BALANÇO Cosems/RN 2014 AGENDA PARA 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BALANÇO Cosems/RN 2014 AGENDA PARA 2015"

Transcrição

1 BALANÇO Cosems/RN 2014 AGENDA PARA

2 BALANÇO 2014 Viabilização de auditório e coffee-break para reuniões mensais do Cosems; Criação da comissão de AF juntamente com a SESAP e construção da REMUNE regional, QualifarSUS, Hórus; Discussão e revisão da PPI referente a ajuste e alocação de recursos do SUS; Comunicação - criação de whatsap regional, melhoras na estrutura do site, informes descentralizados com foco no assunto, com seleção das portarias, notas técnicas e informes nacional e estado; Viabilização de convênio para curso sobre Financiamento; Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 2 do RN

3 BALANÇO 2014 Participação nos grupos condutores de Redes; Movimentação junto aos órgãos de controle e governo estadual na busca do cofinanciamento da AB resignificando a portaria 166; Continuidade na qualificação dos gestores, através das informações e discussão da regionalização no estado, com fortalecimento das CIR,s e CIB; Seminário de Integração das Redes de Atenção a Saúde; Participação das discussões nos fóruns, oficinas e seminários estadual e nacional, congresso norte/nordeste e nacional como representação e coordenação de mesas; Realização do XIII Congresso do Cosems/RN 25 anos lançamento do livro do Cosems; Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 3 do RN

4 Cosems_RN e Sesap realizaram I Oficina de Assistência Farmacêutica para a construção do COAP no RN.

5 Acolhimento 2014.

6 Encerramento dos Cursos de Aperfeiçoamento e Especialização do NESC da UFRN.

7 Encerramento dos Cursos de Aperfeiçoamento e Especialização do NESC da UFRN.

8 Encontro para a atualização do Plano de Contingência Estadual para o controle de Epidemias de dengue.

9 Reunião para implantação do sistema E-SUS.

10 Reunião ordinária de março.

11 Cursos de Especialização no Apoio ao SUS - Videoconferência na UNP da Roberto Freire.

12 Encontro com representantes do Banco Mundial na Sesap.

13 II Congresso Norte e Nordeste de SMS Manaus (AM).

14 II Congresso Norte e Nordeste de SMS Manaus (AM).

15 II Congresso Norte e Nordeste de SMS Manaus (AM).

16 Posse da diretoria do Cosems-PB.

17 Reunião ordinária de maio.

18

19 XXX Congresso Nacional de SMS Serra (ES).

20 XXX Congresso Nacional de SMS Serra (ES).

21 XXX Congresso Nacional de SMS Serra (ES).

22 II Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do Maranhão.

23 Reunião ordinária de julho.

24 Reunião com técnicos do TCE na sede do Cosems.

25 Abertura do XIII Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do RN.

26 XIII Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do RN.

27 XIII Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do RN.

28 Candidatos ao governo no XIII Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do RN.

29 XIII Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do RN.

30 Lançamento da Carta de Natal durante o XIII Congresso de Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do RN.

31 Encontro com candidatos ao governo estadual no Ministério Público.

32 Reunião Ordinária de Setembro.

33 Reunião Ordinária de outubro.

34 III ENCONTRO DE PLANEJAMENTO DA SESAP.

35 Encontro com auditores do SUS do nordeste.

36 Salete Cunha presenteia membros do Conares com livro do Cosems.

37 II JORNADA ACADÊMICA DE GESTÃO EM SISTEMAS E SERVIÇOS DE SAÚDE DA UFRN.

38 Oficina de planificação promovida pela Sesap para gestores municipais.

39 REUNIÃO ORDINÁRIA DE NOVEMRBO.

40 AGENDA PARA 2015 COSEMS, UFRN E MS CAPACITAM GESTORES NO SISTEMA HÓRUS.

41 AGENDA 2015 Viabilização de espaço e coffee-break para as reuniões ordinárias do Cosems; Audiência com o novo Governos do Estado e com o Secretário Estadual de Saúde início de fevereiro Conselho Diretor Boas vindas, firmar parcerias e entrega da carta de Natal; Fevereiro 1ª reunião ordinária - acolhimento aos SMS entrega de agenda 2015, calendário 2015 Palestra - Conversando com os gestores: Atribuições, Responsabilidades dos Gestores Municipais e Construção de Agenda Propositiva para as CIRs; Orientações mensais através do Cosems, referente às principais demandas que são urgentes ao gestor saber após assumir a SMS ( vídeo conferências) equipamentos a serem disponibilizados pelo CONASEMS até inicio de 2015; Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 41 do RN

42 AGENDA 2015 Continuar apoiando as representações do Cosems, nas reuniões, seminários, fóruns e representações de núcleos; Viabilização de recursos por meios de convênios para fortalecer as Regiões de Saúde, através das capacitações de Câmaras Técnicas das CIR,s e dar continuidade a qualificação de Gestores e suas equipes, através dos diálogos temáticos, a partir de demandas sugeridas pelos próprios gestores; Dar continuidade a Efetivação da construção das Redes Temáticas com discussão nas CIRs em parceria com a SESAP; Continuar a reivindicando ao Governo do Estado o cofinanciamento das políticas em geral, em especial os repasses da AF e AB, assegurando o repasse mensal dos recursos fundo a fundo, através de pactuação da CIB; Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 42 do RN

43 AGENDA 2015 Continuar discutindo com a SESAP sobre o processo de aperfeiçoamento da Programação Pactuada Integrada PPI, para que seja agenda permanente nas CIR com revisão periódica e implantação da Câmara de Compensação Regional; Apoiar o fortalecimento e a sustentabilidade das Regiões de Saúde com a implantação de Consórcios, Cogestão e Contratualização); Apoiar as Conferencias Municipais de Saúde; Apoiar os seminários de fortalecimento regional e as amostras de experiências exitosas nas regiões; Realização o XIV Congresso do Cosems e incentivar a participação dos gestores nos congressos Norte/Nordeste e nacional como forma de capacitação e atualização. Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 43 do RN

44 AGENDA 2015 Realização do curso sobre financiamento (como pagar as demandas através dos blocos de financiamentos) - recursos já em conta do Cosems: Datas: Local - hotel praiamar 26 e 27 de fevereiro I e VII região; 05 e 06 de março de 2015 II e VIII região; 12 e 13 de março de 2015 III região; 26 e 27 de março de 2015 IV região; 09 e 10 de abril de 2015 V região; Local - Portalegre 23 e 24 de abril de 2015 VI região. Vagas 02: Secretário + Financeiro Material: Pasta, caneta, apostila, apresentações Alimentação: Coffee break + almoço. Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 44 do RN

45 45

46 Para reflexão Em 2015, Escute mais, pense mais, e fale menos... Conselho de Secretarias Municipais de Saúde 46 do RN

47

IMPLEMENTAÇÃO DO SUAS AVANÇOS E DESAFIOS

IMPLEMENTAÇÃO DO SUAS AVANÇOS E DESAFIOS SECRETARIA DE ESTADO DO TRABALHO, EMPREGO E PROMOÇÃO SOCIAL Núcleo de Coordenação da Assistência Social IMPLEMENTAÇÃO DO SUAS AVANÇOS E DESAFIOS POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO VIII CONFERÊNCIA ESTADUAL DE

Leia mais

REUNIÃO COM COORDENADORES MUNICIPAIS E ESTADUAIS DE PROGRAMAS DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO SUS

REUNIÃO COM COORDENADORES MUNICIPAIS E ESTADUAIS DE PROGRAMAS DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO SUS REUNIÃO COM COORDENADORES MUNICIPAIS E ESTADUAIS DE PROGRAMAS DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NO SUS Ana Rita Novaes Coordenação das Práticas Integrativas ti e Complementares e e Secretaria Estadual

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO OUVIDORIA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO OUVIDORIA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO OUVIDORIA GRUPO DE TRABALHO PARA REVISÃO DA OUVIDORIA SES/SP Resolução SS 118, de 12 de dezembro de 2012. Institui Grupo de Trabalho para propor plano de reestruturação

Leia mais

Apoio: Secretaria Municipal da Fazenda Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto

Apoio: Secretaria Municipal da Fazenda Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Apoio: Secretaria Municipal da Fazenda Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Fórum de Secretários Municipais de Finanças e Fazenda do Estado de SP 27 e 28 de julho de 2016 Sites: http://www.sgesp.pmrp.com.br

Leia mais

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação 25 de maio de 2016 EIXO 1: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e avaliação Fragilidades Melhorar as reuniões da CPA e reestruturar

Leia mais

I CONGRESSO REGIONAL CENTRO OESTE/SUDESTE/SUL/ XXXI CONGRESSO PARANAENSE DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE RAFAIN PALACE HOTEL & CONVENTION CENTER

I CONGRESSO REGIONAL CENTRO OESTE/SUDESTE/SUL/ XXXI CONGRESSO PARANAENSE DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE RAFAIN PALACE HOTEL & CONVENTION CENTER I CONGRESSO REGIONAL CENTRO OESTE/SUDESTE/SUL/ XXXI CONGRESSO PARANAENSE DE SECRETARIAS MUNICIPAIS DE SAÚDE GESTÃO DO SUS O MODELO DE ATENÇÃO À SAÚDE : Os municípios e as Soluções RAFAIN PALACE HOTEL &

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO DOCENTE TÍTULO I DOS OBJETIVOS

PLANO DE CAPACITAÇÃO DOCENTE TÍTULO I DOS OBJETIVOS PLANO DE CAPACITAÇÃO DOCENTE TÍTULO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º. O Plano de Qualificação Docente tem por objetivo o aprimoramento profissional dos professores da FACULDADE JAUENSE, de modo a promover a melhoria

Leia mais

ASPECTOS GERAIS PARA A ELABORAÇÃO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA

ASPECTOS GERAIS PARA A ELABORAÇÃO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA MINISTÉRIO DA SAÚDE ASPECTOS GERAIS PARA A ELABORAÇÃO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA Brasília, 25 de agosto de 2011 22/06/2015 1 PRESSUPOSTOS DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÃO PÚBLICA I PRESSUPOSTOS

Leia mais

Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016

Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016 Integre esta rede de relacionamento & amplie o alcance de sua marca! ENCONTROS DA CONSTRUÇÃO 2016 OS ENCONTROS Há 10 anos, o CTE realiza Encontros de profissionais da cadeia produtiva da construção. OS

Leia mais

Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos

Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos Na cidade de Guarulhos o Conselho de Alimentação Escolar (CAE), foi criado pela Lei Municipal n n 5.647 de 15 de Fevereiro de 2001 e Regulamentado

Leia mais

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO INTEGRAL FAEF

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO INTEGRAL FAEF REGULAMENTO N. 007 /2015 REGULAMENTO GERAL DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NUEMA DA FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR E FORMAÇÃO INTEGRAL FAEF GARÇA/SP Vanessa Zappa, Diretora da FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

Usuários Trabalhadores Entidades Quais e quantos eventos de mobilização antecederam a Conferência? Tipo de Eventos de Mobilização

Usuários Trabalhadores Entidades Quais e quantos eventos de mobilização antecederam a Conferência? Tipo de Eventos de Mobilização REGISTRO DO PROCESSO DA CONFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 2015 Informações Gerais da Conferência Municipal: 1. Nome do Município /UF: SURUBIM-PE 2. Identificação da Conferência: VII CONFERÊNCIA MUNICIPAL

Leia mais

ADINS/ASCOM Divulgação na Imprensa e em Sites Oficiais sobre a Seleção Unificada da Residência Médica no Ceará Página 1 de 8

ADINS/ASCOM Divulgação na Imprensa e em Sites Oficiais sobre a Seleção Unificada da Residência Médica no Ceará Página 1 de 8 ADINS/ASCOM Divulgação na Imprensa e em Sites Oficiais sobre a Seleção Unificada da Residência Médica no Ceará Coletânea das notícias publicadas e divulgadas Página 1 de 8 Veículo: Site Diálogos Políticos

Leia mais

Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica QUALIFAR-SUS Eixo Estrutura

Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica QUALIFAR-SUS Eixo Estrutura Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Ministério da Saúde Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica

Leia mais

Oficina II - Informação de custo para a gestão de programas nos órgãos setoriais

Oficina II - Informação de custo para a gestão de programas nos órgãos setoriais Oficina II - Informação de custo para a gestão de programas nos órgãos setoriais Coordenação: STN - Arthur Pinto e Welinton Vitor Relatoria: SPI - Andréia Rodrigues Objetivo da Oficina Apresentar experiências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.15, de 1/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GERONTOLOGIA SOCIAL

Leia mais

PROJETO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM TERRA NA BACIA DO SÃO FRANCISCO ANA/GEF/PNUMA/OEA

PROJETO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM TERRA NA BACIA DO SÃO FRANCISCO ANA/GEF/PNUMA/OEA PROJETO DE GERENCIAMENTO INTEGRADO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM TERRA NA BACIA DO SÃO FRANCISCO ANA/GEF/PNUMA/OEA Subprojeto 4.1 - Promoção da Participação Popular na Bacia do São Resumo Executivo do

Leia mais

II CONGRESSO 2015 FAMINAS-BH COMPARTILHANDO IDEAIS NA BUSCA POR DIAS MELHORES: DISCUTINDO A SUSTENTABILIDADE

II CONGRESSO 2015 FAMINAS-BH COMPARTILHANDO IDEAIS NA BUSCA POR DIAS MELHORES: DISCUTINDO A SUSTENTABILIDADE CHAMADA DE TRABALHOS: A comissão técnico-científica do II CONGRESSO FAMINAS-BH 2015 convida para a submissão de trabalhos técnicos para apresentação e discussão no evento. TEMA: SUSTENTABILIDADE: SOCIAL,

Leia mais

LIZANE SOARES FERREIRA. MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV)

LIZANE SOARES FERREIRA. MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV) Brasileira, solteira, 39 anos E-mail: lizaneferreira@hotmail.com LIZANE SOARES FERREIRA Formação: MBA em Gestão Empresarial - Fundação Getúlio Vargas (FGV) Especialista em Comércio Exterior com Ênfase

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA (Aprovado pela Resolução Nº 780 CONSEPE de 26 de agosto de 2010)

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA (Aprovado pela Resolução Nº 780 CONSEPE de 26 de agosto de 2010) CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ENFERMAGEM EM CARDIOLOGIA (Aprovado pela Resolução Nº 780 CONSEPE de 6 de agosto de 010) EDITAL PPPG Nº. 33/010 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

LUCIANA DE FIGUEIREDO SILVA MEIRELLES

LUCIANA DE FIGUEIREDO SILVA MEIRELLES LUCIANA DE FIGUEIREDO SILVA MEIRELLES Formação Psicóloga formada pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências São Marcos SP - CRP 10845. Especialização em Psicoterapia Clínica pelo Instituto Sedes Sapientiae

Leia mais

Esperamos suprir as dificuldades individuais, que tenham postergado o acesso oportuno à ferramenta, sua metodologia, didática e conteúdo.

Esperamos suprir as dificuldades individuais, que tenham postergado o acesso oportuno à ferramenta, sua metodologia, didática e conteúdo. O COSEMS/CE, em apoio à iniciativa do CONASEMS de oferecer aos gestores um sistema de RESPONSABILIDADES GESTORAS PARA O ÚLTIMO ANO DE MANDATO, através da Universidade Aberta do SUS UNA-SUS, elaborou este

Leia mais

AGENDA PASTORAL 2016

AGENDA PASTORAL 2016 CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL REGIONAL NE 2. AGENDA PASTORAL 2016 DATA EVENTO LOCAL JANEIRO 6 Comemoração de 20 anos de Episcopado de Dom Jaime Vieira Rocha Natal - RN 15 a 22 Passeio a Cabo

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014

APRESENTAÇÃO DO CEBC COMO SE ASSOCIAR 2014 APRESENTAÇÃO DO CEBC 201 QUEM SOMOS FUNDADO EM 200, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA,

Leia mais

ITUIUTABA MONTE ALEGRE DE MINAS MONTE CARMELO PRATA SANTA VITÓRIA MINAS GERAIS

ITUIUTABA MONTE ALEGRE DE MINAS MONTE CARMELO PRATA SANTA VITÓRIA MINAS GERAIS ITUIUTABA MONTE ALEGRE DE MINAS MONTE CARMELO PRATA SANTA VITÓRIA MINAS GERAIS A Mobilidade Urbana A Mobilidade Urbana é um tema amplo, abrange questões de desenvolvimento urbano, a saúde e a qualidade

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Ações do MMA

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Ações do MMA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria de Qualidade Ambiental Workshop de Treinamento sobre Formulaçã ção o de Projeto para o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (CDM) e para o Protótipo tipo Fundo de Carbono

Leia mais

Projeto Inclusão Social Urbana Nós do Centro. Prefeitura de São Paulo União Européia

Projeto Inclusão Social Urbana Nós do Centro. Prefeitura de São Paulo União Européia Projeto Inclusão Social Urbana Nós do Centro Prefeitura de São Paulo União Européia Histórico do Projeto Cooperação técnica bilateral da Prefeitura de São Paulo com a União Européia com duração de quatro

Leia mais

Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes

Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes Núcleo de Telessaúde Técnico-Científico do Rio Grande do Sul Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS Faculdade de Medicina - FAMED Programa de Pós-Graduação

Leia mais

EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE OUVIDORIAS DO SUS NO ESTADO DO CEARÁ

EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE OUVIDORIAS DO SUS NO ESTADO DO CEARÁ EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE OUVIDORIAS DO SUS NO ESTADO DO CEARÁ 2012 LINHA DO TEMPO Criação da Ouvidoria da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará - Sesa com o Alô Saúde (tele atendimento)

Leia mais

EDITAL PROEC nº 456 / 2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB)

EDITAL PROEC nº 456 / 2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB) EDITAL PROEC nº 456 / 2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE SUPERVISORES MÉDICOS PARA O PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA (PROVAB) A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por meio da

Leia mais

NOTA TÉCNICA

NOTA TÉCNICA NOTA TÉCNICA 38 2012 Minuta de Portaria que cria a especificação preceptor e residente no cadastro do médico que atua em qualquer uma das equipes de Saúde da Família previstas na Política Nacional de Atenção

Leia mais

AVALIAÇÃO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO

AVALIAÇÃO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO 8 AVALIAÇÃO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO 130 Dentre as atividades de apoio para o desenvolvimento das políticas sociais, o Governo Federal investe em ações de avaliação, gestão da informação, disseminação do

Leia mais

Coordenadoria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde. Núcleo de Ciência e Tecnologias em Saúde

Coordenadoria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde. Núcleo de Ciência e Tecnologias em Saúde Coordenadoria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde Núcleo de Ciência e Tecnologias em Saúde Comissão de Avaliação de Tecnologias em Saúde do Estado do Ceará 2012 COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Art. 1º. As atividades complementares têm por finalidade oportunizar ao acadêmico a realização, concomitantemente às disciplinas

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA Oferta Pública de Recursos para municípios com população de até 50mil habitantes MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação Departamento de Produção Habitacional

Leia mais

Validação das avaliações setoriais do Plano Plurianual - PPA por unidade orçamentária - por dia (4)

Validação das avaliações setoriais do Plano Plurianual - PPA por unidade orçamentária - por dia (4) PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO Decreto nº.13.528, de 2 de maio de 2014 QUADRO DE DETALHAMENTO DE TAREFAS QDT (ANEXO I) CÓDIGO ATIVIDADE NÍVEL 1 2 3 4 5 6 7 8 Análise e validação das propostas setoriais

Leia mais

Seminário Rede Socioassistencial Centro, Sul e Sudeste. Angélica da Costa Assistente Social

Seminário Rede Socioassistencial Centro, Sul e Sudeste. Angélica da Costa Assistente Social Seminário Rede Socioassistencial Centro, Sul e Sudeste Angélica da Costa Assistente Social angelcosta@unisinos.br O Começo... Qual é o seu caminho? Espero que siga pelo caminho certo ou pelo caminho feliz,

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014

Copa do Mundo FIFA 2014 Code-P0 Copa do Mundo FIFA 2014 AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Claudio Langone Coordenador da CTMAS/ME Code-P1 O QUE O BRASIL QUER COM A COPA DO MUNDO FIFA Mobilizar o país Promover o país

Leia mais

República Federativa do Brasil Governo Federal. Educação a Distância. e as novas tecnologias

República Federativa do Brasil Governo Federal. Educação a Distância. e as novas tecnologias República Federativa do Brasil Governo Federal Ministério da Educação Educação a Distância e as novas tecnologias Educação Personalizada Vencendo as Barreiras Geográficas e Temporais EAD NO ENSINO PRESENCIAL

Leia mais

Regionalização e Segmentação do Turismo. Natal, 23 de março de 2010

Regionalização e Segmentação do Turismo. Natal, 23 de março de 2010 Regionalização e Segmentação do Turismo Natal, 23 de março de 2010 Núcleo Estratégico do Turismo Nacional Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo Ministério do Turismo MTur Conselho

Leia mais

AGENDA 2016 FEVEREIRO. de cursos e eventos

AGENDA 2016 FEVEREIRO. de cursos e eventos FEVEREIRO 17 19 28 CURSO em CYBERBULLYING data: a partir de 17 de fevereiro IV CONVOCAÇÃO GERAL GESTÃO 13/17 data: 19 de fevereiro público-alvo: membros do Ministério Público de Goiás DIA INTERNACIONAL

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA BASE DE PESQUISA ESTUDOS DO HABITAT - GRUPO DE ESTUDOS EM HABITAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO GEHAU

DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA BASE DE PESQUISA ESTUDOS DO HABITAT - GRUPO DE ESTUDOS EM HABITAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO GEHAU UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA BASE DE PESQUISA ESTUDOS DO HABITAT - GRUPO DE ESTUDOS EM HABITAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO GEHAU OBSERVATÓRIO

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Nobres CNPJ: / LEI MUNICIPAL Nº 1.282/2013 DE 21 DE OUTUBRO DE 2013.

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Nobres CNPJ: / LEI MUNICIPAL Nº 1.282/2013 DE 21 DE OUTUBRO DE 2013. LEI MUNICIPAL Nº 1.282/2013 DE 21 DE OUTUBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A ATUALIZAÇÃO ESTRUTURAL E ADMINISTRATIVA DO CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE NOBRES CMAS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Sr. SEBASTIÃO

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Pacajus - CE Maio/2011.1 Sumário Apoio e Parcerias:... 3 Justificativa... 4 Introdução... 5 Objetivos... 6 Objetivo Geral:... 6 Objetivo Específico:... 6 Público Alvo... 7

Leia mais

SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL

SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL Estratégia de mobilização, promoção e comercialização dos roteiros turísticos desenvolvidos segundo as diretrizes e os princípios do Programa de Regionalização do

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS. Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS

FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS. Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS EAD/UFMS Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM TIC s EXTENSÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO FOMENTO

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO MEMORIAL DO IMIGRANTE

BOLETIM INFORMATIVO MEMORIAL DO IMIGRANTE BOLETIM INFORMATIVO MEMORIAL DO IMIGRANTE FEVEREIRO DE 2011 Desde o último mês de agosto, como parte da política de preservação e valorização do patrimônio museológico da Secretaria de Estado da Cultura,

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA DE HABITAÇÃO E SANEAMENTO AMBIENTAL

PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA DE HABITAÇÃO E SANEAMENTO AMBIENTAL PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA DE HABITAÇÃO E SANEAMENTO AMBIENTAL OUTUBRO/2009 Experiências de Conselhos e Planos Locais de Habitação

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES - PNPIC. Coordenação Geral de Áreas Técnicas Departamento de Atenção Básica - SAS/MS

POLÍTICA NACIONAL DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES - PNPIC. Coordenação Geral de Áreas Técnicas Departamento de Atenção Básica - SAS/MS POLÍTICA NACIONAL DE PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES - PNPIC Coordenação Geral de Áreas Técnicas Departamento de Atenção Básica - SAS/MS Institucionalização das PICs no Sistema Público 1986-8ª CNS;

Leia mais

Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016

Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016 Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016 Rede Brasileira de Orçamento Participativo - RBOP HISTÓRICO ESTRUTURA DA REDE CIDADES BRASILEIRAS E O OP PLANO DE AÇÃO

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA PARA REFERÊNCIA TÉCNICA CIRURGIÃO DENTISTA COORDENAÇÃO DE SAÚDE BUCAL (CTSB) GEAS / SMSA

SELEÇÃO INTERNA PARA REFERÊNCIA TÉCNICA CIRURGIÃO DENTISTA COORDENAÇÃO DE SAÚDE BUCAL (CTSB) GEAS / SMSA SELEÇÃO INTERNA PARA REFERÊNCIA TÉCNICA CIRURGIÃO DENTISTA COORDENAÇÃO DE SAÚDE BUCAL (CTSB) GEAS / SMSA A Gerência de Assistência (GEAS) em parceria com a GGTE realizará Seleção Interna para 01 (uma)

Leia mais

PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL

PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL 1 PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL Coordenação: Iverson Ladewig, PhD Curitiba, 4/2014 2 PROJETO DE RECICLAGEM E ATUALIZAÇÃO DE ÁRBITROS DE CICLISMO DO BRASIL 1) INTRODUÇÃO

Leia mais

Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA

Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA Plano de Campanha Equidade de Gênero e Raça Sumário 1. Objetivos... 3 2. Público... 3 3. Slogan e Conceito...3 4. Realização... 3 5. Peças Publicitárias (publicidade)...3

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

PROJETO VIDA NO TRÂNSITO PARANÁ

PROJETO VIDA NO TRÂNSITO PARANÁ PROJETO VIDA NO TRÂNSITO PARANÁ PACTO NACIONAL PELA REDUÇÃO DE ACIDENTES NO TRÂNSITO Ação do Governo Federal, lançada em 11/05/2011 pelos Ministérios da Saúde e das Cidades; Resposta brasileira à demanda

Leia mais

I-Política de ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE 1) Como é definida? * Um conjunto de ações em saúde (amplas, complexas que abrangem múltiplas facetas da realida

I-Política de ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE 1) Como é definida? * Um conjunto de ações em saúde (amplas, complexas que abrangem múltiplas facetas da realida A atuação do Assistente Social na e a interface com os demais níveis de complexidade Inês Pellizzaro I-Política de ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE 1) Como é definida? * Um conjunto de ações em saúde (amplas, complexas

Leia mais

Mapa da dengue no Brasil

Mapa da dengue no Brasil Mapa da dengue no Brasil Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) Participação de 1.463 municípios Pesquisa realizada em outubro 1600 1400 1438 1463 Identifica focos de infestação do mosquito,

Leia mais

Curso Nacional Qualificação de Auditorias e Ouvidorias do SUS: Detalhamento da Estrutura de Governança e Orientações de Funcionamento do Curso

Curso Nacional Qualificação de Auditorias e Ouvidorias do SUS: Detalhamento da Estrutura de Governança e Orientações de Funcionamento do Curso Curso Nacional Qualificação de Auditorias e Ouvidorias do SUS: Detalhamento da Estrutura de Governança e Orientações de Funcionamento do Curso O Curso Nacional de Qualificação de Auditorias e Ouvidorias

Leia mais

A FNP também faz parte da Agenda de Convergência representando os governos municipais.

A FNP também faz parte da Agenda de Convergência representando os governos municipais. . A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) é a única representante dos municípios brasileiros dirigida exclusivamente por prefeitos e prefeitas em efetivo exercício de mandatos. É organizada em diretoria executiva,

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira. Demonstrativo de Programas Temáticos PPA

Governo do Estado do Rio Grande do Norte Sistema Integrado para Administração Financeira. Demonstrativo de Programas Temáticos PPA Governo do Estado do Ano Base: 06 007 - JUSTIÇA E CIDADANIA Diretriz 06 - PROMOÇÃO DO BEM-ESTAR DO POTIGUAR ATRAVÉS DA GARANTIA AO ACESSO AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS Indicadores Nome de Medida Data de Apuração

Leia mais

Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância

Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância Seminário de Educação a Distância na Administração Pública: Cursos Mistos e Redes Virtuais Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância

Leia mais

Mostra de Projetos Criando Identidade com Pontal do Paraná. Protegendo a Maternidade. Alimentando Vidas. Qualidade de Vida - Mulheres Coletoras

Mostra de Projetos Criando Identidade com Pontal do Paraná. Protegendo a Maternidade. Alimentando Vidas. Qualidade de Vida - Mulheres Coletoras Mostra de Projetos 2011 Criando Identidade com Pontal do Paraná Protegendo a Maternidade Alimentando Vidas Qualidade de Vida - Mulheres Coletoras Mostra Local de: Pontal do Paraná. Categoria do projeto:

Leia mais

PROGRAMA ESTADUAL DE OLIVICULTURA

PROGRAMA ESTADUAL DE OLIVICULTURA BAGÉ 25.11.2015 PALESTRA DO ENGENHEIRO AGRÔNOMO PAULO LIPP JOÃO SEAPA EMATER/RS PROGRAMA ESTADUAL DE OLIVICULTURA lipp@seapa.rs.gov.br Decreto 52.479 de 29/07/2015 Ações de Fomento à Olivicultura no RS

Leia mais

Edital SELEÇÃO PARA CURSO DE CAPACITAÇÃO DE CANDIDATOS A TUTORES. Dimensões da Humanização: Filosofia, Psicanálise, Medicina Aperfeiçoamento

Edital SELEÇÃO PARA CURSO DE CAPACITAÇÃO DE CANDIDATOS A TUTORES. Dimensões da Humanização: Filosofia, Psicanálise, Medicina Aperfeiçoamento Ministério da Educação Universidade Federal do Espírito Santo Sistema Universidade Aberta do Brasil UAB Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad Edital SELEÇÃO PARA CURSO DE CAPACITAÇÃO DE CANDIDATOS

Leia mais

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 1 PETROBRAS Fundada em 1953, a partir de uma campanha popular O petróleo é nosso. Empresa integrada de energia Sociedade anônima de capital aberto

Leia mais

EDITAL Nº 01/ CLFD

EDITAL Nº 01/ CLFD UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FILOSOFIA, SOCIOLOGIA E POLÍTICA CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA NA MODALIDADE EAD EDITAL Nº 01/2016 - CLFD A Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) torna

Leia mais

NOTA TÉCNICA 04 2012 Ações de Saúde para a Copa do Mundo FIFA 2014

NOTA TÉCNICA 04 2012 Ações de Saúde para a Copa do Mundo FIFA 2014 NOTA TÉCNICA 04 2012 Ações de Saúde para a Copa do Mundo FIFA 2014 1 INTRODUÇÃO Esta Nota Técnica tem o propósito de relatar as atividades desenvolvidas em 2011 pelo Grupo de Trabalho de Preparação das

Leia mais

Centro de Convenções do SEBRAE-CE

Centro de Convenções do SEBRAE-CE Centro de Convenções do SEBRAE-CE O evento O evento A 2ª Feira de Emprego e Estágio do Ceará é uma iniciativa da IDHEA, que pretende alcançar o mesmo sucesso da primeira edição, quando recebeu a visita

Leia mais

Sílvia B. C. Czermainski Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul

Sílvia B. C. Czermainski Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul Projeto APLPMFito/RS Implementação da Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos e Política Intersetorial de Plantas Medicinais e Medicamentos Fitoterápicos do R.G.do Sul Sílvia B. C. Czermainski

Leia mais

O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL

O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL Arcabouço de leis ao longo dos últimos anos, foram fundamentais na consolidação do processo das políticas sobre

Leia mais

RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA

RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA Curitiba, 23 de outubro de 2015 REUNIÃO DA FRENTE PARLAMENTAR DE MOBILIZAÇÃO NACIONAL PRÓ- CRIANÇA E ADOLESCENTE Data: 23 de outubro de 2015 Horário: 10hs. Local:

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO

INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO OFICINA DE CAPACITAÇÃO EM REALIZAÇÃO E PRODUÇÃO AUDIOVISUAL A Escola de Cinema Darcy Ribeiro

Leia mais

Seminário Municipalista sobre Descentralização e Gestão Local

Seminário Municipalista sobre Descentralização e Gestão Local Seminário Municipalista sobre Descentralização e Gestão Local Porto Alegre, Brasil Junho 2015 V E R S Ã O A T U A L I Z A D A E M : 13/04/2015 Sumário CONTEXTO... 3 JUSTIFICATIVA... 3 OBJETIVOS... 4 PÚBLICO-ALVO...

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UM GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE ARVOREZINHA, RIO GRANDE DO SUL.

IMPLANTAÇÃO DE UM GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE ARVOREZINHA, RIO GRANDE DO SUL. CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde IMPLANTAÇÃO DE UM GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE ARVOREZINHA, RIO GRANDE DO SUL. Evelini de Pariz

Leia mais

NOSSA ENERGIA É COMO A DA NATUREZA: SEMPRE SE RENOVA.

NOSSA ENERGIA É COMO A DA NATUREZA: SEMPRE SE RENOVA. NOSSA ENERGIA É COMO A DA NATUREZA: SEMPRE SE RENOVA. QUEM SOMOS Eletropar CGTE Eletronuclear Distribuição Acre Distribuição Alagoas Cepel Amazonas Nuclear Eletrosul Distribuição Piauí Distribuição Rondônia

Leia mais

RELATÓRIO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS NO PROJETO DE TRABALHO SOCIAL COM MORADORES DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA - MÊS JULHO/2015

RELATÓRIO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS NO PROJETO DE TRABALHO SOCIAL COM MORADORES DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA - MÊS JULHO/2015 RELATÓRIO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS NO PROJETO DE TRABALHO SOCIAL COM MORADORES DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA - MÊS JULHO/2015 ATIVIDADE REALIZADA DESCRIÇÃO Entrega do Centro Comunitário da FCK Construções

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, LETRAS E ARTES VISUAIS CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM JORNALISMO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 Boa Vista-RR 2014

Leia mais

CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011

CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011 CRONOGRAMA DE REUNIÕES 2011 23.02 (4ª) / 09h 23.02 (4ª) / às 16h SOLENIDADE DE ABERTURA OFICIAL DOS TRABALHOS DA COMISSÃO 1- Disposições Preliminares Da Competência do Município 02.03 (4ª) / 16.03 (4ª)

Leia mais

VALOR PREVISTO NO PAP (mil R$) PROGRAMAS / PROJETOS DO PAP AÇÕES STATUS INFORMAÇÕES OBJETO ETAPAS ITEM

VALOR PREVISTO NO PAP (mil R$) PROGRAMAS / PROJETOS DO PAP AÇÕES STATUS INFORMAÇÕES OBJETO ETAPAS ITEM INDICADOR 2A PLANEJAMENTO E GESTÃO INDICADOR 2A 2 PLANO DE APLICAÇÃO PLURIANUAL Relatório anual de acompanhamento das ações executadas com recursos da Cobrança Federal PLANO DE APLICAÇÃO PLURIANUAL 2013

Leia mais

Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte:

Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte: COMUNICAÇÃO INTERNA Nº 17 AOS: INSPETORES SETORIAIS Manaus, 03 de novembro de 2009 Solicito aos Inspetores Setoriais que orientem os Órgãos sob sua inspeção o seguinte: 1. Formalização de processo de DISPENSA

Leia mais

Conceitos da Central Faça Fácil

Conceitos da Central Faça Fácil Logomarca Conceitos da Central Faça Fácil Reunião de vários órgãos prestadores de serviços públicos, entidades da sociedade civil e empresas prestadoras deserviços de natureza pública, num único espaço;

Leia mais

Edital nº 010/2016 CÂMPUS CURITIBA IFPR. A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública:

Edital nº 010/2016 CÂMPUS CURITIBA IFPR. A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública: Edital nº 010/2016 CÂMPUS CURITIBA IFPR A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública: CHAMADA INTERNA SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE BOLSISTA

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - Este Regulamento complementa

Leia mais

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira 1. Por que acreditamos no Soja Plus? 2. Como produziremos grandes resultados? 3. O que já realizamos em 2011? 4. O que estamos realizando

Leia mais

I Encontro Nacional do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

I Encontro Nacional do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares I Encontro Nacional do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares GRUPO DE TRABALHO Municípios das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul Criação do Grupo Articulador Definir quem é o grupo

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a contratação de empresa Especializada de Consultoria para Planejamento da Estrutura Funcional e Organizacional

Leia mais

Março (12 dias letivos)

Março (12 dias letivos) UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇAO CALENDÁRIO UNIVERSITÁRIO 2010 SEMESTRE LETIVO 2010.1 SEMESTRE LETIVO 2010.2 Início: 05/04/2010 Início: 31/08/2010 Término:

Leia mais

NOTA TÉCNICA 11 /2012

NOTA TÉCNICA 11 /2012 Proposta de Portaria que define os critérios para custeio das Unidades Básicas de Saúde Fluviais preexistentes ao Programa de Construção de Unidades Básicas de Saúde Fluviais (UBSF). Brasília, 04 de junho

Leia mais

PACTO PELA SAÚDE. Pactos pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão. Seminário Pacto pela Saúde Agosto/2007. Departamento de Apoio à Descentralização

PACTO PELA SAÚDE. Pactos pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão. Seminário Pacto pela Saúde Agosto/2007. Departamento de Apoio à Descentralização PACTO PELA SAÚDE Pactos pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão Seminário Pacto pela Saúde Agosto/2007 Departamento de Apoio à Descentralização Secretaria Executiva PACTO PELA SAÚDE Pactuaçã ção o firmada

Leia mais

Curso de extensão: Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde edição 2016

Curso de extensão: Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde edição 2016 Curso de extensão: Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde edição 2016 O curso Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde tem por finalidade capacitar Organizações de apoio

Leia mais

100 QUESTÕES DE SAÚDE PÚBLICA PARA AGENTE COMUNITÁRIO

100 QUESTÕES DE SAÚDE PÚBLICA PARA AGENTE COMUNITÁRIO Caro Leitor, A equipe técnica do Concurseiro da Saúde empenha-se em desenvolver apostilas e materiais atualizados de acordo com as leis recentemente publicadas a fim de estar sempre em consonância com

Leia mais

REGIMENTO INTERNO Nº 02/2016

REGIMENTO INTERNO Nº 02/2016 Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Formação de Professores Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística

Leia mais

E D I T A L Nº 062/2014

E D I T A L Nº 062/2014 E D I T A L Nº 062/2014 O Secretário Municipal de Administração de Erechim, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições previstas no Decreto nº 3326/2009, TORNA PÚBLICO, para conhecimento de

Leia mais

RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15

RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15 RESULTADO DO LIRAa JANEIRO FEVEREIRO/15 1º LIRAa 2015 - Situação dos municípios brasileiros Participação voluntária de 1.844 municípios Pesquisa realizada entre janeiro/fevereiro de 2015; Identifica focos

Leia mais

SMS, que representasse os projetos e ações, unificando os serviços e construindo uma imagem positiva

SMS, que representasse os projetos e ações, unificando os serviços e construindo uma imagem positiva Rede Cegonha PORTARIA No- 1.459, DE 24 DE JUNHO DE 2011 Institui, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS - a Rede Cegonha Com objetivo de assegurar: APRESENTAÇÃO - Organizar a Rede de Atenção à Saúde

Leia mais

Conselho Consultivo de Rádio Digital

Conselho Consultivo de Rádio Digital Conselho Consultivo de Rádio Digital Conselho Consultivo do Rádio Digital Criado pela Portaria nº 365/12 para assessorar o Ministro de Estado das Comunicações na implantação do Rádio Digital no Brasil

Leia mais

REGULAMENTO.

REGULAMENTO. www.firjan.com.br REGULAMENTO Regulamento Prêmio Melhores Práticas Sindicais - 2016 APRESENTAÇÃO Art. 1º A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), por meio da Diretoria Executiva

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO PÓS-GREVE 2015 TÉCNICO/ENSINO SUPERIOR/SISU

CALENDÁRIO ACADÊMICO PÓS-GREVE 2015 TÉCNICO/ENSINO SUPERIOR/SISU CALENDÁRIO ACADÊMICO PÓS-GREVE 2015 TÉCNICO/ENSINO SUPERIOR/SISU Calendário Acadêmico 2015 Campus Belém Página 1 ABRIL 2015 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 22 23 24 25 26 27 28 29 30 27

Leia mais

IV Seminário Internacional da Primeira Infância Brasília, 5 a 7 de julho de 2016

IV Seminário Internacional da Primeira Infância Brasília, 5 a 7 de julho de 2016 IV Seminário Internacional da Primeira Infância Brasília, 5 a 7 de julho de 2016 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas Coordenação Geral de

Leia mais