UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO"

Transcrição

1 Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/2 Fase: 6ª Professor: Pablo Schoeffel O B J E T I V O G E R A L D O C U R S O O curso de Bacharelado em Sistemas de Informação objetiva formar profissionais críticos, criativos, investigativos, éticos e empreendedores. Além disso, deverão ser capazes de atuar em ambientes gerais de informática, como no desenvolvimento, análise, implementação, gerenciamento, gestão de contratos, modelagem e gestão de projetos. Inclusive, os profissionais deverão ter a capacidade de desenvolver soluções apoiadas em tecnologias de informação (computação e comunicação), dados e sistemas que abordem processos administrativos e de negócios das organizações. E M E N T A Modelagem de sistemas: a especificação da arquitetura do sistema, componentes de software. Modelagem UML (diagramação, dicionário de dados e modelagem de dados). Projeto físico de Software: estudo de hardware. Ferramentas Case. Reengenharia. Especificação/ Implementação de um projeto de software. Técnicas de teste de software. O B J E T I V O G E R A L D A D I S C I P L I N A Permitir ao aluno concretizar seu conhecimento em análise e projeto de sistemas partindo da definição do problema, definindo os requisitos, elaborando um projeto lógico a fim de implementar um software a partir da documentação resultante. O B J E T I V O S E S P E C Í F I C O S D A D I S C I P L I N A Possibilitar ao aluno: i) levantar os requisitos de sistema; ii) Gerar documentação de desenho de software (diagramação UML); iii) Aplicar ferramentas case; iv) Realizar engenharia reversa; v) Avaliar a qualidade do software desenvolvido. CONTEÚDO OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM ESTRATÉGIAS DE ENSINO DATA 1. inicial da disciplina, do plano de ensino e professor Prática para apresentação alunos - Conhecer o contexto da disciplina, de forma geral - Integrar e apresentar os alunos e distribuição do plano Prática da corrente de charadas 02/08 1 h/a

2 Prova de conhecimento inicial - Avaliar o conhecimento prévio dos alunos Prova múltipla escolha de todo conteúdo 1.Motivação para UML, análise de expectativas Problemas atuais Paradigmas existentes Por quê utilizar UML? Por que utilizar ferramentas? Conhecer os principais problemas enfrentados por comunicação em projetos Relacionar problemas citados com os reais enfrentados no cotidiano Entender a importância de utilizar um padrão de estímulos Prática de diferença de linguagens Prática do origami 02/08 C.H: 1 h/a 2.Conceitos e Visão Geral da UML Conceito da UML Desenvolvimento OO Fases de desenvolvimento Notação UML: conceito de visões, elementos Visão geral dos diagramas UML 3.Planejamento TI e Documento de Visão Divisão da equipe Introdução ao documento de visão Planejamento de entrevista com stakeholder 4.Ferramentas CASE Por que utilizar uma ferramenta? Ferramentas de mercado Visão geral do Enterprise Architect Criando um projeto no EA Conhecer/relembrar conceitos de orientação a objetos Conhecer o histórico e notação da UML Conhecer os principais diagramas UML Entender o objetivo de um documento de visão Conhecer os objetivos das ferramentas CASE Conhecer as principais ferramentas de mercado Utilizar o EA para criação de projetos UML da Introdução a UML 05/08 C.H.: 1 h/a 05/08 09/08 Trabalho sobre ferramentas CASE de mercado ferramentas Utilização da ferramenta 3 h/a 12/08 16/08 5.Visão de Casos de Uso Elicitar e documentar requisitos Registrar requisitos e regras de negócio 19/08 23/08 26/08

3 Conceito de atores e casos de uso Criar casos de uso Detalhar regra de negócio Mantendo rastreabilidade Desenvolvimento Doc. Visão Entrega Trabalho Interdisciplina (parte 1 Documento de Visão) 6.Diagrama de Atividades 7.Visão Lógica: Diagrama de Classes Definir e criar os autores, casos de uso e cenários Criar rastreabilidade entre os componentes Desenvolver um documento de visão para projetos de software Criar diagramas de atividades para definir processos e detalhar Entender os objetivos do diagrama de classes Mapear o problema real em classes 30/08 CH: 8 h/a Trabalho prático 02/09 06/09 Trabalho escrito 09/09 09/09 13/09 16/09 20/09 23/09 CH: 6 h/a Criar o diagrama de classes na ferramenta EA Semana Acadêmica 27/09 30/09 A1 Avaliação 1 8.Diagrama de Interação Diagrama de Sequência Diagrama de Colaboração 9.Demais diagramas Diagrama de estados Diagrama de componentes Diagrama de distribuição 10. Diagrama de Navegação / Experiência do usuário Entender os objetivos dos diagramas de interação Criar os diagramas de seqüência e colaboração na ferramenta EA Entender os objetivos e notações dos principais diagramas Utilizar os diagramas na ferramenta EA Entender os objetivos do diagrama de navegação Criar os diagramas de navegação na ferramenta EA Prova escrita objetiva e subjetiva dos assuntos abordados até o momento 04/10 07/10 11/10 14/10 18/10

4 Trabalho Interdisciplinar (parte 2 Especificação) Acompanhamento do trabalho 21/10 11.Gerando artefatos Gerando script para banco de dados Gerando código fonte Engenharia reversa Matriz de rastreabilidade Gerando documentação no EA Conhecer e aplicar técnicas de mapeamento do diagrama de classes (persistência) Gerar scripts de banco através dos diagramas de classe Gerar código fonte através dos diagramas UML 25/10 Atualizar o modelo UML através do código-fonte Mapear os elementos do modelo para gerar a matriz de rastreabilidade Configurar e gerar documentação do modelo Entrega Trabalho Interdisciplinar (parte 2 Especificação) 01/11 12.Outros conceitos Reuso Engenharia Reversa Reengenharia Conhecer os conceitos de reuso, engenharia reversa e reengenharia de conceitos adicionais (slides) 04/11 08/11 4 h/a 13.Verificação e testes de software Conceito de testes Técnicas de testes 1. Estrutural 2. Funcional (verificação e validação) Fases de testes Processo de testes Testes Funcionais 1. Casos de teste 2. Dados de teste 3. Técnicas utilizadas 4. Automação de testes Testes Estruturais 1. Testes unitários Entender os conceitos e técnicas existentes para realização de teste Entender como funciona um processo de testes Criar plano de testes funcionas de produtos Conhecer o conceito e utilização de testes unitários de testes (slides) Prática de criação de casos de testes funcionais para um produto (P6) Trabalho para criação e execução de um plano de testes (T1) 11/11 18/11 CH: 4 h/a

5 A2 Avaliação 2 Prova escrita objetiva e subjetiva dos assuntos abordados até o momento 22/11 Execução de testes (T2) - Saber utilizar de ferramentas de automação de testes - Saber criar planos de testes e executar os mesmos - Acompanhamento da execução de testes 25/11 29/11 02/12 CH: 6 h/a Entrega Trabalho de testes (T2) Trabalho escrito com plano de testes e relatório de resultados 06/12 Fechamento da disciplina e divulgação médias para a turma 09/12 Exame 13/12 C R I T É R I O S D E A V A L I A Ç Ã O Trabalho Interdisciplinar (TI): trabalho em sincronia com as demais disciplinas da fase, com objetivo de implementar um software e aplicar as práticas de Engenharia de Software.O TI será composto de 4 entregas, sendo que 2 delas serão utilizadas para avaliação da disciplina de ESA, da seguinte forma: 10% - Documento de visão; 90% - Especificação do sistema. Trabalhos de aula (TA): exercícios e trabalhos realizados em sala de aula durante todo o semestre e que deverão ser entregues para compor a nota de TA. A nota final de TA será igual a quantidade de trabalhos entregues / quantidade total de trabalhos realizados. Avaliação (A1): prova objetiva e, eventualmente, com questões subjetivas, referente ao conteúdo explanado até o momento da avaliação. Poderá ser utilizada ferramenta CASE para resolução da avaliação (prevista para 04/10). Avaliação (A2): prova objetiva e, eventualmente, com questões subjetivas, referente ao conteúdo explanado até o momento da avaliação. Poderá ser utilizada ferramenta CASE para resolução da avaliação (prevista para 22/11). Trabalho de Testes (T2): criação e execução de um plano de testes de um estudo de caso proposto. Prática intermitente: a cada semana de aula, será trazida uma notícia relacionada ao assunto do curso, preferencialmente sobre inovações ou perspectivas de futuro de SI, a qual deverá ser discutida pelos alunos (previsão: 15 min). FÓRMULA: ((TA * 1) + (A1 * 2) + (A2 * 2) + (T2 * 1) + (TI * 4))/10 Bibliografia Básica R E F E R Ê N C I A S 1. CONALLEN, Jim. Desenvolvendo aplicações WEB com UML. Rio de Janeiro: Campus, p.

6 2. GUEDES, Gilleanes T. A. UML 2: uma abordagem prática. São Paulo: Novatec, p. 3. LARMAN, Craig. Utilizando UML e padrões: uma introdução à análise e ao projeto orientados a objetos e ao desenvolvimento iterativo. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, p. 4. PAULA FILHO, Wilson de Pádua. Engenharia de software: fundamentos, métodos e padrões. 3.ed. Rio de Janeiro: LTC, c p. 5. PRESSMAN, Roger S. Engenharia de software. 6. ed. São Paulo: McGraw-Hill, p. 6. SOMMERVILLE, Ian; MELNIKOFF, Selma Shin Shimizu; ARAKAKI, Reginaldo; BARBOSA, Edilson de Andrade. Engenharia de software. 8. ed. São Paulo: Pearson, c p. Bibliografia Complementar 7. CARNEGIE MELLON UNIVERSITY. CMMI for development, version 1.2. Pittsburgh, p. 8. MAGELA, Rogério. Engenharia de software aplicada: fundamentos. Rio de Janeiro: Alta Books, p. 9. MAGELA, Rogério. Engenharia de software aplicada: princípios. Rio de Janeiro: Alta Books, p. 10. PFLEEGER, Shari Lawrence; FRANKLIN, Dino. Engenharia de software: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Prentice Hall, p. 11. SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body of Knowlegment, IEEE, SOFTEX. MPS.BR - Melhoria de processo do software brasileiro: guia geral. [S.l], p.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: DSI Departamento de Sistemas de Informação DISCIPLINA: Engenharia de

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO I D E N T I F I C A Ç Ã O Departamento: Sistemas de Informação Disciplina: Sistemas de Informações Gerenciais (SIG) Pré-Requisitos: - CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/2

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO. Semestre letivo. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO. Semestre letivo. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 2 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Engenharia da Informação 1640066 1.2

Leia mais

Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO

Universidade Estadual de Ponta Grossa PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE ENSINO Universidade Estadual de Ponta Grossa PROGRAMA DE DISCIPLINA SETOR: CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO: INFORMÁTICA DISCIPLINA: PROJETO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO: 203094 Nº de aulas

Leia mais

09/09/2012. Diagramas de Casos De Uso Alto Nível. Agenda Diagramas de Caso de Uso Alto Nível e Expandido Exercicios

09/09/2012. Diagramas de Casos De Uso Alto Nível. Agenda Diagramas de Caso de Uso Alto Nível e Expandido Exercicios CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Aula 6 Agenda Diagramas de Caso de Uso Alto Nível e Expandido Exercicios 09/09/2012 Professor Leomir J. Borba- professor.leomir@gmail.com http://professorleomir.wordpress.com

Leia mais

PLANO DE ENSINO. ANO LETIVO/SEMESTRE: 2016/2 PROFESSOR: Leandro da Silva Camargo

PLANO DE ENSINO. ANO LETIVO/SEMESTRE: 2016/2 PROFESSOR: Leandro da Silva Camargo PLANO DE ENSINO ANO LETIVO/SEMESTRE: 2016/2 PROFESSOR: Leandro da Silva Camargo I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia 2. Campus: IFSUL Bagé 3. Endereço: Av. Leonel

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Engenharia Informática Ano letivo 2015/2016 Unidade Curricular Engenharia de Software II ECTS 6 Regime Obrigatório Ano 3º Semestre 1º sem Horas de trabalho globais Docente Maria Clara Silveira Total

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ UFPR BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CI 221 DISCIPLINA: Engenharia de Software AULA NÚMERO: 2 DATA: / / PROFESSOR: Andrey APRESENTAÇÃO Nesta aula serão apresentados e discutidos os conceitos de Processo de desenvolvimento de software e ciclo

Leia mais

EMENTA Psicologia aplicada à Administração, A compreensão pessoal e do outro; Comunicação interpessoal; Liderança; Ética Profissional.

EMENTA Psicologia aplicada à Administração, A compreensão pessoal e do outro; Comunicação interpessoal; Liderança; Ética Profissional. DISCIPLINA: RELAÇÕES HUMANAS NO TRABALHO CARGA HORÁRIA: 67 HORAS PERÍODO: 6º SEMESTRE LETIVO: 2014.2 CRÉDITOS: 04 Reconhecer a importância de se estudar Relações Humanas no Trabalho, sensibilizando para

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CÓDIGO: EXA808 DISCIPLINA: EI5 ENGENHARIA DE SOFTWARE CARGA HORÁRIA: 180h EMENTA: Estudo

Leia mais

Análise e Projetos de Sistemas - INF014

Análise e Projetos de Sistemas - INF014 Análise e Projetos de Sistemas - INF014 Profª Jocelma Rios jocelmarios@ifba.edu.br / jocelmarios@gmail.com Mai/2013 Objetivo Ao final do curso, vocês deverão ser capazes de: * Analisar soluções de sistemas

Leia mais

Requisitos de Sistemas

Requisitos de Sistemas Requisitos de Sistemas Unidade II - Processos de Negócio Identificação Conceitos Modelagem - BPM - UML Processos x Requisitos 1 Processo de negócio CONCEITO Um processo de negócio, processo organizacional

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Métricas e Estimativas do Projeto

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Métricas e Estimativas do Projeto Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Métricas e Estimativas do Projeto Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução Métricas APF Análise de Pontos de Função Estimativas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: ENGENHARIA DE SOFTWARE DISCIPLINA: GERÊNCIAMENTO

Leia mais

VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE

VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE Coordenador Prof. Dorival Magro Junior Mestre em Ciência da Computação EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

MANUAL PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MANUAL PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE TRABALHO DE CONCLUSAO DE CURSO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sumário PREFÁCIO...3 MODELO DA DOCUMENTAÇÃO...3 1. INTRODUÇÃO AO DOCUMENTO...3 1.1. Tema...3 2. DESCRIÇÃO

Leia mais

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina Engenharia de Software Professor Eduardo Jesus Coppola Período Noturno Módulo Técnicas de Desenvolvimento de

Leia mais

DISCIPLINA: Laboratório de Arquitetura e Organização de Computadores II

DISCIPLINA: Laboratório de Arquitetura e Organização de Computadores II DISCIPLINA: Laboratório de Arquitetura e Organização de Computadores II CÓDIGO: ECOM.08 Validade: a partir do 1º semestre de 007 Carga Horária: Total: 30 h/a Semanal: 0 aulas Créditos: 0 Modalidade: Prática

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPI JOÃO CÂMARA RATIONAL UNIFIED PROCESS - RUP Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Introdução 2 Modelo

Leia mais

Bibliografia. Engenharia de software Ian Sommerville 9ª edição Editora Pearson Prentice Hall - 2011

Bibliografia. Engenharia de software Ian Sommerville 9ª edição Editora Pearson Prentice Hall - 2011 Projeto de Engenharia de Software III Plano de Ensino Tópicos - Análise de requisitos - Modelagem de sistemas - Projeto de arquitetura - Implementação de projeto - Projeto orientado a objeto com UML -

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Engenharia de Software e Gerência de Projetos Apresentação

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS

ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS Profª Andrea Padovan Jubileu Definição de SI e software Processo de Software Modelagem de Sistemas 2 Um Sistema de Informação Baseado em Computador (SIBC) é parte integrante

Leia mais

Engenharia de Software Processo de Desenvolvimento de Software

Engenharia de Software Processo de Desenvolvimento de Software Engenharia de Software Processo de Desenvolvimento de Software Prof. Elias Ferreira Elaborador por: Prof. Edison A. M. Morais Objetivo (1/1) Conceituar PROCESSO E CICLO DE VIDA, identificar e conceituar

Leia mais

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS DIREÇÃO ACADÊMICA CAMPUS DE JUIZ DE FORA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS DIREÇÃO ACADÊMICA CAMPUS DE JUIZ DE FORA PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS DIREÇÃO ACADÊMICA CAMPUS DE JUIZ DE FORA PLANO DE ENSINO Curso: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Turma: N1 Semestre: 2º Carga Horária

Leia mais

As 10 Áreas da Engenharia de Software, Conforme o SWEBOK Prof. Elias Ferreira

As 10 Áreas da Engenharia de Software, Conforme o SWEBOK Prof. Elias Ferreira As 10 Áreas da Engenharia de Software, Conforme o SWEBOK Prof. Elias Ferreira Educação de iniciação profissional validada e legitimada pela sociedade Registro da adequação à prática através de certificação

Leia mais

Programação Estruturada Orientada a Objetos

Programação Estruturada Orientada a Objetos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Programação Estruturada Orientada a Objetos Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

Leia mais

DISCIPLINA: Arquitetura e Organização de Computadores I

DISCIPLINA: Arquitetura e Organização de Computadores I DISCIPLINA: Arquitetura e Organização de Computadores I CÓDIGO: Período Letivo: 1 o Semestre / 01 Carga Horária: Total: 0 horas Semanal: 0 aulas Créditos: 0 Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo

Leia mais

Definição e Melhoria de Processo na Produção de Software Web

Definição e Melhoria de Processo na Produção de Software Web Definição e Melhoria de Processo na Produção de Software Web Márcio Stefani Ci&T Systems Ci&T Systems Desde 1995 Principais atividades Fábrica de Software - Projetos Web Fábrica de Componentes Web Consultoria

Leia mais

Título da Apresentação

Título da Apresentação Título da Apresentação Processo Demoiselle para Modelagem de Negócio Palestrantes: Alisson Wilker alisson-wilker.silva@serpro.gov.br http://www.frameworkdemoiselle.gov.br/projetos/process 00/00/0000 Agenda

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: Linguagens de Programação CÓDIGO: 2ECOM.031 Data de Elaboração: Janeiro/2012 Carga Horária: Total: 30 h/a; Semanal: 02 aulas; Créditos: 02 Modalidade: Prática Classificação do Conteúdo pelas

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Aplicações

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n Dois Irmãos 52171-900 Recife-PE Fone: 0xx-81-332060-40 proreitor@preg.ufrpe.br PLANO DE ENSINO

Leia mais

Plano de Ensino de Disciplina Ciência da Computação 2º / 2016

Plano de Ensino de Disciplina Ciência da Computação 2º / 2016 Plano de Ensino de Disciplina Ciência da Computação 2º / 2016 Disciplina: Computação Gráfica e Processamento de Imagens Código: 016031 Série: 8 0 Semestre Carga Horária Semanal: 04 aulas Carga Horária

Leia mais

Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML

Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML Objetivos da aula: Introduzir os conceitos da Orientação à Objetos (O.O) Introduzir os conceitos da UML Relacionar os processos às ferramentas

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

01/03/2015. Bibliografia Principal. Apresentação da Disciplina. Site da Disciplina. Método de Avaliação. As datas podem mudar. Prova Substitutiva

01/03/2015. Bibliografia Principal. Apresentação da Disciplina. Site da Disciplina. Método de Avaliação. As datas podem mudar. Prova Substitutiva Engenharia de Software Aula 01 Apresentação da Disciplina Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo dcc603@dcc.ufmg.br 02 Março 2014 Bibliografia Principal Ian Sommerville. Engenharia de Software,

Leia mais

CES-30 Técnicas de Banco de Dados - BD e CE-240 Projeto de Sistema de BD. Introdução e Orientações Gerais

CES-30 Técnicas de Banco de Dados - BD e CE-240 Projeto de Sistema de BD. Introdução e Orientações Gerais CURSO DE GRADUAÇÃO e DE PÓS-GRADUAÇÃO DO ITA 1º SEMESTRE 2002 CES-30 Técnicas de Banco de Dados - BD e CE-240 Projeto de Sistema de BD Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha Introdução e Orientações Gerais

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE I AULA 3. Análise e diagramação. professor Luciano Roberto Rocha.

ENGENHARIA DE SOFTWARE I AULA 3. Análise e diagramação. professor Luciano Roberto Rocha. ENGENHARIA DE SOFTWARE I AULA 3 Análise e diagramação professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com.br POR QUE DIAGRAMAR A maioria dos problemas encontrados em sistemas tem sua origem na construção do

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Curso EngE.INT - Engenharia de Energia. Ênfase. Disciplina B161S - Introdução à Ciência da Computação I

Plano de Ensino. Identificação. Curso EngE.INT - Engenharia de Energia. Ênfase. Disciplina B161S - Introdução à Ciência da Computação I Plano de Ensino Curso EngE.INT - Engenharia de Energia Ênfase Identificação Disciplina B161S - Introdução à Ciência da Computação I Docente(s) Ricardo Luiz Barros de Freitas Unidade Câmpus Experimental

Leia mais

Unidade II MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade II MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini Unidade II MODELAGEM DE PROCESSOS Profa. Gislaine Stachissini Modelagem de sistemas A fase do desenvolvimento do sistema exige: esforço; dedicação; envolvimento; um único objetivo. Estilo de desenvolvimento

Leia mais

INTERAÇÃO HUMANO- COMPUTADOR

INTERAÇÃO HUMANO- COMPUTADOR INTERAÇÃO HUMANO- COMPUTADOR Aula - 1 Prof. Eduardo Plano Aula 1 Apresentação da Disciplina Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Motivação Histórico... A Disciplina de IHC Ementa Conceitos fundamentais

Leia mais

Guia do Processo de Teste Metodologia Celepar

Guia do Processo de Teste Metodologia Celepar Guia do Processo de Teste Metodologia Celepar Agosto de 2009 Sumário de Informações do Documento Documento: guiaprocessoteste.odt Número de páginas: 11 Versão Data Mudanças Autor 1.0 26/12/07 Criação.

Leia mais

IV. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

IV. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO I IDENTIFICAÇÃO CURSO: Ciência da Computação DISCIPLINA: Prática de Programação Orientada a objetos CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 40 h/a PROF. RESPONSÁVEL: Míriam de Souza Monteiro II. EMENTA Classes e objetos.

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação

Leia mais

Unidade I MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade I MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini Unidade I MODELAGEM DE PROCESSOS Profa. Gislaine Stachissini Documentação Conceito básico: nos negócios; na administração; na ciência; na Tecnologia da Informação. Modelagem de processos Importância da

Leia mais

Princípios da Engenharia de Software aula 03

Princípios da Engenharia de Software aula 03 Princípios da Engenharia de Software aula 03 Prof.: José Honorato Ferreira Nunes Material cedido por: Prof.: Franklin M. Correia Na aula anterior... Modelos de processos de software: Evolucionário Tipos

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Prérequisitos 01 Introdução à informática 04 60 02 Matemática instrumental

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FERRAMENTA DE GERÊNCIA DE REQUISITOS DE SOFTWARE INTEGRADA COM ENTERPRISE ARCHITECT

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FERRAMENTA DE GERÊNCIA DE REQUISITOS DE SOFTWARE INTEGRADA COM ENTERPRISE ARCHITECT UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU FERRAMENTA DE GERÊNCIA DE REQUISITOS DE SOFTWARE INTEGRADA COM ENTERPRISE ARCHITECT Raphael Marcos Batista Profa. Fabiane Barreto Vavassori Benitti, Drª Eng. Roteiro da

Leia mais

DISCIPLINA: Laboratório de Arquitetura e Organização de Computadores I

DISCIPLINA: Laboratório de Arquitetura e Organização de Computadores I DISCIPLINA: Laboratório de Arquitetura e Organização de Computadores I CÓDIGO: ECOM.03 Validade: a partir do 1º semestre de 007 Carga Horária: Total: 30 h/a Semanal: 0 aulas Créditos: 0 Modalidade: Prática

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). DOCENTE PROFESSOR CELSO CANDIDO Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Conhecimentos: o Web Designer; o Arquitetura de Máquina; o Implementação

Leia mais

PROJETO DE MELHORIA DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE BASEADO NA METODOLOGIA PMBOK

PROJETO DE MELHORIA DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE BASEADO NA METODOLOGIA PMBOK PROJETO DE MELHORIA DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE BASEADO NA METODOLOGIA PMBOK Eliseu Castelo Branco Jr. RESUMO Este artigo descreve o projeto de Implementação de Melhoria de Processos Gerenciais

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Universidade São Judas Tadeu Prof. André Luiz Ribeiro Prof. Jorge Luis Pirolla Introdução à Computação Engenharia de Software Tópicos O que é Engenharia de Software? Engenharia de Software em camadas Processo

Leia mais

RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS

RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS O que é RUP? É um metodologia para gerenciar projetos de desenvolvimento de software que usa a UML como ferramenta para especificação de sistemas. Ele é um modelo de processo híbrido Mistura elementos

Leia mais

PLANO DE ENSINO - MAT

PLANO DE ENSINO - MAT FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA Ano Letivo: 2015-2 Curso: Fase: 3ª Unidade Curricular EMENTA: PLANO DE ENSINO - MAT Administração Tecnologia e Gerenciamento da Informação Uso estratégico da tecnologia da

Leia mais

Rational Unified Process (RUP)

Rational Unified Process (RUP) Rational Unified Process (RUP) A Rational é bem conhecida pelo seu investimento em orientação em objetos. A empresa foi à criadora da Unified Modeling Language (UML), assim como de várias ferramentas que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - UFPR BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - UFPR BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CI 221 DISCIPLINA: Engenharia de Software AULA NÚMERO: 3 DATA: / / PROFESSOR: Andrey APRESENTAÇÃO O objetivo desta aula é apresentar e discutir conceitos básicos como processo, projeto, produto, por que

Leia mais

ISO/IEC Processo de ciclo de vida

ISO/IEC Processo de ciclo de vida ISO/IEC 12207 Processo de ciclo de vida O que é...? ISO/IEC 12207 (introdução) - O que é ISO/IEC 12207? - Qual a finalidade da ISO/IEC 12207? Diferença entre ISO/IEC 12207 e CMMI 2 Emendas ISO/IEC 12207

Leia mais

RUP Rational Unified Proccess (Processo Unificado da Rational) Equipe WEB Cercomp

RUP Rational Unified Proccess (Processo Unificado da Rational) Equipe WEB Cercomp RUP Rational Unified Proccess (Processo Unificado da Rational) Equipe WEB Cercomp web@cercomp.ufg.br 1. Introdução É um processo proprietário de Engenharia de software criado pela Rational Software Corporation,

Leia mais

Introdução à Gestão de Processos de Negócios

Introdução à Gestão de Processos de Negócios Introdução à Gestão de Processos de Negócios Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2. Semestre de 2016 SSC0531 - Gestão de Sistemas de Informação Slides inicialmente preparados por Roberto Rocha e Prof. João

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I

Organização e Arquitetura de Computadores I Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Organização e Arquitetura de

Leia mais

UML. Modelando um sistema

UML. Modelando um sistema UML Modelando um sistema Fases do desenvolvimento de Software Análise de requisitos Análise Projeto Programação Análise de Requisitos Esta fase captura as intenções e necessidades dos usuários do sistema

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Projeto Integrado Multidisciplinar VII e

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Projeto Integrado Multidisciplinar VII e UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar VII e VIII Manual de orientações - PIM Cursos superiores de Tecnologia em: Recursos Humanos 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

Gerenciamento do Escopo

Gerenciamento do Escopo Gerenciamento do Escopo Projeto - Ciclo de Vida Fases 3 EXECUÇÃO / CONTROLE 4 FECHAMENTO NÍVEL DE ATIVIDADE 1 CONCEPÇÃO / INICIAÇÃO 2 PLANEJAMENTO TEMPO Objetivos Apresentar os processos, ferramentas e

Leia mais

PUC-GO- ADS: Prof. Vicente P. de Camargo. Desenvolvimento de Aplicações para Cliente Servidor

PUC-GO- ADS: Prof. Vicente P. de Camargo. Desenvolvimento de Aplicações para Cliente Servidor PUC-GO- ADS: Prof. Vicente P. de Camargo INTRODUÇÃO Seja bem vindo ao módulo de EAD da disciplina DACC(Desenvolvimento de Aplicações Para Cliente Servidor). A Modelagem com UML foi o assunto estabelecido

Leia mais

IHC-001. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Me. Álvaro d Arce

IHC-001. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Me. Álvaro d Arce IHC-001 Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Me. Álvaro d Arce alvaro@darce.com.br Interação Humano Computador 2 Bacharel em Ciência da Computação Unoeste Universidade do Oeste Paulista

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ 13 específica, de segunda-feira a sexta-feira e aos sábados, caso seja necessário para complementação do período letivo e/ou carga horária curricular. Cada aula tem durafao de 50min (cinquenta minutos),

Leia mais

Engenharia de Requisitos 1 - Introdução

Engenharia de Requisitos 1 - Introdução Engenharia de Requisitos 1 - Introdução Pedro Campos Professor Auxiliar, Universidade da Madeira http://dme.uma.pt/pcampos - pcampos@uma.pt 1 Agenda Apresentação Equipa docente Definição de ER Bibliografia

Leia mais

Técnicas para Reutilização de Software

Técnicas para Reutilização de Software DCC / ICEx / UFMG Técnicas para Reutilização de Software Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Panorama de Reutilização Frameworks Padrões de projeto Aplicações configuráveis Padrões de

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso CONEP UFSJ Parecer N o 066/2009 Aprovado em 02/12/2009 ANEXO A: ORIENTAÇÕES PARA OFERTA E CADASTRO DO CURSO CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso

Leia mais

Requisitos de Sistemas

Requisitos de Sistemas Requisitos de Sistemas Unidade I - Engenharia de Requisitos Definição de Requisitos (Continuação) Processos de Engenharia de Requisitos (Cont.) - Análise - Registro - Validação - Gerência 1 Processo de

Leia mais

Seminário sobre Qualidade de Software. Projeto Final. Givanaldo Rocha de Souza

Seminário sobre Qualidade de Software. Projeto Final. Givanaldo Rocha de Souza "Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE." Engenharia de Software Seminário sobre Qualidade de Software Projeto Final Givanaldo Rocha de Souza givanaldo.rocha@ifrn.edu.br

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar VII e VIII Marketing Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Marketing. 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA/GRAU: ( X ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida

Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida Escolhendo um Modelo de Ciclo de Vida Ciclos de Vida 1 Ciclo de Vida de um Produto Qualquer desenvolvimento de produto inicia com uma idéia e termina com o produto pretendido. O ciclo de vida de um produto

Leia mais

PLANO DE ENSINO CURSO: BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

PLANO DE ENSINO CURSO: BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO: BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DISCIPLINA: LINGUAGEM E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO I Matriz Curricular Criação: 2009_1 Atualização: 201_1 Carga Horária 80 horas aulas OBJETIVOS COMPETÊNCIAS GENÉRICAS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: GERÊNCIA DE

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PROFESSOR: Alexei Manso Correa Machado 1. EMENTA: A disciplina tem como objetivo apresentar aos alunos os fundamentos da construção do

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O

P L A N O D E E N S I N O Centro Universitário de João Pessoa Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Núcleo de Apoio Pedagógico - NAPE P L A N O D E E N S I N O Curso: CIENCIA DA COMPUTAÇÃO Componente Curricular: ENGENHARIA DE SOFTWARE

Leia mais

Engenharia de Software I: Introdução. Graduação em Informática 2009 Profa. Itana Gimenes

Engenharia de Software I: Introdução. Graduação em Informática 2009 Profa. Itana Gimenes Engenharia de Software I: Introdução Graduação em Informática 2009 Profa. Itana Gimenes Programa 1. O processo de engenharia de software 2. Engenharia de requisitos 3. Modelagem de sistemas 4. Conceitos

Leia mais

Introdução. à UML. Histórico (cont.) Histórico Definição Benefícios Notação Diagrama de Classes Diagramas de Interação Conclusões Revisão

Introdução. à UML. Histórico (cont.) Histórico Definição Benefícios Notação Diagrama de Classes Diagramas de Interação Conclusões Revisão Sumário Introdução à UML BSI Bacharelado em Sistemas de Informação LOO Linguagens Orientadas a Objetos Humberto Mossri de Almeida hmossri_cursos@yahoo.com.br Marcelo Nassau Malta nassau_cursos@yahoo.com.br

Leia mais

Visão Geral da UML. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012

Visão Geral da UML. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Visão Geral da UML SSC 121 - Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Conteúdo Introdução Ferramentas de Apoio Diagramas da UML Elementos Genéricos Material sobre UML

Leia mais

SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS

SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS SUZETE KEINER SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS CIOS Orientador: Prof.. Carlos Eduardo Negrão Bizzotto ROTEIRO Introdução Objetivos Informática na Educação Etapas de Implantação

Leia mais

Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166

Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 1. CÓDIGO E NOME DA DISCIPLINA BC1508 - ENGENHARIA DE SOFTWARE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 1. Número e Título do Projeto: OEI BRA09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação

Leia mais

ELABORADORES DANIEL BRUNO FERNANDES CONRADO GIORJETY LICORINI DIAS

ELABORADORES DANIEL BRUNO FERNANDES CONRADO GIORJETY LICORINI DIAS ELABORADORES DANIEL BRUNO FERNANDES CONRADO GIORJETY LICORINI DIAS MATERIAL DIDÁDICO INSTITUCIONAL PARA AS DISCIPLINAS PROJETO INTEGRADO I E PROJETO INTEGRADO II DO CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROF. MSC. EMILIANO MONTEIRO

PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROF. MSC. EMILIANO MONTEIRO PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PROF. MSC. EMILIANO MONTEIRO CONTEÚDO Conceitos básicos Caracterização de um processo Estágios básicos Linha do tempo Cascata Espiral Prototipação Modelo-V Orientado

Leia mais

PLANO DE ENSINO BIBLIOGRAFIAS

PLANO DE ENSINO BIBLIOGRAFIAS Disciplina: Processos Organizacionais / 2012 Carga horária: 68h / 34h Curso/Semestre: 2 / 6 ( x ) ADM ( x ) ADM COMEX ( x ) ADM MKT Data de atualização: janeiro 2012 Núcleo: Estratégia Nucleador: Fábio

Leia mais

Oficina - Gestão por Processos

Oficina - Gestão por Processos Oficina - Gestão por Processos Isaac da Silva Torres João Francisco da Fontoura Vieira 02/09/2015 Escritório de Processos 1 Tópicos Nesta oficina, apresentaremos a Gestão por Processos e a sua relação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Familiarizar o aluno com a modelagem de sistemas por meio de Autômatos; Introduzir os conceitos da Teoria de Controle Supervisório;

PLANO DE ENSINO. Familiarizar o aluno com a modelagem de sistemas por meio de Autômatos; Introduzir os conceitos da Teoria de Controle Supervisório; PLANO DE ENSINO Engenharia de Controle e Automação Componente Curricular: Modelagem e Turma: INF 04 Controladores Lógicos Programáveis Carga Horária: 60h Créditos: 4 Professor: Rafael Garlet de Oliveira

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Unidade de Ensino Médio e Técnico Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

TCC EM SISTEMAS DA INFORMAÇÃO. Aula 1-Análise Crítica do Projeto TCC

TCC EM SISTEMAS DA INFORMAÇÃO. Aula 1-Análise Crítica do Projeto TCC Aula 1-Análise Crítica do Projeto TCC OBJETIVO DESTA AULA Nesta primeira aula estaremos apresentando todas as regras da disciplina. Explicaremos o que deve ser desenvolvido como produto final, bem como

Leia mais

Ciência da Computação 1 0 Semestre de 2016

Ciência da Computação 1 0 Semestre de 2016 Ciência da Computação 1 0 Semestre de 2016 Disciplina: LR2- Laboratório de Redes 2 Código: Série: 4 0 ano Semestre: 7 0 Carga Horária Semanal: 2 aulas Carga Horária Semestral: 34 aulas Coordenador: Julio

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

Plano de Ensino EMENTA

Plano de Ensino EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais