CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA"

Transcrição

1 Brodowski, 21 de novembro de CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA A Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari - Organização Social de Cultura - ACAM Portinari, com sede na cidade de Brodowski SP, na Rua Floriano Peixoto, 490, centro, CEP: , inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , tem como principal objetivo o desenvolvimento da área cultural, particularmente a museológica, por meio das colaborações técnico-operacional e financeira, e celebrou com o Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura, o Contrato de Gestão n.º 03/2011, tendo por objeto o fomento e a operacionalização da gestão e execução, das atividades e serviços na área de Museologia no Museu Casa de Portinari (Brodowski/SP), Museu Índia Vanuíre (Tupã/SP), Museu Felícia Leirner - Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão/SP) e demais museus do interior, bem como ações de apoio ao SISEM Sistema Estadual de Museus, e seguindo seu Regulamento de Compras e Contratação de Serviços e Locações, convida empresas para apresentar propostas. A proposta deverá ser entregue pelo correio ou pessoalmente até o dia 03/12/2014 às 18h00. I. OBJETO 1.1. O objeto do presente Convite consiste na contratação de empresa especializada para Implantação de Sistema de Segurança com fornecimento de serviços, equipamentos e materiais para o Museu Casa de Portinari na cidade de Brodowski SP, situado na Praça Candido Portinari, 298 centro, CEP: II. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 2.1. QUALIFICAÇÃO TÉCNICA a. Comprovante de registro da empresa na entidade profissional competente (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura - CREA), correspondente à sede da empresa, que comprove a habilitação legal para a execução dos serviços objeto desta carta, no qual conste que possui em seu quadro permanente de pessoal, na data da carta, pelo menos 01(um) engenheiro elétrico, habilitado para a execução dos serviços objeto desta); b. Fornecer 03 (três) atestados de capacidade técnica, fornecidos por pessoa jurídica de direito público ou privado, que comprovem prestação de serviços semelhantes ao objeto desta carta, em termos de características técnicas, quantidade e prazos, contendo, obrigatoriamente, a especificação

2 do serviço, a empresa que está fornecendo o atestado e o responsável pelo setor encarregado do objeto em questão; III. APRESENTAÇÃO E CONTEÚDO DA PROPOSTA a. A proposta deverá ser apresentada em envelope fechado, devidamente lacrado, contendo elementos de identificação do presente certame. b. A proposta deverá ser apresentada em uma (1) via digitada, sem emendas, rasuras, entrelinhas ou ressalvas e deverá estar rubricada e assinada. c. A empresa deverá, além de outras informações que a seu critério entenda pertinente, incluir em sua proposta os seguintes dados e documentos: relação de equipamentos necessários para a implantação, com seus respectivos valores unitários; relação de materiais necessários para a implantação, com detalhamento de fios, cabos e demais materiais, com seus respectivos valores unitários; descrição dos serviços a serem prestados; preço global dos serviços a serem executados, observando o Termo de Referência, em moeda corrente, expressos por algarismos e por extenso, sendo que no caso de discordância entre o valor expresso em algarismos e por extenso, prevalecerá o segundo; prazo de validade da proposta não inferior a 60 (sessenta dias) corridos, contado da data de abertura das propostas; razão social, número do CNPJ, agência, banco depositário para a qual deverá ser emitida a Ordem Bancária, nome, telefone e endereço do representante; declaração, no corpo da proposta, ou em escrito à parte, de total concordância com as condições estipuladas no presente instrumento convocatório e seus anexos; declaração, no corpo da proposta, ou em escrito à parte, de que estão incluídos no preço proposto todos os encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais, assim como outros de qualquer natureza que se fizerem indispensáveis à perfeita e completa execução dos serviços; garantia dos serviços e equipamentos, conforme legislação vigente.

3 IV. DO PRAZO DE EXECUÇÃO E VIGÊNCIA DO CONTRATO 4.1. O contrato terá vigência de 45 (quarenta e cinco) dias. E poderá ser renovado caso haja interesse de ambas as partes. V. DA FORMA DA ANÁLISE DAS PROPOSTAS 5.1. As propostas serão analisadas de acordo com o critério de melhor custo x beneficio, respectivamente, de acordo com o Regulamento de Compras e Contratação de Serviços e Locações da Organização Social de Cultura. A proposta deverá discriminar os itens orçamentários, com seus respectivos valores A análise das propostas será feita pela Comissão de Avaliação da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari. VI. CONDIÇÕES GERAIS 6.1. As empresas interessadas em realizar a visita técnica deverão agendar, até o dia 28/11/2014. a. ACAM Portinari (16) com Sr. Luiz Antonio Bergamo Diretor Administrativo Financeiro; 6.2. Condições de Pagamento: a. A CONTRATADA terá seu pagamento efetuado através de apresentação das faturas (nota fiscais), da seguinte forma: Nota fiscal de venda dos equipamentos; Nota fiscal de venda dos materiais necessários: fios, cabos e demais materiais; Nota fiscal de 50% prestação de serviços, a ser pago 15 dias após assinatura do contrato; Nota fiscal de 50% prestação de serviços, a ser pago na finalização da implantação; b. A nota fiscal/fatura deverá discriminar os valores das retenções fiscais previstas na legislação fiscal/tributária vigente. c. Nos preços cotados deverão estar incluídas todas as despesas com viagens, encargos, materiais, impressos, transporte, alimentação e etc.; d. As faturas correspondentes serão pagas até 5 (cinco) dias úteis após sua entrega e verificação pela área administrativa da Associação Cultural de Apoio ao Museu casa de Portinari;

4 e. Não aceitaremos cobranças através de Factores DOCUMENTAÇÃO Nos termos do Regulamento de Compras e Contratação de Serviços e Locações da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari, a empresa vencedora deverá apresentar os seguintes documentos para assinatura do contrato; I - Cópia do Contrato Social registrado na Junta Comercial ou no órgão competente; II - Cópia dos três últimos balanços; III - Certidões públicas de inexistência de débito: a- Municipais; b- Certidão negativa de débito do INSS; c- Certidão de regularidade do FGTS; IV - Certidões forenses: a- Certidões da Justiça Federal de distribuições cíveis e executivos fiscais; b- Certidões da Justiça Comum de distribuições, executivos fiscais, falência e concordata; V - Cópias CPF, RG e Comprovante de Residência dos Responsáveis pela Empresa A proposta financeira e a Documentação Técnica deverão ser entregues pelo correio ou pessoalmente dentro de um envelope lacrado e assinado até o dia 03/12/2014 às 18h00 na Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari, na Rua Floriano Peixoto, 490 Centro Brodowski/SP CEP Os envelopes serão abertos no dia 04 de dezembro de Os serviços serão prestados a partir de 10 de dezembro de Caso haja aprovação da proposta enviada, ressaltamos que a empresa contratada fica obrigada a aceitá-la nos termos propostos, com a execução dos serviços no Museu relacionado no Item 1.1 acima. É reservada a Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari o direito de adquirir apenas parte dos itens, ou rejeitá-los na sua totalidade, desde que seja da sua conveniência É reservada a Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari o direito de contratar apenas parte dos serviços licitados, ou rejeitá-los na sua totalidade, desde que seja da sua conveniência. VII. DOS DOCUMENTOS INTEGRANTES

5 7.1. Compõe a presente carta convite, dela fazendo parte integrante e indissociável, os seguintes anexos: a. Anexo I Termo de Referência; b. Anexo II Minuta de Contrato de Prestação de Serviços. ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE APOIO AO MUSEU CASA DE PORTINARI Angelica Policeno Fabbri Luiz Antonio Bergamo Diretora Executiva Diretor Administrativo/Financeiro

6 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA CÂMERAS FIXAS COM IR DE 10M DE ALCANCE 25 Unidades Deve possuir sensor de imagem em estado sólido do tipo CMOS ou CCD de 1/4" ou maior com varredura progressiva; Deve possuir lente fixa entre 2,0 (dois) e 4,0 (quatro) milímetros com correção de IR que proporcione imagem com ângulo de visualização de, no mínimo, 70 (setenta graus); Deve possuir filtro de bloqueio de iluminação infravermelha (IR) removível automaticamente; Deve possuir iluminação infravermelha (IR) com LEDs de 850 nm com capacidade mínima de iluminação em 10 metros; Deve possuir resolução mínima de HDTV 720p em 1280x720 pixels; Deve possuir sensibilidade mínima de 0,9 (nove décimos) lux em modo colorido e 0,2 (dois décimos) lux em modo PB e 0 (zero) lux quando estiver com o iluminador infravermelho ativado; Deve permitir os seguintes ajustes manuais da câmera: na posição horizontal (Panorâmico) de 170 ; na vertical (Tilt) de 60 ; e rotação de 170 ; Deve implementar os formatos de compressão H.264 e M-JPEG na máxima taxa de quadros, 30 fps; Deve permitir o acesso simultâneo de, no mínimo, 20 usuários em unicast e suportar multicast; Deve permitir a transmissão de múltiplos streamings de vídeo em H.264 e Motion Jpeg; Deve possibilitar compensação automática para tomada de imagem contra luz de fundo; Deve possuir funcionalidade de PTZ digital; Deve possuir Wide Dynamic Range; Deve possuir largura de banda configurável através CBR e VBR; Deve possuir saída UTP para conexão em rede TCP/IP RJ BASE-TX conector RJ-45; Deve possuir protocolos Internet: RTP, UDP, TCP, IP, HTTP, IGMP, SNMP, SMTP e DNS; Deve possuir os protocolos de segurança HTTPS, SSL e IEEE802.1x; A câmera deve permitir alimentação PoE Classe 2 conforme padrão IEEE 802.3af; Deve possuir a possibilidade de atualização de software e firmware através de software do fabricante da câmera, com disponibilização das versões de firmware no web site do mesmo; Deve possuir 01 entrada e 01 saída de alarme; Deve ser fornecida com capacidade embarcada para a configuração de máscaras de privacidade na própria câmera; Deve ser fornecida com capacidade embarcada para inserir sobreposição de texto e figuras na imagem; Deve ser fornecida com capacidade embarcada para espelhamento de imagem;

7 Deve ser fornecida com capacidade instalada para detectar movimentos através da criação de áreas poligonais de inclusão e exclusão de até 20 pontos; Deve ser fornecida com capacidade instalada para alarmar em caso de violação da câmera; Deve possuir capacidade de análise de vídeo embarcado através da simples adição de licença e software; Deve possuir arquitetura aberta para integração com outros sistemas; Deve possuir capacidade de armazenamento local através de SD/MicroSD card, compact Flash ou USB memory card com capacidade mínima de 64 Giga Bytes; Deve possuir capacidade de armazenamento em rede (NAS ou Servidor de Arquivos) através da câmera; Deve possuir caixa de proteção do tipo domo fumê ou transparente com nível IK10 de resistência à impacto; Deve conter domo de proteção que deve proteger totalmente a câmera da chuva, poeira, umidade e altas temperaturas; (com grau de proteção IP66). A caixa de proteção, bem como seus acessórios, deverão ser do mesmo fabricante da câmera garantindo a qualidade da solução; Deve possuir garantia do fabricante de pelo menos 01 (um) ano comprovado por carta de fabricante e ou informação constante no site do fabricante; Deve possibilitar operação a temperatura entre -10 C ~ +50 C Deve possuir garantia do fabricante de pelo menos 03(três) anos comprovado por carta de fabricante e ou informação constante no site do fabricante. Possuir linha de atendimento direto para abertura de chamados direta no fabricante do produto, com reposição de peças e suporte de hardware, com SLA 24X7, com 6 horas de solução. CÂMERAS FIXAS COM IR DE 15M DE ALCANCE 10 UNIDADES Deve possuir sensor de imagem em estado sólido do tipo CMOS ou CCD de 1/4" ou maior com varredura progressiva; Deve possuir lente fixa entre 2,0 (dois) e 4,0 (quatro) milímetros com correção de IR que proporcione imagem com ângulo de visualização de, no mínimo, 70 (setenta graus); Deve possuir filtro de bloqueio de iluminação infravermelha (IR) removível automaticamente; Deve possuir iluminação infravermelha (IR) com LEDs de 850 nm com capacidade mínima de iluminação em 15 metros; Deve possuir resolução mínima de HDTV 720p em 1280x720 pixels; Deve possuir sensibilidade mínima de 0,9 (nove décimos) lux em modo colorido e 0,2 (dois décimos) lux em modo PB e 0 (zero) lux quando estiver com o iluminador infravermelho ativado; Deve permitir os seguintes ajustes manuais da câmera: na posição horizontal (Panorâmico) de 170 ; na vertical (Tilt) de 60 ; e rotação de 170 ; Deve implementar os formatos de compressão H.264 e M-JPEG na máxima taxa de quadros, 30 fps;

8 Deve permitir o acesso simultâneo de, no mínimo, 20 usuários em unicast e suportar multicast; Deve permitir a transmissão de múltiplos streamings de vídeo em H.264 e Motion Jpeg; Deve possibilitar compensação automática para tomada de imagem contra luz de fundo; Deve possuir funcionalidade de PTZ digital; Deve possuir Wide Dynamic Range; Deve possuir largura de banda configurável através CBR e VBR; Deve possuir saída UTP para conexão em rede TCP/IP RJ BASE-TX conector RJ-45; Deve possuir protocolos Internet: RTP, UDP, TCP, IP, HTTP, IGMP, SNMP, SMTP e DNS; Deve possuir os protocolos de segurança HTTPS, SSL e IEEE802.1x; A câmera deve permitir alimentação PoE Classe 2 conforme padrão IEEE 802.3af; Deve possuir a possibilidade de atualização de software e firmware através de software do fabricante da câmera, com disponibilização das versões de firmware no web site do mesmo; Deve possuir 01 entrada e 01 saída de alarme; Deve ser fornecida com capacidade embarcada para a configuração de máscaras de privacidade na própria câmera; Deve ser fornecida com capacidade embarcada para inserir sobreposição de texto e figuras na imagem; Deve ser fornecida com capacidade embarcada para espelhamento de imagem; Deve ser fornecida com capacidade instalada para detectar movimentos através da criação de áreas poligonais de inclusão e exclusão de até 20 pontos; Deve ser fornecida com capacidade instalada para alarmar em caso de violação da câmera; Deve possuir capacidade de análise de vídeo embarcado através da simples adição de licença e software; Deve possuir arquitetura aberta para integração com outros sistemas; Deve possuir capacidade de armazenamento local através de SD/MicroSD card, compact Flash ou USB memory card com capacidade mínima de 64 Giga Bytes; Deve possuir capacidade de armazenamento em rede (NAS ou Servidor de Arquivos) através da câmera; Deve possuir caixa de proteção do tipo domo fumê ou transparente com nível IK10 de resistência à impacto; Deve conter domo de proteção que deve proteger totalmente a câmera da chuva, poeira, umidade e altas temperaturas; (com grau de proteção IP66). A caixa de proteção, bem como seus acessórios, deverão ser do mesmo fabricante da câmera garantindo a qualidade da solução; Deve possuir garantia do fabricante de pelo menos 01 (um) ano comprovado por carta de fabricante e ou informação constante no site do fabricante; Deve possibilitar operação a temperatura entre -10 C ~ +50 C

9 Deve possuir garantia do fabricante de pelo menos 03(três) anos comprovado por carta de fabricante e ou informação constante no site do fabricante. Possuir linha de atendimento direto para abertura de chamados direta no fabricante do produto, com reposição de peças e suporte de hardware, com SLA 24X7, com 6 horas de solução. SERVIDOR DE GRAVAÇÃO DE ALTA PERFORMANCE 1 UNIDADE Servidor selecionado para os data center, padrão da próxima geração de 2U com 2 sockets da linha rack. Deve possuir gabinete rack e dimensões compatíveis com racks de mercado padrão 19. Deverá possuir garantia de pelo menos 03 (três) anos comprovado por documento do fabricante. Possuir linha de atendimento direto para abertura de chamados direta no fabricante do produto, com reposição de peças e suporte de hardware, com SLA 24X7, com 6 horas de solução. Características técnicas: 02x Intel Xeon E5-2630v2 (2.6GHz/6-core/15MB/80W) Processor Kit 16GB RAM 8GB (1x8GB) Single Rank x4 PC R (DDR3-1600) 02x 300GB 6G SAS 10K rpm SFF (2.5-inch) SC Enterprise 01x 12.7mm Slim SATA DVD RW JackBlack Optical Drive 01x Smart Array P420i w/ 1G FBWC Controller (RAID 0/1/1+0/5/5+0) 01x Ethernet 1Gb 4-port 331FLR FIO Adapter 02x 460W Common Slot Gold Hot Plug Power Supply Kit 01x 2U Small Form Factor Ball Bearing Gen8 Rail Kit CENTRAL DE ALARME COMPLETA INTEGRADA AO SISTEMA DE CFTV 2 UNIDADES O Painel de controle deve integrar intrusão e incêndio, fornecendo uma interface de usuário simples para ambos os sistemas. Fornecer até 48 pontos identificáveis individualmente que podem ser divididos em quatro áreas. O painel de controle inclui incorporada uma porta Ethernet para comunicação em rede IP e é compatível com módulos que enviam eventos a determinados destinos por rede pública de telefonia comutada (PSTN), rede IP ou rede celular em quatro grupos de rota programáveis. Deverá ser possível monitorar portas, janelas e movimento em áreas como showrooms ou outras áreas que possuem estoque. Cada usuário pode ter uma senha personalizada, um botão tipo chaveiro sem fio e uma credencial para controlar o sistema. Use níveis de autoridade programáveis com privilégios limitados para fornecer acesso total ou limitado às equipes de manutenção, segurança e

10 limpeza. Use as três saídas programáveis (expansíveis até 43 saídas) para acender as luzes ou destravar e travar portas. Usuários podem: Ativar o sistema para proteger o estoque enquanto realiza suas atividades diárias. Executar testes para garantir que seu sistema está funcionando corretamente. Configurar seu sistema para disparar um alarme imediatamente ao abrir uma porta. Ativar o recurso "Observação" para que um som seja emitido sempre que entrar um cliente. Configurar uma programação horária para que seu sistema seja armado automaticamente no horário de fechamento. Características técnicas: Saídas programáveis 500 ma sem exceder 1,3 A da corrente total para um sistema antifurto, ou sem exceder 1,0 A da corrente total para aplicações domésticas de incêndio; 800 ma de potência auxiliar a 12 V CC Quatro padrões de saída de alarme Teste de sirene programável Três saídas programáveis; uma de corrente alta usando um relé e duas saídas de disparo Saída do contato A é de 3 A nominal Resposta do sistema Microcontrolador de alto desempenho fornece resposta do sistema líder do setor 20 índices de ponto personalizados Tempo de resposta do ponto selecionável Capacidade de cruzamento de pontos Verificação do alarme de incêndio Indicador de gases perigosos inclui monóxido de carbono (NFPA 720) Modo "Observação" Eventos programados (SKEDs) executam diversas funções, como ativar (armar) o sistema, desativar (desarmar) o sistema, desabilitar e habilitar pontos e controlar relés. Interface do usuário Supervisão de até 8 teclados O texto personalizado do teclado é totalmente programável através do RPS Menu de função completo incluindo funções personalizadas Autoridade por área e nome de 32 caracteres para cada usuário 14 níveis de autoridade personalizados controlam a autoridade do usuário para alterar, adicionar ou excluir senhas para desarmar ou desabilitar áreas; e para iniciar testes do sistema;

11 Idioma primário e secundário programável por usuário e teclado; possibilidade de escolha entre inglês, espanhol, francês e português Configurações de área A programação de área oferece uma ampla seleção de diferentes configurações do sistema. Faça com que armar uma área dependa de outras áreas (principal ou associada), se desejado. Você pode configurar qualquer área para armar o perímetro e áreas internas, sem exigir uma área separada para esta função. Vincule várias áreas a uma área compartilhada que seja controlada automaticamente (corredor ou saguão). Para aplicações com maior exigência de segurança, o recurso Rearmar Área garante que as áreas estejam sempre rearmadas e que não permaneçam desarmadas após um limite de tempo específico e configurável (por exemplo, tempo de serviço). Funções personalizadas Para maior conveniência, o instalador pode programar funções personalizadas que permitem que os clientes executem tarefas complexas pressionando menos teclas. Por exemplo, uma função personalizada pode desabilitar um grupo de pontos e armar o sistema, permitindo que o usuário execute esta função com um único comando simples. Os instaladores podem usar funções personalizadas para controlar uma área específica. Os clientes ativam funções personalizadas com um teclado, com um botão tipo chaveiro, por falha de um ponto ou automaticamente através de um evento programado (SKED). Segurança de senha Regra de duas pessoas - Exige que duas pessoas com duas senhas exclusivas estejam presentes no momento da abertura. Early Ambush (Emboscada inicial) - Permite que o usuário confirme que o local está seguro exigindo duas senhas. O painel de controle envia um evento de coação se o usuário não inserir a senha uma segunda vez após inspecionar as instalações. Controle de saída fácil O painel de controle muda de um estado Ativado (armado) para outro estado Ativado (armado) sem desativar (desarmar) o sistema. Por exemplo, se você alterar o estado de Parcialmente Ativado (Armar perímetro) para Totalmente Ativado (Armar principal), o painel de controle obedece e reporta a alteração. O Controle de Saída Fácil reduz o número de pressionamentos de tecla, simplificando a operação do sistema. Módulos

12 B201 Módulo de Circuito Alimentado por 2 Fios Módulo de oito entradas B208 Módulo de oito saídas B308 Módulo de comunicação Ethernet Conettix B426 Comunicador telefônico B430 Comunicador celular Conettix B440 Comunicador celular CDMA Conettix B441 Comunicador Celular GPRS B442 (América Latina) HSPA B443 + Comunicador Celular (Canadá) Interface do comunicador Conettix B450 B520 Auxiliary Power Supply Module Receptor sem fio B810 (RADION) Módulo de interface Inovonics SDI2 B820 Módulo de supervisão do cabo da bateria D113 Módulo de inicialização Classe B duplo D125B Módulo de inicialização Classe A D129 Módulo de relé auxiliar D130 Módulo de relé de inversão do detector de fumaça D132A Módulo de relé D133/D134 Módulo de sinalização de polaridade inversa D185 Supervisão de circuito de sirene Estilo Y, Classe B D192G CAIXA PARA ACOMODAÇÃO DAS PLACAS DO SISTEMA DE ALARME 01 UNIDADE Branco, caixa de aço. Aceita um bloqueio opcional e tamper. Medida 27,8 centímetros x 25,9 centímetros x 8,32 centímetros. MÓDULO DE RECEPÇÃO 08 UNIDADES Funcionar com fonte de alimentação adaptador AC; Inclui 72 horas de bateria de polímero de lítio de back-up em caso de falha de energia AC; Supervisionado por baixo da bateria, tampa de falsificação, falha AC, e remoção de montagem condições de adulteração de superfície; Até 8 repetidores podem ser utilizadas em um sistema; Ampliar a gama e melhora a confiabilidade do sistema sem fio. MÓDULO EXPANSOR DE SAÍDAS (OUTPUT) COM 8 RELÉS 20 UNIDADES Possuir funções de saída programáveis Possuir facilidade de leitura de interrupção embarcado. Fornecer oito relés de forma C 1 A a 24 VDC contato do relé Permitir o controle remoto das saídas Possuir conector de fiação de interconexão modular rápida SENSOR DE ALARME SÍSMICO ELETRÔNICO (VIBRAÇÃO/IMPACTO), SEM FIO 20 UNIDADES

13 Reconhecer as vibrações provocadas por explosivos e ferramentas, tais como brocas com ponta de diamante, aríetes mecânicos e hidráulicos, maçaricos de corte, lanças térmicas ou cortadores a jactos de água. Processar de sinais digitais monitorizam uma gama de frequências baixas, proporcionando uma detecção fiável. O detector sísmico tolera as condições ambientais, tais como a movimentação do ar e o ruído. Características técnicas: Definições de sensibilidade através de interruptores DIP. As definições de sensibilidade são selecionadas por meio do interruptor DIP. Selecione a definição de sensibilidade mais adequada ao tipo de utilização, ao material e ao objeto, bem como a qualquer interferência presente. Disponibilizar as seguintes definições: Aço, 2,0 m Aço, 2,5 Betão 4,0 m Modo de utilizador, com SensTool SENSOR MAGNÉTICO WIRELESS 10 UNIDADES Transmissor integrado com contato do interruptor reed magnético u Instalação embutida em portas ou janelas. Funcionamento de até 5 anos utilizando bateria de Lítio AAA substituível. Supervisionador para identificar condições de bateria baixa e violação na tampa. Características técnicas: Potência/voltagem 1,5 VCC Tipo da bateria Lítio AAA Vida útil da bateria Até 5 anos Considerações ambientais: Temperatura Intervalo funcional: -10 C a +49 (+14 F a +120 F) Somente UL: 0 C a +49 C (+32 F a+120 F) Somente EN Classe II: -10 C a 40 C (+14 F a +104 F) Ambiente Em conformidade com EN Classe II Umidade relativa Até 93% sem condensação Detecção de violação na tampa Transmite um sinal de violação quando a tampa é removida do detector. Frequência 433,42 MHz BOTÃO ACIONADOR DE PÂNICO SEM FIO 02 UNIDADES Resistente à água e poeira; Enviar alarmes de pânico por utilizador para uma identificação personalizada; Versões de dois botões para reduzir falsas ativações;

14 Até 5 anos de duração da bateria; Monitorar áreas remotas e em condições de bateria fraca; Características técnicas: Dimensões 63,7 mm x 35,5 mm x 13,0 mm (2,51 pol. x 1,40 pol. x 0,51 pol.) Alimentação/Tensão Uma pilha de lítio CR2032, 3 VDC Duração da pilha Até 5 anos SIRENE INTERNA E EXTERNA 02 unidades Sirene tipo piezelétrica, com potência sonora mínima de 1m e máxima de 1m, cuja instalação deverá respeitar os limites da legislação local, com programação para funcionamento de 01 (um) até 20 (vinte) minutos; Deve se auto acionar nos casos de corte da comunicação com a Central de Alarme. Tal situação deve ser identificada pela Central de Alarme que enviará alerta de ocorrência para a Central de Monitoramento; Deve ser instalada em caixa blindada, resistente a intempéries, em local de difícil acesso, e possuir chave com fechadura para desativação em caso de corte ou manutenção; Devem ser do tipo autoalimentadas, dotadas de alimentação 12 (doze) volts e também de bateria recarregável interna com duração aproximada de 20 (vinte) minutos em plena potência para o funcionamento durante a falta de energia elétrica da rede pública; Deve possuir proteção de tamper de tampa e parede; Permitir interligação à Central de Alarme via tecnologia barramento serial RS485 endereçável, permitindo assim auditoria; Ser compatível com a central de alarme de forma que possa ser auditada, calibrada e se comunicar também em caso de bateria baixa ou outros problemas. Possuir iluminação do tipo estrobo piscante em caso de disparo. Possuir iluminação para colocação do logo da empresa. Possuir opção de ser alimentada pela central ou pela bateria e em caso de alarme e que tal opção seja configurável de acordo a escolha do cliente. Se configurada para em caso de alarme consumir corrente da bateria ao invés da central ou o contrário. Todos os equipamentos de Alarme devem possuir linha de atendimento direto para abertura de chamados direta no fabricante do produto, com reposição de peças e suporte de hardware, com SLA 24X7, com 6 horas de solução. SWITCH ETHERNET 02 UNIDADES

15 A solução deve ser composta de um único equipamento, montável em rack 19 devendo este vir acompanhado dos devidos acessórios para tal. Possuir fonte de alimentação interna que trabalhe em 100V-240V, 50/60 Hz Implementar Power over Ethernet (PoE) segundo o padrão IEEE 802.3af em todas as portas 1000Base-T, com no mínimo 370W de potência disponível para dispositivos PoE através de fonte interna. Possuir, no mínimo107.2 de throughput Possuir capacidade de roteamento, de no mínimo 144Gbps Detecção automática MDI/MDIX em todas as portas UTP RJ-45. Possuir porta de console com conector RJ-45. Possuir 24 portas 10/100/1000BASE-T ativas, podendo operar em modo combo com 4 portas SFP/SFP+ totalizando 24 portas operando simultaneamente Deverá possuir 4 portas dual-personality 10/100/1000Base-T ou SFP frontal Permitir empilhamento de até 4 equipamentos e gerência através de um único endereço IP. O empilhamento deve ser por modulo traseiro com velocidade de 10Gbps por porta moria e processador:128 MB SDRAM, 16MB flash; packet buffer size de 2MB Tamanho da tabela de roteamento 32 entradas(ipv4) Tabela MAC deverá suportar 16mil endereços Suportar protocolo GARP VLAN Suportar protocolo IEEE 802.1ad Qinq e Selective Qinq Deve implementar os serviços layer 3 de ARP, DHCP, loopback interface address Deve implementar ACL's Autenticação por protocolo IEEE 802.1X Autenticação baseada no endereço MAC Possuir Guest VLAN Possuir Endpoint Admission Implementar protocolos LLDP, LLDP-MED e LLDP-CDP Implementar Ip Multicast Snooping (data-driven IGMP) Gerenciamento deverá ser VIA Web Browser ou CLI e ser acessado remotamente Deverá possuir Multiplos arquivos de configuração armazenados na memória flash Possuir protocolos SNMPv1, V2c e V3 Monitoramento Remoto (RMON) Tecnologia SFLOW Comportar espelhamento das portas permitindo que a porta Monitor receba informação de 1 ou mais portas espelhadas Suportar modulo 10GbE, XFP, SFP+ disponíveis para uplinks. Arquitetura nonblocking de até 192 Gb's Resiliência e alta disponibilidade: Spanning tree (MSTP, RSTP) RRPP Autenticação por RADIUS Garantia deverá ser ser Life time cobrindo suporte ou substituição enquanto o cliente possuir o equipamento. Deverá possuir garantia de pelo menos 03 (três) anos comprovado por documento do fabricante.

16 Possuir linha de atendimento direto para abertura de chamados direta no fabricante do produto, com reposição de peças e suporte de hardware, com SLA 24X7, com 6 horas de solução. SISTEMA DE GERENCIAMENTO DAS IMAGENS Será dada a preferência para o software de fabricação nacional. Sistema de gravação e monitoramento, com previsão ilimitada de expansão, com no mínimo 34 licenças para câmeras. Descrição geral do software de monitoramento e gravação: Software de monitoramento e gravação para circuito fechado de TV baseado em redes TCP/IP com capacidade de controlar e visualizar imagens de câmeras IP ou analógicas conectadas por servidores de vídeo ou codificadores, bem como gravar as imagens para posterior pesquisa e recuperação seletiva. O software deverá possuir interface gráfica amigável baseada em Windows e exibição de tela, funções, cardápio, janelas de auxílio, estar todo em português Brasil, assim como todos os seus manuais. Arquitetura do Software: Trabalhar com câmeras IP e câmeras analógicas simultaneamente desde que estejam conectadas à rede TCP/IP diretamente ou através de um Vídeo Server (Servidor de Vídeo TCP/IP). O Sistema deverá ser baseado na arquitetura cliente/servidor que permite que o servidor realize as gravações e gerenciamento das câmeras e os clientes (Não deverá haver limite de clientes) monitore as câmeras. As funções de gravação e monitoramento poderão eventualmente estar no mesmo equipamento PC/servidor. Permitir operações simultâneas como gravação, reprodução de vídeo, configuração do sistema, monitoramento ao vivo, consulta de eventos, pesquisa de imagens, monitoramento do servidor e diversas outras tarefas, sendo que a execução de uma tarefa não poderá afetar na execução da outra. Suportar gravação e monitoramento de imagens em Motion-JPEG, MPEG-4, WAVELET, H.263 e H.264. Possuir sistema de Multi-Streaming, permitindo que a gravação seja realizada em uma determinada configuração de vídeo e o monitoramento seja feito com outra configuração, através de Perfis de Vídeo. (Ex: Gravação em 4CIF com 7FPS e Monitoramento em 1CIF com 15FPS). Estar preparado para trabalhar com dois ou mais processadores, dividindo as tarefas do software em ambos processadores a fim de aumentar o desempenho do sistema. Permitir utilizar qualquer resolução de imagem (Mesmo acima de 1280x1024). Importante ressaltar que resolução de imagem aqui informada refere-se à resolução da imagem gerada pela câmera e não resolução de vídeo do computador. Possuir teclado virtual no Cliente de Monitoramento, facilitando a operação do sistema quando um teclado físico não estiver presente. Possuir recurso de Filtro de IP, liberando acesso ao servidor apenas aos IPs autorizados.

17 Possibilitar a autenticação dos usuários do sistema por biometria, evitandose, desta maneira, acessos internos e externos indevidos. Possuir compatibilidade com Caracteres Unicode. Trabalhar com sistema de licenciamento por câmeras, permitindo a expansão do sistema com licenças adicionais. Possuir arquitetura de servidores Mestre e Escravo, permitindo que o sistema compartilhe uma mesma base de usuários com todos os servidores, facilitando a administração do sistema, quando o mestre cair os escravos assumem as configurações do mestre. Permitir que, nas atualizações de upgrades, os clientes de monitoramento sejam atualizados automaticamente quando o servidor for atualizado, sem a necessidade de reinstalação dos clientes, tornando esses, totalmente compatíveis com o servidor. Suportar no mínimo 10 fabricantes de câmeras IP incluindo a ofertada para este processo. Suportar vídeos de câmeras ONVIF. O software deverá ter suporte a protocolos TCP-IP e UDP (Unicast e Multicast) O software deverá permitir a distribuição de vídeos através de um sistema de multicast por demanda. O sistema deverá permitir que s enviados por SMTP possam utilizarse de servidores com autenticação SSL. Possuir um gerenciador de serviços automático onde são apresentados os status de cada serviço disponível no sistema. Suportar áudio bidirecional e unidirecional sincronizado com vídeo, ao vivo, gravado e setorizado. O sistema deverá permitir suporte completo para dewarping de lentes panomórficas 360 graus com controles de visualização em quad, áreas virtuais e PTZ virtual, tanto nas imagens ao vivo como nas imagens gravadas. Possuir um servidor RTSP de mídia integrado que poderá ser utilizado para fornecer mídia para qualquer player que suporte o protocolo RTSP, além de poder ser utilizado também para enviar mídia para servidores de broadcast como Wowza. Permitir que o servidor RTSP de mídia possa ser integrado com sistemas de terceiros. O Servidor RTSP de mídia deverá suportar os formatos de vídeo: H.264, MPEG4 e Motion JPEG. O Servidor RTSP de mídia deverá suportar os formatos de áudio: PCM, G.711, G.726 e AAC. O Servidor RTSP deverá suportar envio de mídia em TCP e por UDP. Possuir módulo de gerenciamento de banco de dados onde o administrador poderá efetuar um backup do banco de dados do sistema, restaurar esse banco e reparar um arquivo corrompido. O software deverá ter um sistema seguro de acesso através de usuário e senha, acesso ao AD (Active Directory Windows), restringindo por data e hora e o computador que poderá ser acessado e confirmação por biometria. O software deverá desconectar o operador quando o seu horário de login no sistema for finalizado, ex: O operador tem autorização para operar o sistema das 08:00hs as 18:00hs, findo este horário o sistema automaticamente fará o logout do operador.

18 Permite capturar câmeras analógicas de DVR s integrados ao sistema e visualizá-las nos mesmos mosaicos utilizados pelas câmeras Ip s, em conjunto ou separadas. Possui matriz que permite criar e salvar diferentes mosaicos personalizados para visualização no cliente de monitoramento. Estes mosaicos são diferentes dos pré-definidos que acompanham os sistemas de CFTV. Gravação: Suportar velocidade de gravação e visualização ao vivo de até 30 FPS por câmera. Suportar gravação de N câmeras por servidor, sendo que o limite máximo de câmeras deve ser de acordo com a capacidade de disco e de processamento do servidor. O Software não deverá ter limite de câmeras por Servidor. Suportar gravação por detecção de movimento e Eventos (Sendo estes, Eventos Manuais ou Alarmes Externos). O sensor de movimento para gravação deverá permitir que sejam selecionadas ilimitadas áreas sensíveis ou não, ao movimento. Permitir gravação de Banco de Dados redundante, permitindo que o segundo Servidor assuma os controles no caso de queda do primeiro. (Fail- Over) Suportar agendamento de gravação por hora e dia da semana, sendo que o agendamento deve permitir a que o administrador especifique para cada faixa de hora o modo de gravação das imagens (Sempre Gravar, Por Movimento, Por Evento, Por Movimento e Evento) de cada câmera. Possuir recurso para aumentar a taxa de quadros da gravação se reconhecer movimento nas imagens. (Ex: Gravação padrão em 4FPS, se reconhecer movimento, gravar em 15FPS e quando parar o movimento, voltar a gravação para 4FPS). Possuir sistema de certificado digital que cria uma assinatura digital para cada foto gravada, garantindo a autenticidade da imagem. Possuir sistema de gravação que não tenha limite de gravação diário, ou seja, deve suportar mais de imagens por dia, por câmera sem a necessidade de mover as gravações para outro disco ou outra pasta de gravação. Permitir a visualização simultânea das gravações de mais de uma câmera, através de mosaicos, permitindo assim a reprodução de várias câmeras ao mesmo tempo, durante um mesmo período de tempo, facilitando a consulta e análise das imagens gravadas. Trabalhar com gravação no formado JPEG, MPEG-4, WAVELET, H.263 e H.264 Possuir controle de buffer para pré e pós-alarme. Possuir sistema de arquivamento de imagens com o seguinte funcionamento: O Sistema deverá, todos os dias a Meia Noite, copiar todas as gravações do dia anterior em um esquema de pastas no formato X:\ANOMESDIA\Camera (Ex: d:\ \cam1 d:\ \cam2). Seguindo este formato, todas as gravações de todas as câmeras do dia, devem estar na pasta raiz do dia, que será arquivada em fita através de um software qualquer de

19 backup. O Sistema não poderá apagar as gravações da mídia rápida (oficial) após realizar a sua cópia para a pasta temporária de armazenamento. Possuir sistema avançado para gerenciamento de disco, onde o sistema deve alocar automaticamente a quantidade de espaço em disco necessário para a gravação de cada câmera, baseando-se em uma especificação de número de dias ou horas que o usuário deseja manter as gravações. O sistema de gerenciamento de disco também deve oferecer um sistema de cotas de disco, sendo que o administrador poderá limitar uma quantidade de disco que deseja utilizar, compartilhando essa cota com todas as câmeras. Permitir que o usuário possa configurar um diretório para o backup das configurações do sistema e a quantidade de dias que deseja manter os arquivos de backup. Permitir a impressão de uma ou de várias imagens recuperadas e que estas possuam um código de originalidade impresso para comparações futuras. Estas imagens deverão ser armazenadas com possibilidades de consultas e novas impressões através desses códigos. Permite capturar tela, teclado e mouse de qualquer computador Windows existente na rede e gravar suas telas no mesmo storage de CFTV para posterior pesquisa. Permite a gravação das telas de computadores em Mjpeg, Mpeg4 ou H.264. Permite escolher quantos frames por segundo deseja-se gravar as telas dos computadores. Permite zoom digital e PTZ virtual sobre as imagens capturadas ao vivo e gravadas, dos computadores da rede. Permite a operação remota dos computadores capturados na rede. Permitir a gravação de áudio nos formatos: PCM, G.711, G.726 e AAC. Permitir a gravação de imagens geradas por lentes panomórficas 360 graus Monitoramento ao Vivo: Suportar monitoramento ao vivo de ilimitadas câmeras por cliente com diversos estilos de tela, oferecendo no mínimo sete formatos padrões de tela. Suportar a criação de novos formatos de tela para monitoramento. Permitir o funcionamento via Matriz Virtual completa, através de uma lista de monitores definidos para este fim, podendo o operador escolher o monitor desejado e enviar sequência ilimitada de imagens, mapas e mosaicos, operados por joystick, teclado e mouse. Permitir o controle de Matriz Virtual através de SDK/API para criação de macros e scripts em outras linguagens. Possibilitar que o operador, ao enviar um objeto para a Matriz Virtual, possa escolher a posição do objeto, em um quadrante do mosaico atual desejado em exibição no monitor de destino. Possuir sistema de sequenciamento de câmeras, onde o sistema troca automaticamente um grupo de câmeras em tela por um outro grupo de câmeras ou câmera em um tempo específico para cada grupo ou câmera, permitindo também a troca manual no sequenciamento através de botões de avançar e voltar.

20 Possuir mosaico automatizado de modo que o sistema deverá ajustar o formato de visualização da tela automaticamente, dependendo do número de câmeras em tela. Permitir que os usuários criem mosaicos públicos que poderão ser compartilhados com todos os usuários do sistema. Permitir que os mosaicos de monitoramento sejam atualizados dinamicamente em tempo real quando criados, atualizados ou apagados em todos os clientes de monitoramento, sem a necessidade de reconexão com o servidor. Permitir que o usuário faça um filtro dos objetos da lista de objetos constantes na tela do cliente de monitoramento. O filtro é aplicado a todos os objetos da lista, procurando por nome e descrição do objeto. Permitir aumentar a taxa de quadros de uma determinada câmera no monitoramento, quando selecionada (Ex: Monitoramento normal em 4FPS, se o usuário selecionar a câmera, aumentar para 30FPS, quando o usuário deselecionar a câmera, sua taxa de quadros deve retornar para 4FPS). Possuir sistema de perfil de usuários, de forma que de qualquer lugar que o usuário se conectar ele tenha o seu perfil de posicionamento das câmeras. Possuir detecção de movimento em tempo real no monitoramento ao vivo, independente da câmera possuir ou não essa função. Esta função deverá fazer com que o movimento seja marcado com uma cor específica (Padrão Verde) na tela. Permitir que o usuário que esteja visualizando remotamente as imagens tenha a possibilidade de realizar uma gravação local de emergência, gravando assim as imagens que estão sendo monitoradas, em seu disco local. No monitoramento ao vivo, o sistema deve permitir que seja feito zoom (Digital) de diferentes partes da tela, abrindo assim uma tela para cada zoom digital realizado. Possuir sistema de zoom com tratamento bilinear para evitar que a imagem fique quadriculada. Possibilitar a visualização de câmeras de vários servidores (Pode ser vários locais diferentes) em uma mesma tela. Possibilitar a criação de diversos mosaicos de monitoramento cada qual com configuração independente de posicionamento de câmeras. Suportar dois ou mais monitores de vídeo por estação cliente para o monitoramento ao vivo Possuir duplo clique em uma câmera para selecioná-la e maximizá-la (Tela Cheia Cliente de Monitoramento). Possibilitar a opção de remover câmera da tela, através do seu menu popup. Possibilitar informações das câmeras como resolução da imagem, Frames por segundo "FPS", Taxa de Transferência e Decoder. Deve ser identificado automaticamente na tela do cliente de monitoramento, o status de funcionamento das câmeras através de diferentes ícones da lista de objetos, ex: câmera gravando por movimento, por evento, por evento e movimento, parada, em funcionamento, etc. Possuir recurso de privacidade das câmeras. Com este recurso de modo de privacidade, o administrador poderá determinar uma lista de usuários que irão perder o acesso à câmera quando o operador ativar o modo de privacidade pelo cliente de monitoramento. Este recurso é muito útil quando

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes.

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. A versão Enterprise é o pacote que compreende todos os recursos disponíveis para o Sistema Digifort, oferecendo

Leia mais

Digifort Professional A solução ideal para empresas que necessitam o gerenciamento de até 64 câmeras

Digifort Professional A solução ideal para empresas que necessitam o gerenciamento de até 64 câmeras Digifort Professional A solução ideal para empresas que necessitam o gerenciamento de até 64 câmeras A versão Professional fornece os melhores recursos para o monitoramento local e remoto de até 64 câmeras

Leia mais

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes.

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. A versão Enterprise é o pacote que compreende todos os recursos disponíveis para o Sistema Digifort, oferecendo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E QUALIDADE DE VIDA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E QUALIDADE DE VIDA ESCOPO PRÉ-PROJETO Para implantação do Sistema de Segurança Eletrônica para o Laboratório de Engenharia Biomédica da UFPE 1. APRESENTAÇÃO 1.1. Este documento tem por finalidade servir de orientação para

Leia mais

CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA

CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA Brodowski, 12 de dezembro de 2014. CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA A Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari - Organização

Leia mais

Especificação técnica do Software de Gerenciamento de Vídeo

Especificação técnica do Software de Gerenciamento de Vídeo Especificação técnica do Software de Gerenciamento de Vídeo 1. Esta Especificação destina-se a orientar as linhas gerais para o fornecimento de equipamentos. Devido às especificidades de cada central e

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 113374 Câmera IP Speed Dome Externa (PTZ) para vigilância externa; com sensor de imagem em estado sólido do tipo CCD (Charged Coupe Device) ou CMOS; com lente com zoom ótico de pelo menos

Leia mais

Sistema de Segurança Digital Descritivo de recursos do sistema. DATASHEET EDIÇÃO ENTERPRISE Versão 7.0

Sistema de Segurança Digital Descritivo de recursos do sistema. DATASHEET EDIÇÃO ENTERPRISE Versão 7.0 DATASHEET EDIÇÃO ENTERPRISE Versão 7.0 A edição Enterprise é o pacote que compreende todos os recursos disponíveis para o Sistema Digifort, oferecendo total gerenciamento para ilimitadas câmeras e dispositivos

Leia mais

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras.

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras. MANUAL DO SISTEMA Introdução Apresentação Requisitos mínimos Instalação do programa Acessando o Secullum DVR Tela Principal Indicador de espaço em disco Disposição de telas Status de Gravação Usuário atual

Leia mais

CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA

CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA Brodowski, 12 de dezembro de 2014. CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SEGURANÇA A Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari - Organização

Leia mais

Soluções completas de segurança em vídeo IP

Soluções completas de segurança em vídeo IP Soluções completas de segurança em vídeo IP Soluções completas de segurança em vídeo IP www.indigovision.com IndigoVision Visão geral A solução empresarial de segurança IP IndigoVision garante o monitoramento

Leia mais

Gravação e Transmissão

Gravação e Transmissão O D-Guard Center é um poderoso sistema de controle e monitoramento, integrado aos mais diversos equipamentos de segurança eletrônica. Ilimitados dispositivos podem ser controlados e monitorados simultaneamente:

Leia mais

Datasheet SegVídeo v46-1 - 20/11/2013

Datasheet SegVídeo v46-1 - 20/11/2013 Datasheet SegVídeo v46-1 - 20/11/2013 Arquitetura Sistema de monitoramento de imagens (VMS). Sistema totalmente nacional, desenvolvido no Brasil. Arquitetura Cliente / Servidor. Ilimitados servidores,

Leia mais

Solução Hibrida para Integração de Câmeras Analógicas e Câmeras IP no Mesmo Servidor

Solução Hibrida para Integração de Câmeras Analógicas e Câmeras IP no Mesmo Servidor Gravador de Vídeo Digital Hibrido em Tempo-Real de até 36 Câmeras Solução Hibrida para Integração de Câmeras Analógicas e Câmeras IP no Mesmo Servidor Velocidade de gravação e visualização entre 120 FPS

Leia mais

Gravador digital de vídeo (DVR) de 8 canais Stand Alone

Gravador digital de vídeo (DVR) de 8 canais Stand Alone Gravador digital de vídeo (DVR) de 8 canais Stand Alone VX-8CH-240C-H 8 Canais de Vídeos e 1 Canal de Audio Suporta 1 (um) Disco Rígido (HD SATA) Compressão de Vídeo H.264 Integração com PTZ Hexaplex -

Leia mais

Manual Digifort Standard Cliente de Monitoramento Versão 6.3.0.0 Rev. A

Manual Digifort Standard Cliente de Monitoramento Versão 6.3.0.0 Rev. A Manual Digifort Standard Cliente de Monitoramento Versão 6.3.0.0 Rev. A 2 Cliente de Monitoramento - Versão 6.3.0.0 Índice Parte I Bem vindo ao Manual do Digifort Standard 5 1 Screen... Shots 5 2 A quem...

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS S.A.F.- DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/5 ANEXO I

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS S.A.F.- DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/5 ANEXO I S.A.F.- DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/5 ANEXO I MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO CENTRAIS DE ALARMES O presente memorial tem por objetivo descrever as instalações do sistema de proteção

Leia mais

Gravador digital de vídeo (DVR) de 16 canais Stand Alone

Gravador digital de vídeo (DVR) de 16 canais Stand Alone Gravador digital de vídeo (DVR) de 16 canais Stand Alone VX-16CH-C-H 16 Canais de Vídeos e 1 Canal de Audio Suporta 1 Disco Rígido (HD SATA) Compressão de Vídeo H.264 480 FPS (Frames por Segundo) Integração

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A

Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A Manual Digifort Explorer Cliente de Monitoramento Versão 6.2.0.0 Rev. A 2 Cliente de Monitoramento - Versão 6.2.0.0 Índice Part I Bem vindo ao Manual do Digifort Explorer 4 1 Screen... Shots 4 2 A quem...

Leia mais

VS-100. H.264 PoE Servidor Vídeo. H.264 Compressão. Comparação Taxa Compressão

VS-100. H.264 PoE Servidor Vídeo. H.264 Compressão. Comparação Taxa Compressão VS-100 H.264 PoE Servidor Vídeo AirLive VS-100 é um canal servidor de vídeo para facilmente actualizar a sua antiga camera CCTV numa camera IP com capacidade-rede e assim converter o seu sistema local

Leia mais

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO)

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) Há vários tipos de sistemas de gravações digitais. Os mais baratos consistem de uma placa para captura de vídeo, que

Leia mais

EaglePlus CMS/NVR. Gerenciamento Hibrido de Câmeras IP, NVRs, Encoders, Decoders, DVR PC-Based e Standalone

EaglePlus CMS/NVR. Gerenciamento Hibrido de Câmeras IP, NVRs, Encoders, Decoders, DVR PC-Based e Standalone EaglePlus CMS/NVR Gerenciamento Hibrido de Câmeras IP, NVRs, Encoders, Decoders, DVR PC-Based e Standalone Velocidade de visualização e gravação de até 30 FPS por câmera Monitoração e gravação remota de

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

POE-260CAM. Internet. POE Pan-Tilt Camera IP Visão Nocturna POE-260CAM POE-260CAM LAN LAN. WAN ADSL / Cabo Modem LAN

POE-260CAM. Internet. POE Pan-Tilt Camera IP Visão Nocturna POE-260CAM POE-260CAM LAN LAN. WAN ADSL / Cabo Modem LAN h T é uma avançada camera IP POE com funções Pan e Tilt. (Roda e Inclina). Você pode definir uma área particular de patrulha; ela irá depois mover suas lentes em ambas direcções horizontal e vertical continuamente

Leia mais

Operação Básica. Login no Sistema

Operação Básica. Login no Sistema INDICE Operação Básica... 1 1. Logon no Sistema... 1 2. Menu Principal... 1 3. Configurando Gravação... 2 4. Detecção de Movimento... 2 5. Reprodução... 4 6. Configuração de Rede... 6 7. Serviços de Rede...

Leia mais

Software Control Center

Software Control Center Software Control Center Uma solução empresarial de segurança IP, com capacidade de gerenciamento de vídeos, áudio e alarmes sobre redes IP Soluções completas de segurança em vídeo IP www.indigovision.com

Leia mais

STCOM NVR Plus Manual do usuário

STCOM NVR Plus Manual do usuário STCOM NVR Plus STCOM NVR Plus Manual do usuário STCOM NVR Plus Página 2 Índice 1 Prefácio... 3 Principais módulos:... 4 2. Introdução ao Servidor NVR... 5 2.1 Entrar e sair no sistema... 5 2.2 Introdução

Leia mais

Primeira parte: operações básicas

Primeira parte: operações básicas Esta linha de DVR EXVISION foi projetada especialmente para as áreas de segurança e vigilância, e é um excelente produto em termos de vigilância digital. Ele possuiu um sistema operacional LINUX integrado

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais

Manual do Usuário. Camera IP GREATEK

Manual do Usuário. Camera IP GREATEK Manual do Usuário Camera IP GREATEK SEGI-1G Por favor leia o Manual do Usuário cuidadosamente garantindo uma utilização correta deste produto e guarde este manual para uma referencia futura. Indice 1-Características...

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Android

Manual do usuário. isic 5 - Android Manual do usuário isic 5 - Android isic 5 - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O novo aplicativo Intelbras isic 5 possui tecnologia capaz de visualizar

Leia mais

PC-DVR 16/32CH 480 FPS

PC-DVR 16/32CH 480 FPS TVCR202 Foto meramente ilustrativa PC-DVR 16/32CH 480 FPS Gravador Digital (16+16CH) DVR 16/32 CH 480FPS Características Rack 4U e versões em 3U, 2U e 1U disponíveis para os modelos: TVCR 202-L, TVCR 202-3

Leia mais

2009 GeoVision, Inc. Todos os direitos reservados.

2009 GeoVision, Inc. Todos os direitos reservados. Sistema de Vigilância Guia de novas características V8.3.3 2009 GeoVision, Inc. Todos os direitos reservados. Sob as leis de copyright, esse manual não pode ser copiado, por inteiro ou em parte, sem o

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

Índice Visão Geral... 2 Cabeamento... 5 Erro! Indicador não definido. Requisitos do Sistema... 6 Câmera de Acesso... 7

Índice Visão Geral... 2 Cabeamento... 5 Erro! Indicador não definido. Requisitos do Sistema... 6 Câmera de Acesso... 7 Índice 1. Visão Geral... 2 1.1 Recursos... 2 1.2 Conteúdo da Embalagem... 3 1.3 Dimensões... 3 1.4 Conectores... 4 2. Cabeamento... 5 2.1 Conexão de Energia... 5 2.2 Ligação do cabo Ethernet... 5 2.3 Montagem

Leia mais

Manual Câmera IP CX-1000

Manual Câmera IP CX-1000 Manual Câmera IP CX-1000 Avisos Para reduzir o risco de incêndio ou shock elétrico, não exponha esse produto na chuva ou mofo. Não insira nenhum objeto de metal através das grades de ventilação. PERIGO

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda

Leia mais

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708

Guia Rápido de Instalação. VNT 7704 e VNT 7708 Guia Rápido de Instalação VNT 7704 e VNT 7708 Conteúdo 1. Instale o HD... 3 1.1. Instale o HD... 3 2. Conexões... 3 2.1. Vista traseira do DVR de 04 canais... 3 2.2. Vista traseira do DVR de 08 canais...

Leia mais

MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR

MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR MANUAL DE FUNÇÕES DO DVR Flash Systems - Manual de Funções do DVR Manual de Funções do DVR Descrevemos aqui as principais funções do DVR. Para acesso, na tela inicial do DVR, clique o botão direito do

Leia mais

Manual do Radioserver

Manual do Radioserver Manual do Radioserver Versão 1.0.0 Alex Farias (Supervisão) Luiz Galano (Comercial) Vinícius Cosomano (Suporte) Tel: (011) 9393-4536 (011) 2729-0120 (011) 2729-0120 Email: alex@smartptt.com.br suporte@smartptt.com.br

Leia mais

Servidor de Câmera Internet Dia/Noite PoE Megapixel HD Externo TV-IP322P (v1.0r)

Servidor de Câmera Internet Dia/Noite PoE Megapixel HD Externo TV-IP322P (v1.0r) INFORMAÇÕES GERAIS Campo de visão estreito para monitoramento de longa distância Visão noturna a até 20 metros (66 ft.) Pronto para instalação outdoor com grau IP66 à prova de intempéries. Resolução H.264

Leia mais

Prezado Sr. Wellington Nogueira Gisele Maria Arneiro Filipo Fernandes

Prezado Sr. Wellington Nogueira Gisele Maria Arneiro Filipo Fernandes Prezado Sr. Wellington Nogueira seguem pontualmente os ESCLARECIMENTOS, em atendimento à solicitação de Vossa Senhoria e conforme parecer técnico da área competente desta Casa. Lembramos, outrossim, que

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Exclusivo sistema de hibernação quando o equipamento encontra-se sem energia vinda da rede elétrica, o

Leia mais

ANEXO 1A ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS

ANEXO 1A ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS ANEXO 1A ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS ITEM 1 EQUIPAMENTO DE GRAVAÇÃO NVR (NETWORK VÍDEO RECORDER) QUANTIDADE: 01 Suporte a no mínimo 24 canais IP'S Acesso remoto a servidor WeB incorporado ao NVR com

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil Características - Único com este conceito no mercado e com preços atraentes; Iluminação frontal, com chave liga/desliga, em quatro opções de cores (azul, verde, vermelho e amarelo); - Possui sistema de

Leia mais

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário Página 1 de 20 Security Shop MRS Media Relay System Manual do Usuário Página 2 de 20 Conteúdos: Conteúdos:... 2 Figuras:... 3 1. Introdução... 4 1.1 Âmbito do Documento... 4 1.2 Terminologia... 4 2. GERAL...

Leia mais

EaglePlus 6400. Solução Hibrida com Análise de Vídeo Integrado. para Câmeras Analógicas e IP.

EaglePlus 6400. Solução Hibrida com Análise de Vídeo Integrado. para Câmeras Analógicas e IP. Servidor de Vídeo NVR Híbrido de até 64 Câmeras com Análise de Vídeo Solução Hibrida com Análise de Vídeo Integrado em Tempo-Real para Câmeras Analógicas e IP. Análise de Vídeo Integrado: Detecção de Face,

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Android

Manual do usuário. isic 5 - Android Manual do usuário isic 5 - Android isic 5 - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O novo aplicativo Intelbras isic 5 possui tecnologia capaz de visualizar

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego;

Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Características Baseado na portaria n 373 de 25 de fevereiro de 2011 do Ministério do Trabalho e Emprego; Poderá ser utilizado por empresas autorizadas por convenção ou acordo coletivo a usar sistemas

Leia mais

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO

HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO HVR - GRAVADOR DIGITAL DE VÍDEO HÍBRIDO GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO Guia rápido do usuário para instalação e operação do DVR Edição R1.0 Bem-vindo! A série DVR/HVR, é um gravador, reprodutor e editor de imagens,

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES...4 1.1 REQUERIMENTOS DE SISTEMA...4 2 TABELA DE GRAVAÇÃO...5 3 INSTALAÇÃO...6 3.1 INSTALAÇÃO DO DVR USB...6 3.

1. ESPECIFICAÇÕES...4 1.1 REQUERIMENTOS DE SISTEMA...4 2 TABELA DE GRAVAÇÃO...5 3 INSTALAÇÃO...6 3.1 INSTALAÇÃO DO DVR USB...6 3. 1. ESPECIFICAÇÕES...4 1.1 REQUERIMENTOS DE SISTEMA...4 2 TABELA DE GRAVAÇÃO...5 3 INSTALAÇÃO...6 3.1 INSTALAÇÃO DO DVR USB...6 3.2 INSTALAÇÃO DO PROGRAMA...6 4 PROGRAMA SUPER DVR...13 4.1 INTERFACE PRINCIPAL...13

Leia mais

Manual Digifort Enterprise Cliente de Administração Versão 6.3.0.0 Rev. A

Manual Digifort Enterprise Cliente de Administração Versão 6.3.0.0 Rev. A Manual Digifort Enterprise Cliente de Administração Versão 6.3.0.0 Rev. A 2 Cliente de Administração- Versão 6.3.0.0 Índice Parte I Bem vindo ao Manual do Digifort Enterprise 9 1 Screen... Shots 9 2 A

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo; Acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Iluminação frontal, com chave

Leia mais

Câmera Internet PoE com PTZ Megapixel TV-IP672P (V1.0R)

Câmera Internet PoE com PTZ Megapixel TV-IP672P (V1.0R) (V1.0R) INFORMAÇÕES GERAIS Veja mais com resolução Megapixel de até 1280 x 800 (WXGA) Pan de 340º horizontalmente e tilt 115º verticalmente A Câmera Internet PoE com PTZ Megapixel, modelo, fornece segurança

Leia mais

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR;

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Vid8 Servidor Versão 8.13.0411 Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Versão 8.12.0311 Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Versão 8.11.0311 Correção

Leia mais

Manual Software CMS. Introdução:

Manual Software CMS. Introdução: Introdução: O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa eletrônico

Leia mais

Manual Software 36 canais Câmera IP. 1. Introdução

Manual Software 36 canais Câmera IP. 1. Introdução 1. Introdução O software cliente permite configurar, capturar imagens, fazer buscas e armazenar gravações de até 36 câmeras remotamente. Este software acompanha cada câmera IP adquirida. Possui recurso

Leia mais

Secullum Acesso.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Acesso.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Módulo. Estacionamento.

Secullum Acesso.Net ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Secullum Acesso.Net. Ficha Técnica. Serviço de Comunicação. Módulo. Estacionamento. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Serviço de Comunicação Secullum Acesso.Net Estacionamento Gerencial Integração CFTV Pessoal Recepção Refeitório Automação Sistema Operacional: compatível com Windows XP ou superior

Leia mais

Manual do usuário. Intelbras isic5 Tablet - Android

Manual do usuário. Intelbras isic5 Tablet - Android Manual do usuário Intelbras isic5 Tablet - Android Intelbras isic5 Tablet - Android Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual irá auxiliá-lo na instalação

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Câmera Internet Wireless N Dia/Noite com Pan / Tilt / Zoom TV-IP651WI (v1.0r)

Câmera Internet Wireless N Dia/Noite com Pan / Tilt / Zoom TV-IP651WI (v1.0r) Câmera Internet Wireless N Dia/Noite com Pan / Tilt / Zoom A Câmera Internet PTZ Wireless Dia / Noite, modelo TV- IP651WI, fornece monitoração video dia e noite a grandes áreas. Pan a câmera de lado a

Leia mais

CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA FORNECIMENTO E IMPLANTAÇÃO DE GRUPO GERADOR

CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA FORNECIMENTO E IMPLANTAÇÃO DE GRUPO GERADOR Brodowski, 14 de dezembro de 2015. CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURIDICA ESPECIALIZADA PARA FORNECIMENTO E IMPLANTAÇÃO DE GRUPO GERADOR A Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari

Leia mais

PC-DVR MPEG4 TVCR202 (RAID) - 480 FPS. DVR Profissional MPEG4 DVR 32 CH 480FPS. Acesso Remoto. Gravador Digital (16+16CH) Características

PC-DVR MPEG4 TVCR202 (RAID) - 480 FPS. DVR Profissional MPEG4 DVR 32 CH 480FPS. Acesso Remoto. Gravador Digital (16+16CH) Características TVCR202 (RAID) PC-DVR 32CH MPEG4-480 FPS Gravador Digital (16+16CH) DVR 32 CH 480FPS MPEG4 Características Rack 4U e versões em 1U, 2U e 3U disponíveis para os modelos TVCR 202-1 (1U), TVCR 202-22 (2U)

Leia mais

Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client

Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client Diferentes modos para visualizar gravações no Software HMS Client O Software HMS Client permite visualização de imagens de 3 maneiras diferentes: Imagens dos dispositivos (Mini Câmeras e NVRs) gravadas

Leia mais

DVR CHIP PHILIPS. Índice. 1. Especificações Técnicas... 4. 2. Requerimentos... 5

DVR CHIP PHILIPS. Índice. 1. Especificações Técnicas... 4. 2. Requerimentos... 5 Índice 1. Especificações Técnicas... 4 2. Requerimentos... 5 3. Instalação... 6 3.1 Instalação da Placa... 6 3.2 Instalação do Driver... 7 3.3 Instalação do Programa Servidor [Server Install]... 9 3.4

Leia mais

Superintendência de Segurança Institucional

Superintendência de Segurança Institucional Superintendência de Segurança Institucional PRÉ-PROJETO Para implantação do Sistema de Segurança Eletrônica para o Centro de Ciências Jurídicas - CCJ UFPE Recife,12 de abril de2012. 1. APRESENTAÇÃO 1.1.

Leia mais

Painéis de controle de intrusão Guia Rápido. Maio de 2015

Painéis de controle de intrusão Guia Rápido. Maio de 2015 Painéis de controle de intrusão Guia Rápido Maio de 2015 Painéis de controle Série B Número de tipo comercial B3512 B4512 B5512 Aplicações Tipo Residencial, comercial de pequeno porte Residencial, comercial

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 Obrigado por escolher o DVR USB ST-104 DIMY S. Por favor, certifique-se que a operação do produto esta de acordo com este manual para garantir a estabilidade do sistema

Leia mais

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões.

1.1. Gerenciamento de usuários e permissões. Suporta vários níveis de gerenciamento, gerenciamento de usuários e configuração de permissões. CAMERA IP SERIE AV O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa

Leia mais

DVR 16CH H.264-480 FPS

DVR 16CH H.264-480 FPS TVCR301 DVR 16CH H.264-480 FPS Gravador Digital (16CH) DVR 16 CH 480FPS H.264 Características Modelo Compacto; Instalação sem ferramentas (Tool-Free); Controles: Botão Liga/Desliga, system reset switch;

Leia mais

Versão 5.1 - português MANUAL DO USUÁRIO

Versão 5.1 - português MANUAL DO USUÁRIO Versão 5.1 - português MANUAL DO USUÁRIO Versão 5.1 - português Sistema Inteligente de Monitoramento Client Multimonitor Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz informações

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

Manual do Usuário - Câmera IP. Página 1

Manual do Usuário - Câmera IP. Página 1 Página 1 Índice Capítulo 1 Instrução Software 2 Capítulo 2 Instalação de instruções 3 Capítulo 3 Introdução das funções básicas 5 Capítulo 4 Monitoramento 7 Capítulo 5 Sistema 8 Capítulo 6 Conta 21 Capítulo

Leia mais

Manual Instalação e Operação. Visão Digital 480 Full

Manual Instalação e Operação. Visão Digital 480 Full Manual Instalação e Operação Visão Digital 480 Full Sistema Profissional de Gravação Digital de Vídeo Digital Desenvolvido por: 1/20 1. Antes da Instalação 1.1 Especificações do Produto Entrada de Vídeo

Leia mais

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2 DSS H.264 DVR Guia de instalação rápida V1.0.2 1. Instalação de Disco Rígido Aviso! Recomendamos para instalar com segurança utilizar HDD SATA. Certifique-se de que a energia não esteja desligada antes

Leia mais

Câmeras. Internas. www.foscam.com.br

Câmeras. Internas. www.foscam.com.br Câmeras Internas IP WIRELESS FOSCAM FI9821W A câmera IP FOSCAM FI9821W é uma solução para clientes que procuram um equipamento de alto desempenho, com compressão de imagem H.264 e resolução Megapixel.

Leia mais

Câmera CFTV Digital Sem Fio

Câmera CFTV Digital Sem Fio Câmera CFTV Digital Sem Fio Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Índice Visão Geral... 2 Cabeamento da Câmera... 6 Requisitos do Sistema... 7 Câmera de Acesso... 8 Configuração de Resolução de Vídeo...

Índice Visão Geral... 2 Cabeamento da Câmera... 6 Requisitos do Sistema... 7 Câmera de Acesso... 8 Configuração de Resolução de Vídeo... Índice 1. Visão Geral... 2 1.1 Recursos... 2 1.2 Conteúdo da Embalagem... 3 1.3 Dimensões da Câmera... 4 1.4 Conectores... 5 2. Cabeamento da Câmera... 6 2.1 Conexão de Energia... 6 2.2 Ligação do cabo

Leia mais

Primeira parte: Operação básica

Primeira parte: Operação básica A série DVR, projetada especialmente para a área de segurança e monitoramento, é um produto de monitoramento digital excepcional. Ela tem o sistema operacional LINUX incorporado, que é mais estável. Além

Leia mais

Guia do Usuário da Ferramenta de Instalação da Câmera Avigilon

Guia do Usuário da Ferramenta de Instalação da Câmera Avigilon Guia do Usuário da Ferramenta de Instalação da Câmera Avigilon Versão 4.10 PDF-CIT-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação

Leia mais

DVR (04 canais; mínimo 160 GigaByte de armazenamento) Especificação técnica

DVR (04 canais; mínimo 160 GigaByte de armazenamento) Especificação técnica DVR (04 canais; mínimo 160 GigaByte de armazenamento) Especificação técnica Descrição O sistema deve ser baseado em arquitetura robusta equivalente a de PC industrial, CPU igual ou superior da família

Leia mais

GUIA RÁPIDO. Índice 1 / 33

GUIA RÁPIDO. Índice 1 / 33 Índice Primeira Parte: Operações Básicas... 3 1. Instalações Primárias... 3 1.1 Instalação do HD... 3 1.2 Conectando o Mouse... 3 2. Iniciando... 3 3. Desligando... 3 4. Login... 4 5. Visualização... 4

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Quick VMS Software Cliente. Quick VMS Manual do Software

Quick VMS Software Cliente. Quick VMS Manual do Software Quick VMS Manual do Software Conteúdo Apresentação Quick VMS... 3 Especificações Técnicas... 4 Configuração e Operação... 5 1.1 Instalando e Registrando... 5 1.1.1 Instalando o Quick VMS... 5 1.2 Configurações

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de imagem via celular (isic) para sistema operacional BlackBerry

MANUAL DO USUÁRIO. Software de imagem via celular (isic) para sistema operacional BlackBerry MANUAL DO USUÁRIO Software de imagem via celular (isic) para sistema operacional BlackBerry Software de imagem via celular para sistema operacional BlackBerry Parabéns, você acaba de adquirir um produto

Leia mais