Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 2014"

Transcrição

1 Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 2014 Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Conforme acordo entre a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI) Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a SBC e a Associação Médica Brasileira (AMB), comunicamos a realização do processo de avaliação para obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista. Esse processo de avaliação constará de três etapas: prova teórica, prova teórico-prática e análise do currículo, correspondendo à etapa 1; prova prática, correspondendo à etapa 2 e comprovação da publicação de artigo científico, correspondendo à etapa 3. A DA INSCRIÇÃO Documentos e Pré-Requisitos As inscrições deverão ser realizadas no Portal Eletrônico da SBHCI (www.sbhci.org.br), no período de 24 de setembro de 2014 a 06 de outubro de Os candidatos deverão acessar o referido Portal Eletrônico, seguir rigorosamente as instruções ali constantes (preenchendo o Formulário de Inscrição e a Ficha para Pontuação do Curriculum Vitae), conferir as informações fornecidas, imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento do valor da inscrição R$ 500,00 (quinhentos reais), acrescidos do custo de despesas bancárias exclusivamente no período aqui citado. O candidato deverá entregar ou remeter pelo correio (Sedex com aviso de recebimento AR), para o endereço da sede da SBHCI (Rua Beira Rio, 45 7º andar cj. 74 Vila Olímpia São Paulo, SP CEP ), até 06 de outubro de 2014, os seguintes documentos necessários para a homologação da inscrição e para a comprovação das informações constantes da Ficha para Pontuação do Curriculum Vitae: (ANEXO1): 1. Diploma do curso de Medicina devidamente registrado, fornecido por faculdade reconhecida no Brasil (cópia autenticada). 2. Certificado do Título de Especialista em Cardiologia ou declaração, fornecido pela SBC e pela AMB (cópia autenticada). 3. Carteira de médico comprovando inscrição definitiva em Conselho Regional de Medicina (cópia autenticada). 4. Comprovante de conclusão de Programa de Treinamento em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista com duração mínima de dois anos ou de estar cursando o 2 ano de um programa de treinamento. O Programa de Treinamento deve ser concluído, no máximo, até a data da realização da prova prática do presente processo de avaliação (apresentação de certificado com assinatura do Chefe/Coordenador do Serviço com firma reconhecida em cartório). 5. Currículo devidamente documentado, conforme a Ficha para Pontuação do Curriculum Vitae (ANEXO 1), para permitir a avaliação de acordo com o constante no item B.4, alínea 2, do presente Edital. A homologação da inscrição dependerá da apresentação da documentação mencionada na forma aqui descrita para os itens numerados de 1 a 5. Não será aceita documentação com data de postagem posterior a 06 de outubro de

2 A não observância das disposições acima invalidará automaticamente a inscrição, não cabendo devolução do valor pago pela inscrição. B DA PROVA TEÓRICA, DA PROVA TEÓRICO-PRÁTICA e DA ANÁLISE DO CURRÍCULO ETAPA 1 B.1 - Da Prova Teórica A prova teórica será realizada em 25 de outubro de 2014, na Impacta Certificação e Treinamento (Av. Paulista, 1009, Bela Vista, São Paulo, SP) com início marcado para as 08h30min e duração prevista de três horas. 1. A prova teórica será composta de 50 questões objetivas, com testes de múltipla escolha. As questões apresentarão cinco alternativas com apenas uma resposta correta. Cada questão terá o valor de 1,2 pontos, sendo de 60 pontos o valor máximo da prova teórica. Os testes compreenderão os temas apresentados no programa (ANEXO 2). A bibliografia recomendada é a constante do (ANEXO 3). O gabarito preliminar da prova teórica será publicado após as 15 horas do dia 25 de outubro de 2014, na Secretaria da SBHCI no local de aplicação da prova. 2. Os candidatos presentes à prova teórica que se retirarem do local de aplicação após duas horas de seu início poderão levar o caderno de questões. B.2 - Da Prova Teórico-Prática A prova teórico-prática será realizada também em 25 de outubro de 2014, no mesmo local, com início marcado para as 12h30min e duração prevista de duas horas. 1. A prova teórico-prática será composta de casos clínicos apresentados em formato eletrônico (data show e/ou computação eletrônica com animação), acerca dos quais serão formuladas 10 questões sob a forma discursiva. As questões visam a avaliar conhecimentos práticos do exercício da hemodinâmica e da cardiologia intervencionista. Cada questão terá o valor máximo de 4 pontos, sendo de 40 pontos o valor máximo da prova teórico-prática. O programa (ANEXO 2) e a bibliografia recomendada (ANEXO 3) são os mesmos da prova teórica. 2. A correção de cada uma das questões discursivas, da prova teórico-prática, será feita por dois avaliadores independentes, titulados pela SBHCI, que atuarão sob a condição de dupla avaliação cega. A nota final de cada questão será a média aritmética das notas de cada avaliador (considerada apenas uma casa decimal). 3. As respostas preliminares às questões da prova teórico-prática serão publicadas sob a forma de checklist e/ou comentários com os tópicos a serem considerados pelos avaliadores na correção de cada questão. A divulgação será feita no Portal Eletrônico da SBHCI (www.sbhci.org.br) a partir das 16 horas do dia 01 de dezembro de Os candidatos presentes à prova teórico-prática que se retirarem do local de aplicação após uma hora de seu início poderão levar o caderno, que conterá apenas as questões formuladas. 2

3 B.3 - Dos Recursos da Prova Teórica e da Prova Teórico-Prática A fase recursal referente à prova teórica obedecerá ao exposto a seguir. 1. O prazo recursal ocorrerá no período de 27 de outubro de 2014, a partir das 16 horas até 28 de outubro de 2014, às 16 horas. Cada recurso poderá referir-se exclusivamente a uma questão e deverá ser encaminhado por meio eletrônico, com acesso do candidato, por meio de seu CPF, no Portal da SBHCI (www.sbhci.org.br). A cada recurso recebido será atribuído um número de protocolo, o qual será comunicado ao recorrente, por meio eletrônico. 2. Os recursos deverão constar do preenchimento de formulário específico, disponível no Portal da SBHCI, identificação da questão atacada, menção da discordância do candidato contra o enunciado ou a resposta considerada correta no gabarito preliminar, apresentação de argumentação consistente relativa à discordância e citação de referência bibliográfica que respalde a discordância, extraída da bibliografia recomendada neste Edital (ANEXO 3). Não serão reconhecidos os recursos em desacordo com o aqui disposto. A fase recursal se destina especificamente à discussão do conteúdo das questões, visando a apontar possíveis nulidades nas mesmas. As questões que eventualmente venham a ser anuladas serão consideradas corretas para todos os candidatos presentes à prova, com a consequente atribuição dos pontos a elas correspondentes. É, portanto, dispensável a apresentação individual de recursos com igual conteúdo. 3. As respostas aos recursos apresentados serão disponibilizadas, em caráter individual aos recorrentes, por meio de seu CPF, em 01 de dezembro de 2014, a partir das 16 horas, no Portal Eletrônico da SBHCI (www.sbhci.org.br). A fase recursal referente à prova teórico-prática ocorrerá apenas em 02 de dezembro de 2014, das 09 às 16 horas, de acordo com a sistemática a seguir exposta: 4. Em 01 de dezembro de 2014, a partir das 16 horas, será disponibilizado no Portal Eletrônico da SBHCI (www.sbhci.org.br) o resultado da avaliação do desempenho dos candidatos, sendo considerados a nota final da prova teórica e o número definitivo de pontos do currículo. Os candidatos terão acesso apenas a seus dados pessoais por meio de seu CPF. Haverá ainda, na mesma data, acesso às notas da correção preliminar das questões da prova teórico-prática. 5. Apenas em 02 de dezembro de 2014, no horário das 09 às 16 horas, serão permitidas solicitações de recursos. Os eventuais recursos deverão constar do preenchimento de formulário específico, disponível no Portal da SBHCI, com os fundamentos que sustentem a(s) solicitação(ões) de elevação da(s) nota(s) atribuída(s) à(s) questão(ões) e com a indicação do número da(s) questão(ões) recorrida(s). A cada recurso recebido será atribuído um número de protocolo, o qual será comunicado ao recorrente, por meio eletrônico. Não serão reconhecidos os recursos em desacordo com o aqui disposto. 6. As respostas aos recursos apresentados serão disponibilizadas, em caráter individual aos recorrentes, identificadas pelos respectivos números de protocolo, em 12 de dezembro de 2014 a partir das 16 horas, no Portal Eletrônico da SBHCI (www.sbhci.org.br). 3

4 B.4 - Da Análise do Currículo Os currículos serão analisados pela Comissão Permanente de Certificação (CPC) no período compreendido entre o encerramento das inscrições e a aplicação das provas teórica e teóricoprática, de forma a permitir que a divulgação do resultado final da primeira etapa já inclua os pontos atinentes ao currículo. 1. O valor máximo de pontuação do currículo será de 10 pontos. 2. O currículo entregue ou enviado à SBHCI até o dia 06 de outubro de 2014 será considerado para atribuição de pontos, conforme explicitado no texto a seguir e constante do ANEXO 1: a) Programa de Treinamento em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, exclusivamente se efetivado em um dos Centros de Treinamento credenciados pela SBHCI, conforme listagem atualizada e vigente em 2014 (ANEXO 4), por um período de dois anos consecutivos. Para pontuação desse quesito, é necessária a apresentação de certificado assinado pelo Chefe/Coordenador do Serviço, com firma reconhecida em cartório, explicitando que o referido candidato foi aluno desse Centro e contendo as datas de início e fim do treinamento, sendo aceita como data final até 150 dias futuros, computados a partir de 06 de outubro de 2014: 3 pontos. b) Participação nas provas online de avaliação dos residentes dos Centros de Treinamento credenciados pela SBHCI. Para pontuação deste quesito serão consideradas as participações efetivas registradas pela empresa prestadora de serviços de informática contratada pela SBHCI. Para cada participação efetiva: 0,5 ponto, até o máximo de 1,5 pontos. c) Título de Mestre : 1 ponto. d) Título de Doutor : 2 pontos. e) Participações em congressos e cursos da SBHCI: e.1-1 a 2 participações: 0,5 ponto; e.2-3 a 5 participações: 1 ponto; e.3-6 a 8 participações: 1,5 pontos; e.4-9 ou mais participações: 2 pontos. f) Participações, nos últimos cinco anos, em jornadas, congressos e curso em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista com apoio oficial da SBHCI e/ou pontuação na Comissão Nacional de Acreditação (CNA/AMB), impressas no certificado do participante, e/ou participações em eventos internacionais como: American College, American Heart, Euro PCR, ESC - European Society of Cardiology, SOLACI e TCT. f.1-1 a 5 participações: 0,5 ponto; f.2-6 ou mais participações: 1 ponto; g) Publicações, como primeiro autor, de artigos originais nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia e na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva: g.1-1 a 2 publicações: 1 ponto; g.2-3 a 4 publicações: 1,5 pontos; g.3-5 a 6 publicações: 2 pontos; h) Publicações, como primeiro autor, de artigos de revisão ou de relatos de caso nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia e na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva: h.1-1 a 2 publicações: 0,5 ponto; h.2-3 ou mais publicações: 1 ponto. 4

5 i) Publicações, como coautor, de artigos originais, de artigos de revisão ou de relatos de caso nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia e na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva: i.1-1 a 3 publicações: 1 ponto; i.2-4 ou mais publicações: 1,5 pontos; j) Publicações, como primeiro autor, de artigos originais, de artigos de revisão ou de editoriais em outras (que não os Arquivos Brasileiros de Cardiologia) revistas indexadas no sistema PubMed (National Library of Medicine), autoria de capítulos de livro e/ou editoria de livros científicos de Cardiologia e/ou Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista: j.1-1 a 2 publicações: 0,5 ponto; j.2-3 a 4 publicações: 1 ponto; j.3-5 a 6 publicações: 1,5 pontos; k) Autoria de temas livres apresentados em congressos internacionais de Cardiologia e/ou Cardiologia Intervencionista da SBHCI e/ou da SBC nos últimos cinco anos: k.1-1 a 2 publicações: 1 ponto; k.2-3 ou mais publicações: 2 pontos; l) Publicações, como coautor, de artigos originais, de artigos de revisão ou de editoriais em outras (que não os Arquivos Brasileiros de Cardiologia) revistas indexadas no sistema PubMed (National Library of Medicine), coautoria de capítulos de livro, coeditoria de livros científicos de Cardiologia e/ou Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, e coautoria de temas livres apresentados em congressos da SBHCI e/ou da SBC nos últimos cinco anos: l.1-1 a 3 publicações: 0,5 ponto; l.2-4 ou mais publicações: 1 ponto; 3. O Currículo receberá pontuação somente no caso de o candidato atender rigorosamente ao previsto na forma dos itens acima. 4. Será admitido recurso quanto ao número de pontos atribuídos à documentação, exclusivamente conforme o cronograma e na forma nele prevista (item F do presente Edital). 5. Para efeito da contagem de pontos, pelo critério de máximo de 10 pontos relativamente à análise curricular, quando esse limite fôr alcançado, obviamente alguns dos itens acima deixarão de ser pontuados. 5

6 C DAS DISPOSIÇÕES GERAIS RELATIVAS À ETAPA 1 1. Em hipótese alguma será realizada segunda chamada para as provas teórica e teórico-prática. 2. Não haverá divulgação pública do número de pontos obtidos pelos candidatos na etapa 1. Tais dados constarão do Boletim de Desempenho Individual, que estará disponível no Portal Eletrônico (www.sbhci.org.br) a partir das 16 horas do dia 12 de dezembro de Ao realizar a inscrição, o candidato deverá informar seu CPF, o que permitirá o acesso, exclusivamente em 15 de outubro de 2014, ao número de pontos relativos à análise de seu currículo. Os pontos obtidos nas provas teórica e teórico-prática serão disponibilizados pelo mesmo sistema, no dia 12 de dezembro de 2014, após as 16 horas 4. O valor total da etapa 1 do presente processo de avaliação é de 100 pontos, assim distribuídos: prova teórica 60 pontos; prova teórico-prática 40 pontos; e análise do currículo 10 pontos. Serão considerados aprovados nessa etapa os candidatos que obtiverem, no mínimo, 70 pontos, somando-se os pontos obtidos nas provas teórica e teórico-prática com os da análise do currículo. 5. A lista dos candidatos aprovados, em ordem alfabética, estará disponível para consulta, no Portal Eletrônico da SBHCI (www.sbhci.org.br), a partir das 16 horas do dia 12 de dezembro de Os candidatos que obtiverem, na etapa 1, uma pontuação total entre 69,5 e 69,9 terão as notas arredondadas para 70,0, pela regra simples para números decimais. 7. Os candidatos reprovados na etapa 1 estarão automaticamente eliminados do presente processo de avaliação (não podendo prosseguir para as outras etapas). 8. O ANEXO 1 FICHA PARA A PONTUAÇÃO DO CURRICULUM VITAE, o ANEXO 2 PROGRAMA PARA AS PROVAS TEÓRICA E TEÓRICO-PRÁTICA, o ANEXO 3 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, o ANEXO 4 CENTROS DE TREINAMENTO HOMOLOGADOS NO BRASIL VIGÊNCIA 2014, o ANEXO 5 FICHA ESTRUTURADA DO PROCEDIMENTO DIAGNÓSTICO PARA A PROVA PRÁTICA e o ANEXO 6 - FICHA ESTRUTURADA DA INTERVENÇÃO CORONARIA PERCUTÂNEA PARA A PROVA PRÁTICA são partes integrantes deste Edital. 9. A inscrição no presente processo implica, desde logo, o conhecimento e a tácita aceitação, pelo candidato, das condições estabelecidas no inteiro teor deste Edital. 10. O cronograma, parte integrante deste Edital (item F), contém os prazos previstos para os diferentes eventos relativos ao presente processo de avaliação, inadmitindo-se manifestações e recursos intempestivos. 11. A CPC é soberana para o julgamento de casos não previstos neste Edital. 6

7 D DA PROVA PRÁTICA ETAPA 2 Somente poderão participar da prova prática (etapa 2 do presente processo de avaliação) os candidatos que tenham sido aprovados na etapa 1 e que tenham concluído Programa de Treinamento em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista com duração mínima de dois anos, até a data da prova prática. Os aprovados na etapa 1 poderão solicitar à Secretaria da SBHCI a realização da prova prática, por escrito, mediante o pagamento do valor de R$ 280,00 (duzentos e oitenta reais) referente ao ressarcimento de despesas com material e serviços atinentes à prova. A prova prática deverá ser prestada no prazo máximo de seis meses a contar da data de divulgação do resultado da etapa 1 (12 de dezembro de 2014). O candidato, ao solicitar a realização da prova prática à SBHCI, deverá apresentar: 1. Comprovante de conclusão de Programa de Treinamento em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista período mínimo de dois anos (com firma reconhecida em cartório). 2. Certificação da participação direta do candidato em pelo menos 120 intervenções cardiovasculares percutâneas e 400 cateterismos cardíacos diagnósticos, sempre sob supervisão de preceptor (com firma reconhecida em cartório). Esses documentos deverão ser emitidos pelo Coordenador do Programa. A data para aplicação da prova prática, acordada entre as partes, será definida no prazo de até 60 dias. A prova prática será avaliada por uma Comissão Examinadora constituída por três membros titulares da SBHCI, um dos quais indicado pelo candidato e sendo a sua composição final definida pela CPC da SBHCI. A prova prática consistirá na realização, pelo candidato, de um procedimento diagnóstico eletivo de uma cardiopatia estrutural que requeira análise de dados angiográficos e também hemodinâmicos (manometria em câmaras cardíacas direitas e esquerdas, circulação sistêmica e pulmonar, medida do débito cardíaco, ou outros métodos afins) para sua devida elucidação diagnóstica, e de um procedimento terapêutico coronariano eletivo, e sua proficiência será julgada pelos membros da Comissão Examinadora, os quais utilizarão duas Fichas Estruturadas específicas (ANEXOS 5 e 6), que reúnem as tarefas a serem realizadas pelo candidato e os respectivos critérios de julgamento. Cada um dos três avaliadores fará o julgamento individual do desempenho dos candidatos submetidos à prova prática. Se a cidade/estado onde o candidato realizará a prova não dispor de um membro da CPC, os custos com o deslocamento deste membro será por conta do candidato. Caso o membro tenha que dormir na cidade a SBHCI arcará com a estadia. Os candidatos com desempenho adequado, conforme avaliação da Comissão Examinadora, serão considerados aprovados na etapa 2. Aos candidatos reprovados será ofertada uma única oportunidade de realização de nova prova prática, no prazo máximo de um ano, sem que haja perda da validade da aprovação obtida na primeira e na segunda fases desse processo. No caso de o candidato aprovado na etapa 1 não prestar a prova prática prevista para a etapa 2 por descumprimento de prazo e/ou falta da documentação aqui prevista, estará, automaticamente, anulada a aprovação obtida na etapa 1 do presente processo de avaliação, descabendo recurso, por se tratar de clara afronta ao previsto neste Edital. 7

8 E COMPROVAÇÃO DA PUBLICAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO ETAPA 3 Fará jus ao Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista o candidato aprovado na etapa 2 que comprovar à CPC da SBHCI a publicação de artigo científico ORIGINAL na área de atuação da hemodinâmica e cardiologia intervencionista, de sua autoria como primeiro autor, na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva ou em outra publicação indexada e dedicada à cardiologia. Será considerado apto, e aprovado na etapa 3, o candidato que encaminhar a comprovação desta publicação ou o Documento de Aceite para Publicação, emitido pelo Conselho Editorial da revista responsável pela sua publicação. O candidato que cumprir com o exigido na etapa 3 do presente processo de avaliação deverá solicitar junto a SBHCI a confecção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, que encaminhará o processo à SBC/AMB. 8

9 F DO CRONOGRAMA Data Evento Local 24/09/2014 Abertura das inscrições, às 10 horas (horário de Brasília) Exclusivamente no Portal Eletrônico (www.sbhci.org.br) 06/10/2014 Encerramento das inscrições, às 16 horas (horário de Brasília) Exclusivamente no Portal Eletrônico (www.sbhci.org.br) 06/10/2014 Último dia, até as 16 horas (horário de Brasília), para Em qualquer agência, posto ou terminal de atendimento pagamento da inscrição bancário 06/10/2014 Último dia para entrega ou postagem (via Sedex com AR) da Sede da SBHCI (Rua Beira Rio, 45 7º andar cj. 74 documentação exigida para inscrição (item A, alíneas 1 a 5, Vila Olímpia São Paulo, SP CEP ) do Edital de Abertura de Inscrição) 15/10/2014 Publicação, a partir das 16 horas, da lista de inscrições homologadas e do número de pontos da análise do currículo de cada candidato 16/10/ /10/ /10/ /10/ /10/ /10/ /10/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/ /12/2014 Data única, das 09 às 17 horas, para apresentação de recursos contra o número de pontos atribuídos ao currículo Publicação, após as 14 horas, da resposta aos recursos, com indicação do número definitivo de pontos atribuídos ao currículo Aplicação da prova teórica, às 08h30min Duração prevista: 3 horas Aplicação da prova teórico-prática, às 12h30min Duração prevista: 2 horas Publicação, após as 15 horas, do gabarito preliminar da prova teórica Início, às 16 horas, do período para interposição de recursos contra questões da prova teórica, exclusivamente, na forma prevista no item B.3, alíneas 1 e 2, do presente Edital Término, às 16 horas, do período para interposição de recursos contra questões da prova teórica, exclusivamente, na forma prevista no item B.3, alíneas 1 e 2, do presente Edital Resposta, a partir das 16 horas, aos recursos relativos à prova teórica Publicação, a partir das 16 horas, do gabarito definitivo da prova teórica Publicação, a partir das 16 horas, dos pontos definitivos referentes à prova teórica e à análise do currículo Publicação, a partir das 16 horas, das respostas preliminares às questões da prova teórico-prática, sob a forma de check list e/ou comentários, para serem considerados, pelos avaliadores, na correção de cada questão Data única, das 09 às 16 horas para interposição de recursos contra questões da prova teórico-prática, exclusivamente, na forma prevista no item B.3, alíneas 5 e 6, do presente Edital Resposta, a partir das 16 horas, aos recursos relativos à prova teórico-prática Publicação, a partir das 16 horas, dos pontos referentes à prova teórica, à análise do currículo e à prova teórico-prática Publicação, a partir das 16 horas, dos candidatos aprovados na etapa 1 do presente processo de avaliação Disponibilização, após as 16 horas, do Boletim de Desempenho Individual, consideradas as respostas aos recursos relativos às provas teórica e teórico-prática, bem como o número definitivo de pontos do currículo de cada candidato. Indicar item do currículo contestado, número de pontos pretendidos e argumentação. Os recursos sem argumentação sólida não serão conhecidos de cada candidato Impacta Certificação e Treinamento, Av. Paulista, 1009, Bela Vista - São Paulo, SP Impacta Certificação e Treinamento, Av. Paulista, 1009, Bela Vista - São Paulo, SP Local de aplicação da prova teórica de cada candidato de cada candidato de cada candidato Portal Eletrônico (www.sbhci.org.br) de cada candidato Total Parcial de Pontos de cada candidato de cada candidato de cada candidato de cada candidato Total de Pontos Etapa 1 Portal Eletrônico (www.sbhci.org.br) de cada candidato Boletim de Desempenho Individual: Desempenho Final na Etapa 1 9

10 NOME DO CANDIDATO: ANEXO 1 FICHA PARA PONTUAÇÃO DO CURRÍCULO ITENS DO CURRICULO PONTOS A Programa de Treinamento em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, exclusivamente se efetivado em um dos Centros de Treinamento credenciados pela SBHCI, conforme listagem atualizada e vigente em 2014 (ANEXO 4), por um período de dois anos consecutivos. Para pontuação desse quesito, é necessária a apresentação de certificado assinado pelo Chefe/Coordenador do Serviço, com firma reconhecida em cartório, explicitando que o referido candidato foi aluno desse Centro e contendo as datas de início e fim do treinamento, sendo aceita como data final até 150 dias futuros, computados a partir de 06 de outubro de 2014: 3 pontos. B C D E Participação nas provas online de avaliação dos residentes dos Centros de Treinamento credenciados pela SBHCI. Para pontuação deste quesito serão consideradas as participações efetivas registradas pela empresa prestadora de serviços de informática contratada pela SBHCI. Para cada participação efetiva: 0,5 ponto, até o máximo de 1,5 pontos. Título de Mestre : 1 ponto. Título de Doutor: 2 pontos. Participações em congressos e cursos da SBHCI: e.1-1 a 2 participações: 0,5 ponto; e.2-3 a 5 participações: 1 ponto; e.3-6 a 8 participações: 1,5 pontos; e.4-9 ou mais participações: 2 pontos. F Participações, nos últimos cinco anos, em jornadas, congressos e curso em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista com apoio oficial da SBHCI e/ou pontuação na Comissão Nacional de Acreditação (CNA/AMB), impressas no certificado do participante, e/ou participações em eventos internacionais como: American College, American Heart, Euro PCR, ESC - European Society of Cardiology, SOLACI e TCT. f.1-1 a 5 participações: 0,5 ponto; f.2-6 ou mais participações: 1 ponto; G H I J Publicações, como primeiro autor, de artigos originais nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia e na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva: g.1-1 a 2 publicações: 1 ponto; g.2-3 a 4 publicações: 1,5 pontos; g.3-5 a 6 publicações: 2 pontos; Publicações, como primeiro autor, de artigos de revisão ou de relatos de caso nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia e na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva: h.1-1 a 2 publicações: 0,5 ponto; h.2-3 ou mais publicações: 1 ponto. Publicações, como coautor, de artigos originais, de artigos de revisão ou de relatos de caso nos Arquivos Brasileiros de Cardiologia e na Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva: i.1-1 a 3 publicações: 1 ponto; i.2 4 ou mais publicações: 1,5 pontos Publicações, como primeiro autor, de artigos originais, de artigos de revisão ou de editoriais em outras (que não os Arquivos Brasileiros de Cardiologia) revistas indexadas no sistema PubMed (National Library of Medicine), autoria de capítulos de livro e/ou editoria de livros científicos de Cardiologia e/ou Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista: j.1-1 a 2 publicações: 0,5 ponto; j.2-3 a 4 publicações: 1 ponto; j.3-5 a 6 publicações: 1,5 pontos. K L Autoria de temas livres apresentados em congressos internacionais de Cardiologia e/ou Cardiologia Intervencionista da SBHCI e/ou da SBC nos últimos cinco anos: k.1-1 a 2 publicações: 1 ponto; k.2-3 ou mais publicações: 2 pontos; Publicações, como coautor, de artigos originais, de artigos de revisão ou de editoriais em outras (que não os Arquivos Brasileiros de Cardiologia) revistas indexadas no sistema PubMed (National Library of Medicine), coautoria de capítulos de livro, coeditoria de livros científicos de Cardiologia e/ou Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, e coautoria de temas livres apresentados em congressos da SBHCI e/ou da SBC nos últimos cinco anos: l.1-1 a 3 publicações: 0,5 ponto; l.2-4 ou mais publicações: 1 ponto; AVALIADOR: ASSINATURA: TOTAL DE PONTOS: 10

11 ANEXO 2 PROGRAMA PARA AS PROVAS TEÓRICA E TEÓRICO-PRÁTICA DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA Conhecimentos relativos a: a. História da Hemodinâmica e da Cardiologia Intervencionista. b. Fisiologia cardiovascular. c. Mecanismos patológicos das doenças cardiovasculares, incluindo determinantes de aterosclerose e trombose. d. Manifestações sistêmicas da aterosclerose e fatores de risco que contribuem para seu desenvolvimento. e. Diretrizes estabelecidas para modificação desses fatores de risco. f. Fisiopatologia, manifestações clínicas, história natural, avaliação e manejo das doenças cardiovasculares. g. Estados protrombóticos, incluindo distúrbios hereditários e adquiridos. h. Reação vascular a injúria. 2. Noções básicas de radiações ionizantes, formação da imagem e proteção radiológica. 3. Acessos vasculares: anatomia vascular; escolha e técnica de acessos arterial e venoso em múltiplos sítios (radial, braquial, femoral); reconhecimento e tratamento de complicações de acesso vascular. 4. Registros pressóricos e medida de débito cardíaco: avaliação crítica da qualidade dos registros e seu funcionamento; reconhecimento das curvas pressóricas nas diferentes cavidades na fisiologia normal e em situações patológicas. 5. Contrastes iodados: tipos, doses, complicações. Prevenção e tratamento de reações adversas e nefrotoxicidade a contraste. 6. Anatomia radiológica cardíaca, coronariana e vascular e projeções angiográficas para procedimentos cardiovasculares. 7. Interpretação de imagens da anatomia coronariana, incluindo angiografia quantitativa e noções gerais de angiotomografia por meio de múltiplos detectores. 8. Mensuração do fluxo nas circulações sistêmica e pulmonar, cálculo de shunts e resistências, de áreas valvares e monitorização das alterações hemodinâmicas em resposta a fármacos. 9. Fisiologia e fisiopatologia do fluxo coronário: métodos de avaliação e interpretação de resultados (mensuração da reserva de fluxo coronário fracionada). 10. Ultrassom intracoronário: técnica de execução e interpretação de imagens. 11. Conhecimento técnico dos materiais utilizados para procedimentos diagnósticos e intervencionistas cardiovasculares, inclusive com uso de tomografia de coerência óptica ou método similar de imageamento coronário. 12. Reconhecimento e manejo de complicações de cateterismo cardíaco e angiografia cardiovascular diagnóstica terapêutica. 13. Farmacologia dos medicamentos adjuntos utilizados em procedimentos diagnósticos e terapêuticos percutâneos cardiovasculares. 14. Técnicas de suporte avançado de vida em cardiologia. 15. Indicações e contraindicações de cateterismo cardíaco e angiografia cardiovascular diagnóstica. 11

12 16. Diagnóstico hemodinâmico e angiográfico das principais doenças cardiovasculares congênitas na criança e no adulto. 17. Indicações, contraindicações, técnica, limitações de resultados imediatos e tardios dos diversos procedimentos terapêuticos em cardiologia intervencionista efetivados por meio da angioplastia coronariana com cateter-balão, implante de stents coronários (não-farmacológicos e farmacológicos), técnicas de remoção da aterotrombose, utilização de dispositivos de aspiração e/ou proteção distal, valvoplastias, reparo e troca percutânea valvular, alcoolização e embolização de artérias coronárias e outros leitos vasculares, procedimentos terapêuticos para correção de defeitos congênitos e estruturais do coração e retirada de corpos estranhos no sistema cardiovasculares. 18. Indicações, contraindicações, técnicas e limitações de procedimentos terapêuticos extracardíacos, incluindo abordagem intervencionista das artérias ilíacas, femorais, renais, carotídeas e aorta. 19. Princípios básicos de terapia celular intervencionista. 20. Interpretações de curvas, gráficos ou figuras pertinentes à Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista. 21. Análise e conhecimento das diretrizes clínicas vigentes dedicadas a Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, publicadas sob a égide da SBC e SBHCI 22. Princípios de Medicina Embasada em Evidências Científicas. 12

13 ANEXO 3 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS RELATIVAS ÀS PROVAS TEÓRICA E TEÓRICO-PRÁTICA DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA 2014 Livros-texto recomendados: 1. Moscucci M,, Grossman W, Baim DS editors. Grossman's Cardiac Catheterization, Angiography, and Intervention. 8 th ed. Baltimore: Lippincott Williams & Wilkins; Braunwald E, editor. Braunwald s Heart Disease: A Textbook of Cardiovascular Medicine. 9 th ed. Philadelphia: W. B. Saunders Company; Diretrizes mais atuais publicadas pela SBHCI, SBC, AHA/ACC/SCAI e ESC, nos periódicos ou portais respectivos. 4. Feldman T, Fisher WG. Transeptal Puncture in Problem Oriented Approach in Interventional Cardiology. Colombo A, Stankovic G. Informa Healthcare Gottschall CAM. Dinâmica Cardiovascular - do miócito à maratona. São Paulo: Atheneu; Topol EJ, Jacobs J, editors. Textbook of Interventional Cardiology. 6 th ed. Philadelphia: W. B. Saunders Company Kureshi SA. Transcatheter Closure of Coronary Artery Fistulas in Percutaneous Interventions in Congenital Heart Disease. Sievert H, Qureshi SA, Wilson N, Hijazi ZM. Informa Healthcare Ragosta M -Textbook of Clinical Hemodynamics. Philadelphia: Saunders Elsevier, Sousa AGMR [et al.] editores. Intervenções cardiovasculares: SOLACI. São Paulo: Editora Atheneu; Tobis J, Azarbal B. Patent forame ovale, cryptogenic stroke and migraine headaches in Problem Oriented Approach in Interventional Cardiology. Colombo A, Stankovic G. Informa Healthcare Percutaneous Interventional Cardiovascular Medicine - The PCR - EAPCI Textbook; Artigos publicados (setembro de 2006 a setembro de 2014) nos periódicos e portais eletrônicos abaixo listados: 1. Arquivos Brasileiros de Cardiologia 2. Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva 3. American Heart Journal 4. American Journal of Cardiology 5. Catheterization and Cardiovascular Interventions 6. Circulation e Circulation Cardiovascular Intervention 7. Euro Intervention 8. European Heart Journal 9. Heart 10. Journal of Interventional Cardiology 11. Journal of the American College of Cardiology (JACC) e Journal of the American College of Cardiology Interventions (JACC Interventions) 12. Journal of the American Medical Association (JAMA) 13. The Lancet 14. The New England Journal of Medicine 15. International Journal of Cardiology

14 ANEXO 4 SOCIEDADE BRASILEIRA DE HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA (SBHCI) CENTROS DE TREINAMENTO HOMOLOGADOS NO BRASIL VIGÊNCIA 2014 Ordem Hospital / Instituição Cidade UF Coordenador Médico 1 BIOCOR HOSPITAL DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES LTDA. Belo Horizonte MG Maurício de Resende Barbosa 2 ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA H.S.P. São Paulo SP Cláudia Maria Rodrigues Alves 3 4 HEMOCOR SERVIÇO DE HEMODINÂMICA E ANGIOCARDIOGRAFIA DE JACAREPAGUÁ LTDA. HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA USP Rio de Janeiro RJ Francisco Cabral Cardoso Ribeirão Preto SP José Antonio Marin-Neto 5 HOSPITAL DE BASE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO São José do Rio Preto SP Moacir Fernandes de Godoy 6 HOSPITAL DO CORAÇÃO HCOR São Paulo SP José Eduardo Moraes Rego Sousa 7 HOSPITAL ESCOLA ÁLVARO ALVIM Campos dos Goytacazes RJ Jamil da Silva Soares 8 HOSPITAL FELÍCIO ROCHO Belo Horizonte MG Jamil Abdalla Saad 9 HOSPITAL LÚCIO REBELO Goiânia GO Flávio Passos Barbosa 10 HOSPITAL MADRE TERESA Belo Horizonte MG Marcos Antônio Marino 11 HOSPITAL SANTA IZABEL Salvador BA José Carlos Raimundo Brito 12 HOSPITAL SANTA MARCELINA São Paulo SP Marco Antonio Perin 13 HOSPITAL SÃO FRANCISCO DE CARDIOLOGIA E TRANSPLANTES - SANTA CASA DE MISERICÓRDIA Porto Alegre RS Valter Correia de Lima 14 HOSPITAL SÃO LUCAS DA PUC-RS Porto Alegre RS Paulo Ricardo Avancini Caramori 15 HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO Passo Fundo RS Norberto Toazza Duda 16 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PEDRO ERNESTO - HUPE Rio de Janeiro RJ Esmeralci Ferreira 17 HOSPITAL VERA CRUZ Belo Horizonte SP Manoel Augusto Baptista Esteves 18 INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA São Paulo SP Alexandre Antonio da Cunha Abizaid 19 INSTITUTO DE CARDIOLOGIA - DISTRITO FEDERAL Brasília DF Leonardo Cogo Beck 20 INSTITUTO DE CARDIOLOGIA - FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE CARDIOLOGIA DO RS Porto Alegre RS Carlos Antonio Mascia Gottschall 21 INSTITUTO DE MOLÉSTIAS CARDIOVASCULARES São José do Rio Preto SP José Luiz Balthazar Jacob 22 INSTITUTO DO CORAÇÃO - HCFMUSP São Paulo SP Pedro Alves Lemos Neto INSTITUTO NACIONAL DE CARDIOLOGIA DE LARANJEIRAS REAL E BENEMÉRITA SOC. PORTUGUESA DE BENEFICIÊNCIA DE SP (1) REAL E BENEMÉRITA SOC. PORTUGUESA DE BENEFICIÊNCIA DE SP (2) REAL E BENEMÉRITA SOC. PORTUGUESA DE BENEFICIÊNCIA DE SP (3) REAL E BENEMÉRITA SOC. PORTUGUESA DE BENEFICIÊNCIA DE SP (4) Rio de Janeiro RJ Sergio Martins Leandro São Paulo SP Anselmo Antonio Salgado São Paulo SP Décio Salvadori Júnior São Paulo SP Wilson Albino Pimentel São Paulo SP José Armando Mangione 28 SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE Belo Horizonte MG Augusto Lima Filho 29 SANTA CASA DE RIBEIRÃO PRETO Ribeirão Preto SP José Luis Attab dos Santos 30 SOCIEDADE ASSISTENCIAL BANDEIRANTES São Paulo SP Hélio José Castelo Júnior 14

15 ANEXO 5 FICHA ESTRUTURADA DO PROCEDIMENTO DIAGNÓSTICO PARA A PROVA PRÁTICA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA 2014 ( atribuição de notas de 1 a 10) Candidato: Data da Prova: / / Itens e Critérios para Correção da Prova Prática Forma de Avaliação da Prova Prática 1) Apresentação do caso clínico (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) História, exame físico, exames complementares b) Estratégia de investigação 2) Comunicação com o paciente (complementar) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Dá informações pertinentes sobre o procedimento b) Manifesta preocupação com seu conforto c) Encoraja o paciente a colaborar 3) Relacionamento com a equipe (complementar) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Mantém ambiente de trabalho harmônico b) Dá ordens sem gerar tensão desnecessária c) Atua com segurança como chefe da equipe 4) Antissepsia e proteção biológica (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Técnica de lavagem de mãos b) Paramentação e colocação de campos cirúrgicos c) Evita acúmulo de sangue sobre campos (spray) 5) Proteção de radiações (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Uso correto de protetores plumbíferos b) Uso correto do dosímetro c) Técnica e tempo de radioscopia d) Posições: mesa, intensificador e tubo 6) Técnica do procedimento (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Escolha dos sitios de acesso b) Escolha da técnica de acesso c) Escolha dos cateteres diagnósticos d) Técnica de manipulação dos cateteres/fios guias e) Técnica de realização da manometria f) Técnica da realização da angiografia g) Técnica de realização do DC h) Técnica de realização da oximetria i) Realização de cálculos angiograficos j) Interpretação dos registros pressóricos k) Realização de cálculos hemodinâmicos l) Resolução de dificuldades técnicas 7) Discussão pós-procedimento (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Apresentação do relatório do estudo b) Conduta clínica. Considero o desempenho do candidato: Satisfatório Insatisfatório Avaliador: Nome Assinatura Avaliador: Nome Assinatura Avaliador: Nome Assinatura 15

16 ANEXO 6 FICHA ESTRUTURADA DA INTERVENÇÃO CORONÁRIA PERCUTÂNEA PARA A PROVA PRÁTICA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO NA ÁREA DE HEMODINÂMICA E CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA 2014 (atribuição de notas de 1 a 10) Candidato: Itens e Critérios para Correção da Prova Prática Data da Prova: / / Forma de Avaliação da Prova Prática 1) Apresentação do caso clínico (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) História, exame físico, exames complementares b) Coronariografia e proposição da estratégia 2) Comunicação com o paciente (complementar) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Dá informações pertinentes sobre o procedimento b) Manifesta preocupação com seu conforto c) Encoraja o paciente a colaborar 3) Relacionamento com a equipe (complementar) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Mantém ambiente de trabalho harmônico b) Dá ordens sem gerar tensão desnecessária c) Atua com segurança como chefe da equipe 4) Antissepsia e proteção biológica (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Técnica de lavagem de mãos b) Paramentação e colocação de campos cirúrgicos c) Evita acúmulo de sangue sobre campos (spray) 5) Proteção de radiações (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Uso correto de protetores plumbíferos b) Uso correto do dosímetro c) Técnica e tempo de radioscopia d) Posições: mesa, intensificador e tubo 6) Técnica do procedimento (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Punção arterial b) Progressão do fio-guia c) Progressão do introdutor d) Escolha do cateter-guia e técnica e) Coronariografia pré: escolha de incidência f) Fio-guia IC: escolha, número e técnica g) Pré-dilatação: escolha do balão e técnica h) Liberação do stent: escolha do stent e técnica i) Pós-dilatação: escolha do balão e técnica j) Proteção e tratamento de ramos laterais k) Resolução de dificuldades técnicas l) Controle angiográfico pós: escolha de incidência m) Controle com IVUS n) Fármacos utilizados o) Retirada do introdutor 7) Discussão pós-procedimento (essencial) ADEQUADO INADEQUADO NÃO SE APLICA a) Análise crítica do procedimento b) Medicação adjuvante c) Prevenção secundária d) Prognóstico Considero o desempenho do candidato: Satisfatório Insatisfatório Avaliador: Nome Assinatura Avaliador: Nome Assinatura Avaliador: Nome Assinatura 16

Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Outubro/2010

Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Outubro/2010 Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Outubro/2010 Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Categoria

Leia mais

Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Junho/2007

Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Junho/2007 Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Junho/2007 Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do

Leia mais

Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 2014

Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 2014 Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado de Atuação na Área de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista 2014 Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Certificado

Leia mais

Diretrizes para Habilitação de Centros de Treinamento

Diretrizes para Habilitação de Centros de Treinamento Diretrizes para Habilitação de Centros de Treinamento Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Gestão 2006-2009 Centros de Treinamento Comissão Coordenador Dr. José Armando Mangione

Leia mais

Rua Tiradentes, nº 295, centro Passo Fundo/RS Cep 99010-260 e-mail: coreme@hcpf.com.br Tel.(54)2103.3390 CNPJ 92.030.543/0001-70

Rua Tiradentes, nº 295, centro Passo Fundo/RS Cep 99010-260 e-mail: coreme@hcpf.com.br Tel.(54)2103.3390 CNPJ 92.030.543/0001-70 Rua Tiradentes, nº 295, centro Passo Fundo/RS Cep 99010-260 e-mail: coreme@hcpf.com.br Tel.(54)2103.3390 CNPJ 92.030.543/0001-70 COMISSÃO DE RESIDENCIA MÉDICA - COREME PROCESSO SELETIVO DE RESIDENTES/2014

Leia mais

Instituto Ortopédico de Goiânia.

Instituto Ortopédico de Goiânia. INSTITUTO ORTOPÉDICO DE GOIÂNIA EDITAL DE SELEÇÃO / 2012. 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. O Instituto Ortopédico de Goiânia, por meio da Comissão de Residência Médica COREME, de conformidade com as disposições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 3/06/203. Seção 3, Página 90. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 93, DE 07 DE JUNHO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Leia mais

Pedro A. Lemos MD PhD

Pedro A. Lemos MD PhD Incorporação de novas técnicas e tecnologias em saúde Propostas para treinamento e certificação dos especialistas em novos procedimentos Pedro A. Lemos MD PhD Instituto do Coração InCor Hospital das Clínicas

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO EM PERÍCIA MÉDICA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO EM PERÍCIA MÉDICA EDITAL DE CONVOCAÇÃO EXAME DE SUFICIÊNCIA CATEGORIA ESPECIAL PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ATUAÇÃO EM PERÍCIA MÉDICA Pelo presente edital, a Sociedade Brasileira de Perícias considerando: Médicas, o

Leia mais

CONVÊNIO: CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA ASSOCIAÇÃO MÉDICA HOMEOPÁTICA BRASILEIRA

CONVÊNIO: CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA ASSOCIAÇÃO MÉDICA HOMEOPÁTICA BRASILEIRA CONVÊNIO: CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA ASSOCIAÇÃO MÉDICA HOMEOPÁTICA BRASILEIRA A Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) faz saber por via do presente Edital, que

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Título de Proficiência na Área de Arritmia Clínica

Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Título de Proficiência na Área de Arritmia Clínica 1 Edital de Abertura de Inscrição ao Processo de Avaliação para Obtenção do Título de Proficiência na Área de Arritmia Clínica A Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC), da Sociedade Brasileira

Leia mais

CASA DE SAÚDE SANTA MARCELINA 60.742.616/0001-60 EDITAL PROCESSO SELETIVO PUBLICO - PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

CASA DE SAÚDE SANTA MARCELINA 60.742.616/0001-60 EDITAL PROCESSO SELETIVO PUBLICO - PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA CASA DE SAÚDE SANTA MARCELINA 60.742.616/0001-60 EDITAL PROCESSO SELETIVO PUBLICO - PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA A Coreme - Comissão de Residência Médica do Hospital Santa Marcelina, de acordo com a lesgislação

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO MULTIPROFISSIONAL SEGUNDO SEMESTRE DE 2015.

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO MULTIPROFISSIONAL SEGUNDO SEMESTRE DE 2015. EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO MULTIPROFISSIONAL SEGUNDO SEMESTRE DE 2015. O torna público o Edital para os cursos de Aperfeiçoamento Multiprofissional, segundo semestre

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DE CERTIFICADO DE ÁREA DE ATUAÇÃO EM DOR 2015 - PEDIATRAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DE CERTIFICADO DE ÁREA DE ATUAÇÃO EM DOR 2015 - PEDIATRAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DE CERTIFICADO DE ÁREA DE ATUAÇÃO EM DOR 2015 - PEDIATRAS Pelo presente edital, a Comissão de Dor da Associação Médica Brasileira, faz saber,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA - 2014 CURSO CREDENCIADO PELO CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA - CBO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA - 2014 CURSO CREDENCIADO PELO CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA - CBO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA - 2014 CURSO CREDENCIADO PELO CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA - CBO EDITAL O Hospital de Olhos de Sergipe (HOS), no uso das atribuições legais,

Leia mais

Curso de Revisão para Enfermagem em Intervenção Cardiovascular 2012

Curso de Revisão para Enfermagem em Intervenção Cardiovascular 2012 Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista Hospital São Paulo Hospital do Rim e Hipertensão UNIFESP - EPM Curso de Revisão para Enfermagem em Intervenção Cardiovascular 2012 Eduardo Rodrigues

Leia mais

FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO

FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO Programa de Residência Médica em Clínica Médica Programa de Residência Médica em Medicina Intensiva Programa de Residência Médica em Neonatologia Processo Seletivo

Leia mais

COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GOIÂNIA

COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GOIÂNIA COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GOIÂNIA EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS TREINAMENTO AVANCADO EM CARDIOLOGIA EDITAL N o 02/2012 CONCURSO 2013 Atenção: Recomenda-se a leitura

Leia mais

RESIDÊNCIA EM CIRURGIA VASCULAR SANTA CASA DE LONDRINA 2012. Prova de Seleção para Residência Médica em Cirurgia Vascular / 2012. Edital de Convocação

RESIDÊNCIA EM CIRURGIA VASCULAR SANTA CASA DE LONDRINA 2012. Prova de Seleção para Residência Médica em Cirurgia Vascular / 2012. Edital de Convocação RESIDÊNCIA EM CIRURGIA VASCULAR SANTA CASA DE LONDRINA 2012 Prova de Seleção para Residência Médica em Cirurgia Vascular / 2012 Edital de Convocação A Irmandade Santa Casa de Londrina faz saber que realizará

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA EDITAL Nº 156, de 25 de maio de 2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da Direção do Instituto de Química,

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO E FORMAÇÃO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO E FORMAÇÃO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO E FORMAÇÃO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM O Instituto de Ortopedia e Traumatologia Passo Fundo Ltda IOT, com sede na Rua Uruguai, 2050,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Solos e Qualidade de Ecossistemas da UFRB, para ingresso no semestre

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA: CIÊNCIAS MÉDICAS MESTRADO E DOUTORADO EDITAL 04/2015

FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA: CIÊNCIAS MÉDICAS MESTRADO E DOUTORADO EDITAL 04/2015 FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA: CIÊNCIAS MÉDICAS MESTRADO E DOUTORADO EDITAL 04/2015 O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA: CIÊNCIAS MÉDICAS (PPGCM) da Universidade Federal

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ÀREA DE ATUAÇÃO EM MEDICINA PALIATIVA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ÀREA DE ATUAÇÃO EM MEDICINA PALIATIVA EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DE ÀREA DE ATUAÇÃO EM MEDICINA PALIATIVA Pelo presente edital a AMB e a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP)

Leia mais

3. TAXA DE INSCRIÇÃO E DOCUMENTAÇÃO

3. TAXA DE INSCRIÇÃO E DOCUMENTAÇÃO Credenciada pela: 2016 O Dr. Vinicius Ribas Fonseca, Coordenador da Especialização de Otorrinolaringologia Otorrinos - Hospital da Cruz Vermelha Brasileira - Filial do Estado do Paraná, atendendo à solicitação

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2009 HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE JUIZ DE FORA

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2009 HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE JUIZ DE FORA EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2009 HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE JUIZ DE FORA O Coordenador Geral da Comissão de Residência Médica - COREME, Dr. Cícero de Lima Rena, o Provedor Dr. José Carlos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016

EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016 EDITAL DE SELEÇÃO 01-2016 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em da UFRB, para ingresso no semestre acadêmico 2016.1. A Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 010/2015-PPA

EDITAL Nº 010/2015-PPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Administração Av. Colombo, 5.790 Zona 07 87020-900 Maringá Pr. Fonefax:

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM PNEUMOLOGIA 2015/1

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM PNEUMOLOGIA 2015/1 EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM PNEUMOLOGIA 2015/1 HOSPITAL GERAL DE GOIÂNIA Diretoria Ensino e Pesquisa PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM PNEUMOLOGIA EDITAL

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM (SUBESPECIALIZAÇÃO) EM NÍVEL A4

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM (SUBESPECIALIZAÇÃO) EM NÍVEL A4 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM (SUBESPECIALIZAÇÃO) EM NÍVEL A4 A Clínica Radiológica da Cidade de Passo Fundo Clínica Kozma, com sede na

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM EDUCAÇÃO (PPGE) MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO Recomendado pela CAPES e Reconhecido pelo CNE: Parecer n. 122/2009

Leia mais

Treinamento em Cardiologia 2014. do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades (IBEPEGE)

Treinamento em Cardiologia 2014. do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades (IBEPEGE) Treinamento em Cardiologia 2014 do Pesquisas de Gastroenterologia (IBEPEGE) Edital de Abertura de Inscrições O IBEPEGE Instituto Brasileiro de Estudo e Pesquisa em Gastroenterologia e outras Especialidades

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL 2015/2

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL 2015/2 EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO CIRURGIA DA COLUNA VERTEBRAL 2015/2 HOSPITAL GERAL DE GOIÂNIA Diretoria Ensino e Pesquisa PROGRAMA DE TREINAMENTO AVANÇADO EM CIRURGIA

Leia mais

Especialidade para a qual será exigida a comprovação de pré-requisito na seguinte área: Clínica Médica, credenciada pela CNRM.

Especialidade para a qual será exigida a comprovação de pré-requisito na seguinte área: Clínica Médica, credenciada pela CNRM. FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS UNIDADE PORTO VELHO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CANCEROLOGIA CLÍNICA EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2015 EDITAL N.º 01/2015/HCB

Leia mais

EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM NEURORRADIOLOGIA E CABEÇA E PESCOÇO 2014-2015

EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM NEURORRADIOLOGIA E CABEÇA E PESCOÇO 2014-2015 EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM NEURORRADIOLOGIA E CABEÇA E PESCOÇO 2014-2015 O Serviço de Diagnóstico por Imagem da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo ISCMSP faz saber que estarão

Leia mais

1 PROGRAMAS. Programa Residência Médica Vagas Duração Pré-requisitos. Clínica Médica 03 (três) 02 anos

1 PROGRAMAS. Programa Residência Médica Vagas Duração Pré-requisitos. Clínica Médica 03 (três) 02 anos EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PROCESSO SELETIVO PÚBLICO DA ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR MOINHOS DE VENTO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA 2016 EM CLÍNICA MÉDICA, NEUROLOGIA, PEDIATRIA E RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 173, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 173, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013. PUBLICADO NO D.O.U. De 23/0/203. Seção 3, Página. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL EDITAL Nº 73, DE 8 DE OUTUBRO DE 203. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (PPGEC)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (PPGEC) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (PPGEC) Mestrado PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO EM 2016 A Universidade Tecnológica Federal do Paraná, por meio do seu Programa

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SOCOR 2011

EDITAL DO CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SOCOR 2011 EDITAL DO CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SOCOR 2011 Inscrições: 03 de novembro a 19 de novembro de 2010 Informações: Centro de Estudos do Hospital SOCOR Tel.: (31) 3330.3093 CODI

Leia mais

Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva

Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva EDITAL DO CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TITULO DE ESPECIALISTA EM ENDOSCOPIA 2011 A Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), em convênio com a Associação Médica Brasileira (AMB), e em obediência

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA

CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA CENTRO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DA NATUREZA INSTITUTO DE QUÍMICA EDITAL Nº 155 (complementar), de 14 de agosto de 2015 A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da Direção do Instituto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Medicina Departamento de Cirurgia Grupo de Educação e Estudos Oncológicos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Faculdade de Medicina Departamento de Cirurgia Grupo de Educação e Estudos Oncológicos E D I T A L Nº 04/2007 Seleção ao II Curso de Especialização em Mastologia A Coordenação do, extensão do Departamento de Cirurgia da da Universidade Federal do Ceará FAZ SABER aos interessados que estarão

Leia mais

Edital de Seleção para o Mestrado

Edital de Seleção para o Mestrado EDITAL 025/2012 Edital de Seleção para o Mestrado A Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), através de sua Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, faz saber que no período de 10 de dezembro de 2012

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE ADMISSÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TERMOLOGIA CLÍNICA E TERMOGRAFIA DA FMUSP

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE ADMISSÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TERMOLOGIA CLÍNICA E TERMOGRAFIA DA FMUSP EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROVA DE ADMISSÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TERMOLOGIA CLÍNICA E TERMOGRAFIA DA FMUSP Pelo presente edital, a Coordenação do Curso em nome do Departamento de Neurologia do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (PPGEC)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (PPGEC) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (PPGEC) Mestrado PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO EM 2015 A Universidade Tecnológica Federal do Paraná, por meio do seu Programa

Leia mais

PROGRAMAS CREDENCIADOS PELA CNRM/SESu/MEC

PROGRAMAS CREDENCIADOS PELA CNRM/SESu/MEC ASSSSOCIIAÇÃO DE CARIIDADE SSANTA CASSA DO RIIO GRANDE COMIISSSSÃO DE RESSIIDÊNCIIA MÉDIICA COREME PROGRAMAS CREDENCIADOS PELA CNRM/SESu/MEC MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIIVO 2011 2 ASSOCIAÇÃO DE

Leia mais

EDITAL 02/2012 - SELEÇÃO PÚBLICA

EDITAL 02/2012 - SELEÇÃO PÚBLICA EDITAL 02/2012 - SELEÇÃO PÚBLICA A Comissão de Residência Médica do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande FURG torna público para o conhecimento dos interessados,

Leia mais

Atenção: Recomenda-se a leitura atenta de todo o Edital antes de realizar a inscrição.

Atenção: Recomenda-se a leitura atenta de todo o Edital antes de realizar a inscrição. EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CURSO DE ESPECIALIAZAÇÃO EM CANCEROLOGIA CLÍNICA HOSPITAL BENEFICÊNCIA PORTUGUESA E CENTRO DE ONCOLOGIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO PARA ANO DE 2014. Atenção: Recomenda-se a leitura

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROCESSO SELETIVO RESIDENCIA MEDICA 2015

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROCESSO SELETIVO RESIDENCIA MEDICA 2015 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROCESSO SELETIVO RESIDENCIA MEDICA 2015 O Presidente da Comissão de Residência Médica COREME do Hospital Metropolitano torna público, conforme dispõe a legislação vigente, que estarão

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO SEGUNDO PROCESSO SELETIVO PARA DOUTORADO 2015

EDITAL DE ABERTURA DO SEGUNDO PROCESSO SELETIVO PARA DOUTORADO 2015 EDITAL DE ABERTURA DO SEGUNDO PROCESSO SELETIVO PARA DOUTORADO 2015 1. PREÂMBULO 1.1 A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, no uso de suas atribuições legais, torna

Leia mais

EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA

EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA EDITAL DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSIQUIATRIA INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA O Instituto Bairral de Psiquiatria e a sua Comissão de Residência Médica (COREME) realizarão Processo de Seleção Pública

Leia mais

EDITAL Nº 33, DE 17 DE AGOSTO DE 2010.

EDITAL Nº 33, DE 17 DE AGOSTO DE 2010. EDITAL Nº 33, DE 17 DE AGOSTO DE 2010. O PRÓ-REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura de inscrições

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO EESC-USP EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - PPG-EE - 002/2015 PROGRAMA DE ENGENHARIA ELÉTRICA MESTRADO, DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR DE RESIDÊNCIA MÉDICA - 2015 FACULDADE DE MEDICINA - HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR DE RESIDÊNCIA MÉDICA - 2015 FACULDADE DE MEDICINA - HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA COREME Av. Pará, 1.720 Bloco 2H Sala 13 Campus Umuarama Fone/Fax: (0xx34) 3225-8626 - e-mail: sinvaldo@umuarama.ufu.br

Leia mais

EDITAL N o 001/2015 1 - INFORMAÇÕES GERAIS

EDITAL N o 001/2015 1 - INFORMAÇÕES GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO UAE DE ENGENHARIA E ADMINISTRAÇÃO REGIONAL CATALÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA E CONTROLADORIA EDITAL

Leia mais

Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica.

Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica. EDITAL COMPLEMENTAR PROCESSO SIMPLIFICADO ESPECIALIZAÇÃO 2015 Processo Seletivo Externo Simplificado / Pós-Graduação e Lato Sensu Especialização Médica. A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE,

Leia mais

Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Cassio M. Raposo do Amaral (Credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e pelo MEC)

Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Cassio M. Raposo do Amaral (Credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e pelo MEC) Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Cassio M. Raposo do Amaral (Credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e pelo MEC) Instituto de Cirurgia Plástica Craniofacial Sociedade Brasileira

Leia mais

EDITAL Nº 072/2015 2. DO CURSO, DO NÚMERO DE VAGAS, DO TURNO DE FUNCIONAMENTO E DOS ATOS DE AUTORIZAÇÃO E CREDENCIAMENTO

EDITAL Nº 072/2015 2. DO CURSO, DO NÚMERO DE VAGAS, DO TURNO DE FUNCIONAMENTO E DOS ATOS DE AUTORIZAÇÃO E CREDENCIAMENTO EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS SOCIAIS NÍVEL DE MESTRADO, DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS, CAMPUS DE BELO HORIZONTE, E MATRÍCULA

Leia mais

EDITAL No. 001 / 2011

EDITAL No. 001 / 2011 Hospital Beneficência Portuguesa de S. J. Rio Preto R Luiz Vaz de Camões 3150 Redentora CEP: 15015-750 São José do Rio Preto/SP F: (17) 2139-1800 www.beneriopreto.com.br Coordenador do Programa de Treinamento

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO TURMA 2014/1 DOUTORADO

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO TURMA 2014/1 DOUTORADO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO CURSO DE DOUTORADO EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL PARA O CONCURSO DE TÍTULO DE ESPECIALISTA EM GASTROENTEROLOGIA - 2014 (Convênio FBG com AMB em 23 /11/1989)

EDITAL PARA O CONCURSO DE TÍTULO DE ESPECIALISTA EM GASTROENTEROLOGIA - 2014 (Convênio FBG com AMB em 23 /11/1989) PRÉ-REQUISITOS: EDITAL PARA O CONCURSO DE TÍTULO DE ESPECIALISTA EM GASTROENTEROLOGIA - 2014 (Convênio FBG com AMB em 23 /11/1989) Título de Especialista em Gastroenterologia XIII SEMANA BRASILEIRA DO

Leia mais

MEC ou Curso de Especialização em Medicina Nuclear, reconhecida pela SBMN/AMB com duração de três anos.

MEC ou Curso de Especialização em Medicina Nuclear, reconhecida pela SBMN/AMB com duração de três anos. INSTITUTO DE MEDICINA DIAGNÓSTICA AVANÇADA DE CAMPINAS LTDA (UNIDADE DIMEN PET/CT) EXAME DE SELEÇÃO PARA O 4º. ANO OPCIONAL DE MEDICINA NUCLEAR EDITAL 01/2015 A Unidade Dimen PET/CT torna público a realização

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA O PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO, ARTE E CULTURA

CHAMADA PÚBLICA PARA O PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO, ARTE E CULTURA CHAMADA PÚBLICA PARA O PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO, ARTE E CULTURA EDITAL Nº 001/2015 TURMA 2015 A UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Câmpus São Luís de Montes Belos

Leia mais

EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR

EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR A Coordenadora do Curso de Especialização em Atenção Domiciliar, no uso de suas atribuições

Leia mais

Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Cassio M. Raposo do Amaral (Credenciado pelo MEC e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica)

Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Cassio M. Raposo do Amaral (Credenciado pelo MEC e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Cassio M. Raposo do Amaral (Credenciado pelo MEC e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) Instituto de Cirurgia Plástica SOBRAPAR Sociedade Brasileira de

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem Edital ATAc 24/2014 Processo Seletivo para o Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da da Universidade de São Paulo 2º semestre de 2014 A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-graduação

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA FACULDADE DE MEDICINA - HOSPITAL SÃO LUCAS COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA FACULDADE DE MEDICINA - HOSPITAL SÃO LUCAS COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA FACULDADE DE MEDICINA - HOSPITAL SÃO LUCAS COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA Manual do Candidato Concurso para seleção de Médicos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA - 2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA - 2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA - 2016 A COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA DA ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE HOSPITAL UNIVERSITÁRIO, conforme dispõe a legislação vigente, comunica

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ

FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ EDITAL FMJ- 073/2006, de 27/11/2006 CONCURSO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA 2007 O Prof. Dr. NELSON LOURENÇO MAIA FILHO, Diretor da Faculdade de Medicina de Jundiaí, Autarquia municipal de Jundiaí, Estado de São

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PROCESSO SELETIVO 2012 EDITAL GDG N.º 041/2012 O PROFESSOR DOUTOR HUMBERTO LIEDTKE JUNIOR, Diretor Geral da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto Autarquia

Leia mais

Titulação exigida/perfil Profissional. vagas PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2013

Titulação exigida/perfil Profissional. vagas PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE CARAPEBUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2013 Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação de PESSOAL TEMPORÁRIO para atender à necessidade de excepcional

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TITULO DE ESPECIALISTA EM ENDOSCOPIA NOVEMBRO DE 2013 Goiânia (GO)

EDITAL DO CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TITULO DE ESPECIALISTA EM ENDOSCOPIA NOVEMBRO DE 2013 Goiânia (GO) EDITAL DO CONCURSO PARA OBTENÇÃO DO TITULO DE ESPECIALISTA EM ENDOSCOPIA NOVEMBRO DE 2013 Goiânia (GO) A Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), em convênio com a Associação Médica Brasileira

Leia mais

Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória. Centro Médico Hospitalar de Vila Velha S/A VILA VELHA HOSPITAL

Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória. Centro Médico Hospitalar de Vila Velha S/A VILA VELHA HOSPITAL EDITAL DO CONCURSO SELEÇÃO PARA R4 EM COLUNA VERTEBRAL 2013. O e Irmandade da Santa Casa de Vitória - HOSPITAL DA SANTA CASA DE MISERICORDIA DE VITORIA comunicam, através do presente Edital, a abertura

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TISIOLOGIA E PNEUMOLOGIA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TISIOLOGIA E PNEUMOLOGIA 1 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TISIOLOGIA E PNEUMOLOGIA EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TISIOLOGIA E PNEUMOLOGIA

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM OFTALMOLOGIA SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA 2012. O Serviço de OFTALMOLOGIA do Hospital Universitário de Taubaté / Fundação Universitária

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA INGRESSO NO DOUTORADO DO PPGBM/UFRGS. Edital Nº 02/2015 - Outubro de 2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA INGRESSO NO DOUTORADO DO PPGBM/UFRGS. Edital Nº 02/2015 - Outubro de 2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GENÉTICA E BIOLOGIA MOLECULAR EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA INGRESSO NO DOUTORADO DO PPGBM/UFRGS Edital Nº 02/2015 - Outubro de 2015 A Coordenadora do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015

ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 ASSOCIAÇÃO DE CARIDADE SANTA CASA DO RIO GRANDE EDITAL PROCESSO SELETIVO 2015 A Comissão de Residência Médica da Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande (ACSCRG) torna público para o conhecimento

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE A DISTÂNCIA - EDITAL Nº 01/2014 A Coordenação do Curso de Especialização

Leia mais

EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL

EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL EDITAL PARA BOLSAS PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA INDUSTRIAL 1. FINALIDADE: 1.1. Abrir as inscrições e estabelecer as condições de seleção para ingresso de bolsistas PNPD/CAPES no

Leia mais

EDITAL PARA A SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS NA AMÉRICA DO SUL ANO ACADÊMICO 2010 O presente Edital foi aprovado em reunião

EDITAL PARA A SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS NA AMÉRICA DO SUL ANO ACADÊMICO 2010 O presente Edital foi aprovado em reunião EDITAL PARA A SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS NA AMÉRICA DO SUL ANO ACADÊMICO 2010 O presente Edital foi aprovado em reunião da Comissão de Coordenação do Mestrado de Pós- Graduação

Leia mais

Cronograma de Atividades. Processo Seletivo Simplificado Edital 02/2015 CRONOGRAMA

Cronograma de Atividades. Processo Seletivo Simplificado Edital 02/2015 CRONOGRAMA Cronograma de Atividades Processo Seletivo Simplificado Edital 02/2015 ATIVIDADE CRONOGRAMA DATAS Publicação de Extrato de Abertura de Inscrições 09 de janeiro de 2015 Período de Inscrições, Entrega de

Leia mais

Processo Seletivo para Residência Médica INC. Edital de Convocação ANO 2015

Processo Seletivo para Residência Médica INC. Edital de Convocação ANO 2015 1 Instituto de Neurologia de Curitiba (INC) Rua Jeremias Maciel Perretto, 300 Campo Comprido Curitiba PR 81210-310 Fone/fax: (41) 3028-8580 http://www.inc-neuro.com.br E-mail: residenciamedica@inc-neuro.com.br

Leia mais

EDITAL RM. Nº 03/2009 EDITAL E NORMAS DO CONCURSO DE SELEÇÃO AO PRIMEIRO ANO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÕES NA ÁREA DE CLÍNICA MÉDICA.

EDITAL RM. Nº 03/2009 EDITAL E NORMAS DO CONCURSO DE SELEÇÃO AO PRIMEIRO ANO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÕES NA ÁREA DE CLÍNICA MÉDICA. EDITAL RM. Nº 03/2009 EDITAL E NORMAS DO CONCURSO DE SELEÇÃO AO PRIMEIRO ANO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÕES NA ÁREA DE CLÍNICA MÉDICA. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Unoeste, faz saber que

Leia mais

EDITAL N 093/2015 Referente ao Aviso Nº 057/2015, publicado no D.O.E. de 29.07.2015

EDITAL N 093/2015 Referente ao Aviso Nº 057/2015, publicado no D.O.E. de 29.07.2015 EDITAL N 093/2015 Referente ao Aviso Nº 057/2015, publicado no D.O.E. de 29.07.2015 O Reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público a

Leia mais

EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012.

EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012. EDITAL Nº 001/2011/PGMP Processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Genética e Melhoramento de Plantas Turma 2012. A Coordenação do (PGMP), no uso de suas atribuições

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR Coordenadores: Drs. Clerio Azevedo e Marcelo Hadlich 1. Objetivos do Programa Proporcionar, aos pós-graduandos, formação especializada

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO CPD Nº 050/2012 A Diretora da divisão de

Leia mais

EDITAL PPGCTA/UFPEL 002/2012 EXAME DE SELEÇÃO MESTRADO PPGCTA INGRESSO MARÇO DE 2013

EDITAL PPGCTA/UFPEL 002/2012 EXAME DE SELEÇÃO MESTRADO PPGCTA INGRESSO MARÇO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRO-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS MESTRADO E DOUTORADO Curso recomendado pela

Leia mais

CAMP-IMAGEM NUCLEAR S/C LTDA EXAME DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA EM MEDICINA NUCLEAR - 2015 EDITAL 01/2015

CAMP-IMAGEM NUCLEAR S/C LTDA EXAME DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA EM MEDICINA NUCLEAR - 2015 EDITAL 01/2015 CAMP-IMAGEM NUCLEAR S/C LTDA EXAME DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA EM MEDICINA NUCLEAR - 2015 EDITAL 01/2015 A Camp-Imagem Nuclear S/C LTDA torna pública a realização do Processo seletivo de candidatos

Leia mais

EDITAL E NORMAS DO CONCURSO DE SELEÇÃO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNOESTE

EDITAL E NORMAS DO CONCURSO DE SELEÇÃO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNOESTE EDITAL E NORMAS DO CONCURSO DE SELEÇÃO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNOESTE A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da UNOESTE, faz saber que fará realizar nesta cidade de

Leia mais

Instituto Suel Abujamra

Instituto Suel Abujamra Instituto Suel Abujamra Seleção de Candidatos para 1º ano de Residência Médica em Oftalmologia - 2015 Edital de Abertura de Inscrições O Instituto Suel Abujamra torna público a realização do processo seletivo

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA GERAL DO COLÉGIO BRASILEIRO DE CIRURGIÕES HOSPITAL ISRAELITA ALBERT SABIN

EDITAL DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA GERAL DO COLÉGIO BRASILEIRO DE CIRURGIÕES HOSPITAL ISRAELITA ALBERT SABIN EDITAL DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA GERAL DO COLÉGIO BRASILEIRO DE CIRURGIÕES HOSPITAL ISRAELITA ALBERT SABIN 2016 Inscrições: 29 de dezembro de 2015 a 27 de Janeiro de 2016 Informações: Secretária

Leia mais

RESIDÊNCIA EM CIRURGIA GERAL SANTA CASA DE LONDRINA 2011. Prova de Seleção para Residência Médica em Cirurgia Geral / 2011. Edital de Convocação

RESIDÊNCIA EM CIRURGIA GERAL SANTA CASA DE LONDRINA 2011. Prova de Seleção para Residência Médica em Cirurgia Geral / 2011. Edital de Convocação RESIDÊNCIA EM CIRURGIA GERAL SANTA CASA DE LONDRINA 2011 Prova de Seleção para Residência Médica em Cirurgia Geral / 2011 Edital de Convocação A Irmandade Santa Casa de Londrina faz saber que realizará

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016. Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC

PROCESSO SELETIVO 2016. Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC PROCESSO SELETIVO 2016 Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia - DayHORC O DayHORC, através de sua Comissão do Programa de Treinamento Médico em Oftalmologia (CPTMO/DayHORC), no uso de suas atribuições,

Leia mais

EXTRATO DE EDITAL - Programas de acesso direto e com pré-requisito

EXTRATO DE EDITAL - Programas de acesso direto e com pré-requisito EXTRATO DE EDITAL - Programas de acesso direto e com pré-requisito A Comissão de Residência Médica COREME - do Hospital Ernesto Dornelles, comunica que estarão abertas as inscrições para o Concurso de

Leia mais

Centro Médico Hospitalar de Vila Velha S/A VILA VELHA HOSPITAL EDITAL DO CONCURSO SELEÇÃO PARA R4 EM COLUNA VERTEBRAL 2011.

Centro Médico Hospitalar de Vila Velha S/A VILA VELHA HOSPITAL EDITAL DO CONCURSO SELEÇÃO PARA R4 EM COLUNA VERTEBRAL 2011. EDITAL DO CONCURSO SELEÇÃO PARA R4 EM COLUNA VERTEBRAL 2011. O e Irmandade da Santa Casa de Vitória - HOSPITAL DA SANTA CASA DE MISERICORDIA DE VITORIA comunicam, através do presente Edital, a abertura

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SÃO FRANCISCO DE RIBEIRÃO PRETO

EDITAL DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA GERAL DO HOSPITAL SÃO FRANCISCO DE RIBEIRÃO PRETO Hospital São Francisco de Ribeirão Preto Instituto de Cirurgia de Ribeirão Preto COMISSÃO DE PROVA DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA GERAL EDITAL E NORMAS DO CONCURSO PARA TREINAMENTO EM CIRURGIA

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM GENÉTICA E MELHORAMENTO DE LANTAS Aprova o edital 001/2014 PGMP do processo seletivo para o ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA, ÉTICA APLICADA E SAÚDE COLETIVA - PPGBIOS UFRJ, FIOCRUZ, UERJ E UFF

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA, ÉTICA APLICADA E SAÚDE COLETIVA - PPGBIOS UFRJ, FIOCRUZ, UERJ E UFF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA, ÉTICA APLICADA E SAÚDE COLETIVA - PPGBIOS UFRJ, FIOCRUZ, UERJ E UFF Edital n 14 Seleção para Mestrado - Turma 2012 A Coordenação do Programa em Associação Ampla de

Leia mais

UNIDADE DIMEN PET/CT. Instituto de Medicina Nuclear Diagnóstica Avançada de Campinas Ltda

UNIDADE DIMEN PET/CT. Instituto de Medicina Nuclear Diagnóstica Avançada de Campinas Ltda UNIDADE DIMEN PET/CT Instituto de Medicina Nuclear Diagnóstica Avançada de Campinas Ltda EXAME DE SELEÇÃO PARA O 4º. ANO OPCIONAL DE MEDICINA NUCLEAR EDITAL 01/2014 A Unidade Dimen PET/CT - Instituto de

Leia mais