OS DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO E DO MARKETING NA NOVA ECONOMIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OS DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO E DO MARKETING NA NOVA ECONOMIA"

Transcrição

1 OS DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO E DO MARKETING NA NOVA ECONOMIA

2 Agenda do Futuro Iniciativa do Grupo TV1 criada em 2008 para gerar conhecimento e incentivar a reflexão sobre as mudanças em curso na Comunicação e no Marketing. Pesquisa sobre as novas dimensões da C&M Encontros periódicos com especialistas internacionais: 2008: Don Schultz, Kellogg School of Management 2009: Biz Stone, fundador do Twitter 2011: Don Tapscott, pensador da revolução digital

3 Pesquisa Realizada pelo Grupo TV1, em parceria com o Centro de Altos Estudos e Pesquisa de Mercado (CAEPM) da ESPM, considerada o mais completo estudo das áreas de comunicação e marketing no Brasil. Segunda edição em 2011 a primeira foi realizada em 2008, o que agora permite comparações.

4 OBJETIVOS E METODOLOGIA DA PESQUISA

5 Objetivos Avaliar como as principais empresas brasileiras estão alinhando suas estratégias às mudanças no ambiente da comunicação e do marketing: Identificar as principais dimensões da transformação em curso Avaliar a relevância destas dimensões na visão dos executivos Mapear o quanto as novas dimensões estão sendo efetivamente incorporadas às práticas das organizações Criar um Índice Agenda do Futuro

6 Amostra Universo: 687 empresas selecionadas a partir da edição Melhores e Maiores, da revista Exame, e do ranking das maiores empresas do Valor Econômico 125 empresas avaliadas 100% delas com mais de 1000 funcionários Mix de empresas de diferentes segmentos de negócio Margem de erro de 0,7 % Pesquisa Qualitativa: entrevista em profundidade com 17 diretores

7 Metodologia A partir de amplo desk-research em artigos acadêmicos e publicações especializadas, o Grupo TV1 e o CAEPM da ESPM definiram: 5 dimensões-chave para avaliar o grau de adequação de uma empresa às chamadas práticas de ponta em marketing e comunicação.

8 Dimensões I Integração Evolução do modelo tradicional de gestão departamentalizada da comunicação e do marketing, para a integração de áreas, processos, disciplinas e canais em torno dos objetivos estratégicos do negócio e em benefício do relacionamento da empresa e suas marcas com todos os seus públicos.

9 Dimensões II Interatividade e Colaboração A substituição do modelo de comunicação centrado na mídia de massa e na passividade das audiências, pelo diálogo e a interação em rede. A evolução do marketing de interrupção e transmissão de mensagens para o marketing de acesso, no qual o consumidor passa a influenciar ativamente as estratégias de negócios e a participar da cadeia de valor por meio da co-produção.

10 Dimensões III Tecnologia O reconhecimento da relevância crescente das plataformas digitais e sistemas de informação para os negócios, a comunicação e o marketing, não apenas como meios de suporte, mas uma nova lógica que está alterando radicalmente os fundamentos convencionais dos mercados.

11 Dimensões IV Mensuração O suporte crescente de modelos e ferramentas cada vez mais avançados para mensuração do retorno de investimentos em comunicação e marketing, com foco não apenas na avaliação dos resultados, mas na análise contínua de dados para geração de inteligência, ganhos de eficácia e previsibilidade.

12 Dimensões V Marca e reputação A valorização das marcas e da reputação como ativos estratégicos e econômicos por seu poder de gerar diferenciação em mercados saturados e comoditizados, expressar atributos intangíveis e influir decisivamente nos resultados do negócio e no crescimento sustentado das empresas.

13 Técnicas A pesquisa foi conduzida por meio de um questionário estruturado, disponibilizado na internet, e uma pesquisa qualitativa em profundidade. Respondeu à pesquisa sempre o principal executivo de marketing e comunicação dessas empresas.

14 Práticas e Crenças A pesquisa é composta de questões que avaliam: Práticas atuais das empresas em relação a essas dimensões Crenças dos executivos sobre a importância das 5 dimensões Coerência ou defasagem entre a Crença e a Prática

15 Para todas as perguntas que mediram as 5 dimensões, as crenças e as práticas atuais das empresas foram avaliadas por meio de uma escala de: 5 Práticas atuais alinhadas com a Agenda do Futuro Crença mais relevante 1 Práticas atuais distantes da Agenda do Futuro Crença de menor relevância

16 RESULTADOS Principais conclusões e tendências

17

18 Integração: a crença mais importante Como crença, a Integração aparece em primeiro lugar (97,3% dos respondentes dão nota igual ou superior a 4). Destaca-se também como a segunda prática mais disseminada (50,8% das empresas c/ nota igual ou superior a 4), atrás apenas da Gestão de Marca e Reputação.

19 Integração Gap entre a crença e a prática sugere maior entendimento da complexidade da integração. Não apenas sinergia de canais e disciplinas na comunicação de marca (online e off, propaganda e demais disciplinas), mas alinhamento das várias dimensões da Comunicação voltada a todos os públicos estratégicos da organização - mercadológica, institucional e interna.

20

21 Marca e Reputação: a prática mais disseminada A dimensão Marca e Reputação obteve nota mais alta como prática (nota média de todas as empresas: 3,93 na escala de 1 a 5) e aparece em segundo lugar entre as crenças (94,7% das empresas com nota igual ou superior a 4). Resultado confirma a valorização da gestão de marca como um dos pilares do marketing, tendência já registrada pela pesquisa em A pesquisa deste ano, porém, sinaliza a crescente relevância das questões ligadas à reputação, agora incorporada de forma mais explícita nas questões do questionário online e da pesquisa qualitativa.

22 Marca e Reputação: a prática mais disseminada O conjunto da pesquisa quantitativa e qualitativa sugere uma nova lógica para a gestão de marca. Sinaliza mudança profunda e abrangente na gestão de comunicação e marketing, no sentido da valorização da comunicação institucional e da comunicação com o público interno, tradicionalmente relegadas ao segundo plano nas estratégias. As redes sociais vêm contribuindo para esta mudança de percepção, ao evidenciar que já não há sentido na antiga distinção entre relacionamento com públicos externos e internos.

23

24 Interatividade e Colaboração: imperativo e desafio Esta dimensão indica até que ponto as organizações estão incorporando a nova lógica digital e colaborativa. A pesquisa sinaliza que as práticas estão evoluindo nesta direção, mas a maioria das empresas ainda se encontra no meio do caminho: 50,5% tiveram nota abaixo de 4, enquanto 49,5% ficaram igual ou acima (em comparação com, respectivamente, 59,4% e 40,6% em 2008). Como crença, esta é a terceira dimensão mais disseminada, com 92% das empresas com nota igual ou superior a 4. Na prática, porém, fica claro que há um longo caminho a percorrer até que o digital se torne um dos pilares da Comunicação e do Marketing, assumindo um papel central no pensamento e nas estratégias.

25

26 Tecnologia: tornou-se inerente ao Marketing A maioria dos executivos que participaram da pesquisa acredita na centralidade da Tecnologia para a Comunicação e o Marketing (55,9%) Na prática, porém, só 47,3 % das empresas obtiveram nota acima de 4. Com o apoio das entrevistas da pesquisa qualitativa, os dados sugerem que o conhecimento da tecnologia já é reconhecido como inerente à prática da disciplina, tornou-se default. Porém, como a evolução dos meios e da tecnologia tem sido muito acelerada, permanece o desafio de se manter atualizado e traduzir, na prática, o conhecimento em resultados.

27

28 Mensuração: faltam metodologias consagradas A Mensuração é considerada importante entre 55,7% dos profissionais entrevistados. Também neste caso há um descompasso entre crença e prática já que apenas 45% incorporaram suficientemente esta dimensão em suas estratégias. Não houve evolução significativa nas práticas em relação a 2008 dado que pode ser explicado pela dificuldade de implementar metodologias confiáveis no atual cenário de fragmentação de audiências, multiplicação de meios e, ainda, nas demais disciplinas do mix de Marketing e Comunicação eventos, RP, digital e promoções mais voltadas à experiência de marca do que à sua visibilidade.

29 6

30 Tendências detectadas Criação de uma nova cultura de Transparência e Integração Esgotamento do branding e valorização da comunicação institucional e comunicação interna Obrigação da interatividade e aparecimento de novo modelo de negócios Volatilidade da tecnologia e a crise como elemento estrutural

31 RESULTADOS Comparação entre 2008 e 2011

32 Comparação: avaliação das práticas em 2008 para 2011 (notas de 1 a 5) 4,50 4,00 3,93 3,50 3,00 3,40 3,38 3,36 3,42 3,20 3,30 3,00 3,19 3,40 2,50 2, Prática 2011 Prática 1,50 1,00 0,50 - Integração interatividade Tecnologia Mensuração Marca e reputação

33 Comparação: avaliação das crenças em 2008 para 2011 (notas de 1 a 5) 6,00 5,00 4,83 4,70 4,50 4,66 4,40 4,80 4,82 4,00 3,38 3,00 3,04 2, Crença 2011 Crença 2,00 1,00 - Integração interatividade Tecnologia Mensuração Marca e reputação

34 Integração interatividade Tecnologia Mensuração Marca e reputação Comparação entre as dimensões em 2008 e % Crença Prática 17% 16% 10% 0% 3% 4% -1% 5% 4% 6% 0,5% -10% -20% -30% -31% -40% Grande queda na crença em Tecnologia (-31%): problemas de gestão não são mais solucionáveis somente pela tecnologia, porque essa dimensão não tem mais de destaque estratégico e é vista apenas como uma ferramenta de auxílio (naturalização da Tecnologia na gestão, tecnologia como default). Grande crescimento da prática de Marca e reputação: 16% Mensuração como a dimensão com maior crescimento na crença: 17%.

35 ÍNDICE AGENDA DO FUTURO IAF

36 Como foi calculado o IAF Nota de corte de 4,0 para cada dimensão A partir daí, foram definidos quatro patamares de performance: Nota média em todas as 5 dimensões é igual ou superior à nota de corte Empresas do Futuro Nota média em apenas 3 ou 4 dimensões é igual ou superior à nota de corte. Patamar 3 Nota média em apenas 1 ou 2 dimensões é igual ou superior à nota de corte. Patamar 2 Nota média em nenhuma dimensão é igual ou superior à nota de corte. Patamar 1

37 IAF mostra que, em 2011, apenas 8% das empresas podem ser consideradas empresas do futuro sob a ótica da Comunicação e do Marketing, em comparação com 10% em Análise indica que não houve retrocesso, porém maior rigor na autoanálise dos executivos e maior compreensão da complexidade de adoção das novas dimensões. Em 2008, a maior porcentagem das empresas ficou no patamar das mais atrasadas (46,7%), enquanto em esta porcentagem caiu para 32% Porém, em 2011 houve um crescimento na porcentagem de empresas nos patamares 2 e 3 (60%), o que sugere que as empresas estão em movimento 2011 Maior número de empresas no patamar 2 37%

38 Resultados comparativos % 10% 23% 8% 32% 46,7% 33,3% 37% Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Empresas do Futuro Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Empresas do Futuro

39 Tendências sinalizam profunda transformação cultural no entendimento da comunicação e do marketing e no modelo de negócio e gestão.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos. Marketing Visão 360º O Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International está realizando pesquisas mensais com profissionais da área de marketing para investigar temas relacionados ao dia-a-dia

Leia mais

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos. Marketing Visão 360º O Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International está realizando pesquisas mensais com profissionais da área de marketing para investigar temas relacionados ao dia-a-dia

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

Gestão das organizações contábeis

Gestão das organizações contábeis Gestão das organizações contábeis Análise dos resultados da pesquisa Dezembro/2014 por Roberto Dias Duarte Sobre a pesquisa O Sistema Público de Escrituração Digital e seus vários subprojetos têm sido

Leia mais

Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo. Um novo enfoque de RI para um novo mercado

Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo. Um novo enfoque de RI para um novo mercado + Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo Um novo enfoque de RI para um novo mercado + Menu Cenário Menu + + Cenário RI hoje: uma operação indiferenciada Comunicação muito limitada com foco quase

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE GEduc 2012 - Novos Rumos para a Gestão Educacional Pág 1 Temas Pressupostos teórico-metodológicos As necessidades

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

MEETING DO MARKETING

MEETING DO MARKETING MEETING DO MARKETING Reputação Corporativa Ativo com Resultados Tangíveis Cristina Panella Cristina Panella Setembro Pág1 2007 Toda empresa funciona num meio ambiente de públicos Philip Kotler Pág2 Tipos

Leia mais

NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento

NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento Inteligência e Colaboração na Cadeia de Suprimentos e Demanda NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento Paulo Viola paulo.viola@neogrid.com Introdução Tema: Inteligência e Colaboração na Cadeia de Suprimentos e

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Mensuração de Resultados da Comunicação Empresarial On e Off-Line MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP

Mensuração de Resultados da Comunicação Empresarial On e Off-Line MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Mensuração de Resultados da Comunicação Empresarial On e Off-Line MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

MBA Gestão de Mercados ementas 2015/2

MBA Gestão de Mercados ementas 2015/2 MBA Gestão de Mercados ementas 2015/2 Análise de Tendências e Inovação Estratégica Levar o aluno a compreender os conceitos e as ferramentas de inteligência preditiva e inovação estratégica. Analisar dentro

Leia mais

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Comunicação Corporativa O MBA em Comunicação Corporativa é um curso de Pós-Graduação Latu Sensu que capacita profissionais para

Leia mais

Introdução 33 PARTE I RETORNO DE INVESTIMENTOS EM COMUNICAÇÃO: AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO. CAPÍTULO l GESTÃO DE MARKETING 39

Introdução 33 PARTE I RETORNO DE INVESTIMENTOS EM COMUNICAÇÃO: AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO. CAPÍTULO l GESTÃO DE MARKETING 39 Sumário Introdução 33 PARTE I RETORNO DE INVESTIMENTOS EM COMUNICAÇÃO: AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO CAPÍTULO l GESTÃO DE MARKETING 39 Modelo Sistêmico 3 Puts 40 Funções Gerenciais do Marketing e da Comunicação

Leia mais

Prêmio Nacional P. Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Inovação Tecnológica

Prêmio Nacional P. Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Inovação Tecnológica Prêmio Nacional de Inovação P 0 Caderno de Avaliação Categoria Projeto: Inovação Tecnológica Inovação MPE Solução: Esta dimensão avalia as características qualitativas do solução proposta o entendimento

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA

PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA PÓS-GRADUAÇÃO MARKETING E COMUNICAÇÃO DE MODA Coordenadora: Gláucia Centeno 13/04/2015 > 09/2016 400 horas Idioma: Português Aulas: Segundas e quartas das 19h30 às 22h30 PÚBLICO-ALVO Profissionais com

Leia mais

Nós somos uma assessoria que desenvolve projetos com pensamento integrado entre marca e comunicação.

Nós somos uma assessoria que desenvolve projetos com pensamento integrado entre marca e comunicação. NOSSO MODELO Nós somos uma assessoria que desenvolve projetos com pensamento integrado entre marca e comunicação. Atuamos no planejamento e na estratégia para construção ou renovação de marcas que fortaleçam

Leia mais

Introdução 02. A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03. A Definição do Negócio 03. Imagem 03. Objetivos Financeiros 04

Introdução 02. A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03. A Definição do Negócio 03. Imagem 03. Objetivos Financeiros 04 ESTUDO DE CASO A construção do BSC na ESPM do Rio de Janeiro Alexandre Mathias Diretor da ESPM do Rio de Janeiro INDICE Introdução 02 A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03 A Definição do Negócio 03 Imagem

Leia mais

Porque as mulheres seguem empresas no Twitter?

Porque as mulheres seguem empresas no Twitter? Porque as mulheres seguem empresas no Twitter? Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. A pesquisa foi realizada com 737 mulheres com idade entre

Leia mais

GfK Audience Measurements & Insights MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO

GfK Audience Measurements & Insights MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO Em nenhum momento de toda a história dos meios de comunicação modernos houve tantas mudanças fundamentais na distribuição e mensuração da mídia. Com o surgimento da transmissão

Leia mais

O entretenimento como linguagem da comunicação contemporânea com o mercado. Carlos Alberto Messeder (ESPM)

O entretenimento como linguagem da comunicação contemporânea com o mercado. Carlos Alberto Messeder (ESPM) O entretenimento como linguagem da comunicação contemporânea com o mercado. Carlos Alberto Messeder (ESPM) O novo ambiente de mercado Novas lógicas de mercado 1. Novos processos produtivos Produção em

Leia mais

5 Conclusões 5.1. Conclusões e implicações

5 Conclusões 5.1. Conclusões e implicações 5 Conclusões 5.1. Conclusões e implicações O presente trabalho tem caráter descritivo-exploratório e portanto não tem o intuito de se chegar a conclusões definitivas, sendo sua principal contribuição a

Leia mais

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais.

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais. Unidade de Projetos de Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais Branding Agosto de 2009 Elaborado em: 3/8/2009 Elaborado por: Apex-Brasil Versão: 09 Pág: 1 / 8 LÍDER DO GRUPO

Leia mais

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) - PCS A Política de Comunicação do Serviço

Leia mais

O que é Balanced Scorecard?

O que é Balanced Scorecard? O que é Balanced Scorecard? A evolução do BSC de um sistema de indicadores para um modelo de gestão estratégica Fábio Fontanela Moreira Luiz Gustavo M. Sedrani Roberto de Campos Lima O que é Balanced Scorecard?

Leia mais

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias

Sustentabilidade no Grupo Boticário. Atuação com a Rede de Franquias Sustentabilidade no Grupo Boticário Atuação com a Rede de Franquias Mais de 6.000 colaboradores. Sede (Fábrica e Escritórios) em São José dos Pinhais (PR) Escritórios em Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Leia mais

O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas

O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas O advento das mídias sociais digitais e o mercado de trabalho para o profissional de relações públicas Julie Caroline de Alcântara Universidade do Sagrado Coração, Bauru/SP E-mail: juliealcantara.31@gmail.com

Leia mais

O Bretail é uma metodologia proprietária para a integração de ferramentas criativas e estratégicas para a comunicação.

O Bretail é uma metodologia proprietária para a integração de ferramentas criativas e estratégicas para a comunicação. Visão [ep-i-gram] 1. Uma composição poética de curtas dimensões. 2. Pequena composição, que termina por um pensamento engenhoso. 3. Dito mordaz; referência crítica. O Bretail é uma metodologia proprietária

Leia mais

Principais dificuldades

Principais dificuldades Principais dificuldades A maior dificuldade apontada pelas organizações contábeis pesquisadas foi receber informações dos clientes com qualidade e prazo. Apenas 16% delas indicaram problemas com a aderência

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Fashion Marketing & Communication

Fashion Marketing & Communication Os programas de Pós-Graduação oferecidos pela Faculdade de Tecnologia do Istituto Europeo di Design estão em conformidade legal e atendem as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e nº 1, de 8

Leia mais

Gestão da Marca. Construção de valores

Gestão da Marca. Construção de valores Gestão da Marca Construção de valores Design é mais do que o veículo pelo qual as marcas se expressam e se conectam com seus clientes... o design é um reflexo do ecossistema humano Marc Gobé Especialista

Leia mais

Disseminando informação sobre webmétricas. para profissionais. Seminário Internacional Web Analytics Agosto/2008

Disseminando informação sobre webmétricas. para profissionais. Seminário Internacional Web Analytics Agosto/2008 Disseminando informação sobre webmétricas para profissionais Seminário Internacional Web Analytics Agosto/2008 Agenda da apresentação Introdução Panorama do mercado Perfil do profissional de métricasm

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

Retenção: desafio estratégico de liderança no Brasil Remuneração, ações de desenvolvimento e de retenção de talentos: os desafios estratégicos de RH

Retenção: desafio estratégico de liderança no Brasil Remuneração, ações de desenvolvimento e de retenção de talentos: os desafios estratégicos de RH Retenção: desafio estratégico de liderança no Brasil Remuneração, ações de desenvolvimento e de retenção de talentos: os desafios estratégicos de RH Maio/2012 Agenda Por que está tão crítico reter profissionais?

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

portais corporativos

portais corporativos agenda portais corporativos O portal como ferramenta de engajamento e interatividade D 11 de Dezembro? Hotel Staybridge São Paulo W Mantenha os seus pertences à vista. A Corpbusiness não se responsabiliza

Leia mais

decisões tomadas. Euchner e Ries (2013) argumentam, entretanto, que é difícil implementar o planejamento tradicional e a previsão de resultados em

decisões tomadas. Euchner e Ries (2013) argumentam, entretanto, que é difícil implementar o planejamento tradicional e a previsão de resultados em 1 Introdução Não é recente a preocupação das empresas em buscar uma vantagem competitiva, de forma a gerar mais valor para os seus clientes do que os concorrentes por meio da oferta de produtos ou serviços

Leia mais

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Marketing Digital Desenvolver profissionais para atuarem na era digital, com visão estratégica e conhecimento técnico para planejar

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS APLICAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS -1- AGENDA Quem somos Modelo de Gestão Gestão por Objectivos - BSC Conclusões e Resultados -2- AGENDA Quem somos -3- O QUE FAZEMOS

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

O QUE É CRM? NARCISO SANTAELLA

O QUE É CRM? NARCISO SANTAELLA O QUE É CRM? CRM, na realidade, não é nada de novo. Esse acrônimo significa Customer Relationship Management (Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente) e é uma aplicação da filosofia do marketing

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

Communication On Progress (COP) 2012/2013 da Via Gutenberg

Communication On Progress (COP) 2012/2013 da Via Gutenberg Communication On Progress (COP) 2012/2013 da Via Gutenberg Introdução Este documento registra ações realizadas no período de setembro de 2012 a setembro de 2013 pela Via Gutenberg Consultoria em Entretenimento

Leia mais

Relacionamento Multicanal (RMC) Estudo RMC Perspectivas 2013

Relacionamento Multicanal (RMC) Estudo RMC Perspectivas 2013 Maison do Conhecimento Grupo ECC Relacionamento Multicanal (RMC) Estudo RMC Perspectivas 2013 Resumo Especial Consumidor Moderno Summit Punta Del Este 2012 Estudo RMC: Perspectivas 2013 Público Executivos

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO

RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO Documento 7.1 RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICIPIOS DO ESTADO DA BAHIA TCM-BA SALVADOR BAHIA MARÇO / 2010 1/10 1. Introdução Este documento faz parte do escopo do

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Primeiro encontro do ciclo 2013-2014

Primeiro encontro do ciclo 2013-2014 Primeiro encontro do ciclo 2013-2014 O começo de um ciclo, com novos integrantes e uma proposta diferente em relação à construção conjunta de soluções. O CRI Nacional teve na última semana o primeiro encontro

Leia mais

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Data da Pesquisa: Junho 2009 Realização: Pesquisa realizada através do Site www.indicadoresdemanutencao.com.br Divulgação e Colaboração: Divulgação e colaboração

Leia mais

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público - alvo Pós Graduação em Organizacional Integrada Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem como para

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Marketing Político na Internet - Eleições 2016

Marketing Político na Internet - Eleições 2016 Marketing Político na Internet - Eleições 2016 Implementar e administrar um Plano de Marketing Digital para as campanhas eleitorais de 2016 CEO da Agência AC7, Elcio Castilho, com 24 anos de experiência

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

A Sustentabilidade na perspectiva de gestores da qualidade

A Sustentabilidade na perspectiva de gestores da qualidade A Sustentabilidade na perspectiva de gestores da qualidade Realização Patrocínio Objetivo da pesquisa Captar a perspectiva dos gestores e professores de gestão da qualidade sobre: 1. Os conceitos de sustentabilidade

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa busca a modernização e a ampliação das ações e dos instrumentos de Comunicação para atender às necessidades de divulgação e alinhamento de informações

Leia mais

PESQUISA DE MARKETING

PESQUISA DE MARKETING PESQUISA DE MARKETING CONCEITOS É a busca de informação, a investigação do fenômeno que ocorre no processo de transferência de bens ao consumidor Trata da coleta de qualquer tipo de dados que possam ser

Leia mais

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para:

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para: MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! Precisa-se de mão de obra para: Marketing Vendas Distribuição Finanças Localização Desenvolvimento de novos negócios Programação... MUITOS CAMPOS ABERTOS,

Leia mais

Este material contém um resumo da avaliação realizada pela FDC e seus parceiros. A coleta de dados foi realizada durante julho e agosto de 2013.

Este material contém um resumo da avaliação realizada pela FDC e seus parceiros. A coleta de dados foi realizada durante julho e agosto de 2013. O que é o estudo? É uma avaliação bianual criada em 2012 pelo Núcleo de Sustentabilidade da FDC para observar o estado de arte da gestão sustentável nas empresas brasileiras. Na edição de 2014, contamos

Leia mais

2.10 Um Framework para Avaliação da Implantação do MR MPS em Grupos Cooperados de Empresas

2.10 Um Framework para Avaliação da Implantação do MR MPS em Grupos Cooperados de Empresas 2.10 Um Framework para Avaliação da mplantação do MR MPS em Grupos Cooperados de Empresas Rafael Prikladnicki (PUCRS) rafaelp@pucrs.br Odisnei Galarraga odisnei@swprocess.com.br Agenda 1. Contexto, objetivos

Leia mais

Social Business. Uma metodologia para desenvolvimento de estratégias de negócios com o apoio das redes sociais. Estratégia Mídias Sociais.

Social Business. Uma metodologia para desenvolvimento de estratégias de negócios com o apoio das redes sociais. Estratégia Mídias Sociais. Social Business Uma metodologia para desenvolvimento de estratégias de negócios com o apoio das redes sociais. Setembro 2011 www.elife.com.br twitter.com/elife_br Índice M.A.P.A: Monitorar... Pag. 02 M.A.P.A:

Leia mais

Pós- Graduação MARKETING ESTRATÉGICO Ênfase em Marketing Digital

Pós- Graduação MARKETING ESTRATÉGICO Ênfase em Marketing Digital Pós- Graduação MARKETING ESTRATÉGICO Ênfase em Marketing Digital 5ª turma em Santa Catarina Ingresso Março 2016 Informações: Educação Executiva ESPM-SUL incompany-rs@espm.br Fone: (51) 3218-1426 ADVB/SC

Leia mais

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Go To Market Estratégias de Otimização de Resultados Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

Plano de Marketing. Introdução (breve) ao Marketing Análise de Mercado Estratégias de Marketing

Plano de Marketing. Introdução (breve) ao Marketing Análise de Mercado Estratégias de Marketing Plano de Marketing Introdução (breve) ao Marketing Análise de Mercado Estratégias de Marketing 1 Plano de Marketing É o resultado de um processo de planejamento. Define o quevai ser vendido, por quanto,

Leia mais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais Os desafios do Bradesco nas redes sociais Atual gerente de redes sociais do Bradesco, Marcelo Salgado, de 31 anos, começou sua carreira no banco como operador de telemarketing em 2000. Ele foi um dos responsáveis

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

K & M KNOWLEDGE & MANAGEMENT

K & M KNOWLEDGE & MANAGEMENT K & M KNOWLEDGE & MANAGEMENT Conhecimento para a ação em organizações vivas CONHECIMENTO O ativo intangível que fundamenta a realização dos seus sonhos e aspirações empresariais. NOSSO NEGÓCIO EDUCAÇÃO

Leia mais

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional

ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional ENDOMARKETING: Utilização como ferramenta de crescimento organizacional Carlos Henrique Cangussu Discente do 3º ano do curso de Administração FITL/AEMS Marcelo da Silva Silvestre Discente do 3º ano do

Leia mais

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gestão em Marketing Digital 04552050 30311131 Sobre a Escola Somos a primeira escola especializada em cursos para Comércio Eletrônico e Marketing Digital. Estamos há mais de seis anos no mercado

Leia mais

Logística no Ponto de Venda (PDV)

Logística no Ponto de Venda (PDV) Logística no Ponto de Venda (PDV) Pesquisa: Percepção do Varejo em Relação às Ações Promocionais Maio de 2005 Objetivo: Avaliar o impacto dos vários tipos de promoções praticadas em supermercados junto

Leia mais

Janeiro 2009. ELO Group www.elogroup.com.br Página 2

Janeiro 2009. ELO Group www.elogroup.com.br Página 2 de um Escritório - O Escritório como mecanismo para gerar excelência operacional, aumentar a visibilidade gerencial e fomentar a inovação - Introdução...2 Visão Geral dos Papéis Estratégicos... 3 Papel

Leia mais

6 Resultados e Conclusões

6 Resultados e Conclusões 6 Resultados e Conclusões Esta tese começou com a apresentação da importância das PMEs de manufatura para o desenvolvimento econômico-regional, focalizando especialmente o setor de alimentos e bebidas.

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Inscrições Abertas: Início das aulas: 28/03/2016 Término das aulas: 10/12/2016 Dias e horários das aulas:

Leia mais

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção.

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. estratégias online Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. serviços consultoria Benchmark Planejamento

Leia mais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Fórum de Governança Tecnologia e Inovação LabGTI/UFLA Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Pamela A. Santos pam.santos91@gmail.com Paulo H. S. Bermejo bermejo@dcc.ufla.br

Leia mais

ANÁLISE DE PROJETOS DIGITAIS: A importância da análise digital com foco em objetivos de negócios

ANÁLISE DE PROJETOS DIGITAIS: A importância da análise digital com foco em objetivos de negócios ANÁLISE DE PROJETOS DIGITAIS: A importância da análise digital com foco em objetivos de negócios Ingresso Julho 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias ANÁLISE DE PROJETOS DIGITAIS:

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1 LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 Visão Brasil As cinco principais tendências em atração de talentos que você precisa saber 2013 LinkedIn Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Peças para diferentes sites

Peças para diferentes sites Encontre aqui um apanhado de indicadores, estudos, análises e pesquisas de variadas fontes, todas vitais para avaliação e mensuração do desempenho e dos negócios no mundo digital. Confira Aunica The Tagnology

Leia mais

3a. Pesquisa Anual Comunicação por Atitude nas Maiores Empresas do Brasil. realização:

3a. Pesquisa Anual Comunicação por Atitude nas Maiores Empresas do Brasil. realização: www.significa.com.br 3a. Pesquisa Anual Comunicação por Atitude nas Maiores Empresas do Brasil 2006 realização: Método e amostra Pesquisa quantitativa Entrevistas telefônicas Questionário estruturado Período

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Moda

Pós-Graduação em Marketing de Moda Pós-Graduação em Marketing de Moda Público alvo Indicado para profissionais com formação em Moda, Design, Marketing, Comunicação, Arquitetura, dentre outros, e que atuem ou desejem atuar na área de Moda,

Leia mais

Agência de Inteligência em Pesquisa e Comunicação

Agência de Inteligência em Pesquisa e Comunicação Agência de Inteligência em Pesquisa e Comunicação 1 Quem somos Empresa de inteligência em pesquisa e comunicação, atuando nas diferentes áreas - consultoria, opinião e mercado. Soluções personalizadas.

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO MINAS Devolutiva da Dinâmica de Escolha dos Temas de 2011

CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO MINAS Devolutiva da Dinâmica de Escolha dos Temas de 2011 CENTRO DE REFERÊNCIA EM INOVAÇÃO MINAS Devolutiva da Dinâmica de Escolha dos Temas de 2011 Março 2011 Introdução Os rumos da inovação em Minas, foi o debate central do encontro que marcou o lançamento

Leia mais

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação Pesquisa Semesp 2009 Índice de Imagem e Reputação Uma ferramenta estratégica para a qualidade de mercado Desvendar qual é a real percepção de seus públicos estratégicos com relação à atuação das instituições

Leia mais

www.jrsantiago.com.br

www.jrsantiago.com.br www.jrsantiago.com.br Gestão do Conhecimento em Projetos José Renato Santiago Cenário Corporativo Muitas empresas gastam parte significativa de seu tempo no planejamento e desenvolvimento de atividades,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE RÁDIO EM MEIOS DIGITAIS APLICADOS NA EDUCAÇÃO E NO DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO.

ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE RÁDIO EM MEIOS DIGITAIS APLICADOS NA EDUCAÇÃO E NO DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO. 986 ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE RÁDIO EM MEIOS DIGITAIS APLICADOS NA EDUCAÇÃO E NO DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO. Ricardo Fadul Domingues - Regional Uni-FACEF Silvio Carvalho Neto - Uni-FACEF INTRODUÇÃO O

Leia mais

Fazer a web + inteligente. Este é o nosso compromisso, sempre.

Fazer a web + inteligente. Este é o nosso compromisso, sempre. Fazer a web + inteligente. Este é o nosso compromisso, sempre. + BOAS VINDAS - SEJA BEM VINDO Olá! Bem vindo à Convertte A maior e melhor empresa de comunicação digital do Ceará! O Seu projeto de comunicação

Leia mais

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás Comunicação empresarial Envolve todas as ferramentas de comunicação. Atividade multidisciplinar. Envolve conflitos, emoções, potencialidades e

Leia mais

1 Introdução 1.1 Contextualização do Problema

1 Introdução 1.1 Contextualização do Problema 1 Introdução 1.1 Contextualização do Problema O papel do líder é muito relevante numa pequena empresa familiar. Isso se dá devido a vários fatores, dentre outros, deve-se enfatizar a dificuldade de criação

Leia mais