PROJETO TEMÁTICO INSTITUIÇÕES POLÍTICAS E GASTOS PÚBLICOS: UM ESTUDO COMPARATIVO DOS ESTADOS BRASILEIROS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO TEMÁTICO INSTITUIÇÕES POLÍTICAS E GASTOS PÚBLICOS: UM ESTUDO COMPARATIVO DOS ESTADOS BRASILEIROS"

Transcrição

1 FAQ PROJETO TEMÁTICO INSTITUIÇÕES POLÍTICAS E GASTOS PÚBLICOS: UM ESTUDO COMPARATIVO DOS ESTADOS BRASILEIROS Este FAQ está divido em três partes. A primeira trata de algumas dicas gerais; a segunda traz a estratégia de coleta de dados adotada em São Paulo para ilustrar formas de conseguir os dados. A terceira e última parte trata de dicas específicas aos quatro temas que identificam as abas do nosso formulário na internet: informações pessoais, cargo, escolaridade e profissão. 1. DICAS GERAIS Em geral, os Diários Oficiais têm mecanismos limitados de busca. Esta limitação implica que devemos evitar usar os Dos. como primeira fonte de informação, pois esta consulta deverá ser realizada dia por dia, o que tornará o processo ineficiente. Portanto, uma primeira dica geral é como encontrar informações preliminares que permitam tornar os mecanismos de busca dos Diários Oficiais mais efetivos. Nada disso evita a consulta ao Diário Oficial, pois esta consulta é a garantia da homogeneidade do banco. Em outras palavras, todas as informações relativas ao nome e período do secretário precisam ser checadas no Diário Oficial. As sugestões abaixo visam facilitar este objetivo. Passo 1: Procurar os nomes dos(as) secretários(as) que tomam posse no início do mandato. Isto pode ser feito através de uma consulta rápida ao mês de janeiro do diário oficial ou nas páginas no(s) principal (ais) jornal(ais) do estado (máximo de dois jornais por estado). Da mesma forma, fazer a mesma busca no mês de abril data da desincompatibilização dos secretários que desejam ser candidatos tanto do ano das eleições intermediárias (prefeitos e vereadores) como do ano da nova eleição para governador. Passo 2: De posse destes nomes voltar ao diário oficial para checar as outras informações disponíveis sobre os(as) secretários(as), inclusive sua demissão, geralmente determinada pela posse do substituto; Passo 3: Uma vez que um(a) secretário(a) for demitido(a), buscar nas fontes relacionadas nos passo 1 e 2 para o seu substituto e repetir o passo 3. OBSERVAÇÕES: A. Lembrar que o formulário funciona melhor no browser Firefox. Ele pode apresentar problemas em outros browsers, tal como o Internet Explorer, Google Chrome ou Safari

2 B. Cada novo mandato implica na posse de um novo gabinete; portanto, mesmo que o secretário(a) continue através de mais de um mandato o governador foi reeleito, por exemplo deve- se entrar novo registro de cargo/período para cada mandato. Da mesma forma, mudanças de secretaria durante um mandato, ou através de mandatos, implicam em novo registro. Lembrar que os dados pessoais do secretário(a) necessitam ser cadastrados apenas uma vez. C. Se o secretário(a) se candidatou em alguma eleição entre 1994 e 2010 o que provavelmente ocorreu na maioria dos casos talvez seja possível recuperar algumas informações importantes sobre ele(a) tais como: sexo, idade, escolaridade, profissão e filiação partidária de forma automática. Para isso, é necessário seguir os seguintes passos: i. buscar o nome e a data de nascimento do secretário(a) Dica: a data de nascimento pode ser encontrada digitando no Google o nome completo do secretário entre aspas e em seguida a expressão nascido em também entre aspas; ii. buscar o número do título eleitoral no seguinte site do TSE; (http://www.tse.gov.br/internet/servicos_eleitor/consultasituacaonome.ht m) iii. Entrar as informações no formulário (nome, data de nascimento e, principalmente, o número do título eleitoral); iv. A informação sobre o título eleitoral permitirá uma busca no banco com os dados dos candidatos, onde serão extraídas as informações para os secretários(as) que foram candidatos. Em resumo, com o nome e a data de nascimento do secretário(a) é possível conseguir o número do título eleitoral e boa parte das informações requisitadas no formulário. 2. ESTRATÉGIA DE COLETA DE DADOS EM SÃO PAULO Passo 1: Por meio de contato telefônico (PABX site Casa Civil), fomos direcionados à Diretoria de Recursos Humanos da Secretaria da Justiça e Defesa de Cidadania que, no caso do Estado de SP, é responsável por 'empossar' os demais Secretários de Estado. Esta Secretaria possui um livro "Termo de Compromisso dos Secretários de Estado" com os termos de compromissos assinados por todos os Secretários Estaduais de SP, desde época remota. No livro constam os seguintes dados: governador, nome completo secretário e secretaria respectiva, n. do decreto que o nomeia, data da publicação do decreto no Diário Oficial, RG (a partir de 1988) e assinatura dos respectivos secretários. É possível que muitos estados tenham livro semelhante. Passo 2: Após cadastramento no banco de dados dos nomes dos secretários e data de nomeação e demissão, buscaremos os Diários Oficiais de todas as nomeações e

3 montaremos um arquivo com todos os DO's de nomeação dos Secretários, validando as informações do Livro Termo de Compromisso. Passo 3: Descobrimos também que o Departamentos de Recursos Humanos de cada secretaria é responsável pela documentação dos seus respectivos Secretários de modo que o DRH da Secretaria de Justiça possuía o registro de todos os seus Secretários, com data nomeação, data exoneração e RG de cada um. Se necessário, uniformizaremos a solicitação destes dados para todas as demais Secretarias Estaduais. Passo 4: Solicitamos a colaboração de um dos Secretário de Estado (o mais próximo, no caso também é aluno de mestrado da FGV e conhece a pesquisa) para que efetuasse uma pesquisa, inicialmente junto DRH da sua Secretaria, buscando identificar que tipo de informações (agregadas ou esparsas) o DRH possuía sobre Secretários e como elas poderiam ser disponibilizadas. 3. PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DA INTERNET 3.1 Aba Informações Pessoais É preciso incluir o CPF, o RG e o título eleitoral simultaneamente? o Não, neste momento, o importante é o número do título eleitoral. Para conseguir o número do título, veja a Observação B nas Dicas Gerais acima. Além da estratégia apontada acima, quais os outros meios possíveis para começar a pesquisa? o Resposta (Celina Souza, Bahia): Estamos levantando os nomes a partir das mensagens que o governador enviou à Assembléia como relatório de governo. Se o nome do secretário estiver na mensagem de todos os anos, significa que não mudou. Podemos ver também, é claro, as mudanças de nome. Há muitos casos em que o mesmo político ou técnico ocupa diferentes posições no secretariado durante um mesmo governo. Como devemos proceder nesse caso? Criamos um formulário para cada função (o que pode representar ter, por exemplo, o Anastasia aparecendo 4 vezes no banco de dados), ou para cada pessoa (o que nos obrigaria a criar múltiplos cargos dentro do campo cargos)? o Resposta: Nesse caso devem ser criadas tantas linhas quanto forem necessárias por secretaria e governo. Por exemplo, um secretário que ocupou a pasta da saúde no governo Aécio I; a da educação no Governo Aécio I (mesmo governo); e Planejamento no governo Aécio II. Deverá ter três entradas, mesmo que as três secretarias tenham sido ocupadas durante o mesmo governo.

4 Onde procurar informações gerais sobre os secretários? o Resposta: O dicionário histórico- biográfico do CPODOC da FGV (http://cpdoc.fgv.br/acervo/dhbb) é uma fonte interessante. Em muitos casos, existem informações detalhadas nos verbetes para os secretários que foram deputados federais e/ou senadores. Como devemos digitar os nomes dos secretários? o Resposta: Não se deve usar acentuação no nome dos secretários para minimizar os esforços de buscas futuras. Muitos secretários usam um nome artístico que não necessariamente corresponde aquele de registro no CPF, RG, e afins. Não seria interessante contemplar ambas as possibilidades no nosso formulário? Por exemplo, será mais fácil encontrar informações sobre o Pedro Ivo Ferreira Caminhas se procurarmos por Pinduca Ferreira. Qual nome deve ser preenchido no formulário digital, o de registro ou o de uso político? o Resposta: Deve- se buscar informações também para os "nomes artísticos", desde que estejamos seguros de ser a mesma pessoa. Para o formulário, deve- se preencher somente o nome do registro, embora o identificador único (RG, CPF, ou título eleitoral) mais tarde nos permita agrupar todas as informações do banco por indivíduo. AVISO IMPORTANTE: todos os nomes dos secretários devem ser escritos sem acentos, cedilhas, e também sem abreviação. 3.2 Aba Cargo Como lidar com o período em que uma secretaria fica sem secretário? o A secretaria será considerada vaga caso ninguém a ocupe (que não seja de modo interino) por três meses ou mais. Caso essa situação ocorra, vale registrar nas observações o período em que secretaria ficou vaga. AVISO IMPORTANTE: todos os nomes das secretarias, devem ser escritos sem acentos, cedilhas, e também sem abreviação. Além disso, o termo secretaria deve ser omitido; por exemplo, as informações sobre os secretários de Educação devem ser introduzidas no campo Secretaria (ou órgão estadual) simplesmente como Educacao.

5 3.3 Aba Escolaridade 3.4 Aba Profissão Se a graduação é em Direito e mas pelo CV não dá para saber se exerceu a profissão porque tem vários cargos na administração pública, como responder? o Resposta: Se é funcionário público estatutário, então deve- se seguir as especificações pedidas. Nos casos em que o secretario(a) foi candidato alguma vez, entra- se a profissão indicada ao TSE. Finalmente, nos casos remanescentes, e mais difíceis, entra- se a profissão exercida por mais tempo. No caso de um secretário que é ou foi membro de um conselho de administração de alguma estatal, devemos considerar isso como cargo administrativo? Como enquadrar? o Resposta: Isso conta como cargo ocupado na administração pública. Na dúvida, insira esse tipo de informação nas observações. No caso de secretários(as) que foram chefes de departamento ou reitores, como enquadrar: atividade acadêmica ou cargo público na universidade? o Resposta: Se houver eleição para o cargo, deve ser considerado como cargo público na universidade. Se não houver eleição, deve ser considerado como atividade acadêmica. 3.5 Aba Observações O que se deve anotar no campo Observações? o Resposta: Como já se pode verificar ao longo desta FAQ, no campo Observações devem constar todas as informações que o pesquisador considerar relevantes, mas que não foram incluídas no formulário. Atenção especial deve ser dedicada às fontes das informações introduzidas no formulário.

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL 1. Acesse http://siops.datasus.gov.br, opção Certificação Digital. 1.1. Acesse a 1ª ETAPA - Orientações Gerais e leia as informações para ter uma visão

Leia mais

Eleições 2008 - Sistemas de registro de candidaturas

Eleições 2008 - Sistemas de registro de candidaturas Módulo II - 2º dia de aula >>2. Considerações iniciais>>2.4. Sistema de Candidaturas módulo externo CandEx Cartilha CandEx O CandEx, módulo externo do sistema de candidaturas, foi desenvolvido pelo Tribunal

Leia mais

PORTAL DO ALUNO - MANUAL

PORTAL DO ALUNO - MANUAL SUMÁRIO 1. Sobre o Portal do Aluno... 2 2. Acessar o Portal do Aluno... 2 2.1. Acessar o Portal... 2 2.2. Recuperação de senha... 3 2.3.1. Recuperação automática de senha por e-mail... 4 2.3.2. Recuperação

Leia mais

SOLICITAÇÃO DO REGISTRO SINDICAL. 1 Primeiro passo.

SOLICITAÇÃO DO REGISTRO SINDICAL. 1 Primeiro passo. SOLICITAÇÃO DO REGISTRO SINDICAL 1 Primeiro passo. Antes de qualquer coisa, é indispensável que o Sindicato solicitante do Registro Sindical possua Certificado Digital. O certificado, na prática, equivale

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARTE I - INTRODUÇÃO I Requisitos do Sistema. Para utilização do Sistema de Informações Gerenciais SIG, deve-se ter os seguintes requisitos: Acesso a Internet: Discado ou Banda Larga. Navegador de Internet:

Leia mais

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1

INFOGAB 3.0. Sistema de Automação de Gabinetes. Manual do Usuário V 2.1 INFOGAB 3.0 Sistema de Automação de Gabinetes Manual do Usuário V 2.1 1. Descrição do Sistema O Sistema de Automação de Gabinetes da Câmara dos Deputados (Infogab) tem por finalidade apoiar as atividades

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO

MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO MANUAL DE CADASTRO DO ADVOGADO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA Janeiro 2013 Sumário Bem Vindo ao PJe...3 1. Como o advogado deve se cadastrar...4 1.1. Preenchendo o formulário...4 1.2. Validação

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Perfis Envolvidos SIGAA GRADUAÇÃO Manual do Administrador Perfil Administrador DAE Administrador de Graduação: Administrador de Graduação (Servidor responsável pelo gerenciamento administrativo, cadastro

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

1º ACESSO. 1 No site Avon, a Revendedora deverá clicar em ATIVE SUA CONTA NA INTERNET.

1º ACESSO. 1 No site Avon, a Revendedora deverá clicar em ATIVE SUA CONTA NA INTERNET. Para garantir a segurança do site Avon e tornar o acesso ainda mais simples, o cadastro para 1º acesso e o processo de recuperação de senha serão validados por e-mail ou SMS. Se necessário, conte com o

Leia mais

MANUAL DO INGRESSANTE. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline

MANUAL DO INGRESSANTE. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline MANUAL DO INGRESSANTE www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline 1 Se você nunca acessou o sistema de matrícula em processos anteriores, clique em: Não sei a senha 2 Digite seu CPF e clique em Pesquisar

Leia mais

Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico. Documento Digital Ação de Usucapião

Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico. Documento Digital Ação de Usucapião SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Documento Digital Ação de Usucapião Apresentação Este documento tem como objetivo auxiliar os usuários do Sistema de

Leia mais

30 ANOS DE SOCIALISMO

30 ANOS DE SOCIALISMO PASSO A PASSO DO CANDEX Como cadastrar um partido ou uma coligação: 1 Para cadastrar um partido ou uma coligação no Candex começamos clicando no Módulo PEDIDOS e em seguida no ícone NOVO PEDIDO; 2 Preenchemos

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe JUSTIÇA FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO 1 Cadastro de Advogado 1. Preenchendo o formulário O acesso ao cadastro de advogado dar-se-á através do link disponível

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 Versão Preliminar 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...4 1.1 Apresentação...4 1.2 Organização e uso do manual...4 1.3 Dúvidas e canais de atendimento...4 2 VISÃO GERAL

Leia mais

MANUAL CADASTRO DO ADVOGADO

MANUAL CADASTRO DO ADVOGADO MANUAL CADASTRO DO ADVOGADO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Dezembro 2011 Sumário BEM VINDO AO PJe... 3 1. Como o advogado deve se cadastrar... 4 1.1. Preenchendo o formulário... 4 1.2. Validação de

Leia mais

Versão 2.0. Data de criação 13/05/2015

Versão 2.0. Data de criação 13/05/2015 Apostila de Treinamento Agendamento Versão 2.0 Data de criação 13/05/2015 Data de efetivação Este documento entra em vigor na sua publicação. Versão do Sistema 2.0.0.0 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Objetivo

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC MANUAL DO CANDIDATO SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC Para realizar a inscrição o candidato deve: 1º-LeroEditaldisponívelnositedo Sebrae; Passo a passo: Acesse o site: http://www.sebrae.com.br/

Leia mais

MANUAL DE REGISTRO DA COOPERATIVA NA OCESP

MANUAL DE REGISTRO DA COOPERATIVA NA OCESP 1 2014 MANUAL DE REGISTRO DA COOPERATIVA NA OCESP Controle Interno SESCOOP/SP 2 ÍNDICE Assunto Pág. APRESENTAÇÃO ACESSO AO SISTEMA DE REGISTRO PRÉ-CADASTRO CADASTRAMENTO ABAS INTEGRANTES DO CADASTRO PRINCIPAL

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Manual de Orientação do Sistema de Requerimento de Abertura de Conta Bancária Eleitoral SRACE/RACEP

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Manual de Orientação do Sistema de Requerimento de Abertura de Conta Bancária Eleitoral SRACE/RACEP TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL Manual de Orientação do Sistema de Requerimento de Abertura de Conta Bancária Eleitoral SRACE/RACEP Junho/2014 Conteúdo Sistema de Requerimento de Abertura de Conta Bancária

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. Página1

MANUAL DE SISTEMA. Página1 Página1 Página2 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 3 2 Passo a Passo... 4 2.1. Visão inicial do Sistema Presença 4 2.2. Solicitar Acesso 5 2.3. Substituição do Operador Municipal Máster 7 2.4. Acessar

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA SEEC Eleição dos representantes da sociedade civil no Conselho Estadual de Cultura CONSEC MANUAL DE ORIENTAÇÃO INSCRIÇÃO DOS DELEGADOS-CANDIDATOS REPRESENTANTES DAS ÁREAS

Leia mais

TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR. Foram aprovadas as seguintes alterações:

TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR. Foram aprovadas as seguintes alterações: Senado Federal Comissão da Reforma Política TEMAS DEBATIDOS DECISÕES DA COMISSÃO 1- SUPLÊNCIA DE SENADOR a) Redução de dois suplentes de Senador para um; b) Em caso de afastamento o suplente assume; em

Leia mais

Funções. Usuários. Servidores públicos.

Funções. Usuários. Servidores públicos. Manual Versão 1.0 O sistema de Recursos Humanos é utilizado para coletar, registrar, armazenar, analisar e recuperar dados dos recursos humanos da administração direta do Governo do Estado de Rondônia

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Funcionários Página 1 de 12 O cadastro de funcionários permite cadastrar o usuário que vai utilizar o SIGLA Digital e também seus dados pessoais.

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES RESPOSTAS E ORIENTAÇÕES*

DÚVIDAS FREQUENTES RESPOSTAS E ORIENTAÇÕES* UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA ADMINISTRATIVA SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DÚVIDAS FREQUENTES RESPOSTAS E ORIENTAÇÕES* * Orientações extraídas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC Matrícula de Estudante do SISUTEC Manual do Usuário Acesso ao módulo de Matrícula de Estudante do SISUTEC Descrição Este documento visa apresentar ao Gestor Responsável pela Unidade de Ensino, ao Assessor

Leia mais

ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras

ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras Regimento alterado e aprovado pelo plenário na XVII Reunião Extraordinária em Porto

Leia mais

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124

SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 1 12 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 SE Brasília/DF Jan./2013 24.000 ex. 10,5x29,7cm Editora MS/CGDI/SAA OS 2013/0124 12 Em 2013, o registro de dados no

Leia mais

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório.

Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Em 2013, o registro de dados no SIOPS passará a ser obrigatório. Fique atento aos procedimentos e prazos estabelecidos pela Lei para declaração de despesas com saúde. art certificado digital-siops-10,5x29,7.indd

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SISRH

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SISRH Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo SISRH Sistema de Gestão de Pessoas Versão 2.0a Manual de Operação

Leia mais

imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes)

imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes) Page 1 of 30 Impressao Oficial de justiça De PJe - Manual imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes) Tabela de conteúdo 1 Manual do Oficial de Justiça

Leia mais

Guia Rápido. Sistema de Cobrança - Beneficiário

Guia Rápido. Sistema de Cobrança - Beneficiário GuiaRápido SistemadeCobrança-Beneficiário GR SistemadeCobrança Beneficiário Índice 1 Introdução... 4 2 Público Alvo... 4 3 Pré-Requisitos... 4 4 Acessando o Sistema de Cobrança... 5 5 Cadastro... 6 5.1

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Divulgação de vagas na. comunidade FADERGS

Divulgação de vagas na. comunidade FADERGS Divulgação de vagas na comunidade FADERGS A FADERGS aliou-se ao site de carreiras VAGAS.com.br para oferecer um ambiente exclusivo para as empresas parceiras divulgarem vagas de emprego exclusivas para

Leia mais

MANUAL DO CURSO: Introdução a Projetos

MANUAL DO CURSO: Introdução a Projetos MANUAL DO CURSO: Introdução a Projetos Este manual foi desenvolvido para orientá-lo(a) no curso on-line Introdução a Projetos. Aqui você encontrará informações, procedimentos e dicas de como se preparar

Leia mais

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1. Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.0 SUMÁRIO Manual do SISC... 3 1. Finalidade do SISC... 3 2. Requisitos

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - SECOM 3ª Av.nº 390, Plataforma IV, 1ºandar, CAB.CEP: 41.745-005 Salvador - Bahia Brasil Tel e Fax: (71) 311566644/6025- site: www.secom.ba.gov.br

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR WEB PORTFÓLIO PROVAB 2014 MÉDICOS

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR WEB PORTFÓLIO PROVAB 2014 MÉDICOS PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR WEB PORTFÓLIO PROVAB 2014 MÉDICOS Brasília/DF, 8 de outubro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO TUTORIAL DO WEB PORTFÓLIO PROVAB

Leia mais

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc.

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc. Procedimento 1.1. Passo a Passo - Cadastro de Beneficiários 1. Primeiramente, deverá ser efetuado o cadastro do TITULAR do benefício. Somente após este preenchimento, será permitido cadastrar os dependentes.

Leia mais

Guia Prático Graduação Sanduíche no Exterior - Programa Ciência Sem Fronteiras

Guia Prático Graduação Sanduíche no Exterior - Programa Ciência Sem Fronteiras Versão Janeiro/2014 Guia Prático Graduação Sanduíche no Exterior - Programa Ciência Sem Fronteiras Este guia é destinado exclusivamente aos estudantes selecionados para realizar uma Graduação Sanduíche

Leia mais

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito)

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) Primeiro Acesso O aluno deve acessar o endereço http://s2.aesanet.net/cades e clicar no botão Cadastre-se como mostra a figura abaixo; Em seguida

Leia mais

EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013.

EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013. EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013. O PRÓ-REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital

Leia mais

Portal Autorizador Intermédica

Portal Autorizador Intermédica Versão 1.14 Portal Autorizador Intermédica Portal para Autorização de Procedimentos Manual de Utilização Versão 1.14 (Junho/2014) Tempro Software Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS...

Leia mais

Manual de orientação do Sistema de Recibos Eleitorais SRE

Manual de orientação do Sistema de Recibos Eleitorais SRE TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL - TSE Manual de orientação do Sistema de Recibos Eleitorais SRE Janeiro/2014 Apresentação do sistema: Este manual tem o intuito de orientar os candidatos e partidos/comitês

Leia mais

REGISTRO DE CANDIDATO

REGISTRO DE CANDIDATO LEGISLAÇÃO APLICÁVEL - Constituição Federal - Código Eleitoral (Lei n. 4737/65) - Lei n. 9.504/97 (Lei das Eleições) - Lei Complementar n. 64/90 (Lei das Inelegibilidades) DISPOSIÇÕES GERAIS REGISTRO DE

Leia mais

Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório

Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório Vigilantos. Manual do Usuário Laboratório Copyright 2006 http://vigilantos.dive.sc.gov.br Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida, distribuída ou utilizada sem

Leia mais

1ª Chamada Pública Para Ocupação de Vagas de Formadores

1ª Chamada Pública Para Ocupação de Vagas de Formadores ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DE SÃO GONÇALO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO E APOIO PEDAGÓGICO 1ª Chamada Pública Para Ocupação de Vagas de Formadores A Secretária Municipal de Educação,

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica Manual de Operação do SISTEC Bolsa Formação Estudante e Bolsa

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos VERSÃO 2.0

Manual do Usuário. Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos VERSÃO 2.0 Manual do Usuário Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos VERSÃO 2.0 1 Apresentação O SEIA Sistema Estadual de Informações Ambientais e de Recursos Hídricos é uma ferramenta fundamentada

Leia mais

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO Versão 1.0 - Preliminar Setembro / 2012 Índice ACESSO AO DATAPRONERA... 3 Navegadores Compatíveis... 3 LOGIN NO DATAPRONERA... 3 CADASTROS... 4 Pessoa Física... 4 CURSOS...

Leia mais

CURSOS DE EXTENSÃO E EVENTOS. Os formulários para credenciamento de cursos de extensão e eventos estão disponíveis na Intranet.

CURSOS DE EXTENSÃO E EVENTOS. Os formulários para credenciamento de cursos de extensão e eventos estão disponíveis na Intranet. CURSOS DE EXTENSÃO E EVENTOS Os formulários para credenciamento de cursos de extensão e eventos estão disponíveis na Intranet. (Clique aqui) Você deve acessar a Intranet com seu login (Nome escolhido para

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR NOVAS FUNCIONALIDADES DO WEB PORTFÓLIO PROVAB 2015 Brasília/DF, 12 de novembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO NOVAS FUNCIONALIDADES

Leia mais

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO 2014 - VALID Certificadora Digital Controle de Versões Autor Descrição Versão Data Lays Almeida Versão Inicial 1.0 06.11.2014 2014 - VALID Certificadora Digital

Leia mais

TUTORIAL PARA O TUTOR

TUTORIAL PARA O TUTOR PROJETO MAIS MÉDICOS PARA O BRASIL TUTORIAL PARA O TUTOR WEB PORTFÓLIO Brasília/DF, 17 de novembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO TUTORIAL DO WEB PORTFÓLIO MAIS MÉDICOS Prezado (a) Tutor (a) participante do PROJETO

Leia mais

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas SESAU Coordenadoria Setorial de Gestão a Informática - CSGI Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Maceió 06/02/2012 Técnico Responsável: Bruno Cavalcante

Leia mais

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3);

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3); 1. Digite em seu navegador de Internet (Google Chrome, Mozilla Firefox, Internet Explorer, etc) o endereço eletrônico s2id.integracao.gov.br; 2. Clique em Registro e Reconhecimento (Figura 1); Figura 1

Leia mais

Manual de Operações Bolsa- Formação

Manual de Operações Bolsa- Formação Manual de Operações Bolsa- Formação Este manual destina-se aos usuários do Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica SISTEC, no que tange à gestão e operacionalização da Bolsa-Formação,

Leia mais

Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Eleitorais SRE

Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Eleitorais SRE TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL - TSE Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Eleitorais SRE Julho/2014 Apresentação do sistema: Este manual tem o intuito de orientar os candidatos e partidos/comitês

Leia mais

Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico

Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico 2014 Guia Básico de Utilização do Sistema de Peticionamento Eletrônico Vs 01 Núcleo de Práticas Jurídicas 27/02/2014 Conteúdo PÁGINA INICIAL... 3 TELA DE LOGIN... 4 TELA DE CADASTRO... 5 TELA PETIÇÃO INICIAL

Leia mais

TABELA COM PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÃO MUNICIPAL. Prefeito Vice-prefeito. 4 meses 6 meses

TABELA COM PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÃO MUNICIPAL. Prefeito Vice-prefeito. 4 meses 6 meses Cargo Administrador de empresa de economia mista destinada à exploração de transporte urbano, que tem como acionista majoritário o município. TABELA COM PRAZOS DE DESINCOMPATIBILIZAÇÃO ELEIÇÃO MUNICIPAL

Leia mais

Guia Prático de Acesso

Guia Prático de Acesso Guia Prático de Acesso 1. Como acessar o novo e-volution? O acesso ao novo e-volution é feito através do endereço novo.evolution.com.br. Identifique abaixo as possíveis formas de acesso: 1.1 Se você já

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Funcionários

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Funcionários C A R T I L H A - Recursos Humanos Funcionários Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR NOVAS FUNCIONALIDADES DO WEB PORTFÓLIO PROVAB 2015 Brasília/DF, 12 de novembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO NOVAS FUNCIONALIDADES

Leia mais

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE REQUERIMENTOS ON-LINE

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE REQUERIMENTOS ON-LINE SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA DEPARTAMENTO DE RECURSOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE REQUERIMENTOS ON-LINE Mogi das Cruzes, 2010. Sumário 1. Requerimentos Disponíveis...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED GUIA PARA INSCRIÇÃO As inscrições serão realizadas no endereço eletrônico www.pss.pr.gov.br, no período que consta em edital. O candidato deve possuir Cadastro no

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Baidu Spark Browser. Documento de Especificação de Requisitos de Software

Baidu Spark Browser. Documento de Especificação de Requisitos de Software Baidu Spark Browser Documento de Especificação de Requisitos de Software Campus Party Brasil 2014 Desafio Baidu Quero um estágio na China Autor: Thiago Pinheiro Silva E-mail: eu@thiageek.com.br Índice

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Representação da UNESCO no Brasil. DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia

Representação da UNESCO no Brasil. DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia Representação da UNESCO no Brasil DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia 1ª Edição Brasília e São Paulo UNESCO e OBORÉ Setembro de 2009 2009 Organização das Nações

Leia mais

TUTORIAL PARA O TUTOR

TUTORIAL PARA O TUTOR MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O TUTOR WEB PORTFÓLIO Brasília/DF, 14 de abril de 2014. 1 APRESENTAÇÃO TUTORIAL DO WEB PORTFÓLIO MAIS MÉDICOS Prezado (a) Tutor (a) participante do PROJETO MAIS MÉDICO PARA O

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO MANUAL DO CANDIDATO Para participar do processo de credenciamento, acesse o site do Sebrae/SC em www.sebrae-sc.com.br, clique em Soluções deste Estado e depois clique em Seja consultor e/ou instrutor.

Leia mais

Autorizador Web Notredame

Autorizador Web Notredame 2013 Autorizador Web Notredame Portal para Autorização de Procedimentos Manual de Utilização Versão 1.13 ( Maio/2013) Tempro Software Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 2 3. ACESSANDO

Leia mais

PORTAL ACADÊMICO ALUNO

PORTAL ACADÊMICO ALUNO PORTAL ACADÊMICO ALUNO Sumário 1. LOGIN... 3 2. DADOS PESSOAIS... 6 3. OCORRÊNCIAS... 6 4. ACESSO AOS BOLETINS... 7 5. DESBLOQUEIO DE POP UP... 7 6. DOWNLOAD DE MATERIAIS DAS DISCIPLINAS... 9 7. CADASTROS

Leia mais

MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP

MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP ÍNDICE 01 - COMO UTILIZAR SEU EMAIL...02 02 CONFIGURANDO PARA SEMPRE QUE ABRIR O EMAIL ABRIR A CAIXA DE ENTRADA...03 03 - COMO LER OS EMAILS...05 04 - COMO RETIRAR

Leia mais

MANUAL DO SAHEC. Sistema de Agendamento de Horários para Elaboração de Cálculos

MANUAL DO SAHEC. Sistema de Agendamento de Horários para Elaboração de Cálculos MANUAL DO SAHEC Sistema de Agendamento de Horários para Elaboração de Cálculos VERSÃO 1.0 Outubro/2013 Manual do SAHEC Sindicato dos Médicos de São Paulo www.simesp.org.br Conteúdo 1. COMPATIBILIDADE COM

Leia mais

SISTEMA DE SEGURANÇA DIGITAL - SSD MANUAL DE OPERAÇÃO

SISTEMA DE SEGURANÇA DIGITAL - SSD MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE SEGURANÇA DIGITAL - SSD MANUAL DE OPERAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica - SETEC Página 1 APRESENTAÇÃO O Sistema de Segurança Digital é um sistema de cadastro único que objetiva

Leia mais

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é:

Navegando no produto e utilizando esse material de apoio, você descobrirá os benefícios do IOB Online Regulatório, pois só ele é: 1. CONCEITO Completo, prático e rápido. Diante do aumento da complexidade da tributação e do risco fiscal, pelos desafios de conhecimento e capacitação e pela velocidade para acompanhar mudanças na legislação,

Leia mais

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Cadastro de associado e emissão de boletos na Central de Atendimento On-line Objetivo Orientar o associado sobre o cadastro inicial

Leia mais

QUALIDATA Soluções em Informática. Módulo CIEE com convênio empresas

QUALIDATA Soluções em Informática. Módulo CIEE com convênio empresas FM-0 1/21 ÍNDICE 1. MÓDULO DESKTOP(SISTEMA INSTALADO NO CIEE)... 2 Cadastro de Ofertas de Empregos:... 2 Cadastro de Eventos:... 3 Cadastro de Instituições do Curriculum:... 5 Cadastro de Cursos do Curriculum:...

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. <Versão: 1.0> Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010 Obter Acesso aos Sistemas Educação Manual de Utilização Página 1/9 Conteúdo 1. Introdução... 3 1.1 Objetivo... 3 1.2 Escopo... 3 1.3 Acesso... 3 1.4 Requisitos básicos... 3 2. Interface de

Leia mais

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO MANUAL ITCMD - DOAÇÃO ACESSO AO SISTEMA ITCMD 2 CRIAÇÃO E PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO 2 1º PASSO: ESCOLHA DO TIPO DE DECLARAÇÃO 2 2º PASSO: AJUDA INICIAL 3 3º PASSO: CADASTRAMENTO DE SENHA 3 4º PASSO:

Leia mais

Solicitação de Bolsa Nota 10 Mestrado e Doutorado Manual de Instruções (última atualização 11/01/2013)

Solicitação de Bolsa Nota 10 Mestrado e Doutorado Manual de Instruções (última atualização 11/01/2013) Solicitação de Bolsa Nota 10 Mestrado e Doutorado Manual de Instruções (última atualização 11/01/2013) 1. CONTATOS... 2 2. PRÉ-REQUISITOS... 2 TÉCNICO:... 2 OPERACIONAL:... 2 3. REGRAS PARA SOLICITAÇÃO

Leia mais

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Curso A Escola no Combate ao Trabalho Infantil (ECTI), Este tutorial pretende

Leia mais

Integração da Digitação de Eventos

Integração da Digitação de Eventos Integração da Digitação de Eventos Índice 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. Primeiro Acesso... 1 1.2. Conhecendo a Plataforma... 3 1.2.1. Seleção da Empresa... 3 1.2.2. Sair do sistema/minhas Configurações...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC MANUAL DO CANDIDATO SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC PESSOA JURÍDICA SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC Identificação do Edital Para fazer a inscrição, o candidato (Representante Legada da

Leia mais

Manual para abertura de ticket

Manual para abertura de ticket Manual para abertura de ticket Santo André 2015 Resumo A Tec House Informática desenvolveu este manual de forma prática e intuitiva com o objetivo de auxiliar você, cliente, na resolução de problemas encontrados

Leia mais

MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATOS POR TEMPO DETERMINADO EDITAL Nº.

MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATOS POR TEMPO DETERMINADO EDITAL Nº. MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATOS POR TEMPO DETERMINADO EDITAL Nº. 040/2015 O MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS torna pública a realização

Leia mais

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Projeto ECA na Escola, Este tutorial pretende auxiliá-lo na navegação na Plataforma de Educação à Distância

Leia mais

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Conteúdo Elaboração do projeto... 3 1. Acesso ao Sistema... 4 2. Tipo de Certificado... 4 2.1. Navegador padrão para acessar

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único Instrução Operacional nº 35 SENARC/MDS Brasília, 15 de abril de 2010. Assunto: Divulga as orientações necessárias para a solicitação de cadastramento de usuários municipais no novo sistema de Cadastro

Leia mais

1.1. Quais são as normas da Anvisa e onde são publicadas no DOU? 1.2. Como consultar a publicação de uma resolução da Anvisa no DOU?

1.1. Quais são as normas da Anvisa e onde são publicadas no DOU? 1.2. Como consultar a publicação de uma resolução da Anvisa no DOU? Atualizado: 17 / 09 / 2013 - FAQ - AI 1. Diário Oficial da União (DOU) 1.1. Quais são as normas da Anvisa e onde são publicadas no DOU? 1.2. Como consultar a publicação de uma resolução da Anvisa no DOU?

Leia mais