CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO"

Transcrição

1 CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

2 CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO

3 2

4 CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃO HOSPITAL DE CLÍNICAS DA UFPR 1ª Edição 3

5 4

6 AUTORIDADES Reitor da UFPR Prof. Dr. Zaki Akel Sobrinho Vice-Reitor da UFPR Rogério Andrade Mulinari Diretora Geral do Hospital de Clínicas Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora de Corpo Clínico Marilise Borges Brandão Diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão Angelo Luiz Tesser Diretora da Assistência Mariângela Honório Pedrozo Diretora de Enfermagem Marilene Loewen Wall Diretor Administrativo Aristheu Lopes Negrão Diretora Financeira Vera Bandeira do Nascimento 5

7 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1. INSTITUCIONAL 2. LOCALIZAÇÃO 3. COMO SER ATENDIDO NO HC QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? É PRECISO VIR ACOMPANHADO? 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA 4. 1 ADULTO 4. 2 OBSTÉTRICO E GINECOLÓGICO 4. 3 PEDIATRIA (CRIANÇAS ATÉ 14 ANOS) 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO 5. 1 PRIMEIRA CONSULTA RETORNOS ENCAMINHAMENTOS ALTA AMBULATORIAL AMBULATÓRIOS 5.6. OFTALMOLOGIA: CENTRO DA VISÃO OUTROS SERVIÇOS QUE ACOMPANHAM O PACIENTE AMBULATORIAL 6. INTERNAÇÃO NAS UNIDADES DE ADULTOS (Prédio Central) NAS UNIDADES GINECOLÓGICAS E OBSTÉTRICAS (Prédio da Maternidade) NAS UNIDADES PEDIÁTRICAS (Crianças até 14 anos incompletos) NAS UNIDADES DO PRÉDIO DE PRONTO ATENDIMENTO OUTROS SERVIÇOS QUE ACOMPANHAM O PACIENTE INTERNADO 7. EXAMES DOPPLER TRANSCRANIANO ECOCARDIOGRAMAS e ECODOPPLERS ECOGRAFIA (ULTRASSONOGRAFIA) ECOGRAFIA OBSTÉTRICA E GINECOLÓGICA (ULTRASSOM) ELETRENCEFALOGRAMA - EEG ELETROCARDIOGRAFIA ELETRONEUROMIOGRAFIA ENDOSCOPIA DIGESTIVA ENDOSCOPIA PERORAL FUNÇÃO PULMONAR HEMODINÂMICA HOLTER E MAPA LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

8 LITOTRIPSIA MAMOGRAFIA RAIO-X TESTE ERGOMÉTRICO (TESTE DE ESFORÇO) TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA VIDEOELETRENCEFALOGRAMA 8. TERAPÊUTICA PSICOLOGIA FISIOTERAPIA, FONOAUDIOLOGIA E MUSICOTERAPIA TERAPIA OCUPACIONAL NUTRIÇÃO 9. SERVIÇOS ESPECIAIS FORNECIMENTO DE MEDICAÇÃO: FARMÁCIA AMBULATORIAL DE PROGRAMAS ESPECIAIS CÓPIAS DE PRONTUÁRIOS OUVIDORIA ATENDIMENTO ÀS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA SEXUAL 9.5. ACOLHIMENTO AO LUTO SSAL 9.6. SERVIÇO SOCIAL 9.7. CAPELANIA 10. ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO ESTÁGIOS Estágios Curriculares (Não Remunerados) Estágios para alunos da UFPR Convênios com outras instituições Estágios Não Curriculares (Remunerados) RESIDÊNCIA MÉDICA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO 11. DOE VIDA SANGUE PLAQUETAS LEITE HUMANO MEDULA ÓSSEA ÓRGÃOS OSSOS E TECIDOS 12. CIDADANIA VOLUNTARIADO FUNDAÇÃO E ASSOCIAÇÕES DE APOIO

9 APRESENTAÇÃO A Carta de Serviços ao Cidadão é um veículo de comunicação que visa facilitar o acesso aos serviços oferecidos pelo Hospital de Clínicas da UFPR. Ela tem por objetivo geral tirar as dúvidas com relação a consultas, internamentos, exames, terapêutica, serviços especiais, ensino, doação de órgãos, sangue e leite humano, além de atos filantrópicos de voluntariado e doações em geral. Trata-se da primeira edição e, portanto, não pretende esgotar todas as dúvidas, mas orientar o melhor possível. Contamos com a ajuda do cidadão/usuário para melhorar as próximas edições através de sugestões. Para tanto, acesse o site do HC, e através do menu Fale Conosco, preencha o formulário com suas dúvidas, críticas, elogios e sugestões com relação a esta Carta de Serviços ao Cidadão, usuário do HC, mas também, ao próprio site ou, qualquer serviço oferecido pela Instituição. Heda Amarante Diretora Geral Hospital de Clínicas da UFPR 8

10 1. INSTITUCIONAL 9

11 INSTITUCIONAL FALANDO UM POUCO DO HOSPITAL DE CLÍNICAS O Hospital de Clínicas (HC) é um órgão suplementar da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Foi criado a partir da necessidade da UFPR em ter um hospital para o treinamento dos alunos do curso de medicina e, também, do estado do Paraná em ter um hospital geral que atendesse à população. Com a união dessas esferas do governo, o HC foi construído e inaugurado em Atualmente, é o maior hospital público do Paraná, o terceiro hospital universitário federal do país e o único hospital de ensino, público federal, 100% SUS (Sistema Único de Saúde), Acreditado do Brasil. É um hospital de atendimento terciário, ou seja, possui estrutura tecnológica e instrumental técnico para o atendimento de casos da alta complexidade e consultas especializadas, realizando exames avançados de diagnóstico e procedimentos cirúrgicos. Está totalmente inserido no SUS e, como hospital escola da UFPR, atua na formação de diversos profissionais da área da saúde. Possui, aproximadamente, funcionários, entre médicos, profissionais de enfermagem e demais áreas. Além disso, também atuam no HC cerca de 260 professores de medicina, 250 voluntários e 307 residentes de medicina e multiprofissionais. Sua área construída contempla 63 mil m2, por onde circulam, diariamente, cerca de 11 mil pessoas. Mensalmente, são atendidos, em média, 61 mil pacientes, com internações e 850 cirurgias Missão O Hospital de Clínicas, como hospital de ensino, tem por missão, ser referência de excelência na formação de profissionais de saúde, na atenção à saúde, na inovação tecnológica e sustentabilidade, atendendo com inserção e integração na rede de serviços de saúde e nas necessidades da população. 10

12 1. 3 Visão Ser o melhor complexo hospitalar público de ensino e assistência em saúde, em todos os níveis de atenção, do país, acreditado com excelência Valores Humanização Comportamento ético e respeito ao código de conduta da instituição Cidadania Segurança Sustentabilidade Profissionalismo Gestão participativa Transparência Produção e socialização do conhecimento Comprometimento com o ensino Qualidade Inovação Integralidade 11

13 ACREDITAÇÃO Acreditação Hospitalar O Hospital de Clínicas da UFPR é o único hospital de Ensino Federal, 100% SUS em todo o Brasil a ostentar o título de Hospital Acreditado Nível 1, desde seu cinquentário em 05 de agosto de E no mês, fevereiro de 2013, acabou por deferido pelo IPASS - Instituto Paranaense de Acreditação em Serviços de Saúde junto à ONA Organização Nacional de Acreditação, órgão este que certifica o que o Instituto avalia. Hospital Amigo da Criança Outro título muito importante para o HC e para a comunidade é o Amigo da Criança oferecido pela Unesco, justamente por cumprir os meios e as práticas necessárias em prol do aleitamento materno. Este deferimento o HC mantém desde 1995, ou seja, há 18 anos. 12

14 2. LOCALIZAÇÃO 13

15 LOCALIZAÇÃO 2. 1 COMO CHEGAR AO HC? Na próxima página, apresentamos o mapa com a localização do Hospital de Clínicas da UFPR. Lembrando que o Centro da Visão, que atende aos casos de oftalmologia, está localizado em outro bairro cujo mapa e endereço, serão apresentados no item 5.6 páginas 61 à 63. HOSPITAL DE CLÍNICAS DA UFR Rua General Carneiro, 181 Bairro Alto da Glória - Curitiba Paraná Fone (41) CEP

16 M Ru a M ül le r o tu a nio nto e. A Jr. r. ad Ru vre Fai s rdo oã og Rua Leã Colégio Estadual do Paraná ua M Círculo Militar o Rua Luiz lbe ló r ia rto Ru a da G Passeio Público Rua Heitor S de Fra nça a Ru o Leã Tubo Passeio Público Rua Pres. Faria 15 orre ot n aria acanti dua Tubo Maria Clara Av.J ão os Calv se r Le Ru arlo elle Ru ap Clara Maria Rua ac Mu ho s. Carl o Iv ro Lu the lieb e ag tin Rua P re Le ão Ru Tv os ott os Ru Ag arr ag iro rne Ca eb Ru al ner sd Av. ro Ru inta Am Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro a Ru Ru a o arg am e. C ap mb Te r o ove o lia n en or j raú M.A o d ze uin ci ons ân Uba aq ma do A o ldin ac Am ral Ru ua R Rua Ru er feld sen Es au á o ian lor af Ru Estádio Major Antônio Couto Pereira gi a Tib

17 Ônibus que chegam mais próximo do HC: - Interhospitais (Passa pelos Hospitais de Curitiba e Rodoferroviária. Parar na Rua Conselheiro Araújo, esquina com a General Carneiro). - Os Ligeirinhos que fazem ponto na Estação Circulo Militar: Boqueirão, Pinheirinho, Barreirinha-São José dos Pinhais e Centro Politécnico. - Jardim Social-Batel (tem ponto em frente a Santa Casa de Curitiba na Praça Rui Barbosa e na Praça Carlos Gomes).Parar na Amintas de Barros próximo à reitoria da UFPR - Itupava-Cohab ou Detran-Vicente Machado (sai da Praça Osório). Parar na Amintas de Barros próximo à reitoria da UFPR 2. 2 Como se Localizar no HC? O Hospital de Clínicas é composto por vários prédios, chamados de anexos, e outras edificações externas que estão localizadas nas ruas em torno do Hospital. A ilustração na página seguinte, demonstra esta estrutura com a identificação dos serviços e ambulatórios para facilitar a sua localização. 16

18 17

19 18

20 3. COMO SER ATENDIDO NO HC 19

21 3. COMO SER ATENDIDO NO HC? Acesse o SIC (Serviço de Informação ao Cidadão): O Hospital de Clínicas da UFPR é totalmente público, 100% financiado pelo SUS e, por isso, não realiza qualquer atendimento particular ou via convênios. Dessa forma, todos os usuários do SUS devem seguir a seguinte regulamentação: - Realizar uma consulta com um médico numa Unidade de Saúde de sua localidade; - Caso haja necessidade,a Unidade de Saúde agendará, via internet, a consulta com um especialista da área, gerando o código de transação que autorizará seu atendimento na rede especializada. Informações Gerais sobre o SUS: a) O SUS não dá prioridades para Hospitais e/ou Profissionais, logo poderá ser agendado para qualquer Hospital e/ou profissional conveniado e com vaga. b) O médico de sua localidade deve avaliar o seu caso específico, pois essas são apenas orientações gerais. c) O Hospital só realiza exames de seus clientes, ou seja, somente após consulta com seus profissionais. d) Pacientes de outras cidades e estados, encaminhados para procedimentos de Alta Complexidade, devem obter autorização do SUS no município de origem através da Secretaria de Saúde. e) No caso de cirurgias plásticas, o SUS cobre, somente, as reparadoras. 20

22 QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS? PARA QUALQUER TIPO DE ATENDIMENTO NO HC É NECESSÁRIO APRESENTAR OS DOCUMENTOS ABAIXO Documento de Identificação com foto: Carteira de Identidade (RG) ou de Motorista; ou Certidão de Nascimento, no caso de crianças de colo. Carteirinha do HC (caso já a tenha); CPF; Cartão SUS; Comprovante de Residência (conta de luz); Número de telefones para contato; Guia de Encaminhamento fornecido pela Unidade Básica de Saúde que agendou a consulta com o Código de Transação. É PRECISO VIR ACOMPANHADO? 1. É obrigatório que as crianças venham sempre acompanhadas com pai, mãe ou tutor. 2. É recomendável que pessoas com necessidades especiais, idosos e gestantes venham com um acompanhante. 21

23 22

24 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA 23

25 4. 1 ADULTO 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA No HC, a Unidade de Urgência e Emergência Adulto (UUEA), que fica localizada no Anexo H, é responsável por prestar atendimento de Urgência e Emergência ao Adulto em estado grave, não resultante de acidentes, encaminhados pelos Centros Municipais de Urgências Médicas Boa Vista e Fazendinha (CMUM) através de seu Pronto Atendimento/SAMU. 1) COMO SER ATENDIDO NO PRONTO ATENDIMENTO ADULTO? Para o adulto receber o atendimento de urgência e emergência no Hospital de Clínicas, é necessário: Consultar na Unidade de Saúde 24h Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM) para receber encaminhamento. Preferencialmente portar: Documento de Identificação com foto: Carteira de Identidade (RG) ou de Motorista; Carteirinha do HC (caso já a tenha); CPF; Cartão SUS; Comprovante de Residência (conta de luz); Número de telefones para contato; Guia de Internamento fornecido pela Unidade Básica de Saúde que encaminhou. Se não estiver com essas informações, a família deve providenciar assim que possível. Local: HC - Prédio do Pronto Atendimento Adulto (Anexo H Andar Térreo) Telefones: (41) e (41) Horário: 24 horas 24

26 Em caso de Internação: As orientações sobre o que trazer devem ser verificadas com os profissionais de enfermagem do local da internação. Para visitar o paciente ou solicitar informações procure na Recepção Geral do Prédio Central do HC. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES PARA FAMILIARES E VISITANTES Para visitar o paciente, é necessário documento de identificação pessoal com foto. Solicitar informações com a recepção da Unidade de Urgência e Emergência Adulto (UUEA) ou na portaria central do HC ( ). ACOMPANHANTES 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA Refeições não serão fornecidas, exceto para acompanhantes de crianças e adolescentes até 18 anos, idosos a cima de 60 anos e deficientes que exijam acompanhamento, conforme critério da nutricionista da unidade. Procure permanecer junto ao seu familiar e auxiliá-lo nos cuidados básicos; Não sente nas camas; Higienize as mãos antes de entrar e ao sair da enfermaria. Pacientes e acompanhantes ambulatoriais não tem direito a refeições no hospital. 25

27 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA 4. 2 OBSTÉTRICO E GINECOLÓGICO O atendimento obstétrico e ginecológico é realizado pela Unidade da Mulher e do Recém-Nascido (UMRN) no prédio da Maternidade (anexo A) para as pacientes oriundas do próprio hospital (HC) ou encaminhadas pelos Postos de Saúde 24 horas (Centro Municipal de Urgências Médicas - CMUMs); gestantes de alto risco, referenciadas pelos Programas Mãe Curitibana; e para pré-natal e/ou parto do Programa Mãe Paranaense. Para a mulher receber o atendimento obstétrico e ginecológico de urgência e emergência no Hospital de Clínicas é necessário: Consultar na Unidade de Saúde 24h Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM), Unidade Básica de Saúde ou Mãe Curitibana para receber encaminhamento. Comparecer na recepção do Pronto Atendimento Obstétrico e Ginecológico, com a documentação necessária. Preferencialmente portar: Documento de Identificação com foto: Carteira de Identidade (RG) ou de Motorista; Carteirinha do HC (caso já a tenha); CPF; Cartão SUS; Comprovante de Residência (conta de luz); Número de telefones para contato; Guia de Internamento fornecido pela Unidade Básica de Saúde que encaminhou. Se não estiver com essas informações, a família deve providenciar assim que possível. Local: Prédio da Maternidade (Anexo A) Andar Térreo Telefones: (41) Horário: 24 horas 26

28 Serviços oferecidos em caráter de Urgência e Emergência: Obstetrícia (partos e cesáreas); Vítimas de violência sexual (homens e mulheres). Em caso de Internação Emergencial: As orientações sobre o que trazer devem ser verificadas com os profissionais de enfermagem do local da internação. Para visitar o paciente ou solicitar informações procure a Recepção da Unidade da Mulher e do Recém-Nascido, no prédio da Maternidade. ACOMPANHANTES 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA Refeições não serão fornecidas, exceto para acompanhantes de crianças e adolescentes até 18 anos, idosos a cima de 60 anos e deficientes que exijam acompanhamento, conforme critério da nutricionista da unidade. Procure permanecer junto ao seu familiar e auxiliá-lo nos cuidados básicos; Não sente nas camas; Higienize as mãos antes de entrar e ao sair da enfermaria. Pacientes e acompanhantes ambulatoriais não tem direito a refeições no hospital. 27

29 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA 4. 3 PEDIATRIA (CRIANÇAS ATÉ 14 ANOS INCOMPLETOS ) O atendimento é para pacientes de 0 a 14 anos incompletos encaminhados pelos Postos de Saúde 24 horas (Centro Municipal de Urgências Médicas - CMUM 24 horas) ou outras instituições, que tenham o HC como referência. Eles são recebidos pelo Pronto Atendimento da Pediatria, que pertence a Unidade de Pediatria (Uniped). Para a criança receber o atendimento de urgência ou emergência no Hospital de Clínicas é necessário: Consultar na Unidade de Saúde 24h Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM) para receber encaminhamento. Comparecer na recepção do P.A. Pediátrico, com os documentos necessários. No caso de internação pediátrica, procure o Serviço de Emergência Clínica Pediátrica. Preferencialmente portar: Carteira de Identidade (RG) ou Certidão de Nascimento (se não tiver RG); Carteirinha do HC (caso já a tenha); CPF; Cartão SUS; Comprovante de Residência (conta de luz); Número de telefones para contato; Guia de Internamento fornecido pela Unidade Básica de Saúde que encaminhou. Local: HC - Prédio dos Ambulatórios (Anexo B Andar Térreo); Telefone: (41) Horário: 24 horas OBS.: As crianças devem vir sempre com pai, mãe ou tutor. 28

30 Como Encontrar os Serviços Oferecidos : Rua General Carneiro 181- CEP Centro - Prédio do Anexo B Pronto Atendimento Pediátrico Térreo INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES Para visitar o paciente pediátrico, é necessário documento de identificação pessoal com foto. Solicitar informações com a recepção do Pronto Atendimento Pediátrico ou na portaria central do HC ( ). ACOMPANHANTES 4. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA Refeições não serão fornecidas, exceto para acompanhantes de crianças e adolescentes até 18 anos, idosos a cima de 60 anos e deficientes que exijam acompanhamento, conforme critério da nutricionista da unidade. Procure permanecer junto ao seu familiar e auxiliá-lo nos cuidados básicos; Não sente nas camas; Higienize as mãos antes de entrar e ao sair da enfermaria. Pacientes e acompanhantes ambulatoriais não tem direito a refeições no hospital. 29

31 30

32 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS NO SAM- SERVIÇO AMBULATORIAL MÉDICO) 31

33 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) 5. 1 PRIMEIRA CONSULTA Como Agendar a Primeira Consulta? Para receber tratamento ambulatorial no Hospital de Clínicas/UFPR é necessário: Consultar na Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência para que seja avaliada a necessidade de encaminhamento para especialista. Após receber guia de autorização de consulta para o Hospital de Clínicas/UFPR comparecer ao hospital no dia da consulta O que fazer na Primeira Consulta? Chegar na Central de Agendamento, no Andar térreo do Anexo B, meia hora antes do horário marcado para fazer o cadastro Horário: de segunda a sexta-feira, das 07h às 18h30 Informações: (41) / (41) Mais informações: no local ou pelos telefones (41) e (41) Apresentar os documentos Necessários: Documento de Identificação com foto: Carteira de Identidade (RG) ou de Motorista; ou Certidão de Nascimento, no caso de crianças de colo. Carteirinha do HC (caso já a tenha); CPF; Cartão SUS; Comprovante de Residência (conta de luz); Número de telefones para contato; Guia de Encaminhamento fornecido pela Unidade Básica de Saúde que agendou a consulta com o Código de Transação. 32

34 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) Após o cadastro, o paciente será encaminhado para o local da consulta (SAM- SERVIÇO AMBULATORIAL MÉDICO) No local da Primeira Consulta O Paciente deve chegar no dia e horário indicados em sua carteirinha HC, entregá-la no balcão de atendimento de seu ambulatório (SAM) e aguardar ser chamado na sala de espera. As indicações e dúvidas clínicas devem ser esclarecidas com o médico durante a consulta, assim como solicitações de atestados e declarações. OBS: SAM (SERVIÇO AMBULATORIAL MÉDICO) é um conjunto de consultórios localizados no anexo B do HC ou em casas externas com a finalidade de consultas médicas eletivas. Os SAMs são identificados por números (SAM1, SAM2, etc...). Sua localização específica pode ser verificada nas placas de sinalização, na entrada do anexo B com funcionários da portaria ou com voluntários do programa Posso Ajudar?. Modelo de carteirinha utilizada no Hospital de Clínicas da UFPR 33

35 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) RETORNOS Após o atendimento médico, se o paciente obtiver uma solicitação de retorno deve dirigir se ao balcão do SAM ( Secretaria de Ambulatório Médico) em que a consulta foi realizada. Nesse local, terá informações sobre a marcação de sua consulta e de exames, se requisitados pelo médico. Para tirar qualquer dúvida a respeito da marcação de consultas e exames, favor entrar em contato com a Central de Agendamentos: No dia da consulta de retorno, o paciente deve chegar no horário indicado em sua carteirinha HC, entregá-la no balcão de atendimento de seu ambulatório (SAM) e aguardar ser chamado. Local: Central de Agendamentos Térreo do anexo B Horário: de segunda a sexta-feira, das 07h às 18h30 Informações: (41) / (41)

36 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) ENCAMINHAMENTOS Os encaminhamentos de consultas para novas especialidades e exames devem ser verificados no balcão dos SAM s (Secretaria de Ambulatório Médico) em que o paciente recebeu atendimento. Conforme mencionado anteriormente (procedimento para consultas retorno), nesse local terá todas as informações sobre a marcação de sua consulta e de exames requisitados pelo médico. Caso exista a necessidade de encaminhamento para a internação ou ainda a alta do ambulatório a própria equipe médica orientará o procedimento. Consultas não relacionadas ao problema de saúde inicial que originou a consulta especilizada poderão ser marcadas para outras unidades através da Unidade Básica de Saúde de sua localidade (por exemplo, consultas de rotina para ginecologia, dermatologia, clínica médica geral e outras). 35

37 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) ALTA AMBULATORIAL O médico pode dar alta ambulatorial ao paciente da sua clínica nos casos de: 1- Alta por finalidade de tratamento. 2- Alta da especialidade com encaminhamento ( contra- referência) para dar continuidade ao controle na Unidade Básica de Saúde de sua localidade. Novos atendimentos, quando necessários, deverão ser procurados na Unidade Básica de Saúde de sua localidade. 36

38 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) AMBULATÓRIOS SAM 1 37 Térreo do Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Cirurgia Cardiovascular Cirurgia do Aparelho Digestivo Cirurgia Pediátrica Geral 77 Cardiovascular 96 Transplante cardíaco 400 Pós-transplante cardíaco 597 Marcapasso 627 Cirurgia torácica Cirurgia do aparelho digestivo Cirurgia aparelho digestivo casa 144 Cirurgia pediátrica 326 Cirurgia pediátrica urologia Clínica Geral 631 Amb. receita e declaração Dermatologia 128 Dermato pediatria Neurologia 245 Neurologia segmento P.A. Ortopedia Coluna Geral 73 Ortopedia coluna Pré operatório orto coluna Pós operatório orto coluna 31 Ortopedia oncologia 118 Ortopedia pé 119 Ortopedia pé diabético 120 Ortopedia pós operatório 206 Ortopedia pediátrica 207 Ortopedia geral adulto Ortopedia medicina esportiva Ortopedia pediatria

39 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 1 Térreo do Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição 210 Ortopedia hemofilia 211 Ortopedia casa Geral 212 Ortopedia pediatria 213 Serviço social hemofilia Ortopedia 214 Hemofilia radiosinoviartese Joelho 215 Ortopedia joelho Mão 280 Ortopedia mao Neoplasia 433 Ortopedia tumor Ombro 539 Ortopedia ombro Quadril Traumatologia 590 Ortopedia quadril 612 Ortopedia prótese Pediatria 646 Geral Pneumologia 682 Ortopedia trauma infectado Orto lesão medular traumática Segmento infância e adolescente Pneumo alergia/imuno pediatria 38

40 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 2 Térreo do Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Cardiologia Dermatologia Gastroenterologia Genética Infectologia Pediatria Geral Hepatologia Geral 127 Cardiologia pediatria 129 Dermatologia pediatria 563 Dermatopediatria procedimentos 142 Gastro pediatria 143 Hepato pediatria 407 Pos transp hepatico pediatria 122 Genética pediátrica 595 Clinica médica pediatria 123 Infectologia pediátrica Aids 238 Infectologia pediatria Geral Pneumologia 377 Psicologia Infantil 121 Clínica pediátrica 490 Clinica médica pediatrica 632 Amb. recita e declaração Alergia/imunologia pediatrica 479 Psicologia dermato pediatria

41 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 3 1º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Anestesiologia 32 Cardiologia/anestesiologia Cardiologia Cirurgia Plástica Cirurgia geral Geral Cardiologia geral adulto 64 Cardio retorno internados 567 Cardiologia receitas 828 Cardiopatia congênita 592 Cirurgia plástica triagem 687 Curativo cirurgia plastica Cirurgia plástica retornos Nutrição cirurgia bariátrica Psicologia cirurgia bariátrica Psiquiatria cirur. bariátrica 661 Pré cirurgia bariátrica Clínica geral 633 Amb receita e declaração Endocrinologia 662 Pós cirurgia bariatrica Enfermagem 360 Curativos Gastroenterologia 234 Gastropediatria Infectologia 30 Infectologia geral Infecto vitimas de violencia Infecto pediatria tuberculose 564 Infectologia HIV

42 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 3 1º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Infectologia Nutrição Geral Micoses 33 AIDS Exposição a material biológico Infectologia geral adulto 62 Infectologia geral adulto 531 HIV e HBV 576 Infectologia receitas 21 Nutrição clínica 290 Nutrição infecto 292 Nutrição cirurgia geral Ortopedia 660 Orto triagem sms Proteção infância/ Pediatria 546 adolescência Geral 75 Pneumo dpoc Pneumologia Fibrose cística adulto 610 Mucoviscidose 124 Pneumo dpoc muito grave Infecto micoses/leishmaniose Alergia/imunologiapediatria Mucoviscidose-fibrosecistica Serviço Social 349 Serviço social infectologia Geral Terapia Ocupacional 514 T.O. reumato 41

43 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 4 1º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Dermatologia geral 80 Dermato cabelos e unhas 251 Dermato procedimentos Dermatologia 437 Dermatologia c.a.s.a. Geral 529 Dermatologia psoríase 552 Dermatologia pediatria 559 Oncodermatologia 583 Dermato fototerapia 634 Amb receita e declaração Serviço Social 522 Serviço social hanseníase SAM 5 1º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Cardiologia Endocrinologia 713 Pós cirurgia bariátrica Geral 11 Gastro novos Arritmias cardíacas 410 Cardiologia geral adulto 620 Cardiologia adulto prioridade Clínica Geral 37 Clínica médica adulto 635 Amb. receita e declaração Gastroenterologia 12 Gastro retornos 42 Gastro geral adulto 98 Doenças bileo pancreáticas 428 Gastro casa 527 Gastro inicial adulto

44 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 5 1º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Gastroenterologia Psicologia Hepatologia 13 Hepatologia geral adulto Doença intestinal 104 Doenca intestinal Alcoolismo 105 Hepatopatias alcóolicas Hepatologia Doença intestinal 354 Hepatologia vírus adulto 601 Hepatologia extra 602 Hepatologia vírus extra 603 Hepatologia receita 604 Hepatologia t.m.o. 825 Hepatologia pesquisa Doença inflamatória intestinal 585 Psicologia cardiologia 228 Dependências químicas Psquiatria Geral 395 Transtorno humor/ ansiedade 405 Esquizofrenia psiquiatria 700 Reumatologia 714 Serviço Social 265 Depend. química funcionário Reumatologia geral adulto Serviço social depend. química 43

45 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 6 1º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Cardiologia Clínica Geral Pneumologia Reumatologia Geral Dislipidemias 99 Cardio residentes Clínica médica adulto 636 Amb. receita e declaração 6 Pneumologia asma bronquica 16 Pneumologia geral 416 Pneumologia retorno 434 Pneumologia casa 497 Pneumologia hipertensão pulmonar 611 Asma difícil controle 677 Pneumo mutirão 17 Espondiloartrite e gota 287 Reumatologia inicial adulto 327 Reumatologia lupus 348 Artrite reumatóide 357 Fibromialgia 396 Reumatologia/infiltração 435 Reumatologia casa 470 Reumatologia geral adulto 484 Artrite aguda 496 Osteoporose 569 Artrite reumatoide adulto 645 Esclerodermia 715 Reumatologia receitas 716 Reumatologia infusão 718 Reumatologia corrona

46 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 7 2º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Cardiologia Cirurgia Cardiovascular Geral Anticoagulantes 369 Doença de chagas 375 Cardiologia geral adulto 632 Cardiologia célula tronco Clínica Geral 637 Amb. receita e declaração Endocrinologia 826 Angiodema hereditário Gastroenterologia Pneumologia Urologia Psicologia Hepatologia Geral 221 Hepatologia transplante 402 Pós-transplante hepático 125 Mucoviscidose 438 Alergia/imunologia pediatria 485 Pneumologia geral adulto Fibrose cística recém nato Infantil 85 Psicologia infantil AIDS 87 Psicologia infecto Geral 343 Psicologia urologia 451 Psicologia diabetes Psicologia adulto Psicologia retorno internação 28 Urologia inicial adulto 29 Urologia retornos adulto 41 Urologia pediatria 283 Urologia litíase 284 Urologia bexiga neurogênica

47 5. ATENDIMENTO AMBULATORIAL ELETIVO (CONSULTAS) SAM 7 2º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Urologia 285 Urologia ginecologia Geral 286 Urologia oncologia 436 Urologia c.a.s.a. 493 Urologia litotripsia Andrologia 200 Uro andrologia Pediatria 244 Urologia pediatria SAM 8 2º andar Anexo B Telefone (41) Especialidade Subespecialidade Código Descrição Anestesiologia Cardiologia Cirurgia geral Clínica geral Geral 97 Anestesiologia 3 Cardiologia geral adulto 427 Cardiologia casa 618 Cardiologia geral adulto 65 Cirurgia geral 425 Cirurgia geral casa Curativo ferida cirur. pós operatório Neoplasia aparelho digestivo Coloproctologia 66 Cirurgia coloproctologia Geral 638 Amb receita e declaração Acupuntura Acupuntura 46

Acupuntura AMN 3º andar

Acupuntura AMN 3º andar Relação de Setores e Serviços Setor / Serviço Unidade Localização Acupuntura 3º andar Aleitamento Materno CPPHO 1º andar Alergia 1º pav., ala 2 Alergo Imunologia Pediátrica CPPHO Térreo Almoxarifado 1º

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃOADÃO

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃOADÃO CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃOADÃO Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. Rua Visconde de Paranaguá, nº 24 Campus Saúde CEP: 96.200-190 Bairro Centro Rio Grande Rio Grande do Sul/RS Brasil Acesso

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 006 Médico - Anestesiologia

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS

QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS QUESTIONÁRIO PARA O SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL PARA MÉDICOS, PSICÓLOGOS, FISIOTERAPEUTAS E DEMAIS PRESTADORES DE SERVIÇOS MÉDICOS O objetivo deste questionário é analisar as atividades

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Alergia

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 802 Médico Alergia e

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INFORMAÇÕES GERAIS 1 - A Residência em Medicina constitui modalidade de ensino de pós-graduação, destinada

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 004 Médico - Alergia e Imunologia

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 Dispõe sobre convênio de reconhecimento de especialidades médicas firmado entre o Conselho Federal de Medicina CFM, a Associação

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 Diário Oficial da União; Poder Executivo, Brasília, DF, n. 81, 29 abr.2002. Seção 1, p. 265-66 Alterada pela Resolução CFM nº 1666/03 (Anexo II) O CONSELHO

Leia mais

REQUISITOS E DOCUMENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE CONTRATO P.M.E

REQUISITOS E DOCUMENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE CONTRATO P.M.E REQUISITOS E DOCUMENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE CONTRATO P.M.E REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA FORMATAÇÃO DO CONTRATO: - Possuir um CNPJ; - Contrato Social, Contrato Individual ou MEI (Micro Empresa Individual);

Leia mais

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014 CATEGORIA_DIVULGAÇÃO ESPECIALIDADE_DIVULGAÇÃO NOME_FANTASIA_PONTO BAIRRO_PONTO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO LABORATORIO / ANATOMIA PATOLOGICA CEDACLIN CENTRO SERVIÇO DE TERAPIA FISIOTERAPIA CEMED IMAGEM CENTRO

Leia mais

LISTA TELEFÔNICA DO HCE LOCALIZAÇÃO DDD PABX RAMAL RITEX + RAMAL CENTRAL TELEFÔNICA

LISTA TELEFÔNICA DO HCE LOCALIZAÇÃO DDD PABX RAMAL RITEX + RAMAL CENTRAL TELEFÔNICA LISTA TELEFÔNICA DO HCE LOCALIZAÇÃO DDD PABX RAMAL RITEX + RAMAL CENTRAL TELEFÔNICA 21 3891 7000 816+Ramal DIREÇÃO Gabinete do Diretor 21 Tel. Direto 3860-6570 Gabinete do Diretor (FAX) 21 Tel. Direto

Leia mais

PROGRAMA DATA LOCAL E INFORMAÇÕES HORÁRIO

PROGRAMA DATA LOCAL E INFORMAÇÕES HORÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - SANTA CASA DE PORTO ALEGRE COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CALENDÁRIO DA 2ª

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192)

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Página 1 de 17 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.666/2003, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 02/2015 EBSERH/HE-UFPEL EDITAL N 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ

CONCURSO PÚBLICO 02/2015 EBSERH/HE-UFPEL EDITAL N 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ Gabarito Preliminar CONCURSO PÚBLICO 02/2015 EBSERH/HE-UFPEL EDITAL N 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ MÉDICO - ALERGIA E IMUNOLOGIA D A B E C D D C A B C C E A E E B B E B D A C D A MÉDICO

Leia mais

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR

Leia mais

Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 *****

Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 ***** Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 ***** Ementa: Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM n.º 1.634/2002, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

ALAGOAS MACEIÓ URGÊNCIA GERAL URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA

ALAGOAS MACEIÓ URGÊNCIA GERAL URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA URGÊNCIA GERAL ALAGOAS URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL MACEIÓ URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA RUA HUGO CORREIA PAES, 253. farol FONE: (82) 2123-7000 REDE CONTRATADA PARA

Leia mais

SELEÇÃO UNIFICADA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO CEARÁ - SURCE 2014/2015

SELEÇÃO UNIFICADA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO CEARÁ - SURCE 2014/2015 SELEÇÃO UNIFICADA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO CEARÁ - SURCE 2014/2015 ANEXO II - PROGRAMAS / VAGAS / INSTITUIÇÕES As vagas ofertadas são de total responsabilidade de cada uma das respectivas instituições

Leia mais

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 1663, DE 02 DE JULHO DE 2012. Aprova o detalhamento das funções/especialidades dos cargos do Quadro Permanente da Função Saúde da Administração Pública

Leia mais

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85 01 - ÁREAS BÁSICAS COM ACESSO DIRETO 1 ANESTESIOLOGIA - 3 ANOS 15 165 11,0 2 CIRURGIA GERAL - 2 ANOS 46 211 4,6 3 CLÍNICA MÉDICA - 2 ANOS 54 275 5,1 4 DERMATOLOGIA - 3 ANOS 5 88 17,6 5 INFECTOLOGIA - 3

Leia mais

ANEXO I. Centro de Saúde nº 1 Unidade Mista 508/509 Sul. Ortopedia e Traumatologia. Ortopedia e Traumatologia. Radiologia e Diagnóstico por Imagem

ANEXO I. Centro de Saúde nº 1 Unidade Mista 508/509 Sul. Ortopedia e Traumatologia. Ortopedia e Traumatologia. Radiologia e Diagnóstico por Imagem ANEXO I QUADRO DE VAGAS - Processo Seletivo para Preceptoria dos Programas de Residência Médica Seleção 2014/1 Opção de Vaga Unidade de Saúde/SES Programa de Residência de Cargo Local de execução das atividades

Leia mais

ANEXO I CARGOS, VAGAS, VENCIMENTO INICIAL, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS MÍNIMOS EXIGIDOS, E TAXA DE INSCRIÇÃO. Vencimento Inicial em reais.

ANEXO I CARGOS, VAGAS, VENCIMENTO INICIAL, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS MÍNIMOS EXIGIDOS, E TAXA DE INSCRIÇÃO. Vencimento Inicial em reais. ANEXO I CARGOS, VAGAS, VENCIMENTO INICIAL, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS MÍNIMOS EXIGIDOS, E TAXA DE INSCRIÇÃO. Cód. Cargo 1 Ajudante de Carga e Descarga Vagas Vagas Reservadas Deficientes Vencimento Inicial

Leia mais

Relatório de. Gestão

Relatório de. Gestão Relatório de Gestão Sumário Apresentação... 2 Serviços Ofertados... 3 Recursos Humanos... 4 Análise Operacional... 5... U RGÊNCIA E EMERGÊNCIA... 5... A MBULATÓRIO... 6... I NTERNAÇÃO... 7... D ESEMPENHO

Leia mais

SELEÇÃO UNIFICADA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO CEARÁ SURCE 2012 ADITIVO AO EDITAL Nº 02/2011

SELEÇÃO UNIFICADA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO CEARÁ SURCE 2012 ADITIVO AO EDITAL Nº 02/2011 SELEÇÃO UNIFICADA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DO ESTADO DO CEARÁ SURCE 2012 ADITIVO AO EDITAL Nº /2011 A Coordenação Geral do Grupo Gestor da SURCE e a Coordenação de Ensino e Pesquisa dos Hospitais Universitários

Leia mais

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde

EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA. Escola Superior de Ciências da Saúde EDITAL nº 103/2009 - ANEXO I CONCURSO PÚBLICO PARA O MAGISTÉRIO SUPERIOR DA UEA Escola Superior de Ciências da Saúde Período de Inscrição: 18 de janeiro de 2010 a 19 de fevereiro de 2010. Local de Inscrição:

Leia mais

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000 www.plamed.com.br Rede Credenciada Por Município MACEIÓ Urgência e Emergência URGÊNCIA PEDIÁTRICA CONSULTAS ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA (ADULTO E PEDIATRIA) ANGIOLOGIA CARDIOLOGIA CIRURGIA CARDÍACA CIRURGIA

Leia mais

QUADRO DEMONSTRATIVO DE CARGOS, VAGAS, VENCIMENTOS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES

QUADRO DEMONSTRATIVO DE CARGOS, VAGAS, VENCIMENTOS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES ANEXO I QUADRO DEMONSTRATIVO DE CARGOS, VAGAS, VENCIMENTOS E DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES CARGO ASSISTENTE SOCIAL / PNS NÍVEL SUPERIOR Função Vagas Município Requisito Remuneração ASSISTENTE SOCIAL

Leia mais

ANEXO IV. Protocolos Clínicos

ANEXO IV. Protocolos Clínicos ANEO IV Protocolos Clínicos a) Protocolos de Enfermagem Ano 2010 1 Protocolo de Higiene Oral 2 Protocolo de Cateterismo Vesical 3 Protocolo de Sondagem Nasogástríca e Nasoentérica 4 Protocolo de Balanço

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. SAÚDE desde 1928

MANUAL DO ASSOCIADO. SAÚDE desde 1928 MANUAL DO ASSOCIADO SAÚDE desde 1928 1 Seja Bem-Vindo, Associado IBCM! É com muita satisfação que oferecemos a você, nosso associado, este manual, que vai ajudá-lo a entender melhor todos os benefícios

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 43.02.01.01 biópsia do colo uterino 1.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.116/2015

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.116/2015 RESOLUÇÃO CFM Nº 2.116/2015 (Publicada no D.O.U. de 04 de fevereiro de 2015, Seção I, p. 55) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 2.068/2013, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

SELEÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE MÉDICOS Edital n. 01/2009. ACUPUNTURA Código 101. Gabarito

SELEÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE MÉDICOS Edital n. 01/2009. ACUPUNTURA Código 101. Gabarito ACUPUNTURA Código 101 Questão 01: D Questão 19: B Questão 37: D Questão 55: D Questão 02: D Questão 20: D Questão 38: B Questão 56: B Questão 03: D Questão 21: A Questão 39: C Questão 57: A Questão 04:

Leia mais

Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades:

Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades: Vagas e requisitos Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades: Áreas/Especialidades Vagas Pré-Requisitos Análises Clínicas (Biologia) 01 a) Formação Superior Completa

Leia mais

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

Central Nacional Unimed

Central Nacional Unimed ANS - nº 33967-9 Central Nacional Unimed Rede em Brasília - DF Anexo 1 Março/2010 Central Nacional Central Nacional Juntos pela vida. Juntos pela vida. Em Brasília, os clientes de intercâmbio contam com

Leia mais

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO JANEIRO 02 - Dia do Sanitarista 04 - Dia do Hemofílico 14 - Dia do Enfermo 19 - Dia do Terapeuta Ocupacional 20 - Dia do Farmacêutico 24 - Dia Mundial do Hanseniano FEVEREIRO 05 - Dia Estadual do Médico

Leia mais

Página 1 de 6. Médico - Acupuntura. Médico - Alergia e Imunologia Pediátrica. Médico - Anestesiologia. Médico - Cancerologia Clínica

Página 1 de 6. Médico - Acupuntura. Médico - Alergia e Imunologia Pediátrica. Médico - Anestesiologia. Médico - Cancerologia Clínica Especialidade Médico - Acupuntura Médico - Alergia e Imunologia Médico - Anestesiologia Médico - Cancerologia Clínica Médico - Cancerologia Médico - Cardiologia Médico - Cardiologia - Eletrofisiologia

Leia mais

Quem vou ser daqui a 20 anos Público. Privado. Assistencial Acadêmica Gestão. Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo

Quem vou ser daqui a 20 anos Público. Privado. Assistencial Acadêmica Gestão. Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo Dr Milton Glezer Quem vou ser daqui a 20 anos Público Assistencial Acadêmica Gestão Privado Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo Mudanças nos planos de saúde- melhorar cada vez mais o funcionamento dos

Leia mais

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008 de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

REDE CREDENCIADA POR MUNICÍPIO

REDE CREDENCIADA POR MUNICÍPIO REDE ALAGOAS REDE CREDENCIADA POR MUNICÍPIO MACEIÓ URGÊNCIA E EMERGÊNCIA RUA: HUGO CORREIA PAES,253, FAROL, URGÊNCIA PEDIÁTRICA RUA: HUGO CORREIA PAES,253, FAROL, ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA ANGIOLOGIA E

Leia mais

Tabela de Vendas. Saúde

Tabela de Vendas. Saúde Tabela de Vendas Tabela de Preços Ambulatorial + Hospitalar com Obstetrícia REGISTRO ANS ACOMODAÇÃO 0 a 18 anos Next 10 473.323/15-1 QC R$ 83,18 19 a 23 anos R$ 112,97 ÁREA DE ATUAÇÃO NEXT SEISA 24 a 28

Leia mais

POLÍTICA DE QUALIFICAÇÃO MÉDICA Edição: 24/10/2013 NORMA Nº 650

POLÍTICA DE QUALIFICAÇÃO MÉDICA Edição: 24/10/2013 NORMA Nº 650 Página: 1/36 1- OBJETIVO Garantir a segurança do paciente e da Instituição, através da definição dos requisitos básicos que permitem ao médico exercer o ato médico no Sistema de Saúde Mãe de Deus (SSMD).

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOÁ Secretaria Municipal da Saúde

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOÁ Secretaria Municipal da Saúde Levantamento Quantitativo TFD consultas, exames e viagens. Itapoá, 17/12/2015 CONSULTAS E EXAMES NO MUNICÍPIO GINECOLOGIA Drº IVANILDO 410 GINECOLOGIA Drª GLADIS 375 DERMATOLOGIA 375 NEUROLOGIA 600 ORTOPEDIA

Leia mais

LINHA DO TEMPO 2014 23 ANOS

LINHA DO TEMPO 2014 23 ANOS Hospital Pérola Byington 1991 Fundação do CEJAM UBS Jardim Souza 1998 Recebe Título de Utilidade Pública Municipal e Estadual em São Paulo, Título de Utilidade Pública Federal, Certificado de Entidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 44, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 DO 9-E, de 12/1/01 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria SAS/MS nº 224, de

Leia mais

DIAMANTE V7.2.2 www.pacotediamante.com.br (Compatível com a versão 9 do PRODOCTOR) Primeira instalação do DIAMANTE

DIAMANTE V7.2.2 www.pacotediamante.com.br (Compatível com a versão 9 do PRODOCTOR) Primeira instalação do DIAMANTE SERVIDOR DIAMANTE V7.2.2 www.pacotediamante.com.br (Compatível com a versão 9 do PRODOCTOR) Primeira instalação do DIAMANTE Opção A O Prodoctor foi instalado de forma padrão, no disco C do servidor. C:\Prodoctor9

Leia mais

ÍNDICE. Foto: João Borges. 2 Hospital Universitário Cajuru - 100% SUS

ÍNDICE. Foto: João Borges. 2 Hospital Universitário Cajuru - 100% SUS ÍNDICE Apresentação...03 Hospital Universitário Cajuru...04 Estrutura...04 Especialidades Atendidas...05 Diferenças entre atendimento de urgência, emergência e eletivo...06 Protocolo de Atendimento...07

Leia mais

Conhecimentos em Clínica Médica.

Conhecimentos em Clínica Médica. ANEXO II PROGRAMAS DA PROVA ESCRITA s com Acesso Direto Acupuntura Anestesiologia Cirurgia Geral Dermatologia Infectologia Medicina da Família e Comunidade Medicina Nuclear Neurocirurgia Neurologia Conhecimentos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 5/2014-EBSERH/HC-UFMG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 5/2014-EBSERH/HC-UFMG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 5/2014-EBSERH/HC-UFMG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, 21 DE FEVEREIRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Acupuntura 802

Leia mais

INFORME CBO. CBO com alterações de códigos e/ou descrições

INFORME CBO. CBO com alterações de códigos e/ou descrições INFORME CBO Considerando a publicação da Portaria SAS/MS n 203/2011, que inclui no Sistema de Informação Hospitalar (SIH) o registro obrigatório da competência de realização de todos os procedimentos realizados

Leia mais

DIAMANTE PLUS-CORP Versão 1.00.01 (Compatível com o PRODOCTOR PLUS e PRODOCTOR CORP)

DIAMANTE PLUS-CORP Versão 1.00.01 (Compatível com o PRODOCTOR PLUS e PRODOCTOR CORP) DIAMANTE PLUS-CORP Versão 1.00.01 (Compatível com o PRODOCTOR PLUS e PRODOCTOR CORP) Esta orientação é para clientes que vão iniciar a utilização do DIAMANTE PLUS CORP. SERVIDOR Acesse o site www.pacotediamante.com.br.

Leia mais

DIAMANTE V11.00.03 www.pacotediamante.com.br (Compatível com a versão 11 do PRODOCTOR)

DIAMANTE V11.00.03 www.pacotediamante.com.br (Compatível com a versão 11 do PRODOCTOR) DIAMANTE V11.00.03 www.pacotediamante.com.br (Compatível com a versão 11 do PRODOCTOR) SERVIDOR ATENÇÃO Esta operação só poderá ser efetuada no servidor, e com todas as estações do PRODOCTOR DESLIGADAS.

Leia mais

Na verdade são 4130 candidatos mas alguns se inscreveram para mais de uma área. Especialidade ou Área de atuação- Entrada pre-requisito Candidato s

Na verdade são 4130 candidatos mas alguns se inscreveram para mais de uma área. Especialidade ou Área de atuação- Entrada pre-requisito Candidato s Estatísticas referentes ao PSU para 2010 Relação candidato/vaga Especialidade entrada direta Candidatos Vagas Cand/vaga Clínica Médica 1147 131 8,8 Cirurgia Geral 804 76 10,6 Anestesiologia 458 32 14,3

Leia mais

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental).

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). 1 de 9 ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). CARGO PERFIL PRÉ REQUISITO NÍVEL SUPERIOR Administrador Curso Superior

Leia mais

HOSPITAL. Belo Horizonte. Soluções em Saúde

HOSPITAL. Belo Horizonte. Soluções em Saúde HOSPITAL Belo Horizonte Soluções em Saúde EXCELÊNCIA O Hospital Belo Horizonte é um hospital geral de grande porte que, além de oferecer um alto nível de assistência aos seus clientes, busca proporcionar

Leia mais

ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE

ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE CARGO CÓDIGO REQUISITOS VAGAS VAGA DEFICIENTE Curso Superior, em nível de graduação, em Enfermagem, ENFERMEIRO DO TRABALHO SE-503 registro profissional

Leia mais

ANEXO III QUADRO DE PROVAS QUADRO SETORIAL DA SAÚDE

ANEXO III QUADRO DE PROVAS QUADRO SETORIAL DA SAÚDE 1 ANEXO III QUADRO DE PROVAS QUADRO SETORIAL DA CARGO AGENTE DE HIGIENIZAÇÃO DE CÓDIGO DE INSCRIÇÃO AUXILIAR DE COZINHA 2. COPEIRO 3. COZINHEIRO 4. GUARDA PATRIMONIAL 5. ATENDENTE DE CONSULTORIO DENTARIO

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Clínica Médica Trindade Razão Social: Clínica Médica Trindade CNPJ: 78.813.524/0001-99 Especialidade: Otorrinolaringologia, Urologia, Cardiologia, Dermatologia, Angiologia. Localização: Avenida Madre Benvenuta,

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

Especialidade. Descrição. Código

Especialidade. Descrição. Código 1311.20 Gerente de serviços sociais 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor de serviços médicos 1312.05 Diretor de unidade assistencial 1312.05 Diretor de

Leia mais

NÚMERO DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS POR

NÚMERO DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS POR INDICADOR: F.2 NÚMERO DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS POR CONSULTA MÉDICA (SUS) 1. Conceituação Número médio de procedimentos diagnósticos, de patologia clínica ou de imagenologia por consulta médica, apresentados

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

CONVÊNIO CELEBRADO ENTRE O CFM, A AMB E A CNRM

CONVÊNIO CELEBRADO ENTRE O CFM, A AMB E A CNRM CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.973, DE 14 DE JULHO DE 2011 Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM Nº 1.845/08, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 107.02.01.01 biópsia de pele e partes moles 39.02.01.01 Biópsia

Leia mais

Educação Médica no Brasil. Graduação, Especialização & Educação Médica Continuada

Educação Médica no Brasil. Graduação, Especialização & Educação Médica Continuada Educação Médica no Brasil Graduação, Especialização & Educação Médica Continuada Educação Médica no Brasil Escola Médica Especialização (especialidades e áreas de atuação) Residência Médica Estágios credenciados

Leia mais

Nomenclatura dos Produtos

Nomenclatura dos Produtos Nomenclatura dos Produtos Características Cobertura Global Abrange Consultas Médicas, Serviços Auxiliares de Diagnose e Terapia, Atendimentos Ambulatoriais, Internações Hospitalares e Parto. Cobertura

Leia mais

Clínica de Ortopedia e Traumatologia - Térreo

Clínica de Ortopedia e Traumatologia - Térreo Nome do setor/especialidade: Horário de funcionamento: Clínica de Ortopedia e Traumatologia - Térreo - PRONTO SOCORRO ORTOPÉDICO (Emergência; Urgência e Serviço de Imobilizações): >HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO=

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.973/2011 (Publicada no D.O.U. de 1º de agosto de 2011, Seção I, p. 144-147) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.845/08, que celebra

Leia mais

Empresarial Agosto 2015 - TAXA DE INSCRIÇÃO (Por Contrato) - R$ 50,00 A SER COBRADA NO ATO

Empresarial Agosto 2015 - TAXA DE INSCRIÇÃO (Por Contrato) - R$ 50,00 A SER COBRADA NO ATO Empresarial Agosto 2015 - TAXA DE INSCRIÇÃO (Por Contrato) - R$ 50,00 A SER COBRADA NO ATO NEXT SAÚDE (ABC) Última Alteração: 12/08/2015 Última Alteração: 12/08/2015 Tabela de 2 à 29 vidas/beneficiários

Leia mais

SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS

SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS SAÚDE E TRATAMENTOS MÉDICOS CENTRO DE PROMOÇÃO À SAÚDE Iwata-shi Kounodai 57-1 É um órgão da prefeitura que tem como objetivo principal: promover serviços visando o bem-estar e a saúde dos cidadãos e a

Leia mais

Rua Virgilio de Melo Franco, 465 - Tabajaras

Rua Virgilio de Melo Franco, 465 - Tabajaras Rua Virgilio de Melo Franco, 465 - Tabajaras MODALIDADE DO PLANO LICITADO E COBERTURAS O Plano licitado é o Ambulatorial Hospitalar com Obstetrícia Coletivo Empresarial, com atendimento em Rede Própria

Leia mais

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 MED-100 - Unidades de Ensino da área de conhecimento das bases moleculares e celulares dos processos normais e alterados, da estrutura e função

Leia mais

1.25. CBO-S (especialidade) 1312.05 Diretor clínico. 1312.05 Diretor de departamento de saúde. 1312.05 Diretor de divisão médica

1.25. CBO-S (especialidade) 1312.05 Diretor clínico. 1312.05 Diretor de departamento de saúde. 1312.05 Diretor de divisão médica 1.25. CBO-S (especialidade) Código Descrição 1312.05 Diretor clínico 1312.05 Diretor de departamento de saúde 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor de serviços

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA 1 de 26 16/11/2010 18:54 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1845/2008 (Publicada no D.O.U. de 15 Jul 2008, Seção I, p. 72) (Republicada com anexo no D.O.U. 16 Jul 2008, Seção I, p.164-168) (Modificada

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA

DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA DESCRIÇÃO DO PERFIL DOS HOSPITAIS SOB GESTÃO INDIRETA SOB GESTÃO TERCEIRIZADA 1. Hospital Regional Castro Alves Castro Alves-4ª DIRES (S.A. de Jesus) O HRCA está programado para compor a rede assistencial

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 2.068/2013, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades

Leia mais

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde CAPÍTULO 1 REDE MEMORIAL Guia Memorial Saúde 19 ÍNDICE UNIDADES DE ATENDIMENTO AGÊNCIA DE ATENDIMENTO MEMORIAL SAÚDE (DEL CASTILHO)..... 22 HOSPITAL MEMORIAL FUAD CHIDID... 24 HOSPITAL MEMORIAL INFANTIL

Leia mais

Assessoria Especial à Pessoa com Deficiência ( Orientação para pessoas com deficiência)

Assessoria Especial à Pessoa com Deficiência ( Orientação para pessoas com deficiência) Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento (criança); Cartão do SUS, título de eleitor e CPF; Comprovante de renda de até 3 salários mínimos (individual); Comprovante de residência com CEP (água,

Leia mais

C a r t a d e S e r v i ç o s a o C i d a d ã o H C / U F G

C a r t a d e S e r v i ç o s a o C i d a d ã o H C / U F G HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFG Endereço: Primeira Avenida S/N, Setor Leste Universitário CEP.: 74605-020 Goiânia-GO Telefone: (62) 3269-8200 Site: www.hc.ufg.br LOCALIZAÇÃO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

Leia mais

Hospital de Clínicas e Maternidade Victor Ferreira do Amaral Universidade Federal do Paraná

Hospital de Clínicas e Maternidade Victor Ferreira do Amaral Universidade Federal do Paraná Hospital de Clínicas e Maternidade Victor Ferreira do Amaral Universidade Federal do Paraná DIMENSIONAMENTO DE SERVIÇOS ASSISTENCIAIS Brasília, 24 de fevereiro de. Página 1 de 36 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE

Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Prezado (a) Associado (a) Com grande satisfação o recebemos na UH SAÚDE Somos uma Operadora de Planos de Saúde constituída fundamentalmente por hospitais e centros médicos que, preocupados com a qualidade,

Leia mais

Este manual contempla rede de atendimento aos beneficiários do Plano abaixo:

Este manual contempla rede de atendimento aos beneficiários do Plano abaixo: Este manual contempla rede de atendimento aos beneficiários do Plano abaixo: STAR (TODOS) STAR(TODOS) PME I APRESENTAÇÃO Prezado Cliente, Somos gratos em poder dedicar a você e a seus dependentes um estilo

Leia mais

1 Recebido 2 Em análise 3 Liberado para pagamento 4 Encerrado sem pagamento 5 Analisado e aguardando liberação para o pagamento

1 Recebido 2 Em análise 3 Liberado para pagamento 4 Encerrado sem pagamento 5 Analisado e aguardando liberação para o pagamento 1.24. Status do protocolo Código Descrição 1 Recebido 2 Em análise 3 Liberado para pagamento 4 Encerrado sem pagamento 5 Analisado e aguardando liberação para o pagamento 1.25. CBOS (especialidade) Código

Leia mais

FLUXO DE ATENDIMENTO DA CENTRAL DE MARCAÇÃO DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS

FLUXO DE ATENDIMENTO DA CENTRAL DE MARCAÇÃO DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS FLUXO DE ATENDIMENTO DA CENTRAL DE MARCAÇÃO DE E ESPECIALIZADOS A Secretaria Municipal da Saúde de Almirante Tamandaré (SMS), através da Central de Marcação de Consultas e Exames Especializados, assume

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.666/2003

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.666/2003 Página 1 de 27 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.666/2003 Ementa: Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.634/2002, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades médicas firmado entre

Leia mais

DIRETÓRIO MÉDICO CAMBÉ

DIRETÓRIO MÉDICO CAMBÉ DIRETÓRIO MÉDICO CAMBÉ Atualizado em 08/07/14 Rua Paes Leme, 1107 Londrina PR 86010-610 www.maximusassistencial.com.br info@maximusassistencial.com.br (43) 3379-9700 2 Guia Médico Maximus Assistencial

Leia mais

7ª Edição Nov/2014 Versão 3ª/2014 CTJ/VLA

7ª Edição Nov/2014 Versão 3ª/2014 CTJ/VLA APRESENTAÇÃO Prezado Cliente, Somos gratos em poder dedicar a você e a seus dependentes um estilo de assistência médica baseado na humanização, prevenção e tecnologia, fruto da experiência acumulada há

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 14.02.06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 1548 CURSO DE MEDICINA

Aprovado no CONGRAD: 14.02.06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 1548 CURSO DE MEDICINA Aprovado no CONGRAD: 14..06 Vigência: ingressos a partir de 2006/2 CÓD. 48 CURSO DE MEDICINA EIXOS TRANSVERSAIS E ÁREAS DO CONHECIMENTO DO CURRÍCULO PLENO ACADÊMI COS I FUNDAMENTOS CONCEITUAIS DO CURSO

Leia mais

HOSPITAL CENTRAL ROBERTO SANTOS 201 Clínica Médica Recredenciado 02 anos 10 02 08 101 Cirurgia Geral Recredenciado 02 anos 10 00 10

HOSPITAL CENTRAL ROBERTO SANTOS 201 Clínica Médica Recredenciado 02 anos 10 02 08 101 Cirurgia Geral Recredenciado 02 anos 10 00 10 PROCESSO SELETIVO UNIFICADO DE RESIDÊNCIA MÉDICA DA BAHIA 2008 C O M U N I C A D O A CEREM COMISSÃO ESTADUAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA, comunica a alteração das vagas disponibilizadas para 2008, com base nas

Leia mais

CBO-S (Códigos de Especialidade)

CBO-S (Códigos de Especialidade) CBO-S (Códigos de Especialidade) Código Descrição 1312.05 Diretor clínico 1312.05 Diretor de departamento de saúde 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ. ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO n. o 001/2007-PMC CARREIRAS/CARGOS/ÁREAS DE CONHECIMENTO/REQUISTOS BÁSICOS/VAGAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ. ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO n. o 001/2007-PMC CARREIRAS/CARGOS/ÁREAS DE CONHECIMENTO/REQUISTOS BÁSICOS/VAGAS PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ ANEXO I DO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO n. o 001/2007-PMC CARREIRAS/CARGOS/ÁREAS DE CONHECIMENTO/REQUISTOS BÁSICOS/VAGAS Carreira: Regulação e Fiscalização Especialista em

Leia mais