Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des."

Transcrição

1 Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga Diretor da Escola De Magistratura: Des. Amaury Moura Conselho de Magistratura: Desembargadores Osvaldo Cruz, Judite Nunes, Cristovam Praxedes, Armando Ferreira, Aécio Marinho e Célia Smith Primeira Câmara Cível: Desembargadores Vivaldo Pinheiro, Célia Smith e Expedito Ferreira Segunda Câmara Cível: Desembargadores Rafael Godeiro, Aderson Silvino e Cláudio Santos Terceira Câmara Cível: Desembargadores Aécio Marinho, Amaury Moura e João Rebouças Câmara Criminal: Desembargadores Caio Alencar, Armando Ferreira, Judite Nunes e Clotilde Madruga Procurador de Justiça: Doutor José Augusto de Souza Peres Filho

2 Departamento - Documentação Judiciária / Secretaria - Judiciária SECRETARIA JUDICIÁRIA De acordo com o Art. 506, III, do CPC, e Art. 171, 1º do Regimento Interno desta Corte, faço publicar o acórdão abaixo lidos e aprovado em Sessão Ordinária e/ou Extraordinária do Egrégio Tribunal de Justiça: APELAÇÃO CRIMINAL N ORIGEM: 8ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE NATAL/RN. Apelante: Elder Amaral de Castro Júnior. Adv.: Francisco Eloilson Saldanha de Paiva. Apelado:A Justiça Pública. Relator: Des. Armando da Costa Ferreira EMENTA: PENAL E PROCESSO PENAL. APELAÇÃO. ROUBO. CONFIGURAÇÃO. NECESSIDADE DE CONDUTA DOLOSA. INOCORRÊNCIA. ADESÃO SUBJETIVA. AUSÊNCIA DE PROVA. CONHECIMENTO E PROVIMENTO DO RECURSO. - Para configurar o crime de roubo, além do dolo, há necessidade de que esteja presente também o especial fim de agir. - Inexiste nos autos elementos que dêem suporte à adesão subjetiva do agente ao crime cometido pelos que participaram do roubo, impondo-se a absolvição por insuficiência de provas, nos termos do art. 386, inciso VI, do Código de Processo Penal. CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que integram a Câmara Criminal deste Egrégio Tribunal de Justiça, por maioria de votos, e em dissonância com o parecer da Primeira Procuradoria de Justiça, conhecer do recurso e dar-lhe provimento, para reformar a sentença absolvendo o apelante, nos termos do voto do Relator, que fica fazendo parte integrante deste.vencida a Doutora Patrícia Gondim, juíza convocada, que negava provimento. Departamento de Documentação da Secretaria do Tribunal de Justiça, em Natal, 13 de dezembro de MOISÉS DANTAS DE PAIVA FILHO Diretor SECRETARIA JUDICIÁRIA De acordo com o Art. 506, III, do CPC, e Art. 171, 1º do Regimento Interno desta Corte, faço publicar os acórdãos abaixo lidos e aprovados em Sessões Ordinárias e/ou Extraordinárias do Egrégio Tribunal de Justiça: HABEAS CORPUS Nº CAICÓ/RN Impetrante: Walter Lúcio Pereira Solano. Paciente: Raul da Silva Oliveira. Impetrada: Juiz de Direito da Vara Criminal da Comarca de Caicó. Relator: Des. Armando da Costa Ferreira. EMENTA: PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS. CRIME HEDIONDO. PRELIMINAR DE NÃO CONHECIMENTO DO WRIT. REJEIÇÃO. PROGRESSÃO DE REGIME. IMPOSSIBILIDADE. NÃO PREENCHIMENTO DO REQUISITO SUBJETIVO. PARECER PSIQUIÁTRICO DESFAVORÁVEL. ELABORAÇÃO DE EXAME CRIMINOLÓGICO. POSSIBILIDADE. DECISÃO FUNDAMENTADA. ORDEM DENEGADA. 1. Conforme entendimento jurisprudencial, é possível a concessão de progressão de regime em sede de habeas corpus, desde que os requisitos estejam presentes nos autos, e o pleito haja sido indeferido no Juízo de Execução. 2. Terá direito à progressão do regime fechado para o semi-aberto o condenado que já tiver cumprido um sexto da pena e gozar de bom comportamento carcerário, atestado pelo Diretor do Estabelecimento Prisional (LEP, art. 112). 3. Embora a lei /2003 tenha alterado o art. 112 da LEP para excluir a referência ao exame criminológico, nada impede que o Juízo executor determine sua realização, quando entender necessário, desde que o faça em decisão fundamentada. 4. Habeas corpus denegado. CONCLUSÃO: DECIDEM os Desembargadores da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, em votação empate, em dissonância com o parecer oral da Dra. Maria Vânia Vilela Silva de Garcia Maia, Quarta Procuradora de Justiça, rejeitar preliminar de não conhecimento, argüida pela Dra. Patrícia Gondim, acompanhada pelo Des. Caio Alencar. No mérito, à unanimidade, denegou a ordem, em conformidade com o parecer do Dr. Anísio Marinho Neto, Primeiro Procurador de Justiça, nos termos do voto do Relator, que fica fazendo parte integrante deste. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO N.º PATU/RN. Recorrente: Cezário Anízio Neto. Advogado : Ribamar Ferreira de Lima. Recorrido: Ministério Público Estadual. Relator: Des. Armando da Costa Ferreira. EMENTA: PROCESSUAL PENAL E PENAL. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO. SENTENÇA DE PRONÚNCIA. EXCLUDENTE DE ILICITUDE. LEGÍTIMA DEFESA. NÃO CARACTERIZAÇÃO. IN DUBIO PRO SOCIETATE. COMPETÊNCIA DO TRIBUNAL DO JÚRI PARA JULGAMENTO DEFINITIVO DA MATÉRIA. IMPROVIMENTO DO RECURSO. 01. A sentença de pronúncia não tem o condão de fazer um juízo definitivo da conduta, mas tão-somente um juízo de admissibilidade para uma futura apreciação pelo Conselho de Sentença, juiz natural competente para realizar o julgamento de mérito. 02. Quando não há certeza sobre a existência de excludente de ilicitude deve prevalecer o princípio do in dubio pro societate, sendo inadmissível a absolvição sumária. Precedentes. 03. Improvimento do recurso em sentido estrito CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que integram a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Turma, à unanimidade de votos, em consonância com o Parecer da Quarta Procuradoria de Justiça, conhecer do recurso e negar provimento, mantendo a sentença de pronúncia, nos termos do voto do relator, que fica fazendo parte integrante deste. APELAÇÃO CRIMINAL N JOÃO CÂMARA/RN Apelante: Francisco Ferreira Lima. Advogado: João Pereira da Silva Filho (OAB/RN 2750). Apelada: A Justiça. Relatora: Desª Clotilde Madruga Alves Pinheiro. EMENTA: PENAL E PROCESSO PENAL. CRIME DE TRÂNSITO. HOMICÍDIO CULPOSO. APELAÇÃO CRIMINAL. PRETENSA ABSOLVIÇÃO. ALEGADA INEXISTÊNCIA DE CULPA DO APELANTE. ARGUMENTO QUE NÃO MERECE ACOLHIMENTO. IMPRUDÊNCIA E NEGLIGÊNCIA CONSTATADAS

3 Departamento - Documentação Judiciária / Secretaria - Judiciária TESTEMUNHOS CONTUNDENTES. PEDIDOS ALTERNATIVOS. I ADEQUAÇÃO DE UMA DAS PENAS RESTRITIVAS DE DIREITO. LIMITAÇÃO DE FIM DE SEMANA EM CHOQUE COM ATIVIDADE LABORAL. SUBSTITUIÇÃO NECESSÁRIA E DETERMINADA. II ISENÇÃO DAS CUSTAS PROCESSUAIS. DECISÃO QUE COMPETE AO JUÍZO DA EXECUÇÃO. RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO. CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que integram a Câmara Criminal deste Egrégio Tribunal de Justiça, à unanimidade de votos e em conformidade com o parecer da Douta 3ª Procuradoria de Justiça, em conhecer e dar provimento parcial ao recurso, nos termos do voto da Relatora. APELAÇÃO CRIMINAL N AREIA BRANCA/RN Apelante: Fernando Rocha dos Santos. Defensora Pública: Maria Edna Noberto de Araújo Leite (OAB/RN 2510). Apelada: A Justiça. Relatora: Desª. Clotilde Madruga Alves Pinheiro. EMENTA: PENAL E PROCESSUAL PENAL. ATENTADO VIOLENTO AO PUDOR. VIOLÊNCIA PRESUMIDA. CONDENAÇÃO. APELAÇÃO CRIMINAL. ILEGITIMIDADE ATIVA AD CAUSAM DO MINISTÉRIO PÚBLICO. ALEGADA AUSÊNCIA DE PROVA ACERCA DA MISERABILIDADE DO REPRESENTANTE DA VÍTIMA. MATÉRIA TRANSFERIDA PARA O ÂMBITO PRELIMINAR. REQUISITO QUE DISPENSA MAIORES FORMALIDADES, ASSIM COMO A REPRESENTAÇÃO. PREJUDICIAL REJEITADA. MÉRITO. INEXISTÊNCIA DE PROVAS SUFICIENTES À CONDENAÇÃO. PENA EXACERBADA. ARGUMENTOS QUE NÃO PROCEDEM. AUTORIA E MATERIALIDADE CONSUBSTANCIADAS. DOSIMETRIA DA PENA APLICADA EM ESTRITA OBSERVÂNCIA AO SISTEMA TRIFÁSICO. RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que integram a Câmara Criminal deste Egrégio Tribunal de Justiça, em Turma e à unanimidade de votos, em harmonia com o parecer da 5ª Procuradoria de Justiça, em rejeitar a preliminar de ilegitimidade ativa ad causam, suscitada pela defesa, e, no mérito, em conhecer e negar provimento ao recurso, nos termos do voto da Relatora. APELAÇÃO CRIMINAL Nº SÃO TOMÉ/RN Apelante: Josenildo Epifânio da Silva. Advogados: Drs. José Estrela Martins e outro. Apelada: A Justiça. Relator: Des. Armando da Costa Ferreira. EMENTA: PROCESSO PENAL E PENAL. APELAÇÃO CRIMINAL. CRIME CONTRA O PATRIMÔNIO. FURTO. AUTORIA E MATERIALIDADE FARTAMENTES DEMONSTRADAS. COTEJO PROBATÓRIO CONVERGENTE. REGIME PRISIONAL FECHADO. EXASPERAÇÃO. MODIFICAÇÃO DO REGIME PARA O SEMI-ABERTO. SUBSTITUIÇÃO DA PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE POR RESTRITIVA DE DIREITOS. IMPOSSIBILIDADE. REINCIDÊNCIA DE CRIME IDÊNTICO. SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA. INVIABILIDADE. INEXISTÊNCIA DOS REQUISITOS PREVISTOS NO ART. 77 DO CÓDIGO PENAL. RECURSO CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO. 1. Impõe-se a condenação quando a autoria e materialidade do crime em estudo encontram-se fartamente demonstradas pelo cotejo probatório. 2. Nos termos da Súmula 269 do STJ, é admissível a adoção do regime prisional semi-aberto aos reincidentes condenados a pena igual ou inferior a 04 (quatro) anos, se favoráveis as circunstâncias judiciais. 3. Não é aconselhável a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos quando a culpabilidade se mostra elevada e o recorrente é reincidente em crime idêntico. 4. Não atendidos os requisitos previstos no art. 77 do Estatuto Repressivo, torna-se incabível a suspensão condicional da pena. CONCLUSÃO: DECIDEM os Desembargadores da Câmara Criminal do Egrégio Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Turma, por unanimidade de votos, em consonância parcial com o parecer do Dr. Erickson Girley Barros dos Santos, Promotor de Justiça em substituição, por convocação, perante a Quinta Procuradoria de Justiça, conhecer e dar parcial provimento ao recurso de apelação, no sentido de, tão-somente, modificar o regime inicial de cumprimento de pena do fechado para o semi-aberto, mantendo-se inalterados os demais termos da sentença recorrida, nos termos do voto do Relator, que fica fazendo parte integrante deste. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CRIMINAL N / Origem: Vara Criminal da Comarca de Caicó/RN. Embargante: Joilson Borges da Silva. Advogado: José Maria Rodrigues Bezerra (OAB/RN 1919). Embargada: A Justiça. Relatora: Desª. Clotilde Madruga Alves Pinheiro. EMENTA: PROCESSUAL PENAL. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. ALEGADA OMISSÃO SOBRE QUESTÃO VENTILADA EM SEDE RECURSAL. HIPÓTESE NÃO CONFIGURADA. EMBARGOS REJEITADOS. CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que integram a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, por unanimidade de votos, em conhecer e rejeitar os presentes embargos, nos termos do voto da Relatora. Departamento de Documentação da Secretaria do Tribunal de Justiça, em Natal, 14 de dezembro de MOISÉS DANTAS DE PAIVA FILHO Diretor SECRETARIA JUDICIÁRIA De acordo com o Art. 506, III, do CPC, e Art. 171, 1º do Regimento Interno desta Corte, faço publicar os acórdãos abaixo lidos e aprovados em Sessões Ordinárias e/ou Extraordinárias do Egrégio Tribunal de Justiça: RECURSO EM SENTIDO ESTRITO N VARA CRIMINAL DA COMARCA DE CAICÓ/RN Apelante: Josenildo Carlos da Silva. Advogado: Emanuel Lopes de Araújo (OAB/RN 5020). Apelada: A Justiça. Relatora: Desembargadora Clotilde Madruga Alves Pinheiro

4 Departamento - Documentação Judiciária / Secretaria - Judiciária EMENTA: PROCESSUAL PENAL. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO INTERPOSTO DA DECISÃO QUE INDEFERIU PEDIDO DE LIVRAMENTO CONDICIONAL. ART. 581, XII, DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL. APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA FUNGIBILIDADE. AUSÊNCIA DE MÁ-FÉ. POSSIBILIDADE DE RECEBIMENTO COMO AGRAVO EM EXECUÇÃO CRIMINAL. MÉRITO. LIVRAMENTO CONDICIONAL. BENEFÍCIO INDEFERIDO. REQUISITO OBJETIVO NÃO PREENCHIDO. AGRAVANTE CONDENADO COMO AUTOR DE ESTUPRO COM VIOLÊNCIA PRESUMIDA. CRIME HEDIONDO. PRECEDENTES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. NECESSIDADE DE CUMPRIMENTO DE 2/3 (DOIS TERÇOS) DA PENA. ART. 83, V, DO CÓDIGO PENAL. RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO. I Não estando demonstrada a má-fé do recorrente na interposição do recurso deve ser aplicado o princípio da fungibilidade e recebido o Recurso em Sentido Estrito como Agravo em Execução Criminal. II Conforme o disposto no art. 83, V, da lei penal, concede-se livramento condicional ao condenado por crime hediondo que tiver cumprido mais de 2/3 da pena. CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que integram a Câmara Criminal deste Egrégio Tribunal de Justiça, à unanimidade de votos, conhecer do Recurso em Sentido Estrito como Agravo em Execução Criminal, aplicando à espécie o princípio da fungibilidade recursal, para, contudo, negar-lhe provimento, em consonância com o parecer da Primeira Procuradoria de Justiça, da lavra do Dr. Anísio Marinho Neto, nos termos do voto da relatora. APELAÇÃO CRIMINAL Nº /SÃO MIGUEL Apelante: Almir Ivo de Albuquerque. Advogado: Bel. Lincoln Micaele Rego Lima. Apelada: A Justiça. Relator: Desembargador Caio Alencar. EMENTA: ROUBO DUPLAMENTE MAJORADO ART. 157, 2º, INCISOS I E II, DO CÓDIGO PENAL PENA- BASE EXACERBADA INOCORRÊNCIA METADE DAS CIRCUNSTÂNCIAS JUDICIAIS DESFAVORÁVEIS AO AGENTE PRIMARIEDADE E AUSÊNCIA DE ANTECEDENTES CRIMINAIS QUE NÃO IMPEDEM A FIXAÇÃO DA REPRIMENDA POUCO ACIMA DO MÍNIMO LEGAL ALEGADA PARTICIPAÇÃO DE MENOR IMPORTÂNCIA INCONSISTÊNCIA PRETENDIDA EXCLUSÃO DA MAJORANTE DO EMPREGO DE ARMA DE FOGO IMPOSSIBILIDADE EMBORA A ARMA NÃO TENHA SIDO APREENDIDA, SEU EMPREGO ESTÁ COMPROVADO POR OUTROS ELEMENTOS DE PROVA IMPROVIMENTO DO APELO. Se metade das circunstâncias judiciais são desfavoráveis ao réu, a fixação do quantitativo da pena-base um pouco acima do mínimo abstratamente cominado para o delito não se afigura exacerbado, mesmo considerando-se a primariedade do agente e a ausência de antecedentes criminais. Para a incidência da majorante do emprego de arma de fogo, suficiente a comprovação de que co-réu a utilizou na ação delituosa, sendo desnecessária sua apreensão, se provada tal circunstância por outros elementos de prova. No roubo, não configura participação de menor importância quando o agente, aproveitando-se que a vítima encontrava-se subjugada por dois comparsas, dela de aproxima e retira-lhe objetos. CONCLUSÃO: DECIDE a Câmara Criminal, em Turma, à unanimidade, concordante o parecer do 5º Procurador de Justiça convocado, dr. Erickson Girley Barros dos Santos, negar provimento à apelação. Custas pelo apelante. HABEAS CORPUS Nº , DE NOVA CRUZ Impetrantes: Béis. Carlos Antônio da Silva e Marinaldo de Araújo Paiva. Paciente: Thiago Sabadelhe Paiva. Autoridade Coatora: Exmª Srª Drª Juíza de Direito da Vara Criminal da Comarca de Nova Cruz. Relator: Desembargador Caio Alencar. EMENTA: HABEAS CORPUS LIBERATÓRIO ALEGADO EXCESSO DE PRAZO NA FORMAÇÃO DA CULPA PRINCÍPIO DA RAZOABILIDADE CIRCUNSTÂNCIAS JUSTIFICATIVAS FEITO EM TRAMITAÇÃO REGULAR CONSTRANGIMENTO ILEGAL NÃO CARACTERIZADO DENEGAÇÃO DA ORDEM. Se o feito encontra-se em regular tramitação, não há que se falar em constrangimento ilegal, considerando o princípio da razoabilidade, quando há causas que justifiquem a extrapolação dos prazos estabelecidos na lei processual penal. CONCLUSÃO: DECIDE a Câmara Criminal, à unanimidade, em harmonia com o parecer do 14º Procurador de Justiça, dr. Humberto Pires da Cunha, denegar a ordem, nos termos do voto do Relator. Sem custas. HABEAS CORPUS Nº , DE NATAL Impetrante: Belª Maria Margarida Gusmão Ferraz. Paciente: João Batista Reinaldo da Silva. Autoridade Coatora: Exmº Sr. Dr. Juiz da Terceira Vara Criminal da Comarca de Natal. Relator: Desembargador Caio Alencar. EMENTA: HABEAS CORPUS LIBERATÓRIO TENTATIVA DE HOMICÍDIO QUALIFICADO PRETENDIDA OBTENÇÃO DE LIBERDADE PROVISÓRIA EM FAVOR DO PACIENTE INSUBSISTÊNCIA PRESENÇA DOS REQUISITOS DO ART. 312 DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL MANUTENÇÃO DA PRISÃO CAUTELAR COMO FORMA DE GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA CIRCUNSTÂNCIAS PESSOAIS FAVORÁVEIS IRRELEVÂNCIA CONSTRANGIMENTO ILEGAL NÃO CARACTERIZADO DENEGAÇÃO DA ORDEM. Presentes a prova da existência do crime e indícios suficientes de autoria, justifica-se a manutenção da prisão cautelar do paciente, pelo fundamento da garantia da ordem pública, quando o modus operandi do delito assim o recomenda, afigurando-se necessária a custódia para proteger o meio social e garantir a credibilidade da Justiça. As circunstâncias pessoais favoráveis, por si sós, não elidem a possibilidade de ser mantida a custódia cautelar do agente. CONCLUSÃO: DECIDE a Câmara Criminal, à unanimidade, em harmonia com o parecer do 1º Procurador de Justiça, dr. Anísio Marinho Neto, denegar a ordem, nos termos do voto do Relator. Sem custas. HABEAS CORPUS Nº , DE MOSSORÓ Impetrantes: Béis. Josberto Rocha Sobrinho e Luiz Fernando Muniz Coelho. Paciente: João Inácio da Silveira. Autoridade Coatora: Exmª Srª Drª Juíza de Direito da Primeira Vara Criminal da Comarca de Mossoró. Relator: Desembargador Caio Alencar. EMENTA: HABEAS CORPUS LIBERATÓRIO PRISÃO DECORRENTE DE PRONÚNCIA ILEGALIDADE DA CUSTÓDIA MATÉRIA JÁ DECIDIDA EM HABEAS

5 Departamento - Documentação Judiciária / Secretaria - Judiciária CORPUS JULGADO ANTERIORMENTE REITERAÇÃO DE PEDIDO NÃO CONHECIMENTO DO WRIT, NESTA PARTE EXCESSO DE PRAZO AUSÊNCIA DE PREVISÃO DE DATA PARA A REALIZAÇÃO DO JULGAMENTO PERANTE O TRIBUNAL DO JÚRI PRINCÍPIO DA RAZOABILIDADE CONSTRANGIMENTO ILEGAL CONFIGURADO CONCESSÃO DA ORDEM. Não é razoável manter cautelarmente custodiado paciente que aguarda julgamento perante o Tribunal do Júri, não havendo sequer previsão de data para a realização do referido ato. CONCLUSÃO: DECIDE a Câmara Criminal, à unanimidade, em consonância com o parecer da 10ª Procuradora de Justiça, drª Naide Maria Pinheiro, não conhecer do pedido contido na impetração referente aos fundamentos da ilegalidade da prisão cautelar do paciente, por reiteração. Pela mesma votação, conhecer da ordem quanto ao excesso de prazo e, nesta parte, concedê-la, ratificando a liminar anteriormente deferida, nos termos do voto do Relator. Sem custas. Departamento de Documentação da Secretaria do Tribunal de Justiça, em Natal, 14 de dezembro de MOISÉS DANTAS DE PAIVA FILHO Diretor HABEAS CORPUS COM LIMINAR N CEARÁ-MIRIM/RN Impetrante: Norivaldo Souto Falcão Júnior. Paciente: Gilberto Pires de Medeiros. Autoridade Coatora: Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara Criminal da Comarca de Ceará-Mirim. Relatora: Desembargadora Clotilde Madruga Alves Pinheiro. EMENTA: CONSTITUCIONAL E PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS LIBERATÓRIO. ROUBO DUPLAMENTE QUALIFICADO. ALEGAÇÃO DE EXCESSO DE PRAZO PARA CONCLUSÃO DA INSTRUÇÃO CRIMINAL. PLURALIDADE DE ACUSADOS. NECESSIDADE DE EXPEDIÇÃO DE CARTAS PRECATÓRIAS. JUSTIFICATIVAS PLAUSÍVEIS PARA O RETARDO CONSTATADO. ALEGAÇÃO DE ILEGALIDADE DO DECRETO PREVENTIVO. REQUISITOS E PRESSUPOSTOS AUTORIZADORES DA CUSTÓDIA CAUTELAR. CONSTRANGIMENTO ILEGAL NÃO CONFIGURADO. CONHECIMENTO E DENEGAÇÃO DO WRIT. CONCLUSÃO: ACORDAM os Desembargadores que compõem a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, à unanimidade de votos, concorde parecer do Promotor de Justiça em substituição, por convocação, perante a 5ª Procuradoria de Justiça, em conhecer da ordem para denegá-la. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO HABEAS CORPUS Nº Embargante: Olavo Hamilton Ayres Freire de Andrade. Embargada: A Justiça. Relator: Desembargador Caio Alencar. EMENTA: PROCESSUAL PENAL. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM HABEAS CORPUS. AUSÊNCIA DE AMBIGÜIDADE, OBSCURIDADE, CONTRADIÇÃO OU OMISSÃO. REJEIÇÃO. Não serão acolhidos embargos de declaração contra decisão da Câmara Criminal, quando o acórdão não deixa margem a corrigir contradição, omissão ou obscuridade, visto que o seu conteúdo se apresenta de forma sucinta, porém objetiva e clarividente (CPP, art. 619). Embargos rejeitados. CONCLUSÃO: DECIDE a Câmara Criminal, à unanimidade, conhecer e rejeitar os embargos de declaração, nos termos do voto do relator. Sem custas

6 Câmara Cível - 1a Câmara Cível PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PAUTA DA 1ª CÂMARA CÍVEL Serão julgados no próximo dia 7 de janeiro de 2008, segunda-feira, às 14:00 horas, em sessão ordinária, ou nas ulteriores, os seguintes processos incluídos em pauta: PAUTA DO DIA 1 - Agravo de Instrumento com Suspensividade Nº Origem: Natal/6ª Vara Cível Não Especializada Agravante: Maria Goretti de Mendonça Paredes Machado Advogadas: Drs. Cadidja Capuxú Roque (3999/RN) e outros Agravado: Instituto Nacional de Previdência Social - INSS Relatora: DESª. CÉLIA SMITH 2 - Apelação Cível Nº Origem: Natal/3ª Vara Cível Não Especializada Apelante: Banco do Estado de São Paulo S/A - Banespa Advogado: Dr. Haroldo Wilson Martinez (473A/RN) Apelado: João Pinto Advogado: Dr. Maurílio Anísio de Araújo (355A/RN) Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Revisor: Des. Expedito Ferreira 3 - Apelação Cível Nº Origem: Natal/2ª Vara da Fazenda Pública Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal Apelante: Estado do Rio Grande do Norte Procuradora: Dra. Rosali Dias de Araújo Pinheiro (2666/RN) Apelados: Luiz Antonio Coelho e outros Advogado: Dr. Francisco Dutra de Macêdo Filho (3226/RN) Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Revisor: Des. Expedito Ferreira 4 - Remessa Necessária Nº Origem: Santa Cruz/Vara Cível Remetente: Juízo de Direito da Comarca de Santa Cruz-RN Entre Partes: Câmara Municipal de Coronel Ezequiel Advogado: Dr. Genivando da Costa Alves (9005/PB) Entre Partes: Prefeito do Município de Coronel Ezequiel Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Revisor: Des. Expedito Ferreira 5 - Apelação Cível Nº Origem: Natal/12ª Vara Cível Apelante: Erivanildo Martiniano Advogado: Dr. Luzinar Severino da Silva (1537/RN) Apelado: Wedina Andrade Santos Oliveira Advogada: Dra. Miriam Tavares da Silva Pires (1382/RN) Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Revisor: Des. Vivaldo Pinheiro 6 - Apelação Cível Nº Origem: Natal/3ª Vara da Fazenda Pública Apte/Apda: Roberta Christini Santos Dutra Advogado: Dr. Kate Evelin Lima da Silva (6165/RN) Apte/Apdo: Estado do Rio Grande do Norte Procurador: Dr. Idálio Campos (1811/RN) Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Revisor: Des. Vivaldo Pinheiro 7 - Apelação Cível Nº Origem: Mossoró/3ª Vara Cível Apelante: Banco Santander Banespa S.A Advogados: Drs. Luís Otávio Monteiro Pedrosa (17597/PE) e outros Apelada: Eliene Maria do Nascimento Advogado: Dr. Francisco Gomes de Oliveira (2178/RN) Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Revisor: Des. Vivaldo Pinheiro 8 - Apelação Cível Nº Origem: Mossoró/Vara da Fazenda Pública Apelantes: Alvanir Batista da Silva e outros Advogados: Drs. Humberto Henrique Costa Fernandes do Rego (4237/RN) e outros Apelado: Estado do Rio Grande do Norte Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Revisor: Des. Vivaldo Pinheiro 9 - Apelação Cível Nº Origem: Mossoró/5ª Vara Cível Apelante: Jovino Henrique Neto Advogados: Drs. Mário Jácome de Lima (2777/RN) e outros Apelado: Fundação Petrobrás de Seguridade Social - Petros Advogados: Drs. Izaias Bezerra do Nascimento Neto (513A/RN) e outros Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Revisor: Des. Vivaldo Pinheiro Secretaria Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, em Natal, 14 de dezembro de SAMARONE FERREIRA DE SOUZA E SILVA

7 Câmara Cível - 1a Câmara Cível Secretário Judiciário

8 Gab. Desembargador - Maria Célia Alves Smith PEDIDO DE DESAFORAMENTO Nº CAMPO GRANDE/RN Requerente: MINISTÉRIO PÚBLICO Requerido: ANTÔNIO MAIA DOS SANTOS Advogado: Antônio Evânio de Araújo Requerido: ANTÔNIO NICOLAU Advogado: Manuel Antônio da Cunha Relatora: Desembargadora CÉLIA SMITH DESPACHO Trata-se de Pedido de Desaforamento formulado pelo MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL do julgamento dos acusados ANTÔNIO MAIA DOS SANTOS - "Baiano" e ANTÔNIO NICOLAU - "Neném", denunciados nos autos da Ação Penal nº em trâmite na Comarca de Campo Grande/RN. O processo foi inicialmente distribuído por dependência ao Pedido de Desaforamento nº , em que é Relatora a Desembargadora Clotilde Madruga, sob o fundamento de que a prova de uma infração poderia influir na de outra, nos termos do artigo 76, inciso III, do Código de Processo Penal, conforme salientado pelo requerente. Todavia, em decisão às folhas 865 a 867, a referida Desembargadora, entendendo que não havia conexão instrumental entre os feitos, determinou que fosse procedida a nova distribuição, desta vez por sorteio, dentre todos os integrantes do Tribunal Pleno. Recebi-os, portanto, por redistribuição. Em atenção aos princípios constitucionais do devido processo legal, do contraditório e da ampla defesa, bem como do que consta da Súmula nº 712 do Supremo Tribunal Federal, intimem-se os defensores dos requeridos para se manifestarem sobre o pedido de desaforamento dentro de 5 (cinco) dias. Solicitem-se informações ao Juízo a quo, que deverá prestá-las no prazo legal. Em seguida, encaminhem-se os autos ao Procurador- Geral de Justiça, para os fins que se fizerem necessários. Após, conclusos. Publique-se. Natal/RN, 13 de dezembro de Desembargadora CÉLIA SMITH Relatora

9 Secretaria Vara / Vara Única / Fórum - Des. Félix Bezerra / Comarca - Acari PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE COMARCA DE ACARI - VARA ÚNICA Praça Cipriano Pereira, 04, centro, Acari/RN, CEP , fone (84) Juíza de Direito: Tatiana Socoloski Diretora de Secretaria Substituta: Jaciana de Araújo Moura Lima RELAÇÃO Nº 04/2007 (1) Processo nº Classe: Ação de Indenização por Danos Morais Requerente: Marcelo de Medeiros Dantas Advogado: Caio Túlio Dantas Bezerra, OAB/RN 5216 Requerido: Jornal o Diário de Natal Advogado: André Felipe Pignatário Furtado de Mendonça e Menezes, OAB/RN 5890 Requerido: Diógenes Dantas Advogada: Cláudia Rocha Rosado, OAB/RN 2996 DESPACHO: À vista do exposto e por tudo que consta dos autos, julgo improcedente o pedido constante na inicial. P.R.I. Ultrapassado o prazo legal, certifique-se o trânsito em julgado do decisum e arquivem-se estes autos com a devida baixa no sistema. (2) Processo nº Classe: Cobrança com Reparação de Danos Materiais Requerente: José Roberto Ribeiro Magno Advogado: Wamberto Balbino Sales, OAB/PB 6846 Requerido: Itaú Seguros S.A. Advogado: Viviane Santos de Sá e Souza, OAB/RN 3965 Advogado: Caio Túlio Dantas Bezerra, OAB/RN 5216 DESPACHO: Digam as partes se tem outras provas a produzir e se têm interesse na audiência de conciliação 3) Processo nº Classe: Inventário Requerente: Dulce Meire Santos Rodrigues Advogado: Caio Túlio Dantas Bezerra, OAB/RN 5216 Advogado: Adebal Ferreira Silva, OAB/RN 2711 Advogado: Tadeu Nicodemus Silva, OAB/RN 1387 DESPACHO: Advirto a inventariante que não é possível nem admitido dispor de qualquer bem sem autorização judicial para tal 4) Processo nº Classe: Alvará de Autorização Requerente: Maria da Guia Advogado: Caio Túlio Dantas Bezerra, OAB/RN 5216 DESPACHO: As declarações devem ter suas firmas reconhecidas em cartório. No caso do analfabeto, a declaração deve ser pública. Intimem-se. No entanto, havendo dificuldades financeiras para o cumprimento da determinação supra, poderão a declarante comparecer à secretaria judiciária deste juízo, confirmando e ratificando a declaração 5) Processo nº Classe: Embargos de Terceiro Embargante: Silzete Dantas da Câmara Embargado: BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S/A Advogado: Carlson Geraldo Correia Gomes,OAB/RN 2405 DESPACHO: Intime-se o autor por seu advogado para dizer em 30 dias se tem interesse no prosseguimento do feito, ocasião em que deverá cumprir as determinações de fl. 50 v, sob pena de extinção do processo 6) Processo nº Classe: Ação Ordinária de Cobrança Autor: Banco do Brasil S/A Advogado: Kelly Karinne Roque Morais, OAB/RN 3762 Réu: Maria José da Silva Dantas Réu: Paulo Dantas Advogado: Caio Túlio Dantas Bezerra, OAB/RN 5216 DESPACHO: Ao autor, por seu advogado, para juntar os documentos solicitados às fls. 70/71, devidamente deferido à fl.71v, no prazo de 30 dias, sob pena de extinção do processo por abandono 7) Processo nº Classe: Busca e Apreensão Cível Requerente: Banco ABN AMRO REAL S/A Advogado: Múcio Amaral da Costa, OAB/RN 3762 Requerido: Nadja Tiburcio da Silva Souto DESPACHO: Ao autor, por seu advogado, para dizer em 30 dias, se tem interesse no prosseguimento do feito, ocasião em que deverá cumprir a determinação de fl.21, sob pena de extinção do processo 8) Processo nº Classe: Busca e Apreensão Cível Requerente: Banco do Brasil S/A Advogado: Antônio Carlos Lima Martins, OAB/RN 3099 Requerido: Supermercado Nossa Senhora da Paz Ltda- ME DESPACHO: Ao autor, por seu advogado, para dizer em 30 dias, se tem interesse no prosseguimento do feito, ocasião em que deverá cumprir a determinação de fl.69, sob pena de extinção do processo 9) Processo nº Classe: Oposição Requerente: Departamento Nacional de Obras Contra as Secas DNOCS/RN Procurador Federal: Cláudio Emílio Santos de Oliveira, OAB/RN 3228 Requerido: Espólio de José Geraldo Bezerra, representado pela Sra. Josefa de Araújo Bezerra Advogado: Luzinar Severino da Silva, OAB/RN 1537 Requerido: Roberto Hugo de Macedo Advogado: Fábio Aurélio Bulcão, OAB/RN 4410-B SENTENÇA:... Assim sendo, pelos motivos acima expostos, decreto a revelia do oposto Roberto Hugo de Macedo, nos termos dos artigos 319 e 320 do CPC, contra quem o processo irá correr, independentemente de intimação (322, CPC), e acato a preliminar de carência de ação por impossibilidade jurídica do pedido, indeferindo a inicial e, por consequência, declarando extinto o processo, sem resolução de mérito, com fulcro no art. 295, único, III, c/c 267, VI, do CPC. Sem custas. P.R.I. Certificado o trânsito em julgado da sentença, arquivem-se os autos com as cautelas legais, certificando-se a presente sentença nos autos do processo de reintegração de posse nº ) Processo nº Classe: Ação de Interdição Requerente: Raimunda Francisca Advogado: Bruno César de Medeiros Dantas, OAB/RN

10 Secretaria Vara / Vara Única / Fórum - Des. Félix Bezerra / Comarca - Acari Interditada: Francisca Ana da Conceição EDITAL DE SENTENÇA DE INTERDIÇÃO A Doutora TATIANA SOCOLOSKI, MM. Juíza de Direito desta Comarca de Acari, Estado do Rio Grande do Norte, na forma da Lei etc. FAZ SABER, a todos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo foi declarada a INTERDIÇÃO de FRANCISCA ANA DA CONCEIÇÃO, brasileira, solteira, aposentada, nascida aos 07/01/1924, natural de Cruzeta/RN, filha de Francisco Pereira da Silva e Ana Maria da Conceição, residente no Povoado Bulhões, município de Acari/RN, sendo-lhe nomeado curadora a Sra. MARIA DAS VITÓRIAS MEDEIROS, brasileira, solteira, agente de saúde, nascida aos 05/03/1973, natural de Currais Novos/RN, filha de Dinarte Medeiros e Raimunda Francisca, também residente no Povoado Bulhões, nos autos do processo nº A interdição é declarada de forma absoluta, considerando a gravidade e irreversibilidade da enfermidade, a qual acomete a interdita. E para que ninguém alegue desconhecimento, mandou expedir o presente Edital, que será publicado pela imprensa local e pelo órgão oficial por 03 (três) vezes, com intervalo de dez dias. Dado e passado nesta cidade e comarca de Acari, Estado do Rio Grande do Norte, aos 18 de outubro de Eu,... (Cláudia Dantas de Carvalho), AT-7, que digitei e subscrevo. TATIANA SOCOLOSKI Juíza de Direito (Jaciana de Araújo Moura Lima), TJ-1, que digitei e subscrevo. TATIANA SOCOLOSKI Juíza de Direito RELAÇÃO DE ADVOGADOS: Adebal Ferreira Silva (3) André Felipe Pignatário Furtado de Mendonça e Menezes (1) Antônio Carlos Lima Martins (8) Caio Túlio Dantas Bezerra (1, 2, 3, 4) Carlson Geraldo Correia Gomes (5) Cláudia Rocha Rosado (1) Kelly Karinne Roque Morais (6) Múcio Amaral da Costa (7) Viviane Santos de Sá e Souza (2) Tadeu Nicodemus Silva (3) Luzinar Severino da Silva (9) 11) Processo nº Classe: Ação de Interdição Requerente: Maria da Luz Silva Advogado: Bruno César de Medeiros Dantas, OAB/RN 5941 Interditando: Gerson Willy Silva de Vasconcelos EDITAL DE SENTENÇA DE INTERDIÇÃO A Doutora TATIANA SOCOLOSKI, MM. Juiz de Direito desta Comarca de Acari, Estado do Rio Grande do Norte, na forma da Lei, etc. FAZ SABER, a todos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo foi declarada a INTERDIÇÃO de GERSON WILLY SILVA DE VASCONCELOS, brasileiro, solteiro, natural de Acari/RN, nascido aos 19/09/1983, filho de Agenário Vasconcelos Alves e Maria da Luz Silva, residente à rua Desembargador Silvino Bezerra, 213, Petrópolis, Acari/RN, sendo-lhe nomeado curadora a pessoa de MARIA DA LUZ SILVA, brasileira, solteira, do lar, natural de Acari-RN,RG nº SSP/RN, CPF nº , residente no mesmo endereço do interditado, filha de José Teodoro da Silva e Inácia Maria dos Santos Silva, residente no mesmo endereço do interditado, nos autos do processo nº A interdição é declarada de forma absoluta, considerando a gravidade e irreversibilidade da enfermidade, a qual acomete o interdito. E para que ninguém alegue desconhecimento, mandou expedir o presente Edital, que será publicado pela imprensa local e pelo órgão oficial por 03 (três) vezes, com intervalo de dez dias. Dado e passado nesta cidade e comarca de Acari, Estado do Rio Grande do Norte, aos vinte e um dias do mês de novembro do ano de dois mil e sete. Eu,

11 Secretaria Vara / Vara Criminal / Fórum - Municipal de Areia Branca / Comarca - Areia Branca PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE COMARCA DE AREIA BRANCA FÓRUM JOSÉ BRASIL FILHO VARA CRIMINAL Prazo de 20 dias O Dr. Cláudio Mendes Júnior, Juiz de Direito da Vara Criminal da Comarca de Areia Branca, Estado do Rio Grande do Norte, comunica a quem interessar possa e atendendo ao disposto nos artigos 439 e 440 do Código de Processo Penal, que se encontra afixada na entrada do prédio do Fórum José Brasil Filho e na Secretaria da Vara Criminal a LISTA GERAL DOS JURADOS para o ano de Eventuais impugnações serão recebidas no prazo de vinte dias a contar da publicação do presente edital. Cumpra-se. Areia Branca-RN, 14 de novembro de CLÁUDIO MENDES JÚNIOR JUIZ DE DIREITO TITULAR Vara Criminal de Areia Branca/RN

12 Secretaria Vara / Vara Criminal / Fórum - Municipal de Areia Branca / Comarca - Areia Branca PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE COMARCA DE AREIA BRANCA FÓRUM JOSÉ BRASIL FILHO VARA CRIMINAL EDITAL DE REVISÃO ANUAL DOS JURADOS O Doutor Cláudio Mendes Júnior, Juiz de Direito Titular da Vara Criminal de Areia Branca, Estado do Rio Grande do Norte, na forma da lei, FAZ SABER, a quem interessar possa e deste conhecimento tiverem, que neste Juízo foi procedida a revisão anual dos jurados, para o ano de 2008, ficando o corpo assim constituído: 1. VIVIANE DANTAS DE ARAÚJO Func. Público 2. GEÓRGIA MARIA DE A. QUEIROZ ROLIM Do lar 3. LÍDIA FRANCO BEZERRA Func. Público 4. EUCLIDES COELHO NETO Comerciante 5. SIMONE BARBOSA DA SILVA Do lar 6. GILLES ARAÚJO DE CASTRO Universitário 7. MIRLE FERNANDES DE MELO Professora 8. FÁBIO LIMA FERREIRA Professor 9. LIDUINA RÉGIA DA SILVA Func. Público 10. ALENILSA PEREIRA DE SOUZA SILVA Do lar 11. IVANOSKA MARIA DE ARAÚJO VALE Func. Público 12. ERILENE LAURINDO GOMES Func. Público 13. ITAMAR ALEXANDRO DE MACEDO Func. Público 14. EDVALDO FERREIRA DE MELO Func. Público 15. JOSÉ EDSON DA SILVA FERREIRA Func. Público 16. ARATUZA MARIA LOPES SOARES Estudante 17. JOSÉ MARIA COELHO Func. Público 18. OTTO BRUNO DA SILVA Comerciante 19. AMAURY DO VALE BEZERRA Militar aposentado 20. JOSÉ DE MENEZES BRASIL NETO Estudante 21. GILDAN RIBEIRO REBOUÇAS Estudante 22. JOSÉ EDUARDO MARQUES REBOUÇAS Estudante 23. FRANCISCO FERNANDES FILHO Func. Público 24. FRANCISCO DAS CHAGAS DUARTE Comcerciante 25. CLEOFAS PEREIRA DE ARAÚJO Func. Público 26. ROBERTO FERNANDES VASCONCELOS Func. Público 27. EULÁLIA OLIVEIRA DE MEDEIROS Func. Público 28. AGEU COSTA DANTAS Func. Público 29. DANIELLA VASCONCELOS DE S. BRITO Eng. Civil 30. MÔNICA FREITAS DE PAIVA Estudante 31. LUZIA SILVANA MENDONÇA Professora 32. JOÃO FERNANDES NETO Auxiliar de Escritório 33. TIAGO ANTONIO N. REBOUÇAS Universitário 34. RICARDO GEORGE BATISTA Professor 35. EDILSON DA SILVA MELO Func. Público 36. NALVA AGUIAR DA SILVA Estudante 37. MARITZA CIRILO WANDERLEY Professora

13 Secretaria Vara / Vara Criminal / Fórum - Municipal de Areia Branca / Comarca - Areia Branca 38. MARIA DALVA VIEIRA Professora 39. FRANCISCA NERICIVAN DA SILVA Do lar 40. FRANCISCO WALFREDO DE GÓIS Professora 41. KÁTIA RODRIGUES FERNANDES Func. Público 42. CHISTIAN DUARTE BEZERRA Func. Público 43. RICHARLIS SOUZA DO VALE Comerciante 44. REUWER ANTONIO DE ARAÚJO DANTAS Professor 45. MARLUCE BARRETO FERNANDES Func. Público 46. RAIMUNDO BRAZ DA SILVA Aposentado 47. SUELI SOUTO XAVIER Do lar 48. PAULO SÉRGIO CAETANO DOS SANTOS Professor 49. STEPHAN BEZERRA LIMA Universitário 50. GEORGE WASHINGTON F. DA SILVA Professor 51. THALITA THAIS M. C. N. V. B. B. V. BEZERRA Func. Público 52. UBIRACI COSTA SEIXAS Func. Público 53. EDENILTON JOSÉ DE SOUZA Func. Público 54. YARA JANE DUARTE DE OLIVEIRA Comerciante 55. SUZIANE ALVES DA CUNHA Estudante 56. SANDRA KELLY DA SILVA Estudante 57. AURIDETE AZEVEDO SILVA FERNANDES Professora 58. NAELSON OLIVEIRA DE SOUZA Professor 59. ANTONIO ALDEMIR SEIXAS DA SILVA Func. Público 60. MARY LIDUINA GOMES SOARES Estudante 61. CRISTHIANO FÉLIX LOPES Universitário 62. FELIPE TAVERNARD DO N. VALE Universitário 63. ANTONIO PETTERSON N. DO VALE Professor 64. EURINADJA PEREIRA DE MOURA Func. Público 65. JEANE FERNANDES DE OLIVEIRA Estudante 66. LEONARDO DA VINCI DE O. SILVA Universitário 67. AILA MARIA TAVERNARD Func. Público 68. LAURO DO VALE BEZERRA Func. Público 69. TATHIANY CRISTINE T. ARAÚJO Universitária 70. GRÉCIA ANAIR DA SILVA Func. Público 71. GERALDO HONÓRIO DA SILVA Func. Público 72. KADJA FERNANDES NOGUEIRA Psicóloga 73. WHITEMBERG JUSTINO DA COSTA Estudante 74. FREDERICK ARAÚJO DOS SANTOS Universitário 75. FRANCINEIDY LOPES DA SILVA Func. Público 76. FRANCISCA MATIAS RIBEIRO DE SOUZA Func. Público 77. VILMA LUCIA LEMOS DE ALENCAR Professora 78. GERCILDA MONTEIRO DANTAS Func. Público 79. PAULO CÉSAR GARÇÃO Func. Público 80. ADAMASTOR COELHO FILHO Func. Público 81. DORINEIDE JOYCE MATIAS B. FILHA Estudante 82. ELBER PAIVA DE SOUZA Marítimo 83. PRISCILA DANIELLA BEZERRA LEMOS Func. Público 84. JOSÉ EDSON RIBEIRO LIMA Func. Público 85. MONTEGOMERY JERÔNIMO REBOUÇAS Professor 86. FRANCISCO DIÓGENES DA SILVA Func. Público 87. SAMUEL PONTES DO NASCIMENTO Universitário 88. CLODOANTONY NOBRE DE OLIVEIRA Universitário 89. MARIA REJANE RODRIGUES DE GÓIS Comerciante 90. FRANCISCA HELOÍSA DA SILVA BRITO Universitário 91. ÍTALAQUELINE ALVES CABRAL Func. Público 92. LAURA HELENA DE SOUZA REBOUÇAS Func. Público 93. LIGIA HELENA MACEDO DE MEDEIROS Func. Público 94. ÍRIS MICHELINE DO N. REBOUÇAS Comerciante 95. JANE MARIA ARAÚJO DUARTE Func. Público

14 Secretaria Vara / Vara Criminal / Fórum - Municipal de Areia Branca / Comarca - Areia Branca 96. JEAN JÉFERSON DA SILVA Func. Público 97. JOÃO FERREIRA TAVERNARD S. NETO Estudante 98. EVA MÁRCIA DA SILVA ROLIM Func. Público 99. LUANA PEDROSA BRUNO Func. Público 100. RAISSA A. DE ALEXANDRIA Universiária FAZ SABER, OUTROSSIM, que de conformidade com o parágrafo único do artigo 439 do CPP, a presente lista geral poderá ser alterada de ofício, ou em virtude de reclamação de qualquer cidadão do povo, com recurso sem efeito suspensivo para a superior instância, no prazo de vinte dias. E, para que ninguém alegue ignorância, afixe-se o presente edital no átrio desta Vara e publique-se no Diário da Justiça do Estado Rio Grande do Norte. Areia Branca, aos 14 (quatorze) dias do mês de novembro do ano de Eu Carlos José de Freitas, Diretor de Secretaria, o fiz digitar, conferi e subscrevi. CLÁUDIO MENDES JÚNIOR JUIZ DE DIREITO TITULAR Vara Criminal de Areia Branca/RN

15 Secretaria Vara / Vara Cível / Fórum - Municipal de Areia Branca / Comarca - Areia Branca COMARCA DE AREIA BRANCA - RN SECRETARIA JUDICIÁRIA DA VARA CÍVEL EDITAL DE CITAÇÃO (PRAZO: TRINTA DIAS) A Exma. Sra. Dra. ANA CLÁUDIA SECUNDO DA LUZ E LEMOS, Juíza de Direito da Vara Cível da Comarca de Areia Branca, Estado do Rio Grande do Norte, na forma da lei, etc... FAZ SABER aos que o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que se processa perante este Juízo e nesta Secretaria Judiciária desta Comarca, nos autos da Ação nº Inventário Rito Arrolamento, onde figura como Inventariante: FRANCISCO LUCILEUDO DA SILVA, brasileiro, casado, motorista, residente e domiciliado na Rua da Baleia, n.º 67, Centro, Tibau RN, e Inventariados: RAIMUNDO SERGIO FILHO e SEBASTIANA MARIA REBOUÇAS, brasileiros, casados entre si, aposentados, que residiam na cidade de Tibau - RN. FICAM CITADOS, por todo o conteúdo da ação proposta e das primeiras declarações prestadas, para os termos do Inventário, que poderá querendo oferecer contestação no prazo legal, os (as) Srs (as). FRANCISCO RAIMUNDO SOBRINHO, brasileiro, solteiro, motorista, CPF n.º , RG n.º SSP-RN, residente e domiciliado na Rua Elias Azuis, 138, Cubatão SP, MARIA AUREA REBOUÇAS, brasileira, viúva, do lar, residente e domiciliada no Bairro Aeroporto Velho, Rio Branco AC, MOISÉS RAIMUNDO SOBRINHO, brasileiro, separado judicialmente, vendedor ambulante, CPF n.º , RG n.º SSP-RN, ELIEZER RAIMUNDO REBOUÇAS, brasileiro, casado, autônomo, CPF n.º , RG n.º SSP-RN, sua esposa a Sra. LIRAMAR ALVES DOS SANTOS REBOUÇAS, brasileira, casada, do lar, CPF n.º , residentes e domiciliados na Rua Arueira, n.º 717, Novo Amarante, São Gonçalo do Amarante RN, bem como todos os demais interessados. Obs.: Não sendo oferecida contestação, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos articulados na inicial e nas primeiras declarações prestadas pela Inventariante. E para que não seja alegada ignorância, mandou o MM. Juiz publicar o presente edital que será publicado no DJE e afixado no local de costume. Dado e passado nesta cidade de Areia Branca, Estado do Rio Grande do Norte, aos quatorze dias de dezembro de Eu (Jacqueline Rodrigues Rebouças), Diretora de Secretaria, que o fiz digitar e subscrevi. ANA CLÁUDIA SECUNDO DA LUZ E LEMOS Juíza de Direito

16 Secretaria Vara / Vara Única / Fórum - Municipal de Arêz / Comarca - Arês PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE JUÍZO DE DIREITO DA Vara Única DA COMARCA DE Arez EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 05 (CINCO) DIAS O(A) Doutor(a) Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única, na forma da lei e no uso de suas atribuições, etc. FAZ SABER, para conhecimento público, que tramita por esta e sua Secretaria a Ação de Ação Penal, Processo de nº , proposta por Ministério Público, contra Roberto França, tendo sido determinada a CITAÇÃO do(a) Sr(a). Roberto França, brasileiro(a) solteiro, motorista, natural de São José de Campestre/RN, nascido em 15/07/1971, filho de Maria José de Lima França, atualmente em lugar incerto e não sabido, para que o mesmo tome conhecimento da ação penal e nela se defender, havendo o mesmo sido denunciado nos termos do art 310, da Lei nº 9.503/97, ficando o mesmo INTIMADO para no dia 29/01/2008, às 15:30 horas, comparecer no Fórum desta Comarca, devidamente acompanhado de advogado, onde será interrogado e acompanhar todos os termos do processo até final sentença, o qual deverá comparecer ao ato munido de seus documentos pessoais, ciente de que não dispondo de recurso para constituí-lo, ser-lhe-á designado defensor dativo. ADVERTÊNCIA: O processo seguirá sem a presença do acusado que deixar de comparecer a qualquer ato sem motivo justificado.. Eu,( ) Maria de Fátima Souza Teixeira, Diretor(a) de Secretaria, fiz digitar, conferi e assino.arez/rn, 13 de dezembro de 2007.Gisela Besch.Juíza de Direito

17 Secretaria Vara / Vara Única / Fórum - Municipal de Arêz / Comarca - Arês Processo n.º Ação: Ação Penal Autor: Ministério Público Indiciado: Gilberto Miguel Alves Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Augusto José de Medeiros Nunes Avenida Presidente Quaresma, 817, ALECRIM Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no próximo dia 19/02/2008, às 09:00 horas, comparecer no Fórum desta Comarca onde haverá audiência para oitiva da vítima. Arez/RN, 07/12/2007. Processo n.º Ação: Ação Penal Autor: Ministério Público Estadual Acusado: Cícero Elpídio Ribeiro Filho Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Defensoria Pública do Estado - Aos cuidados do Dr. Geraldo Gonzaga de Oliveira Avenida Duque de Caxias, 102/104, Ribeira Natal-RN CEP Através do presente de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no próximo dia 21/02/2008, às 11:00 horas, comparecer na sala de audiências do Fórum desta Comarca, onde haverá audiência para oitiva das testemunhas arroladas na denúncia dos autos em epígrafe. Arez/RN, 07 de dezembro de Processo n.º Ação: Cobrança Autor: José Pedro da Silva Filho Réu: Presidente da Câmara Municipal de Arez/RN, Sr. Ludovico Pessoa de Souza Documento nº: # Ilmo(a). Dr(a). Guilhermo Medeiros Homet Mir Avenida Presidente Quaresma, 817, Alecrim Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para tomar conhecimento da sentença proferida nos autos em epígrafe, cujo dispositivo é do teor seguinte: " Diante do exposto, reconhecendo a ilegitimidade passiva da Câmara Municipal, declaro extinto o processo sem julgado do mérito, nos termos do art. 267, VI, do Código de Processo Civil. Custas, se houver, pelo autor. P.R.I. " Arez/RN, 22 de outubro de (a) Gisela Besch. Juíza de Direito.Arez/RN, 10 de dezembro de Processo n.º Ação: Previdenciária Autor: Manoel Balbino Ângelo Réu: Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Levi Rodrigues Varela AVENIDA ANTONIO BASILIO, 3006, SALA 611, Lagoa Nova Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no próximo dia 20/02/2008, às 09:00 horas, comparecer no Fórum desta Comarca, onde haverá audiência de instrução nos autos em epígrafe. Tudo conforme despacho do teor seguinte: Despacho:Decreto a revelia do requerido com efeitos parciais. Aprazo audiência de instrução para o dia 20/02/2008, às 09:00 hs. Notifiquem-se as partes e as testemunhas arroladas às fls. ARez/RN, 28/11/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 10 de dezembro de Processo n.º Ação: Ação Penal Réu: Júlio Cesar Alves Documento n : Ilmo(a). Sr(a) Arthur Coelho da Silva Neto Rua Professor João Batista Gomdim, 14, centro Nísia Floresta-RN CEP Pela presente, extraída dos autos do processo supraidentificado, fica Vossa Senhoria NOTIFICADO para no prazo de lei apresentar defesa prévia nos autos em epígrafe, bem como a comparecer à audiência de Depoimento de Testemunhas, designada para o dia 29/01/2008 às 11:00h, no endereço infra, conforme despacho abaixo transcrito. DESPACHO: Aprazo audiência para oitiva das testemunhas arroladas na denúncia para o dia 29/01/2008, às 11:00 hs. Exp. Necessários. ARez/RN, 20/11/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 10 de dezembro de Processo n.º Ação: Investigação/negatória de Paternidade/maternidade Requerente: Antônio Carlos do Nascimento Requerido: Christopher Lee Carlos do Nascimento Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Raimundo Mendes Alves Av. Capitão Mor Gouveia, 2005, Shopping Ceasa, Loja 09, Lagoa Nova Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa

18 Secretaria Vara / Vara Única / Fórum - Municipal de Arêz / Comarca - Arês Senhoria, NOTIFICADO para tomar conhecimento da decisão proferida nos autos em epígrafe, cujo dispositivo é do tepor seguinte: " POSTO ISTO, entendo faltar um dos requisitos para a concessão da medida de urgência, INDEFIRO a liminar pleiteada. Aprazo o dia 21/12/2007, para realização do exame de DNA. Notifique-se e oficiese. Arez/RN, 07/12/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 11 de dezembro de Processo n.º Ação: Reintegração de Posse - Requerente: Terezinha Santana de Oliveira Requerido: O Município de Senador Georgino Avelino - RN Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Guilherme Santos Ferreira da Silva Rua Ângelo Varela, 1042, Tirol Natal-RN CEP De ordem do(a) Dr. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, INTIMADO(A) para no dia 22/01/2008, às 15:30hs, comparecer na sala de audiências do Fórum desta Comarca, onde haverá audiência de conciliação nos autos em epígrafe. Tudo conforme final do despacho do teor seguinte: ".. Aprazo audiência de conciliação para o dia 22/01/2008, às 15:30hs. Expedientes necessários". Arez/RN, 07/12/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 11 de dezembro de Processo n.º Ação: Reintegração de Posse -Requerente: Terezinha Santana de Oliveira Requerido: O Município de Senador Georgino Avelino - RN Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Cleto de Freitas Barreto Avenida Câmara Cascudo, 454, Ed. Dona Mariá Cidade Alta Natal-RN CEP De ordem do(a) Dr. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, INTIMADO(A) para no dia 22/01/2008, às 15:30hs, comparecer na sala de audiências do Fórum desta Comarca, onde haverá audiência de conciliação nos autos em epígrafe. Tudo conforme final do despacho do teor seguinte: ".. Aprazo audiência de conciliação para o dia 22/01/2008, às 15:30hs. Expedientes necessários". Arez/RN, 07/12/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 11 de dezembro de Processo n.º Ação: Reclamatória Trabalhista - Reclamante: Daniel da Silva - Reclamado: Prefeitura Municipal de Arez/rn Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Noel Bernardo de Oliveira Júnior Praça Augusto Severo, 102, Centro Canguaretama-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no prazo de trinta (30) dias, requerer a execução do julgado. Tudo conforme despacho do teor seguinte: Despacho:Notifique-se o autor, através de seu advogado, para requerer a execução do julgado, no prazo de 30 (trinta) dias. Em caso de inércia, arquivese. ARez/RN, 21/11/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 13 de dezembro de 2007 Processo n.º Ação: Execução Exequente: Conselho Nacional de Engenharia e Arquitetura Crea Executado: Ricardo Espínola de Oliveira Lira Filho Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). João Luiz Alves de Lima Avenida Senador Salgado Filho, 1840, LagoaNova Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, INTIMADO(A) para tomar conhecimento da decisão proferida nos autos em epígrafe, cujo final é do teor seguinte: " Ocorre que já decorreu mais de um ano da suspensão do procedimento. Sendo assim, notifique-se o exequente para dar andamento ao feito, requerendo o que entender de direito, no prazo de cinco dias, visto que o processo não pode ficar indefinitivamente em curso, sem solução final. P.R.I. Arez/RN, 22/11/2007. (a) Gisela Besch. Juíza de Direito. Arez/RN, 13 de dezembro de Processo n.º Ação: Precatório Requisitório Requerente: Maria José Alves da Silva Requerido: O Município de Arez - Rn - Prefeitura Municipal Ilmo(a). Dr(a). Alexsandro Mazurkiewisk Sousa Avenida Maranguape, 599, Potengi Natal-RN - CEP Através do presente, tendo em vista a devolução do documento nº , de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no prazo de cinco (05) dias, fazer juntar aos autos nova planilha de cálculos, retificando o termo inicial da incidência de juros moratórios. Ressalto, ainda, que referida diligência deverá ser cumprida com urgência, haja vista que os presentes autos se encontram paralisados por muito tempo, impossibilitando, assim, seu retorno ao egrégio Tribunal de Justiça. Arez/RN, 13 de dezembro de Processo n.º Ação: Ação Penal Autor: Ministério Público Estadual e outro Réu preso: Giovanni de Paula Cannalonga e outros Documento nº:

19 Secretaria Vara / Vara Única / Fórum - Municipal de Arêz / Comarca - Arês Ilmo(a). Dr(a). Thiago Trindade de Aquino AV. AMINTAS BARROS, 2367, LAGOA NOVA Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no próximo dia 29/01/2008, às 14:30 horas, comparecer no Fórum desta Comarca, onde haverá audiência aprazada nos autos em epígrafe. Tudo conforme despacho que segue anexo em cópia, fazendo parte integrante do presente. Arez/RN, 14 de dezembro de Processo n.º Ação: Ação Penal Autor: Ministério Público Estadual e outro Réu preso: Giovanni de Paula Cannalonga e outros Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). José Maria Rodrigues Bezerra Avenida Dr. Silvio Bezerra de Melo, 620, Loja 05, centro Currais Novos-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no próximo dia 29/01/2008, às 14:30 horas, comparecer no Fórum desta Comarca, onde haverá audiência aprazada nos autos em epígrafe. Tudo conforme despacho proferido nos autos em epígrafe. Arez/RN, 14 de dezembro de Processo n.º Ação: Ação Penal Autor: Ministério Público Estadual e outro Réu preso: Giovanni de Paula Cannalonga e outros Documento nº: Ilmo(a). Dr(a). Iolando Farias de Moraes Rua Dr. Lauro Pinto, 200, Ed. Profissional Center, Sala 209, Lagoa Nova Natal-RN CEP Através do presente, de ordem da Dra. Gisela Besch, Juíza de Direito da Vara Única desta Comarca, fica Vossa Senhoria, NOTIFICADO para no próximo dia 29/01/2008, às 14:30 horas, comparecer no Fórum desta Comarca, onde haverá audiência aprazada nos autos em epígrafe. Tudo conforme despacho proferido nos autos. Arez/RN, 14 de dezembro de

20 Secretaria Vara / 1ª Vara Cível / Fórum - Municipal "João Celso Filho" / Comarca - Assu COMARCA DE ASSU-RN JUÍZO DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA CÍVEL JUIZ DE DIREITO EM SUBSTITUIÇÃO LEGAL: ANDREO ALEKSANDRO NOBRE CAMPOS DIRETOR DE SECRETARIA: PEDRO BATISTA DE SALES NETO SERVIDORA: RSTANYSLLÉIA SUÊNIA MITRE SILVEIRA Rua Dr. Luiz Carlos, 230. Novo Horizonte, CEP * Fone: RELAÇÃO Nº 03/2007 (art. 1º da Resolução nº 018/2005- TJ) (1) Processo nº Ação Ordinária Requerente: Maria Luzinete Cavalcante Fonseca Advogado(a): Rodrigo Menezes da Costa Câmara, OAB/RN 4909 Requerido(a): José de Deus Barbosa Filho Advogado(a): Agamenon Fernandes, OAB/RN 2368 Despacho: Julgo improcedente o pedido formulado na petição inicial. Condeno a parte autora ao pagamento de custas processuais e honorários advocatícios, os quais arbitro em 10% do valor dado à causa. P. R. I. Assu, 21 de novembro de (a) Jussier Barbalho Campos Juiz de Direito. (2) Processo nº Ação Ordinária Requerente: Maria Adelina de Oliveira (outro) Advogado(a): José de Deus Alves dos Santos, OAB/RN 3825 Requerido(a): Maria Adelina de Oliveira Advogado(a) - Despacho: Certifique-se o trânsito em julgado. Defiro o pedido de desentranhamento dos documentos desde que substituídos por cópias. Arquive-se. Assu, 08 de novembro de (a) Jussier Barbalho Campos Juiz de Direito. Relação dos Advogados: Rodrigo Menezes da Costa Câmara, OAB/RN 4909(1) José de Deus Alves dos Santos, OAB/RN 3825(2) RELAÇÃO Nº 04/2007 (art. 1º da Resolução nº 018/2005- TJ) (1) Processo nº Ação de Busca e Apreensão Requerente: Banco ABN AMRO Real S. A. Advogado(a): Múcio Amaral da Costa, OAB/RN 676 Requerido(a): Athos Zehuri Macieira Montenegro Advogado(a): Guilherme Santos Ferreira da Silva, OAB/RN 3024 Sentença: Julgo procedente o pedido, consolidando nas mãos do proprietário fiduciário a posse plena e a propriedade exclusiva do bem objeto da presente ação, tornando definitiva a apreensão efetivada em sede liminar, assim como declarando rescindido o contrato de alienação fiduciária em garantia firmado entre as partes. Custas pelo réu, assim como honorários de advogado, que fixo no percentual de 10% do valor da causa, com fundamento no art.20, 4º, do CPC. P.R.I. Transitada em julgado, arquivese, após baixa na distribuição. Assu, 27 de novembro de (a) José Undário Andrade Juiz de Direito em Substituição Legal. (2) Processo nº Ação de Busca e Apreensão Requerente: Banco Honda S/A Advogado(a): Maria Lucília Gomes, OAB/RN 2389 Requerido(a): Marcílio Pereira Alves Bezerra Advogado(a) Sentença: Julgo procedente o pedido, consolidando nas mãos do proprietário fiduciário a posse plena e a propriedade exclusiva do bem objeto da presente ação, autorizando a pessoa de Marcelo Medeiros Loureiro como fiel depositário, tornando definitiva a apreensão efetivada em sede liminar, assim como declarando rescindido o contrato de alienação fiduciária em garantia firmado entre as partes. Custas pelo réu, assim como honorários de advogado, que fixo no percentual de 10% do valor da causa, com fundamento no art.20, 4º, do CPC. P.R.I. Transitada em julgado, arquive-se, após baixa na distribuição. Assu, 26 de novembro de (a) José Undário Andrade Juiz de Direito em Substituição Legal. Relação dos Advogados: Múcio Amaral da Costa, OAB/RN 676(1) Guilherme Santos Ferreira da Silva, OAB/RN 3024(1) RELAÇÃO Nº 05/2007 (art. 1º da Resolução nº 018/2005- TJ) (1) Processo nº Ação Ordinária Requerente: Francisco de Assis Pinto Cabral Advogado(a): Liana Fonseca de Melo, OAB/RN 4383 Requerido(a): Janison Kletson Dantas Advogado(a): Lindóia Eurídice da Cunha, OAB/RN 1872 Despacho: Intimem-se as partes para, no prazo de dez dias, indicarem as provas a serem produzidas, sob pena de preclusão. Assu, 11 de dezembro de (a) Marco Antônio Mendes Ribeiro Juiz de Direito Auxiliar. (2) Processo nº Ação de Execução Exeqüente: Banco do Nordeste do Brasil S. A. Advogado(a): Soraidy Cristina de França, OAB/RN 4588 Executado(a): Francisco Gerson de Araújo Advogado(a) - Sentença: Homologo o acordo firmado entre as partes, passando, em seguida, a extinguir a presente Ação de Execução, cujo exeqüente é o Banco do Nordeste do Brasil S. A., e o executado, Francisco Gerson de Araújo, com fundamento no art. 794, II do CPC, para que surtam os seus legais efeitos jurídicos. Custas e honorários, conforme o acordo. P.R.I. Cumpra-se. Assu, 11 de dezembro de (a) Marco Antônio Mendes Ribeiro Juiz de Direito Auxiliar. (3) Processo nº Ação de Execução Exeqüente: Banco do Nordeste do Brasil S. A. Advogado(a): Soraidy Cristina de França, OAB/RN 4588 Executado(a): Arnor Bezerra de Almeida Advogado(a) - Sentença: Homologo o acordo firmado entre as partes, passando, em seguida, a extinguir a presente Ação de Execução, cujo exeqüente é o Banco do Nordeste do Brasil S. A., e o executado, Arnor Bezerra de Almeida, com fundamento no art. 794, II do CPC, para que surtam os seus legais efeitos jurídicos. Custas e honorários, conforme o acordo. P.R.I. Cumpra-se. Assu, 11 de

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga Diretor da Escola

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 21.628 - SP (2007/0158779-3) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : AGOSTINHO FERRAMENTA DA SILVA JÚNIOR ADVOGADO : JULIANA FERRAMENTA DA SILVA RECORRIDO : TRIBUNAL DE

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal PAUTA ORDINÁRIA Nº 26/2009 Serão julgados pela 2ª CÂMARA CRIMINAL do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins na 26ª SESSÃO ORDINÁRIA JUDICIAL, aos 28 (vinte e oito) dias do mês de julho (7)

Leia mais

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR DA ESMARN : Des. Vivaldo Pinheiro DIRETOR DA REVISTA

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal PAUTA ORDINÁRIA Nº 35/2009 Serão julgados pela 2ª CÂMARA CRIMINAL do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins na 35ª SESSÃO ORDINÁRIA JUDICIAL, aos 13 (treze) dias do mês de outubro (10) de 2009,

Leia mais

ok PACIENTE: Antônio Carlos da Silva Felipe

ok PACIENTE: Antônio Carlos da Silva Felipe PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAIBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR ACÓRDÃO HABEAS CORPUS (Processo n 999.2012.001461-11001) RELATOR: Marcos William de Oliveira,

Leia mais

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO . - - 41,14'1 ti tha ojlnt Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2007.792.417-9/001 João Pessoa RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho , 1. " ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO. APELAÇÃO CÍVEL N 076.2005.000115-5/001 Comarca de Gurinhém RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira

Leia mais

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D.

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. AC no 001.2011.003557-1/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO REMESSA OFICIAL No 001.2011.003557-1/001

Leia mais

Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015

Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015 Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015 Boa Vista, 1 de abril de 2015 Diário da Justiça Eletrônico ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 002/150 Boa Vista, 1 de abril

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 26.044 - MS (2008/0000154-1) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : MÁRCIA ARAÚJO LIMA : IGOR NAVARRO RODRIGUES CLAURE

Leia mais

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ).,, JI WrIlei ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO n 041.2007.001993-4/001 RELATOR: Eduardo José de Carvalho Soares

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 712.998 - RJ (2004/0180932-3) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN RECORRENTE : MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO PROCURADOR : MARIANA RODRIGUES KELLY E SOUSA E OUTRO(S) RECORRIDO : ADELINO

Leia mais

EXERCÍCIO MODELO QUEIXA-CRIME

EXERCÍCIO MODELO QUEIXA-CRIME 2ª Fase OAB/FGV Direito Processual Penal Monitoria Penal Karina Velasco EXERCÍCIO 1 O juiz, ao proferir sentença condenando João por furto qualificado, admitiu, expressamente, na fundamentação, que se

Leia mais

11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA

11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ' -rr r * 11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ACÓRDÃO HABEAS CORPUS N 001.2006.001615-9/001 RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho vieira IMPETRANTE: Francisco

Leia mais

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador LUIZ GADOTTI, Presidente da 1ª Câmara Criminal, faço público a todos os interessados

Leia mais

Súmulas em matéria penal e processual penal.

Súmulas em matéria penal e processual penal. Vinculantes (penal e processual penal): Súmula Vinculante 5 A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo disciplinar não ofende a Constituição. Súmula Vinculante 9 O disposto no artigo

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos, os autos

VISTOS, relatados e discutidos, os autos f ST. *!Yont',.> ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO 00 APELAÇÃO CÍVEL N 001.2002.015648 3/ 001 - Campina Grande RELATOR: João Benedito

Leia mais

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 TV por Assinatura Sumário 1ª Turma Recursal... 1 2ª Turma Recursal... 2 3ª Turma Recursal... 7 1ª Turma Rêcursal RECURSO CÍVEL VIRTUAL Nº 0015356-20.2011.820.0001

Leia mais

GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA)

GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA) GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA) Todos os candidatos convocados deverão comparecer para efetuar cadastramento nos dias 03/05/2013, no horário das 8 às 11h e das 14 às 17h

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça SENTENÇA ESTRANGEIRA CONTESTADA Nº 1.032 - GB (2005/0066622-7) RELATOR REQUERENTE ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : GRACE NANCY JOY PIRIE : MICHAEL MARY NOLAN E OUTRO(S) EMENTA HOMOLOGAÇÃO DE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINENTE DO DESEMBARGADOR

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINENTE DO DESEMBARGADOR PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA APELADO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2006.021661-7/002 Capital RELATOR : Miguel de Britto Lyra Filho Juiz de Direito convocado. APELANTE : Indústria Reunidas F. Matarazzo

Leia mais

l?r414211444i ti. ~, 114 "' s ar, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JOÃO ANTONIO DE MOURA

l?r414211444i ti. ~, 114 ' s ar, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JOÃO ANTONIO DE MOURA jfl 4 N 200.2001.011664-4/001 3 3 4 * l?r414211444i ti. ~ 114 "' s ar ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JOÃO ANTONIO DE MOURA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N2 200.2001.011664-4

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Durante o carnaval do ano de 2015, no mês de fevereiro, a família de Joana resolveu viajar para comemorar o feriado, enquanto Joana, de 19 anos, decidiu ficar em

Leia mais

+ -47 41.1 ' r, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA

+ -47 41.1 ' r, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA t. + -47 41.1 ' r ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. JORGE RIBEIRO NÓBREGA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2004.024269-3/001 Oriundo da 7a Vara Cível da Comarca de Campina Grande-PB

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 25.738 - MG (2009/0052319-3) RELATOR : MINISTRO VASCO DELLA GIUSTINA (DESEMBARGADOR CONVOCADO DO TJ/RS) AGRAVANTE ADVOGADOS JOÃO PEDRO DA COSTA BARROS AGRAVADO EMENTA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.079.644 - SP (2008/0172654-7) RELATORA : MINISTRA ELIANA CALMON RECORRENTE : VELLOZA GIROTTO E LINDENBJOM ADVOGADOS ASSOCIADOS S/C ADVOGADO : LUIZ EDUARDO DE CASTILHO GIROTTO E OUTRO(S)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL (Processo n 001.2008.024234-8/001) RELATOR: Desembargador Luiz Silvio

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES DECISÃO TERMINATIVA Agravo de Instrumento 200.2011.026679-4/001 2 1' Vara Civel da Capital. Relator : Des. Saulo Henriciues

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg nos EDcl no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 694.688 - SP (2005/0121691-5) RELATOR : MINISTRO FELIX FISCHER AGRAVANTE : ANELINO ANTONIO RODRIGUES ADVOGADO : HERTZ JACINTO COSTA AGRAVADO : INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

I - PROCESSOS EM PAUTA

I - PROCESSOS EM PAUTA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ Des. ADEMAR MENDES BEZERRA - Presidente Desª. MARIA IRACEMA MARTINS DO VALE - Vice-Presidente Dr. FRANCISCO LUCIANO LIMA RODRIGUES Juiz de Direito

Leia mais

Promotorias de Justiça da Comarca de Natal (Capital)

Promotorias de Justiça da Comarca de Natal (Capital) Promotorias de Justiça da Comarca de Natal (Capital) 9ª Pro motoria de Justiça Av. Engenheiro Roberto Freire, 8790, Ponta Negra Natal/RN, CEP 59.092 000 Central do Cidadão do Praia Shopping Fone: (84)

Leia mais

ACÓRDÃO. Ao contrário do que afirma a apelante, não existem provas de que o condutor do veículo de propriedade do segundo promovido

ACÓRDÃO. Ao contrário do que afirma a apelante, não existem provas de que o condutor do veículo de propriedade do segundo promovido ESTADO DA PARAIBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gah. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO APELAÇÃO Cá/EL N 016.2009.000727-5/ 001 RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira Filho APELANTE: Nikanora

Leia mais

DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL

DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL Súmula 711: A Lei penal mais grave aplica-se ao crime continuado ou ao crime permanente, se a sua vigência é anterior à cessação da continuidade ou da permanência.

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): Habeas Corpus impetrado por Anderson José Manta Cavalcanti, com pedido liminar, em favor de José Bispo dos Santos Neto, objetivando a declaração

Leia mais

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014

Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 Jurisprudê ncias das Turmas Rêcursais do RN 2014 Turismo Sumário 1ª Turma Recursal... 1 2ª Turma Recursal... 2 3ª Turma Recursal... 4 1ª Turma Rêcursal RECURSO CÍVEL VIRTUAL Nº 0021501-58.2012.820.0001

Leia mais

RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 DADOS RELATIVO AO PROCESSO NOME DAS PARTES. Réu: Estado de Goiás

RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 DADOS RELATIVO AO PROCESSO NOME DAS PARTES. Réu: Estado de Goiás RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 I Ação de cobrança data-base 2005 6,13% Processo nº: 200803416878 Vara: 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual Natureza: Cominatória Autor: AGGESGO 06/06/2012

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Petição inicial: Queixa-crime. Endereçamento: Vara Criminal da Comarca de São Paulo SP. Vara criminal comum, visto que as penas máximas abstratas, somadas, ultrapassam dois anos. Como

Leia mais

APELANTE FÁBIO CÂNDIDO DA SILVA. APELADO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ. RELATOR DES. JOÃO DOMINGOS KÜSTER PUPPI.

APELANTE FÁBIO CÂNDIDO DA SILVA. APELADO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ. RELATOR DES. JOÃO DOMINGOS KÜSTER PUPPI. 1 AUTOS DE APELAÇÃO CRIMINAL DE N.º 1231245-7, DE FOZ DO IGUAÇU 1ª VARA CRIMINAL. APELANTE FÁBIO CÂNDIDO DA SILVA. APELADO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ. RELATOR DES. JOÃO DOMINGOS KÜSTER PUPPI.

Leia mais

336 TRIBUNAL DE JUSTIÇA

336 TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO 2ª CÂMARA CRIMINAL AGRAVO Nº 0009049-46.2012.8.19.0000 AGRAVANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO AGRAVADO: RAFAEL BEZERRA LEANDRO RELATORA: DES. KATIA MARIA AMARAL JANGUTTA AGRAVO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 43.213 - MG (2013/0400356-8) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : SAMUEL JHON DE JESUS (PRESO) ADVOGADO : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS RECORRIDO : MINISTÉRIO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA Gabinete do Desembargador Joás de Brito Pereira Filho

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA Gabinete do Desembargador Joás de Brito Pereira Filho j,511. PODER JUDICIÁRIO HABEAS CORPUS N. 999.2011.000003-4/001 CAPITAL Relator : Desembargador Joás de Brito Pereira Filho Impetrante : Gustavo Botto Barros Felix (OAB/PB 11.593) Pacientes : C. M. dos

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA RECORRENTE : E L DOS S E OUTRO ADVOGADO : JULIANO FONSECA DE MORAIS EMENTA RECURSO ESPECIAL. PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO DE DIVÓRCIO DIRETO CONSENSUAL. CASAMENTO REALIZADO

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): À conta de Remessa Oficial, examina-se a sentença proferida pelo MM. Juiz Federal da 2ª Vara da Seção Judiciária do Ceará, que, nos autos da

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA)

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA) ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA) De ordem da Presidente da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB PADRÃO DE RESPOSTAS PEÇA PROFISSIONAL Jerusa, atrasada para importante compromisso profissional, dirige seu carro bastante preocupada, mas respeitando os limites de velocidade. Em uma via de mão dupla,

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 447.888 - RO (2002/0084713-3) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI RECORRENTE : ADMINISTRADORA E CORRETORA DE SEGUROS - RONSEG ADVOGADO : ODAILTON KNORST RIBEIRO RECORRENTE : SUL AMÉRICA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.280.171 - SP (2011/0144286-3) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO : MINISTRO MASSAMI UYEDA : A C DE A : ANNA CRISTINA BORTOLOTTO SOARES E OUTRO(S) : B L C DE A E OUTRO : CLEBER SPERI EMENTA

Leia mais

VISTOS, RELATADOS e DISCUTIDOS estes autos, em que são partes as acima identificadas,

VISTOS, RELATADOS e DISCUTIDOS estes autos, em que são partes as acima identificadas, ri, átáit0 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR Luiz SILVIO RAMALHO JÚNIOR ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL (PROCESSO N 004.2009.000339-51001). RELATOR: Desembargador Luiz

Leia mais

Vida Seguradora S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (Ri), 12 de dezembro de 2014.

Vida Seguradora S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (Ri), 12 de dezembro de 2014. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, - CRSNSP 208' Sessão Recurso n 5898 Processo SUSEP n 15414.100701/2008-19 RECORRENTE: RECORRIDA: Vida Seguradora S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001.

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. Relator :Dr. Marcos William de Oliveira, Juiz de Direito convocado em substituição

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Escola De Magistratura: Des.

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: RC 1-30.2013.6.21.0068 PROCEDÊNCIA: FLORES DA CUNHA RECORRENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL RECORRIDO: JONATAN DE OLIVEIRA -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

: MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS :ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO MEDIDA CAUTELAR EM MANDADO DE SEGURANÇA 32.299 DISTRITO FEDERAL RELATOR IMPTE.(S) ADV.(A/S) IMPDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :NATAN DONADON :GILSON CESAR STEFANES :MESA DIRETORA DA CÂMARA DOS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.311.383 - RS (2012/0041009-1) RELATOR : MINISTRO NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : ANTONIO CHAGAS DE ANDRADE ADVOGADOS : MARCELO LIPERT E OUTRO(S) ROBERTO DE FIGUEIREDO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.117.258 - PR (2009/0008836-2) RELATOR RECORRENTE PROCURADOR RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO HERMAN BENJAMIN : INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA - INCRA : VALDEZ ADRIANI

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos de habeas corpus acima identificados:

Vistos, relatados e discutidos estes autos de habeas corpus acima identificados: t. e `kr, >4,».1 24 + ESTADO DA PARAÍBA, PODER JUDICIÁRIO 1%4111 I TRIBUNAL DE JUSTIÇA "" 4~10 Habeas corpus n 030.2007.002044-8/004 Impetrante : Bel. José Weliton de Melo Paciente : Manoel Batista.-do

Leia mais

140 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1ª CÂMARA CRIMINAL HABEAS CORPUS Nº. 0063587-40.2013.8.19

140 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1ª CÂMARA CRIMINAL HABEAS CORPUS Nº. 0063587-40.2013.8.19 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1ª CÂMARA CRIMINAL HABEAS CORPUS Nº. 0063587-40.2013.8.19.0000 PACIENTE: FABIO FERREIRA CHAVES DA SILVA AUTORIDADE COATORA: JUÍZO DE DIREITO DA 1ª VARA

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - DAIR JOSÉ BREGUNCE DE OLIVEIRA 26 de agosto de 2014

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - DAIR JOSÉ BREGUNCE DE OLIVEIRA 26 de agosto de 2014 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - DAIR JOSÉ BREGUNCE DE OLIVEIRA 26 de agosto de 2014 REEXAME NECESSÁRIO Nº 0031154-87.2008.8.08.0024 (024080311541) - VITÓRIA

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 1 Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL N 2 001.2012.003343-4/001 -P Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina

Leia mais

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA PAUTA ORDINÁRIA Nº 44/2011 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA Data: 6/12/2011 Publicada(s) no(s) D.J(s). de 18/10, 14/11 e 29/11/2011 Desembargador DANIEL NEGRY Presidente

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO Bel. ITAMAR LAMOUNIER Secretário do Tribunal Pleno PUBLICAÇÃO DE PAUTA PARA JULGAMENTO O

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos. AC no 200.2010.014.406-8/001 1 jn:idá-j Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2010.014.406-8/001

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no MANDADO DE SEGURANÇA Nº 14.450 - DF (2009/0121835-8) RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA AGRAVANTE : VERA LÚCIA DE ARAÚJO COSTA ADVOGADO : PEDRO ULISSES COELHO TEIXEIRA AGRAVADO : MINISTRO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 762.072 -RS (2005/0103061-5) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 762.072 -RS (2005/0103061-5) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 762.072 -RS (2005/0103061-5) RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RECORRIDO : AIRTON HANDLER ADVOGADO : DANILO KNIJNIK

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás 1 APELAÇÃO CRIMINAL Nº 512212-28.2009.8.09.0107(200995122121) COMARCA DE MORRINHOS APELANTE : VIBRAIR MACHADO DE MORAES APELADO : MINISTÉRIO PÚBLICO RELATOR : Des. LUIZ CLÁUDIO VEIGA BRAGA RELATÓRIO O

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA

PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Sergipe 7ª Vara Federal FLUXOGRAMA 28 - AÇÃO MONITÓRIA INÍCIO análise inicial Verificar a existência de demonstrativo de débito e contrato

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 31.661 - SP (2011/0284428-9) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : WALDEMAR ORDAKJI : LUCIANO KLAUS ZIPFEL : MINISTÉRIO PÚBLICO DO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000250943 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0080413-48.2010.8.26.0002, da Comarca de São Paulo, em que é apelante

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS Órgão : Segunda Turma Criminal Classe : Apelação Criminal Nº Processo : 1999 04 1 000829-4 Apelante : JOÃO AMARO FERNANDES Apelada : A JUSTIÇA PÚBLICA Relator : Des or GETULIO PINHEIRO Delito de trânsito.

Leia mais

7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 798.202-7 DA COMARCA DE CERRO AZUL VARA ÚNICA

7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 798.202-7 DA COMARCA DE CERRO AZUL VARA ÚNICA 7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 798.202-7 DA COMARCA DE CERRO AZUL VARA ÚNICA Apelante: MUNICÍPIO DE CERRO AZUL Apelado: ESTADO DO PARANÁ Relator: Des. GUILHERME LUIZ GOMES APELAÇÃO CÍVEL AÇÃO ANULATÓRIA

Leia mais

Candidato Curso Turno Classificação Status Análise Data da Agenda Hora ANA CLAUDIA DE SOUSA. Em processo de análise diurno 1 INFORMAÇÃO

Candidato Curso Turno Classificação Status Análise Data da Agenda Hora ANA CLAUDIA DE SOUSA. Em processo de análise diurno 1 INFORMAÇÃO Candidato Curso Turno Classificação Status Análise Data da Agenda Hora ANA CLAUDIA DE SOUSA GABRIEL FERNANDES CYRINO GISNEI RIBEIRO CAMPOS GUILHERME MAGALHÃES SOMMERFELD JOÃO EDUARDO MACHADO JOYCE LORENA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.218.980 - RS (2009/0152036-0) RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA EMENTA PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO. AÇÃO CIVIL PÚBLICA. AGRAVO REGIMENTAL. VIOLAÇÃO DO ART. 535, INCISO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 972.075 - SC (2007/0178356-6) RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI ADVOGADO : DANTE AGUIAR AREND E OUTRO(S) EMENTA PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. VIOLAÇÃO AO ART.

Leia mais

EMENTA ACÓRDÃO. Desembargadora Federal Maria do Carmo Cardoso Relatora

EMENTA ACÓRDÃO. Desembargadora Federal Maria do Carmo Cardoso Relatora APELAÇÃO CÍVEL 0000321-60.2006.4.01.3201 (2006.32.01.000323-8)/AM Processo na Origem: 200632010003238 PV RELATOR(A) : DESEMBARGADORA FEDERAL MARIA DO CARMO CARDOSO APELANTE : LUIS ALFREDO BONILLA BECERRA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA AGRAVANTE : INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA - INCRA INTERES. : MARIA DE HOLANDA E SILVA E OUTROS EMENTA ADMINISTRATIVO. AGRAVO REGIMENTAL. DESAPROPRIAÇÃO.

Leia mais

ARNOBWALVESTEU. Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO ACÓRDÃO

ARNOBWALVESTEU. Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO ACÓRDÃO 1 Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO ACÓRDÃO HABEAS CORPUS n 200.2004.020117-61003 Auditoria da Justiça Militar RELATOR : O Exmo. Des. Arnóbio Alves

Leia mais

PROCESSO: 0001201-08.2011.5.01.0028 - RTOrd

PROCESSO: 0001201-08.2011.5.01.0028 - RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001201-08.2011.5.01.0028 - RTOrd MUDANÇA DE REGIME. CLT PARA ESTATUTÁRIO. VERBAS RESILITÓRIAS. A mudança do regime jurídico que não importa em desligamento definitivo, não implica

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados.

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. 4* 'L, Á `4'INI ~nu Pd Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 001.2008.001148-7/001 - CAMPINA GRANDE RELATOR : Juiz

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: RELATÓRIO

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: RELATÓRIO ESTADO DA PARAÍBA 21 PODER JUDICIÁRIO 1 Apelação Cível n. 888.2002.014.833-4/001 Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior Apelante: GM Factoring Sociedade de Fomento Comercial Ltda Advogada: Maria Irinea

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 89.397 - PE (1996/0012337-3) RELATOR : MINISTRO HAMILTON CARVALHIDO RECORRENTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROCURADOR : JOSEMAR DE OLIVEIRA SANTOS NEVES E OUTROS RECORRIDO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 781.703 - RS (2005/0152790-8) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : UNIÃO : MARCOS ROBERTO SILVA DE ALMEIDA E OUTROS : WALDEMAR MARQUES E OUTRO EMENTA

Leia mais

CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS

CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS Luis Antônio Castagna Maia Betânia Hoyos Figueira Vieira Cecília Maria Lapetina Chiaratto Andréia Gomes Ceregatto Janaína Barcellos Anna Carolina Pagano Michel Adam Lima

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Gilberto, quando primário, apesar de portador de maus antecedentes, praticou um crime de roubo simples, pois, quando tinha 20 anos de idade, subtraiu de Renata, mediante

Leia mais

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 DJe de 29/09/2011 (cópia sem assinatura digital) DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 Esclarece quanto ao procedimento de ajuizamento da ação de adoção, diretamente pelos requerentes

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Imprimir Nr. do Processo 0517812-51.2014.4.05.8400S Autor ADELMO RIBEIRO DE LIMA

PODER JUDICIÁRIO. Imprimir Nr. do Processo 0517812-51.2014.4.05.8400S Autor ADELMO RIBEIRO DE LIMA 1 de 5 17/03/2015 11:04 PODER JUDICIÁRIO INFORMACÕES SOBRE ESTE DOCUMENTO NUM. 27 Imprimir Nr. do Processo 0517812-51.2014.4.05.8400S Autor ADELMO RIBEIRO DE LIMA Data da Inclusão 12/03/201518:44:13 Réu

Leia mais

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5 o AI no 037.2010.002.240-1/001, oes i n'ítiu v.5 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO AGRAVO INTERNO No

Leia mais

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 018.2010.000261-9/001 ORIGEM : zr Vara da Comarca de Guarabira. RELATOR

Leia mais

Ricardo Roesler RELATOR E PRESIDENTE

Ricardo Roesler RELATOR E PRESIDENTE Apelação Cível em Mandado de Segurança n.º 2013.035539-0, de Lages Relator: Desembargador Ricardo Roesler APELAÇÃO CÍVEL EM MANDADO DE SEGURANÇA. VESTIBULAR. INDEFERIMENTO DE MATRÍCULA EM CURSO SUPERIOR.

Leia mais

Autor: Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Réu: Evanderly de Oliveira Lima. Vistos.

Autor: Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Réu: Evanderly de Oliveira Lima. Vistos. Fl..---- --- ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE ALTO ARAGUAIA Tribunal do Júri Vistos. O Ministério Público estadual ofereceu denúncia contra o réu Evanderly de Oliveira Lima, por ter infringido

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.133.986 - RS (2009/0133788-0) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO JORGE MUSSI : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL : WILER DA LUZ DOS REIS : LÉA BRITO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 31.648 - MT (2010/0037619-1) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : AMAGGI EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO LTDA : EUCLIDES RIBEIRO

Leia mais

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ' ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA n'.999.2007.000498-4 00 RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira Filho IMPETRANTE:

Leia mais