HIGHER EDUCATION INSTITUTION OVERVIEWS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HIGHER EDUCATION INSTITUTION OVERVIEWS"

Transcrição

1 ABRINDO AS FRONTEIRAS DO FUTURO Universidade Católica Portuguesa Uma universidade no coração da Igreja O 1.º Congresso da Juventude Universitária Católica, em 1953, reclamou a fundação, em Portugal, de uma universidade católica. Mais tarde, em 1961, o episcopado português elabora o estudo-base para a criação de uma universidade em Portugal e, com a abertura do governo à iniciativa, é benzida, em 29 de Junho de 1967, em Lisboa, a primeira pedra das instalações da que é hoje a Universidade Católica Portuguesa. Mas é em Braga, a 13 de Outubro de 1967, que a Santa Sé erige a Pontifícia Faculdade de Filosofia como primeira faculdade da universidade com mandato para se estender a Lisboa. Estava fundada a Universidade Católica Portuguesa. No ano seguinte, o curso de Teologia inicia a sua leccionação em Lisboa e são inauguradas as instalações da sede da Universidade Católica Portuguesa no Campus da Palma de Cima, que recebeu o patrocínio da Fundação Calouste Gulbenkian. O Estado português reconheceu a Universidade Católica Portuguesa pelo Decreto-Lei n.º 370/71, de 15 de Julho

2 Uma Universidade local com vocação global Um olhar breve sobre o interior da Universidade Católica Sediada em Lisboa, mas procurando a proximidade às populações locais para levar mais longe a formação universitária católica, a Universidade Católica amplia-se pelo território português; para além de Braga, instala-se no Porto (1978) e em Viseu (1980), tendo para tal beneficiado da crise vivida nas universidades estatais na segunda metade dos anos setenta. São muitas e diversificadas as áreas científicas leccionadas na Universidade Católica. A Faculdade de Filosofia, em Braga, fundada pela Companhia de Jesus, constitui uma referência no ensino e investigação em Filosofia e Humanidades, publicando a prestigiada Revista Portuguesa de Filosofia. Por outro lado, a Faculdade de Teologia, de âmbito nacional, constitui um projecto único da Igreja portuguesa e matricial para a existência, identidade e desenvolvimento da Universidade Católica. Este serviço está também presente no Instituto Superior de Direito Canónico, que atribui a única licenciatura em Direito Canónico no país. Participando na amizade com as identidades culturais espalhadas pelo mundo e com as quais Portugal conviveu ao longo de séculos, também através da Igreja, a Universidade Católica Portuguesa apoiou a criação de várias universidades católicas, nomeadamente a de Angola e a de Moçambique, e tem inúmeros protocolos com as universidades católicas brasileiras, de que são exemplo a Universidade Católica do Rio de Janeiro e a Universidade Católica de Pernambuco. Além disso, contribuiu decisivamente para a criação do Instituto Interuniversitário de Macau, actual Universidade de S. José. A Universidade Católica Portuguesa é membro da International Federation of Catholic Universities (FIUC) e da Fédération des Universités Catholiques Européennes (FUCE), bem como da European University Foundation (EUA) e da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP). Sendo uma universidade em permanente procura da excelência, a Universidade Católica é amplamente reconhecida no mundo universitário, parceira das mais prestigiadas universidades dos cinco continentes tem mais de 450 protocolos em concretização. 46 N ú m e r o O i t o M a r ç Depois da Filosofia e da Teologia, a Universidade Católica lançou, em Portugal, nos anos 70, o primeiro curso universitário de Administração e Gestão de Empresas, ao lado do curso de Economia. Nas décadas que se seguiram, a afirmação da área de Economia e Gestão foi crescendo sustentadamente, nos planos nacional e internacional. Em Lisboa, a FCEE ou, como também é designada, Católica Lisbon School of Business and Economics, foi confirmando a excelência da sua actividade como escola de negócios, conquistou este ano a posição 25 no exigente ranking do Financial Times e aspira legitimamente ir mais além! Tem anualmente aumentado a sua quota de mercado e competitividade em Portugal, ao mesmo tempo que vai reforçando a investigação com artigos publicados o E i g h t h I s s u e M a r c h 47

3 nas mais reputadas revistas internacionais do sector, desde logo: The Accounting Review; Journal of Economic Theory; Journal of Financial Economics; Journal of Monetary Economics; Management Information Systems Quarterly; Management Science; Organization Science; Strategic Management Journal; e The Journal of Finance, e captando docentes (17 de 10 nacionalidades) e discentes (cerca de 400 de 47 nacionalidades), sobretudo a nível internacional. As suas muitas parcerias com renomadas universidades, nomeadamente o MIT e a Carnegie Mellon University, mantêm canais permanentes de intercâmbio, na investigação e no ensino. Por sua vez, no Porto, a Faculdade de Economia e Gestão desenvolveu um projecto autónomo de excelência, reconhecido no mercado pela solidez das competências dos diplomados. O programa MBA Atlântico, de sua autoria, liga a Faculdade de Economia e Gestão a três continentes (África, América Latina e Europa) e, ancorado nos países de expressão portuguesa, constitui uma rede de líderes empresariais que escolhem a língua portuguesa como veículo de afirmação e concorrência à escala global. Também em Viseu, o Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais prepara profissionais com competência para integrar instituições públicas e integrar ou criar organizações empresariais ou do terceiro sector. Quanto ao Direito, a Escola de Lisboa da Faculdade de Direito vem assumindo a sua vocação como Escola inovadora, sobretudo pela aposta em currícula de fôlego internacional, no âmbito da Global School of Law, considerada pelo Financial Times, nos últimos 5 anos, uma das 10 mais inovadoras escolas de Direito na Europa. Também a Escola do Porto da Faculdade de Direito tem vindo a aumentar o seu prestígio no campo do ensino, reflectido em elevadas taxas de empregabilidade. E as duas Escolas estão agora unidas na consolidação da investigação, incentivando a produção segundo padrões internacionais. Mais amplamente, no campo das ciências sociais e humanas, a Universidade Católica Portuguesa desenvolve actividades de investigação, ensino e serviço à comunidade por intermédio da Faculdade de Filosofia e da Faculdade de Ciências Sociais, em Braga, da Faculdade de Ciências Humanas e do Instituto de Estudos Políticos, em Lisboa, e da Faculdade de Educação e Psicologia, no Porto. Na Faculdade de Ciências Sociais, a actividade centra-se no ensino das áreas da educação, do serviço social e da comunicação, concretamente das tecnologias de informação e da comunicação. Por sua vez, a Faculdade de Ciências Humanas, apostou no cruzamento das Ciências da Comunicação com os Estudos de Cultura, onde é líder de mercado, e está a desenvolver um projecto internacional de qualidade, vertido na mobilidade do corpo docente e discente e em duplos graus com universidades internacionais. Projectos de vanguarda como a rede de mestrado e doutoramento em Estudos de Cultura e Indústrias Criativas, The Lisbon Consortium, coligam-se com formatos inovadores para cursos tradicionais como o Curso de Filosofia em B-learning, ou o Curso de Psicologia em estreita ligação com a área da saúde, bem como com o investimento em formações sólidas em Línguas europeias e orientais, como o Mestrado em Estudos Asiáticos. A Faculdade de Educação e Psicologia desenvolve um extraordinário trabalho de afirmação da Universidade Católica nas instituições da comunidade e das escolas; de um lado, o Serviço Comunitário é um programa da licenciatura em Psicologia que permite aos alunos desenvolver tarefas de voluntariado em instituições da comunidade, integrando simultaneamente um programa de formação e acompanhamento dinamizado por docentes; de outro, o Serviço de Apoio à Melhoria das Escolas é uma estrutura que presta consultoria científica e pedagógica às escolas espalhadas pelo país, com o objectivo de melhorar os processos e resultados educativos

4 Já o Instituto de Estudos Políticos apresenta uma identidade própria no panorama português, através de um diálogo internacional, de vocação atlântica, e de uma alargada rede de contactos com prestigiadas personalidades e universidades. Aposta numa consistente formação em ciência política e relações internacionais, ancorada em valores. No campo das artes, a Escola das Artes, no Porto, intervém fundamentalmente em duas áreas: som e imagem, de um lado, e arte e restauro, de outro, recebendo reconhecimento internacional através de prémios, nomeadamente o Golfinho de Prata em Cannes. Na Escola das Artes funcionam os Centros de Conservação e Restauro e de Criatividade Digital com Programas ajustados às agendas dos clusters regionais das indústrias criativas e do património, o que coloca a Universidade Católica como interlocutor privilegiado em diferentes áreas da cultura. Por outro lado, o Departamento de Arquitectura, em Viseu, vem desenvolvendo um projecto regionalmente ancorado na arquitectura social, um produto único e de qualidade a nível nacional. No âmbito das Ciências da Vida e Tecnologias, a Escola Superior de Biotecnologia, no Porto, constitui uma unidade de excelência nacional e internacional na área da bioengenharia, oferecendo formação em Ciências da Nutrição, Microbiologia e Bioengenharia. A sua investigação em rede com universidades internacionais de prestígio cruza-se com a participação em programas locais de envolvimento comunitário, e de tudo resulta um reconhecimento social alargado. Também no Porto, o Instituto de Bioética, pioneiro em Portugal, garante à Católica um papel privilegiado na reflexão ética das ciências da vida. Já no campo das Ciências da Saúde, o Instituto de Ciências da Saúde, de âmbito nacional, oferece um projecto de referência na área da Enfermagem, único em Portugal em razão dos seus 3 ciclos de estudo (licenciatura, mestrado e doutoramento), desenvolvendo actividades de formação e investigação em Neurociências, Ciências da Cognição e Língua Gestual Portuguesa. O ensino da Medicina Dentária e das Ciências Biomédicas, em Viseu, contribui, por seu turno, ligado ao Laboratório de Implantologia, Medicina Regenerativa e Investigação Clínica, para uma oferta diferenciadora

5 A Universidade Católica Portuguesa em números Com cerca de alunos de 83 nacionalidades, a Católica possui a mais prestigiada rede alumni do país (Católica alumni); tem cerca de 900 docentes com vínculo, 7% dos quais são estrangeiros, e 570 funcionários e colaboradores. Criou pontes com o meio universitário global através de cerca de 450 protocolos que promovem a mobilidade dos alunos e incentivam a mobilidade dos docentes, para além de terem institucionalizado 25 double degrees. A Católica estabeleceu também pontes com o meio empresarial e organizações do terceiro sector através de cerca de 650 protocolos. De acordo com o Inquérito de acompanhamento dos estudantes de Macau que concluíram cursos de ensino superior realizado pelo Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, cerca de 14,68% destes estudantes seguiram uma carreira na administração pública um ano após completarem o curso, sendo esta a área mais procurada. Os sectores da educação, do entretenimento e jogo e do turismo, das convenções e exposições, hotelaria e restauração são também bastante procurados e empregaram, respectivamente, 11,82%, 10,70% e 9,15% destes estudantes. In accordance with the results of the Follow-up Survey of Macao College Students after Graduation carried out by the Tertiary Education Services Office of Macao sar Government, the most popular industry that the Macao college graduates are engaged in after the one-year period since graduation is Public Administration", accounting for 14.68% of the total employed graduates. While the other relatively popular industries are Education, Gaming" and Tourism, Exhibition, Hospitality and Catering", accounting for 11.82%, 10.70, and 9.15% respectively. Quanto aos ciclos de estudo, a Católica oferece 40 licenciaturas, 78 mestrados e 25 doutoramentos. A sua Católica Lisbon School of Business and Economics é a única escola de negócios portuguesa entre as Top 25 do Financial Times e a Católica Global School of Law está, pelo 5.º ano consecutivo, entre as Top 10 escolas de direito mais inovadoras da Europa. Por outro lado, um alumni da Católica foi galardoado com o Prémio Nobel da Paz e, em 2013, outro alumni foi considerado pela Revista «Euromoney» o Melhor Banqueiro do Mundo. Universidade Católica Portuguesa, República Popular da China e RAEM A Universidade Católica Portuguesa, através da Católica Global School of Law, tem um relacionamento estreito com prestigiadas universidades chinesas. No âmbito da Law Schools Global League, um consórcio de universidades de primeira linha de todo o mundo e de que faz parte, a Católica tem contactos com a Faculdade de Direito da Tsinghua University e com a China University of Political Science and Law (CUPL), com vista à assinatura de um protocolo de cooperação. Presente no Center for Transnational Legal Studies, liderado pela Universidade de Georgetown, a Católica tem também contactos com a Renmin University, que lhe permitiu a presença em Pequim, em 2012, numa conferência de Faculdades de Direito Europeias e Chinesas e a vinda de um professor daquela Universidade à Católica para leccionar um seminário em um dos seus programas de LL.M. Acresce que a Católica Lisbon School of Business and Economics (CLSBE) integra a Alliance of China- -Europe Business School (ACE), um consórcio de 10 escolas europeias e de 10 escolas chinesas, apoiado pela European Foundation for Management Development (EFMD), a agência europeia de acreditação de escolas de negócio. A pertença ao consórcio abre as portas a inúmeras parcerias e intercâmbios de escolas de negócios, para além de possibilitar aos estudantes visitas conjuntas a empresas europeias e chinesas. Por outro lado, com o envolvimento de parceiros europeus, a CLSBE estabeleceu um consórcio com a prestigiada Antais SME da Shanghai Jiao Tong University e com a City University of Hong Kong. No âmbito deste consórcio, foi criado um programa de duplo intercâmbio, designado Triangle, que proporciona aos estudantes uma experiência global. Por sua vez, em Maio de 2014, a CLSBE acolheu em Lisboa, no programa de executivos Advanced Management Program, um grupo de executivos vindos da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM). O sucesso do Programa permitiu uma candidatura vencedora da Universidade de S. José que trouxe a Portugal o Forum de Macau, criado para promover a cooperação da China com os países de expressão oficial portuguesa. Durante duas semanas, estiveram na CLSBE, para além de executivos chineses, quadros dos governos de quase todos os Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP s). Recentemente, a Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica assinou um protocolo com a Communication University of China. Ao abrigo de protocolos de colaboração, a Escola de Lisboa da Faculdade de Direito da Católica tem recebido todos os anos cerca de 15 estudantes da RAEM que frequentam um curso anual especialmente concebido para os preparar para a frequência da licenciatura em Direito. Após a aprovação neste curso estes alunos frequentam a licenciatura. O sucesso da experiência é assinalável. Na licenciatura em direito, os alunos de Macau são a mais numerosa comunidade de estudantes estrangeiros. No ano lectivo corrente ( ), alunos que estudaram na Católica ao abrigo deste protocolo frequentam programas de mestrado ou de LL.M. (Master of Laws). Por sua vez, a partir de , um novo grupo de 18 estudantes da RAEM passou a frequentar a Faculdade de Ciências Humanas, nomeadamente o curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas

6 Depoimento de uma aluna Chamo-me Weng Tong Lio e sou aluna vinda de Macau. Em 2011, eu e os meus colegas viemos para Lisboa e começámos a estudar na Universidade Católica Portuguesa. No primeiro ano, tivemos um curso de preparação organizado pela Universidade Católica Portuguesa em conjugação com o Governo de Macau. O curso tem disciplinas de Língua Portuguesa, de História de Portugal e sobretudo de Cultura Jurídica. O curso permite-nos ter uma preparação suficiente para depois acompanharmos o curso de Direito. As disciplinas da licenciatura são muito mais difíceis, há muitas matérias para ler e temos de preparar as aulas. Portanto, tenho de me esforçar. Como a Língua portuguesa não é a nossa língua materna, tenho de gastar muito mais tempo no estudo para suprir esta dificuldade. Graça à paciência e ajuda dos professores da Faculdade a situação foi melhorando. Não só consegui passar a todas as disciplinas como ainda obtive bolsas de estudo e um prémio. No primeiro ano do curso obtive média de 16 valores e assim fiquei isenta do pagamento de 75% das propinas. Além disso, foi-me atribuído o Prémio Escolar Prof. Doutor Castro Mendes por ter obtido a melhor classificação na disciplina de Introdução ao Estudo do Direito. Este facto constituiu um grande encorajamento para mim. Agora estou no 3.º ano e já estou habituada à vida em Portugal e ao estudo. Gosto imenso do curso de Direito. Até agora tenho mais interesse por Direito Civil e por Direito Administrativo. Também gosto muito dos professores da Católica que são simpáticos e pacientes, ensinando-nos muitas coisas úteis de que poderei beneficiar durante toda a minha vida profissional. Agradeço o ensino e a paciência dos professores da Católica. Quando concluir a minha licenciatura, vou voltar para Macau para aí trabalhar. Gostava de ser juíza para administrar a justiça. Quero aplicar o que tenho aprendido no curso de Direito à realidade. Abrindo as fronteiras do futuro Quem busque uma universidade para estudar ou trabalhar, tem na Católica uma escolha que significa, por um lado, confiar nos valores que sustentam uma cultura humanista de investigação e de ensino, por outro, sentir o desafio da descoberta da verdade, procurando caminhos, sem receios; de outro ainda, ampliar e diversificar conhecimentos num mundo global, para ganhar competências inovadoras, capazes de conquistar sempre novos mercados. Os seus programas, nos quais estão presentes programas de life long learning programs e liberal arts curricula, incorporam ainda programas desenhados para necessidades específicas, e estreitamente ligados à investigação de ponta, que integram também programas que antecipam necessidades futuras

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master www. indeg. iscte-iul. pt EXPERIÊNCIA DE IMERSÃO AVANÇADA NO STATE OF THE ART E NAS ALTERAÇÕES MAIS RECENTES NAS TEMÁTICAS, NORMATIVAS E MÉTODOS DE REPORTE INTEGRADO DAS ORGANIZAÇÕES VISANDO UM DESEMPENHO

Leia mais

HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES

HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES 2011 HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES COM O PATROCÍNIO DE: ÍNDICE A NOSSA PROPOSTA DE VALOR 3 HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES 4 Estrutura e Coordenação 5 Conteúdos e Corpo Docente 6 Introdução: Health Servuction

Leia mais

Health Management Future

Health Management Future 2012 Health Management Future COM O PATROCÍNIO DE O grupo BIAL tem como missão desenvolver, encontrar e fornecer novas soluções terapêuticas na área da Saúde. Fundado em 1924, ao longo dos anos BIAL conquistou

Leia mais

O INSTITUTO POLITÉCNICO DE MACAU e os seus projectos no âmbito da Língua Portuguesa

O INSTITUTO POLITÉCNICO DE MACAU e os seus projectos no âmbito da Língua Portuguesa O INSTITUTO POLITÉCNICO DE MACAU e os seus projectos no âmbito da Língua Portuguesa Carlos Ascenso André Luciano Rodrigues de Almeida Vítor Silva Instituto Politécnico de Macau Obs. Macau não adoptou ainda

Leia mais

Executive MBA, e auniversidade de Oxford, que. conquista um terceiro lugar em Gestão, um

Executive MBA, e auniversidade de Oxford, que. conquista um terceiro lugar em Gestão, um posição em Economia e MBA e em terceiro nos mestrados de Empreendedorismo e Gestão. A Universidade de Stanford também aparece muito bem cotada, com dois primeiros lugares, em Gestão e em Recursos Humanos,

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU Programas de MESTRADO Online MBA Master in Business Administration Mestrado em Direcção de Empresas Mestrado em Direcção de Marketing e Vendas Mestrado em Direcção Financeira Mestrado em Comércio Internacional

Leia mais

Declaração conjunta dos governos da República Portuguesa e da República Popular da China sobre o reforço das relações bilaterais

Declaração conjunta dos governos da República Portuguesa e da República Popular da China sobre o reforço das relações bilaterais Declaração conjunta dos governos da República Portuguesa e da República Popular da China sobre o reforço das relações bilaterais A convite de Sua Excelência o Primeiro- -Ministro da República Portuguesa,

Leia mais

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland A BHMS Business & Hotel Management School está localizada na cidade de Lucerna e é membro do grupo suíço de escolas

Leia mais

1911 2011 A caminho do Centenário

1911 2011 A caminho do Centenário 1911 2011 A caminho do Centenário Licenciaturas ISEG 1º Ciclo de Bolonha ISEG: Uma Escola de referência. O ISEG forma Economistas e Gestores com espírito de liderança e inovação assente numa sólida capacidade

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Macau é o primeiro território no quadro da Região da Grande China, onde vigora o regime de escolaridade gratuita de 15 anos.

Macau é o primeiro território no quadro da Região da Grande China, onde vigora o regime de escolaridade gratuita de 15 anos. Educação Desde a criação da RAEM, o Governo tem promovido o desenvolvimento do ensino não superior e do ensino superior de Macau, para concretizar a acção governativa de construção da prosperidade de Macau

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Entrevista Álvaro Barbosa, Director da Faculdade. das Indústrias Criativas. da Universidade de São José

Entrevista Álvaro Barbosa, Director da Faculdade. das Indústrias Criativas. da Universidade de São José Correspondente especial Vanessa Amaro www.usj.edu.mo Formar talentos para contribuir para o sucesso das indústrias criativas em Macau Entrevista Álvaro Barbosa, Director da Faculdade das Indústrias Criativas

Leia mais

O Relatório da OCDE: A avaliação do sistema de ensino superior em Portugal. Lisboa, 13 de Dezembro de 2006

O Relatório da OCDE: A avaliação do sistema de ensino superior em Portugal. Lisboa, 13 de Dezembro de 2006 O Relatório da OCDE: A avaliação do sistema de ensino superior em Portugal Lisboa, 13 de Dezembro de 2006 O relatório de avaliação do sistema de ensino superior em Portugal preparado pela equipa internacional

Leia mais

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Gabinete do Ministro CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Breve apresentação da proposta de Orçamento de Estado para 2008 23 de Outubro de 2007 Texto

Leia mais

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é Célio Alberto Alves Sousa Licenciado em Relações Internacionais, Ramo Ciências Económicas e Políticas, pela Universidade do Minho (1994), pós graduado em Gestão Empresarial (1998) e doutorado em Management

Leia mais

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Programa de Acção Luis Filipe Baptista ENIDH, Setembro de 2013 Motivações para esta candidatura A sociedade actual está a mudar muito

Leia mais

Discurso da Reitora na Sessão Académica por ocasião do Dia da Universidade Católica Portuguesa 2015 30 de janeiro de 2015

Discurso da Reitora na Sessão Académica por ocasião do Dia da Universidade Católica Portuguesa 2015 30 de janeiro de 2015 Discurso da Reitora na Sessão Académica por ocasião do Dia da Universidade Católica Portuguesa 2015 30 de janeiro de 2015 1.Festejamos hoje, neste colorido enquadramento humano, a vida. E num duplo sentido:

Leia mais

Procura de Excelência

Procura de Excelência www.mba.deg.uac.pt Procura de Excelência MASTER IN BUSINESS ADMINISTRATION Mestrado em Gestão (MBA) Secretariado Departamento de Economia e Gestão Rua da Mãe de Deus Apartado 1422 E-mail: mba@uac.pt Tel:

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13

ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13 QUEM SOMOS FUNDEC APRESENTAÇÃO HISTÓRIA OBJECTIVOS A

Leia mais

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012

Programa. Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 Programa Empreendedorismo Cultural e Indústrias Criativas 2012 3 Hemisfério esquerdo responsável pelo pensamento lógico e pela competência

Leia mais

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Para que o início das aulas do novo ano lectivo se realize com facilidade, a Direcção dos Serviços de Educação

Leia mais

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei N.º 52/IX ALTERA A LEI DE BASES DO SISTEMA EDUCATIVO

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei N.º 52/IX ALTERA A LEI DE BASES DO SISTEMA EDUCATIVO Grupo Parlamentar Projecto de Lei N.º 52/IX ALTERA A LEI DE BASES DO SISTEMA EDUCATIVO O chamado processo de Bolonha não é, por essência, negativo, particularmente se for adoptado numa óptica de estímulo

Leia mais

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa QUIDGEST Q-DAY: INOVAÇÃO CONTRA A CRISE Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa André Magrinho TAGUSPARK: 09 de Setembro 2009 SUMÁRIO 1. Globalização

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2016-2019 INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

PLANO ESTRATÉGICO 2016-2019 INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA PLANO ESTRATÉGICO 2016-2019 INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA FICHA TÉCNICA Publicação editada ao abrigo do novo Acordo Ortográfico, exceto a transposição de conteúdos de documentos elaborados

Leia mais

O ENSINO SUPERIOR E A CIÊNCIA NA UE

O ENSINO SUPERIOR E A CIÊNCIA NA UE O ENSINO SUPERIOR E A CIÊNCIA NA UE Maria da Graça a Carvalho ISEP 27 Abril 2012 Índice Ensino Superior na Europa Investigação Científica na Europa Necessidade de Reforma das Instituições de E.S. Modernização

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

A parceria entre TozziniFreire e PLMJ foi

A parceria entre TozziniFreire e PLMJ foi P ARCERIA B RASI A Parceria A parceria entre TozziniFreire e PLMJ foi firmada em 2004 com o intuito comum de expandir a atuação de ambas empresas nos países de língua portuguesa. As organizações identificam-se

Leia mais

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração de Empresas. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração de Empresas. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO Administração de Empresas fgv.br/vestibular Idealismo, Excelência e Credibilidade A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP Intervenção do Secretário Executivo da CPLP Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Secretário de Estado do Turismo, Senhores Embaixadores Senhores Representantes

Leia mais

E F P D E G PALOP Eduardo Cruz

E F P D E G PALOP Eduardo Cruz E F P D E G PALOP Eduardo Cruz Formedia edcruz@formedia.pt 312 Experiências de formação presencial e à distância de empresários e gestores nos PALOP Desde 2001, a Formedia Instituto Europeu de Formação

Leia mais

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação Decreto n.º 25/2002 Acordo de Cooperação na Área da Educação e Cultura entre a República Portuguesa e a Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, assinado em Lisboa, em 29

Leia mais

Cooperação Universidade Empresa

Cooperação Universidade Empresa INTERVENÇÃO DO PRESIDENTE DA AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL, JOSÉ ANTÓNIO BARROS, NA CERIMÓNIA DE ABERTURA DO ANO LECTIVO 2010/2011, DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO, SOB O TEMA «CONTRIBUIÇÃO DO ENSINO

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EDUCATIVAS

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EDUCATIVAS INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EDUCATIVAS RELATÓRIO ANUAL (2009/2010) Índice 1 Cumprimento do plano estratégico e do plano anual... 2 1.1. Do plano estratégico... 2 1.1.1. - Desenvolvimento e Inovação

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

Formação de Executivos / Executive Business Education

Formação de Executivos / Executive Business Education Formação de Executivos / Executive Business Education 2 ÍNDICE 05 06 07 08 09 09 11 12 13 14 15 15 15 Mensagem de Boas Vindas Apresentação Advisory Board Porquê Formação executiva? 7 razões para escolher

Leia mais

Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau

Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Índice: 1. Cerimónia de entrega de Certificados do Exame Nacional de Qualificação

Leia mais

Plano Geral de Formação

Plano Geral de Formação Plano Geral de Formação 2 0 1 6 A Católica Business Schools Alliance é constituída por: Índice Mensagem de boas vindas Católica Business Schools Alliance 10 razões para nos escolher MBA Atlântico Oficina

Leia mais

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objecto) O presente regulamento estabelece a orgânica do Gabinete Erasmus, bem

Leia mais

INVESTIR EM PORTUGAL

INVESTIR EM PORTUGAL INVESTIR EM PORTUGAL 投 资 与 移 民 门 道 是 专 门 提 供 投 资 与 移 民 服 务 的 独 立 咨 询 机 构 我 们 的 多 学 科 团 队 精 心 研 究, 旨 在 为 客 户 提 供 最 佳 的 商 业 战 略 和 国 际 投 资 方 案 INVESTIMENTO E EMIGRAÇÃO A GATEWAY É UMA CONSULTORA INDEPENDENTE,

Leia mais

Concurso Anual Universitário RENAULT Building the Wheels of the Future

Concurso Anual Universitário RENAULT Building the Wheels of the Future Concurso Anual Universitário RENAULT Building the Wheels of the Future 1 Introdução 2 Introdução A RENAULT Portugal (www.renault.pt) apresenta o Concurso Anual Universitário RENAULT 2010/2011 e convidam-vos

Leia mais

Em diversas organizações de Portugal, Angola e Brasil

Em diversas organizações de Portugal, Angola e Brasil Curriculum Vitae Informação pessoal Nome completo Cristina Fernandes Data de nascimento 13/01/1967 Experiência profissional Em ambiente empresarial Datas Desde 2011 Consultora e Formadora Freelancer Em

Leia mais

Programa de Acção da Candidatura a Presidente

Programa de Acção da Candidatura a Presidente Programa de Acção da Candidatura a Presidente do Instituto Politécnico de Beja de Manuel Alberto Ramos Maçães 1 Índice I. O Porquê da Candidatura II. III. IV. Intenção Estratégica: Visão, Envolvimento

Leia mais

Universidade do Porto Reitoria Praça Gomes Teixeira 4099-002 Porto. Telefone: +351 220 408 000 Fax: +351 220 408 186/7. www.up.pt up@up.

Universidade do Porto Reitoria Praça Gomes Teixeira 4099-002 Porto. Telefone: +351 220 408 000 Fax: +351 220 408 186/7. www.up.pt up@up. Universidade do Porto Reitoria Praça Gomes Teixeira 4099-002 Porto Telefone: +351 220 408 000 Fax: +351 220 408 186/7 www.up.pt up@up.pt A Universidade do Porto é a maior universidade portuguesa e uma

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver

Leia mais

Programa para o Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro Mário Guerreiro Silva Ferreira

Programa para o Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro Mário Guerreiro Silva Ferreira Programa para o Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro Mário Guerreiro Silva Ferreira. 2011-2014 1 Programa de acção Um programa de acção para qualquer unidade orgânica deve atender aos objectivos

Leia mais

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social

Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social. João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Os Empresários, as Empresas e a Inclusão Social João Oliveira Rendeiro Presidente da Associação EIS Empresários pela Inclusão Social Conferência "Compromisso Cívico para a Inclusão" Santarém, 14 de Abril

Leia mais

MBA especialização em GesTão De projectos

MBA especialização em GesTão De projectos MBA especialização em GESTão DE projectos FORMEDIA Instituto Europeu de Empresários e Gestores FORMEDIA e INSTITUTO EUROPEO DE POSGRADO FORMEDIA - Instituto Europeu de Empresários e Gestores A FORMEDIA

Leia mais

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU PROTOCOLO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA - CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI) E A A ELO - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL

UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL EM PORTUGAL, A ULISBOA É LÍDER NOS PRINCIPAIS RANKINGS INTERNACIONAIS Academic Ranking of World Universities 2014 (Shanghai) 2.ª Universidade Ibero-Americana

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

Faculdade de Economia. Duração. Faculdade de Letras. N.º de ECTS. Duração. L 6 180 Ciência da Informação, Arquivística e Biblioteconómica

Faculdade de Economia. Duração. Faculdade de Letras. N.º de ECTS. Duração. L 6 180 Ciência da Informação, Arquivística e Biblioteconómica 13 590-(16) Diário da República, 2.ª série N.º 97 21 de Maio de 2007 Faculdade de Economia Ciclo Percursos Alternativos N.º de ECTS 1.º Economia Minores: Sociologia; Relações Internacionais; Direito Empresarial;

Leia mais

Pós-Graduação Enoturismo. Corpo Docente (Biografias)

Pós-Graduação Enoturismo. Corpo Docente (Biografias) Pós-Graduação Enoturismo Corpo Docente (Biografias) Rita Nabeiro Licenciada em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e, com 34 anos, Rita Nabeiro é actualmente Directora

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

2015/2016. Página 1 de 11 I. NOTA INTRODUTÓRIA 2. EIXOS ESTRATÉGICOS 2.1. OFERTA EDUCATIVA, NOVOS PÚBLICOS, ATRATIVIDADE. Código IMP.EM.EI.

2015/2016. Página 1 de 11 I. NOTA INTRODUTÓRIA 2. EIXOS ESTRATÉGICOS 2.1. OFERTA EDUCATIVA, NOVOS PÚBLICOS, ATRATIVIDADE. Código IMP.EM.EI. 2015/2016 I. NOTA INTRODUTÓRIA A missão, os princípios e os valores de uma instituição são fulcrais para a sua definição estratégica, conforme expresso nos seus estatutos. O Instituto Superior de Ciências

Leia mais

ENTERPRISE 2020 Inteligente Sustentável Inclusivo

ENTERPRISE 2020 Inteligente Sustentável Inclusivo ENTERPRISE 2020 Inteligente Sustentável Inclusivo With the support of the European Commission and the Belgian Presidency of the European Union Porquê Enterprise 2020? Os desafios económicos, sociais e

Leia mais

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Lisboa A.1.a. Outras Instituições

Leia mais

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS ENCONTRO DA COMISSÃO SECTORIAL PARA A EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO CS/11 ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS OPORTUNIDADES, DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE QUALIDADE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO GT2 - Ensino Superior

Leia mais

Opções estratégicas e Programa de Ação para o Instituto de Educação (2014-2017)

Opções estratégicas e Programa de Ação para o Instituto de Educação (2014-2017) Opções estratégicas e Programa de Ação para o Instituto de Educação (2014-2017) Candidatura a Diretor de João Pedro Mendes da Ponte Lisboa Fevereiro de 2014 Índice 1. Enquadramento 2 2. Prioridades estratégicas

Leia mais

de Lisboa para o mundo www.ulisboa.pt

de Lisboa para o mundo www.ulisboa.pt de Lisboa para o mundo www.ulisboa.pt 1290 1537 Séc. XIX 1911 1930 Fundação da 1.ª Universidade Portuguesa em Lisboa Transferência para Coimbra Estabelecimento Escolas Universitárias Percursoras da UL

Leia mais

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau)

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial (2007-2009) 2ª Conferência Ministerial, 2006

Leia mais

Sumário das actividades do IPIM em 2009

Sumário das actividades do IPIM em 2009 Sumário das actividades do IPIM em 2009 Tendo em consideração a situação do mercado internacional e o crescimento económico local, o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM)

Leia mais

Apresentação... 2 Objectivos do curso... 2 Metodologia... 2 Programa... 3 Calendarização... 4 Formadores... 5

Apresentação... 2 Objectivos do curso... 2 Metodologia... 2 Programa... 3 Calendarização... 4 Formadores... 5 ÍNDICE Apresentação... 2 Objectivos do curso... 2 Metodologia... 2 Programa... 3 Calendarização... 4 Formadores... 5 Condições de acesso e inscrições... 6 Preçário... 6 Certificado de presença... 6 Local...

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver

Leia mais

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL A Amnistia Internacional Portugal defende a manutenção Formação Cívica nos 2.º

Leia mais

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança.

Inscrições. As inscrições para os cursos realizam-se em Setembro de 2012. O Sector Empresarial do Estado não se encontra abrangido por esta Aliança. Caderno de s 2 Objectivos A formação de executivos é, hoje em dia, uma necessidade incontornável, sendo um importante factor do sucesso, da competitividade e da sustentabilidade das organizações. Considerando

Leia mais

CURRICULUM VITAE C A R L O S M A R I A D A S I L V A F E I J Ó. Professor Titular/Catedratico de Direito, Universidade Agostinho Neto

CURRICULUM VITAE C A R L O S M A R I A D A S I L V A F E I J Ó. Professor Titular/Catedratico de Direito, Universidade Agostinho Neto Data de Nascimento: 2 Janeiro 1963 Email:cf@carlosfeijo.com ACTIVIDADE PROFISSIONAL (actual) Professor Titular/Catedratico de Direito, Universidade Agostinho Neto Sócio do escritório de advogados CFA Firma

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

Caderno de Cursos 2016/2017

Caderno de Cursos 2016/2017 Caderno de Cursos 2016/2017 No quadro infra constam informações sobre os cursos oferecidos por cada uma das Escolas*, o valor de mercado, o preço APEX e o número de vagas disponíveis. Comunicação Multimédia

Leia mais

O Conceito de Cluster

O Conceito de Cluster O Conceito de Cluster Conjunto de empresas, relacionadas entre si, que desenvolvem competências específicas, formando um pólo produtivo especializado e com vantagens competitivas. Antecedentes As empresas

Leia mais

1. QUEM SOU 2. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

1. QUEM SOU 2. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL 1. QUEM SOU Nome: Cristina Alexandra Marques Fernandes Morada: Estrada de Benfica, nº 446, 7º Dtº, Lisboa Telemóvel: +351 919 426 797 Data e Local de Nascimento: 13.01.1967, em Lisboa Email: cristina@cristinafernandes.com

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. 1. Decreto do Concílio Plenário Português (1926): A criação de um instituto católico em Portugal foi proposta em

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. 1. Decreto do Concílio Plenário Português (1926): A criação de um instituto católico em Portugal foi proposta em UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. 1. Decreto do Concílio Plenário Português (1926): A criação de um instituto católico em Portugal foi proposta em dois congressos do Centro Católico Português (Lisboa,

Leia mais

Orientações para a reforma do sistema de ensino superior em Portugal

Orientações para a reforma do sistema de ensino superior em Portugal Orientações para a reforma do sistema de ensino superior em Portugal Intervenção do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Mariano Gago, no Conselho Nacional de Educação 13 de Fevereiro

Leia mais

lusos Executivos of Graduate School of Business uniram-se para promover o programa de formação "China: estratégias para alcançar

lusos Executivos of Graduate School of Business uniram-se para promover o programa de formação China: estratégias para alcançar Executivos em Pequim lusos A Porto Business School, em parceria com a IE Business School (Madrid) e a Cheung Kong of Graduate School of Business uniram-se para promover o programa de formação "China: an

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA Gestão Empresarial Internacional e Diplomacia Económica International Management and Economic Diplomacy 2 O aumento das exportações

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

Descrição da Compilação

Descrição da Compilação Guia de candidatura a bolsas de investigação científica financiadas em conjunto pelo Ministério das Ciências e da Tecnologia da República Popular da China e pelo Fundo para o Desenvolvimento das Ciências

Leia mais

Regulamento de Bolsas do CCMar

Regulamento de Bolsas do CCMar Regulamento de Bolsas do CCMar CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia ao abrigo do Decreto-Lei nº 123/99, de 20 de Abril,

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO. Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa

C U R R I C U L U M V I T A E JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO. Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa PROF. DOUTOR J. OLIVEIRA ASCENSÃO C U R R I C U L U M V I T A E DE JOSÉ DE OLIVEIRA ASCENSÃO Professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa PROF. DOUTOR J. OLIVEIRA ASCENSÃO 2 1. Dados Pessoais

Leia mais

SIGHT. lisboa cidade atrativa para estudantes internacionais. economia e inovação LISBON

SIGHT. lisboa cidade atrativa para estudantes internacionais. economia e inovação LISBON IN SIGHT economia e inovação lisboa cidade atrativa para estudantes internacionais LISBON A mobilidade de estudantes / investigadores funciona com um importante fator multiplicador de conhecimento, ao

Leia mais

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Do Minho A.1.a. Identificação

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP ENTRE: A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI), com sede na Praça das Indústrias em Lisboa, 1300-307 Lisboa,

Leia mais

Plano Estratégico da Universidade Aberta 2011-2015

Plano Estratégico da Universidade Aberta 2011-2015 Plano Estratégico da Universidade Aberta 2011-2015 Paulo Maria Bastos da Silva Dias Índice 1. Nota de Abertura... 1 2. Áreas de Intervenção e Desenvolvimento... 4 2.1 Formação e Aprendizagem ao Longo da

Leia mais

ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS. OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us.

ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS. OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us. ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us. Constituída em 1993 a AB é uma das maiores Sociedades de Advogados portuguesas

Leia mais

Columbia. University PARCERIAS INTERNACIONAIS

Columbia. University PARCERIAS INTERNACIONAIS Columbia University PARCERIAS INTERNACIONAIS Sumário B.I. International Universidade O Programa Certificação Temas abordados Corpo docente Coordenação do Programa Organização Programação Prevista Serviços

Leia mais

Excelência na formação de administradores e líderes de empresas globais Excellence in the education of managers and leaders of global corporations

Excelência na formação de administradores e líderes de empresas globais Excellence in the education of managers and leaders of global corporations Excelência na formação de administradores e líderes de empresas globais Excellence in the education of managers and leaders of global corporations MPGI Mestrado Profissional em Gestão Internacional Master

Leia mais

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP

Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP Perspetivas de colaboração Portugal China, Apoios à internacionalização e o papel da AICEP AIMINHO Braga, 24 de Outubro, 2014 1 P a g e Distintas Entidades aqui presentes, Senhores Empresários, Minhas

Leia mais

PGG PROGRAMA GERAL DE GESTÃO. Unleash your. full potential WWW.CLSBE.LISBOA.UCP.PT/EXECUTIVOS

PGG PROGRAMA GERAL DE GESTÃO. Unleash your. full potential WWW.CLSBE.LISBOA.UCP.PT/EXECUTIVOS PGG PROGRAMA GERAL Unleash your full potential WWW.CLSBE.LISBOA.UCP.PT/EXECUTIVOS PGG PROGRAMA GERAL O PGG - Programa Geral de Gestão, proporciona uma formação geral em Gestão de Empresas. Destina-se a

Leia mais

Mestrado em direcção de empresas

Mestrado em direcção de empresas Mestrado em Direcção DE EMPRESAS FORMEDIA Instituto Europeu de Empresários e Gestores FORMEDIA e INSTITUTO EUROPEO DE POSGRADO FORMEDIA - Instituto Europeu de Empresários e Gestores A FORMEDIA Instituto

Leia mais

Projecto de Lei n.º 54/X

Projecto de Lei n.º 54/X Projecto de Lei n.º 54/X Regula a organização de atribuição de graus académicos no Ensino Superior, em conformidade com o Processo de Bolonha, incluindo o Sistema Europeu de Créditos. Exposição de motivos

Leia mais

Estudar Ciência, Engenharia e Management na França

Estudar Ciência, Engenharia e Management na França Estudar Ciência, Engenharia e Management na França 0 PORQUE A MOBILIDADE INTERNACIONAL? Desenvolver a abertura internacional Em primeiro uma atitude: ela se concretisa por uma disposição e uma capacidade

Leia mais

Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China

Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China Curso de Língua Chinesa, Cultura e Dinâmica de Negócios para Empresários e Gestores na China Lisboa, Janeiro de 2014 Realizar Negócios na China é o sonho de qualquer empresário mas pode ser uma realidade

Leia mais

PORTUGAL-CHINA: ENCONTRO DE CULTURAS 2013-2014

PORTUGAL-CHINA: ENCONTRO DE CULTURAS 2013-2014 PORTUGAL-CHINA: ENCONTRO DE CULTURAS 2013-2014 O Observatório da China (OC) e os nossos parceiros pretendem contribuir para aprofundar o amistoso relacionamento entre o povo português e o povo chinês,

Leia mais

2006 a 2010 REGIMES ESPECIAIS. PALOP s e Timor-Leste. DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira. Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro

2006 a 2010 REGIMES ESPECIAIS. PALOP s e Timor-Leste. DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira. Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro 2006 a 2010 DSAES: Vânia Néné Virgínia Ferreira Outubro de 2011 Colaboração Bruno Pereira Maria das Dores Ribeiro ÍNDICE: 1. Enquadramento e apreciação dos resultados.. pág. 2 2. Estatísticas dos candidatos,

Leia mais

Cursos de Doutoramento

Cursos de Doutoramento PROSPECTO FACULDADE DE ECONOMIA Cursos de Doutoramento CONTACTOS FACULDADE DE ECONOMIA Av. Julius Nyerere, Campus Universitário, 3453 Tel: +258 21 496301 Fax. +258 21 496301 1 MENSAGEM DO DIRECTOR Sejam

Leia mais

PERCEPÇÃO SOBRE O ENGENHEIRO EM CONTEXTO FORMATIVO E PROFISSIONAL

PERCEPÇÃO SOBRE O ENGENHEIRO EM CONTEXTO FORMATIVO E PROFISSIONAL PERCEPÇÃO SOBRE O ENGENHEIRO EM CONTEXTO FORMATIVO E PROFISSIONAL ATTRACT WP5 João Fernandes Rui Mendes XIV Encontro Nacional SIOT 25 e 26 de Maio de 2011 Universidade Autónoma de Lisboa 1. O Projecto

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais