JACAREPAGUÁ I (AP 4, RA XVI) Anil, Curicica, Freguesia, Gardênia Azul, Jacarepaguá, Pechincha

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "JACAREPAGUÁ I (AP 4, RA XVI) Anil, Curicica, Freguesia, Gardênia Azul, Jacarepaguá, Pechincha"

Transcrição

1 JACAREPAGUÁ I (AP 4, RA XVI) Anil, Curicica, Freguesia, Gardênia Azul, Jacarepaguá, Pechincha RA/ Bairro Pop. Total 2000 Pop. Estimada 2007 Dens. Pop. (Hab/Há) IDH XIV Jacarepaguá ,844 Anil ,911 Curicica ,828 Freguesia ,898 Gardênia Azul ,768 Jacarepaguá ,769 Pechincha ,900 Fonte: IBGE, Censo

2 História do Bairro Jacarepaguá (Fonte: Universidade Estácio de Sá) Até a metade do século XIX, a Baixada de Jacarepaguá podia ser considerada como subúrbio. Hoje ela surge integrada à Zona Sul do Rio de Janeiro. Ao longo de todo esse período, destacamse tanto a formação dos espaços de moradia quanto as transformações da paisagem rural, que vai adquirindo características urbanas sem, porém, perder de todo o charme e a beleza natural. As características geográficas da Baixada de Jacarepaguá ainda observam a memória do tempo em que a região era ocupada pelas tribos tupis, além da preservação de seus espécimes raros de fauna e vegetação. O próprio nome Jacarepaguá em tupi significa lagoa rasa dos jacarés, de yakaré + upá (lagoa) + guá (baixa, rasa). Mesmo nos locais mais densamente ocupados é registrada a presença de pássaros nativos como a rolinha, o beija-flor preto, as garças, o bem-tevi, o sabiá-laranjeira ou a cambaxirra. O pombo doméstico, o pardal e o biquinho-de-lacre, trazidos com a colonização, estão adaptados e são numerosos. A região conta com áreas preservadas como, por exemplo, o Bosque da Freguesia. A cultura do açúcar trouxe a construção de benfeitorias e capelas nos engenhos coloniais nos séculos XVI e XVII. As festas religiosas e procissões induziram a construção das numerosas igrejas e capelas, como a da Nossa Senhora do Loreto e a da Nossa Senhora da Pena, visitadas de quando em quando pela própria Imperatriz na época de D. Pedro II. Ainda hoje são elas marcos arquitetônicos do bairro. Os elementos da arquitetura do passado de Jacarepaguá constituem hoje um patrimônio valioso da cidade do Rio de Janeiro. Exemplos desse passado tão presente são a sede do Engenho d'água, na Cidade de Deus, com seu notável jogo de varandas, e o aqueduto do antigo Engenho Novo, hoje Colônia Juliano Moreira. A partir do século XIX a região surgia como periferia da Corte, fato que gerou o aparecimento das grandes propriedades, onde o café florescia nas terras altas da Freguesia, Itanhangá e estrada velha de Jacarepaguá. Entre os vários distritos de Jacarepaguá, destacamos o bairro da Freguesia. Ponto final de uma das duas linhas de bonde de Jacarepaguá, a Freguesia foi durante muito tempo conhecida como a antiga Porta d'água: o nome designava um dos três rios que ali se encontram e acabaram por dar o nome a uma das estradas principais da localidade. A influência da Freguesia se estendeu por uma área ampla e variada: a vizinhança do Engenho d'água, pelo caminho do portinho da Gabinal, a Estrada dos Três Rios e as vertentes da serra do mesmo nome, a parte mais alta da Estrada do Pau Ferro, e a localidade do Anil, na Estrada Velha, que ligava a Freguesia ao Itanhangá, às ilhas das lagoas costeiras e às praias da Barra da Tijuca, esta última também chamada Restinga de Jacarepaguá. Como em outros bairros da cidade, a extensão das linhas de bondes, eletrificados a partir de 1911, gerou crescimento econômico e populacional, favorecendo a formação de uma classe média do bairro. O processo do parcelamento das grandes propriedades, a procura do bairro de Jacarepaguá para abrigar numerosas clínicas e hospitais e o surgimento das residências foram contribuindo para as suas feições atuais. 2

3 É justamente a partir da segunda metade do século XX que se observa de que modo o "sertão" se transforma em bairro com características de Zona Sul, após a implantação das várias vias de acesso á região. Sobre alguns bairros adjacentes (Fonte: Wikipedia) Pechincha é um bairro basicamente residencial e muito conhecido por abrigar o Retiro dos Artistas, na rua de mesmo nome. Curicica tem como referência a CGP (Central Globo de Produções), da Rede Globo, também conhecida como PROJAC. 3

4 Equipamentos Públicos 1 XVI Administração Regional - Jacarepaguá Praça Barão da Taquara, 9, Praça Seca - CEP Tels.: / / Escolas e Creches Jacarepaguá: 5 escolas, 4 creches e 1 classe em cooperação / Pechincha: 3 escolas / Freguesia: 7 escolas, 1 creche e 1 classe em cooperação / Anil: 5 escolas / Curicica: 6 escolas e 2 CIEPs / Gardênia Azul: 1 escola NOME ENDEREÇO BAIRRO CEP TELEFONE Escola Municipal Luiz Camillo Estr. Do Rio Pequeno, 56 Jacarepaguá Classe em Cooperação Adalgisa Monteiro Escola Municipal Finlândia Escola Municipal Mano Décio da Viola Escola Municipal Denise Maria Torres Creche Municipal Otávio Henrique de Oliveira Creche Municipal Amiguinhos da Vila Sapê Creche Municipal Criança do Futuro Creche Municipal Sempre Vida Nise da Silveira Creche Municipal Gardênia Azul Escola Municipal Roberto Burle Marx Estr. Bouganville, 346 Jacarepaguá Av. Canal Do Rio Caçambê, 392 Rua Zumba, S/Nº Lot. Iv Centenário Rua Das Pastorinhas, S/Nº Rua Nova, 20 - Rio Das Pedras Jacarepaguá Jacarepaguá Jacarepaguá Jacarepaguá Rua Itamar, 9 - Vila Sapê Jacarepaguá Rua Iperó, S/Nº - Parque Curicica Rua Quintanilha, Freguesia Rua Camposema, Gardênia Azul Rua A,Quadra B,Pal , Condomínio Rio 2 Jacarepaguá Jacarepaguá Jacarepaguá Jacarepaguá - Escola Municipal Virgilio Várzea Rua José Silva, 155 Pechincha Escola Municipal Juliano Moreira Escola Municipal General João Mendonça Lima Rua Ministro Gabriel De Piza, Rua Alberto Pasqualine, 455 Escola Municipal Rotary Av. Paranapuan, Freguesia Escola Municipal Amadeu Rocha Rua Doutor Manoel Marreiros, S/Nº Pechincha Pechincha Freguesia Escola Municipal Edgard Werneck Rua Mamoré, 76 Fundos Freguesia Escola Municipal Menezes Cortes Pça. José Alves De Azevedo, 43 Freguesia Escola Municipal 25 de Abril Rua Mamoré, 78 Freguesia Classe em Cooperação Paroquial Nossa Senhora do Loreto Escola Municipal Compositor Luiz Gonzaga Escola Especial Municipal Professora Maria Therezinha de Carvalho Machado Ladeira Da Freguesia, S/Nº Rua Escritor Ubaldo Soares Filho, 128 Rua Comandante Rubens Silva, 949 Freguesia Freguesia Freguesia

5 Creche Municipal Rio Novo - Rio das Flores Escola Municipal Maria Florinda Paiva da Cruz Escola Municipal Marechal Canrobert Pereira da Costa Estrada De Jacarepaguá, Rio Das Pedras Freguesia Rua Oscar Lopes, S/Nº Anil Estr. Engenho D'Água, S/Nº Anil Escola Municipal Victor Hugo Rua Dom Casmurro, S/Nº Anil Escola Municipal Naturalista Augusto Ruschi Escola Municipal Jorge Amado Escola Municipal Jornalista Campos Ribeiro Escola Municipal Alina de Britto Rua Soldado Luiz Gonzaga, S/Nº Estrada De Jacarepaguá, Rua Hugo Thompson Nogueira, S/Nº Estr. Dos Bandeirantes, Anil Anil Curicica Curicica Escola Municipal Silveira Sampaio Rua José Perrota, 31 Curicica Escola Municipal Lincoln Bicalho Roque Rua Iperó, S/Nº Curicica Ciep Rubens Paiva Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá Rua Prof. João Bruno Lobo S/Nº Curicica Rua Caungula, 15 Curicica Ciep Dr. Joaquim Pimenta Rua Vila Aurora, S/Nº Curicica Escola Municipal Hemetério dos Santos Escola Municipal Professora Helena Lopes Abranches Estr. Dos Bandeirantes, Curicica Rua Acapori, 495 Gardênia Azul Creches Conveniadas 1 creche conveniada em Jacarepaguá NOME ENDEREÇO BAIRRO VALOR DO CONVÊNIO (em R$) CRIANÇAS ATENDIDAS CRECHE PADRE GILSON Estrada dos Bandeirantes, Jacarepaguá Unidades Municipais de Saúde: 1. PSF Curicica Estrada da Curicica, 2000 Curicica Tel.: PSF Canal do Anil Rua Melo, 2 - Canal do Anil - Jacarepaguá Telefone(s): Hospital Municipal Raphael de Paula Souza Estrada de Curicica, 2000 Curicica Tel.: / /

6 4. Hospital Geral de Jacarepaguá / Cardoso Fontes (Ex-Municipal, hoje, Federal) Av. Menezes Cortes, 1347, Jacarepaguá - CEP: Tel: Conselho Tutelar de Jacarepaguá Praça Seca, No 09 CEP: Tel.: º DP - Taquara Rua Professora Francisca Piragibe, 80 - Taquara Tels.: a ª DP - Tanque Rua Henriqueta, Tanque Tels.: até 7649 / Central de Atendimento Comlurb Tel: Núcleo de Atendimento da Defensoria Pública Rua Barão da Taquara, nº 09, Praça Seca/Jacarepaguá CEP: XVI Juizado Especial Cível Jacarepaguá Estrada do Gabinal, loja 125 B - Freguesia CEP: Tel.: Obras em Equipamentos Públicos: EQUIPAMENTO PÚBLICO ESCOLA MUNICIPAL MENEZES CORTES ARENA MULTIUSO DO PARQUE OLIMPICO DO RIO PARQUE AQUÁTICO DO PARQUE OLIMPICO DO RIO VELÓDROMO CAMPO DE SOFTBOL E BEISEBOL PARA O PAN 2007 ENDEREÇO PRAÇA JOSÉ ALVES DE AZEVEDO 43, FREGUESIA COMPLEXO ESPORTIVO DO AUTODROMO, JACAREPAGUÁ COMPLEXO ESPORTIVO DO AUTODROMO, JACAREPAGUÁ COMPLEXO ESPORTIVO DO AUTODROMO, JACAREPAGUÁ CIDADE DO ROCK, JACAREPAGUÁ VALOR DO CONTRATO VALOR REALIZADO R$ (1) R$ (1) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ INÍCIO E FIM DO CONVÊNIO 01/08/ /11/ /02/ /04/ /03/ /02/ /11/ /06/ /03/ /12/2007 STATUS DA OBRA EM ANDAMENTO EM ANDAMENTO EM ANDAMENTO EM ANDAMENTO EM ANDAMENTO DESCRIÇÃO DA OBRA CONSTRUÇÃO DE QUADRA COBERTA, COM VESTIÁRIO, PINTURA E PEQUENOS SERVIÇOS OBRAS DE FUNDAÇÕES, ESTRUTURA E ACABAMENTO PARA IMPLANTAÇÃO DA ARENA MULTIUSO OBRAS DE FUNDAÇÕES, ESTRUTURA E ACABAMENTOS PARA IMPLANTAÇÃO DO PARQUE AQUÀTICO EXECUÇÃO DE OBRAS DE IMPLANTAÇÃO DO VELÓDROMO OBRAS DE INSTALAÇÕES TEMPORÁRIAS E OBRAS DE DRENAGEM E INFRA-ESTRUTURA PARA A IMPLANTAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE CAMPO DE SOFTBOL E BEISEBOL OBS: O valor realizado refere-se à parcela já liquidada (paga) do contrato pela Prefeitura Nota (1): Valor do contrato e realizado referentes a mais de uma obra, prestada por uma mesma empresa em outra escola (E. M. Profa. Zuleica N. de Alencar, na Barra da Tijuca) 6

7 Atrações Turísticas 1- Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea Foi fundado em 1982 com o nome Nise da Silveira, psiquiatra responsável pelo tratamento de pacientes com distúrbios mentais por meio de trabalhos artísticos. O museu reúne em seu acervo 802 obras da coleção Arthur Bispo do Rosário dentre outros. Endereço: Estrada Rodrigues Caldas, Jacarepaguá Tel.: (21) Horário: Ter-Dom, 10-17h 2 - Espaço Cultural Estácio Jacarepaguá Espaço destinado a divulgação das obras de alunos e artistas locais em suas diversas modalidades, tais como pinturas, esculturas, cerâmicas, música, teatro, dança, noites de autógrafos e demais expressões culturais. Constitui o espaço um auditório com 220 lugares, uma sala de exposições, jardim arborizado, quadra de esportes e piscina para shows de balé aquático. Endereço: Estrada do Capenha, Freguesia - Jacarepaguá Tel.: Website: Horário: Seg-Sex, 9-11h e 18-21h Entrada Franca 7

8 Indicadores Regionais (Fonte: Armazém de Dados, IPP exceto quando especificada) 1. Dados Demográficos Censo 2000 População residente e Sexo 10 a anos Total 0 a 3 4 a 9 15 a a a a 79 anos ou mais XVI Jacarepaguá Homens Mulheres Anil Homens Mulheres Curicica Homens Mulheres Freguesia Homens Mulheres Gardênia Azul Homens Mulheres Jacarepaguá Homens Mulheres Pechincha Homens Mulheres Cor/raça Total Branca Preta Amarela Parda Indígena Ignorado N o % N o % N o % N o % N o % N o % N o % XVI Jacarepaguá , , , , , , ,7 e Proporção Sexo Jovens (%) Idosos (%) XVI Jacarepaguá 18,2 10,6 Homens 19,0 9,0 Mulheres 17,5 12,0 Nota: Jovens são os indivíduos entre 0 e 14 anos. Idosos são os indivíduos com 60 anos ou mais. 8

9 2. Educação Tabela Censo Escolar Matrículas em creches públicas e conveniadas, e crianças atendidas 2006 Matrículas em Creches Públicas Nº Creches Públicas Matrículas em Creches Conveniadas Nº de Creches Conveniadas TOTAL Matrículas em Creches TOTAL Nº de Creches TOTAL Crianças de 0 a 3 Crianças atendidas % XVI Jacarepaguá % Tabela 2.2 Atendimento Educacional à Criança. Percentagem de crianças: por faixa etária, que freqüentam creche ou escola; por faixa etária, com mais de 1 ano de atraso escolar; no curso fundamental e com acesso ao curso fundamental e percentual de freqüência escolar de 7 a 14 anos 2000 crianças que freqüentam creche ou escola de 4 e 5 anos de 5 a 6 anos de 7 a 14 anos de 10 a 14 anos crianças com mais de 1 ano de atraso escolar de 7 a 14 anos de 10 a 14 anos crianças de 7 a 14 anos no curso fundamental crianças de 7 a 14 anos com acesso ao curso fundamental pessoas no fundamental sobre a população de 7 a 14 anos XVI Jacarepaguá 69,27 84,09 96,71 96,87 16,93 24,88 91,06 92,12 122,08 Anil 79,45 92,33 99,47 99,17 13,07 18,80 91,86 94,52 116,25 Curicica 67,97 81,70 98,19 99,52 13,88 21,52 91,87 93,02 119,83 Freguesia 75,35 86,82 96,75 96,46 14,35 21,94 92,01 92,83 116,78 Gardênia Azul 45,68 63,42 96,91 97,18 24,56 37,57 92,32 92,32 132,53 Jacarepaguá 57,14 76,40 93,46 93,34 24,20 36,50 87,21 87,78 128,50 Pechincha 85,76 97,38 97,84 98,31 11,61 15,63 93,43 94,21 111,66 Tabela analfabetos por faixas etárias 2000 Percentual crianças de 7 crianças de 10 adolescentes de jovens de pessoas de 15 pessoas de 25 a 14 anos a 14 anos de 15 a 17 anos 18 a 24 anos anos ou mais anos ou mais analfabetos analfabetos analfabetos analfabetos analfabetos analfabetos XVI Jacarepaguá 6,31 1,99 1,28 2,72 4,60 5,32 Anil 4,05 1,49 1,03 0,97 2,70 3,21 Curicica 7,13 1,35 1,74 1,70 3,85 4,50 Freguesia 4,10 1,58 1,10 1,40 2,54 2,87 Gardênia Azul 9,77 1,95 1,54 3,23 6,22 7,65 Jacarepaguá 11,63 3,90 1,39 5,72 9,82 11,91 Pechincha 3,05 1,53 0,00 1,06 2,28 2,69 Tabela Crianças de 10 a 14 anos que trabalham; crianças e adolescentes de 4 a 5, 5 a 6, 7 a 14 e 15 a 17 anos, fora da escola 2000 crianças de 10 a 14 anos que trabalham crianças de 4 a 5 anos fora da escola crianças de 5 a 6 anos fora da escola crianças de 7 a 14 anos fora da escola crianças de 10 a 14 anos fora da escola adolescentes de 15 a 17 anos fora da escola XVI Jacarepaguá 1,89 33,16 16,50 2,60 2,55 16,16 Anil 0,36 20,55 7,67 0,53 0,83 4,61 Curicica 1,20 32,03 18,30 1,81 0,48 13,51 Freguesia 1,41 24,65 13,18 3,25 3,54 10,40 Gardênia Azul 0,70 54,32 36,58 3,09 2,82 21,68 Jacarepaguá 3,65 42,86 23,60 6,54 6,66 20,58 Pechincha 1,65 14,24 2,62 2,16 1,69 4,00 9

10 Tabela Média de Anos de Estudo 2000 Ranking Região Administrativa Média Rio de Janeiro 6,8 12ª de 32 XVI 6,8 RAs Jacarepaguá OBS.: A 1ª RA no Ranking é a da Lagoa com 10,1 e a última a da Rocinha com 4,1. Tabela Número e proporção de estudantes de 7 a 14 anos, da rede pública e da particular 2000 Região Adminstrativa Estudantes de 7 a 14 anos Total Particular % Pública % XVI Jacarepaguá , ,0 3. Vulnerabilidade Social Tabela Taxas de mortalidade até 1 e até 5 anos de idade; esperança de vida; probabilidades de sobrevivência até 40 e até 60 anos; e taxa de fecundidade 2000 Mortalidade até um ano de idade Mortalidade até cinco anos de idade Esperança de vida ao nascer Probabilidade de sobrevivência até 40 anos Taxa de fecundidade total XIV Jacarepaguá 23,84 24,19 69,81 92,23 2,16 Anil 8,65 8,78 77,15 97,08 1,58 Curicica 17,30 17,56 72,57 94,28 2,26 Freguesia 12,28 12,46 75,07 95,89 1,63 Gardê nia Azul 29,32 29,75 67,79 90,57 2,46 Jacarepaguá 30,14 30,59 67,51 90,32 2,46 Pechincha 11,18 11,35 75,67 96,25 1,90 Tabela Maternidade precoce 1991 e 2000 crianças do sexo feminino entre 10 e 14 anos com filhos Diferença de Crianças do sexo adolescentes do crianças do adolescentes do feminino sexo feminino sexo feminino sexo feminino entre 10 e 14 entre 15 e 17 anos entre 10 e 14 entre 15 e 17 anos com com filhos anos com filhos anos com filhos filhos Adolescentes do sexo feminino entre 15 e 17 anos com filhos XVI Jacarepaguá - 5,21 0,29 8,66 0,29 66% Anil - 8,62 0,00 7, % Curicica - 2,18 0,00 9,47-334% Freguesia - 4,07 0,00 4,14-2% Gardênia Azul - 6,50 0,00 19,27-196% Jacarepaguá - 8,35 1,25 11,78 1,25 41% Pechincha - 4,27 0,81 0,00 0,81-100% Tabela 3.3 Maternidade precoce, por idade da mãe 2002 Região Administrativa Idade da Mãe Total e + Ignorado Mãe Adolescente (10 19 anos) % Rio de Janeiro % XVI Jacarepaguá ,7% 1

11 Tabela Estrutura das famílias, por perfil familiar 2000 Tamanho médio Nº médio de filhos Nº médio de pessoas que trabalham Rendimento Médio familiar per capita (1) XVI Jacarepaguá 3,37 1,29 1,40 3,49 Nota: (1) O rendimento médio domiciliar per capita é a razão entre a renda domiciliar e o número de componentes do domicílio, calculados em número de salários mínimos na data de referência da pesquisa, cujo valor era de R$ 151,00 em Tabela Características das famílias, por distribuição dos tipos de família 2000 Total Total Casal com ou sem filhos Nucleares Mulher sem cônjuge Homem sem cônjuge Total Casal com ou sem filhos Extensas Mulher sem cônjuge Homem sem cônjuge XVI Jacarepaguá 100,00 68,38 55,67 10,38 2,34 31,62 17,74 11,10 2,77 4. Violência (Instituto de Segurança Pública ISP) Tabela 4.1 Homicídios JAN Vitimas de Homicidio Doloso Taxa de Homicidio Doloso (por Hab.) XVI Jacarepaguá 13 0,2 OBS.: Dados referentes à AISP 18 (Cidade de Deus, Jacarepaguá, Tanque, Freguesia, Taquara, Pechincha e demais) Tabela 4.2 Ranking de Homicídio Doloso na Capital 2002 Ranking (entre 37 DPs) DP na Base % 8 a 32 a (Taquara/Jacarepaguá) 105 1,5 22º 41ª (Tanque) 34 0,5 Cidade do Rio de Janeiro - Total OBS.: A 32 a DP (Taquara / Jacarepaguá) e 41ª (Tanque) são as responsáveis pela RA XVI Jacarepaguá Tabela 4.3 Total de Roubos e Furtos - JAN e 2007 Jan Jan Diferença Furtos Roubos Furtos Roubos Furtos Roubos XVI Jacarepaguá % 2% OBS: Furto é a ação cometida sem ameaça ou agressão à vítima. Roubo é a ação cometida com agressão ou porte de arma. OBS2.: Dados referentes à AISP 18 (Cidade de Deus, Jacarepaguá, Tanque, Freguesia, Taquara, Pechincha e demais) 5. Saúde Tabela Óbitos de residentes 2002 Residência N Tx Mortalidade / hab. XVI Jacarepaguá ,3 Tabela Nascimentos por tipo de parto 2004 Vaginal Cesariana XVI Jacarepaguá

12 Tabela Nascimentos por sexo 2005 Feminino Masculino Ignorado XVI Jacarepaguá Tabela 5.4 Taxa de mortalidade (por mil habitantes) 2005 Infantil Neonatal Precoce Neonatal Tardio Pós- Neonatal XVI Jacarepaguá Tabela 5.5 Desenvolvimento Social 2000 Esperança de vida ao nascer (anos) Mortalidade até um ano de idade (por 100 mil habitantes) XVI Jacarepaguá 71,78 19,07 6. Infra-Estrutura Urbana/Saneamento Básico Tabela 6.1 Serviços básicos pessoas que vivem em domicílios com água encanada pessoas que vivem em domicílios com banheiro e água encanada pessoas que vivem em domicílios urbanos com coleta de lixo pessoas que vivem em domicílio com energia elétrica XVI Jacarepaguá 97,62 96,30 98,98 99,96 Anil 99,51 99,08 100,00 100,00 Curicica 98,24 97,81 99,48 100,00 Freguesia 99,17 97,25 99,29 99,98 Gardênia Azul 98,29 97,27 99,08 99,97 Jacarepaguá 96,09 93,18 97,87 100,00 Pechincha 99,52 99,10 99,73 100,00 Tabela Lixo público coletado anualmente, em toneladas Toneladas % Rio de Janeiro XVI Jacarepaguá ,6% Fonte: Companhia de Limpeza Urbana - COMLURB Tabela 6.3 Imóveis públicos com utilização de praças, parques, jardins e outros e Total Praças Parques (1) Jardins (2) Outros (2) Bairros nº área (m²) nº área (m²) nº área (m²) nº área (m²) nº área (m²) XVI RA Jacarepaguá Jacarepaguá Anil Gardênia Azul Curicica Freguesia Pechincha

13 7. Indicadores Econômicos Tabela 7.1 Desigualdade Social 2000 Razão entre a renda média dos 10% mais ricos e a dos 40% mais pobres Razão entre a renda média dos 20% mais ricos e a dos 40% mais pobres Índice de Gini Índice L de Theil XVI Jacarepaguá 12,51 9,19 0,49 0,41 Anil 15,57 12,06 0,52 0,49 Curicica 10,44 7,95 0,46 0,35 Freguesia 15,43 11,71 0,52 0,51 Gardênia Azul 11,90 8,50 0,48 0,38 Jacarepaguá 17,24 11,76 0,55 0,51 Pechincha 11,61 8,56 0,48 0,41 Tabela 7.2 População economicamente ativa e contribuintes 2000 Região Administrativa Total da população economicamente ativa Carteira assinada Contribuinte Regime Jurídico Único e Militar Demais situações Não contribuinte XVI Jacarepaguá Tabela 7.3 Valor do rendimento nominal médio mensal, das pessoas com rendimento e responsáveis pelos domicílios particulares permanentes 2000 Pessoas responsáveis pelos domicílios particulares permanentes total Pessoas com rendimento responsáveis pelos domicílios particulares permanentes Valor do rendimento total mensal das pessoas com rendimento, responsáveis pelos domicílios particulares permanentes (R$) Valor do rendimento nominal médio mensal das pessoas com rendimento, responsáveis pelos domicílios particulares permanentes (R$) Valor do rendimento nominal mediano mensal das pessoas com rendimento, responsáveis pelos domicílios particulares permanentes (R$) XVI Jacarepaguá ,93 700,00 Anil , ,00 Curicica ,27 600,00 Freguesia , ,00 Gardênia Azul ,28 400,00 Jacarepaguá ,00 400,00 Pechincha , ,00 Tabela 7.4 Renda proveniente de transferências governamentais e de rendimentos de trabalho 2000 Renda per Capita Percentual da renda proveniente de transferências governamentais Percentual da renda proveniente de rendimentos do trabalho pessoas com mais de 50% da sua renda proveniente de transferências governamentais XVI Jacarepaguá 287,03 17,86 67,48 15,15 Anil 768,26 16,91 68,71 13,46 Curicica 362,72 16,90 68,29 13,56 Freguesia 766,82 15,53 66,57 12,42 Gardênia Azul 274,68 9,67 72,59 7,92 Jacarepaguá 331,44 8,90 73,85 6,65 Pechincha 751,28 16,11 69,76 12,98 1

14 Tabela Rendimento mensal médio oriundo do trabalho (em R$) 2000 Masculino Feminino XVI Jacarepaguá R$ 556,36 R$ 238,82 Tabela Arrecadação de Imposto Sobre Serviços 2001 a 2005 Região Administrativa R $ de 2001 % do total 2001 R $ de 2002 % do total 2002 R $ de 2003 % do total 2003 R $ de 2004 % do total 2004 R $ de 2005 XVI Jacarepaguá ,47% ,53% ,68% ,49% ,50% OBS.: Em 2005 a RA de Jacarepaguá teve a 9ª maior arrecadação de ISS entre as 33 regiões administrativas da cidade. % do total

15 Quadro Político-Partidário (Fonte: TRE) Tabela 1.1 Eleitores das Zonas Eleitorais da RA XVI - Jacarepaguá Zona Zona Zona Total Tabela Votação da Andrea na RA XVI - Jacarepaguá Zona Zona Zona % do Total Total ,1% Tabela 1.3 Os 15 Vereadores mais votados na RA XVI - Jacarepaguá (Eleição 2004) Candidatos Partido Zona 013 Zona 179 Zona 182 Total NADINHO DE RIO DAS PEDRAS (Eleito) PFL IVAN MOREIRA (Eleito) PFL CHIQUINHO BRAZÃO (Eleito) PMDB CRISTIANO GIRAO (Suplente) PPS CHIQUINHO DA CIDADE DE DEUS (Suplente) PFL GUARANÁ (Eleito) PSDB ERALDO MACEDO (Suplente) PRP RODRIGO BETHLEM (Suplente) PMDB INDIO DA COSTA (Eleito) PFL EDSON SANTOS (Eleito) PT FABIO LEAO (Suplente) PSC OSTINHO (Suplente) PRTB PROFESSOR CÉLIO LUPPARELLI (Suplente) PFL J.MARCELLINO (Suplente) PSC

16 Tabela 1.4 Os 15 Deputados Estaduais mais votados na RA XVI - Jacarepaguá (Eleição 2006) Candidatos Partido Zona 013 Zona 179 Zona 182 Total DOMINGOS BRAZÃO (Eleito) PMDB CAP. QUEIROZ JUNIOR (Suplente) PDT CRISTIANO GIRAO (Suplente) PHS ALVARO LINS (Eleito) PMDB PEDRO PAULO (Eleito) PSDB PEDRO AUGUSTO (Eleito) PMDB ALESSANDRO MOLON (Eleito) PT TIO CARLOS (Suplente) PV RODRIGO DANTAS (Eleito) PFL ALEXANDRE CORREA (Não) PRP WAGNER MONTES (Eleito) PDT CARLOS MINC (Eleito) PT FERNANDO MORAES (Suplente) PMN BEATRIZ SANTOS (Eleita) PRB Tabela 1.5 Os 15 Deputados Federais mais votados na RA XVI - Jacarepaguá (Eleição 2006) Candidatos Partido Zona 013 Zona 179 Zona 182 Total MARCO AURELIO MOREIRA - MARCÃO (Suplente) PSC FERNANDO GABEIRA (Eleito) PV RODRIGO MAIA (Eleito) PFL RODRIGO BETHLEM (Suplente) PMDB MARCELO ITAGIBA (Eleito) PMDB LÉO VIVAS (Eleito) PDT EDUARDO CUNHA (Eleito) PFL OTAVIO LEITE (Eleito) PSDB EDSON SANTOS (Eleito) PT INDIO DA COSTA (Eleito) PFL CHICO ALENCAR (Eleito) PSOL SOLANGE AMARAL (Eleito) PFL JORGE BITTAR (Eleito) PFL MIRO TEIXEIRA (Eleito) PDT MARINA MAGGESSI (Eleito) PPS

ROCINHA (AP - 2, RA XXVII)

ROCINHA (AP - 2, RA XXVII) ROCINHA (AP - 2, RA XXVII) Pop. 2000 Pop. Estimada 2007 Dens. Pop. (Hab/Há) XXVII Rocinha 56 338 65 933-66 005 392 0,678 Fonte: Censo 2000 IDH História do Bairro Rocinha (Fonte: Wikipedia) A Rocinha é

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de São José do Rio Claro, MT 02/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 5074,56 km² IDHM 2010 0,682 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 17124 hab.

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Cabo Verde, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 368,15 km² IDHM 2010 0,674 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 13823 hab. Densidade

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Guaranésia, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 294,28 km² IDHM 2010 0,701 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 18714 hab. Densidade

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Peruíbe, SP 30/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 323,17 km² IDHM 2010 0,749 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 59773 hab. Densidade

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Novo Mundo, MT 02/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 5826,18 km² IDHM 2010 0,674 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 7332 hab. Densidade

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Vera, MT 02/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 2962,4 km² IDHM 2010 0,680 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 10235 hab. Densidade demográfica

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Porto Alegre do Norte, MT 02/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 3994,51 km² IDHM 2010 0,673 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 10748 hab.

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Botelhos, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 335,24 km² IDHM 2010 0,702 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 14920 hab. Densidade

Leia mais

Um conceito de shopping que oferece perfeita harmonia, estilo, conforto e variedade.

Um conceito de shopping que oferece perfeita harmonia, estilo, conforto e variedade. Um conceito de shopping que oferece perfeita harmonia, estilo, conforto e variedade. Pioneiro na região de Jacarepaguá O RioShopping é o primeiro empreendimento comercial de grande porte da região. Possui

Leia mais

Perfil Municipal - Rio Bom (PR)

Perfil Municipal - Rio Bom (PR) Caracterização do Território Área: 177,4 km² u Densidade Demográfica: 20,0 hab/km² Altitude da Sede: 680 m Ano de Instalação: 1.964 Distância à Capital: 284,5 km Microrregião: Faxinal Mesorregião: Norte

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Areado, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 282,6 km² IDHM 2010 0,727 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 13731 hab. Densidade demográfica

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Santos, SP 30/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 281,35 km² IDHM 2010 0,840 Faixa do IDHM Muito Alto (IDHM entre 0,8 e 1) (Censo 2010) 419400 hab. Densidade

Leia mais

No Coração da Freguesia

No Coração da Freguesia No Coração da Freguesia Um conceito de shopping que oferece perfeita harmonia, estilo, conforto e variedade. Pioneiro na região de Jacarepaguá O RioShopping é o primeiro empreendimento comercial de grande

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Sorriso, MT 02/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 9382,37 km² IDHM 2010 0,744 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 66521 hab. Densidade

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento

Censo Demográfico 2010. Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento Censo Demográfico 2010 Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2012 As presentes publicações dão continuidade à divulgação dos resultados do Censo Demográfico 2010

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Alto Boa Vista, MT 01/08/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 2248,35 km² IDHM 2010 0,651 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 5247 hab. Densidade

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Rio de Janeiro, 21/09/2012 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho

Leia mais

Relatório da Pessoa Idosa

Relatório da Pessoa Idosa Relatório da Pessoa Idosa 2012 O Relatório da Pessoa Idosa 2012, com base nos dados de 2011, se destina à divulgação dos dados de criminalidade contra a pessoa idosa (idade igual ou superior a 60 anos),

Leia mais

CASA VERDE/CACHOEIRINHA

CASA VERDE/CACHOEIRINHA Casa Verde / CASA VERDE/CACHOEIRINHA R e g i ã o N o r t e Assessoria de Imprensa - Subprefeitura de CENTRO REFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL MORRINHOS. 17 Casa Verde / Pirâmide Populacional Rendimento

Leia mais

mhtml:file://e:\economia\ibge Síntese de Indicadores Sociais 2010.mht

mhtml:file://e:\economia\ibge Síntese de Indicadores Sociais 2010.mht Page 1 of 7 Comunicação Social 17 de setembro de 2010 Síntese de Indicadores Sociais 2010 SIS 2010: Mulheres mais escolarizadas são mães mais tarde e têm menos filhos Embora abaixo do nível de reposição

Leia mais

projeto fortalecendo as políticas de gênero nos municípios maranhenses: estadualização do plano nacional de políticas para as

projeto fortalecendo as políticas de gênero nos municípios maranhenses: estadualização do plano nacional de políticas para as PLANO MUNICIPAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES 2013-2015 1 A construção deste plano teve o assessoramento técnico realizado pela Secretaria de Estado da Mulher, através do projeto fortalecendo as políticas

Leia mais

Gênero e Pobreza no Brasil: contexto atual

Gênero e Pobreza no Brasil: contexto atual Gênero e Pobreza no Brasil: contexto atual Hildete Pereira de Melo Economia/UFF Projeto SPM/CEPAL Caracterização do tema Gênero: visão diferenciada dos papéis de mulheres e homens na vida econômica e social.

Leia mais

RA Copacabana. Indicadores Rio Como Vamos

RA Copacabana. Indicadores Rio Como Vamos 3 RA Copacabana Indicadores Rio Como Vamos 1 CARACTERÍSTICAS DA POPULAÇÃO A Região Administrativa (RA) da Copacabana faz parte da Área de Planejamento 2. A Região Administrativa engloba os bairros Leme

Leia mais

3Apesar dos direitos adquiridos pelas

3Apesar dos direitos adquiridos pelas objetivo. promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres mulheres ao longo do século 20, ainda há considerável desigualdade entre os gêneros no mundo. Em geral, as mulheres sofrem com a

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Censo Demográfico 2010 Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Rio de Janeiro, 29 de junho de 2012 A presente publicação dá continuidade à divulgação dos resultados do Censo

Leia mais

Dados da Nossa Região Projetos 2013-2014

Dados da Nossa Região Projetos 2013-2014 Dados da Nossa Região Projetos 2013-2014 { Rotary Club São Paulo Morumbi Comp. Antonio Limongi Presidente Comp. Claudio Moysés Governador D.4610 Ano rotário 2013-2014 Comp. Helen de Montille Ferreira RCSP

Leia mais

Pesquisa de Opinião Eleitoral Eleições Majoritárias no Amazonas 2014

Pesquisa de Opinião Eleitoral Eleições Majoritárias no Amazonas 2014 Pesquisa de Opinião Eleitoral Eleições Majoritárias no Amazonas 2014 Setembro / 2013 Sumário 2 ESTRUTURA DO RELATÓRIO... ESCOPO DA PESQUISA 3 INTENÇÃO DE VOTO PARA GOVERNADOR 4 INTENÇÃO DE VOTO PARA SENADOR

Leia mais

Quadro da desigualdade em São Paulo

Quadro da desigualdade em São Paulo Quadro da desigualdade em São Paulo CULTURA Acervo de livros infanto-juvenis das bibliotecas municipais per capita Número de livros infanto-juvenis disponíveis em acervos de bibliotecas e pontos de leitura

Leia mais

Caracterização dos Territórios de Identidade Território 15 - Bacia do Jacuípe

Caracterização dos Territórios de Identidade Território 15 - Bacia do Jacuípe Caracterização dos Territórios de Identidade Território 15 - Bacia do Jacuípe Municípios Dados Gerais Quantidade de Área Total (km 2 População Total Densidade ) municípios Demográfica 14 10.605,76 237.237

Leia mais

InfoReggae - Edição 09 Os Núcleos: Cantagalo 6 de setembro de 2013. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 09 Os Núcleos: Cantagalo 6 de setembro de 2013. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

INDICADORES DEMOGRÁFICOS E NORDESTE

INDICADORES DEMOGRÁFICOS E NORDESTE INDICADORES DEMOGRÁFICOS E SOCIAIS E ECONÔMICOS DO NORDESTE Verônica Maria Miranda Brasileiro Consultora Legislativa da Área XI Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento

Leia mais

RELAÇÃO DAS TABELAS EIA TOMO I

RELAÇÃO DAS TABELAS EIA TOMO I RELAÇÃO DAS TABELAS EIA TOMO I Capitulo 2 TABELA 2.1. Linhas que Operam Atualmente 2.8 TABELA 2.2. Nº de Linhas, Frotas e Movimentação de Passageiros 2.8 TABELA 2.3. Tarifas do Sistema Coletivo de São

Leia mais

MATRIZ DOS INDICADORES

MATRIZ DOS INDICADORES MATRIZ DOS INDICADORES 1. DEMOGRAFIA Indicador: População infantojuvenil, de 0 a 19 anos, por sexo e cor/raça, residente nos setores urbano e rural. Definição: apresenta o número total de crianças e adolescentes,

Leia mais

Taxa de analfabetismo

Taxa de analfabetismo B Taxa de analfabetismo B.1................................ 92 Níveis de escolaridade B.2................................ 94 Produto Interno Bruto (PIB) per capita B.3....................... 96 Razão de

Leia mais

2.291 12,97 0,694 0,746 87.535 R$ 18.640,25 R$ 620,10

2.291 12,97 0,694 0,746 87.535 R$ 18.640,25 R$ 620,10 Mapa Social São João da Urtiga Documento gerado em 04/04/206 às 5:37:37 População Censitária (200) 4.726 População Residente Urbana (200) 2.29 População Residente Rural (200) 2.435 Quantidade de Eleitores

Leia mais

INDICADORES ESTATÍSTICOS

INDICADORES ESTATÍSTICOS INDICADORES ESTATÍSTICOS Indicadores Ano Unidade Estrutura Territorial Área 28 Km 2 27 332,4 92 9, Concelhos - Freguesias 28 nº 47-31 38-426 Lugares 28 nº 947 26797 Cidades Estatísticas 28 nº 15 151 Densidade

Leia mais

Ficha Técnica dos indicadores de saúde disponibilizados por meio do aplicativo Statplanet. Mortalidade

Ficha Técnica dos indicadores de saúde disponibilizados por meio do aplicativo Statplanet. Mortalidade Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Epidemiologia e Informação - CEInfo Ficha Técnica dos indicadores de saúde disponibilizados por meio do aplicativo Statplanet Mortalidade Taxa ou Coeficiente

Leia mais

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUDESTE BAIRRO GURUPI

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUDESTE BAIRRO GURUPI TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUDESTE BAIRRO GURUPI Teresina (PI), Agosto/2014 GURUPI 0 Agosto/2014 EXPEDIENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA Firmino da

Leia mais

PENHA (AP 3, RA XI) Penha, Penha Circular e Brás de Pina

PENHA (AP 3, RA XI) Penha, Penha Circular e Brás de Pina PENHA (AP 3, RA XI) Penha, Penha Circular e Brás de Pina Administrativa Pop. Total 2000 Pop. Estimada 2007 Dens. Pop. (Hab/Há) IDH Ranking de IDH XI Penha (inclui a RA XXXI Vigário Geral) 318 505 300 892-303

Leia mais

18h30 Abertura da exposição Transmissão, de André Yassuda, no Palacete 10 de Julho

18h30 Abertura da exposição Transmissão, de André Yassuda, no Palacete 10 de Julho Programação 310 Anos de Pindamonhangaba 1 de julho quarta-feira 9h Abertura da exposição Pindamonhangaba em fotos antigas (acervo do Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina) no saguão

Leia mais

Perfil Municipal - Florianópolis (SC)

Perfil Municipal - Florianópolis (SC) Caracterização do Território Área: 436,5 km² Densidade Demográfica: 760,1 hab/km² Altitude da Sede: 3 m Ano de Instalação: 1.726 Distância à Capital: 0,0 km Microrregião: Florianópolis Mesorregião: Grande

Leia mais

Anexo 17.5 Diagrama e Dicionário de Dados da Base Conjunto Universo

Anexo 17.5 Diagrama e Dicionário de Dados da Base Conjunto Universo Anexo 17.5 Diagrama e Dicionário de Dados da Base Conjunto Universo Tabela: Dados de domicílio (continua) Código da unidade da federação (UF) Código do município Código do distrito Código do subdistrito

Leia mais

Como Publicar Missas, Avisos Fúnebres e Religiosos em O Globo

Como Publicar Missas, Avisos Fúnebres e Religiosos em O Globo Para consultar RJ Cartórios no Estado do Rio de Janeiro. Cartorio RJ para registro civil: óbito, falecimento,... Como Publicar Missas, Avisos Fúnebres e Religiosos em O Globo CLIQUE AQUI e preencha o Formulário

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - 2009 1 1 Rio de Janeiro, 15/12/2010 1 PNAD 2009 Segurança Alimentar Vitimização e Educação Trabalho Rendimento Fecundidade Tecnologia da Informação etc 2 153

Leia mais

DIA DO DESAFIO / SEMASC

DIA DO DESAFIO / SEMASC DIA DO DESAFIO / SEMASC 30/05/2012 CRAS E CREAS DESAFIO HORÁRIO Nº PESSOAS CRAS ANTONIO VALENÇA ALONGAMENTO 8h e 30 min. 80 Manhã ROLLEMBERG Atividade envolvendo crianças, adolescentes, 15h 80 Tarde Av.Canal

Leia mais

QUADRO 1 - COMPOSIÇÃO DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA COMPOSIÇÃO ORIGINAL (1) MUNICÍPIOS DESMEMBRADOS INCLUÍDOS POR LEGISLAÇÕES ESTADUAIS (2) Almirante Tamandaré Araucária Balsa Nova Bocaiúva do Sul

Leia mais

Evolução demográfica 1950-2010

Evolução demográfica 1950-2010 Evolução demográfica 195-1 37 A estrutura etária da população brasileira em 1 reflete as mudanças ocorridas nos parâmetros demográficos a partir da segunda metade do século XX. Houve declínio rápido dos

Leia mais

PAUTA DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA 15 DE OUTUBRO 2014 MESA DIRETORA: BIÊNIO 2013/2014

PAUTA DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA 15 DE OUTUBRO 2014 MESA DIRETORA: BIÊNIO 2013/2014 PAUTA DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA 15 DE OUTUBRO 2014 MESA DIRETORA: BIÊNIO 2013/2014 PRESIDENTE: FERNANDO VASCONCELOS 1º VICE-PRESIDENTE: HERMÍNIO OLIVEIRA 2º VICE-PRESIDENTE: LUCIANO GOMES 1ª SECRETÁRIA:

Leia mais

UPP FALLET-FOGUETEIRO E COROA

UPP FALLET-FOGUETEIRO E COROA UPP FALLET-FOGUETEIRO E COROA 09/2014 0 Sumário 1. LOCALIZAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO GERAL... 2 2. DADOS CENSITÁRIOS 2010: DEMOGRAFIA E ÁREA OCUPADA... 4 3. DADOS CENSITÁRIOS 2010: SOCIOECONÔMICOS... 7 3.1.

Leia mais

Região Centro Oeste DISTRITO FEDERAL Total

Região Centro Oeste DISTRITO FEDERAL Total Dimensão Demografia Cidadania Saúde Região Centro Oeste DISTRITO FEDERAL Diferença CADÊ Posição Nacional Estadual 2010 para 2011 Nacional 45.886.531-711.009 - - 19º População Infanto Juvenil por Faixa

Leia mais

PORTO ALEGRE E DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS

PORTO ALEGRE E DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Doenças e Agravos não Transmissíveis Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura Municipal de Porto Alegre PORTO ALEGRE

Leia mais

APÊNDICE METODOLÓGICO

APÊNDICE METODOLÓGICO APÊNDICE METODOLÓGICO SÍNTESE DOS INDICADORES SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO INSTITUTO JONES DOS SANTOS NEVES APesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) foi implantada progressivamente no Brasil a

Leia mais

PROPOSTAS PARA DESENVOLVIMENTO NAS ÁREAS

PROPOSTAS PARA DESENVOLVIMENTO NAS ÁREAS POLÍTICAS PÚBLICAS: SANEAMENTO OBRAS PARTICIPAÇÃO POPULAR EDUCAÇÃO SAÚDE O que são políticas públicas? Políticas públicas podem ser entendidas como ações desenvolvidas pelo Estado, tendo em vista atender

Leia mais

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década 1 FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO PROFESSOR BAHIA TEXTO DE CULTURA GERAL FONTE: UOL COTIDIANO 24/09/2008 Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década Fabiana Uchinaka Do UOL Notícias

Leia mais

Perfil Municipal - Natal (RN)

Perfil Municipal - Natal (RN) Caracterização do Território Área: 169,9 km² Densidade Demográfica: 4.175,5 hab/km² Altitude da Sede: 30 m Ano de Instalação: 1.599 Distância à Capital: 0,0 km Microrregião: Natal Mesorregião: Leste Potiguar

Leia mais

CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010: MUDANÇAS METODOLÓGICAS E RESULTADOS PRELIMINARES DO UNIVERSO

CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010: MUDANÇAS METODOLÓGICAS E RESULTADOS PRELIMINARES DO UNIVERSO Suzana Cavenaghi José Eustáquio Diniz Alves Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE) Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). CENSO DEMOGRÁFICO DE 2010: MUDANÇAS METODOLÓGICAS E RESULTADOS

Leia mais

NOSSO BAIRRO/SANTA CÂNDIDA

NOSSO BAIRRO/SANTA CÂNDIDA N População 32.808 W S E Domicílios 11.343 Regional Boa Vista DADOS INTERNACIONAIS DE CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO IPPUC - SETOR DE DOCUMENTAÇÃO Ângela M. Silvia K üster Cherobim CRB/ 9ªr - 601 I59 Instituto

Leia mais

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUL BAIRRO ANGELIM

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUL BAIRRO ANGELIM TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUL BAIRRO ANGELIM Teresina (PI), Agosto/2014 ANGELIM 0 Agosto/2014 EXPEDIENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA Firmino da Silveira

Leia mais

Perfil Municipal - Queimada Nova (PI)

Perfil Municipal - Queimada Nova (PI) Caracterização do Território Área: 1.438,4 km² Densidade Demográfica: 5,8 hab/km² Altitude da Sede: 410 m Ano de Instalação: 1.993 Distância à Capital: 416,7 km Microrregião: Alto Médio Canindé Mesorregião:

Leia mais

I N F O R M E S E T O R I A L

I N F O R M E S E T O R I A L ÁREA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL I N F O R M E S E T O R I A L Gerência Setorial REALIDADE SOCIAL BRASILEIRA Principais Indicadores nº 1 janeiro de 2002 No final do ano de 2001 foram divulgados os estudos

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Assunto: O perfil da Extrema Pobreza no Brasil com base nos dados preliminares do universo do Censo 2010. 1. INTRODUÇÃO O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

18 de Maio. Denuncie. Faça sua parte! Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

18 de Maio. Denuncie. Faça sua parte! Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes 18 de Maio Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES. Denuncie. Faça sua parte! Ficha Técnica União Norte Brasileira

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 031 Ação Legislativa 0001 - Execução da Ação Legislativa Manutenção das Atividades Legislativas FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006 - Defesa Jurídica do Município

Leia mais

NOSSO BAIRRO/JARDIM SOCIAL

NOSSO BAIRRO/JARDIM SOCIAL N População 5.698 W S E Domicílios 1.983 Regional Matriz DADOS INTERNACIONAIS DE CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO IPPUC - SETOR DE DOCUMENTAÇÃO Ângela M. Silvia Küster Cherobim CRB/ 9ªr - 601 I59 Instituto de

Leia mais

Daniel Cerqueira. Diretor de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia DIEST/IPEA

Daniel Cerqueira. Diretor de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia DIEST/IPEA Daniel Cerqueira Diretor de Estudos e Políticas do Estado, das Instituições e da Democracia DIEST/IPEA Mais de 60 mil pessoas são assassinadas a cada ano no Brasil; Há um forte viés de cor/raça nessas

Leia mais

O COMPROMISSO DE CUIDAR BEM DE QUEM MAIS PRECISA

O COMPROMISSO DE CUIDAR BEM DE QUEM MAIS PRECISA O COMPROMISSO DE CUIDAR BEM DE QUEM MAIS PRECISA DEDICADO AO POVO DE UBERLÂNDIA, AOS SERVIDORES MUNICIPAIS E A TODAS AS PESSOAS QUE TRABALHAM PELO BEM DA NOSSA GENTE. Uberlândia-MG, janeiro de 2012. BemSocial.

Leia mais

SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS

SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS ESTUDOS & pesquisas INFORMAÇÃO DEMOGRÁFICA E SOCIoeconômica 5 SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS 2000 IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Presidente da República Fernando Henrique Cardoso

Leia mais

Analfabetismo no Brasil

Analfabetismo no Brasil Analfabetismo no Brasil Ricardo Paes de Barros (IPEA) Mirela de Carvalho (IETS) Samuel Franco (IETS) Parte 1: Magnitude e evolução do analfabetismo no Brasil Magnitude Segundo estimativas obtidas com base

Leia mais

Serviço de Pronto- Atendimento SPA

Serviço de Pronto- Atendimento SPA Serviço de Pronto- Atendimento SPA SPA Danilo Corrêa Endereço: Av. Noel Nutles, s/n, Cidade Nova I Telefone: 3221-7260 SPA Eliameme Rodrigues Mady Endereço: Av. Samaúma, s/n, Monte das Oliveiras Telefone:

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

As especificidades da desigualdade étnicoracial no cenário das desigualdades no Brasil

As especificidades da desigualdade étnicoracial no cenário das desigualdades no Brasil MÓDULO 4 - Relações Étnico-Raciais unidade 2 TEXTO 4 As especificidades da desigualdade étnicoracial no cenário das desigualdades no Brasil Você já pensou em como as desigualdades raciais muitas vezes

Leia mais

PASES 2005. 2ª Etapa - 4º dia:30/05/2005 3ª FASE e FASE ÚNICA GRUPO 8 01 PROGRAMA DE ACESSO SERIADO AO ENSINO SUPERIOR

PASES 2005. 2ª Etapa - 4º dia:30/05/2005 3ª FASE e FASE ÚNICA GRUPO 8 01 PROGRAMA DE ACESSO SERIADO AO ENSINO SUPERIOR Divisão de Operação de Concursos Vestibulares PROGRAMA DE ACESSO SERIADO AO ENSINO SUPERIOR 2ª Etapa - 4º dia:30/05/2005 3ª FASE e FASE ÚNICA GRUPO 8 01 PROGRAMA DE ACESSO SERIADO AO ENSINO SUPERIOR HISTÓRIA

Leia mais

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros 1 of 5 11/26/2010 2:57 PM Comunicação Social 26 de novembro de 2010 PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009 Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros O número de domicílios

Leia mais

Acesso a Transferências de Renda de Programas Sociais

Acesso a Transferências de Renda de Programas Sociais Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação detrabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

MINAS GERAIS. Projeto Situação dos Estados Fundação Perseu Abramo 2014

MINAS GERAIS. Projeto Situação dos Estados Fundação Perseu Abramo 2014 MINAS GERAIS Projeto Situação dos Estados Fundação Perseu Abramo 2014 O TERRITÓRIO A fisionomia territorial de Minas Gerais é elemento decisivo para se compreender seus traços atuais que resultam de sua

Leia mais

NOSSO BAIRRO/PINHEIRINHO

NOSSO BAIRRO/PINHEIRINHO NOSSO BAIRRO/PINHEIRINHO N População 50.401 W S E Domicílios 16.663 Regional DADOS INTERNACIONAIS DE CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO IPPUC - SETOR DE DOCUMENTAÇÃO Ângela M. Silvia Küster Cherobim CRB/ 9ªr -

Leia mais

É uma medida de desigualdade, mas comumente utilizada para calcular a desigualdade na distribuição de renda. É um número entre 0 e 1.

É uma medida de desigualdade, mas comumente utilizada para calcular a desigualdade na distribuição de renda. É um número entre 0 e 1. COEFICIENTE GINI É uma medida de desigualdade, mas comumente utilizada para calcular a desigualdade na distribuição de renda. É um número entre 0 e 1. 0 = completa igualdade 1= completa desigualdade. Desigualdade

Leia mais

TERESINA ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO

TERESINA ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO TERESINA ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO Teresina (PI), Setembro 2014 1 ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH-m) As informações deste estudo são extraídas do site do Programa das Nações Unidas - PNUD,

Leia mais

Situação Geográfica e Demográfica

Situação Geográfica e Demográfica Guarulhos História A memória é a base para a construção da identidade, da consciência do indivíduo e dos grupos sociais de um determinado local. A maioria das fontes de memória de Guarulhos traz que sua

Leia mais

ANEXO ÚNICO. a) Sentido Copacabana:..., Av. Vieira Souto (pista reversível), Rua Joaquim Nabuco,...

ANEXO ÚNICO. a) Sentido Copacabana:..., Av. Vieira Souto (pista reversível), Rua Joaquim Nabuco,... ANEXO ÚNICO Linhas Municipais Das 7:00h às 8:40h (horário de término estimado) Transcarioca 318 Barra Sul - Central Transcarioca 332 Alvorada - Castelo (via Av. Sernambetiba) Transcarioca 2018 Aeroporto

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Resultados gerais da amostra

Censo Demográfico 2010. Resultados gerais da amostra Censo Demográfico 2010 Resultados gerais da amostra Rio de Janeiro, 27 de abril de 2012 População e distribuição relativa População e distribuição relativa (%) para o Brasil e as Grandes Regiões 2000/2010

Leia mais

Urbanização Brasileira

Urbanização Brasileira Urbanização Brasileira O Brasil é um país com mais de 190 milhões de habitantes. A cada 100 pessoas que vivem no Brasil, 84 moram nas cidades e 16 no campo. A população urbana brasileira teve seu maior

Leia mais

FICHA BIBLIOGRÁFICA. Título: Perfil da Mulher Metalúrgica do ABC. Autoria: Subseção DIEESE/Metalúrgicos do ABC

FICHA BIBLIOGRÁFICA. Título: Perfil da Mulher Metalúrgica do ABC. Autoria: Subseção DIEESE/Metalúrgicos do ABC FICHA BIBLIOGRÁFICA Título: Perfil da Mulher Metalúrgica do ABC Autoria: Subseção DIEESE/Metalúrgicos do ABC Equipe técnica responsável: Fausto Augusto Junior; Zeíra Mara Camargo de Santana; Warley Batista

Leia mais

Nota técnica sobre as tabelas abreviadas de sobrevivência no Rio de Janeiro - 1980 e 1991

Nota técnica sobre as tabelas abreviadas de sobrevivência no Rio de Janeiro - 1980 e 1991 ISSN 1984-7203 C O L E Ç Ã O E S T U D O S C A R I O C A S Nota técnica sobre as tabelas abreviadas de sobrevivência no Rio de Janeiro - 1980 e 1991 Nº 20010504 Maio - 2001 Kaizô Beltrão - IBGE PREFEITURA

Leia mais

ENGENHARIA E ARQUITETURA PÚBLICA UMA VISÃO SISTÊMICA DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL.

ENGENHARIA E ARQUITETURA PÚBLICA UMA VISÃO SISTÊMICA DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL. ENGENHARIA E ARQUITETURA PÚBLICA UMA VISÃO SISTÊMICA DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL. 1- Apresentação A Constituição de 1988, denominada pelo saudoso Deputado

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE JAHU ESTADO DE SÃO PAULO

CÂMARA MUNICIPAL DE JAHU ESTADO DE SÃO PAULO CÂMARA MUNICIPAL DE JAHU ESTADO DE SÃO PAULO REQUERIMENTOS Requerimento nº 635/2014 Indagando ao Chefe do Executivo se a Prefeitura já firmou convênio para que sejam implantados em nosso Município os programas

Leia mais

Boletim PNAD Resultados da PNAD 2011 Educação Junho de 2013

Boletim PNAD Resultados da PNAD 2011 Educação Junho de 2013 Boletim PNAD Resultados da PNAD 2011 Educação Junho de 2013 RESULTADOS DA PNAD 2011 EDUCAÇÃO Apresentação 2 Governo do Estado da Bahia Jaques Wagner Secretaria do Planejamento (Seplan) José Sergio Gabrielli

Leia mais

Indicadores técnicos e de percepção

Indicadores técnicos e de percepção Indicadores técnicos e de percepção Observatório Cidadão Nossa São Paulo Banco virtual que disponibiliza um conjunto de indicadores sociais, ambientais, econômicos, políticos e culturais sobre a cidade

Leia mais

Jorge Abrahão de Castro Diretor da Diretoria de Estudos Sociais Brasília, 20 janeiro de 2010

Jorge Abrahão de Castro Diretor da Diretoria de Estudos Sociais Brasília, 20 janeiro de 2010 Juventude e Políticas Sociais no Brasil Jorge Abrahão de Castro Diretor da Diretoria de Estudos Sociais Brasília, 20 janeiro de 2010 Juventude e suas questões Juventude e População: Brasil 2008: 50,2 milhões

Leia mais

EXPANSÃO CIDADÃO DIGITAL

EXPANSÃO CIDADÃO DIGITAL EXPANSÃO CIDADÃO DIGITAL RELATÓRIO DE VISITA ONGs NO ESTADO DE SÃO PAULO 1. Associação Beneficente de Mães Ordem e Progresso Região Norte da cidade de SP. 2. ACM Unidade Centro de Desenvolvimento Comunitário

Leia mais

Oficina de Planejamento do Subcomitê do Sistema Lagunar de Jacarepaguá Barra da Tijuca 29/08/2014

Oficina de Planejamento do Subcomitê do Sistema Lagunar de Jacarepaguá Barra da Tijuca 29/08/2014 PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS FUNDAÇÃO INSTITUTO DAS ÁGUAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO RIO-ÁGUAS Oficina de Planejamento do Subcomitê do Sistema Lagunar de Jacarepaguá

Leia mais

ROTEIRO ESTRUTURADO PARA PESQUISA DO TRABALHO PRÁTICO

ROTEIRO ESTRUTURADO PARA PESQUISA DO TRABALHO PRÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MEDICINA PREVENTIVA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA ROTEIRO ESTRUTURADO PARA PESQUISA DO TRABALHO PRÁTICO

Leia mais

QUADRO DE INDICADORES

QUADRO DE INDICADORES QUADRO DE Núcleo de Seguridade e Assistência Social da PUC/SP Coordenadora: Profa.Aldaiza Sposati QUADRO COMPARATIVO DE SOCIAIS I UTOPIAS DO /INCLUSÃO SOCIAL AUTONO- MIA QUALIDA- DE DE VIDA Faixa Renda

Leia mais

Situação do Domicílio Abs. % Abs. % Total 16.938 100 10.444.526 100 Urbano 4.808 28,39 8.912.692 85,33 Rural 12.130 71,61 1.531.

Situação do Domicílio Abs. % Abs. % Total 16.938 100 10.444.526 100 Urbano 4.808 28,39 8.912.692 85,33 Rural 12.130 71,61 1.531. População segundo a Distribuição de Domicílios 2010 Situação do Domicílio Abs. % Abs. % Total 16.938 100 10.444.526 100 Urbano 4.808 28,39 8.912.692 85,33 Rural 12.130 71,61 1.531.834 14,66 FONTE: IPARDES/IBGE

Leia mais