TERMO DE REFERÊNCIA. TDR Fábrica de Construção v Página 1/27

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMO DE REFERÊNCIA. TDR Fábrica de Construção v20090720 Página 1/27"

Transcrição

1 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO FÍSICO (FASE DE DESIGN), IMPLEMENTAÇÃO E TESTE UNITÁRIO DE PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO TDR Fábrica de Construção v Página 1/27

2 Sumário 1.Objeto Período de Eecução Volume Estimado Local de Eecução dos Serviços Disposições Gerais Responsável pelo Contrato Detalhamento dos Serviços a Serem Contratados Planejamento para Início dos Trabalhos Ordem de Serviço (OS) Prazo de Eecução dos Serviços Abertura da OS Eecução da OS Solicitação de Mudança Durante a Eecução da OS Fechamento da OS Pagamento da Ordem de Serviço Unidade de Pagamento da Ordem de Serviço Medição dos Serviços Penalidades Cancelamento de Ordem de Serviço Multas Multa por Descumprimento dos Prazos Multa por Erro Detectado na Inspeção Multa por Erro Detectado na Fase de Garantia Outras Situações Cancelamento de Ordem de Serviço Transferência de Conhecimento Das Garantias Da Garantia dos Serviços Da Garantia Contratual Requisitos de Segurança da Informação Responsabilidades da DATAPREV Responsabilidades da CONTRATADA Requisitos Mínimos para a CONTRATADA Metodologia de Desenvolvimento Qualidade Garantia da Qualidade Controle de Qualidade e Testes de Software...15 TDR Fábrica de Construção v Página 2/27

3 TDR Fábrica de Construção v Página 3/27

4 1. Objeto Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de especificação de projeto físico (fase de design), implementação e teste unitário de projetos de desenvolvimento de sistemas de informação, conforme especificado nesse Termo de Referência. 2. Período de Eecução O período proposto para a eecução dos serviços é de 12 (doze) meses renováveis, a critério da DATAPREV, na forma da legislação vigente. 3. Volume Estimado A DATAPREV possui demandas não atendidas de desenvolvimento de sistemas, dos quais as fases de projeto físico e/ou implementação e teste unitário podem vir a serem demandadas à CONTRATADA nos serviços objeto do contrato. Pela metodologia adotada nesse documento, as demandas de projeto físico e implementação, que somados atingem até 50% (cinquenta por cento) do esforço (vide item 9.8 tabela 3), totalizam um volume estimado de contratação de (dez mil e quarenta) pontos de função. A DATAPREV, na forma da legislação vigente, não está obrigada a contratar a realização de todo o volume estimado em pontos de função, assim como, não está igualmente obrigada a realizar contratações com frequência determinada, devendo demandar contratações no tempo e nas quantidades pertinentes ao atingimento de suas necessidades técnicas e operacionais. 4. Local de Eecução dos Serviços Os serviços contratados serão eecutados eclusivamente nas dependências da CONTRATADA, no território brasileiro, que deverá providenciar, às suas epensas, toda a infraestrutura de hardware e software bem como os recursos físicos necessários à prestação dos serviços contratados. As interações entre os profissionais da DATAPREV e da CONTRATADA, necessárias à eecução dos serviços, ocorrerão nas dependências da DATAPREV na cidade do Rio de Janeiro e dar-se-ão em horário comercial, de 08:00 às 18:00 horas, de segunda a seta-feira, eceto feriados. A necessidade de qualquer interação, nas dependências da DATAPREV, fora do horário comercial deverá ser precedida de solicitação escrita e será condicionada a autorização da DATAPREV. A CONTRATADA arcará com todas as despesas de deslocamento do seu pessoal ou prepostos para prestação dos serviços. 5. Disposições Gerais É permitida a participação de empresas em Consórcio, sendo, no entanto, vedada a subcontratação. No caso de participação de empresas em Consórcio será obrigatório a indicação da empresa líder do consórcio obedecido o disposto no artigo 33, parágrafo 1º, da Lei nº 8.666/93, que será responsável perante a DATAPREV, pelo cumprimento das obrigações das consorciadas, tendo amplos poderes para representar as consorciadas no procedimento licitatório e no Contrato, receber o preço do serviço, dar quitação, responder administrativa e judicialmente, inclusive receber notificação, intimação e citação. A DATAPREV poderá, a seu critério e sem prévio aviso, realizar auditorias nas unidades da CONTRATADA responsáveis pela prestação dos serviços contratados, visando a confirmação do cumprimento de todas as eigências e requisitos especificados nesse termo de referência ou acordados durante o planejamento para início dos trabalhos. O BENEFICIÁRIO deve comunicar, formalmente, com 2 (dois) dias de antecedência, caso decida realizar auditoria de qualidade nas instalações da CONTRATADA. A Auditoria deverá ter como resultado, um relatório de avaliação produzido pelo responsável pela realização da auditoria. Todos os documentos confeccionados pela CONTRATADA deverão ser redigidos em português, inclusive os comentários de documentação inseridos no código fonte dos arquivos de programas. TDR Fábrica de Construção v Página 4/27

5 Os produtos confeccionados pela DATAPREV e entregues à CONTRATADA, assim como os produtos confeccionados pela CONTRATADA para entrega à DATAPREV, devem utilizar eclusivamente as ferramentas e tecnologias relacionadas no Aneo I e selecionadas para o serviço contratado. A inclusão, substituição ou eclusão de itens constantes da Descrição do Ambiente Tecnológico, Aneo I, deverá ser acordada entre as partes e somente poderá ser adotada após formalização. Caberá a DATAPREV a indicação das ferramentas e tecnologias, relacionadas no Aneo I, que deverão ser utilizadas na eecução de cada contratação. 6. Responsável pelo Contrato A CONTRATADA deverá indicar um representante, até a fase de planejamento dos trabalhos, que deve estar autorizado a agir em nome da mesma em qualquer assunto pertencente ao acordo firmado. O representante, ou Responsável pelo Contrato, deverá ser um empregado da CONTRATADA e será responsável, entre outras atribuições, por: Representar os interesses da CONTRATADA perante a DATAPREV; Acompanhar e controlar as Ordens de Serviço; Gerenciar a equipe de profissionais que interage com a DATAPREV; Realizar os procedimentos administrativos junto a DATAPREV; Manter a DATAPREV informada sobre o andamento e a qualidade dos serviços prestados. A DATAPREV indicará um funcionário que atuará como representante do Departamento de Desenvolvimento de Software (DEDS) e como gestor do contrato, servindo como fiscal do serviço contratado e como mediador entre as partes. 7. Detalhamento dos Serviços a Serem Contratados Poderão ser contratados os serviços de especificação e modelagem de projeto físico e/ou de implementação. A especificação de projeto físico envolve a confecção dos artefatos de projeto físico (vide Aneo VII), em conformidade com os padrões técnicos e de qualidade acordados entre as partes, e as demais atividades comuns em projetos de desenvolvimento, necessárias para a correta confecção dos artefatos de saída da OS. A implementação envolve a construção dos arquivos de programas, a eecução de testes unitários e as demais atividades comuns a essa fase em projetos de desenvolvimento, necessárias para a correta confecção dos artefatos de saída da OS (vide Aneo VII). As atividades pertinentes a modelagem da estrutura física de dados (diagrama de entidade relacional, criação de scripts de descrição da estrutura de banco de dados e outros, conforme relacionado no Aneo VII) serão realizadas pela DATAPREV. A contratação de serviços da CONTRATADA pela DATAPREV será sempre por meio de Ordens de Serviço (OS), oriundas somente dos seguintes tipos de projeto de desenvolvimento: Desenvolvimento de sistema ou módulos novos; Desenvolvimento de novas funcionalidades em sistema ou módulo eistente; Desenvolvimento de rotinas de etração, transformação e carga de dados (ETL) de apurações para sistemas gerenciais ou de um processo de migração para implantação de um sistema novo; Mudança de rotina anteriormente implementada pela CONTRATADA. 8. Planejamento para Início dos Trabalhos As partes se comprometem, durante os primeiros 10 (dez) dias úteis, a partir da assinatura do contrato, a estabelecer um grupo de trabalho (GT), para definir aspectos operacionais e de controle para a plena TDR Fábrica de Construção v Página 5/27

6 eecução dos serviços a serem contratados por meio de Ordens de Serviço (OS). Os trabalhos afetos ao GT terão suas reuniões na cidade do Rio de Janeiro/RJ e com duração de até 10 (dez) dias úteis. Todos os acordos técnicos resultantes deste processo de integração serão considerados como acordos adicionais, passando a ser parte integrante do contrato. Fazem parte deste processo de planejamento entre outros: Apresentação do ambiente operacional da DATAPREV; Apresentação técnica, pela equipe da DATAPREV, dos padrões arquiteturais e da biblioteca de componentes (framework) da DATAPREV; Apresentação do Processo de Desenvolvimento da DATAPREV, incluindo o plano de testes; Revisão do processo de aquisição; Estabelecimento dos documentos obrigatórios e as respectivas formas de preenchimento e Equalização da compreensão, vocabulário, templates e convenções relativas à: critérios de validação estática e dinâmica de modelo e código; forma de transferência de conhecimento; plano de comunicação; padrões de qualidade e técnicos; padrão de versionamento e gerência de configuração e mudança. 9. Ordem de Serviço (OS) A DATAPREV solicitará os serviços à CONTRATADA por meio de emissão de Ordem de Serviço (OS). A Ordem de Serviço (OS) será emitida somente pelo DEDS, baseado na necessidade de uma gerência de serviço ou de um projeto de desenvolvimento de software, formalmente constituído em um dos departamentos de sustentação de produtos ou em uma das unidades de desenvolvimento da DATAPREV subordinadas ao DEDS. O DEDS atuará como gestor do contrato, servindo como fiscal do serviço contratado e como mediador entre o projeto demandante e a CONTRATADA. O gerente de serviço ou o gestor de projeto será responsável pela gestão técnica da OS emitida pelo DEDS para atender à demanda. O Processo de Desenvolvimento da DATAPREV é iterativo e incremental. Desta forma, um projeto poderá gerar demanda que justifique a emissão, pelo DEDS, de mais de uma OS, conforme o plano de iterações do projeto demandante, não havendo obrigatoriedade de contratar a CONTRATADA para a eecução de outras iterações do mesmo projeto junto a CONTRATADA. 9.1 Prazo de Eecução dos Serviços A tabela abaio será utilizada nesse contrato como referência para estabelecimento dos prazos para atendimento dos serviços. Esta tabela estabelece os prazos máimos admissíveis para a conclusão de um serviço tomando como base seu tamanho em pontos de função e contemplando todos os procedimentos necessários à garantia da qualidade. Tamanho da OS em Pontos de Função Prazo Máimo em Dias Úteis Projeto Físico Implementação e Teste Unitário Prazo Máimo para Início da OS em Dias Úteis Até dias dias TDR Fábrica de Construção v Página 6/27

7 Tamanho da OS em Pontos de Função Prazo Máimo em Dias Úteis Projeto Físico Implementação e Teste Unitário Prazo Máimo para Início da OS em Dias Úteis dias dias dias dias dias dias dias dias dias dias Tabela 1: Prazos Máimos de Atendimento Para volumes intermediários o prazo máimo será determinado por interpolação linear. No caso de quantidades intermediárias de Pontos de Função aos valores da tabela, o prazo máimo será determinado por interpolação na tabela. Prazos máimos superiores aos definidos na tabela 1 poderão ser ecepcionalmente admitidos a critério da DATAPREV quando condições supervenientes venham a interferir na eecução do serviço. Os prazos definidos na tabela 1 serão utilizados como referência para o estabelecimento dos prazos de entrega dos serviços contratados, sendo o prazo de cada serviço contratado formalizado na OS. 9.2 Abertura da OS O processo de abertura de OS está modelado no Aneo II. A abertura da OS será sempre conjugada com uma reunião para apresentação pela DATAPREV do serviço, onde serão eibidos uma visão geral do escopo da OS e entregues os artefatos de entrada do serviço contratado e a planilha de contagem de ponto de função do serviço demandado. A reunião de apresentação do serviço será previamente agendada e realizada nas dependências da DATAPREV na cidade do Rio de Janeiro. A CONTRATADA terá o prazo de até 5 (cinco) dias úteis, a partir da reunião de apresentação, para realizar a inspeção dos artefatos de entrada da ordem de serviço, fazendo uso dos critérios de qualidade e dos padrões técnicos acordados com a DATAPREV durante o planejamento para início dos trabalhos. Ao detectar inconformidades nos artefatos de entrada, a CONTRATADA deverá emitir relatório de ocorrências, com a especificação das inconformidades, suspendendo a abertura da OS. A DATAPREV poderá ajustar os artefatos com inconformidades e entrega-los novamente à CONTRATADA, visando a retomada do processo de abertura. A CONTRATADA terá ainda o prazo de até 5 (cinco) dias úteis, a partir da reunião de apresentação, para solicitar a revisão da contagem de pontos de função realizada pela DATAPREV. Será facultada à CONTRATADA a não aceitação da OS, com a respectiva e indispensável justificação. A não aceitação de 3 (três) ordens de serviços sucessivas, sem que hajam ordens de serviço em eecução, poderá resultar, a critério da DATAPREV, no cancelamento do contrato. Tendo aceito a Ordem de Serviço, a CONTRATADA terá o prazo de até 5 (cinco) dias úteis para apresentar o cronograma da OS. TDR Fábrica de Construção v Página 7/27

8 O cronograma da OS deve prever a realização de reuniões de acompanhamento e um período de reuniões, ao final da eecução, para a transferência de conhecimento da CONTRATADA para a equipe da DATAPREV, conforme descrito nesse documento. A DATAPREV terá até 5 (cinco) dias úteis para aceitar ou rejeitar (com justificativa) o cronograma de marcos da ordem de serviço. O prazo para eecução da OS deverá ser computado em dias úteis da cidade do Rio de Janeiro para controle dos gestores de projetos. O prazo para inspeção dos produtos após a entrega final, estipulado pela DATAPREV na abertura da OS, será em dias úteis da cidade do Rio de Janeiro. 9.3 Eecução da OS O processo de eecução da OS está modelado no Aneo III. Durante a eecução da OS a CONTRATADA deve fazer uso de rotinas de inspeção estática e dinâmica de modelo e de código, disponíveis nas ferramentas Borland Together e JBuilder, respectivamente, para a validação de conformidade, antes da entrega final à DATAPREV. A presença de inconformidades não justificadas nos artefatos de projeto físico ou nos arquivos fontes oficialmente entregues, poderá acarretar, a critério da DATAPREV, na aplicação de penalidades previstas nesse documento. Após a entrega oficial do produto, a DATAPREV verificará a relação de produtos entregues, emitindo, caso necessário, um relatório de ocorrências com a respectiva inconsistência. A CONTRATADA terá então o prazo de 1 (um) dia útil para retificar a relação e refazer a entrega. A DATAPREV terá o prazo estabelecido na OS como período de testes para validar os artefatos entregues, respeitando os padrões de qualidade e técnicos acordados, e eecutar os roteiros de testes funcionais, integrados e de carga, quando necessário. No caso de eistência de erros durante a eecução dos roteiros de teste, a DATAPREV emitirá um relatório de ocorrências, com o detalhamento do(s) erro(s) identificado(s). A CONTRATADA deve então efetuar as correções necessárias e refazer a entrega. O prazo da DATAPREV para inspeção de qualidade e testes será reinicializado a cada nova entrega pela CONTRATADA. O tempo total de correção dos erros pela CONTRATADA será apurado pelo somatório dos dias úteis utilizados para efetuar correções. Não haverá aceite tácito por parte da DATAPREV. 9.4 Solicitação de Mudança Durante a Eecução da OS A Solicitação de Mudança será considerada no escopo da fórmula abaio se estiver relacionada a um artefato de projeto físico, quando contratado, ou a um código fonte que sofra alteração após sua confecção. A solicitação de mudança ocasionará na recontagem de pontos de função do serviço demandado à CONTRATADA, com o pagamento conforme a seguinte formula: PFDevido = Pi + (Pe 0.25) + (Pa 0.5) Legenda: PFDevido Pi Pe Pa Quantidade de Pontos de Função devida para adequação das alterações nas atividades já realizadas Pontos de função das funções incluídas Pontos de função das funções ecluídas Pontos de função das funções alteradas TDR Fábrica de Construção v Página 8/27

9 A Solicitação de Mudança deve conter análise de impacto da OS (pontos de função e cronograma) e ser encaminhada pelo gerente de serviço ou pelo gestor de projeto demandante ao DEDS, para aprovação e encaminhamento das respectivas questões contratuais. A quantidade total final de pontos de função, apurada após a recontagem decorrente da solicitação de mudança, não poderá eceder a 25% da quantidade inicial de pontos de função da OS. 9.5 Fechamento da OS O processo de fechamento de OS está modelado no Aneo IV. A DATAPREV terá 5 (cinco) dias úteis, a partir da data de aceite dos produtos entregues, para revisar a quantidade total final de pontos de função, com base na contagem inicial e nas solicitações de mudança que por ventura tenham sido emitidas durante a eecução da OS e que estejam devidamente autorizadas. A CONTRATADA terá o prazo de 5 (cinco) dias úteis para solicitar a revisão da quantidade total final de pontos de função. Após esse prazo a contagem será tacitamente tida como aceita pela CONTRATADA. 9.6 Pagamento da Ordem de Serviço Após se atingir os objetivos de cada OS e dado o atesto por representante da DATAPREV, será autorizado pagamento de fatura da OS à CONTRATADA. O pagamento dar-se-á no prazo de 15 (quinze) dias a contar do recebimento do setor financeiro da fatura atestada pela DATAPREV. 9.7 Unidade de Pagamento da Ordem de Serviço A unidade de pagamento é ponto de função e todos os custos envolvidos com a prestação do serviço (recursos humanos, ferramentas, transferência de tecnologia e outros) deverão ser considerados na formação do preço do ponto de função conforme indicado no Aneo V. 9.8 Medição dos Serviços O dimensionamento das Ordens de Serviço (OS), conforme descritos neste documento serão mensurados em Pontos de Função conforme metodologia descrita no Manual de Práticas de Contagem (CPM) versão do IFPUG (International Function Point Users Group). O dimensionamento em pontos de função das rotinas de etração, transformação e carga de dados de apurações para sistemas gerencias serão apurados conforme detalhamento no Aneo VIII. A utilização de novas versões do CPM deverá ser previamente acordada e formalizada entre as partes. Não será aplicado Fator de Ajuste na contagem de pontos de função. Na contagem de pontos de função os elementos de funções de dados (ALI e AIE) e transacionais (EE, SE e CE) que já tenham sido pontuados e contabilizados em OS anterior deverão ser contados, conforme determina a técnica de Análise por Pontos de Função, mas não serão remunerados à CONTRATADA. Caso ocorra modificação da compleidade de uma função de dado ou de transação, será remunerada à CONTRATADA a diferença em Pontos de Função entre o nível de compleidade anterior e posterior. Será adota a Tabela de Equivalência em PF de Itens Não Mensuráveis, relacionada na Tabela 2. O total de Pontos de Função equivalente aos itens não mensuráveis será obtido pela multiplicação da base de calculo pelo fator de equivalência correspondente. TDR Fábrica de Construção v Página 9/27

10 Item Leiaute de Telas, Arquivos e Relatórios Mudança de posição e formatação de campos de telas, arquivos e relatórios, sem que haja alteração de elementos de dados, arquivos referenciados ou informações de controle. Inclusão, alteração ou eclusão de logotipo da DATAPREV. Divisão de telas e/ou relatórios, sem que tenha havido mudança na funcionalidade. Atualização de rótulos de dados sem que haja mudança de funcionalidades. Campos e Variáveis Inclusão, alteração ou eclusão de campos e variáveis em tabelas e programas sem que haja alteração de funcionalidade. Padronização de nomenclatura de campos e variáveis em programas e tabelas Mensagens Alteração de mensagens de retorno ao usuário Menus, Telas de Ajuda e Páginas Estáticas Inclusão, alteração, eclusão ou restruturação de menus de navegação estáticos, telas de ajuda ou páginas estáticas. Code Table Criação, alteração e eclusão de tabela e a respectiva funcionalidade Base de Calculo Quantidade de itens de leiaute alterados Quantidade de campos ou variáveis alterados Quantidade de mensagens alteradas Quantidade de itens incluídos ou alterados Fator Multiplicador 0,04 0,08 0,04 0,10 Quantidade de itens ecluídos 0,02 Inclusão de tabela 1,00 Alteração de tabela 0,60 Eclusão de tabela 0,40 Inclusão de funcionalidade 0,30 Alteração de funcionalidade 0,20 Eclusão de funcionalidade 0,10 Tabela 2: Itens Não Mensuráveis Na abertura da OS será realizada a contagem de ponto de função detalhada do serviço que está sendo demandado à CONTRATADA, devendo ser disponibilizado para a CONTRATADA a planilha de contagem. A contagem dos pontos de função será realizada por um ou mais representantes da equipe oficial de contagem da DATAPREV, bem como pelo gerente de serviço ou gestor de projeto demandante, ou seu substituto, que devem, em conjunto, assinar a planilha de contagem na qualidade de responsáveis pela apuração. É facultada a participação de outros profissionais da DATAPREV, conforme requisição dos responsáveis, que, apesar de partícipes, não assinarão a planilha de contagem como co-responsáveis. A planilha de contagem, referência para os dimensionamentos das OS, será a especificada no Processo de Desenvolvimento da DATAPREV. Será vedada a participação da CONTRATADA nas reuniões de contagem de pontos de função do serviço demandado na OS, salvo quando eplicita e formalmente convidada pela DATAPREV. Será facultada à CONTRATADA a solicitação da revisão da contagem dos pontos de função apresentados pela DATAPREV, desde que se manifeste por escrito justificando o motivo da discordância e em momento pretérito à formalização do aceite da OS. A revisão da contagem será realizada por um ou mais representantes da equipe oficial de contagem da DATAPREV, pelo gerente de serviço ou gestor de projeto demandante e por quaisquer outros profissionais por estes requisitados. Além disso, será obrigatória a presença do contador oficial de pontos de função da CONTRATADA. TDR Fábrica de Construção v Página 10/27

11 Caso não seja possível chegar-se ao consenso durante qualquer reunião de revisão de contagem de pontos de função, deverá ser alocado um profissional, sem vínculo com a DATAPREV e com a CONTRATADA e com certificação Certified Function Point Specialist (CFPS) do IFPUG, para dirimir a questão e apurar a uma quantidade de pontos de função a ser adotada pelas partes. A CONTRATADA arcará com todos os custos envolvidos com a alocação do referido profissional. A distribuição percentual de esforço por disciplina de projeto, praticado nesse contrato, está apresentada na Tabela 3. Disciplina Percentual Requisitos 10% Análise 15% Projeto físico (design) 10% Codificação e Teste Unitário 40% Teste Funcional, Integrado e Carga 15% Homologação 5% Implantação 5% Total 100% Tabela 3: Distribuição Percentual de Esforço por Disciplina A quantidade de pontos por função utilizada como base da remuneração do serviço solicitado será calculada de acordo com a disciplina ou fase do ciclo de vida efetivamente contratada. A título de eemplo, considerando um projeto mensurado em 300 pontos de função: Se for contratado o Projeto Físico, o serviço contratado será remunerado por 30 Pontos de Função; Se for contratada a Construção e Teste Unitário, o serviço contratado será remunerado por 120 Pontos de Função. 9.9 Penalidades Cancelamento de Ordem de Serviço O descumprimento dos marcos de eecução do cronograma de eecução da ordem de serviço, superior há 10 (dez) dias corridos, poderá resultar, a critério da DATAPREV, no cancelamento da OS. O cancelamento de uma OS por descumprimento de prazo poderá resultar, a critério da DATAPREV, no cancelamento do contrato Multas Multas, caso hajam, serão abatidas do pagamento de cada Ordem de Serviço ou da garantia contratual. Multas incorridas após o encerramento de uma Ordem de Serviço, ou seja, durante o período de garantia limitada, poderão ser descontadas da garantia do contrato. No caso de utilização da garantia contratual, em todo ou em parte, para pagamento das multas acima referidas, esta deverá ser reposta em sua integralidade no prazo de 15 (quinze) dias úteis Multa por Descumprimento dos Prazos Pelo descumprimento do prazo relacionado a entrega final dos produtos, previstos no cronograma da OS, a CONTRATADA será multada em 1% (um por cento) do valor total da ordem de serviço, por dia corrido de atraso, limitado ao teto de 10% (dez por cento). Estão ecluídos da aplicação de penalidades por descumprimento de prazo os atrasos motivados por falta de disponibilidade de recursos humanos ou infraestrutura por parte da DATAPREV. TDR Fábrica de Construção v Página 11/27

12 Multa por Erro Detectado na Inspeção Entende-se por erro a ocorrência de inconsistências nos artefatos de projeto físico, quando contratado, na documentação do código fonte e no código fonte (erro de programa). Será aplicada multa de 0,5% (meio por cento) do valor total da ordem de serviço por inconformidades não justificadas presentes nos artefatos de projeto físico ou nos arquivos fontes oficialmente entregues. O prazo total para a correção de erros detectados durante a inspeção não poderá ser superior a 20% (vinte por cento) da duração total da ordem de serviço, devendo ser considerado o somatório dos dias úteis que a CONTRATADA utilizou na correção de erros. Será aplicada multa de 1% (um por cento) do valor total da ordem de serviço por dia superior ao limite estabelecido acima, limitado ao teto de 10% (dez por cento), quando então a ordem de serviço poderá, a critério da CONTRATADA, ser cancelada, sem nenhum ônus para a DATAPREV Multa por Erro Detectado na Fase de Garantia Entende-se por erro na fase de garantia os erros de eecução dos programas aplicativos. Será aplicada multa de 1% (um por cento) sobre o valor total da Ordem de Serviço para cada erro detectado cuja manutenção corretiva não atenda aos prazos previstos a seguir: Prazo para solução do Prazo para Iniciar Atendimento Problema Forma de Acionamento 1h corrida 3 horas corridas Eletrônica ou escrita A CONTRATADA poderá solicitar prazo adicional para realização de uma manutenção corretiva, quando justificada e comprovada a necessidade, em função de compleidade da solução a ser corrigida, ficando a critério da DATAPREV, aceitar ou não as justificativas e o novo prazo apresentado Outras Situações Em caso de descumprimento de cláusulas, com penalidades não previstas nos itens anteriores, poderão ser aplicadas as penalidades previstas no Artigo 87 da lei nº 8.666/93. As multas previstas para o inadimplemento contratual previsto neste item serão fiadas dentro do percentual de 1% (um por cento) à 5% (cinco por cento), com base no princípio da proporcionalidade, cuja mensuração ficará a critério da DATAPREV. A rescisão contratual poderá ocorrer nos casos dos Artigos 77 a 80 da lei nº 8.666/ Cancelamento de Ordem de Serviço A DATAPREV, a seu eclusivo critério e a qualquer tempo, poderá cancelar ou paralisar a eecução de qualquer Ordem de Serviço em processo de eecução pela CONTRATADA. Nesta eventualidade, a DATAPREV pagará a CONTRATADA a quantidade de pontos de função correspondente aos casos de uso realizados, integral ou parcialmente, em acordo com a posição prevista no cronograma de eecução da OS Transferência de Conhecimento Consiste no fornecimento de subsídios para que as equipes técnicas do projeto demandante da DATAPREV obtenham todos os conhecimentos necessários ao perfeito entendimento da solução - arquitetura, modelo de dados, objetos, funções e construção, estando capacitados ao final da ordem de serviço a dar continuidade ao projeto. O plano de transferência de conhecimento deverá ser previamente aprovado pela DATAPREV e estar previsto no cronograma da ordem de serviço. TDR Fábrica de Construção v Página 12/27

13 O processo de transferência deverá prever palestras, visando a apresentação técnica dos serviços realizados durante a eecução da OS, aos profissionais identificados pela DATAPREV. A DATAPREV poderá abrir mão da transferência de conhecimento para determinada Ordem de Serviço, por conveniência eclusiva da mesma, mediante comunicação formal à CONTRATADA. A transferência de conhecimento deverá ocorrer nas dependências da DATAPREV na cidade do Rio de Janeiro/RJ Das Garantias Da Garantia dos Serviços O período de garantia será de 12 (doze) meses a contar da data de aceite da ordem de serviço. Caberá a CONTRATADA, no período de garantia, sem ônus para a DATAPREV, realizar toda a correção decorrente dos erros ou falhas cometidas na eecução dos serviços contratados, desde que, comprovadamente, não tenham se dado em razão de alterações realizadas pela DATAPREV. O prazo máimo para correção de defeitos deverá seguir o estipulado no Prazo de Atendimento dos Serviços pela CONTRATADA deste Termo de Referência. O desrespeito ao prazo acima estabelecido fica sujeito à advertência e multa, nos termos definidos no item Multa por Erro Detectado na Fase de Garantia ou no contrato Da Garantia Contratual Para garantir a fiel eecução do Contrato, a CONTRATADA prestará, em até 10 (dez) dias úteis após a assinatura do contrato, a garantia de 5% (cinco por cento) do valor do contrato, em uma das modalidades previstas no art. 56, 1, da Lei 8.666/93, ficando ressalvada desde já a eigência de eventuais reforços de garantia, dentro dos limites da lei. O pagamento das faturas à CONTRATADA estará condicionado à apresentação da garantia à DATAPREV. Nos casos em que valores de multas ou indenizações venham a ser descontados da garantia, o valor original desta deverá ser recomposto no prazo de 15 (quinze) dias corridos, sob pena de rescisão do contrato. A garantia prestada pela CONTRATADA somente será restituída após a integral eecução do contrato, bem como a comprovação de quitação de todos os encargos trabalhistas e fiscais, e das sanções eventualmente aplicadas. Rescindido o Contrato por culpa eclusiva da CONTRATADA, perderá esta, em favor da DATAPREV, a garantia prestada. 10. Requisitos de Segurança da Informação A CONTRATADA deve preservar a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações e sistemas da DATAPREV, utilizando técnicas e procedimentos para impedir a destruição, perda, alteração, acesso não-autorizado, seja intencional ou não. A CONTRATADA deve comunicar formalmente e imediatamente ao representante da DATAPREV qualquer brecha ou falha percebida que eponha a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações e dos sistemas. Cabe à CONTRATADA garantir a segurança física, procedural, pessoal e outras que sejam necessárias para a proteção da confidencialidade, da integridade e disponibilidade das informações e dos sistemas, e segurança física quando estiverem nas instalações da CONTRATADA. Os responsáveis da CONTRATADA deverão assinar termo de sigilo pelo manuseio das informações disponibilizados conforme Aneo VI. Serão eigidas declarações individuais, podendo ser uma relação coletiva com assinaturas individuais. TDR Fábrica de Construção v Página 13/27

14 11. Responsabilidades da DATAPREV A DATAPREV garantirá todos os insumos necessários para eecução dos serviços contratados, onde se entende por insumos os artefatos de entrada do serviço demando a CONTRATADA, conforme descriminados no Aneo VII ou o que for especificamente acordado para a OS. Realizar inspeção do código e dos artefatos entregues e os testes funcionais, integrados e de carga (quando necessário), respeitando-se os prazos para teste informados na abertura da OS, para aprovação ou rejeito (com justificativa) do fechamento da OS. 12. Responsabilidades da CONTRATADA A confecção dos artefatos contidos nas fases Projeto Físico e Implementação do Aneo VII ou o que for acordado para a OS, ficará sob a responsabilidade da CONTRATADA, conforme o serviço demando na OS, e devem ser observados como produtos a serem entregues. Fazer uso de rotinas de inspeção estática e dinâmica de modelo e de código, disponíveis nas ferramentas Borland Together e JBuilder, respectivamente, para a validação de conformidade, antes da entrega final à DATAPREV. Alocar, em todos os serviços contratados, profissionais com perfis e qualificações adequados, mantendo ao longo do contrato todas as condições que garantiram sua habilitação e qualificação neste processo licitatório. Selecionar, designar e manter profissionais cuja qualificação estejam em conformidade com os tipos de serviços descritos nas OS, observando o certificado apropriado emitido pelos fabricantes da linguagem, ferramenta ou tecnologia, sempre que a atividade a ser eecutada assim o eigir. 13. Requisitos Mínimos para a CONTRATADA Comprovar, via atestados, a realização de serviços relativos à implementação de sistemas aplicativos em plataforma Java EE com banco de dados padrão SQL, com no mínimo 50% do total de pontos de função do volume estimado. A comprovação de atestado de capacidade técnica dar-se-á por meio da apresentação do documento emitido por pessoa jurídica de direito público ou privado (art. 30, 1º, Lei n /93). A apresentação do documento eigido como requisito técnico mínimo poderá vir em caso de consórcio, ser apresentado nos termos do artigo 33, inciso 3º da lei 8.666/93. Comprovar possuir, nas unidades da CONTRATADA responsáveis pela prestação dos serviços a serem contratados, avaliação SEI (Software Engineering Institute) em conformidade com o modelo CMMI nível 3 ou superior, estando a avaliação publicada no sítio oficial do instituto (http://seir.sei.cmu.edu/pars/pars_list.asp) ou em documento oficial do SEI, ou avaliado pela Softe e em conformidade com o modelo MPS-Br nível C ou superior. 14. Metodologia de Desenvolvimento A metodologia de desenvolvimento a ser adotada pela CONTRATADA deverá garantir a geração de entregas parciais de releases até a entrega final da OS, por meio de um processo incremental de criação do produto contemplando de forma íntegra a especificação do projeto físico (Design), implementação do código, testes estáticos, testes de unidade/integrados e testes de sanidade (Sanity test), alinhados aos conceitos do Processo de Desenvolvimento da DATAPREV/MDS-OO Qualidade Consiste de um conjunto de requisitos para geração de um produto ou serviço que esteja em conformidade com estes requisitos e, por esta razão, atenda completamente às necessidades dos clientes. As práticas e critérios que serão utilizados para verificar a qualidade de software são: Revisões de software; TDR Fábrica de Construção v Página 14/27

15 Testes; Padrões e procedimentos formais; Controle de mudanças; Métricas de software; Procedimentos para coleção e disseminação de informações. A DATAPREV poderá realizar auditorias de qualidade junto as equipes da contratada para evidenciar a eecução dos processos e aderência aos padrões estabelecidos. Estas práticas e critérios deverão ser acordados durante o start-up Garantia da Qualidade Garante a aplicação das atividades de qualidade, planejadas e sistematizadas, de modo que sejam empregados todos os processos necessários para atendimento dos objetivos estabelecidos na contratação do serviço. A CONTRATADA deverá utilizar ferramentas e técnicas de garantia de qualidade de forma a garantir que o processo e os padrões estabelecidos para eecução do serviço estejam em conformidade com o planejamento da OS. A CONTRATADA deverá entregar, como principal artefato de saída desse processo, o Relatório de Avaliação da Qualidade, que epressará as não conformidades encontradas no processo e as ações corretivas eecutadas Controle de Qualidade e Testes de Software Realiza o monitoramento dos resultados específicos do serviço contratado, a fim de verificar se os produtos gerados estão atendendo os requisitos estabelecidos para sua construção. A CONTRATADA deverá utilizar ferramentas e técnicas de controle de qualidade e testes de software de forma a evidenciar o atendimento dos requisitos e critérios de aceitação estabelecidos para OS. Critérios de aceitação: A interface de interação com o usuário (telas) deverá seguir os padrões definidos no documento Padrão Estrutural e Visual de Interface publicado no site do Processo de Desenvolvimento de Software da DATAPREV; A interface de interação com o usuário (telas) deverá estar aderente aos padrões Web Standards e ser 100% válida para o esquema W3C/DTD XHTML 1.0 Strict e ao nível triplo A do W3C/WCAG 1.0 (Web Content Accessibility Guide Line) e Triplo A do E-MAG (Modelo de Acessibilidade do Governo Eletrônico); As releases entregues deverão seguir os padrões do framework DATAPREV; O nível de cobertura de testes de código deverá ser superior a 95%; O código Java gerado deverá seguir os padrões definidos no documento Convenções de Código para Linguagem de Programação Java publicado no site do Processo de Desenvolvimento de Software da DATAPREV (ou Java Code Conventions). TDR Fábrica de Construção v Página 15/27

16 ANEXO I - Descrição do Ambiente Tecnológico Sistemas Operacionais Linu RedHat e Ubuntu, Windows Server 2003 ou superior, Windows XP Professional SP 2, Windows Vista Professional Edition. Servidores de Aplicação Oracle OAS, Apache TomCat e JBoss. Gerenciadores de Banco de Dados Oracle 10g e PostgreSQL. Linguagens e Padrões Arquiteturais Java EE 5 (aplicações web, console e swing), EJB 3, Java Server Faces (JSF), Java Persistence API (JPA), HTML, XHTML, JavaScript, XSTL/XML, SQL ANSI 92, PL/SQL, Biblioteca de componentes (framework) para certificação digital padrão CP-Brasil tipo A3 e Biblioteca de componentes (framework) da DATAPREV. Ferramentas de Apoio Borland Caliber Analyst 2008, Borland Together 2008, JBuilder 2008 Enterprise, Borland StarTeam Enterprise Advantage 2008, Borland SilkCentral Test Manager 2008, Borland SilkTest 2008, Borland SilkPerformer 2008, MS-Project ou Open Workbench e BrOffice 3.0 ou superior. TDR Fábrica de Construção v Página 16/27

17 ANEXO II Processo de Abertura da OS TDR Fábrica de Construção v Página 17/27

18 ANEXO III Processo de Eecução da OS TDR Fábrica de Construção v Página 18/27

19 ANEXO IV Processo de Fechamento da OS TDR Fábrica de Construção v Página 19/27

20 Aneo V Planilha de Preço Item Percentual sobre o Custo Total 1. Mão-de-Obra 1.1. Arquiteto de Sistema 1.2. Projetista de Sistema 1.3. Profissionais de Garantia da Qualidade 1.4. Documentador 1.5. Profissionais de teste 1.6. Gerente de projeto 1.7. Profissionais de Banco de Dados 1.8. Programadores 1.9. Especificar outros itens e os respectivos percentuais Subtotal 2. Matéria Prima/Insumo 2.1. Utilização de equipamentos do ambiente de desenvolvimento 2.2. Utilização de ferramentas (softwares de desenvolvimento) 2.3. Material impresso (relatórios, manuais, diagramas, outros definidos em Ordens de Serviço) 2.4. Mídias 2.5. Especificar outros itens e os respectivos percentuais Subtotal 3. Tributos 3.1. <Especificar o percentual de cada um> Subtotal 4. Transporte/Frete 4.1. <Especificar o percentual de cada um> Subtotal 5. Despesas Administrativas 5.1. <Especificar o percentual de cada um> Subtotal 6. Lucro 6.1. Especificar o percentual Subtotal 7. Outros 7.1. Transferência de Conhecimento 7.2. Garantia sobre os softwares conforme condições estabelecidas 7.3. <Especificar outros itens e os percentuais de cada um> Subtotal Total * * deve ser equivalente, em percentuais, ao valor cotado na Proposta Comercial (100%) Data: / / CARIMBO/CNPJ E ASSINATURA DO REPRESENTANTE DA EMPRESA TDR Fábrica de Construção v Página 20/27

TERMO DE REFERÊNCIA. Página 1/24

TERMO DE REFERÊNCIA. Página 1/24 TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO FÍSICO (FASE DE DESIGN), IMPLEMENTAÇÃO E TESTE UNITÁRIO DE PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Página

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO Pelo presente instrumento particular, as partes, de um lado, VARITUS BRASIL EIRELI, inscrita no CNPJ sob nº

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE 1. OBJETIVO Este Anexo ao Contrato de Prestação de Serviço TRANS-MUX

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

Instrumento Particular de Contrato de Prestação de Serviços

Instrumento Particular de Contrato de Prestação de Serviços 1 de Prestação de Serviços Contratada: Qt Soluções, inscrita no CNPJ sob o número 10.585.240/0001-59, com sede na Rua Gramado, n. 1899, bairro Laranjal, nesta cidade, Cep: 96090-290. OBJETO DO CONTRATO

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO CONVITE Nº 01/2012 ANEXO III MODELO DE CONTRATO CONTRATANTE : Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - Senac - Administração Nacional ENDEREÇO : Av. Ayrton Senna, 5.555 TEL.: (21) 2136-5799 BAIRRO

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS

CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS CONSULTA PÚBLICA - ESCLARECIMENTOS DAS CONTRIBUIÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO REGISTRO DE PREÇOS Em reposta a Consulta Pública abaixo indicada, prestamos os seguintes esclarecimentos às contribuições apresentadas:

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº /

CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / CONTRATO DE MANUTENÇAO E SUPORTE TECNICO E OUTRAS AVENÇAS Nº / Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, (Nome da empresa CONTRATANTE), pessoa jurídica de direito privado com

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

MINUTA DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MINUTA DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI, associação pública, inscrita no CNPJ nº 03.111.139/0001-09, com sede na Avenida Getúlio Vargas, n 700,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO nº 003/2011

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO nº 003/2011 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO nº 003/2011 Por este instrumento particular de Contrato de Prestação de Serviços, entre si fazem CONSÓRCIO QUIRIRI jurídica devidamente inscrita no CNPJ sob nº. 02.375.463/0001-63,

Leia mais

ANEXO VII TERMO DE CONFIDENCIALIDADE

ANEXO VII TERMO DE CONFIDENCIALIDADE TERMO DE CONFIDENCIALIDADE TERMO DE CONFIDENCIALIDADE QUE ENTRE SI CELEBRAM O BANCO DE BRASÍLIA S/A E [EMPRESA CONTRATADA] VINCULADO AO [CONTRATO PRINCIPAL1] CELEBRADO ENTRE AS PARTES Processo nº 041.000.371/2009.

Leia mais

SENADO FEDERAL Secretaria Especial de Informática PRODASEN

SENADO FEDERAL Secretaria Especial de Informática PRODASEN Processo nº 411/02-7 CONTRATO Nº 007/2004 Que entre si celebram, de um lado, a Secretaria Especial de Informática do Senado Federal - PRODASEN e, do outro, COMP LINE INFORMÁTICA LTDA., objetivando a prestação

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação CONTRATO DE FORNECIMENTO E ASSISTÊNCIA TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ E A EMPRESA

Leia mais

TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO

TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO São partes deste Instrumento, VAIVOLTA.COM SERVIÇOS DE INTERNET SA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 15.529.518/0001-94, com sede na Rua Frei Caneca,

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº09/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CABOCLO MOVEIS E ELETRO LTDA- ME. CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO, pessoa jurídica de

Leia mais

ANEXO II ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE

ANEXO II ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE ANEXO II ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE TELEFONICA BRASIL S.A, com sede à Rua Martiniano de Carvalho, nº. 851, na cidade de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 02.558.157/0001-62, neste ato representada

Leia mais

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO 1. Introdução 1.1. Descrição do serviço Este documento disciplina a cessão de uso permanente da solução de software para Gestão

Leia mais

Telecomunicações de São Paulo S/A

Telecomunicações de São Paulo S/A INSTRUMENTO PARTICULAR DE CESSÃO DE USO DA RELAÇÃO DE ASSINANTES No. M O D E L O A Telecomunicações de São Paulo S/A - TELESP, sociedade constituída sob as leis brasileiras, com sede na Capital do Estado

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, em que são partes contratantes, de um lado, o SERVIÇO

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

ANEXO VII EDITAL n. 4/2015 CARTA-CONVITE MINUTA CONTRATO PREVCOM-MG

ANEXO VII EDITAL n. 4/2015 CARTA-CONVITE MINUTA CONTRATO PREVCOM-MG ANEXO VII EDITAL n. 4/2015 CARTA-CONVITE MINUTA CONTRATO PREVCOM-MG CONTRATO n. -/2015 DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE WEBDESIGN, EDIÇÃO AUDIOVISUAL E WEBDEVELOPMENT DE MATERIAIS INSTITUCIONAIS QUE ENTRE SI

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

Quadro 5 Número de Vias deste Contrato Total: 2 (duas) vias Vias da ELETROBRAS: 1 (uma) via Vias da Contratante: 1 (uma) via

Quadro 5 Número de Vias deste Contrato Total: 2 (duas) vias Vias da ELETROBRAS: 1 (uma) via Vias da Contratante: 1 (uma) via CONTRATO PARA LICENÇA DE USO DE MÓDULO EXECUTÁVEL DE PROGRAMA COMPUTACIONAL QUE ENTRE SI FAZEM A CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS - ELETROBRÁS E A CONTRATANTE ABAIXO CARACTERIZADA. ECE-EGP-XXX/20XX Quadro

Leia mais

CONTRATO Nº 2015/001

CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO Nº 2015/001 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI E JF SITES OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPEDAGEM DE WEBSITE. O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ

Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ Este documento constitui um contrato de adesão ("Contrato") entre o proponente ("USUÁRIO"), qualificado na ficha de cadastro online e a PAGUEVELOZ Serviços

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE COMPRA DE PRODUTOS PELA KSR AUTOMOTIVE INDÚSTRIA DO BRASIL LTDA.

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE COMPRA DE PRODUTOS PELA KSR AUTOMOTIVE INDÚSTRIA DO BRASIL LTDA. TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE COMPRA DE PRODUTOS PELA KSR AUTOMOTIVE INDÚSTRIA DO BRASIL LTDA. 1 ÍNDICE GERAL 1 OBJETO 3 2 SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO E PROPOSTA COMERCIAL 3 3 PEDIDO DE COMPRA E AUTORIZAÇÃO

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMÁTICA Nº 271/2015

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMÁTICA Nº 271/2015 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMÁTICA Nº 271/2015 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SITEMA DE INFORMÁTICA, QUE ENTRE SI CELEBRAM O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE PORTELÂNDIA E A EMPRESA CLEBER FERNANDES

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE IMPLANTAÇÃO, MANUTENÇÃO, CONSULTORIA, ASSESSORIA E TREINAMENTO EM INFORMÁTICA E FORNECIMENTO DE SISTEMAS Pelo presente instrumento, de um lado, CONSELHO REGIONAL

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom São partes deste Contrato o CLIENTE, qualificado na Proposta Comercial ou Termo de Adesão ao Serviço, e a Operadora

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº

TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº 1 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA FIP - Nº 02/2014 2 Equipe FIP- Programa Minas sem Lixões (MSL) - Termo de Parceria 022/2008 Coordenação Geral Magda Pires de Oliveira e Silva Coordenação Técnica

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA E CREDENCIAMENTO DE PARTICIPANTE ATIVO.

CONTRATO DE COMPRA E VENDA E CREDENCIAMENTO DE PARTICIPANTE ATIVO. CONTRATO DE COMPRA E VENDA E CREDENCIAMENTO DE PARTICIPANTE ATIVO. De um lado, a empresa: CENTER CORP. GESTÃO E NEGÓCIOS LTDA; com Matriz situada a Rua Rio Grande do Sul 904/201 Poços de Caldas / MG. CEP

Leia mais

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação:

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação: PRIMEIRO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E FORNECIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DE ACESSO A SERVIÇOS INTERNET DE BANDA ESTREITA DIAL PROVIDER Pelo presente instrumento particular, de um lado, na

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO MENSAL E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE LICENÇA DE USO MENSAL E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE LICENÇA DE USO MENSAL E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS JLR SERVIÇOS DE ATENDIMENTO E ORGANIZAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA, com sede a Rua Dona Elisa Fláquer, nº 70-13 º andar - sala 134, Centro - Santo André

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) I CONTRATANTE : Nome Operadora de Saúde Endereço: R...., nº... Bairro... - Cidade/ Capital

Leia mais

INVENTOR INDEPENDENTE

INVENTOR INDEPENDENTE CONTRATO DE RECONHECIMENTO DE TITULARIDADE, DIREITOS E DEVERES SOBRE TECNOLOGIA QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS FAPEMIG E O INVENTOR INDEPENDENTE XXXXXXXXXXXXXXXXXXX.

Leia mais

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes;

4. Apoiar a EMPRESA no registro de marcas e patentes, quando for do interesse de ambas as partes; CONVÊNIO DE INCUBAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A PARA DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, DE ACORDO COM A SELEÇAO PÚBLICA REALIZADA ATRAVÉS DO EDITAL 01/2011 DA INCUBADORA

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO VIVO GESTÃO O GESTÃ. L I Razão Social: E N CNPJ: / - Inscrição Estadual: T E Endereço: Nº: Complemento: CEP: -

CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO VIVO GESTÃO O GESTÃ. L I Razão Social: E N CNPJ: / - Inscrição Estadual: T E Endereço: Nº: Complemento: CEP: - CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO VIVO GESTÃO O GESTÃ C Dados do Cliente (Empresa): L I Razão Social: E N CNPJ: / - Inscrição Estadual: T E Endereço: Nº: Complemento: CEP: - Bairro: Município: UF: São partes

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE MEDIÇÕES EM PONTOS DE FUNÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE MEDIÇÕES EM PONTOS DE FUNÇÃO Termo de Referência TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE MEDIÇÕES EM PONTOS DE FUNÇÃO Agosto 2014 Página 2 de 14 1. OBJETO...

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

CLÁUSULA SEGUNDA - DA DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: a) de um lado, a empresa GEPER DESENVOLVIMENTO

Leia mais

CONTRATO Nº 2015/003

CONTRATO Nº 2015/003 CONTRATO Nº 2015/003 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CIMVI E MARISE TERESINHA HEINIG OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA EM GESTÃO DE

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE BACKUP ONLINE, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE BACKUP ONLINE, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE BACKUP ONLINE, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO QUADRO RESUMO 1. : NOME DA EMPRESA, com sede na xxxxxxxxxxxxx, nº. xxxx,, inscrita no

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Solução de Firewall de Banco de Dados

TERMO DE REFERÊNCIA. Solução de Firewall de Banco de Dados Classificação do Documento: Público TERMO DE REFERÊNCIA CÓDIGO: TR//001/2009 Solução de Firewall de Banco de Dados Sub-Plano: Segurança da Informação Diretoria de Infra-Estrutura de TIC Emissor: DIT /

Leia mais

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO ANEXO V MINUTA DO CONTRATO Unidade Administrativa: Processo Administrativo: Contrato Nº CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE JARDIM E A EMPRESA... O MUNICÍPIO DE JARDIM, Estado do Ceará, Pessoa

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET Pelo presente Instrumento Particular o BANCO MÁXIMA S/A, com sede na cidade de Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Avenida Atlântica, 1130, 12º andar

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 046/2010 TOMADA DE PREÇOS CONTRATO Nº 15/2010

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 046/2010 TOMADA DE PREÇOS CONTRATO Nº 15/2010 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 046/2010 TOMADA DE PREÇOS CONTRATO Nº 15/2010 O SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE RIO NEGRINHO, Estado de Santa Catarina, com sede à Travessa Theodoro

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (MDS - ANEEL)

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (MDS - ANEEL) Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (MDS - ANEEL) Versão 2.0 Escritório de Gerenciamento de Projetos - EGP Superintendência da Gestão Técnica da Informação SGI Agência Nacional de Energia Elétrica

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO/UNIRG N. 015/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular, de um lado a, fundação pública com personalidade jurídica de direito público, com sede na av. Pará, 2432,

Leia mais

CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA PARA SITE

CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA PARA SITE CONTRATO DE ASSINATURA E UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA PARA SITE Partes Contratantes: De um lado a AML MARKETING DIGITAL doravante denominada como CONTRATADA e do outro lado, como CONTRATANTE, aquele que preencheu

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO QUE ENTRE SI FORMALIZAM, DE UM LADO O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO - RS E, DE OUTRO, A EMPRESA XXXXXXXXXXX PARA O FIM QUE NELE SE DECLARA. O Conselho

Leia mais

ISO 9001:2008 Recertificação do ciclo 3,5 ISO 9001 1º ano manutenção semestral 1 ISO 9001:2008 Reemissão do certificado com acreditação INMETRO -

ISO 9001:2008 Recertificação do ciclo 3,5 ISO 9001 1º ano manutenção semestral 1 ISO 9001:2008 Reemissão do certificado com acreditação INMETRO - TERMO DE CONTRATO: Nº 17/2011 CONTRATANTE: TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CONTRATADA: BSI BRASIL SISTEMAS DE GESTÃO LTDA. OBJETO DO CONTRATO: RECERTIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA :2008

Leia mais

Termo de Referência. de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador,

Termo de Referência. de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador, Termo de Referência Aquisição de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador, para utilização nos Centros de Processamento do Rio de Janeiro, Distrito Federal e São

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE LOGÍSTICA DA AMAZÔNIA

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE LOGÍSTICA DA AMAZÔNIA ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE LOGÍSTICA DA AMAZÔNIA CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA Categoria A Mais de 300 Colaboradores Pelo presente instrumento particular, as partes

Leia mais

Regulamento Geral do CURSO

Regulamento Geral do CURSO Regulamento Geral do CURSO 1. Das Definições Das Principais Nomenclaturas Contratuais Para interpretação do presente contrato, aplicam-se as definições das seguintes nomenclaturas abaixo relacionadas:

Leia mais

Contrato nº XXX/2015 Chamada Pública nº XXX/2015 CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO:

Contrato nº XXX/2015 Chamada Pública nº XXX/2015 CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO: A CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO:, com sede na cidade de, Endereço, inscrita no CNPJ/MF sob o n., doravante denominada DISTRIBUIDORA, neste ato

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 010/2013 Termo de contrato de locação de softwares que entre si celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS, pessoa jurídica de direito público, com sede na Praça Santana,

Leia mais

CONTRATO Nº. 042/2014

CONTRATO Nº. 042/2014 CONTRATO Nº. 042/2014 TERMO DE CONTRATO Nº. 042/2014, FIRMADO ENTRE A CODER - COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE RONDONÓPOLIS E A EMPRESA ALOISIO BORGES DE FARIAS ME, PARA: FORNECIMENTO DE PÃES FRANCÊS, COMO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para executar serviços de manutenção evolutiva, corretiva, adaptativa e normativa

Leia mais

CONTRATO Nº 104/2014

CONTRATO Nº 104/2014 CONTRATO Nº 104/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTANA DA BOA VISTA/RS E A EMPRESA POLYTEK COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA. O MUNICÍPIO DE SANTANA

Leia mais

SEGUNDO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO SPEEDY PROVIDER

SEGUNDO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO SPEEDY PROVIDER SEGUNDO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DO SPEEDY PROVIDER Pelo presente instrumento particular, de um lado, na qualidade de contratada, TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S.A. TELESP, empresa

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS PROCESSO Nº 579/06

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA COORDENADORIA DE OPERAÇÕES ADMINISTRATIVAS PROCESSO Nº 579/06 PROCESSO Nº 579/06 CONTRATO Nº 005/MP-PGJ QUE CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DE SANTA CATARINA E EMPRESA DNA TECNOLOGIA LTDA., VISANDO A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE SUPORTE TÉCNICO AO SOFTWARE

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO INTERNET

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO INTERNET NOVAREDENET LTDA ME CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO INTERNET Contrato que entre si celebram a Novaredenet LTDA ME inscrito no CNPJ sob o nº 12.127.736/0001-04, Inscrição

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PLATAFORMA DE E-COMMERCE CO-BRANDED

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PLATAFORMA DE E-COMMERCE CO-BRANDED CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PLATAFORMA DE E-COMMERCE CO-BRANDED Pelo presente instrumento particular, entre as PARTES: De um lado, como LICENCIADO: LICENCIADO, conforme dados preenchidos pelo

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITOS DE USO E MANUTENÇÃO DE SOFTWARE nº 00XX/20XX

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITOS DE USO E MANUTENÇÃO DE SOFTWARE nº 00XX/20XX INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITOS DE USO E MANUTENÇÃO DE SOFTWARE nº 00XX/20XX Pelo presente instrumento particular, de um lado, XSOLUTIONS COMERCIAL DE INFORMÁTICA LTDA., com sede

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA GERENCIA EXECUTIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 RELAÇÃO DE ITENS ASSUNTOS 1. OBJETIVO... 1 2. DO OBJETO... 2 3. DA MOTIVAÇÃO... 2 4. DA JUSTIFICATIVA DO OBJETO... 3 5. DOS RESULTADOS A SEREM ALCANÇADOS...

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para prestação de serviço de atualização de licenças de uso do produto Citrix Xenapp, aquisição de novas licenças, subscrição e suporte ao software Citrix e suporte

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMA DE COMPUTADOR DE USUÁRIO FINAL CUMULADO COM SERVIÇOS DE SUPORTE E MANUTENÇÃO

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMA DE COMPUTADOR DE USUÁRIO FINAL CUMULADO COM SERVIÇOS DE SUPORTE E MANUTENÇÃO CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE PROGRAMA DE COMPUTADOR DE USUÁRIO FINAL CUMULADO COM SERVIÇOS DE SUPORTE E MANUTENÇÃO Este Contrato de Licença de Usuário Final ( CLUF ) é um acordo legal entre o licenciado

Leia mais

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses.

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência [OBJETO] 1 Termo de Referência Serviço de envio de mensagens

Leia mais

Contrato de Adesão. As partes, acima qualificadas, têm entre si justas e acordadas as seguintes cláusulas e condições:

Contrato de Adesão. As partes, acima qualificadas, têm entre si justas e acordadas as seguintes cláusulas e condições: A Contratada Fundação CPqD Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, sediada na Rodovia Campinas/Mogi-Mirim (SP-340), Km 118,5, em Campinas SP, inscrita no CNPJ/MF sob o n.º 02.641.663/0001-10

Leia mais

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal PREGÃO SESC Nº 15/0018 PG ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO, O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO/SESC ESTÂNCIA ECOLÓGICA SESC PANTANAL, NA QUALIDADE

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa PUBLICENTER INFORMÁTICA COMÉRCIO E LOCAÇÃO LTDA-ME CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO,

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTO(S) COM OPÇÃO DE COMPRA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTO(S) COM OPÇÃO DE COMPRA I PARTES: I.1. WI2BE TECNOLOGIA S.A., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CPNJ/MF sob o nº 11.013.389/0001-26, com sede em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Padre Anchieta, nº 2310, 4º andar,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO TERMO DE CONTRATO Nº 34/2014 DE CUSTOMIZAÇÃO, IMPLANTAÇÃO E TREINAMENTO TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO PAULO, POR MEIO DO PREGÃO N 23/2014, PROCESSO

Leia mais

Minuta de Contrato Administrativo n. ***/2013 CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO:

Minuta de Contrato Administrativo n. ***/2013 CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO: Minuta de Contrato Administrativo n. ***/2013 Compromisso celebrado entre [nome da CONTRATANTE], localizada à [inserir endereço completo], inscrita no [caso Administração indireta inserir número do CNPJ],

Leia mais

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016 CONTRATO Nº 038/2014 MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS O MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS, Estado de Minas Gerais, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 18.677.633/0001-02,

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

ANEXO IV MINUTA CONTRATUAL

ANEXO IV MINUTA CONTRATUAL ANEXO IV MINUTA CONTRATUAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM AS ENTIDADES DO SISTEMA INDÚSTRIA (CNI, SESI/DN, SENAI/DN, IEL/NC) E... PROCESSO SAP nº 897/2008 / CIA 000123/2008. CONTRATANTES:

Leia mais

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO

ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO Nº -2011, DE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE ENGENHARIA PARA *********, QUE CELEBRAM ENTRE SI, O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ E A EMPRESA. O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

MODELO DO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA

MODELO DO CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE REDE INTERNA São partes no presente instrumento, de um lado, (i) o usuário dos serviços de telecomunicações da Brasil Telecom S.A., doravante individualmente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA FINS DE CREDENCIAMENTO DE CLINICAS PARA TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUIMICOS. PREÂMBULO A Prefeitura Municipal de Itajubá,

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE COMODATO, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E OUTRAS AVENÇAS CONTRATO DE COMODATO, DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento particular, de um lado V-SEG SENP TECNOLOGIA LTDA - EPP, pessoa jurídica de direito privado inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE E-MAIL MARKETING, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE E-MAIL MARKETING, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE DE E-MAIL MARKETING, E OUTRAS AVENÇAS, NA FORMA ABAIXO QUADRO RESUMO 1. : NOME DA EMPRESA, com sede na xxxxxxxxxxxxx, nº. xxxx,, inscrita

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS FORNECEDOR: WORKSOFT INFORMÁTICA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 08.707.221/0001-06, com sede

Leia mais

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB

CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB CONTRATO DE COMERCIALIZAÇÃO DO MVP WEB Contrato de Prestação de Serviços que entre si fazem {{customer_full_name}}, com registro no {{customer_document_kind}} sob o n {{customer_document_number}}, com

Leia mais

Termo de Referência. Diretoria de Infraestrutura de TIC - DIT. Coordenação Geral de Análise e Classificação de Demandas - CGAD

Termo de Referência. Diretoria de Infraestrutura de TIC - DIT. Coordenação Geral de Análise e Classificação de Demandas - CGAD Termo de Referência Serviço de envio e recebimento de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, incluídos os serviços de gerenciamento e licenciamento de uso de plataforma, aplicativos,

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS. Sumário

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS. Sumário CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO IV PROJETO BÁSICO: PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS Sumário 1. DIRETRIZES PARA O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE APLICATIVOS...172 1.1. INTRODUÇÃO...172

Leia mais

TERMO DE COOPERAÇÃO Nº 008/2015

TERMO DE COOPERAÇÃO Nº 008/2015 TERMO DE COOPERAÇÃO Nº 008/2015 O MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com sede na Av. Queiroz Júnior, nº 635, Bairro Praia,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI Contrato AJDG Nº 105/14 Das Partes: CONTRATANTE: O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da, órgão administrativo

Leia mais

Item Quant Unid. Descrição Detalhada e Atualizada do Objeto

Item Quant Unid. Descrição Detalhada e Atualizada do Objeto CONTRATO DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E OUTSOURCING DE PROCESSAMENTO DE IMAGEM N.º 085/2015, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DAS NEVES, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E TEM SOLUÇÕES

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO CONFIANET CERTIFICAÇÕES S.A. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE LICENCIAMENTO DE USO DE SOFTWARE DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE COMERCIAL CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO O presente instrumento faz parte

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE FAZEM ENTRE SI A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX E XXXXXXXXXXXXXXXXXX.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE FAZEM ENTRE SI A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX E XXXXXXXXXXXXXXXXXX. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE FAZEM ENTRE SI A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX E XXXXXXXXXXXXXXXXXX. AXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, entidade sindical de grau superior, com sede XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX,na

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL XXX

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL XXX MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL XXX Contrato de locação de estrutura de BOX TRUS que entre si celebram o SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DF SESC/AR/DF e a Empresa

Leia mais

Plano de Sustentação (PSUS)

Plano de Sustentação (PSUS) Plano de Sustentação (PSUS) Contratação de serviços técnicos de suporte à infraestrutura de Tecnologia da Informação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Planejamento

Leia mais