Regulamento Prova TÉNIS DE MESA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Regulamento Prova TÉNIS DE MESA"

Transcrição

1 Regulamento Prova TÉNIS DE MESA Gabinete de Actividades Desportivas da Universidade do Porto GADUP Rua da Boa Hora n.º 18-A Porto Telefone: Fax: Web:

2 ÍNDICE Disposições Iniciais Organização 3 Definição de Competências do GADUP 3 Inscrições 3 Regras Oficiais 4 Arbitragens 4 Sistema Competitivo 4 Período de Aquecimento 5 Faltas de Comparência 5 Pontuação de Ranking 5 Boletim de jogo 6 Recinto de Jogo 6 Bolas para Jogo 6 Alterações de Calendário 6 Taxa de Inscrição 6 Cancelamento do Torneio/Open Calendário 7 Sorteios 7 Selecção de Jogadores 7 Casos Omissos 7 2

3 ARTIGO 1º DISPOSIÇÕES INICIAIS Este Regulamento define as normas de organização dos Torneios/ Open s de Ténis de Mesa, organizados pelo Gabinete de Actividades Desportivas da Universidade do Porto (GADUP). Os Torneios/ Open s de Ténis de Mesa são destinados à Comunidade UP (Alunos, Funcionários Docentes ou não Docentes). ARTIGO 2º DEFINIÇÃO DE COMPETÊNCIAS Competências e deveres do GADUP: a) Assegurar a disponibilidade de utilização total das instalações desportivas necessárias para o desenrolar das actividades; b) Disponibilizar o equipamento desportivo necessário para o desenrolar das actividades, excepto equipamento de jogo, exemplo: calção, t-shirt; c) Assegurar a segurança de todos os intervenientes; d) Assegurar a presença de pessoal responsável pela organização. ARTIGO 3º - INSCRIÇÕES As inscrições para os Torneios/ Open s de Ténis de Mesa da U.Porto devem ser efectuadas através do preenchimento da ficha de inscrição, modelo próprio do GADUP para esse efeito. A ficha de inscrição é disponibilizada na ficha técnica da actividade no site em As fichas de inscrições devem ser entregues no GADUP na Rua da Boa Hora n.º 18, Porto, ou no balcão do GADUP no átrio da FADEUP, dentro do prazo de inscrição relativo à actividade a realizar. O prazo de inscrição é o indicado na ficha técnica da actividade no site em Só serão aceites as inscrições que derem entrada no GADUP dentro do prazo estipulado e mediante o pagamento da respectiva taxa de inscrição. 3

4 ARTIGO 4º - REGRAS OFICIAIS As Regras de Jogos para os Torneios/ Open s de Ténis de Mesa, organizados pelo GADUP, são as Regras Oficiais da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, salvo excepções contempladas neste Regulamento. ARTIGO 5º - ARBITRAGENS O GADUP, é responsável por solicitar a arbitragem às entidades competentes. Na impossibilidade de se encontrar presente uma equipa de arbitragem, será escolhido um árbitro entre a assistência. Na impossibilidade da presença de árbitros no local da actividade, será escolhida a equipa de arbitragem de entre os jogadores das equipas participantes. Em caso da impossibilidade dos anteriores pontos, a arbitragem será assegurada pelos elementos da organização do torneio. ARTIGO 6º SISTEMA COMPETITIVO O sistema competitivo para os Torneios/ Open s de Ténis de Mesa, dependerá sempre do número de participantes inscritos para o evento, no entanto, será adoptado preferencialmente o seguinte modelo: - Cada partida será disputada à melhor de 3 sets. - Cada set será disputado até aos 21 pontos, ganha o set quem atingir esta marca; no caso de estar 20 20, terá de haver uma diferença de 2 pontos para vencer o set, sendo que neste caso, a mudança de serviço a cada 1 ponto. - O serviço mudará a cada 2 pontos efectuados. - O participante poderá ir à toalha a cada 6 pontos efectuados em cada set, e poderá pedir um time-out por partida. 4

5 ARTIGO 7º - PERÍODO DE AQUECIMENTO Os participantes têm direito a um período comum de aquecimento de 5 minutos, podendo ser alterado consoante a existência ou não de atraso nos horários dos jogos. ARTIGO 8º - FALTAS DE COMPARÊNCIA A falta de comparência do participante a um jogo, dará automaticamente direito à perda desse mesmo jogo, contando assim, este resultado, como uma derrota para o participante, passando este para o quadro secundário. A falta de comparência de um participante ao segundo jogo, dera automaticamente direito à eliminação da prova, sendo o participante desclassificado do Torneio/ Open. ARTIGO 9º - PONTUAÇÃO DE RANKING Serão atribuídos pontos a todos os participantes classificados em cada Open. Estes pontos, servirão para classificar os respectivos participantes na Lista de Ranking do GADUP. A pontuação dos pontos em cada Torneio/ Open aos primeiros 16 é feita da seguinte forma: Clas. 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º Pts Cada um dos restantes participantes presentes em cada Torneio/ Open será atribuído 1 ponto (a partir do 17º classificado). Todos os participantes que pontuarem, constarão na Lista de Ranking do GADUP, ranking este que será actualizado sempre que se realize um Torneio/ Open. 5

6 ARTIGO 10º - BOLETIM DE JOGO Todos os jogos serão registados em boletins de jogo, segundo modelo próprio do GADUP. ARTIGO 11º - RECINTO DE JOGO Os jogos dos Torneios/ Open s de Ténis de Mesa, serão realizados em local a indicar pelo GADUP. ARTIGO 12º - BOLAS PARA JOGO O GADUP é responsável pela cedência de bolas para a realização dos Torneios/ Open s da U.Porto. ARTIGO 13º- ALTERAÇÕES DE CALENDÁRIO O GADUP reserva o direito de modificar e/ ou alterar o calendário estabelecido para o Torneio/ Open, por motivos de força maior e considerados excepcionais. Após a publicação do calendário definitivo da prova no site do GADUP em este só atenderá a pedidos de alteração de data e/ ou hora de jogos, desde que sejam feitos com antecedência de 48horas. Os pedidos de alteração de jogos devem ser justificados e conter a indicação da data, hora da nova marcação de jogo pretendida. As solicitações de alterações serão analisadas e ficarão à consideração do GADUP. ARTIGO 14º - TAXA DE INSCRIÇÃO No acto de Inscrição do participante, este deverá proceder ao pagamento da respectiva taxa de inscrição indicada pelo GADUP para o Torneio/ Open. 6

7 ARTIGO 15º - CANCELAMENTO DO TORNEIO/ OPEN DE CALENDÁRIO O cancelamento dos Torneios/Opens da U.Porto, incluído no Plano de Actividades do GADUP, apenas poderá ser decidido pelo Director Técnico do GADUP. O cancelamento da prova implica a restituição do valor pago pela inscrição. ARTIGO 16º - SORTEIOS Os sorteios para a elaboração dos quadros competitivos, realiza-se na sede do GADUP, sita na Rua da Boa Hora. A informação relativa ao resultado do sorteio, horários e sistema competitivo serão divulgados através do site do GADUP ARTIGO 17º- SELECÇÃO DE JOGADORES O GADUP, através da realização dos Torneios/ Open s de Ténis, procederá a selecção de atletas para representação da U.Porto em provas nacionais e/ou internacionais. A selecção dos jogadores não é feita com base na classificação final da equipa, mas sim segundo os critérios estipulados pelo GADUP. ARTIGO 18º - CASOS OMISSOS Qualquer caso omisso neste regulamento, será decidido pela organização. 7

Regulamento Prova FUTEBOL 7 Gabinete de Actividades Desportivas da Universidade do Porto

Regulamento Prova FUTEBOL 7 Gabinete de Actividades Desportivas da Universidade do Porto Regulamento Prova FUTEBOL 7 Gabinete de Actividades Desportivas da Universidade do Porto GADUP Rua da Boa Hora n.º 18-A 4050-099 Porto Telefone: 222 074 164 Fax: 222 003 067 E-mail: gadup@sas.up.pt Web:

Leia mais

DEFINIÇÃO DE COMPETÊNCIAS

DEFINIÇÃO DE COMPETÊNCIAS REGULAMENTO NOTA JUSTIFICATIVA A promoção e generalização da prática desportiva junto da população é um fator essencial de melhoria da qualidade de vida e de formação pessoal, social e desportiva. Neste

Leia mais

Regulamento Prova SQUASH

Regulamento Prova SQUASH Regulamento Prova SQUASH Gabinete de Actividades Desportivas da Universidade do Porto GADUP Rua da Boa Hora n.º 18-A 4050-099 Porto Telefone: 222 074 164 Fax: 222 003 067 E-mail: gadup@sas.up.pt Web: www.sas.up.pt

Leia mais

Jogos Desportivos da União das Freguesias de Caparica e Trafaria Torneio de Ténis de Mesa

Jogos Desportivos da União das Freguesias de Caparica e Trafaria Torneio de Ténis de Mesa Jogos Desportivos da União das Freguesias de Caparica e Trafaria 2014 Torneio de Ténis de Mesa Regulamento 1. Disposições iniciais Este Regulamento define as normas de organização do Torneio de Ténis de

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL Época 2010/11 de 11 Página 1 de 8 ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Sistema Competitivo

Leia mais

O Campeonato Nacional da 3.ª Divisão é disputado por um número ilimitado de Equipas.

O Campeonato Nacional da 3.ª Divisão é disputado por um número ilimitado de Equipas. Regulamento Variante: Pool Português Disciplina: Bola 8 Competição: Campeonato Nacional 3ª Divisão O Campeonato Nacional da 3.ª Divisão é disputado por um número ilimitado de Equipas. A competição, para

Leia mais

VIII TORNEIO DE TÉNIS DA COMARCA DE VIANA DO CASTELO REGULAMENTO. Artigo Primeiro

VIII TORNEIO DE TÉNIS DA COMARCA DE VIANA DO CASTELO REGULAMENTO. Artigo Primeiro VIII TORNEIO DE TÉNIS DA COMARCA DE VIANA DO CASTELO REGULAMENTO Artigo Primeiro 1- O VIII Torneio de Ténis da comarca de Viana do Castelo, organizado pela Delegação de Viana do Castelo da Ordem dos Advogados,

Leia mais

5º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento

5º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento 5º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS Normas de Funcionamento Normas de Funcionamento Considerando a importância que a promoção da dinâmica desportiva assume no concelho, a Câmara Municipal da Lourinhã,

Leia mais

FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL

FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL REGULAMENTO DESPORTIVO CIRCUITO NACIONAL DE ANDEBOL DE PRAIA 2012 Art.º 1 OBJETO 1. O presente regulamento estabelece as regras e normas aplicáveis ao Andebol de Praia

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL Época 2010/11 Voleibol Feminino e Masculino Página 1 de 8 ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo

Leia mais

Ginásio Clube de Santo Tirso 2012/13 Circuito Interno GCST Santo Tirso

Ginásio Clube de Santo Tirso 2012/13 Circuito Interno GCST Santo Tirso Ginásio Clube de Santo Tirso 2012/13 Circuito Interno GCST Santo Tirso REGULAMENTO 1. Circuito Interno organizado pelo Ginásio Clube de Santo Tirso, realizar-se-ão as seguintes provas: Data Nível Nomes

Leia mais

Regulamento de Prova Oficial Futebol

Regulamento de Prova Oficial Futebol Regulamento de Prova Oficial Futebol ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Sistema Competitivo Artigo 3º - Duração dos Jogos Artigo 4º - Período de Aquecimento

Leia mais

Circuito Social UMA RAQUETA POR UM SORRISO

Circuito Social UMA RAQUETA POR UM SORRISO Circuito Social UMA RAQUETA POR UM SORRISO 10/01/2011 a 10/12/2011 REGULAMENTO O Circuito realizar se á em QUATRO clubes de ténis de Lisboa, somando três OPENS, e um MASTERS. Neste último participam os

Leia mais

Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas

Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas Torneio de Snooker bola oito Regulamento 2 CAMPEONATO INTERBANCÁRIO DE SNOOKER REGULAMENTO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO E FINS Artigo 1.º ORGANIZAÇÃO 1. A comissão Organizadora

Leia mais

Regulamento de Prova Oficial Voleibol

Regulamento de Prova Oficial Voleibol ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Sistema Competitivo Artigo 3º - Duração dos Jogos Artigo 4º - Período de Aquecimento Artigo 5º - Número de Jogadores

Leia mais

Regulamento Taça dos Campeonatos Académicos do Porto

Regulamento Taça dos Campeonatos Académicos do Porto Regulamento Taça dos Campeonatos Académicos do Porto I. Disposições Iniciais Artigo 1º (Âmbito) O presente regulamento estabelece o funcionamento da Taça dos Campeonatos Académicos do Porto, organizados

Leia mais

Regulamento de Prova Oficial Futsal

Regulamento de Prova Oficial Futsal ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Sistema Competitivo Artigo 3º - Duração dos Jogos Artigo 4º - Período de Aquecimento Artigo 5º - Número de Jogadores

Leia mais

Campeonato Nacional Interno de Futsal 2016 REGULAMENTO

Campeonato Nacional Interno de Futsal 2016 REGULAMENTO Campeonato Nacional Interno de Futsal 2016 REGULAMENTO O Campeonato Nacional Interno de Futsal 2016 é organizado e regulamentado pelo Grupo Desportivo e Cultural da Pelouro Desportivo e destina-se exclusivamente

Leia mais

CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS

CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS 2016-2017 Pressupostos básicos - Poderão participar nestes Campeonatos todos os atletas filiados na ATMM, independentemente do seu escalão. - Para poder participar num

Leia mais

Regulamento de Prova Oficial Basquetebol

Regulamento de Prova Oficial Basquetebol ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Sistema Competitivo Artigo 3º - Duração dos Jogos Artigo 4º - Período de Aquecimento Artigo 5º - Número de Jogadores

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL Época 2010/11 Basquetebol Masculino e Feminino Página 1 de 8 ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo

Leia mais

Normas. Departamento de Cultura, Juventude e Desporto Divisão de Desporto e Juventude Núcleo de Actividades Desportivas

Normas. Departamento de Cultura, Juventude e Desporto Divisão de Desporto e Juventude Núcleo de Actividades Desportivas Normas Departamento de Cultura, Juventude e Desporto Núcleo de Actividades Desportivas Índice 1 Organização... 3 2 Calendarização e Local de Realização dos Jogos... 3 3 Inscrição... 3 3.1 Período de Inscrição...

Leia mais

REGULAMENTO DO TORNEIO

REGULAMENTO DO TORNEIO SUSÃO FUTEBOL CLUBE AV. ENG.º ARMANDO MAGALHÃES, 371 4440-505 VALONGO TLF. 22 400 15 73 I 91 960 45 95 geral@susaofc.com www.susaofc.pt REGULAMENTO DO TORNEIO TOURNAMENT RULES 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO PÁGINA

Leia mais

Torneio Masculino de Fut3 REGULAMENTO

Torneio Masculino de Fut3 REGULAMENTO REGULAMENTO CAPÍTULO I 1. Generalidades 1.1. Todos os jogos serão realizados no Salão da Associação Cultural e Recreativa de Maceirinha; 1.2. Não são permitidas alterações de horários ou adiamento de jogos;

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇÕES

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇÕES FEDERAÇÃO PORTUGUESA MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FUNDADA EM 07 DE FEVEREIRO DE 2007 FILIADA NA ITSF - INTERNATIONAL TABLE SOCCER FEDERATION SEDE OFICIAL AV. ENG.º ARMANDO MAGALHAES, 371 4440-505 VALONGO

Leia mais

I Torneio Internacional Cidade de Lagos REGULAMENTO

I Torneio Internacional Cidade de Lagos REGULAMENTO I Torneio Internacional Cidade de Lagos I REALIZAÇÃO REGULAMENTO Artº. 1º. O Clube ténis de mesa de Lagos- CTM Lagos leva a efeito nos dias 17 e 18 de Janeiro de 2015 o seu 1.º Torneio Internacional de

Leia mais

As equipas serão divididas, em dois escalões conforme a faixa etária:

As equipas serão divididas, em dois escalões conforme a faixa etária: 1. Disposições Iniciais Os jogos do Almada Futsal Cup 2015 serão regulamentados pelas regras oficiais da Federação Portuguesa de Futebol, para os campeonatos de Futsal em vigor na presente Época de 2014/2015

Leia mais

CIRCUITO DE BEACH RUGBY 2005/06

CIRCUITO DE BEACH RUGBY 2005/06 CIRCUITO DE BEACH RUGBY 2005/06 1 ORGANIZAÇÃO DAS PROVAS 2 REGULAMENTO GERAL 3 REGULAMENTO ESPECÍFICO * 4 FICHA DE INSCRIÇÃO DA EQUIPA 5 BOLETIM DE JOGO A Direcção da FPR pretende instituir e coordenar

Leia mais

Torneio Futebol 7 Organização: Clube Desportivo os Águias de Alpiarça Regulamento:

Torneio Futebol 7 Organização: Clube Desportivo os Águias de Alpiarça Regulamento: Torneio Futebol 7 Organização: Clube Desportivo os Águias de Alpiarça Regulamento: ORGANIZAÇÃO O presente regulamento define as regras do Torneio de Futebol 7, a ser disputado em Alpiarça. A Organização

Leia mais

FCUP Liga 2013/2014. Regulamento de Prova Oficial. Futsal

FCUP Liga 2013/2014. Regulamento de Prova Oficial. Futsal FCUP Liga 2013/2014 Regulamento de Prova Oficial ÍNDICE Artigo 1º - Âmbito Artigo 2º - Estrutura Artigo 3º - Sistema Competitivo Artigo 4º - Duração de Jogos Artigo 5º - Período de Aquecimento Artigo 6º

Leia mais

Masculino (+18) e Feminino (+14)

Masculino (+18) e Feminino (+14) I Torneio de Futebol 7 Município de Salvaterra de Magos Masculino (+8) e Feminino (+4) Introdução Com a organização do I Torneio de Futebol 7, o Município de Salvaterra de Magos pretende proporcionarr

Leia mais

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Sistema Competitivo Artigo 4º - Ordem dos Jogos Artigo 5º - Duração dos Jogos Artigo

Leia mais

CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS

CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS CAMPEONATOS REGIONAIS DE EQUIPAS 2015-2016 Pressupostos básicos - Poderão participar nestes Campeonatos todos os atletas filiados na ATMM, independentemente do seu escalão. - Para poder participar num

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL VOLEIBOL XXI TNG

REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL VOLEIBOL XXI TNG REGULAMENTO DE PROVA OFICIAL Voleibol Misto I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º Âmbito O estipulado neste Regulamento define como se rege a modalidade de Voleibol Misto no XXI Torneio Internacional Prof.

Leia mais

Regulamento Específico de Andebol

Regulamento Específico de Andebol Regulamento Específico de Andebol Regulamento Andebol 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESCALÕES ETÁRIOS / BOLA DE JOGO... 4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 4 4. MESA DE JOGO... 4 5. ARBITRAGEM... 5 6. DURAÇÃO

Leia mais

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 TÉNIS DE MESA REGULAMENTO 1. Organização A organização da modalidade de Ténis de Mesa nos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 é da responsabilidade da, da

Leia mais

Regulamento do Torneio de Futebol de 7 da AAUMa/CDN

Regulamento do Torneio de Futebol de 7 da AAUMa/CDN Regulamento do Torneio de Futebol de 7 da AAUMa/CDN 2009/2010 I Disposições Iniciais Artigo 1º - (Âmbito) 1.O previsto neste Regulamento aplica- se no Torneio Académico (TA) de Futebol de 7 de 2010, organizado

Leia mais

AND PRAIA ª Edição REGULAMENTO DO CIRCUITO

AND PRAIA ª Edição REGULAMENTO DO CIRCUITO AND PRAIA 2016 18ª Edição REGULAMENTO DO CIRCUITO 1 Organização: A organização deste conjunto de eventos é da responsabilidade da Associação de Andebol do Porto, em colaboração com diversas entidades.

Leia mais

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL 2001/2002 INDICE INTRODUÇÃO... 2 1. CONSTITUIÇÃO / IDENTIFICAÇÃO DAS EQUIPAS... 3 2. DURAÇÃO DOS JOGOS... 3 3. A BOLA... 5 4. CLASSIFICAÇÃO,

Leia mais

TORNEIO ESCADA 2015 REGULAMENTO

TORNEIO ESCADA 2015 REGULAMENTO TORNEIO ESCADA 2015 REGULAMENTO ORGANIZAÇÃO E LOCAL A organização do torneio está a cargo do Clube de Ténis do Estoril, e os jogos disputam-se apenas nos campos do Clube. A gestão de resultados, classificações,

Leia mais

Regulamento da Taça de Portugal Sevens Feminino 2016/2017 2

Regulamento da Taça de Portugal Sevens Feminino 2016/2017 2 REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL SEVENS FEMININO 2016/2017 Artigo 1.º (Regime Supletivo) À Taça de Portugal de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não

Leia mais

BIG TOY VIP DE TÊNIS 2016 CELEBRATING 4 YEARS REGULAMENTO

BIG TOY VIP DE TÊNIS 2016 CELEBRATING 4 YEARS REGULAMENTO BIG TOY VIP DE TÊNIS 2016 CELEBRATING 4 YEARS REGULAMENTO 1. DESCRIÇÃO GERAL 1.1. O BIG TOY VIP DE TÊNIS 2016 é um torneio de tênis de duplas masculinas, oficializado pela Federação Paranaense de Tênis,

Leia mais

REGULAMENTO DE ANDEBOL DE PRAIA DA FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL E ASSOCIAÇÕES * CIRCUITO NACIONAL DE ANDEBOL DE PRAIA REGULAMENTO DA PROVA

REGULAMENTO DE ANDEBOL DE PRAIA DA FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL E ASSOCIAÇÕES * CIRCUITO NACIONAL DE ANDEBOL DE PRAIA REGULAMENTO DA PROVA REGULAMENTO DE ANDEBOL DE PRAIA DA FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL E ASSOCIAÇÕES * CIRCUITO NACIONAL DE ANDEBOL DE PRAIA REGULAMENTO DA PROVA Art.º 1 Objeto 1. O presente regulamento estabelece as regras

Leia mais

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes).

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes). REGULAMENTO 1. O ATL MINI TOUR 2016 (MT) é um circuito de provas para os escalões de Sub8 e Sub10, promovido pela Associação de Ténis de Lisboa (ATL), havendo uma calendarização das provas através de um

Leia mais

Regulamento Específico Tenis de Mesa.

Regulamento Específico Tenis de Mesa. Regulamento Específico Tenis de Mesa Http://www02.madeira-edu.pt/dre 1. Concentrações 1.1 Competição individual As competições individuais realizar-se-ão em forma de Concentração. O acto da inscrição nas

Leia mais

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE TÉNIS DE MESA

GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE TÉNIS DE MESA GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR REGULAMENTO ESPECÍFICO DE TÉNIS DE MESA 2001/2002 INDICE INTRODUÇÃO...2 1. A MESA...3 2. A REDE...3 3. A BOLA...3 4. A RAQUETA...3 5. UM JOGO...4 6. UMA PARTIDA...4

Leia mais

I TORNEIO BENJAMINS SUB -11

I TORNEIO BENJAMINS SUB -11 I TORNEIO BENJAMINS SUB -11 AMARANTE FUTEBOL CLUBE 1 de Maio de 2012 ESTÁDIO MUNICIPAL REGULAMENTO E ESTRUTURA ORANIZACIONAL 1 REGULAMENTO 1. ÂMBITO DO TORNEIO O presente documento visa apresentar detalhadamente

Leia mais

Voleib l. Os jogos de Voleibol 4X4 incluídos no Campeonato Escolar estão sujeitos ao seguinte Regulamento:

Voleib l. Os jogos de Voleibol 4X4 incluídos no Campeonato Escolar estão sujeitos ao seguinte Regulamento: l Os jogos de Voleibo incluídos no Campeonato Escolar estão sujeitos ao seguinte Regulamento: 1. Constituição das Equipas 1.1 As equipas são formadas por 4 (quatro) alunos, podendo ser de ambos os géneros,

Leia mais

As equipas serão divididas, em dois escalões conforme a faixa etária:

As equipas serão divididas, em dois escalões conforme a faixa etária: 1. Disposições Iniciais Os jogos do Almada Futsal Cup 2014 serão regulamentados pelas regras oficiais da Federação Portuguesa de Futebol, para os campeonatos de Futsal em vigor na presente Época de 2013/2014

Leia mais

50 Anos Jogos Juvenis do Barreiro TORNEIO BASQUETEBOL 3 X 3

50 Anos Jogos Juvenis do Barreiro TORNEIO BASQUETEBOL 3 X 3 REGULAMENTO 1 Introdução 50 Anos Jogos Juvenis do Barreiro TORNEIO BASQUETEBOL 3 X 3 2014 O 3x3 (pronunciado 3 por 3), e anteriormente conhecido como FIBA 33, é uma versão formalizada do basquetebol de

Leia mais

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes).

REGULAMENTO. 3. O MT será constituído por 8 (oito) provas, bem como pelo Campeonato Regional por Equipas de Sub10 (Interclubes). REGULAMENTO 1. O ATL MINI TOUR 2014 (MT) é um circuito de provas para os escalões de Sub8 e Sub10, promovido pela Associação de Ténis de Lisboa (ATL), havendo uma calendarização das provas através de um

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO SANÇÕES DESPORTIVAS APENSO AO REGULAMENTO DE PROVAS PÓLO AQUÁTICO

REGULAMENTO ESPECÍFICO SANÇÕES DESPORTIVAS APENSO AO REGULAMENTO DE PROVAS PÓLO AQUÁTICO REGULAMENTO ESPECÍFICO DE SANÇÕES DESPORTIVAS APENSO AO REGULAMENTO DE PROVAS DE PÓLO AQUÁTICO Aprovado em Assembleia Geral de 17Nov06 1 CAPITULO I Artigo 1º 1- O presente documento aplica-se a todas as

Leia mais

Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 7 Juniores Masculinos D, E e F Com a alteração ratificada em Reunião de Direção de 17jun2014

Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 7 Juniores Masculinos D, E e F Com a alteração ratificada em Reunião de Direção de 17jun2014 Regulamentos de Provas Oficiais Futebol 7 Juniores Masculinos D, E e F Com a alteração ratificada em Reunião de Direção de 17jun2014 Associação de Futebol de Aveiro 1. GENERALIDADES I FUTEBOL 7 JUNIORES

Leia mais

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 VOLEIBOL REGULAMENTO

MUNICÍPIOS DA REGIÃO DE SETÚBAL, ASSOCIAÇÕES e ESCOLAS JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 VOLEIBOL REGULAMENTO JOGOS DO FUTURO DA REGIÃO DE SETÚBAL 2016 VOLEIBOL REGULAMENTO 1. Organização A organização da competição de Voleibol nos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2016 é da responsabilidade da, em colaboração

Leia mais

REGULAMENTO X TORNEIO INTERNO DE FUTSAL 2016

REGULAMENTO X TORNEIO INTERNO DE FUTSAL 2016 REGULAMENTO X TORNEIO INTERNO DE FUTSAL 2016 Local e horário Os jogos serão realizados no Pavilhão Gimnodesportivo do CCDTCMP, aos sábados de manhã, entre as 09h00 e as 13h00. Inscrições a) Cada equipa

Leia mais

Secretaria Regional da Educação Direcção Regional da Educação

Secretaria Regional da Educação Direcção Regional da Educação Secretaria Regional da Educação Direcção Regional da Educação Gabinete Coordenador do Desporto Escolar Regulamento Específico Ténis de Mesa 2011/2012 Índice 1. Concentrações... 2 1.1 Competição individual...

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DO DISTRITO DE SETÚBAL REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES

ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DO DISTRITO DE SETÚBAL REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DO DISTRITO DE SETÚBAL REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES Aprovado em Assembleia Geral de 13 de Outubro de 2014 PRIMEIRA PARTE Disposições Gerais Artigo 1 (Âmbito de Aplicação) 1. O presente

Leia mais

II Torneio Matraquilhos aeestsp Regulamento

II Torneio Matraquilhos aeestsp Regulamento Associação de Estudantes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto Instituto Politécnico do Porto II Torneio Matraquilhos aeestsp Regulamento Índice 1. LOCAL DO TORNEIO... 2 2. SORTEIO E CALENDÁRIO

Leia mais

I Torneio de Voleibol do Cadaval

I Torneio de Voleibol do Cadaval I Torneio de Voleibol do Cadaval MUNICÍPIO DO CADAVAL Serviço de Desporto MUNICÍPIO DO CADAVAL Serviço de Desporto INDICE 1- PARTICIPAÇÃO 03 2- INSCRIÇÕES 03 3- CONSTITUIÇÃO DAS EQUIPAS 04 4 REALIZAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA TAÇA DE PORTUGAL XCM 2009

REGULAMENTO GERAL DA TAÇA DE PORTUGAL XCM 2009 REGULAMENTO GERAL DA TAÇA DE PORTUGAL XCM 2009 1. INTRODUÇÃO 1.1- A Taça de Portugal XCM é um troféu oficial da UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de um conjunto provas promovidas por vários

Leia mais

IV Torneio de Voleibol de Praia SJ (13 juho, 10h00, Parque Desportivo do Bairro dos Pescadores da Costa Nova) Normas de participação

IV Torneio de Voleibol de Praia SJ (13 juho, 10h00, Parque Desportivo do Bairro dos Pescadores da Costa Nova) Normas de participação Normas de participação 1. Estas normas são válidas para o IV Torneio de Voleibol inserido na Semana Jovem Ílhavo 2013, cessando após a conclusão do mesmo. 2. O Torneio de Voleibol de Praia, realizar-se-á

Leia mais

REGULAMENTO INTERCLUBES SENIORS 2016

REGULAMENTO INTERCLUBES SENIORS 2016 REGULAMENTO INTERCLUBES SENIORS 2016 1. DO CAMPEONATO Poderá participar do Interclubes Seniors toda agremiação que estiver devidamente cadastrada na FPT e com suas obrigações financeiras em dia. O campeonato

Leia mais

Regulamento do Torneio Regional de Tens Feminino 2016/2017 2

Regulamento do Torneio Regional de Tens Feminino 2016/2017 2 REGULAMENTO DO TORNEIO REGIONAL DE TENS FEMININO 2016/2017 Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Regional de Tens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVAS REGIONAIS DE ESGRIMA

REGULAMENTO DE PROVAS REGIONAIS DE ESGRIMA REGULAMENTO DE PROVAS REGIONAIS DE ESGRIMA 1. RESPONSABILIDADE Os atiradores armam-se, equipam-se, vestem-se e combatem sob a sua própria responsabilidade e por sua conta e risco, nos termos do art.º 10º.

Leia mais

Regulamento Geral. - 1º Torneio de Basquetebol Interclasses ITE Bauru

Regulamento Geral. - 1º Torneio de Basquetebol Interclasses ITE Bauru 1. DA ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃO Art. 1. O campeonato interclasses de basquete obedecerá às disposições deste regulamento, da Declaração do Termo de Responsabilidade constante na Ficha de Inscrição e das demais

Leia mais

Regulamento Torneio do Reitor 2016 XIV Torneio do Reitor Masculino VII Torneio do Reitor Feminino

Regulamento Torneio do Reitor 2016 XIV Torneio do Reitor Masculino VII Torneio do Reitor Feminino XIV Torneio do Reitor Masculino VII Torneio do Reitor Feminino Para mais informações desportiva@aaue.pt 1 Objetivo do Torneio O Torneio é disputado na perspectiva do lazer, espirito de equipa, amizade

Leia mais

REGULAMENTO INTERCLUBES INFANTO JUVENIL 2012

REGULAMENTO INTERCLUBES INFANTO JUVENIL 2012 REGULAMENTO INTERCLUBES INFANTO JUVENIL 2012 1. DO CAMPEONATO Poderá participar do Interclubes Infanto Juvenil toda agremiação que estiver devidamente cadastrada na FPT e com suas obrigações financeiras

Leia mais

REGULAMENTO Campeonato Nacional de Futebol de Praia

REGULAMENTO Campeonato Nacional de Futebol de Praia REGULAMENTO Campeonato Nacional de Futebol de Praia 1 Artigo 1º Organização 1.1. A FPF organiza a competição designada: Campeonato Nacional de Futebol de Praia, para a categoria sénior. 1.2. O Campeonato

Leia mais

Regulamentos das Modalidades do INTERISCAS Coimbra 2015

Regulamentos das Modalidades do INTERISCAS Coimbra 2015 Regulamentos das Modalidades do INTERISCAS Coimbra 2015 Índice Matraquilhos... 6 1) Organização do Torneio:... 6 2) Fases dos jogos:... 6 3) Regras específicas:... 6 4) Faltas e penaltis:... 6 5) Duração

Leia mais

XII Torneio de Futsal Entre Freguesias e Associações

XII Torneio de Futsal Entre Freguesias e Associações XII Torneio de Futsal Entre Freguesias e Associações -------- 2014 -------- Promovido por: Município de Macedo de Cavaleiros Organização: Grupo Desportivo Macedense Inscrições até ao dia 08 de Março de

Leia mais

Normas I Torneio Inter- Freguesias de Voleibol do Nordeste (4x4)

Normas I Torneio Inter- Freguesias de Voleibol do Nordeste (4x4) Normas I Torneio Inter- Freguesias de Voleibol do Nordeste (4x4) CAPÍTULO I Instalações e Materiais Terreno de jogo - Cada campo terá 13 metros de comprimento por 6,5 metros de largura. 1) Linhas de marcação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE CASTELO BRANCO REGULAMENTO DAS SELECÇÕES DISTRITAIS

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE CASTELO BRANCO REGULAMENTO DAS SELECÇÕES DISTRITAIS ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE CASTELO BRANCO REGULAMENTO DAS SELECÇÕES DISTRITAIS ÍNDICE Capítulo I página 3 Participação na Selecção Distrital Artigo 1º - Principio geral Artigo 2º - Participação na Selecção

Leia mais

REGULAMENTO I Maratona de Futebol de Praia da Instituição o CASA.

REGULAMENTO I Maratona de Futebol de Praia da Instituição o CASA. REGULAMENTO I Maratona de Futebol de Praia da Instituição o CASA. Ponto I Organização 1. O presente Regulamento define as regras da I Maratona de Futebol de Praia do Centro de Apoio ao Sem-Abrigo; 2. A

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA

ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA ÉPOCA 2015/2016 DISPOSIÇÕES GERAIS 1 Introdução: O documento que se apresenta regulamentará todas as provas de Atletas

Leia mais

IV Torneio Internacional St. M. Claret 26,27 e 28 de Março IV Torneio Internacional St. M. Claret

IV Torneio Internacional St. M. Claret 26,27 e 28 de Março IV Torneio Internacional St. M. Claret IV Torneio Internacional St. M. Claret 26,27 e 28 Março 2013 Regulamento da Prova Equipas Participantes RK FALK HANDBALL FUTEBOL CLUBE DO PORTO AD ISMAI COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS ACADÉMICO BASKET

Leia mais

II aeestsp Course Cup

II aeestsp Course Cup II aeestsp Course Cup Regulamento Voleibol INTRODUÇÃO O Regulamento Oficial de Voleibol da Federação Portuguesa de Voleibol aplica-se a este torneio, com adaptação adequada das regras às condições de realização

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO VERÃO 2015 TRUCO CAPITULO I DAS CONDIÇÕES BÁSICAS E DA ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO CIRCUITO VERÃO 2015 TRUCO CAPITULO I DAS CONDIÇÕES BÁSICAS E DA ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO CIRCUITO VERÃO 2015 TRUCO CAPITULO I DAS CONDIÇÕES BÁSICAS E DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O torneio de truco denominado Circuito Verão 2015 será promovido em conformidade com o presente regulamento.

Leia mais

Ficha de Inscrição I Torneio de Tênis de Mesa SINCOMERCIARIOS 2016

Ficha de Inscrição I Torneio de Tênis de Mesa SINCOMERCIARIOS 2016 Ficha de Inscrição I Torneio de Tênis de Mesa SINCOMERCIARIOS 2016 Nome da Atleta: CPF.: Local de Trabalho: Telefone para Contato: I TORNEIO DE TÊNIS DE MESA SINCOMERCIÁRIOS SOROCABA Capítulo I Disposições

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE JOVENS DE ALENQUER TORNEIO DE FUTSAL DO MÊS DA JUVENTUDE. 25 de Maio Regulamento

ASSOCIAÇÃO DE JOVENS DE ALENQUER TORNEIO DE FUTSAL DO MÊS DA JUVENTUDE. 25 de Maio Regulamento ASSOCIAÇÃO DE JOVENS DE ALENQUER TORNEIO DE FUTSAL DO MÊS DA JUVENTUDE 25 de Maio 2013 Regulamento Associação de Jovens de Alenquer Contacto: ajalenquer@googlegroups.com 1 1. Local: Pavilhão da Escola

Leia mais

Art.º 2.º - Participam todas as Clubes que se inscreverem. Têm que inscrever no mínimo 12 jogadores nascidos em 1999 ou 2000.

Art.º 2.º - Participam todas as Clubes que se inscreverem. Têm que inscrever no mínimo 12 jogadores nascidos em 1999 ou 2000. 1. CLUBES PARTICIPANTES PO.15 CAMPEONATO NACIONAL INFANTIS MASCULINOS 1ª FASE Art.º 2.º - Participam todas as Clubes que se inscreverem. Têm que inscrever no mínimo 12 jogadores nascidos em 1999 ou 2000.

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO TAG-RUGBY

REGULAMENTO ESPECÍFICO TAG-RUGBY REGULAMENTO ESPECÍFICO TAG-RUGBY 2013-2017 ÍNDICE 1. Organização dos Torneios 3 1.1 Fases dos Torneios 3 1.2 Constituição das Equipas 3 1.3 Quadros Competitivos 3 1.4 Tempo de Jogo 5 1.5 Pontuação 6 2.

Leia mais

TORNEIO DISTRITAL DE FUTSAL. TROFÉU GUILHERME GOMES FERNANDES Época 2010/2011 REGULAMENTO

TORNEIO DISTRITAL DE FUTSAL. TROFÉU GUILHERME GOMES FERNANDES Época 2010/2011 REGULAMENTO 1. FINALIDADE TORNEIO DISTRITAL DE FUTSAL TROFÉU GUILHERME GOMES FERNANDES Época 2010/2011 REGULAMENTO a. Finalidade do Troféu (1) É do interesse do Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto fomentar

Leia mais

Junta de Freguesia de Ançã

Junta de Freguesia de Ançã III TORNEIO FUTSAL INTER-FREGUESIAS DO CONCELHO DE CANTANHEDE REGULAMENTO 1. INTRODUÇÃO 1.1 O presente regulamento aplica-se ao III Torneio de Futsal Inter-Freguesias do concelho de Cantanhede. 1.2. A

Leia mais

Regulamento da Liga Corporate SAPO Desporto (Fut-7)

Regulamento da Liga Corporate SAPO Desporto (Fut-7) Regulamento da Liga Corporate SAPO Desporto (Fut-7) Título I Disposições Gerais Artigo 1.º O Regulamento da Liga Corporate SAPO Desporto (Fut-7) visa disciplinar o funcionamento desta e as relações entre

Leia mais

CIRCUITO DE BEACH POLO ANNP E T A P A S

CIRCUITO DE BEACH POLO ANNP E T A P A S CIRCUITO DE BEACH POLO ANNP E T A P A S I - CALDAS DE AREGOS Resende 24 de Agosto 2008 II - MONDIM DE BASTO - Mondim Basto 30 de Agosto 2008 III BARRAGEM DA QUEIMADELA Fafe 06 de Setembro 2008 Data Limite

Leia mais

REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTEBOL INDOOR

REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTEBOL INDOOR REGULAMENTO DO TORNEIO DE FUTEBOL INDOOR 1. ORGANIZAÇÃO O Clube Desportivo e Recreativo do Fogueteiro, com a colaboração da Junta de Freguesia de Amora e Câmara Municipal do Seixal. a) REGRAS: As regras

Leia mais

Associação de Futebol do Porto

Associação de Futebol do Porto RUA ANTÓNIO PINTO MACHADO, 96 4100. PORTO COMUNICADO OFICIAL Circular n.º 215 = 2016/2076= Para o conhecimento e orientação dos Clubes Filiados, SAD s, SDUQ s, Árbitros, Órgãos de Comunicação Social e

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MOURA

CÂMARA MUNICIPAL DE MOURA CÂMARA MUNICIPAL DE MOURA REGULAMENTO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO E ANEXOS INTRODUÇÃO 1. O Pavilhão Gimnodesportivo é um local destinado unicamente à prática desportiva, ao serviço das populações, sendo as

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO VERÃO 2015 SINUCA CAPITULO I DAS CONDIÇÕES BÁSICAS E DA ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO CIRCUITO VERÃO 2015 SINUCA CAPITULO I DAS CONDIÇÕES BÁSICAS E DA ORGANIZAÇÃO REGULAMENTO CIRCUITO VERÃO 2015 SINUCA CAPITULO I DAS CONDIÇÕES BÁSICAS E DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O torneio de sinuca denominado Circuito Verão 2015 será promovido em conformidade com o presente REGULAMENTO.

Leia mais

Município de Bombarral

Município de Bombarral Município de Bombarral II Jogos Desportivos do Concelho de Bombarral NORMAS ORIENTADORAS DO FUTSAL CAPÍTULO I ORGANIZAÇÃO TÉCNICA 01 - GENERALIDADES 1. A elaboração do calendário, organização e administração

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE VISEU. R egula mento Específico Futebol de Sete

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE VISEU. R egula mento Específico Futebol de Sete ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE VISEU R egula mento Específico Futebol de Sete 2016 2 REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTEBOL DE SETE REGULAMENTO DA PROVA NORMAS ORIENTADORAS DOS JOGOS DESPORTIVOS DE TONDELA CAPÍTULO

Leia mais

REGIMENTO ESPECÍFICO ANDEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição

REGIMENTO ESPECÍFICO ANDEBOL. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição REGIMENTO ESPECÍFICO ANDEBOL Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição Índice Preâmbulo 5 Artigo 1.º Escalões Etários, Dimensões do Campo, Bola, Tempo de Jogo e Variantes

Leia mais

18º TORNEIO CONCELHIO DE FUTSAL SUB-13 GONDOMAR 2015

18º TORNEIO CONCELHIO DE FUTSAL SUB-13 GONDOMAR 2015 A Escola Desportiva e Cultural de Gondomar vai, uma vez mais e pelo 18º ano consecutivo, em colaboração com a Câmara Municipal de Gondomar, levar a efeito o 18º. Torneio Concelhio de Futsal Sub-13 (Jovens

Leia mais

TAÇA DE PROMOÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA GUARDA

TAÇA DE PROMOÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA GUARDA ÉPOCA 2014-2015 TAÇA DE PROMOÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA GUARDA REGULAMENTO Regulamento da Taça de Promoção da Associação de Futebol da Guarda Época 2014-2015 Artigo 1.º Objeto 1. O presente Regulamento

Leia mais

REGIMENTO ESPECÍFICO XADREZ. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição

REGIMENTO ESPECÍFICO XADREZ. Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição REGIMENTO ESPECÍFICO XADREZ Câmara Municipal de Lisboa e Juntas de Freguesia Olisipíadas 3ª edição Índice Preâmbulo Artigo 1.º Participação Artigo 2.º Escalões Etários Artigo 3.º Constituição das Equipas

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO TORNEIOS JOVENS CORFEBOL

REGULAMENTO ESPECIFICO TORNEIOS JOVENS CORFEBOL REGULAMENTO ESPECIFICO TORNEIOS JOVENS CORFEBOL ÍNDICE INTRODUÇÃO 1. ESCALÕES ETÁRIOS, BOLA, DURAÇÃO DO JOGO E VARIANTES DA MODALIDADE 2. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA 3. ARBITRAGEM 4. QUADRO COMPETITIVO E CRITÉRIOS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA GUARDA NORMAS ORIENTADORAS PARA A ÉPOCA DESPORTIVA 2009/10

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA GUARDA NORMAS ORIENTADORAS PARA A ÉPOCA DESPORTIVA 2009/10 ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DA GUARDA NORMAS ORIENTADORAS PARA A ÉPOCA DESPORTIVA 2009/10 HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO ATENDIMENTO AO PÚBLICO: Segunda a sexta-feira das 09h30m às 12h30m e das 14h00m às 17h30m ÀS

Leia mais

CAMPEONATO INTERCLUBES DE FUTEVÔLEI

CAMPEONATO INTERCLUBES DE FUTEVÔLEI CAMPEONATO INTERCLUBES DE FUTEVÔLEI REGULAMENTO A Federação Paulista de Futevôlei vem através deste regulamento normatizar o torneio disputado entre clubes filiados a entidade. 1. Cronograma 1.1. O Campeonato

Leia mais

I TORNEIO DE VOLEIBOL DE PRAIA SJ

I TORNEIO DE VOLEIBOL DE PRAIA SJ REGULAMENTO DA PROVA 1. Estas normas são válidas para o I Torneio de Voleibol inserido na Semana Jovem Ílhavo 2010, cessando após a conclusão do mesmo. 2. O Torneio de Voleibol de Praia, realizar-se-á

Leia mais