DIA: 27 de maio de 2015 HORÁRIO: 8hs às 13h30min LOCAL: Secretaria Municipal de Ação Social Trabalho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIA: 27 de maio de 2015 HORÁRIO: 8hs às 13h30min LOCAL: Secretaria Municipal de Ação Social Trabalho"

Transcrição

1 Secretaria Municipal de Ação Social Trabalho e Cidadania realizaram a Conferencia Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente a 7ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, o seguinte tema: Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos conselhos de diretos da criança e do adolescente. CONVITE O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente- CMDCA tem a satisfação de convidar Vossa Senhoria para participar da Conferencia Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente que terá o seguinte tema: Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos conselhos de diretos da criança e do adolescente. DIA: 27 de maio de 2015 HORÁRIO: 8hs às 13h30min LOCAL: Secretaria Municipal de Ação Social Trabalho Delegados de da 7ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, o seguinte tema: Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos conselhos de diretos da criança e do adolescente.

2 Aprovação das propostas da 7ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, o seguinte tema: Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos conselhos de diretos da criança e do adolescente. Adolescentes participam da 7ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, o seguinte tema: Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos conselhos de diretos da criança e do adolescente.

3 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA DE TARTARUGALZINHO 2015 A 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Tartarugalzinho será realizada no dia 29 de junho de 2015, na Secretaria Municipal de Ação Social Trabalho e Cidadania SEMASTC Programação 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA DE TARTARUGALZINHO 29 DE JUNHO DE h às 09h Credenciamento 8: 30h Abertura Oficial 09h Leitura e aprovação do Regimento Interno 9: 30 às 10h Palestra Magna: Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa Por um Brasil de Todas as Idades. Palestrante: NADJA Membro do Conselho Estadual da pessoa Idosa. 11h 20min Apresentação e votação das diretrizes e ações estratégicas propostas pelos grupos. 12h Eleição dos delegados para a Conferência Estadual e Apresentação dos delegados eleitos. 13h20min Encerramento

4 VII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE TARTARUGALZINHO Secretaria Municipal de Ação Social Trabalho e Cidadania realizaram a Conferencia Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente a 7ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE TARTARUGALZINHO COM O TEMA: CONSOLIDAR O SUAS DE VEZ RUMO A LEMA: PACTO REPUBLICANO DO SUAS RUMO A 2026: O SUAS QUE TEMOS E O SUAS QUE QUEREMOS

5 O ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE DA PREFEITURA REALIZOU CAPACITAÇÃO PARA O FUNDO MUNICIPAL DE ASSITENCIA SOCIAL DE TARTARUGALZINHO. A CAPACITAÇÃO TEVE COMO OBJETIVO CAPACITAR A GESTÃO DO FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA COMO PREPARAR PROCESSOS, PROCEDIMENTOS FINANCEIROS E CONTABIL.

6 Crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV, participa da Pascoa da SEMASTC, as lembrancinha foram confeccionada pelas crianças e adolescentes.

7 Prefeito de Tartarugalzinho Almir Rezende juntamente com o CRAS e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV faz adesão a Carta de Fortaleza em adesão em defesa do Sistema Único de Assistência Social.

8 Secretária de Ação Social Trabalho e Cidadania, JOELITA HENRIQUES DE ALMEIDA, participam de reunião da Comissão Integestora Bipartide, com a seguinte pauta. Data: 27 de Março de 2014 Local: SEPLAN - Macapá AP Horário: 08h30min as 13h00min 1. Pauta: Apresentação do Relatório da Câmara Técnica Tatiane Santos -Reprogramação do Plano de aplicação de Recursos: IGD/SUAS e CAPACITASUAS Josinelma Valadares 2. Informes: Da SIMS: CPS - CRAS e CREAS Relatórios Trimestrais Marcione Ribeiro e Maiara Cristina - Bolsa Família Reprogramação do Bolsa Família Wendel Gatinho CFGPAS Plano de Ação 2014 Maria Conceição Favacho - SISC Sistema de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Kelvin Alfaia - Visitas de Monitoramento e Avaliação Luíza Jucá UCC Preenchimento Plano de Ação 2014 e restos a receber 2013 Eliete Moreira 2.2 SEED BPC na Escola Lucia Valente 2.3 CEAS Plano de Convivência Familiar e Comunitária Sandra Smith 2.4 Dos Municípios

9 BOLSA FAMILIA DE TARTARUGALZINHO CONCLUI AVERIGUAÇÃO OBRIGATORIA DO PROGRAMA BOLSA FAMILIA FEDERAL. Averiguação PBF/2015 visitas obrigatórias até 17/07/2015 lançadas no sistema CAD'UNICO, META CUMPRIDA. Graças a DEUS. Agradecimentos ao Prefeito ALMIR REZENDE, a Secretária Municipal de Ação Social Trabalho e Cidadania Joelita Henriques que deu todo apoia a equipe, Secretária Municipal de Saúde Marlene Emília pela liberação do carro para realização das visitas nas comunidades, a Coordenadora do PBF Zelina dos Santos, entrevistadores do PBF, aos motoristas Jean e Helton Brasão e aos usuários que receberam com carinho a equipe (Assistente Social e Entrevistador). Sendo que Averiguação foi determinação do MDS/CGU. Agora só no aguardo da segunda etapa. Comunidades: Itaubal, Bom Jesus, Tartarugal Grande, Cedro, Nova Vida, Lago Novo, Andiroba, Fazenda Modelo, São Benedito do Aporema, Las Palmas, Ponta do Socorro, Terra Firme, Duas Bocas, Governador Janary Nunes e sede de Tartarugalzinho, um total de 87visitas e 71 entrevistas. A SECRETÁRIA DE AÇÃO SOCIAL, TRABALHO E CIDADANIA, SEMASTC, REALIZA REUNIÃO COM AS MAES DO SCFV, RURAL PARA IMPLEMENTAR OS SERVIÇOS OFERTADOS.

10 O CMDCA, E A COMISSÃO ORGANIZADORA DO PROCESSO UNIFICADO DO CONSELHO TUTELAR, INICIA OS TRABALHOS DE ORGANIZAÇÃO DO RPOCESSO.

11 O CMDCA e a comissão organizadora em parceria com o Ministério Publico através do CAOP, realizou nos dias 09 de 10 de julho e curso de capacitação para candidatos ao Conselho Tutelar.

12 O CMDCA e a Comissão organizadora do Processo Unificado de Escolha do Conselho Tutelar realiza reunião para apresentar material de Campanha e homologar a Campanha dos 13 candidatos aptos a concorrer ao Processo.

13 Secretária de Ação Social Trabalho e Cidadania SEMASTC, se reúne com os coordenadores e técnico do CRAS e do SCFV, para avaliar o 1º semestre e traçar propostas para o 2º semestre.

14 S A PREFEITURA MUNICIPAL DE TARTARUGALZINHO E A SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL TRABALHO E CIDADANIA, ENTREGA 170 CARTEIRA NACIONAL DO IDOSO, UMA CONQUISTA DA GESTÃO MUNICIPAL Colônia de férias com as crianças do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos-scfv/cras. COLÔNIA DE FÉRIAS Muitas brincadeiras, muito jogos e diversões com as crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV/CRAS na Colônia de Férias.

15 Prefeito de Tartarugalzinho, assinando a Adesão do Viver sem Limites.

16 Secretária de Ação Social Trabalho e Cidadania participam de reunião com as Escolas Municipais para tratar do Programa de Condicionalidades da Educação do Programa Bolsa Família Federal.

Orientações sobre a realização das Conferências de Assistência Social/ 2015

Orientações sobre a realização das Conferências de Assistência Social/ 2015 Orientações sobre a realização das Conferências de Assistência Social/ 2015 Renata Nunes Portela Tema Consolidar o SUAS de vez rumo a 2016 Lema Pacto Republicano do SUAS rumo a 2026. O SUAS que temos e

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS PÚBLICAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BAIÃO

PRESTAÇÃO DE CONTAS PÚBLICAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BAIÃO PRESTAÇÃO DE CONTAS PÚBLICAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BAIÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE BAIÃO-PA. Secretária Eliana do Couto da Rocha JANEIRO - 2015 ASSISTÊNCIA SOCIAL ASSISTÊNCIA SOCIAL

Leia mais

Relatório Final da VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa Piraí RJ.

Relatório Final da VI Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa Piraí RJ. PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAÍ SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI P.A.I. PONTO DE APOIO AO IDOSO Inaugurado numa quinta-feira, o novo ano no Calendário Gregoriano,

Leia mais

Equipamentos Data Show e Pasta contendo: lápis, caneta e papel para anotação, tema a discutir, sonorização.

Equipamentos Data Show e Pasta contendo: lápis, caneta e papel para anotação, tema a discutir, sonorização. PREPARAÇÃO Número de participantes estimado: 100 Local: Sesc Data: 20/09 Duração: 8hs Recepcionista / Credenciamento Convites: Convite oficial, faixa, carro de som nas ruas, entrevistas nas rádios e outros

Leia mais

VII - A GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NO SUAS NA VISÃO DA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS

VII - A GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NO SUAS NA VISÃO DA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS VII - A GESTÃO DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NO SUAS NA VISÃO DA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS Secretaria Nacional de Assistência Social 1 2 3 Quando a Comissão Organizadora da VI Conferência Nacional

Leia mais

O QUE É O CRAS? É o centro de Referência da Assistência Social, conhecido como Casa das famílias. Desenvolve o Programa de Atenção Integral a Família PAIF que tem como objetivo prevenir e enfrentar situações

Leia mais

VIII CONFERENCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE UBERABA

VIII CONFERENCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE UBERABA VIII CONFERENCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE UBERABA 27 DE MARÇO DE 2015 CENTRO ADMINISTRATIVO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERABA TEMA: POLÍTICA E O PLANO DECENAL DE DIREITOS

Leia mais

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Juruti 2012-2014

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Juruti 2012-2014 Plano de Ação Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Juruti 2012-2014 APRESENTAÇÃO Nosso O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Juruti apresenta, no

Leia mais

Protocolo de Gestão Integrada de Serviços, Benefícios e Transferências de Renda no âmbito do Sistema Único de Assistência Social

Protocolo de Gestão Integrada de Serviços, Benefícios e Transferências de Renda no âmbito do Sistema Único de Assistência Social Protocolo de Gestão Integrada de Serviços, Benefícios e Transferências de Renda no âmbito do Sistema Único de Assistência Social Ms. Waleska Ramalho Ribeiro - UFPB A concepção republicana do SUAS requer

Leia mais

Palestra: Política Nacional de Assistência Social e Sistema Único da Assistência Social SUAS

Palestra: Política Nacional de Assistência Social e Sistema Único da Assistência Social SUAS Palestra: Política Nacional de Assistência Social e Sistema Único da Assistência Social SUAS Professores: Leonardo Martins Prudente e Adailton Amaral Barbosa Leite Brasília, Agosto de 2013 Política Nacional

Leia mais

MINUTA DE REGIMENTO INTERNO DA V CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

MINUTA DE REGIMENTO INTERNO DA V CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MINUTA DE REGIMENTO INTERNO DA V CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CAPÍTULO I DO OBJETIVO, TEMÁRIO Art. 1º A V Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente

Leia mais

REGIMENTO DA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO CLARO

REGIMENTO DA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO CLARO 1 REGIMENTO DA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO CLARO CAPÍTULO I DA CONFERÊNCIA Artigo 1.º - A 3ª Conferência Municipal de Educação - 3ª CME, convocada pelo Prefeito Municipal de Rio Claro e

Leia mais

PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DO SUAS

PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DO SUAS PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DO SUAS CRAS Centro de Referência de Assistência Social PÚBLICO-ALVO: A PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA B DO SUAS Famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social

Leia mais

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Programa de Fortalecimento e Barro Alto -

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome PETI. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome PETI. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Brasil livre do trabalho infantil, todos juntos nesse desafio! O Governo Federal e a sociedade brasileira

Leia mais

RECONSTRUINDO VÍNCULOS

RECONSTRUINDO VÍNCULOS RECONSTRUINDO VÍNCULOS U M P R O J E T O D O I N S T I T U T O B E R Ç O D A C I D A D A N I A S O B O P A T R O C Í N I O D O P R O G R A M A D E D E S E N V O L V I M E N T O S O C I A L D A P E T R

Leia mais

O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas.

O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas. Página1 Curso de extensão universitária: O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas. Apresentação: Em 2015, comemorando 25 anos do ECA,

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO TIAGO-MG CADASTRO NACIONAL DE ESTABELECIMENTO DE SAÚDE: 6627803

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO TIAGO-MG CADASTRO NACIONAL DE ESTABELECIMENTO DE SAÚDE: 6627803 REGULAMENTO VI CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO TIAGO CAPITULO I DA REALIZAÇÃO Art. 1º A VI Conferência Municipal de Saúde de São Tiago é convocada e presidida pelo Prefeito Municipal e, na sua ausência

Leia mais

TOTAL 13.755 19.805 1 1 1.554 0 35.116

TOTAL 13.755 19.805 1 1 1.554 0 35.116 O Programa Bolsa Família (PBF) reconhecido nacional e internacionalmente como um dos programas de transferência condicionada de renda de maior êxito, atende hoje aproximadamente 110 mil famílias pobres

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO - PPA AÇÕES VOLTADAS AO DESENVOLVIMENTO DO PROGRAMA GOVERNAMENTAL

PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO - PPA AÇÕES VOLTADAS AO DESENVOLVIMENTO DO PROGRAMA GOVERNAMENTAL Exercício: 2 28//23 - ::3 RUA ANTONIO TAVARES, 33, CENTRO, MIRASSOL DOESTE/MT UNIDADE 2 - FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL FUNÇÃO: - Administração SUBFUNÇÃO: 22 - Administração Geral PROGRAMA: 2 -

Leia mais

INCLUSÃO DOS CIDADÃOS NA IMPLEMENTAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE. Experiência do município de Manhuaçu Minas Gerais - Brasil

INCLUSÃO DOS CIDADÃOS NA IMPLEMENTAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE. Experiência do município de Manhuaçu Minas Gerais - Brasil INCLUSÃO DOS CIDADÃOS NA IMPLEMENTAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE Experiência do município de Manhuaçu Minas Gerais - Brasil 80 mil habitantes MANHUAÇU MG Economia: Cafeicultura, comércio e prestação

Leia mais

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria 1.1.1 03/02 ( sexta feira ) 17h 1.1.1.1 Convocar membros da diretoria

Leia mais

MANUAL ORIENTADOR DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E DA VIII CONFERÊNCIA ESTADUAL

MANUAL ORIENTADOR DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E DA VIII CONFERÊNCIA ESTADUAL MANUAL ORIENTADOR DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E DA VIII CONFERÊNCIA ESTADUAL Conselho Estadual de Assistência Social CONSEAS-SP São Paulo Maio de 2011. São Paulo Maio de 2011. Sumário APRESENTAÇÃO 3 1

Leia mais

Acolhimento Familiar de Proteção Alternativa à Política Pública A experiência do Programa SAPECA

Acolhimento Familiar de Proteção Alternativa à Política Pública A experiência do Programa SAPECA Acolhimento Familiar de Proteção Alternativa à Política Pública A experiência do Programa SAPECA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SP Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência e Inclusão Social Acolhimento

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMDCA

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMDCA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMDCA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 Aos quinze

Leia mais

Os Conselhos de Saúde na arena de debate e na formulação da política de saúde: desafios e novas exigências

Os Conselhos de Saúde na arena de debate e na formulação da política de saúde: desafios e novas exigências Os Conselhos de Saúde na arena de debate e na formulação da política de saúde: desafios e novas exigências Conselho Estadual de Saúde do Amazonas Rui Guilherme Neves de Souza 1º Secretário do Conselho

Leia mais

O trabalho social com famílias. no âmbito do Serviço de Proteção e. Atendimento Integral à Família - PAIF

O trabalho social com famílias. no âmbito do Serviço de Proteção e. Atendimento Integral à Família - PAIF O trabalho social com famílias no âmbito do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família - PAIF Contexto Social: Acesso diferencial às informações Uso e abuso de substâncias psicoativas Nulo ou

Leia mais

O Protocolo de Gestão Integrada e o Acompanhamento das Famílias PBF no Sicon. Encontro Regional do Congemas Região Nordeste

O Protocolo de Gestão Integrada e o Acompanhamento das Famílias PBF no Sicon. Encontro Regional do Congemas Região Nordeste O Protocolo de Gestão Integrada e o Acompanhamento das Famílias PBF no Sicon Encontro Regional do Congemas Região Nordeste Camaçari, 31 de outubro de 2012 Programa Bolsa Família Transferência de renda

Leia mais

Gestão Municipal do Cadastro Único. Programa Bolsa Família

Gestão Municipal do Cadastro Único. Programa Bolsa Família Gestão Municipal do Cadastro Único e Programa Bolsa Família Gestora Olegna Andrea da Silva Entrevistadora e Operadora de Cadastro Ana Paula Gonçalves de Oliveira A porta de entrada para receber os bene?cios

Leia mais

I Oficina com os Estados: Fortalecer a Gestão para Concretizar a Proteção Social

I Oficina com os Estados: Fortalecer a Gestão para Concretizar a Proteção Social I Oficina com os Estados: Fortalecer a Gestão para Concretizar a Proteção Social OFICINAS DO XIV ENCONTRO NACIONAL DO CONGEMAS ENFRENTAMENTO AO TRABALHO INFANTIL NO PLANO BRASIL SEM MISÉRIA Nivia Maria

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES CNPJ: 08.148.488/0001-00 CEP: 59.5960-000 GABINETE DO PREFEITO LEI Nº. 277/2007. CEP: 5.50-000 Institui o Programa Casa da Família e dá outras providências. A Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito do Município de Pilões, sanciono e promulgo a seguinte lei: Art.

Leia mais

LEI Nº. 430 DE 15 DE ABRIL DE 2010

LEI Nº. 430 DE 15 DE ABRIL DE 2010 LEI Nº. 430 DE 15 DE ABRIL DE 2010 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E O FUNCIONAMENTO DA INSTÂNCIA MUNICIPAL DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA MARCOS ROBERTO FERNANDES CORRÊA, Prefeito Municipal de Pratânia,

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL COMISSÃO INTERGESTORES TRIPARTITE RESOLUÇÃO Nº 4, DE 24 DE MAIO DE 2011

SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL COMISSÃO INTERGESTORES TRIPARTITE RESOLUÇÃO Nº 4, DE 24 DE MAIO DE 2011 SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL COMISSÃO INTERGESTORES TRIPARTITE RESOLUÇÃO Nº 4, DE 24 DE MAIO DE 2011 Institui parâmetros nacionais para o registro das informações relativas aos serviços ofertados

Leia mais

TIANGUÁ- CEARÁ. Plano Municipal das Ações Estratégicas Intersetoriais do PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil ANOS: 2015 À 2017

TIANGUÁ- CEARÁ. Plano Municipal das Ações Estratégicas Intersetoriais do PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil ANOS: 2015 À 2017 TIANGUÁ- CEARÁ Plano Municipal das Ações Estratégicas Intersetoriais do PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil ANOS: 2015 À AÇÕES Formação da Comissão Intersetorial de prevenção e erradicação

Leia mais

PAIF. Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS

PAIF. Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Assistência Social Programa de Atenção Integral à Família - PAIF CRAS PAIF IMPORTANTE INTERRELAÇÃO ENTRE PAIF E CRAS CRAS O

Leia mais

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO DE 2015

LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO DE 2015 CNPJ: 00.000.729/0001-68 LEI DE DIRETRIZES S PARA O EXERCÍCIO DE 2015 ANEXO I METAS E PRIORIDADES ESTRUTURA ORGÃO CAMARA MUNICIPAL 01 2.001 1.001 CÂMARA MUNICIPAL Atividades Administrativas e Planarias

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS PRESTAÇÃO DE CONTAS ANO 2013

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS PRESTAÇÃO DE CONTAS ANO 2013 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS PRESTAÇÃO DE CONTAS ANO 2013 CMDCA O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São José dos Campos,

Leia mais

A operacionalização da gestão de condicionalidades no Programa Bolsa Família (PBF) ocorre de forma:

A operacionalização da gestão de condicionalidades no Programa Bolsa Família (PBF) ocorre de forma: CONDICIONALIDADES DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA ATORES RESPONSÁVEIS PELA GESTÃO A operacionalização da gestão de condicionalidades no Programa Bolsa Família (PBF) ocorre de forma:» Intersetorial: com os responsáveis

Leia mais

Projeto Pequenas Damas

Projeto Pequenas Damas Mostra Local de: Arapongas Projeto Pequenas Damas Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Associação das Damas de Caridade de Arapongas

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social: instrumentais técnico-operativos no Serviço Social. CRAS CONSULESA HELENA VAN DEN BERG - CASTRO/ PARANÁ

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social: instrumentais técnico-operativos no Serviço Social. CRAS CONSULESA HELENA VAN DEN BERG - CASTRO/ PARANÁ VIII Jornada de Estágio de Serviço Social: instrumentais técnico-operativos no Serviço Social. CRAS CONSULESA HELENA VAN DEN BERG - CASTRO/ PARANÁ DUCHEIKO, Angelina do Rocio 1 RODRIGUES, Camila Moreira

Leia mais

Diário Oficial. Dilma veta aumento do limite do empréstimo consignado de 30% para 40%

Diário Oficial. Dilma veta aumento do limite do empréstimo consignado de 30% para 40% Diário Oficial Dilma veta aumento do limite do empréstimo consignado de 30% para 40% A presidente Dilma Rousseff vetou o aumento do limite de crédito consignado de 30% para 40% da renda do trabalhador

Leia mais

BAILE SOCIAL DO MILÊNIO

BAILE SOCIAL DO MILÊNIO Mostra Projetos Colegiado Nós podemos São Caetano: Maria do Socorro Sousa França, Secretaria Executiva; Sueli Teotônio Pontes Secretária, Executiva Adjunta; Cleonilda Rita Mota, Secretária de Mobilização;

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS Porta de entrada dos munícipes que necessitam das ações de assistência social que potencializam a família, a comunidade de referência, fortalecendo seus

Leia mais

MINUTA DE DECRETO MUNICIPAL

MINUTA DE DECRETO MUNICIPAL CONJACI CONSELHO DISTRITAL DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE JACI-PARANÁ Distrito de Jaci-Paraná Município de Porto Velho - RO MINUTA DE DECRETO MUNICIPAL Dezembro de 2012. MINUTA DE DECRETO MUNICIPAL

Leia mais

REESTRUTURAÇÃO INSTITUCIONAL DOS ÓRGÃOS GESTORES, PARA ADEQUAÇÃO À ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO SUAS.

REESTRUTURAÇÃO INSTITUCIONAL DOS ÓRGÃOS GESTORES, PARA ADEQUAÇÃO À ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO SUAS. REESTRUTURAÇÃO INSTITUCIONAL DOS ÓRGÃOS GESTORES, PARA ADEQUAÇÃO À ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO SUAS. OFICINA 2 Ofertas da Assistência Social: Serviços por níveis de proteção básica e especial de média

Leia mais

CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CME BOA VISTA ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RELATO DE EXPERIÊNCIAS ENCONTRO DE CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS

Leia mais

LEI N.º 7.390, DE 6 DE MAIO DE 2015

LEI N.º 7.390, DE 6 DE MAIO DE 2015 LEI N.º 7.390, DE 6 DE MAIO DE 2015 Institui o Sistema Municipal de Assistência Social do Município de Santo Antônio da Patrulha e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL de Santo Antônio da Patrulha,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Superintendência de Atenção Integral à Saúde SAIS Diretoria de Atenção Básica DAB

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Superintendência de Atenção Integral à Saúde SAIS Diretoria de Atenção Básica DAB DAB Nota Técnica n 05/2012 Orienta sobre o acesso, o cadastro, a liberação de senhas, registro, monitoramento e validação das ações do Programa Saúde na Escola no Sistema Integrado de Monitoramento, Execução

Leia mais

Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente

Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/2014 SELEÇÃO DE ENTIDADE DA SOCIEDADE CIVIL PARA INTEGRAR O CONSELHO MUNICIPAL DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Leia mais

Roda de Conversa 31/03/2015

Roda de Conversa 31/03/2015 Aconteceu em Uberaba, no Centro Espírita José Horta mantenedor da Creche Espírita Melo de Jesus, no dia 31/03/2015 a décima sexta edição da Roda de Conversa. O Evento teve a participação de aproximadamente

Leia mais

Comissão Municipal Interinstitucional de Enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes

Comissão Municipal Interinstitucional de Enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes 1 Comissão Municipal Interinstitucional de Enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO ÀS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES Ponta Grossa Paraná 2013

Leia mais

TEXTO 3 O SICON: PASSO A PASSO PARA VIABILIZAÇÃO DA SEGURANÇA DE RENDA DAS FAMÍLIAS EM DESCUMPRIMENTO DE CONDICIONALIDADES NO ÂMBITO DO SUAS 1.

TEXTO 3 O SICON: PASSO A PASSO PARA VIABILIZAÇÃO DA SEGURANÇA DE RENDA DAS FAMÍLIAS EM DESCUMPRIMENTO DE CONDICIONALIDADES NO ÂMBITO DO SUAS 1. TEXTO 3 O SICON: PASSO A PASSO PARA VIABILIZAÇÃO DA SEGURANÇA DE RENDA DAS FAMÍLIAS EM DESCUMPRIMENTO DE CONDICIONALIDADES NO ÂMBITO DO SUAS 1. Nosso estudo, até o momento, vem trazendo elementos essenciais

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO Nº 001/2015-CACS/FUNDEB/PMJP/RO

EDITAL DE ELEIÇÃO Nº 001/2015-CACS/FUNDEB/PMJP/RO EDITAL DE ELEIÇÃO Nº 001/2015-CACS/FUNDEB/PMJP/RO Ji-Paraná, 07 de outubro de 2015. A Comissão Eleitoral para eleição de membros para o Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME XI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios A visão dos municípios sobre o Pacto Federativo ROSILENE CRISTINA ROCHA SECRETÁRIA EXECUTIVA ADJUNTA

Leia mais

Acompanhamento das Condicionalidades da Saúde no PBF. Brasília - DF

Acompanhamento das Condicionalidades da Saúde no PBF. Brasília - DF Seminário Regional do Programa Bolsa Família (PBF) - 2011 Acompanhamento das Condicionalidades da Saúde no PBF, Paulo Henrique M. Teixeira Coord. Atenção Primária Brasília - DF Apresentação do município

Leia mais

Páginas: RESUMO DE TERMO ADITIVO N 001/2015 AO CONTRATO Nº 045-B/2014

Páginas: RESUMO DE TERMO ADITIVO N 001/2015 AO CONTRATO Nº 045-B/2014 Páginas: 8 Índice do diário Contas Públicas Termo Aditivo - N 001/2015 AO CONT Nº 045-B/2014 Termo Aditivo - N 001/2015 AO CONT Nº 046-A/2014 Termo Aditivo - N 001/2015 AO CONT Nº 051/2014 Atos Oficiais

Leia mais

FORTALECENDO E ARTICULANDO A REDE DE ATENÇÃO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

FORTALECENDO E ARTICULANDO A REDE DE ATENÇÃO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE FORTALECENDO E ARTICULANDO A REDE DE ATENÇÃO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE Fazer laços é ligar, entrelaçar o que está separado. Literal e metaforicamente falando. A inclusão do trabalho sobre o tema da sexualidade

Leia mais

PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015

PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015 PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015 DIRETORIA EXECUTIVA/SECRETARIA EXECUTIVA Anexo 6 EIXOS DE ATUAÇÃO Representação Política Desenvolvimento Regional Assessoria Técnica Capacitação Processos Internos

Leia mais

PROJETO ELO PARA A CIDADANIA

PROJETO ELO PARA A CIDADANIA PROJETO ELO PARA A CIDADANIA I - IDENTFICAÇÃO Entidade Executora: Ordem dos Advogados do Brasil OAB Subseção de Pirassununga, a Secretaria Municipal da Promoção Social, a Secretaria Municipal de Educação,

Leia mais

Ações do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso CMDI. Gestão 2012 2014

Ações do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso CMDI. Gestão 2012 2014 Ações do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso CMDI Gestão 2012 2014 AÇÕES: Acompanhou, orientou e fiscalizou instituições de longa permanência de atendimento ao idoso, inclusive realizando a averiguação

Leia mais

CAS/DF RECOMENDAMOS A LEITURA DO MANUAL PARA O CORRETO PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO

CAS/DF RECOMENDAMOS A LEITURA DO MANUAL PARA O CORRETO PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO As informações declaradas pelo agente público neste questionário possuem Fé Pública e constituem registros administrativos Sistema Único de Assistência Social. O fornecimento de informações inverídicas

Leia mais

Fortalecimento do Cadastro Único como porta de entrada para Programas Sociais para a população de baixa renda

Fortalecimento do Cadastro Único como porta de entrada para Programas Sociais para a população de baixa renda Fortalecimento do Cadastro Único como porta de entrada para Programas Sociais para a população de baixa renda Mesa: Cadastro Único, Bolsa Família e Brasil sem Miséria. Cadastro Único É um mapa representativo

Leia mais

Orientações Técnicas para a formação da Agenda Intersetorial

Orientações Técnicas para a formação da Agenda Intersetorial Orientações Técnicas para a formação da Agenda Intersetorial Brasília, 7 de Agosto de 2014 Encontro Intersetorial das Ações Estratégicas do PETI ETAPAS PARA FORMAÇÃO DA AGENDA INTERSETORIAL DO PETI Reuniões/

Leia mais

Governo de Santa Catarina

Governo de Santa Catarina Governo de Santa Catarina Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação GESTÃO E FINANCIAMENTO NA EFETIVAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL outubro 2013 Florianópolis Níveis

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 006/2014

RESOLUÇÃO Nº 006/2014 CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IBOTIRAMA RESOLUÇÃO Nº 006/ O Conselho Municipal de Assistência Social do Município de Ibotirama, no uso das atribuições legais e considerando a necessidade

Leia mais

AGENDA DA FAMÍLIA. 1 O que é a Agenda da Família?

AGENDA DA FAMÍLIA. 1 O que é a Agenda da Família? AGENDA DA FAMÍLIA Marcelo Garcia é assistente social. Exerceu a Gestão Social Nacional, Estadual e Municipal. Atualmente é professor em cursos livres, de extensão e especialização, além de diretor executivo

Leia mais

D E C R E T A: Art. 2º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 29 de junho de 2007.

D E C R E T A: Art. 2º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 29 de junho de 2007. PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 1510, DE 26 DE JUNHO DE 2008. Aprova o Regimento Interno da Secretaria Municipal de Assistência Social - SEMAS, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005

LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005 LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005 Institui o COMITÊ DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA (PBF), e dá outras providências. CLÁUDIO KAISER, Prefeito Municipal de Taquara, Estado do Rio Grande do Sul, FAÇO

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE CONFERÊNCIAS DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 2015

CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE CONFERÊNCIAS DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 2015 CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE CONFERÊNCIAS DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 2015 2015 uma década de existência do SUAS Decisão política de priorização, na agenda federal, da atenção às populações mais vulneráveis, do

Leia mais

Gestão Orçamentária e Financeira no SUAS

Gestão Orçamentária e Financeira no SUAS Gestão Orçamentária e Financeira no SUAS SUAS - DEFINIÇÃO SUAS é a forma de gestão da politica de assistência social. SUAS é constituído pelo conjunto de serviços, programas, projetos e benefícios de assistência

Leia mais

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus.

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. 1. Resumo Descritivo Data: 31 de outubro de 2013. Local: Assembleia Legislativa

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 02/2013

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 02/2013 ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 02/2013 Aos: Senhores(as) Secretários(as) Municipais de Assistência Social e Conselheiros Municipais de Assistência Social. Referente: Elaboração do Plano Municipal de Assistência

Leia mais

FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 DE TANGUÁ RJ REGIMENTO INTERNO. CAPÍTULO l - DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, OBJETIVOS, PRINCÍPIOS E ATRIBUIÇÕES.

FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 DE TANGUÁ RJ REGIMENTO INTERNO. CAPÍTULO l - DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, OBJETIVOS, PRINCÍPIOS E ATRIBUIÇÕES. FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 DE TANGUÁ RJ REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO l - DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, OBJETIVOS, PRINCÍPIOS E ATRIBUIÇÕES. Art. 1º - O Fórum permanente da Agenda 21 de Tanguá, criado pela Lei

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2009

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2009 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2009 Estabelece instruções sobre Benefício de Prestação Continuada-BPC referentes a dispositivos

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO

ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO ANEXO II REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICIDA DA SECRETARIA DE POLÍTICAS SOCIAIS E DESPORTO 1 PROJOVEM 1.1 SUPERVISOR REQUISITOS: NÍVEL SUPERIOR ATRIBUIÇÕES: Ser responsável

Leia mais

Maria Tertuliana de Souza Oliveira Secretária Municipal

Maria Tertuliana de Souza Oliveira Secretária Municipal Maria Tertuliana de Souza Oliveira Secretária Municipal Assistência Social Contexto Histórico Perde o caráter Assistencialista e passa ser Direito de acordo com critérios estabelecidos por Lei ( LOAS no

Leia mais

PROGRAMA DE ATESINCRA/AP 2009 DOCUMENTO DE CARACTERIZAÇÃO REGIONAL DO PROGRAMA DE ATES NO ESTADO DO AMAPÁ 1 INTRODUÇÃO

PROGRAMA DE ATESINCRA/AP 2009 DOCUMENTO DE CARACTERIZAÇÃO REGIONAL DO PROGRAMA DE ATES NO ESTADO DO AMAPÁ 1 INTRODUÇÃO PROGRAMA DE ATESINCRA/AP 2009 DOCUMENTO DE CARACTERIZAÇÃO REGIONAL DO PROGRAMA DE ATES NO ESTADO DO AMAPÁ 1 INTRODUÇÃO Em decorrência da reestruturação organizacional o INCRA tomou-se iniciativas voltadas

Leia mais

Plano de Ação Programa Bolsa Família JUSTIFICATIVA

Plano de Ação Programa Bolsa Família JUSTIFICATIVA E S T A D O D E M A T O G R O S S O D O S U L P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E C A M P O G R A N D E S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E S A Ú D E P Ú B L I C A PLANO DE AÇÃO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO MUNICÍPIO DE ESPÍRITO SANTO/RN

PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO MUNICÍPIO DE ESPÍRITO SANTO/RN PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO MUNICÍPIO DE ESPÍRITO SANTO/RN ESPÍRITO SANTO/RN, OUTUBRO DE 2014. FRANCISCO ARAÚJO DE SOUZA PREFEITO MUNICIPAL DE ESPÍRITO SANTO/RN ELIZANGELA FREIRE DE

Leia mais

Políticas Públicas Sobre Drogas, Um Compromisso de Todos! Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Políticas Públicas Sobre Drogas, Um Compromisso de Todos! Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Políticas Públicas Sobre Drogas, Um Compromisso de Todos! Mostra Local de: Piraí do Sul Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura

Leia mais

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social Subsecretaria de Assistência Social

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social Subsecretaria de Assistência Social São instrumentos de gestão financeira e orçamentária do SUAS: O Orçamento da Assistência Social Fundos de Assistência Social Expressa o planejamento financeiro das funções da gestão e da prestação de serviços,

Leia mais

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SOCIOASSISTENCIAL X SOCIOEDUCATIVO SOCIOASSISTENCIAL apoio efetivo prestado a família, através da inclusão em programas de transferência de renda

Leia mais

Aprova o Regimento Interno do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. D E C R E T A:

Aprova o Regimento Interno do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. D E C R E T A: DECRETO N 1.289, DE 28 DE AGOSTO DE 2014. Aprova o Regimento Interno do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE DOURADOS, Estado de Mato Grosso do Sul, no uso das atribuições

Leia mais

ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins

ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins 1 Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes CMDCA - Comissão Eleitoral, Res. Nº 001/15 - ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR Colinas do Tocantins, Estado do Tocantins EDITAL 007/2015 - CMDCA

Leia mais

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições:

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: Artigo I: O Fórum Permanente da Agenda 21 de Saquarema, criado pelo

Leia mais

PROGRAMA Nº- 197 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO CMDCA/VR, FINAD, FÓRUM

PROGRAMA Nº- 197 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO CMDCA/VR, FINAD, FÓRUM PROGRAMA Nº- 196 PROMOÇÃO DO PROTAGONISMO INFANTO JUVENIL Promover e estimular a discussão e atuação de crianças e adolescente no que diz respeito ao cumprimento do ECA. Participação das Crianças e Adolescentes

Leia mais

15ª Regional de Saúde de Maringá-PR. Novembro- 2012

15ª Regional de Saúde de Maringá-PR. Novembro- 2012 Educação Permanente com os Conselhos Municipais de Saúde - experiências e resultados alcançados Elizabete Cristina de Oliveira Ferreira. 15ª Regional de Saúde de Maringá-PR. Novembro- 2012 PARANÁ 22 Regiões

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação Mostra de Projetos 2011 Projovem em Ação Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura Municipal Santa Cecilia

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE CAUCAIA-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE CAUCAIA-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE CAUCAIA-CE 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante do Projeto Fortalecendo

Leia mais

EDITAL Nº 003/2013 ELEIÇÃO PARA CARGO DE DIRETOR ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCATIVAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO PARA O BIÊNIO 2014/2015.

EDITAL Nº 003/2013 ELEIÇÃO PARA CARGO DE DIRETOR ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCATIVAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO PARA O BIÊNIO 2014/2015. 1 EDITAL Nº 003/2013 ELEIÇÃO PARA CARGO DE DIRETOR ESCOLAR DAS UNIDADES EDUCATIVAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO PARA O BIÊNIO 2014/2015. A Secretaria, através da Comissão Eleitoral Central, designada pela

Leia mais

Oficina O Uso dos Sistemas de Informação como Ferramentas de Gestão Local do SUAS

Oficina O Uso dos Sistemas de Informação como Ferramentas de Gestão Local do SUAS Oficina O Uso dos Sistemas de Informação como Ferramentas de Gestão Local do SUAS O Cadastro Único e a Gestão do SUAS: Essa ferramenta auxilia no processo de planejamento das ações socioassistenciais?

Leia mais

Redesenho do PETI e Ações Estratégicas

Redesenho do PETI e Ações Estratégicas ENCONTRO INTERSETORIAL DAS AÇÕES ESTRATÉGICAS DO PETI Região Centro-Oeste Redesenho do PETI e Ações Estratégicas MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Assistência

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO REDONDO PLANO PLURIANUAL 2014/2017 ANEXO I - PROGRAMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL PROGRAMA: 0070- Gestão do SUS do Município OBJETIVO: Gerir e controlar

Leia mais

Curso I Introdução ao provimento de serviços e benefícios socioassistenciais do SUAS

Curso I Introdução ao provimento de serviços e benefícios socioassistenciais do SUAS Curso I Introdução ao provimento de serviços e benefícios socioassistenciais do SUAS Módulo II - O provimento dos serviços socioassistenciais Proteção Social Especial Recife, fevereiro/2014 Conteúdo Programático

Leia mais

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis PARÂMETROS PARA A CONSTITUIÇÃO DAS COMISSÕES INTERSETORIAIS DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E DEFESA DO DIREITO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES À CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMUNITÁRIA

Leia mais

PLANO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NOB/SUAS/2012

PLANO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NOB/SUAS/2012 PLANO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NOB/SUAS/2012 Vânia Guareski Souto Assistente Social - Especialista em Gestão Social de Políticas Públicas social.vania@gmail.com Mapeamento e cobertura da rede prestadora de

Leia mais