Anarquismo L39, L40, L41, L45, L46, L49, L6, L74, L75, L81, L82, L83,L84, L85, L99, L184 Anarquismo Rússia. L85 Animação cultural

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Anarquismo L39, L40, L41, L45, L46, L49, L6, L74, L75, L81, L82, L83,L84, L85, L99, L184 Anarquismo Rússia. L85 Animação cultural"

Transcrição

1 Índice de palavras-chave Alemanha. Alfabetização América Latina política econômica Anarco-sindicalismo Código L95 L125 L09 L12, L84 Anarquismo L39, L40, L41, L45, L46, L49, L6, L74, L75, L81, L82, L83,L84, L85, L99, L184 Anarquismo Rússia L85 Animação cultural L29 Animador cultural Anísio Teixeira Anticlericalismo Aprendizagem Aprendizagem-docência Arquitetura Astrofísica Atos Acadêmicos L29 L20, L24 L84 L153, L182 L153 L68 L27 L123 Autodeterminação (educação) L 169 Autonomia (psicologia) Autonomia das crianças Avaliação Avaliação da Educação Bakunin Mikhail Aleksandrovich L79 L22 L62 L118 L45

2 Bairro-Escola L116, L182 Brasil L11, L39, L40, L44, L48, L104, L106, L115, L118 Brasil história, Educação, Estado, política - L50 Brasil - Lei de diretrizes e bases da educação nacional- Brasil política e governo Brasil política e governo Brasil política e governo Brasil política econômica- L57 L56 L51 L50 L09 Brasil - Rio de Janeiro- 1900/1920 L74 Brinquedo L160 Capanema, Gustavo, L56 Cartilha L 173 Ceará L185 CEE L105 Centro de Educação Integral - Curitiba L179 Centro de pesquisa e documentação de História L23 Contemporânea do Brasil Centros Integrados de Educação Pública CIEPs - L52, L60, L120, L128, L129, L130, L131, L132, L133 Ciclo básico de Primeiro Grau L 179 Cidadania L76, L140, L141, Cidadania - Brasil Cidade - educadora L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152, L160 L72 L109

3 Cidade escola aprendiz Ciência Civilização Moderna século XX Complexidade Comunidade Conferência Nacional de Educação Básica Constituição do Brasil Correntes anarquistas Cosmologia Cotidiano escolar L182 L25 L70 L148 L182 L121 L59, L106 L63,L82 L27 L04 Criança classes populares L 160 Crianças dificuldade de aprendizagem L30 Crianças e adolescentes - história L 170, L 174 Crianças e adolescentes - violência L154, L 170 Cultura L29 Currículo L28, L37, L54, L62 Currículos - avaliação L26 Currículos - planejamento Currículos- aspectos sociais L26 L26 Declaração Universal L 172 Democracia Deficientes auditivos Educação Deficientes Direitos civis L10 L135 L139

4 Deficientes mentais Educação Deficientes físicos Educação Deficientes visuais Educação L138 L136 L137 Dicionário L65 Dimenstein, Gilberto L88 Direitos humanos L134, L140, L141, L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152, L 171, L172, L 173 Doutorado L08 Economia Economia internacional L49 L09 Educação L01, L05, L14, L18, L21, L22, L24, L29, L35, L35, L37, L53, L68, L75, L76, L78, L79, L90, L93, L94, L97, L99, L108, L124, L126, L153, L157, L162, L175, L184 Educação à distância L124 Educação Aspectos sociais L28, L54, L91 Educação Brasil L55, L61, L69, L72, L156 Educação Brasil História L91 Educação Brasil, São Paulo L51

5 Educação discurso, ensaios, conferência Educação em saúde Educação finalidades e objetivos Educação legislação Educação método Educação Porto Alegre Educação - projeto de Lei Educação Rio de Janeiro (estado) Educação teoria L44 L124 L76, L88, L92 L57, L169 L20 L76 L44 L52 L22 Educação básica L101, L160, L168, L 171, L177 Educação brasileira L98, L185 Educação das pessoas com deficiência L134 Educação de jovens e adultos L100 Educação e Estado L90, L91, L 169 Educação e saúde L153 Educação especial L30, L100 Educação inclusiva L135, L136, L137, L138, L139 Educação infantil L69, L160 Educação integral L176, L177 Educação Libertária L33, L64 Educação não-formal L 171 Educação para a cidadania L115 Educação patrimonial L67 Educação superior L100, L158, L 171

6 Educador método Educar Enfermagem Ensino Ensino aprendizagem técnicas Ensino fundamental Ensino médio Ensino público Escola Brasil L20 L18 L06 L79, L92 L97 L100 L100 L73 L34, L46 Escola Nova Escola Paidéia experiência Escola pública- Séc.XIX-XX. L94, L97 Escolas L3, L36, L64, L77, L96, L114, L125, L160, L175, L182 Escolas aspectos sociais- L34, L88 L93 L73 Escolas especiais L17 Escolas públicas Escuelas Superiores L68, L108 Espaço L02, L15, L16, L27, L41, L42, L43, L47 Espanha L12 L95 Estado Brasil estado da Guanabara Estatísticas educacionais Estatísticas educacionais - pré-escola Estatuto Estatuto da criança e do adolescente - educação L76 L126 L101 L100 L122 L154

7 Estudantes Estudo dirigido Estudos Interdisciplinares L182 L97 L01 Ética L140, L141, L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152 Europa L31 Fascismo Feminino Fenômeno educativo Fenomenologia L13 L87 L07 L29 Fernandes, Tânia Maria Ficção Brasileira Filmes Filosofia L02, L16, L24, L25, L42, L43, L78, L94 Filosofia da ciência L148 L89 L86 L87 filosofia da educação França França política e governo- séc. XIX França política e governo- séc. XX Freire, Paulo, Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Brasil) Gestão da educação Governo L148 L36 L10 L10 L78 L118 L115 L119 L11

8 Grupos de formação experiência Guérin, Danil Habilidades operatórias L93 L85 L97 História L12, L14, L17, L31, L48, L51, L62, L88,L98 História oral L23, L89, L23 Homem Homem Integral Horário integral Ideologias L15 L18 L156 L38 Igualdade de oportunidades L140, L141, L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152 Inclusão em educação L135, L136, L137, L138, L139 Inclusão social L134, L140, L141, L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152 Indaiatuba L14 Infância história e historiografia Informática aspectos sociais L154 L42 Instituições Públicas L110, L111, L112, L113 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio L118 Teixeira (Inep) Instruir L18 Integralismo Inteligência artificial L48, L104, L183 L42

9 Italianos no Brasil LDB L13 L105, L157 Legislação L21, L106, L 173 Legislação Brasileira Libertarianismo Língua portuguesa Linguagem e educativos Literatura Magistério Maioridade social Marxismo Material didático de apoio Metodologia Mídia Militarismo Minas Gerais Minas Gerais - vida intelectual Ministério da Educação Movimento anarquista Movimento operário Brasil Mulheres no cinema Municipalismo libertário Niterói Aspectos Históricos Oficinas teoria e prática Ofício do aluno L53 L45 L65 L92 L03 L120 L125 L80 L120 L04, L07, L08 L 171, L183 L47 L116 L56 L118 L39, L40 L74 L87 L80 L67 L32 L37

10 Operacionalização das escolas de Horário Integral L128, L129, L130, L131, L132, L133 Opinião pública L162 PDE Pedagogia Pedagogia crítica L117 L35, L77, L158 L53 Pedagogia freiriana L64 Pedagogia libertária L33, L61, L75, L93, L99, L184 Pesquisa L04, L06 Pesquisa educacional Planejamento urbano Plano básico de Estudos Poesia L05, L07, L162 L66 L127 L16, L46, L86 Política L11, L49, L69, L104 Política de inclusão social L115 Política educacional L118, L185 Política educativa L95 Política- Rússia L85 Políticas públicas em educação L119, L121, L176 Populismo L11 Portugal Prática de ensino Primeira república Processo de aprendizagem Processos educativos em rede L36, L114 L22, L79 L98 L22 L116

11 Professores L182 Professores formação profissional L05, L21, L79, L175 Professores de educação infantil formação L69 Programa de ação Programa de Apoio aos Dirigentes Municipais de Educação Programa mais educação Projeto-piloto Projetos pedagógicos Promoção da saúde Prova Brasil Psicologia da aprendizagem L117 L119 L176, L177 L126 L177 L124 L118 L30 Rede de proteção integral L 170 Reflexões libertárias Reforma do ensino L77 L50, L51 Reforma do Ensino Primário L110, L111, L112, L113 Relação escola-família L134 Relações sociais na escola L115, L140, L141, L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152 Relatos de experiência L 174 Repressão Brasil Revolução Revolução social Rio de Janeiro Romance L13 L10 L61 L105, L116 L03

12 Rui Barbosa L110, L111, L112, L113 São Paulo L116 Saúde Saúde escolar Secretaria de Educação Século XX L124 L124 L115 L38 Segurança pública e justiça L 171 Séries iniciais do ensino básico Sistema educativo Sistema escolar Sistema nacional de Educação Socialismo Socialismo libertário Sociedade Sociologia Sociologia Educacional Sócio-poética Surrealismo Teatro L127 L95 L62 L117 L81, L82, L104 L80 L94 L70, L90 L90 L06 L83 L46 Teixeira, Anísio, L55, L78 Tempo L01, L02, L03, L15, L25, L27, L35, L41, L42, L43, L47, L58, L96 Tempo escolar L31, L32, L107, L114 Tempo Integral L17

13 Temporalidade Teoria corrupta Teoria quântica Tese Théorie anarchiste UNIRIO Universalização do ensino até séc.xx - Universidades e escolas superiores - Currículo Universidades e escolas superiores - Currículo L58 L81 L27 L08 L19 L122, L123 L73 L05 L05 Uso do espaço L28, L54 Violência na escola L140, L141, L142, L143, L144, L145, L146, L147, L149, L150, L151, L152

Pedagogia Licenciatura S-20 - Educação e Diversidade S-20 - Filosofia Geral

Pedagogia Licenciatura S-20 - Educação e Diversidade S-20 - Filosofia Geral Página 0001 de 0004 1º Período 6387-02S-20 - Educação e Diversidade 0 40-040 0491-02S-20 - Filosofia Geral 0 40-040 PED 0845-02S-20 - História da Educação I 0 40-040 PED 0752-02S-20 - Introdução à 0 40-040

Leia mais

Curso: PEDAGOGIA Curriculo: 0004-L DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT

Curso: PEDAGOGIA Curriculo: 0004-L DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT GR02734 GR02105 GR02160 GR02735 GR02736 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Escola e Contexto 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Estudo da Formação da Sociedade Contemporânea 72.00 Não ofertada no

Leia mais

Currículo do Curso de Pedagogia

Currículo do Curso de Pedagogia Currículo do Curso de Pedagogia Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), aprovadas em 2006 pelo Conselho Nacional de (CNE) e homologadas pelo Ministério da (MEC),

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim

UFV Catálogo de Graduação PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim UFV Catálogo de Graduação 2014 477 PEDAGOGIA COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim cbaquim@hotmail.br 478 Currículos dos Cursos do CCH UFV Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares

Leia mais

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h:

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h: ARTES ENSINO FUNDAMENTAL Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Artes e educação, concepções teóricas. Histórico

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

Professor assistente de regência de classe - Professor leigo no Ensino Fundamental Professor da área de meio ambiente

Professor assistente de regência de classe - Professor leigo no Ensino Fundamental Professor da área de meio ambiente Professor assistente de regência de classe - Professor leigo no Ensino Fundamental 3321-05 Professor da área de meio ambiente 2331-05 Professor da educação de jovens e adultos do Ensino Fundamental (primeira

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL

CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS PORTUGUÊS E ESPANHOL MATRIZ CURRICULAR NOTURNO Fase Nº. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas 1. Leitura e produção textual I 4 60 2. Introdução a informática 4

Leia mais

HORÁRIO DE PROVA NAS

HORÁRIO DE PROVA NAS DE PROVA NAS DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO II DIREITO CIVIL IV DIREITO EMPRESARIAL IV DIREITO PROCESSUAL CIVIL III DIREITO DO TRABALHO I DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO TRIBUTÁRIO I DIREITO CIVIL

Leia mais

ANEXO I - Periodização Recomendada Curso de Publicidade e Propaganda

ANEXO I - Periodização Recomendada Curso de Publicidade e Propaganda ANEXO I - Periodização Recomendada Curso de Publicidade e Propaganda 1º Período Código Conteúdos T S PD LB CP ES OR HH3 História Contemporânea OC4 Economia Política da OC6 Leituras em Filosofia OC2 Sonora

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados... 3 Domínio da ortografia oficial... 21 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais... 9 Domínio da estrutura morfossintática

Leia mais

Resolução 032/94 - CONSEPE

Resolução 032/94 - CONSEPE Resolução 032/94 - CONSEPE Altera grade curricular e define ementas de disciplinas do curso de Pedagogia oferecido pelo Centro de Ciências da Educação - FAED. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

Curso: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 2ºº Semestre de NOTURNO

Curso: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 2ºº Semestre de NOTURNO GR01156 GR01443 GR02648 GR01560 GR02671 GR01195 1º PERÍODO Carga Horária Docentes Biologia Educacional 36.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Didática 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Estudo

Leia mais

N Disciplina Nº CR C. H. Conteúdo Natureza. Introdução a EAD 4 60 DP Mód. 1 Obrigatória. Introdução à Filosofia 4 60 FG Mód.

N Disciplina Nº CR C. H. Conteúdo Natureza. Introdução a EAD 4 60 DP Mód. 1 Obrigatória. Introdução à Filosofia 4 60 FG Mód. Apresentação O curso de Filosofia licenciatura, na modalidade a distância, é resultado do desejo de iniciar um trabalho inter e multidisciplinar na qualificação de profissionais que atuam ou atuarão na

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº01/2012 RETIFICAÇÃO 03

EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº01/2012 RETIFICAÇÃO 03 EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº01/2012 RETIFICAÇÃO 03 O Prefeito Municipal de GUAREÍ, Estado de São Paulo, no uso de as atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, torna público a presente

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte Habilitação: Bacharelado e Licenciatura em Filosofia Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decr.

Leia mais

PEDAGOGIA CURSO NOTURNO HORÁRIO 2016/2

PEDAGOGIA CURSO NOTURNO HORÁRIO 2016/2 PEDAGOGIA CURSO NOTURNO 6/2 1 PERÍODO NOTURNO 2 SEMESTRE / 6 Antropologia Cultural Introdução à Filosofia Hist. das Instituições Escolares Psicologia e Introdução aos Estudos Científicos em Maria Helena

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

Grade Curricular - Comunicação Social. Habilitação em Publicidade e Propaganda - matutino

Grade Curricular - Comunicação Social. Habilitação em Publicidade e Propaganda - matutino Grade Curricular - Comunicação Social Habilitação em Publicidade e Propaganda - matutino SEMESTRE 1 CCA0218 Língua Portuguesa - Redação e Expressão Oral I 4 0 4 CCA0258 Fundamentos de Sociologia Geral

Leia mais

Períodos Componentes Curriculares C.H. Percepção Musical - Fundamentos da Linguagem Musical História da Arte Clássica Núcleo

Períodos Componentes Curriculares C.H. Percepção Musical - Fundamentos da Linguagem Musical História da Arte Clássica Núcleo Matriz Curricular Períodos Componentes Curriculares C.H. Prática Pedagó gica C.H. Total 1o 2o 3o Percepção Musical - Fundamentos da Linguagem Musical Específico Teoria Geral da Música Violão I História

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 OBJETIVOS Discutir e fomentar conhecimentos sobre a compreensão das potencialidades,

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 24/02/ :13

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 24/02/ :13 DIVISÃO DE REGISTROS AADÊMIOS entro de iências da Educação, Artes e Letras urso: 3 Letras (Noturno) Língua Portuguesa e Resp. Lit. / Língua Inglesa e Resp. Lit. ADM.515..1-8 Marketing and onsumer Behavior

Leia mais

4º SEMESTRE 3º SEMESTRE CH 360 CRED 17 CH 360 CRED 17 METODOLOGIA DA PESQUISA EDUCACIONAL (2) SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO II (2) DEBI 717 DEBI 722

4º SEMESTRE 3º SEMESTRE CH 360 CRED 17 CH 360 CRED 17 METODOLOGIA DA PESQUISA EDUCACIONAL (2) SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO II (2) DEBI 717 DEBI 722 UESB CURSO DE LICENCIATURA EM 1º SEMESTRE CH 435 CRED 24 2º SEMESTRE CH 420 CRED 22 3º SEMESTRE CH 360 CRED 17 4º SEMESTRE CH 360 CRED 17 5º SEMESTRE CH 360 CRED 17 6º SEMESTRE CH 435 CRED 18 7º SEMESTRE

Leia mais

UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CALENDÁRIOS DE EXAMES

UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CALENDÁRIOS DE EXAMES UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CALENDÁRIOS DE EXAMES ANO LETIVO 2016/2017 1º Semestre Calendário de Exames do 1º Semestre - Ano Letivo 2016/2017 DATA: De 23 de jan. a 04 de fev. 2017 CURSO:

Leia mais

Currículo do Curso de Educação Infantil

Currículo do Curso de Educação Infantil Currículo do Curso de Licenciatura ATUAÇÃO O Licenciado em é formado para atuar no processo de desenvolvimento e aprendizagem da criança de 0 a 6 anos. Os graduados em são professores habilitados em nível

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte Habilitação: Bacharelado e Licenciatura em Filosofia Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decreto

Leia mais

Avaliação Especial Universidade do Vale do Sapucaí/Unidade Fátima

Avaliação Especial Universidade do Vale do Sapucaí/Unidade Fátima Curso: Ciências Contábeis Período: 1.º 1.ª aula Matemática Contabilidade Geral Administração Geral 2.ª aula Matemática Contabilidade Geral Administração Geral 3.ª aula Filosofia Contabilidade Geral Informática

Leia mais

COMPOSIÇÃO CURRICULAR SERIADO ANUAL TURNO DIURNO I ANO HORAS/ANO CARGA HORÁRIA SEMANAL

COMPOSIÇÃO CURRICULAR SERIADO ANUAL TURNO DIURNO I ANO HORAS/ANO CARGA HORÁRIA SEMANAL Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Licenciatura Plena em Filosofia Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/024/2006 Carga horária alterada de 33h

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 012 /03 Cria o Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da UERJ. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribui o artigo 11, parágrafo único

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, CEP Tel. 0** (42) Ponta Grossa Pr. -

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, CEP Tel. 0** (42) Ponta Grossa Pr. - CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA - MAGISTÉRIO PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA Turno: MATUTINO/NOTURNO Reconhecido pelo Decreto nº 62.690 de 10.05.68, D.O.U. de 16.05.68. Para completar o curso de graduação Pedagogia

Leia mais

PEDAGOGIA NORMAL SUPERIOR E COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS/ MÓDULO II OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO

PEDAGOGIA NORMAL SUPERIOR E COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS/ MÓDULO II OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO DISCIPLINAS PEDAGOGIA NORMAL SUPERIOR E COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS/ MÓDULO II OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO PEDAGOGIA 2004 PEDAGOGIA 2006 PEDAGOGIA 2007 PEDAGOGIA

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADORA Mariana Lopes Bretas

Currículos dos Cursos UFV COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADORA Mariana Lopes Bretas 108 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 109 Bacharelado ATUAÇÃO O jornalista é um profissional com qualificação técnica

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 08/12/ :04

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 08/12/ :04 Curso: 1 Ciências Sociais (Noturno) Licenciatura ADM.515..1-8 ADM.516..1-1 ADM.518..1-9 ADM.5..1- EDU.1..1-3 EDU.16..1-1 HIS.77.1.1-8 1 LET.135.1.3-1 1 SOC.3.1.1-6 1 SOC.35.1.1-1 SOC.16..1-1 SOC.18.1.1-6

Leia mais

COLEGIADO ESPECIAL DE LICENCIATURA FAE/UFMG DISCIPLINAS TEÓRICAS DOS CURSOS REGULARES DE LICENCIATURA HORÁRIO PARA O 2 o SEMESTRE DE 2013

COLEGIADO ESPECIAL DE LICENCIATURA FAE/UFMG DISCIPLINAS TEÓRICAS DOS CURSOS REGULARES DE LICENCIATURA HORÁRIO PARA O 2 o SEMESTRE DE 2013 CÓDIGO DISCIPLINAS C/H CRED. ADE003 Política Educacional 60 04 CAE001 Sociologia da Educação 60 04 CAE002 Psicologia da Educação - aprendizagem e ensino 60 04 MTE101 Didática de Licenciatura 60 04 Q U

Leia mais

Currículo - Versão para Imprimir

Currículo - Versão para Imprimir Currículo LICENCIATURA EM FILOSOFIA - NOTURNO s Obrigatorios: 164 s Eletivos: 12 s Complementares: 14 Semestre selecionado: 2013/1 Etapa 1 HUM01059 HUM01502 HUM01060 HISTÓRIA DA FILOSOFIA GREGA INTRODUÇÃO

Leia mais

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS ESTRUTURAS CURRICULARES 2001 E 2009 CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IDEAL

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS ESTRUTURAS CURRICULARES 2001 E 2009 CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IDEAL DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO GERAL BÁSICA FORMAÇÃO ESPECÍFICA Introdução à História 08 1º. Introdução à História 08 1º. História do Brasil I 04 2º. História do Brasil I 06 2º. História do Brasil II 04 2º. História

Leia mais

PSICOLOGIA MATUTINO / NOTURNO

PSICOLOGIA MATUTINO / NOTURNO PSICOLOGIA MATUTINO / NOTURNO 1º Ano / 1º Semestre / 1º Período Epistemologia e História da Psicologia I Estatística Instrumentos e Projetos de Pesquisa em Psicologia I Metodologia de Pesquisa @ Neurofisiologia

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : HISTÓRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 96 Optativos: 48. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : HISTÓRIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 96 Optativos: 48. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:20:21 Curso : HISTÓRIA

Leia mais

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conforme segue:

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conforme segue: Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conforme segue: I Ato autorizativo, expedido pelo MEC, com a data de publicação

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - EAD (Currículo iniciado em 2016)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - EAD (Currículo iniciado em 2016) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA - EAD (Currículo iniciado em 2016) ANATOMIA HUMANA APLICADA À EDUCAÇÃO FÍSICA D0041/I 68 H Introdução ao estudo da anatomia humana.

Leia mais

ANATOMIA DO APARELHO LOCOMOTOR

ANATOMIA DO APARELHO LOCOMOTOR 1ª Série 6MOR017 ANATOMIA DO APARELHO LOCOMOTOR Estudo dos aparelhos - locomotor e cárdio-respiratório e sua relação com movimento humano culturalmente construído. 6SOC108 ANTROPOLOGIA A Construção social

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Núcleo Temático: Químico Pedagógico Código da Disciplina:

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Núcleo Temático: Químico Pedagógico Código da Disciplina: 1 UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: ESCOLA DE ENGENHARIA Curso: Química Disciplina: Educação e Alteridade Prof. Dr. LUIZ FERNANDO PINTO BAHIA Carga horária: Teórica (x) 1h30 Prática

Leia mais

NOVIDADES E PARCERIAS

NOVIDADES E PARCERIAS ......... Rua Professor Jones, 1513 - Centro - Linhares / ES - CEP. 29.900-131 - Telefone: (27) 3371-1712 / 3371-2265 / 98837-0282 Site: www.escolafazendinhafeliz.com.br / Email: contato@escolafazendinhafeliz.com.br

Leia mais

TRABALHOS COMPLETOS APROVADOS (09/06/2015)

TRABALHOS COMPLETOS APROVADOS (09/06/2015) TRABALHOS COMPLETOS APROVADOS (09/06/2015) Devido à grande demanda de trabalhos submetidos, informamos que alguns trabalhos completos encontram-se em processo de avaliação. No dia 16/06/2015 (terça-feira)

Leia mais

Resultado Final do Eixo 04 - Currículo e e políticas educacionais Nº TÍTULO CPF

Resultado Final do Eixo 04 - Currículo e e políticas educacionais Nº TÍTULO CPF Nº TÍTULO CPF 1 Resultado Final do Eixo 04 - Currículo e e políticas educacionais ANÁLISE DA POLÍTICA PÚBLICA CURRICULAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA PAULISTA NA PERSPECTIVA DE AVALIAÇÃO EXTERNA DE SISTEMA 41691261815

Leia mais

CALENDÁRIO DE EXAMES DA ÉPOCA NORMAL. Ano Letivo 2016/2017-1º SEMESTRE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO

CALENDÁRIO DE EXAMES DA ÉPOCA NORMAL. Ano Letivo 2016/2017-1º SEMESTRE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO 1º ANO Métodos de Investigação em Comunicação 06.01 14h30 Anf. Língua Portuguesa 09.01 15h00 97 Língua Estrangeira I Inglês 13.01 10h00 102 Língua Estrangeira I Francês 13.01 10h00

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Fundamentos e Metodologia em Educação Infantil II Código da Disciplina: EDU 334 Curso: Pedagogia Período de oferta da disciplina: 6º Faculdade responsável: PEDAGOGIA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 13 DE JUNHO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 13 DE JUNHO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.297, DE 13 DE JUNHO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em,

Leia mais

Catálogo. Série de Livros de Sumários da Licenciatura de Filologia Germânica

Catálogo. Série de Livros de Sumários da Licenciatura de Filologia Germânica Catálogo Série de Livros de Sumários da Licenciatura de Filologia Germânica Nível de Descrição Designação Datas de Produção Alemão I 1978/1/3-1978/6/9 Língua Alemã III 1979/12/17-1980/6/19 Língua Alemã

Leia mais

ENSINO MÉDIO COM VISTAS A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

ENSINO MÉDIO COM VISTAS A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR V Fórum das Licenciaturas ENSINO MÉDIO COM VISTAS A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR Os Desafios da Formação Humana Integral Reconhecimento da escola como espaço de cidadania o Ensino Médio é um direito

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA INTEGRADA EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA

MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA INTEGRADA EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA INTEGRADA EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA O curso de Licenciatura Integrada e História e Geografia foi estruturado para ser finalizado em, no mínimo, 04 anos e meio e, no máximo,

Leia mais

Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura

Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Início: 2013 - CONSU 2012-41 de 29/11/2012 I Ano, I Semestre I Ano, II Semestre Teoria e Prática

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições e,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições e, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 08/2016 Aprova a estrutura curricular do Curso de Letras Libras, modalidade

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA 1º PERÍODO FIL02457 - FILOSOFIA POLÍTICA I (60 h, OBR) O homem e sua ação política. A noção de polis no pensamento grego antigo e seus desdobramentos

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E

Leia mais

Faculdade de São Paulo

Faculdade de São Paulo CURSO: Bacharelado em Serviço Social COORDENADOR(a): Simone da Silva Eduardo Santos Faculdade de São Paulo MATRIZ CURRICULAR 1º SEMESTRE COMPONENTES CURRICULARES EIXO Teórico H/A Hora Relógio Português

Leia mais

BIOLOGIA CIÊNCIA - TEORIA

BIOLOGIA CIÊNCIA - TEORIA SUGESTÃO DE TABELA PARA CLASSIFICAÇÃO DOS ACERVOS DAS SALAS DE LEITURA ÁREA (ESTANTE) CATEGORIA (PRATELEIRA) ETIQUETA OBRAS DE REFERÊNCIA REFERÊNCIA R - ATLAS R - DICIONÁRIO R - ENCICLOPÉDIA R - GUIA ASTRONOMIA

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 CURSO OBJETIVOS Oferecer aos alunos e profissionais interessados no assunto, subsídios

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA SECITECE FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA Comissão do Concurso

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA SECITECE FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA Comissão do Concurso Departamento: CIÊNCIAS SOCIAIS Setor de Estudo: ANTROPOLOGIA 1. Historia e teoria antropológica. 2. Trabalho de campo: o método etnográfico. 3. Abordagens contemporâneas em etnografia. 4. Família, parentesco

Leia mais

CONSIDERANDO os princípios referendados na Declaração Universal dos Direitos Humanos;

CONSIDERANDO os princípios referendados na Declaração Universal dos Direitos Humanos; RESOLUÇÃO Nº 066-CONSELHO SUPERIOR, de 14 de fevereiro de 2012. REGULAMENTA A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA IFRR. O PRESIDENTE DO

Leia mais

EMENTA - CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA

EMENTA - CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA EMENTA - CURSO DE EXTENSÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA Descrição O objetivo deste curso é promover um aprimoramento para estudantes e profissionais das áreas de saúde e/ou educação que buscam ampliar seus conhecimentos

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: TÉCNICO INFORMÁTICA FORMA/GRAU:(X)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS.

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. Luciana Barros Farias Lima Instituto Benjamin Constant Práticas Pedagógicas Inclusivas

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-PORTUGUÊS - IRATI (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-PORTUGUÊS - IRATI (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LETRAS-PORTUGUÊS - IRATI (Currículo iniciado em 2015) ANÁLISE DO DISCURSO 68 h/a 1753/I Vertentes da Análise do Discurso. Discurso e efeito de sentido. Condições de

Leia mais

FLFL 2007/1 - LICENCIATURA PLENA EM FILOSOFIA

FLFL 2007/1 - LICENCIATURA PLENA EM FILOSOFIA FLFL 2007/1 - LICENCIATURA PLENA EM FILOSOFIA Prefil Disciplina Cred. Aula Lab. Est. Conjunto 1 062014 COMUNICACAO E EXPRESSAO 4 2 2 0 OBRIGATORIAS 063126 OU 061700 OU 062014 OU 063215 OU 062057 OU 062154

Leia mais

GEOGRAFIA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia

GEOGRAFIA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia GEOGRAFIA COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia eduardomaia@ufv.br 314 Currículos dos Cursos do CCH UFV Currículo do Curso de Geografia Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 21/09-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 21/09-CEPE RESOLUÇÃO Nº 21/09-CEPE Fixa o currículo pleno do Curso de Bacharelado em História Memória e Imagem, opção noturna, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO

Leia mais

TRILHA I O PROFESSOR E A SALA DE AULA

TRILHA I O PROFESSOR E A SALA DE AULA TRILHA I O PROFESSOR E A SALA DE AULA OFICINA 1 STORYTELLING Segunda, 06/02, das 19h às 22h30 OFICINA 2 PLANEJAMENTO INTELIGENTE Terça, 07/02, das 19h às 22h30 OFICINA 3 APLICAÇÕES DAS TEORIAS DE GRUPO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 10 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 10 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.603 DE 10 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer n. 028/07-CEG, que aprova o Projeto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO RESULTADO DA 1ª ETAPA DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NPGED/POSGRAP Nº 01/2014 VAGAS INSTITUCIONAIS

Leia mais

FRAN 2º Semestre 2016

FRAN 2º Semestre 2016 FRAN 2º Semestre 2016 PROFESSORES FORMAÇÃO ACADÊMICA TITULAÇÃO Tempo de Registro 01 - Adriano Moreno Jardim Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional UNOESTE Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

Grade Bacharelado

Grade Bacharelado Grade 2015.1 Bacharelado 1º semestre CH Disciplina 1Psicologia, Ciência e Profissão Disciplina 2Origens Evolucionárias do comportamento Disciplina 3Teorias da Personalidade Disciplina 4Processos Psicológicos

Leia mais

PREF. MUNCIPAL DE SANTA RITA DE JACUTINGA - MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL

PREF. MUNCIPAL DE SANTA RITA DE JACUTINGA - MG CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2016 3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL O MUNICÍPIO DE SANTA RITA DE JACUTINGA, pessoa jurídica direito público interno, inscrito no CNPJ/MF nº 18.338.269/0001-48, com se administrativa na Praça Governador Valadares, n 320 - Centro, neste ato

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Fundamentos e Metodologia nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental II Código da Disciplina: EDU 325 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 5º Faculdade responsável:

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS PRESENCIAIS

CALENDÁRIO DE PROVAS PRESENCIAIS CALENDÁRIO DE PROVAS PRESENCIAIS P á g i n a 1 Caro(a) estudante: Encontra se disponível o calendário de provas presenciais para o ano letivo 2016/2017. O referido calendário foi elaborado tendo por base

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV. GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Leonardo Civale

Currículos dos Cursos UFV. GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Leonardo Civale 150 Currículos dos Cursos UFV GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Leonardo Civale civale@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 151 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. CURSO: Bacharelado em Biblioteconomia - Manhã e Noite VALIDADE: a partir do 2º semestre de 2010 CARGA HORÁRIA

MATRIZ CURRICULAR. CURSO: Bacharelado em Biblioteconomia - Manhã e Noite VALIDADE: a partir do 2º semestre de 2010 CARGA HORÁRIA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS (CCH) ESCOLA DE BIBLIOTECONÔMIA Curso de Bacharelado MATRIZ CURRICULAR APÊNDICE A CURSO: Bacharelado em Biblioteconomia - Manhã e Noite VALIDADE: a partir do 2º semestre

Leia mais

ENADE 2010 ENADE. Relatório da IES EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES

ENADE 2010 ENADE. Relatório da IES EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE 2010 Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE NATAL G Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.588, DE 04 DE SETEMBRO DE 2007 Homologa o Parecer nº 034/07-CEG, que aprova o Projeto Político

Leia mais

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue:

Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue: Em atendimento ao art. 32 da Portaria MEC 40/2007, publicamos as condições de oferta do Curso de Licenciatura em Sociologia, conforme segue: I Ato autorizativo, expedido pelo MEC, com a data de publicação

Leia mais

- Área: Tecnologia Área Específica: Matemática Cronograma de Realização Clique aqui - Relação de Pontos - Clique aqui

- Área: Tecnologia Área Específica: Matemática Cronograma de Realização Clique aqui - Relação de Pontos - Clique aqui Edital 109 - Concursos Públicos de Provas e Títulos para Docentes do Magistério Superior - Adjunto/Assi Cronogramas de Realização dos Concursos e Relação de Pontos Campus Caruaru Centro Acadêmico do Agreste

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA - POLO SÃO LUÍS

CALENDÁRIO ACADÊMICO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA - POLO SÃO LUÍS UNIVERSIDADE CEUMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD CALENDÁRIO ACADÊMICO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA - POLO SÃO LUÍS 2016.1 MATRIZ CURRICULAR 2011.0 Turma

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SETOR DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO COMPOSIÇÃO CURRICULAR - DIURNO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SETOR DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO COMPOSIÇÃO CURRICULAR - DIURNO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SETOR DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (LICENCIATURA) CENTRO: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE/Campina

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 25 DE MARÇO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 25 DE MARÇO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.652, DE 25 DE MARÇO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Licenciatura em Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos,

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação COOPERATIVISMO. COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo

UFV Catálogo de Graduação COOPERATIVISMO. COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo UFV Catálogo de Graduação 2013 85 COOPERATIVISMO COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo npresno@ufv.br 86 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharel em Cooperativismo compete dirigir, fomentar

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Psicologia

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Psicologia MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA GRADE 7 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2012 Cód. Disc. DISCIPLINAS 1º SEMESTRE CRÉD. CH TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 1029-1 Genética Humana

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA

FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA CEG A - Bacharelados INFORMÁTICA 21/09 30/11 07/12 14/12* TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO II 20/09 29/11 06/12 13/12* ESTATÍSTICA 23/09 02/12 09/12 12/12* METODOLOGIA CIENTÍFICA 19/09 28/11 05/12 12/12** CONTABILIDADE

Leia mais

LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS)

LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS) LISTAGEM DOS COMPONENTES CURRICULARES COMPLEMENTARES (ELETIVOS) Componente Curricular Complementar Total Teórica Prática EAD 1 Pré-requisitos 1. Alfabetização e Letramento BA000492 2. Análise de Livros

Leia mais

Inovação e Criatividade na Educação Básica

Inovação e Criatividade na Educação Básica MEC Inovação e Criatividade na Educação Básica 2015 Objetivo Criar as bases para uma política pública de fomento a inovação e criatividade na educação básica Desafios da Educação Básica no Brasil hoje

Leia mais

Instituto de Educação Superior de Boituva

Instituto de Educação Superior de Boituva CURSOS DE DIREITO MATRIZ 2016 1º PERÍODO = 0 horas aulas Leitura e Interpretação de Textos COMPL Introdução ao Estudo do Direito Sociologia Geral e Jurídica Ciência Política Direito Penal I História do

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES Situação Legal: Reconhecido Integralização: Mínimo 5 anos / Máximo 8 anos Carga Horária: 2.820h (188 créditos)

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV. HISTÓRIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Fábio Adriano Hering

Currículos dos Cursos UFV. HISTÓRIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Fábio Adriano Hering 164 HISTÓRIA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Fábio Adriano Hering fahering@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 165 Bacharelado ATUAÇÃO O historiador formado na UFV poderá atuar em instituições

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade da Região de Joinville

ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS. Universidade da Região de Joinville ANEXO I QUADRO DE CURSOS E VAGAS UNIVILLE Campus Joinville Universidade da Região de Joinville ADMINISTRAÇÃO Empresas (146) Noturno 74 Decreto Federal nº 76.148/75 ARQUITETURA E URBANISMO (147) Noturno

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Psicologia Bacharelado 2014 Ênfase II Ênfase II Psicologia e Processos Educativos

Matriz Curricular do Curso de Psicologia Bacharelado 2014 Ênfase II Ênfase II Psicologia e Processos Educativos Matriz Curricular do Curso de Psicologia Bacharelado 2014 Ênfase II Ênfase II Psicologia e Processos Educativos 1º PERÍODO HR Antropologia Epistemologia e História da Psicologia I Filosofia Leitura e Produção

Leia mais

O direito à Educação das pessoas com deficiência intelectual SAMIRA ANDRAOS MARQUEZIN FONSECA

O direito à Educação das pessoas com deficiência intelectual SAMIRA ANDRAOS MARQUEZIN FONSECA O direito à Educação das pessoas com deficiência intelectual SAMIRA ANDRAOS MARQUEZIN FONSECA HTTP://WWW.REVIDE.COM.BR/BLOG/SAMIRA-FONSECA/ BREVE HISTÓRICO CONSTITUCIONAL 1976 Constituição Brasileira expressamente

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO Matutino Currículo nº 1 Noturno Currículo nº 1 Até 2012

CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO Matutino Currículo nº 1 Noturno Currículo nº 1 Até 2012 CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO Matutino Currículo nº 1 Noturno Currículo nº 1 Até 2012 Reconhecido pelo Decreto nº 3.554 de 15.02.01, D.O.E. nº. 5929 de 16.02.01. Renovação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:31:58

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:31:58 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 02/02/2016 Currículo de Cursos Hora: 10:31:58 Curso: Licenciatura Dupla em Português e Italiano Nível: Ensino Superior Grau Conferido: Licenciado em Língua

Leia mais

Autores: CHRISTIANE CABRAL E HUGO RODRIGUES

Autores: CHRISTIANE CABRAL E HUGO RODRIGUES DEVERES DA ESCOLA NA OFERTA DE EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, COM IGUALDADE DE CONDIÇÕES E OPORTUNIDADES PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA: da convenção às orientações legais e pedagógicas para uma educação inclusiva.

Leia mais

Pontos importantes da metodologia - EI e EF I

Pontos importantes da metodologia - EI e EF I Pontos importantes da metodologia - EI e EF I Cada segmento tem sua característica Educação Infantil: - desenvolvimento dos padrões de aprendizagem. Ensino Fundamental: - domínio de conceitos essenciais

Leia mais