Notícias. O BRASIL E O MUNDO EM ALERTA! Crise econômica faz governo lançar medidas de apoio a produção

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Notícias. O BRASIL E O MUNDO EM ALERTA! Crise econômica faz governo lançar medidas de apoio a produção"

Transcrição

1 Notícias Número 42 - Junho/2012 O BRASIL E O MUNDO EM ALERTA! Crise econômica faz governo lançar medidas de apoio a produção Pág 12 SEMANA DE NEGÓCIOS DO APL a 17 de agosto Rodada de Negócios Exposição e Palestras Workshop Riosul Metalmecânico & Automotivo Mais do que soluções em software para o seu segmento. >Soluções em software para o seu crescimento Software(SaaS) Tecnologia Serviços /totvs TOTVS Compartilhe o novo mundo.

2 PÁG-02 Vigilância e segurança patrimonial Segurança eletrônica Serviços de Portaria, recepção e vigias Ronda Eletrônica Barra Mansa (SEDE) Rua Idelfonso Cunha, 35 - Verbo Divino Tel: (24) / (24) Angra dos Reis AV. José Elias Rabha, 28, sala 128, Parque das Palmeiras Tel: (24) Rio de Janeiro Av. das Américas, , GR 203, Recreio dos Bandeirantes Tel: (21) / (21) Design do UniFOA Cinco anos de compromisso ambiental coco, um aprendizado de econo- mia de materiais que começa ainda na prática acadêmica. Solucionar problemas desenvolvendo materiais com maior durabilidade e melhorando a qualidade de vida da população. Por meio de caminhos alternativos e ideias motivadoras, o curso de Design do UniFOA, há anos, pensa em soluções com recursos naturais que não impactem o meio ambiente. Desde o seu início, os alunos são motivados a pensar no ambiente de forma clara e abrangente. E é na disciplina Eco Design que eles têm a oportunidade de criar projetos para indústrias que minimizem os efeitos nocivos e produzam menos resíduos. As ações são consequência de uma política, e estas políticas são representadas pelo projeto pedagógico do curso, explica a c o o r d e n a d o r a d e D e s i g n, Cristiana Fernandes. Além de pesquisas de materiais, há mobiliários desenvolvidos com poliondas (plástico revestido utilizado em pasta de colégio, por exemplo). Um dos objetivos do curso de Design é apresentar alternativas sem motivar o consumo. O exaluno Eliezer do Carmo Neto, em seu trabalho de conclusão de curso (TCC), desenvolveu uma garrafa de água de coco, em cuja composição é utilizada a fibra do Exposições de projetos trabalha- dos em aula, com ideias para serem desenvolvidas em empre- sas, além do plantio de árvores, juntamente com a comunidade do bairro Três Poços, são algumas das atividades que os futuros profissionais executam para por em prática o conhecimento obtido em sala de aula. O último projeto em andamento pelos alunos é inovador. Trata-se do carro elétrico ecológico, que utilizará combustível plástico com fibras naturais em sua composição, para ser lançado durante a copa de Os doze alunos participantes executam as pesquisas com o público-alvo, para desenvolvimento das formas internas e externas do carro e trabalhar na criação do protótipo. As ações desenvolvidas no curso, em especial na disciplina de Eco Design, torna o aluno apto a propor e criar projetos de estudos e pesquisas com materiais diversos, e como eles se degradarão na natureza. A extração do bambu, por exemplo, é uma excelente opção, pois o replantio é rápido e não se torna tão degradante, conclui Cristiana - coordenadora do curso de Design do Unifoa.

3 PÁG-03 PALAVRA DO PRESIDENTE Por: Henrique Carneiro Entre os meses de junho e agosto recursos para inovação, licencia- P ó s G r a d u a ç ã o d a s deste ano, o Metalsul, individual- mento ambiental, qualidade ISO- Universidades locais com objetivo mente ou em parceria, irá 9001 e PETROBRÁS. de estreitar o relacionamento promover vários encontros de para projetos de inovação e interesse da indústria metalmecâ- 18/julho: Projeto Visões de capacitação de profissionais. nica da nossa região. Futuro do Sistema FIRJAN, em Volta Redonda, com objetivo de 15 a 17 de agosto: Semana de Desde já, peço aos empresários discutir as futuras políticas Negócios do APL Metalmecânico. que acertem suas agendas para públicas de interesse da indústria que estejam presentes e para nossa região. Em todos estes encontros as desfrutem das oportunidades que informações e trocas serão de serão disponibilizadas. 20/julho: Café da manhã em utilidade direta às empresas de Piraí, para apresentação das todos os tamanhos e subsetores Os encontros serão: ações do APL metalmecânico. do metalmecânico e por isso a presença dos empresários será 15/junho: Encontro na sede do 20/ julho: Reunião com a muito importante. Metalsul para tratar dos assuntos Associação dos Engenheiros de NR-12, Coleta de Resíduos Volta Redonda e os Centros de Participem! S ó l i d o s e P r o g r a m a d e Atendimento Total SESI-Saúde. 22/junho: Café da manhã na sede do Conselho Regional da FIRJAN, em Resende, para apresentação das ações do APL metalmecânico. 1 7 / j u l h o : W o r k s h o p Metalmecânico na sede do Sistema FIRJAN, no Rio de Janeiro, para apresentação das a ç õ e s d o G M M G r u p o Metalmecâncico, com focos em ENCONTROS IMPORTANTES DIRETORIA EXECUTIVA Henrique Almeida Carneiro (Metalúrgica Vulcano) Presidente Guilherme de Paula Coutinho (Ease Engenharia) Vice-Presidente Adilson Gustavo (IPOT) Diretor de Comunicação José Augusto de Macedo (AABREU ) Diretor Financeiro SECRETARIA Amanda Amaral Secretária Administrativa Financeira Janine Procópio Assessora de Relações Institucionais Corina Lucia Assessora Câmara Temática - ACIF Franciele Bueno Estagiária de Comunicação Rua Edson Passos, 157 Sala 502 Aterrado - Volta Redonda / RJ Cep: (24) / Multi Editora e Design Comercial: (24)

4 PÁG-04 COLUNA TECNOLOGIA DE RH Por Por: Christian José Augusto ComitreMacedo CONTRATAÇÃO DE PESSOAL RECRUTAR BEM PARA RETER Hoje um dos grandes desafios das e x p e r i ê n c i a s / v i v ê n c i a s d o no processo de recrutamento e que se possa visualizar a reação empresas é o processo de candidato x exigências do cargo. É seleção a entrevista pessoal, após dos candidatos, além de validar recrutamento e seleção, a o momento da compatibilidade a identificação dos candidatos suas vivências anteriores. A começar pela discussão do como dos interesses empresariais e através da análise de currículos ou resposta de cada candidato é que fazer se pela empresa ou se pela pessoais. A identificação tem que do encaminhamento de candida- permitirá a montagem do seu perfil contratação de empresa especiali- ser de ambas as partes, pois um tos por empresas que atuam profissional e se o mesmo está z a d a, p r i n c i p a l m e n t e n a s candidato com uma impressão nesse segmento, podendo adequado ao que a organização pequenas empresas que não distorcida não permanece na agregar mais uma fase para os necessita no momento. possuem um setor de RH próprio, organização. E o processo cargos operacionais, que é o teste onde muitas das vezes é a recomeça. Perdemos tempo e prático das experiências identifica- Não abordamos o aspecto dos contabilidade contratada quem faz dinheiro. Dedicação, paciência, das. Este é o momento de maior exames médicos admissionais, a gestão de pessoal. Muitas são as senso de humanidade e disposi- proximidade com a supervisão do por tratar-se de uma questão legal, variáveis a serem consideradas. ção são alguns dos requisitos possível novo empregado. A além da fundamental importância básicos no processo. realização de testes psicológicos e no controle do perfil de saúde dos Com a evolução do mercado e a dinâmicas de grupo são uma empregados, associado à escassez de mão de obra a Sempre devemos trabalhar com característica das grandes determinadas condições de d i f i c u l d a d e a u m e n t o u. A s mais de um candidato para o cargo empresas, mas também observá- trabalho em áreas de produção. mudanças nas organizações, a ser preenchido, pois nos permite veis nas médias empresas. independente de seu porte, são o fator comparação dos perfis Nessas etapas busca-se avaliar Em todo esse processo, porém, é uma realidade e os desafios uma disponíveis. Outra variável determinados pontos da persona- importante frisar que o responsáconstante. importante é o envolvimento da lidade do profissional a ser vel pela escolha final no preenchisupervisão do futuro empregado contratado, diante da resposta de mento do cargo é o gestor do novo Em um processo de recrutamento, no processo, onde este em muito cada candidato frente a uma empregado e não quem está além de um bom olho clínico na ajudará o recrutador na identifica- determinada situação apresenta- conduzindo o processo de análise dos currículos de quem ção e compatibilização dos perfis da, retratando as exigências do recrutamento e seleção, salvo se está conduzindo o processo, de candidatos e cargo. O trabalho em cargo em aberto. Cada vaga este for o próprio gestor. suma importância é o contato com equipe é muito mais do que apresenta determinadas compeos candidatos. Aquele momento realizar atividades em grupo, e tências, que o processo de em podemos dialogar, trocando sim, demonstra interação, recrutamento e seleção busca impressões e ratificando informa- relacionamento, respeito por atender. ções anteriormente passadas ou novas ideias e comprometimento. agregando informações não Um processo de entrevista prestadas, mas que permitem uma Via de regra, as pequenas e também busca simular situações melhor adequação de perfis médias empresas utilizam apenas de dia a dia na empresa, de modo

5 PÁG-05 OPORTUNIDADE PARA DESENVOLVER SEU NEGÓCIO! O Programa SEBRAETEC - selecionadas, cadastradas e pequena empresa participante, Serviços em Inovação e qualificadas para prestar esses destacamos: Tecnologia é um instrumento do serviços. Essa seleção é feita Sistema SEBRAE que permite através de editais públicos de -Software e TI às micro, pequenas e médias cadastramento de prestadoras -Web Site empresas acesso a conheci- de serviços em inovação e -Projeto Gráfico mentos tecnológicos existentes tecnologia. É o Sebrae buscan- -Planejamento de gestão na infraestrutura de Ciência, do a excelência na qualidade -Propriedade intelectual Tecnologia e Inovação (CT&I), dos serviços prestados à -Metrologia visando a melhoria de proces- pequena empresa. -Eficiência energética sos e produtos e/ou a introdução -Diagnóstico ambiental de inovações nas empresas ou Além de serviços tecnológicos, o -Programa P+L no mercado. Sebraetec também apoia -Gestão de resíduos projetos de inovação elaborados -Prototipagem Por meio do Sebraetec, o por pequenas empresas que -Estudo de viabilidade técnica Sebrae subsidia os custos de tenham sido aprovados e -Controle de Produção (PCP) serviços tecnológicos prestados selecionados nos editais por empresas especializadas públicos de inovação lançados No site do metalsul: em tecnologia e inovação, as pelo Sebrae. quais irão buscar soluções para E n c o n t r a - s e a r e l a ç ã o otimizar os resultados da O público alvo são as micro e completa dos serviços gestão, aperfeiçoar processos pequenas empresas dos cobertos pelo Sebratec. ou produtos da pequena setores de comércio, indústria, empresa, tornando-a mais serviços e agro negócios cujo Para mais informações entre em competitiva e melhor preparada faturamento anual não ultrapas- contato com o Sebrae de Volta para o mercado. se o valor previsto na Lei Geral. Redonda pelos telefones: (24) e Todas as prestadoras de Entre os serviços atendidos pelo Contato: Patrícia Rocha Moura s e r v i ç o s d o P r o g r a m a programa Sebratec com aporte Coordenadora de Projetos Sebraetec são empresas de d e a p e n a s 2 0 % d e base tecnológica, previamente contratpartida para a Micro e FONTE:SEBRAE CONVÊNIOS CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA ASSOCIADOS FACULDADE DOM BOSCO 15% nos cursos de graduação. Para outros cursos e integrantes da família, os descontos serão informados pela Secretaria. Contato: Coordenação de Benefícios Telefone: (24) UBM UNIVERSIDADE DE BARRA MANSA Informações na Secretaria. Contato: Vânia Carvalho Telefone: (24) FASF E ICT 20% nos cursos da Educação Infantil até a Pós Graduação. Contato: Coordenação Geral Telefone: (24) FERP 20% nos cursos de Graduação e Pós Graduação. Contato: Depto. Financeiro Telefone: (24) ALIANÇA BROKERS SEGUROS Especializados em consultoria e corretagem de seguros Contatos: Márcia Stornelli Lemos Telefone: (24) MICROLINS 50% no valor da matrícula, 40% nas parcelas de todos os cursos. Telefone: (24) Assessoria, Construções e Serviços Elétrico, Mecânico e Civil Tecnologia & Segurança. Rua Vereador Francisco Evangelista Delgado, São Lucas - CEP Volta Redonda-RJ Telefax: (24) /

6 PÁG-06 COLUNA TECNOLOGIA COLUNA JURÍDICA Por: Cláudia Regina Por Christian de Souza Comitre Lima A IMPORTÂNCIA DOS SINDICATOS NO DESEMPENHO DAS EMPRESAS Uma andorinha só não faz verão, a um Sindicato corre o sério risco ses, para ter força perante os seus sua força quando está unido aos o ditado é bem antigo, mas de pagar mal, e assim pagar duas empregados por ocasião das seus pares, pois quem busca continua sendo válido ainda nos vezes, ou seja, pagará novamente negociações salariais, e também orientação antes de agir, com toda dias atuais. na Justiça aquela verba paga de perante o governo, para reivindicar certeza não precisará de socorro forma errada, ou com nomenclatu- benefícios para o seu setor de na hora do litígio, pois o mesmo No Direito, costumamos dizer: ra equivocada. atuação, sejam eles relacionados certamente não acontecerá. E Quem paga mal, paga duas aos impostos, incentivos para ainda que surja, através de alguma vezes. Algumas vezes, o empregador ampliação de negócios, e tantos aventura jurídica, não encontrará oferece aos seus funcionários outros. abrigo na Justiça, pois o Direito é Essas duas expressões se aplicam benefícios que sequer foram feito de provas. perfeitamente às Empresas, sejam contemplados na Convenção O Sindicato, através de sua elas de quaisquer segmentos ou Coletiva, e ao mesmo tempo, deixa diretoria, luta para fazer chegar aos Nesse sentido, vale dizer que a área de atuação. de cumprir ítens basilares da seus associados toda sorte de união faz a força. E principalmente relação de trabalho, além de outros benefícios, dando-lhes voz em que prevenir é bem melhor que A Empresa que se associa ao previstos na Convenção. todas as questões nacionais remediar! Sindicato que abrange a sua área através de suas federações e de atuação, conta com maior poder O resultado de tudo isso pode ser confederações. Dúvidas? Entre em contato pelo de negociação junto ao Sindicato observado, diariamente, nas salas dos Empregados, contando ainda de audiências do TRT Tribunal A Assessoria Jurídica oferecida com as vantagens que só um Regional do Trabalho, onde pelos Sindicatos aos seus grupo forte pode conseguir junto dezenas de audiências são associados visa exatamente evitar ao mercado e ao governo. realizadas, as quais poderiam ser que o empresário venha a evitadas com a simples observân- enfrentar litígios desnecessários, Uma Empresa sindicalizada será cia e cumprimento da Legislação diminuindo ou até mesmo zerando alcançada e beneficiada por todas Trabalhista e obediência à o passivo trabalhista de sua as vantagens obtidas nas negocia- Convenção Coletiva da Categoria. empresa. ções que antecedem a Convenção Coletiva da Categoria, a qual Uma categoria profissional que Nessa linha de raciocínio, a norteia as relações Patrão X não possui um Sindicato que a Advocacia Preventiva apresenta- Empregado, durante a sua represente é uma categoria fraca. se como única via a ser percorrida vigência. E o mesmo acontece com as pelo empresário que tenha uma Empresas, que precisam estar visão moderna de sua área de A Empresa que não está associada unidas em torno de seus interes- atuação, tenha a noção exata de Advogada formada pelo Centro Universitário de Barra Mansa no ano de 1987, especialista em Direito Civil e Direito Processual Civil pelo Centro Universitário de Volta Redonda UNIFOA, Secretária-Geral nas gestões de , e da Ordem dos Advogados do Brasil, subseção Volta Redonda/RJ, com larga atuação nas áreas de Direito Civil, Direito de Família, Responsabilidade Civil, Direito do Consumidor e Direito Trabalhista.

7 PÁG-07 APL METALMECÂNICO PARTICIPA DE DEBATE COM OS FRANCESES APL METALMECÂNICO MÉDIO PARAÍBA FLUMINENSE O APL (Arranjo Produtivo Local) e inovações", explicou Henrique. Mecânica Metalmecânico do Médio Paraíba Fluminense, participou Durante a mesa redonda foram A mesa redonda Brasil x França em São Paulo, de uma mesa apresentados projetos colabora- aconteceu paralela a 29ª edição redonda entre empresários tivos de polos franceses aos da Feira Internacional da franceses e representantes dos APL's brasileiros. M e c â n i c a, r e a l i z a d a n o principais APL's brasileiros. Anhembi, em São Paulo. A Durante o evento - promovido O objetivo foi compartilhar a g o v e r n a n ç a d o A P L p e l o M i n i s t é r i o d o pesquisa francesa na área de Metalmecânico do Médio Desenvolvimento, Indústria e materiais e procedimentos para Paraíba Fluminense, formada Comércio Exterior (MDIC) e pela indústrias de transporte, energia, pelo Metalsul, Firjan, Sebrae e Agência Francesa para o robótica, mecatrônica e sistemas Governo do Estado do Rio de Desenvolvimento Internacional de inteligência. Do lado brasilei- Janeiro, levou uma caravana de de Empresas (UBIFRANCE) - ro, foram apresentadas as ações 30 empresários ao evento. foram debatidas ações colabora- dos APL's e seu impacto na. tivas entre empresas brasileiras economia regional.. "A feira é a mais tradicional e francesas.. mostra industrial da América Ao final do encontro foi assinado Latina e uma oportunidade para O presidente do Metalsul, um protocolo entre os polos de os empresários da região Henrique Carneiro, compôs a competitividade franceses e os encontrarem as empresas mais mesa principal do evento, A P L ' b r a s i l e i r o s v i s a n d o importantes do mercado, conferir r e p r e s e n t a n d o o A P L cooperação na área de inova- lançamentos e o que há de novo Metalmecânico. "Nossa intenção ção. "As oportunidades de em tecnologia e buscar aperfeifoi estabelecer parcerias com celebração de parceiras com ç o a m e n t o p r o f i s s i o n a l ", empresas e polos de competitivi- empresas francesas se mostra- argumentou Henrique. dade franceses, visando, no ram reais e factíveis no médio futuro, compartilhar experiências prazo", avaliou Henrique. FONTE:FOLLOW CONVÊNIOS EDS - CONSULTORIA EM PROCESSOS DE GESTÃO EMPRESARIAL Contato: Domingos Sávio Telefone: (24) (21) SISTEMA FIRJAN Desconto de 15% nas atividades. Contato: Gerência Regional Firjan Sul Fluminense Telefone: (24) UNIDAS RENT A CAR Locações de Veículos Contato: Alessandra Protilho Telefone: (24) EQ Engenharia e Qualidade Prestação de serviços de consultoria para implantação de sistemas de gestão da qualidade Contatos: Sérgio Ricardo Bastos Telefone: (24) Desde 1946 COMBUSTÍVEIS TROCA DE ÓLEO FILTROS Rua São Sebastião, n Edifício Garagem - 2 andar Centro - Barra Mansa - RJ Planos de fornecimento para empresas BARRA MANSA - VOLTA REDONDA - RESENDE - BARRA DO PIRAÍ (24)

8 PÁG-08 Cartão de benefícios Metalsul O c a r t ã o d e b e n e f í c i o s As empresas associadas já corporativos do Metalsul traz aos podem solicitar seus cartões junto associados, descontos e preços à secretaria do Metalsul, pelo diferenciados em diversoss telefone (24) estabelecimentos comerciais e Participe utilizando o cartão e prestadores de serviço de nossa sugerindo ao Metalsul novos Região. estabelecimentos! GERENCIAMENTO POR PROCESSO A qualidade é discutida desde a era do artesão até os dias de hoje como uma resposta às necessidades da humanidade. Essa evolução da qualidade foi sustentada pelo modelo de administração proposto por Taylor, Fayol e Ford, que definiu a organização como um conjunto de departamentos funcionais para permitir um aumento de sua produtividade. Esse modelo apresentou seu esgotamento na década de 70 e com a globalização da economia não foi capaz de assegurar a competitividade. Segundo Porter (1985), a vantagem competitiva somente pode ser compreendida ao se analisar a empresa como um todo. O gerenciamento por processos, e não por departamentos, permite a avaliação contínua, análise e melhoria do desempenho dos processos que mais impactam a satisfação dos clientes e acionistas da empresa. Ligue já! (24) ESTABELECIMENTOS CREDENCIADOS Hotel Palmeira Imperial Valença Hotel Escola Bela Vista Restaurante Gaia Grill Restaurante Hobby Top Tour Turismo Esse modelo de gestão impõe: a) trabalho em equipe, com desenvolvimento de habilidades, aumento da autoridade e maior satisfação no trabalho; b) definição e controle de requisitos e indicadores de desempenho para clientes internos e externos; c) procedimentos simplificados e burocracia reduzida; d) estabelecimento de consenso na visão, direcionamento e prioridades dos processos. O controle e a capacidade do processo devem sempre ser avaliados em termos de requisitos dos clientes e dos negócios.

9 PÁG-09 SEMANA DE NEGÓCIOS 2012 A terceira edição da Semana de Negócios do APL Metalmecânico do Médio Paraíba Fluminense acontece entre os dias 15 e 17 de agosto. O objetivo é aproximar e m p r e s a s c o m p r a d o r a s e fornecedoras, fomentando a geração de negócios. Durante a Semana de Negócios, serão desenvolvidas as seguintes atividades: Encontros de Negócios: Neles, micro, pequenas e médias empresas têm a oportunidade de se aproximar de empresas-âncora que possuem representatividade nacional, através do contato direto com os compradores destas organizações. Nas edições anteriores, a média de negócios fechados alcançou marcas superiores a de R$ 15 milhões. Workshop RioSul Automotivo: Fórum de debates sobre as oportunidades de desenvolvimento da cadeia de fornecedores e de mão de obra da região, com a participação de empresas multinacionais do setor. Salão da Pequena Empresa: Local onde micro, pequenas e médias empresas têm espaço para negociação e exposição de seus produtos e serviços. Na edição de 2011, mais de 150 empresas diferentes estiveram presentes no Salão, que se mostra como uma oportunidade de fomento à novas parcerias e negócios. Orientação ao Empresário: Serviço promovido pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro com o objetivo de levar aos empresários informações sobre crédito, inovação tecnológica, registro de marcas e patentes e apoio à atividade industrial. Atendimento a Projetos de Inovação: Informações sobre projetos e editais de Inovação Tecnológica com atendimento individualizado, realizado pelo Sistema FIRJAN. Palestras Técnicas: Com conteúdo técnico, direcionadas aos profissionais do setor metalmecânico e automotivo. As palestras são ministradas por especialistas dos Centros de Tecnologia SENAI Rio, Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Sebrae. Palestras Política de Compras: Gestores de compras e contratos de empresas-âncora do evento apresentam a política de compras e aquisição de grandes empresas. Mais informações: Participe da Rodada de Negócios Estande das empresasancoras PSA-Peugeot Citroen e Guardian na edição de Nesta edição as negociões entre MPE s e grandes empresas movimentaram mais de R$ 15 milhões em negócios. Grandes empresas compram Pequenas empresas fornecem inscrições e informações com o Sebrae de Volta Redonda pelo telefone: (24) com Patrícia Rocha Moura TP TASK POWER PRODUTOS E SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL LTDA - MONTAGEM DE EQUIPAMENTOS - INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS - MANUTENÇÃO MECÂNICA - MANUTENÇÃO ELÉTRICA - MANUTENÇÃO HIDRÁULICA - CALDEIRARIA - USINAGEM DE CAMPO - JATEAMENTO - PINTURA INDUSTRIAL - ASSESSORIA E CONSULTORIA (24) (24) CLIENTES Sede: Rua General Oswaldo Pinto da Veiga nº 350 sala 920 Pontual Shopping - Vila Santa Cecília - Volta Redonda - RJ - CEP Unidade fabril: Av. Nossa Senhora do Amparo nº 1322 Voldac Volta Redonda RJ CEP

10 PÁG-10 COLUNA DE GESTÃO Por: Guilhermo Queiroz A SOLIDÃO DA DECISÃO Penso que tomar uma decisão, mos adequadamente para tomar decidir, uma responsabilidade corretamente os nossos valores acima de tudo, é um ato solitário. as decisões que um dia de muito grande. Seja como líder de (princípios) e decidindo com a Certa vez, li que o empreendedo- trabalho irá nos exigir. Não uma empresa, uma equipe ou consciência de que as consequênrismo é uma das atividades mais tomamos os cuidados necessários como técnico de uma equipe de cias serão nossa responsabilidasolitárias que existem, com o a um processo decisório, tais futebol de fim de semana, nossa de. passar dos anos eu pude constatar como, nos cercar de todas as responsabilidade é enorme, pois que esta é uma grande verdade. informações acerca do cenário ou temos que tomar decisões que Desejo, sinceramente, que todos do contexto em que esta decisão sejam a expressão do melhor nós sejamos cada dia melhores Por mais que existam inúmeras está inserida. Raramente nos caminho para todos, independente em nossas decisões. Que nosso pessoas de extrema confiança e preocupamos em ouvir todas as do reconhecimento disto dentro da aprendizado seja contínuo e que a capacidade ao nosso redor, partes envolvidas com temperan- própria equipe. solidão da decisão seja substituída quando se trata de decidir, não é ça e cuidado para evitarmos pela alegria conjunta da vitória em possível simplesmente delegar injustiças. Mais uma vez mencionando um tudo que nossas empresas, esta responsabilidade. Podemos filme que assisti, numa cena de departamentos ou times fizerem. contar com conselhos, avaliar Quando faço uma autoanálise INVICTUS, Nelson Mandela possibilidades em conjunto e até totalmente crítica, percebo quanto (Morgan Freeman), diz que seu Forte abraço em todos e mesmo dividir uma decisão com falho no meu cotidiano e quanto papel de líder naquela circunstân- SUCESSO! um colegiado. Mas não podemos, quero ser melhor na hora de cia é mostrar ao seu povo que ele em hipótese alguma, fugir das decidir. Percebo que toda está errado e afirma que se tivesse consequências das nossas mudança significativa deve medo de ser julgado impopular por decisões, o que significa que, começar de dentro e que as uma decisão, não merecia ter sido mesmo tendo a decisão sido pessoas que compõem comigo um escolhido líder por seu povo. t o m a d a c o n j u n t a m e n t e, a time esperam justamente que eu Sabedoria de uma lenda retratada responsabilidade por ela recairá seja cada dia maior e mais justo. no cinema de forma brilhante. necessariamente sobre o líder. Sabendo distinguir o certo do errado, respeitando os valores da Por menores que sejam nossas Aqui, percebo uma grande lacuna empresa que criamos e assumin- decisões, tenhamos a consciência em nossa classe empresarial, pois do as consequências das decisões da importância delas para as poucos de nós estamos efetiva- que tomamos. pessoas interessadas. Sejamos mente prontos para tomar capazes de avaliar todo o contexto decisões. Fazemos isto todos os Nós temos, em qualquer circuns- e os interesses em jogo, buscando dias, mas raramente nos prepara- tância onde somos obrigados a todas as informações, avaliando Guilhermo Pinheiro de Queiroz, Empreendedor Endeavor, Diretor de Atendimento e Relacionamento TOTVS em s u a s U n i d a d e s n o S u l Fluminense e Baixada Santista, Pós-Graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e Especializado em Gestão de Serviços pelo IBMEC-SP. Contatos através do

11 PÁG-11 QUEDA NA INDÚSTRIA NACIONAL SE REFLETE NA REGIÃO POR: HENRIQUE ALMEIDA CARNEIRO A retração no crescimento da enfrentados pela indústria indústria nacional é a redução dos indústria brasileira surtiu impacto poderiam ser ainda mais graves custos de produção, declarou no Sul Fluminense. Segundo o se não fossem as medidas Henrique. presidente do Metalsul (Sindicato emergenciais adotadas pelo das Indústrias Metalmecânicas do governo desde o ano passado, Em contrapartida aos dados Médio Paraíba), Henrique nas duas edições do Plano Brasil negativos, o Sistema Firjan Carneiro, o polo automobilístico Maior, como desoneração da divulgou esta semana que o Sul da região das Agulhas Negras folha de pagamento e estímulo Fluminense vai receber investisentiu os efeitos do recuo do aos investimentos. Essas mentos que somam R$ 14,1 índice nacional. Não temos os medidas tentam reverter esse bilhões, no período de 2012 a dados estatísticos da nossa quadro, mas o momento é de Angra dos Reis terá a maior região para precisarmos o muita incerteza por causa da crise concentração de valor, com impacto, mas houve, sim, uma econômica na Europa, que pode empreendimentos como a percepção de queda, principal- gerar problemas de liquidez, implantação da Usina Nuclear mente na MAN Caminhões e suas afirmou o presidente do Metalsul. Angra 3. Resende também está subsidiárias, afirmou Henrique. em destaque, com a implantação O presidente do Metalsul avalia da fábrica da Renault-Nissan de Segundo o IBGE, a produção ainda que a redução da taxa automóveis e a expansão da industrial caiu em 12 dos 14 básica de juros e a desvalorização fábrica MAN Latin America. Além estados pesquisados. O estado do real diante do dólar vão disso, Porto Real terá a expansão do Rio de Janeiro, no acumulado estimular a economia nos da fábrica PSA Peugeot Citroën e do primeiro quadrimestre de 2012, próximos meses, mas não serão Itatiaia a expansão da fábrica a redução da atividade industrial suficientes para mudar o panora- Michelin. atingiu (-7,5%). Para o IBGE, a ma no longo prazo. Os impactos queda na produção foi particular- da redução dos juros básicos Não apenas sendo otimista, o mente influenciada pela menor sobre a produção industrial, por fato é que hoje as cidades de fabricação de bens de consumo exemplo, vamos perceber mais nossa região, em sua grande duráveis (automóveis, motos, claramente a partir do segundo maioria, estão investindo ou televisores e celulares) e de bens semestre. A recente desvaloriza- r e c e b e n d o i n v e s t i m e n t o s de capital (especialmente ção do real também deve dar um p r i v a d o s e m l o t e a m e n t o s caminhões, caminhão-trator para impulso de curto prazo, principal- empresarias. Isso comprova que reboques e semirreboques e mente nos setores voltados para a por aqui basta liberar o terreno veículos para transporte de exportação e nos que sofrem forte que veremos empresas surgindo, mercadorias). concorrência dos importados. pontuou o presidente do Metalsul. Entretanto o que de fato pode Para Henrique, os problemas aumentar a competitividade da FONTE: FOLLOW Semana de Negócios do APL a 17 de agosto Reserve já o stande de sua empresa (24) CURSOS MBA E PÓS GRADUAÇÃO COM VAGAS DISPONÍVEIS MBMPE MASTER BUSINESS MPE GESTÃO DA MICRO E PEQUENA EMPRESA MBI MASTER BUSINESS INDUSTRY GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL MBRail ENGENHARIA FERROVIÁRIA TRANSPORTE DE PASSAGEIROS MBRail ENGENHARIA FERROVIÁRIA TRANSPORTE DE CARGAS Campus CEPEFER - Paraíba do Sul - Tel: (24) Rua Visconde de Paraíba, 26 - Centro - Paraíba do Sul - Rio de Janeiro

12 PÁG-12 O BRASIL E O MUNDO EM ALERTA! Governo lança medidas para proteger o país da crise internacional O governo anunciou medidas para redução de salários e cortes nos mento da PIS/Confins nos segmenestimular o consumo. É o sétimo benefícios trabalhistas. Ele apontou tos de autopeças, têxteis e calçapacote para enfrentar a crise que a opção brasileira é diferencia- dos. Eles deixarão de pagar o tributo internacional. O governo repete uma da, pois não prejudica os trabalha- em abril e maio e passarão a fazê-lo fórmula já usada para enfrentar a dores. "O Brasil fará de maneira em novembro e dezembro. crise internacional. oposta à dos países avançados. O objetivo é beneficiar, sobretudo, o Vamos desonerar a folha de Preocupado em dar impulso às setor industrial. De acordo com o pagamento, reduzindo o INSS, sem vendas externas, o Palácio do secretário da Receita Federal, prejudicar trabalhadores. Com a Planalto também incluiu no pacote Carlos Alberto Barreto, a renúncia redução do custo salarial, as medidas para baixar o custo de fiscal total do governo em 12 meses empresas poderão buscar mais financiamento desta atividade. O se aproxima de 10 bilhões de reais. trabalhadores e formalizar", governo ampliará, portanto, o destacou. programa de exportação, o qual O ministro da Fazenda, Guido passará de um orçamento de 800 Mantega, atribuiu à conjuntura A desoneração beneficiará destaca- milhões de reais para 1,6 bilhão de internacional e apenas a ela a damente os seguintes setores: têxtil, reais. Além disso, os prazos para razão da baixa competitividade dos com renúncia fiscal anual de 550 equalização serão ampliados de dez produtos brasileiros e afirmou que milhões de reais; confecções, couro a quinze anos. as medidas ajudarão a economia do e calçados, com benefício de 632 país a sobreviver a 2013 que, na milhões de reais; móveis, plásticos, O ministro da Fazenda confirmou avaliação dele, será "difícil" para material elétrico, autopeças, ônibus, que o Palácio continuará adotando todo o mundo. naval, aérea, mecânica, bens de medidas de defesa comercial, como capital, hotéis, tecnologia de a que foi tomada em relação às O ministro anunciou a desoneração informação, call center e design, importações automotivas do de 20% da contribuição patronal com redução tributária de 7,2 México, no início do mês. No sobre a folha de pagamentos de bilhões de reais ao ano. entanto, não admitiu se tratar de empresas de treze setores Mantega lembrou a renovação da protecionismo. "Não é protecionisindustriais em troca de uma norma que desonera a carga mo. O Brasil é contra o protecionistributação de 1% sobre o faturamen- tributária incidente sobre produtos mo. Mas não podemos ficar to. da chamada linha branca, destacan- assistindo inertes ao protecionismo do, no entanto, que sua vigência é disfarçado que determinados países Na avaliação do ministro Mantega, de curto prazo (até junho). praticam", afirmou. boa parte dos países tem conseguido baixar os custos da indústria por O governo federal também decidiu meio de medidas perversas: a postergar os prazos para recolhi- FONTE: O GLOBO Soluções integradas em serviços A Abreu Beneficiamento Ltd., aliou competência e qualidade para oferecer o mais completo e diferenciado centro de processamento e beneficiamento de metais do eixo Rio-São Paulo e continua investindo para melhor atender ao seu público. Continuamos acreditando no crescimento do país e desenvolvimento do setor metalmecânico anunciando a entrada em operação de novos equipamentos. Nossos produtos e serviços são certificados pela ISO 9001: DNV Rodovia dos Metalúrgicos Casa de Pedra - Volta Redonda - RJ CEP Tel (24) Fax (24)

13 PÁG-13 ENTREVISTA DO MÊS Guilherme de Paula Coutinho Filho Sócio diretor - EASE Engenharia Nesta edição, O Metalsul Notícias ração de produtos de grande A segunda questão é que os primeiras camadas são até fáceis entrevista o Sr. Guilherme de influência na cadeia produtiva via economistas acreditam que existe de tirar, mas à medida em que se Paula Coutinho Filho, sócio diretor redução de impostos, injeção de um grande endividamento dos aprofunda no trabalho, fica mais da EASE Engenharia. Guilherme moeda na economia com consumidores e que estes ardido e há muitas lágrimas a se fala sobre as medidas de apoio diminuição do depósito compulsó- estariam mais cuidadosos antes derramar. anunciadas pelo Governo Federal rio dos bancos comerciais ao de ir às compras, o que felizmente e do cenário macro econômico Banco Central, incentivos à parece que não está acontecendo, [ M E TA L S U L N O T Í C I A S ] mundial. concessão de crédito ao consumi- face aos dados recentes que Atualmente vários países vêm dor e algumas medidas com o apontam o crescimento de vendas tomando medidas protecionistas. [METALSUL NOTÍCIAS] Quais objetivo de fortalecer a indústria no varejo. Como o Sr. encara esta política? os principais pontos anunciados nacional via conteúdo local e pelo governo para a proteção da melhorias no programa do BNDES [METALSUL NOTÍCIAS] Em seu [GUILHERME DE PAULA] Nada indústria nacional? d e S U S T E N T A Ç Ã O A O ponto de vista, quais medidas o de diferente do que foi feito desde CRESCIMENTO (BNDES-PSI). governo deve tomar para proteger muito antes de Adam Smith [GUILHERME DE PAULA] Na Ou seja nada de muito novo, e alavancar a indústria nacional? colocar no papel os princípios verdade as recentes medidas apenas com um pouco mais de básicos da economia. adotadas pelo governo não têm o ênfase. [GUILHERME DE PAULA] Mais objetivo específico de proteger o uma vez gostaria de dizer que não A teoria do Livre Comércio é uma setor industrial. Quando isto [METALSUL NOTÍCIAS] Na crise se trata apenas da indústria, mas maravilha, desde que seja ocorre é mais um saudável efeito econômica mundial de 2008, da economia como um todo. praticada pelos outros. Quem tem colateral. medidas semelhantes foram que brigar pelo livre comércio são adotadas e o resultado para Os nossos problemas e as as economias que não têm O objetivo das medidas adotadas proteção econômica do Brasil medidas que precisam ser mercado interno. Não existe pais é de inverter a contínua queda do funcionou. Será que nos garantire- adotadas para sua solução são de no mundo que não tenha adotado PIB. As taxas de crescimento do mos apenas com o aumento do natureza estruturais e de conheci- ou adote medidas de proteção PIB vêm diminuindo de forma consumo desta vez? mento de todos: Governo, para os setores de sua economia constante desde o primeiro oposição, empresários e, acredito que não tenha a robustez trimestre de 2010, sendo que a [GUILHERME DE PAULA] A até de grande parte da popula- desejada. última taxa trimestral divulgada foi primeira consideração a se fazer é ção. de 0,2%. que estas medidas são conjuntu- O que é preciso considerar é que rais, tipo uma injeção de adrenali- Se olharmos para trás veremos as medidas protecionistas são um Pior do que o baixo valor é a na na economia. Não que não que já evoluímos muito e vejo no remédio a ser aplicado na dose constante tendência de queda. As devam, ser adotadas, pelo governo atual muita disposição certa e durante o tempo necessámedidas adotadas seguem o contrario. Porém não podemos para atacar nossos problemas rio. Como todo remédio,se não for receituário básico de incentivo ao ficar só no apagar incêndio, estruturais. bem dosado vira veneno! consumo, ou seja, redução da medidas estruturantes também taxa referencial de juros, desone- precisam ser adotadas. É como descascar uma cebola. As FONTE: MULTI

14 PÁG-14 COLUNA EMPRESARIAL Por: Domingos Sávio VOCÊ É FELIZ NO SEU TRABALHO? Em tempos que o fantasma do gestores e suas remunerações salarial que induz os altos executivos empresa e pode ser convidado a apagão de líderes anda assom- atuais, ainda assim planejam deixar a ponderarem sobre a decisão de experimentar um novo desafio em brando o mercado de trabalho, a as organizações. trocar ou não de empresa. São vários outra organização. Mesmo que o atração e a retenção desses os fatores determinantes. Muitos salário não seja mais alto, a profissionais tornam-se grandes Para cargos de altos executivos, o executivos podem estar satisfeitos possibilidade de realizar algo desafios. O estudo Inside Employees mercado no Brasil é bastante com o cargo que ocupam, mas diferente é, de certo modo, animado- Minds, realizado pela Mercer, divergente, ressalta Elaine Saad, acabam recebendo propostas ra e muitas vezes a troca de emprego prestadora de serviços de consultoria vice-presidente da ABRH-Nacional atraentes, não somente em relação a se dá por esse fator. É uma necessiem recursos humanos, outsourcing e Associação Brasileira de Recursos salário/benefícios, mas também dade de deixar um legado, algo que investimentos, aponta que no Brasil, Humanos: Nos últimos dois anos outros que envolvem aspectos que faça que sejamos lembrados, além, é embora 80% dos entrevistados tivemos uma procura muito grande podem fazê-lo aceitar a mudança. claro, de nos sentirmos profissionalestejam satisfeitos com seus por profissionais desse nível. Isso fez Esses fatores atualmente têm sido mente realizados, completa. empregos, 67% dos altos executivos com que os salários dos executivos mais importantes, tanto para os afirmaram ter a intenção de deixar as brasileiros subissem muito, atingindo profissionais com mais de 40 anos de O clima organizacional também é um empresas nas quais trabalham no níveis maiores que nos Estados idade, quanto para aqueles entre 30 fator relevante para a mudança de momento. Diante desses dados, o Unidos e na Europa. Quando falamos e 40 anos. A qualidade de vida, o emprego, porém ele é mais determique dizem os especialistas sobre tais sobre líderes, o assunto é ainda mais número exacerbado de viagens e o nante para sair de uma empresa do atitudes e comportamentos por parte complexo, pois o profissional pode acúmulo de tarefas têm feito muitos que para entrar, constata o coordenados profissionais? E as organiza- ser um bom gestor, um bom deles repensarem qual é o seu dor. Um executivo poderá procurar ções, quais medidas estão tomando executivo, mas necessita amadure- verdadeiro propósito na vida e o que outro emprego devido a não ou devem tomar para reverter cer na área de liderança. Com esse precisam para realizá-lo adequada- conseguir se relacionar bem com as esse quadro? cenário, ocorre uma escassez de mente, complementa a vice- pessoas de seu trabalho, mas líderes e uma alta procura por presidente da ABRH-Nacional. dificilmente se escolherá outra O cenário atual As empresas profissionais eficientes nessa instituição pelo clima organizacional brasileiras se desenvolveram competência. Na opinião de Alexandre Ferreira que ela apresenta. Isso só pode ser economicamente e tal crescimento Rolim, coordenador do curso de realmente conhecido com a evidenciou, também, uma melhoria Fatores decisórios De acordo administração da Faculdade IBS experiência, opina. nos ambientes de trabalho, gerando, com a pesquisa, 80% dos entrevista- Business School FGV, um dos consequentemente, maior rotativida- dos no Brasil estão satisfeitos com fatores que determina a permanência Na edição deste mês da revista de de pessoal, na busca por salários seus empregos. O que leva, então, de um executivo em uma empresa é Liderança (www.lideraonline.- mais altos e melhores oportunidades. 67% dos altos executivos terem a a possibilidade de realizar algo com.br), você encontra os dez intenção de deixar as empresas nas diferente ou de enfrentar um novo fatores mais valorizados pelos altos É o que justifica a atitude dos quais trabalham? desafio. Segundo ele, um profissio- executivos no momento de decidir funcionários, que embora estejam nal pode estar assumindo uma boa por continuar ou não nas empresas satisfeitos com seus empregos, seus Certamente não é apenas a questão posição em uma determinada em que trabalham. Projetos Caldeiraria Estruturas Metálicas (24)

15 PÁG-15 CURSOS DO UBM RECEBEM NOTA 4 DOS AVALIADORES DO MEC simuladas, como audiências e mini fórum. Convênios com instituições públicas e privadas para o desen- volvimento de ações de responsabi- lidade social também são fundamentais para um bom resultado na avaliação do MEC. O Projeto de A t e n d i m e n t o a o Microempreendedor Individual, desenvolvido pelos nossos acadêmicos e a Prefeitura Municipal de Barra Mansa PMBM, é um exemplo de que estamos no caminho certo, declarou. Os cursos de Música (Licenciatura) e Direito do UBM Centro Universitário de Barra Mansa, receberam a visita dos avaliadores do MEC Ministério da Educação, no mês de maio, e os dois conquistaram nota 4 (onde a máxima é 5). DIREITO Segundo a coordenadora do curso, Marlene T. Iusten Nowak, o resultado alcançado pelo curso de Direito reforça a política de prestação de um ensino de qualidade da Instituição. Os últimos investimentos feitos pelo MÚSICA UBM no curso, o comprometimento e a qualidade do corpo docente e a O coordenador do curso, Luis participação dos acadêmicos na Gustavo Torres Cruz, comentou adoção das novas políticas sobre a importância dessa nota. A implementadas no curso, foram obtenção do conceito 4 na avaliaalguns fatores responsáveis por ção do MEC para o reconhecimento mais esta conquista, ressaltou a da licenciatura em música do UBM coordenadora. foi uma grande conquista para a cidade, para a Instituição e para De acordo com ela, a Instituição toda a região. investe na capacitação do corpo docente, possibilitando a formação Considerando que o conceito de mestres e doutores e na máximo 5 é uma raridade, é fato reestruturação de espaços físicos indiscutível que nosso curso, único que compõem a infraestrutura do na região, está situado entre os curso como as salas de aula. Além melhores do País, afirmou. disso, os espaços foram modernizados para adequação do estágio, visando à realização de atividades FONTE: NCS/UBM (24)

16 PÁG-16 COLUNA DE METROLOGIA Por: Felipe Kovags A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE DE QUALIDADE NO PROCESSO INDUSTRIAL O tema controle de qualidade é tão norma ISO 9001, a qualidade Custos: importante no meio industrial que exigida principalmente pela decidi reeditar a primeira Coluna indústria automobilística força as Falhas externas de Metrologia. Essa reedição tem empresas fornecedoras a se Falhas internas por objetivo chamar a atenção dos aperfeiçoarem cada vez mais. empresários quanto à importância Avaliação do tema e como essa operação Além disso, as empresas pode ajudá-lo na conquista e precisam superar sempre as Prevenção Figura 1 manutenção dos clientes, na expectativas de seus clientes. E do controle da qualidade. A Os custos com prevenção estão redução do custo de produção e como fazer isso? Um caminho mesma ilustra, em três momentos, ligados a aquisição de novos no aumento da qualidade do possível é oferecer serviços e os custos totais da qualidade. equipamentos e sistemas de produto fabricado. produtos com maior qualidade e Quando não se investe em custos medição, além de pessoas menor preço. Nessa edição darei com avaliação e prevenção a envolvidas na área de qualidade e O controle de qualidade é uma das algumas dicas para conquistar o empresa gasta mais com custos a manutenção e calibração de operações mais importantes da mercado. em falhas internas, que são: equipamentos. metrologia industrial. Cada desperdícios de energia, matéria- Os custos com avaliação estão produto, componente ou sistema Para conseguir o ponto ótimo para prima e mão-de-obra gastas com vinculados a realização de devem atender às especificações qualquer processo de produção ou ítens reprovados, atrasando a programas de auditorias internas e de forma que possa ser cumprido sistema de prestação de serviço, produção da empresa, além dos externas (clientes e organismos com qualidade as funções para as utilizar a operação controle de altos custos com produtos certificadores). quais foram desenhadas, com o qualidade torna-se imprescindível. defeituosos. Já os custos com as menor número de erro possível. A O empresário pode, no primeiro falhas externas, estão atrelados à O esforço pela qualidade tem um qualidade de produtos e serviços é momento, enxergar como custo o p e r d a d e c l i e n t e s p a r a custo. Mas a não qualidade tem um requisito fundamental para a controle de qualidade. No entanto, concorrência e recall de produtos um custo maior ainda! sobrevivência de qualquer os custos com a qualidade para troca ou consertos, tendo empresa. quando usados de forma correta como conseqüência prejuízo na Felipe Kovags, M.Sc. Mestre em tornam-se um investimento. imagem da empresa. Metrologia, Qualidade e Inovação Com a globalização, a exigência Podem ser naturalmente pagos, já pela PUC-Rio. Gerente da RKP da elevada qualidade com o que agregam valor ao processo de Quando os custos com avaliação e Serviços Metrológicos e de menor custo possível tornou-se produção e prestação de serviço. prevenção são maiores, são Inovação. vital para se ultrapassar limites, e minimizados os custos com falhas além do mercado interno, Na Figura 1 podemos observar a internas, podendo diminuir os Contato: o: concorrer no externo. Por meio da importância da qualidade por meio custos com falhas externas. KSA Informática Soluções para Identificação Automática e Captura de Dados através de Código de Barras Vendas e Assistência Técnica TUBOS VÁLVULAS CONEXÕES Leitores de código de barras Coletores de dados Impressora de transferência térmica Portáteis Mesa Industriais Equipamentos customizados para cada necessidade da empresa com até 4 anos de garantia. Rua Simão da Cunha Gago, Salas 403 e Aterrado Volta Redonda - RJ, Tel: (24) CONDUÇÃO E LIGAÇÃO MADOQ É A SOLUÇÃO! Via Almirante Adalberto de Barros Nunes, Belmonte - Volta Redonda/RJ Tel (24)

17 PÁG-17 EMPRESAS DO METALSUL NA INTERNET A partir deste mês, serão exclusiva com sua história, fotos realizadas pesquisas nas e mostra virtual de seus produtos empresas associadas com o e serviços. intuito de atualização dos seus dados cadastrais, produtos e A Central de Negócios serviços que vende e compra Sistema com o objetivo de para a criação da página do descobrir novos clientes e associado no site e inserção da fornecedores para as empresas empresa na Central de Negócios associadas a partir do cruzamendo Metalsul. to dos produtos que as empresas compram e vendem. Todos os dados e página poderão ser posteriormente atualizados Participe! pelas empresas mediante o Para mais informações entre em acesso à Área do Associado no contato com Lennon - Multi site do Metalsul. através do A página da empresa (24) Permite que cada empresa tenha no site do Metalsul uma área FONTE: MULTI A F.A.S. Trainer é um centro de treinamento e consultoria esportiva que utiliza a Ed. Física, Nutrição e Fisioterapia para prestar serviços relacionados ao fitness, bem-estar, à saúde e rendimento desportivo voltado para atletas. Visando otimizar o treinamento e melhorar os resultados, a F.A.S. Trainer atua com uma equipe multidisciplinar que avalia, analisa e prescreve as atividades de acordo com suas necessidades físicas individuais e biológicas, visando levá-lo ao mais alto nível de capacidade física e bem-estar durante e após a prática de sua modalidade esportiva. METALSUL TEM NOVO DIRETOR FINANCEIRO A partir do mês de junho, a diretoria de finanças do Metalsul passa a ser coordenada pelo Sr. José Augusto de Macedo da empresa AAbreu Beneficiamento de Aço, em substituição ao Sr. Hélio Haydt da empresa TOTVS. FONTE: METALSUL Cobertura do Figorelli Shopping Barra Mansa - Tel (24) CONSULTE AS CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA ASSOCIADOS AO METALSUL LABORATÓRIO DE DETECÇÃO DE GASES SEGURANÇA DO TRABALHO MEDICINA OCUPACIONAL UNIDADE MÓVEL TREINAMENTO Rua 2, n Conforto - Volta Redonda/RJ Tel(24) / (24) site: /

18 PÁG-18 COLUNA DE INOVAÇÃO Por: Glaudson Bastos INOVAÇÃO ALIMENTA OTIMISMO NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA Mais de 200 executivos de 75 nunca antes visto. Há, por um - Migrar do regime multi-sourcing empresas, entre montadoras, lado, um movimento de demanda (vários fornecedores) para dualfornecedores e redes de conces- por carros econômicos em função sourcing - dois fornecedores sionárias, participaram da da escalada de preços de (31%). pesquisa da Booz & Company, combustível e por outro uma - Criar elementos de redundância tradicional consultoria americana típica demanda reprimida, já nos suprimentos (19%). sobre o índice de otimismo na que a idade média da frota de cadeia automotiva. 93% dos carros de passeio naquele País O u t r o s e s f o r ç o s t a m b é m respondentes neste survey chegou a uma média de 10 anos c a r a c t e r i z á v e i s c o m o d e disseram estar enxergando a (com registros de km em inovação organizacional foram indústria automotiva mais forte média). assim identificados. Entre os neste ano de 2012 em compara- respondentes no grupo de ção com o mesmo período do ano Naturalmente, tanto lá, como cá fabricantes de autopeças passado (a pesquisa de campo não basta haver demanda (OEMs), as medidas são: ocorreu no 1º quadrimestre de reprimida ou oferta creditícia. Um 2012). A pesquisa traçou ainda grau de esforço planejado e -Disciplinar a produção para uma estimativa de 14 milhões de executado precisa entrar em reduzir inventário/estoque (48% veículos produzidos na América pauta, o que já alcunhamos aqui dos respondentes). em 2012, um incremento de cerca de lógica coerente de sustenta- - Aprimorar relações de confiança de 9% ano a ano. ção de crescimento. Por exemplo, com consumidor (46%). em termos de gestão de risco, - Melhoria de produto (34%). Não há dúvida de que a indústria algo que podemos classificar automotiva voltou à tona. No caso como inovação organizacional, Paz e bem e até a próxima edição, americano, que já pode ser as medidas que estão sendo se Deus quiser! chamado de US recovery, parte executadas pela indústria do crescimento é devido a automotiva são: Glaudson Bastos, M.Sc. Gerente lançamentos de veículos novos e de Projetos da Logike Associados inovadores em termos de nível de - Desenvolver planos de contin- S/C e Membro Individual do d e s e m p e n h o, t e c n o l o g i a, genciamento em conjunto com Project Management Institute, recursos de segurança e fornecedores (51% dos respon- Inc. (PMI). eficiência no consumo de dentes). combustível, um esforço conjunto - Identificar riscos e desenvolver Contatos através do e ordenado de aprimoramento planos de resposta (42%). CONVÊNIOS UNIMED VOLTA REDONDA Unimed Fácil Nacional, Estadual, Regional e Local (Enfermaria e apartamento); Contato: Daniela Almeida Consultora de negócios Telefone: (24) / WORLD SEG - Medicina e Segurança do Trabalho Convênio de prestação de serviços nas áreas de segurança e medicina do trabalho. Contato: Gabriela M. Gonçalves Gerente do Setor Comercial Telefone: (24) / UNIODONTO Coletivo Adesão: R$ 13,93 por cliente titular. Contato: Dr. Vicente de Paulo Fajardo. Telefone: (24) AMIL SAÚDE Amil Dental - R$ 11, 90 por usuário Amil Saúde Contato: Bem Querer Seguros Telefone: (24) SICOOB CREDIROCHAS Prestação de serviços financeiros com condições e taxas diferenciadas. Contato: Alexandre Pereira Caneda Telefone: (24) / (24) Irmãos Martini Ltda. LOCAÇÃO DE EMPILHADEIRAS: UM INDISCUTÍVEL BENEFÍCIO PARA SUA EMPRESA TUBULAÇÕES Logística e Soluções para Movimentação de Cargas e Armazenagem. ASSISTÊNCIA TÉCNICA - LOCAÇÃO - ESTOQUE DE PEÇAS Av. Domingos Mariano Centro - Barra Mansa/RJ.:. (24) :.

19 PÁG-19 Serviços de Engenharia com qualidade certificada e tecnologia Elétrica Mecânica Civil Presidente do Metalsul ministra palestra no UBM sobre o APL Metalmecânico O presidente do Metalsul, do Campus Cicuta, para os Henrique Almeida Carneiro, acadêmicos e professores dos ministrou, no dia 22 de maio, cursos de Engenharia de palestra para alunos do UBM Produção, Engenharia de (Centro Universitário de Barra C o n t r o l e e A u t o m a ç ã o, Mansa). Henrique abordou o Engenharia de Petróleo e tema A importância da APL Engenharia da Computação, (Arranjo Produtivo Local) todos oferecidos no Campus Metalmecânica para o crescimen- Cicuta. O evento contou também to do mercado de trabalho na com a participação de empresáregião Sul Fluminense. rios, totalizando mais de 400 espectadores. O evento foi realizado no auditório FONTE: FOLLOW CARAVANAS DO APL 2012 Os associados do Metalsul terão a disposição o seguinte calendário de feiras, sem custo, para até 2 participantes por empresa associada. Participe! 23/08 Semana Rio Industrial Riocentro/RJ Estrada Governador Chagas Freitas, 1831 Colônia Santo Antônio Barra Mansa RJ. Cep: Telefones : (024) / (024) / (024) Site: 20/09 Rio Oil & Gás Rio de Janeiro/RJ (24) PONTE ROLANTE REFORMA REPOTENCIALIZAÇÃO CONSTRUÇÃO PROJETOS RUA 221 N BAIRRO CONFORTO - VOLTA REDONDA - RJ

20 PÁG-20 AGENDA DE CURSOS DO SENAI CURSO Operação de Guindaste UNIDADE Angra dos Reis Mais informações: ou * Vagas limitadas. A matrícula será efetuada conforme ordem de chegada. * Para início das turmas faz-se necessário um número mínimo de inscritos. * O Senai-RJ reserva-se ao direito de alterar, cancelar ou transferir as datas do curso, conforme configurações da demanda. INÍCIO 07/07 DIAS Sábado HORÁRIO 09h às 18h HORAS 30h Operação de Empilhadeiras Instalação de Sistemas de Comandos Elétricos Eletricista Industrial Caldeiraria de fabricação e montagem industrial Manutenção Mecânica Industrial Angra dos Reis Barra do Piraí Barra Mansa Barra Mansa Barra Mansa Mendes 02/07 Segunda a quarta-feira 18h às 22h 30h 04/07 Terça e quinta-feira 18h às 22h 120h 18/06 Segunda a sexta-feira 18h às 22h 568h 07/07 Sábado 09h às 18h 200h 20/06 Segunda a quinta-feira 18h30 às 21h30 320h Medição Industrial Básico de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade NR-10 Valença Volta Redonda 10/07 13/07 Terça e quarta-feira Segunda a sexta-feira 19h às 22h 19h às 22h 40h 40h Técnicas Básicas de Instrumentação Volta Redonda 16/08 Segunda a quinta-feira 18h às 22h 60h Operação de Ponte Rolante Volta Redonda 08/07 Segunda Segunda a sexta-feira a sexta-feira18h às 22h 28h AGENDA DE CURSOS DO SEBRAE Análise e Planejamento Financeiro Dias: 12 a 15 de Junho Horário: 18h30 as 22h30 Investimento: R$ 100,00 Oficina SEI Vender (MEl) Dia: 25 de Junho Horário: 18h as 21h Investimento: R$ 40,00 Estratégias Empresariais Palestra: 04 de Julho as 19 horas Cursodias 10, 17, 24 e 31 de Julho Investimento: R$ 1.000,00 Cursos realizados na ACIAP/BM. Informações na agência do Sebrae mais próxima de sua empresa. Participe! O curso de estratégias empresariais inclui consultoria individualizda e o valor dá direito a dois participantes por empresa. ANUNCIE NO METALSUL NOTÍCIAS EDIÇÃO IMPRESSA E DIGITAL VOLTADA PARA GESTORES E DIRETORES DAS EMPRESAS DE NOSSA REGIÃO.. UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE DIVULGAÇÃO DE SEU NEGÓCIO NO SEGMENTO INDUSTRIAL. ENTRE EM CONTATO E CONHEÇA NOSSOS PLANOS DE DIVULGAÇÃO. Comercial:(24) GRÁFICA DRUMMOND (24)

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

Perfil Sócio Econômico Projetos Região Médio Paraíba. Escritório Regional do Médio Paraíba Abril de 2011

Perfil Sócio Econômico Projetos Região Médio Paraíba. Escritório Regional do Médio Paraíba Abril de 2011 Perfil Sócio Econômico Projetos Região Médio Paraíba Escritório Regional do Médio Paraíba Abril de 2011 Contextualização da Região Mapa da Região Municípios da Região Itatiaia; Quatis Resende Porto Real

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

ENCONTROS DE NEGÓCIOS ORIENTAÇÃO EMPRESARIAL PALESTRAS EXPOSIÇÃO DE EMPRESAS

ENCONTROS DE NEGÓCIOS ORIENTAÇÃO EMPRESARIAL PALESTRAS EXPOSIÇÃO DE EMPRESAS ENCONTROS DE NEGÓCIOS ORIENTAÇÃO EMPRESARIAL PALESTRAS EXPOSIÇÃO DE EMPRESAS SEMANA DE NEGÓCIOS 2014 O EVENTO A Semana de Negócios Metalmecânica do Médio Paraíba Fluminense de 2014 acontece entre os dias

Leia mais

Cartão BNDES. Volta Redonda RJ. 06 de abril de 2011

Cartão BNDES. Volta Redonda RJ. 06 de abril de 2011 Cartão BNDES Volta Redonda RJ 06 de abril de 2011 Cartão BNDES Baseado no conceito de cartão de crédito, visa financiar de forma ágil e simplificada os investimentos das MPMEs. Como Funciona? Ambiente

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas As MPE s como eixo central de cadeias produtivas Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Madrid Outubro 2012 MPEs Importância, Desafios e Contribuições

Leia mais

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás Acordo de Parceria - Convênios 2011 AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás ACORDO DE PARCERIA - CONVÊNIOS 2011 Preparada Por: Empreza Educação e Serviços

Leia mais

Conhecer o cenário de atuação de micro e pequenas empresas é fundamental para subsidiar estratégias de atuação do Sebrae junto a esses negócios.

Conhecer o cenário de atuação de micro e pequenas empresas é fundamental para subsidiar estratégias de atuação do Sebrae junto a esses negócios. Conhecer o cenário de atuação de micro e pequenas empresas é fundamental para subsidiar estratégias de atuação do Sebrae junto a esses negócios. Só assim é possível identificar oportunidades de melhorias

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

A Engenharia e o Desenvolvimento Regional. Palestrante: Prof. Dr. Ivaldo Leão Ferreira Professor Adjunto II VEM/EEIMVR/UFF

A Engenharia e o Desenvolvimento Regional. Palestrante: Prof. Dr. Ivaldo Leão Ferreira Professor Adjunto II VEM/EEIMVR/UFF A Engenharia e o Desenvolvimento Regional A Engenharia e o Desenvolvimento Regional Resumo A importância da qualidade e diversidade na formação do corpo de engenheiros regionais e a integração da indústria

Leia mais

Palestra MPME. 30 de junho de 2011

Palestra MPME. 30 de junho de 2011 Palestra MPME 30 de junho de 2011 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Operações Indiretas Instituições financeiras credenciadas pelo BNDES Empresário Informação e Relacionamento

Leia mais

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA LINHAS DE FINANCIAMENTO E ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO 13 / 4 / 09 ACESSO AO CRÉDITO PARA AS MICROS E

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

ESCRITÓRIO MODELO DA FACULDADE DO GUARUJÁ.

ESCRITÓRIO MODELO DA FACULDADE DO GUARUJÁ. ESCRITÓRIO MODELO DA FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros Agosto/2013 Introdução É notória nos dias de hoje a dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego nas empresas

Leia mais

Carga Horária e Duração

Carga Horária e Duração Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing (sábado). Público - Alvo Indicado para recém-formados e jovens profissionais. Objetivo do Curso Capacitação gerencial em geral, com ênfase na área de Marketing,

Leia mais

Indicadores de Evolução das Pequenas Empresas Pós Capacitação para Fornecimento à CPP&G.

Indicadores de Evolução das Pequenas Empresas Pós Capacitação para Fornecimento à CPP&G. Indicadores de Evolução das Pequenas Empresas Pós Capacitação para Fornecimento à CPP&G. Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 07/08/2014 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br Instituições

Leia mais

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Data: 18/04/2013 Horário: 14 às 17h30 Local: Sede do Sistema FIESC Objetivo do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC: Incrementar e Promover

Leia mais

Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC. São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013

Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC. São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013 Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013 Agenda 1. Informações Institucionais 2. Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 12/2010

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 12/2010 CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 12/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO DE PROCESSO PRODUTIVO E PRODUTO Contatos Luiz

Leia mais

Sede Sebrae Nacional

Sede Sebrae Nacional Sede Sebrae Nacional Somos o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa, uma entidade privada sem fins lucrativos, e a nossa missão é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável

Leia mais

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 A oitava reunião mensal do ano da Comissão Trabalhista e de Gestão Empresarial superou as expectativas. 50 representantes

Leia mais

O SEBRAE NA RIO + 20 A pequena empresa como protagonista

O SEBRAE NA RIO + 20 A pequena empresa como protagonista Page 1 of 6 AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DESTAQUE: Conheça as publicações do Sebrae relacionadas à sustentabilidade. O SEBRAE NA RIO + 20 A pequena empresa como protagonista Antes, durante e depois da

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA

PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO SETORIAL DO POLO DE TI&C DE SÃO CAETANO DO SUL E REGIÃO TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços em Assessoria, Consultoria e Treinamento na área de Recursos Humanos. 1. OBJETIVO Os objetivos

Leia mais

IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES

IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES IMPACTOS DA LOGÍSTICA DE SERVIÇOS NA ECONOMIA BRASILEIRA E A CONTRIBUIÇÃO DAS FACULDADES Ednilson Zanini 1 O serviço logístico tornou-se uma ferramenta importante para o desenvolvimento de relacionamentos

Leia mais

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar:

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar: Professor: Muitas razões para votar em Scolforo e Édila O QUE FOI FEITO! Quando um membro de sua comunidade seja professor (a), técnico (a) administrativo ou estudante - apresentar uma crítica sobre algo

Leia mais

Apoio às MPMEs. Sorocaba/SP. 30 de novembro de 2011

Apoio às MPMEs. Sorocaba/SP. 30 de novembro de 2011 Apoio às MPMEs Sorocaba/SP 30 de novembro de 2011 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das desigualdades sociais e regionais Áreas de atuação Inovação Infra-estrutura

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 ÁREAS DE NEGÓCIOS E ENGENHARIA O Programa Pós-Flex da Universidade Positivo possui 15 cursos voltados para

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO OBJETIVO Incrementar a economia digital do Estado de Alagoas e seus benefícios para a economia local, através de ações para qualificação, aumento de competitividade e integração das empresas e organizações

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

Recebíveis. Antecipação de Crédito Lojista ACL. BB Giro Cartões. BB Giro Recebíveis. Desconto de Cheques. Desconto de Títulos

Recebíveis. Antecipação de Crédito Lojista ACL. BB Giro Cartões. BB Giro Recebíveis. Desconto de Cheques. Desconto de Títulos Atualizada em 29/04/2015 Capital de Giro BB Capital de Giro Mix Pasep Recebíveis Antecipação de Crédito Lojista ACL Financiamento de Investimentos BB Crédito Empresa BB Giro Empresa Flex BB Giro Cartões

Leia mais

7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira

7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira 7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira Alexandre Petry * A Apex foi criada em 2003, mas funcionava desde 1997 dentro da estrutura do Sebrae. Implementa

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

Faz sentido o BNDES financiar investimentos em infraestrutura em outros países?

Faz sentido o BNDES financiar investimentos em infraestrutura em outros países? Faz sentido o BNDES financiar investimentos em infraestrutura em outros países? Marcos Mendes 1 O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tem financiado a construção de infraestrutura

Leia mais

Automotivo. setores de negócios

Automotivo. setores de negócios setores de negócios Automotivo Mais de 40% das fábricas do complexo automotivo do Brasil encontram-se em São Paulo, berço da indústria automobilística nacional. As principais empresas instaladas no Estado

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

MEDIDAS DE ESTÍMULO A ATIVIDADE ECONÔMICA NO ESTADO DE SÃO PAULO

MEDIDAS DE ESTÍMULO A ATIVIDADE ECONÔMICA NO ESTADO DE SÃO PAULO MEDIDAS DE ESTÍMULO A ATIVIDADE ECONÔMICA NO ESTADO DE Fevereiro/2009 SUMÁRIO 1. Medidas já Adotadas 2. Novas Medidas 2 Medidas já adotadas Prorrogação para 31/12/09 do prazo de 60 dias fora o mês para

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Ainda durante este ano, o Congresso Nacional poderá aprovar novas vantagens para as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional,

Leia mais

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Apresentação O Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de outubro de

Leia mais

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente GLEISON CORTINA BENASSI Estado Civil Casado, com filhos. Telefone (62) 8141-9485 - (62) 9693-2773 Natural Erechim - RS E-mail benassirs@gmail.com Redes Sociais Facebook: Gleison Benassi Linkedin: Gleison

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO - ESCOLA DE NEGÓCIOS. CURSOS: ADMINISTRAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR e CIÊNCIAS CONTÁBEIS MANUAL DE ESTÁGIO ESCOLA DE NEGÓCIOS

MANUAL DE ESTÁGIO - ESCOLA DE NEGÓCIOS. CURSOS: ADMINISTRAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR e CIÊNCIAS CONTÁBEIS MANUAL DE ESTÁGIO ESCOLA DE NEGÓCIOS MANUAL DE ESTÁGIO ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE COMÉRCIO EXTERIOR CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Profª. Dra. Neyde Lopes de Souza Prof. Ms. Luiz Vieira da Costa SUMÁRIO Pág. 1. Apresentação...

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Campinas - SP 17.mar.2015 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? Operações Indiretas N o de operações 2014*

Leia mais

Prioridades e Recomendações (2011-2014) INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA

Prioridades e Recomendações (2011-2014) INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA Prioridades e Recomendações (2011-2014) INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA Documento de Trabalho SESSÃO TEMÁTICA INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA Indicador de importância das prioridades (Resultado

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 11/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DE EMPRESAS DE MICRO, PEQUENO

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

NASCER BEM 2/59. Foto: Stock.Schng

NASCER BEM 2/59. Foto: Stock.Schng 2/59 Foto: Stock.Schng NASCER BEM OBJETIVOS: Fase 1: Fornecer informações e orientações para empreendedores que pretendem iniciar um negócio, sobretudo na elaboração do Plano de Negócio. 3/59 Foto: Stock.Schng

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 1. Considerações Gerais Os Estados Unidos, maior potência mundial e tecnológica, apresenta projeções cada vez mais otimistas. Desde 2008, no estouro da crise

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Objetivos da Aula Sistema de Gestão Ambiental 1. Sistemas de gestão ambiental em pequenas empresas Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES A Prima Consultoria A Prima Consultoria é uma empresa regional de consultoria em gestão, fundamentada no princípio de entregar produtos de valor para empresas, governo

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLÓGIA DO RN CAMPUS NATAL CENTRAL INCUBADORA TECNOLÓGICA NATAL CENTRAL - ITNC

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLÓGIA DO RN CAMPUS NATAL CENTRAL INCUBADORA TECNOLÓGICA NATAL CENTRAL - ITNC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLÓGIA DO RN CAMPUS NATAL CENTRAL INCUBADORA TECNOLÓGICA NATAL CENTRAL - ITNC EDITAL Nº 02/2015 - SELEÇÃO DE IDEIAS EMPREENDEDORAS E MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

VAGAS. Ger Supply Chain. Coord Adm Vendas / Gerente Jr

VAGAS. Ger Supply Chain. Coord Adm Vendas / Gerente Jr VAGAS Ger Supply Chain Coord Adm Vendas / Gerente Jr Superior Completo e MBA em Logística Experiência na posição de 5 anos mínimo Reporte: Diretor Industrial Inglês Fluente e desejável espanhol Reportando-se

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Franquias

Pós-Graduação em Gestão de Franquias Gestão de Franquias Pós-Graduação em Gestão de Franquias Aula Inaugural 30 de maio de 2015 Aulas aos sábados, das 8h às 15h Valor do curso: R$ 16.482,00 À vista com desconto: R$ 15.657,00 Consultar planos

Leia mais

PLANO DIRETOR 2014 2019

PLANO DIRETOR 2014 2019 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA E INOVAÇÃO INDUSTRIAL EMBRAPII PLANO DIRETOR 2014 2019 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... 4 2. MISSÃO... 8 3. VISÃO... 8 4. VALORES... 8 5. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 8 6. DIFERENCIAIS

Leia mais

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente Antônio Carlos Mantida: Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari

Leia mais

GR SOLUÇÕES EMPRESARIAIS IMPULSIONANDO A COMPETITIVIDADE DE SUA EMPRESA

GR SOLUÇÕES EMPRESARIAIS IMPULSIONANDO A COMPETITIVIDADE DE SUA EMPRESA Quem Somos: A GR Soluções Empresarias é uma empresa provedora de soluções corporativas e serviços personalizados em Advocacia, Contabilidade e Tecnologia da Informação, orientada pelos interesses das empresas

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

Processo de Negociação. Quem somos. Nossos Serviços. Clientes e Parceiros

Processo de Negociação. Quem somos. Nossos Serviços. Clientes e Parceiros Quem somos Nossos Serviços Processo de Negociação Clientes e Parceiros O NOSSO NEGÓCIO É AJUDAR EMPRESAS A RESOLVEREM PROBLEMAS DE GESTÃO Consultoria empresarial a menor custo Aumento da qualidade e da

Leia mais

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS IMPORTANTE: 1. Este documento não substitui o Comunicado 01 e constitui-se em mera síntese para divulgação das

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA A FAESA, com atuação na área de ensino há mais de 40 anos, fundou em 2004 a Faculdade de Tecnologia FAESA, CET-FAESA, que há 10 anos oferece graduações Tecnológicas de forma pioneira

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Transportadoras de Carga. São Paulo - SP 16.abr.2015

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Transportadoras de Carga. São Paulo - SP 16.abr.2015 Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Transportadoras de Carga São Paulo - SP 16.abr.2015 Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral da União Principal fonte

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Projeto Cartão de Fidelidade. 1- Do Projeto:

Projeto Cartão de Fidelidade. 1- Do Projeto: 1- Do Projeto: O projeto visa dar acesso aos associados de associações comunitárias de Rio Pardo de Minas/MG à compra de produtos em uma rede credenciada local através de um cartão de compras que garanta

Leia mais

PROJETO VITRINE. Raquel Carvalho Gravina Universidade Federal de Juiz de Fora - NIDEEM/UFJF raquelcgravina@hotmail.com

PROJETO VITRINE. Raquel Carvalho Gravina Universidade Federal de Juiz de Fora - NIDEEM/UFJF raquelcgravina@hotmail.com PROJETO VITRINE Raquel Carvalho Gravina Universidade Federal de Juiz de Fora - NIDEEM/UFJF raquelcgravina@hotmail.com Amarildo Melchiades da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF xamcoelho@terra.com.br

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

EMPRESA JÚRIOR E O SEU PAPEL NA FORMAÇÃO DO NOVO PROFISSIONAL O CASO DA FLUXO CONSULTORIA.

EMPRESA JÚRIOR E O SEU PAPEL NA FORMAÇÃO DO NOVO PROFISSIONAL O CASO DA FLUXO CONSULTORIA. EMPRESA JÚRIOR E O SEU PAPEL NA FORMAÇÃO DO NOVO PROFISSIONAL O CASO DA FLUXO CONSULTORIA. Alessandro A. da Silveira fluxo@bol.com.br Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia

Leia mais

Soluções tecnológicas aplicadas a serviços laboratoriais no apoio aos pequenos negócios

Soluções tecnológicas aplicadas a serviços laboratoriais no apoio aos pequenos negócios Soluções tecnológicas aplicadas a serviços laboratoriais no apoio aos pequenos negócios Hulda O. Giesbrecht Enqualab 2013 Congresso da Qualidade em Metrologia São Paulo, 27 de agosto de 2013 Diretoria

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER

MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER Manual Técnico MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER Versão 1.0 Agosto de 2011 ÍNDICE MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER 2 1 INTRODUÇÃO 4 1.1 HISTÓRICO

Leia mais

Comprometidos com o Futuro da Educação

Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Educação Assim se Constroem as Grandes Nações A educação é vital para criar uma cultura baseada na excelência. A demanda por

Leia mais

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Nome Desarrollo de Sistemas de Gobierno y Gestión en Empresas de Propiedad Familiar en el Perú Objetivo Contribuir

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Empresarial: as inscrições vão até 31 de março

Programa de Desenvolvimento Empresarial: as inscrições vão até 31 de março Página 02 Programa de Desenvolvimento Empresarial: as inscrições vão até 31 de março Estão abertas até o final de março, as inscrições para o Programa de Desenvolvimento Empresarial. Oferecido pelo Sebrae,

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Novembro 2009 DEPARTAMENTO REGIONAL NORDESTE - DENOR O que apoiamos Projetos de investimento em indústria, comércio e serviços aumento da capacidade

Leia mais

SEBRAEtec Diferenciação

SEBRAEtec Diferenciação SEBRAEtec Diferenciação REGULAMENTO Investir em inovação tecnológica é fundamental para a competitividade das micro e pequenas empresas gaúchas. 2 2014 Mais recursos para as MPEs representam mais desenvolvimento

Leia mais

AÇÕES INTEGRADAS Inovação e tecnologia Sistema Indústria incentiva projetos de inovação 4

AÇÕES INTEGRADAS Inovação e tecnologia Sistema Indústria incentiva projetos de inovação 4 AÇÕES INTEGRADAS Inovação e tecnologia Sistema Indústria incentiva projetos de inovação 4 IEL Nova gestão Diretor-geral projeta crescimento do Instituto 8 Curso BSC Capacitação abrange mais de 700 funcionários

Leia mais

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA O papel das Micro e Pequenas Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA PROF. LÍVIO GIOSA Especialista em modelos de Gestão Empresarial Presidente do CENAM: Centro Nacional de Modernização

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

Analista de RH Cursando superior em área afins. Conhecimento em folha de pagamento, rescisões e cartão ponto. Horário comercial Salário 1.

Analista de RH Cursando superior em área afins. Conhecimento em folha de pagamento, rescisões e cartão ponto. Horário comercial Salário 1. SELECIONA: Analista de RH Cursando superior em área afins. Conhecimento em folha de pagamento, rescisões e cartão ponto. Horário comercial Salário 1.300,00 Auxiliar Administrativo Imobiliária Profissional

Leia mais

Marketing do Petróleo: construindo vantagens

Marketing do Petróleo: construindo vantagens Marketing do Petróleo: construindo vantagens Competitivas objetivos O setor de petróleo e gás brasileiro é considerado um dos mais promissores do mercado mundial, principalmente após as descobertas do

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

A locomotiva de concreto

A locomotiva de concreto A locomotiva de concreto 16 KPMG Business Magazine Construção civil supera período de estagnação, mas ainda há gargalos que podem comprometer o ritmo de investimentos A construção civil no Brasil não para

Leia mais

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais