AMPERJ promove festa para entrega das insígnias aos novos promotores de Justiça

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AMPERJ promove festa para entrega das insígnias aos novos promotores de Justiça"

Transcrição

1 Ano 2 - Nº 14 julho e agosto/2006 publicação mensal AMPERJ promove festa para entrega das insígnias aos novos promotores de Justiça Da esq. para dir.: Imediato da Escola Naval, capitão de Mar e Guerra, Erivaldo Edson de Carvalho Almeida; procurador de Justiça, Celso Fernando de Barros; presidente do CEPROJUS, procurador de Justiça, Roberto Abranches; representando o CNMP, promotor de Justiça, Saint-Clair do Nascimento Júnior; procurador-geral de Justiça do RJ, Marfan Martins Vieira; presidente da AMPERJ, procurador de Justiça, Luiz Antônio F. de Araujo; deputado federal, procurador de Justiça, Antonio Carlos Biscaia; presidente da CAMPERJ, procurador de Justiça, Arthur Pontes Teixeira e o deputado estadual, Alessandro Molon. AMPERJ realizou, no dia 25 de agosto, a cerimônia de entrega das insíg- Anias aos 15 novos promotores de Justiça aprovados no XXVIII Concurso de Ingresso na Classe Inicial do Ministério Público, na Escola Naval, no Castelo. No auditório, os novos promotores receberam as boas-vindas e puderam ouvir palavras de encorajamento, dos membros mais antigos do MP, pela carreira que irão trilhar na instituição. Na ocasião, eles também foram elogiados pela coragem e determinação que tiveram no concurso. Em nome do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o promotor de Justiça, Saint-Clair do Nascimento Júnior, falou do senso de justiça e da experiência porque todos os aprovados passaram. Foram dois concursos. Vocês acreditaram na Justiça e no Direito. Esta lição será útil quando tiverem de denunciar alguém. Como promotores de Justiça vocês promoverão a Justiça num país de exclusão e desigualdades, ressaltou. O procurador Celso Fernandes de Barros, representando a AMPERJ, falou da renovação do MP. Quando uma criança nasce, o mundo começa de novo. No MP acontece a mesma coisa, com a entrada de novos promotores, o MP se renova. Também peço que o grupo esteja sempre unido, pois o MP não nos deixa nunca, nós somos o MP, enfatizou. Em nome da turma, a promotora Marcela Do Amaral Barreto de Jesus Amado, falou do significado e importância daquele símbolo que os tornava membros efetivos do Ministério Público. A vida é repleta de símbolos, por todo lugar encontramos objetos que carregam em si um significado, uma mensagem, representam comandos, sentimentos, organização. E hoje, temos a honra de receber um dos símbolos desta casa tão nobre. Este símbolo, efetivamente, faz com que nos tornemos parte do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, faz com que a sociedade, a partir de agora, veja não mais um simples jovem, mas enxergue um defensor de seus direitos, alguém que irá lutar pela paz, pela igualdade e pela justiça, ressaltou. Houve também agradecimentos ao apoio recebido dos amigos, familiares e da AMPERJ. É agora o momento de agradecer aos nossos familiares, amigos, e também ao apoio desta Associação, que, efetivamente, assim que chegamos, nos recebeu, ou melhor, nos acolheu; quando éramos apenas sonhadores, defendo nosso pleito, nossa honra, nosso sonho. Fizeram parte da mesa o presidente da AMPERJ, Luiz Antô- nio F. de Araujo, o procuradorgeral de Justiça do Rio de Janeiro, Marfan Martins Vieira, o procurador de Justiça, Celso Fernando de Barros, o deputado federal, Antonio Carlos Biscaia, o presidente da Caixa de Assistência do MP (CAMPERJ), Arthur Pontes Teixeira, o presidente do Centro de Procuradores de Justiça (CEPROJUS), Roberto Abranches, representando o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o promotor de Justiça, Saint-Clair do Nascimento Júnior, o deputado estadual, Alessandro Molon e o capitão de Mar e Guerra, imediato da Escola Naval, Erivaldo Edson de Carvalho Almeida. Do auditório, todos foram convidados a participar do coquetel dançante patrocinado pela AMPERJ no salão de festas, onde foi servido um jantar, ao som de música e muita animação.

2 2 julho e agosto/2006 AMPERJ inaugura nova sede do Centro Cultural E X P E D I E N T E DIRETORIA Presidente: Luiz Antônio Ferreira de Araujo Vice-Presidente: Walberto Fernandes de Lima Secretário-Geral: Márcio Souza Guimarães Diretor Financeiro: Sérgio Nogueira de Azeredo Diretora Cultural: Maria da Conceição Lopes de Souza Santos Diretora Social: Sumaya Therezinha Helayel Diretor de Defesa de Diretos e Prerrogativas Funcionais: Luciano Oliveira Mattos de Souza Diretor Assistencial e de Assuntos Relativos a Aposentados e Pensionistas: Duval Vianna Diretor de Assuntos Legislativos: Marcelo de Lima Buhatem Diretor de Esportes: Marcus Cavalcante Pereira Leal Ex-presidente da Associação, o desembargador José Carlos Paes, fala com entusiasmo da criação do curso da AMPERJ nova sede do Centro Cultural da AMPERJ será inaugurada no dia 11 de setembro, às 17h, na Avenida Graça Aranha nº 57, 2º Aandar, Centro. O novo local foi adquirido com o objetivo de atender melhor aos alunos, que precisavam de um espaço maior em função da grande procura pelo curso. Funcionando na antiga sede, na Rua Debret nº 23, e parcialmente, desde 03 de abril, no novo espaço, o curso da AMPERJ passará a ser ministrado integralmente no novo endereço. O complexo, formado por três salas com capacidade média para 120 pessoas cada, cantina, secretaria e banheiros, passou por quatro meses de reformas. De acordo com o presidente da Associação, Luiz Antônio Ferreira de Araujo, as obras eram necessárias. Mudamos a cantina e a secretaria de lugar, reformamos as salas de aula e os banheiros. Além da preocupação com a qualidade do ensino, prezamos pelo bem-estar dos nossos alunos, por isso escolhemos um local amplo, agradável, seguro e muito bem localizado, ressalta. Pesquisas revelam que 30% dos aprovados no concurso do MP são alunos do curso da AMPERJ. Apesar da concorrência, o curso é muito procurado por sua tradição. Aliás, o sucesso é fruto de um projeto que sempre se comprometeu com a qualidade do ensino, explica o idealizador do curso, o desembargador José Carlos Paes, presidente da Associação na época. De acordo com Paes, a AMPERJ precisava de recursos para a aquisição de uma nova sede, atualmente na Rua Rodrigo Silva, além da necessidade de um curso voltado especificamente para o Ministério Público. Em 1995, o importante era ter o melhor curso possível trazendo os melhores profissionais da área. Ao mesmo tempo, tínhamos também uma preocupação social, por isso decidimos que a mensalidade seria baixa e ainda concederíamos bolsas de estudos de 50% para os alunos indicados por membros do MP, explica. Aliamos as duas necessidades e, em quatro meses, o curso começou a funcionar. Também fizemos uma série de programas de arrecadação e três anos depois, em junho de 1998, a Associação já estava instalada no atual endereço. O curso continuou funcionando na Rua Debret e ganhou mais espaço, informa. Neste mês outra parte da história da AMPERJ começa a ser contada. A aquisição do novo imóvel e reforma mostram que a Associação está sempre conquistando novos espaços, além de confirmar sua constante preocupação com o bem-estar de seus membros. Falecimentos Promotor Ricardo Canellas Rinaldi (25 de agosto) Conselho Consultivo Alberto Flores Camargo Alexandre Murilo Graça Átila Pereira de Souza Cláudio Calo Sousa Débora da Silva Vicente Eduardo Rodrigues Campos Leandro Silva Navega Paolina Leone Candia Hryniewicz Plínio de Sá Martins Conselho Fiscal Eduardo da Silva Lima Neto Flávio Bonazza de Assis Guilherme Mattos de Schueler Celso Peçanha Cezar Romero de Oliveira Soares Érika da Rocha Figueiredo Editor Responsável: Carlos Henrique Souza de Vasconcelos Projeto Editorial: Marazul Assessoria e Comunicação Social Ltda Redação: Ludmilla Totinick Revisão: Cláudia Guerreiro Fotos: Ricardo Adami e Antonio Batalha Colaboração: Hugo Ferreira Programação Visual: Hama Editora Ltda Sugestões, pautas, artigos, críticas e anúncios para o ou pelo telefone

3 julho e agosto/ Centrais de Inquéritos do MP comemoram 15 anos de funcionamento m funcionamento, há 15 anos, as Centrais de Inquéritos do Ministério Públi- Eco do Estado do Rio de Janeiro comemorarão a data de aniversário pela primeira vez, no dia 22 de setembro, às 17h, no 9º andar do prédio da Procuradoria Geral do MP, na Avenida Marechal Câmara nº 370, Centro. O Estado do Rio de Janeiro é pioneiro na implantação deste serviço, que foi usado como modelo em mais de 10 estados brasileiros. Idealizada pelo procurador falecido, Luiz Otávio de Freitas e implantada por meio da Resolução nº 438 de 09 de abril de 1991, do procurador-geral de Justiça da época, Antonio Carlos Biscaia, cabe às Centrais de Inquéritos, compostas pelas Promotorias de Investigação Penal (PIPs), acompanhar os inquéritos policiais e outras peças informativas quando ainda não distribuídas ao Juízo Criminal competente. São três Centrais de Inquéritos existentes hoje no estado: a 1ª, atende a capital, abrange 30 PIPs, e é coordenada pelo promotor Gianfilippo de M. Pianezzola; a 2ª, a Niterói e São Gonçalo, é coordenada pelo promotor Rubem José Bastos Vianna e abrange 08 PIPs; e a 3ª, a Duque de Caxias e Nova Iguaçu, é coordenada pela promotora Mônica Martino Pinheiro Marques e abrange 12 PIPs. De acordo com o coordenador do 7º Centro de Apoio Operacional (CAOP), promotor Gianfilippo de M. Pianezzola, as Centrais de Inquéritos são a vitrine do trabalho desenvolvido pelo MP. É o órgão do MP que apresenta as respostas mais rápidas à sociedade. Um canal que permite o acompanhamento permanente de qualquer inquérito. Cada Promotoria tem a responsabilidade de analisar os inquéritos de determinada região. Ou seja, se a pessoa prestou queixa na delegacia da Barra da Tijuca, ela poderá acompanhar o procedimento na PIP da Barra da Tijuca, explica. O funcionamento acontece da Funcionários trabalham no cadastramento (abaixo à dir.) e distribuição dos inquéritos (acima) da 1ª Central, coordenados por Gianfilippo de M. Pianezzola (abaixo à esq.). seguinte forma: quando a pessoa vai à delegacia prestar queixa e é instaurado o inquérito, ele deverá ser encaminhado em 30 dias pela delegacia à Central de Inquéritos. Ao chegar, o inquérito é cadastrado e, em três dias, encaminhado à Promotoria. Se ele já for cadastrado, o prazo é de 24 horas. Em 15 dias a Promotoria analisa o procedimento, que poderá retornar à delegacia, ser arquivado ou haver oferecimento de denúncia. O cidadão também tem a opção de ir direto ao MP, se não quiser ir a uma delegacia. Na Central, ele fará a denúncia e será montada a peça de informação. O horário de funcionamento é das 8h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira. Com aproximadamente 150 funcionários, a Central da capital recebe mensalmente cerca de 20 a 30 mil inquéritos, 600 denúncias na própria sede e outras 70 da Ouvidoria Geral do MP. Paralelamente, há um acervo de 130 mil inquéritos em andamento. Além disso, a coordenação do 7º CAOP oferece apoio a todas as Centrais. Para Gianfilippo, o trabalho é proporcional a uma miniprocuradoria. A grande dificuldade, segundo ele, é a falta de espaço e de pessoal. Estou confiante, pois o procurador-geral de Justiça, Marfan Martins Vieira, disse que antes do fim da sua administração, inaugurará um novo espaço para a Central, revela. Ele informa ainda que na sua gestão à frente da 1ª Central, tem procurado realizar um trabalho bem integrado com a Polícia Civil. Na solenidade de comemoração, serão homenageados pelo procurador-geral de Justiça, Marfan Martins Vieira, os atuais e ex-coordenadores das Centrais e os promotores das PIPs, entre outras autoridades.

4 4 julho e agosto/2006 Detalhes da solenidade de entrega da promovidos pela Associação aos

5 julho e agosto/ as insígnias e do coquetel dançante s novos Promotores de Justiça No auditório da Escola Naval, a AMPERJ fez a entrega das insígnias aos 15 novos promotores de Justiça aprovados no XVIII Concurso de Ingresso na Classe Inicial do MP. Após a cerimônia, todos foram convidados para o coquetel dançante no salão de festas da Escola Naval.

6 6 julho e agosto/2006 Plano de Previdência Privada da AMPERJ esde 2003, todos os novos promotores que ingressaram na carreira do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro Dnão têm mais a aposentadoria integral garantida no mesmo valor da remuneração da ativa. Devido às mudanças e incertezas que ocorrem nas regras de aposentadoria desta categoria, e também com o objetivo de oferecer maior tranqüilidade para os seus membros, a AMPERJ e a G3 Consultoria escolheram a Mapfre Seguros para administrar o Plano de Previdência Complementar especialmente desenhado para os associados. Apesar do objetivo principal do plano de previdência privada da Mapfre Seguros ser um complemento de aposentadoria para os novos promotores, ele tem se mostrado também uma ótima opção de investimento financeiro devido à rentabilidade dos fundos, além da possibilidade de diferimento fiscal (desconto no imposto de renda), o que tem atraído muitos promotores antigos. Todos os associados da AMPERJ poderão participar do plano, desde que estejam em plena atividade de trabalho na data da adesão. O objetivo é complementar a sua renda na aposentadoria, proporcionar segurança familiar e planejamento tributário. Sobre a contribuição, cada participante define o quanto quer contribuir para o plano de previdência privada, respeitando a contribuição mínima de R$ 100,00 mensais. O pagamento poderá ser realizado em débito na conta corrente, indicada pelo participante no momento da contratação, ou por meio de boleto bancário. As contribuições dos participantes do plano da Mapfre serão aplicadas em fundos de previdência privada. São três gestores diferentes que podem ser escolhidos pelo participante no momento de contratação do plano. São eles: Mapfre DTVM, Bankboston e Banco WestLB, conforme tabela 01. Sobre as taxas cobradas no plano, a Mapfre FUNCIONAMENTO explica que o carregamento é feito na saída, diferente da maioria do mercado que pratica na entrada, ou seja, a totalidade da contribuição mensal é aplicada no fundo e pode chegar a zero, conforme tabela 02. Os contribuintes poderão efetuar resgates, interromper ou alterar o valor das contribuições, desde que completem a carência de 60 dias. Em caso de interrupção ou alteração das contribuições, será necessário informar por escrito, com antecedência de 30 dias, à Mapfre Seguros. A data do recebimento do benefício de aposentadoria será definida pelo próprio participante no momento da contratação do plano. 30 dias antes de completar a idade para a concessão do benefício, o contribuinte terá de escolher a forma de recebimento, que poderá ser pela transformação do saldo em renda mensal, resgate total ou resgates programados. Plano de Gerador de Benefícios Livre (PGBL) e Vida Gerador de Benefícios Livre (VGBL) são as modalidades de planos disponíveis. No PGBL as contribuições efetuadas são 100% dedutíveis da base de cálculo do imposto de renda, respeitando o limite de 12% da renda bruta anual; é indicado a pessoas que utilizam a declaração completa para fins de imposto de renda. Os resgates e benefícios são tributados sobre o valor integral (contribuição mais rendimento), de acordo com o regime tributário escolhido. No VGBL as contribuições efetuadas não são dedutíveis da base de cálculo do imposto de renda; indicado para pessoas que utilizam a declaração simplificada de imposto de renda, são isentos ou desejam contribuir mais do que 12% da renda bruta anual e nos resgates e benefícios somente os rendimentos serão tributados. O plano ainda possui benefícios de risco que poderão ser contratados opcionalmente por cada participante como: renda por invalidez; renda por invalidez com prazo mínimo garantido; pensão ao cônjuge; pensão aos filhos menores; pensão por prazo certo e pecúlio por morte. A carência é de 12 meses da data de contratação do benefício. Em 29 de dezembro de 2004, o governo aprovou a Lei nº , com intuito de incentivar a formação de poupança previdenciária de longo prazo. Portanto, a partir de janeiro de 2005, os clientes de planos de benefícios de caráter previdenciário (PGBL, VGBL e planos tradicionais) têm a opção de escolha pelo regime de tributação progressivo compensável ou regressivo definitivo. No regime tributário compensável, os resgates em planos de previdência serão tributados pela alíquota fixa de 15% para qualquer valor, com antecipação de imposto de renda na declaração de ajuste anual. Os benefícios continuarão tributados com base na tabela progressiva mensal do imposto de renda. Já no regime tributário regressivo, o imposto de renda será calculado de acordo com o prazo de acumulação (sistema Peps); a tributação será na fonte e definitiva; não há ajuste na declaração anual. Em caso de renda mensal, o cálculo será efetuado pela média de permanência dos recursos, ponderado pelo valor de cada contribuição, conforme tabela 03. Os serviços oferecidos ao contribuinte são: acesso à Central de Atendimento pelo ( ); extratos trimestrais; envio de informe de rendimento para fins de declaração de imposto de renda e senha para acesso ao Mapfre online (www.mapfre.com.br). Para contratar o plano de previdência da AMPERJ, o associado deverá procurar a G3 Consultoria por meio do telefone (21) ou encaminhar para ou Na ocasião, deverá definir o tipo de plano desejado (PGBL ou VGBL), além de outros detalhes relativos à sua escolha. Contribuições/Aporte + Retorno dos investimentos = Fundo de aposentadoria / Benefícios futuros FASES DE UM PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Contribuições e/ou prêmios Retorno dos investimentos INGRESSO APOSENTADORIA FASE DE ACUMULAÇÃO FASE DE BENEFÍCIO

7 julho e agosto/ TABELA 01 MAPFRE Corporate Renda Fixa Prev GESTÃO MAPFRE DTVM Ideal para participantes que buscam rentabilidade com total segurança. O fundo é constituído por papéis de Renda Fixa emitidos pelo governo e por empresas privadas de 1ª linha. Taxa de gestão: 1,0% ao ano MAPFRE Corporate Multimercado Desenvolvido para participantes moderados. O Fundo é constituído por títulos de Renda Fixa emitidos pelo governo federal e por empresas privadas de 1ª linha, Operações Estruturadas no Mercado de Derivativos e Renda Variável. Taxa de gestão: 1,4% ao ano. GESTÃO BANKBOSTON MAPFRE MAXI Renda Fixa Desenvolvido para participantes conservadores. O fundo é constituído por papéis de Renda Fixa emitidos pelo governo e por empresas privadas de 1ª linha. Taxa de gestão: 1,5% ao ano MAPFRE MAXI 20 Multimercado Adequado para participantes com perfil moderado que buscam maximizar o retorno a médio e longo prazo. Fundo pode ser constituído com até 20% de recursos em ações de 1ª linha. Taxa de gestão: 2,0% ao ano. GESTÃO BANCO WESTLB MAPFRE WestLB Formula Investing RF Desenvolvido para participantes conservadores. O Fundo é constituído por papéis de Renda Fixa emitidos pelo governo e por empresas privadas de 1ª linha. Taxa de gestão: 1,5% ao ano. MAPFRE WestLB Multimercado Desenvolvido para participantes moderadamente agressivos. O Fundo é constituído por títulos de Renda Fixa, Operações Estruturadas no Mercado de Derivativos e Renda Variável. Taxa de gestão: 2,5% ao ano. TABELA 02 Saldo do valor nominal das contribuições pagas TABELA DE CARREGAMENTO PARA RESGATES / PORTABILIDADE De , , , ,00 a partir de Até 4.999, , , , , ,00 Tempo de permanência 0 a 12 meses 6,00% 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 13 a 24 meses 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% 25 a 36 meses 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% 0,00% 37 a 48 meses 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% 0,00% 0,00% 49 a 60 meses 2,00% 1,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% + de 60 meses 1,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% TABELA 03 PRAZO DE ACUMULAÇÃO ALÍQUOTA Inferior ou igual a 2 anos... 35% Superior a 2 ou igual a 4 anos... 30% Superior a 4 ou igual a 6 anbos... 25% Superior a 6 ou igual a 8 anos... 20% Superior a 8 ou igual a 10 anos... 15% Superior a 10 anos... 10%

8 8 julho e agosto/2006 Exposição Forma e Construção II No dia 13 de setembro haverá o coquetel de inauguração da exposição Forma e Construção II, da artista plástica Adir Maria de Andrade, das 17h30 às 20h30, no subsolo do Centro Cultural Cândido Mendes, na Rua da Assembléia nº10, Centro. A artista foi convidada para seguir percurso com a exposição, que esteve em cartaz no Espaço Cultural de Furnas, em Botafogo, de agosto a 02 de setembro. Com obras novas, o trabalho pode ser visto de 14 de setembro a 09 de outubro, das 12h às 19h, no Centro Cultural Cândido Mendes. Comemoração O ex-aluno da turma de 1966 da Faculdade Nacional de Direito, Plínio de Sá Martins, convida a todos os colegas de classe para a comemoração dos 40 anos da formatura. O jantar será no dia 08 de dezembro, no Iate Clube Brasileiro, em Botafogo. Os interessados em participar do evento devem procurar Jacksohn Grossman nos telefones / Lançamentos No dia 15 de setembro, às 17h, o promotor de Justiça Alexandre Couto Joppert, lança o livro Fundamentos de Direito Penal, pela editora Lúmen Júris, no auditório da Associação. Segundo o autor, a obra destina-se, principalmente, aos estudantes, candidatos a concursos públicos de ingresso nas carreiras jurídicas e profissionais que militam na área criminal. De acordo com Joppert, o livro promove uma abordagem ampla dos principais aspectos da história do Direito Penal; da aplicação da lei penal no tempo e no espaço; das imunidades diplomáticas e parlamentares; da teoria geral do crime; da antijuridicidade e da culpabilidade, além de fazer uma análise crítica sobre as modernas teorias da imputação objetiva e da tipicidade conglobante e, por fim, do concurso de pessoas. Compras de Natal em Nova York com guia brasileiro Embarque no dia 23 de novembro. O pacote inclui: TKT aéreo RIO / NYC / RIO com Delta Airlines; 06 noites no Hotel Milford Plaza com café continental e taxas incluídas; traslados aeroporto, hotel, aeroporto (privativos); maleteiros (aeroporto e hotel); guia acompanhante des- VENDE-SE APARTAMENTO, RE- CREIO- R$ , quartos, 75m², novíssimo, primeira locação c/ 1 vaga na garagem. Construtora Calper, acabamentos de primeira qualidade, na Villa Messina. Prédio com 02 saunas, 02 piscinas. Região em grande valorização (Jogos Pan- Americanos de 2007). Ana Lúcia Melo. Tel: VENDE-SE COBERTURA DUPLEX, TIJUCA. R$ ,00. Totalmente reformada, 03 quartos (01 no andar de cima e 02 no andar de baixo), 03 banheiros (01 no andar de cima e 02 no andar de baixo, sendo uma suíte), mais quarto de CLASSIFICADOS de o Brasil. Preços por pessoa aéreo + terrestre: SGL: US$ 3.029,00; DBL: US$ 1.999,00; TPL: US$ 1799,00. OBS: Preços válidos para um mínimo de 15 passageiros. Mais informações na AMPERJ Turismo nos telefones: (21) e (21) , ramal: 212. empregada com banheiro, cozinha, área, piscina e uma vaga na garagem escriturada, na Rua Clóvis Bevilaqua. Fátima Novais. Tels: e VENDE-SE HONDA FIT- LXL, R$ ,00- Champagne, completo. Bancos de couro, cd, alarme, airbag duplo, ABS, rodas de liga, etc. Com 50 mil km rodados originais. Ana Lúcia Melo. Tel: VENDE-SE APARTAMENTO, BOTA- FOGO- salão, 03 quartos (uma suíte com hidro), biblioteca. Super reformado, cozinha planejada Dell Anno. Uma vaga na garagem. Parte nobre da Rua Dona Mariana, Botafogo. Kleber Couto Pinto. Tel:

Previdência Privada Instrumento de Planejamento Pessoal

Previdência Privada Instrumento de Planejamento Pessoal PGBL PLANO GERADOR DE BENEFÍCIOS LIVRES Ideal para quem faz a declaração completa do IRPF, permite a dedução das contribuições efetuadas até o limite de 12% da renda bruta anual, reduzindo o valor a ser

Leia mais

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI

PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI PROGRAMA DE PREVIDÊNCIA UVERGS PREVI UVERGS PREVI A União dos Vereadores do Estado do Rio Grande do Sul visa sempre cuidar do futuro de seus associados Por conta disso, está lançando um Programa de Benefícios

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O FUTURO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL O déficit da previdência social coloca em risco o direito à aposentadoria Fatores que agravam a situação: Queda da taxa de natalidade Aumento da

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL Com este material, você entenderá melhor o seu plano Brasilprev Júnior. Se você contratou o plano em nome do Júnior, consulte as informações em Titular:

Leia mais

Um novo plano, com muito mais futuro. Plano 5x4. dos Funcionários

Um novo plano, com muito mais futuro. Plano 5x4. dos Funcionários Um novo plano, com muito mais futuro Plano 5x4 dos Funcionários Sumário 03 Um novo plano, com muito mais futuro: 5x4 04 Comparativo entre o plano 4 x 4 e 5 x 4 08 Regras de resgate 10 Como será o amanhã?

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO D Cartilha - Plano D INTRODUÇÃO Você está recebendo a Cartilha do Plano D. Nela você encontrará um resumo das principais características do plano. O Plano D é um plano moderno e flexível

Leia mais

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL Goiânia, 03 de Abril de 2014. Á CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DE GOIAS CNPJ: 01.619.022/0001-05 Ref.: Plano de Previdência Complementar Prezado(a) Senhor(a),

Leia mais

Presente em mais de 170 países. Entre as 100 maiores empresas do mundo (ranking mundial Fortune. Tradição: fundada em 1872

Presente em mais de 170 países. Entre as 100 maiores empresas do mundo (ranking mundial Fortune. Tradição: fundada em 1872 Previdência Privada Zurich Global Presente em mais de 170 países Entre as 100 maiores empresas do mundo (ranking mundial Fortune Tradição: fundada em 1872 Solidez Financeira: classificação AA pela Standard

Leia mais

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K A principal função do OABPrev-SC é auxiliar o advogado a criar uma poupança previdenciária para dar suporte aos riscos

Leia mais

Previdência Complementar

Previdência Complementar Cartilha Previdência Complementar Guia Fácil de Tributação TRATAMENTO TRIBUTÁRIO BÁSICO A primeira informação que deve ser observada na escolha de um plano de previdência que tenha como propósito a acumulação

Leia mais

IRPF 2014 CARTILHA IR 2014

IRPF 2014 CARTILHA IR 2014 IRPF 2014 CARTILHA IR 2014 A MAPFRE Previdência desenvolveu para os participantes de plano de previdência complementar PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), FGB Tradicional (Fundo Gerador de Benefício)

Leia mais

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev Manual Explicativo Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev 1. MANUAL EXPLICATIVO... 4 2. A APOSENTADORIA E VOCÊ... 4 3. PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: O que é isso?... 4 4. BOTICÁRIO

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

A importância da Previdência Privada

A importância da Previdência Privada A importância da Previdência Privada Adriana Hennig de Andrade DIRAT/CGPRO/COPEP 2014 Agenda 1. Estrutura do sistema de Previdência 2. Evolução do mercado de Previdência 3. Necessidade de complementar

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV EXCLUSIVO PGBL E VGBL O que é o Plano Brasilprev Exclusivo? O Brasilprev Exclusivo é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PREVIDENCIÁRIO

ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PREVIDENCIÁRIO ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PREVIDENCIÁRIO INÍCIO EM 07/07/2012 COORDENADORES DO CURSO: MARCELO DA FONSECA GUERREIRO - Juiz Federal e Mestre em Direito. Foi Juiz Titular do 7º. Juizado Previdenciário/RJ.

Leia mais

PRHOSPER PREVIDÊNCIA RHODIA Planos de Aposentadoria (Incorporação Solvay do Brasil)

PRHOSPER PREVIDÊNCIA RHODIA Planos de Aposentadoria (Incorporação Solvay do Brasil) PRHOSPER PREVIDÊNCIA RHODIA Planos de Aposentadoria (Incorporação Solvay do Brasil) 08 de outubro 2015 Quem somos? Entidade Fechada de Previdência Complementar que administra os Planos de Previdência dos

Leia mais

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7 Sumário A função do 3 Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4 Contribuições do Participante 6 Contribuições da Patrocinadora 7 Controle de Contas 8 Investimento dos Recursos 9 Benefícios 10 Em caso de

Leia mais

Fique atento! Chegou a hora de declarar o. Especial. Não descuide do prazo de entrega e confira como declarar seus planos de previdência.

Fique atento! Chegou a hora de declarar o. Especial. Não descuide do prazo de entrega e confira como declarar seus planos de previdência. Especial IRPF 2011 Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência - Março de 2011 Chegou a hora de declarar o IRPF2011 Fique atento! Não descuide do

Leia mais

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II ReckittPrev Reckitt Benckiser Sociedade Previdenciária O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II Material Explicativo do Plano de Benefícios II Sumário Carta da diretoria O futuro

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo ÍNDICE 1. Mensagem importante pra você... 4 2. Que tal planejar sua aposentadoria?... 5 3. Estamos juntos!... 6 4. Saiba quem pode

Leia mais

Cartilha de Tributação. Recebimento do benefício do Plano ou Resgate de Contribuições

Cartilha de Tributação. Recebimento do benefício do Plano ou Resgate de Contribuições Cartilha de Tributação Recebimento do benefício do Plano ou Resgate de Contribuições A escolha de tributação - progressiva ou regressiva - só gera impactos no resgate de contribuição e/ou no recebimento

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV Manual Explicativo 1 2 Plano de Benefícios Atento AtentoPrev O Plano de Benefícios Atento Atento Prev é um plano de previdência complementar, constituído na modalidade

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

IRPF 2012 Cartilha IR 2012

IRPF 2012 Cartilha IR 2012 IRPF 2012 Cartilha IR 2012 A MAPFRE Previdência desenvolveu para os participantes de plano de previdência complementar PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), FGB Tradicional (Fundo Gerador de Benefício)

Leia mais

Imposto de Renda sem complicação

Imposto de Renda sem complicação Este roteiro foi desenvolvido para auxiliar no preenchimento da Declaração de Ajuste Anual Pessoa Física 2013, focando as informações sobre Planos de Previdência. Consulte nos links ao lado as principais

Leia mais

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev.

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev. ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO ACPREV... 8 PARTICIPANTES... 8 Participante Ativo... 8 Participante Assistido...

Leia mais

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006.

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. NOVA CARTILHA 1 CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. Sumário ADESÃO AO PREVMAIS 1. Por que aderir ao PrevMais?...4 2. Quem pode aderir ao PrevMais?...4

Leia mais

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão O que é A SISTEL? A Fundação Sistel de Seguridade Social foi criada em 1977 e possui expressiva experiência em Planos de Previdência Privada. A Sistel atua no desenvolvimento de soluções previdenciais

Leia mais

Guia do Participante PrevFlex

Guia do Participante PrevFlex Guia do Participante PrevFlex Sumário Definição O que é PrevFlex? 08 08 Adesão Existe uma idade ideal para entrar num plano de previdência privada? Por que aderir ao PrevFlex? Quem pode se inscrever? Contribuição

Leia mais

Plano PAI. material explicativo

Plano PAI. material explicativo Plano PAI material explicativo Conheça melhor o Plano PAI e veja como o tempo pode ser seu maior aliado Grande parte dos trabalhadores sonha em ter uma aposentadoria estável e aproveitar essa fase para

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte

Conhecimentos Bancários. Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte Conhecimentos Bancários Item 2.3.5- Previdência Privada 2ª parte PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA FECHADA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA São planos previdenciários que permitem

Leia mais

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2015 PLANOS DE PREVIDÊNCIA PORTO SEGURO O Manual

Leia mais

O plano oferece um leque de coberturas para auxiliá-lo a realizar seus sonhos e, no caso de alguma eventualidade, proteger quem você ama.

O plano oferece um leque de coberturas para auxiliá-lo a realizar seus sonhos e, no caso de alguma eventualidade, proteger quem você ama. , 27 de agosto de 2015 fernando, O Vida Toda Homem foi desenhado para as pessoas que desejam ter a sua independência financeira na aposentadoria, mas também se preocupam em garantir a segurança de sua

Leia mais

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Este folheto contém as principais características do Plano de Previdência Complementar da ArcelorMittal

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

Declaração de Imposto de Renda 2012

Declaração de Imposto de Renda 2012 Declaração de Imposto de Renda 2012 Cartilha Índice 1. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2012... 3 1.1 Formas de entrega... 3 1.2 Prazo de entrega... 3 1.3 Multa pelo atraso na entrega da declaração...

Leia mais

CARTILHA Previdência. Complementar REGIMES TRIBUTÁRIOS

CARTILHA Previdência. Complementar REGIMES TRIBUTÁRIOS CARTILHA Previdência Complementar REGIMES TRIBUTÁRIOS Índice 1. Os planos de Previdência Complementar e os Regimes Tributários... Pág. 3 2. Tratamento tributário básico... Pág. 4 3. Características próprias

Leia mais

Guia de Declaração de IRPF 2011. Ano-calendário 2010. Previdência. IR 2010 Prev e Cp_v2

Guia de Declaração de IRPF 2011. Ano-calendário 2010. Previdência. IR 2010 Prev e Cp_v2 Guia de Declaração de IRPF 2011 Ano-calendário 2010 Previdência IR 2010 Prev e Cp_v2 Quem é obrigado a declarar? Está obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda referente

Leia mais

NOSSA HISTÓRIA UM INVESTIMENTOS S/A

NOSSA HISTÓRIA UM INVESTIMENTOS S/A NOSSA HISTÓRIA A UM INVESTIMENTOS S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 40 anos. Em 2008 iniciou um processo de reestruturação,

Leia mais

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil

Guia Declaração. Investimentos. Março de 2012. Brasil 1 Guia Declaração Imposto de Renda 2012 Investimentos Março de 2012 Brasil Guia de Declaração IR 2012 - Investimentos 2 O dia 30/04/2012 é ultimo dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda

Leia mais

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Índice Quem Somos Estrutura do plano Importância da Previdência Privada. Quanto antes melhor! As regras do plano Canais Visão Prev 2 Visão Prev Entidade fechada

Leia mais

Apresentação DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS

Apresentação DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS Apresentação Os participantes de Planos de Previdência Complementar estruturados na modalidade de Contribuição Definida (CD), como é o caso do Plano CD CERON, contam com duas opções de tributação do imposto

Leia mais

Imposto de Renda sem complicação

Imposto de Renda sem complicação Imposto de Renda sem complicação A Porto Seguro Vida e Previdência desenvolveu este manual para auxiliar você no preenchimento da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física 2014. Consulte

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

PREVIDÊNCIA RIO BRAVO

PREVIDÊNCIA RIO BRAVO PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RIO BRAVO Recomendações ao investidor: As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador

Leia mais

Tabela 1 Tributos Plano VGBL

Tabela 1 Tributos Plano VGBL Comparativo tributário Produtos Financeiros Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Abril/2008 O objetivo deste levantamento é fazer uma comparação tributária sobre os produtos financeiros existentes

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 209, DE 2004

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 209, DE 2004 MEDIDA PROVISÓRIA Nº 209, DE 2004 ADRIANO DA NOBREGA SILVA Consultor Legislativo da Área III Tributação, Direito Tributário SETEMBRO/2004 Adriano da Nóbrega Silva 2 SUMÁRIO Tributação diferenciada para

Leia mais

Relatório de Seguridade

Relatório de Seguridade Re Relatório de Seguridade Relatório de Seguridade Relatório Maio/2015 O relatório da área de seguridade tem por finalidade apresentar as principais atividades desenvolvidas no mês, informando os números

Leia mais

cartilha de regime de tributação

cartilha de regime de tributação cartilha de regime de tributação Apresentação O INFRAPREV elaborou esta cartilha com o objetivo de orientar o participante na escolha do regime de tributação quando do ingresso no seu plano de previdência.

Leia mais

Guia do Programa Previdenciário Empresarial

Guia do Programa Previdenciário Empresarial Guia do Programa Previdenciário Empresarial Uma escolha muda todo o seu futuro. Conheça a novidade que o Itaú e a ABRACAF têm para você! Pensando em você, a ABRACAF e o Itaú criaram um plano de Previdência

Leia mais

Tranquilidade e segurança para você e sua família.

Tranquilidade e segurança para você e sua família. Material de uso exclusivo do Bradesco. Produzido pelo Departamento de Marketing em fevereiro/2009. Reprodução proibida. Não jogue este impresso em via pública. Bradesco PGBL Proteção Familiar Para informações

Leia mais

Em complemento às normas

Em complemento às normas A Nova Sistemática de Tributação dos Planos de Previdência Privada Luca Priolli Salvoni e Mário Shingaki Consultores Tributários do Levy & Salomão Advogados Em complemento às normas editadas no final do

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES NOVO REGIME DE TRIBUTAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA:

PERGUNTAS FREQUENTES NOVO REGIME DE TRIBUTAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA: PERGUNTAS FREQUENTES NOVO REGIME DE TRIBUTAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA: Vejam quais são as principais questões que envolvem o Novo Regime de Tributação e esclareçam suas dúvidas. 1) Como era o tratamento tributário

Leia mais

na modalidade Contribuição Definida

na modalidade Contribuição Definida 1 DIRETORIA * Estruturados DE PREVIDÊNCIA na modalidade Contribuição Definida legislação Conforme a Legislação Tributária vigente*, aplicável aos Planos de Previdência Complementar modelados em Contribuição

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante FACEAL Fundação Ceal de Assistência Social e Previdência Cartilha do Participante Manual de Perguntas e Respostas Plano Faceal CD Prezado leitor, A FACEAL apresenta esta cartilha de perguntas e respostas

Leia mais

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev,

Leia mais

Proposta de Inscrição PGBL/VGBL MetLife Primeiros Passos

Proposta de Inscrição PGBL/VGBL MetLife Primeiros Passos Página 1 de 6 / 1ª Via MetLife / 2ª Via Proponente Proposta de Inscrição PGBL/VGBL MetLife Primeiros Passos Tipo (Preenchimento Obrigatório): PGBL VGBL DADOS DO PROPONENTE (Preenchimento Obrigatório) Nome

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV...

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... 7 CONHEÇA O PLANO DENTALUNIPREV... 8 PARTICIPANTES... 9 Participante

Leia mais

a d en e R d sto o p e Im 20 d eclaração Cartilha D 1

a d en e R d sto o p e Im 20 d eclaração Cartilha D 1 ÍNDICE 1. Obrigatoriedades... 3 2. Forma de elaborar a declaração de IRPF 2014... 4 2.1 Formas de entrega... 4 2.2 Prazo de entrega... 4 2.3 Multa pelo atraso na entrega da declaração... 4 3. Modelos de

Leia mais

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA...

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 8 CONHEÇA O PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 9 PARTICIPANTES...

Leia mais

Prever Empresarial. Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. Agosto de 2007. Previdência Complementar PJ 2007

Prever Empresarial. Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. Agosto de 2007. Previdência Complementar PJ 2007 Prever Empresarial Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho Agosto de 2007 Institucional A Unibanco AIG é o grande destaque no mercado brasileiro em planos corporativos de previdência complementar,

Leia mais

Criação da Associação

Criação da Associação Primeira Edição 02/08/2013 ASPREVIC ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA PREVIC BOLETIM INFORMATIVO Nesta edição: Associe-se 2 Prestação de Contas 2 CNPJ 3 Desconto em Folha 3 Festa de final de ano 3 Site em Construção

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV Material Explicativo Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV 2 GEBSA-PREV O PLANO GEBSA-PREV VAI AJUDAR VOCÊ A CONSTRUIR SEU FUTURO! Preocupada com a tranquilidade e o bem estar de seus funcionários, a GE oferece

Leia mais

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA

Marcos Puglisi de Assumpção 10. PLANOS DE PREVIDÊNCIA Marcos Puglisi de Assumpção 10. 2010 Uma das maiores preocupações de um indivíduo é como ele vai passar o final de sua vida quando a fase de acumulação de capital cessar. É preciso fazer, o quanto antes,

Leia mais

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil

Guia Declaração Imposto de Renda 2013. Investimentos. Março de 2013. Brasil Guia Declaração Imposto de Renda 2013 Investimentos Março de 2013 Brasil Guia de Declaração IR 2013 -Investimentos 2 O dia 30/04/2013 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2013

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência Março de 2013 Especial IRPF 2013 Chegou a hora de declarar o IR2013 >> Fique por dentro >> Onde informar

Leia mais

Plano de Contribuição Definida

Plano de Contribuição Definida Plano de Contribuição Definida Gerdau Previdência CONHEÇA A PREVIDÊNCIA REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Oferecido pelo setor privado, com adesão facultativa, tem a finalidade de proporcionar uma proteção

Leia mais

ESPECIAL. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? Fique por dentro. Prazos e multas. As novidades de 2014. Tire suas dúvidas.

ESPECIAL. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? Fique por dentro. Prazos e multas. As novidades de 2014. Tire suas dúvidas. Chegou a hora de declarar. E o que mudou para esse ano? de 0 Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Vida e. Março de 0 de 0 Foi dada a largada para o acerto de contas

Leia mais

Plano TELOS Contribuição Variável - I

Plano TELOS Contribuição Variável - I Plano TELOS Contribuição Variável - I A sua empresa QUER INVESTIR NO SEU FUTURO, E VOCÊ? A sua empresa sempre acreditou na importância de oferecer um elenco de benefícios que pudesse proporcionar a seus

Leia mais

Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT

Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT Manual de perguntas e respostas Previdência Privada Zurich Seven IT 1º. Quais são os fundos de investimentos na Previdência Privada Zurich? Você pode escolher Renda Fixa para investidores mais conservadores

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM Material Explicativo Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil FUNDAÇÃO previdenciária IBM 2 Material Explicativo Fundação Previdenciária IBM A DIREÇÃO DO SEU FUTURO Lembre-se! O objetivo

Leia mais

Estrutura do Plano de Benefícios Agilent

Estrutura do Plano de Benefícios Agilent Plano de Benefícios Agilent 1 Objetivo da HP Prev Proporcionar aos seus participantes a oportunidade de contribuir para a HP Prev e, juntamente com as contribuições da patrocinadora, formar uma renda mensal

Leia mais

Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz. Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento

Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz. Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento Cenário A Seguradora Aegon realizou, no período entre janeiro e fevereiro de 2015, uma pesquisa entre quinze

Leia mais

SICOOBPREV. O PLANO DE PREVIDÊNCIA PARA QUEM PENSA NO FUTURO. GUIA PRÁTICO DE BOLSO. USO INTERNO DOS FUNCIONÁRIOS.

SICOOBPREV. O PLANO DE PREVIDÊNCIA PARA QUEM PENSA NO FUTURO. GUIA PRÁTICO DE BOLSO. USO INTERNO DOS FUNCIONÁRIOS. SICOOBPREV. O PLANO DE PREVIDÊNCIA PARA QUEM PENSA NO FUTURO. GUIA PRÁTICO DE BOLSO. USO INTERNO DOS FUNCIONÁRIOS. Para desfrutar uma vida confortável, com bem-estar e tranquilidade no momento da aposentadoria,

Leia mais

Programa de Previdência OUROFINO. Manual do Participante

Programa de Previdência OUROFINO. Manual do Participante Programa de Previdência OUROFINO Manual do Participante Um excelente investimento no presente e a garantia de um futuro tranquilo Programa Previdenciário Empresarial Itaú - OUROFINO Regras do Programa

Leia mais

ESCLARECIMENTOS E ORIENTAÇÕES AOS PARTICIPANTES DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA SISTEMA FIEMG

ESCLARECIMENTOS E ORIENTAÇÕES AOS PARTICIPANTES DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA SISTEMA FIEMG ESCLARECIMENTOS E ORIENTAÇÕES AOS PARTICIPANTES DO PLANO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIDA SISTEMA FIEMG Imposto de Renda Retido na Fonte incidente sobre o Plano de Contribuição da CASFAM O Governo Federal, através

Leia mais

Material Explicativo Centrus

Material Explicativo Centrus Material Explicativo Centrus De olho no futuro! É natural do ser humano sempre pensar em situações que ainda não aconteceram. Viagem dos sonhos, o emprego ideal, casar, ter filhos, trocar de carro, comprar

Leia mais

Boletim de Relacionamento Previdência. Imposto de Renda Sul América Previdência

Boletim de Relacionamento Previdência. Imposto de Renda Sul América Previdência Boletim de Relacionamento Previdência Imposto de Renda Sul América Previdência Prezado Participante, Desenvolvemos um guia para que você, que possui um Plano de Previdência PGBL ou Tradicional ou um Plano

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

Programa de Certificação Regius (PCR-2015) Módulo II

Programa de Certificação Regius (PCR-2015) Módulo II Programa de Certificação Regius (PCR-2015) Módulo II AGENDA Previdência Complementar - Marco Regulatório Tipos de Planos de Previdência Complementar Elenco dos Benefícios e Institutos Campanha de Ingresso

Leia mais

material explicativo 1

material explicativo 1 material explicativo 1 Material Explicativo Duprev CD CONTEÚDO Previdência Social... 3 Previdência Complementar... 4 Como funciona o Plano Duprev CD?... 4 Contribuição ao Plano... 4 Vantagens Fiscais...

Leia mais

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos

Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos Guia de Declaração de IR 2014- Investimentos BRASIL Guia de Declaração IR 2014- Investimentos O dia 30/04/2014 é último dia para entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 e com o objetivo de

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão -

PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - PERGUNTAS E RESPOSTAS - Plano PreVisão - O que é o plano PreVisão? O plano PreVisão é o novo plano de benefícios administrado pela Visão Prev, resultado de estudos realizados no intuito de buscar uma solução

Leia mais

Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto de Renda de Pessoa Física, anocalendário

Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto de Renda de Pessoa Física, anocalendário 1) Como é o Regime de Tributação Progressiva? Sobre os benefícios previdenciais pagos pelos fundos de pensão, o cálculo do imposto de renda devido obedece ao regulamento aplicável, por exemplo, aos rendimentos

Leia mais

Imposto de Renda Pessoa Física 2015

Imposto de Renda Pessoa Física 2015 Imposto de Renda Pessoa Física 2015 1 IRPF É um imposto federal brasileiro que incide sobre todas as pessoas que tenham obtido um ganho acima de um determinado valor mínimo. Anualmente este contribuinte

Leia mais

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil

Guia de Declaração IR 2014. Investimentos. Março de 2014. Brasil Guia de Declaração IR 2014 Investimentos Março de 2014 Brasil Guia de Declaração IR 2014 - Investimentos O prazo de entrega da declaração anual do Imposto de Renda 2014 tem início no dia 6 de março e o

Leia mais

Sumário. Sumário O OBJETIVO DA CARTILHA 1. INTRODUÇÃO À PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ... 5 2. CONHEÇA MAIS SOBRE A PREVIDÊNCIA USIMINAS ... 6 ...

Sumário. Sumário O OBJETIVO DA CARTILHA 1. INTRODUÇÃO À PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ... 5 2. CONHEÇA MAIS SOBRE A PREVIDÊNCIA USIMINAS ... 6 ... CARTILHA USIPREV Sumário O OBJETIVO DA CARTILHA...................................................... 3 Sumário 1. INTRODUÇÃO À PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR 2. CONHEÇA MAIS SOBRE A PREVIDÊNCIA USIMINAS............................

Leia mais