União fundamental à sociedade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "União fundamental à sociedade"

Transcrição

1

2 Editorial União fundamental à sociedade Marcelo Antonio Pavanello Vice-reitor de Ensino e Pesquisa Centro Universitário da FEI A tecnologia tem sido uma grande aliada da medicina há muito tempo, mas, nas últimas décadas, o casamento entre saúde e engenharia/tecnologia tem permitido avanços antes inimagináveis. De sistemas eletrônicos para marca- passos mais longevos a equipamentos diagnósticos de última geração, essa integração traz benefícios a todo o conjunto da sociedade. Quando pensamos em tecnologia médica e diagnóstica, logo nos lembramos de equipamentos de grande complexidade, como ressonância e PET SCAN. No entanto, são as pequenas soluções tecnológicas que podem causar grande impacto na vida das pessoas como testes portáteis de glicose e colesterol ou inoculadores de insulina, todos possíveis de carregar no bolso que nos dão a exata dimensão da importância dessa parceria. As áreas de eletrônica, mecânica e materiais têm contribuído muito com uma infinidade de novidades que tendem a beneficiar a qualidade de vida e a saúde de muitos indivíduos com problemas crônicos. Um bom exemplo são as próteses inteligentes, os exoesqueletos e as cadeiras de rodas funcionais, equipamentos que oferecem mais autonomia a pessoas que sofreram lesões de medula ou perderam membros. Como imaginar, há alguns anos, que um indivíduo com duas próteses de membros inferiores conseguisse correr, como fazem os atletas das Paralimpíadas? Somente a tecnologia poderia nos possibilitar isso. Orgulha-nos saber que nossos professores, pesquisadores e alunos têm voltado seu olhar para a importância dessa união. Muitos dos projetos de pesquisa desenvolvidos no Centro Universitário da FEI nos últimos anos visam usar os conhecimentos da Engenharia a serviço do bem comum. Exemplos não faltam, inclusive de nossos alunos de graduação com seus trabalhos de conclusão de curso, além das pesquisas de nossos docentes, mestrandos e doutorandos. Nesta edição, alguns desses projetos estão sendo apresentados nas matérias de Pesquisa & Tecnologia e Responsabilidade Social. Todo pesquisador tem consciência de que, por estar na fronteira do conhecimento, nem sempre é possível encontrar respostas rápidas. Entretanto, quando há interface com a saúde os resultados podem ser perceptíveis em curto prazo. Diante do avanço das pesquisas em nanotecnologia, em processamento de sinais e inteligência artificial, entre tantas outras áreas, podemos vislumbrar, em um futuro próximo, que até mesmo os aparelhos celulares poderão ter uma importante função na saúde. Afinal, tudo é possível em termos de inovação e, quando o objetivo é nobre, vale todo o esforço de pesquisa. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 3

3 espaço do leitor Revista Domínio FEI Publicação do Centro Universitário da FEI Primeiramente, parabéns pelas excelentes matérias publicadas no periódico Domínio FEI. Eu me formei na FEI em 2007, cursei Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações. Mesmo passando por dificuldades, me dediquei muito e fui o melhor aluno da turma, recebendo prêmio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). Posso dizer que a escolha em cursar a FEI mudou minha vida, aprendi muito nesta época. Nasci no interior, juntei dinheiro (trabalhava como técnico em eletrônica), prestei o vestibular e fui morar na capital na cara e coragem. Atualmente, sou coordenador técnico na empresa Mectron, e um dos responsáveis pelo projeto de um míssil antirradar cuja tecnologia faz do Brasil ser o terceiro País no mundo a deter tal tecnologia. Minha equipe é composta por 14 engenheiros altamente qualificados, e acredito que a FEI, além de fornecer uma excelente bagagem técnica, me preparou para gerir uma equipe. Tenho muito orgulho de ter me formado na FEI. Luiz Rubens Lencioni Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações Turma 2007 Fale com a redação Sou da turma dos mecânicos 1966, a última da rua São Joaquim! A matéria Fundamentais para a reciclagem (19ª edição), com entrevista do professor doutor Jacques Demajorovic, é de extrema importância, pois levanta um quadro entristecedor e preocupante da situação dos catadores de materiais recicláveis. Tenho uma sugestão: utilizar o livro/estudo do professor para elaborar uma proposta ao governo federal para inserir os catadores e demais trabalhadores da cadeia de reciclagem em uma legislação específica, para cuidar dos aspectos trabalhistas, de segurança no trabalho e saúde ocupacional, objetivando oferecer-lhes condição de vida adequada, segura, com dignidade. Seria uma enorme contribuição da nossa querida FEI com um alto propósito/motivação social. Desejo aplaudir o trabalho feito pelo digníssimo professor Jacques Demajorovic. A leitura trou xe a oportunidade de me manifestar sobre uma enorme preocupação que está alojada em minha mente há bastante tempo. Parabéns a todos da equipe FEI. Paulo Faria Engenharia Mecânica Turma 1966 A equipe da revista Domínio FEI quer saber a sua opinião sobre a publicação, assim como receber sugestões e comentários. Escreva para Av. Humberto de Alencar Castelo Branco, 3972, Bairro Assunção - S.B.Campo - SP - CEP , mande para ou envie fax para o número (11) expediente Centro Universitário da FEI Campus São Bernardo do Campo Av. Humberto de Alencar Castelo Branco, 3972 Bairro Assunção São Bernardo do Campo SP Brasil CEP Tel: Telefax: Campus São Paulo Rua Tamandaré, 688 Liberdade São Paulo SP Brasil CEP Telefax: Presidente Pe. Theodoro Paulo Severino Peters, S.J. Reitor Prof. Dr. Fábio do Prado Vice-reitor de Ensino e Pesquisa Prof. Dr. Marcelo Pavanello Vice-reitora de Extensão e Atividades Comunitárias Profª. Drª. Rivana Basso Fabbri Marino Conselho Editorial desta edição Professores doutores Carlos Eduardo Thomaz, Camila Borelli, Edmilson Alves Rodrigues e Rodrigo Magnabosco Coordenação geral Andressa Fonseca Comunicação e Marketing da FEI Produção editorial e projeto gráfico Companhia de Imprensa Divisão Publicações Edição e coordenação de redação Adenilde Bringel (Mtb ) Reportagem Adenilde Bringel, Fernanda Ortiz, Elessandra Asevedo, Fabrício F. Bomfim (FEI) Fotos Arquivo FEI e Ilton Barbosa Programação visual Thiago Alves Tiragem: 18 mil exemplares Em virtude do espaço, não é possível publicar todas as cartas e s recebidos. No entanto, nossa equipe agradece a atenção de todos os leitores que escreveram para a redação. As matérias publicadas nesta edição poderão ser reproduzidas, total ou parcialmente, desde que citada a fonte. Solicitamos que as reproduções de matérias sejam comunicadas à redação pelo Centro Universitário da FEI Instituição associada à ABRUC 4 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

4 Sumário 26 matéria de Capa Centro Universitário da FEI participa de ações regionais que visam levar o Grande ABC a ser polo de pesquisa e inovação em diferentes áreas, com destaque para o setor de Defesa Stefan Kalm/saabgroup.com 34 ENTREVISTA Engenheiro mecânico formado pela FEI em 1985, o executivo José Eduardo Luzzi, presidente da MWM International, conta como foi sua carreira e como está o mercado de motores diesel no Brasil e na América Latina DESTAQUE JOVEM Engenheira têxtil formada em 2007 é gerente de produção em multinacional da área de artigos esportivos PESQUISA & TECNOLOGIA 30 Processamento de sinais é tema de pesquisa desenvolvida por docentes e alunos de mestrado em Engenharia Elétrica DEstaques Concurso Travessia desafia alunos a construir pontes FEI e Telefônica Vivo inauguram laboratório em parceria Semana da Administação, Ciência da Computação e Engenharia SICFEI apresenta 151 pesquisas de iniciação científica Feira de Empreendedorismo apresenta projetos de alunos Pesquisa de Engenharia de Materiais é destaque em congresso Grupo de alunos vence concurso na área de material composite Estudo de Engenharia Elétrica ganha prêmio no SFORUM Robótica e Inteligência Artificial em encontro internacional Alunos são beneficiados por programas educacionais Mapas Conceituais são usados no curso de Administração Pesquisadores do Grande ABC se reúnem em simpósio Dois encontros selam a amizade de ex-alunos da FEI Ideias sobre uso da água ganham prêmio da FIESP Projetos de estudantes são vitoriosos em várias competições Estimulador elétrico pretende auxiliar deficientes visuais a identificar sinais por meio de sensação eletrotátil responsabilidade social Trabalhos de conclusão de curso dos estudantes do Centro Universitário também estão voltados à sociedade ARTIGO Criatividade e recursos de Engenharia podem tornar produtos diferenciados para consumo do cliente outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 5

5 destaques Resistência Concurso Travessia inclui fundações com pilar central para a construção das pontes O setor da construção civil emprega mais de 3 milhões de trabalhadores no Brasil, segundo dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), e parte desse contingente é formada por engenheiros civis. Embora as expectativas para o setor para os próximos anos ainda sejam incertas, o fato concreto é que a área tem crescido nos últimos anos e, para isso, necessita cada vez mais de profissionais. Com objetivo de estimular o gosto pela Engenharia Civil, o Centro Universitário da FEI desenvolve, há seis anos, o Concurso Travessia. O foco é oferecer a estudantes do ensino médio, e da própria Instituição, uma oportunidade de vivenciarem um projeto de Engenharia completo, estimulando novas habilidades e prevendo dificuldades. Para tanto, os estudantes são desafiados a construir uma ponte Projetos apresentam Das quatro equipes de estudantes da FEI inscritas na categoria PRO, o time Quinto Civil obteve a melhor pontuação com uma ponte que suportou 100 quilos. Para a estudante do 5º ciclo de Engenharia Civil e integrante da equipe, Gabriela Lilia Akemi Iha, a conquista do primeiro lugar reflete o desempenho do grupo. Estávamos confiantes, pois a construção da ponte foi bem planejada e estruturada. Criamos o projeto, consertamos falhas, fizemos pesquisas e tivemos nossa dedicação recompensada com o primeiro lugar, comemora a estudante. Na categoria ABC, a equipe Soldados de Cesar participou do concurso. A categoria EMC, que integra alunos do 6 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

6 destaques com palitos de sorvete e cola ETEC Professora Ermelinda Giannini Teixeira venceu na categoria Ensino Médio apenas com palitos de sorvete, barbante, cola e clipes de papel. A grande novidade deste ano foi a inclusão do desafio de Geotecnia, que considera o solo como parte da obra. Assim, além de testar a resistência da estrutura por meio da aplicação de cargas, os alunos tiveram de construir pontes com fundações e pilar central. Com a fundação sobre o tanque de areia temos, além do coeficiente de eficiência estrutural que relaciona a maior carga suportada com o peso da ponte, também a consideração da eficiência da fundação da ponte, explica o professor doutor Kurt André Pereira Amann, coordenador do curso de Engenharia Civil da FEI e organizador do concurso. Para o docente, desta forma o desafio se torna ainda mais completo, pois exige mais pesquisa e planejamento para o desenvolvimento de uma fundação com melhor desempenho. Os alunos tiveram apenas quatro horas para a construção das pontes e 60 segundos para instalação das mesmas sobre a areia e o encaixe do pilar. A comissão técnica avaliadora, formada por professores da Instituição, julgou a resistência das pontes e critérios como criatividade nas soluções, estética e relatório técnico (específico para a categoria profissionalizante). O concurso estimula o planejamento, a dedicação, o raciocínio, a criatividade, o trabalho em equipe e o cooperativismo dos estudantes, enumera o professor Kurt Amann. Realizado nos dias 29 e 30 de setembro, o Travessia teve participação de 60 equipes, compostas por estudantes de 33 escolas de ensino médio da Grande São Paulo e por alunos da FEI, inscritos nas categorias ABC: primeiro e segundo ciclos dos cursos de Ciência da Computação, Administração e Engenharia, e PRO: terceiro ciclo em diante. O professor Kurt Amann afirma que é estimulante ver a dedicação dos estudantes no Concurso Travessia, porque, mesmo não alcançando os melhores resultados, todos são incentivados ao aprendizado. Mais do que atração, o Travessia se destaca por despertar nos jovens um desafio de Engenharia, de desenvolver novas habilidades, adquirir conhecimento, buscar soluções e estimular o interesse pela pesquisa. Essas ações favorecem a procura pela área, que necessita de novos talentos, enfatiza. bons resultados ensino médio, apresentou projetos interessantes e com estéticas inovadoras. Com 369 pontos, a equipe Rocket, da ETEC Professora Ermelinda Giannini Teixeira, de Santana do Parnaíba, conquistou o primeiro lugar. A professora de Química da escola, Marta Adelina Abad, atribui esse resultado à organização e ao comprometimento dos alunos com o desenvolvimento do projeto. Já participamos de outras edições e por duas vezes ficamos entre os 10 melhores. Conquistar o primeiro lugar foi uma surpresa e um grande orgulho para nossos alunos, que ganham mais que um prêmio, pois adquirem conhecimento, novos horizontes e lições de trabalho em grupo, organização e criatividade, comemora. Na cerimônia de premiação, realizada dia 21 de outubro, a equipe da categoria Ensino Médio foi contemplada com um computador para a escola e um tablet para o professor responsável pelo grupo. Além disso, outras equipes receberam menção honrosa nos quesitos cooperativismo, pôster, relatório técnico (obrigatório para a categoria profissionalizante), estética, criatividade, maior carga suportada e maior carga suportada na fundação. Duas equipes da Escola Estadual Prof a. Therezinha Sartori, de Mauá, receberam menção honrosa em dois quesitos não obrigatórios: pôster e relatório técnico. Para a professora Débora Gomes, que acompanhou as equipes, é um motivo de orgulho para a escola ver o empenho dos alunos, que já pensam no próximo desafio. Não ficamos entre os melhores, mas o fato de ser a única escola do ensino médio a entregar o relatório técnico e ter o trabalho reconhecido foi uma grande motivação para nossos alunos, que pelo segundo ano participam do Concurso Travessia e se dedicam ao desenvolvimento de todo o projeto, do planejamento à montagem final, ressalta. O segundo lugar ficou com a equipe Azarão, do Colégio da Polícia Militar de Santo André, e o terceiro colocado foi a equipe WoodBridge, do Colégio Barão de Mauá. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 7

7 destaques Inovação em Internet das Coisas Laboratório recéminaugurado é fruto de parceria firmada entre a FEI e a Telefônica Vivo As parcerias entre instituições de ensino superior e o setor industrial permitem o desenvolvimento de projetos inovadores e a construção do conhecimento com foco na aplicação, o que proporciona inúmeros ganhos a todos os envolvidos, especialmente aos alunos. Com tradição na formação de profissionais voltados para o mercado de trabalho, o Centro Universitário da FEI acaba de inaugurar, em parceria com a Telefônica Vivo, um espaço destinado ao desenvolvimento de tecnologias digitais. O Centro de Inovação Telefônica Vivo e FEI está instalado no campus São Bernardo do Campo e tem por meta incentivar os alunos a desenvolverem projetos sobre Internet das Coisas, usabilidade de aplicativos, plataforma Firefox OS, interfaces adaptativas e estudo sobre perfis de usuários. O novo espaço destina-se a alunos dos cursos de Ciência da Computação, Engenharia de Automação e Controle e Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrônica, Computadores e Telecomunicações. Para atender às necessidades dos estudantes, o laboratório foi equipado com computadores, aparelhos celulares, sensores, componentes de hardware e kits de Internet das Coisas desenvolvidos pela Telefônica Vivo. O desenvolvimento de laboratórios de pesquisa em cooperação com empresas qualificadas caracteriza o esforço da FEI em oferecer espaços privilegiados para a criação de novas ideias e para o alinhamento de interesses entre a universidade e a sociedade. Estes são requisitos imprescindíveis para gerar inovação, reforça o professor Novo espaço destina-se às áreas de Computação, Automação e Controle e Elétrica doutor Fábio do Prado, reitor do Centro Universitário da FEI. A Instituição designou um professor de dedicação integral para o laboratório, e a Telefônica Vivo concedeu duas bolsas de estudos integrais para um aluno de mestrado e um de doutorado. Além de pesquisas aplicadas, o Centro de Inovação será um espaço para palestras e discussões. A interação que teremos com a FEI por meio desta parceria irá nos ajudar a aprofundar Benefícios para todos o conhecimento de temas e a impulsionar o desenvolvimento de projetos, que naturalmente enriquecerão nosso ecossistema de inovação, afirma Roberto Piazza, diretor-executivo de Negócios Digitais da Telefônica Vivo. Os alunos também terão a possibilidade de estudar, como parte da sua formação, esta área emergente que é a Internet das Coisas, agregando valor para o currículo e gerando conhecimento para a vida profissional. Segundo o professor doutor Vagner Barbeta, diretor do Instituto de Pesquisas e Estudos Industriais (IPEI), projetos como esse tentam preencher a dificuldade que as pesquisas científicas têm de sair da academia e chegar às empresas. O diretor afirma que há muita expectativa em relação ao laboratório e, por isso, deseja que esta seja uma experiência de sucesso. Esta parceria serve para reforçar, mais uma vez, a relação que a FEI sempre teve com o setor industrial e o potencial para o desenvolvimento de projetos de tecnologia. Com o andamento das atividades do laboratório, acredito que em breve teremos importantes resultados sendo alcançados, pontua, ao ressaltar que são acordos como esse que beneficiam a Instituição, a empresa, os pesquisadores e os alunos. 8 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

8 destaques Semana tem extensa programação Evento reúne palestras e minicursos para contribuir com a formação dos alunos Com 166 palestras e 92 minicursos ministrados por docentes e representantes de empresas reconhecidas no mercado, como 3M, General Motors, Basf, Intel, Natura e Microsoft, a Semana da Administração, Ciência da Computação e Engenharia do campus São Bernardo do Campo da FEI apresentou uma programação extensa e diversificada. A professora doutora Rivana Basso Fabbri Marino, vice-reitora de Extensão e Atividades Comunitárias, afirma que as oportunidades oferecidas pela semana permitem ao aluno o exercício de autonomia para escolher o que quer assistir ou estudar, além de possibilitar uma abertura da visão e do conhecimento, exercendo a parcela de responsabilidade que tem pela própria formação. Os palestrantes convidados fornecem informações do mundo empresarial e do mercado de trabalho. Trata-se de uma iniciativa inovadora, pois os temas são complementares aos tratados em sala de aula e isso diversifica o conhecimento e a experiência dos nossos alunos, ressalta o professor doutor Hong Ching, coordenador do curso de Administração no campus São Bernardo do Campo. Para o professor doutor Flavio Tonidandel, coordenador do curso de Ciência da Computação, o evento permite ao estudante ter contato com o que há de novo e com as tendências no mercado de trabalho atual, o que é um diferencial em relação ao aluno que fica apenas em sala de aula. Os graduandos concordam com os benefícios de participar. Luiz Fernando Batista Lopes, do 9º ciclo de Engenharia Mecânica, pediu licença no estágio e participou de oito minicursos e três palestras. Para o jovem, o currículo dos profissionais e os títulos dos professores fazem com que as atividades tenham conteúdo e colaborem para a expansão do conhecimento. A estudante Tassiana Padeiro, do 7º ciclo de Engenharia de Produção, diz que é necessário vivenciar casos reais, bem como conhecer as diferentes áreas de atuação e fazer network. Participei de uma palestra ligada à área de meu interesse e aprendi mais sobre o desenvolvimento de um site otimizado para vários tipos de computadores. Eventos como este deixam mais evidente para os estudantes o que o mercado de trabalho está buscando, elogia Marcos Alexandre de Santana Filho, do 5º ciclo de Ciência da Computação. O evento gerou comentários positivos também dos convidados. Segundo Manoel Bispo, gerente de excelência operacional da Solvay, a empresa procura identificar profissionais que tenham o entusiasmo pela profissão e, principalmente, pelo desejo de aprender e aplicar esses ensinamentos. Não existe mais o profissional que resolve problemas ou tem boas ideias sozinho. Os melhores são aqueles que não têm vergonha de dizer que não sabem, que têm a humildade de perguntar e solicitar ajuda, mas que, ao mesmo tempo, têm um grande foco no resultado a ser obtido, acrescenta. Para Frederico Roldan, diretor de Supply Chain para a América do Sul da General Motors, a empresa entende que essa troca de conhecimentos é essencial para ambas as partes. Iniciativas que aproximam a indústria do meio acadêmico trazem benefícios para todos, pois oferecem oportunidades para a aproximação de novos profissionais no mercado de trabalho, afirma. O diretor de compras da montadora, Claudio Rodrigues Bello, reforça que a proximidade da área acadêmica com o mercado de maneira mais perene permite que permaneçam alinhados, atualizados e com acesso às melhores práticas para estimular a inovação. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 9

9 destaques Simpósio registra aumento no número de pesquisas Avaliadores destacam qualidade dos estudos apresentados pelos estudantes no SICFEI Por meio das pesquisas que realizam, os alunos de graduação do Centro Universitário da FEI mostram que é possível criar metodologias que ajudam a aumentar a qualidade de vida de pacientes, melhorar o trânsito das cidades, empregar corretamente materiais reciclados, projetar equipamentos eficientes e seguros, viabilizar medidas que maximizem lucros nas empresas, colaborar com grupos carentes e até mesmo desenvolver novas metodologias didáticas dentro das universidades. Além de colaborar com o avanço do conhecimento e, consequentemente, com o desenvolvimento do País, o envolvimento do estudante em pesquisas gera habilidades e competências que o torna um profissional altamente qualificado para o mercado de trabalho e para a pós-graduação. Na FEI, todos os alunos têm a oportunidade de se aprofundar nas diversas áreas do conhecimento por meio da participação em projetos apoiados pelas coordenações de Iniciação Científica (PBIC), Iniciação Didática (PRO-BID) e de Ações Sociais e Extensão (Pro-BASE). Esses trabalhos são apresentados anualmente no Simpósio de Iniciação Científica, Didática e de Ações Sociais de Extensão da FEI (SICFEI) para que sejam avaliados por docentes da Instituição e por pesquisadores convidados. Os destaques deste ano foram o crescimento expressivo no número de projetos inscritos 151, a participação de alunos estrangeiros e a percepção de qualidade reportada pelos avaliadores. Segundo o professor doutor Gustavo Hen ri que Bolognesi Donato, membro do comitê organizador do SICFEI e coordena dor do Programa de Bolsas de Iniciação Científica, o aumento de 54% no número de trabalhos em relação ao ano anterior em 2013 foram 98 é resultado do apoio crescente da Instituição ao programa, mas, principalmente, do aumento de consciência dos estudantes de que o sucesso de longo prazo é fortemente favorecido, ainda durante a graduação, pela exposição a desafios mais profundos que os de sala de aula e que possam cultivar maior flexibilidade intelectual e autossuficiência na solução de problemas. Por meio de palestras para esclarecimento de dúvidas e atendimento personalizado para orientação específica aos estudantes na busca de projetos e orientadores, os programas têm conseguido aproximar os alunos de estudos que se adequem ao seu momento de vida e às suas expectativas profissionais. Para o docente, os alunos que participam dos projetos ganham amadurecimento, melhoram as competências Tecnologia aplicada e preocupação social Entre os trabalhos de Iniciação Científica, um dos destaques foi o estudo da aluna Tami Aline da Cruz, que ficou surpresa com o resultado frente a tantos projetos de qualidade apresentados no simpósio. Com o tema Uso de cimento de aluminato de cálcio como ligante para a produção de emulsões cerâmicas, a estudante do 6º ciclo de Engenharia Química visa estabelecer condições experimentais para avaliação do cimento por meio de medidas de viscosidade e condutividade ao longo do tempo. O segredo da pesquisa é ir além e devemos tirar máximo proveito dessa oportunidade de iniciação científica, procurar aplicações industriais, comerciais, utilidades no dia a dia, entre outras, e não ficar apenas focado no que fazemos no laboratório, pontua. O aluno Rodrygo Figueiredo Moço, do 10º ciclo de Engenharia Mecânica, recebeu o destaque pelo estudo Potencial de Corpos de Prova Charpy Pré-Trincados (PCVN) na Determinação de Curvas de Propagação de Trinca à Fadiga de Aços Estruturais, que teve como objetivo desenvolver uma metodologia para ensaiar a vida em fadiga de aços estruturais usando amostras em miniatura, cujos testes se mostraram viáveis, com pouco espalhamento experimental e boa repetibilidade. O estudante acredita que o fato de ter concluído dois projetos de iniciação científica colaborou para seu melhor desempenho durante a graduação. Tornei-me um aluno mais motivado a estudar e, como consequência, acabei sendo agraciado com três menções honrosas como melhor aluno da Engenharia Mecânica do período diurno e com uma bolsa de estudos pela Tenaris Confab por meio do programa Roberto Rocca. Todo esforço empregado durante a graduação valeu a pena, comemora. O aluno também foi agraciado, em 24 de outubro, com menção honrosa do VII Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal do ABC (UFABC). Também considerada destaque no SICFEI, 10 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

10 Alunos vencedores da edição 2014 do Simpósio de Iniciação Científica, Didática e de Ações Sociais de Extensão técnicas e, no geral, conquistam melhor rendimento acadêmico e maior estabilidade das notas ao longo dos semestres, já que são expostos à metodologia cientí fica, a desafios mais aprofundados em relação àqueles que fazem parte da grade curricular padrão e passam a estudar e resolver seus problemas de maneira estruturada e crítica. Consequentemente, os programas de iniciação oferecem valiosa diferenciação dentro do processo de formação. Em relação aos trabalhos expostos no SICFEI, a qualidade surpreendeu os avaliadores e a média de notas ficou elevada, destaca. O simpósio foi totalmente patrocinado pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e teve a participação de cinco alunos franceses que fazem intercâmbio na FEI. A comissão julgadora foi composta de 58 professores do Centro Universitário e de instituições convidadas, que observaram aspectos técnicos, organização do conteúdo, clareza e objetividade, assim como uso correto da língua portuguesa e relevância do trabalho no contexto da sociedade atual, entre outros quesitos. Dos 151 trabalhos relacionados a todos os departamentos de ensino da FEI, cinco foram considerados destaques: três de Iniciação Científica, um de Iniciação Didática e um de Ações Sociais e de Extensão. a pesquisa Prontuário Eletrônico do Paciente com Estrutura Centralizada de Assinatura Eletrônica, do aluno Gabriel Tamassia Martinez, do 8º ciclo de Ciência da Computação, avalia a aplicação de mecanismos de segurança da informação em imagens de prontuário digitalizados de pacientes, para utilização em sistemas gerenciadores de prontuários. A conquista é fruto da parceria e ajuda de pessoas que sempre me apoiaram, afirma o aluno, ao lembrar a citação de Isaac Newton: Se vi mais longe foi por estar sobre os ombros de gigantes. Na área de Iniciação Didática venceu o trabalho Construção de material didático dinâmico para ampliar as competências em Sociologia Organizacional, da aluna Gabriela Cristina Costa da Costa, do 8º ciclo de Engenharia de Produção. O estudo tem como objetivo a elaboração de um material mais atual, dinâmico e que desperte o interesse dos alunos para a disciplina. Para a execução do projeto foram utilizados artigos científicos e jornalísticos dos principais veículos de informação, trailers de filmes relacionados aos temas abordados na disciplina, fóruns de discussões e premiações. Também foram elaborados tutoriais com instruções gerais e um roteiro de estudo extraclasse, explica. Já na área de Ações Sociais e de Extensão, o destaque foi o projeto Pelas mãos de Alice: a leitura como transposição do ser, de autoria da estudante Gabriela da Silva Vieira, do 6º ciclo de Administração. O projeto de ação social apresenta a leitura a moradores de abrigos como caminho para resolução de seus problemas. Ter meu projeto destacado mostrou que fiz a escolha certa, a de ser voluntária. Um mês antes do SICFEI apresentei meu trabalho para um adolescente do projeto e ele disse que eu iria ganhar, pois o trabalho foi desenvolvido sobre crianças maravilhosas e abençoadas. Ao ouvir meu nome, me emocionei lembrando da frase dele, comenta. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 11

11 destaques O despertar da iniciativa empreen Feira de Empreendedorismo do campus São Paulo permite que alunos desenvolvam ideias de negócios Recente pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor, a GEM Brasil 2013, tem resultados favoráveis em relação ao empreendedorismo no País nos últimos 12 anos. Com o aumento da taxa de empreendedores iniciais estima-se que 40 milhões de brasileiros, entre 18 e 64 anos, estejam envolvidos com alguma atividade empreendedora. Embora os números sejam positivos, ainda falta aos empreendedores entenderem a importância de seus negócios para a geração de empregos, renda e tecnologia que colaboram com o desenvolvimento do País. O tema foi discutido no Centro Universitário da FEI durante a 16 a Feira do Empreendedorismo, realizada dia 8 de novembro no campus São Paulo. O estudo indica dois perfis de empreendedor: aquele que inicia o negócio autônomo por não possuir outra ocupação e pensa apenas na geração de renda para a família, e aquele que identifica uma chance de negócio e empreende mesmo tendo alternativa de renda. De acordo com a pesquisa, dos empreendedores iniciais, 71% teve a iniciativa por oportunidade e 28% por necessidade. Com esses números, o Brasil está à frente dos cinco países do grupo dos BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China). Há 20 anos, este mercado era formado por empreendedores por necessidade e o novo cenário é muito positivo. No entanto, muitos ficam na zona de conforto e não evoluem por acharem que o rendimento e o retorno financeiro estão bons, enfatiza Maria Rita Spina Bueno, diretora-executiva da Anjos do Brasil, entidade parceira da Feira de Empreendedorismo que fomenta o investimento semente (anjo). Segundo a executiva, que foi jurada na feira, é necessário ter uma visão mais ampla de empreendedorismo, pois o brasileiro é criativo e pode gerar grandes inovações para o País. Além disso, são os empreendedores que criam empregos, fator importante para o desenvolvimento. Para o especialista financeiro na Startup House e ex-aluno de Administração da FEI, Ayrton Motoyama, que também participou como jurado da feira, no Brasil, os empreendedores são desencorajados devido à carga tributária pesada e à cultura de que é melhor ter um emprego em uma grande empresa ou ser concursado em vez de ser um empreendedor. Um artigo da doutora em política científica e tecnológica, Sabine Righetti, apresenta duas hipóteses para essa realidade: países de economia historicamente instável, como o Brasil, tendem a educar seus jovens para que arrisquem menos. A segunda hipótese é o desestímulo da própria família em relação a se arriscar para criar novos negócios e novas soluções, complementa. Os especialistas acreditam que as universidades são fundamentais para despertar e capacitar os alunos para o empreendedorismo. Maria Rita Spina Bueno garante que é um mito a história de que um indivíduo já nasce empreendedor, pois acredita na possibilidade de desenvolver e capacitar para empreender. Por isso, sugere que as instituições de ensino despertem nos alunos o interesse pelo tema, por meio de eventos e inserção do assunto em todas as disciplinas, não apenas em matérias com conhecimentos específicos. A universidade faz a capacitação, 12 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

12 dedora na educação Arquivo pessoal por isso, é necessário que seja mais ativa e crie oportunidades para que os alunos empreendam na prática e participem de estágios em startups, acredita. Primeiro contato A edição 2014 da Feira de Empreendedorismo da FEI recebeu 16 trabalhos de alunos do curso de Administração, que podem ser colocados em prática por futuros empreendedores e contemplam diferentes segmentos de serviços e produtos. Entre as ideias apresentadas estão uma consultoria em projetos sociais, que faz intermediação entre voluntários e instituições; um sistema de pagamento digital utilizando as impressões digitais dos clientes no ponto de venda; e uma padaria com foco em produtos saudáveis e saborosos. Para o coordenador do evento, professor Luiz Reflexões em Administração Ojima Sakuda, do Departamento de Administração, a feira é uma oportunidade de aplicar e integrar os conhecimentos adquiridos durante o curso e permite que os estudantes tenham as primeiras experiências e conheçam melhor o mercado, além de interagir com profissionais da área e ter o retorno de potenciais clientes, fornecedores, colaboradores e investidores. Essa oportunidade possibilita aos estudantes entenderem os desafios de empreender para se prepararem melhor como profissionais. Este tipo de evento pode ajudar a aproximar a academia alunos, docentes e pesquisadores, empresários, investidores, gestores públicos e de órgãos de fomento e de apoio, consultores e outros profissionais, o que é fundamental para o fortalecimento do ecossistema empreendedor e a difusão de modelos e boas práticas, diz. Os alunos de Administração do campus São Paulo também discutiram assuntos extracurriculares e tiveram contato com profissionais da área durante a Semana da Administração, em outubro. Sete palestras foram ministradas por professores e convidados que abordaram temas como finanças pessoais, impacto das políticas públicas, cenários econômicos, business cases Motorola e Inovação, Varig e Governança Corporativa e negócios sociais. Os alunos participaram, ainda, de jogos interclasses com partidas de futebol de salão e handebol feminino. O evento possibilitou aos estudantes receberem informações do mercado de trabalho por meio de depoimentos e debates com profissionais renomados da Administração e áreas interligadas. Com isso, tiveram contato com casos reais e práticos que não são normalmente apresentados em salas de aula, explica o professor doutor William Sampaio Francini, coordenador do curso de Administração do campus São Paulo. Arquivo pessoal Reconhecimento de trabalho de especialização Um trabalho que avalia propriedades protetivas de revestimentos orgânicos aplicados em módulos fotovoltaicos, produzido no Centro Universitário da FEI, foi apresentado no XIII Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat), realizado em João Pessoa, na Paraíba. O estudo Evaluation of water uptake of encapsulants materials used for photovoltaics modules é de autoria da aluna de especialização Célia Regina Tomachuk dos Santos Catuogno, com orientação do professor doutor William Maluf Filho, coordenador do curso de especialização em Gestão e Tecnologia em Projeto de Produto do Departamento de Engenharia Mecânica da FEI. Com a participação, solidificamos nossa contribuição técnico-científica em uma valiosa área do conhecimento. Além da direta contribuição que o trabalho tem com a ampliação das fronteiras do conhecimento, a publicação de uma pesquisa oriunda da especialização em Gestão e Tecnologia em Projeto de Produto serve de estímulo para os alunos que estão cursando, além de mostrar que é bastante útil e promove o aprimoramento, comemora o docente. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 13

13 destaques FEI vence desafio internacional Concurso foi oportunidade para desenvolvimento de projeto e fabricação de material composite Uma equipe do curso de Engenharia de Materiais e Engenharia Mecânica do Centro Universitário da FEI foi a vencedora do 1º Desafio Acadêmico Internacional de Composites. Promovido pela Sociedade para o Avanço de Materiais e Engenharia de Processos (SAMPE), o desafio foi realizado em conjunto com a Feira e Congresso Internacionais de Composites, Poliuretano e Plásticos de Engenharia, em novembro, em São Paulo. O concurso tem como objetivo dar uma oportunidade para os estudantes aprenderem e expandirem suas habilidades para projeto e fabricação de componentes em material composites. A equipe, formada pelos alunos Gabriel Prosofsky de Araujo, Henrique Egidio Seabra, Pedro Henrique Cicolo Lacaze, Pyetro Curvelo e Víctor Zacarin Merino, venceu na categoria A: Perfil I com fibra de carbono para lbf (44,5 kn), que consiste na construção de uma ponte feita com fibra de carbono no formato em I que pudesse suportar uma carga de até 10 mil libras. O desafio nos proporcionou a oportunidade de ampliar o conhecimento sobre materiais compósitos, tanto na teoria quanto na prática, e nos permitiu interagir com diferentes cursos da FEI. Além disso, tivemos oportunidade de manter contato com profissionais da área com grande experiência no ramo de compósitos e de participar de experiências para a elaboração do projeto com as demais faculdades participantes, destaca Victor Merino. Para o professor doutor William Naville, do Departamento de Engenharia de Materiais da FEI e um dos orientadores dos alunos, conquistar o desafio foi excelente, porém, a importância vai mais além, pois essa vitória dá motivação aos alunos para colocarem em prática seus conhecimentos e fazerem a conexão entre a teoria e a prática por meio de um objetivo bem definido. O sucesso da equipe está relacionado aos conhecimentos acumulados pelos alunos e ao desenvolvimento do projeto, com a construção de um protótipo e a realização de ensaios e simulações numéricas que permitiram aperfeiçoar o processo de fabricação e aprimorar o dimensionamento da ponte (viga I), acrescenta a docente Gigliola Salerno. Na frente: Os professores doutores William Naville e Gigliola Salerno foram os orientadores do grupo de alunos de Engenharia de Materiais e Engenharia Mecânica Prêmio em microeletrônica Com o artigo Behavior Investigation of Trench-Gate and Vertical Diffusion Power Mosfet, o estudante Jefferson Willians Moreira Santiago, do curso de Engenharia Elétrica do Centro Universitário da FEI, foi premiado como o melhor paper durante o Chip in Aracaju 14 th Microelectronics Student Forum (SFORUM), realizado em setembro. Este trabalho apresenta uma análise do transistor de potência MOSFET feita em duas topologias diferentes, difusão vertical (VD-MOSFET) e porta em trincheira (U-MOSFET). Observou-se que os dispositivos U-MOSFET apresentaram uma redução na resistência do canal e uma capacitância de porta maior, melhor transcondutância e tensão de ruptura maior. O impacto do tempo de vida dos portadores na tensão de ruptura também foi analisado, indicando a redução da tensão de ruptura com o aumento deste parâmetro, informa a professora doutora Michele Rodrigues, orientadora do estudo. O evento é o mais importante na área de micro e nanoeletrônica realizado no Brasil e recebeu diversos especialistas de países como Alemanha, Israel, França, Estados Unidos, Canadá e Holanda para apresentação de produtos, ferramentas e projetos. 14 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

14 MEC reconhece Centro Universitário como Instituição Comunitária FEI consolida a vocação e o compromisso de prestar serviços de interesse público A Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), unidade do Ministério da Educação (MEC) reconheceu o Centro Universitário da FEI como Instituição Comunitária de Ensino Superior (ICES), de acordo com a portaria nº 678, divulgada em 12 de novembro. A certificação confirma a qualificação da FEI como instituição pública não estatal que desenvolve ações educacionais de excelência no ensino, na pesquisa e na extensão e que, a partir desta titulação, é convidada, pelas características institucionais que possui, a participar mais efetivamente de iniciativas do governo federal para fomento de projetos de interesse público dirigidos à comunidade. Entre os projetos está o Programa Pró-Equipamentos, que destina recursos para aquisição de equipamentos que irão compor a estrutura de pesquisa dos programas de pós-graduação recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal (Capes), e o Edital Proext Programa de Extensão Universitária MEC/ SESU, que abrange programas e projetos de extensão universitária com ênfase na formação dos alunos e na inclusão social. Segundo o reitor da Instituição, professor doutor Fábio do Prado, a FEI foi qualificada como Instituição Comunitária porque cumpriu requisitos expressos em lei, tais como ser uma organização da sociedade civil constituída na forma de associação ou fundação, com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos e que possui transparência administrativa. Estamos diante de um marco em nossa história. É o reconhecimento de que, nos seus 70 anos de serviços prestados à educação brasileira, a FEI realizou um trabalho de qualidade, diferenciado e voltado para o bem público, afirma. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 15

15 destaques Sucesso em inteligência artificial Instituição é uma das organizadoras de encontro internacional e campeã com robôs Com objetivo de reunir, em um único espaço, competições e encontros científicos nas áreas de robótica e sistemas inteligentes, a Joint Conference on Robotics and Intelligente Systems (JCRIS) 2014, realizada em outubro em São Carlos, interior de São Paulo, envolveu um conjunto de 12 eventos. Com a participação de mais de 3 mil pessoas e a presença de importantes nomes mundiais da área, a Joint Conference promoveu encontro científico nas áreas de robótica e sistemas inteligentes autônomos, unindo pesquisadores e estudantes de Ciência da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia de Automação e Controle e áreas afins. O Centro Universitário da FEI teve participação intensa na conferência, com dois papers apresentados, presença em sete eventos (do total de 12) e vitória em duas Fotos: Gabriela Fanzão/Estúdio Foto Síntese Humanoides desenvolvidos no Centro Universitário foram destaques na competição categorias da competição de robôs, o que coloca a Instituição entre as mais importantes na área da robótica e inteligência artificial no País. Uma das atividades reuniu o Brazilian Conference on Intelligent Systems e o Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional (BRACIS/ENIAC) e teve como program chair o professor doutor Paulo Eduardo Santos, do Departamento de Engenharia Elétrica da FEI. O BRA CIS é uma combinação dos dois eventos científicos mais importantes do País em inteligência artificial e computacional: o Simpósio Brasileiro de Inteligência Artificial (SBIA) e o Simpósio Brasileiro de Redes Neurais (SBRN). Já o ENIAC é um fórum nacional para pesquisadores, profissionais, educadores e estudantes que visa apresentar e discutir inovações, tendências, experiências, desenvolvimentos e trabalhos em curso. A área de robótica e automação foi representada no 11º Latin American e 2º Brazilian Robotics Symposium (LARS/ SBR), que objetivam promover um encon Pentacampeã nacional na categoria Small Size Parte da programação da JCRIS 2014 foi composta por mostras e competições que, além do público acadêmico, foram abertas para todos os alunos do ensino fundamental, médio e técnico. A FEI participou da Latin American Robotics Competition (LARC) e da Competição Brasileira de Robótica (CBR), consideradas as principais competições de robótica autônoma da América Latina e do Brasil. Nesses eventos, robôs competem entre si em jogos de futebol, sem nenhum controle humano, em diversas categorias. O Centro Universitário foi pentacampeão nacional e tricampeão latino-americano de robótica na categoria Small Size, com a equipe RoboFEI, cujo robôs têm tamanho reduzido, e campeã nacional e latino-americana na categoria Humanoides, com robôs que têm similaridade com os humanos. O professor doutor Flavio Tonidandel, coordenador do curso de Ciência da Computação da FEI, afirma que as vitórias refletem a dedicação e o trabalho dos alunos de graduação e pós-graduação. Os nossos robôs, assim como os das demais instituições, estão em constante evolução. Antes, vencíamos com folga, agora o resultado fica apertado, informa. A conferência também abrigou a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), cuja edição foi considerada a maior já organizada no País desde a criação do evento, em 2007, com a participação de 1,7 mil equipes de todo o Brasil. A final teve 80 equipes, sendo 40 do ensino fundamental e 40 do ensino médio. Nesta etapa inovamos no sistema de pontuação, que foi feito por meio de tablets e permitia acompanhamento em tempo real dos resultados no placar. Os melhores grupos da olimpíada se classificaram para competir na RoboCup 2015, que será na China, explica o professor Flavio Tonidandel, que é organizador da OBR em nível nacional. 16 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

16 e robótica tro científico abrangente na área de inteligência robótica com pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação. O simpósio permitiu, por meio de sessões técnicas, a apresentação oral de artigos completos, artigos curtos com pôsteres e palestras. O professor doutor Reinaldo Bianchi, do Departamento de Engenharia Elétrica da FEI, apresentou dois artigos no encontro, que também serão publicados no site do Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE). O texto Hardware and Software Aspects of the Design and Assembly of a New Humanoid Robot for RoboCup Soccer descreve como o robô humanoide que joga futebol foi desenvolvido na FEI, e o artigo A Single Camera Vision System For Humanoid Robots Acting At Robocup Kid-size Soccer League aborda o sistema de visão do robô para enxergar os demais jogadores, a bola e o gol. Os textos foram desenvolvidos com a colaboração de todos os alunos de graduação e pós-graduação que trabalham com os humanoides, cujo projeto tem três anos e é resultado do trabalho duro dos estudantes, enfatiza o docente. Aluno chega à final em premiação Em novembro, um aplicativo desenvolvido por um aluno do Centro Universitário da FEI foi finalista no Prêmio Santander Empreendedorismo. O estudante Gesiel José dos Santos, do 7º ciclo de Administração, chegou à final com o projeto intitulado Whatsoffer, um aplicativo para mobiles que oferece solução voltada para dispositivos móveis usando tecnologia GPS. O aplicativo traz uma nova solução para os usuários e estabelecimentos credenciados que buscam produtos (bens e serviços), vantagens, valor percebido e voucher de desconto, e é voltado para produtos como higiene, padarias, papelarias, posto de gasolina, cabeleireiros, entre outros produtos que não exijam inspeção física, explica o aluno, que foi orientado pela professora doutora Melby Karina Zuniga Huertas. Gesiel José dos Santos foi finalista Estudantes e docente em intercâmbio Arquivo pessoal Arquivo pessoal As estudantes Iris Jared Silva e Jaqueline Dias Santos participam do programa Top España, na Universidad de Salamanca Em agosto, duas alunas e o professor doutor William Francini, coordenador do curso de Administração no campus São Paulo da FEI, foram selecionados para fazer um intercâmbio na Europa com o programa Top España do Santander Universidades. O programa tem como objetivo incentivar o aprimoramento dos conhecimentos no idioma espanhol e na cultura espanhola, por meio de um curso de três semanas em uma das instituições mais tradicionais da Europa, a Universidad de Salamanca. O projeto selecionou 180 estudantes de todo o País com melhor desempenho acadê mico. As alunas Jaqueline Dias Santos e Iris Jared Silva, do 8º ciclo de Administração, foram premiadas com o intercâmbio e uma bolsa integral. No final do curso os participantes receberam um diploma. outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 17

17 destaques Conceitos e ideias organizados em FEI traz palestrante internacional para Conferência sobre Mapas Conceituais Realizada a cada dois anos e dirigida a pesquisadores, professores e alunos, a Conferência Internacional sobre Mapeamento Conceitual (CMC) reúne especialistas de diversas áreas para discutir o uso da metodologia pedagógica Mapa Conceitual, idealizada pelo pesquisador norte-americano Joseph Novak na década de Com origem no ensino de ciências, os mapas conceituais se caracterizam como estruturas esquemáticas que representam conjuntos de ideias e conceitos organizados em rede, de modo a apresentar o conhecimento e organizá-lo de acordo com a compreensão intelectual do seu idealizador. Utilizada nas disciplinas do curso de Administração do Centro Universitário da FEI desde o começo de 2014, a ferramenta tem gerado bons frutos e ampliado o vínculo entre professores e alunos, assim como a ligação entre disciplinas. Devido a essa importância, o Centro Universitário foi um dos apoiadores da sexta edição da CMC, realizada na cidade de Santos, em setembro. No evento, que reuniu cerca de 150 participantes, foram apresentadas inúmeras alternativas do uso dos mapas conceituais. Graças ao apoio da FEI, foi possível trazer ao Brasil o professor Alberto Cañas, diretor associado e pesquisador sênior do Institute for Human and Machine Cognition, dos Estados Unidos. Pela primeira vez na CMC, o Centro Universitário apresentou os trabalhos Encontro com representantes da FEI e o professor Alberto Cañas (4 o da dir. para esq.) O Papel dos Mapas Conceituais no Desenvolvimento do Projeto Pedagógico do Curso de Administração de Empresas, desenvolvido pelos professores doutores Paulo Henrique Trentin, Hong Yuh Ching, coordenador do curso de Administração campus São Bernardo do Campo, e Fabio Gerab, chefe do Departamento de Matemática, e Mapas Conceituais: Modelos de Avaliação para Educadores, de autoria do professor doutor Edson Coutinho, do Departamento de Administração. O primeiro estudo retrata a aplicação da metodologia no primeiro semestre de 2014 nas disciplinas do curso de Administração da FEI, e o segundo apresenta um estudo comparativo e de análise dos modelos de avaliação de mapas conceituais de diversos autores. Durante o evento foram apresentadas várias aplicações da ferramenta, em especial na área de educação, onde ganha cada vez mais espaço, desde a escola básica até projetos de pesquisa multidisciplinares. Certamente, a participação nos abre horizontes, nos faz discutir e avaliar uma nova abordagem de pesquisa, pensando em estabelecer algumas análises de bancos de dados, assim como consolida a ideia de mapas conceituais dentro dos Juliana Nunes/Fevereiro de Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

18 rede nossos cursos, comenta o professor doutor Hong Yuh Ching, ao afirmar que o mapa conceitual é um caminho viável, tendo em vista as experiências positivas apresentadas na conferência. Modelo inovador Dispostos a incentivar novas metodologias de aprendizagem, os departamentos de Matemática e Administração do Centro Universitário da FEI têm buscado o uso dos mapas conceituais como alternativa para inserir o aluno de forma mais ativa no processo de aprendizagem. Segundo o professor doutor Fabio Gerab, tal metodologia possui estrutura lógica bem estabelecida e identifica conceitos que são hierarquizados e interconectados por estruturas de ligação. Com os mapas conceituais conseguimos estabelecer conexões com diferentes áreas do conhecimento, campos afins e intersecções entre aspectos distintos de um mesmo conceito, o que organiza o conhecimento segundo a ótica de cada um, descreve. Para o coordenador do curso de Matemática da FEI, trata-se de uma leitura individual e personalizada, que especifica as interconexões entre conhecimento e seus usos, e a maior importância da ferramenta é o processo de construção de forma contínua. Para sanar dúvidas, destacar os pontos positivos e avaliar se o uso da ferramenta tem sido aplicado da maneira correta, o professor Alberto Cañas participou de um encontro na FEI com representantes da Reitoria e dos departamentos de Administração, Matemática, Ciências Sociais e Jurídicas e Engenharia Civil. Foi incrível recebê lo e poder discutir sobre o uso da metodologia, com questões bem direcionadas, objetivando resolver determinadas questões específicas, além de avaliar e mensurar os benefícios diretos, estabelecer critérios comparativos, os ajustes que precisam ser feitos e se a metodologia deve ou não ser usada de forma avaliativa. Tivemos uma atenção específica ao uso que a FEI tem feito da ferramenta a partir da visão de um grande especialista, avalia o professor Fabio Gerab. Encontro envolve pesquisadores de sete instituições do Grande ABC A quarta edição do Simpósio de Pesquisa do Grande ABC, realizada em outubro, teve como principal objetivo repensar a estrutura original da iniciativa criada em 2010 por sete instituições de ensino superior da região. Essas instituições, que possuem programas de pós-graduação em nível de mestrado e/ou de doutorado e desenvolvem pesquisas relevantes em diversas áreas do conhecimento, trabalham no sentido de desenvolver ações práticas mais intensas entre seus pesquisadores. Durante o encontro, que foi dividido em quatro eixos temáticos principais que contemplam as áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Saúde e Biológicas, Exatas e Engenharias e Edu cação, representantes de agências de fomento informaram sobre as opor tunidades de cooperação entre a academia e o setor produtivo. Além disso, as instituições de ensino superior mostraram seu potencial nas diversas áreas do conhecimento e os pesquisadores apresentaram resumos de seus trabalhos, em forma de pôster, visando uma maior interação nos diversos temas de pesquisa. A principal virtude dessa iniciativa é que cada instituição percebeu que pode atuar de forma complementar e aditiva às demais, ampliando o aspecto social e tecnológico das pesquisas desenvolvidas na região, afirma o professor doutor Marcelo Antonio Pavanello, vice-reitor de Ensino e Pesquisa do Centro Universitário da FEI. O Simpósio reúne FEI, Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, Centro Universitário Fundação Santo André (FSA), Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) e Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Bruno Carvalho/UFABC outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 19

19 destaques Décadas de amizade depois da fa Ex-alunos formados em 1976 e 1984 mantêm a tradição de fazer encontros periódicos desde que se formaram Da neblina característica de São Bernardo do Campo, passando pelas salas de aula e pelos laboratórios bem diferentes dos atuais até os pontos de encontro para estudar, bater papo e se divertir, lá se foram mais de 40 anos. De cursos diferentes, mas frequentadores da mesma república, a Manga Felpa, esses feianos, todos moradores da Baixada Santista, dividem mais que histórias de aulas e de professores, pois compartilham relações de amizade que só se estreitaram ao longo dos anos e se multiplicam com suas famílias. Ingressos da FEI em 1971 e formados em 1976, os 22 exalunos começaram a construir uma relação de amizade que não acabou após a formatura. No começo não nos encontrávamos com frequência, mas, de uns anos para cá, passamos a fazer de duas a quatro reuniões por ano, fora os encontros casuais que, certamente, são sempre muito divertidos, garante o engenheiro têxtil Arlindo Passos Navarro Filho, responsável pela captação de negócios em uma empresa de construção civil. O ex-aluno acrescenta que as muitas histórias dos tempos de FEI são sempre lembradas, mas outras lembranças têm sido construídas ao longo desses 40 anos e, por isso, assunto é o que não falta. O último encontro, realizado dia 30 de agosto na cidade de Santos, reuniu os amigos e suas famílias e foi regado a muitas histórias, risadas e fotos para registrar mais um ano de amizade. Churrasco, jantar, passeio de lancha, não importa para onde, sempre conseguimos manter o grupo unido. Quando completamos 40 anos de amizade fizemos um cruzeiro até Búzios, com nossas famílias, com direito a camiseta comemorativa. Foi espetacular, lembra o engenheiro eletrônico Piramo Menon, diretor de uma empresa de construção civil e um dos organizadores do grupo. Saudoso, o ex-aluno comenta que, no decorrer dos anos, o grupo sofreu quatro perdas que são sempre lembradas com muito carinho, mas os demais estão presentes em todas as oportunidades. A escolha pela Engenharia nos colocou na FEI e a convivência na república, talvez mais do que em sala de aula, já que éramos de cursos diferentes, nos tornou amigos, simplifica Arlindo Passos Navarro Filho, ao traduzir o sentimento de todo o grupo. Os feianos lembram com muito carinho dos anos de estudo, das dependências do Centro Universitário, de alguns professores e, principalmente, das amizades que levam para toda a vida. Engenheiros de diferentes cursos se reuniram em restaurante Grupo graduado em Engenharia Elétrica volta ao campus da FEI Reencontro Para comemorar 30 anos de formatura, a turma de 1984 do curso de Engenharia Elétrica se reuniu no dia 16 de agosto, no campus São Bernardo do Campo, para reencontrar colegas, relembrar histórias e conferir todas as melhorias e investimentos que foram implementados ao longo de três décadas na Instituição. Devido às agendas profissionais, com compromissos até fora do Brasil, reunir todo o grupo foi quase uma missão impossível. Dos cerca de 20 alunos que se formaram juntos, apenas oito estiveram presentes neste encontro histórico. Reencontrar os amigos é sempre muito bacana. Saber o que cada um tem feito na vida pessoal e profissional, dar boas risadas relembrando algumas Fotos: Arquivo pessoal 20 Domínio fei outubro a dezembro DE 2014

20 culdade das muitas passagens dentro da FEI, recordar as dificuldades em sala de aula, as reuniões para o trabalho de conclusão de curso, enfim, resgatar um pouco do que foram esses anos de universidade foi muito especial, afirma o ex-aluno Carlos Antonio Pizo, hoje professor do Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e um dos organizadores do encontro. O ex-aluno comenta que, apesar de o grupo manter contato por telefone ou , nem sempre consegue se reunir. No entanto, desde 2009 tenta se encontrar ao menos uma vez por ano. Resgatar histórias em um encontro no campus da FEI, onde a maioria não retornava há muitos anos, também foi marcante para André Bifulco. Claro que rever os amigos, colocar a conversa em dia e lembrar um tempo tão bom é o principal, mas fazer isso dentro do campus onde passamos tanto tempo, visitando os laboratórios e as salas de aula que frequentamos, foi mais que nostálgico, foi inesquecível, comemora. O engenheiro, que é diretor executivo de uma empresa automotiva, ficou feliz e impressionado ao ver como o campus cresceu e que, mesmo com todo o progresso, a FEI não perdeu sua essência e manteve a filosofia de investir em novas tecnologias com foco em pesquisas. Após a visita ao Centro Universitário, o grupo se reuniu em um jantar, junto com as famílias, para dar continuidade às comemorações. Segundo Carlos Antonio Pizo, a ideia dos amigos é realizar um grande evento para festejar os 35 anos de formatura, em Claro que os encontros anuais continuam, mas, se hoje fizemos algo especial retornando à FEI, quem sabe para os 35 anos não conseguimos localizar todo o grupo e fazer um encontro memorável, programa. Prêmio para ideias sobre uso da água Em tempos de falta de chuva e água, iniciativas que visam estimular as melhores contribuições e propostas inovadoras para a solução de problemas relacionados ao uso e tratamento da água pela indústria são bem-vistas e devem assumir uma perspectiva de longo prazo. Para incentivar os estudos e despertar neles o interesse sobre o assunto, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) criou o concurso Água Ideias Inovadoras Soluções Sustentáveis e premiou, em setembro, os três melhores trabalhos de 11 instituições de ensino, entre elas o Centro Universitário da FEI. A FEI recebeu cerca de 20 trabalhos, que foram julgados pelos professores da Instituição para chegar aos três primeiros colocados. O tema do trabalho vencedor da FEI foi o Uso Sustentável de Água em uma Empresa do Ramo de Molas, dos alunos Jhony Guimarães Lopes, Kaique de Lima Onofre e Robson dos Reis, de Engenharia Mecânica. A proposta dos alunos é fazer um plano de conservação e reuso da água em uma empresa do setor de molas helicoidais, feixes de molas e acessórios para suspensões automotivas, com base no tripé econômico, social e ambiental. O segundo lugar ficou com o projeto Green Booklet, das alunas Beatris Dulce Fátima Martins e Natália Cerqueira Pereira de Souza, que tem como objetivo oferecer uma proposta para auxiliar na sensibilização da população para o uso consciente da água, sob coordenação da professora Eryka Fernandes, do curso de Administração. O terceiro colocado foi o trabalho Proposta para Uso Sustentável da Água em uma Empresa de Embalagens, dos estudantes de Engenharia Mecânica Jéssica Miranda Leal, Luis Henrique Batista Arantes, Victor Leonardo Seixas e Walter Luiz Feriotti Jr. A solenidade de premiação teve a presença do presidente da FIESP, Benjamin Steinbruch, que elogiou a iniciativa da premiação. Os grupos selecionados em primeiro e terceiro lugares foram coordenados pelo professor Ailton Pinto Alves Filho, dos departamentos de Ciências Sociais e Administração campus São Paulo da FEI. Acima: O professor Ailton Pinto Alves Filho (ao centro) com os alunos premiados em primeiro e terceiro lugares. Ao lado: a professora Eryka Fernandes (ao centro) com as alunas premiadas com o projeto Green Booklet outubro a dezembro DE 2014 Domínio fei 21

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Você sabe onde quer chegar?

Você sabe onde quer chegar? Você sabe onde quer chegar? O Ibmec te ajuda a chegar lá. Gabriel Fraga, Aluno de Administração, 4º periodo, Presidente do Ibmex, Empresa Jr. Ibmec. Administração Ciências Contábeis Ciências Econômicas

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE - RS PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS O Curso de Ciências Biológicas, através

Leia mais

GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação executiva

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

Comprometidos com o Futuro da Educação

Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Educação Assim se Constroem as Grandes Nações A educação é vital para criar uma cultura baseada na excelência. A demanda por

Leia mais

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário REGULAMENTO I Prêmio do Empreendedorismo Universitário 1. INTRODUÇÃO 1.1. O presente regulamento visa orientar os interessados em participar da 1.ª edição do Prêmio do Empreendedorismo Universitário, iniciativa

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Av. Princesa Diana, 760 34000-000 Nova Lima MG Campus Aloysio Faria Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus BH Rua Bernardo Guimarães, 3.071 Santo Agostinho

Leia mais

A EXSTO agradece a participação e confiança dos professores em nossas soluções didáticas!

A EXSTO agradece a participação e confiança dos professores em nossas soluções didáticas! No dia 11 de novembro, a Exsto realizou Apresentação Técnica no CEFET MG Campus de Varginha, sobre a solução XC201 Banco para Sensores Industriais. A apresentação contou com a presença dos professores

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 013/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL E VENDAS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Professora Áurea Santos, com o grupo de estudantes do Instituto Federal do Piauí pioneiro no intercâmbio com Espanha e a Portugal: A experiência

Leia mais

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET 2014 A SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) é a principal associação de profissionais que trabalham com tecnologias e sistemas operacionais

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO TÍTULO I - APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA... 1 TÍTULO II - DOS OBJETIVOS...

Leia mais

Caro Aluno, Seja bem-vindo!

Caro Aluno, Seja bem-vindo! Manual do Aluno Caro Aluno, Seja bem-vindo! Este manual é um guia que irá orientá-lo em sua vida acadêmica. Aqui, você encontrará informações sobre as atividades educacionais, documentação, matrícula,

Leia mais

Regulamento para I Prêmio Estudar Ciência. Apresentação

Regulamento para I Prêmio Estudar Ciência. Apresentação 1 Apresentação O Prêmio Estudar Ciência é uma iniciativa da Fundação Estudar para reconhecer os melhores estudantes de Ensino Médio com interesse pessoal na área de Ciências Exatas, apoiá-los na fase pré-universitária

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

UniRitter tecnológica: integrando Engenharias para desenvolvimento de um robô humanoide

UniRitter tecnológica: integrando Engenharias para desenvolvimento de um robô humanoide - SEPesq UniRitter tecnológica: integrando Engenharias para desenvolvimento de um robô humanoide 1. Introdução Diego Augusto de Jesus Pacheco Giovani Geremia Segundo Vargas (2012) é perceptível que uma

Leia mais

O Curso de Engenharia Elétrica da Faculdade de Engenharia /Unesp/Bauru

O Curso de Engenharia Elétrica da Faculdade de Engenharia /Unesp/Bauru O Curso de Engenharia Elétrica da Faculdade de Engenharia /Unesp/Bauru Projeto Pedagógico e Estrutura Curricular Missão do Curso de Engenharia Elétrica da FE/Unesp/Bauru A formação continuada de Engenheiros

Leia mais

Nossa Visão. E, por meio da Divisão Global Santander Universidades, reforça seu compromisso com a comunidade acadêmica

Nossa Visão. E, por meio da Divisão Global Santander Universidades, reforça seu compromisso com a comunidade acadêmica Nossa Visão O Santander acredita que o investimento no ensino superior é a forma mais direta e eficaz de apostar no desenvolvimento nos 20 países em que está presente E, por meio da Divisão Global Santander

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

12º CONCURSO BANCO REAL UNIVERSIDADE SOLIDÁRIA

12º CONCURSO BANCO REAL UNIVERSIDADE SOLIDÁRIA 12º CONCURSO BANCO REAL UNIVERSIDADE SOLIDÁRIA :: INTRODUÇÃO :: O Grupo Santander Brasil acredita que a educação é a principal ferramenta para construir um mundo sustentável e melhor. Por isso, investe

Leia mais

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Universidade Metodista de São Paulo Faculdade de Jornalismo e Relações Públicas Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Fábio França Maria Aparecida Ferrari Maio de 2006 1 Tradição

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL MBA e Pós-Graduação Cursos inovadores e alinhados às tendências globais Nossos cursos seguem modelos globais e inovadores de educação. Os professores

Leia mais

5 201 O LI Ó RTF PO 1

5 201 O LI Ó RTF PO 1 1 PORTFÓLIO 2015 Um pouco da trajetória do Colégio Ação1 QUANDO TUDO COMEÇOU 1993 Experientes profissionais fundaram, no bairro do Méier, a primeira unidade da rede Ação1. O foco do trabalho era a preparação

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO As ações de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas constituem um processo educativo

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

Apresentação. Participação

Apresentação. Participação RELATÓRIO Apresentação As indústrias de elevadores que têm se instalado no estado do Rio Grande do Sul possui uma crescente demanda por profissionais das áreas da Engenharia, tanto diretamente em suas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURITIBA 2015 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

Nossas conquistas 2013

Nossas conquistas 2013 Nossas conquistas 2013 O ano de 2013 foi especial para a Fundação e para as comunidades onde desenvolvemos ações sociais. Alcançamos o marco de 25 anos de atuação social e de 7 milhões de beneficiários,

Leia mais

Nossa Visão. E, por meio da Divisão Global Santander Universidades, reforça seu compromisso com a comunidade acadêmica

Nossa Visão. E, por meio da Divisão Global Santander Universidades, reforça seu compromisso com a comunidade acadêmica Nossa Visão O Santander acredita que o investimento no ensino superior é a forma mais direta e eficaz de apostar no desenvolvimento nos 20 países em que está presente E, por meio da Divisão Global Santander

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA

EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA Aline Mendes da SILVA, Marcilene Cardoso da SILVA, Reila Terezinha da Silva LUZ, Dulcéria TARTUCI, Maria Marta Lopes FLORES, Departamento de Educação UFG - Campus

Leia mais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Financiamento e apoio técnico BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Estão abertas inscrições online até 30 de novembro para o edital bianual da BrazilFoundation que selecionará

Leia mais

O Dirigente Municipal de Educação e a articulação com o terceiro setor

O Dirigente Municipal de Educação e a articulação com o terceiro setor Missão Promover e realizar ações que contribuam para a melhoria da qualidade da educação pública e que fomentem o desenvolvimento social de comunidades de baixa renda. Visão Ser referência como fundação

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar:

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar: Professor: Muitas razões para votar em Scolforo e Édila O QUE FOI FEITO! Quando um membro de sua comunidade seja professor (a), técnico (a) administrativo ou estudante - apresentar uma crítica sobre algo

Leia mais

mais inclusivos painel: negócios de impacto CONGRESSOFNQ EXCELÊNCIA EM GESTÃO

mais inclusivos painel: negócios de impacto CONGRESSOFNQ EXCELÊNCIA EM GESTÃO CONGRESSOFNQ painel: negócios de impacto Como canalizar forças para fins mais inclusivos e sustentáveis? EXCELÊNCIA EM GESTÃO André conti Da esq. p/a dir.: Gilberto Ribeiro, da Vox Capital, Julia Maggion,

Leia mais

Cinco equipes mais bem colocadas em Startup Weekend têm alunos da FAI. Equipe da 'Help Shop', vice-campeã do Startup Weekend Inatel.

Cinco equipes mais bem colocadas em Startup Weekend têm alunos da FAI. Equipe da 'Help Shop', vice-campeã do Startup Weekend Inatel. Cinco equipes mais bem colocadas em Startup Weekend têm alunos da FAI Equipe da 'Help Shop', vice-campeã do Startup Weekend Inatel. Nos dias 11,12 e 13 de abril foi realizado no Inatel, o primeiro Startup

Leia mais

APós-Graduação em Coaching é a mais avançada e profunda iniciativa de formação

APós-Graduação em Coaching é a mais avançada e profunda iniciativa de formação APós-Graduação em Coaching é a mais avançada e profunda iniciativa de formação em Coaching, com chancela e certificação pelo MEC. Desenvolvida pela Homero Reis e Consultores que atua no mercado formando

Leia mais

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração de Empresas. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração de Empresas. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO Administração de Empresas fgv.br/vestibular Idealismo, Excelência e Credibilidade A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

Práticas Laboratoriais de uma Rede de Comunicação Acadêmica Rede Teia de Jornalismo

Práticas Laboratoriais de uma Rede de Comunicação Acadêmica Rede Teia de Jornalismo Práticas Laboratoriais de uma Rede de Comunicação Acadêmica Rede Teia de Jornalismo Autores: Maria Zaclis Veiga e Élson Faxina Docentes do Centro Universitário Positivo UnicenP Resumo: A Rede Teia de Jornalismo

Leia mais

Programa SPRINT da Academia de Inovação e Empreendedorismo Introdução à Formação de Pós-graduação em Inovação e Empreendedorismo

Programa SPRINT da Academia de Inovação e Empreendedorismo Introdução à Formação de Pós-graduação em Inovação e Empreendedorismo Programa SPRINT da Academia de Inovação e Empreendedorismo Introdução à Formação de Pós-graduação em Inovação e Empreendedorismo Visão geral Este programa irá compartilhar o acesso do mais recente currículo

Leia mais

PROJETO VITRINE. Raquel Carvalho Gravina Universidade Federal de Juiz de Fora - NIDEEM/UFJF raquelcgravina@hotmail.com

PROJETO VITRINE. Raquel Carvalho Gravina Universidade Federal de Juiz de Fora - NIDEEM/UFJF raquelcgravina@hotmail.com PROJETO VITRINE Raquel Carvalho Gravina Universidade Federal de Juiz de Fora - NIDEEM/UFJF raquelcgravina@hotmail.com Amarildo Melchiades da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF xamcoelho@terra.com.br

Leia mais

Transformando o presente, construindo o amanhã.

Transformando o presente, construindo o amanhã. Transformando o presente, construindo o amanhã. Primeira sede em 1988 História No dia 23 de novembro de 1988, a Fundação Belgo-Mineira foi oficialmente constituída, a fim de promover ações de marketing

Leia mais

Pós-Graduação e Ensino de Ciências e Matemática

Pós-Graduação e Ensino de Ciências e Matemática Anais do VIII ENEM Mesa Redonda 1 Pós-Graduação e Ensino de Ciências e Matemática Tânia Maria Mendonça Campos - tania@pucsp.br A Pós-Graduação é a Unidade Universitária responsável pela formação de recurso

Leia mais

MBA Gestão de Negócios FIA-ROTARY Turmas Março 2016

MBA Gestão de Negócios FIA-ROTARY Turmas Março 2016 A Fundação de Rotarianos de São Caetano do Sul - ROTARY Colégio Eduardo Gomes objetivando o desenvolvimento profissional de seus associados e seus familiares estabeleceu parceria educacional com a Fundação

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA

A IMPORTÂNCIA DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2010, v. 11, n. 11, p. 61 66 A IMPORTÂNCIA DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA OS ALUNOS DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA Flávia Bastos 1, Fernanda Martins 1, Mara Alves 1, Mauro

Leia mais

Estratégia nas cadeias

Estratégia nas cadeias Estratégia nas cadeias da demanda ao suprimento Assim como em um ecossistema, as cadeias de valor precisam explorar suas interdependências e potencialidades. Na teoria e na vida, FDC Conheça a Fundação

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES A partir das Diretrizes Curriculares, as Atividades Complementares constituem-se, também, em um dos componentes dos Cursos Superiores. As Diretrizes Curriculares objetivam servir

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS E COMUNICAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DESIGN DE MODA 1. Atividades Complementares Atividades Complementares são atividades desenvolvidas

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO PROJETOS DIGITAIS

PÓS-GRADUAÇÃO PROJETOS DIGITAIS PÓS-GRADUAÇÃO PROJETOS DIGITAIS Coordenadora: Pedro Segreto 06/04/2015 > 09/2016 400 horas Idioma: Português Aulas: Segundas e quartas das 19h30 às 22h30 PÚBLICO-ALVO Profissionais e pesquisadores das

Leia mais

RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO. GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional

RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO. GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Maria Madalena Dullius, madalena@univates.br Daniela Cristina Schossler,

Leia mais

Regulamento do Prêmio Petrobras SMES - IV Edição

Regulamento do Prêmio Petrobras SMES - IV Edição Regulamento do Prêmio Petrobras SMES - IV Edição A atitude sustentável faz a diferença! 1. Apresentação Ser sustentável é agir a favor da vida, da dignidade humana, da sobrevivência de todos os seres vivos,

Leia mais

Plano de Marketing. Geovanny Martinez martinez.p.g@hotmail.com. Saulo Barbosa saulobo@ita.br. Yukari Watanabe yukariwg.martins@gmail.

Plano de Marketing. Geovanny Martinez martinez.p.g@hotmail.com. Saulo Barbosa saulobo@ita.br. Yukari Watanabe yukariwg.martins@gmail. Plano de Marketing Geovanny Martinez martinez.p.g@hotmail.com Saulo Barbosa saulobo@ita.br 28 de Abril de 2015 Yukari Watanabe yukariwg.martins@gmail.com Conteúdo 1 Introdução 2 1.1 O que é?..................................................

Leia mais

Atualização constante, o segredo do S U C E S S O D A F N Q

Atualização constante, o segredo do S U C E S S O D A F N Q Atualização constante, o segredo do S U C E S S O D A F N Q Instituição atualiza Fundamentos da Excelência e lança produtos que ajudam empresas a melhorar seus sistemas de gestão Ao longo dos 15 anos de

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO A revolução tecnológica das últimas décadas, especialmente na área de informática, tem alterado nossa sociedade. O Engenheiro de Computação é um profissional que

Leia mais

GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES

GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES Válido para ingressantes a partir do 1º/2010 Prezado (a) acadêmico (a), Seja bem vindo ao Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

INOVA SENAI EDITAL 2015

INOVA SENAI EDITAL 2015 INOVA SENAI EDITAL 2015 Sumário 1 Estrutura do Inova SENAI... 2 1.1 O que é... 2 1.2 Objetivo... 2 1.3 Objetivos específicos... 2 1.4 Categorias... 3 1.5 Estrutura Organizacional... 4 2 Participantes e

Leia mais

Programa Consórcios em Educação Superior Brasil e Estados Unidos

Programa Consórcios em Educação Superior Brasil e Estados Unidos Programa Consórcios em Educação Superior Brasil e Estados Unidos CAPES/FIPSE Edital Nº 8/2010 CAPES A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio de sua Diretoria

Leia mais

OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EXATAS: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO E PRIVADO

OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EXATAS: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO E PRIVADO ISSN 2177-9139 OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EXATAS: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO E PRIVADO André Martins Alvarenga - andrealvarenga@unipampa.edu.br Andressa Sanches Teixeira - andressaexatas2013@gmail.com

Leia mais

Categoria Franqueador Pleno

Categoria Franqueador Pleno PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social EDACOM TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE INFORMATICA LTDA Nome fantasia EDACOM

Leia mais

II. Atividades de Extensão

II. Atividades de Extensão REGULAMENTO DO PROGRAMA DE EXTENSÃO I. Objetivos A extensão tem por objetivo geral tornar acessível, à sociedade, o conhecimento de domínio da Faculdade Gama e Souza, seja por sua própria produção, seja

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UFMG: EAD E O CURSO DE LETRAS

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UFMG: EAD E O CURSO DE LETRAS Aline Passos Amanda Antunes Ana Gabriela Gomes da Cruz Natália Neves Nathalie Resende Vanessa de Morais EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UFMG: EAD E O CURSO DE LETRAS Trabalho apresentado à disciplina online Oficina

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA. CAPITULO I Dos Fins

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA. CAPITULO I Dos Fins REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA Aprovado na CamEx, na 80ª Sessão, realizada em 11 de junho de 2014, apreciada no CONSEPE, na 47ª Sessão, realizada

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Atividades Complementares Sistemas de Informação 1. Introdução Nos cursos de graduação, além das atividades de aprendizagem articuladas pelas disciplinas que compõem a matriz curricular, deverão ser inseridas

Leia mais

MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL

MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL O programa irá prepara-lo para especializar-se no desenvolvimento e planejamento da gestão de marcas; capacitando-o

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES

CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES Com a crescente produção de conhecimento e ampliação das possibilidades de atuação profissional, o curso proporciona atividades extra curriculares

Leia mais

DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN

DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN Autor: Anne Charlyenne Saraiva Campos; Co-autor: Emerson Carpegiane de Souza Martins

Leia mais

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar:

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar: Introdução É grande a parcela da população das nações mais desenvolvidas do mundo que está se organizando em sociedades e associações civis que defendem interesses comuns. Essas pessoas já perceberam que

Leia mais

Prêmio InSite de Inovação Transforme sua Ideia em um Negócio EDITAL

Prêmio InSite de Inovação Transforme sua Ideia em um Negócio EDITAL Prêmio InSite de Inovação Transforme sua Ideia em um Negócio EDITAL 1.O que é? É um concurso que seleciona e premia as 3 (três) ideias mais inovadoras de nossa região. Dentre as propostas recebidas os

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE AGRONOMIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE AGRONOMIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS DOIS VIZINHOS Outubro - 2012 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DA UTFPR CÂMPUS

Leia mais

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO Mercados dinâmicos demandam profissionais com formação completa e abrangente, aptos a liderarem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA Junho/2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares são prática acadêmicas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE) Regulamenta as Atividades Complementares nos Cursos de Graduação da UDESC. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014.

PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014. PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014. Regulamenta o procedimento de concessão de créditos para as atividades complementares dos alunos dos Cursos de Graduação em Engenharia Industrial Madeireira ingressantes

Leia mais

Marcos Tarciso Masetto COMPETÊNCIA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO

Marcos Tarciso Masetto COMPETÊNCIA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO Marcos Tarciso Masetto COMPETÊNCIA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO Competência pedagógica do professor universitário Copyright 2003, 2012 by Marcos Tarciso Masetto Direitos desta edição reservados

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

Prêmio Gabriel García Márquez de Jornalismo Medellín comemora as melhores histórias da Ibero- América

Prêmio Gabriel García Márquez de Jornalismo Medellín comemora as melhores histórias da Ibero- América Prêmio Gabriel García Márquez de Jornalismo Medellín comemora as melhores histórias da Ibero- América Regras da terça edição de 2015 Por favor, leia com atenção as regras antes de iniciar o processo de

Leia mais

COLEÇÃO IMAGÉTICA: FOTOGRAFIA, EXTENSÃO, ENSINO E PESQUISA NO PROJETO FOCA FOTO. PALAVRAS-CHAVE Fotografia. Coleção fotográfica. Lapa. Extensão.

COLEÇÃO IMAGÉTICA: FOTOGRAFIA, EXTENSÃO, ENSINO E PESQUISA NO PROJETO FOCA FOTO. PALAVRAS-CHAVE Fotografia. Coleção fotográfica. Lapa. Extensão. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Desde que foi criada, a FEI sempre

Desde que foi criada, a FEI sempre Engenharia Elétrica foi a pioneira nabihariahi/istockphoto.com Departamento tinha as melhores condições para abrigar o primeiro mestrado Desde que foi criada, a FEI sempre deu importância ao ensino além

Leia mais

PLATAFORMA DE REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE ENSINO A DISTÂNCIA

PLATAFORMA DE REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE ENSINO A DISTÂNCIA Congresso de Métodos Numéricos em Engenharia 2015 Lisboa, 29 de Junho a 2 de Julho, 2015 APMTAC, Portugal, 2015 PLATAFORMA DE REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE ENSINO A DISTÂNCIA Thiago M. R. Dias 1, Elton

Leia mais

síntese dos projetos objetivo percursos percursos Ação educativa

síntese dos projetos objetivo percursos percursos Ação educativa percursos percursos Ação educativa INSTITUTO TOMIE OHTAKE síntese dos projetos Projetos especiais ProGrAmAs PermANeNtes exposições Prêmios PArA jovens ArtistAs PuBlicAçÕes objetivo Ação educativa Aproximar

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE) Regulamenta as atividades complementares nos cursos de graduação da UDESC. O Presidente

Leia mais

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO SELO SOCIAL VIRAVIDA BOAS VINDAS! Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO 1. DO SELO 1. O Selo Social ViraVida é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria - SESI,

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia PASSO A PASSO PARA ATIVIDADES PRÁTICAS COMPLEMENTARES São atividades obrigatórias

Leia mais