Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos"

Transcrição

1

2

3 DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS & INTERPOLAÇÃO LINEAR DA OGIVA 0. (AFRF-000) Utilize a tabela que se segue. Freqüências Acumuladas de Salários Anuais, em Milhares de Reais, da Cia. Alfa Classes de Salário Freqüências Acumuladas ( 3 ; 6] ( 6 ; 9] 30 ( 9 ; ] 50 ( ; 5] 60 (5 ; ] 65 ( ; ] 68 Suponha que a tabela de freqüências acumuladas tenha sido construída a partir de uma amostra de 0% dos empregados da Cia. Alfa. Deseja-se estimar, utilizando interpolação linear da ogiva, a freqüência populacional de salários anuais iguais ou inferiores a R$ 7.000,00 na Cia. Alfa. Assinale a opção que corresponde a este número. a) 50 b) 0 c) 30 d) 60 e) 0 0. (AFRF-00) Em um ensaio para o estudo da distribuição de um atributo financeiro (X) foram examinados 00 itens de natureza contábil do balanço de uma empresa. Esse exercício produziu a tabela de freqüências abaixo. A coluna Classes representa intervalos de valores de X em reais e a coluna P representa a freqüência relativa acumulada. Não existem observações coincidentes com os extremos das classes. Classes P (%) Assinale a opção que corresponde à estimativa da freqüência relativa de observações de X menores ou iguais a 45. a) 6,5% b) 70% c) 50% d) 45,0% e) 53,4% 03. (AFRF-00.) O atributo do tipo contínuo X, observado como um inteiro, numa amostra de tamanho 00 obtida de uma população de 000 indivíduos, produziu a tabela de freqüências seguinte: Classes Freqüência (f) 9,5-39,5 4 39,5-49,5 8 49,5-59,5 4 59,5-69,5 0 69,5-79,5 6 79,5-89,5 89,5-99,5 0 Assinale a opção que corresponde à estimativa do número de indivíduos na população com valores do atributo X menores ou iguais a 95,5 e maiores do que 50,5. a) 700 b) 638 c) 86 d) 995 e) (AFRF 003) Considere a tabela de freqüências seguinte correspondente a uma amostra da variável X. Não existem observações coincidentes com os extremos das classes. Classes Freqüências Acumuladas (%) Assinale a opção que corresponde à estimativa do valor x da distribuição amostral de X que não é superado por cerca de 80% das observações. a) b).000 c).500 d).000 e) Atualizada 6/0/007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

4 05. (FTE-Piauí-00/ESAF) A Tabela abaixo mostra a distribuição de freqüência obtida de uma amostra aleatória dos salários anuais em reais de uma firma. As freqüências são acumuladas. Classes de Salário Freqüências ( ) ( ) 8 ( ) 5 ( ) 74 ( ) 89 ( ) 97 ( ) 00 Deseja-se estimar, via interpolação da ogiva, o nível salarial populacional que não é ultrapassado por 79% da população. Assinale a opção que corresponde a essa estimativa. a) R$ 0.000,00 b) R$ 9.500,00 c) R$.500,00 d) R$.000,00 e) R$.500, (Oficial de Justiça Avaliador TJ CE 00 / ESAF) A tabela abaixo apresenta a distribuição de freqüências do atributo salário mensal medido em quantidade de salários mínimos para uma amostra de 00 funcionários da empresa X. Note que a coluna Classes refere-se a classes salariais em quantidades de salários mínimos e que a coluna P refere-se ao percentual da freqüência acumulada relativo ao total da amostra. Não existem observações coincidentes com os extremos das classes. Classes P Assinale a opção que corresponde à aproximação de freqüência relativa de observações de indivíduos com salários menores ou iguais a 4 salários mínimos. a) 65% b) 50% c) 80% d) 60% e) 70% Atualizada 6/0/007 MEDIDAS DE POSIÇÃO (AFRF-000) Para efeito das duas próximas questões faça uso da tabela de freqüências abaixo. Freqüências Acumuladas de Salários Anuais, em Milhares de Reais, da Cia. Alfa Classes de Salário Freqüências Acumuladas ( 3 ; 6] ( 6 ; 9] 30 ( 9 ; ] 50 ( ; 5] 60 (5 ; ] 65 ( ; ] Quer-se estimar o salário médio anual para os empregados da Cia. Alfa. Assinale a opção que representa a aproximação desta estatística calculada com base na distribuição de freqüências. a) 9,93 b) 5,00 c) 3,50 d) 0,00 e), Quer-se estimar o salário mediano anual da Cia. Alfa. Assinale a opção que corresponde ao valor aproximado desta estatística, com base na distribuição de freqüências. a),50 b) 9,60 c) 9,00 d),00 e),0 (AFRF-00) Para a solução das duas próximas questões utilize o enunciado que segue. Em um ensaio para o estudo da distribuição de um atributo financeiro (X) foram examinados 00 itens de natureza contábil do balanço de uma empresa. Esse exercício produziu a tabela de freqüências abaixo. A coluna Classes representa intervalos de valores de X em reais e a coluna P representa a freqüência relativa acumulada. Não existem observações coincidentes com os extremos das classes. Classes P (%) Assinale a opção que dá o valor médio amostral de X. a) 40,0 b) 5,50 c) 0,00 d) 40,00 e) 38,00 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

5 0. Assinale a opção que corresponde à estimativa do quinto decil da distribuição de X. a) 38,00 b) 40,00 c) 36,67 d) 39,0 e) 40,66 (AFRF-00.) Para a solução das duas próximas questões utilize o enunciado que segue. O atributo do tipo contínuo X, observado como um inteiro, numa amostra de tamanho 00 obtida de uma população de 000 indivíduos, produziu a tabela de freqüências seguinte: Classes Freqüência (f) 9,5-39,5 4 39,5-49,5 8 49,5-59,5 4 59,5-69,5 0 69,5-79,5 6 79,5-89,5 89,5-99,5 0. Assinale a opção que corresponde à estimativa da mediana amostral do atributo X. a) 7,04 b) 65,0 c) 75,03 d) 68,08 e) 70,0. Assinale a opção que corresponde ao valor modal do atributo X no conceito de Czuber. a) 69,50 b) 73,70 c) 7,0 d) 74,53 e) 80,0 (AFTN-96) Para efeito das cinco próximas questões, considere os seguintes dados: Classes de Idades (anos) 9,5 4,5 4,5 9,5 9,5 34,5 34,5 39,5 39,5 44,5 44,5 49,5 49,5 54,5 DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS DAS IDADES DOS FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA ALFA, EM º//90 Freqüências Pontos Xi 37 fi.di fi.di Fi.di 3 fi.di 4 (fi) Médios di (Xi) Total Marque a opção que representa a média das idades dos funcionários em º//90. a) 37,4 anos b) 37,8 anos c) 38, anos d) 38,6 anos e) 39,0 anos 5. Marque a opção que representa a moda das idades dos funcionários em º//90. a) 35,97 anos b) 36,6 anos c) 36,76 anos d) 37,03 anos e) 37,3 anos 4. Marque a opção que representa a mediana das idades dos funcionários em º//90. a) 35,49 anos b) 35,73 anos c) 35,9 anos d) 37,6 anos e) 38,0 anos Para efeito das duas questões seguintes, sabe-se que o quadro de pessoal da empresa continua o mesmo em º// Marque a opção que representa a média das idades dos funcionários em º//96. a) 37,4 anos b) 39,0 anos c) 43,4 anos d) 43,8 anos e) 44,6 anos Atualizada 6/0/007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 3

6 7. Marque a opção que representa a mediana das idades dos funcionários em º//96. a) 35,49 anos b) 36,44 anos c) 4,49 anos d) 4,9 anos e) 43,6 anos (FTE-PA-00/ESAF) A tabela de freqüências abaixo deve ser utilizada nas duas próximas questões e apresenta as freqüências acumuladas (F) correspondentes a uma amostra da distribuição dos salários anuais de economistas (Y) em R$.000,00, do departamento de fiscalização da Cia. X. Não existem realizações de Y coincidentes com as extremidades das classes salariais. Classes F 9,5-39,5 39,5-49,5 6 49,5-59,5 3 59,5-69,5 3 69,5-79, ,5-89, ,5-99,5 50. Assinale a opção que corresponde ao salário anual médio estimado para o departamento de fiscalização da Cia. X. a) 70,0 b) 69,5 c) 68,0 d) 74,4 e) 60,0 9. Assinale a opção que corresponde ao salário modal anual estimado para o departamento de fiscalização da Cia. X, no conceito de Czuber. a) 94,5 b) 74,5 c) 7,0 d) 69,7 e) 73,8 MEDIDAS DE DISPERSÃO 0. (FISCAL DE TRIBUTOS DE MG-96) No conjunto de dados A={3, 5, 7, 9, }, o valor do desvio médio é: a), b),4 c),6 d),8 e) 3,. (AFRF-00.) O atributo do tipo contínuo X, observado como um inteiro, numa amostra de tamanho 00 obtida de uma população de 000 indivíduos, produziu a tabela de freqüências seguinte: Classes Freqüência (f) 9,5-39,5 4 39,5-49,5 8 49,5-59,5 4 59,5-69,5 0 69,5-79,5 6 79,5-89,5 89,5-99,5 0 Assinale a opção que corresponde ao desvio absoluto médio do atributo X. a) 6,0 b) 7,0 c) 6,6 d), e) 3,0. (FISCAL DE TRIBUTOS DE MG-96) O desvio padrão do conjunto de dados A={, 4, 6, 8, 0} é, aproximadamente: a), b),4 c),8 d) 3, e) 3,6 3. (AFC-94) Entre os funcionários de um órgão do governo, foi retirada uma amostra de dez indivíduos. Os números que representam as ausências ao trabalho registradas para cada um deles, no último ano, são: 0, 0, 0,,,, 4, 4, 6 e 0. Sendo assim, o valor do desvio padrão desta amostra é: a) 3 b) 9 c) 0 d) (AFPS-00/ESAF) Dada a seqüência de valores 4, 4,, 7 e 3 assinale a opção que dá o valor da variância. Use o denominador 4 em seus cálculos. a) 5,5 b) 4,5 c) 3,5 d) 6,0 e) 6,0 4 Atualizada 6/0/007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

7 5. (AFTN-98) Os dados seguintes, ordenados do menor para o maior, foram obtidos de uma amostra aleatória, de 50 preços (X i ) de ações, tomada numa bolsa de valores internacional. A unidade monetária é o dólar americano. 4, 5, 5, 6, 6, 6, 6, 7, 7, 7, 7, 7, 7, 8, 8, 8, 8, 8, 8, 8, 8, 8, 9, 9, 9, 9, 9, 9, 0, 0, 0, 0, 0, 0, 0, 0,,,,, 3, 3,4, 5, 5, 5, 6, 6,, 3 Os valores seguintes foram calculados para a amostra: i X i = 490 e i X i ( i X i ) / 50 = 668 Assinale a opção que corresponde à mediana e à variância amostral, respectivamente (com aproximação de uma casa decimal) a) (9,0 3,6) b) (9,5 4,0) c) (8,0 5,0) d) (8,0 3,6) e) (9,0 4,0) 6. (AFRF-00.) Uma variável contábil Y, medida em milhares de reais, foi observada em dois grupos de empresas apresentando os resultados seguintes: Grupo Média Desvio padrão A 0 4 B 0 3 Assinale a opção correta. a) No Grupo B, Y tem maior dispersão absoluta. b) A dispersão absoluta de cada grupo é igual à dispersão relativa. c) A dispersão relativa do Grupo B é maior do que a dispersão relativa do Grupo A. d) A dispersão relativa de Y entre os Grupos A e B é medida pelo quociente da diferença de desvios padrão pela diferença de médias. e) Sem o conhecimento dos quartis não é possível calcular a dispersão relativa nos grupos. 7. (FTE-PA-00/ESAF) Um certo atributo W, medido em unidades apropriadas, tem média amostral 5 e desvio-padrão unitário. Assinale a opção que corresponde ao coeficiente de variação, para a mesma amostra, do atributo Y = 5 + 5W. a) 6,7% b) 0,0% c) 55,0% d) 50,8% e) 70,% 8. (Oficial de Justiça Avaliador TJ CE 00 / ESAF) Aplicando a transformação z = (x - 4)/4 aos pontos médios das classes (x) obteve-se o desvio padrão de,0 salários mínimos. Assinale a opção que corresponde ao desvio padrão dos salários não transformados. a) 6,0 b) 4,40 c) 5,00 d) 7,0 e) 3,90 9. (AFRF-003/ESAF) O atributo Z= (X-)/3 tem média amostral 0 e variância amostral,56. Assinale a opção que corresponde ao coeficiente de variação amostral de X. a),9% b) 50,% c) 7,7% d) 3,% e) 0,0% 30. (AFRF-000) Numa amostra de tamanho 0 de uma população de contas a receber, representadas genericamente por X, foram determinadas a média amostral M = 00 e o desvio-padrão S =3 da variável transformada (X-00)/5. Assinale a opção que dá o coeficiente de variação amostral de X. a) 3,0% b) 9,3% c) 7,0% d) 7,3% e) 0,0% 3. (AFRF-00) Um atributo W tem média amostral a 0 e desvio padrão positivo b. Considere a transformação Z=(W-a)/b. Assinale a opção correta. a) A média amostral de Z coincide com a de W. b) O coeficiente de variação amostral de Z é unitário. c) O coeficiente de variação amostral de Z não está definido. d) A média de Z é a/b. e) O coeficiente de variação amostral de W e o de Z coincidem. Atualizada 6/0/007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 5

8 3. (ACE-MICT-998/ESAF) Num estudo sobre a distribuição do preço de venda de um produto obteve-se, a partir de uma amostra aleatória de 5 revendedores, a tabela de freqüências seguinte: Classe de Preços m i f i [ 5 9) 7 3 [ 9 3) 5 [3 7) 5 7 [7 ) 9 6 [ 5) 3 3 [5 9) 7 As quantidades m i e f i representam o ponto médio e a freqüência da classe de preços i. Sabendo-se que: i(f i m i ) ( i f i m i ) / assinale a opção que melhor aproxima o desvio padrão amostral. a) 0,5 (347/3) 0.5 b) 6 c) 0,9 (345/3) 0.5 d) 8,9 e) 8 6 TEOREMA DE TCHEBICHEV 33. (AFRF-003) As realizações anuais Xi dos salários anuais de uma firma com N empregados produziram as estatísticas X S N N N i N i X i X Atualizada 6/0/007 i R$4.300,00 X 0,5 R$.00,00 Seja P a proporção de empregados com salários fora do intervalo [R$.500,00; R$ 6.00,00]. Assinale a opção correta. a) P é no máximo / b) P é no máximo /,5 c) P é no mínimo / d) P é no máximo /,5 e) P é no máximo /0 34. (AFRF-000) Tem-se um conjunto de n mensurações X,..., X n com média aritmética M e variância S, onde M = (X X n )/ n e S = (/ n) i ( X i M ). Seja a proporção dessas mensurações que diferem de M, em valor absoluto, por pelo menos S. Assinale a opção correta. a) Apenas com o conhecimento de M e S não podemos determinar exatamente, mas sabe-se que 0,5. b) O conhecimento de M e S é suficiente para determinar exatamente, na realidade tem-se = 5% para qualquer conjunto de dados X,..., X n. c) O conhecimento de M e S é suficiente para determinar exatamente, na realidade tem-se = 95% para qualquer conjunto de dados X,..., X n. d) O conhecimento de M e S é suficiente para determinar exatamente, na realidade tem-se = 30% para qualquer conjunto de dados X,..., X n. e) O conhecimento de M e S é suficiente para determinar exatamente, na realidade tem-se = 5% para qualquer conjunto de dados X,..., X n. 35. (AFPS 00/ESAF) Sejam X, X, X 3,..., X n observações de um atributo X. Sejam x s n n Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores n i n i x i x i x Assinale a opção correta. a) Pelo menos 95% das observações de X diferem de x em valor absoluto por menos que S. b) Pelo menos 99% das observações de X diferem de x em valor absoluto por menos que S. c) Pelo menos 75% das observações de X diferem de x em valor absoluto por menos que S. d) Pelo menos 80% das observações de X diferem de x em valor absoluto por menos que S. e) Pelo menos 90% das observações de X diferem de x em valor absoluto por menos que S. CORRELAÇÃO LINEAR 36. (AFTN-96) Considere a seguinte tabela, que apresenta valores referentes às variáveis x e y, porventura relacionadas: Valores das variáveis x e y relacionadas X y x Y xy Marque a opção que representa o coeficiente de correlação linear entre as variáveis x e y. a) 0,903 b) 0,96 c) 0,947 d) 0,96 e) 0, (BACEN-98) Duas variáveis aleatórias X e Y têm coeficiente de correlação linear igual a 0,8. O coeficiente de correlação linear entre as variáveis x e 3x é: a) 0,8 b) 0,53 c) 0,7 d) 0,3 e) 0,4 38. (BACEN-94) O coeficiente de correlação linear entre x e y é r. Se y=4-x, então: a) r= b) 0<r< c) r=0 d) -<r<0 e) r=-

9 39. (TRF-006) O coeficiente de correlação entre duas variáveis Y e X é igual a +0,8. Considere, agora, a variável Z definida como: Z = 0, - 0,5X. O coeficiente de correlação entre as variáveis Z e X, e o coeficiente de variação entre as variáveis Z e Y serão iguais, respectivamente, a: a) -,0 e -0,8 b) +,0 e +0,8 c) -0,5 e -0,8 d) -0,5 e +0,8 e) -0, e -0,4 40. (TRF-006) Para 5 pares de observações das variáveis X e Y, obteve-se os seguintes resultados: X = Y = 5 X = Y = 55 XY = 39 Sabendo-se que esses 5 pares de observações constituem a totalidade da distribuição conjunta populacional dessas duas variáveis, o valor do coeficiente de correlação entre X e Y é igual a: a) +,000 b) +0,709 c) +0,390 d) -0,975 e) -0,600 NÚMEROS ÍNDICES Questão do AFTN/94: Considere a estrutura de preços e de quantidades relativa a um conjunto de quatro bens, transcrita a seguir, para responder as três próximas questões. Anos ANO 0 (BASE) ANO ANO ANO 3 Bens Preços Quantidade Preços Quantidade Preços Quantidade Preços Quantidade B B B B (AFTN/994) Os índices de quantidade de Paasche, correspondentes aos quatro anos, são iguais, respectivamente a: a) 00,0; 90,8; 9,3; 86,4 b) 00,0; 90,0; 9,3; 86,4 c) 00,0; 90,0; 9,3; 83,4 d) 00,0; 90,8; 9,3; 8, e) 00,0; 90,6; 9,3; 86,4 4. (AFTN/994) Os índices de preços de Laspeyres correspondentes aos quatro anos são iguais, respectivamente, a: a) 00,0; 7,7; 35,3; 55,3 b) 00,0;,6;,7; 4,0 c) 00,0;,6; 3,5; 46, d) 00,0; 7,7; 3,5; 46, e) 00,0; 7,7; 33,3; 55,3 (AFTN-996) Para efeito das duas próximas questões, considere os seguintes dados: Artigos Quantidades (000t) Preços (R$/t) A A (AFTN-996) Marque a opção que representa os índices de Laspeyres de preços, no período de 993 a 995, tomando por base o ano de 993. a) 00,0; 4,; 9,5 b) 00,0; 4,4; 9,8 c) 00,0; 4,8; 93, d) 00,0; 4,3; 93,3 e) 00,0; 4,8; 93,7 Atualizada 6/0/007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 7

10 44. (AFTN-996) Marque a opção que representa os índices de Paasche de preços, no período de 993 a 995, tomando por base o ano de 993. a) 00,0; 4,3; 9,3 b) 00,0; 4,6; 9,5 c) 00,0; 4,8; 9,7 d) 00,0; 4,0; 93,3 e) 00,0; 4,4; 93,6 45. (AFTN-998) A tabela abaixo apresenta a evolução de preços e quantidades de cinco produtos: Ano 960 (ano base) Preço (po) Quant. (qo) Preço (p) Preço (p) Produto A 6,5 53, 9,3 Produto B, 69 5,3 47, Produto C 7,9 7,7 4,6 Produto D 4,0 55 4,9,0 Produto E 5, , 64,7 Totais po.qo=9009,7 p.qo=4358,3 p.qo=376,0 Assinale a opção que corresponde aproximadamente ao índice de Laspeyres para 979 com base em 960. a) 45, b) 43,6 c) 398,6 d) 44,4 e) 46,6 8 Atualizada 6/0/007 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

www.pontodosconcursos.com.br

www.pontodosconcursos.com.br Olá, amigos! Espero que estejam todos bem! Hoje, venho finalmente apresentar-lhes o novo curso online RESOLUÇÃO DE QUESTÕES ESAF DE ESTATÍSTICA & MATEMÁTICA FINANCEIRA. Como o nome sugere, o curso será

Leia mais

1. Registou-se o número de assoalhadas de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial

1. Registou-se o número de assoalhadas de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial Escola Superior de Tecnologia de Viseu Fundamentos de Estatística 2006/2007 Ficha nº 1 1. Registou-se o número de assoalhadas de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial 0; 0; 0; 1; 2; 0; 0; 1;

Leia mais

AFRF Exercícios Tele-Transmitido. Prof. Sérgio Altenfelder Estatística - 01

AFRF Exercícios Tele-Transmitido. Prof. Sérgio Altenfelder Estatística - 01 01. Para dados agrupados representados por uma curva de freqüências, as diferenças entre os valores da média, da mediana e da moda são indicadores da assimetria da curva. Indique a relação entre essas

Leia mais

Prof. Francisco Crisóstomo

Prof. Francisco Crisóstomo Unidade II ESTATÍSTICA BÁSICA Prof. Francisco Crisóstomo Unidade II Medidas de posição Medidas de posição Tem como característica definir um valor que representa um conjunto de valores (rol), ou seja,

Leia mais

MEDIDAS DE DISPERSÃO

MEDIDAS DE DISPERSÃO MEDIDAS DE DISPERSÃO 1) (PETROBRAS) A variância da lista (1; 1; 2; 4) é igual a: a) 0,5 b) 0,75 c) 1 d) 1,25 e) 1,5 2) (AFPS ESAF) Dada a seqüência de valores 4, 4, 2, 7 e 3 assinale a opção que dá o valor

Leia mais

ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim. ICMS PE 2014: Resolução da prova de Estatística Prof.

ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim. ICMS PE 2014: Resolução da prova de Estatística Prof. ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim 1 de 6 Pessoal, segue a resolução das questões de Estatística da prova realizada pela SEFAZ-PE, para o cargo de Auditor Fiscal do Tesouro

Leia mais

Determinação de medidas de posição a partir de dados agrupados

Determinação de medidas de posição a partir de dados agrupados Determinação de medidas de posição a partir de dados agrupados Rinaldo Artes Em algumas situações, o acesso aos microdados de uma pesquisa é restrito ou tecnicamente difícil. Em seu lugar, são divulgados

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1

RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1 RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1 I. Conceitos Iniciais RESUMO TEÓRICO 1 1. A Estatística Descritiva ou Dedutiva é o ramo da Estatística que tem por objetivo descrever e analisar fatos relacionados

Leia mais

CURSO ONLINE REGULAR ESTATÍSTICA BÁSICA PROF. SÉRGIO CARVALHO AULA 13 RELAÇÃO DOS EXERCÍCIOS FINAIS

CURSO ONLINE REGULAR ESTATÍSTICA BÁSICA PROF. SÉRGIO CARVALHO AULA 13 RELAÇÃO DOS EXERCÍCIOS FINAIS Olá, amigos! AULA 13 RELAÇÃO DOS EXERCÍCIOS FINAIS Ainda não é chegada nossa aula derradeira! Sei que muitos estão chateados e com toda a razão do mundo pelo atraso destas últimas aulas. Noutra ocasião

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA

Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA Tendência Central Medidas que orientam quanto aos valores centrais. Representam os fenômenos pelos seus valores médios, em torno dos quais tendem a se concentrar

Leia mais

Elementos de Estatística

Elementos de Estatística Elementos de Estatística Lupércio F. Bessegato & Marcel T. Vieira UFJF Departamento de Estatística 2013 Medidas Resumo Medidas Resumo Medidas que sintetizam informações contidas nas variáveis em um único

Leia mais

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese 2.3 - Medidas de Síntese Além das tabelas e gráficos um conjunto de dados referente a uma variável QUANTITATIVA pode ser resumido (apresentado) através de Medidas de Síntese, também chamadas de Medidas

Leia mais

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística Professor: Assunto(s): Curso(s): William Costa Rodrigues Inferência ; Tipo de Variáveis, Tipos de Amostras; Tamanho da Amostra; Medidas de tendência central: Medidas de Variação Ciências Contábeis Q1.

Leia mais

Estatística

Estatística Estatística 1 2016.2 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos... 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO... 3 MEDIDAS DE DISPERSÃO... 5 EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1... 8 Capítulo 2 Outliers e Padronização... 12 VALOR PADRONIZADO (Z)...

Leia mais

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 As tabelas de frequências e os gráficos constituem processos de redução de dados, no entanto, é possível resumir de uma forma mais drástica esses dados

Leia mais

Distribuição de frequências:

Distribuição de frequências: Distribuição de frequências: Uma distribuição de frequências é uma tabela que reúne o conjunto de dados conforme as frequências ou as repetições de seus valores. Esta tabela pode representar os dados em

Leia mais

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja:

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja: Pessoal, trago a vocês a resolução da prova de Estatística do concurso para Auditor Fiscal aplicada pela FCC. Foram 10 questões de estatística! Não identifiquei possibilidade para recursos. Considero a

Leia mais

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística/Introdução a Estatística

Número: Dois. Lista de Exercícios Estatística/Introdução a Estatística /Introdução a Professor: Assunto(s): Curso(s): William Costa Rodrigues Inferência ; Tipo de Variáveis, Tipos de Amostras; Tamanho da Amostra; Medidas de tendência central: Medidas de Variação. Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS Departamento de Estatística Tarciana Liberal Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de freqüências e gráficos. Pode ser

Leia mais

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO Departamento de Estatística Luiz Medeiros Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos.

Leia mais

Estatística Indutiva

Estatística Indutiva Estatística Indutiva MÓDULO 7: INTERVALOS DE CONFIANÇA 7.1 Conceitos básicos 7.1.1 Parâmetro e estatística Parâmetro é a descrição numérica de uma característica da população. Estatística é a descrição

Leia mais

Bioestatística. Aula 3. MEDIDAS SEPARATRIZES Quartis, Decis e percentis. Profa. Alessandra Bussador

Bioestatística. Aula 3. MEDIDAS SEPARATRIZES Quartis, Decis e percentis. Profa. Alessandra Bussador Bioestatística Aula 3 MEDIDAS SEPARATRIZES Quartis, Decis e percentis Profa. Alessandra Bussador Quartis dados não agrupados Dividem os dados ordenados em quatro partes: Primeiro Quartil (Q1): valor que

Leia mais

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL Estatística e Probabilidade CH: 40 h/a Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação; e Análise de resultados. Séries Estatísticas.

Leia mais

TEM ALTERNATIVA CORRETA!!!! CERTAMENTE A BANCA EXAMINADORA DARÁ COMO RESPOSTA CERTA LETRA (E). SERIA A MENOS ERRADA POR ELIMINAÇÃO.

TEM ALTERNATIVA CORRETA!!!! CERTAMENTE A BANCA EXAMINADORA DARÁ COMO RESPOSTA CERTA LETRA (E). SERIA A MENOS ERRADA POR ELIMINAÇÃO. Prezados concursandos!!! Muita paz e saúde para todos!!! Passemos aos comentários da prova de Raciocínio Lógico Quantitativo propostas pela CESGRANRIO no último concurso para o IBGE, no dia 10/01/010.

Leia mais

Unidade II ESTATÍSTICA. Prof. Celso Guidugli

Unidade II ESTATÍSTICA. Prof. Celso Guidugli Unidade II ESTATÍSTICA Prof. Celso Guidugli Medidas ou parâmetros estatísticos Valores que permitem uma imagem sintetizada do comportamento de uma amostra. Dividem-se em dois grandes grupos: medidas de

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio, Espaço amostrai, Definição de probabilidade, Probabilidades finitas dos espaços amostrais fin itos, 20

SUMÁRIO. Prefácio, Espaço amostrai, Definição de probabilidade, Probabilidades finitas dos espaços amostrais fin itos, 20 SUMÁRIO Prefácio, 1 3 1 CÁLCULO DAS PROBABILIDADES, 15 1.1 Introdução, 15 1.2 Caracterização de um experimento aleatório, 15 1.3 Espaço amostrai, 16 1.4 Evento, 17 1.5 Eventos mutuamente exclusivos, 17

Leia mais

22/02/2014. AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação. Medidas Estatísticas. Medidas Estatísticas

22/02/2014. AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação. Medidas Estatísticas. Medidas Estatísticas Universidade Estadual de Goiás Unidade Universitária de Ciências Socioeconômicas e Humanas de Anápolis AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação Prof. Elisabete

Leia mais

Medidas Estatísticas de Posição

Medidas Estatísticas de Posição Medidas Estatísticas de Posição 1 - Medidas de Tendência Central Denição medida de tendência central é um único valor que representa ou tipica um conjunto de valores. Nunca pode ser menor que o menor valor

Leia mais

Estatística e Probabilidade

Estatística e Probabilidade Aula 3 Cap 02 Estatística Descritiva Nesta aula... estudaremos medidas de tendência central, medidas de variação e medidas de posição. Medidas de tendência central Uma medida de tendência central é um

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva C E N T R O D E M A T E M Á T I C A, C O M P U T A Ç Ã O E C O G N I Ç Ã O UFABC Estatística Descritiva Centro de Matemática, Computação e Cognição March 17, 2013 Slide 1/52 1 Definições Básicas Estatística

Leia mais

Medidas de Dispersão 1

Medidas de Dispersão 1 Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Medidas de Dispersão 1 Introdução Uma breve reflexão sobre as medidas de tendência central permite-nos concluir que elas não

Leia mais

Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA

Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA Estatística Geral I Prof: Jony Arrais Pinto Junior Lista 08 1. Utilizando os dados da Tabela 01 da Lista

Leia mais

Medidas de Dispersão. Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação

Medidas de Dispersão. Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação Medidas de Dispersão Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação Introdução Estudo de medidas que mostram a dispersão dos dados em torno da tendência central Analisaremos as seguintes

Leia mais

Medidas Resumo. Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão. A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão.

Medidas Resumo. Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão. A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão. Medidas Resumo Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão. Prof. MSc. Herivelto Marcondes Março/2009 1 Medidas Resumo

Leia mais

Aula 2 Regressão e Correlação Linear

Aula 2 Regressão e Correlação Linear 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE Aula Regressão e Correlação Linear Professor Luciano Nóbrega Regressão e Correlação Quando consideramos a observação de duas ou mais variáveis, surge um novo problema: -as

Leia mais

Módulo IV Medidas de Variabilidade ESTATÍSTICA

Módulo IV Medidas de Variabilidade ESTATÍSTICA Módulo IV Medidas de Variabilidade ESTATÍSTICA Objetivos do Módulo IV Compreender o significado das medidas de variabilidade em um conjunto de dados Encontrar a amplitude total de um conjunto de dados

Leia mais

ESTATÍSTICA BÁSICA. Freqüência Absoluta: Número de vezes que um elemento ocorre em uma amostra.

ESTATÍSTICA BÁSICA. Freqüência Absoluta: Número de vezes que um elemento ocorre em uma amostra. ESTATÍSTICA BÁSICA. Apresentação Estatística é a parte da Matemática que organiza e analisa dados coletados em uma amostra de um conjunto. Com base nos resultados, faz projeções para todo o conjunto com

Leia mais

Métodos Estatísticos Básicos

Métodos Estatísticos Básicos Aula 4 - Medidas de dispersão Departamento de Economia Universidade Federal de Pelotas (UFPel) Abril de 2014 Amplitude total Amplitude total: AT = X max X min. É a única medida de dispersão que não tem

Leia mais

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO MESTRADO - TURMA 2012 PROVA

Leia mais

Elasticidade e Análise Marginal

Elasticidade e Análise Marginal GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CÂMPUS JUAZEIRO/BA COLEG. DE ENG. ELÉTRICA PROF. PEDRO MACÁRIO DE MOURA MATEMÁTICA APLICADA A ADM 2015.2 Discentes CPF

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) O que é Estatística Para muitos, a Estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os estatísticos são as pessoas que coletam esses dados. A Estatística originou-se

Leia mais

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Relembrando!!! Não é uma CIÊNCIA EXATA!!! É UMA CIÊNCIA PROBABILÍSTICA!!!!!!! Serve

Leia mais

Probabilidade e Estatística. Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança

Probabilidade e Estatística. Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva http://páginapessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Estimação de Parâmetros Intervalo de Confiança Introdução A inferência estatística é o processo

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º. Ementa

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º. Ementa Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º PLANO DE ENSINO Ementa Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação e Análise de resultados.

Leia mais

Estatística. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 1

Estatística. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 1 Estatística Fonte bibliográfica: FARIAS, Alberto Alves Introdução a Estatística MEYER, Paul L. Probabilidade: Aplicações à Estatística MONTGOMERY, Douglas C; Estatística aplicada e probabilidade para engenheiros.

Leia mais

Filho, não é um bicho: chama-se Estatística!

Filho, não é um bicho: chama-se Estatística! Paulo Jorge Silveira Ferreira Filho, não é um bicho: chama-se Estatística! Estatística aplicada uma abordagem prática FICHA TÉCNICA EDIÇÃO: Paulo Ferreira TÍTULO: Filho, não é um bicho: chama-se Estatística!

Leia mais

ESTATÍSTICA. x(s) W Domínio. Contradomínio

ESTATÍSTICA. x(s) W Domínio. Contradomínio Variáveis Aleatórias Variáveis Aleatórias são funções matemáticas que associam números reais aos resultados de um Espaço Amostral. Uma variável quantitativa geralmente agrega mais informação que uma qualitativa.

Leia mais

c) Encontre um intervalo de confiança 95% para a razão das variâncias variâncias das duas amostras podem ser iguais com este grau de confiança?

c) Encontre um intervalo de confiança 95% para a razão das variâncias variâncias das duas amostras podem ser iguais com este grau de confiança? MQI 003 Estatística para Metrologia semestre 008.0 Lista 4 Profa. Mônica Barros PROBLEMA Toma-se duas amostras de engenheiros formados há 5 anos por duas Universidades e faz-se uma pesquisa salarial, cujos

Leia mais

Prof. Lorí Viali, Dr.

Prof. Lorí Viali, Dr. Prof. Lorí Viali, Dr. viali@mat.ufrgs.br http://www.mat.ufrgs.br/~viali/ Análise Exploratória de Dados As técnicas de análise exploratória de dados consistem em gráficos simples de desenhar que podem ser

Leia mais

CURSOS ON-LINE - ESTATÍSTICA BÁSICA CURSO REGULAR PROFESSOR SÉRGIO CARVALHO AULA 02

CURSOS ON-LINE - ESTATÍSTICA BÁSICA CURSO REGULAR PROFESSOR SÉRGIO CARVALHO AULA 02 Olá, amigos! AULA 02 Tudo bem com vocês? E aí, revisaram a aula passada? Espero que sim. Bem como espero que tenham resolvido as questões que ficaram pendentes! A propósito, vamos iniciar nossa aula de

Leia mais

Uma livraria vende a seguinte a quantidade de livros de literatura durante uma certa semana:

Uma livraria vende a seguinte a quantidade de livros de literatura durante uma certa semana: Medidas de Tendência Central. Depois de se fazer a coleta e a representação dos dados de uma pesquisa, é comum analisarmos as tendências que essa pesquisa revela. Assim, se a pesquisa envolve muitos dados,

Leia mais

Estatística I Aula 8. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc.

Estatística I Aula 8. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística I Aula 8 Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. MODELOS PROBABILÍSTICOS MAIS COMUNS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS CONTÍNUAS Lembram o que vimos sobre V.A. contínua na Aula 6? Definição: uma variável

Leia mais

7. Testes de Hipóteses

7. Testes de Hipóteses 7. Testes de Hipóteses Suponha que você é o encarregado de regular o engarrafamento automatizado de leite numa determinada agroindústria. Sabe-se que as máquinas foram reguladas para engarrafar em média,

Leia mais

Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central

Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central Estatística descritiva básica: Medidas de tendência central ACH2021 Tratamento e Análise de Dados e Informações Marcelo de Souza Lauretto marcelolauretto@usp.br www.each.usp.br/lauretto *Parte do conteúdo

Leia mais

Estimativas e Tamanhos de Amostras

Estimativas e Tamanhos de Amostras Estimativas e Tamanhos de Amostras 1 Aspectos Gerais 2 Estimativa de uma Média Populacional: Grandes Amostras 3 Estimativa de uma Média Populacional: Pequenas Amostras 4 Tamanho Amostral Necessário para

Leia mais

Distribuição de frequências. Prof. Dr. Alberto Franke

Distribuição de frequências. Prof. Dr. Alberto Franke Distribuição de frequências Prof. Dr. Alberto Franke E-mail: alberto.franke@ufsc.br 1 Distribuição de frequências Há necessidade de distinguir entre: Distribuição observada Distribuição verdadeira Distribuição

Leia mais

CAP1: Estatística Descritiva para análise da variabilidade uma amostra de dados quantitativos

CAP1: Estatística Descritiva para análise da variabilidade uma amostra de dados quantitativos CAP1: Estatística Descritiva para análise da variabilidade uma amostra de dados quantitativos O aluno deverá utilizar calculadora científica Resumo Numérico dos dados Suponha que os dados sejam representados

Leia mais

Inferência Estatística

Inferência Estatística Metodologia de Diagnóstico e Elaboração de Relatório FASHT Inferência Estatística Profa. Cesaltina Pires cpires@uevora.pt Plano da Apresentação Duas distribuições importantes Normal T- Student Estimação

Leia mais

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO DOUTORADO - TURMA 20 VERSÃO

Leia mais

Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás. Bioestatística. Prof. Thiago Rangel - Dep. Ecologia ICB

Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás. Bioestatística. Prof. Thiago Rangel - Dep. Ecologia ICB Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás Bioestatística Prof. Thiago Rangel - Dep. Ecologia ICB rangel.ufg@gmail.com Página do curso: http://www.ecologia.ufrgs.br/~adrimelo/bioestat

Leia mais

9 Correlação e Regressão. 9-1 Aspectos Gerais 9-2 Correlação 9-3 Regressão 9-4 Intervalos de Variação e Predição 9-5 Regressão Múltipla

9 Correlação e Regressão. 9-1 Aspectos Gerais 9-2 Correlação 9-3 Regressão 9-4 Intervalos de Variação e Predição 9-5 Regressão Múltipla 9 Correlação e Regressão 9-1 Aspectos Gerais 9-2 Correlação 9-3 Regressão 9-4 Intervalos de Variação e Predição 9-5 Regressão Múltipla 1 9-1 Aspectos Gerais Dados Emparelhados há uma relação? se há, qual

Leia mais

Unidade III ESTATÍSTICA. Prof. Fernando Rodrigues

Unidade III ESTATÍSTICA. Prof. Fernando Rodrigues Unidade III ESTATÍSTICA Prof. Fernando Rodrigues Medidas de dispersão Estudamos na unidade anterior as medidas de tendência central, que fornecem importantes informações sobre uma sequência numérica. Entretanto,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PLANO DE ENSINO FACULDADE: Ciências da Saúde CURSO: Fisioterapia Período: 2º DISCIPLINA: Bioestatística Ano: 2015 CARGA HORÁRIA: 40 horas SEMANAL: 2 horas TOTAL: 40 HORAS PRÉ-REQUISITO: - EMENTA Introdução

Leia mais

Plano da Apresentação. Medidas de localização central. Medidas de localização central. Média. Média. Exemplo nota média em Metodologias

Plano da Apresentação. Medidas de localização central. Medidas de localização central. Média. Média. Exemplo nota média em Metodologias Metodologia de Diagnóstico e Elaboração de Relatório FASHT Plano da Apresentação Mediana Moda Outras médias: a média geométrica Profª Cesaltina Pires cpires@uevora.pt Metodologias de Diagnóstico Profª

Leia mais

DISCIPLINA: ESTATÍSTICA I (CÓD. ENEC60015) PERÍODO: 3º PERÍODO

DISCIPLINA: ESTATÍSTICA I (CÓD. ENEC60015) PERÍODO: 3º PERÍODO PLANO DE AULA DISCIPLINA: ESTATÍSTICA I (CÓD. ENEC60015) PERÍODO: 3º PERÍODO TOTAL DE SEMANAS: 20 SEMANAS TOTAL DE ENCONTROS: 40 AULAS Aulas Conteúdos/ Matéria Tipo de aula Textos, filmes e outros materiais

Leia mais

Estatística para Cursos de Engenharia e Informática

Estatística para Cursos de Engenharia e Informática Estatística para Cursos de Engenharia e Informática BARBETTA, Pedro Alberto REIS, Marcelo Menezes BORNIA, Antonio Cezar MUDANÇAS E CORREÇOES DA ª EDIÇÃO p. 03, após expressão 4.9: P( A B) = P( B A) p.

Leia mais

A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões

A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões A IMPORTÂNCIA DA ESTATÍSTICA A Estatística é aplicada como auxílio nas tomadas de decisão diante de incertezas para justificar cientificamente as decisões Governo Indústria Ciências Econômicas, sociais,

Leia mais

Coeficiente de Assimetria

Coeficiente de Assimetria Coeficiente de Assimetria Rinaldo Artes Insper Nesta etapa do curso estudaremos medidas associadas à forma de uma distribuição de dados, em particular, os coeficientes de assimetria e curtose. Tais medidas

Leia mais

AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados

AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados Conteúdos desta unidade: Organização, representação e interpretação de dados; Medidas de tendência central; Medidas de localização.

Leia mais

MINICURSO. Uso da Calculadora Científica Casio Fx. Prof. Ms. Renato Francisco Merli

MINICURSO. Uso da Calculadora Científica Casio Fx. Prof. Ms. Renato Francisco Merli MINICURSO Uso da Calculadora Científica Casio Fx Prof. Ms. Renato Francisco Merli Sumário Antes de Começar Algumas Configurações Cálculos Básicos Cálculos com Memória Cálculos com Funções Cálculos Estatísticos

Leia mais

Por exemplo, vamos obter os termos de uma progressão geométrica de razão 2, partindo do número 3.

Por exemplo, vamos obter os termos de uma progressão geométrica de razão 2, partindo do número 3. Definição: Progressão geométrica (ou simplesmente PG) é uma seqüência de números não nulos em que cada um deles, multiplicado por um número fixo, fornece o próximo elemento da seqüência. Esse número fixo

Leia mais

Análise descritiva de Dados. A todo instante do nosso dia-a-dia nos deparamos com dados.

Análise descritiva de Dados. A todo instante do nosso dia-a-dia nos deparamos com dados. Análise descritiva de Dados A todo instante do nosso dia-a-dia nos deparamos com dados. Por exemplo, para decidir pela compra de um eletrodoméstico, um aparelho eletrônico ou até mesmo na compra de uma

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Curso: CST em Sistemas de Telecomunicações, Tecnologia Nome da disciplina: Teoria da Estatística Código: TEL026 Carga horária: 83 horas Semestre previsto: 3º

Leia mais

Revisão de distribuições de probabilidades contínuas (Capítulo 6 Levine)

Revisão de distribuições de probabilidades contínuas (Capítulo 6 Levine) Revisão de distribuições de probabilidades contínuas (Capítulo 6 Levine) Statistics for Managers Using Microsoft Excel, 5e 2008 Pearson Prentice-Hall, Inc. Chap 6-1 Objetivos: Neste capítulo, você aprenderá:

Leia mais

Estatística Amostral Medidas Descritivas MÉDIA - MEDIANA - MODA - QUANTIS

Estatística Amostral Medidas Descritivas MÉDIA - MEDIANA - MODA - QUANTIS MÉDIA - MEDIANA - MODA - QUANTIS A mediana é o dado que divide o conjunto ordenado em duas partes iguais, com 50% acima e 50% abaixo dela. Mas como encontrar os dados que se encontram acima e abaixo de

Leia mais

Comprovação Estatística de Medidas Elétricas

Comprovação Estatística de Medidas Elétricas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Métodos e Técnicas de Laboratório em Eletrônica Comprovação Estatística de Medidas Elétricas Florianópolis,

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 COMPONENTE CURRICULAR: BIOESTATÍSTICA CÓDIGO: ENF - 308 PRÉ-REQUISITO: Nenhum PERÍODO LETIVO: 2016.2

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO 3 ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO 3 ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO 3 ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 4 Disciplina: Estatística I 1. Dado que z é uma variável aleatória normal padrão, calcule as

Leia mais

Uma estatística é uma característica da amostra. Ou seja, se

Uma estatística é uma característica da amostra. Ou seja, se Estatística Uma estatística é uma característica da amostra. Ou seja, se X 1,..., X n é uma amostra, T = função(x 1,..., X n é uma estatística. Exemplos X n = 1 n n i=1 X i = X 1+...+X n : a média amostral

Leia mais

)$&8/'$'('((1*(1+$5,$'(5(&856261$785$,6 7$%(/$6(67$7Ì67,&$6. -~OLR$3GD&XQKD2VyULR )$52

)$&8/'$'('((1*(1+$5,$'(5(&856261$785$,6 7$%(/$6(67$7Ì67,&$6. -~OLR$3GD&XQKD2VyULR )$52 )$&8/'$'('((1*(1+$5,$'(5(&856261$785$,6 7$%(/$6(67$7Ì67,&$6 -~OLR$3GD&XQKD2VyULR )$52 1RWDVH[SOLFDWLYDV TABELAS ESTATÍSTICAS Notas explicativas Fontes x As tabelas das distribuições binomiais, de Poisson,

Leia mais

Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP

Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP INTRODUÇÃO A ESTATÍSTICA ESPACIAL Análise Exploratória dos Dados Estatística Descritiva Univariada Roberto Wagner Lourenço Roberto Wagner Lourenço Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP Estrutura da Apresentação

Leia mais

Professora conteudista: Maria Ester Domingues de Oliveira. Revisor: Francisco Roberto Crisóstomo

Professora conteudista: Maria Ester Domingues de Oliveira. Revisor: Francisco Roberto Crisóstomo Estatística Básica Professora conteudista: Maria Ester Domingues de Oliveira Revisor: Francisco Roberto Crisóstomo Sumário Estatística Básica Unidade I 1 CICLO SEMPRE CRESCENTE...2 2 ESTATÍSTICA: CIÊNCIA

Leia mais

Estatística Básica MEDIDAS RESUMO

Estatística Básica MEDIDAS RESUMO Estatística Básica MEDIDAS RESUMO Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Motivação Básica Se você estivesse num ponto de ônibus e alguém perguntasse sobre

Leia mais

1. Registou-se o número de assoalhadas da população de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial

1. Registou-se o número de assoalhadas da população de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial Escola Superior de Tecnologia de Viseu Fundamentos de Estatística 2010/2011 Ficha nº 1 1. Registou-se o número de assoalhadas da população de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial 0; 0; 0; 1;

Leia mais

Introdução ao Planejamento e Análise Estatística de Experimentos 1º Semestre de 2013 Capítulo 3 Introdução à Probabilidade e à Inferência Estatística

Introdução ao Planejamento e Análise Estatística de Experimentos 1º Semestre de 2013 Capítulo 3 Introdução à Probabilidade e à Inferência Estatística Introdução ao Planejamento e Análise Estatística de Experimentos Capítulo 3 Introdução à Probabilidade e à Inferência Estatística Introdução ao Planejamento e Análise Estatística de Experimentos Agora,

Leia mais

Conceitos básicos: Variável Aleatória

Conceitos básicos: Variável Aleatória : Variável Aleatória Variável aleatória (v.a.) valor numérico que é resultado de uma eperiência aleatória. Podemos ter variáveis aleatórias contínuas ou discretas. Eemplo 1: Suponha que lança duas moedas

Leia mais

REGRESSÃO E CORRELAÇÃO

REGRESSÃO E CORRELAÇÃO Vendas (em R$) Disciplina de Estatística 01/ Professora Ms. Valéria Espíndola Lessa REGRESSÃO E CORRELAÇÃO 1. INTRODUÇÃO A regressão e a correlação são duas técnicas estreitamente relacionadas que envolvem

Leia mais

Fernando de Pol Mayer

Fernando de Pol Mayer Fernando de Pol Mayer Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Este conteúdo está disponível por meio da Licença Creative

Leia mais

Análise Exploratória de Dados

Análise Exploratória de Dados Análise Exploratória de Dados Objetivos da aula Resolver exercícios do livro-texto com o auxílio do R. 1) Exercício 29 Uma amostra de dez casais e seus respectivos salários anuais (em salários mínimos)

Leia mais

Métodos Experimentais em Ciências Mecânicas

Métodos Experimentais em Ciências Mecânicas Métodos Experimentais em Ciências Mecânicas Professor Jorge Luiz A. Ferreira Pertencem ao grupo de ferramentas estatísticas que permitem caracterizar um conjunto de dados sob ponto de vista da tendência

Leia mais

3 d) 3 e) 9. NUCE Concursos Públicos A sequência a seguir é uma progressão aritmética:

3 d) 3 e) 9. NUCE Concursos Públicos A sequência a seguir é uma progressão aritmética: 1. A sequência a seguir é uma progressão aritmética: 00 15 0 45... 2010 Acima, aparecem apenas os quatro primeiros termos e o último. O número total de elementos dessa sequência é a) 11 b) 107 c) 109 d)

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE RACIOCÍCNIO LÓGICO, MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA P/ PAPILOSCOPISTA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE RACIOCÍCNIO LÓGICO, MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA P/ PAPILOSCOPISTA RESOLUÇÃO DA PROVA DE RACIOCÍCNIO LÓGICO, MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA P/ PAPILOSCOPISTA Olá galera!!!! Hoje estou postando a resolução da prova de Raciocínio Lógico para agente penitenciário do DF, ocorrida

Leia mais

Exercícios. Finanças Benjamin M. Tabak

Exercícios. Finanças Benjamin M. Tabak Exercícios Finanças Benjamin M. Tabak ESAF BACEN - 2002 Uma carteira de ações é formada pelos seguintes ativos: Ações Retorno esperado Desvio Padrão Beta A 18% 16% 1,10 B 22% 15% 0,90 Também se sabe que

Leia mais

Módulo 4 Ajuste de Curvas

Módulo 4 Ajuste de Curvas Módulo 4 Ajuste de Curvas 4.1 Intr odução Em matemática e estatística aplicada existem muitas situações onde conhecemos uma tabela de pontos (x; y), com y obtido experimentalmente e deseja se obter uma

Leia mais

ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 2ª PARTE

ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 2ª PARTE ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 2ª PARTE 1 Medidas de síntese TERCEIRA maneira de resumir um conjunto de dados referente a uma variável quantitativa. Separatrizes Locação x % x % x % x % Dispersão Forma

Leia mais

Tópico 3. Estudo de Erros em Medidas

Tópico 3. Estudo de Erros em Medidas Tópico 3. Estudo de Erros em Medidas A medida de uma grandeza é obtida, em geral, através de uma experiência, na qual o grau de complexidade do processo de medir está relacionado com a grandeza em questão

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda Escola Básica Fernando Caldeira

Agrupamento de Escolas de Águeda Escola Básica Fernando Caldeira Agrupamento de Escolas de Águeda Escola Básica Fernando Caldeira Currículo da disciplina de Matemática - 7ºano Unidade 1 Números inteiros Propriedades da adição de números racionais Multiplicação de números

Leia mais

PROGRAMA e Metas Curriculares Matemática A. Estatística. António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Luísa Loura e Maria Clementina Timóteo

PROGRAMA e Metas Curriculares Matemática A. Estatística. António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Luísa Loura e Maria Clementina Timóteo PROGRAMA e Metas Curriculares Matemática A Estatística António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Luísa Loura e Maria Clementina Timóteo O tema da Estatística nos Cursos Científico-Humanísticos de

Leia mais