Esquadrias externas para edificações Parte 2: Requisitos e classificação, e ABNT NBR :2011 Esquadrias externas para edificações Parte 3: Métodos de ensaio. Relacionados no quadro abaixo.

9 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA GGC 0367 D/12 Pág. 9 / 9 Empresas Não s: empresas participantes do Programa Setorial da Qualidade que apresentaram reprovações de um ou mais modelos de esquadrias de aço em relação a qualquer requisito de desempenho especificado Norma Técnica ABNT NBR :2011 Esquadrias externas para edificações Parte 2: Requisitos e classificação, e ABNT NBR :2011 Esquadrias externas para edificações Parte 3: Métodos de ensaio. Relacionados no quadro abaixo. Relação de ensaios nos produtos (tipologia) Ensaios Item da norma ABNT NBR JANELAS PORTAS (Abrir/Giro) PORTAS (Correr) Permeabilidade ao ar SIM NÃO SIM Estanqueidade à água SIM NÃO SIM Resistência às cargas uniformemente distribuídas SIM NÃO SIM Resistência às operações de manuseio SIM SIM SIM Manutenção da segurança durante os ensaios de resistência às operações de manuseio SIM SIM SIM Ensaios Item da norma ABNT NBR JANELAS PORTAS PORTAS (Correr) Acelerado cíclico de corrosão Anexo L SIM SIM SIM Empresas Não Conformes: empresas participantes ou não do Programa Setorial da Qualidade que possuem histórico de fabricação de esquadrias de aço em não conformidade sistemática em pelo menos um dos seguintes requisitos de desempenho especificados na Norma Técnica ABNT NBR :2011 Esquadrias externas para edificações Parte 2: Requisitos e classificação, e ABNT NBR :2011 Esquadrias externas para edificações Parte 3: Métodos de ensaio. Obs.: o fato de uma marca comercial não constar na relação de empresas não conformes, não significa que esta marca seja conforme em relação às Normas Brasileiras.

CERTIFICAÇÃO DE JANELAS DE AÇO Norma ABNT NBR 10821

CERTIFICAÇÃO DE JANELAS DE AÇO Norma ABNT NBR 10821 CERTIFICAÇÃO DE JANELAS DE AÇO Norma ABNT NBR 10821 Data do relatório: 30-set-11 ATIMAKY ESQUADRIAS METÁLICAS LTDA. ITAQUAQUECETUBA qualidade@atimaky.com.br Janela Maxim-Ar constituída uma folha de vidro

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 07/14 Pág. 1 / 60

CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 07/14 Pág. 1 / 60 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 07/14 Pág. 1 / 60 Conforme Anexo D do Relatório Setorial N.º PSQ EA RS 07/14, de Janeiro de 2014, da AFEAÇO Associação Nacional dos Fabricantes de e da BELTRAME Engenharia.Período

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 06/16 Pág. 1 / 159

CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 06/16 Pág. 1 / 159 CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 06/16 Pág. 1 / 159 Conforme Anexo C do Relatório Setorial N.º PSQ EA RS 06/16, de Abril de 2016, da AFEAÇO Associação Nacional dos Fabricantes de e do IBELQ. Período

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE JANELAS DE AÇO Norma ABNT NBR 10821

CERTIFICAÇÃO DE JANELAS DE AÇO Norma ABNT NBR 10821 CERTIFICAÇÃO DE JANELAS DE AÇO Norma ABNT NBR 10821 Data do relatório: 12-abr-10 ATIMAKY ESQUADRIAS METÁLICAS LTDA. ITAQUAQUECETUBA qualidade@atimaky.com.br Janela Maxim-Ar constituída uma folha de vidro

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA RS 02 /13 Pág. 1 / 36

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA RS 02 /13 Pág. 1 / 36 PSQ EA RS 02 /13 Pág. 1 / 36 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Jair Martins Mil Homens, 270 São José do Rio Preto/SP CEP.:15.090-080 Fone: (17) 3222 1790 Fax: (17) 3364 5700 www.afeaco.com.br

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 04 /13

Programa Setorial da Qualidade. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 04 /13 PSQ EA RS 04 /13 Pág. 1 / 41 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Jair Martins Mil Homens, 270 São José do Rio Preto/SP CEP.:15.090-080 Fone: (17) 3222 1790 Fax: (17) 3364 5700 www.afeaco..com.br

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 07 /14

Programa Setorial da Qualidade. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 07 /14 PSQ EA RS 07 /14 Pág. 1 / 79 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Jair Martins Mil Homens, 270 São José do Rio Preto/SP CEP.:15.090-080 Fone: (17) 3222 1790 Fax: (17) 3364 5700 www.afeaco..com.br

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 07 /16

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 07 /16 PSQ EA RS 07 /16 Pág. 1 / 184 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Gabriel Janikian, 280 São José do Rio Preto/SP CEP 15080-350 Fone: (17) 3222-1790 www.afeaco.com.br afeaco@afeaco.com.br Entidade

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 05 /13

Programa Setorial da Qualidade. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 05 /13 PSQ EA RS 05 /13 Pág. 1 / 60 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Jair Martins Mil Homens, 270 São José do Rio Preto/SP CEP.:15.090-080 Fone: (17) 3222 1790 Fax: (17) 3364 5700 www.afeaco.com.br

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 03/15 Pág. 1 / 103

CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS PSQ EA RS 03/15 Pág. 1 / 103 Pág. 1 / Conforme Anexo D do Relatório Setorial N.º PSQ EA RS 03/15, de Julho de 2015, da AFEAÇO Associação Nacional dos Fabricantes de e do IBELQ. Período de validade: 31/07/15 á 31/10/15. Razão Social

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 04 /15

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço PSQ EA RS 04 /15 PSQ EA RS 04 /15 Revisão: 16 Pág. 1 / 119 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Tupi, 318 São José do Rio Preto/SP CEP.:15.090-020 Fone: (17) 3222 1790 Fax: (17) 3364 5700 www.afeaco.com.br afeaco@afeaco.com.br

Leia mais

Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 41. Emissão

Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 41. Emissão Entidade Setorial Nacional Mantenedora Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Av. Marques de São Vicente, 121 4º andar, sala 401 Barra Funda - São Paulo SP cep 01139-001 Telefone:

Leia mais

Aplicação das normas ABNT NBR Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR Esquadrias

Aplicação das normas ABNT NBR Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR Esquadrias Aplicação das normas ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR 10821 - Esquadrias Enga. Fabiola Rago Beltrame Coordenadora da CEE-191 (ABNT) Esquadrias Diretora do IBELQ Instituto

Leia mais

AFEAL- ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FABRICANTES DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 12

AFEAL- ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FABRICANTES DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 12 AFEAL- ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FABRICANTES DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 12 NOVEMBRO/ 2005 1. HISTÓRICO Em abril de 2001 foi implementado

Leia mais

APRESENTAÇÃO LI 3.5 - V01-07/12

APRESENTAÇÃO LI 3.5 - V01-07/12 APRESENTAÇÃO Aprimoramento. Esta é a origem deste sistema, que possibilita a criação de portas e janelas de alumínio, imprimindo sofisticação e modernidade ao seu projeto. O design arredondado e ergonômico

Leia mais

Sistema

Sistema www.okyal-aluminios.com Sistema 17 C Sistema C Sistema de correr - 78 mm Características dos sistemas C/C Plus Sistemas de alumínio para execução de vãos de correr ou janelas duplas com rotura térmica.

Leia mais

Normas Ensaios e Verificações de Desempenho de Esquadrias. Enga. Michele Gleice ITEC Instituto Tecnológico da Construção Civil

Normas Ensaios e Verificações de Desempenho de Esquadrias. Enga. Michele Gleice ITEC Instituto Tecnológico da Construção Civil Normas Ensaios e Verificações de Desempenho de Esquadrias Enga. Michele Gleice ITEC Instituto Tecnológico da Construção Civil NBR 15575 Edificações Habitacionais 2000 2013 2008 ABNT NBR 15575-4 NBR 15575:2013

Leia mais

Construindo um futuro mais leve

Construindo um futuro mais leve Construindo um futuro mais leve Introdução 3 Introdução Certificados Certificados emitidos com a Razão Social anterior 5 Índice Geral Normas e Ensaios Perfis Acessórios Fabricação Aplicação Características

Leia mais

PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DOS COMPONENTES PARA SISTEMAS CONSTRUTIVOS EM CHAPAS DE GESSO PARA DRYWALL

PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DOS COMPONENTES PARA SISTEMAS CONSTRUTIVOS EM CHAPAS DE GESSO PARA DRYWALL PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DOS COMPONENTES PARA SISTEMAS ALGE Metalúrgica Ltda. SP: 08.445.558/0001-92 ALGE ANANDA Metais Ltda. SP: 4.215.721/0001-70 ANANDA ASFOR Comercial Ltda. EPP SP: 01.321.046/0001-75

Leia mais

ESQUADRIAS EXTERNAS. NBR 10821 Projetos finalizados encaminhados para consulta nacional da ABNT em maio 2013

ESQUADRIAS EXTERNAS. NBR 10821 Projetos finalizados encaminhados para consulta nacional da ABNT em maio 2013 ABNT NBR 10821 Esquadrias externas para edificações ESQUADRIAS EXTERNAS PARA EDIFICAÇÕES NBR 10821 Projetos finalizados encaminhados para consulta nacional da ABNT em maio 2013 Parte 4 Requisitos de desempenhos

Leia mais

APLICAÇÃO DO ALUMÍNIO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

APLICAÇÃO DO ALUMÍNIO NA CONSTRUÇÃO CIVIL APLICAÇÃO DO ALUMÍNIO NA CONSTRUÇÃO CIVIL TECNOLOGIA PARA FECHAMENTO DE VÃOS TREINAMENTOS TÉCNICOS JANEIRO 2016 As Esquadrias de Alumínio permitem ampla liberdade para para a criação de espaços com mais

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA TR 05/15 Pág. 1 / 21

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA TR 05/15 Pág. 1 / 21 PSQ EA TR 05/15 Pág. 1 / 21 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Tupi, 318 São José do Rio Preto/SP CEP.: 15.090-020 Fone: (17) 3222-1790 Fax: (17) 3364-5700 www.afeaco.com.br afeaco@afeaco.com.br

Leia mais

Tipologias 05. Perfis 09. Acessórios 43. Gráficos. Normas

Tipologias 05. Perfis 09. Acessórios 43. Gráficos. Normas Índice Geral 1 Apresentação 0 2 Tipologias 05 Perfis 09 Acessórios 5 Gráficos 61 6 Normas 69 0 Apresentação O Sistema MEGA é composto por três Linhas personificadas que atendem todos os níveis de exigência.

Leia mais

IMPACTOS DA NORMA DE DESEMPENHO NA INDÚSTRIA DE MATERIAIS

IMPACTOS DA NORMA DE DESEMPENHO NA INDÚSTRIA DE MATERIAIS I WORKSHOP DE DESEMPENHO MINASCON 2014 07/agosto/2014 IMPACTOS DA NORMA DE DESEMPENHO NA INDÚSTRIA DE MATERIAIS Laura Marcellini Diretora Técnica ABRAMAT IMPACTOS DA NORMA DE DESEMPENHO NA INDÚSTRIA DE

Leia mais

Desempenho acústico de esquadrias e NBR

Desempenho acústico de esquadrias e NBR Desempenho acústico de esquadrias e NBR 15.575 Deixe o Excesso de Barulho do Lado de Fora A NBR 15.575 é a norma da ABNT com orientações referentes ao desempenho de edificações. A qualidade acústica das

Leia mais

Entidade Setorial Nacional Mantenedora. Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO TEXTO DE REFERÊNCIA.

Entidade Setorial Nacional Mantenedora. Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO TEXTO DE REFERÊNCIA. Entidade Setorial Nacional Mantenedora Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Av. Marques de São Vicente, 121 4º andar, sala 401 Barra Funda - São Paulo SP cep 01139-001 Telefone:

Leia mais

Técnicas das Construções I ESQUADRIAS. Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana (14) AULA 10

Técnicas das Construções I ESQUADRIAS. Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana (14) AULA 10 200888 Técnicas das Construções I ESQUADRIAS Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 10 1. Conceituação Elemento da Vedação Vertical utilizado no fechamento de

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS

QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS HISTÓRICO DO PSQ-Esquadrias de Aço - NOV/1996 :O Programa da Qualidade da Construção Habitacional do Estado de São Paulo (QUALIHAB), implantado pela CDHU, estimulou a criação do

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA FT 06/15 Pág. 1 / 27

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA FT 06/15 Pág. 1 / 27 PSQ EA FT 06/15 Pág. 1 / 27 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Tupi, 318 São José do Rio Preto/SP CEP.: 15.090-020 Fone: (17) 3222-1790 Fax: (17) 3364-5700 www.afeaco.com.br afeaco@afeaco.com.br

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS

QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS HISTÓRICO DO PSQ-Esquadrias de Alumínio - ABR/2001: AFEAL implementa o Programa Setorial da Qualidade (PSQ) de Esquadrias de Alumínio. O referido programa está inserido no Programa

Leia mais

SAC (15)

SAC (15) Líder em Tecnologia Vedação Racional City As maiores construtoras buscam a qualidade e desempenho dos s City para ganhar em produtividade e reduzir desperdícios Líder em Tecnologia Vedação Racional O bloco

Leia mais

Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 48. Emissão

Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 48. Emissão Entidade Setorial Nacional Mantenedora Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Av. Marques de São Vicente, 121 4º andar, sala 401 Barra Funda - São Paulo SP cep 01139-001 Telefone:

Leia mais

Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 47. Emissão

Entidade Gestora Técnica PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL N O 47. Emissão Entidade Setorial Nacional Mantenedora Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Av. Marques de São Vicente, 121 4º andar, sala 401 Barra Funda - São Paulo SP cep 01139-001 Telefone:

Leia mais

Produtos e Soluções em Alumínio

Produtos e Soluções em Alumínio Produtos e Soluções em Alumínio MAIO / 2009 Perfis Acessórios Tipologia Detalhes 7!,+ $%! "# $% % & ' #' # () * # ' ((* # " +* * -., "' */% * -., # -.0, 1! ' -.0, 2* # -.0,'# '" 1!2 * ' - 1,' $% % '

Leia mais

Sistema de correr Schüco TropTec AS 39 SC.SF. Informações gerais sobre o sistema

Sistema de correr Schüco TropTec AS 39 SC.SF. Informações gerais sobre o sistema Sistema de correr Schüco TropTec AS 39 SC.SF Informações gerais sobre o sistema Índice 4 Schüco Propriedades técnicas Propriedades técnicas Schüco TropTec AS 39 SC.SF O sistema de correr em alumínio Schüco

Leia mais

ESQUADRIAS DE PVC. Linha 46mm. - (51)

ESQUADRIAS DE PVC. Linha 46mm.  - (51) MANUAL TÉCNICO ESQUADRIAS DE PVC Linha 46mm www.isoperfil.com.br - (51) 3554 0574 PERFIS 4601 MARCO MAXIMAR FOLHA MAXIMAR, 4607 FOLHA DE CORRER 4608 FOLHA DE CORRER 4603 MARCO PERIMETRICO 4604 MARCO DE

Leia mais

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA FT 01/12 Pág. 1 / 25

Programa Setorial da Qualidade Esquadrias de Aço. PSQ EA FT 01/12 Pág. 1 / 25 PSQ EA FT 01/12 Pág. 1 / 25 Entidade Setorial Nacional Mantenedora Rua Jair Martins Mil Homens, 270 São José do Rio Preto/SP CEP.: 15.090-080 Fone: (17) 3222-1790 Fax: (17) 3364-5700 www.afeaco.com.br

Leia mais

ÍNDICE. Com o objetivo de auxiliá-lo na escolha certa de modelos e medidas de portas, janelas e portões para sua obra, preparamos este material.

ÍNDICE. Com o objetivo de auxiliá-lo na escolha certa de modelos e medidas de portas, janelas e portões para sua obra, preparamos este material. Comprometimento, inovação, qualidade e muito trabalho. É com esses valores que o Grupo Ullian, há mais de 67 anos, construiu um nome de respeito e conquistou posição de destaque no mercado nacional. Em

Leia mais

Esta seção será publicada em duas partes. Veja na próxima edição os procedimentos e normas para instalação (serviço).

Esta seção será publicada em duas partes. Veja na próxima edição os procedimentos e normas para instalação (serviço). > ALTERNATIVAS TECNOLÓGICAS Esta seção será publicada em duas partes. Veja na próxima edição os procedimentos e normas para instalação (serviço). MATERIAL OPÇÕES Como a NBR 10820, de junho de 1989, não

Leia mais

ESQUADRIAS PARA EDIFICAÇÕES. Construção Civil II. Prof. 17:51 Dr. Leonardo F. R. Miranda 1

ESQUADRIAS PARA EDIFICAÇÕES. Construção Civil II. Prof. 17:51 Dr. Leonardo F. R. Miranda 1 ESQUADRIAS Construção Civil II PARA EDIFICAÇÕES Prof. 17:51 Dr. Leonardo F. R. Miranda 1 Referências normativas NBR 10821/11 Esquadrias externas para edificações Outras relacionadas NBR 10821-1/11 - Esquadrias

Leia mais

PANORAMA DO COMPORTAMENTO ACÚSTICO EM EDIFICAÇÕES DO NORDESTE BRASILEIRO RESULTADOS DE ESTUDOS DE CASOS

PANORAMA DO COMPORTAMENTO ACÚSTICO EM EDIFICAÇÕES DO NORDESTE BRASILEIRO RESULTADOS DE ESTUDOS DE CASOS PANORAMA DO COMPORTAMENTO ACÚTICO EM EDIFICAÇÕE DO NORDETE BRAILEIRO REULTADO DE ETUDO DE CAO Otávio Joaquim da ilva Júnior 1*, Angelo Just da Costa e ilva 2 1: TECOMAT Tecnologia da Construção e Materiais

Leia mais

Produtos e Soluções em Alumínio

Produtos e Soluções em Alumínio Í n d i c e 1 Apresentação 2 3 4 5 6 7 8 Tipologias Comportamento Estrutural Gráficos de desempenho Perfis Componentes / Acessórios Usinagens Projetos orientativos 9 Estampos 10 Testes - Falcão Bauer JAN

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, MANUTENÇÃO E GARANTIA DE FECHADURA

MANUAL DE INSTALAÇÃO, MANUTENÇÃO E GARANTIA DE FECHADURA MANUAL DE INSTALAÇÃO, MANUTENÇÃO E GARANTIA DE FECHADURA Parabéns! Você acaba de adquirir um produto da MGM o que existe de melhor no mercado para a sua obra. O presente manual se refere às fechaduras

Leia mais

A marca GOS, e todas as suas variantes, é uma marca registrada e propriedade de Giesse Group International. Catálogo de Técnico

A marca GOS, e todas as suas variantes, é uma marca registrada e propriedade de Giesse Group International. Catálogo de Técnico A marca GOS, e todas as suas variantes, é uma marca registrada e propriedade de Giesse Group International Catálogo de Técnico A nova tecnologia de referência para as tipologias de correr. Alto desempenho

Leia mais

As esquadrias empvc da Kömmlux possuem isolamento térmico e acústico, proporcionam economia energética, segurança e estão disponíveis numa

As esquadrias empvc da Kömmlux possuem isolamento térmico e acústico, proporcionam economia energética, segurança e estão disponíveis numa As esquadrias empvc da Kömmlux possuem isolamento térmico e acústico, proporcionam economia energética, segurança e estão disponíveis numa diversidade de cores e tamanhos conforme seu projeto. Aberturas

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA QUALIFICAÇÃO PSQ - ESQUADRIAS DE AÇO POP 001 Pág. 1 / 1

PROCEDIMENTO PARA QUALIFICAÇÃO PSQ - ESQUADRIAS DE AÇO POP 001 Pág. 1 / 1 POP 001 Pág. 1 / 1 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Referências normativas 3 Definições 4 Siglas 5 Descrição do processo 6 Processo para manutenção da qualificação 7 Marcação dos produtos qualificados 8 Anexos Histórico

Leia mais

portas corta fogo dominante

portas corta fogo dominante portas corta fogo dominante índice 04 portas corta fogo 11 12 acessórios serviços 01 02 Ensaio de porta corta fogo DOMINANTE - IPT portas corta fogo 05 07 08 porta classe P60/P90/P120 medidas de portas

Leia mais

Em conformidade com a ABNT NBR

Em conformidade com a ABNT NBR Em conformidade com a ABNT NBR 16259. Único e inovador, o Reiki UP já se tornou referência no mercado, como produto diferenciado em design, tecnologia e segurança. Totalmente em conformidade com a ABNT

Leia mais

Sistema de Correr Série Fria. Série 4000

Sistema de Correr Série Fria. Série 4000 Sistema de Correr Série Fria Série Fria. Sistema de correr de corte reto. Os vidros são aplicados em perfis de caixa direta. Vedantes em EPDM. Kit de rodízios até 90 Kg por folha. Drenagens invisíveis

Leia mais

Qualidade feita para durar

Qualidade feita para durar Qualidade feita para durar Fundada em 9 na cidade de Brasília pelos irmãos Gravia, a pequena serralheria que fabricava esquadrias sob encomenda, p r o d u z i a e s t r u t u r a s m e t á l i c a s e

Leia mais

A Empresa. Linha de Produtos

A Empresa. Linha de Produtos 2 A Empresa A ThyssenKrupp Elevadores atua em todo o território nacional, representada por suas unidades de negócios. Seus produtos também são exportados para diversos países da América Latina e outros

Leia mais

Qualidade feita para durar

Qualidade feita para durar Qualidade feita para durar EXATA, A LINHA DE ESQUADRIAS COM ENCAIXE PERFEITO DAS PEÇAS, MELHOR CUSTO - BENEFÍCIO, PERFIS COM DESIGN E QUALIDADE GRAVIA. VENEZIANAS Vidros já colocados com vedações em borracha

Leia mais

2 Furação do Vidro para uso da Roldana Excêntrica 50 Kit Engenharia K1 - V10 Janelas e Instalação - 10mm 54 16, Ø14 Folgas dos Vidros 12,5 LT-0

2 Furação do Vidro para uso da Roldana Excêntrica 50 Kit Engenharia K1 - V10 Janelas e Instalação - 10mm 54 16, Ø14 Folgas dos Vidros 12,5 LT-0 TEMPERADOS C a t á l o g o Té c n i c o 2 Furação do Vidro para uso da Roldana Excêntrica 50 Kit Engenharia K1 - V10 Janelas e Instalação - 10mm 54 16,5 65 60 Ø14 Folgas dos Vidros 12,5 LT-024 : 1.266

Leia mais

Portas, janelas e portões

Portas, janelas e portões Portas, janelas e portões Comprometimento, inovação, qualidade e muito trabao. São com esses valores que o Grupo Ullian, há mais de 65 anos, construiu um nome forte e conquistou posição de destaque no

Leia mais

INSTALAÇÃO DE JANELAS

INSTALAÇÃO DE JANELAS SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE JANELAS LOTE 1 Versão: 001 Vigência: 07/2016 Última atualização: 07/2016

Leia mais

RELATÓRIO DE ENSAIOS N.º 189 / 092 / 13

RELATÓRIO DE ENSAIOS N.º 189 / 092 / 13 Folha 1/5 ARGAMASSA COLANTE INDUSTRIALIZADA PARA ASSENTAMENTO DE PLACAS CERÂMICAS Cliente: Saint-Gobain do Brasil Produtos Ind. e para Construção Ltda. Pedido n º 189/12 Divisão Weber Quartzolit Endereço:

Leia mais

Série de batente BTF PORTALEX ALUMINIO SA

Série de batente BTF PORTALEX ALUMINIO SA A dedica-se à extrusão de perfis de alumínio de secções variadas, com maior ou menor complexidade, consoante as necessidades dos clientes. A extrusão de alumínio permite toda a liberdade de concepção em

Leia mais

Sistema de correr dos produtos Alunik, vocacionado para o segmento da construção de blocos habitacionais com e sem custos controlados.

Sistema de correr dos produtos Alunik, vocacionado para o segmento da construção de blocos habitacionais com e sem custos controlados. Sistema de correr dos produtos Alunik, vocacionado para o segmento da construção de blocos habitacionais com e sem custos controlados. Possui uma gama de perfis onde despontam soleiras de caixa tubular

Leia mais

AFEAL - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FABRICANTES DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL

AFEAL - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FABRICANTES DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL AFEAL - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE FABRICANTES DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO PROGRAMA SETORIAL DA QUALIDADE DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO RELATÓRIO SETORIAL PERÍODO: JANEIRO A DEZEMBRO DE 2007 1. HISTÓRICO Em abril

Leia mais

LANÇAMENTO. ualitysol O R T A S E J A N E L A S D E A Ç O

LANÇAMENTO. ualitysol O R T A S E J A N E L A S D E A Ç O LANÇAMENTO RÊMIOS Os prêmios recebidos confirmam o reconhecimento e a preferência dos construtores, lojistas e consumidores pelos produtos Ramassol. Entre as premiações recebidas estão: TO of MIND, Ranking

Leia mais

Esquadrias Externas para Edificações ABNT NBR 10821, sua revisão e a Norma de desempenho

Esquadrias Externas para Edificações ABNT NBR 10821, sua revisão e a Norma de desempenho Esquadrias Externas para Edificações ABNT NBR 10821, sua revisão e a Norma de desempenho Eng a. Fabiola Rago Beltrame ESQUADRIAS EXTERNAS PARA EDIFICAÇÕES NBR 10821:2011 Parte 1 Terminologia Parte 2 Classificação

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS 1 Estruturas Metálicas e suas aplicações

ESTRUTURAS METÁLICAS 1 Estruturas Metálicas e suas aplicações PUC Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Civil ESTRUTURAS METÁLICAS 1 Estruturas Metálicas e suas aplicações Professor Juliano Geraldo Ribeiro Neto, MSc. Goiânia, 2016.

Leia mais

Perfis nas cores. TELAS Pintura Eletrostática. Branco Brilhante. Cinza. Preto Fosco. Bronze Medidas Recomendadas (mm)

Perfis nas cores. TELAS  Pintura Eletrostática. Branco Brilhante. Cinza. Preto Fosco. Bronze Medidas Recomendadas (mm) Mosquiteiras Removível Quadro Removível Rápida Montagem Brilhante Cinza Fosco Bronze 1002 300 1.200 300 1. - O quadro se sobrepõe à janela e é fixado por travas facilitando a retirada para manutenção e

Leia mais

Tabela Março 2016 Página 1

Tabela Março 2016 Página 1 Tabela Março 2016 Página 1 Página 2 Tabela Janeiro 2016 Tabela Março 2016 Página 3 Página 4 Tabela Janeiro 2016 Porta Base 1250 x 1200 Porta Base da Fachada à Antiga 1250 x 1200 Porta de Abrir 1 Folha

Leia mais

Abra um mundo de bem viver. Catálogo de Produtos

Abra um mundo de bem viver. Catálogo de Produtos Abra um mundo de bem viver. Catálogo de Produtos Bem vindo a um mundo de conforto e bem viver. As Portas e Janelas em PVC, sucesso nos Estados Unidos e Europa, ganharam no Brasil a assinatura Claris.

Leia mais

PROJETO INTERNO TELHA FRANCESA PICSL

PROJETO INTERNO TELHA FRANCESA PICSL Pág. 1 de 6 1 OBJETÍVO Este projeto fixa as condições exigíveis para a aceitação de telhas planas de encaixes, modelo Telhas Francesas, destinadas à execução de telhados de edificações. 2 APLICAÇÃO DE

Leia mais

1.4. Sistemas estruturais em madeira

1.4. Sistemas estruturais em madeira 1.4. Sistemas estruturais em madeira 1.4.1. Análise estrutural Estuda as estruturas se preocupando basicamente com a determinação dos esforços e das deformações a que elas estão submetidas quando solicitadas

Leia mais

Perfis 09. Gráficos. Normas

Perfis 09. Gráficos. Normas Índice Geral 1 Apresentação 0 2 Tipologias 05 3 Perfis 09 Acessórios 57 5 Gráficos 75 6 Normas 83 03 Apresentação O Sistema MEGA é composto por três Linhas personificadas que atendem todos os níveis de

Leia mais

Barras e Fios de Aço Destinados a Armaduras de Concreto Armado

Barras e Fios de Aço Destinados a Armaduras de Concreto Armado Entidade Setorial Nacional Mantenedora Av. Rio Branco 181, 28 0 andar Rio de Janeiro RJ Cep:20.040-007 Fone: (21) 3445-6327 www.acobrasil.org.br- fernando.matos@acobrasil.org.br Entidade Gestora Técnica

Leia mais

Material de Serralharia Comércio de Caixilharia de Madeira e Alumínio

Material de Serralharia Comércio de Caixilharia de Madeira e Alumínio AluWood Material de Serralharia Comércio de Caixilharia de Madeira e Alumínio CATÁLOGO 2013 ALUMÍNIOS A nossa empresa comercializa todo de tipo de caixilharia de Aluminios, todos os nossos produtos possuem

Leia mais

www.anicolor.pt Sistema

www.anicolor.pt Sistema www.anicolor.pt 1 2 3 Sistema AX Sistema AX Sistema de batente de câmara europeia - mm Sistema AX Milénio Sistema portas de entrada uso intensivo - mm 1 2 4 Características do sistema Sistema de batente

Leia mais

Vila do IAPI - Patrimônio Cultural da Cidade

Vila do IAPI - Patrimônio Cultural da Cidade Item Diretriz Tipologia 1. Reformas e Ampliações 1.1. Cosntruções Originais 1.1.1. Não será permitida a demolição da edificação original para construção de uma nova edificação ou para qualquer outro fim.

Leia mais

Telefones: (48) / Apoio:

Telefones: (48) / Apoio: UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL Campus Universitário Trindade Florianópolis SC CEP 88040-900 Caixa Postal 476 Laboratório de Eficiência Energética

Leia mais

COMPARATIVO ENTRE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO E ESQUADRIAS DE AÇO EM EMPRENDIMENTOS DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: ESTUDO DE CASO

COMPARATIVO ENTRE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO E ESQUADRIAS DE AÇO EM EMPRENDIMENTOS DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: ESTUDO DE CASO COMPARATIVO ENTRE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO E ESQUADRIAS DE AÇO EM EMPRENDIMENTOS DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: ESTUDO DE CASO RESUMO Alison Nesi (1), Mônica Elizabeth Daré (2). UNESC Universidade do

Leia mais

GUIA TÉCNICO. Junho dúvidas? Rodrigo Luz celular: (19)

GUIA TÉCNICO. Junho dúvidas? Rodrigo Luz celular: (19) GUIA TÉCNICO www. ecovistaesquadrias.com.br dúvidas? Rodrigo Luz celular: (19) 7804-7076 radio: 55*7*85978 rodrigo@ ecovistaesquadrias.com.br Índice ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Visão geral do fornecimento

Leia mais

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO II CÓDIGO: IT837 CRÉDITOS: T2-P2 INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO II CÓDIGO: IT837 CRÉDITOS: T2-P2 INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO II CÓDIGO: IT837 CRÉDITOS: T2-P2 INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO OBJETIVO DA DISCIPLINA: Fornecer ao aluno as informações necessárias sobre a constituição,

Leia mais

Laboratório de Eficiência Energética em Edificações

Laboratório de Eficiência Energética em Edificações UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL Campus Universitário Trindade Florianópolis SC CEP 88040-970 Caixa Postal 476 Laboratório de Eficiência Energética

Leia mais

Ludiani Produtos Derivados do Aço Ltda. Ludiani Produtos Derivados do O sucesso passa por aqui...entre nessa!

Ludiani Produtos Derivados do Aço Ltda. Ludiani Produtos Derivados do O sucesso passa por aqui...entre nessa! Produtos Produtos Derivados do Aço Ltda. O sucesso passa por aqui...entre nessa! Produtos Portas Balcão PORTA BALCÃO CENTRAL RETA PBCR01 2,10 PORTA BALCÃO CENTRAL RETA ELO PBCR01L 2,10 PORTA BALCÃO CENTRAL

Leia mais

Jap Janelas de Aluminio Padronizadas

Jap Janelas de Aluminio Padronizadas 1 Jap s Perfeitas - - 1 2 Índice J2 Janela com 2 folhas - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -05 J2G Janela com 2 folhas com grade - - - - - - - - - - - - -

Leia mais

Produtos para Construção Mecânica

Produtos para Construção Mecânica Produtos para Construção Mecânica FIO-MÁQUINA Construção Mecânica FIO-MÁQUINA Produto obtido por laminação a quente com seção transversal circular. Este produto é fornecido em rolos com 830 kg amarrados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM Contratos ou Registros de um Processo de Compra

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM Contratos ou Registros de um Processo de Compra Documento: Registro de Preço - 001591/2016 Situação: Ativo 10624384000177 - FELIPE KROTH COSSETIN - ME Extrato: 002412/2016 Unidade: 01.18.00.00.0.1 - CENTRAL DE AQUISIÇÕES - DEMAPA Cod.Reduzido Seq. Unidade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza

MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza MEMORIAL DESCRITIVO Unidade Básica de Saúde de Santa Tereza OBJETIVO: O presente memorial descritivo destina-se a estabelecer as etapas necessárias, juntamente com sua descrição, para contratação de mão

Leia mais

ÍNDICE SÉRIE DE FACHADAS - TFA SÉRIE DE CORRER ELEVATÓRIA - TC

ÍNDICE SÉRIE DE FACHADAS - TFA SÉRIE DE CORRER ELEVATÓRIA - TC ÍNDICE SÉRIES DE ABRIR TA 1000 Série de Abrir 40 mm... 5 TE 2000 Série de Abrir 40 mm de Camera Europeia... 34 TE 2200 Série de Abrir 45 mm com Camera Europeia de Corte Térmico... 67 TE 2200X Série de

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇ ÃO NAC IONAL Gabinete do Ministro Secretaria Executiva Departamento de Gestão Interna

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇ ÃO NAC IONAL Gabinete do Ministro Secretaria Executiva Departamento de Gestão Interna MINISTÉRIO DA INTEGRAÇ ÃO NAC IONAL Gabinete do Ministro Secretaria Executiva Departamento de Gestão Interna Termo de Adjudicação do Pregão Eletrônico Nº 00023/2013 (SRP) Às 10:06 horas do dia 11 de setembro

Leia mais

Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013.

Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013. Ensaios de Desempenho. Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013. CONCREMAT INSPEÇÓES E LABORATÓRIOS. UMA MARCA DAS EMPRESAS CONCREMAT. Com mais de 60 anos de experiência no mercado nacional e

Leia mais

ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO HAIALA A melhor solução para seu lar. Manual de Instalação Características das esquadrias de alumínio:

ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO HAIALA A melhor solução para seu lar. Manual de Instalação Características das esquadrias de alumínio: ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO HAIALA A melhor solução para seu lar. Manual de Instalação Características das esquadrias de alumínio: Instruções de Instalação Embalagem reforçada para proteção da esquadria durante

Leia mais

56º CBC IBRACON SEMINÁRIO DAS NOVAS TECNOLOGIAS Natal, Prof. Dr. Enio Pazini Figueiredo Universidade Federal de Goiás

56º CBC IBRACON SEMINÁRIO DAS NOVAS TECNOLOGIAS Natal, Prof. Dr. Enio Pazini Figueiredo Universidade Federal de Goiás 56º CBC IBRACON SEMINÁRIO DAS NOVAS TECNOLOGIAS Natal, 2014 Prof. Dr. Enio Pazini Figueiredo Universidade Federal de Goiás Vigas jacarés e degraus pré-moldados do Maracanã INTRODUÇÃO DOS ASPECTOS AMBIENTAIS

Leia mais

Série de correr CONFORT

Série de correr CONFORT Série de correr CONFORT A surgiu na continuidade das prestigiadas e tradicionais séries de catálogo da, numa perspectiva de renovação, qualidade e modernidade. Logo desde o seu desenvolvimento, a Série

Leia mais

FOLDER JJ BARROSO LTDA - ME

FOLDER JJ BARROSO LTDA - ME FOLDER Item 01: Mesa reunião redonda Mesa reunião para restaurante com diâmetro de 900 mm e altura de 750 mm com apoio. Tampo em MDF, com espessura de 25 mm, revestida com laminado melamínico de baixa

Leia mais

PRODUTOS SIDERÚRGICOS MCC1001 AULA 11

PRODUTOS SIDERÚRGICOS MCC1001 AULA 11 PRODUTOS SIDERÚRGICOS MCC1001 AULA 11 Disciplina: Materiais de Construção I Professora: Dr. a Carmeane Effting 1 o semestre 2014 Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Engenharia Civil 1. PRODUTOS

Leia mais

RELAÇÃO DE ACESSÓRIOS

RELAÇÃO DE ACESSÓRIOS RELAÇÃO DE ACESSÓRIOS CODIGO BRA 702 BRA 703 BRA 704 BRA 705 DESCRIÇÃO BRACO MAXIMAR 500 mm BRACO MAXIMAR 750 mm BRACO MAXIMAR 400 mm BRACO MAXIMAR 250 mm CON 063 CONEXAO NYLON P/ CONTRAMARCO CON 277 CONCHA

Leia mais

LINHA VITRO Roque Frizzo

LINHA VITRO Roque Frizzo LINHA VITRO Roque Frizzo LINHA VITRO Roque Frizzo CONCEITO Madeira, couro, vidro e conceito. Madeiras laminadas com toque natural de acabamentos encerados. Vidros coloridos de alta qualidade e durabilidade.

Leia mais

AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA MECÂNICA DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO DE ACORDO COM A NORMA DE DESEMPENHO

AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA MECÂNICA DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO DE ACORDO COM A NORMA DE DESEMPENHO AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA MECÂNICA DE ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO DE ACORDO COM A NORMA DE DESEMPENHO PAGNUSSAT, Julio Cezar (1); COSTELLA, Marcelo Fabiano (2); LANTELME, Elvira Maria Vieira (3); SOUZA, Nicolas

Leia mais

Sextante Ltda. Rua da Assembléia, 10 sala 1817 Rio de Janeiro RJ (21) Programa Setorial da Qualidade

Sextante Ltda. Rua da Assembléia, 10 sala 1817 Rio de Janeiro RJ (21) Programa Setorial da Qualidade Av. Marechal Câmara, 160 grupo 632 - Centro - Rio de Janeiro, RJ CEP: 20020-080 Tel.: (21) 2262-3882 Fax: (21) 2533-1872 E-mail: abitam@abitam.com.br www.abitam.com.br Sextante Ltda Rua da Assembléia,

Leia mais

Aplicação das normas ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR 10821 - Esquadrias

Aplicação das normas ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR 10821 - Esquadrias Associação Nacional de Fabricantes de Esquadria de Alumínio Aplicação das normas ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR 10821 - Esquadrias Enga. Fabiola Rago Beltrame Coordenadora

Leia mais

ALCOA. SOLUÇÕES COMPLETAS, DO PRODUTO AO SERVIÇO. ALUMÍNIO SÃO JOSÉ LTDA.

ALCOA. SOLUÇÕES COMPLETAS, DO PRODUTO AO SERVIÇO. ALUMÍNIO SÃO JOSÉ LTDA. ALCOA. SOLUÇÕES COMPLETAS, DO PRODUTO AO SERVIÇO. ALUMÍNIO SÃO JOSÉ LTDA. v ALCOA. AVANÇANDO CADA GERAÇÃO Vivenciamos diariamente nossos Valores, em todos os lugares, colaborando em benefício de nossos

Leia mais

Arquivos eletrônicos

Arquivos eletrônicos Arquivos eletrônicos LINHA IV GOLD. PERFEITA PARA GRANDES VÃOS. Componentes exclusivos garantem suavidade e praticidade ao conjunto. Possibilidade de instalação de vidros duplos, reduz a transmissão de

Leia mais

ME-30 MÉTODOS DE ENSAIO DETERMINAÇÃO DO EFEITO DO CALOR E DO AR SOBRE MATERIAIS ASFÁLTICOS (MÉTODO DA PELÍCULA DELGADA)

ME-30 MÉTODOS DE ENSAIO DETERMINAÇÃO DO EFEITO DO CALOR E DO AR SOBRE MATERIAIS ASFÁLTICOS (MÉTODO DA PELÍCULA DELGADA) ME-30 MÉTODOS DE ENSAIO DETERMINAÇÃO DO EFEITO DO CALOR E DO AR SOBRE MATERIAIS ASFÁLTICOS DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA 1 ÍNDICE PÁG. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. S E NORMAS COMPLEMENTARES...

Leia mais

ÍNDICE Ref. Descrição Página Ref. Descrição Página Ref. Descrição Página

ÍNDICE Ref. Descrição Página Ref. Descrição Página Ref. Descrição Página CATÁLOGO versão 02 ÍNDICE Ì Modelos ŎŇÑÕŎŒŇMI da Linha ÒŌOMĬ Į Ĩ ǼČD Ref. Descrição Página ASU-001 Trilho Superior 1 ASU-002 Trilho Inferior Janela 1 ASU-004 Marco Travessa 1 ASU-228 Trilho Inferior Porta

Leia mais

Todos os produtos estáo de acordo com as normas da ABNT NBR ESQUADRIAS

Todos os produtos estáo de acordo com as normas da ABNT NBR ESQUADRIAS Todos os produtos estáo de acordo com as normas da ABNT NBR 10.821 ESQUADRIAS Produtos de alta qualidade. Facilidade de manutenção. Dispensam pintura. Não oxidam. Vêm com vidros instalados e vedados. mini-boreal

Leia mais