UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR PROCESSO SELETIVO SERIADO a 3 SÉRIE 01. Ao receber este caderno de provas verifique se contém um total de 50 questões, assim distribuídas: PORTUGUÊS: questões de n 01 a 05 MATEMÁTICA: questões de n 06 a 10 GEOGRAFIA: questões de n 11 a 15 FÍSICA: questões de n 16 a 0 BIOLOGIA: questões de n 1 a 5 ESPANHOL: questões de n 6 a 30 FRANCÊS: questões de n 6 a30 INGLÊS: questões de n 6 a 30 QUÍMICA: questões de n 31 a 35 HISTÓRIA: questões de n 36 a 40 Caso contrário, solicite imediatamente ao fiscal da sala um outro caderno completo. Não serão aceitas reclamações pteriores. 03. Verifique se você está sentado no lugar correspondente a seu número de ordem. 04. Confira se o número do candidato impresso na Folha de Resptas coincide com o seu número de ordem. 05. Cada questão de propições múltiplas consistirá de 5 (cinco) afirmações, numeradas de 00 a 44, das quais algumas são verdadeiras, outras são falsas, podendo ocorrer que todas as afirmações sejam verdadeiras ou que todas sejam falsas. 06. As alternativas verdadeiras devem ser marcadas na coluna das dezenas e as falsas, na coluna das unidades. 07. As resptas devem ser inicialmente marcadas no caderno de provas que você recebeu. 08. Após certificar-se de que a respta é definitiva, faça a marcação na Folha de Resptas da leitora ótica. 09. Marque as resptas com caneta esferográfica de tinta preta com traç escur conforme o modelo. 10. Não serão permitidas rasuras na FOLHA DE RESPOSTAS da leitora ótica. 11. Não é permitida qualquer espécie de consulta. INSTRUÇÕES 0. Neste caderno de provas você encontrará questões numeradas de 6 a 30 para cada Língua Estrangeira (Espanhol, Francês e Inglês), conforme item anterior. Você deverá responder as questões que correspondem à Língua Estrangeira escolhida no ato da sua inscrição. 1. Você terá 4 horas para responder a todas as questões e fazer as marcações na FOLHA DE RESPOSTAS da leitora ótica. 13. A correção das provas será efetuada levando-se em conta EXCLUSIVAMENTE o conteúdo da FOLHA DE RESPOSTAS. 14. Ao término da prova, chame o fiscal da sala para devolver todo o material da prova e assine a lista de presença. 15. Você só poderá deixar o recinto após decorridas h30min de prova. "Direit autorais reservad. Proibida a reprodução, ainda que parcial, sem autorização prévia" NO DE ORDEM NOME DO CANDIDATO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS Janeiro/007

2 PROPOSIÇÕES MÚLTIPLAS Cada Questão de Propições Múltiplas consiste em 5 (cinco) afirmações, numeradas de 0 0 a 4 4, das quais algumas são verdadeiras, as outras são falsas, podendo ocorrer que todas as afirmações sejam verdadeiras ou que todas sejam falsas. As alternativas verdadeiras devem ser marcadas na coluna V (coluna das dezenas) e as falsas, na coluna F (coluna das unidades). Atenção: PORTUGUÊS As questões de númer 1 e baseiam-se no texto apresentado abaixo. Estão andando, muito unid, o homem e a mulher. O mesmo caminho que fez ao lado de Olegário, com o mesmo silêncio, a mesma lentidão. Tudo parado, as janelas trancadas, as ruas vazias. A luz começa a faltar, bec escur, a noite. Mtra-se a ladeira, é uma estrada, sobrad vigiam. O calçamento se empretece; pés avançam, o vento empurra. Em cima, parte da montanha, devia estar o Forte. O espaço aberto, o vento no chão, o ar sem calor. Parece que vejo o Forte. Fecham-se lábi de Tibiti, a voz se amplia no silêncio, seus olh procuram o portão, as três árvores, o pátio. Procuram paredões, as amuradas, as torres. Vê apenas o espaço aberto, é dali que sai a noite, as estrelas tão baixas a dois metr do chão. Corre, já em cima, tem as flores nas mã. Rápida ela corre, penetra na meia treva, enche o espaço aberto. A alma do Forte, se alma houver, talvez sinta o corpo no vento, cabel solt, braç distendid, as mã sem as flores. Estão na terra, as flores, ainda não inteiramente livre o seu coração de mulher. Reflete-se n olh de ferrugem que sondam em torno, ceg para a Bahia embaixo, buscando as tábuas, o vinho e as frutas. Jairo, que se aproxima, põe a valise no chão, quer encontrar a face de Tibiti. Na meia treva, o corpo se desfazendo na escuridão, levantase para o céu. Brilha o olhar úmido, as pestanas imóveis, as sobrancelhas curvas, cavernas nas órbitas. A fronte alta desce lisa para compor a máscara. O queixo quase oculto, covas no rto, a boca cor de chumbo. Pouco sangue, as narinas abertas, carregado de cheiro de terra o ar que respira. Nuvens em camadas como pintadas a carvão. As estrelas se apagam esmagadas por aquele luto. Não, Tibiti, você não vê e aumenta a voz para que as palavras pesem. O Forte acabou. Está morto como Olegário. (Adonias Filho. O Forte. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 00. p ) Instruções: Para responder às questões de númer 1 a 5 assinale como VERDADEIRAS as afirmações corretas e como FALSAS as que não o são Há intensidade poética na linguagem empregada no texto, criando-se um ambiente de opressão, associada esta a um clima de fatalidade que determina o comportamento das personagens Em meio à narrativa, predominam, no 1 o parágrafo, aspect descritiv em seqüências curtas, com term coordenad entre si, o que lhe garante a coesão. - Olegário avô de Tibiti mtra no romance sua força e presença impregnadas também no Forte, conduzindo Jairo e a neta para um encontro já previsto anteriormente, por um ritual mágico A predominância de formas verbais no presente do indicativo aponta para o relato de uma situação repetitiva, habitual, adotada pelo casal de protagonistas Nuvens em camadas como pintadas a carvão. Há relação sintático-semântica de causa/conseqüência na frase acima transcrita O mesmo caminho que fez ao lado de Olegário... O emprego do singular indica que a concordância se faz apenas com mulher, que é o termo mais próximo indicação que fica evidente na continuação do parágrafo Rápida ela corre, penetra na meia treva, enche o espaço aberto. As orações do período acima articulam-se num processo sintático de coordenação que sai a noite tem as flores nas mã. Amb verb grifad acima exigem o mesmo tipo de complemento Parece que vejo o Forte. A oração grifada acima corresponde ao objeto direto do verbo da oração principal Procuram paredões, as amuradas, as torres. O emprego do plural identifica uma silepse de número, pois a concordância está feita com o sentido que se procura dar à frase. 3. Para responder a esta questão, considere o poema apresentado abaixo. Explões A ode explode. O bode explode. O Etna explode. O erre explode. A mina explode. A mitra explode. Tudo gora e amanhã explode. Exceto a bomba: o homem não pode. O homem não pode. O homem não pode. O homem [não pode. O homem pode: Soltar a vida. Fuzilar a Bomba. Reinventar a ode. (Murilo Mendes. Poesia completa e pra. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, p. 707) Trata-se de um poema de vanguarda, em que as palavras se completam, se misturam e se recriam, numa retomada tanto do verso quanto da palavra, valorizando jog sonor Há preocupação com a realidade histórica: a violência que destrói deve ser substituída pela visão lírica do mundo. - O poema se enquadra na corrente concretista, surgida em 1956, que usa preferencialmente o espaço gráfico, em que a palavra se apresenta com sua carga semântica, numa linguagem verbo-visual É correto afirmar que há no poema influência do texto publicitário e de jornal, pela dispição das frases, buscando atingir diretamente o leitor, alvo da mensagem criada A estrutura d vers e a insistência repetitiva de cert vocábul remetem às inovações preconizadas por representantes do Pré-modernismo: recurs que surgiram na pra e passaram a ser empregad na poesia. UFSE-07-PSS-3S

3 Em Ibiradiô entrecruzam-se dois moment da narrativa: fat que se passaram no século XVI, entremead com uma visão atual desses aconteciment, que é apontada no filme, em fase de acabamento Toda a estrutura do romance Ibiradiô se compõe pelo diálogo entre fat históric do período colonial e a ficção, sobre o como fazer um filme de caráter histórico. - Em Confissões de Narciso o protagonista desenvolve a história de seus relacionament amor, sempre frustrad por circunstâncias como a morte e a traição, tornando impsível o encontro de uma amada ideal, simbolizada na figura de um camafeu O escritor leu, ainda na frente dela, a primeira página do primeiro caderno em pra. A senhora não gtaria de ler antes? Está na primeira pessoa, disse ele. Estes cadern podem ser de memórias. Quem sabe a senhora aparece com mau feitio? O trecho, de Confissões de Narciso, identifica: o escritor é João da Fonseca Nogueira a quem Dona Sofia, viúva de Tomás de Sousa Albuquerque, advogado da cidade de Duas Pontes, Sul de Minas Gerais, entregara uma pilha de cadern, alguns em pra, outr em verso, deixad pelo marido O Forte sente, parece suar, assim machucado. Os múscul de ferro, por dentro, ainda o sustentam. Há tratamento quase humano ao Forte, no romance homônimo, de tal modo que sua destruição também é a imagem da destruição do casal de protagonistas, Jairo e Tibiti Na década de 30 do século XX surge o romance nordestino, com nomes expressiv que enfocam problemas da região, como a seca. Autran Dourado, na década de 50, retoma em seus romances a mesma temática: a necessidade de deixar a terra, castigada por uma natureza htil, em busca da cidade grande O lápis, o esquadro, o papel; o desenho, o projeto, o número: o engenheiro pensa o mundo justo, mundo que nenhum véu encobre. Os vers acima identificam a linguagem despojada de sentimentalism, marcada por rigor métrico a valorizar o significado das palavras, de João Cabral de Melo Neto. - Monteiro Lobato, criador do Jeca Tatu, aponta mazelas físicas, sociais e mentais de um Brasil oligárquico, pição de vanguarda no início do século XX, o que não o impediu de reagir, com crítica mordaz, às inovações que se faziam nas artes, como por exemplo, na pintura de Anita Malfatti Carl Drummond de Andrade e Cecília Meireles aproximam-se pela temática de sua obra poética, fazendo parte da geração de 45, cuj representantes defenderam inovações, como a valorização do espaço gráfico na poesia Amando Fontes, autor de Os Corumbas e Rua do Siriri, obras que se enquadram no veio regionalista da literatura brasileira, foi pioneiro na abordagem de temas urban em romances em que o camponês da seca é destruído por um mundo industrial. UFSE-07-PSS-3S 3

4 MATEMÁTICA 6. Para analisar as sentenças abaixo, considere o retângulo ABCD de base 8 e altura 4, com centro na origem O de um sistema de eix cartesian ortogonais, como é mtrado na figura seguinte. y C R B Q O P x D S A O coeficiente angular da reta suporte da diagonal AC é menor que A equação da reta traçada por R e perpendicular à reta suporte da diagonal BD é x + y = 0. - A equação da circunferência circunscrita ao retângulo ABCD é x + y = A equação da elípse de vértices P, Q, R e S é x 4 y + = A distância focal da elípse de vértices P, Q, R e S é igual a Analise as afirmações seguintes Se o gráfico abaixo é o de uma função polinomial p, com coeficientes reais, então o coeficiente dominante de p é pitivo e o seu grau é maior ou igual a 3. p(x) x Se para todo x real, p(x) é o valor de uma função polinomial de grau menor ou igual a, então a equação p(x) = p( x) não admite raízes reais. - Se polinômi p, q e r têm grau 3, então o grau do polinômio não nulo p.(q + r) é Se o polinômio p = _ x x + M x + N, em que M e N são constantes reais, é tal que p + é divisível por x e p é divisível por x +, então M + N é impar Seja o polinômio p = x 4 + x.log a + b, em que a e b são constantes reais pitivas. Se p é divisível por ( x _ 1), então a + b > 3. 4 UFSE-07-PSS-3S

5 8. Considere númer complex u = i e v = 1 + i, para analisar a veracidade das afirmações seguintes Se m e n são númer naturais distint entre si e m n tais que u = u, então m n é múltiplo de O argumento principal do número complexo v u é igual ao argumento principal de v. - Se z é um número complexo tal que z + v = 3, então o menor valor de z é igual a No plano de Argand-Gauss, as imagens d númer complex z tais que z _ u = z + v pertencem a uma reta que contém a origem A diferença entre o conjugado de u e o conjugado de v é um número real pitivo. 9. Analise a veracidade das sentenças abaixo A equação x - x - 3x + 1 = 0 admite uma raiz racional no intervalo [0, ] No universo d númer complex, a equação 4 ( x ) x + = 0 admite somente raízes de multiplicidades pares. - Se a soma de duas raízes da equação 3 x + 5 x + k x _ 10 = 0 ( k constante real) é nula, então k = Uma equação algébrica com coeficientes reais que admite as raízes 3, 1 i e 4i com multiplicidades 1, 3 e, respectivamente, tem grau Considere que as raízes da equação 3 _ x 1 x + 47 x _ 60 = 0 são numericamente, iguais às medidas d lad de um triângulo. A área desse triângulo, em unidades de superfície, é igual a Analise as afirmações abaixo Alguns acreditam que a população da Terra não pode ultrapassar 4 bilhões de pessoas. Se isso for verdade, a população P, em bilhões, t an após o ano 000, poderia ser estimada pela expressão 4 P = _ 0,04 t e Se a função f, de 5 em 5, é dada por f(t) = t + _ 1, se t 1, então lim f(t) =. t, se t > 1 t 1 x + 4x lim =. _ x + 1 x 1 f(z) _ Se lim = _ 3, então lim f(z) = 4. z _ 3 _ z z log t lim 1 =. t + t 1+ UFSE-07-PSS-3S 5

6 GEOGRAFIA 11. No final do século XX, o sistema bipolar da época da Guerra Fria cedeu lugar a uma Nova Ordem Mundial. Sobre este novo momento analise as afirmações A Nova Ordem inicia um novo ciclo no qual o sistema capitalista é globalizado e confront político-ideológic foram reduzid e competições no âmbito econômico foram ampliadas Instituiu-se um sistema mundial que é multipolar. Dois process opt mas complementares ganham cada vez mais força: a globalização e a regionalização, esta demonstrada pela formação de bloc econômic. - Na Nova Ordem sobrevive a crença de que o Estado é o único que pode regular o mercado, promover as condições de melhoria social e, principalmente, organizar o espaço do capital A Nova Ordem privilegia o capital industrial porque é produtivo; por outro lado, o capital financeiro procura brechas para se impor, combatendo as fusões que passaram a ser uma das estratégias da globalização Uma das conquistas da Nova Ordem globalizante é a redução das diferenças socioeconômicas devido à expansão d mei de comunicação. 1. Observe o mapa do continente asiático regionalizado. M A R R Ú SSIA M A R M A R Analise as afirmações sobre as regiões asiáticas. (Adas Melhem. Geografia: o mundo subdesenvolvido. São Paulo: Moderna, 006.p.181) Este conjunto regional apresenta países de forte desenvolvimento urbano-industrial o que torna relativamente semelhantes. É a região mais ocidentalizada de toda a Ásia Um d países deste conjunto, fortemente populo, tem se destacado devido ao rápido crescimento econômico, que ainda não é estendido ao conjunto da sua população. Dois países desta região, portadores de armas nucleares, disputam um mesmo território. - 3 É o conjunto regional mais dinâmico do continente. Nele há um d pól econômic do mundo, alguns países Tigres Asiátic e ainda um outro que vem assombrando o mundo com seu veloz crescimento econômico Alguns países desta região apresentam elevada renda per capita que não retrata efetivamente o padrão de vida da população que é excluída da grande riqueza da região que é o petróleo. Em term culturais há uma certa homogeneidade dada pela religião. Um único país apresenta traç culturais opt É o conjunto men populo e desenvolvido do continente. Ali predominam países de tradição agrícola que parecem criar uma barreira a avanç da industrialização; é uma região pobre em recurs naturais. 13. Os Estad Unid constituem, desde mead do século XX, a maior potência econômica mundial. Seu poderio político, militar e financeiro é inquestionável. Analise as afirmações sobre este país Recentemente o país atingiu 300 milhões de habitantes e enfrenta um problema que parece difícil de ser resolvido: a maioria branca, historicamente dominante, se sente cada vez mais ameaçada diante d grup imigrantes, que chegam a milhares, nem sempre legalmente Recentemente o país sofreu uma série de pressões da comunidade internacional que já lhe renderam grandes prejuíz. Este fato o levou a aceitar as regras estabelecidas pelo Protocolo de Kyoto e seus parques industriais já começaram a se adequar à nova realidade de controlar as emissões de CO. - As atividades agrícolas ocupam quase 0% da população ativa e lhe garantem uma das maiores produções agrícolas do Globo. As políticas estatais recentemente adotadas retiraram subsídi agrícolas que tornavam seus produt altamente competitiv no mercado internacional Nestes últim an têm desenvolvido estreitas relações comerciais com a China e tornado sua balança comercial cada vez mais deficitária. No entanto, como potência mundial, capitais que têm investid pelo mundo lhe rendem superávits suficientes para se manterem na liderança mundial A região oeste do país teve durante algumas décadas um crescimento demográfico e econômico muito grande. Atualmente a região encontra-se estagnada e seus parques industriais e mesmo seus tecnopol têm sido superad por aqueles situad na região do Golfo do México. 6 UFSE-07-PSS-3S

7 14. Considere o mapa onde estão destacad oito países europeus que ingressaram na União Européia em 004. Estônia Letônia Lituânia Polônia Repú blica Tcheca Eslová quia Hungria Eslovê nia Sobre esses países, analise as afirmações É um conjunto economicamente homogêneo. Apresentam alta renda per capita e seus habitantes elevad padrões de vida, devido a alt salári, semelhantes a d outr países membr da União Européia Mesmo aceit como integrantes do bloco europeu, estes países ainda sofrem restrições por parte d antig membr que, para proteger mercad de trabalho locais, impõem restrições ao livre trânsito de trabalhadores. - Ex-países socialistas que pertenciam à Europa de Leste tiveram um período de transição para se adequar às novas regras capitalistas Entre oito países destacad, a Polônia e a República Checa são que apresentam maiores parques industriais e melhores indicadores socioeconômic Ao ingressarem no bloco, oito países adotaram o euro e foram obrigad a cortar relações comerciais e diplomáticas com a Rússia que, mesmo após o fim da Guerra Fria, ainda é considerada inimiga d antig países-membr do bloco. 15. Boa parte do continente africano ainda vive moment de extrema penúria. Observe a charge de Plantu. R SODQHWD VH HQULTXHFH D IRPH 4XDQGR YRX SRGHU FRPHU" DXPHQWRX (www.lemonde.fr acessado em 31/10/006) Analise as afirmações sobre o continente africano Uma das formas de regionalização do continente africano é através da etnia. Assim seria psível distinguir duas Áfricas: uma branca que ocupa a porção Norte e a outra negra que ocupa as terras ao sul do Saara. Na charge, o indivíduo faminto faz parte da África negra, mais pobre e carente Foi justamente a ocupação colonial européia na África Negra uma das causas da fome e subdesenvolvimento agudo encontrad na região. - Vári países da África negra têm suas economias com forte base agrícola. Grandes plantations monocultores que se utilizam das melhores terras, restando a produtores de mercadorias para o consumo interno as terras men valorizadas, a pequena produção agrícola gera a fome retratada na charge Apesar da grande pobreza encontrada ao sul do Saara, principais surt de doenças, incluindo-se a AIDs, são típic da África branca, mais urbanizada e, portanto, mais vulnerável às doenças Inúmer problemas ambientais fazem parte do cotidiano da África negra: desertificação e intens process eriv reduzem ainda mais as áreas agricultáveis. Cria-se um círculo vicio: pouca terra muita fome. UFSE-07-PSS-3S 7

8 FÍSICA 16. Dois condutores esféric cuj diâmetr valem,0 cm estão eletricamente neutr, no vácuo. São retirad 5, elétrons de um deles e transferid para o outro. Dad: carga elementar e = 1, C constante eletrtática no vácuo = 9, N.m /C Analise as afirmações que seguem Os dois condutores ficam eletrizad com cargas iguais a 8, C A capacitância eletrtática de cada condutor vale 4, F. - O potencial elétrico de cada condutor vale, em relação ao do infinito, 7, V Afastando dois condutores até que seus centr distem 10 cm, eles se atrairão com força de intensidade 5, N Se cada condutor for isolado de outr corp eletrizad, o módulo do vetor campo elétrico no seu interior será nulo. 17. O gráfico abaixo representa a curva característica de um gerador. U (V) i (A) Analise as afirmações que seguem sobre esse gerador A força eletro-motriz do gerador vale E = 60 V A resistência interna do gerador vale r =,0 Ω. - A corrente de curto-circuito do gerador vale 10 A A máxima potência que o gerador pode fornecer é 400 W Quando percorrido por corrente elétrica de intensidade 6,0 A, seu rendimento é de 70%. 8 UFSE-07-PSS-3S

9 18. Considere o circuito elétrico esquematizado abaixo com quatro resistores (R 1 = 0 Ω, R = 40 Ω, R 3 = 0 Ω e R 4 = 10 Ω), um gerador de f.e.m. E = 150 V e resistência interna r = 5,0 Ω, um voltímetro e um amperímetro, amb ideais. V R 1 R A A B R 4 R 3 r E Analise as afirmações que seguem A indicação do amperímetro é zero O voltímetro registra 150 V. - A resistência equivalente entre A e B vale 0 Ω A corrente elétrica em R tem intensidade de 4,0 A A potência elétrica dissipada em R 4 é 40 W. 19. Analise as afirmações que seguem, sobre campo magnético A força magnética que age sobre uma carga elétrica é sempre paralela ao vetor campo magnético O campo magnético terrestre psui seu pólo sul magnético que coincide com o pólo sul geográfico da Terra. - Toda corrente elétrica gera ao redor de si um campo magnético No interior de um solenóide percorrido por corrente elétrica, o campo magnético é paralelo ao eixo do solenóide Dois fi long e paralel, percorrid por correntes elétricas de mesmo sentido, se repelem. 0. Analise as afirmações Quando a luz é absorvida por um corpo negro, sua energia é transformada em calor O efeito fotoelétrico é o fenômeno em que um fóton se transforma em elétron. - O espalhamento de um fóton ao colidir com um elétron livre, permitindo medir o momento transferido, é o chamado efeito Compton Os efeit Compton e fotoelétrico e outras experiências com a luz mtram que a luz comporta-se como se fse formada por partículas Louis de Broglie propôs em 194 que não somente fótons, mas todas as partículas, obedecem à relação p = h, sendo p o momento, h a constante λ de Planck e λ o comprimento de onda. UFSE-07-PSS-3S 9

10 BIOLOGIA 1. A gametogênese é o processo responsável pela formação e pelo desenvolvimento d gametas. Analise as seguintes afirmações sobre este processo, n seres human: A formação d ovócit primári ocorre na puberdade. 4. Segundo a teoria evolucionista, a grande diversidade d seres atuais é resultado de um longo processo de evolução biológica A seleção natural promove a adaptação e especialização das espécies Cada espermatogônia forma oito espermatozóides Órgã análog têm a mesma origem embrionária. - Cada ovócito primário origina um óvulo e três corpúscul polares Os espermatozóides são formad n túbul seminífer. - São denominad fósseis apenas rest de animais que sofreram processo de fsilização Ao entrar em divisão meiótica, uma célula com 46 cromsom apresentará 9 cromsom A formação de raças pode ocorrer por irradiação adaptativa de subpopulações de uma espécie.. A genética é o ramo da Biologia que estuda a hereditariedade. Sobre as características hereditárias d organism, analise as seguintes afirmações: Genes localizad no mesmo cromsomo sempre atuam na mesma característica Um evento chave para a origem de muitas espécies é a separação de uma população de outras populações da mesma espécie A expressão de um gene é resultado de sua interação com o ambiente e com outr genes. - O genótipo de um indivíduo para uma determinada característica só pode ser conhecido através de técnicas moleculares Existem cas em que dois ou mais genes interagem para produzir um determinado caráter Alel múltipl são aqueles que afetam mais de um caráter. 3. A manipulação genética e a biotecnologia revolucionaram a Biologia no final do século XX. Esses extraordinári e recentes avanç podem ser observad em diversas áreas como agricultura, embriologia e medicina. Analise as sentenças abaixo sobre este tema Organism transgênic são aqueles que psuem genes de outra espécie. 5. O gráfico abaixo representa as flutuações populacionais de duas espécies que apresentam uma relação predador-presa espécie - milhares an espécie 1 espécie 195 Sobre o gráfico e as relações entre espécies de uma comunidade, analise as seguintes afirmações: A espécie 1 é o predador A espécie é um consumidor primário espécie - milhares O genoma de um organismo é o seu código genético. - Na produção artesanal de queijo branco são aplicad princípi de biotecnologia. - As espécies 1 e psuem o mesmo nicho ecológico A biotecnologia permitiu a produção de hormôni a preç acessíveis As espécies 1 e pertencem à mesma comunidade O melhoramento de plantas é sempre realizado com engenharia genética Se a espécie for extinta, ocorrerá o equilíbrio ecológico. 10 UFSE-07-PSS-3S

11 Atenção: ESPANHOL As questões de númer 6 a 30 referem-se ao texto apresentado abaixo. 7. Observando a perífrase está considerada, sublinhada no terceiro parágrafo do texto, assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que verb ser e estar aparecem corretamente utilizad nas orações, e como FALSAS aquelas que não o fazem. La comida mexicana, patrimonio de la humanidad 1. La comida mexicana es mucho más que platill típic del país, es el reflejo de toda una cultura basada en rituales religi, en la magia y el arte.. El maíz es su máximo representante, con más de siete mileni de antigüedad. El origen y cultivo de este nutritivo y rico elemento ha sido base de la alimentación de todas las culturas de México, por lo que es un símbolo de creencias y de identidad cultural. 3. La originalidad de la comida mexicana con sus divers sabores, colores, olores y texturas es orgullamente reconocida a nivel mundial y está considerada como una de las cinco más importantes cocinas del mundo, junto con la china, la india, la italiana y la española. 4. En base a todo esto, investigadores en gastronomía, a través de CONACULTA (Consejo Nacional para las Culturas y las Artes de México), presentaron el pasado mes de julio a la UNESCO (Organización de Naciones Unidas para la Educación, la Ciencia y la Cultura) una propuesta para que la comida mexicana sea Patrimonio Inmaterial y Oral de la Humanidad. 5. Gloria López, coordinadora de CONACULTA, dijo que esta propuesta, contenida en un amplio expendiente con todo tipo de document y vide para justificar esta petición, ha sido noveda y sorpresiva porque nunca nadie antes se había atrevido a presentar un sistema alimentario como una forma cultural de vida. 6. La UNESCO por su parte, emitirá un primer dictamen en marzo del año que viene y se espera que la decisión definitiva sea tomada en junio. Se dice que en el chile en nogada y el mole poblano es donde está la decisión, ya que son l platill que la UNESCO someterá a un proceso para determinar esta designación. (Adaptado de 6. A partir das formas verbais presentaron y dijo, sublinhadas respectivamente n quarto e quinto parágraf do texto, assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que tod verb estão conjugad neste mesmo tempo verbal Pretérito Indefinido de Indicativo, e como FALSAS aquelas que não estão (ell) hablaron, (yo) quise, (ella) pudo (él) vino, (ell) se casaran, (usted) salió - (notr) estuvim, (tú) tomaste, (yo) bebí (tú) pusiste, (votr) entrasteis, (usted) vio (ell) comieran, (notr) tuvim, (yo) pondré Está claro que la UNESCO va a analizar el caso y tomar la decisión correcta La comida de México está prohibida al que no le gusten el maíz y l porot. - El CONACULTA quiere que la comida mexicana esté declarada Patrimonio Inmaterial y Oral de la Humanidad Much plat de la comida mexicana son hech con maíz Si crees que la comida china es mejor que la mexicana, yo opino que estás loco! 8. Considerando o tema do texto, assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que aparecem verb no modo imperativo, e como FALSAS aquelas que não o fazem Pensándolo bien, creo que lo voy a hacer Pruébese la comida mexicana, le va a encantar! - Para decirte la verdad, me parece que nada está claro en este caso No, que no No te la compres Si usted quiere conocer un mundo de sabores en una sola comida, venga a México. 9. Considerando as vozes verbais d fragment sublinhad no último parágrafo do texto se espera que la decisión definitiva sea tomada en junio y son l platill que la UNESCO someterá a un proceso para determinar esta designación, assinale como VERDADEIRAS as alternativas que as reescrevem corretamente, invertendo a voz originalmente utilizada, e como FALSAS aquelas que não o fazem L platill van a ser sometid a un proceso para determinar esta designación La decisión debe ser tomada por la UNESCO en junio. - Se espera que la UNESCO tome una decisión final en junio L platill se someterán por la UNESCO a un proceso para determinar esta designación Espérase que la decisión definitiva sea tomada en junio. 30. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que estão de acordo com o texto, e como FALSAS aquelas que não estão O milho é o representante máximo da comida mexicana; sua origem e seu cultivo são a base da alimentação de todas as culturas do México A comida mexicana psui muit prat além daqueles utilizad em seus rituais religi, na magia ou na arte. - A comida mexicana se utiliza em rituais religi e de magia artística A coordenadora do CONACULTA ficou surpresa com o atrevimento d investigadores que apresentaram a propta de tornar a comida mexicana um Patrimonio Imaterial e Oral da Humanidade Considera-se que a cozinha mexicana é uma das cinco mais importantes do mundo, junto com as cozinhas do Chile, Índia, Itália e Espanha. UFSE-07-PSS-3S 11

12 Atenção: FRANCÊS As questões de númer 6 a 30 referem-se ao texto ilustrado apresentado abaixo. 7. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que aparece o referente do pronome l, sublinhado no texto, e como FALSAS aquelas em que isso não ocorre mes études secondaires ma candidature. - l Université de l Etat belge la ville de Gand Moi. 8. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que aparece o referente do pronome qui, sublinhado no texto, e como FALSAS aquelas em que isso não ocorre. Quand j ai fini mes études secondaires, j ai pé ma candidature pour l Université de l État Belge à Gand. Je ne l ai pas choisie pour être loin de ma famille qui habite la capitale, mais en raison de l importance de son école d ingénieurs, réputée pour son sérieux. Les débuts n ont pas été faciles, je me suis retrouvée avec le problème de logement. Avec étudiants universitaires, les appartements sont très demandés et il y a peu de logements dans le campus. Quelques mois se sont écoulés avant que je ne découvre un petit studio dans la partie moderne de la ville. Je me suis tellement habituée à la vie dans cette ville que je ne la quitte pas, même pendant les vacances. C est un plaisir que de se déplacer à vélo partout, de traverser le pont Saint-Michel, longer le fleuve et regarder le Gand médieval derrière moi. Il y a toujours un copain pour m accompagner lors de ces promenades et on va souvent boire un pot dans un des bistrots de l autre côté du canal. J aimerais voir mes frères suivre le même chemin que moi. (Adapté d un dépliant touristique du Ministère de Tourisme de Belgique) ma famille. 1 1 la capitale. I importance son école d Ingénieurs sérieux. 9. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que há equivalência de sentido para com a locução en raison de, sublinhada no texto, e como FALSAS aquelas em que isso não ocorre en vertu de à cause de. - en vue de beaucoup de. 6. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que estão de acordo com o texto e como FALSAS aquelas que não estão Muit estudantes não conseguem se alojar no campus da Universidade Não é muito fácil alugar um apartamento nesta cidade porque há muita procura en mesure de. 30. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas em que a frase, voir mes frères suivre, sublinhada no texto, foi corretamente vertida para temp do subjuntivo e como FALSAS aquelas em que isso não ocorre que mes frères suivent. - Uma jovem conta como foi mudar de cidade para continuar seus estud A faculdade de engenharia de Gante é muito bem considerada Nas férias jovens percorrem de bicicleta a parte antiga da cidade que mes frères ont suivi. - que mes frères suivront que mes frères suivraient que mes frères vont suivre. 1 UFSE-07-PSS-3S

13 INGLÊS Instruções: As questões de númer 6 a 30 referem-se ao texto apresentado abaixo. The World's Game Soccer's worldwide popularity isn't surprising when you look at what [TO MOTIVATE] humanity since old days: money and God. There's lots of money in soccer, of course. Club soccer (like capitalism) is basically the childlike desire to [MAKE/DO] dreams come true, no matter what the ct, [TO REALIZE] by men with [TOO/ENOUGH] money to combine such commodities as the best Brazilian attacker, Dutch midfielder, British defender, and German goalie and turn them loe on whatever the other billionaires can put together an unfair situation that describes much of the world these days. [CONJUNCTION 1] the divine's there, [TOO/ALSO]. What is soccer if not everything that religion should be? Universal [CONJUNCTION ] particular, the source of an infinitely renewable supply of hope, occasionally miraculous, and governed by simple, uncontradictory rules ("laws," officially) that everyone can follow. Soccer's laws are laws of equality and nonviolence and restraint, and free [TO REINTERPRET] at the discretion of a reasonable arbiter. What the ref says goes, no matter how flagrantly in violation of dogma his decisions may be. My official rule book, after [TO PRESENT] a detailed enumeration of soccer's 17 laws, concludes that the ref can throw out any of them in order [TO APPLY] what it rather mystically calls "the spirit of fair play." (Adapted from National Geographic, June 006) 7. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que contêm afirmações corretas em relação ao texto e como FALSAS as que não contêm. No texto, a forma correta de [MAKE/DO] é do [TOO/ENOUGH] é enough. - [CONJUNCTION 1] é If [TOO/ALSO] é also [CONJUNCTION ] é though. 8. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que contêm afirmações corretas em relação ao texto e como FALSAS as que não contêm. No texto, come true significa desmentir no matter what the ct significa sem qualquer custo. - turn loe significa soltar put together significa reunir throw out significa ignorar. 9. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que estão gramaticalmente corretas e como FALSAS as que não estão There s lots of money in soccer, isn t there? Soccer should be a fair game, shouldn t it? - You can t follow rules, can t you? Brazil does not play beautiful soccer, isn t it? 6. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que contêm afirmações corretas em relação ao texto e como FALSAS as que não contêm. In the text, the correct form of [TO MOTIVATE] is motivated [TO REALIZE] is realized They didn t put together a great team, they do? 30. Assinale como VERDADEIRAS as alternativas que estão de acordo com o texto e como FALSAS as que não estão O futebol é um jogo infantil O futebol assemelha-se à religião, pois também envolve esperança e milagres. - [TO REINTERPRET] is to be reinterpreted. - No futebol, o árbitro sempre tem a última palavra [TO PRESENT] is presenting [TO APPLY] is applying O futebol é regido por apenas 17 regras No futebol, prevalece uma visão nacionalista. UFSE-07-PSS-3S 13

14 QUÍMICA IA 1 H 1,01 3 Li 6,94 11 Na 3,0 19 K 39,1 37 Rb 85,5 55 Cs Fr (3) 4 Be IIA 9,01 1 Mg 4,3 0 Ca 40,1 38 Sr 87,6 56 Ba Ra (6) N úmero Atômico S ímbolo Massa Atômica ( ) = Nº de m assa do isó topo m ais está vel 1 Sc 45,0 39 Y 88, S érie d Lantaníde S é rie do s Actiníde Ti 47,9 40 Zr 91, 7 Hf V 50,9 41 Nb 9,9 73 Ta Cr 5,0 4 Mo 96,0 74 W Rf Db Sg Bh Hs Mt Série d Lantaníde 57 La 139 Série d Actiníde 89 Ac (7) CLASSIFICAÇÃO PERIÓ DICA DOS ELEMENTOS 58 Ce Th 3 Com massas atômicas referidas ao isótopo 1 do Carbono IIIB IV B VB VIB VIIB VIIIB VIII VIII IB IIB 59 Pr Pa (31) 5 Mn 54,9 43 Tc (99) 75 Re Nd U 38 6 Fe 55,8 44 Ru Os Pm (147) 93 Np (37) 7 Co 58,9 45 Rh Ir 19 6 Sm Pu (4) 8 Ni 58,7 46 Pd Pt Eu 15 9 Cu 63,5 47 Ag Au Gd Zn 65,4 48 Cd Hg Uun Uuu Uub 95 Am (43) 96 Cm (47) 65 Tb Bk (47) B 10,8 13 Al 7,0 31 Ga 69,7 49 In Tl Dy Cf (51) IIIA IVA VA VIA VIIA C 1,0 14 Si 8,1 3 Ge 7,6 50 Sn Pb Ho Es (54) N 14,0 15 P 31,0 33 As 74,9 51 Sb 1 83 Bi Er Fm (53) O 16,0 16 S 3,1 34 Se 79,0 5 Te Po (10) 69 Tm Md (56) F 19,0 17 Cl 35,5 35 Br 79,9 53 I At (10) 70 Yb No (53) 18 VIIIA He 4,00 10 Ne 0, 18 Ar 39,9 36 Kr 83,8 54 Xe Rn () 71 Lu Lr (57) 31. Analise as propições sobre a santonina que é um compto orgânico de fórmula estrutural: CH 3 O CH 3 O O CH 3 Santonina (compto hidrolisável, de massa molar 46 g/mol) A fórmula molecular e a fórmula mínima desse compto são, respectivamente, C 15 H 9 O 3 e C 5 H 3 O Na estrutura da santonina, identificam-se três grup carbonila. - Na molécula da santonina, identificam-se dois anéis aromátic Na hidrogenação da santonina pode-se obter um compto saturado Na reação da santonina com água, em presença de catalisador, formam-se grup hidroxila e carboxílico. 3. O amido é um polímero da glice, com fórmula molecular (C 6 H 10 O 5 ) n, em que n é um número muito grande. Sua hidrólise produz dextrinas (polissacaríde de menor massa molar), malte (um dissacarídeo) e finalmente glice, C 6 H 1 O 6. Analise as afirmações abaixo A fórmula molecular da malte deve ser C 1 H O 11, ou seja, C 6 H 1 O 6 1H O A fórmula molecular de uma dextrina deve ser (C 6 H 10 O 5 ) m, em que m > n. - Um outro polissacarídeo é a celule que, por hidrólise total, também dá glice Tal qual a malte, a sacare também é um dissacarídeo, que por fermentação, produz o etanol No processo global, denominado respiração celular, o dióxido de carbono e água, em presença de catalisador, produzem glice, com liberação de energia. 14 UFSE-07-PSS-3S

15 33. Para a obtenção do álcool secundário CH 3 CH CH (OH) CH 3 pode-se reduzir, com hidrogênio e catalisador, a butanona hidrolisar o compto obtido da reação de CH 3 MgBr com propanal. - hidrolisar o compto obtido da reação de CH 3 CH CH MgBr com metanal hidrolisar o éster metílico do ácido propanóico oxidar, com KMnO 4, o buteno. 34. Analise as afirmações abaixo Com fórmula molecular C 4 H 8, podem existir dois compt tais que um deles é cis e o outro é trans O hidrocarboneto saturado, de menor massa molar, que pode se apresentar, com duas formas opticamente ativas (a dextrógira e a levógira) tem fórmula molecular C 5 H 1. - O compto representado pela fórmula COOH H C OH H C OH COOH é enantiomorfo (Isômero óptico) do compto representado pela fórmula COOH H C OH HO C H COOH São isômer funcionais o metanol e o éter dimetílico O número de isômer opticamente ativ que são psíveis para uma molécula com um carbono assimétrico (molécula quiral), é igual a. 35. Considere compt representad pelas fórmulas: HO(CH ) OH etilenoglicol HOCH COOH ácido glicólico HOOCCH COOH ácido malônico H N(CH ) 3 NH trimetilenodiamina CH 3 COOCH = CH acetato de vinila Com catalisador adequado, pode-se formar um poliéster quando o acetato de vinila polimeriza uma poliamida quando se mistura etilenoglicol com ácido glicólico. - uma poliamina quando se mistura trimetilenodiamina com acetato de vinila um poliéster quando se mistura etilenoglicol com ácido malônico um copolímero quando trimetilenodiamina condensa com ácido malônico. UFSE-07-PSS-3S 15

16 HISTÓRIA 36. A Revolução Russa representou, para milhões de pessoas, o começo de uma nova era histórica. Dessa revolução nasceu a União Soviética. Analise as afirmações sobre o processo de desenvolvimento dessa revolução A revolução de fevereiro de 1917 assumiu um caráter nitidamente burguês de derrubada do absolutismo e implantação de república representativa, sem, no entanto, aprofundar as transformações econômica e social A NEP (Nova Política Econômica) foi o conjunto de medidas adotadas pelo governo soviético, em março de 191, para reconstruir a nação, depois do chamado comunismo de guerra. - O fim do regime de servidão, que psibilitou o progresso agrícola e o acesso à terra de grande parcela do campesinato foi um d fatores responsáveis pelo desencadeamento do processo revolucionário russo O governo de Stalin, por meio de planejamento econômico, desenvolveu a indústria pesada, mecanizou a agricultura e desenvolveu a educação pública, tornando o país numa das maiores potências do século XX A luta pelo socialismo, durante a Revolução Russa, teve como objetivo promover o desenvolvimento através da distribuição da renda e da consolidação de um Estado cooperativo e assistencial. 37. A abertura de nova frente de Aliad devido à invasão da Normandia, a chegada do Exército Vermelho a Berlim e as bombas atômicas lançadas pel norte-american em Hirhima e Nagasaki encerraram a Segunda Guerra Mundial. Analise as afirmações sobre as conseqüências dessa guerra A Europa deixou de ocupar o papel de economia periférica face às nações industriais do Atlântico sul com a adoção de padrões econômic semelhantes a da União Soviética Houve uma acentuada degradação de ideais liberais e democrátic, agitações políticas de esquerda como o movimento espartaquista, crise econômica e desemprego. - A expansão do comunismo, que criou uma área de influência para si próprio no leste da Europa, constituiu-se num desafio para países ocidentais O desenvolvimento de partid nacionalistas que pregavam a existência de um Executivo forte, capaz de solucionar crises generalizadas resultantes da desorganização do pós-guerra Os países african, embalad pela defesa do princípio da autodeterminação d pov aplicado a países balcânic e do leste europeu, organizaram seus moviment de independência. 38. O regime militar implantado em 1964, após a derrubada do governo João Goulart, era baseado na Doutrina de Segurança Nacional e no anticomunismo, procurando desenvolver o capitalismo brasileiro preservando interesses d grandes proprietári de terra, financistas e capitalistas nacionais e estrangeir, que haviam avaliado as Reformas de Base de Jango como uma ameaça à ordem social vigente. Neste sentido, analise as afirmações que seguem O regime militar foi um regime que aplicou inicialmente, durante o governo do General Castelo Branco ( ), uma política econômica anti-inflacionária e recessiva, para depois aplicar uma política de forte estímulo ao desenvolvimento industrial, baseada em financiamento externo A política econômica do regime militar, desde o início, foi baseada na retomada da política de substituição de importações e na ênfase a investiment no setor das indústrias de base, recuperando estratégias executadas por Getúlio Vargas durante o Estado Novo. - A partir do governo Cta e Silva (1967) e até o final do governo Ernesto Geisel (1979), o regime militar caracterizou-se por uma forte política industrializante, tanto na área de bens de consumo duráveis (automóveis, eletrodoméstic), quanto na área de infra-estrutura e indústrias de base, sobretudo petróleo e energia A política econômica do regime militar caracterizou-se pela ênfase na privatização e na desnacionalização da indústria brasileira e pela entrega de importantes setores industriais, como o petróleo e a energia nuclear para o capital multinacional e, por esta razão, militares foram acusad pel nacionalistas de entreguistas A política econômica do regime militar sucateou o setor industrial moderno (bens duráveis, informática e bens de capital) para defender interesses d setores agrári basead no latifúndio, subsidiando o cultivo para exportação de produt primári como o açúcar, a soja e o café. 16 UFSE-07-PSS-3S

17 39. Considere o texto e a imagem a seguir. Em 1968, moviment de protesto e mobilização política agitaram o mundo todo (...) entretanto, 1968, teve especificidades locais determinantes no Brasil, acima da influência d fatores internacionais. Por exemplo, o movimento estudantil seguiu uma dinâmica de luta própria, anterior ao famo maio de 1968 na França. (Marcelo Ridenti. Breve recapitulação de 1968 no Brasil. IN: Rebeldes e contestadores. 1968: Brasil, França e Alemanha. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 000. p.55-56) (Foto. Jornal Última Hora, Rio de Janeiro, abril de Apud Gilberto Cotrim. História do Brasil. Um olhar crítico. São Paulo: Saraiva, p. 334) Entre as características específicas do movimento estudantil brasileiro, em relação a outr moviment de contestação jovem e estudantil d an 1960, pode-se considerar: A luta pela ampliação de vagas no ensino superior, para acabar com excedentes, isto é, alun que tinham média para ingressar nas faculdades, mas não conseguiam matrícula por falta de vagas A crítica ao sistema capitalista, baseado no alto consumo de bens descartáveis, a luta pela liberalização d ctumes e da moral sexual e contra o envio de tropas brasileiras para o Vietnã. - A crítica ao regime socialista-burocrático implantado pelo golpe militar de 1964, que estatizou as universidades e obrigou estudantes brasileir a prestarem serviç gratuit ao Estado A luta contra o regime militar, considerado um regime anti-popular e anti-nacional, que dava ao movimento estudantil brasileiro uma característica mais politizada, men focado na questão comportamental e na crítica cultural ao sistema O movimento estudantil brasileiro d an 1960 foi pouco politizado, mais preocupado com as questões comportamentais e marcado pela crítica a valores católic, que eram muito fortes no Brasil. 40. Analise as propições abaixo sobre as características e efeit da globalização A flexibilização das leis trabalhistas, a rápida movimentação de capitais n mercad financeir, a abertura de mercad e a formação de bloc multinacionais e o crescimento da imigração d países pobres para países ric A criação do Estado do bem-estar social, a defesa d interesses agrícolas d países desenvolvid contra a importação de aliment, a formação de dois bloc político-econômic basead no capitalismo e no fundamentalismo e o fechamento das fronteiras d países em desenvolvimento. - A flexibilização das movimentações de capital, a expansão econômica d países african, a política de alianças militares múltiplas e a mundialização do Estado do bem-estar social A corrida armamentista entre bloc econômic, a disputa por novas colônias na Ásia e na África, a industrialização d paises periféric e o crescimento da imigração d países ric, com alto desemprego estrutural, para países em desenvolvimento A formação d bloc econômic multinacionais, a supremacia do poder militar e político norte-americano, a livremovimentação de capitais e a abertura de mercad, sobretudo n países subdesenvolvid. UFSE-07-PSS-3S 17

Gabarito - Química - Grupo A

Gabarito - Química - Grupo A 1 a QUESTÃO: (1,5 ponto) Avaliador Revisor A estrutura dos compostos orgânicos começou a ser desvendada nos meados do séc. XIX, com os estudos de ouper e Kekulé, referentes ao comportamento químico do

Leia mais

Classificação Periódica dos Elementos

Classificação Periódica dos Elementos Classificação Periódica dos Elementos 1 2 3 1 Massa atômica relativa. A incerteza no último dígito é 1, exceto quando indicado entre parênteses. Os valores com * referemse Número Atômico 18 ao isótopo

Leia mais

QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA

QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA QUÍMICA VESTIBULAR 2005 2ª ETAPA 1 2 3 4 5 6 7 1 1 1, 00 2 3 4 Li Be 6, 94 9, 01 11 12 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 K Ca 39, 10 40, 08 37 38 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 Cs Ba 132, 91 137, 33 87 88 Fr Ra 223,

Leia mais

Medicina. Prova Discursiva. Caderno de Prova. Instruções. Informações Gerais. Boa prova! 16/12/2012

Medicina. Prova Discursiva. Caderno de Prova. Instruções. Informações Gerais. Boa prova! 16/12/2012 Prova Discursiva Medicina 16/12/2012 Caderno de Prova Este caderno, com 16 páginas numeradas sequencialmente, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação Periódica dos Elementos

Leia mais

Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março. Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março

Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março. Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Física e Química A Prova Escrita

Leia mais

Verifique se este Caderno contém 12 questões discursivas, distribuídas de acordo com o quadro a seguir:

Verifique se este Caderno contém 12 questões discursivas, distribuídas de acordo com o quadro a seguir: 1 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar, escrever

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS 1 1 1 H 1, 00 2 3 4 2 Li 6, 94 Be 9, 01 11 12 3 Na Mg 22, 99 24, 31 19 20 4 K 39, 10 Ca 40, 08 37 38 5 Rb Sr 85, 47 87, 62 55 56 6 Cs 132, 91 Ba 137, 33 87 88 7 Fr Ra 223, 02 226, 03 CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA

Leia mais

Versão 2. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Física e Química A Versão Teste Intermédio Física e Química A Versão Duração do Teste: 90 minutos 30.05.01 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de março Na folha de

Leia mais

Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe

Y Zr Nb Mo Tc Ru Rh Pd Ag Cd In Sn Sb Te I Xe A H,0 Li 7,0 Na 2,0 9 K 9,0 7 Rb 85,5 55 Cs,0 87 Fr (22) 2 2A Be 9,0 2 Mg 2,0 20 Ca 0,0 8 Sr 88,0 56 Ba 7,0 88 Ra (226) Elementos de Transição B B 5B 6B 7B 8B B 2B 5 6 7 A A 5A 6A 7A 78,5 8,0 8,0 86,0

Leia mais

Si, Ge, SiO 2, ZnS, etc. PF s e dureza elevados Insolúveis Isolantes (ou semicondutores)

Si, Ge, SiO 2, ZnS, etc. PF s e dureza elevados Insolúveis Isolantes (ou semicondutores) Sólidos covalentes C, diamante C, grafite Si, Ge, SiO 2, ZnS, etc. PF s e dureza elevados Insolúveis Isolantes (ou semicondutores) Sólidos covalentes TEV: rede 3D de ligações covalentes C, diamante (sp

Leia mais

2015.1 VESTIBULAR. Medicina. Prova Discursiva 02/11/2014

2015.1 VESTIBULAR. Medicina. Prova Discursiva 02/11/2014 VESTIBULAR 2015.1 Universidade Severino Sombra - USS Prova Discursiva Medicina 02/11/2014 Este caderno, com 16 páginas numeradas, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação

Leia mais

Vestibular2014 MEDICINA. Prova Discursiva 17/11/2013

Vestibular2014 MEDICINA. Prova Discursiva 17/11/2013 Universidade Severino Sombra - USS Vestibular2014 Prova Discursiva MEDICINA 17/11/2013 Este caderno, com 16 páginas numeradas, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação Periódica

Leia mais

BIOLOGIA/QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. COLE AQUI A ETIQUETA

BIOLOGIA/QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. COLE AQUI A ETIQUETA 2 a Etapa BIOLOGIA/QUÍMICA SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Leia atentamente o CARTAZ sobre ELIMINAÇÃO AUTOMÁTICA, afixado na parede da sala, à sua frente, e as instruções

Leia mais

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 10.03.2010

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 10.03.2010 Teste Intermédio de Física e Química A Teste Intermédio Física e Química A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 10.03.2010 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Na folha de

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Química Coordenação de Pós-graduação

Universidade Federal de Goiás Instituto de Química Coordenação de Pós-graduação Universidade Federal de Goiás Instituto de Química Coordenação de Pós-graduação EXAME DE SELEÇÃO DO MESTRADO EM QUÍMICA 2013/1 IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Número de Inscrição: INSTRUÇÕES IMPROTANTES: -

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

CONCEITO DE GEOQUÍMICA

CONCEITO DE GEOQUÍMICA UNIVERSIDADE FEDEREAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GEOLOGIA GEOQUÍMICA GC 012 CONCEITO DE GEOQUÍMICA Profa. Dra. Eleonora Maria Gouvea Vasconcellos Introdução distribuição dos elementos químicos controlada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA GRUPO 2 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA GRUPO 2 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO CADERNO DE QUESTÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO 2º DIA 07/06/2010 Biologia Química Redação SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Guerra fria (o espaço mundial)

Guerra fria (o espaço mundial) Guerra fria (o espaço mundial) Com a queda dos impérios coloniais, duas grandes potências se originavam deixando o mundo com uma nova ordem tanto na parte política quanto na econômica, era os Estados Unidos

Leia mais

Processo Seletivo 2009-1

Processo Seletivo 2009-1 Processo Seletivo 2009-1 GRUP 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GIÁS PRÓ-REITRIA DE GRADUAÇÃ CENTR DE SELEÇÃ Química SÓ ABRA QUAND AUTRIZAD 1. Após autorização, verifique se este caderno está completo ou se contém

Leia mais

O continente africano

O continente africano O continente africano ATIVIDADES Questão 04 Observe o mapa 2 MAPA 2 Continente Africano Fonte: . A região do Sahel, representada

Leia mais

2015.2 VESTIBULAR. Medicina. Prova Discursiva 31/05/2015

2015.2 VESTIBULAR. Medicina. Prova Discursiva 31/05/2015 VESTIBULAR 2015.2 Universidade Severino Sombra - USS Prova Discursiva Medicina 31/05/2015 Este caderno, com 16 páginas numeradas, contém 5 questões de Biologia e 5 questões de Química. A Classificação

Leia mais

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo. CNHECIMENTS GERAIS 01 Analise a veracidade (V) ou falsidade (F) das proposições abaixo, quanto aos efeitos negativos da utilização de combustíveis fósseis sobre o ambiente. ( ) A combustão de gasolina

Leia mais

- QUESTÕES DISCURSIVAS - GRUPO 4. (CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, MEDICINA VETERINÁRIA e ZOOTECNIA) PROVAS: BIOLOGIA, MATEMÁTICA, QUÍMICA e REDAÇÃO

- QUESTÕES DISCURSIVAS - GRUPO 4. (CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, MEDICINA VETERINÁRIA e ZOOTECNIA) PROVAS: BIOLOGIA, MATEMÁTICA, QUÍMICA e REDAÇÃO DEZEMBRO 2007 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR e PAS 3 SEGUNDA FASE - QUESTÕES DISCURSIVAS - GRUPO 4 (CIÊNCIAS BIOLÓGICAS, MEDICINA VETERINÁRIA e ZOOTECNIA)

Leia mais

003. Ciências da Natureza e Matemática

003. Ciências da Natureza e Matemática VESTIBULAR 2013 Prova de Conhecimentos Específicos e Redação 16.12.2012 Assinatura do candidato 003. Ciências da Natureza e Matemática (Questões 13-24) Confira seus dados impressos neste caderno. Assine

Leia mais

TESTE 02 4 a UNIDADE. Bom trabalho! INSTRUÇÕES: Aluno(a): Turma N o 9 o ano Ensino Fundamental II Data 01 / 10 / 13

TESTE 02 4 a UNIDADE. Bom trabalho! INSTRUÇÕES: Aluno(a): Turma N o 9 o ano Ensino Fundamental II Data 01 / 10 / 13 Aluno(a): Turma N o 9 o ano Ensino Fundamental II Data 01 / 10 / 13 INSTRUÇÕES: TESTE 02 4 a UNIDADE I. Sua avaliação consta de 12 questões. Verifique se seu exemplar está completo. II. Utilize caneta

Leia mais

MEDICINA. Prova Discursiva 01/06/2014. Instruções. Informações Gerais. Boa prova!

MEDICINA. Prova Discursiva 01/06/2014. Instruções. Informações Gerais. Boa prova! Universidade Severino Sombra - USS Vestibular2014.2 Prova Discursiva MEDICINA 01/06/2014 Este caderno, com dezesseis páginas numeradas, contém cinco questões de Biologia e cinco questões de Química. A

Leia mais

003. Ciências da Natureza e Matemática (Questões 13-24)

003. Ciências da Natureza e Matemática (Questões 13-24) VESTIBULAR MEIO DE ANO 2012 Prova de Conhecimentos Específicos e Redação 23.06.2012 Assinatura do candidato 003. Ciências da Natureza e Matemática (Questões 13-24) Confira seus dados impressos neste caderno.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011

PROCESSO SELETIVO 2011 PROCESSO SELETIVO 2011 Anos 06/12/2010 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO ANEXO 1 S PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO S PRÉVIOS DO 5º ANO PARA CANDIDATOS A BOLSA NO 6 ANO PORTUGUÊS Leitura e interpretação textual Artigo Substantivo (comum,

Leia mais

Ele deu... a luz. Era noite e chovia torrencialmente. Roberto,

Ele deu... a luz. Era noite e chovia torrencialmente. Roberto, A UU L AL A Ele deu... a luz Era noite e chovia torrencialmente. Roberto, prevenido, deu a sua ordem preferida: - Desliga a televisão que é perigoso, está trovejando! Mal ele acabou a frase, surgiu um

Leia mais

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10 QUESTÃO 1 VESTIBULAR FGV 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS 15 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA MANHÃ MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A O mon i tor de um note book tem formato retangular com a di ag o nal medindo

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 12 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior para titulares de Diploma de Especialização Tecnológica, Decreto-Lei n.º 113/2014, de

Leia mais

Jogos Didáticos de Química 4

Jogos Didáticos de Química 4 Jogos Didáticos de Química 4 Jogos Didáticos de Química 5 APRESENTAÇÃO Esta publicação traz exemplos jogos didáticos destinados ao ensino de química. Os jogos elaborados até o momento contemplam conteúdos

Leia mais

O Átomo. a + thomos = sem divisão

O Átomo. a + thomos = sem divisão O Átomo 1. O nome átomo tem origem na Grécia Antiga no sec. V a.c. Os pensadores antigos falavam da existência de partículas invisíveis e indivisíveis que formariam toda matéria. a + thomos = sem divisão

Leia mais

O globo em jornal. Nesta aula vamos aprender que existem

O globo em jornal. Nesta aula vamos aprender que existem A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ O globo em jornal Nesta aula vamos aprender que existem muitas diferenças e semelhanças entre as nações que formam o mundo atual. Vamos verificar que a expansão

Leia mais

Unioeste - Multivestibular 1999 PROVA DE MATEMÁTICA

Unioeste - Multivestibular 1999 PROVA DE MATEMÁTICA PROVA DE MATEMÁTICA 01. Um prêmio de R$ 2.000,00 deve ser dividido entre os três primeiros colocados em um concurso, de forma proporcional à pontuação obtida. Se o 1º colocado obteve 90 pontos, o 2º colocado

Leia mais

Comércio (Países Centrais e Periféricos)

Comércio (Países Centrais e Periféricos) Comércio (Países Centrais e Periféricos) Considera-se a atividade comercial, uma atividade de alto grau de importância para o desenvolver de uma nação, isso se dá pela desigualdade entre o nível de desenvolvimento

Leia mais

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 7º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da Recuperação Industrialização Urbanização População 1- A função urbana de uma cidade diz respeito

Leia mais

6ª Série/Ensino Fundamental

6ª Série/Ensino Fundamental 6ª Série/Ensino Fundamental ROTEIRO DE ESTUDO PARA AS PROVAS DE RECUPERAÇÃO /DEZEMBRO 2013 CIÊNCIAS NATURAIS: 16/12/13 SEGUNDA FEIRA répteis; mamíferos. REDAÇÃO: 16/12/13 SEGUNDA FEIRA Leitura e interpretação

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS

PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PROGRAMA DAS DISCIPLINAS PRODUÇÃO DE TEXTO O texto elaborado pelo candidato deve atender à situação de produção apresentada na prova, obedecendo para tanto à tipologia e ao gênero textual solicitados.

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 3C

CADERNO DE EXERCÍCIOS 3C CADERNO DE EXERCÍCIOS 3C Ensino Fundamental Ciências Humanas Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 1 África: Colonização e Descolonização H40 2 Terrorismo H46 3 Economia da China H23 4 Privatizações

Leia mais

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO: DISCIPLINA: Geografia PROFESSOR(A): Rodrigo/Saulo DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2ªEM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO Demografia (Transição

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 2 Colonização Para melhor entender o espaço africano hoje, é necessário olhar para o passado afim de saber de que forma aconteceu a ocupação africana. E responder: O

Leia mais

Telecurso 2000 Junho 2012

Telecurso 2000 Junho 2012 Instruções: Todas as trinta questões desta prova devem ser respondidas assinalando a alternativa adequada ao enunciado. A tabela periódica encontra-se no final desta prova. As questões de 1 a 10 referem-se

Leia mais

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE

RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE RESUMO PARA RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE Conceitos Diversos Estado É uma organização políticoadministrativa da sociedade. Estado-nação - Quando um território delimitado é composto de um governo e uma população

Leia mais

Recuperação 5º ano F1 Artes - 2015

Recuperação 5º ano F1 Artes - 2015 Artes - 2015 Artes Capítulos Unidade 1 10-15 História em quadrinhos e desenho animado: - História em quadrinhos; - Ler e estudar quadrinhos; - Os elementos das histórias em quadrinhos. Unidade 2 32-34

Leia mais

QUÍMICA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

QUÍMICA. Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. FAÇA LETRA LEGÍVEL. Duração desta prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este caderno contém oito questões, constituídas de itens e subitens, abrangendo um total de quinze

Leia mais

PUC - Rio VESTIBULAR 2015

PUC - Rio VESTIBULAR 2015 PUC - Rio VESTIBULAR 2015 2 o DIA TARDE GRUPO 4 Outubro / 2014 PROVAS OBJETIVAS DE FÍSICA E DE QUÍMICA PROVAS DISCURSIVAS DE GEOGRAFIA, DE HISTÓRIA E DE MATEMÁTICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Leia mais

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar)

Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Espaço Geográfico (Tempo e Lugar) Somos parte de uma sociedade, que (re)produz, consome e vive em uma determinada porção do planeta, que já passou por muitas transformações, trata-se de seu lugar, relacionando-se

Leia mais

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é:

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é: Aluno(a) Nº. Ano: º do Ensino Médio Exercícios para a Recuperação de MATEMÁTICA - Professores: Escossi e Luciano NÚMEROS COMPLEXOS 1) Calculando-se corretamente as raízes da função f(x) = x + 4x + 5, encontram-se

Leia mais

Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais

Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais Exercícios sobre África: Características Físicas e Organizações Territoriais 1. Observe o mapa a seguir. As partes destacadas no mapa indicam: a) Áreas de clima desértico. b) Áreas de conflito. c) Áreas

Leia mais

Lista de Exercício de Química - N o 6

Lista de Exercício de Química - N o 6 Lista de Exercício de Química - N o 6 Profa. Marcia Margarete Meier 1) Arranje em ordem crescente de energia, os seguintes tipos de fótons de radiação eletromagnética: raios X, luz visível, radiação ultravioleta,

Leia mais

CONTEÚDO DA 1ª AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2014. Disciplina: Redação Poema(forma e estrutura) Narrativa em prosa poética (momentos e elementos)

CONTEÚDO DA 1ª AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2014. Disciplina: Redação Poema(forma e estrutura) Narrativa em prosa poética (momentos e elementos) Série: 6º Ano CESEP- CENTRO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS DO PARÁ COORDENAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTLA/2º CICLO CONTEÚDO DA 1ª AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2014 Disciplina: Português Variedades linguísticas(formal e informal)

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 04/06/2011 Nota: Professor: Edvaldo Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

REVISÃO AMÉRICA ANGLO SAXÔNICA E MÉXICO

REVISÃO AMÉRICA ANGLO SAXÔNICA E MÉXICO REVISÃO AMÉRICA ANGLO SAXÔNICA E MÉXICO DIVISÃO DO CONTINENTE AMERICANO Os países que pertencem a América do Norte são: EUA, Canadá e México. Os países que pertencem a América Anglo Saxônica são: EUA

Leia mais

Português e Matemática

Português e Matemática Português e Matemática LEIA COM ATENÇÃO 01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 02. Preencha os dados pessoais. 03. A prova de PORTUGUÊS consiste

Leia mais

Obs.: São cartesianos ortogonais os sistemas de coordenadas

Obs.: São cartesianos ortogonais os sistemas de coordenadas MATEMÁTICA NOTAÇÕES : conjunto dos números complexos : conjunto dos números racionais : conjunto dos números reais : conjunto dos números inteiros = {0,,, 3,...} * = {,, 3,...} Ø: conjunto vazio A\B =

Leia mais

FUNDAMENTAL II: RECUPERAÇÃO 1º SEMESTRE 2015 9º ANO

FUNDAMENTAL II: RECUPERAÇÃO 1º SEMESTRE 2015 9º ANO FUNDAMENTAL II: RECUPERAÇÃO 1º SEMESTRE 2015 9º ANO Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA Turma : 901/902 Prof. :NETINHA GRUPO 1 1. ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO Leia com atenção Páginas: 21,22 Tarefas propostas Páginas:

Leia mais

Apostila de Física 30 Geradores Elétricos

Apostila de Física 30 Geradores Elétricos Apostila de Física 30 Geradores Elétricos 1.0 Definições Gerador elétrico Aparelho que transforma qualquer forma de energia em energia elétrica. Exemplos: Usinas hidrelétricas Geradores mecânicos. Pilhas

Leia mais

Recuperação Final Física 3ª série do EM

Recuperação Final Física 3ª série do EM COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO Recuperação Final Física 3ª série do EM Aluno: Série: 3ª série Turma: Data: 09 de dezembro de 2015 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1. Esta prova

Leia mais

Versão 1. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 1. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Física e Química A Versão 1 Teste Intermédio Física e Química A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 29.04.2013 11.º Ano de Escolaridade Na folha de respostas, indique de forma legível

Leia mais

Conteúdos Programáticos IIIª Unidade- 2015 Fundamental II

Conteúdos Programáticos IIIª Unidade- 2015 Fundamental II Conteúdos Programáticos IIIª Unidade- 2015 Fundamental II 6º ano Matemática Módulo 1, 2 e 3. Módulo 3 e 4. Módulo 1, 2, 3 e 4. Espanhol Texto informativo; Características físicas y de carácter; La família;

Leia mais

Disputa pela hegemonia mundial entre Estados Unidos e URSS após a II Guerra Mundial. É uma intensa guerra econômica, diplomática e tecnológica pela conquista de zonas de influência. Ela divide o mundo

Leia mais

Objetivas 2012. Qual dos números abaixo é o mais próximo de 0,7? A) 1/2 B) 2/3 C) 3/4 D) 4/5 E) 5/7 *

Objetivas 2012. Qual dos números abaixo é o mais próximo de 0,7? A) 1/2 B) 2/3 C) 3/4 D) 4/5 E) 5/7 * Objetivas 01 1 Qual dos números abaixo é o mais próximo de 0,7? A) 1/ B) /3 C) 3/4 D) 4/5 E) 5/7 * Considere três números, a, b e c. A média aritmética entre a e b é 17 e a média aritmética entre a, b

Leia mais

Lista de Recuperação de Geografia 2013

Lista de Recuperação de Geografia 2013 1 Nome: nº 9ºano Manhã Prof: Francisco Castilho Lista de Recuperação de Geografia 2013 Conteúdo da recuperação: Europa: industrialização e agropecuária, economia dos países europeues, Ásia: divisão regional,

Leia mais

Lista de Conteúdos preparatórios para exames finais e avaliação especial Filosofia - Professor Airton 3ª série Ensino Médio 2014

Lista de Conteúdos preparatórios para exames finais e avaliação especial Filosofia - Professor Airton 3ª série Ensino Médio 2014 Filosofia - Professor Airton 3ª série Ensino Médio 2014 Nietzsche e a critica radical. Vontade de poder. A crítica da crítica. Ética. Moral. A vontade de potência e o Além do homem. Eterno e retorno. Fenomenologia

Leia mais

Física - QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 20 pontos) RASCUNHO

Física - QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 20 pontos) RASCUNHO Física - QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETA- MENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999)

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) 1- (ITA-1980) Um ânion mononuclear bivalente com 10 elétrons apresenta: a) 10 prótons nucleares b) a mesma estrutura eletrônica que a do Mg 2+. c) número de massa igual a

Leia mais

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se:

07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: + + = = = + = = = = = = 07. Alternativa c. Seja PABC a pirâmide regular, com as medidas indicadas. Tem-se: (1) PP'A: 4 = cos60º = 1 = () PABC é regular P' é baricentro y = y = () ABC é equilátero + y =

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 8º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2010 EXCLUSIVAMENTE PARA OS CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

VESTIBULAR DE INVERNO PUC-Rio 2010 EXCLUSIVAMENTE PARA OS CURSOS DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO E DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VSTIBULAR D INVRNO PUC-Rio 2010 XCLUSIVAMNT PARA OS CURSOS D CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO D SISTMAS D INFORMAÇÃO GABARITO DA PROVA OBJTIVA D CONHCIMNTOS GRAIS BIOLOGIA Questão 1 Resposta: (C) diminuição do número

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AO SEGUINTE CARGO: Auxiliar de Serviços Gerais I PROVAS DE

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE ESTUDO PARA AS AVALIAÇÕES Prova: 2ª CHAMADA - 2 ª ETAPA 9º ANO

ORIENTAÇÕES DE ESTUDO PARA AS AVALIAÇÕES Prova: 2ª CHAMADA - 2 ª ETAPA 9º ANO ORIENTAÇÕES DE ESTUDO PARA AS AVALIAÇÕES Prova: 2ª CHAMADA - 2 ª ETAPA 9º ANO DISCIPLINA CONTEÚDO ORIENTAÇÕES DE ESTUDO Leitura e Interpretação de texto Os dias da semana Palavras Transparentes Palavras

Leia mais

Joinville, 29 de novembro de 2013. Senhores Pais:

Joinville, 29 de novembro de 2013. Senhores Pais: Joinville, 29 de novembro de 2013. Senhores Pais: Informamos que dia 06/12/2013, sexta feira, a partir das 14h, o boletim on-line estará disponível com notas referentes ao terceiro trimestre (após recuperação

Leia mais

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009 Questão 01 UFBA - -2009 2ª FASE 2009 Na Época Medieval, tanto no Oriente Médio, quanto no norte da África e na Península Ibérica, muçulmanos e judeus conviviam em relativa paz, fazendo comércio e expressando,

Leia mais

Conteúdos Exame Final e Avaliação Especial - 3ª série

Conteúdos Exame Final e Avaliação Especial - 3ª série Conteúdos Exame Final e Avaliação Especial - 3ª série Componente Curricular: Biologia Professor: Marcelo Palma Conceitos de nucleo e citogenética Genética molecular-dna,rna,duplicação,transcrição e tradução

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 1014 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Agente Comunitário

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE AVALIAÇÕES DE MAIO / 2010 6º ANO MATUTINO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DE AVALIAÇÕES DE MAIO / 2010 6º ANO MATUTINO São Luís (MA),19/05/2010. 6º ANO MATUTINO História A civilização mesopotâmica Planos do desenho, p.38 42; Perspectiva; Renascimento, p. 45 46; Imagens 3D / Encher, p.48 51. Sistema operacional, p.12; Conceitos

Leia mais

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010

PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROVA GEOGRAFIA 1 o TRIMESTRE DE 2010 PROF. FERNANDO NOME N o 8 o ANO A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- O desenvolvimento

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO. Prof. Israel Frois

FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO. Prof. Israel Frois FORMAÇÃO DO TERRITORIO BRASILEIRO Prof. Israel Frois SÉCULO XV Território desconhecido; Era habitado por ameríndios ; Natureza praticamente intocada Riqueza imediata: Pau-Brasil (Mata Atlântica) Seus limites

Leia mais

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA Inovação é o que distingue um líder de um seguidor. Steven Paul Jobs Grandes ideias mudam o mundo. Missão

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA FICHA DE ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS 9º ano - Desenho Geométrico - Prof: MORGADO Data da Prova: 08/04/2015-1ª AE - 1ª e 2ª Chamadas Refazer exercícios da apostila, refazer os exemplos feitos em sala e extra-classe, IAPs. Compasso, régua,

Leia mais

ENSINO MÉDIO - 2015 MATÉRIAS DE RECUPERAÇÃO FINAL 1ª série Língua Portuguesa Profa. Rosana. Pronomes e Verbo (tudo sobre).

ENSINO MÉDIO - 2015 MATÉRIAS DE RECUPERAÇÃO FINAL 1ª série Língua Portuguesa Profa. Rosana. Pronomes e Verbo (tudo sobre). REDE SAGRADO - COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE MARIA UBÁ - ANO 2015 Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Pré-Vestibular, Curso Técnico em Meio Ambiente Praça São Januário, 276 CEP:36500-000

Leia mais

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão.

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão. CRISE DO ESCRAVISMO A Dinamarca foi o primeiro país Europeu a abolir o tráfico de escravos em 1792. A Grã-Bretanha veio a seguir, abolindo em 1807 e os Estados Unidos em 1808. O Brasil foi o último país

Leia mais

II - Desenvolvimento. 1. O primeiro mundo. 2. Sociedades de consumo

II - Desenvolvimento. 1. O primeiro mundo. 2. Sociedades de consumo I - Introdução Consideram-se como Norte os países ricos ou industrializados: o primeiro Mundo ou países capitalistas desenvolvidos, em primeiro lugar e também os países mais industrializados do antigo

Leia mais

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo

Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo A UA UL LA MÓDULO 7 Crescimento urbano e industrial dos anos 20 ao Estado Novo Nesta aula O café foi o principal produto de exportação durante a República Velha. Os cafeicultores detinham o controle da

Leia mais

Exercícios Questões Inéditas Modelo ENEM

Exercícios Questões Inéditas Modelo ENEM Exercícios Questões Inéditas Modelo ENEM 1. Psicologia de um vencido Eu, filho do carbono e do amoníaco, Monstro de escuridão e rutilância, Sofro, desde a epigênese da infância, A influência má dos signos

Leia mais

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nova Friburgo, de de 2014. Aluno (a): Gabarito Professor(a): ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nº: Turma:100 Assuntos: Estrutura atômica; Tabela Periódica; Propriedades periódicas;

Leia mais

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 Seleção Pré Vestibular Gratuito da ONG Oficina de Cidadania 2009 A Origem A ONG Oficina de Cidadania funciona desde 1998 e agrega outros projetos, todos com ações visando

Leia mais

GEOGRAFIA. Questão 1. Analise a imagem.

GEOGRAFIA. Questão 1. Analise a imagem. Questão 1 GEOGRAFIA Analise a imagem. Fonte: casatolerancia.blogspot.com A imagem acima retrata um período importante da história do século XX, período esse que definiu um modelo de regionalização mundial

Leia mais

Ministério cfc Aeronáutica Departamento de P quba 9 DotaniwoMmgnto Centro Técnico Aaioatpacial

Ministério cfc Aeronáutica Departamento de P quba 9 DotaniwoMmgnto Centro Técnico Aaioatpacial Ministério cfc Aeronáutica Departamento de P quba 9 DotaniwoMmgnto Centro Técnico Aaioatpacial ICAROG: UM PROGRAMA QUE CONVERTE UMA BIBLIOTECA NO FORMATO WIMSD/4 DE CÓDIGO BCD PARA BINÁRIO E VICE-VERSA

Leia mais

PROVA DE HISTÓRIA 2 a ETAPA DO VESTIBULAR 2007

PROVA DE HISTÓRIA 2 a ETAPA DO VESTIBULAR 2007 PROVA DE HISTÓRIA a ETAPA DO VESTIBULAR 007 01. Leia, com atenção, as considerações sobre o movimento conhecido como Cruzadas e, em seguida, faça o que se pede. Guerra proclamada pelo Papa em nome de Cristo

Leia mais

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio.

01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. 01. Com freqüência os meios de comunicação noticiam conflitos na região do Oriente Médio. Sobre essa questão, leia atentamente as afirmativas abaixo: I. Em 11 de setembro de 2001, os EUA sofreram um violento

Leia mais

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 2ª ETAPA 2014 ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 2ª ETAPA 2014 ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014 CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014 1ª SÉRIE - 06/ 08/ 2014 - Capítulo 6 Citoplasma e organelas citoplasmáticas; - Capítulo 7 Núcleo e cromossomos; - Capítulo 8 Divisão celular:

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais