Baseado no conteúdo deste preâmbulo foi formulada a seguinte pergunta, constituída como problema de pesquisa:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Baseado no conteúdo deste preâmbulo foi formulada a seguinte pergunta, constituída como problema de pesquisa:"

Transcrição

1 10 1. INTRODUÇÃO O Brasil possui atualmente uma economia sólida e grande parte dessas receitas são advindas de exportações de produtos agrícolas, vendas de commodities minerais, indústria, prestação de serviços e etc... Com o aumento das operações, as empresas passam a movimentar um volume de informações fora da capacidade natural, ocasionando gargalos no processamento de informações. Os sistemas de informações são de fundamental importância dentro de uma empresa, sua utilidade vai além do armazenamento de dados Input, o processamento das informações tanto para tomada de decisões quando para registro é fundamental. Com o mercado em constante mudança, é natural que as empresas procurem otimizar o tempo com aquisições de softwares capazes de acelerar o processamento de informações mediante a integrações de departamentos distintos. Por outro lado, existe o impacto na transição dos softwares, existe uma grande dificuldade por parte dos colaboradores das empresas em assimilar o conteúdo programado devido à quantidade de recursos existentes nos softwares de automação contábil. Os sistemas de informações contábeis são desenvolvidos para atender às mais variadas atividades das empresas com os tipos de tributações existentes (Simples Nacional Empresa de Pequeno Porte (EPP) e Micro Empresa (ME), Lucro Presumido, Lucro Real, Empresas Sem Fins Lucrativos e Outros). Esses recursos particulares a cada regime de tributação faz do sistema de informação um software comercial (um produto vendável), mas em contra partida trás uma gama de recursos complexos para empresas que contrataram o software unicamente para um tipo de regime ou atividade. No processo de implantação do sistema, parte dos colabores não se adaptam, por exigir uma carga de informações inicial, trazendo um retrabalho para rotina dos departamentos, além da conciliação da rotina habitual. Com isso, parte das implantações não são efetuadas por falta de adaptação dos clientes.

2 Problema de Pesquisa Baseado no conteúdo deste preâmbulo foi formulada a seguinte pergunta, constituída como problema de pesquisa: O sistema de informações contábeis adquirido pela locadora de veículos está atendendo à expectativa de gestores e colaboradores? 1.1 Objetivos da Pesquisa Objetivo Geral efetuar uma análise descritiva do impacto do sistema de automação contábil da Fortes Informática implantado na empresa de locação de veículos Recife-PE Objetivo Específico conceituar de Sistema de Informação; investigar a importância do sistema de automação contábil, as principais características, vantagens e desvantagens do sistema pósimplantação na locadora de veículos; verificar a aceitação dos colaborares no processo de transição de sistema de informação; constatar a eficácia do sistema na empresa implantada; avaliar funcionalidades como transmissões de obrigações acessórias como (Sistema de Escrituração Fiscal (SEF), Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Contribuições, SPED Contábil e etc...), além de integração com outros departamentos através da do questionário anexo;

3 Justificativas da Pesquisa A cada dia a tecnologia da informação está redefinindo os fundamentos dos negócios, as empresas dependem muito ou às vezes totalmente, dos Sistemas de Informação (SI). A tecnologia passou a fazer parte integrante do dia-a-dia das empresas, e as empresas por sua vez buscam as softwares house os sistemas com melhor desempenho. Portanto, faz-se necessário estudar a transição de sistemas de informações para aprimoramento na implantação, principalmente por partes dos colaboradores e gestores das empresas que receberam o treinamento e, mediante o questionário, relatam as vantagens e desvantagens do Sistema de Informação.

4 13 2. REFERENCIAL TEÓRICO Neste capítulo serão abordados os temas de fundamental importância para o cenário em que se realizará a pesquisa. 2.1 Sistemas de Informação Segundo Padoveze (1997, p.36), Sistema pode ser definido como um complexo de elementos em integração. Em outras palavras, sistema é um conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que interagem formando um todo unitário e complexo. Por outro lado para Oliveira (2000, p.33), Sistema é um conjunto de rotinas que contém vários programas e subprogramas, rotinas essas que são desenvolvidas para ampliação em áreas específicas da empresa, por meio do uso do computador, com objetivo de gerar informações e produzir relatórios de acompanhamento e controle interno. O sistema é o mesmo que um software de aplicativo, cujo conceito é um conjunto de programas de computador, desenvolvidos em linguagem de programação de alto nível que têm como objetivo realizar tarefas específicas, contando sempre com a participação humana. Obedecendo a procedimentos organizados e complexos, eles devem ser desenvolvidos e acompanhados por programadores e analistas, podendo funcionar de forma integrada, por meio de módulos com programas específicos, ou de maneira independente. Isso significa que a empresa pode ter vários sistemas, interligados ou não, dependendo da conveniência. No Sistema de Informação, o elemento principal é a Informação. Seu objetivo é armazenar, tratar e fornecer informações de tal modo a apoiar as funções ou processos de uma organização. Um SI é composto de um subsistema social e de um subsistema automatizado. O primeiro inclui as pessoas, processos, informações e documentos. O segundo consiste dos meios automatizados (máquinas, computadores, redes de comunicação) que interligam os elementos do subsistema social.

5 14 As pessoas, juntamente como os processos que executam e com as informações e documentos que manipulam, também fazem parte do SI. O SI é algo maior que um software, pois além de incluir o hardware e o software, também inclui os processos (e seus agentes) que são executados fora das máquinas. Isto implica em que pessoas que não usam computadores também façam parte do sistema e, consequentemente, necessitem ser observadas e guiadas pelos processos de planejamento e análise de sistemas. O perigo de não se dar atenção ao aspecto social é que os sistemas automatizados, não sejam eficazes ou não possam ser utilizados, apesar de estarem funcionando perfeitamente (pelo menos, em ambientes de teste). No ambiente real, os aspectos sociais interferem e muito no funcionamento do SI. Os processos podem ser modificados em razão de aspectos sociais não bem controlados. Por esta razão, é que existem muitos sistemas que depois de serem implantados acabam não sendo utilizados ou até mesmo trazem prejuízos ou dificultam o trabalho nas organizações. Tendo esse ponto de vista, torna-se de responsabilidade do Analista de Sistemas definir os objetivos do SI, as informações que o SI manipulará, os processos e pessoas que farão parte do SI, as máquinas que serão usadas nos processos e o inter-relacionamento entre os vários SI na organização. Um sistema de informação é um conjunto organizado de elementos, podendo ser pessoas, dados, atividades ou recursos materiais em geral. Estes elementos interagem entre si para processar informação e divulga-la de forma adequada em função dos objetivos de uma organização. De acordo com as informações divulgadas pelo site conceito de (2011): O estudo dos sistemas de informação surgiu como uma subdisciplina das ciências da computação, com o objetivo de racionalizar a administração da tecnologia no seio das organizações. O campo de estudo foi desenvolvendo até vir mesmo a fazer parte dos estudos superiores dentro da administração. No prisma empresarial, os sistemas de informação podem classificar-se de diversas formas. Existem, por exemplo, sistemas de informação operacional ou de processamento de transações (que gerem a informação referente às transações que têm lugar numa empresa), sistemas de informação de gestão (para solucionar problemas empresariais em geral), sistemas de informação estratégicos ou de apoio à decisão (analisam as distintas variáveis de negócio para a tomada de decisões), sistemas de informação executiva (para diretores, gerentes e administradores), sistemas de automatização de escritórios (aplicações que ajudam no trabalho administrativo) e sistemas especializados (que emulam o comportamento de um especialista numa área concreta).

6 15 Para Laudon (2004, p.7), sistema de informação pode ser definido tecnicamente como um conjunto de componentes inter-relacionamentos dos que coleta (ou recupera), processa, armazena e distribui informações destinadas a apoiar a tomada de decisões, a coordenação e o controle de uma organização. Segundo Stair (2011, p. 4), informação é conjunto de fatos organizados de tal maneira que possuem valor adicional, além do valor dos fatos individuas. Gráfico:1 Componentes de um sistema de informação. Dados ou informações são introduzidos, processados, e saem como informações para fins de planejamento, tomadas de cisões e controle. Entradas Processos Saídas Dados/ Informações Classificar Informações de fontes Organizar tomadores de decisões Internas/Extremas Calcular Internos/Externos Fonte: Moscove (2002, p.23)

7 Benefícios do SI Automatização do processo: Os softwares house, que são empresas de desenvolvimentos de SI, possuem uma equipe com profissionais de diversas áreas, cuja especialidade é canalizada para partes específicas dos sistemas de informação. Empresas como a Fortes Informática é composta por profissionais da área de análise de sistemas, programadores, contadores, administradores, advogados e matemáticos. Cada profissional na sua especialidade, contribui para o funcionamento e aperfeiçoamento entre diferentes partes do sistemas mediante a parâmetros que realizam tarefas automáticas, de acordo com a legislação e formulas matemáticas. Centralização da Informação: Os dados inseridos no SI são armazenados de forma ordenada por um Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD), popularmente conhecido com base de dados. Além de armazenamento, o gerenciador de dados tem a função do processamento dos dados inseridos, transformando-os em informações. Partes da estrutura física das empresas eram destinadas para arquivo morto, local a onde era armazenada documentos oficiais da empresa. Com desenvolvimento da informática, estruturas imensas foram reduzidas a arquivos digitais de fácil, podendo ser deslocado com facilidade através CD-ROM, Pen Driver e HD externo. Segurança da Informação: Segundo Moreira: A segurança da informação é um assunto que vem ganhando destaques em todos os meios de comunicação ultimamente e, por isso, nos congressos, seminários e palestras sobre tecnologia, sempre encontramos alguém falando sobre o assunto. A informação é o maior patrimônio para muitas empresas e protege-la não é uma atividade simples. Entretanto, para que seja possível obter um nível aceitável de segurança, não basta reunir uma conjunto de ferramentas de softwares e implementálas. Os seus resultados tornam-se mais eficazes quando sua utilização está dentro do contexto de um Plano de Segurança, elaborado em conjunto pelos níveis estratégicos, tático e operacional da empresa. (2001, p. 6)

8 Problemas do SI Diante da evolução dos sistemas de informação, a grande maioria das obrigações que a empresa declara, é realiza mediante programas de informática. As empresas de SI por sua vez, desprendem todos os esforções para atender aos diversos tipos de declarações, para assim se manter num mercado cada vez mais concorrido. Portanto pequenas solicitações realizadas por clientes das empresas de SI entram em longo processo de classificação, onde gestores avaliam a viabilidade do desenvolvimento da ferramenta solicitada como um bem comum a todos os clientes, causando certo desconforto aos clientes quando é detectado que a solicitação é rejeitada. Segundo Cornachione (1998, p.19) as habilidades que o mercado procura hoje no graduado sistema de Ciências Contábeis está de maneira cada vez mais decisiva, a informática. Segundo Moscove (2002, p. 27) tem havido críticas nos Sistemas de Informações Contábeis (SICs) por não produzirem informações contábeis úteis e no momento oportuno. Muitas dessas críticas foram dirigidas à contabilidade financeira. 2.4 Integrações das Informações As soluções oferecidas por empresas de SI são das mais diversas possíveis, visando aumentar as receitas, fidelizar clientes e se consolidar no mercado os softwares house tendem a automatizar a rotina das empresas em diversas áreas, assegurando a comunicação entre sistemas de processamento de dados distintos. O sucesso de uma empresa está relacionado agilidade e qualidade das informações processadas em curto prazo, a tendência de investir grandes quantias em SI que proporcionem informações imediatas. Na atualidade a necessidade de evitar o retrabalho foi corrigida com integração entre módulos distintos através parâmetros criados por desenvolvedores e técnicos ligados à área de suporte. Hoje a função do colaborador permite gerar relatórios mais consistentes para tomada de decisão.

9 18 Segundo Padoveze (2000, p.56) para que o sistema global de informações empresariais funcione adequadamente, a um custo aceitável, é necessária a perfeita integração desses dois grandes grupos de sistemas. Desse modo, a mensuração econômica dos eventos gerados e controlados pelos sistemas de apoio às operações deve ser feita a partir deles mesmos. Exemplificando, o método de mensuração de um sistema de custos deve estar totalmente fundamentando nos sistemas de estruturas do produto e do processo de fabricação. Isso significa uma perfeita interação entre os sistemas operacionais e os sistemas de apoio à gestão. De acordo com Laudon: As organizações estão usando sistemas de informações para coordenar atividades e decisões por toda a empresa e até mesmo setores internos. Os sistemas de informação para gerenciamento das relações com clientes (CRM) e da cadeia de suprimentos (SCM) podem ajudar a coordenar processos que abrangem múltiplas funções empresariais, inclusive as de informações em toda a organização por meio dos processos de negócios. (2004, p. 51) 2.5 Importância das informações nas organizações No contexto onde estamos inseridos, as alterações decorrente das operações da empresa, reflete a atual situação da empresa para gestores, colaborares, governo e financeiras. Permitindo que mesma realize grandes operações a longo. Para Oliveira (2000, p.17) as empresas que adotaram a contabilidade informatizada tiveram bons resultados e procuram cada vez mais melhorar esse processo. aumento da produtividade: a velocidade de processamento das informações, quando se faz uso do computador para trabalhar, gera um aumento substancial da produtividade. O tempo gasto por uma pessoa ou uma equipe, para se reproduzir um balancete ou outro relatório da contabilidade nos sistemas convencionais, é muito superior ao tempo gasto quanto se utilizam os sistemas informatizados. Isso pode representar diferença até de dias, dependendo do porte de empresa.

10 19 melhoria da qualidade dos serviços: a impressão eletrônica, por meio de boas impressoras matriciais, a jato de tinta ou laser, apresenta como resultado um trabalho de melhor aspecto, quando comparado a forma manuscrita e mecanizada. As informações geradas pelos sistemas são geralmente consistentes e exatas. A probabilidade de erros nos programas é muito pequena e isso aumenta a confiança nos trabalhos realizados. mais estimulo para os profissionais da área: em função das facilidades que a informática proporciona no cumprimento das diversas tarefas de seu dia-a-dia, os profissionais da área de contabilidade sentem-se mais à vontade para trabalhar e, consequentemente, produzem mais. O trabalho torna-se menos estafante e em função disso mais estimulante, resultando em satisfação. facilidade para leitura prévia de relatórios: os relatórios gerados pelos sistemas podem ser lidos previamente, na tela, mesmo antes de serem impressos. atendimento às exigências dos órgãos quanto ai cumprimento de prazos: o cumprimento de algumas exigências de ordem tributária, trabalhista e previdenciária, a exemplo do recolhimento de impostos e das contribuições só se tornou possível para algumas empresas a partir do uso do computador. Muitas dessas obrigações têm seus prazos de recolhimento no início do mês seguinte ao fato gerador. O não recolhimento nas datas indicadas para o vencimento da obrigação geralmente implica no pagamento de multas e juros para a empresa. facilidade de acesso às informações da empresa: o acesso às informações é feito de maneira rápida por meio do sistema, localizando um lançamento, informando o saldo ou posição de qualquer das contas cadastradas, ou ainda demonstrando a evolução das receitas e despesas por meio de relatórios específicos.

11 20 nos sistemas multiusuários e integrados, as informações ou os arquivos de dados podem ser acessados por várias pessoas ao mesmo tempo e em diferentes locais, se houver necessidade. maior segurança das informações: devido aos recursos de proteção dos arquivos de dados, por meio de cópias de segurança ou backup, existe pouca chance de perda total das informações processadas, as quais podem ser reproduzidas em qualquer lugar que exista um equipamento de informática apropriado e que ele esteja instalado o sistema igual ao que gerou as informações. Com base nisso, basta que se restaurem as cópias de segurança e em seguida se acesse os arquivos de dados, gerando ou obtendo as informações desejadas. Por último, observa-se que a automatização nos processos reflete na qualidade e rapidez das informações nas organizações. Diante da importância da informação para organização, para Magalhães: Para que as informações contábeis sejam utilizadas no processo de administradores, é necessário que seja desejável e útil aos responsáveis pela administração da entidade. Aos administradores que buscam a excelência empresarial, uma informação, mesmo que útil, só é desejável se conseguida a um custo menor que os benefícios propiciados à empresa. A informação não pode custar mais do que seu valor econômico. A informação contábil precisa atender preliminares a 2 (dois) pressupostos básicos, para que tenha validade na gestão administrativa: sua necessidade como informação; seu planejamento e controle. A informação deve ser trada como qualquer outro serviço disponível para uso. Ela deve ser desejada, para ser necessária. Para ser necessária, deve ser útil. Cabe a nós, contadores gerenciais, construir esse serviço com qualidade e custos competitivos, já que temos plena consciência de sua utilidade e, portanto, de sua extrema necessidade para gerenciamento dos negócios. A necessidade da informação é determinada por seus usuários finais, seis consumidores. Assim, a informação deve ser gerada para atender a esses usuários e não aos contadores. O contador gerencial é aquele que sabe

12 21 perfeitamente que a informação que faz parte de seu sistema foi elaborada para atender às necessidades de outras pessoas. (2000, p. 35) Ensina Padoveze (1994 apud MAGALHÃES 2000, p.35) que para um sistema de informação ser dinâmico, em uma empresa, é preciso o apoio da alta administração. Por conseguinte, a necessidade tem que ser sentida pela cúpula, permitida, a partir daí, tenhamos tranquilidade para desenvolver a toda empresa. Uma vez assimilado pela alta administração da empresa, os demais níveis hierárquicos estarão sendo orientados e se utilizarão o sistema. Padoveze (1994 apud MAGALHÃES 2000, p. 35) ensina que, caso esse conceitos de utilidades de utilidade da informação contábil não estejam imediatamente presentes no ambiente cúpula administrativa da empresa, é tarefa do contador fazer nascer e crescer essa mentalidade gerencial. Para isso, é necessário apenas o conhecimento profundo da Ciência Contábil e de seu papel informativo-gerencial.

13 22 3. METODOLOGIA O processo metodológico tem o objetivo de identificar possibilidades e limitações no ambiente de sua aplicação no processo de pesquisa científica. 3.1 Tipo de Estudo A partir dos objetivos e técnicas utilizadas, o estudo em questão se classifica como uma investigação descritiva realizada através do método quantitativo, pois está baseada no levantamento de informações verificadas, quantificadas tanto pela coleta de dados quanto pelo tratamento dos resultados (RICHARDSON, 1999, p.90). Por outro lado, Gil (2002, p.53) expõe que a investigação descritiva tem como objetivo fundamental, a descrição das características de determinada população ou fenômeno, além do estabelecimento de relações entre as variáveis. 3.2 Definições da Amostra Inicialmente a amostra foi composta por uma empesa de locação de veículos da cidade do Recife/PE composta por uma amostra de 14 pessoas, essa empresa foi escolhida pelo autor pela facilidade ao acesso das informações. 3.3 Coletas de dados Inicialmente foi elaborado um questionário piloto que foi aplicado a uma locadora de veículos com a finalidade de comprovar seus resultados e a adequação das perguntas. Passada a etapa do questionário piloto e feitos os ajustes necessários, o autor da pesquisa entrevistou os gestores e colaboradores envolvidos a fim de preencher os dados constantes no formulário que se encontra em apêndices. As perguntas do questionário estão relacionadas com o objetivo geral e específicos propostos neste estudo de acordo com os apêndices A e B. 3.4 Processamentos dos dados O último passo dado foi o processamento de todos os dados com a ajuda do programa Excel que garantirá uma padronização na construção das tabelas, quadros e gráficos.

14 23 pesquisa: Quadro 1 Relação entre as perguntas do questionário e os objetivos da Nº PERGUNTA DO QUESTIONARIO OBJETIVO DA PERGUNTA 1 O que você acha do Sistema de Informação Contábil? Evidenciar a satisfação do cliente com o novo SI. _É um sistema burocrático _É um sistema para melhorar o controle empresarial _É um sistema simples como outro qualquer 2 Qual a principal razão que motivou a implantação do SI na locadora de veículos? _Atualização da tecnologia para suportar e promover o crescimento da empresa _Disponibilidade financeira e maturidade organizacional _Consolidar integração das unidades de negócio _Atendimento das exigências fiscais _Melhoria dos controles, padronização dos processos, qualidade e disponibilidades das informações e segurança 3 Dos benefícios adquiridos na implantação do SI, o que você considera mais importante? _A confiança das informações _A padronização dos processos _A disponibilidade de informações em tempo real _O ganho na produtividade 4 O que você considera de negativo causado após implantação do SI? _Adaptação ao novo sistema _Falta de flexibilidade nas operações _A burocracia gerada pelos novos processos _ A falta de comprometimento dos envolvidos com a mudança 5 Como ocorreu a implantação na empresa? _Muito corrida, para não ultrapassar o prazo de conclusão _Tudo ocorreu dentro dos prazos determinados _A burocracia gerada pelos novos processos _Muitas definições durante o processo de implantação, prejudicando o prazo de conclusão 6 Qual foi a maior mudança na sua rotina depois da implantação do SI? _Utilização dos relatórios gerados pelos sistemas _Maior relacionamento com outros departamento _Aumento da produtividade _Pouca mudança Verificar a insatisfação do usuário com alguma limitação do processo interno da empresa, que possa ser solucionado com o SI. Detectar o diferencial do novo sistema de informação. Identificar gargalos na mudança do sistema, ou até mesmo limitações. Constatar se o planejamento, elaborado foi o suficiente para concluir a mudança com êxito. Detectar as principais deficiências dos usuários.

15 24 7 Qual foi a sua maior preocupação para implantação do SI Contábil? _O prazo determinado para conclusão _O nível de envolvimento das pessoas _Atendimento do sistema à necessidade do negócio _Possível mudança na estrutura organizacional da empresa Avaliar qual o principal motivo das empresas serem avessas a mudança. Fonte: elaborado pelo autor.

16 25 4. ANÁLISE DOS RESULTADOS Neste capitulo serão apresentados a análise dos dados gerados com base nos apêndices A e B. 4.1 Características dos entrevistados Quanto ao gênero dos pesquisados, foi constatado que 57% (8 dos 14) são mulheres e 43% (6 de 14) homens (ver gráfico1). Gráfico 2 Sexo dos entrevistados Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa. O gráfico 2 apresenta a idade dos entrevistados, onde foi observada a predominância da faixa etária compreendida abaixo dos 30 anos de idade, equivalente a 50% (7 dos 14) entrevistados. Gráfico 3 Idade dos entrevistados Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa.

17 26 Quanto ao grau de escolaridade dos entrevistados, foi constatado que 57% (8 de 14) afirmaram possuir nível médio, contra 43% (6 dos 14) com nível médio. (ver gráfico 3) Gráfico 4 Nível de escolaridade Fonte: elaborado pelo autor com os dados da pesquisa. O gráfico 4 mostra o tempo em que os entrevistados estam trabalhando na empresa. Observa-se que 50% dos empregados (7 de 14), estam na empresa entre 2 e 4 anos, enquanto que apenas 28,5% (4 de 14) têm mais de 4 anos de casa. Gráfico 5 Tempo de permanência na empresa Fonte: elaborado pelo autor com os dados da pesquisa. Quanto à área de atuação dos entrevistados, foi observado que 42,8% (6 de 14) atuam na contábil, seguido de 57,2% (8 dos 14) desenvolvem suas atividades nas áreas de departamento pessoal, fiscal, financeiro e informática. (ver gráfico 5)

18 27 Gráfico 6 Área de atuação dos entrevistados Fonte: elaborado pelo autor com os dados da pesquisa Análise dos questionários aplicados. Nesta sessão serão analisadas as respostas dos entrevistados em relação às principais perguntas apresentadas nos questionários que constam nos apêndices 1 e 2 deste estudo. De acordo com a Tabela 1, todos os executivos, diretores e gerentes entrevistados são de opinião que o sistema de informação melhora o controle empresarial. Os empregados partilham da mesma opinião. Tabela 1 - Percepção do entrevistado em relação ao sistema de informação contábil. Respostas dos entrevistados Executivos Operadores Freq. % Freq. % É um sistema burocrático É um sistema para melhorar o controle empresarial É um sistema simples como outro qualquer TOTAL Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa. Foi perguntado especificamente aos Executivos (três diretores e quatro gerentes) qual foi à principal razão que motivou a implantação do sistema na empresa de locação de veículos foi observado que 43% (3 dos 7) dos entrevistados apontaram a atualização tecnológica para suportar o crescimento da empresa como o motivo principal, para 29% (2 dos 7) dos executivos a principal razão para mudança do SI foi o atendimento das exigências fiscais. (ver tabela 2).

19 28 Tabela 2 Principal razão que motivou a implantação do SI na área do entrevistado Respostas dos entrevistados Executivos Freq. % Atualização tecnológica para suportar e promover o crescimento da empresa 3 43 Disponibilidade financeira e maturidade organizacional - - Consolidar integração das unidades do negócio - - Atendimento das exigências fiscais 2 29 Melhoria dos controles, padronização dos processos, qualidade e disponibilidade das informações e sua segurança 2 29 TOTAL Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa. Quanto aos benefícios adquiridos na implantação do sistema de informação, foi observado que 57% (4 dos 7) executivos acreditam que a padronização dos processos foi o principal benefício (ver tabela 3), ratificando a ideia de O Brien (2004) quando menciona que o SI é uma ferramenta eficiente, ágil e capaz de fornecer respostas tanto a clientes, fornecedores e gerentes, melhorando assim a capacidade de tomar as melhores decisões. Por outro lado, 57% (4 dos 7) operadores acreditam que o principal benefício foi a confiança nas informações. Tabela 3 Principais benefícios adquiridos na implantação do SI Respostas dos entrevistados Executivos Operadores Freq. % Freq. % A confiança nas informações A padronização dos processos ,3 A disponibilidade de informações em tempo real ,3 O ganho na produtividade ,3 TOTAL Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa. Quanto aos transtornos causados após a implantação do sistema contábil foi observado que 100% dos executivos apontaram a burocracia gerada pelos novos processos. Porém, na ótica de 43% (3 dos 7) operadores, a adaptação ao novo sistema foi um dos principais pontos negativos seguido da burocracia gerada pelos novos processos. (ver tabela 4)

20 29 Tabela 4 Posicionamento dos entrevistados sobre a implantação do sistema Respostas dos entrevistados Executivos Operadores Freq. % Freq. % Adaptação ao novo sistema Falta de flexibilidade nas operações ,5 A burocracia gerada pelos novos processos ,5 A falta de comprometimento dos envolvidos com a mudança TOTAL Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa. Na tabela 5 são evidenciadas as principais mudanças na rotina do entrevistado após a implantação do sistema. Foi constatado que, para 100% dos executivos e 29% (2 dos 7) operadores, a mudança foi muito corrida pra não ultrapassar o prazo de conclusão. Por outro lado, a opinião de 57% (4 dos 7) operadores tudo ocorreu dentro do prazo determinado. Tabela 5 Como ocorreu à implantação na empresa Respostas dos entrevistados Executivos Operadores Freq. % Freq. % Muito corrida, para não ultrapassar o prazo da conclusão. Tudo ocorreu dentro dos prazos determinados Muitas mudanças nas definições durante o processo de implantação, prejudicando o prazo de conclusão. TOTAL Fonte: elaborado pelo autor com os dados da Pesquisa. Na tabela 6 são apontados os principais fatores, sob a ótica dos operadores, que contribuíram no sentido de facilitar a utilização do sistema de contabilidade. Foi constatado que 57% (4 dos 7) apontaram que a utilização dos relatórios gerados pelo sistema é principal fator na rotina diária dos processos do sistema.

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS Linha de pesquisa: Sistema de informação gerencial Pâmela Adrielle da Silva Reis Graduanda do Curso de Ciências

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação

Estratégias em Tecnologia da Informação Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 6 Sistemas de Informações Estratégicas Sistemas integrados e sistemas legados Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados Material de apoio 2 Esclarecimentos

Leia mais

CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Franco Vieira Sampaio 1 Atualmente a informática está cada vez mais inserida no dia a dia das empresas, porém, no início armazenavam-se os dados em folhas,

Leia mais

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Vantagens e desvantagens de uma rede para a organização Maior agilidade com o uso intenso de redes de computadores; Grandes interações

Leia mais

O Uso do Sistema de Informação Contábil como Ferramenta para a Tomada de Decisão nas Empresas da Região de Contagem - Minas Gerais.

O Uso do Sistema de Informação Contábil como Ferramenta para a Tomada de Decisão nas Empresas da Região de Contagem - Minas Gerais. O Uso do Sistema de Informação Contábil como Ferramenta para a Tomada de Decisão nas Empresas da Região de Contagem - Minas Gerais. Elaine Raquel Fernandes carlosadm@bol.com.br SENAC Flávia Cristina Pereira

Leia mais

A Importância da Informática na Profissão Contábil

A Importância da Informática na Profissão Contábil A Importância da Informática na Profissão Contábil Sumário: I Introdução. II Importância da Informática na Contabilidade. III A Valorização do Profissional Contábil com o Uso da Informática. IV A Vantagem

Leia mais

Aula 03 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Aula 03 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Aula 03 CLASSIFICAÇÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Na prática, não existe uma classificação rígida, permitindo aos autores e principalmente as empresas classificar seus sistemas de diversas maneiras. A ênfase

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 INTRODUÇÃO SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL E A ADMINISTRAÇÃO DE PATRIMÔNIO ALUNO: SALOMÃO DOS SANTOS NUNES MATRÍCULA: 19930057 Há algum tempo, podemos observar diversas mudanças nas organizações,

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Sistema. Atividades. Sistema de informações. Tipos de sistemas de informação. Everson Santos Araujo everson@everson.com.br

Sistema. Atividades. Sistema de informações. Tipos de sistemas de informação. Everson Santos Araujo everson@everson.com.br Sistema Tipos de sistemas de informação Everson Santos Araujo everson@everson.com.br Um sistema pode ser definido como um complexo de elementos em interação (Ludwig Von Bertalanffy) sistema é um conjunto

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA PROFISSÃO CONTÁBIL

A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA PROFISSÃO CONTÁBIL A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA PROFISSÃO CONTÁBIL Contador da Empresa Menendez Amerino & Cia Ltda Contato: Sumário: I Introdução. II Importância da Informática na Contabilidade. III A Valorização do Profissional

Leia mais

As informações foram coletadas por meio de uma pesquisa aplicada aos profissionais que estiveram presentes no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped.

As informações foram coletadas por meio de uma pesquisa aplicada aos profissionais que estiveram presentes no 6º Fórum de Gestão Fiscal e Sped. Panorama da área fiscal e tributária A área fiscal no Brasil recebe constantemente mudanças e atualizações ligadas aos processos de fiscalização, tributação, contribuição, regulamentação entre outros.

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL PARA AS EMPRESAS

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL PARA AS EMPRESAS A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL PARA AS EMPRESAS Gilmar da Silva, Tatiane Serrano dos Santos * Professora: Adriana Toledo * RESUMO: Este artigo avalia o Sistema de Informação Gerencial

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

Quem somos? Por que a sua empresa merece o Sistema de Gestão ERP da Otimizy?

Quem somos? Por que a sua empresa merece o Sistema de Gestão ERP da Otimizy? Por que a sua empresa merece Quem somos? A Otimizy Sistemas Inteligentes é a desenvolvedora do software ErpSoft, um Sistema de Gestão Empresarial voltado a resultados, que automatiza processos operacionais

Leia mais

Conceitos de Sistemas de Informação

Conceitos de Sistemas de Informação Conceitos de Sistemas de Informação Prof. Miguel Damasco AEDB 1 Objetivos da Unidade 1 Explicar por que o conhecimento dos sistemas de informação é importante para os profissionais das empresas e identificar

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Aldemar Dias de Almeida Filho Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Élica Cristina da

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Sistema de Informação Sistemas de Informação em Negócios e SIG Francisco Rodrigues Sistemas de Informação em Negócios Ajudam os funcionários na execução das tarefas, principalmente

Leia mais

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 FERNANDES, Alexandre Roberto Villanova 2 ; KIRINUS, Josiane Boeira 3 1 Trabalho de Pesquisa _URCAMP 2 Curso de Ciências Contábeis da

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 Sistema de Informação SI baseado em computadores Organização, administração e estratégia Professora: Cintia Caetano INTRODUÇÃO Sistemas de Informação são parte

Leia mais

Tipos de Sistemas de Informação Aula 02 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Tipos de Sistemas de Informação Aula 02 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Tipos de Sistemas de Informação Aula 02 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Sistemas de informação Manual técnicas de arquivamento e recuperação de informações de grandes arquivos.

Leia mais

Os Sistemas de Informação e a Evolução das Organizações

Os Sistemas de Informação e a Evolução das Organizações Os Sistemas de Informação e a Evolução das Organizações Leonardo C. de Oliveira1, Diogo D. S. de Oliveira1, Noemio C. Neto 1, Norberto B. de Araripe1, Thiago N. Simões1, Antônio L. M. S. Cardoso 1,2 1.Introdução

Leia mais

Dealer Suite SIRCPlus - SIRCFlow - SIRCSped -

Dealer Suite SIRCPlus - SIRCFlow - SIRCSped - Dealer Suite Motos SIRCPlus - ERP para Gestão de Revendas e Concessionárias SIRCFlow - Gestão de Padronização de Processos para Revendas SIRCSped - Emissor de NF-e Integrado, Sped Fiscal e Sped Contábil

Leia mais

Sistema de informação Leandro Salenave Gonçalves*

Sistema de informação Leandro Salenave Gonçalves* Sistema de informação Leandro Salenave Gonçalves* Possuir dados registrados, saber que possui informações disponíveis e conseguir extrair conhecimento dessas informações pode representar um valioso diferencial

Leia mais

Estruturação do sistema de informação contábil no ERP

Estruturação do sistema de informação contábil no ERP Estruturação do sistema de informação contábil no ERP Clóvis Luís Padoveze (UNIMEP) cpadoveze@romi.com.br Resumo A característica gerencial da informação contábil determina que o sistema de informação

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Gestão das organizações contábeis

Gestão das organizações contábeis Gestão das organizações contábeis Análise dos resultados da pesquisa Dezembro/2014 por Roberto Dias Duarte Sobre a pesquisa O Sistema Público de Escrituração Digital e seus vários subprojetos têm sido

Leia mais

PERSPECTIVA FUNCIONAL DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TIPOS DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO

PERSPECTIVA FUNCIONAL DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TIPOS DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO CURSO: GESTÃO AMBIENTAL PROFESSOR: WENES SILVA DOS SANTOS ALUNOS: ANDRÉ VIANA CAVALCANTE, DANILO CARVALHO DE OLIVEIRA, GEISA MOREIRA DE SOUSA, FERNANDA MONTES, LIAMAR MONTES, PRISCILA CASTRO, RAIMUNDINHA

Leia mais

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação Módulo 15 Resumo Neste módulo vamos dar uma explanação geral sobre os pontos que foram trabalhados ao longo desta disciplina. Os pontos abordados nesta disciplina foram: Fundamentos teóricos de sistemas

Leia mais

AUDITORIA INTERNA DA ATLAS

AUDITORIA INTERNA DA ATLAS AUDITORIA INTERNA DA ATLAS A auditoria interna serve à administração como meio de identificação de que todos os processos internos e políticas definido pela ATLAS, assim como sistemas contábeis e de controle

Leia mais

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações.

Sem que haja um sistema informatizado (ERP), com o cadastro de todos os dados vai ser impraticável o cumprimento das novas obrigações. Diadema (SP), 17 de outubro de 2011. CIRCULAR Nº. 12/2011 Referente: SPED Caro(s) Diretor(es), Gerente(s) e Supervisor(es), Saudações! Como é de seu conhecimento os órgãos da administração federal e estadual

Leia mais

Coletividade; Diferenciais; Informação; Dado; Informação; Conhecimento. Coletar informação; e Identificar as direções.

Coletividade; Diferenciais; Informação; Dado; Informação; Conhecimento. Coletar informação; e Identificar as direções. Revisão 1 Coletividade; Diferenciais; Informação; Dado; Informação; Conhecimento Coletar informação; e Identificar as direções. Precisa; Clara; Econômica; Flexível; Confiável; Dirigida; Simples; Rápida;

Leia mais

Aula 15. Tópicos Especiais I Sistemas de Informação. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 15. Tópicos Especiais I Sistemas de Informação. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 15 Aula 15 Tópicos Especiais I Sistemas de Informação Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Conceitos básicos sobre Sistemas de Informação Conceitos sobre Sistemas

Leia mais

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa mais ágil, com menos papel e mais resultados. 2 ÍNDICE

Leia mais

TÍTULO: "COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR"

TÍTULO: COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR TÍTULO: "COMUNICAÇÃO E CONTABILIDADE: A TECNOLOGIA NA ROTINA DO CONTADOR" CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DE RIO PRETO

Leia mais

Projeto SPED de A a Z

Projeto SPED de A a Z Consultoria e Treinamentos Apresentam: Projeto SPED de A a Z SPED Decreto nº 6.022 22/01/07 Instituir o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Promover a integração dos fiscos; Racionalizar e uniformizar

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a SISTEMAS INTEGRADOS Prof. Eduardo Oliveira Bibliografia adotada: COLANGELO FILHO, Lúcio. Implantação de Sistemas ERP. São Paulo: Atlas, 2001. ISBN: 8522429936 LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane Price. Sistemas

Leia mais

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA Constata-se que o novo arranjo da economia mundial provocado pelo processo de globalização tem afetado as empresas a fim de disponibilizar

Leia mais

Diferenciais do ERP TECNICON: Um caso da área de manufatura

Diferenciais do ERP TECNICON: Um caso da área de manufatura Diferenciais do ERP TECNICON: Um caso da área de manufatura Juliano Hammes (FAHOR) jh000697@fahor.com.br Gustavo Gerlach (FAHOR) gg000675@fahor.com.br Édio Polacinski (FAHOR) edio.pk@gmail.com.br Resumo

Leia mais

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Outras Apostilas em: www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Centro Universitário Geraldo di Biase 1. Sistemas, Processos e Informações Ao observarmos o funcionamento de um setor

Leia mais

Governança de TI Funções Gerenciais e Estrutura Organizacional. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Funções Gerenciais e Estrutura Organizacional. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Funções Gerenciais e Estrutura Organizacional Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Componentes de uma empresa Objetivos Organizacionais X Processos de negócios Gerenciamento integrado

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 7 Planejamento Estratégico Planejamento de TI Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a

Leia mais

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 1: Fundamentos dos SI. Resposta do Exercício 1

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 1: Fundamentos dos SI. Resposta do Exercício 1 Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 1: Fundamentos dos SI Resposta do Exercício 1 Fundação Getúlio Vargas Leia o texto e responda o seguinte: a) identifique os recursos de: Hardware: microcomputadores,

Leia mais

Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações. Um SIG gera

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

Conceitos. - Sistema de Informação, Estruturas e Classificação. - Dados x Informações. Edson Almeida Junior www.edsonalmeidajunior.com.

Conceitos. - Sistema de Informação, Estruturas e Classificação. - Dados x Informações. Edson Almeida Junior www.edsonalmeidajunior.com. Conceitos - Sistema de Informação, Estruturas e Classificação - Dados x Informações Edson Almeida Junior www.edsonalmeidajunior.com.br Definição de Sistema Uma coleção de objetos unidos por alguma forma

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Tecnologia melhora o ABC

Tecnologia melhora o ABC Tecnologia melhora o ABC As inovações da informática estão contribuindo para tornar realidade a determinação de custos com base em atividade Por Mary Lee Geishecker FINANÇAS 18 Mais do que nunca, trabalhar

Leia mais

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS.

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Sobre o MedOne GESTÃO SIMPLIFICADA, EFICIÊNCIA GARANTIDA. Gestão simplificada, segurança

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

Sistema de informação para controle de vendas em imobiliária

Sistema de informação para controle de vendas em imobiliária Sistema de informação para controle de vendas em imobiliária Acadêmico: Diego Vicentini Orientador: Prof. Paulo R. Dias FURB Universidade Regional de Blumenau Julho/2007 Roteiro da apresentação Introdução

Leia mais

A Controladoria no Processo de Gestão. Clóvis Luís Padoveze

A Controladoria no Processo de Gestão. Clóvis Luís Padoveze 1 A Controladoria no Processo de Gestão Clóvis Luís Padoveze Cascavel - 21.10.2003 2 1. Controladoria 2. Processo de Gestão 3. A Controladoria no Processo de Gestão 3 Visão da Ciência da Controladoria

Leia mais

Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1

Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1 Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1 Fundação Getúlio Vargas Estudantes na Escola de Administração da FGV utilizam seu laboratório de informática, onde os microcomputadores estão em rede

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES

O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES André Luís da Silva Pinheiro * Resumo: Este trabalho discutirá o impacto da implantação de um sistema do tipo ERP em uma empresa. Apresentaremos uma breve introdução de

Leia mais

IMPLANTAÇÃO E TREINAMENTO NO SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS ESTUDO DE CASO

IMPLANTAÇÃO E TREINAMENTO NO SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS ESTUDO DE CASO 503 IMPLANTAÇÃO E TREINAMENTO NO SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS ESTUDO DE CASO Christina Garcia(1); Franciane Formighieri(2); Taciana Tonial(3) & Neimar Follmann(4)(1) Acadêmica do 4º Ano do Curso de

Leia mais

Aula 1 Conceitos básicos de Sistemas de Informação.

Aula 1 Conceitos básicos de Sistemas de Informação. Aula 1 Conceitos básicos de Sistemas de Informação. Dados X Informações O que são Dados? São materiais brutos que precisam ser manipulados e colocados em um contexto compreensivo antes de se tornarem úteis

Leia mais

A importância do sistema de informação gerencial para tomada de decisões

A importância do sistema de informação gerencial para tomada de decisões A importância do sistema de informação gerencial para tomada de decisões Cristiane Bazzotti, (UNIOESTE), E-mail: crisbazzotti@yahoo.com.br. Endereço: Rua Tiradentes, 2345 - CEP 85813-200 Cascavel Paraná.

Leia mais

Visão Geral dos Sistemas de Informação

Visão Geral dos Sistemas de Informação Visão Geral dos Sistemas de Informação Existem muitos tipos de sistemas de informação no mundo real. Todos eles utilizam recursos de hardware, software, rede e pessoas para transformar os recursos de dados

Leia mais

OS DESAFIOS DO SPED FISCAL PARA AS EMPRESAS Belo Horizonte-MG

OS DESAFIOS DO SPED FISCAL PARA AS EMPRESAS Belo Horizonte-MG OS DESAFIOS DO SPED FISCAL PARA AS EMPRESAS Belo Horizonte-MG Fernanda Martins LEMOS (IC - nandove15@hotmail.com) 1 Lorena Camila Martins ARAUJO (IC - lorenalo90@hotmail.com) 1 Luciana Chaves SILVA (IC

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença

Leia mais

OS IMPACTOS DE IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO (ENTERPRISE RESOURCE PLANNING - ERP) EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

OS IMPACTOS DE IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO (ENTERPRISE RESOURCE PLANNING - ERP) EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS OS IMPACTOS DE IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO (ENTERPRISE RESOURCE PLANNING - ERP) EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SELMA MARIA DA SILVA (IFG) profasms@hotmail.com Sandrerley Ramos Pires (UFG)

Leia mais

PESQUISA SOBRE A NEGLIGÊNCIA DO CONTEÚDO EM

PESQUISA SOBRE A NEGLIGÊNCIA DO CONTEÚDO EM EXACTUS SOFTWARE LTDA. FEV. 2012 PESQUISA SOBRE A NEGLIGÊNCIA DO CONTEÚDO EM FAVOR DA FORMA NA CONSOLIDAÇÃO DO SPED Ederson Von Mühlen Analista de Negócios da Exactus Software Contador, Pós-Graduado em

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SIG. Diferença entre relatórios gerados pelo SPT e os gerados pelo SIG

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SIG. Diferença entre relatórios gerados pelo SPT e os gerados pelo SIG Introdução SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SIG A finalidade principal de um SIG é ajudar uma organização a atingir as suas metas, fornecendo aos administradores uma visão das operações regulares da empresa,

Leia mais

FACILIDADE E SEGURANÇA NA GESTÃO DO AGRONEGÓCIO.

FACILIDADE E SEGURANÇA NA GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. FACILIDADE E SEGURANÇA NA GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. Um dos principais pilares da economia, o agronegócio é marcado pela competitividade. Com 15 anos de experiência, a SIAGRI é uma das mais completas empresas

Leia mais

Utilização da Margem de Contribuição: Um enfoque gerencial

Utilização da Margem de Contribuição: Um enfoque gerencial Utilização da Margem de Contribuição: Um enfoque gerencial Manoel Salésio Mattos (UNesc) salesio@unescnet.br Joselito Mariotto (UNESC) joselito@unescnet.br Wilson Antunes Amorim (UNESC) wilson@unescnet.br

Leia mais

Sistemas de Informação para Operação nas Empresas

Sistemas de Informação para Operação nas Empresas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU Informação para Operação nas Empresas Profª Eneida Rios TIPOS DE

Leia mais

A IMPORTANCIA DO CUSTEIO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS COMO VANTAGEM COMPETITIVA: CASO LOGÍSTICO EM MORRINHOS/CE.

A IMPORTANCIA DO CUSTEIO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS COMO VANTAGEM COMPETITIVA: CASO LOGÍSTICO EM MORRINHOS/CE. A IMPORTANCIA DO CUSTEIO NA CADEIA DE SUPRIMENTOS COMO VANTAGEM COMPETITIVA: CASO LOGÍSTICO EM MORRINHOS/CE. Jander Neves 1 Resumo: Este artigo foi realizado na empresa Comercial Alkinda, tendo como objetivo

Leia mais

Soluções de Tecnologia da Informação

Soluções de Tecnologia da Informação Soluções de Tecnologia da Informação Software Corporativo ERP ProdelExpress Diante da nossa ampla experiência como fornecedor de tecnologia, a PRODEL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO oferece aos seus clientes

Leia mais

A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1

A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 Tatiana Pereira da Silveira 1 RESUMO O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados da

Leia mais

Gestão e Tecnologia para o Controle de Vendas em uma Pequena e Média Malharia.

Gestão e Tecnologia para o Controle de Vendas em uma Pequena e Média Malharia. Gestão e Tecnologia para o Controle de Vendas em uma Pequena e Média Malharia. Alceu Antonio da Costa alceuacosta@gmail.com FAQ Claudia Cobero claudia.cobero@terra.com.br FAQ Resumo:: O trabalho apresenta

Leia mais

5 CCN 1 Apostila baseada exclusivamente na Obra de Clovis Luis Padoveze 1

5 CCN 1 Apostila baseada exclusivamente na Obra de Clovis Luis Padoveze 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES CONTÁBEIS PROFESSOR Edmundo Tork APOSTILA 3 TURMA: EMPRESA E SISTEMA 5 CCN 1 Apostila baseada exclusivamente na Obra de Clovis Luis Padoveze 1 2 EMPRESA COMO SISTEMA E SEUS SUBSISTEMAS

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial. Gerencial

Sistemas de Informação Empresarial. Gerencial Sistemas de Informação Empresarial SIG Sistemas de Informação Gerencial Visão Integrada do Papel dos SI s na Empresa [ Problema Organizacional ] [ Nível Organizacional ] Estratégico SAD Gerência sênior

Leia mais

BPM - Sem Processos, Sem Nada!

BPM - Sem Processos, Sem Nada! BPM - Sem Processos, Sem Nada! Márcio Teschima email: marcio@teschima.com Cientista da Informação, Pós Graduado em Qualidade, Processos e Projetos e com MBA em Gestão Empresarial, busco a oportunidade

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação INSTITUTO VIANNA JÚNIOR LTDA FACULDADES INTEGRADAS VIANNA JÚNIOR Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação Lúcia Helena de Magalhães 1 Teresinha Moreira de Magalhães 2 RESUMO Este artigo traz

Leia mais

Tecnologias e Sistemas de Informação

Tecnologias e Sistemas de Informação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 02 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO P á g i n a 3 INTRODUÇÃO A Administração de Materiais compreende as decisões e o controle sobre o planejamento, programação, compra, armazenamento e distribuição dos materiais indispensáveis à produção

Leia mais

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo;

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo; Conceitos Comunicação; Formas de escritas; Bacharel Rosélio Marcos Santana Processo de contagem primitivo; roseliomarcos@yahoo.com.br Inicio do primitivo processamento de dados do homem. ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

A CONTABILIDADE E O AVANÇO DA TECNOLOGIA. http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/contabilidadeetecnologia.htm

A CONTABILIDADE E O AVANÇO DA TECNOLOGIA. http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/contabilidadeetecnologia.htm A CONTABILIDADE E O AVANÇO DA TECNOLOGIA Reinaldo Luiz Lunelli Texto do site: http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/contabilidadeetecnologia.htm Com o passar dos anos, a contabilidade tem sofrido

Leia mais

Tecnologias da Informação e da Comunicação Aula 01

Tecnologias da Informação e da Comunicação Aula 01 Tecnologias da Informação e da Comunicação Aula 01 Douglas Farias Cordeiro Universidade Federal de Goiás 31 de julho de 2015 Mini-currículo Professor do curso Gestão da Informação Professor do curso ESAMI

Leia mais

Bloco Contábil e Fiscal

Bloco Contábil e Fiscal Bloco Contábil e Fiscal Contabilidade e Conciliação Contábil Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre os Módulos Contabilidade e Conciliação Contábil, que fazem parte do Bloco Contábil

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Ementa da Disciplina Fundamentos da teoria

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de ativos de software com o CA IT Asset Manager como posso administrar melhor os meus ativos de software e reduzir o risco de auditorias de conformidade? agility made possible

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO Porto Alegre RS Abril 2010 Bianca Smith Pilla Instituto Federal de Educação,

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação

E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação Capítulo 2 E-business: Como as Empresas Usam os Sistemas de Informação 2.1 2007 by Prentice Hall OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever as principais características das empresas que são importantes

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

www. zaninisistemas.com.br

www. zaninisistemas.com.br www. zaninisistemas.com.br Sistemas para Lojistas e Empresas Corporativas ERP Gestor Financeiro Gerenciador NF-e CRM Gestão de Clientes Gestão de Sistemas Contábeis Contabilidade Escrita Fiscal RH & Folha

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais