Treinamento Anticorrupção para Parceiros da Microsoft

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Treinamento Anticorrupção para Parceiros da Microsoft"

Transcrição

1 Treinamento Anticorrupção para Parceiros da Microsoft 1

2 Versão em português Bem-vindo Bem-vindo Bem-vindo ao Treinamento Anticorrupção para Parceiros da Microsoft. Este curso foi desenvolvido para ajudar os parceiros a seguir a Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes e as leis anticorrupção que orientam os negócios no mundo inteiro. Introdução Padrões Éticos da Microsoft A Microsoft está comprometida com práticas comerciais éticas e esperamos que nossos funcionários e os funcionários de nossos parceiros realizem negócios orientados por altos padrões éticos e em conformidade com a lei. A Microsoft só faz negócios com parceiros confiáveis e éticos. Este curso foi desenvolvido para ajudar os parceiros a seguir a Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes e as leis anticorrupção que orientam os negócios no mundo inteiro. Os parceiros concordam em seus contratos com a Microsoft em oferecer treinamento anticorrupção a seus funcionários. Participando deste curso, você atende a esse requisito de treinamento. Na Microsoft, o sucesso de nossos parceiros é nosso sucesso. Valorizamos nossos parceiros e ganhamos juntos por meio de negócios feitos com ética e honestidade. Este curso foi desenvolvido pela Microsoft para os parceiros que não têm um programa de treinamento anticorrupção. A corrupção promove a pobreza, a doença e o crime. A corrupção prejudica o desenvolvimento econômico e social, e não favorece os negócios. Ela distorce a concorrência e afeta a capacidade dos parceiros de participarem honestamente de oportunidades dos clientes. 2

3 É proibido subornar Embora este curso aborde inúmeros tópicos, a política da Microsoft que proíbe corrupção e suborno é a base deste treinamento. A Microsoft proíbe a corrupção de funcionários públicos e o pagamento de subornos ou propinas de qualquer tipo, seja em negociações com funcionários públicos ou pessoas do setor privado. Os parceiros da Microsoft nunca, em circunstância alguma, devem pagar ou aceitar pagar um suborno. Cada parceiro concorda em seu contrato com a Microsoft em não pagar suborno: A empresa observará todas as leis aplicáveis relacionadas a suborno, corrupção, livros e registros incorretos, controles internos inadequados e lavagem de dinheiro, incluindo a lei norte-americana Foreign Corrupt Practices Act ("leis anticorrupção"). Todos os parceiros certificam que cumprem a Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes: A empresa confirma que analisou e seguirá a Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes. Requisitos anticorrupção A Microsoft só faz negócios com parceiros confiáveis e éticos. Estes são requisitos da Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes. Conformidade com as leis anticorrupção Os parceiros da Microsoft devem se comportar segundo altos padrões éticos e observar todas as leis anticorrupção aplicáveis. Nenhum parceiro deverá, direta ou indiretamente, prometer, autorizar, oferecer ou pagar algo de valor a qualquer funcionário público para influenciar ilicitamente qualquer ato ou decisão com o intuito de promover os interesses comerciais da Microsoft. São proibidos os pagamentos facilitadores A Microsoft proíbe todo tipo de suborno, inclusive os pagamentos facilitadores. Pagamento facilitador é um pagamento efetuado com o fim de assegurar ou agilizar uma ação rotineira exercida por um funcionário público. 3

4 Auditoria detalhada A Microsoft requer que certos parceiros se submetam a procedimentos de auditoria detalhada, normalmente chamados de "verificação" para que sejam autorizados a iniciar ou renovar uma relação comercial com a Microsoft. Os parceiros devem cumprir os procedimentos e solicitações por informações da Microsoft para fins de auditoria detalhada ou "verificação". É proibida a lavagem de dinheiro Nenhum parceiro da Microsoft deverá usar sua relação com a Microsoft para escamotear ou tentar escamotear a origem de fundos obtidos ilegalmente. Sem pagamento de despesas de viagem, presentes ou hospedagem Os parceiros da Microsoft estão proibidos de pagar despesas de viagem, alojamento, presentes ou hospedagem para funcionários públicos em nome da Microsoft. Os parceiros também estão proibidos de usar fundos fornecidos pela Microsoft ou rendimentos resultantes de qualquer negócio da Microsoft para pagar despesas de viagem, alojamento, presentes ou hospedagem para funcionários públicos. Livros e registros precisos Os parceiros devem registrar os pagamentos e outros subsídios nos livros, registros e contas da empresa pontualmente e com o máximo de detalhes possível. Não podem ser estabelecidas contas não reveladas ou não registradas para qualquer fim. São proibidos lançamentos falsos, incorretos, incompletos, imprecisos ou artificiais nos livros e registros. Os parceiros também devem desenvolver e manter um sistema de controles internos para evitar o pagamento de subornos e oferecer garantias suficientes de que os relatórios e demonstrativos financeiros estão corretos. Sem capital pessoal Não use capital pessoal para realizar ações proibidas pela Microsoft nem burlar políticas e procedimentos da Microsoft. Sem retaliação A Microsoft proíbe a retaliação contra qualquer parceiro que, de boa-fé, tenha relatado um sinalizador vermelho ou uma possível violação da lei ou da Política Anticorrupção da Microsoft. Nenhum parceiro sofrerá consequências adversas por se recusar a pagar ou aceitar um suborno, mesmo que isso resulte na perda de negócios para a Microsoft. Imposição Os parceiros estão sujeitos a sanções criminais e civis das autoridades governamentais por violarem as leis anticorrupção. A Microsoft também pode apontar qualquer parceiro que viole sua política anticorrupção às autoridades governamentais para processo criminal ou outra ação de aplicação legal ou processo por danos. 4

5 Relatando suspeitas Os parceiros devem relatar sinalizadores vermelhos e possíveis violações ou suspeitas de violação da lei à Microsoft usando os recursos descritos na seção Relatos. Normas para subcontratados A Microsoft requer que os parceiros façam com que seus subcontratados e representantes respeitem a mesma norma que a Microsoft aplica a seus representantes. Os parceiros devem fazer suas próprias verificações antes de admitir subcontratados e representantes para garantir que essas empresas sejam legítimas e qualificadas para exercer a função para a qual estão sendo mantidas, além de confiáveis e éticas. Os parceiros podem ser responsabilizados pelas ações de terceiros que estejam sob sua responsabilidade. Imposição global A corrupção é um problema mundial. Todos os países em que a Microsoft opera proíbem a corrupção. Além disso, a lei norte-americana FCPA (Foreign Corrupt Practices Act) aplica-se também às atividades da Microsoft e de seus parceiros no mundo inteiro. As leis anticorrupção são aplicadas mundialmente. Atividade de aprendizagem: consequências da corrupção Quais são as consequências por violar as leis anticorrupção? A. Você pode ser preso. B. Sua empresa pode ser processada pelas autoridades governamentais e impedida de realizar negócios. C. Sua empresa e você pessoalmente podem ser forçados a arcar com processos e multas vultosos. D. A Microsoft pode rescindir seu contrato. E. Os clientes de sua empresa não farão negócios com você e sua reputação será prejudicada. 5

6 F. Você e sua empresa podem estar sujeitos a ação cível. Todas as respostas acima estão corretas. As leis anticorrupção impõem sanções penais. Isso significa que você pode ir para a prisão por envolvimento com pagamento ilícito e ainda muitas outras consequências negativas. A próxima seção mostrará como evitar o envolvimento em ações potencialmente corruptas e como cumprir a política anticorrupção da Microsoft. Evitar a corrupção Introdução Agora que você já sabe os requisitos básicos da Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes, vejamos como evitar pagamentos suspeitos ou ilícitos. O que é suborno? Suborno é oferecer, prometer, autorizar ou dar algo de valor a alguém, direta ou indiretamente, para obter um benefício impróprio, como obter ou manter negócios com a Microsoft ou seus parceiros. Para saber mais sobre o que isso significa, verifique cada parte da frase mais atentamente. Oferecer, prometer, autorizar ou dar É proibido oferecer ou prometer um pagamento ilícito, mesmo que o pagamento não seja efetuado ou seja recusado. Não é preciso que o suborno seja aceito para ser considerado ilegal. Mesmo que o funcionário público não faça algo em retorno, se você pagar ou prometer algo de valor a um funcionário público, isso será considerado suborno. Algo de valor O suborno pode assumir várias formas. "Algo de valor" inclui dinheiro, presentes, viagem, hospedagem, empréstimos, doações à caridade, favores ou oportunidades de emprego. Não existe um valor mínimo para algo ser considerado suborno. Até mesmo pagamentos menores podem ser subornos. 6

7 Para qualquer tipo de destinatário A maioria das leis anticorrupção enfatiza o suborno de funcionários públicos, embora alguns países também proíbam o suborno no setor privado. A política da Microsoft proíbe todo tipo de suborno, independentemente de o destinatário ser do setor público ou privado. Direto ou indireto Mesmo que não seja você a fazer o pagamento ilícito, você poderá ser responsabilizado se autorizar outra pessoa a fazê-lo ou ignorar que isso está sendo feito. Você pode ser responsabilizado pelos atos de seus funcionários e subcontratados. Para obter um benefício para a Microsoft ou seus parceiros É proibida toda tentativa de influenciar ou afetar indevidamente a tomada de decisão de alguém. Estão incluídas as tentativas de influenciar para obter ou reter um contrato, reduzir impostos ou tarifas, garantir entregas mais ágeis, agilizar um processo de aprovação ou permissão ou afetar o resultado de uma decisão governamental. A atitude correta é realizar negócios com ética, respeitando a lei. Quem é funcionário público? (1 de 2) A Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes proíbe pagamentos ilícitos a "funcionários públicos". Os parceiros sempre devem saber quando estão lidando com funcionários públicos e ficar atentos para que sua conduta esteja de acordo com as políticas da Microsoft e a legislação. Funcionários públicos incluem: Funcionários de uma entidade governamental Autoridades eleitas Pessoas físicas que atuam em nome de uma entidade governamental Diretores e funcionários de empresas que pertencem ao governo ou que são controladas pelo governo Candidatos a cargos políticos Membros de partidos políticos Funcionários de organizações públicas internacionais. Por exemplo, o Banco Mundial 7

8 Quem é funcionário público? (2 de 2) Nem sempre é fácil identificar instituições governamentais ou seus funcionários. Qualquer uma das pessoas a seguir pode ser considerada como funcionário público: Um médico ou um advogado empregados por um órgão estatal ou uma empresa estatal Um membro de partido político Um consultor de um funcionário público Um funcionário de uma empresa pertencente ao governo ou controlada pelo governo Um professor empregado por uma cidade ou um município Um funcionário de uma entidade ou um órgão governamental Sem viagem, presentes ou hospedagem (1 de 2) Um benefício impróprio oferecido a uma autoridade pode assumir várias formas. O pagamento de despesas de viagem a um funcionário público ou a oferta de presentes ou hospedagem podem ser atitudes impróprias se forem excessivas ou não relacionadas a uma finalidade comercial legítima. A Microsoft reconhece que pequenos presentes ou sinais de apreço ou gratidão podem ser uma forma aceitável para as pessoas de negócios demonstrarem respeito entre si e podem ser habituais em algumas negociações. No entanto, presentes, viagens ou hospedagens excessivas, dispendiosas ou extravagantes podem ser consideradas suborno se houver um intuito impróprio. 8

9 Sem viagem, presentes ou hospedagem (2 de 2) A Microsoft proíbe os parceiros de pagar por despesas de viagem, alojamento, presentes, refeições e lazer de funcionários públicos que estejam associadas a negócios da Microsoft. Todo parceiro concorda em contrato com a Microsoft em não pagar por quaisquer destas despesas: A empresa reconhece que está proibida de arcar com as despesas de viagem, alojamento, presentes ou hospedagem de funcionários públicos em nome da Microsoft. A empresa também reconhece que está proibida de usar fundos fornecidos pela Microsoft ou rendimentos resultantes de qualquer negócio da Microsoft para pagar despesas de viagem, alojamento, presentes ou hospedagem para funcionários públicos. Atividade de aprendizagem: viagem, presentes e hospedagem Considere o seguinte cenário: Um cliente em uma negociação com a Microsoft pede que você pague pela viagem ao escritório da Microsoft nos Estados Unidos para participar da apresentação de um produto da Microsoft. O cliente também solicita que o itinerário inclua uma viagem extra a Las Vegas. Como você deve responder? A. Pague pela viagem inteira, porque o motivo é legítimo. B. Peça que uma agência de viagens pague pela viagem inteira do cliente e depois reembolse a agência. C. Pague pela viagem do cliente até o escritório da Microsoft, mas se recuse a pagar pela viagem extra até Las Vegas porque não está relacionada à finalidade de uma viagem de negócios. D. Diga ao cliente que você não pode arcar com as despesas de viagem em nome da Microsoft, mas que encaminhará a solicitação à Microsoft. A resposta correta é D. A Microsoft arca com as despesas de viagem de funcionários públicos quando existe um motivo e uma necessidade legítimos. Porém, a Microsoft não quer que parceiros e outros representantes arquem com despesas em seu nome. Viagens extras sem uma finalidade de negócios legítima nunca são permitidas. 9

10 Contratação Os parceiros não podem usar oportunidades de emprego para influenciar, de forma imprópria, a tomada de decisão de funcionários públicos. Oferecer emprego a um funcionário público ou empregar amigos ou parentes deles podem ser consideradas ofertas de "algo de valor" e constituir evidência de suborno se houver alguma finalidade ilícita. Atividade de aprendizagem: contratação Considere o seguinte cenário: O cliente que participa de uma negociação com a Microsoft é um funcionário público. Em uma reunião de compras sobre a negociação com a Microsoft, o funcionário diz que seu filho é recém-formado e que procura emprego. Ele diz que fará um pedido maior se o parceiro ou a Microsoft contratar seu filho. Como você deve responder? A. Diga ao funcionário que você analisará a situação e peça que ele envie o currículo de seu filho. B. Diga ao funcionário que nem o parceiro nem a Microsoft podem contratar seu filho. C. Prometa que contratará o filho do funcionário, mas somente após fechar a negociação e se houver vaga disponível na empresa do parceiro ou na Microsoft. A resposta correta é B. O funcionário associou a contratação do filho à venda de produtos da Microsoft. O funcionário pediu um suborno, o que deve ser recusado e informado à Microsoft. 10

11 Doações à caridade Muitas empresas, inclusive a Microsoft, participam de ações de caridade por meio de doações a suas comunidades. Entretanto, os parceiros não podem utilizar as doações para subornar as autoridades. Quanto aos negócios da Microsoft, os parceiros não devem fazer doações à caridade que possam consistir em um benefício pessoal para algum funcionário público ou que represente uma troca de favores com um funcionário público. Se um funcionário público faz uma promessa ou uma ameaça relacionada a uma solicitação de doação, a solicitação deve ser recusada e informada à Microsoft. Você sabia? Empresas já foram multadas por conta de doações feitas a instituições de caridade favorecidas por funcionários públicos a fim de induzir esses funcionários a direcionar negócios para a empresa. Ainda que as instituições de caridades fossem organizações legítimas, os pagamentos das empresas tinham o objetivo de influenciar ilicitamente os funcionários públicos, violando assim as leis anticorrupção. O que são sinalizadores vermelhos? Ao lidar com clientes, fornecedores e representantes, observe os sinais de alerta do risco de algum comportamento inadequado ou corrupto ("sinalizadores vermelhos"). Sinalizador vermelho é tudo aquilo que desperta a suspeita de comportamento inadequado ou corrupto. Estes são alguns exemplos de sinalizadores vermelhos: Comissões excessivas Descontos excessivos Contratos que não refletem corretamente a real situação econômica da negociação Condições incomuns ou condições e práticas de cobrança complexas demais Documentação insuficiente ou não transparente "Contratos de consultoria" que incluem apenas serviços descritos vagamente Na próxima página, você verá alguns exemplos do que são e não são sinalizadores vermelhos. 11

12 Atividade de aprendizagem: sinais vermelhos Quais das opções a seguir são sinalizadores vermelhos? A. Representantes cujo objetivo em uma transação seja duvidoso ou obscuro B. Representantes que estão relacionados ou intimamente associados a um funcionário público em uma negociação C. Representantes que foram totalmente examinados D. Representantes que participaram da negociação por solicitação ou insistência de um funcionário público E. Representantes que são empresas fictícias incorporadas em outro país F. Representantes que solicitam que o pagamento seja efetuado em contas bancárias estrangeiras G. Representantes que têm experiência no trabalho com funcionários públicos Resposta: A, B, D, E e F são sinalizadores vermelhos. Relatar sinalizadores vermelhos Todo sinalizador vermelho deve ser relatado à Microsoft. As informações podem ser passadas à Microsoft de várias formas, como as descritas na seção Relatos. Os parceiros nunca sofrerão consequências adversas por relatarem um sinalizador vermelho de boa-fé. 12

13 Atividade de aprendizagem: evitar a corrupção Considere o seguinte cenário: Você e outro parceiro estão concorrendo para fechar uma negociação com um cliente governamental. O cliente diz que gostaria de fechar a negociação com sua empresa, mas sua empresa precisa "pagar um extra" para ajudar na reeleição de um ministro. O que você deve fazer? A. Pagarei para que minha empresa não perca a negociação para um concorrente. B. Solicitarei a um subcontratado que pague para minha empresa. C. Acredito que tal solicitação seja um suborno. Recusarei pagar e informarei a solicitação à Microsoft. D. Não farei nada e torcerei para que dê tudo certo. A resposta correta é C. Esta solicitação parece ser um suborno. Os parceiros nunca devem pagar um suborno, seja direta ou indiretamente, mesmo que isso signifique perder um negócio. A situação deve ser informada à Microsoft para que a Microsoft investigue a questão e adote a medida apropriada. A Microsoft não faz negócios com parceiros ou clientes corruptos. A Microsoft não tolerará retaliação contra qualquer um que, de boa-fé, tenha relatado uma possível violação da política anticorrupção ou se negado a participar de atividades que violem essa política. Precisão e transparência Introdução As leis anticorrupção exigem mais do que não pagar suborno. Elas também exigem que as empresas mantenham registros precisos e controles internos rigorosos e façam negócios de forma transparente. 13

14 Livros e registros precisos A Microsoft e as leis anticorrupção exigem que os parceiros mantenham livros e registros precisos. Livros e registros precisos ajudam a garantir a conformidade com as leis anticorrupção. São proibidos lançamentos falsos, incorretos, incompletos, imprecisos ou artificiais nos livros e registros. Saiba mais sobre o que isso significa na próxima página. Requisitos de precisão e transparência Saiba mais sobre quais requisitos se aplicam aos parceiros. Controles internos rigorosos Os parceiros devem desenvolver e manter um sistema de controles internos rigorosos para evitar o pagamento de suborno e oferecer meios suficientes de comprovar que os relatórios e demonstrativos financeiros estão corretos. Contratos e preços explícitos e transparentes Os termos, as condições e os preços estipulados no contrato devem ser explícitos e transparentes e refletir a realidade econômica da negociação. Fornecer prova de execução A Microsoft pode exigir que os parceiros apresentem PoE (prova de execução) para justificar certos pagamentos, por exemplo, incentivos de canal ou BIF (Business Investment Funds). Cumpra sempre os requisitos da Microsoft em termos de PoE. Provas de execução precisas e completas podem ajudar sua empresa e a Microsoft a implementar controles internos eficazes. Sem contas não reveladas Os parceiros não devem ter contas não reveladas ou não registradas e só devem usar as contas bancárias autorizadas pelos contratos da Microsoft para efetuar e receber pagamentos. Evite empresas fictícias e contas estrangeiras Evite o uso de empresas fictícias incorporadas em outros países. Evite também o uso de contas estrangeiras para pagamentos. 14

15 Exemplo de imposição A importância de manter livros e registros precisos e controles internos rigorosos é ilustrada por uma ação pública de 2012 contra uma grande empresa de tecnologia e sua subsidiária. A acusação A empresa de tecnologia foi acusada pela SEC (Comissão de Valores Mobiliários) norteamericana de violar a lei FCPA (Foreign Corrupt Practices Act) por não impedir sua subsidiária de sonegar lançamentos nos livros da empresa. O dinheiro havia sido usado para pagamentos não autorizados a falsos fornecedores de uma empresa fora dos Estados Unidos. O que aconteceu? A SEC acreditava que a subsidiária e um distribuidor desviaram uma parte dos rendimentos de vendas governamentais para uma conta não registrada, ou caixa dois, à qual o distribuidor tinha acesso. A subsidiária orientou o distribuidor a efetuar pagamentos a outros usando a conta não registrada. A SEC ficou preocupada porque esse acordo "criava o risco de os fundos serem usados para fins ilícitos, como suborno ou desfalque". As violações da empresa A SEC informou que a empresa de tecnologia violou as cláusulas sobre livros e registros da FCPA e dos controles internos por não registrar corretamente os fundos do caixa dois que a subsidiária mantinha com seus distribuidores. A empresa também não criou nem manteve um sistema de controles internos eficazes que impedisse o uso inapropriado de fundos da empresa. O acordo Para lidar com as acusações, a empresa de tecnologia concordou em pagar US$ 2 milhões de multa e aceitar uma injunção contra futuras violações das disposições contábeis. O que isso significa para você Os parceiros não devem criar contas não registradas ou caixa dois para uso de negócios da Microsoft. O dinheiro que os parceiros recebem das negociações ou dos incentivos da Microsoft nunca deve ser usado para fins ilícitos. 15

16 Relatos e recursos Relatando suspeitas Se você tiver alguma suspeita ou precisar de mais orientações sobre os tópicos deste curso, contate o Escritório de Conformidade Legal da Microsoft. Você encontrará informações de contato detalhadas na próxima tela. Além disso, se você estiver ciente de alguma violação da legislação ou da política da Microsoft ou de algum sinalizador vermelho que indique uma possível suspeita, informe à Microsoft. A Microsoft proíbe a retaliação contra qualquer parceiro que, de boa-fé, tenha relatado um sinalizador vermelho ou uma possível violação da lei ou da Política Anticorrupção da Microsoft. Nenhum parceiro sofrerá consequências adversas por se recusar a pagar ou aceitar um suborno, mesmo que isso resulte na perda de negócios para a Microsoft. Contatando o Escritório de Conformidade Legal Você pode escolher um destes meios para contatar o Escritório de Conformidade Legal da Microsoft em caso de suspeitas ou dúvidas: Ligue para: Linha Direta de Conduta Empresarial da Microsoft Nos Estados Unidos: MSFT (6738) Fora dos Estados Unidos (a cobrar): Alias do setor de Conduta Empresarial e Conformidade Online: Site Microsoft Integrity (http://www.microsoftintegrity.com) Correio: Diretor de conformidade Escritório de Conformidade Legal One Microsoft Way Redmond, WA EUA 16

17 Fax: A Microsoft processará todas as consultas discretamente e, dentro do possível e dos limites permitidos por lei, preservará a confidencialidade daqueles que informarem uma possível violação ou fornecerem informações em uma investigação. Preferimos que você se identifique, mas também aceitamos relatos anônimos quando a lei assim permitir. Recursos Os recursos a seguir podem fornecer mais informações e orientações referentes aos tópicos deste curso. Padrões de Conduta Empresarial da Microsoft Política Anticorrupção da Microsoft para Representantes Compromisso da Microsoft com o Combate à Corrupção Parabéns Você concluiu este curso. Obrigado por dedicar um tempo a aprender sobre estas importantes obrigações. 17

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC.

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. a JUSTIFICATIVA: A Alcoa Inc. ( Alcoa ) e sua administração têm o compromisso de conduzir todas as suas operações em todo o mundo com ética e em conformidade com todas

Leia mais

RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO I. DECLARAÇÃO DA POLÍTICA A política da RGIS ( Companhia ) é conduzir as operações mundiais de forma ética e conforme as leis aplicáveis, não só nos EUA como em outros países.

Leia mais

HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS. Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade

HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS. Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade A Hillenbrand, Inc., incluindo todas suas subsidiárias (referidas em conjunto como a Empresa ), mantém

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER I. PROPÓSITO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER A corrupção é proibida pelas leis de quase todas as jurisdições do mundo. A Danaher Corporation ( Danaher ) está comprometida em obedecer as leis

Leia mais

Política Antissuborno e Anticorrupção

Política Antissuborno e Anticorrupção Política Antissuborno e Anticorrupção Agosto 2015 1 de 8 Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4. Suborno e Pagamento de Propina... 1 5. Brindes, Presentes,

Leia mais

Manual Anticorrupção & FCPA

Manual Anticorrupção & FCPA Manual Anticorrupção & FCPA pág. 1 Manual Anticorrupção & FCPA Índice 01. Introdução pág. 03 02. Abrangência pág. 07 03. Definições pág. 09 04. FCPA Informações Preliminares pág. 13 pág. 17 06. Sinais

Leia mais

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 Manual Anticorrupção Versão 1 Abr/2015 SUMÁRIO 1 Introdução... 2 2 Definições... 3 3 Compromisso e adesão... 5 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 5 Violações e Sanções Aplicáveis... 6 6 Ações

Leia mais

Visão geral anticorrupção. Guia de treinamento para empresas que fazem negócios com a Abbott

Visão geral anticorrupção. Guia de treinamento para empresas que fazem negócios com a Abbott Visão geral anticorrupção Guia de treinamento para empresas que fazem negócios com a Abbott Objetivo A Abbott tem o compromisso de fazer negócios de maneira ética e com conformidade legal, e adere à Lei

Leia mais

Política Mundial Anticorrupção

Política Mundial Anticorrupção Política Mundial Anticorrupção I. OBJETIVO A legislação da maioria dos países considera crime o pagamento, oferta de pagamento, ou mesmo o recebimento de suborno, propina, ou outro pagamento corrupto,

Leia mais

Política Antissuborno e anticorrupção

Política Antissuborno e anticorrupção Política Antissuborno e anticorrupção Data de entrada em vigor: 1 de janeiro de 2016 Para uso interno e externo. Índice Introdução... 2 Qual é a finalidade da Política ABC da Pearson?... 2 A quem se aplica

Leia mais

POLÍTICA ANTISSUBORNO E ANTICORRUPÇÃO DA UL

POLÍTICA ANTISSUBORNO E ANTICORRUPÇÃO DA UL Setor jurídico N. do documento: 00-LE-P0030 Edição: 5.0 Data da publicação: 09/04/2010 Data da revisão: 16/09/2013 Data de entrada em vigor: 16/09/2013 Página 1 de 8 POLÍTICA ANTISSUBORNO E ANTICORRUPÇÃO

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção Política Anticorrupção pág. 1 Política Anticorrupção Índice 1. Introdução pág. 03 2. Abrangência pág. 07 3. Definições pág. 09 4. Informações Preliminares pág. 13 5. pág. 17 6. Sinais de Alerta pág. 29

Leia mais

ManpowerGroup Inc. Política Anticorrupção

ManpowerGroup Inc. Política Anticorrupção ManpowerGroup Inc. Política Anticorrupção Índice POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO I. OBJETIVO...3 IX. PRECISAMOS MANTER LIVROS E REGISTROS PRECISOS...7 II. ESTA POLÍTICA SE APLICA A TODOS DO MANPOWERGROUP...3 X.

Leia mais

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc.

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc. DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc. Estes princípios de conduta aplicam-se a todos os funcionários, diretores, empresas e subsidiárias da ITW ao redor do mundo. Espera-se que

Leia mais

Visão geral anticorrupção. Guia de treinamento para empresas que fazem negócios com a Abbott

Visão geral anticorrupção. Guia de treinamento para empresas que fazem negócios com a Abbott Visão geral anticorrupção Guia de treinamento para empresas que fazem negócios com a Abbott Objetivo A Abbott compromete-se a conduzir os negócios de forma ética e juridicamente compatível e adere ao Foreign

Leia mais

REGAL-BELOIT CORPORATION PROGRAMA Corporativo Anticorrupção Política de Contratação de Terceiros Anexo 1

REGAL-BELOIT CORPORATION PROGRAMA Corporativo Anticorrupção Política de Contratação de Terceiros Anexo 1 Instruções: O REPRESENTANTE DEVIDAMENTE AUTORIZADO DO TERCEIRO DEVE RESPONDER ÀS QUESTÕES DA VERIFICAÇÃO MINUCIOSA E PREENCHER O TERMO DE CERTIFICAÇÃO E ENVIAR TODAS AS INFORMAÇÕES PARA O FUNCIONÁRIO REGAL

Leia mais

Agradecemos por manterem seu compromisso coin a ITW, cora nossos principios e nossas politicas.

Agradecemos por manterem seu compromisso coin a ITW, cora nossos principios e nossas politicas. Corporate Headquarters 155 Harlem Avenue Glenview, Illinois 60025 Telephone 847.724.7500 22 de outubro de 2015 Prezados Empregados e Diretores da ITW: REF: Politica Global Contra Corrupcio da ITW Recentemente,

Leia mais

Manual Anticorrupção

Manual Anticorrupção Manual Anticorrupção pág. 2 Estrutura do Manual Anticorrupção 1. Introdução pág. 04 2. Definições pág. 06 3. Regras e Procedimentos pág. 08 4. Violações e Sanções Aplicáveis pág. 16 pág. 3 1. Introdução

Leia mais

ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS

ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS MENSAGEM DO PRESIDENTE A ICTSI tem crescido de forma sólida ao longo dos anos, tornando-se uma empresa líder na gestão de portos, com um alcance global que se estende

Leia mais

DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO

DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO I. Declaração da Diretriz. É a diretriz da Global Crossing Limited ( Global Crossing ou a Empresa ) conduzir todos os seus negócios de uma maneira honesta e ética. Ao fazer

Leia mais

MOTA-ENGIL AFRICA N.V. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO E SUBORNO

MOTA-ENGIL AFRICA N.V. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO E SUBORNO 2014 MOTA-ENGIL AFRICA N.V. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO E SUBORNO INTRODUÇÃO A Mota-Engil Africa N.V. ( Mota-Engil Africa ou a Empresa e juntamente com as suas subsidiárias, o Grupo ") compromete-se a conduzir

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO ÍNDICE 1 - Política Anticorrupção da Lombardi & Advogados Associados 2 - Código de Conduta da Lombardi & Advogados Associados 3 - Cenário Jurídico 4 - O que é corrupção 5 - Quem

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção Soluções que impulsionam e valorizam sua empresa. Política Anticorrupção Ano fiscal 2016 Política Anticorrupção Objetivo Definir procedimentos para assegurar que todos os colaboradores, funcionários, sócios

Leia mais

Política. I. Introdução. e rentável. legais e éticos. A FCPA. transações. todas as. modo que. países que. ou multinacionais. Política.

Política. I. Introdução. e rentável. legais e éticos. A FCPA. transações. todas as. modo que. países que. ou multinacionais. Política. Política Anticorrupção I. Introdução A finalidade da Affinia Group Inc., suas subsidiárias diretas e indiretas e suas afiliadas (coletivamente denominadas Affinia ) é a expansão dinâmica e rentável de

Leia mais

Esta política é baseada na legislação vigente e nos valores da Global conforme definições apresentadas no Código de Ética e Conduta.

Esta política é baseada na legislação vigente e nos valores da Global conforme definições apresentadas no Código de Ética e Conduta. POLITICAS CORPORATIVAS Assunto: Programa Anticorrupção / Antissuborno Objetivo Visa descrever e explicar as proibições contra suborno e corrupção em todas as operações da Companhia, destacar os requisitos

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COM PARCEIRO DE NEGÓCIOS

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COM PARCEIRO DE NEGÓCIOS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COM PARCEIRO DE NEGÓCIOS Um dos valores que mais importam ao ASR Group é a integridade. Em adjunto enviamos a Política Anticorrupção do ASR Group, que inclui tanto corrupção quanto

Leia mais

NORMATIVOS INTERNOS DO GRUPO - NIG

NORMATIVOS INTERNOS DO GRUPO - NIG 1. OBJETIVO A presente política tem como principal objetivo assegurar que os Colaboradores do Rendimento (GRUPOBRSA) observem os requisitos da Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 conhecida como Lei

Leia mais

Jurídico (Setor de Ética e Conformidade) Laurel Burke, Advogado Responsável Conformidade, laurel.burke@regalbeloit.com

Jurídico (Setor de Ética e Conformidade) Laurel Burke, Advogado Responsável Conformidade, laurel.burke@regalbeloit.com Função/ Unidade de Negócios: Especialista no assunto: Data da primeira versão: Julho de 2011 Revisão nº: 3 Periodicidade de revisão: Anual Autor (Departamento, título e e-mail): Equipe de análise multidisciplinar:

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COMBRASCAN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COMBRASCAN O CONTEÚDO DESTA POLÍTICA É DE PROPRIEDADE DA COMBRASCAN E DESTINADO AO USO E DIVULGAÇÃO INTERNA, NÃO SENDO PERMITIDA A REPRODUÇÃO POR MEIO ELETRÔNICO OU FÍSICO, SEM PRÉVIA A AUTORIZAÇÃO DO DEPARTAMENTO

Leia mais

Flint Group Política Anti-suborno e Anticorrupção

Flint Group Política Anti-suborno e Anticorrupção Flint Group Política Anti-suborno e Anticorrupção I Introdução Um dos princípios orientadores do Flint Group é a integridade. É importante que todos os funcionários e empresas ligadas ao Flint Group entendam

Leia mais

WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS

WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS 1. Code of Ethics WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS Honestidade, integridade e transparência são valores fundamentais da William E. Connor & Associates Limited (a

Leia mais

Código de Conduta. Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global. Stephan Baars Diretor Financeiro (CFO)

Código de Conduta. Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global. Stephan Baars Diretor Financeiro (CFO) Código de Conduta Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global John Snyder Presidente e Diretor Executivo (CEO) Mike Janssen Diretor de Operações (COO) Stephan

Leia mais

POLÍTICA GLOBAL ANTICORRUPÇÃO DA EMBRAER

POLÍTICA GLOBAL ANTICORRUPÇÃO DA EMBRAER 1. POLÍTICA A Política Anticorrupção Global da Embraer (a Política ) obriga a Embraer S.A. e suas subsidiárias e afiliadas (coletivamente, Embraer ou a Empresa ), em todas as operações ao redor do mundo,

Leia mais

INTRODUÇÃO. Este Manual servirá como guia e descreverá alguns conceitos como:

INTRODUÇÃO. Este Manual servirá como guia e descreverá alguns conceitos como: I. INTRODUÇÃO A integridade é um dos valores da Marfrig Global Foods, sendo assim, tal princípio exclui qualquer hipótese de corrupção e exige uma atuação com retidão, legalidade, honestidade e que busque

Leia mais

VALEANT PHARMACEUTICALS INTERNATIONAL, INC. POLÍTICA GLOBAL ANTI-SUBORNO

VALEANT PHARMACEUTICALS INTERNATIONAL, INC. POLÍTICA GLOBAL ANTI-SUBORNO VALEANT PHARMACEUTICALS INTERNATIONAL, INC. POLÍTICA GLOBAL ANTI-SUBORNO 1º de agosto de 2011 Versão 001 Aprovado por: Seana Carson VP, Diretor de Conformidade Robert Chai-Onn EVP, Conselheiro Geral POLÍTICA

Leia mais

FUCHS PETROLUB GROUP POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO LUBRICANTS TECHNOLOGY. PEOPLE.

FUCHS PETROLUB GROUP POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO LUBRICANTS TECHNOLOGY. PEOPLE. FUCHS PETROLUB GROUP POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO LUBRICANTS TECHNOLOGY. PEOPLE. SUMÁRIO Prefácio 4 1. Objetivos e abrangência desta política 5 2. O que é corrupção? 6 3. Consequências para os colaboradores

Leia mais

"FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados

FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados "FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013 Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados CORRUPÇÃO, O MALDOSÉCULO http://www.transparency.org/ http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/12/ranking-do-indice-de-percepcao-da-corrupcao-no-mundo.html

Leia mais

Código de Ética e Conduta nos Negócios da BGC Partners, Inc. e da Liquidez Distribuidora de Valores e Títulos Mobiliários Ltda.

Código de Ética e Conduta nos Negócios da BGC Partners, Inc. e da Liquidez Distribuidora de Valores e Títulos Mobiliários Ltda. Código de Ética e Conduta nos Negócios da BGC Partners, Inc. e da Liquidez Distribuidora de Valores e Títulos Mobiliários Ltda. A reputação e integridade da BGC Partners, Inc. (a Empresa ) são bens valiosos

Leia mais

Nossa política requer que todos os parceiros comerciais revejam este Código de Conduta e aceitem obedecê-lo.

Nossa política requer que todos os parceiros comerciais revejam este Código de Conduta e aceitem obedecê-lo. 7459 South Lima Street Englewood, Colorado 80112 Agosto de 2013 P 303 824 4000 F 303 824 3759 arrow.com CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA PARA PARCEIRO COMERCIAL Prezado fornecedor, O sucesso da Arrow tem sido

Leia mais

Ética na Novozymes: Política de Linha-direta para denúncias. Como informar?

Ética na Novozymes: Política de Linha-direta para denúncias. Como informar? Ética na Novozymes: Política de Linha-direta para denúncias A Política de Linha-direta para denúncias foi criada para fundamentar e apoiar o compromisso da Novozymes em garantir um comportamento empresarial

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção Política Anticorrupção Por ser uma empresa internacional com ações negociadas em diversas bolsas de valores, a ArcelorMittal deseja garantir que, durante a condução de suas atividades, seus empregados

Leia mais

ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA

ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA A Eldorado Gold Corporation e suas subsidiárias e afiliadas estão comprometidas com os mais elevados padrões de conduta

Leia mais

Código de Conduta dos Fornecedores da Microsoft

Código de Conduta dos Fornecedores da Microsoft Código de Conduta dos Fornecedores da Microsoft A Microsoft pretende ser mais do que uma boa empresa. Pretender ser uma empresa excelente. Com este objetivo em mente, a Microsoft assume a missão de ajudar

Leia mais

Princípios básicos nas relações com terceiros:

Princípios básicos nas relações com terceiros: Princípios básicos nas relações com terceiros: Checkup de reputação/responsabilidade quando utilizando terceiros em todo o mundo Marjorie W. Doyle, JD, CCEP-F com a contribuição de Diana Lutz 6500 Barrie

Leia mais

Código de Conduta de Fornecedor

Código de Conduta de Fornecedor Código de Conduta de Fornecedor www.odfjelldrilling.com A Odfjell Drilling e suas entidades afiliadas mundialmente estão comprometidas em manter os mais altos padrões éticos ao conduzir negócios. Como

Leia mais

POL 004 Rev. A POP, Código de Conduta

POL 004 Rev. A POP, Código de Conduta Página 1 de 7 A LDR é uma empresa de equipamentos médicos comprometida com o desenvolvimento, marketing, distribuição e venda de implantes vertebrais para implantação em seres humanos no tratamento de

Leia mais

POLÍTICA DE CONFORMIDADE ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA DE CONFORMIDADE ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA DE CONFORMIDADE ANTICORRUPÇÃO Introdução A integridade é um dos valores mais importantes da American Sugar Holdings, Inc.. Esta política de conformidade anticorrupção descreve as normas de comportamento

Leia mais

Ética & Princípios de Conduta Empresarial

Ética & Princípios de Conduta Empresarial Nossa Cadeia de Fornecedores Ética & Princípios de Conduta Empresarial ao exercer atividades de negócios com a CH2M HILL Outubro 2011 Princípios baseados no livro The Little Yellow Book, escrito em 1978

Leia mais

ÍNDICE POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO 1. OBJETIVO...3 2. APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIA...3 4. CONCEITOS...3 5. CONDIÇÕES GERAIS...3

ÍNDICE POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO 1. OBJETIVO...3 2. APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIA...3 4. CONCEITOS...3 5. CONDIÇÕES GERAIS...3 ÍNDICE POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO 1. OBJETIVO...3 2. APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIA...3 4. CONCEITOS...3 5. CONDIÇÕES GERAIS...3 5.1. Corrupção de Agentes Públicos...4 5.2. Corrupção Privada...5 6. POLÍTICAS...5

Leia mais

Introdução. Política Anticorrupção

Introdução. Política Anticorrupção Index Introdução 2 1. Pessoas cobertas pela política 4 2. Definição 5 3. Visão Geral das Leis Anticorrupção Aplicáveis 8 4. Exigências e Proibições Gerais 14 5. Diretrizes para a Interação com Oficiais

Leia mais

Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função

Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função Título Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função Departamento Jurídico da Holding Documento BGHP_version1_03032011 1. Finalidade A finalidade desta

Leia mais

Política Anticorrupção da ArcelorMittal

Política Anticorrupção da ArcelorMittal Política Anticorrupção da ArcelorMittal verso capa Índice Política Anticorrupção da ArcelorMittal Código de Conduta da ArcelorMittal Cenário Jurídico O que é corrupção? Quem é funcionário público? Corrupção

Leia mais

PADRÕES DE BUIÇÃO. Acordo de. Distribuição. a agir em seu em nosso nome sejam. você solicite. os nossos. & Nephew. Smith.

PADRÕES DE BUIÇÃO. Acordo de. Distribuição. a agir em seu em nosso nome sejam. você solicite. os nossos. & Nephew. Smith. PADRÕES DE CONFORMIDADE ADICIONAIS AO CONTRATO DE DISTRIB BUIÇÃO Estes padrões de conformidade fazem parte dos requisitoss detalhados referidos na cláusula 16.3 do Acordo de Distribuição ("TSA") entre

Leia mais

Política Antissuborno

Política Antissuborno Política Antissuborno 1 Introdução 1.1 Finalidade A finalidade desta política é assegurar que a Ebiquity e os seus colaboradores cumpram a legislação antissuborno e as melhores práticas de combate à corrupção

Leia mais

Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14

Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14 Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14 Aprovada em agosto de 2013 Lei de âmbito Federal, entrou em Vigor em janeiro de 2014, prevendo punições para as empresas que cometerem atos de Corrupção

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN 1 Introdução A EVEN conduz seus negócios de acordo com os altos padrões éticos e morais estabelecidos em seu Código de Conduta, não tolerando qualquer forma de corrupção e suborno.

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO MAGNA INTERNATIONAL INC. DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO Oferecer ou receber presentes e entretenimento é muitas vezes uma

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA SULAMÉRICA

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA SULAMÉRICA SUL AMÉRICA S.A. COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CVM nº 21121 CNPJ/MF 29.978.814/0001-87 NIRE 3330003299-1 POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA SULAMÉRICA 1. Finalidade A presente Política Anticorrupção (

Leia mais

Política Global Anticorrupção

Política Global Anticorrupção POLÍTICA A Política Global Anticorrupção da Savis (a Política ) obriga a Savis Tecnologia e Sistemas S.A. e suas subsidiárias e afiliadas (coletivamente, Savis ou a Empresa ), em todas as operações ao

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA INNOSPEC INC.

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA INNOSPEC INC. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA INNOSPEC INC. I. RESUMO Como respaldo aos valores centrais da Innospec, o Código de Ética da Innospec define a expectativa de que diretores, executivos, empregados e contratados

Leia mais

Política da Empresa Entrada em Vigor: 7 de Outubro de 2013

Política da Empresa Entrada em Vigor: 7 de Outubro de 2013 Número do Documento: 276-RP por Política da Empresa Entrada em Vigor: 7 de Outubro de 2013 Cópias em Papel Não Controladas - Verificar Data de Entrada em Vigor Antes da Utilização Função: Legal Título:

Leia mais

Cenário Mundial - Corrupção

Cenário Mundial - Corrupção Cenário Mundial - Corrupção Pesquisa aponta 10 práticas de corrupção comuns no dia a dia do brasileiro 1. Não dar nota fiscal 2. Não declarar Imposto de Renda 3. Tentar subornar o guarda 4. Falsificar

Leia mais

Política Antissuborno e Anticorrupção Combrascan Shopping Centers S.A

Política Antissuborno e Anticorrupção Combrascan Shopping Centers S.A Política Antissuborno e Anticorrupção Combrascan Shopping Centers S.A Versão (01-2016) Sumário 1. Objetivo... 3 2. Aplicações da Política... 3 3. Considerações Gerais... 3 4. Regulamentação Associada...

Leia mais

Princípios Gerais de Negócios da ARCADIS Logos

Princípios Gerais de Negócios da ARCADIS Logos Princípios Gerais de Negócios da ARCADIS Logos Conteúdo 1 Página Capítulo 2 1. Introdução 3 2. Nossos Compromissos 3! Compromissos com a sociedade 3! Compromissos para com os clientes 4! Compromissos para

Leia mais

Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson

Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson Finalidade e escopo Na Pearson (incluindo suas subsidiárias e empresas com controle acionário), acreditamos fortemente que agir de forma ética e responsável

Leia mais

Introdução. estabelecer uma política clara anticorrupção para todo o Colaborador, terceiros e parceiros de negócios;

Introdução. estabelecer uma política clara anticorrupção para todo o Colaborador, terceiros e parceiros de negócios; Index Introdução 2 1. Pessoas cobertas pela política 4 2. Definição 5 3. Visão Geral das Leis Anticorrupção Aplicáveis 8 4. Exigências e Proibições Gerais 14 5. Diretrizes para a Interação com Oficiais

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção Política Anticorrupção Sendo uma empresa internacional com ações negociadas em várias bolsas de valores, a ArcelorMittal deseja garantir que, durante a condução dos trabalhos, seus empregados e quaisquer

Leia mais

THE WARRANTY GROUP, INC. POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS GLOBAIS CONTRA SUBORNO

THE WARRANTY GROUP, INC. POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS GLOBAIS CONTRA SUBORNO THE WARRANTY GROUP, INC. POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS GLOBAIS CONTRA SUBORNO Aprovada pelo Conselho de Administração: 30 de janeiro de 2014 1 Índice I. INTRODUÇÃO... 1 A. Aplicabilidade das Políticas e Procedimentos...

Leia mais

Princípios Gerais para a Prevenção dos Riscos Penais Endesa Brasil

Princípios Gerais para a Prevenção dos Riscos Penais Endesa Brasil Princípios Gerais para a Prevenção dos Riscos Penais Endesa Brasil Introdução 5 INTRODUÇÃO A seguir, são descritos os comportamentos e princípios gerais de atuação esperados dos Colaboradores da Endesa

Leia mais

O CÓDIGO KAEFER DE CONDUTA EMPRESARIAL. KAE010GI00 Code of Conduct 2013-01-01 PT Rev: 3

O CÓDIGO KAEFER DE CONDUTA EMPRESARIAL. KAE010GI00 Code of Conduct 2013-01-01 PT Rev: 3 O CÓDIGO KAEFER DE CONDUTA EMPRESARIAL KAE010GI00 Code of Conduct 2013-01-01 PT Rev: 3 MENSAGEM DO PRESIDENTE Um grupo um código Da mão de obra qualificada no canteiro de obras à gestão do projeto, e em

Leia mais

POL-002 Política Antissuborno e Anticorrupção

POL-002 Política Antissuborno e Anticorrupção POL-002 Política Antissuborno e Anticorrupção POL-002 Política Antissuborno e Anticorrupção (versão 01/2015) 1 de 15 Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4.

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL A Política de Prevenção à Corrupção tem como objetivo dar visibilidade e registrar os princípios e valores éticos que devem nortear a atuação dos empregados,

Leia mais

22 de Dezembro de 2009

22 de Dezembro de 2009 W. L. GORE & ASSOCIATES, INC. 555 PAPER MILL ROAD P.O. BOX 9329 NEWARK, DE 19714-9329 Telefone 302.738.4880 Fax 302.738.7710 22 de Dezembro de 2009 RE: NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS Caro Associado:

Leia mais

Política Anticorrupção e Suborno Potássio do Brasil

Política Anticorrupção e Suborno Potássio do Brasil Política Anticorrupção e Suborno Potássio do Brasil Novembro de 2015 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. PÚBLICO ALVO... 3 4. DEFINIÇÃO DE CORRUPÇÃO... 4 4.1. Corrupção Pública... 4 4.2. Corrupção

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO FIBRIA CELULOSE S.A. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO 1. OBJETIVO A presente Política Global Anticorrupção ( Política ) tem por objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na condução dos trabalhos desenvolvidos

Leia mais

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015 Página 1 de 7 Resumo: Estabelecer os princípios de combate à corrupção no relacionamento da Organização com os agentes da Administração Pública, seguindo as diretrizes estabelecidas na Lei nº 12.846/13

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Escopo: Conselheiros, Diretores e Empregados da Apolo Tubulars S.A., e Terceiros DESCRIÇÃO DA POLÍTICA

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Escopo: Conselheiros, Diretores e Empregados da Apolo Tubulars S.A., e Terceiros DESCRIÇÃO DA POLÍTICA POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Escopo: Conselheiros, Diretores e Empregados da Apolo Tubulars S.A., e Terceiros DESCRIÇÃO DA POLÍTICA 1. A Apolo Tubulars S.A. ("Apolo ou "Empresa ) não tolera nenhuma forma de

Leia mais

POLÍTICA ANTI-CORRUPÇÃO. Política Anti-corrupção Versão 02 1/9

POLÍTICA ANTI-CORRUPÇÃO. Política Anti-corrupção Versão 02 1/9 POLÍTICA ANTI-CORRUPÇÃO Política Anti-corrupção Versão 02 1/9 RESUMO Resumo dos princípios fundamentais A Securitas acredita num mercado livre para a prestação dos seus serviços, e num ambiente competitivo

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DE FORNECEDOR

CÓDIGO DE CONDUTA DE FORNECEDOR CÓDIGO DE CONDUTA DE FORNECEDOR É fundamental que os funcionários da Jones Lang LaSalle Incorporated (incluindo a LaSalle Investment Management e suas demais subsidiárias, Jones Lang LaSalle, doravante

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO. 1 Política Anticorrupção

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO. 1 Política Anticorrupção POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO 1 Política Anticorrupção SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Política 3 3. Presentes, Entretenimentos e Hospitalidade 4 3.1 Presentes 4 3.2 Entretenimentos e Hospitalidades 5 4. Doações e

Leia mais

Conduta nos negócios

Conduta nos negócios Conduta nos negócios Como funcionários, voluntários e representantes da USP, devemos conhecer e cumprir o Código e todas as leis ou POPs relacionados às nossas responsabilidades na USP, conforme aplicável.

Leia mais

Política de Integridade

Política de Integridade Política de Integridade 1. INTRODUÇÃO Os procedimentos aqui descritos são complementares às diretrizes do Código de Conduta da empresa, e são norteados pelo compromisso assumido junto ao Pacto Empresarial

Leia mais

Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os

Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os aspectos, os seus direitos e as suas obrigações. O original

Leia mais

XEROX GLOBAL ETHICS HELPLINE

XEROX GLOBAL ETHICS HELPLINE ALCANCE: Xerox Corporation e suas subsidiárias. OBJETIVO: Este documento descreve a conduta ética que deve ser adotada durante as negociações pelos empregagos da Xerox Corporation. Todos os empregados

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Jereissati Participações S.A. Jereissati Telecom S.A. Iguatemi Empresa de Shopping Centers S.A. Shopping Center Iguatemi São Paulo Market Place Shopping Center Shopping Center JK

Leia mais

SUPPLY CHAIN PROCEDIMENTO PARA PRESENTES, ENTRETENIMENTO E HOSPITALIDADE

SUPPLY CHAIN PROCEDIMENTO PARA PRESENTES, ENTRETENIMENTO E HOSPITALIDADE SUPPLY CHAIN PROCEDIMENTO PARA PRESENTES, ENTRETENIMENTO E HOSPITALIDADE Versão 2 Efetiva a partir de 1º de dezembro de 2013 1 ÍNDICE 1. VISÃO GERAL... 3 1.1 Contexto... 3 1.2 Objetivo... 3 1.3 Aplicação...

Leia mais

Código de Conduta COERÊNCI. Transformando Visão em Valor.

Código de Conduta COERÊNCI. Transformando Visão em Valor. Código de Conduta COERÊNCI Transformando Visão em Valor. Índice Prefácio... 3 Ética empresarial da HOCHTIEF: Princípios... 5 Conflitos de interesse... 7 Confidencialidade... 8 Regras sobre controle de

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS 1. Introdução A presente Política, aplicável à WEG S/A e todas as suas controladas, representa uma síntese das diretrizes existentes na

Leia mais

Política Anti-Suborno da ADP Questões Frequentes (FAQs)

Política Anti-Suborno da ADP Questões Frequentes (FAQs) Política Anti-Suborno da ADP Questões Frequentes (FAQs) AS COMUNICAÇÕES ENTRE ADVOGADO E CLIENTE SÃO ESTRITAMENTE CONFIDENCIAIS Este documento destina-se a abordar questões que possam surgir no decurso

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Laboratórios Pfizer, Lda. Capital Social 78.645.850,00 Matrícula n.º 500 162 166, CRC Cascais

CONDIÇÕES GERAIS. Laboratórios Pfizer, Lda. Capital Social 78.645.850,00 Matrícula n.º 500 162 166, CRC Cascais CONDIÇÕES GERAIS 1. PREÇO: Na falta de fixação de preço na presente Ordem de Compra, os artigos, trabalhos ou serviços serão facturados com base no último preço fixado pelo Fornecedor, ou no preço pago

Leia mais

Política Anti-Suborno:

Política Anti-Suborno: Política Anti-Suborno: Política Global Novartis 1º de março de 2012 Versão GIC 100.V1.PT 1. Introdução 1.1 Objetivos Nosso Código de Conduta afirma que não subornamos ninguém. Esta Política define os respectivos

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE

QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE O combate à corrupção é parte essencial na forma como a CPFL Energia conduz seus negócios. Este posicionamento é declarado no Código de Ética e de Conduta Empresarial da CPFL

Leia mais

QUEST SOFTWARE, INC. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. (Emendado em novembro de 2009)

QUEST SOFTWARE, INC. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. (Emendado em novembro de 2009) QUEST SOFTWARE, INC. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA (Emendado em novembro de 2009) Introdução A Quest Software, Inc ( Quest ) tem como compromisso manter em tudo o que fazemos um alto padrão em ética e conduta

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção Política Anticorrupção 2015 POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Introdução Um dos maiores desafios de nosso País para garantir seu progresso e contínuo crescimento econômico é o combate à corrupção. A Aliansce, todas

Leia mais

Guia de Prevenção e Combate à Corrupção

Guia de Prevenção e Combate à Corrupção Guia de Prevenção e Combate à Corrupção Objetivo Estabelecer diretrizes e definir o que são práticas de corrupção, bem como reiterar qual é a conduta e a postura da Brasil Kirin frente a este tema, reafirmando

Leia mais