MATRIZ CURRICULAR DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MATRIZ CURRICULAR DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSO EM ECONOMIA MATRIZ CURRICULAR Curso de Mestrado em Economia Duração do Curso : 02 anos Divisão do Curso : 08 trimestres Créditos Totais : 34 créditos Total de Disciplinas : 16 disciplinas Disciplinas Obrigatórias : 10 disciplinas com 02 créditos cada Disciplinas Optativas : 03 disciplinas com 02 créditos cada Disciplinas Finais : 02 disciplinas com 02 créditos cada Defesa final : 01 disciplina com 04 créditos Horário das Aulas : 08 às 10 horas de Segunda a Quinta - feira Horário do Seminário : 09 horas Sexta - feira (Obrigatório) DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS ECONOMETRIA I Ementa: Introdução. O modelo de regressão linear clássico. Violação das hipóteses básicas. Estimação com variáveis instrumentais. Mínimos quadrados generalizados. Modelo de dois estágios. Modelo de três estágios. Estimador de máxima verossimiliança. Hayashi, F. Econometrics. Princeton University Press, Ruud, P. A. Classical econometric theory. Oxford Press, Wooldridge, J. M. Introductory Econometrics. South-Western College Publishing, ECONOMETRIA II Ementa: Processos estocásticos. Raízes unitárias. Análise de cointegração. Modelos VAR e VEC. Exogeneidade. Sistema de equações simultâneas. Modelos SUR. Causalidade de Granger. Modelos univariados (Box-Jenkins). Modelos ARCH e GARCH. Enders, W. Applied econometric time series. Wiley, Greene, W. H. Econometric analysis. Prentice Hall, Hamilton, J. D. Time series analysis. Princieton University Press, 1994.

2 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Economia UCB Matriz Curricular 2 ESTATÍSTICA I Ementa: Noções de teoria de probabilidade: espaços amostrais, propriedades, independência. Variáveis e vetores aleatórios: momentos e cumulantes, funções geradoras de momento e características. Estudo das variáveis e vetores, discretos e contínuos, mais conhecidos. O Teorema Central do Limite. Noções fundamentais sobre estimação; o dilema dos testes de hipótese e a solução de Neyman-Pearson, seus limites e introdução às técnicas alternativas. Casela, G. e Berger, R. L. Statistical inference. Duxbury Press, Gallant, A. R. An introduction to econometric theory. Princeton University Press, Dudewics, E. J. e Mishra, S. N. Modern mathematical statistics. John Wiley and Sons, MACROECONOMIA I Ementa: Introdução. Modelo de crescimento de Solow. Modelo de Ramsey e Cass-Koopmans. Modelo de gerações superpostas. Modelos de crescimento endógeno. Modelo de dois fatores. Consumo e investimento. Barro, R. J. e Xavier, S. M. Economic Growth. The MIT Press, Blanchard, O. J. e Fischer, S. Lectures on macroeconomics. MIT Press, Romer, D. Advanced Macroeconomics. McGraw-Hill, Ljungqvist, L. e Sargent, T. J. Recursive macroeconomic theory. The MIT Press, Turnovsky, S. J. Methods of Macroeconomic Dynamics. The MIT Press, MACROECONOMIA II Ementa: Programação dinâmica. Expectativas racionais. Teoria dos ciclos reais de negócios. Teorias Keynesiana e novo-keynesiana. Moeda e inflação. Equivalência Ricardiana. Blanchard, O. J. e Fischer, S. Lectures on macroeconomics. MIT Press, Ljungqvist, L. e Sargent, T. J. Recursive macroeconomic theory. The MIT Press, Romer, D. Advanced Macroeconomics. McGraw-Hill, Sargent, T. J. Dynamic Macroeconomic Theory. Harvard University Press, Stokey, N. L. e Lucas, R. E. Recursive methods in economic dynamics. Havard University Press, Turnovsky, S. J. Methods of Macroeconomic Dynamics. The MIT Press, MATEMÁTICA I Ementa: Funções reais de variável reais. Diferenciabilidade. Máximos e mínimos de função. Funções de várias variáveis. Gradiente e matriz Hessiana. Teoremas da função inversa e da função implícita. Máximos irrestritos. Maximização com restrições de igualdade, teorema de Lagrange. Cysney & Moreira. Curso de Matemática para Economista. Editora Atlas S.A., 1997 Lima, E. L. Análise no Espaço Rn. Coleção Matemática Universitária. Lima, E. L. Análise Real. Coleção Matemática Universitária. Ross, K. A. Elementary Analysis: The theory of Calculus. Springer-Verlag, Weintraub, E. R. Mathematics for Economists. Cambridge University Press, Simon, C. P. e Blume, L. Mathematics for Economists. Norton and Company, Sundaram, R. A first course in optimization theory. Cambridge University Press, 1999.

3 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Economia UCB Matriz Curricular 3 MATEMÁTICA II Ementa: Maximização com restrições de desigualdade, o teorema de Kuhn-Tuker. Álgebra linear: matrizes e determinantes. Inversa de matrizes. Autovalores e autovetores. Equações em diferenças finitas e diferenciais. Otimização dinâmica: problema de controle ótimo e cálculo de variações. Programação dinâmica. Cysney & Moreira. Curso de Matemática para Economista. Editora Atlas S.A., 1997 Lima, E. L. Análise no Espaço Rn. Coleção Matemática Universitária. Lima, E. L. Análise Real. Coleção Matemática Universitária. Ross, K. A. Elementary Analysis: The theory of Calculus. Springer-Verlag, Weintraub, E. R. Mathematics for Economists. Cambridge University Press, Simon, C. P. e Blume, L. Mathematics for Economists. Norton and Company, Sundaram, R. A first course in optimization theory. Cambridge University Press, MICROECONOMIA I Ementa: Teoria clássica da demanda: preferências, utilidade, problema do consumidor, dualidade. Equação de Slutsky. Escolha em ambiente de incerteza: espaço de loterias, utilidade esperada, aversão ao risco, dominância estocástica. Kreps, D. M. A course in microeconomic theory. Princeton University Press, Mas-Collel, A., Whinston, M. D. e Green, J. R. Microeconomic theory. Oxford University Press, Varian, H. R. Microeconomic analysis. Norton and Company, MICROECONOMIA II Ementa: Teoria neoclássica da firma: tecnologias, função de produção, lucro e custo na firma. Mercado competitivo: otimalidade de Pareto e equilíbrio competitivo. Análise de equilíbrio parcial, teoremas do bem estar. Equilíbrio competitivo e prazos. Kreps, D. M. A course in microeconomic theory. Princeton University Press, Mas-Collel, A., Whinston, M. D. e Green, J. R. Microeconomic theory. Oxford University Press, Varian, H. R. Microeconomic analysis. Norton and Company, MICROECONOMIA III Ementa: Poder de mercado: monopólio e oligopólio. Discriminação de preços. Concorrência monopolística. Externalidades e bens públicos. Soluções à ineficiência. Introdução à teoria de jogos, jogos na forma estratégica e equilíbrio de Nash. Kreps, D. M. A course in microeconomic theory. Princeton University Press, Fudenberg, D. e Tirole, J. Game theory. The MIT Press, Gibbons, R. Game theory for applied economists. Princeton University Press, Mas-Collel, A., Whinston, M. D. e Green, J. R. Microeconomic theory. Oxford University Press, DISCIPLINAS OPTATIVAS DE ÁREA

4 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Economia UCB Matriz Curricular 4 ECONOMIA REGIONAL I Ementa: Crescimento econômico: Introdução. Teorias tradicionais. Nova teoria do crescimento endógeno. Estado e desenvolvimento regional: Motivação; intervenção pública regional - fundamentação teórica e instrumentos de ação. Federalismo fiscal: teorias de primeira e de segunda geração. Fujita, M., Krugman, P. & Venables, A.J. Economia Espacial: Urbanização, prosperidade econômica e desenvolvimento humano no mundo. São Paulo: Editora Futura Nijkamp, P. & Mills, E. Advances in Regional Economics. In NIJKAMP, P. & MILLS, E. Handbook of regional and urban economics, v.1, capítulo ECONOMIA REGIONAL II Ementa: Introdução: Antecedentes da economia urbana e regional. Mobilidade de mão-de-obra e desenvolvimento regional: O modelo de Dixit-Stiglitz de concorrência monopolista e suas implicações espaciais; Centro e Periferia. Comércio Internacional: Especialização Internacional; Desenvolvimento econômico e dispersão da indústria. Tópicos especiais de economia urbana: surgimento de novas cidades; crescimento das cidades; economia do crime, economia da saúde, outros. Oates, W. E. Fiscal Federalism. Harcourt Brace Jovanovich Inc Oates, W. E. Toward a Second-Generation Theory of Fiscal Federalism. Mimeo Seabright, P. Accountability and Decentralization in Government: an Incomplete Contract Model. European Economic Review, 40, p Qian, Y. & Roland, G. Federalism and the Budget Constraint. The American Economic Review, vol. 88 (5), p ECONOMIA REGIONAL III Ementa: Reorganização local/regional da inserção de empresas no mercado, Logística e reorganização da inserção empresarial no mercado, Transporte e Agricultura e o Desenvolvimento Regional, O desenvolvimento regional recente e fragmentação do mercado nacional, Competitividade e Inovação Tecnológica e Teoria do Crescimento com progresso técnico endógeno. Tópicos especiais de economia rural: uma abordagem para competitividade, logística integrada e mercado no agronegócio.. Hiebeler, R.; Kelly T.B; Ketteman, C. Best Practices? Construindo seu negócio com as melhores práticas globais. São Paulo, Atlas, Johnson, J.C.; Wood, D.F. Contemporary Logistics. New York, Macmillan Publishing Company, Dornier, P.P; Ernst, R. Fender, M.;Kouvelis, P. (2000). Logística e Operações Globais? Textos e Casos, São Paulo, Atlas, ECONOMIA DA INOVAÇÃO I Ementa: Definição de Inovação: invenção e inovação. Inovação em produto e inovação em processo. Inovação incremental e radical. Inovação e estrutura de mercado: hipóteses schumpterianas. Modelos de Sutton. Mercado para tecnologia. Impactos entre lucratividade, apropriabilidade, mão-de-obra e inovação. Econometria da inovação. Bases de dados sobre inovação no Brasil e no mundo

5 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Economia UCB Matriz Curricular 5 ARMSTRONG, M e PORTER, R.H. Handbook of industrial organization, volume 3, 2007 North- Holland. CAMERON, A.C. e TRIVEDI, P. K. Microeconometrics: methods and applications, 2005.Cambridge University Press. HALL,HB e ROSENBERG, N Handbook of the economics of innovation, volume 1, North- Holland. HALL,HB e ROSENBERG, N Handbook of the economics of innovation, volume 2, North- Holland. SUTTON, J Market structure and technology: theory and history, MIT press. ECONOMIA DA INOVAÇÃO II Ementa: Produtividade e eficiência. Medidas de eficiência, mudanças na produtividade. Inovação e produtividade. Técnicas para medição de produtividade. Análise envoltória de dados (DEA), formulações alternativas. Fronteira estocástica.. Modelos de expansão na variedade de produtos e modelos de melhoria na qualidade de produtos. COELI T.J., D.S.P. RAO, C.J. O DONNELL AND G.E. BATTESE. An introduction to Efficiency and Productivity Analysis. Springer. 2nd edition. (2005) New York, EUA. BALK B.M. Productivity Commission). Scale efficiency and productivity change. Journal of Productivity Analysis 15: (1996 FRIED H.O.,C.A. KNOX LOVEL AND S.S. SCHIMIDT. The Measurement of Productivity Efficiency and Productivity Growth. (2008). Oxford University Press. Oxford, Inglaterra. COOPER W.W., L.M. SEIFORD AND K. TONE. Introduction to Data Envelopment Analysis and Its Uses. (2006). Springer. New York, EUA. KUMBHAKAR S.C. AND C.A. KNOX LOVEL. Stochastic Frontier Analysis. (2003). Cambridge University Press. Cambridge, Inglaterra. ECONOMIA DA INOVAÇÃO III Ementa: Financiamento de inovação. Custos de pesquisa e desenvolvimento. Capital de risco. Financiamento com recursos internos e com recursos externos. Abertura de capital em projetos de inovação. O papel do Estado no financiamento da inovação. ALLEN, F. AND YAGO, G. Financing the Future: Market-Based Innovations for Growth (Wharton School Publishing--Milken Institute Series on Financial Innovations). Wharton School Publishing; 1 edition, FAGERBERG, J AND MOWERY; D. C. The Oxford Handbook of Innovation, 2005 GOETZMANN, W.N. AND ROUWENHORST, K.G. The Origins of Value: The Financial Innovations that Created Modern Capital Markets. Oxford University Press, HALL,HB AND ROSENBERG, N Handbook of the economics of innovation, volume 1, 2010 HALL,HB e ROSENBERG, N Handbook of the economics of innovation, volume 2, 2010 LLEWELLYN, D.T., SCHIMDT, R.H. AND ANDERLONI, L. Financial Innovation in Retail and Corporate Banking (New Horizons in Money and Finance). Edward Elgar, MOLYNEUX, P. AND SHAMROUKH. Financial Innovation. Wiley: 1999

6 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Economia UCB Matriz Curricular 6 FINANÇAS I Ementa: Mercado de ativos. A lei de um preço e não arbitragem. Primeiro e segundo teoremas de Precificação de Ativos. O modelo de Markowitz. Modelos de equilíbrio em mercados de capitais: CAPM e APT. Derivativos: O modelo binomial e o Modelo de Black and Scholes. Black, F. and Scholes, M. The pricing of Options and Corporate Liabilities. Journal of Political Economy 81, p , Cochrane, J. Asset Pricing. Princeton University Press, Cox, J. C., Ross, S. A. and Rubinstein, M. Option Pricing: a simplified approach. Journal of Financial Economics 7, p , LeRoy, S. F. and Werner, J. Principes of Financial Economics. Cambridge University Press, Magill, M. and Quinzii, M. Theory of incomplete markets. Volume 1. MIT Press, Wilmott, P. The mathematics of Financial Derivatives: a student introduction. Cambridge University Press, FINANÇAS II Ementa: Finanças corporativas. Avaliação da empresa e de projetos. Escolha de estrutura de capital na firma. Problema de agência e informação. Reestruturação do capital de uma firma, oferta de ações. Fusões e aquisições de firmas. Governanta corporativa, conflito entre acionistas e posse institucional de firmas. De Mattos, J. A. Theoretical Foundations of Corporate Finance. Princeton University Press, Copeland, T. E. and Weston, J. F. Financial theory and corporate policy.addison-wesley, Outros vários artigos FINANÇAS III Ementa: Eficiência do mercado financeiro e seus desvíos (bolhas e crashes). Modelos econométricos aplicados às finanças. Administração risco (VAR e outros). Modelos de títulos de renda fixa. Modelos computacionais originados na economia-física para a modelagem de mercados financeiros e sistemas bancários Campbell, J. Y. Lo, A. W. and Mlay, A. C. The econometrics of Financial Markets. Princeton University Press, Johansen, A., Ledoit, O. and Sornette, D. Crashes as critical points. Working paper of Institute of Geophysics and Planetary Physics Olivier Ledoit, Magill, M. and Quinzii, M. Theory of incomplete markets? Volume 1. MIT Press, Mills, T. The econometric modeling of financial time series. Cambridge University Press, Shleifer, A. Ineffecient Markets. An introduction to behavorial finance. Oxford University Press, DISCIPLINAS FINAIS

7 Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Economia UCB Matriz Curricular 7 ELABORAÇÃO DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (EPD I) Ementa: Nesta disciplina, o aluno deverá levantar material bibliográfico relevante relativo ao seu tema de pesquisa e deverá elaborar uma primeira versão de seu projeto de doutorado, sob a supervisão de seu orientador. A critério do orientador. ELABORAÇÃO DE PROJETO DE DISSERTAÇÃ FINAL (EPD II) Ementa: Ao matricular-se nesta disciplina, o aluno deverá apresentar a versão final de seu projeto de tese e submetê-lo para avaliação de uma banca examinadora. Após a defesa e aprovação do projeto de tese, o aluno deverá necessariamente apresentar um seminário na série de seminários acadêmicos do doutorado para qualificar-se para a defesa da tese de Doutorado. A critério do orientador DEFESA DE DISSERTAÇÃO (EPD III) Créditos: 4.0 Carga Horária: 60 Obrigatória Ementa: Apenas após a aprovação no seminário de qualificação, o doutorando estará apto a matricular-se na disciplina Defesa de Tese, que corresponde ao último requerimento para se obter o título de Doutor em Economia de Empresas. A critério do professor

Matriz Curricular DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

Matriz Curricular DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ECONOMIA Matriz Curricular Curso de Doutorado em Economia Duração do Curso : 04 anos

Leia mais

Matriz Curricular. Programa de Mestrado em Economia DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS. : 08 às 10 horas de Segunda a Quinta-feira

Matriz Curricular. Programa de Mestrado em Economia DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS. : 08 às 10 horas de Segunda a Quinta-feira UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ECONOMIA Matriz Curricular Programa de Mestrado em Economia Duração do Curso Divisão

Leia mais

Doutoramento em Economia

Doutoramento em Economia Unidade Curricular: Econometria Avançada I 1. Método dos Mínimos Quadrados Ordinários. 2. Interpretação e Selecção da Forma Funcional do Modelo de Mínimos Quadrados Ordinários. 3. Heteroscedasticidade

Leia mais

Doutoramento em Economia

Doutoramento em Economia Unidade Curricular: Econometria Avançada I 1. Método dos Mínimos Quadrados Ordinários. 2. Interpretação e Selecção da Forma Funcional do Modelo de Mínimos Quadrados Ordinários. 3. Heteroscedasticidade

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO 2013 (Publicado no DOE de 06/06/2012 e retificado no DOE de 23/08/2012)

PROCESSO DE SELEÇÃO 2013 (Publicado no DOE de 06/06/2012 e retificado no DOE de 23/08/2012) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO USP Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade FEA Programa de Pós-Graduação em Economia Área Teoria Econômica Curso Doutorado PROCESSO DE SELEÇÃO 2013 (Publicado no

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MESTRADO E DOUTORADO Disciplina: ECN/899 - Microeconomia II Carga Horária:/Créditos: 60/04 Período: 2º semestre de 2009 Profas.: Mônica Viegas (Primeira e Segunda

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG PRÓ REITORIA DE PESQUISA E PÓS GRADUAÇÃO - PROPESP INSTITUTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS - ICEAC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROPOSTA DE PROGRAMA DE DISCIPLINA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES (MRE) INSTITUTO RIO BRANCO (IRBr) PROPOSTA DE PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Economia Aplicada à Tomada de Decisão e à Estratégia de Negociação PROFESSOR: Flávio

Leia mais

Matriz Curricular. Programa de Doutorado em Economia DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS. : 08 às 10 horas de Segunda a Quinta-feira

Matriz Curricular. Programa de Doutorado em Economia DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS. : 08 às 10 horas de Segunda a Quinta-feira UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ECONOMIA Matriz Curricular Programa de Doutorado em Economia Duração do Curso Divisão

Leia mais

Econometria Financeira

Econometria Financeira Econometria Financeira Área Científica: Economia/Gestão Horas de Contacto: TP: 45 Docentes Respnsáveis: Cristina Alexandra Oliveira Amado/ Benilde Maria Nascimento Oliveira Língua de Funcionamento: Português/

Leia mais

2 o Ciclo Matemática Aplicada - Matemática Actuarial

2 o Ciclo Matemática Aplicada - Matemática Actuarial 2 o Ciclo Matemática Aplicada - Matemática Actuarial 17 de Julho de 2006 1 Estrutura proposta 7 o Semestre Designação Área Científica T TP P ECTS Matemática Financeira Matemática - 4-6 Actuariado Vida

Leia mais

Alterações em Bibliografias de disciplinas do Bacharelado em Matemática

Alterações em Bibliografias de disciplinas do Bacharelado em Matemática Alterações em Bibliografias de disciplinas do Bacharelado em Matemática Complementação da Bibliografia de Cálculo Numérico : RUGGIERO, M.A.G. e LOPES, V.L.R. Cálculo Numérico, Aspectos Teóricos e Computacionais.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 12, de 12 de março

Leia mais

Turma BNDES Básica Exercícios

Turma BNDES Básica Exercícios Turma BNDES Básica Exercícios Banca: CESGRANRIO Edital de referência: 01/2012 (data da publicação: 17/12/2012) Carga horária (aulas presenciais): 92,0 horas EMENTA DA PROVA 1 OBJETIVA Carga Horária e Pré-Requisitos.

Leia mais

8 Referências bibliográficas

8 Referências bibliográficas 8 Referências bibliográficas ALVES, M. Carro Flex Fuel: Uma Avaliação por Opções Reais. Dissertação (Mestrado em Administração). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.

Leia mais

6. Monopólios e indústrias em rede 6.1. Monopólio natural 6.2. Monopólio multiproduto 6.3. Indústrias em rede 6.4. Regulação em setores monopolistas

6. Monopólios e indústrias em rede 6.1. Monopólio natural 6.2. Monopólio multiproduto 6.3. Indústrias em rede 6.4. Regulação em setores monopolistas FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ATUÁRIA PROGRAMA DE ENSINO Curso: Economia Ano: 2009 Disciplina: Economia Industrial Código: 629 Créditos: 04 Carga Horária: 60 H/A Professor: Roland

Leia mais

Curso de Especialização Lato Sensu em Econometria e Finanças Quantitativas

Curso de Especialização Lato Sensu em Econometria e Finanças Quantitativas Curso de Especialização Lato Sensu em Econometria e Finanças Quantitativas 2 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL... 3 2. ÁREAS DE ATUAÇÃO... 4 3. CURSO OFERTADO... 6 4. OBJETIVO GERAL... 6 5. PÚBLICO

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS Disciplina: Economia 30 h/a Mercado e seu equilíbrio: teoria do consumidor e a curva de demanda; Teoria da produção, custos, e a curva de

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mestrado em Matemática - Área de Concentração em Estatística

PLANO DE ENSINO. Mestrado em Matemática - Área de Concentração em Estatística 1. IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Disciplina: Estatística Multivariada Código: PGMAT568 Pré-Requisito: No. de Créditos: 4 Número de Aulas Teóricas: 60 Práticas: Semestre: 1º Ano: 2015 Turma(s): 01 Professor(a):

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ATUÁRIA PROGRAMA DE ENSINO

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ATUÁRIA PROGRAMA DE ENSINO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E ATUÁRIA PROGRAMA DE ENSINO Curso: Economia Ano: 2006 Disciplina: Economia Industrial Código: 629 Créditos: 04 Carga Horária: 60 H/A Professor: Roland

Leia mais

Departamento de Economia

Departamento de Economia Departamento de Economia Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Econômico Especialização em Macroeconomia e Finanças 2014 OBJETIVOS O Curso de Especialização em Macroeconomia e Finanças tem como

Leia mais

Microeconomia NATÉRCIA MIRA EDIÇÕES SÍLABO

Microeconomia NATÉRCIA MIRA EDIÇÕES SÍLABO Microeconomia NATÉRCIA MIRA EDIÇÕES SÍLABO É expressamente proibido reproduzir, no todo ou em parte, sob qualquer forma ou meio, NOMEADAMENTE FOTOCÓPIA, esta obra. As transgressões serão passíveis das

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Prática

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA. Prática Disciplina: MICROECONOMIA III: ECONOMIA INDUSTRIAL Código: CSA Teórica l Ementa: Teoria dos Jogos. Modelos Locacionais. O paradigma estruturaconduta-desempenho: significado e críticas. Teoria dos Mercados

Leia mais

1.3. As linhas de pesquisa do Programa de Pós Graduação em Economia Área: Economia Aplicada da FEA RP/USP são:

1.3. As linhas de pesquisa do Programa de Pós Graduação em Economia Área: Economia Aplicada da FEA RP/USP são: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO USP Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto FEA RP Programa de Pós Graduação em Economia Área: Economia Aplicada Curso de Doutorado PROCESSO DE

Leia mais

MPEP ITA PG/EAM-P. Turma Senai. Plano de Ensino. MB-701 Nivelamento em Matemática Superior

MPEP ITA PG/EAM-P. Turma Senai. Plano de Ensino. MB-701 Nivelamento em Matemática Superior MPEP www.mpep.ita.br ITA PG/EAM-P Turma Senai Plano de Ensino MB-701 Nivelamento em Matemática Superior São José dos Campos, SP 29 de julho de 2013 OBJETIVOS DA DISCIPLINA Esta dsiciplina tem o objetivo

Leia mais

Econometria Avançada 1o semestre de 2015

Econometria Avançada 1o semestre de 2015 Econometria Avançada 1o semestre de 2015 Hedibert Freitas Lopes www.hedibert.org hedibertfl@insper.edu.br INSPER - Sala 604 Horários Horário das aulas: Terça-feira das 9h45min às 11h45min Quinta-feira

Leia mais

EDITAL 07/2011 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2012 DO PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

EDITAL 07/2011 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2012 DO PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL 07/2011 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2012 DO PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS O Coordenador do Programa de Mestrado Acadêmico em Ciências Contábeis, no uso de suas

Leia mais

CURSO DE DIREITO DA CONCORRÊNCIA E REGULAÇÃO

CURSO DE DIREITO DA CONCORRÊNCIA E REGULAÇÃO Fagundes Consultoria Econômica jfag@unisys.com.br Escola Superior da Advocacia - ESA CURSO DE DIREITO DA CONCORRÊNCIA E REGULAÇÃO Noções de Microeconomia Índice Fundamentos de Microeconomia: princípios

Leia mais

DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: MICROECONOMIA DA REGULAÇÃO PROF:

DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: MICROECONOMIA DA REGULAÇÃO PROF: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO (www.ea.ufrgs.br) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: MICROECONOMIA DA REGULAÇÃO PROF: Giácomo Balbinotto Neto (Prof.

Leia mais

O Hiato da Produção Agrícola em Angola, Brasil, Moçambique e Portugal no Período de 1961 a 2000 Antonio José Medina dos Santos Baptista 1

O Hiato da Produção Agrícola em Angola, Brasil, Moçambique e Portugal no Período de 1961 a 2000 Antonio José Medina dos Santos Baptista 1 O Hiato da Produção Agrícola em Angola, Brasil, Moçambique e Portugal no Período de 1961 a 2000 Antonio José Medina dos Santos Baptista 1 Resumo Neste estudo pretendeu-se estimar um indicador do hiato

Leia mais

FINANÇAS DE EMPRESA Doutoramento em gestão ISEG, 2003-2004

FINANÇAS DE EMPRESA Doutoramento em gestão ISEG, 2003-2004 FINANÇAS DE EMPRESA Doutoramento em gestão ISEG, 2003-2004 1. DOCENTES João Carvalho das Neves Professor Catedrático e director da Pósgraduação em Gestão e Avaliação Imobiliária Professor Convidado em

Leia mais

EQUIVALÊNCIA E A MATRIZ COMPANHEIRA P

EQUIVALÊNCIA E A MATRIZ COMPANHEIRA P Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Campus Rio Pomba Coordenação de Cursos de Pós-Graduação e Pesquisa PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

TEXTO PARA DISCUSSÃO N 328 REDES E POLARIZAÇÃO URBANA E FINANCEIRA: UMA EXPLORAÇÃO INICAL PARA O BRASIL

TEXTO PARA DISCUSSÃO N 328 REDES E POLARIZAÇÃO URBANA E FINANCEIRA: UMA EXPLORAÇÃO INICAL PARA O BRASIL TEXTO PARA DISCUSSÃO N 328 REDES E POLARIZAÇÃO URBANA E FINANCEIRA: UMA EXPLORAÇÃO INICAL PARA O BRASIL Marco Crocco Ricardo Machado Ruiz Anderson Cavalcante Março de 2008 Ficha catalográfica 333.73981

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 1º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Microeconomia III 760.223 1.2 Unidade:

Leia mais

ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC N ٥ EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PARA ALUNOS INGRESSOS A PARTIR DE 2005

ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC N ٥ EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PARA ALUNOS INGRESSOS A PARTIR DE 2005 ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC N ٥ EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PARA ALUNOS INGRESSOS A PARTIR DE 2005 DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 1 - CONTABILIDADE Fatos contábeis e econômicos. Aspectos

Leia mais

Economia dos Recursos Humanos

Economia dos Recursos Humanos Disciplina oferecida ao Curso de MBE Executivo (5ª edição) do Programa de Pós Graduação em Economia da UFRGS. Economia dos Recursos Humanos Professor Responsável: Giácomo Balbinotto Neto. Objetivo: A economia

Leia mais

MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES

MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa 1. Identificação

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada

Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO USP Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto FEA-RP Programa de Pós-Graduação em Economia Área: Economia Aplicada Curso de Doutorado PROCESSO DE

Leia mais

Curso de Especialização e Atualização em Finanças Corporativas, Controladoria e Economia. Master in Corporate Finance, Controllership and Economics

Curso de Especialização e Atualização em Finanças Corporativas, Controladoria e Economia. Master in Corporate Finance, Controllership and Economics Curso de Especialização e Atualização em Finanças Corporativas, Controladoria e Economia Master in Corporate Finance, Controllership and Economics A ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO FGV/EESP Sempre em acordo

Leia mais

Escola de Economia e Gestão. Empresas e Mercados

Escola de Economia e Gestão. Empresas e Mercados Empresas e Mercados Pré-Requisitos: Nenhuns Prerequisites: None Compreender o funcionamento dos mercados e a forma como o mecanismo preço permite a afetação de recursos Compreender e explicar o processo

Leia mais

Curso de Especialização e Atualização em Financial Economics - CEAFE. Master in Financial Economics

Curso de Especialização e Atualização em Financial Economics - CEAFE. Master in Financial Economics Curso de Especialização e Atualização em Financial Economics - CEAFE Master in Financial Economics A ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO FGV/EESP Tendo sempre em vista a missão maior orientadora de suas atividades,

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Gestão de Investimentos Professor: Paulo Sergio Milano Bernal Carga horária: 4 DRT: 113400-5 Código da Disciplina: 18018017 Etapa: 8º Semestre

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71)

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71) DELIBERAÇÃO - Câmara de Pós-Graduação Nº 27/2012 Reestrutura o Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional, Mestrado. CONSIDERANDO a solicitação da Comissão Coordenadora do Programa

Leia mais

Otimização Aplicada à Engenharia de Processos

Otimização Aplicada à Engenharia de Processos Otimização Aplicada à Engenharia de Processos Aula 1: Introdução Felipe Campelo http://www.cpdee.ufmg.br/~fcampelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica Belo Horizonte Março de 2013 Antes de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTA DAS DISCIPLINAS 1º Período GADM 7712-TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO (4.0.0) 4 Introdução; Antecedentes Históricos;

Leia mais

NIVELAMENTO MATEMÁTICA 2012

NIVELAMENTO MATEMÁTICA 2012 NIVELAMENTO MATEMÁTICA 202 Monitor: Alexandre Rodrigues Loures Monitor: Alexandre Rodrigues Loures SUMÁRIO. LOGARITMOS... 3.. Mudança de base... 3.2. Propriedades dos logaritmos... 4 2. DERIVADAS... 4

Leia mais

EDITAL GR Nº 707/2014. Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Aprendizagem Especiais com Pré-Requisito semestre 2015A 2º Período

EDITAL GR Nº 707/2014. Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Aprendizagem Especiais com Pré-Requisito semestre 2015A 2º Período Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Aprendizagem Especiais com Pré-Requisito semestre 2015A 2º Período Disciplina Especial Ofertada Pré-Requisito Ementa Análise das Demonstrações Contábeis II

Leia mais

Proposta de disciplina G3. Ano Lectivo 2003/2004. Economia das Pensões

Proposta de disciplina G3. Ano Lectivo 2003/2004. Economia das Pensões Proposta de disciplina G3 Ano Lectivo 2003/2004 Economia das Pensões Maria Teresa Medeiros Garcia Lisboa, 31 de Março, 2003 1. Justificação Numa fase de grande incerteza quanto à sustentabilidade financeira

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RISCO NA AVALIAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PELO MÉTODO DE MONTE CARLO Prof. Dr. Gabriel A. Costa Lima Gerente da AREMAS (Smart Business Solutions) Contatos: gabriel.costa.lima@aremas.com.br Quem

Leia mais

EC00929 Mercado de Capitais CH: 60 horas/aula Créditos: 04 Docente: José Lamartine Távora Junior

EC00929 Mercado de Capitais CH: 60 horas/aula Créditos: 04 Docente: José Lamartine Távora Junior EC00929 Mercado de Capitais CH: 60 horas/aula Créditos: 04 Docente: José Lamartine Távora Junior Objetivo O objetivo da disciplina é o dar condições de o aluno entender os seguintes tópicos: Conceitos

Leia mais

MBA Executivo Internacional

MBA Executivo Internacional MBA Executivo Internacional Informações* Dias e horários das aulas: Quinzenalmente. Sextas e sábados. Das 08h30 às 17h30. Carga horária: 612 Horas *As informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Novo programa curricular para 2012-13

Novo programa curricular para 2012-13 Licenciaturas Novo programa curricular para 2012-13 Regras de transição 04.05.2012 Curriculum: Year 1 F S Int. Empresa* Int. Micro** Int. Micro* Int. Empresa** Cálculo I Cálculo II* Estatística** Algebra

Leia mais

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EDA 1601 - INGLÊS INSTRUMENTAL I (2.0.0)2 English for Specific Purposes": introdução. Leitura e compreensão de texto: estratégias de leitura. Organização e partes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 2º.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 2º. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 2º. SEMESTRE 2015 DISCIPLINA: Pesquisa Quantitativa com Análise de Dados PROFESSOR:

Leia mais

Fundamentos de Elasticidade e Plasticidade IG-209. Eliseu Lucena Neto

Fundamentos de Elasticidade e Plasticidade IG-209. Eliseu Lucena Neto Fundamentos de Elasticidade e Plasticidade IG-209 Eliseu Lucena Neto 2015 Ementa Meio contínuo. O conceito de tensão. Estado de tensão num ponto. Equações de equilíbrio. Capítulo1(12aulas) O conceito de

Leia mais

JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il.

JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il. BSP Especializados BSP - Especializados JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il. UNIDADE: Morumbi

Leia mais

Curriculum Vitae. Elementos de Identificação. Habilitações Literárias

Curriculum Vitae. Elementos de Identificação. Habilitações Literárias Curriculum Vitae Elementos de Identificação Nome: Manuel Ricardo Fontes da CUNHA Filho de: Joaquim Manuel Martins da Cunha e de Maria Conceição Costa Castro e Fontes da Cunha Natural da Freguesia de: Nevogilde,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Gestão de Marketing e Ética Empresarial

Gestão de Marketing e Ética Empresarial Escola de Economia e Gestão Gestão de Marketing e Ética Empresarial Reconhecer e explicar os conceitos pilares do marketing e seu ambiente; Reconhecer a estratégia de marketing e aplicar os principais

Leia mais

UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Código Denominação DISCIPLINA Crédito(s) (*) Carga Horária Teórica Prática

Leia mais

CAUSALIDADE E COINTEGRAÇÃO DAS PRINCIPAIS BOLSAS DE VALORES DO MUNDO E DA AMÉRICA LATINA

CAUSALIDADE E COINTEGRAÇÃO DAS PRINCIPAIS BOLSAS DE VALORES DO MUNDO E DA AMÉRICA LATINA CAUSALIDADE E COINTEGRAÇÃO DAS PRINCIPAIS BOLSAS DE VALORES DO MUNDO E DA AMÉRICA LATINA Autoria: Antônio Fernando O. A. Pereira, Newton C. A. da Costa Júnior e Anderson de Barros Dantas Resumo: Este artigo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EMENTA DE DISCIPLINA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EMENTA DE DISCIPLINA EMENTA DE DISCIPLINA EMENTA (Síntese do Conteúdo): De que trata a economia; o mercado, preços e elasticidades; a empresa e a produção; custos de produção; maximização do lucro e oferta; mercado imperfeito;

Leia mais

Artigo Técnico. ROBERTO CARLINE + 55.11.235.9809 5900.analise@bradesco.com.br APRESENTAÇÃO

Artigo Técnico. ROBERTO CARLINE + 55.11.235.9809 5900.analise@bradesco.com.br APRESENTAÇÃO i ROBERTO CARLINE + 55.11.235.9809 5900.analise@bradesco.com.br APRESENTAÇÃO A moderna teoria de administração de portfolios vem procurando apresentar mecanismos para a obtenção da uma relação ótima entre

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Análise de Dados e Data Mining

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Análise de Dados e Data Mining Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Análise de Dados e Data Mining Inscrições Abertas Início das Aulas: 24/03/2015 Dias e horários das aulas: Terça-Feira 19h00 às 22h45 Semanal Quinta-Feira 19h00

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE. DEPARTAMENTO DE ECONOMIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE. DEPARTAMENTO DE ECONOMIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE. DEPARTAMENTO DE ECONOMIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA ECONOMIA MONETÁRIA PROFESSOR JOSÉ LUIS OREIRO EMENTA: Keynes

Leia mais

6.1 Matriz Curricular Ciências Econômicas (turno noturno)

6.1 Matriz Curricular Ciências Econômicas (turno noturno) 6.1 Matriz Curricular Ciências Econômicas (turno noturno) Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Graduação (ESTRUTURA CURRICULAR 2010-2011) MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

Curso de Pós-Graduação lato Sensu em Matemática para Negócios. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP)

Curso de Pós-Graduação lato Sensu em Matemática para Negócios. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) Curso de Pós-Graduação lato Sensu em Matemática para Negócios. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) 1. Apresentação Com os avanços tecnológicos inseridos no mundo informatizado e virtual e a forma

Leia mais

Avaliação de Desempenho em Sistemas de Computação e Comunicação

Avaliação de Desempenho em Sistemas de Computação e Comunicação Avaliação de Desempenho em Sistemas de Computação e Comunicação Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM UFES Objetivos

Leia mais

Um Sistema de Informação Gerencial para a Avaliação e o Acompanhamento da Produção de Pesquisa Agropecuária no Brasil

Um Sistema de Informação Gerencial para a Avaliação e o Acompanhamento da Produção de Pesquisa Agropecuária no Brasil Um Sistema de Informação Gerencial para a Avaliação e o Acompanhamento da Produção de Pesquisa Agropecuária no Brasil G. SOUZA Secretaria de Gestão e Estratégia, Embrapa Brasília, DF, 70770-901, Brasil

Leia mais

Introdução as Opções Reais

Introdução as Opções Reais Introdução as Opções Reais Capitulo 1 - Uma nova visão de investimento A economia define investimento como ato de incorrer em custo imediato na expectativa de recompensas futuras. Firmas que constroem

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS I

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS I EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1 FACUL DADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMATICA NEGÓGIOS GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ( 68) Teóricas Etapa: 7ª ( ) Práticas Interpretação de Governança e estratégia organizacional:

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS 7ª ETAPA GESTÃO EMPRESARIAL: FOCO SISTEMAS CORPORATIVOS Disciplina: ESTRATÉGIAS EM SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL ENEX00614 (34) Teóricas 34 h/a Conceitos básicos de estratégia

Leia mais

MESTRADO E DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO

MESTRADO E DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO A UNASUR UNIVERSIDAD AUTÓNOMA DEL SUR em parceria com a MASTER ASSESSORIA EDUCACIONAL criou o Cursos de Mestrado e Doutorado em Administração, os quais procuram enfatizar

Leia mais

Como os impostos afetam o crescimento econômico?

Como os impostos afetam o crescimento econômico? Como os impostos afetam o crescimento econômico? Adolfo Sachsida * (sachsida@hotmail.com www.bdadolfo.blogspot.com) I. Introdução Somente a morte e os impostos são inevitáveis (Benjamin Franklin) Os impostos

Leia mais

' ( ) *+,-& *+../ #$ $% ! &

' ( ) *+,-& *+../ #$ $% ! & ' ( ) # *+,-& *+../!" # #$ $%! & # O SUBSÍDIO DE DESEMPREGO E A RELAÇÃO NEGATIVA ENTRE SALÁRIO E RISCO DE FALÊNCIA: UMA TEORIA EM EQUILÍBRIO PARCIAL Pedro Cosme da Costa Vieira (pcosme@fep.up.pt), Faculdade

Leia mais

Área Finanças ou Área Economia - CONCENTRADO

Área Finanças ou Área Economia - CONCENTRADO Programa de Mestrado Profissional em Economia Área Finanças ou Área Economia - CONCENTRADO MESTRADO PROFISSIONAL EM FINANÇAS OU ECONOMIA (CONCENTRADO) 1 2.2014 A ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO FGV/EESP

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Habilitação: Bacharel em Sistemas de Informação Cálculo I - 90 6 Lógica - Programação I - 90 6 1º. Fundamentos de Sistemas de Informação - Metodologia da Pesquisa - 30 2 Comunicação Empresarial - 30 2

Leia mais

Sumário. Conceitos básicos 63 Estrutura do balanço de pagamentos 64 Poupança externa 68

Sumário. Conceitos básicos 63 Estrutura do balanço de pagamentos 64 Poupança externa 68 Sumário CAPÍTULO l As CONTAS NACIONAIS * l Os agregados macroeconômicos e o fluxo circular da renda 2 Contas nacionais - modelo simplificado 4 Economia fechada e sem governo 4 Economia fechada e com governo

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Turismo, Hotelaria e Restauração Área Científica: Hotelaria CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 CURSO: Licenciatura em Restauração e Catering Ano: 1º Semestre:

Leia mais

Programa de Mestrado Profissional em Economia em. Finanças Quantitativas

Programa de Mestrado Profissional em Economia em. Finanças Quantitativas Programa de Mestrado Profissional em Economia em Finanças Quantitativas 2.2014 A ESCOLA DE ECONOMIA DE SÃO PAULO FGV/EESP Tendo sempre em vista a missão maior orientadora de suas atividades, a FGV, ao

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial PRIMEIRA FASE 01 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Funções, gráficos e aplicações; cálculo diferencial e aplicações; funções de duas ou mais variáveis: derivadas parciais e aplicações; aplicação computacional

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Programa Detalhado (vigente a partir de 2015) Índice 1 Introdução 3 2 Missão 3 3 Áreas de Concentração 3 4 Estrutura do Curso 4 5 Disciplinas Oferecidas

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. FINANÇAS EMPRESARIAIS Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 42 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ECONOMETRIA Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ECONOMETRIA Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular ECONOMETRIA Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular ECONOMETRIA

Leia mais

Organização Industrial - 2ª PARTE

Organização Industrial - 2ª PARTE Departamento de Economia PUC-RIO Introdução Organização Industrial - 2ª PARTE Professores: João Manoel Pinho de Mello/Leonardo Rezende jmpm@econ.puc-rio.br jmpm@stanford.edu Nessa segunda parte do curso

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Escola de Engenharia Curso: Engenharia Eletrônica e Elétrica Disciplina: Engenharia Econômica Código da Disciplina: 25019724 Professor: Doutor Agostinho Celso Pascalicchio Carga

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MACROECONOMIA PÓS-KEYNESIANA PROFESSOR JOSÉ LUIS OREIRO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MACROECONOMIA PÓS-KEYNESIANA PROFESSOR JOSÉ LUIS OREIRO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA MACROECONOMIA PÓS-KEYNESIANA PROFESSOR JOSÉ LUIS OREIRO EMENTA: Keynes e a macroeconomia pós-keynesiana. O conceito de economia monetária de produção. Princípio da

Leia mais

EMENTA: consumo/investimento, ciclos reais de negócios, crescimento econômico. I INTRODUÇÃO: A ECONOMIA NO CURTO PRAZO e NO MÉDIO PRAZO (6 horas/aula)

EMENTA: consumo/investimento, ciclos reais de negócios, crescimento econômico. I INTRODUÇÃO: A ECONOMIA NO CURTO PRAZO e NO MÉDIO PRAZO (6 horas/aula) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: MACROECONOMIA III PROFESSORA: LÍZIA DE FIGUEIRÊDO SEMESTRE:

Leia mais

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Economia I ADM 047. 72h 2º

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Economia I ADM 047. 72h 2º Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Desenvolvimento Rural e Cadeias Produtivas

Desenvolvimento Rural e Cadeias Produtivas Desenvolvimento Rural e Cadeias Produtivas Larissa Bueno Ambrosini Carlos Alberto Oliveira de Oliveira Pesquisadores Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária Porto Alegre, 21 de novembro de 2012. O debate

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS:

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: Contabilidade de Custos e Gerencial CIC 816 Carga Horária: 60 Créditos: 04 Coordenador: Prof. Poueri do Carmo Mário Teoria de Custos (abordagem econômica e contábil). Métodos

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DA 3ª. ETAPA

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática EMENTAS DA 3ª. ETAPA EMENTAS DA 3ª. ETAPA Núcleo Temático: PROGRAMAÇÃO Disciplina: ESTRUTURA DE DADOS 108 há ( 72 ) Teóricas ( 36 ) Práticas Tipos abstratos de dados. Estudo das estruturas lineares: pilhas, filas e listas

Leia mais

Uma aplicação dos modelos de fronteira estocástica utilizando a abordagem Bayesiana

Uma aplicação dos modelos de fronteira estocástica utilizando a abordagem Bayesiana Uma aplicação dos modelos de fronteira estocástica utilizando a abordagem Bayesiana Bruna Cristina Braga 1 2 Juliana Garcia Cespedes 1 1 Introdução Os cursos de pós-graduação do Brasil são avaliados pela

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Teoria Eletromagnética. CÓDIGO: MEE007 Validade: Carga Horária: 45 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Sistemas Elétricos / Formação Básica Ementa: Análise Vetorial. Equações

Leia mais

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa 1. Identificação

Leia mais