BIOS: POST, CMOS e SETUP - Configuração. Jeronimo Costa Penha SENAI-CFP/JIP Cataguases - MG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BIOS: POST, CMOS e SETUP - Configuração. Jeronimo Costa Penha SENAI-CFP/JIP Cataguases - MG"

Transcrição

1 BIOS: POST, CMOS e SETUP - Configuração Jeronimo Costa Penha SENAI-CFP/JIP Cataguases - MG

2 BIOS: POST, CMOS e SETUP - Configuração Ao ligar um micro, o primeiro software que é carregado é o BIOS da placa-mãe Faz a contagem da memória RAM Realiza uma detecção rápida dos dispositivos Carrega o sistema operacional principal a partir do HD, CD-ROM, pendrive, disquete, rede ou outra mídia que estiver disponível.

3 Post O procedimento inicial é chamado de POST (Power-on self test). Possui duas funções básicas: Detectar o hardware instalado Atribuir endereços de IRQ, endereços de I/O Verificar os componentes básicos Em caso de erros, o BIOS emite o código de avisos sonoros referente ao problema e paralisa o boot.

4 BIOS Além da função de "dar a partida", o BIOS oferece uma série de rotinas de acesso ao vídeo, HDs e outros periféricos, que podem ser usados pelo sistema operacional. Hoje em dia, tanto o Windows quanto o Linux acessam o hardware através de drivers especializados, mas na época do MS-DOS as rotinas do BIOS eram importantes.

5 SETUP Programa de configuração para os parâmetros do BIOS. Nos primeiros PCs, o BIOS precisava ser carregado através de um disquete de boot, As opções variam muito de acordo com o tipo de placa e a que público ela é destinada. Notebooks possuem geralmente conjuntos incrivelmente limitados Placas destinadas a entusiastas possuem mais de 20 opções só para ajuste da memória.

6 BIOS O BIOS e o Setup podem possuir bugs, em muitos casos graves. Atualizações para o BIOS de uma placa popular são normais A ausência de atualizações de BIOS não é um sinal de qualidade, mas pode ser que o fabricante não se dá ao trabalho de corrigí-los.

7 BIOS O BIOS é quase sempre escrito em assembly, muitas vezes com módulos escritos em C. Programa complexo, que possui diversas camadas de legado, acumuladas desde o PC original, o BIOS é um software cada vez mais caro e difícil de se manter. Desenvolvimento de um sistema mais elegante, que possa desempenhar as funções dos BIOS

8 BIOS Existe ainda um projeto para substituir o BIOS da placa-mãe por uma versão compacta do Kernel do Linux, que executa as mesmas funções, mas de uma forma mais confiável e flexível.

9 BIOS X SO Após a inicialização, o BIOS carrega o sistema operacional Primeiro setor do disco rígido o "Master Boot Record" (MBR): gerenciador de boot O gerenciador de boot usado no Windows XP e no Vista é chamado de NTLDR No Linux o mais usado é o Grub.

10 MBR No MBR mesmo vai apenas um bootstrap Instrui o BIOS a carregar o executável do gerenciador de boot O MBR ocupa um único setor do HD (apenas 512 bytes)

11 Acessando o SETUP Pressionar a tecla "Del" durante o início do boot Nos notebooks é usada normalmente a tecla "F2" Existem casos onde a tecla de atalho é "Esc", "F1", "F8", "F10", "Ins" ou combinações de teclas, como "Ctrl+Esc", "Alt+Esc", "Ctrl+Alt+Esc", "Ctrl+Alt+Enter" ou "Ctrl+Alt+F2".

12 BIOS - Fabricantes AMI (a mais usada atualmente) Award Phoenix (usada predominantemente em notebooks)

13 SETUP Visão mais comum

14 SETUP - Interface baseada em abas

15 SETUP Dicas úteis F10 para salvar e sair ESC para sair sem salvar As configurações do Setup são salvas no CMOS Permite que as configurações sejam apagadas ao mudar a opção do jumper ou ao retirar a bateria Permite "destravar" a placa

16 A seção mais básica: "Main" ou "Standard CMOS Setup" Permitem ajustar o relógio do sistema e conferir a detecção dos HDs. É sempre importante acertar o relógio ao montar o micro, antes de instalar o sistema operacional.

17 Possui a opção "Legacy Diskette A" Indica se um drive de disquetes está instalado. "1.44M, 3.5 in.", caso um drive esteja instalado, ou "Disabled", se não tiver nenhum. Poucos ainda utilizam drives de disquetes Ainda são necessários em muitos casos para carregar drivers da porta SATA ou RAID ao instalar o Windows XP. No Vista, os drivers podem ser carregados também a partir de um CD-ROM ou pendrive.

18

19 Antigamente, a detecção dos HDs era feita através da opção "IDE HDD Auto Detection" presente no menu principal do Setup, mas em placas atuais a detecção dos HDs é feita automaticamente durante o POST e os HDs presentes aparecem dentro da seção Main

20 Acessando o submenu referente a cada um dos discos instalados, encontra-se algumas opções adicionais, como: Ajustar os modos de transferência (PIO Mode e DMA Mode) Desativar o uso do SMART, LBA e transferências de 32 bits. Estas opções podem ser úteis para solução de problemas em algumas situações, mas em 99.9% dos casos você simplesmente mantém o SMART e o "32bit Data Transfer" ativados e as demais opções em "Auto".

21 O BIOS detecta estas configurações automaticamente a partir de informações transmitidas pela controladora do HD ou drive óptico, por isso existe pouca margem para erros de detecção

22

23 O modelo e os recursos suportados pelo HD são exibidos na parte superior da tela É uma forma rápida de identificar o HD instalado, sem precisar primeiro instalar o sistema e rodar algum programa de diagnóstico.

24 Uma observação importante sobre as portas SATA e IDE da placa-mãe é que elas podem ser desativadas, ou configuradas para operar em modo RAID. Por padrão, as portas ficam ativadas e configuradas para operar em modo normal Se você pegar uma placa-mãe usada, onde os HDs misteriosamente não são detectados pela placa, verifique antes de mais nada se elas não estão desativadas. Se mesmo assim o HD não for detectado, experimente instalá-lo em outra porta.

25 Como cada porta IDE ou SATA é controlada por um circuito separado dentro do chipset, é muito comum que uma das portas da placa se queime por motivos diversos, mas as demais continuem funcionando. As opções para desativar as interfaces SATA e IDE estão geralmente dentro da seção "Advanced", "Features Setup", "IDE Function Setup", "Integrated Peripherals" ou "Onboard Devices Configuration" do Setup

26 Nas opções: "Onboard IDE", "Onboard PCI IDE Controller", "IDE Controller", "Onboard SATA-IDE", "Onboard SATA Controller" ou "Serial ATA Controller", devem ser configuradas com o valor "Enabled" ou "Both" (que indica que ambas as portas IDE devem permanecer ativadas)

27

28 BOOT Uma das configurações mais básicas do Setup é a ordem de boot. Apesar do mais comum ser dar boot a partir do CD-ROM para instalar o sistema e a partir daí dar boot a partir do HD, existe também a possibilidade de dar boot a partir de: Pendrives HDs externos e outras unidades de armazenamento removível Dar boot através da rede.

29 Na maioria das placas, as opções estão concentradas dentro da seção "Boot", mas em muitas você pode usar as opções "1st Boot Device", "2nd Boot Device", etc. dentro da seção "Advanced Setup".

30

31 Muitos BIOS antigos tinham problemas com a ordem de boot. Eles simplesmente travavam caso não encontrassem um sistema de inicialização no primeiro dispositivo, sem tentar os demais. Os atuais são bem mais espertos e realmente procuram por setores de inicialização válidos, pulando os dispositivos que não estão presentes, ou que não contêm sistema operacional.

32 Isso permite que você deixe o CD-ROM continuamente como dispositivo primário de boot, por exemplo. Dessa forma, quando você deixar uma distribuição Linux live-cd no drive, o micro inicia o boot através dele, quando não estiver disponível, é realizado um boot normal através do HD.

33 Em casos onde você tenha mais de um HD instalado, você pode definir uma ordem "interna" de inicialização entre os HDs disponíveis.

34

35 Dependendo da placa e também do BIOS usado, os pendrives podem ser detectados como HDs, ou como discos removíveis, mas na prática isso não faz muita diferença. Outra possibilidade, muito utilizada, é o boot via rede. Dois sistemas de boot remoto muito utilizados são o LTSP (com um servidor Linux) e o Citrix MetaFrame, onde é utilizado um servidor Windows.

36 Algumas opções também relacionadas ao processo de boot são: Quick Boot: Esta opção (caso ativada) faz com que o BIOS deixe de executar parte do conjunto de testes do POST, sobretudo as checagens relacionadas à memória, reduzindo o tempo de boot Full Screen Logo: Muitas placas exigem um splash gráfico no início do boot no lugar das mensagens de texto tradicionais HDD Sequence SCSI/IDE First: Esta opção, encontrada em muitas placas antigas, permite definir a ordem de boot em casos onde uma controladora SCSI está instalada

37 Overclock As opções relacionadas à freqüência de operação e tensão do processador e memória são tradicionalmente agrupadas dentro da seção "CPU PnP Setup CPU Clock (ou CPU Frequency) Esta é a opção mais básica ao fazer overclock, onde você ajusta a freqüência do FSB. Em praticamente todos os processadores atuais, o multiplicador do processador é travado, de forma que a única forma de fazer overclock é aumentar a freqüência do FSB.

38

39 Memória Todos os módulos de memória atuais, sem exceção, possuem o chip ESPD, que armazena as configurações indicadas pelo fabricante, incluindo a freqüência do módulo e os tempos de acesso

40

41 Componentes integrados Com exceção do processador e da memória, as placas tudo-onboard atuais são praticamente PCs completos. Em alguns casos, até o processador vem pré-instalado ou soldado à placa, de forma que você só precisa instalar a placa dentro do gabinete, instalar o HD e espetar um pente de memória para ter um PC completo.

42 "Onboard Device Configuration", "Features Setup" ou "Integrated Peripherals Algumas das opções podem estar espalhadas por outras seções, como a "PCI / Plug and Play Setup" ou "Advanced > Chipset"

43

44 Primary Graphics Adapter: Permite especificar qual das placas instaladas assumirá a função de vídeo primário. Normalmente você pode escolher entre "PCI" e "PCI Express" ou "AGP". Share Memory Size Permite ajustar a quantidade de memória RAM compartilhada com o vídeo onboard Onboard LAN (Ethernet Device, Onboard Giga LAN, Onboard PCIEX GbE LAN, etc): Permite desativar a placa de rede onboard

45 Onboard LAN Boot ROM: Permite desativar a ROM da placa de rede onboard Audio Device (Audio Controller, AC97 Audio, HD Audio ou HD Audio Controller) Desativar o som onboard, útil ao instalar uma placa offboard Game Port Address, Midi Port Address, Midi Port IRQ: Permitem alterar os endereços de IRQ e I/O utilizados pela porta do joystick e Midi da placamãe

46 Modem Device Nas placas com modem onboard, esta opção permite desativá-lo Serial Port1 Address Permite configurar o endereço da porta serial

47 Onboard USB Function (USB Ports Enable) Permite desativar as portas USB da placa-mãe

48 Legacy USB Support (USB Function for DOS) Esta opção ativa uma camada de compatibilidade, que permite o uso de mouses e teclados USB em programas MS-DOS USB 2.0 Controller Mode O modo "HiSpeed" é o padrão de 480 megabits usado pelo USB 2.0, enquanto o "FullSpeed" é o modo de 12 megabits, utilizado no padrão original.

- BIOS - Ligando o PC pela primeira vez - Configurando o BIOS pelo Setup

- BIOS - Ligando o PC pela primeira vez - Configurando o BIOS pelo Setup - BIOS - Ligando o PC pela primeira vez - Configurando o BIOS pelo Setup 1 Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes BIOS Contém dados do Fabricante / Modelo da MotherBoard. Testa a MotherBoard

Leia mais

Configuração do Setup, parte 1

Configuração do Setup, parte 1 Configuração do Setup, parte 1 As opções do setup são sempre uma fonte constante de dúvidas. Embora muitas das opções sejam óbvias, muitas podem ser bastante crípticas. Para complicar, a maioria dos manuais

Leia mais

Apostila de BIOS Sumário

Apostila de BIOS Sumário Apostila de BIOS Sumário BIOS... 3 Discos e RAID... 7 Boot... 13 Quick Boot:... 16 Full Screen Logo:... 16 HDD Sequence SCSI/IDE First:... 16 Overclock... 16 AI Overclocking... 16 CPU Clock (ou CPU Frequency):...

Leia mais

BIOS, BOOT, CMOS e CMOS Setup. Prof. César Couto

BIOS, BOOT, CMOS e CMOS Setup. Prof. César Couto BIOS, BOOT, CMOS e CMOS Setup Prof. César Couto BIOS Quando o computador é ligado, o processador executa instruções da memória ROM (Read Only Memory). A ROM preserva o conteúdo quando o computador é desligado.

Leia mais

Bios, Setup, CMOS, Post e Mensagens de Erro

Bios, Setup, CMOS, Post e Mensagens de Erro Bios, Setup, CMOS, Post e Mensagens de Erro Autor: David da silva Bios, Setup, CMOS, Post e Mensagens de erro Bios Bios significa "Basic Input Output System", ou "sistema básico de entrada e saída". Um

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO SETUP E FORMATAÇÃO DO DISCO RÍGIDO

CONFIGURAÇÃO DO SETUP E FORMATAÇÃO DO DISCO RÍGIDO CONFIGURAÇÃO DO SETUP E FORMATAÇÃO DO DISCO RÍGIDO Depois de montar o computador, a próxima etapa é configurá-lo ao nível de software, antes de poder instalar o sistema operacional. Esta segunda etapa

Leia mais

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe.

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. PLACA MÃE 1. OBJETIVO Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. 2. COMPONENTES DA PLACA MÃE

Leia mais

Laboratório de Hardware

Laboratório de Hardware Laboratório de Hardware Um PC é composto por diversos componentes, incluindo o processador, pentes de memória, HD, placa de rede e assim por diante. Prof. Marcel Santos Silva No início, as placas-mãe serviam

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Programa Instrutor Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática 18 de Maio de 2010 Programa Instrutor (Universidade Federal do Montagem Paraná,

Leia mais

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº

Turno/Horário Noturno PROFESSOR : Salomão Dantas Soares AULA Apostila nº UNIDADE 1I: SISTEMA COMPITACIONAL Elementos hardware e periféricos Um sistema computacional consiste num conjunto de dispositivos eletrônicos (hardware) capazes de processar informações de acordo com um

Leia mais

Guia do Utilitário Computer Setup (F10) Business PC HP dx2150 Microtorre

Guia do Utilitário Computer Setup (F10) Business PC HP dx2150 Microtorre Guia do Utilitário Computer Setup (F10) Business PC HP dx2150 Microtorre Número de Peça: 410338-201 Dezembro de 2005 Este guia fornece instruções sobre como utilizar Computer Setup. Essa ferramenta é utilizada

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Placa Mãe Dispositivos (Onboard) São aqueles encontrados na própria Placa Mãe. Ex: Rede, Som, Vídeo e etc... Prof. Luiz

Leia mais

1º. Abrir o gabinete e separar do corpo do mesmo a bandeja de montagem da placa mãe;

1º. Abrir o gabinete e separar do corpo do mesmo a bandeja de montagem da placa mãe; 1 1. MONTAGEM PASSO A PASSO Passos: 1º. Abrir o gabinete e separar do corpo do mesmo a bandeja de montagem da placa mãe; 2º. Fixar a placa mãe sobre a bandeja do gabinete observando os furos para parafusos

Leia mais

MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROS

MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROS LAÉRCIO VASCONCELOS MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE MICROS 4 a EDIÇÃO Rio de Janeiro 2014 ÍNDICE Capítulo 1: Introdução ao hardware Computador, micro, PC...1 Processador...1 Memória RAM...1 Disco rígido...2

Leia mais

Introdução à Informática. Alexandre Meslin

Introdução à Informática. Alexandre Meslin Introdução à Informática Alexandre Meslin (meslin@nce.ufrj.br) Módulo 4 Objetivos Aula 1 Componentes principais em um computador pessoal Fluxo de informações em um computador idealizado Componentes do

Leia mais

Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe 11/5/2010. Componentes Básicos do Computador. Instituto Federal do Pará - IFPA. Anatomia de uma placa-mãe

Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe. Placa Mãe 11/5/2010. Componentes Básicos do Computador. Instituto Federal do Pará - IFPA. Anatomia de uma placa-mãe Componentes Básicos do Computador MEMÓRIA PRINCIPAL Instituto Federal do Pará - IFPA Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores

Leia mais

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo Placa-Mãe Christian César de Azevedo Componentes Básicos Placa-Mãe 2 Componentes da Placa-Mãe 1. Soquete do Processador 2. Chipset 3. Soquetes de memória RAM 4. Conector de alimentação 5. Conector do drive

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

INSTALAÇÃO DO DISCO MATRIZ COBAN MAIS BB

INSTALAÇÃO DO DISCO MATRIZ COBAN MAIS BB INSTALAÇÃO DO DISCO MATRIZ COBAN MAIS BB Material necessário: - Disco Matriz Coban Mais BB LINUX, versão 200910191506 (formato AAAAMMDDHHMM), ou posterior. - Unidade de CD-ROM, se não existir no terminal;

Leia mais

Introdução. Software (Parte I)

Introdução. Software (Parte I) Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Introdução à Computação Software (Parte I) Prof. a Joseana Macêdo Fechine Régis

Leia mais

Fundamentos de Hardware Aula 3 - Software

Fundamentos de Hardware Aula 3 - Software Fundamentos de Hardware Aula 3 - Software Informática Setembro/2014 Roteiro Apresentação. BIOS Softwares de Manutenção Drivers. Sistemas Operacionais. Tema da Apresentação 15 de março de 2015 2 Apresentação

Leia mais

Capítulo. CMOS Setup. Setup básico

Capítulo. CMOS Setup. Setup básico Capítulo 10 CMOS Setup Setup básico Para que a placa mãe funcione corretamente precisamos configurá-la. Parte desta configuração é feita através de jumpers e dip switches. Entretanto, a maioria das configurações

Leia mais

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO O Linux se refere aos itens de hardware como dispositivos (devices), e os referencia como arquivos. Os arquivos de

Leia mais

MEMÓRIA. MEMÓRIA RAM (Randon acess memory) Memória de acesso aleatório

MEMÓRIA. MEMÓRIA RAM (Randon acess memory) Memória de acesso aleatório O papel do processador é apenas um, pegar os dados e processa-los não importando de onde vem ou para onde vão estes dados. Como os processadores não possuem uma área de armazenamento grande, ele buscas

Leia mais

Como è feito computador

Como è feito computador Como è feito computador O computador contém uma parte elétrica e uma parte eletrónica. Parte elétrica é usada para transformar e dinstribuir a eletricidade que vem para os vários componentes. Parte eletrónica

Leia mais

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque)

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque) PLACA MÃE Placa mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip Se, assim como a maioria, você possui um único PC ou notebook, uma opção para testar as distribuições Linux sem precisar mexer no particionamento do HD e instalar o sistema em dualboot, é simplesmente

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

Capítulo 2: Cuidados com os componentes. Anatomia da Placa mãe. Apostila Hardware Básico I Profª Thaís Viegas

Capítulo 2: Cuidados com os componentes. Anatomia da Placa mãe. Apostila Hardware Básico I Profª Thaís Viegas Capítulo 2: Cuidados com os componentes Anatomia da Placa mãe É muito importante que saibamos identificar os componentes de uma placa-mãe. Na figura abaixo vamos destacar os principais componentes de uma

Leia mais

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Arquitetura de Entrada e Saída Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Barramento Meio de transmissão de dados entre a CPU, a memória principal e os dispositivos de entrada e saída.

Leia mais

Conhecendo o Computador

Conhecendo o Computador Conhecendo o Computador Resumo 1. O Computador 2. Principais componentes do hardware do computador 3. Placa-mãe 3.1. Descrição dos componentes na placa-mãe 3.2. Conexões do painel traseiro 3.3. Barramento

Leia mais

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 No Anexo I Termo de Referência Item 03 (Três) Da Especificação. Os respectivos itens estão sublinhados. ONDE SE LÊ: 1) DA ESPECIFICAÇÃO 1 Processador

Leia mais

PROVA DE INFORMÁTICA DA RECEITA FEDERAL

PROVA DE INFORMÁTICA DA RECEITA FEDERAL 1 PROVA DE INFORMÁTICA DA RECEITA FEDERAL 46- Analise as seguintes afirmações relacionadas aos conceitos básicos de hardware e software: I. O barramento PCI de 64 vias, também conhecido como PCI 64, suporta

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014.

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. Manual de Instalação Windows XP Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. 1 SUMÁRIO OBJETIVO DO MANUAL:...03 REQUISITOS MÍNIMOS:...03 PROCESSO DE INSTALAÇÃO:...04 3.1 Documentos

Leia mais

ROM-BIOS Inicialização Sistemas de Arquivos Formatação

ROM-BIOS Inicialização Sistemas de Arquivos Formatação ROM-BIOS Inicialização Sistemas de Arquivos Formatação 1 ROM-BIOS ROM-BIOS Basic Input/Output System (Sistema Básico de Entrada/Saída). O termo é incorretamente conhecido como: Basic Integrated Operating

Leia mais

COMO FUNCIONA O COMPUTADOR

COMO FUNCIONA O COMPUTADOR COMO FUNCIONA O COMPUTADOR A arquitetura básica de qualquer computador completo é formada por apenas 5 componentes básicos: processador, memória RAM, disco rígido (HD), dispositivos de entrada e saída

Leia mais

Motherboard A7V133. Configuração do Hardware

Motherboard A7V133. Configuração do Hardware Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Elétrica Curso de Extensão em Arquitetura de Computadores Pessoais BIOS 1 Introdução Basic Input Output System

Leia mais

Configuração do CMOS Setup

Configuração do CMOS Setup Configuração do CMOS Setup Bios Bios significa "Basic Input Output system". O Bios é a primeira camada de software do sistema, um pequeno programa encarregado de reconhecer o hardware, realizar o boot,

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRUTURA DE DIRETÓRIOS LINUX... 3 SISTEMA DE ARQUIVOS E PARTICIONAMENTO...

Leia mais

António Lopes Paulo Matos

António Lopes Paulo Matos António Lopes Paulo Matos ÍNDICE 1 BIOS, Considerações Gerais... 2 2 SETUP DA BIOS :... 5 2.1 MAIN MENU...7 2.2 ADVANCED...7 2.3 POWER MENU...7 2.4 BOOT MENU...8 2.5 EXIT MENU...9 1 1 BIOS, Considerações

Leia mais

INSTALAÇÃO DE BIOS E CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA

INSTALAÇÃO DE BIOS E CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA C A P Í T U L O D O I S INSTALAÇÃO DE BIOS E CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA Em este capítulo, você. conhecerá maneiras de entrar no Menu de Instalação BIOS para fazer funcionar programas de contrôlo de vários

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01 Aula 01 1 Explique porque é importante saber Montagem e Manutenção de Computadores hoje? 2 Defina Hardware. 3 Explique Transistor. 4 Faça uma breve explicação da Evolução dos Hardwares usados nos computadores.

Leia mais

3. O arranque do computador.

3. O arranque do computador. 3. O arranque do computador. 3.1 O Setup (BIOS) BIOS significa "Basic Input Output System", ou "sistema básico de entrada e saída". Um computador é composto de hardware e software. O hardware é toda a

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO BIOS E CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA

CONFIGURAÇÃO DO BIOS E CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA CAPÍTULO VINTE DOIS CONFIGURAÇÃO DO BIOS E CARACTERÍSTICAS DE SEGURANÇA Nesse capítulo, você irá aprender como acessar o Menu da Configuração do BIOS e manipular várias configurações para controle de hardware.

Leia mais

6 - Gerência de Dispositivos

6 - Gerência de Dispositivos 1 6 - Gerência de Dispositivos 6.1 Introdução A gerência de dispositivos de entrada/saída é uma das principais e mais complexas funções do sistema operacional. Sua implementação é estruturada através de

Leia mais

Manual do Utilitário Computer Setup (F10) Desktops Empresariais

Manual do Utilitário Computer Setup (F10) Desktops Empresariais Manual do Utilitário Computer Setup (F10) Desktops Empresariais Número de peça do documento: 361206-131 Maio de 2004 Este manual fornece instruções sobre como utilizar o Computer Setup (programa de configuração

Leia mais

Guia do Utilitário de Configuração (F10) do Computador Business Desktops

Guia do Utilitário de Configuração (F10) do Computador Business Desktops Guia do Utilitário de Configuração (F10) do Computador Business Desktops Número de peça: 361206-201 Maio de 2004 Este guia fornece instruções sobre como usar a Configuração do computador. Essa ferramenta

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

Instalando a placa de rede

Instalando a placa de rede Instalando a placa de rede A instalação dos drivers e a configuração de uma placa de rede no Windows 98 independe do tipo de cabo utilizado. Este tipo de instalação não é muito diferente da instalação

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN DE LIMA, TAMIRES RODRIGUES FERREIRA

RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN DE LIMA, TAMIRES RODRIGUES FERREIRA Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática FRANCIS RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN

Leia mais

O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL?

O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL? 1 SISTEMAS OPERACIONAIS: FUNDAMENTOS E FUNÇÕES WAGNER DE OLIVEIRA 2 O QUE É UM SISTEMA OPERACIONAL? Conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware Software especial que

Leia mais

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa É o percurso principal dos dados entre dois ou mais componentes de um sistema de computação, neste caso são os caminhos arquitetados na PLACA MÃE até o ponto

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Sistemas Operacionais II

Sistemas Operacionais II Sistemas Operacionais II Aula 5 - Introdução a arquitetura PC Autor: Renê de Souza Pinto Orientação: Prof. Dr. Francisco José Monaco rene@grad.icmc.usp.br, monaco@icmc.usp.br Universidade de São Paulo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR:

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: 1.0 PROCESSADOR 1.1 Um processador Intel com arquitetura 64 Bits compatível com o equipamento ofertado e tecnologia de 65nm e núcleo duplo E4500; 1.2

Leia mais

MANUAL CFTV DIGITAL - LINHA LIGHT 16 CANAIS 120 FPS / VID 120-LI CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR 16 Canais - 120 FPS Processador Dual Core 2.0GHZ ou superior; Placa Mãe Intel ou Gigabyte com chipset Intel;

Leia mais

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores

Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Virtualização - Montando uma rede virtual para testes e estudos de serviços e servidores Este artigo demonstra como configurar uma rede virtual para ser usada em testes e estudos. Será usado o VirtualBox

Leia mais

Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores Placa Mãe

Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores Placa Mãe Instituto Federal do Pará - IFPA Ricardo José Cabeça de Souza ricardo.souza@ifpa.edu.br 2010 Atualização em Hardware Manutenção de Microcomputadores Placa Mãe Componentes Básicos do Computador MEMÓRIA

Leia mais

Instalando o Sistema Operacional Instalando Drivers. Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes William Andrey de Godoy

Instalando o Sistema Operacional Instalando Drivers. Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes William Andrey de Godoy Instalando o Sistema Operacional Instalando Drivers 1 Colégio Serrano Guardia Módulo III Suporte Técnico e Redes Sistema Operacional (S. O.) É o primeiro programa que instalamos no micro. É a base para

Leia mais

Referência Técnica - P&R TSD-QA (2012/05)

Referência Técnica - P&R TSD-QA (2012/05) Referência Técnica - P&R TSD-QA (2012/05) 1. P: Quais são os requisitos básixos para a Tecnologia Intel Smart Response? R: De acordo com a documentação da Intel, para um sistema suportar a Tencologia Smart

Leia mais

Dispositivos de Memória

Dispositivos de Memória Chipset Conjunto de chips que fazem a comunicação entre a e os demais dispositivos do computador. Todas as informações que trafegam pela placa mãe passam necessariamente pelo Chipset, que tem dois chips:

Leia mais

Solução de problemas da plataforma IA (Apêndice A)

Solução de problemas da plataforma IA (Apêndice A) Solução de problemas da plataforma IA (Apêndice A) Revisão 1.00 Agosto de 2001 Pat R. Engenheiro de suporte de produtos Suporte ao cliente da Intel. Intel Solução de problemas da plataforma IA 2 Histórico

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 6.9 Memória Cache: A memória cache é uma pequena porção de memória inserida entre o processador e a memória principal, cuja função é acelerar a velocidade de transferência das informações entre a CPU e

Leia mais

nforce Serie 600i Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI

nforce Serie 600i Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI Projetados para entusiastas Os processadores para mídia e comunicações (MCPs) NVIDIA nforce 680i SLI proporcionam as ferramentas e o desempenho que os

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Barramentos do Sistema

Barramentos do Sistema Barramentos do Sistema AOC: Arquitetura e Organização de Computadores Computador CPU Quais os barramentos? Unidade lógica e aritmética Equipamentos de E/S Memória principal Unidade de controle Linhas de

Leia mais

05/11/2010 Tech In HARDWARE TOMÉ & THEODORE

05/11/2010 Tech In HARDWARE TOMÉ & THEODORE HARDWARE 1 TOMÉ & THEODORE INTRODUÇÃO O QUE É O COMPUTADOR? Um computador é um dispositivo electrónico controlado por um programa (chamado sistema operativo) ; 05/11/2010 Tech In É constituído por componentes

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

Placa-mãe mainboard motherboard Tipos de placas-mãe Placa AT - ATX -

Placa-mãe mainboard motherboard Tipos de placas-mãe Placa AT - ATX - Placa-mãe Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 4.1 HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005

Seu manual do usuário HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP http://pt.yourpdfguides.com/dref/870005 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP COMPAQ EVO D310 DESKTOP. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no

Leia mais

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Hardware e Software Conceitos Básicos ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Conceitos Básicos Hardware É a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos

Leia mais

A placa-mãe é o componente mais importante do micro, pois é ela a responsável pela comunicação entre todos os componentes.

A placa-mãe é o componente mais importante do micro, pois é ela a responsável pela comunicação entre todos os componentes. Placa Mãe A placa-mãe é o componente mais importante do micro, pois é ela a responsável pela comunicação entre todos os componentes. A qualidade da placa-mãe é de longe mais importante que o desempenho

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Este curso destina-se a uso pessoal pelo cliente que o adquiriu na Laércio Vasconcelos Computação. Ele não pode ser duplicado para ser repassado a

Este curso destina-se a uso pessoal pelo cliente que o adquiriu na Laércio Vasconcelos Computação. Ele não pode ser duplicado para ser repassado a Tópicos avançados Este curso destina-se a uso pessoal pelo cliente que o adquiriu na Laércio Vasconcelos Computação. Ele não pode ser duplicado para ser repassado a outros usuários, nem pode ser usado

Leia mais

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Placa Mãe Prof. Alexandre Beletti Ferreira Hardware Todo equipamento, peças, que pode ser tocado. Exemplos: memória, processador, gabinete, mouse, teclado, monitor (também chamados de periféricos). Placa

Leia mais

Placas Adaptadoras e montagem de Redes

Placas Adaptadoras e montagem de Redes Placas Adaptadoras e montagem de Redes Objetivos da aula: 1 - Descrever a função da placa adaptadora de rede em uma rede. 2 - Descrever as opções de configuração para placas adaptadoras de rede. 3 - Listar

Leia mais

DMO 6018-001C. System MT1000. Manual do Usuário

DMO 6018-001C. System MT1000. Manual do Usuário DMO 6018-001C System MT1000 CARTÃO DE REGISTRO Assegure todos os benefícios da garantia de seu produto enviando o Cartão de Registro no ato da compra. Nome: Endereço: Cidade: Estado: CEP: Telefone: (

Leia mais

TIAGO NUNO SILVA NUNO FILIPE SOARES

TIAGO NUNO SILVA NUNO FILIPE SOARES TIAGO NUNO SILVA NUNO FILIPE SOARES 1. BIOS O Seu Significado... 3 2. POST... 3 3. Setup... 4 4. CMOS... 4 5. BIOS Award Setup... 5 5.1 Standard CMOS Setup... 5 5.2 BIOS Features Setup... 6 5.3 Chipset

Leia mais

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma Aula 04 B Interfaces Prof. Ricardo Palma Interface SCSI SCSI é a sigla de Small Computer System Interface. A tecnologia SCSI (pronuncia-se "scuzzy") permite que você conecte uma larga gama de periféricos,

Leia mais

MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010

MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010 MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010 PRIMEIROS PASSOS LEITOR DE DISQUETE: Não se pode dizer que é inútil, mas nunca vai ser considerado com

Leia mais

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR Por: Pedro ( Lan House Viagem Virtual ) Sacie sua fome de conhecimento, veja em ordem alfabética os principais termos sobre hardware. Como muitos devem saber, os computadores

Leia mais

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011 Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora Planejamento de Despesas 2011 Equipamentos Item 1: Desktop de trabalho - Quantidade 03

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Sistemas de Entrada/Saída Princípios de Hardware Sistema de Entrada/Saída Visão Geral Princípios de Hardware Dispositivos de E/S Estrutura Típica do Barramento de um PC Interrupções

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador 1 Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Curso: Sistemas de Informação Introdução 2 O Computador é uma ferramenta que

Leia mais

Problemas mais freqüentes encontrados nos computadores

Problemas mais freqüentes encontrados nos computadores Problemas mais freqüentes encontrados nos computadores Problemas com o áudio O sistema retorna com uma mensagem de erro `` dispositivo de áudio não encontrado, podem ser vários os motivos. 1 -Certifique-se

Leia mais

HD Keeper. Manual do usuário

HD Keeper. Manual do usuário HD Keeper Manual do usuário Índice Capítulo 1 Introdução... 3 1-1 Funções... 3 1-2 Características... 3 Capítulo 2 - Instalação... 3 2-1 Requisitos básicos do sistema para instalação... 3 2-2 Antes de

Leia mais

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Principais Componentes Barramentos Placa Mãe Processadores Armazenamento

Leia mais

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação.

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação. Novell Linux Desktop www.novell.com 27 de setembro de 2004 INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Bem-vindo(a) ao Novell Linux Desktop O Novell Linux* Desktop (NLD) oferece um ambiente de trabalho estável e seguro equipado

Leia mais