Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa"

Transcrição

1

2 Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Ilustração da Capa: Grace Kelli Pereira Projeto gráfico e editoração eletrônica: WOZi Revisão: Roque Aloisio Weschenfelder Todos os direitos desta edição reservados à Editora Guismofews Av. Barão do Bananal, 2375 Ribeirão Preto SP M149p Machado, Greiga Precedentes. / Greiga Machado, Dani Batalha. 1ª ed. São Paulo: Guismofews, ISBN: Livro Eletrônico 1.Crônicas 2. Literatura Brasileira I. Título. II. Batalha, Dani. CDU: (81)-94 Catalogação na Fonte: Kelly M. Bernini CRB-10/1541

3 Basta estar vivo para abrir precedentes!

4

5 Sumário Guio ou não guio Vou morar junto, mãe Brother na minha casa Barbie Imposto de renda Dia O cartão de crédito Pobre Isaura Têm coisas que é melhor não ficar sabendo! Não atravessa, Jerônimo Meu filho no supermercado, que situasse! Roupa suja Precedentes na vida íntima Meu diário de precedentes Demorou, mas aprendi Precedentes 5

6

7

8

9 Introdução Basta estar vivo para abrir precedentes! Com certeza, todos nós já abrimos algum tipo de precedente durante a vida e, muitas vezes, sem perceber. O problema é que precedentes sempre trazem consequências, que variam de muito simples até muito graves, como, por exemplo, um divórcio. Por isso, é muito importante reconhecer um precedente antes de abri-lo, pois, uma vez aberto, pode ser difícil revertê-lo ou, até mesmo, impossível e, ao tentar fazê-lo, você vai se deparar com

10 algum tipo de conflito, por menor que seja. A intenção deste livro é mostrar como identificar precedentes e o momento de abertura desses precedentes diante das várias situações que a vida nos coloca. Conhecendo esse momento, temos condições de decidir se desejamos ou não abrir tais precedentes e poderemos enfrentar as suas consequências de maneira mais consciente, e isso facilita muito a vida! As 15 crônicas, que você vai ler a seguir, são baseadas em casos reais* de pessoas que compartilharam conosco

11 as suas histórias, os precedentes que elas abriram, os que elas deixaram de abrir e como elas lidaram com suas consequências e conflitos. Muito provavelmente, você vai se identificar com alguma dessas histórias. * Os nomes das personagens de todas as crônicas são fictícios.

12

13 GUIO OU NÃO GUIO? Um dia desses, estávamos eu e o Fabinho indo comer lanche, de carro. De repente, ele olha pra mim e pergunta: Eu não sei chegar lá, me mostra o caminho? Aí você pensa: Fudeu! Será que eu abro este precedente? Eu que odeio guiar as pessoas no trânsito? Que adoro ir no banco do passageiro, escutando um som e olhando os detalhes das ruas, das pessoas, das paisagens, sem Precedentes 13

14 me preocupar com nada e somente ir? Lógico que você vai precisar de alguns minutos para pensar. Enquanto isso, você olha para o gatinho e ele lhe manda aquele sorriso que diz: Me ajuda, vai! Como eu iria dizer não? 14 Precedentes

15 Só que, acabou pra mim, abri precedente! Até hoje, depois de oito anos, tenho de guiar o Fabinho no trânsito, porque sempre aparece um novo lugar, um novo caminho. Se eu tentei reverter o precedente? Lógico que sim. Eu tentei dizer não algumas vezes, mas ele não aceitou e a gente acabou brigando, sendo a última, briga de grito! Acha? De gritar um com o outro! Daí eu pensei: Sabe! Eu abri o precedente conscientemente, eu sabia que iria ser assim, então não faz sentido ficar brigando. Eu guio o Fabinho sempre que ele precisar e pronto. Resolvido o problema. Precedentes 15

16

17 VOU MORAR JUNTO, MÃE Ana Rita precisava sair da casa de seus pais e viver a sua própria vida, se encontrar, se conhecer, se libertar. Ela se esforçou, conseguiu um trabalho e, aos 25 anos, finalmente, tomou as rédeas da sua vida. Aos 27, ela se apaixonou por um rapaz e resolveu morar com ele. Daí, é claro que ela se depararia com a questão da família. Ela teria de contar para a sua mãe. Essa é uma hora crítica para não abrir precedente. Chegou o momento. Precedentes 17

18 Mas, Ana Rita, minha filha, onde você está com a cabeça? Você nem conhece esse moço direito. Imagina se você vai fazer isso. Você não vai fazer isso! gritou a mãe, indignada. Agora, Ana Rita terá de ser firme. É claro que ela já tinha pensado, repensado e ensaiado o que ia dizer. Mãe, você e o pai me criaram super bem, vocês me deram uma ótima educação. Eu sou independente e sei o que eu quero para a minha vida. Eu tomo as minhas decisões e não quero mais discutir sobre isso. Você não precisa se preocupar. 18 Precedentes

19 Depois desse dia, eu e minha mãe ficamos, surpreendentemente, amigas e, por essa, devo confessar, eu não esperava! Hoje brincamos, damos risada, mas nem sempre foi assim. Ela era muito autoritária e eu tinha medo dela, nunca conversávamos e ela assombrava meus pensamentos. Por isso, não abrir esse precedente foi fundamental para a minha vida. Facilitou demais! Ela nunca mais quis dar palpite nas minhas decisões. Acho que ela viu que eu já era adulta e independente e passou a me respeitar, e o mais importante é que eu não precisei brigar, só precisei ser firme. Precedentes 19

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

*CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO

*CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO *CRIE UMA CAPA PARA O LIVRO LL PRODUÇÕES O fantástico mundo de L.L A visita a um misterioso mundo 2 Luan Patrick Nascimento da Costa, paraense, nascido em 21/01/2012 em Belém Pará. 3 A visita a um misterioso

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes O ATAQUE NA PISCINA Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes de Natália, Bárbara não queria que

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

Rafa olhou para a bola que tinha levado. Ele ainda tinha uma bola novinha em folha em casa. Se desse esta ao Dani e a seus amigos, ele os faria

Rafa olhou para a bola que tinha levado. Ele ainda tinha uma bola novinha em folha em casa. Se desse esta ao Dani e a seus amigos, ele os faria Ame o seu Próximo Parabéns Rafa. Muitas felicidades, muitos anos de vida! Era o aniversário do Rafa, ele estava fazendo seis anos. Há tempos esperava ansioso por esse dia. Dani, seu melhor amigo, tinha

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

Era domingo e o céu estava mais

Era domingo e o céu estava mais Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se possa imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio

Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio (Baseado no livro A Droga da Obediência) Editora Matheuslândia Depois do mistério da Droga da Obediência, os Karas já estavam prontos para uma nova aventura.

Leia mais

29/11/2009. Entrevista do Presidente da República

29/11/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na chegada ao hotel Villa Itália Cascais-Portugal, 29 de novembro de 2009 Jornalista: (incompreensível) Presidente:

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

Capítulo 4. É bom estar de volta. Sabia que ele iria voltar. Só passou algum tempo. Aquilo que me transformou permitiu-me visualizar o Mundo.

Capítulo 4. É bom estar de volta. Sabia que ele iria voltar. Só passou algum tempo. Aquilo que me transformou permitiu-me visualizar o Mundo. Capítulo 4 É bom estar de volta Sabia que ele iria voltar. Só passou algum tempo. Aquilo que me transformou permitiu-me visualizar o Mundo. Só queria que fosses feliz. Tens de ouvir uma coisa. O nosso

Leia mais

Essa data sempre será inesquecível. Seis de Março, 2016

Essa data sempre será inesquecível. Seis de Março, 2016 Essa data sempre será inesquecível. Seis de Março, 2016 Digamos onde acordou tudo alegre e assim permaneceu. Acho completamente impossível tentar descrever nas palavras o sentimento que sinto aqui dentro

Leia mais

O PODER DAS SUAS PALAVRAS PARA VIVER MILAGRES. Edenevando Almeida

O PODER DAS SUAS PALAVRAS PARA VIVER MILAGRES. Edenevando Almeida O PODER DAS SUAS PALAVRAS PARA VIVER MILAGRES Edenevando Almeida A resposta está dentro de você. Um homem foi a casa de seu amigo e disse que precisava de algo, o amigo disse: " O que você precisa estar

Leia mais

CRISTINA UMPIERRE THESAURUS

CRISTINA UMPIERRE THESAURUS CRISTINA UMPIERRE THESAURUS by Cristina Umpierre 2014 Ficha Técnica Capa: Salomão Filho Arte Final da Capa Ana Salles Ilustrações Salomão Filho Revisão Cláudia Emir Vieira Galante Diagramação Ana Salles

Leia mais

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes Chiquinho MIOLO 3/8/07 9:34 AM Page 14 Meu nome é Chiquinho Meu pai é alto e magro e se chama Chico. Meu avô é baixo e gordo e se chama Francisco. Eu me chamo Chiquinho e ainda não sei como sou. Já andei

Leia mais

Mutual

Mutual Mutual 2013 http://astontasvaoaoceu.blogspot.com.br/ Em Lugares Santos Se no escuro andais não vais enxergar quem sois e o que podeis vos tornar. Se de joelhos estais e na luz viveis, onde o Espírito está

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

Que Nevão! Teresa Dangerfield

Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Mamã, Mamã, está tudo branquinho lá fora! gritou o Tomás muito contente assim que se levantou e espreitou pela janela. Mariana, vem ver depressa!

Leia mais

casamento da forma mais tranquila

casamento da forma mais tranquila A enfrentar um processo de divórcio amigável, ANA BRAVO refugia-se no carinho dos sobrinhos "Terminei um casamento da forma mais tranquila possível,, A nutricionista, de 31 anos, é responsável pela clínica

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

COM DEUS APRENDI A PERDER PARA GANHAR

COM DEUS APRENDI A PERDER PARA GANHAR COM DEUS APRENDI A PERDER PARA GANHAR Marcos 8:35 Na semana passada aprendemos um pouco mais sobre Salvação, que nada mais é que a própria pessoa de Jesus Cristo agindo em nosso interior, transformando

Leia mais

Os Principais Tipos de Objeções

Os Principais Tipos de Objeções Os Principais Tipos de Objeções Eu não sou como você" Você tem razão, eu não estou procurando por pessoas que sejam como eu. Sou boa no que faço porque gosto de mim como eu sou. Você vai ser boa no que

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume III 05 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME III (05 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL 2012

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

A novela chegou ao fim. O atacante Robinho foi apresentado pelo Santos no início da

A novela chegou ao fim. O atacante Robinho foi apresentado pelo Santos no início da Volta para a casa: Robinho é apresentado e já quer jogar clássico Presidente entrega a camisa 7 ao ídolo do Santos, que já se coloca à disposição de Oswaldo de Oliveira para o duelo com o Corinthians,

Leia mais

A namorada vaidosa. Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho

A namorada vaidosa. Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho A namorada vaidosa Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho Quando a peça se inicia, Julinho está deitado no sofá, totalmente coberto e imóvel. Entram Clarisse e Teresa. Estou furiosa, Teresa! Fu-ri-o-sa!

Leia mais

A Professora de Horizontologia

A Professora de Horizontologia A Professora de Horizontologia Já tinha parado a chuva e Clara Luz estava louca que a Gota voltasse. Felizmente a Fada-Mãe veio com uma novidade: Minha filha, hoje vem uma professora nova. Você vai ter

Leia mais

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Roleta Russa 13 A Patricinha Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Oi. Eu sou a Patrícia. Prazer. Você é?... Quer sentar? Aceita uma bebida, um chá, um

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Sonia Local: Núcleo de Arte Nise da Silveira Data: 5 de dezembro de 2013 Horário: 15:05 Duração da entrevista:

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 3 Data: 18/10/2010 Hora: 19h00 Duração: 22:25 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas.

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. DIÁLOGOS: 00.01.32 MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez. 00.02.02 JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. 00.02.03 MADAME SILMARA - Não? 00.02.04 JOANA -Não. A senhora

Leia mais

Avalie o seu perfil empreendedor

Avalie o seu perfil empreendedor Notícias Idegi n⁰6 Avalie o seu perfil empreendedor Você possui perfil empreendedor? O próprio negócio é o desejo de muitos profissionais, independente da faixa etária. Obter a independência profissional,

Leia mais

KYLE GRAY. Boas Vibrações. Práticas e Exercícios Espirituais para Elevar a Sua Energia. Tradução de: Elsa T. S. Vieira. Pergaminho

KYLE GRAY. Boas Vibrações. Práticas e Exercícios Espirituais para Elevar a Sua Energia. Tradução de: Elsa T. S. Vieira. Pergaminho Boas Vibrações KYLE GRAY Boas Vibrações Práticas e Exercícios Espirituais para Elevar a Sua Energia Tradução de: Elsa T. S. Vieira Pergaminho Sentir as vibrações A energia não pode ser criada ou destruída,

Leia mais

Rio, de norte a sul Leitura: atividades

Rio, de norte a sul Leitura: atividades Rio, de norte a sul Leitura: atividades 1. Complete a tabela com dados dos personagens da crônica, conforme o exemplo. Nome Quem é Como é (adjetivos) Vânia Moradora do Grajaú Hesitante, nervosa, com medo

Leia mais

DILEMA DO OBJETIVO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 30 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

DILEMA DO OBJETIVO. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 30 de julho de w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DILEMA DO OBJETIVO Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 30 de julho de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r DILEMA DO OBJETIVO Desejo é inconsciente. O que você experimenta e chama de desejo não

Leia mais

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª A Coruja e a Raposa Era uma vez uma coruja que tinha sua bela casa na montanha. A raposa tinha uma casa pequena e feia. Um dia, a coruja convidou a raposa para almoçar em sua

Leia mais

SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO

SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO Esse livro faz parte de uma história em animação que está lá no nananina.com.br Ele traz o ponto-de-vista de outro personagem. Afinal, existem muitas histórias dentro de cada

Leia mais

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô.

Eu queria desejar a você toda a felicidade do mundo e Obrigado, vô. Parabéns para o Dan Tocou o telefone lá em casa. Meu pai atendeu na sala. Alô. Meu avô, pai do meu pai, do outro lado da linha, fez voz de quem não gostou da surpresa. Eu liguei pra dar parabéns ao Dan.

Leia mais

Evangelismo de Impacto.

Evangelismo de Impacto. www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. $$UWH7HDWUDO$6HUYLoR'R0HVWUH Script DIA DAS MÃES O PRESENTE Teatro Evangélico A arte teatral a serviço do mestre. www.teatroevangelico.com.br 2 O PRESENTE

Leia mais

1. OUÇAM A PRIMAVERA!

1. OUÇAM A PRIMAVERA! 1. OUÇAM A PRIMAVERA! Na Mata dos Medos há uma pequena clareira dominada por um pinheiro-manso 1 muito alto. É o largo do Pinheiro Grande. Um pássaro que por lá passarou pôs-se a cantar e acordou o Ouriço,

Leia mais

Um homem de sorte. Uma peça de Hayaldo Copque

Um homem de sorte. Uma peça de Hayaldo Copque Um homem de sorte Uma peça de Hayaldo Copque Esta peça foi vencedora do edital Teatro Nu: Cinema. Montada em janeiro de 2010 na SALADEARTE Cinema da UFBA. Direção: Gil Vicente Tavares. Elenco: Carlos Betão

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

) ) .,. MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ~ )

) ) .,. MEB- 50 ANOS ;.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA!  MARIA ALICE ~ ) ) 1 ) ) ).,. I ) I MEB- 50 ANOS ";.. QUANTO AFETO, QUANTA ALEGRIA RENOVADA EM CADA ENCONTRO... VIVA A VIDA! " MARIA ALICE ) ) ~ ) ( ' A MUSICA DA CAMPANHA DAS ESCOLAS RADIOFONICAS LEVANTO JUNTO COM O SOL

Leia mais

AUTÓPSIA DO MEDO (Contos) Clóvis Oliveira Cardoso

AUTÓPSIA DO MEDO (Contos) Clóvis Oliveira Cardoso Índice 01 Índice; 02 Autópsia do Medo; 03 Agradecimentos; 04 Senhor... 05 Sigmund Freud; 06 Para Tânia; 07 DEUS sobre todas as coisas; 08 Era ele e o diabo; 16 Madrugada de terror; 21 Na Praça da Sé; 25

Leia mais

O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz. Oscar Wilde. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz. Oscar Wilde. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz Oscar Wilde Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho 45 O Gigante Egoísta Ficha de leitura 1. Quem é a personagem principal da história? I 2. Em que

Leia mais

o menino que vendia palavras

o menino que vendia palavras o menino que vendia palavras miolo_menino_rev1_04.indd 1 5/4/07 11:56:43 AM miolo_menino_rev1_04.indd 2 5/4/07 11:56:44 AM Ignácio de Loyola Brandão o menino que vendia palavras Ilustrações Mariana Newlands

Leia mais

o casamento do fazendeiro

o casamento do fazendeiro o casamento do fazendeiro ERA uma fez um fazendeiro que ele sempre dia mania de ir na cidade compra coisas mais ele tinha mania de ir sempre de manha cedo um dia ele acordou se arrumou e foi pra cidade,

Leia mais

P O D E R D A S C O R E S

P O D E R D A S C O R E S O P O D E R D A S C O R E S Era uma vez uma bruxa chamada Grinalda. Era uma bruxa bondosa que gostava de ajudar as pessoas, independentemente da sua raça ou condição. Era conhecida como a bruxa mais meiga

Leia mais

Os Perigos da Floresta

Os Perigos da Floresta Rubens de Almeida Oliveira Os Perigos da Floresta Editora BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens RUBENS DE ALMEIDA OLIVEIRA Os Perigos da Floresta RECIFE -PE JAN/2007 Coordenação

Leia mais

COMO NÃO SER UM LÍDER DE SUCESSO

COMO NÃO SER UM LÍDER DE SUCESSO COMO NÃO SER UM LÍDER DE SUCESSO Fernando Gasparetto Título Original em Português: Como não ser um líder de Sucesso 2012 de Fernando Gasparetto Todos os direitos desta edição reservados ao autor. É PROIBIDA

Leia mais

tudo o primar do espiritualidade e SEU TRANCA RUA DAS ALMAS Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares

tudo o primar do espiritualidade e SEU TRANCA RUA DAS ALMAS Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares A Fé pode abrir liberdade. Mas, possível se houv tudo o primar do conhecimento e Texto discute lite amor transmitid espiritualidade e conscientização está sempre acim SEU TRANCA RUA DAS ALMAS Obra Teatral

Leia mais

1. O rapaz da história faz realmente uma sopa de pedras? Explique.

1. O rapaz da história faz realmente uma sopa de pedras? Explique. Nome: Data: Unidade 1 Leia o texto a seguir e depois responda às questões de 1 a 9. A sopa de pedras Um rapaz pobre e faminto andava pelo campo em busca de alimento. Teve uma ideia e resolveu colocá-la

Leia mais

para todos! feliz ano-novo não... sopa pura?! então eu tenho que tomar sopa pura! pãozinho aqui em casa... porque não sabe ligar a tv...

para todos! feliz ano-novo não... sopa pura?! então eu tenho que tomar sopa pura! pãozinho aqui em casa... porque não sabe ligar a tv... feliz ano-novo para todos! *soluço* por que o seu irmãozinho está chorando? ele está vendo alguma coisa triste? não... é que ele fica deprimido porque não sabe ligar a tv... *suspiro* se existe uma coisa

Leia mais

Jesus Cristo revela três passos para a felicidade

Jesus Cristo revela três passos para a felicidade Jesus Cristo revela três passos para a felicidade Introdução O desejo de felicidade está enraizado profundamente em cada pessoa, infelizmente muitos não alcançam este objetivo. São diversos os motivos

Leia mais

Sonhos e Metas. Priscilla Ruiz Diretora Fut. Executiva de Vendas. Um 2016 do tamanho dos nossos sonhos!

Sonhos e Metas. Priscilla Ruiz Diretora Fut. Executiva de Vendas. Um 2016 do tamanho dos nossos sonhos! *Horário de Brasília Acesse e se Inscreva: https://www.eventials.com/priscillaruiz/sonhos-2016/ Sonhos e Metas Um 2016 do tamanho dos nossos sonhos! Priscilla Ruiz Diretora Fut. Executiva de Vendas Sonhos

Leia mais

PERNILLA STALFELT UM LIVRO SOBRE TOLERÂNCIA. Fernanda Sarmatz Åkesson. Tradução de

PERNILLA STALFELT UM LIVRO SOBRE TOLERÂNCIA. Fernanda Sarmatz Åkesson. Tradução de PERNILLA STALFELT UM LIVRO SOBRE TOLERÂNCIA Tradução de Fernanda Sarmatz Åkesson Copyright do texto e das ilustrações 2012 by Pernilla Stalfelt Originalmente publicado por Rabén & Sjögren, Suécia, em 2012.

Leia mais

As varetas e as estacas. TU. SEXUALIDADE E AFETIVIDADE

As varetas e as estacas. TU. SEXUALIDADE E AFETIVIDADE UNIDADE 2: As varetas e as estacas. TU. SEXUALIDADE E AFETIVIDADE 1ºESO 2ºESO Quem é você? Reconhecer minha sexualidade e meus afetos me ajuda a conhecer. Na igualdade e a diferença. No amor. 4. Meus primeiros

Leia mais

Atividades de férias. As férias estão chegando, aproveite para descansar, brincar, divertir-se com sua família, passear, viajar...

Atividades de férias. As férias estão chegando, aproveite para descansar, brincar, divertir-se com sua família, passear, viajar... 4º ano Querido(a) educando(a), Atividades de férias As férias estão chegando, aproveite para descansar, brincar, divertir-se com sua família, passear, viajar... Mas para continuar progredindo e melhorar

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante Coleção A sanita mutante! Os Mutantes Já publicados A sanita mutante A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante O prego mutante Frutas mutantes Estrela mutante A irmã mutante Maio de 2016 20

Leia mais

Projeto OCA- Observatório de Crianças e adolescentes

Projeto OCA- Observatório de Crianças e adolescentes Projeto OCA- Observatório de Crianças e adolescentes Palavras chave: direito à cidade, direitos da criança e do adolescente, educação de qualidade, orçamento público, observatório de crianças e adolescentes,

Leia mais

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons.

Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet Brasil licencia seus materiais de forma aberta através do Creative Commons. Olá, você esta acessando um dos materiais vencedores no concurso InternÉtica 2011, realizado pela SaferNet Brasil e o Instituto Childhood Brasil. Facilitando a criação e distribuição de conteúdos, a SaferNet

Leia mais

Mensagem do dia 02 de Março Suas escolhas. Mensagem do dia 02 de Março de 2013 Suas escolhas

Mensagem do dia 02 de Março Suas escolhas. Mensagem do dia 02 de Março de 2013 Suas escolhas Mensagem do dia 02 de Março Suas escolhas Mensagem do dia 02 de Março de 2013 Suas escolhas Acredite: você é aquilo que acredita ser. Você tem aquilo que acredita poder ter. Você recebe da vida aquilo

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

1 COMO RENOVAR SEU GUARDA ROUPA SEM GASTAR R$1

1 COMO RENOVAR SEU GUARDA ROUPA SEM GASTAR R$1 1 COMO RENOVAR SEU GUARDA ROUPA SEM GASTAR R$1. 2 COMO RENOVAR SEU GUARDA ROUPA SEM GASTAR R$1 3 COMO RENOVAR SEU GUARDA ROUPA SEM GASTAR R$1 Prefácio São Paulo passa (ou será volta?), a contar com uma

Leia mais

Atividades Avaliativas

Atividades Avaliativas Atividades Avaliativas Língua Portuguesa 4 o ano 2 o bimestre Nome: data: 1 Leia atentamente o texto e responda as questões a seguir. Era um lobo muito bobo Que fome sentia aquele lobo! Então, resolveu

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Para onde a gente está indo?

Para onde a gente está indo? Segunda-feira Para onde a gente está indo? Para a reunião da família Zumbi respondeu minha mãe. Ah, cara, que coisa horrível! Achei que ia passar o resto do verão só jogando video game e comendo bolo.

Leia mais

Título: Poemas da verdade e da mentira. Autor: Luísa Ducla Soares. Ilustação: Ana Cristina Inácio. Edição original: Livros Horizonte, 2005

Título: Poemas da verdade e da mentira. Autor: Luísa Ducla Soares. Ilustação: Ana Cristina Inácio. Edição original: Livros Horizonte, 2005 Título: Poemas da verdade e da mentira Autor: Luísa Ducla Soares Ilustação: Ana Cristina Inácio Edição original: Livros Horizonte, 2005 Edição: Serviço das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Finisterra-

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

A presente edição segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

A presente edição segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa A presente edição segue a grafia do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa info@marcador.pt www.marcador.pt facebook.com/marcadoreditora Copyright 2009 by Kein & Aber AG Zurich Berlin. Todos os direitos

Leia mais

Neste primeiro caso, mostro uma pintura que parece simples, mas ela esconde algo mais.

Neste primeiro caso, mostro uma pintura que parece simples, mas ela esconde algo mais. Exemplos Alguns desses exemplos nem mesmo são mensagem subliminar. Podem apenas se tratar de mais uma forma de expressão de Arte, uma mensagem subliminar não-intencional ou um mero engano. Mesmo assim,

Leia mais

Charles M. Schulz. e sua turma CURIOSIDADES, FATOS ENGRAÇADOS, QUADRINHOS E MUITO MAIS! Baseado nas tirinhas. Adaptado por NATALIE SHAW

Charles M. Schulz. e sua turma CURIOSIDADES, FATOS ENGRAÇADOS, QUADRINHOS E MUITO MAIS! Baseado nas tirinhas. Adaptado por NATALIE SHAW Charles M. Schulz Charlie Brown e sua turma CURIOSIDADES, FATOS ENGRAÇADOS, QUADRINHOS E MUITO MAIS! Baseado nas tirinhas de CHARLES M. SCHULZ Adaptado por NATALIE SHAW Tradução de EDUARDO BRANDÃO Tradução

Leia mais

O SMURF REPORTER. Os smu em fo

O SMURF REPORTER. Os smu em fo O SMURF REPORTER Os smurfs em foco Os smurfs em foco Os smurfs em foco Os smu em fo Tradução de Alexandre Boide Roteiro: Luc Parthoens e Thierry Culliford Arte: Ludo Borecki a1 Cores: Nine Culliford e

Leia mais

O AGITADO CORAÇÃO ADOLESCENTE

O AGITADO CORAÇÃO ADOLESCENTE O AGITADO CORAÇÃO ADOLESCENTE CIP-Brasil. Catalogação na fonte Câmara Brasileira do Livro, SP Oliveira, José Fernandes de, 1941. 047a O agitado coração adolescente / Pe. Zezinho. São Paulo: Paulus, 1980.

Leia mais

Ilustrações de L. Bandeira

Ilustrações de L. Bandeira Ilustrações de L. Bandeira maior brejo do mundo - MIOLO.indd 3 20/11/2012 14:22:17 Ofereço este trabalho aos amigos Valter e Rosangela, pois se fazem criança e brincam comigo nos momentos mais difíceis

Leia mais

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA

ELA. por Raquel Schaedler. Peça para três personagens: O homem A mulher ELA ELA por Raquel Schaedler Peça para três personagens: O homem A mulher ELA Você comeu? Comi. Você tá com fome? Um pouquinho. quer um miojo? Não. Você não tem um chocolate aí? Tenho. Tem? O que você tem?

Leia mais

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela do reino. Era também meiga, inteligente e talentosa. Todos a admiravam. Todos queriam estar perto dela. Todos queriam fazê-la feliz, pois o seu sorriso iluminava

Leia mais

Um Guia para Elaborar Boas Apresentações. Profº:Ricardo Leal Lozano MSc

Um Guia para Elaborar Boas Apresentações. Profº:Ricardo Leal Lozano MSc Um Guia para Elaborar Boas Apresentações Profº:Ricardo Leal Lozano MSc 1. Introdução OS DEZ ERROS DE UMA APRESENTAÇÃO RUIM 1. Proposta ou objetivo confuso 2. Informações demais 3. Escrever para os olhos

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt-

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- Era uma vez um menino chamado Miguel. Num dia sua mãe falou: - Olha, filho, hoje você vai para escola de ônibus. E o Miguel falou: - Mas eu não sou pequeno?

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

ALDO CALVET TEATRO. CARMELA - ( Corta ) Sem percorrer o mundo e sem experimentar a vida?

ALDO CALVET TEATRO. CARMELA - ( Corta ) Sem percorrer o mundo e sem experimentar a vida? SUBLIME MENTIRA PERSONAGENS: GISELA - mãe CARMELA - filha CONRADO - o noivo JÚLIA - criada CENÁRIO: Sala de residência de família abastada. ÉPOCA: 1928 AÇÃO: São Luis do Maranhão TRECHOS: Drama romântico

Leia mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais 5... Dicas incríveis para vender mais... muito mais O que você vai encontrar neste ebook o que você vai encontrar neste ebook aprenda como gerar 3 mil reais em vendas no Facebook sem gastar com anúncios

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES

TABUADA DAS OBJEÇÕES TABUADA DAS OBJEÇÕES Você já sentiu acuada, sem palavras ao ouvir alguma objeção de sua potencial iniciada!? As pessoas que você vai abordar são tão especiais quanto você e se elas disserem não, lembre-se

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 23 Leitura e Mediação Pedagógica S. Pesquisador: Helen Danyane Soares Caetano de Souza 04-set-10 Dentro de casa tem Transcrição (1) P: Bom dia S.? (2) C: Bom dia. (3) P: Tudo bem?

Leia mais

SEM DESTINO. (Contos) Clóvis Oliveira Cardoso

SEM DESTINO. (Contos) Clóvis Oliveira Cardoso Índice 01 Índice; 02 SEM DESTINO (Contos) 03 Agradecimentos; 04 SENHOR... 05 Sigmund Freud; 06 Para Tânia; 07 DEUS sobre todas as coisas; 08 Beberam do próprio veneno; 12 A falta de experiência; 16 Um

Leia mais

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA?

(18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (18/04/2008) (EU): OIE BB (VC): OIIIIIIIIIIIIIII (EU): TUDO CERTO (VC): TUDO CERTIN.. (EU): CONSEGUINDO LEVAR A VIDA REAL A SERIO AGORA? (VC): HUAHSUASHUAHSUAHSUA SEI LÁ (EU): ENTENDO TUDO NO REAL TA DESABANDO

Leia mais