SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO BANCO DO BRASIL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO BANCO DO BRASIL"

Transcrição

1 MANUAL DE USUÁRIO BANCO DO BRASIL

2 1. ACESSO AO SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS (SGP/MPME) O acesso ao Sistema de Garantias Públicas SGP/MPME é feito através do site da ABGF ( opção MPME Curto Prazo, link Acesso sistema SGP, que se localiza na parte superior direita da página. Figura 1: Acesso ao SGP/MPME no site da ABGF A tela de login do usuário é aberta, para que o Banco do Brasil possa digitar seus dados de acesso (login e senha), os quais são disponibilizados para o mesmo através de . Vale ressaltar que o endereço de e- mail do Banco do Brasil é informado pela MPME no ato de seu cadastro. Figura 2: Tela de login do usuário 1 P á g i n a

3 Após isso, é aberta a tela de MENU do módulo BANCO DO BRASIL, Figura 3. Figura 3: Tela de Menu do Banco do Brasil 2. VALIDAÇÃO DO CADASTRO O Banco do Brasil receberá uma notificação no item do menu Dados Cadastrais do Exportador, toda vez que uma MPME efetuar seu cadastro e selecionar esse banco como agente financiador de futuras operações de exportação, para as quais irá pleitear o Seguro de Crédito à Exportação (SCE/MPME). Sendo assim, o Banco do Brasil, concordando com os dados registrados, deverá validar as informações inseridas pela MPME. Ao clicar na notificação desejada do mencionado item do menu, o sistema disponibilizará 3 (três) telas, sendo elas: Dados do Exportador, Dados da Instituição Financeira e Informações Adicionais da Instituição Financeira. Na tela, Dados do Exportador, Figura 4, o conferente i do Banco do Brasil não poderá alterar qualquer das informações cadastradas. No entanto, caso haja alguma divergência do que foi inserido no sistema em 2 P á g i n a

4 comparação com os seus registros internos, o conferente deverá informá-la no campo Divergências encontradas pelo conferente da Instituição Financeira. Figura 4: Validação dos Dados Cadastrais Dados do Exportador Após verificados os dados do exportador, o botão abrirá a tela Dados da Instituição Financeira, Figura 5. deverá ser acionado e o sistema, então, Figura 5: Validação dos Dados Cadastrais Dados da Instituição Financeira 3 P á g i n a

5 Nessa aba, o conferente do Banco do Brasil irá verificar as informações apresentadas. Caso haja algum dado divergente, o conferente terá a possibilidade de alterá-lo diretamente no campo correspondente. Finalizada a verificação desta tela, o botão deverá ser acionado e o sistema, então, abrirá a última tela do processo de validação dos dados cadastrais. Observação: Caso haja dado divergente com relação à GECEX cadastrada, o conferente fará a devida alteração e a notificação de cadastro migrará para a tela de menu da GECEX corrigida. A terceira e última tela refere-se a um formulário de informações adicionais que o Banco do Brasil deverá preencher, conforme indicado na Figura 6. Figura 6: Validação dos Dados Cadastrais Informações Adicionais do Banco do Brasil Ao final do preenchimento, o conferente deverá clicar no botão, para que o SGP/MPME possa, então, encaminhar o cadastro da MPME para a confirmação do validador ii do Banco do Brasil. O processo de acesso ao cadastro é o mesmo do conferente. O validador terá que confirmar todas as informações contidas nas três telas verificadas pelo conferente. Caso encontre alguma divergência, deverá indicá-la no campo Divergências encontradas pelo validador da instituição financeira e clicar no botão. O cadastro será novamente devolvido para o conferente, para que este avalie a(s) divergência(s) apontada(s) e proceda com a(s) retificação(ções). 4 P á g i n a

6 Figura 7: Divergências encontradas pelo validador do Banco do Brasil Após isso, o cadastro retorna para o validador do Banco do Brasil, que deverá, por fim, confirmá-lo, clicando no botão. A partir daí, o mencionado cadastro seguirá para a análise da ABGF. 3. ELEGIBILIDADE NO PROEX Em sendo aprovado o cadastro da MPME, serão liberados login e senha para que a mesma possa acessar o SGP/MPME e cadastrar seus importadores e respectivas operações de exportação. Caso a modalidade de financiamento escolhida pela empresa seja o Programa de Financiamento às Exportações (PROEX), a operação de exportação cadastrada seguirá para a análise de elegibilidade do prazo de financiamento e da respectiva mercadoria e/ou do serviço no referido PROEX, pelo Banco do Brasil, antes de a operação ser direcionada para a análise da ABGF. Para essa verificação, o conferente do Banco do Brasil deverá acessar o sistema eletrônico, com seus dados de acesso, e selecionar a notificação existente no item do menu Solicitação de Validação de Importador. 5 P á g i n a

7 Figura 8: Tela de Elegibilidade no PROEX O SGP/MPME abrirá, então, a tela de Elegibilidade no PROEX que indica a NCM/NBS e o respectivo prazo de financiamento da operação cadastrados pelo exportador. Individualmente, o conferente deverá informar se tais parâmetros são elegíveis ou não. Se ambos forem elegíveis, o conferente do Banco do Brasil deverá marcar a opção sim e clicar no botão, que aparecerá logo após a mencionada marcação. Se os dois ou um dos parâmetros não forem elegíveis, a opção NÃO deverá ser marcada e, logo após, o botão, que também ficará disponível após a marcação, deverá ser clicado. No caso de recusa, o conferente deverá emitir Parecer, solicitado pelo sistema e, em seguida, clicar no botão. Figura 9: Parecer sobre a elegibilidade no PROEX Feito isso, a notificação passará, então, para a alçada do validador. Neste momento, o validador do Banco do Brasil deverá verificar se as informações preenchidas pelo conferente são procedentes e, caso estejam, deverá clicar no botão. Caso contrário, deverá clicar no botão. 6 P á g i n a

8 No caso de recusa, o validador deverá, então, preencher o campo Divergência Encontrada e clicar no botão. Neste caso, a operação retornará para o conferente, para os devidos ajustes, e voltará, novamente, para o validador, para que o mesmo possa finalizar sua confirmação e encaminhar a operação para a análise da ABGF. Figura 10: Tela de Elegibilidade no PROEX pelo validador com o campo Divergência Encontrada 4. CONTROLE DE EXPORTAÇÃO Quando a operação for na modalidade Pós-Embarque com intermediação bancária, a MPME deverá realizar a exportação, para, então, obter o financiamento, via Adiantamento sobre Cambiais Entregues (ACE) ou PROEX, do Banco do Brasil. Para isso, ela precisará efetuar o Controle de Exportação para que o aludido banco possa validar as informações e conceder o crédito. Quando a MPME realizar uma exportação com a cobertura do SCE/MPME, a mesma deverá preencher a tela de Controle de Exportação e encaminhar para a validação do Banco do Brasil. Em havendo controle a ser avaliado, o conferente do Banco do Brasil deverá acessar a notificação existente no item Controle de Exportação/Concessão de Crédito de seu menu. Ao receber o mencionado Controle de Exportação preenchido, o aludido conferente deverá verificar as informações presentes na tela, comparando-as com a documentação apresentada pelo exportador. Ao abrir a tela de controle, em questão, o sistema irá apresentar a relação de operações existentes daquele exportador. Neste momento, o conferente deverá clicar na operação desejada, cujas informações deverão ser verificadas. 7 P á g i n a

9 Figura 11: Tela de Controle de Exportação, apresentação das operações Se o preenchimento realizado pela MPME no SGP/MPME estiver em conformidade com a documentação apresentada, o botão deverá ser acionado. Caso exista(m) divergência(s), o conferente do Banco do Brasil deverá indicá-la(s) no campo Motivo da devolução e clicar no botão. A tela será devolvida para a MPME, para que a mesma possa providenciar o(s) devido(s) ajuste(s). Figura 12: Tela de Controle de Exportação do conferente Caso as informações estejam corretas e o controle tenha sido validado, aparecerá na tela a mensagem. 8 P á g i n a

10 Após isso, o conferente deverá clicar no botão encaminhada para o validador., para que esta tela possa, então, ser O acesso do validador do Banco do Brasil é igual ao do conferente daquele banco, ou seja, através do item Controle de Exportação/Concessão de Crédito existente em seu menu. Da mesma forma que foi feita anteriormente pelo conferente, o validador deverá selecionar a operação, cujas informações deverão ser avaliadas. Vale lembrar que as operações que já passaram pela análise do conferente estarão destacadas na cor verde. Figura 13: Tela de Controle de Exportação do validador, apresentação das operações a serem validadas Se o preenchimento, no SGP/MPME, estiver em conformidade com a documentação apresentada, o validador deverá clicar no botão. Caso exista(m) divergência(s), o validador deverá indicá-la(s) no campo Motivo da devolução e clicar no botão. A tela será devolvida para o conferente, para que o mesmo possa providenciar o(s) devido(s) ajuste(s). Feito isso, o validador receberá novamente o Controle de Exportação, para sua apreciação e, se não houver mais ajuste, para sua confirmação. 9 P á g i n a

11 Figura 14: Tela de Controle de Exportação do validador 5. CONCESSÃO DE CRÉDITO Após a confirmação do Controle de Exportação pelo validador do Banco do Brasil, a operação retorna para o menu do conferente daquele banco, para que este realize a Concessão do Crédito ao exportador. Observação: Quando se tratar de uma operação na modalidade Pré+Pós-Embarque, a Concessão do Crédito acontece antes da exportação e, portanto, antes do preenchimento, pela MPME, do Controle de Exportação e de sua verificação/confirmação pelo Banco do Brasil. Para acessar a tela de Concessão de Crédito, o conferente deverá clicar na notificação existente no item Controle de Exportação/Concessão de Crédito de seu menu. O SGP/MPME apresentará as operações que já tiveram o Controle de Exportação aprovado. Sendo assim, o conferente deverá clicar sobre a operação desejada e, automaticamente, serão disponibilizados os campos referentes à data e horário em que foi realizada a concessão do crédito à MPME. 10 P á g i n a

12 Figura 15: Tela de Controle de Exportação, apresentação das operações para a Concessão do Crédito Após a inclusão dessas informações, o conferente do Banco do Brasil deverá clicar no botão, encaminhando a operação para o validador daquele banco. Figura 16: Tela Concessão do Crédito, momento da concessão Figura 17: Tela de Concessão do Crédito, após o banco conceder o crédito 11 P á g i n a

13 O validador deverá acessar o sistema eletrônico SGP/MPME, clicando na notificação existente no item Controle de Exportação/Concessão de Crédito de seu menu. O sistema apresentará as operações que já tiveram o Controle de Exportação aprovado e que já tiveram o preenchimento da Concessão de Crédito pelo conferente. O validador deverá clicar sobre a operação desejada para que as informações inseridas pelo conferente sejam visualizadas. O validador do Banco do Brasil deverá, então, fazer a verificação e, estando de acordo, deverá clicar no botão. Figura 17: Tela de Controle de Exportação/Concessão do Crédito Caso seja(m) encontrada(s) divergência(s), o validador deverá indicá-la(s) no campo Motivo da devolução. Após isso, deverá clicar no botão e o SGP/MPME fará com que a operação retorne para o conferente, para que este efetue o(s) devido(s) ajuste(s). Com a(s) informação(ções) retificada(s), o validador recebe novamente a operação e confirma a concessão do crédito à MPME. Figura 18: Tela de Controle de Exportação/Concessão do Crédito processo finalizado 12 P á g i n a

14 Além dessas funcionalidades do SGP/MPME, o Banco do Brasil também tem acesso a: RELATÓRIOS CGC emitidos Permite visualizar todos os Certificados de Garantia de Cobertura emitidos e assinados, informando o nome da MPME, o período de vigência, a modalidade das operações, instituição financeira, Estado, Total do Limite de Crédito por Operação Aprovado e Total dos Créditos Concedidos. Figura 19: Relatório de CGC Emitidos i O conferente será aquele agente do Banco do Brasil que verificará todas as informações inseridas pela MPME. ii O validador será aquele agente do Banco do Brasil que confirmará todas as informações verificadas pelo conferente daquele banco. 13 P á g i n a

SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA,

SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, EXCETO BANCO DO BRASIL 1. ACESSO AO SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS (SGP/MPME) O acesso ao Sistema de Garantias Públicas SGP/MPME é feito através do site da ABGF

Leia mais

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após acessar o endereço www.sigaa.ufs.br, você deve clicar no botão ENTRAR NO SISTEMA Obs.: Os dados utilizados nos exemplos

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Veículos ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3 2.

Leia mais

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1 Manual de Instruções Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e 1 1. Cadastro de Novo Prestador de Serviço. Quando o usuário acessar o sistema de NFS-e Sapitur ISSQN, vai

Leia mais

Apresentação sobre o Seguro de Crédito à Exportação para as Micro, Pequenas e Médias Empresas (SCE/MPME)

Apresentação sobre o Seguro de Crédito à Exportação para as Micro, Pequenas e Médias Empresas (SCE/MPME) Apresentação sobre o Seguro de Crédito à Exportação para as Micro, Pequenas e Médias Empresas (SCE/MPME) Apresentador: Vitor Sawczuk Diretor de Operações ABGF Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores

Leia mais

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica

Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Instruções para utilização da Agenda Médica Eletrônica Sumá rio 1. Acesso aos Serviços Exclusivos...3 2. Acesso à Agenda...4 3. Inclusão de Horários de Atendimento...6 4. Informação de Ausência...10 5.

Leia mais

Manual do Usuário. Requisições

Manual do Usuário. Requisições Manual do Usuário Requisições Projeto SIGA-EPT Manual do Usuário Módulo Requisições SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão outubro/2010 Sumário 1 Introdução 4 2 Requisição de Compra de Consumo 5

Leia mais

Sistema de Gestão do Processo de Certificação ABNT (CERTO) Guia do Auditor

Sistema de Gestão do Processo de Certificação ABNT (CERTO) Guia do Auditor Pag. Nº 1/23 SUMÁRIO 1 Comentários Gerais 2 Login 3 Segurança do Sistema 4 Área Principal 5 Ferramentas de comunicação 6 Solicitação de serviço: identificação da auditoria 7 Solicitação de serviço: documentos

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PORTAL ESTUDANTE PASSO A PASSO PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PORTAL ESTUDANTE PASSO A PASSO PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PASSO A PASSO PROCEDIMENTOS Origem: Data de Criação: 01/07/2010 Ultima alteração: Versão: 1.2 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano Padovani Colaborador:

Leia mais

MANUAL Pedidos On-Line

MANUAL Pedidos On-Line MANUAL Pedidos On-Line ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 O QUE É PEDIDOS ON-LINE... 3 QUEM PODE UTILIZAR... 3 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA ACESSO... 4 ACESSANDO O PEDIDOS ON-LINE... 5 COMO REGISTRAR UM PEDIDO... 7

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A

TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A Tutorial Plataforma Phila Curso Nescon / Grupo A Sumário 1 Acessar Plataforma Phila... 1 1.1 Autenticação... 2 1.2 Nescon... 3 1.3 Criar conta...

Leia mais

TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO

TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO TRABALHADOR WEB Esse tutorial tem como objetivo instruir o trabalhador para se cadastrar no Portal Mais Emprego, verificar as vagas disponíveis e se autoencaminhar para vagas

Leia mais

Guia de Uso. Certisign MobileID - Apple IOS

Guia de Uso. Certisign MobileID - Apple IOS Certisign Certificadora Digital Certisign 2016 2/67 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. REQUISITOS... 3 4. SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL PARA O MOBILEID... 4 5. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

Leia mais

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças 2014 Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças Orientações gerais para ajuizar iniciais com base na nova rotina de anexação de peças. TRIBUNAL

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência Sumário ORIENTAÇÕES GERAIS... 3 O que são Pessoas Obrigadas... 4 O que é o SISCOAF... 4 Quem deve

Leia mais

Manual Gestão Garantias

Manual Gestão Garantias Manual Gestão Garantias OUTUBRO/2013 Sumário Sumário... 2 1. Introdução... 3 2. Funcionalidade... 3 3. Navegação no Sistema... 3 4. Configuração... 6 4.1. Garantias... 6 4.1.1. Cadastrar... 7 4.1.2. Validar...

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PORTAL CIDADÃO PASSO A PASSO PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PORTAL CIDADÃO PASSO A PASSO PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PASSO A PASSO PROCEDIMENTOS Origem: Data de Criação: 15/11/2010 Ultima alteração: Versão: 1.1 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano Padovani Colaborador:

Leia mais

Guia Operacional do Sistema IHS. Assembleia de grupos exclusivos on-line

Guia Operacional do Sistema IHS. Assembleia de grupos exclusivos on-line Internet Honda System Guia Operacional do Sistema IHS Assembleia de grupos exclusivos on-line Como acessar o módulo de assembleia no IHS Acesse o site do IHS: https://ihs.honda.com.br Faça o seu login

Leia mais

PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2013 TUTORIAL PARA APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL VIA SISPROEX

PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2013 TUTORIAL PARA APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL VIA SISPROEX PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2013 TUTORIAL PARA APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO FINAL VIA SISPROEX Para acessar o SISPROEX: http://sistemas.ourinhos.unesp.br ou Clique aqui Digitar o e-mail institucional

Leia mais

1.Introdução. 2.Aéreo. 2.1 Solicitação de Aéreo Online.

1.Introdução. 2.Aéreo. 2.1 Solicitação de Aéreo Online. 1.Introdução Pensando em otimizar o serviço oferecido ao cliente, foi disponibilizado uma nova interface, onde houve uma renovação na navegabilidade do usuário, agregando serviços e facilitadores conforme

Leia mais

Manual da Turma Virtual: LANÇAR NOTAS. Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo:

Manual da Turma Virtual: LANÇAR NOTAS. Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo: Manual da Turma Virtual: LANÇAR NOTAS Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo: MENU ALUNOS LANÇAR NOTAS Essa operação tem como finalidade possibilitar o cadastro

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Acesso ao Sistema Pessoa Física Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 23 Índice ÍNDICE... 2 1.

Leia mais

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0

Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Sistema Hospitalar - Prescrição Eletrônica v4.0 Manual do Usuário - Médico Versão 0.0 Histórico da Revisão DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 23/0/202 0.00 Criação do manual Silvio Zequinão 25/02/204 0.0 Revisão

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 1 ÍNDICE 1. ACESSANDO O SISTEMA ATENA...03 2. INCLUSÃO DOS DADOS DO PROJETO...04 3. INCLUSÃO DO BOLSISTA...07 3.1 Bolsista com cadastro na USP...08 3.2 Bolsista sem cadastro

Leia mais

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais...

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais... 1 Sumário 1. Inicializando o Sistema... 3 2. Arquitetura do Sistema... 5 2.1. Menu... 5 2.1.1. Detalhamento do Menu e Submenu... 5 2.2. Barra de Ferramentas... 6 2.2.1. Ações... 6 2.2.2. Crédito Disponível...

Leia mais

Dupla Regência Manual para a Administração da Escola

Dupla Regência Manual para a Administração da Escola Dupla Regência Manual para a Administração da Escola Versão 1.0 Conteúdo Administração da Escola Cenário de Uso I Central de Vagas... 4 1. Cadastro de Vagas... 4 2. Consultar vagas cadastradas... 5 3.

Leia mais

Alterar Encaminhamento de Processo

Alterar Encaminhamento de Processo Alterar Encaminhamento de Processo Sistema Módulo Usuários Perfil SIPAC Protocolo Usuários que possuem o perfil Gestor de Cadastro de Protocolo Gestor de Cadastro de Protocolo Última Atualização 19/11/2010

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Acesso ao Sistema Pessoa Física Todos os dados e valores apresentados neste manual são ficticios. Qualquer dúvida consulte a legislação vigente. Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em

Leia mais

Como realizar o Cadastramento de Usuários - Cartão Nacional de Saúde

Como realizar o Cadastramento de Usuários - Cartão Nacional de Saúde Como realizar o Cadastramento de Usuários - Cartão Nacional de Saúde Fluxo para digitação do Cadastro Territorial no E-SUS... 2 Etapa 1 - Pesquisa do cidadão na base local do E-SUS:... 3 Etapa 2 - Cadastro

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE MEDIADORES JUDICIAIS E CONCILIADORES CCMJ

CADASTRO NACIONAL DE MEDIADORES JUDICIAIS E CONCILIADORES CCMJ CADASTRO NACIONAL DE MEDIADORES JUDICIAIS E CONCILIADORES CCMJ Manual do Usuário APRESENTAÇÃO O Cadastro Nacional de Mediadores Judiciais e Conciliadores CCMJ, desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça,

Leia mais

Instruções de Acesso: Eventos Científicos. Departamento de TI da FACTHUS (Atualizado: 22/09/2016)

Instruções de Acesso: Eventos Científicos. Departamento de TI da FACTHUS (Atualizado: 22/09/2016) Instruções de Acesso: Eventos Científicos Primeiro Acesso No primeiro acesso informe os números do CPF e depois selecione a opção Prosseguir Se você for aluno da FACTHUS ao clicar na opção prosseguir preencha

Leia mais

OPERAÇÃO DA PLATAFORMA MANUAL PARA FORNECEDORES

OPERAÇÃO DA PLATAFORMA MANUAL PARA FORNECEDORES OPERAÇÃO DA PLATAFORMA MANUAL PARA FORNECEDORES Operação da plataforma ACESSO Tópicos desta sessão: Primeiro acesso Esqueci a senha Alteração de Cadastro Cadastrar ou alterar categorias PRIMEIRO ACESSO

Leia mais

CONTEÚDO Acesso ao sistema...2 Controle de Aplicação Tela de Autenticação...3 MENU DE OPÇÕES DO SISTEMA Cadastro do Colaborador...

CONTEÚDO Acesso ao sistema...2 Controle de Aplicação Tela de Autenticação...3 MENU DE OPÇÕES DO SISTEMA Cadastro do Colaborador... FREQUENCI CONTEÚDO Acesso ao sistema...2 Controle de Aplicação Tela de Autenticação...3 MENU DE OPÇÕES DO SISTEMA Cadastro do Colaborador...4 COORDENADOR ESTADUAL Alocar Coordenador de Polo...5 COORDENADOR

Leia mais

CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS

CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS Manual DE substituição DE SELOS eletrônicos VERSÃO 3.0.29 1. INICIANDO A SUBSTITUIÇÃO DE SELOS ELETRÔNICOS 1. Localize a aba (Selo Eletrônico) na parte superior

Leia mais

PORTAL DA INTIMAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

PORTAL DA INTIMAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DA INTIMAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO Cadastro de entes públicos para uso do Portal de Intimação Para acessar o Portal de Intimação do STJ, é necessário que o ente público seja cadastrado na

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo - SESCOOP/SC Av. Almirante Tamandaré, Capoeiras CEP: Florianópolis - SC Telefone

Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo - SESCOOP/SC Av. Almirante Tamandaré, Capoeiras CEP: Florianópolis - SC Telefone Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo - SESCOOP/SC Av. Almirante Tamandaré, 633 - Capoeiras CEP: 88080-161 - Florianópolis - SC Telefone (48) 3878.8800 - Fax (48) 3878-8815 Site: www.sescoopsc.org.br

Leia mais

Requerimento de Movimentação Interna

Requerimento de Movimentação Interna SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Requerimento de Movimentação Interna Apresentação Este manual tem como objetivo auxiliar os usuários do Sistema de

Leia mais

Manual da Turma Virtual: NOTÍCIAS e TWITTER. Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo:

Manual da Turma Virtual: NOTÍCIAS e TWITTER. Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo: Manual da Turma Virtual: NOTÍCIAS e TWITTER Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo: MENU TURMA Notícias Esta funcionalidade permite ao docente, realizar o cadastro

Leia mais

LEDWEB. LedContábil X LedWeb

LEDWEB. LedContábil X LedWeb LEDWEB A ferramenta LedWeb foi desenvolvida com o intuito de facilitar a comunicação entre você contador e seus clientes, tornando-a mais rápida, fácil e segura. Envie arquivos como Folhas de Pagamento,

Leia mais

PORTAL DA INTIMAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

PORTAL DA INTIMAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DA INTIMAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO 1. CADASTRO DE ENTE PÚBLICO Primeiro passo É necessário que o Ente público se cadastre na Secretaria de Órgãos Julgadores (SOJ). Podem solicitar o cadastramento

Leia mais

Passo a Passo para Alterações Cadastrais. 1ª Etapa: Encaminhamento da solicitação de alteração de dados cadastrais

Passo a Passo para Alterações Cadastrais. 1ª Etapa: Encaminhamento da solicitação de alteração de dados cadastrais 1 Passo a Passo para Alterações Cadastrais 1ª Etapa: Encaminhamento da solicitação de alteração de dados cadastrais 1) A solicitação será efetuada pelo funcionário, que a encaminhará via sistema, para

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

Orientações ao Administrador Regional

Orientações ao Administrador Regional Orientações ao Administrador Regional Antes de iniciarmos a Formação do Administrador Regional é importante lembrarmos que o mesmo deverá ser cadastrado por um Administrador Geral (SEDUC). Para realizar

Leia mais

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça 2016 Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA PÚBLICO EXTERNO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO STI

Leia mais

TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES

TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES Procedimento para Cálculo de Folha de Professores Através de Tabela Fixa 1º Passo: Em Cadastros\ Genéricos Eventos, devem ser criados todos os eventos de hora

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA VISÃO DO FORNECEDOR V. 07/07/2016

MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA VISÃO DO FORNECEDOR V. 07/07/2016 MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA VISÃO DO FORNECEDOR V. 07/07/2016 ÍNDICE 1. SIGEC HOC APRESENTAÇÃO... 3 2. PRÉ-CADASTRO... 3 2.1. Gerar usuário e senha... 3 3. LOGIN NO SISTEMA PRÉ CADASTRO... 4 3.1. Recuperar

Leia mais

Guia de Uso. Certisign MobileID - Google Android

Guia de Uso. Certisign MobileID - Google Android Certisign Certificadora Digital Certisign 2016 2/53 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. REQUISITOS... 3 4. SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL PARA O MOBILEID... 4 5. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

Leia mais

Cadastro de Informações Gerenciais (CIG)

Cadastro de Informações Gerenciais (CIG) GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Cadastro de Informações Gerenciais (CIG) SUMÁRIO 1- Qual o objetivo deste documento?

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0 SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 05/08/2016 1.0 Criação do Artefato Eliene Carvalho MAPA/SE/SPOA/CGTI. Página 2 de

Leia mais

Elaborado por: FFA ALINNE BARCELLOS BERND SIPOV/RS. Revisado em: 05/02/2016

Elaborado por: FFA ALINNE BARCELLOS BERND SIPOV/RS. Revisado em: 05/02/2016 Elaborado por: FFA ALINNE BARCELLOS BERND SIPOV/RS Revisado em: 05/02/2016 **Após o deferimento do Registro do Estabelecimento pelo Coordenador Estadual, o RL (Representante Legal) receberá um e-mail informando

Leia mais

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016 1.0 Menu superior Para utilizar o menu superior, clique com o mouse em cima da palavra que deseja abrir. No exemplo acima foi clicado na palavra cadastros, assim

Leia mais

Portal CPE - Cartório Postal Eletrônico. Manual de Utilização

Portal CPE - Cartório Postal Eletrônico. Manual de Utilização Manual de Utilização Utilizar o Portal CPE (Cartório Postal Eletrônico) Para utilizar o Portal, acessar o link https://cartoriopostaleletronico.com.br/ Conforme Figura 1, o Portal pode ser acessado através

Leia mais

Solicitação de Bolsas e Auxílios/Recebimento de Documentos

Solicitação de Bolsas e Auxílios/Recebimento de Documentos ADMINISTRATIVO - PROAE Solicitação de Bolsas e Auxílios/Recebimento de Documentos 1º: Acessar o SIGA 3 e clicar no ícone Apoio Estudantil para preencher o formulário socioeconômico. Obs.: Durante o preenchimento

Leia mais

Material de Apoio. Portal de Atendimento Betha Sistemas

Material de Apoio. Portal de Atendimento Betha Sistemas Material de Apoio Portal de Atendimento Betha Sistemas Sumário 1. Portal de Atendimento Cliente Betha 1.1. Como realizar o acesso ao novo Portal de Atendimento 1.2. Como abrir um chamado pelo Portal de

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos C A R T I L H A - Recursos Humanos Cargos Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar os

Leia mais

Conferência Municipal / Intermunicipal

Conferência Municipal / Intermunicipal Conferência Municipal / Intermunicipal Sistema de Conferência - Eventos - 1 - 1. Sumário 1. Sumário... 3 2. Configurações Recomendadas... 4 3. Objetivos... 5 4. Solicitar Acesso... 6 5. Menu de Acesso...

Leia mais

Treinamento do Sistema SIGRH Módulo Férias Perfil: Solicitação de agendamento de férias

Treinamento do Sistema SIGRH Módulo Férias Perfil: Solicitação de agendamento de férias 1 Treinamento do Sistema SIGRH Módulo Férias Perfil: Solicitação de agendamento de férias Maceió, setembro de 2012. 2 Histório de versões Versão 1.0-14/09/2012 Descrição: Versão inicial 3 Conteúdo 1.Conhecendo

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS Origem: ProUrbano Data de Criação: 22/03/2010 Ultima alteração: Versão: 1.3 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano

Leia mais

SIGRH Módulo Férias - Procedimentos para servidores e chefias.

SIGRH Módulo Férias - Procedimentos para servidores e chefias. SIGRH Módulo Férias - Procedimentos para servidores e chefias. 1- Procedimentos e Prazos Marcação de Férias: Podem ser marcadas a qualquer tempo no SIG, desde de que tenha se comprido o período aquisitivo,

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL Manual de orientação do Sistema de Requisição de Recibos Anuais SRA Versão 1.0 Sumário Apresentação do sistema... 3 Requisitos do sistema... 3 Cadastrar uma senha para acessar

Leia mais

GESTÃO DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA

GESTÃO DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA Desenvolvimento: Lincoln Nakashima Revisão Técnica: Allan Gomes Cuypers Revisão Administrativa: Lidiane Garcia GESTÃO DA INFORMAÇÃO JULHO/2015 Página 1 de 18 Índice Sumário APRESENTAÇÃO... 3 1 Início...

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS PÚBLICAS

PORTAL DE COMPRAS PÚBLICAS PORTAL DE COMPRAS PÚBLICAS GUIA DO ADMINISTRADOR JANEIRO DE 2017 Versão 6.0 Dezembro/2016_Janeiro/2017 S U M Á R I O 1 APRESENTAÇÃO 3 2 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES 4 3 SISTEMA 5 3.1 TELA INICIAL DO ADMINISTRADOR

Leia mais

MANUAL PARA FORNECEDORES DO PROCESSO DE COMPRAS WEB

MANUAL PARA FORNECEDORES DO PROCESSO DE COMPRAS WEB MANUAL PARA FORNECEDORES DO PROCESSO DE COMPRAS WEB T.I. 25/03/2008 01 2/16 DESCRIÇÃO O Sistema de Cotação On-line é uma ferramenta que permite a compra de mercadorias pelo hospital de forma rápida. Trata-se

Leia mais

PDE INTERATIVO 2013 MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS

PDE INTERATIVO 2013 MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS PDE INTERATIVO 2013 MANUAL DE CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS O cadastro dos usuários é a etapa que antecede a elaboração do PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA, no PDE Interativo e precisa ser feito

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação - SEMED Assessoria Técnica ATEC. MANUAL e-doc

Secretaria Municipal de Educação - SEMED Assessoria Técnica ATEC. MANUAL e-doc Secretaria Municipal de Educação - SEMED Assessoria Técnica ATEC MANUAL e-doc Campo Grande MS 2014 1 INDÍCE COMO ACESSAR O E-DOC....pg. 3 ELABORAÇÃO DE DOCUMENTOS...pg. 4 ELABORAÇÃO DE RASCUNHOS...pg.

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS PÚBLICAS GUIA DO ADMINISTRADOR PREGÃO ELETRÔNICO 07/JUNH0/2016

PORTAL DE COMPRAS PÚBLICAS GUIA DO ADMINISTRADOR PREGÃO ELETRÔNICO 07/JUNH0/2016 PORTAL DE COMPRAS PÚBLICAS GUIA DO ADMINISTRADOR PREGÃO ELETRÔNICO 07/JUNH0/2016 Versão 4.0 Ambiente de Homologação 07/06/2016 S U M Á R I O 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES... 3 3 SISTEMA...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 ÍNDICE PORTAL DE CLIENTES Selecione o tópico desejado para obter ajuda Esqueci minha senha Alterar idioma Alterar senha Acessar portal Como

Leia mais

Informamos que o Calendário Acadêmico encontra-se disponível no site da EMESP, na página do aluno. O início das aulas será em 09/02/2015.

Informamos que o Calendário Acadêmico encontra-se disponível no site da EMESP, na página do aluno. O início das aulas será em 09/02/2015. SECRETARIA PEDAGÓGICA COMUNICADO 03/2015 ALUNO@NET - REQUERIMENTOS Prezado(a) aluno(a), Informamos que o Calendário Acadêmico encontra-se disponível no site da EMESP, na página do aluno. O início das aulas

Leia mais

Sistema de Pedidos Antilhas

Sistema de Pedidos Antilhas Sistema de Pedidos Antilhas 1. Login 2. Menu Principal 3. Pedidos a. Formulário de pedidos b. Informações Complementares c. Confirmação do Pedido d. Impressão do Pedido 4. Dados Cadastrais 5. Informativos

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3. Acessar o sistema... 6 3.1. Autenticar

Leia mais

MANUAL DE TREINAMENTO PROJETO TASY GESTÃO HOSPITALAR

MANUAL DE TREINAMENTO PROJETO TASY GESTÃO HOSPITALAR Versão: 01 Página: 1 / 14 HOSPITAL POMPÉIA PROJETO TASY COTAÇÃO DE COMPRA WEB Versão: 01 Página: 2 / 14 COTAÇÃO DE COMPRA WEB O Hospital Pompéia está disponibilizando o sistema de Cotação de Compras Web

Leia mais

MANUAL DA FISIOTERAPIA E-AUTORIZADOR CASSEMS. CASSEMS Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul.

MANUAL DA FISIOTERAPIA E-AUTORIZADOR CASSEMS. CASSEMS Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul. E-AUTORIZADOR MANUAL DA FISIOTERAPIA CASSEMS CASSEMS Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul. 2 Sumário 1.0 Como instalar o sistema e-autorizador... 3 2.0 Tela inicial... 5

Leia mais

MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU

MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA 1º GRAU PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO MANUAL OFICIAL DE JUSTIÇA ATRIBUIÇÕES DO OFICIAL DE JUSTIÇA OFICIAL DE JUSTIÇA Sumário 1 Acesso ao Sistema...4 1.1 Configurações do Sistema...5

Leia mais

MANUAL DO KIT ON-LINE

MANUAL DO KIT ON-LINE MANUAL DO KIT ON-LINE Criado em: Novembro/2006 Alteração realizada: 15/12/2006 Versão do Manual: 1.0 Alteração realizada: 08/07/2009 Versão do Manual: 2.0 Alteração realizada: 27/01/2010 Versão do Manual:

Leia mais

Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17

Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17 Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17 Sistema: Gourmet Server Caminho: Cadastros>Restaurante>Comandas Extraviadas Referência: FGS17 Versão: 2016.04.11 Como funciona: A tela de Comandas

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

MANUAL EPROC / TJTO. Endereço eletrônico:

MANUAL EPROC / TJTO. Endereço eletrônico: MANUAL EPROC / TJTO Endereço eletrônico: processoeletronico@tjto.jus.br As seguintes funcionalidades serão abordadas neste tutorial. Consulta Processual Consultar Processos Movimentação Processual Movimentação

Leia mais

Manual de Utilização do Portal Educacional

Manual de Utilização do Portal Educacional Manual de Utilização do Portal Educacional Sumário Introdução... 2 Menu do Portal... 5 Acadêmico... 6 Materiais... 8 Financeiro... 8 Benefícios (Serviço Social)... 9 Relatórios... 10 Tarefa Diária... 11

Leia mais

PRODAV 03/2015 Passo a passo para inscrição do projeto

PRODAV 03/2015 Passo a passo para inscrição do projeto PASSO 11 - Ao concluir o preenchimento, clique em Salvar. Na aba da esquerda aparecerá o item Projetos que o compõem, e o primeiro projeto incluído aparecerá logo abaixo (fig. 16). Para incluir novos projetos

Leia mais

Procedimento de Compra Material Didático

Procedimento de Compra Material Didático Procedimento de Compra Material Didático 1. Acessar o site http://loja.edebe.com.br/, e clique no banner MATERIAL DIDÁTICO DIGITAL. 2. Após o clique no banner aparecerá o campo para digitar o CPF como

Leia mais

Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC.

Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC. Este manual contém as principais funcionalidades e explicações a respeito do funcionamento do portal de vendas PULVITEC. É recomendado a utilização do browser Google Chrome e Firefox por questões de compatibilização

Leia mais

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL. Indice

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL. Indice Portal do Servidor Publico Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL Indice 1 Apresentação do Portal... 03 Acesso ao Portal do Servidor Publico... 04 Senha... 04 Disponibilidade do Portal... 07 Dados do

Leia mais

TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO CADASTRO DO TRABALHADOR

TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO CADASTRO DO TRABALHADOR TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO CADASTRO DO TRABALHADOR Para se cadastrar no Portal Mais Emprego e verificar as vagas de emprego você deve seguir os seguintes passos: 1. Clique no Menu Trabalhador>Vagas de

Leia mais

Sistema de Convênios. (SITE) Versão 1.0

Sistema de Convênios. (SITE) Versão 1.0 UNIVERSIDADE FEEVALE Sistema de Convênios (SITE) Versão 1.0 Novo Hamburgo, 26 de junho de 2015 1 SUMÁRIO Sistema de Convênios INTRODUÇÃO... 3 1. EMPRESA NÃO CONVENIADA... 3 2 EMPRESA CONVENIADA... 7 3

Leia mais

PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO

PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO Sumário Objetivo... 3 Cadastro Portal Unimed Curitiba... 4 Acesso ao Portal de Solicitação SP/SADT... 6 1.Login Acesso... 9 2.Identificação... 9 2.1 Identificações:

Leia mais

PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS

PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS PDE INTERATIVO CADASTRO E GERENCIAMENTO DE USUÁRIOS O cadastro dos usuários é a etapa que antecede a elaboração do PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA no módulo do SIMEC chamado de PDE Interativo e precisa

Leia mais

LINX DMS Apollo/BRAVOS Distribuição de Documentos Fiscais Eletrônicos 1 / 18

LINX DMS Apollo/BRAVOS Distribuição de Documentos Fiscais Eletrônicos 1 / 18 LINX DMS Apollo/BRAVOS Distribuição de Documentos Fiscais Eletrônicos 1 / 18 Assunto... 3 Abrangência... 3 Aplicação... 3 Finalidade... 5 Configuração... 5 Utilização manual... 7 Utilização automática...

Leia mais

MANUAL DE GARANTIA LOGÍSTICA REVERSA

MANUAL DE GARANTIA LOGÍSTICA REVERSA MANUAL DE GARANTIA LOGÍSTICA REVERSA Garantia digitada pelo Cliente Criado por: Michelle Gutierrez Revisado por: Cristina Gonçalves IDÉIA GERAL Visando melhorar o atendimento ao cliente referente a Garantia,

Leia mais

TUTORIAL PARA O ALUNO MATRICULADO EM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO:

TUTORIAL PARA O ALUNO MATRICULADO EM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO: TUTORIAL PARA O ALUNO MATRICULADO EM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO: Acesse o site do Unisinos Carreiras: www.unisinos.br/carreiras Clicar em Estágios > Estágios Obrigatórios Clicar em Cursos de Bacharelado > Cadastre

Leia mais

Índice. Como acessar o sistema?...3. Painel...3. Nova Solicitação...4. Prazos...5. Anexar Arquivos...5. Ícones...6

Índice. Como acessar o sistema?...3. Painel...3. Nova Solicitação...4. Prazos...5. Anexar Arquivos...5. Ícones...6 Nova Versão Índice Como acessar o sistema?...3 Painel...3 Nova Solicitação...4 Prazos...5 Anexar Arquivos...5 Ícones...6 Notificação de alteração de status...6 Status...6 Enviando uma Mensagem...7 Avaliação...7

Leia mais

Centro de Suporte Tecnologia Educacional. Sistema Acadêmico Gestão de Usuários - Visão Coordenador

Centro de Suporte Tecnologia Educacional. Sistema Acadêmico Gestão de Usuários - Visão Coordenador / 0 Versão 2.5.3 Pearson Sistemas do Brasil Pág./0 2/ 0 Índice Analítico. Introdução... 4 2. Acessando o Programa de Gestão de Usuários... 5 3. Preenchimento de Dados... 6 3. Aba Dados Pessoais... 8 3.2

Leia mais

Quer se Cadastrar na Petrobras?

Quer se Cadastrar na Petrobras? MT-611-00009-10 Última Atualização 07/01/2015 Quer se Cadastrar na Petrobras? Como dar início ao processo de cadastramento na Petrobras: Para dar início ao processo de cadastramento na Petrobras, é necessário

Leia mais

Manual. S.I.A Sistema Integrado de Avaliação. PARÂMETROS PE (Parâmetros Curriculares)

Manual. S.I.A Sistema Integrado de Avaliação. PARÂMETROS PE (Parâmetros Curriculares) Manual S.I.A Sistema Integrado de Avaliação PARÂMETROS PE (Parâmetros Curriculares) S.I.A Sistema Integrado de Avaliação Introdução O S.I.A. (Sistema Integrado de Avaliação) é o sistema desenvolvido pelo

Leia mais

TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO CADASTRO DO TRABALHADOR

TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO CADASTRO DO TRABALHADOR TUTORIAL PORTAL MAIS EMPREGO CADASTRO DO TRABALHADOR Para se cadastrar no Portal Mais Emprego e verificar as vagas de emprego você deve seguir os seguintes passos: 1. Clique no Menu Trabalhador>Vagas de

Leia mais

Manual Fechamento de Caixa. Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização

Manual Fechamento de Caixa. Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização Manual Fechamento de Caixa Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização 07.10.11 O fechamento de caixa é uma opção em que você encerrará os lançamentos financeiros feitos durante o dia e fará a conferência do

Leia mais

1 ACESSANDO O SPC BRASIL

1 ACESSANDO O SPC BRASIL 1 ACESSANDO O SPC BRASIL Para ter acesso ao sistema de consultas é necessário acessar www.acedv.com.br após isso clique no link: CONSULTA SPC Preencha corretamente os campos abaixo, com os dados fornecidos

Leia mais

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastro para emissão do NOVO Bilhete Único... 3 3. Sessão Expirada... 111 4. Etapas do Cadastro... 144 5. Finalização do Cadastro... 166 6. Pesquisa de Satisfação...18 1 1.

Leia mais

Como exportar os arquivos NFP via Web-Service - FS127

Como exportar os arquivos NFP via Web-Service - FS127 Como exportar os arquivos NFP via Web-Service - FS127 Sistema: Futura Server Caminho: Fiscal> NFP Web-service>Exportação de arquivos Referência: FS127 Versão: 2016.2.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais