Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Núcleo de Pós Graduação Pitágoras"

Transcrição

1 Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Disciplina: Gestão do Conhecimento e Conteúdo Aula 2 Ferramentas para KM e retenção do conhecimento Professor: Fernando Zaidan Outubro Categorias de Softwares para KM e retenção do conhecimento 1 - Mapas de Conhecimento 2 - Ferramentas baseadas na Intranet 3 - Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED) 4 - Groupware 5 - Workflow 6 - Sistemas para Construção de Bases Inteligentes de Conhecimento 7 - Business Intelligence (BI) 8 - Ferramentas de Apoio à Inovação 9 - Ferramentas de Inteligência Competitiva 10 - Portais do Conhecimento 11 CMS: Sistemas de Gestão de Conteúdo 12 - Redes Sociais 13 Wikis 14 Wikis Semânticos 4 Organizações do Conhecimento 1- Matriz de responsabilidades (ou competências) Pessoas e seus conhecimentos = matéria-prima fundamental das organizações; Este recurso (o conhecimento) não pode ser subutilizado ou negligenciado; Técnica que gera clareza para com a equipe; Declara a responsabilidade de cada membro dentro do projeto gera segurança e confiança entre equipe; O RH necessita de instrumentos além dos tradicionais para auxiliar o planejamento estratégico das organizações; A intenção em sair da subjetividade na avaliação. 2 5 KW Para o Futuro (ou Presente)? Ferramentas de Colaboração e Cooperação Web 2.0 / 3.0 Gestão do Conhecimento Web Semântica Web 2.0 / 3.0 Wikis - CMS 3 Matriz de responsabilidades (ou competências) Páginas Amarelas: guias e não repositórios Adotar um programa de gestão por competências é demonstrar que a gestão de RH está com uma visão sistêmica dentro da organização; Alguns benefícios são: comprometimento dos participantes, equipes fortalecidas, aumento da competitividade, mais produtividade, ambiente motivado e participativo, enfim, diferencial no mercado. Maior autoconhecimento da empresa, possibilitando a exploração de seus pontos fortes e fortalecimento de suas deficiências; formalização de capital intelectual da empresa; maior eficiência e agilidade em tomadas de decisões estratégicas. 6 1

2 Matriz de responsabilidades (ou competências) 3- Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED) Influência dos conceitos de Biblioteconomia Armazéns de conhecimento explícito Combinação Evolução para Gerenciamento de Conteúdo Ex: Meridian 7 10 Matriz de responsabilidades (ou competências) 4- Groupware Grupos de trabalho geograficamente dispersos Estilo push Foco na colaboração Diálogo e reflexão coletiva Externalização Ex: Lotus Notes e MS-Exchange Ferramentas baseadas na Intranet Ênfase na informação interna Acesso à memória empresarial Estilo pull Aproveitamento das tecnologias desenvolvidas na Web Hipertexto facilita a interligação de informações Combinação Project start Define scope of process modeling in project 5- Workflow Select process modeling methods Define guidelines modeling Transferência de conhecimento ao longo de um processo padronizado de negócios Modelo de 3 Rs: Rules, Roles & Routes BPM Automação de processos Externalização Methods and guidelines defined

3 6- Sistemas para Construção de Bases Inteligentes de Conhecimento Contribuição da Inteligência Artificial Sistemas especialistas, sistemas baseados em casos (CBR) e redes neurais Extração do conhecimento de especialistas Externalização 9 - Ferramentas de Inteligência Competitiva Sonda de fontes de informação => Combinação Ciclo da inteligência competitiva: planejamento, coleta de informação publicada, coleta de fontes primárias, análise e relatórios Web crawlers: agentes de busca Relatórios automáticos a partir do perfil Business Intelligence Infra-estrutura de banco de dados Front-End: integração dos SAD, SIG e OLAP Back-End: Data Warehouse e Data Mart Descoberta de relacionamentos ocultos entre os dados Combinação Integração com CRM Ex: Analysis Services; Pentaho 10- Portais Corporativos Integração de fontes heterogêneas de informação Acesso às informações externas Comunidades de interesse Personalização da interface People, Places & Things Ferramentas de Apoio à Inovação Conceitos oriundos da Engenharia de Produtos Utilizada na concepção técnica de produtos Acesso a uma base tecnológica de patentes e modelos para estimular insights Internalização WEB Collaboration Tools Presentation Layer - Personalization Search Engine Web Applications Desktop Applications Content Management Systems Document amd Workflow Management Systems CRM ERP Connectors EAI Financial Syst. Bus. Intellig. HR Systems Legacy DATA Highly Unstructured Nature of Digital Inform ation H ighly Structured

4 Camadas de Tecnologia dos Portais Corporativos Apresentação Personalização Colaboração Processo Publicação e distribuição Busca Categorização Integração 11- CMS Sistemas de Gestão de Conteúdo Os sistemas de gestão de conteúdo (CMS content management systems) permitem operacionalizar a Gestão do Conhecimento, fornecendo os mecanismos efetivos de gerenciamento dos conteúdos dos sites da web para organizações de todo tipo. À medida que as organizações percebem o valor crescente dos seus ativos intangíveis, os CMS ganham um papel mais central na organização, tornando-se uma ferramenta indispensável para todos os colaboradores. (BAX; TERRA, 2003) CMS Sistemas de Gestão de Conteúdo CMS Sistemas de Gestão de Conteúdo 11- CMS Sistemas de Gestão de Conteúdo conteúdo refere-se a tudo o que podemos gerenciar em termos de dados e informações; conteúdo está bem mais próximo do termo conhecimento ; conteúdo dentro de uma organização pode ser um relatório gerencial, uma ata de reunião, um manual técnico de um determinado produto, um guia de serviços da empresa, um laudo feito por um especialista [...] enfim, todo e qualquer material que se queira disponibilizar em algum sistema de informação ou site na intranet ou internet;

5 11- CMS Sistemas de Gestão de Conteúdo Criar, revisar e categorizar conteúdo Buscar conteúdo Postar comentários Participar de fóruns Votar em enquetes Trabalhar em colaboração escrevendo projetos Criar e visualizar páginas de perfil pessoal Comunicar entre si ou com outros administrados de websites Mudar o visual do site através do gerenciador de temas Construir menus de navegação de vários níveis Usuários do mesmo site podem navegar com seus idiomas locais RSS feeds Registrar e gerenciar contas de usuários 12- Redes Sociais Redes Sociais X Mídias Sociais Mídias - veículos que fazem a informação circular. Redes Sociais - Conjunto de dois elementos: -atores (pessoas, instituições ou grupos; nós da rede) e suas - conexões (interações ou laços sociais). É uma metáfora para observar os padrões de conexão de um grupo social, a partir das conexões estabelecidas entre os diversos atores. A abordagem de rede tem, assim, seu foco na estrutura social, onde não é possível isolar os atores sociais nem suas conexões CMS Sistemas de Gestão de Conteúdo Estatísticas e relatórios para administração Gerenciamento de cache Construir regras específicas regras para filtros de conteúdo Sistema de URL amigável que permite lembrar facilmente No caso do Drupal, centenas de módulos gratuitos: e-commerce systems Workflow features Photo galleries Organic groups Google sitemaps Amazon Items Mailing list management Integration with CVS 12- Redes Sociais Redes Sociais 12- Redes Sociais Com o advento da internet a sociedade sofre diversas mudanças, e dentre elas, algumas podem ser consideradas fundamentais - a mais significativa é a possibilidade de expressão e socialização, através de ferramentas da web. Usuários da web, além da cooperação e colaboração, fazem a construção da informação de maneira interativa. Deixam na rede de computadores rastros que permitem o reconhecimento dos padrões de suas conexões e a visualização de suas redes sociais

6 13- Wikis Ward Cunningham Wikis disponíveis Não são poucos... de Ferramentas a Plataformas. Wikispaces Wikis Criação de uma internet de cooperação colaborativa; Site comparativo de Wikis Hipertexto: paradigma de construção social - os usuários reconstroem ou negociam seus próprios conhecimentos; O usuário é um ser ativo e participante; Encontram-se, para cada membro de uma comunidade, fontes estimuladoras para a vida em grupo; Os colaboradores que focam no radicalismo são corrigidos por seus pares; Mediawiki Conteúdos fracos podem ser deletados facilmente; A violação das normas repedidas vezes faz com que os colaboradores sejam impedidos de colaborar; Wikipédia - Pesquisa: comparação de 42 entradas das ciências com a Enciclopédia Britânica on-line menor inciência de erros no wikipédia. Utilizado originalmente no Wikipedia; Free; Wikimedia Foundation; San Francisco, CA; Criada em 2003 por Jimmy Wales

7 37 Ainda não é semântico conta com algumas extensões.40 Exemplo de Wiki Corporativo Wikipedia Projeto com diversos wikis: Wikipedia, Wiktionary, Wikiquote, Wikibooks, Wikisource, Wikimedia Commons, Wikispecies, Wikinews, Wikimedia Incubator, Wikiversity, Meta-Wiki Wiki é quente!!!! Vídeo: Wikis

8 ... Como obter respostas para: Dados na Web Os Arranha-céus da China com mais de 70 andares e construído a partir de 2005? Ou, em Cingapura, Xangai, Ásia Oriental? Construído nos anos ? Com 50 / 60 andares ou mais? Ordenar por andares, no ano, altura? Como fornecer informações e estruturá-las na forma que os computadores possam processar? Altura em metros? Motivação Web Semântica Web Semântica Os estudos iniciados em 2001 por Berners-Lee, sobre a web semântica, começam a atingir a maturidade com a possibilidade da eliminação da ambiguidade de conteúdos. Utilização de práticas de gestão de conteúdo semântico, com vistas à proposição de enriquecimento de conteúdo semântico nas ferramentas da web Dados da Web (ou da sua empresa) Web Semântica Grande variedade de dados disponíveis: - dados de governos, - dados sobre a saúde, - o conhecimento geral, - a sociedade de informação, - informações de vôos, - médicos, hotéis, restaurantes... Todas aplicações dependem da disponibilidade desses dados. 45 KBS sistemas baseados em conhecimento CAS computação orientada a serviços BD Web Semântica KM representação Fonte: Mika, Tradução e adaptação do autor. Linguística 48 8

9 Humano x Computador Solução Semântica Retiramos rapidamente fragmentos do contexto. Dificuldade do computador linguagem natural. Falta algum conhecimento secundário que somente o ser humano processa. Fornecer K na forma que os computadores possam processar. K : informação que já está descrita no conteúdo das páginas, mas difícil de extrair Como mitigar o GAP existente entre o conhecimento do usuário e do computador? Web 1.0, 2.0, n Dados na Web Web Semântica sopa de letras

10 Ontologia Ontologia Ontologia Ontologia é a conceituação formal de um domínio, com compromisso no compartilhamento semântico. São instâncias (nós) representadas por relações que fazem sentido. Havendo uma ontologia existe um consenso. Diferentemente do âmbito filosófico, onde ontologia é o estudo da existência do ser, na tecnologia da informação é a classificação de identidades de informação e de matéria. Ontologias são modelos conceituais que capturam e explicitam o vocabulário utilizado em aplicações semânticas. Servem como base para garantir uma comunicação livre de ambigüidades. Ontologias será a língua franca da web semântica Ontologia No âmbito que está sendo tratada a ontologia, a modelagem conceitual cumpre um importante papel. Quando se define uma ontologia como um artefato tecnológico, a mesma descreverá um modelo conceitual de um determinado domínio em uma linguagem lógica e formal, a partir da descrição dos aspectos semânticos de conteúdos informacionais, possibilitando a realização de inferências automáticas por programas computacionais. Ontologia ex:funsoft ex:é-uma-associação ex:funsoft-associação-sem-fins-lucrativos ex:funsoft-associação-sem-fins-lucrativos ex:ligada-a ex:prefeitura-belo-horizonte ex:funsoft-associação-sem-fins-lucrativos ex:localizado-em _:X _:X ex:tem-cidade "Belo Horizonte" _:X ex:tem-estado "MG" As propriedades e restrições nos modelos conceituais são as decisões e compromissos ontológicos. Tal modelagem é uma atividade de descrição formal de alguns aspectos do mundo físico (real), situados à nossa volta, visando à estruturação

11 RDF RDF representa metadados no formato de sentenças sobre propriedades e relacionamentos entre itens na web. A RDF (Resource Description Framework) é uma linguagem declarativa, cuja escrita é em XML. Tornou-se um padrão recomendado pelo W3C em 2004, mas cuja história iniciou-se em 1995, e foi proposta em A RDF fornece uma semântica simplificada com boa representação para o tratamento de metadados, mas não fornece subsídios necessários para uma linguagem de ontologias. The Glass Palace 2000 London Harper Collins a:name a:homepage a:author isbn/ x f:auteur f:original Le palais des miroirs Ghosh, Amitav Pode-se afirmar que OWL e RDF incorporam as novas necessidades de representação de sistemas por ontologias isbn/ f:traducteur f:nom Ghosh, Amitav f:nom 61 Besse, Christianne 64 Para esclarecer vamos começar com um livro DBPedia Links automáticos entre banco de dados 14- Semantic Wikis - conceito The Glass Palace isbn/ x Enriquecimento semântico do conteúdo e modificação dinâmica dos dados com os conceitos da WikiWikiWeb; London Harmonia entre os dados estruturados e não estruturados; Harper Collins a:name a:homepage a:author isbn/ x Le palais des miroirs Extensão dos Wikis tradicionais; Permanecendo: colaboração; Ghosh, Amitav f:auteur isbn/ f:traducteur Conceitos semânticos: ontologias, gráficos conceituais, RDF, OWL, etc; 63 f:nom Ghosh, Amitav f:nom Besse, Christianne Possibilitar, além da navegação por meio de links, ter uma estrutura que a máquina entenda

12 Semantic Wikis - características Semantic Search Classificação e anotação para os links; Apresentação dinâmica de conteúdo; Navegação mais rica; Metadados; Dados em triplas (sujeito predicado objeto); Busca semântica; Consultas embutidas (inline queries); 67 Exportação para outros formatos Ex: CSV abrir com Excel 70 Estrutura Ontológica do SW Suporta ontologias; Anotações são mapeadas para OWL; Toda página Wiki representa um elemento ontológico: Things; Categorias (Classes: forma de se construir uma metaclassificação); Propriedades (links anotados); Tipos de dados; Instâncias (as próprias páginas wikis); Além da URI. 68 Inline queries consultas embutidas Modo de edição: Clique para baixar as principais Publicações e ver os Congressos {{#ask:[[category:congressos]]}} que participei. Modo de apresentação: Clique para baixar as principais Publicações e ver os Congressos Centeris 2009, Contecsi 2008, Contecsi 2009, Contecsi 2010 que participei. Outro exemplo, em forma de tabela: Em forma de tabela - Modo de edição: {{#ask: [[Category:Academico]] [[Classificacao::Excelente]]?Classificacao?Data evento?tipo publicacao }} 71 O [http://www.tecsi.fea.usp.br/eventos/contecsi/ Contecsi] aconteceu em [[data evento::jun 2008]] na [[cidade::são Paulo (cidade)]]. Classificação: [[classificacao::bom]] [[tipo publicacao::artigo]] publicado foi... [[foaf:surname:=zaidan]], [[foaf:firstname:=fernando]]... ISBN Contecsi São Paulo (cidade) Bom Jun2008 contecsi/ ISBN Tipo pubicacao foaf:firstname Artigo foaf:surname Zaidan Semantic Wikis... não são poucos os já existentes: AceWiki ArtificialMemory Wagn - Ruby on Rails KiWi Knoodl Metaweb - Freebase OntoWiki Semantic MediaWiki Swirrl TaOPis TikiWiki zagile Wikidsmart PhpWiki OpenRecord Fernando

13 Wikis Semânticos em funcionamento Conclusões A RDF fornece uma semântica simplificada com boa representação para o tratamento de metadados. Utilizando os dados semânticos, os SW e CMS resolveram alguns problemas atuais, como consistência de conteúdo, acesso ao conhecimento e reuso do conhecimento. A aceitação universal dos padrões para o registro do conteúdo semântico oferecerá o progresso para criação, armazenamento, manutenção, compartilhamento e disseminação dos dados e das ontologias, melhorando a performance e a escalabilidade Wikis Semânticos em funcionamento Referências Bibliográficas BAX, M. P.; TERRA, J. C. Portais corporativos: instrumento de gestão de informação e de conhecimento. In: Isis Paim. (Org.). A Gestão da Informação e do Conhecimento. Belo Horizonte, 2003, p CARVALHO, R. B. Tecnologia da informação aplicada à gestão do conhecimento. Belo Horizonte: C/ Arte, FUCHS-KITTOWSKI, F.; KÖHLER, A. Wiki Communities in the context of work process. WikiSym 2005, San Diego, CA, U.S.A., KM WORLD. A billion-mind economy. Medford, NJ, U.S.A. v. 16, dez KRÖTZSCH, M.; VRANDEČIĆ, D.; VÖLKEL, M. Wikipedia and the Semantic Web: the Missing Links. In: Proceedings of the 1st International Wikipedia Conference, Wikimania MAJCHRZAK, A., WAGNER, C., YATES, D. N. Corporate wiki users: results of a survey. In: Proceedings of the 2006 International Symposium on Wikis, New York: ACM Press, p , ZAIDAN, F. H.; BAX, M. P. WIKI Ferramenta de colaboração corporativa da WEB 2.0: estudo de casos. In: 7th CONTECSI International Conference on Information 77 Systems and Technology Management. University of São Paulo Conclusões A capacidade de colaboração e cooperação torna-se rica e eficaz com a facilidade para a documentação. Encontrou-se na filosofia wiki e CMS combinada com os métodos da web semântica uma nova abordagem da gestão do conhecimento. Comunidades poderão construir as suas próprias aplicações semânticas usando suas ontologias OWL e bases de conhecimento. 75 Obrigado, "Todo o bem que eu puder fazer, toda a ternura que eu puder demonstrar a qualquer ser humano, que eu os faça agora, que não os adie ou esqueça, pois não passarei duas vezes pelo mesmo caminho." (James Greene) 78 13

23/07/2012. Semantic Wikis : a web semântica da colaboração e cooperação

23/07/2012. Semantic Wikis : a web semântica da colaboração e cooperação Semantic Wikis : a web semântica da colaboração e cooperação 1 Roteiro Contexto Conhecimento Gestão do Conhecimento Retenção do Conhecimento Organizacional A Web 1.0 2.0 3.0 4.0... Ferramentas da Web 2.0

Leia mais

04/10/2010. Fernando Zaidan. Retenção de conhecimento com uso de ferramentas wikis. Evento: Segurança da Informação na Era Colaborativa

04/10/2010. Fernando Zaidan. Retenção de conhecimento com uso de ferramentas wikis. Evento: Segurança da Informação na Era Colaborativa Evento: Segurança da Informação na Era Colaborativa Retenção de conhecimento com uso de ferramentas wikis Fernando Zaidan Palestra proferida no Evento do Grupo ITE e PPP Advogados - Boulervard Plaza Hotel

Leia mais

Como as ferramentas da Web 2.0 Wikis auxilia na Gestão da Informação

Como as ferramentas da Web 2.0 Wikis auxilia na Gestão da Informação Como as ferramentas da Web 2.0 Wikis auxilia na Gestão da Informação O que está presente nas Bibliotecas? 2013 Informação na Antiguidade? 5 Viajandocentenasde anos 300 a.c. Viemos aqui atrás da Informação

Leia mais

Semantic Wikis : a web semântica da colaboração e cooperação. Fernando Hadad Zaidan

Semantic Wikis : a web semântica da colaboração e cooperação. Fernando Hadad Zaidan Semantic Wikis : a web semântica da colaboração e cooperação Fernando Hadad Zaidan - Doutorando Escola Ciência da Informação UFMG. Linha de estudos: Web Semântica, Wikis, CMS Semânticos, Web 2.0/3.0. -

Leia mais

04/10/2010. Palestra Pitágoras: Preservação, Memória Digital e Retenção do Conhecimento. Introdução do Tema. Introdução do Tema. Introdução do Tema

04/10/2010. Palestra Pitágoras: Preservação, Memória Digital e Retenção do Conhecimento. Introdução do Tema. Introdução do Tema. Introdução do Tema Oficina GED/ECM 2010 - Belo Horizonte Roteiro Preservação, Memória Digital e Retenção do Conhecimento Palestra Pitágoras: Retenção do Conhecimento Organizacional utilizando Wikis Introdução e contextualização

Leia mais

20/11/2009. Introdução do Tema. Introdução do Tema. Introdução ao Tema. Introdução do Tema

20/11/2009. Introdução do Tema. Introdução do Tema. Introdução ao Tema. Introdução do Tema Roteiro Introdução e contextualização do tema Motivação Fundamentação dos conceitos chave Modelos Pesquisa: entrevistas realizadas Discussão dos resultados das entrevistas Wikis Considerações finais e

Leia mais

30/07/2015. Ferramentas para Gestão do Conhecimento Organizacional

30/07/2015. Ferramentas para Gestão do Conhecimento Organizacional Ferramentas para Gestão do Conhecimento Organizacional 1 3 Exemplos 4 2 Informação Choo (2006): informação é um conceito intrínseco em quase tudo que a empresa faz; Institucional Gerencial Operacional

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro

Leia mais

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias Semântica para Sharepoint Busca semântica utilizando ontologias Índice 1 Introdução... 2 2 Arquitetura... 3 3 Componentes do Produto... 4 3.1 OntoBroker... 4 3.2 OntoStudio... 4 3.3 SemanticCore para SharePoint...

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI Noções de sistemas de informação Turma: 01º semestre Prof. Esp. Marcos Morais

Leia mais

Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos. Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos Prof.

Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos. Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos Prof. Modelagem do Conhecimento para a Gestão de Processos e Projetos 1 Objetivo Apresentação de modelo conceitual para a integração e recuperação de informações, disponíveis em ambientes internos ou externos,

Leia mais

Semantic Wikis and the Collaborative Construction of Ontologies: case study

Semantic Wikis and the Collaborative Construction of Ontologies: case study 1 Semantic Wikis and the Collaborative Construction of Ontologies: case study Fernando Hadad Zaidan - (Universidade Federal Minas Gerais - UFMG - ECI, MG, Brasil) - fhzaidan@ufmg.br Marcello Peixoto Bax

Leia mais

Portais corporativos: evolução, aplicação, tendências e casos. de implantação. Fernando Silva Parreiras

Portais corporativos: evolução, aplicação, tendências e casos. de implantação. Fernando Silva Parreiras Portais corporativos: evolução, aplicação, tendências e casos de implantação Fernando Silva Parreiras Fernando Silva Parreiras Mestrando em ciência da informação pela ECI UFMG Especialista em gestão financeira

Leia mais

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

Criação e publicação de um dataset de dados interligados das edições passadas do Simpósio Brasileiro de Banco de Dados

Criação e publicação de um dataset de dados interligados das edições passadas do Simpósio Brasileiro de Banco de Dados U NIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA 2 0 1 2. 2 Criação e publicação de um dataset de dados interligados das edições passadas do Simpósio Brasileiro

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Disciplina: Administração de Suporte e Automação Gerenciamento de Suporte Professor: Fernando Zaidan Ago-2009 1 2 Contexto Área de TI lugar estratégico

Leia mais

Uso de taxonomias na gestão de conteúdo de portais corporativos.

Uso de taxonomias na gestão de conteúdo de portais corporativos. Gestão de Conteúdo web através de ontologias: conceitos e aplicações Fernando Silva Parreiras Contextualização O que? Uso de taxonomias na gestão de conteúdo de portais corporativos. Quem? Gerentes, consultores

Leia mais

MEC/Setec/Projeto SIEP

MEC/Setec/Projeto SIEP MEC/Setec/Projeto SIEP Biblioteca Digital da EPT Centro de Documentação Digital da EPT Rogério Atem de Carvalho Rafael Manhães Monnerat CEFET Campos Ricardo Martins Ramos Valéria Oliveira Costa CEFET Piauí

Leia mais

Dados x Informações. Os Sistemas de Informação podem ser:

Dados x Informações. Os Sistemas de Informação podem ser: CONCEITOS INICIAIS O tratamento da informação precisa ser visto como um recurso da empresa. Deve ser planejado, administrado e controlado de forma eficaz, desenvolvendo aplicações com base nos processos,

Leia mais

Portais Corporativos Novo Desafio para as Corporações

Portais Corporativos Novo Desafio para as Corporações Abril 20 Portais Corporativos Novo Desafio para as Corporações Ulisses Lemos Bezer Agenda Transformações no Mundo dos Negócios Arquitetura de Integração Transformações na Tecnologia Os portais corporativos

Leia mais

WORKFLOW. Mapeamento de Processos de Negócio 26/11/2009. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

WORKFLOW. Mapeamento de Processos de Negócio 26/11/2009. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS WORKFLOW Mapeamento de Processos de Negócio Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS É proibido a reprodução total ou parcial de qualquer forma ou por qualquer meio sem a expressa autorização

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Vantagens e desvantagens de uma rede para a organização Maior agilidade com o uso intenso de redes de computadores; Grandes interações

Leia mais

Integração da Informação e do Conhecimento no Contexto da Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos no Brasil

Integração da Informação e do Conhecimento no Contexto da Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos no Brasil Integração da Informação e do Conhecimento no Contexto da Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos no Brasil Ivan Guilherme 1, Jonas Queiroz 1, Caio Marques 2 1 Universidade Estadual Paulista, IGCE, DEMAC, Caixa

Leia mais

Web 2.0. Amanda Ponce Armelin RA 052202

Web 2.0. Amanda Ponce Armelin RA 052202 Amanda Ponce Armelin RA 052202 Americana, 2007 Tópicos Introdução Web 1.0 Definição Comparativo Web1.0 x Web2.0 Web 3.0 Definição Conclusão Definição Principais características Discórdia Termos Essenciais

Leia mais

Portais Corporativos como Ferramenta Estratégica na Gestão do Conhecimento Organizacional: um estudo exploratório

Portais Corporativos como Ferramenta Estratégica na Gestão do Conhecimento Organizacional: um estudo exploratório Portais Corporativos como Ferramenta Estratégica na Gestão do Conhecimento Organizacional: um estudo exploratório Queli Terezinha Schmitz (TUPER, UDESC, UTFPR) queli@sbs.udesc.br Hélio Gomes de Carvalho

Leia mais

Web Semântica e Matching de Ontologias: Uma Visão Geral

Web Semântica e Matching de Ontologias: Uma Visão Geral Web Semântica e Matching de Ontologias: Uma Visão Geral Hélio Rodrigues de Oliveira Departamento de Computação Universidade Federal do Ceará heliorodrigues@lia.ufc.br Bernadette Farias Lóscio Departamento

Leia mais

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Comunidades de Prática Grupos informais e interdisciplinares de pessoas unidas em torno de um interesse

Leia mais

Thalita Moraes PPGI Novembro 2007

Thalita Moraes PPGI Novembro 2007 Thalita Moraes PPGI Novembro 2007 A capacidade dos portais corporativos em capturar, organizar e compartilhar informação e conhecimento explícito é interessante especialmente para empresas intensivas

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

Divulgação Portal - METROCAMP. Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)?

Divulgação Portal - METROCAMP. Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)? Divulgação Portal - METROCAMP Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)? Torne se um Trabalhador de Conhecimento (Kowledge Worker) de Werner Kugelmeier WWW.wkprisma.com.br

Leia mais

Utilização de ferramentas de colaboração para Gestão do Conhecimento

Utilização de ferramentas de colaboração para Gestão do Conhecimento Utilização de ferramentas de colaboração para Gestão do Conhecimento Carlos Roberto de Souza Tavares 1 Carlos Mário Dal Col Zeve 2 RESUMO Um dos maiores problemas que as empresas atuais enfrentam refere-se

Leia mais

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br Workflow como Proposta de Automação Flexível O Gerenciamento de Processos Planejamento do BPM Diretrizes e Especificações Seleção de processo críticos Alinhamento de processos à estratégia www.iconenet.com.br

Leia mais

Introdução 17. 1 Introdução

Introdução 17. 1 Introdução Introdução 17 1 Introdução O volume de informações que gerenciamos tem crescido a cada dia. Realizamos milhões de pesquisas na Web, postamos mensagens em blogs, enviamos mensagens de correio eletrônico,

Leia mais

Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007. Autor: Leonardo Barroso Galvao

Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007. Autor: Leonardo Barroso Galvao Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007 Autor: Leonardo Barroso Galvao Os 10 principais benefícios do Microsoft Office Excel 2007 O Microsoft Office Excel 2007 é uma ferramenta poderosa

Leia mais

PowerPivot FÁBIO ÁVILA / THIAGO CARVALHO

PowerPivot FÁBIO ÁVILA / THIAGO CARVALHO PowerPivot FÁBIO ÁVILA / THIAGO CARVALHO Definição 2 O PowerPivot é um suplemento do Microsoft Excel que permite importar milhões de linhas de dados de várias fontes para uma única pasta de trabalho do

Leia mais

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 1.1

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 1.1 Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 1.1 SISTEMA DE APOIO À DECISÃO Grupo: Denilson Neves Diego Antônio Nelson Santiago Sabrina Dantas CONCEITO É UM SISTEMA QUE AUXILIA O PROCESSO DE DECISÃO

Leia mais

Introdução à Bonita BPM

Introdução à Bonita BPM WHITE PAPER Introdução à Bonita BPM Como começar a usar o Bonita BPM para capturar um processo conceitual e transformá-lo em um diagrama de processo Charlotte Adams, Alexandre Bricout e Maria Picard, Bonitasoft

Leia mais

Tecnologia da informação sob a perspectiva da CiênCia da informação e da. Gestão do ConheCimento

Tecnologia da informação sob a perspectiva da CiênCia da informação e da. Gestão do ConheCimento Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação Disciplina: Gestão do Conhecimento Prof.:Lillian Alvares Tecnologia da informação

Leia mais

Fábio Ávila Thiago Carvalho POWERPIVOT

Fábio Ávila Thiago Carvalho POWERPIVOT Fábio Ávila Thiago Carvalho POWERPIVOT PowerPivot - Introdução Permite a construção de um modelo de dados Como um Data Mart Elemento Central para construção de Self-Service BI Evolução da tabela dinâmica

Leia mais

Recuperação de Informações em Documentos Anotados Semanticamente na Área de Gestão Ambiental

Recuperação de Informações em Documentos Anotados Semanticamente na Área de Gestão Ambiental 1 Recuperação de Informações em Documentos Anotados Semanticamente na Área de Gestão Ambiental Celso Araújo Fontes (IME) celsowm@gmail.com Maria Claudia Cavalcanti (IME) yoko@ime.eb.br Ana Maria de Carvalho

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Como Melhorar a Tomada de Decisão e a Gestão do Conhecimento Capítulo

Leia mais

O W3C Futuro da Web HTML5 Web Semântica. Março/2011 SENAC Ribeirão Preto Road Show TI 2011

O W3C Futuro da Web HTML5 Web Semântica. Março/2011 SENAC Ribeirão Preto Road Show TI 2011 O W3C HTML5 Web Semântica Março/2011 SENAC Ribeirão Preto Road Show TI 2011 Web e W3C Tim Berners-Lee criou / propôs a Web em 1989 (há 21 anos) http://www.w3.org/history/1989/proposal.html (URI + HTTP

Leia mais

Aulas 6 & 7 Sistemas de Informação

Aulas 6 & 7 Sistemas de Informação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ UFPI Departamento de Informática & Estatística Curso de Ciência da Computação GESTÃO DO CONHECIMENTO Vinicius Ponte Machado Aulas 6 & 7 Sistemas de Informação TECNOLOGIA Clique

Leia mais

TÉCNICAS DE INFORMÁTICA WILLIAN FERREIRA DOS SANTOS

TÉCNICAS DE INFORMÁTICA WILLIAN FERREIRA DOS SANTOS TÉCNICAS DE INFORMÁTICA WILLIAN FERREIRA DOS SANTOS Vimos em nossas aulas anteriores: COMPUTADOR Tipos de computadores Hardware Hardware Processadores (CPU) Memória e armazenamento Dispositivos de E/S

Leia mais

Uma estrutura (framework) para o Business Intelligence (BI)

Uma estrutura (framework) para o Business Intelligence (BI) Uma estrutura conceitural para suporteà decisão que combina arquitetura, bancos de dados (ou data warehouse), ferramentas analíticas e aplicações Principais objetivos: Permitir o acesso interativo aos

Leia mais

SOA: Service-oriented architecture

SOA: Service-oriented architecture SOA: Service-oriented architecture Roteiro Breve História O que é Arquitetura de Software? O que é SOA? Serviços Infraestrutura Composição Sua empresa está preparada para SOA? Breve História Uma empresa

Leia mais

Nenhum dado deixado para trás: +20 novas fontes de dados com a nova preparação de dados no MicroStrategy 10

Nenhum dado deixado para trás: +20 novas fontes de dados com a nova preparação de dados no MicroStrategy 10 Nenhum dado deixado para trás: +20 novas fontes de dados com a nova preparação de dados no MicroStrategy 10 Apresentador: Marcos José msantos@microstrategy.com MicroStrategy Analytics Agenda Workflow do

Leia mais

A Nova Interface do Data Discovery no MicroStrategy 10. Anderson Santos, Sales Engineer Brazil 11/08/2015

A Nova Interface do Data Discovery no MicroStrategy 10. Anderson Santos, Sales Engineer Brazil 11/08/2015 A Nova Interface do Data Discovery no MicroStrategy 10 Anderson Santos, Sales Engineer Brazil 11/08/2015 Empresas participantes do MicroStrategy 10 Beta Test Pela primeira vez na história, MicroStrategy

Leia mais

Ontologias. Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília

Ontologias. Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília Ontologias Profa. Lillian Alvares Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília Origem Teoria sobre a natureza da existência Ramo da filosofia que lida com a natureza e organização da realidade.

Leia mais

AUTOMAÇÃO ESCRITÓRIOS

AUTOMAÇÃO ESCRITÓRIOS AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PESSOAS, WORKFLOWS,... AUTOMAÇÃO ESCRITÓRIOS Pode-se perceber mudanças no ambiente empresarial, no que concerne às tarefas básicas de um escritório. Algumas habilidades estão se

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. ERP, CRM, BI, Data mining, Data warehouse, ETL Gerenciamento de Dados e Conhecimento

Estratégias em Tecnologia da Informação. ERP, CRM, BI, Data mining, Data warehouse, ETL Gerenciamento de Dados e Conhecimento Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 7 ERP, CRM, BI, Data mining, Data warehouse, ETL Gerenciamento de Dados e Conhecimento Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para

Leia mais

Comunidades Virtuais de Prática (CoPs)

Comunidades Virtuais de Prática (CoPs) Comunidades Virtuais de Prática (CoPs) Definição, Aplicações e Possibilidades Márcio de Souza Balian Mestrando em Ciência Computação GEAPIS/INF/UFG marciobalian@inf.ufg.br Prof. Dr Cedric Luiz de Carvalho

Leia mais

Grupo de Banco de Dados da UFSC

Grupo de Banco de Dados da UFSC Grupo de Banco de Dados da UFSC (GBD / UFSC) Oportunidades de Pesquisa e TCCs 2010 / 2 Objetivo GBD/UFSC Pesquisa e desenvolvimento de soluções para problemas de gerenciamento de dados LISA Laboratório

Leia mais

Data Warehousing Visão Geral do Processo

Data Warehousing Visão Geral do Processo Data Warehousing Visão Geral do Processo Organizações continuamente coletam dados, informações e conhecimento em níveis cada vez maiores,, e os armazenam em sistemas informatizados O número de usuários

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos

Conteúdo. Curso de Introdução ao Plone. O que é Plone. Parte I Conceitos básicos Curso de Introdução ao Plone Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Modulo A Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves

Leia mais

Web Semântica. Web Semântica. uma introdução @yaso

Web Semântica. Web Semântica. uma introdução @yaso Web Semântica uma introdução @yaso O que é SEMÂNTICA Semântica é o estudo do signifcado. Incide sobre a relação entre signifcantes, tais como palavras, frases, sinais e símbolos, e o que eles representam,

Leia mais

Nome: Login: CA: Cidade: UF CARTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA

Nome: Login: CA: Cidade: UF CARTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 3º PERÍODO - 6º MÓDULO AVALIAÇÃO A3 DATA 09/07/2009 SISTEMAS EMPRESARIAIS Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF CARTÃO RESPOSTA

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo

srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo CBSI Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação BI Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Tópicos Especiais em Sistemas de Informação Faculdade de Computação Instituto

Leia mais

Gestão de Contextos Visão Calandra Soluções sobre Gestão da Informação em Contextos White Paper

Gestão de Contextos Visão Calandra Soluções sobre Gestão da Informação em Contextos White Paper Gestão de Contextos Visão Calandra Soluções sobre Gestão da Informação em Contextos White Paper ÍNDICE ÍNDICE...2 RESUMO EXECUTIVO...3 O PROBLEMA...4 ILHAS DE INFORMAÇÃO...4 ESTRUTURA FRAGMENTADA VS. ESTRUTURA

Leia mais

Extração de Informação de Mídias Sociais na Web

Extração de Informação de Mídias Sociais na Web Extração de Informação de Mídias Sociais na Web Fernando Alberto Zambelan Bossarino Engenharia de Computação CEATEC fernandozambelan@puccampinas.edu.br Resumo: Este resumo apresenta os resultados do trabalho

Leia mais

IBM Rational Requirements Composer

IBM Rational Requirements Composer IBM Requirements Composer Aprimore os resultados do projeto por meio da melhor definição e gerenciamento de requisitos Destaques Obter maior agilidade, foco no cliente, qualidade e menor tempo de lançamento

Leia mais

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1 Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii Parte I - Empresa e Sistemas, 1 1 SISTEMA EMPRESA, 3 1.1 Teoria geral de sistemas, 3 1.1.1 Introdução e pressupostos, 3 1.1.2 Premissas

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN)

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN) Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Tecnológicas CCT Engenharia de Produção e Sistemas Sistemas de Informação (SIN) SISTEMAS COM ERP Profº Adalberto J. Tavares Vieira ERP

Leia mais

Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação

Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação Uma Ontologia para Gestão de Segurança da Informação Paulo Fernando da Silva, Henrique Otte, José Leomar Todesco, Fernando A. O. Gauthier Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Leia mais

Uso de Padrões Web. maio/2009

Uso de Padrões Web. maio/2009 Uso de Padrões Web maio/2009 Internet e Web, passado, presente e futuro 2 Internet e Web, passado, presente e futuro 3 A Evolução da Web Pré Web Passado web 1.0 Presente web 2.0 Futuro web 3.0 4 A Evolução

Leia mais

BPM X Workflow. Business Process Management BPM ou Modelagem de Processos de negócio

BPM X Workflow. Business Process Management BPM ou Modelagem de Processos de negócio Business Process Management BPM ou Modelagem de Processos de negócio Metodologia Conjunto de práticas Controle, gerenciamento e integração dos processos Permite a análise, definição, execução, monitoramento

Leia mais

CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONHECENDO E CONCEITUANDO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Franco Vieira Sampaio 1 Atualmente a informática está cada vez mais inserida no dia a dia das empresas, porém, no início armazenavam-se os dados em folhas,

Leia mais

EXTRAÇÃO DE INFORMAÇÃO DE MÍDIAS SOCIAIS NA WEB

EXTRAÇÃO DE INFORMAÇÃO DE MÍDIAS SOCIAIS NA WEB EXTRAÇÃO DE INFORMAÇÃO DE MÍDIAS SOCIAIS NA WEB Fernando Alberto Zambelan Bossarino Engenharia de Computação CEATEC fernandozambelan@hotmail.com Carlos Miguel Tobar Toledo Sistemas Inteligentes CEATEC

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

BUSINESS INTELLIGENCE -Inteligência nos Negócios-

BUSINESS INTELLIGENCE -Inteligência nos Negócios- UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS, HUMANAS E SOCIAIS BUSINESS INTELLIGENCE -Inteligência nos Negócios- Curso: Administração Hab. Sistemas de Informações Disciplina: Gestão de Tecnologia

Leia mais

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Objetivo O objetivo do projeto é especificar o desenvolvimento de um software livre com a finalidade de automatizar a criação de WEBSITES através do armazenamento

Leia mais

Módulo 6. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor.

Módulo 6. Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa do autor. Módulo 6 Módulo 6 Desenvolvimento do projeto com foco no negócio BPM, Análise e desenvolvimento, Benefícios, Detalhamento da metodologia de modelagem do fluxo de trabalho EPMA. Todos os direitos de cópia

Leia mais

Aline França a de Abreu, Ph.D

Aline França a de Abreu, Ph.D Aline França a de Abreu, Ph.D igti.eps.ufsc.br 07 / 10/ 04 Núcleo de estudos Criado em 1997 - UFSC/EPS Equipe multidisciplinar, com aproximadamente 20 integrantes OBJETIVO Gerar uma competência e uma base

Leia mais

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo Manual do Usuário Índice Conheça o Projeto...3 Apresentação...3 Finalidade...3 Objetivo...3 Histórico...4 Usando o Portal...5 Efetuando o cadastro na biblioteca digital...5 Logando na Biblioteca Digital...6

Leia mais

Business Intelligence

Business Intelligence e-book Senior Business Intelligence 1 Índice 03 05 08 14 17 20 22 Introdução Agilize a tomada de decisão e saia à frente da concorrência Capítulo 1 O que é Business Intelligence? Capítulo 2 Quatro grandes

Leia mais

Business Intelligence e ferramentas de suporte

Business Intelligence e ferramentas de suporte O modelo apresentado na figura procura enfatizar dois aspectos: o primeiro é sobre os aplicativos que cobrem os sistemas que são executados baseados no conhecimento do negócio; sendo assim, o SCM faz o

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV PRODUTIVIDADE

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional II Prof.: Fernando Hadad Zaidan

Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional II Prof.: Fernando Hadad Zaidan Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional II Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 4.1 2 1 Material usado na montagem dos Slides BARBIERI,

Leia mais

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani

Curso de Introdução ao Plone. Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Curso de Introdução ao Plone Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Erick Gallani Conteúdo Parte I - Conceitos básicos Parte II - Interface do Plone Parte III - Gerenciamento de usuários Parte IV - Criação

Leia mais

Módulo 2: O que é GC na Administração Pública Brasileira?

Módulo 2: O que é GC na Administração Pública Brasileira? Módulo 2: O que é GC na Administração Pública Brasileira? 1 Objetivos do Módulo Situar a GC no contexto das iniciativas de Eficiência, Qualidade e Efetividade Social na Administração Pública Brasileira

Leia mais

SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO SAD

SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO SAD SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO SAD Conceitos introdutórios Decisão Escolha feita entre duas ou mais alternativas. Tomada de decisão típica em organizações: Solução de problemas Exploração de oportunidades

Leia mais

Administração de Banco de Dados

Administração de Banco de Dados Administração de Banco de Dados Professora conteudista: Cida Atum Sumário Administração de Banco de Dados Unidade I 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS...1 1.1 Histórico...1 1.2 Definições...2 1.3 Importância

Leia mais

Business Intelligence. BI CEOsoftware Partner YellowFin

Business Intelligence. BI CEOsoftware Partner YellowFin Business Intelligence BI CEOsoftware Partner YellowFin O que é Business Intelligence Business Intelligence (BI) é a utilização de uma série de ferramentas para coletar, analisar e extrair informações,

Leia mais

Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte S/A PRODABEL

Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte S/A PRODABEL Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte S/A PRODABEL Diretoria de Sistema - DS Superintendência de Arquitetura de Sistemas - SAS Gerência de Arquitetura de Informação - GAAS

Leia mais

Escola Politécnica da USP MBA EPUSP em Gestão e Engenharia do Produto EP-018 O Produto Internet e suas Aplicações Professor: Márcio Lobo Netto Aluno:

Escola Politécnica da USP MBA EPUSP em Gestão e Engenharia do Produto EP-018 O Produto Internet e suas Aplicações Professor: Márcio Lobo Netto Aluno: Escola Politécnica da USP MBA EPUSP em Gestão e Engenharia do Produto EP-018 O Produto Internet e suas Aplicações Professor: Márcio Lobo Netto Aluno: Giovanni Pietro Vallone Cocco Portais Corporativos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Definições: quando usar cada um?

Definições: quando usar cada um? Framework ou CMS? Definições: quando usar cada um? Framework: Uma arquitetura desenvolvida com o objetivo de atingir a máxima reutilização, representada como um conjunto de classes abstratas e concretas,

Leia mais

SISTEMA PARA PORTAL DE NOTÍCIAS: Jornais, Revistas, Televisão etc

SISTEMA PARA PORTAL DE NOTÍCIAS: Jornais, Revistas, Televisão etc SISTEMA PARA PORTAL DE NOTÍCIAS: Jornais, Revistas, Televisão etc Técnica SEO: Search engine Optimization "INDEXADOR" Web Software para Grandes Portais (Gera todo o conteúdo SEO - Otimizado nas buscas)

Leia mais

Aula 15. Tópicos Especiais I Sistemas de Informação. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 15. Tópicos Especiais I Sistemas de Informação. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 15 Aula 15 Tópicos Especiais I Sistemas de Informação Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Conceitos básicos sobre Sistemas de Informação Conceitos sobre Sistemas

Leia mais

MBA Inteligência Competitiva Com ênfase em BI/CPM. Metadados

MBA Inteligência Competitiva Com ênfase em BI/CPM. Metadados MBA Inteligência Competitiva BI/CPM 1 Data Warehousing PÓS-GRADUAÇÃO MBA Inteligência Competitiva Com ênfase em BI/CPM Metadados Andréa Cristina Montefusco (36927) Hermes Abreu Mattos (36768) Robson Pereira

Leia mais

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo construçãocapítulo1: Capítulo 1 Modelagem de informações de A modelagem de informações de construção (BIM) é um fluxo de trabalho integrado baseado em informações coordenadas e confiáveis sobre um empreendimento,

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Tópicos Especiais Informática Educativa no Brasil Professor: Fernando Zaidan 1 Referências: SANTINELLO, J. Informática educativa no Brasil e ambientes

Leia mais

Business Intelligence e Inteligência Analítica BUSINESS INTELLIGENCE

Business Intelligence e Inteligência Analítica BUSINESS INTELLIGENCE Business Intelligence e Inteligência Analítica BUSINESS INTELLIGENCE Sumário Conceitos/Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Teoria de Negócios... 5 3. Profi ssionais de BI... 6 4. Verdades e Mitos

Leia mais

Guia do Laboratório de Teste: Demonstre colaboração de Intranet com SharePoint Server 2013

Guia do Laboratório de Teste: Demonstre colaboração de Intranet com SharePoint Server 2013 Guia do Laboratório de Teste: Demonstre colaboração de Intranet com SharePoint Server 2013 Este documento é fornecido no estado em que se encontra. As informações e exibições expressas neste documento,

Leia mais